COMPREENDENDO MELHOR A RESSONÂNCIA SCHUMANN…

Ressonancia Schumann

O QUE É A RESSONÂNCIA SCHUMANN E COMO VAI NOS AFETAR A MUDANÇA DOS PÓLOS

Por: Monicavox

Diversos grupos espiritualistas estão afirmando que a sensação do ‘tempo estar passando mais rápido’ tem explicação científica baseada no fenômeno físico conhecido como Ressonância de Schumann (RS). Uma cavidade ressonante é uma região espacial limitada cuja forma e volume determinam as frequências em que uma onda repercute dentro da mesma. Um instrumento musical que possui uma câmara sonora é um exemplo de cavidade ressonante. Pequenas alterações no volume ou na forma do instrumento alteram a frequência sonora emitida por ele. A flauta,por exemplo, é um tipo de instrumento que possui cavidade ressonante.

O QUE É FREQUÊNCIA?

É o número de ondas eletromagnéticas que passam por um determinado ponto em um segundo. A unidade recebe esse nome em homenagem ao físico alemão Henrich Rudolf Hertz, o primeiro a demonstrar a natureza da propagação das ondas eletromagnéticas. As unidades como Kilohertz (Khz) – milhares de ciclos por segundo, Megahertz (MHZ) – milhões de ciclos por segundo – e gigahertz (GHz) – bilhões de ciclos por segundo – são utilizadas para descrever fenômenos de alta frequência como as ondas de rádio. Estas ondas e outros tipos de radiação eletromagnética podem ser caracterizados por seus comprimentos de onda por suas frequências. As ondas eletromagnéticas de frequência extremamente elevadas, como a luz ou os raios X, costumam ser descritas de acordo com seus comprimentos de onda, que frequentemente são expressos em nanômetros (um nanômetro, abreviado nm, é um bilionésimo de metro). Uma onda eletromagnética com um comprimento de onda de 1nm tem uma frequência de aproximadamente 300 milhões de GHz.

OBSERVEMOS A FIGURA ABAIXO:

A Terra comporta-se como um enorme circuito elétrico. A atmosfera é, na realidade, um débil condutor e se não houvesse nenhuma fonte energética, sua carga elétrica dispersaria em cerca de 10 minutos. Há, por isso, um campo energético dentro da camada de ionosfera, há 55 quilômetros da superfície do planeta. No caso da região atmosférica, a cavidade ressonante não é ativada por vibrações sonoras (ou vibrações de pressão do ar) mas, sim, por ondas eletromagnéticas. Raios e descargas elétricas entre as nuvens, que ocorrem na proporção de 200 por segundo em todo o planeta, geram radiações eletromagnéticas que fornecem energia para que as frequências de ressonância da cavidade sejam intensificadas e propagadas ao redor do planeta. A frequência fundamental da cavidade formada pela atmosfera pode ser grosseiramente estimada a partir da informação de que a luz leva aproximadamente 1/8 de segundo para dar uma volta completa no planeta. Isso nos leva a um valor estimativo de 8Hz para a frequência dessa radiação. Experimentos mostraram que a frequência fundamental da RS é aproximadamente igual a 7.8Hz, e as frequências harmônicas superiores são 14, 20, 26, 33, 39, 45 e 51Hz .

O físico alemão Winfried Otto Schumann constatou em 1952 que a Terra é cercada por um campo eletromagnético poderoso que se forma entre o solo e a parte inferior da ionosfera, cerca de 100km acima de nós. Esse campo possui uma ressonância (dai chamar-se ressonância Schumann), mais ou menos constante, da ordem de 7,83 pulsações por segundo. Experimentos mostraram que a frequência fundamental da RS é aproximadamente igual a 7.8Hz, e as frequências harmônicas superiores são 14, 20, 26, 33, 39, 45 e 51Hz.

COMO ELA FUNCIONA?

Funciona como uma espécie de marca-passo, responsável pelo equilíbrio da biosfera, condição comum de todas as formas de vida. Verificou-­se também, que todos os vertebrados e o nosso cérebro são dotados da mesma frequência de 7,83 hertz. Empiricamente fêz­-se a constatação de que não podemos ser saudáveis fora dessa frequência biológica natural. Sempre que os astronautas, em razão das viagens espaciais, ficavam fora da ressonância Schumann, adoeciam. Mas submetidos à ação de um simulador Schumann recuperavam o equilíbrio e a saúde. Por milhares de anos as batidas do coração da Terra tinham essa frequência de pulsações e a vida se desenrolava em relativo equilíbrio ecológico. Ocorre que a partir dos anos 80, e de forma mais acentuada a partir dos anos 90, a frequência passou de 7,83 para 11 e para 13 hertz por segundo. O coração da Terra disparou. Coincidentemente, desequilíbrios ecológicos se fizeram sentir: perturbações climáticas, maior atividade dos vulcões, crescimento de tensões e conflitos no mundo e aumento geral de comportamentos desviantes nas pessoas, entre outros. Devido à aceleração geral, a jornada de 24 horas, na verdade, é somente de 16 horas. Portanto, a percepção de que tudo está passando rápido demais não é ilusória, mas teria base real nesse transtorno da ressonância Schumann.

