O AMOR ENTRE CHAMAS GÊMEAS…

Chamas-Gmeas_thumb.jpg

Chamas Gêmeas

Por: Instituto Aura Mater

Cada um de nós tem uma Chama Gêmea. As Chamas Gêmeas foram criadas juntas, por Deus, como um só ser. Desceram do plano espiritual e, no atual ciclo evolutivo da humanidade, deveriam ter-se mantido unidas, ainda que em corpos separados, feminino e masculino. No entanto, separaram-se por causa do carma e a necessidade de transmutá-los fez com que ficassem distantes uma da outra. Apesar disso, o grande amor que as une faz com que sempre se busquem. A Chama Gêmea de cada pessoa é única; é a sua outra metade, seu complemento, o seu outro eu. Encontrar a Chama Gêmea é importante para que possamos manifestar a unidade na qual fomos criados.
A HISTÓRIA DAS CHAMAS GÊMEAS

Quando fomos criados, éramos um só ser e, na unidade inicial, manifestávamos as características às quais chamamos atualmente femininas e masculinas. Éramos uma grande esfera de luz, um único corpo de fogo branco, portador da essência e da individualidade divina. No processo de descida aos planos da matéria, aconteceu a polarização da esfera de luz, que passou a apresentar separadamente os aspectos femininos e masculinos, como num tai-chi celestial, no qual os dois lados opostos se completam. Na polarização, ambas as partes mantiveram o mesmo padrão de identidade e cada uma tornou-se uma “Presença Eu Sou”.

Cada Presença Eu Sou emanou um raio de sua luz e formou corpos, que passaram a evoluir nos planos da matéria. O plano divino era que as Chamas Gêmeas descessem à matéria tomando a forma masculina e feminina e expressassem o amor que as une, relacionando-se com harmonia e vivendo o êxtase do amor, durante toda a sua evolução. O plano divino para elas era, embora em corpos separados, permanecessem juntas, manifestando em Ômega a mesma unidade na qual foram criadas em Alfa. No entanto, ao longo do tempo, isso não aconteceu. As Chamas Gêmeas afastaram-se do ideal de felicidade, harmonia e perfeição. Fizeram escolhas que as levaram para longe uma da outra, adquiriram carma uma com a outra, com outras pessoas e também com outras expressões de vida. Isso fez com que se separassem. Cada uma precisou transmutar as energias que corrompeu.

À medida que transmutam seus carmas, vão se preparando para o retorno ao estado inicial de união. Quando as Chamas Gêmeas se encontram no plano físico, nem sempre isso representa o retorno à unidade permanente, mas seu reencontro é sempre sentido por elas como plenitude, como se aquilo que faltasse a uma fosse encontrado na outra. A grande atração que existe entre as polaridades opostas das Chamas Gêmeas cria um ímpeto de busca de uma pela outra para se completarem. O grande amor que as une fará com que, de encarnação em encarnação, procurem sempre se reencontrar e viver juntas, embora nem sempre isso realmente se realize no plano físico. Quando todo o aprendizado na matéria se completa, as Chamas Gêmeas retornam à unidade inicial, agora como resultado da mestria adquirida durante as várias passagens pela matéria. E são felizes para sempre…

ONDE ESTÁ NOSSA CHAMA GÊMEA?
  • Encarnada? Nesse caso, estará perto ou longe de nós? Formamos um par ou não? Nós nos conhecemos ou não?
  • Desencarnada? Em qual situação encontra-se? Estará com sua identidade divina preservada ou estará como uma alma sem rumo?
  • Ascensa?
OS TIPOS DE CASAMENTO, SEGUNDO OS ENSINAMENTOS DA GRANDE FRATERNIDADE BRANCA
  • Casamento cármico: entre pessoas que têm carma negativo uma com a outra. Estão unidas pelo carma. O objetivo desse tipo de casamento é a transmutação do carma que elas tem uma para com a outra.
  • Casamento de almas companheiras: entre pessoas que não são Chamas Gêmeas.  Estão unidas pelos laços de amizade, de amor fraterno, pelas semelhanças e afinidades ou pelo serviço que desejam prestar aos filhos e à humanidade. Geralmente são uniões estáveis.
  • Casamento entre Chamas Gêmeas: a união, na matéria, das Chamas Gêmeas. Essa união, na maioria das vezes não tem a aparência de um conto de fadas, porque as Chamas Gêmeas têm carma uma com a outra e estão juntas para se resolverem. No entanto há uma grande atração entre elas e, embora vivam muitas vezes um casamento com muitos conflitos, há entre elas uma força muito grande que as impulsiona a permanecer juntas.
  • Casamento alquímico: é um elevado estado de consciência no qual a alma (os quatro corpos inferiores) une-se ao espírito (os três corpos superiores).
O IDEAL A SER VIVIDO NO CASAMENTO PODE SER EXPRESSO NESTE TEXTO