O QUE DIZ A CIÊNCIA MÉDICA SOBRE ISSO

O artigo Schumann Resonances, a plausible biophysical mechanism for the human health effects of Solar/Geomagnetic apresenta um estudo interessante onde se propõe que a radiação eletromagnética devido à RS seja um mecanismo biofísico plausível (destacamos essa palavra) que resolveria o problema da correlação entre a atividade Solar e Geomagnética (distúrbios magnéticos de origem solar ou terrestre que afetam o campo magnético da Terra) com efeitos na saúde de algumas pessoas. A proposta é de que a radiação eletromagnética de Schumann interagiria com o cérebro determinando ou coordenando os pulsos elétricos que controlam os níveis de serotonina e melatonina no organismo, duas substâncias reguladoras do ciclo diurno e noturno do ser humano com consequências em diversas funções vitais como a pressão sanguínea, respiração, sistema imunológico e os processos cardíacos e neurológicos, entre outros. O que reforçaria a hipótese da interação entre o cérebro e a radiação eletromagnética na frequência da RS, é o fato de que as ondas nervosas vibram em faixas de frequências semelhantes às da RS. A existência de dados que correlacionam as atividades solares e geomagnéticas a determinados distúrbios da saúde, reforça a possível (ou plausível) idéia de interação entre a radiação na frequência da RS com o cérebro. Os cientistas não têm idéia sobre qual será o impacto disto sobre as grades de força eletrônicas e eletromagnéticas. E mais, não sabem o que isso significa para o sistema imunológico humano. Algumas modalidades de curas alternativas têm demonstrado a ligação entre o sistema imunológico e o magnetismo, e também que nossos sistemas imunológicos poderiam muito bem estar sintonizados com os campos magnéticos da Terra.

GREGG BRADEN E A INVERSÃO DOS PÓLOS MAGNÉTICOS

Este texto é baseado nas informações que enfocam o trabalho do geólogo norte-americano Gregg Braden , maior estudioso do fenômeno. Braden trabalha a partir da interface ciência-esoterismo e é autor do livro Awakening to Zero Point (Despertando para o Ponto Zero) e de um vídeo de quatro horas sobre o fenômeno e suas possíveis consequências para a humanidade. Ele está constantemente viajando pelos EUA e marcando presença na mídia, demonstrando com provas científicas que a Terra estará passando pelo Cinturão de Fótons e que há uma desaceleração na rotação do planeta. Ao mesmo tempo, ocorre um aumento na frequência ressonante da Terra (a chamada Ressonância Schumann). Segundo Gregg Braden, Quando a Terra diminuir ao máximo a sua rotação e a frequência ressonante alcançar o índice de 13 hz, estaremos no que Braden chama de Ponto Zero do campo magnético. A Terra ficará como se estivesse parada e, após dois ou três dias, recomeçará a girar só que na direção oposta. Isso poderá produzir uma total reversão nos campos magnéticos terrestres.

FREQUÊNCIA DE BASE CRESCENTE

A frequência de base da Terra, ou “pulsação” (a Ressonância Schumann), está aumentando drásticamente. Embora varie entre regiões geográficas, durante décadas a média foi de 7 a 8 ciclos por segundo. Essa medida já foi considerada uma constante. Comunicações globais militares foram desenvolvidas a partir do valor dessa frequência. Recentes relatórios estabeleceram a taxa num índice superior a 11 ciclos. A ciência não sabe por que isso acontece ­ nem o que fazer com tal situação. Gregg Braden encontrou dados coletados por pesquisadores noruegueses e russos sobre o assunto ­ que, por sinal, não é amplamente tratado nos Estados Unidos. A única referência à Ressonância Shumann (RS) encontrada na Biblioteca de Seattle está relacionada à meteorologia: a ciência reconhece a RS como um sensível indicador de variações de temperatura e condições amplas de clima. Braden acredita que a RS flutuante pode ser fator importante no desencadeamento das severas tempestades e enchentes dos últimos anos.

CAMPO MAGNÉTICO DECRESCENTE

Enquanto a taxa de “pulsação” está crescendo, seu campo de força magnético está declinando. De acordo com professor Banerjee, da Universidade do Novo México (EUA), o campo reduziu sua intensidade à metade, nos últimos 4 mil anos. Como um dos fenômenos que costuma preceder a inversão do magnetismo polar é a redução desse campo de força, ele acredita que outra inversão deve estar acontecendo. Braden afirma, em função disso, que os registros geológicos da Terra que indicam inversões magnéticas também assinalam mudanças cíclicas ocorridas anteriormente. E, considerando a enorme escala de tempo representada por todo o processo, devem ter ocorrido muito poucas dessas mudanças ao longo da história do planeta. O campo geomagnético da Terra está sofrendo grandes mudanças, enfraquecendo. Há 2 mil anos, o campo media cerca de 4 gauss. Quase 500 anos depois, o campo geomagnético terrestre começou a cair, numa taxa muito mais acelerada. O campo agora mede somente 0,4 gauss. Nos últimos 30 anos, esse campo não tem só caído, mas está se tornando irregular. Os pássaros, que se utilizam dele para migrar, estão agora indo parar em outros locais. Ocorre o mesmo com os golfinhos e as baleias. Eles usam as linhas geomagnéticas (ver o post sobre as linhas ley aqui no blog) para migrar. Estas, que estavam estacionadas por milhares de anos, agora mudaram. Algumas dessas linhas movem-­se para áreas no interior dos continentes e essa é a razão pela qual muitas baleias e golfinhos têm encalhado nas praias. As linhas geomagnéticas, que sempre guiaram sua migração, agora as levam para a terra.

COMO TUDO ISSO VAI NOS IMPACTAR?

Em seu livro Awakening to Zero Point (Despertando para o Ponto Zero), Gregg Braden costuma afirmar que essas informações não devem ser usadas com o objetivo de amedrontar as pessoas. Ele acredita que devemos estar preparados para as mudanças planetárias, que irão introduzir uma Nova Era de Luz para o planeta: a nova humanidade viverá além do dinheiro e do tempo, com os conceitos baseados no medo e no egoísmo sendo totalmente dissolvidos. Braden lembra que o Ponto Zero ou a Mudança das Eras vem sendo predito por povos ancestrais há milhares de anos (ver calendário Maya). Têm acontecido ao longo da história do planeta muitas transformações geológicas importantes, incluindo aquelas que ocorrem a cada 13 mil anos, precisamente na metade dos 26 mil anos de Precessão dos Equinócios. O Ponto Zero ou uma alteração dos polos magnéticos provavelmente acontecerá logo, acredita Braden. Poderia possivelmente sincronizar-­se com o biorritmo de 4 ciclos da Terra, que ocorre a cada 20 anos, sempre no dia 12 de agosto. A última ocorrência foi em 2003. Afirma-­se que depois do Ponto Zero, o sol nascerá no oeste e se porá no leste. Ocorrências passadas, desse mesmo tipo de mudança, foram encontradas em registros ancestrais.

OS REFLEXOS NA VIDA HUMANA

A mudança que nos espera refere-se á vários fatores, todos igualmente importantes e um pouco críticos. A grande maioria das pessoas não tem a percepção correta do que significa “falta de ….” um recurso definitivo. Especialmente se falamos do “jovem” nascido após a década de 80. Mas, se para estes jovens o problema é principalmente devido ao fato de que eles nasceram e foram criados na “abundância” desses recursos, discursos muito diferentes  precisam ser feitos para aqueles que nasceram antes … e que, para uma variedade de razões, não podem imaginar o que poderia significar a falta súbita de um recurso como o petróleo, ou de eletricidade em geral. Muitas vezes, falando sobre estas questões entre as pessoas comuns, a posição assumida pelo cidadão comum é o de “quem se importa… nós vamos fazer sem.” Mas, pensando profundamente sobre o discurso que nós temos de fazer, verifica-se que, de fato, as coisas são muito diferentes.

Gregg Braden assinala que as mudanças na Terra estarão afetando cada vez mais nossos padrões de sono, relacionamentos, a habilidade de regular o sistema imunológico e a percepção do tempo. Tudo isso pode envolver sintomas como enxaquecas, cansaço, sensações elétricas na coluna, dores no sistema muscular, sinais de gripe e sono intenso. Ele associa uma série de conceitos de ordem esotérica aos processos geológicos e cosmológicos relacionados ao Ponto Zero. Para Braden, cada ser humano está vivendo um intenso processo de “iniciação”. O tempo parecerá acelerar­-se à medida que nos aproximarmos do Ponto Zero, em função do aumento da frequência vibratória do planeta: 16 horas agora equivaleriam a um dia inteiro, ou seja, 24 horas. Durante o fenômeno da mudança, aponta ele, a maior parte da tecnologia que conhecemos deverá parar de operar. Possíveis exceções poderiam ser em aparelhos com tecnologia baseada no Ponto Zero ou Energia Livre. A inversão causada pelo Ponto Zero provávelmente nos introduzirá à Quarta Dimensão, diz o geólogo; então, tudo o que pensarmos ou desejarmos vai se manifestar rapidamente. Isso inclui pensamentos e sentimentos diversos inconscientes. Daí que a “intenção” passará a representar um papel de suma importância na vida humana. A especulação é de que há uma correlação entre a consciência e o magnetismo. Para se entender como essa conexão pode funcionar, é útil compará-la com uma memória de computador. Os campos magnéticos na memória são mantidos no lugar por meio de uma carga elétrica – uma carga lenta – dentro do computador em si mesmo. Quando as pilhas do computador acabam, a carga se foi, e a memória é perdida. Daí temos que recarregar o sistema operacional. Da mesma forma, pesquisadores e os descendentes dos povos indígenas acreditam que quando a Terra passar por essa mudança que a ciência vê como uma reversão magnética, também haverá uma grande mudança e limpeza da consciência na e da Terra.

AS PREDIÇÕES DE EDGAR CAYCE E OS ÍNDIOS HOPI

Edgar Cayce, o “profeta adormecido”, predisse há cerca de 60 anos que o Polo terrestre “mudaria no inverno de 1998”. O tempo parece estar certo. Isso foi considerado impossível na época da predição de Cayce. Eles acreditavam que tal evento só aconteceria após milhões de anos. Agora, sabem que isso acontece sempre. De fato, aconteceu da última vez há 13 mil anos e, antes disso, somente há 26 mil;  já fazem 12 mil anos que a última vez ocorreu. De acordo com a Precessão dos Equinócios, estamos no ponto da história que isso pode acontecer, se já não está para acontecer do dia para a noite. E, finalmente, os índios Hopi anunciaram que em julho de 1998 a Terra iria saber, com certeza, que alguma coisa muito grande está para ocorrer, e que de outubro a dezembro de 1998 nós poderíamos passar para o quinto mundo dos povos nativos americanos(todas essas datas são aproximadas). Isso é o mesmo que a 5ª dimensão, as influências do Plano Astral. Os Hopi contam o vácuo como um mundo, nós o contamos como zero. Outro grande sinal.