“O homem e a mulher, sacerdote e sacerdotisa diante de Deus, unidos em profundo amor, conferem um ao outro o complemento de suas individualidades. Olhos nos olhos contemplam, em adoração mútua, a face de Alfa e Ômega espelhada no seu par. Esse amor verdadeiro gerará esferas de luz, círculos santificados de vida e amor, que se alargarão para incluir  a progênie, em seguida a comunidade e depois o mundo inteiro.”

COMO NOS UNIR ESPIRITUALMENTE COM A NOSSA CHAMA GÊMEA
Fazendo o Círculo da Unidade:

De pé, visualize a imagem do seu Eu Divino e, em especial, a Presença Eu Sou. Visualize um raio de amor unindo o seu coração ao coração de sua Presença Eu Sou. Mergulhe a mão direita no fogo espiritual da câmara secreta do coração e trace com ele um círculo de união em torno de você e de sua Chama Gêmea. Visualize esse círculo de união com 4 metros de diâmetro, como um aro de fogo sagrado que repelirá tudo o que se oponha à união de vocês. Visualize você e sua Chama Gêmea como focos de energias espirituais com polaridade positiva e negativa, as duas metades da figura do tai-chi girando. Consagre o amor que os une a Deus.

Mantendo o contato interno

Na realidade, o contato entre as Chamas Gêmeas existe, mesmo quando elas não se conhecem na matéria. O que acontece com uma delas influencia a outra. Há um circuito constante ligando uma à outra. Mesmo quando estão em níveis evolutivos diferentes ou não se conhecem, podem manter o contato interno. Esse contato amplia a luz uma da outra, pois cada Chama Gêmea precisa daquela que a completa. O contato interno pode ser feito por meio da oração, da visualização, do sentimento, da invocação e da simples lembrança de que ela existe. Neste site há algumas orações que mencionam as Chamas Gêmeas. Veja aqui.

EXEMPLOS DE CHAMAS GÊMEAS NA LITERATURA E NA HISTÓRIA

Dante e Beatriz
Elza e Lohengrin
Romeu e Julieta
Tristão e Isolda
Jeannette MacDonald e Nelson Eddy
Hiawata e Minnehaha
Lancelot e Guinevere

EXEMPLOS DE CHAMAS GÊMEAS ASCENSAS

Jesus e Magda
Sanat Kumara e Vênus
Saint Germain e Pórcia
Paulo Veneziano e Ruth Hawkins
Maha Chohan e Pallas Athena
Mark e Elizabeth Prophet
Godfre e Lotus

CHAMAS GÊMEAS NOS OUTROS REINOS DA CRIAÇÃO

As Chamas Gêmeas têm a sua expressão também nos outros reinos da criação divina. Os Elohim apresentam a polaridade masculina e feminina, como Hércules e Amazônia, Arcthurus e Vitória, Apollo e Lumina. Entre os hierarcas dos elementos, temos Virgo e Pelleur, Áries e Thor, Netuno e Luara, Oromasis e Diana. No reino angélico, temos os Arcanjos e as Arqueias: Arcanjo Miguel e Arqueia Fé, Arcanjo Samuel e Arqueia Caridade, Arcanjo Gabriel e Arqueia Esperança.

Veja mais em: Instituto Aura Mater – Chamas Gêmeas

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s