No Capítulo 7 do livro “Os Reinos Perdidos” (The Lost Realms) de Zecharia Sitchin, podemos ler:

“Completamente ignorado pelos estudiosos como uma pista válida é a declaração repetida nas lendas dos Incas nos Andes (local antípoda da Terra Santa) de que houve uma escuridão assustadora há um longo tempo de seu passado. Ninguém se perguntou se essa era a mesma escuridão devida pelo não aparecimento do sol quando atrasou seu nascimento de que as lendas mexicanas também falam em um conto na região de Teotihuacan e suas pirâmides, no antigo México. Se não houvesse sido de fato um fenômeno global, que o sol não se levantasse pela manhã e a noite então se estendesse pelo dia, então tal evento de extensão da noite de tal magnitude teria sido observado em todas as Américas. As lembranças coletivas dos mexicanos e dos andinos parecem corroborar um e o outro local neste ponto, e portanto, um defende e corrobora a veracidade do fato, como duas testemunhas para o mesmo evento em locais distantes e sem contato entre si. Segundo o Frei Dominicano Antonio de Montesinos e outros cronistas da história dos povos andinos, esse evento extremamente inusitado aconteceu no reinado de Titu Yupanqui Pachacuti II, o 15º monarca, em tempos do antigo império INCA. Foi no terceiro ano de seu reinado, quando “os bons costumes foram esquecidos pelos homens e as pessoas se deram, se entregaram a todos os tipos de vício”, foi nesse tempo em que ”não houve aurora por vinte horas, o “SOL NÃO NASCEU NAQUELE DIA.” Em outras palavras, a noite não terminou quando deveria e o nascer do sol foi adiado durante vinte horas, tendo a noite avançado pelo dia. Depois de um grande clamor do povo, confissão de pecados, rezas, sacrifícios e orações, o sol finalmente se levantou. Isso não poderia ter sido causado por um eclipse: não foi descrito de que o brilho do sol foi obscurecido por uma sombra. Além disso, nenhum eclipse dura tanto tempo, e os sacerdotes peruanos da nação INCA estavam cientes de tais eventos periódicos. O registro não diz que o sol desapareceu, ele apenas diz que ele não se levantou “não houve aurora” – durante vinte horas.

4

TEREMOS UM NOVO DNA

O DNA é formado de 64 combinações de carbono, oxigênio, hidrogênio e nitrogênio. Dessa matriz retangular, e todas as suas possibilidades, aparentemente só usamos um terço. As emoções ativam e desativam sequências do DNA e as emoções determinam como o DNA é codificado em nosso corpo. A emoção é um modelo vibratório que cria certa pressão dentro da célula. Podemos classificar as emoções de acordo com os padrões mais ou menos complexos produzidos: Vibrações positivas e emoções boas, geram padrões com mais pontos de pressão sobre as células. Vibrações negativas e emoções ruins, geram padrões com menos pontos de pressão sobre as células. Hoje, no período de uma vida, temos a possibilidade de mudar‐nos, ativando ou desativando partes do DNA. Isso nos dá a oportunidade de desenvolver a chamada “Tecnologia Interna” que consiste em: pensamento, sentimento e emoção. Nosso corpo físico vem mudando à medida que nos aproximamos do Ponto Zero. Nosso DNA estaria sendo ampliado para 12 fitas em sua hélice, ao mesmo tempo em que um novo corpo de luz começaria a ser criado para os que realizassem um “Trabalho Interno adequado”. Em consequência disso, nos tornaríamos mais intuitivos e com maiores habilidades curativas. Ele afirma também que todas as doenças dos anos 90, incluindo a Aids, que são kármicas, desaparecerão. Nossos olhos ficariam como os do gato, para se ajustarem à nova atmosfera e nível de luz. E todas as crianças nascidas depois de 1998 provavelmente terão capacidades telepáticas. Segundo afirmações do VM Samael Aun Weor, fundador das instituições gnósticas, a passagem de todo o Sistema Solar e da Terra em particular afetaria toda a fauna e a flora, revolucionando as cadeiras de Química, Física e Biologia. Isso inclui também as ciências relacionadas ao ser humano.

COMO PODEMOS NOS PROTEGER DURANTE ESSA INVERSÃO DOS PÓLOS

Primeiramente, será práticamente impossível viver em uma cidade grande durante essa época. Toda a eletricidade, combustível e água serão desligados.Com os estoques de comida sem serem repostos, então após um mês ou menos, as pessoas ficarão sem comida e irão fazer qualquer coisa para consegui­-la. Viajar será impossível; automóveis quebrados/sem combustível, bloquearão a maioria das estradas. Todas as linhas aéreas, ônibus, trens etc., não estarão funcionando. Onde quer que você esteja, será onde você vai ficar. E se isso não é o suficiente, a maior parte das pessoas ficará com fome, com raiva… e perigosa. Aí estão as profecias que tanto foram apregoadas durante estes séculos, o Apocalipse e outras teorias de fim de mundo. Segundo Gregg Braden, basta que nos limitemos simplesmente a viver o máximo cada dia, que conciliemos as experiências que nos cruzam cada dia com nosso caminho, que aproveitemos as oportunidades de honrar a vida, de honrar nossas mútuas relações. Sendo honestos, confiáveis, carinhosos e compassivos, vivendo isto cada dia, e já estamos nos preparando para qualquer coisa que poderia vir  em qualquer outro dia do ano ou em qualquer outro momento em nosso futuro.

“Conheço pessoas que estão vivendo suas vidas, guardando recipientes cheios de água e comida, preparando-se para o dia em que nosso mundo vai mudar. Eu entendo e acho que está bem ser auto-suficiente. Eu entendo o que estão expressando. Mas vejo também que dedicam muito de suas vidas a se preparar para esse dia e perdem a beleza e o mistério da vida que desabrocha a cada dia. Perceber essa beleza e esse mistério é o que nos prepara para os maiores desafios! Devemos viver cada dia de maneira consciente. Estar consciente das oportunidades. Reconhecer as oportunidades que vem a seu modo. Cada dia nos oferece a oportunidade de sermos tolerantes com outros sistemas de crenças, de perdoar alguém que nos tenha magoado ou irritado, de alterar nossos julgamentos sobre o que deveria acontecer ou não em nosso mundo. Se podemos conciliar todas essas coisas que passam por nós e em seguida saber que ao mudar a forma como nos sentimos podemos mudar a química de nossos corpos, então estaremos preparados para qualquer transição que a Terra vai passar. Eu não sei se isso faz sentido. Pela primeira vez em nossa história, o destino de nossa espécie, repousa sobre as escolhas de uma só geração. E o que acabamos de fazer é falar do que consiste algumas dessas escolhas” GREGG BRADEN

CONCLUSÃO

Toda a humanidade se encontra num estado de “tensão” e “expectativa”. Expectativa de quê? Ninguém sabe ao certo, mas é um fato e ela existe, como bem o demonstra a insegurança pública. Os mais céticos, afirmam ser devido à contingente situação atual da sociedade mundial. Alguns sociólogos afirmam ser devido às armas nucleares, ao chamado “equilíbrio do terror”, cujo arsenal nuclear é suficiente para destruir todo o planeta mais de uma centena de vezes. Já os ocultistas afirmam que estes “sintomas planetários sociais” são o “Inconsciente Coletivo” prognosticando uma terrível e implacável seleção ou separação do joio do trigo, proveniente de um grande “Julgamento Cíclico”. O sistema mundial em que nos encontramos, como  mostrado já em vários posts aqui no blog , é  uma “Matrix” que nos oferece tudo (?) para nos manipular, mas ainda, estamos ligados fortemente a ele. É talvez apropriado para construir o nosso futuro, olhar para o passado da nossa história e assimilar o máximo de informação possível a partir dessas pessoas/civilizações que sobreviveram a eventos e situações semelhantes às que nós teremos à frente. Cada época teve sua civilização que evoluiu até um ponto máximo, identificável com o período de usabilidade máxima dos recursos disponíveis, além de que, infelizmente (ou felizmente), houve um rápido colapso da própria civilização. Nenhuma civilização é eterna e os mesmos americanos que se acham eternos, hoje tem medo  das civilizações milenárias dos chineses, indianos (que não tem o pressuposto filosófico no próprio “DNA” da suas civilizações, de querer mandar  em tudo no mundo) e dos países do BRICS em geral. Temos que descobrir como enfrentar o futuro. Como sair da Matrix que nos domina e como sobreviver nas turbulências inevitáveis ​​que já começam a se tornar visíveis no horizonte do tempo, tudo em um contexto de crescente tensão geopolítica e redução dos valores morais, sociais e espirituais do indivíduo. Em verdade, contudo, podemos apenas afirmar que “os tempos esperados já chegaram” e que pouco importa se os homens estejam ou não conscientes disto. Além disso, o real conhecimento da Causa que tanta repercussão vem fazendo refletir na insegura humanidade, pertence somente àqueles que se fizeram dignos de tais revelações. Gaia, esse super-organismo vivo que é a Mãe Terra, deverá estar buscando formas de retornar a seu equilíbrio natural. E vai consegui­-lo, mas não sabemos a que preço a ser pago pela biosfera e pelos seres humanos. Aqui abre­-se o espaço para grupos esotéricos e outros futuristas projetarem cenários, ora dramáticos, com catástrofes terríveis, ora esperançosos, como a irrupção da quarta dimensão, pela qual todos seremos mais intuitivos, mais espirituais e mais sintonizados com o biorritmo da Terra. A tese recorrente entre grandes cosmólogos e biólogos é de que a Terra é, efetivamente, um super-organismo vivo, e de que Terra e a humanidade formam uma única entidade.

Os antigos essênios, em um texto que tem mais de 2.500 anos de idade, nos lembram de nossa relação com o mundo ao nosso redor; ele diz simplesmente, que o mundo que nos rodeia e em que hoje vivemos é nada mais nada menos do que um espelho do que nós nos tornamos a partir de dentro, do nosso interior, do nosso estado de espírito. Então, quando vemos um mundo que parece irritado, cruel, impensado, mesquinho, egoísta, que produz sofrimento para os nossos irmãos e irmãs de todo o mundo – a partir desta perspectiva, o mundo é um espelho do que nos tornamos como indivíduos, famílias, sociedade e nações, em suma a Civilização. Não é um mundo certo, errado, bom ou ruim. É simplesmente um reflexo do que manifestamos  interiormente, sem estarmos despertos. A condição atual que o planeta apresenta é um mecanismo de feedback, de resposta. Portanto, se queremos ver uma mudança em nosso mundo, devemos nos tornar a mudança que queremos primeiro em nossas próprias vidas diárias. Se queremos ver a paz, a compreensão, tolerância, compaixão, paciência e o perdão a nível global, devemos nós mesmos nos tornar assim. Devemos nos transformar em nossos próprios professores e mestres. Temos de exigir que possamos viver e nos divertir através da paz, compaixão e compreensão. A vida não precisa ser monótona e entediante. Ela pode ser muito excitante, e não tem que ser cruel, insensível, ou desumana. Assim, em nossas vidas diárias, em cada momento de cada dia, fazemos uma escolha que afirma ou nega a vida em nossos corpos em abundância; todos nós estamos ligados através desta rede de grade eletromagnética. As nossas escolhas individuais (ou a falta delas) geram a resposta coletiva para o nosso futuro. Se queremos  ver uma mudança coletiva benéfica, devemos individualmente ser essa mudança.

E CITANDO UM TRECHO DE “Awakening to Zero Point”:

“Nós, seres humanos, somos a Terra, que sente, pensa, ama e venera. Porque somos isso, possuímos a mesma natureza bioelétrica e estamos envoltos pelas mesmas ondas ressonantes Schumann. Se quisermos que a Terra reencontre seu equilíbrio, devemos começar por nós mesmos: fazer tudo sem estresse, com mais serenidade, com mais amor, que é uma energia essencialmente harmonizadora. Para isso importa termos coragem de rompermos com a cultura dominante, que nos obriga a ser cada vez mais competitivos e efetivos. Precisamos respirar juntos com a Terra, para conspirar com ela pela paz.”

GREGG BRADEN

***************************************************************************************************

“Para encarar esse período de transição, os seres humanos estão se adaptando. Está havendo um processo de repopulação espontânea que teve início no final da década de 50 e começo de 60, para elevar a consciência humana, transformando os humanos em iniciados da mais alta ordem. Estar neste mundo, nesse período de tempo, é uma demonstração da maestria. Os que aqui estão são considerados os mestres da densidade” ~GREGG BRADEN

***************************************************************************************************

Bibliografia para consulta
1 – Awakening to Zero Point – Gregg Braden
2 – Matriz Divina – Gregg Braden
3 – The Turning Point – Gregg Braden
4 – Deep Truth – Gregg Braden
5 – Efeito Isaías – Gregg Braden
6 – Ciência do Futuro – Maurice Cotterell
7 – Deteco dos campos magnéticos pelos seres vivos – Daniel Acosta Avalos
8 – DNA- Decifrando o código da alma – Robert Norton
9 – DNA- O segredo da vida – James D. Watson
10 – Muito além da velocidade da Luz-a quinta dimensão – Marc Seifer
11 – Las Profecias Mayas – German Puerta Restrepo
12 – Catástrofobia – Bárbara Hand Clow

Nota: Você encontra alguns livros relacionados na Biblioteca Virtual

Divulgação: A Luz é Invencível


Via: A Luz é Invencível | O QUE É A RESSONÂNCIA SCHUMANN E COMO VAI NOS AFETAR A MUDANÇA DOS PÓLOS

O EFEITO DO REIKI EM NOSSOS CÉREBROS COMPROVADO PELA CIÊNCIA…

hands of light

O QUE ACONTECE COM SEU CÉREBRO DURANTE UMA SESSÃO DE REIKI

reike-e-cerebro

Por: Greice Peplau

 

Uma pesquisa realizada pelo Dr. Robert Becker e Dr. Jonh Zimmerman, na década de 1980, investigou os efeitos que algumas terapias, como Reiki, causam nas pessoas enquanto praticam.

A investigação revelou que os padrões de ondas cerebrais de praticantes e receptores se tornaram sincronizados no estado Alfa, ou seja, estado de profundo relaxamento e meditação. E o mais surpreendente é que perceberam também que pulsam em uníssono com o campo magnético da Terra, conhecida pela ciência como a Ressonância Schuman – 7.86 Hz.

A investigação revelou que o campo biomagnético das mãos dos praticantes é 1000 vezes maior do que o normal, e não como um resultado da corrente interna do corpo.

Toni Bunnell (1997) sugere que a ligação dos campos de energia entre o profissional e a frequência do campo eletromagnético da terra permite ao praticante canalizar essa vibração, através da ressonância Schuman.

O Prof. Paul Davies e Dr. John Gribben em “O Mito Matéria” (1991), discutiram este tema ligado ao conceito de quantum e visão física de um “universo vivo” em que tudo está conectado em uma teia de interdependência energética”. Tudo isso promove a experiência subjetiva de “unidade” e “expansão de consciência” relacionado por aqueles que recebem o Reiki regularmente ou até mesmo fazem o autotratamento.

Zimmerman (1990), nos EUA, e Seto (1992), no Japão, investigaram a pulsação do campo biomagnético que é emitido das mãos de praticantes de Reiki, enquanto estes estavam aplicando em seus pacientes. Eles descobriram que os pulsos estão nas mesmas frequências, como as ondas cerebrais, de 0,3-30 Hz, com foco principalmente em 7 – 8 Hz, estado alfa.

Uma investigação médica independente, demonstrou que esta gama de frequências estimulava a cicatrização no corpo, com frequências específicas sendo adequados para diferentes tecidos.

Por exemplo, 2 Hz encoraja a regeneração do nervo e o o crescimento ósseo, 7 Hz, na reparação de ligamento 10Hz e 15 Hz formação capilar.

Com base nesses princípios, a tecnologia ultrassom é comumente usada para limpar artérias obstruídas e desintegrar pedras nos rins. Além disso, tem sido conhecida há muitos anos que a colocação de uma bobina elétrica em torno de uma fratura que se recusa a consertar vai estimular o crescimento ósseo e reparação.

Becker explica que ‘ondas cerebrais’ não estão confinadas ao cérebro, mas circulam por todo o corpo através do sistema perineural, as bainhas de tecido conjuntivo envolvendo todos os nervos.

Durante o tratamento, estas ondas emitem pulsos no tálamo do cérebro do praticante, reunindo forças cumulativas que fluem para os nervos periféricos do corpo, incluindo as mãos.

O mesmo efeito se reflete na pessoa ao receber o tratamento e Becker sugere que é este sistema, mais do que qualquer outro, que regulamenta a reparação de lesões e reequilíbrio dos sistemas biológicos do corpo. Isso destaca uma das características especiais do Reiki (e terapias similares) – que tanto o profissional e o cliente recebem os benefícios de um tratamento, o que torna muito eficiente.

Além disso, parte da popularidade crescente do Reiki é que ele não impõe um conjunto de crenças, e pode, portanto, ser usado por pessoas de todas as crenças religiosas e filosofias. Esta neutralidade o torna particularmente apropriado para um ambiente de tratamento médico-psicológico.


Por favor, respeite os créditos ao compartilhar
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – http://www.decoracaoacoracao.blog.br
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – https://lecocq.wordpress.com
Fonte: Greice Peplau

Via: ♥ De Coração a Coração ♥: O QUE ACONTECE COM SEU CÉREBRO DURANTE UMA SESSÃO DE REIKI

MERKABAH: A VIBRAÇÃO DO PADRÃO GEOMÉTRICO DE SEU CORPO DE LUZ…

Merkabah_Teal Swan

Os Segredos do Merkabah

merkabah2

Por: Maiana Lena

 

O  Merkabah é como um corpo que envolve o campo áurico de cada pessoa. Não é nada que tenha que ser necessariamente, conscientemente construído pela pessoa, já que é construído automaticamente com o processo da evolução! O Merkabah é usado para muitas coisas. Uma das maiores é a proteção dos campos energéticos. Outra é como meio de transporte. Ele é um veículo de luz que opera automaticamente, mesmo que uma pessoa nunca seja treinada conscientemente para usá-lo.

Uma coisa interessante, é que ele muda de forma após cada iniciação que recebemos. O Merkabah de cada pessoa é diferente, já que seu formato é criado na iniciação, de acordo com o desenvolvimento de sua consciência.

Existe apenas um Merkabah. O Merkabah movimenta-se automaticamente quando é necessário.   Podemos pedir um alinhamento e clarificação do Merkabah! O Merkabah pode mudar de forma, já que, a cada iniciação, ele muda para refletir o crescimento de nossa consciência.

Quando a alma de cada pessoa viaja à noite, ou mesmo em viagens conscientes da alma, ela está em seu Merkabah. Não é nada que alguém tenha que fazer conscientemente, já que acontece de maneira automática! Existem muitos professores Espirituais dizendo que vocês têm que fazer visualizações, mudras, respirações, e assim por diante, para fazer o Merkabah. Não há nada errado em trabalhar com visualizações, técnicas de respiração, mudras, e fazer girar o Merkabah, e assim por diante; elas podem ser ferramentas úteis, entretanto, é importante entender qual a aparência do Merkabah e como ele funciona, sem necessidade das ferramentas e técnicas! Tudo foi criado por Deus para trabalhar para nós automaticamente! Podemos apenas apreciar a corrida. Podemos ver o nosso desenvolvimento em nossa consciência pela aparência de nosso Merkabah depois de cada iniciação!

Parte de se construir o corpo de luz é ancorar os corpos de luz superiores, um por um, nos campos de energia e em todo o sistema! Assim, sempre que um corpo de luz superior é ancorado e ativado, o Merkabah, em certo sentido, causa isso. Sendo que o Merkabah é o corpo mais externo que envolve os campos de energia de uma pessoa.

Sua extensão vai de 3 a 15 metros. Mais interessante ainda é que, dependendo do que estamos pensando, ele se estende infinitamente mais. Potencialmente, conforme uma pessoa cresce em evolução Espiritual, o campo Merkabah pode se estender infinitamente. Entretanto, no nível de evolução das pessoas no Planeta Terra, se alguém for um Mestre altamente avançado, que é o que eu gosto de chamar de “Mestre Espiritual Integrado”, tiver integridade total e tiver transcendido o ego a um alto grau, então, é possível para esse Mestre Terreno, estender seu Merkabah até um nível Universal! Tudo isso é governado pelo processo de pensamento e pelo nível  e grau de Liderança Espiritual e trabalho de Serviço Mundial Planetário!

O Merkabah é semipermeável por natureza, e permite que todos os outros corpos de luz se estendam para fora quanto forem capazes, enquanto, simultaneamente, ainda provê proteção total. O Merkabah é indestrutível e é criado por Deus. Onde os outros corpos de luz podem, potencialmente, sair de equilíbrio, o Merkabah não o faz. Ele também ajuda a canalizar as energias dos corpos de luz, e é automaticamente programado por Deus para funcionar com todos os códigos, freqüências, funções e sabedoria de todos os diferentes corpos de luz, em todos os 352 níveis de Deus! Para aqueles que estão integrados e equilibrados como Mestres Espirituais a serviço total de Deus e dos Mestres, e são puros de coração, o Merkabah permite que o trabalho de serviço e o trabalho de luz sejam feitos além do nível de integração de seus corpos de luz, por determinação de Deus e dos Mestres; entretanto, isso apenas pode acontecer se a pessoa estiver operando verdadeiramente como um “Mestre Espiritual Integrado”!

Fonte: Apostila Sacerdócio da Ordem Melchizdek IV


Via Os Segredos do Merkabah – Maiana Lena

AS LINHAS LEY SÃO FLUXOS DE ENERGIA ATUANDO POR TODA A TERRA…

Linhas Ley

Linhas Ley…

Trecho extraído de uma mensagem de Arcanjo Metatron canalizada por James Tyberron em 22 de agosto de 2008, na Irlanda.

Pode-se dizer que as linhas ley existem em diversas formas, com diferentes graus de refinamento de várias formas de energia. As linhas ley são padrões energéticos que correm tanto em cima como embaixo da Terra. Elas circunavegam a Terra numa variedade de caminhos baseados em leis matemáticas, leis geométricas, essência vibracional, força geológica e campos eletromagnéticos e mineralógicos. Elas mudam e se movem, e têm sido utilizadas numa infinidade de modos através de éons do espaço-tempo. Nas eras de maior entendimento, épocas de maior tecnologia, elas foram percorridas como auto-estradas, utilizando-se a intensificação de energias muito refinadas. Através de tal entendimento, as linhas ley tinham a capacidade de ser usadas como condutores de transferência de energia e para comunicação. Desde a queda da Atlântica, sua utilização amplificada cessou, e perdeu-se a capacidade de sustentar este modo de uso. Como resultado, a rede refinada não está mais intacta, de modo que as linhas ley estão partidas em algumas áreas, rasgadas em outras, e as auto-estradas e caminhos parecem não fazer sentido. Elas não se conectam mais completamente através do globo.

A essência básica das linhas ley decorre de uma fonte natural. Elas são correntes de energia telúrica. À medida que elas se refinaram, algumas foram codificadas e construídas em novos paradigmas, os quais chamam-se de quinta e sexta dimensão. Estas substituíram as antigas, mas nem todos as descobriram ainda. E isto é apropriado.

Pode-se dizer que o sistema de linhas ley atua como o sistema nervoso do planeta vivo. O planeta também possui o que pode ser chamado de linhas axiotonais, meridianos e chacras.

As linhas ley não são constantes, muitos fatores podem causar sua mudança. Muitos fatores se somam ao seu complexo conteúdo energético, ou à falta dele. Pressão tectônica, magma, energia solar, ocorrência natural de campos eletromagnéticos postos em ação por minerais como o quartzo e até a decomposição de matéria orgânica, tudo isto cria calor e carga elétrica. Estas energias se acumulam e fluem através dos caminhos de condutividade da Terra, tanto sobre a crosta terrestre quanto ligeiramente acima ou embaixo dela. As regiões e locais da Terra, ricos em metal natural ou em teor de mineral condutivo, atraem a corrente destes fluxos eletromagnéticos. Quase todos os templos de geometria sagrada construídos pelos asiáticos, romanos, gregos, egípcios e maias têm linhas ley passando por eles. Algumas dessas estruturas foram construídas sobre as linhas ley, outras atraíram-nas para si. Muitos pontos nas linhas ley formam vórtices espirais.

Os vórtices se formam por várias razões. Geralmente se entende que a causa é a intersecção de linhas ley. Eles também ocorrem em pontos de pressão tectônica, em vulcões, ao redor de montanhas íngremes e piramidais, ao redor de estruturas construídas pelo homem com base na [geometria sagrada]. Vórtices ocorrem naturalmente em grandes depósitos minerais, leitos basálticos, batólitos graníticos, confluência de rios, e em quedas d’água. Tudo isto projeta plasma subatômico, íons carregados e campos eletromagnéticos. Esta construção natural de energia começa a girar por natureza e assim forma-se um vórtice. É preciso esclarecer que vórtices não são portais e que não evoluem para portais, embora do seu ponto de vista possa parecer que sim, porque todos os portais atraem um vórtice para si. Os vórtices podem se tornar motores de distribuição da essência diamantina chamada akasha, e de energias de dimensões mais elevadas recebidas através dos portais. Nem todos os vórtices abrigam um portal, mas todos os portais têm um vórtice.

Seu termo “Ley” é uma palavra relativamente recente criada para descrever simplesmente uma linha reta que conecta dois pontos, mas tem um significado muito mais amplo. Define-se linhas ley como o aspecto cristalino consciente do fluxo eletromagnético – linhas e correntes que cruzam o planeta em forma de rede. Linhas ley são fluxos “treinados” de energia eletromagnética e, para fins de comparação, pode-se dizer que elas atuam como o sistema nervoso de Gaia. Na sua linguagem, as correntes que passam pelo solo são chamadas de linhas do dragão. Como tanto as linhas ley quanto as linhas do dragão são de natureza elétrica, elas correm por caminhos de condutores elétricos naturais.

A eletricidade ocorre naturalmente na Terra de diversas fontes. Água em movimento – como cachoeiras, chuva e ondas quando quebram – produz cargas, da mesma forma que a decomposição de matéria orgânica, pressão tectônica, vulcões, aquecimento solar e ventos. A própria crosta da superfície da Terra – com seus gases condutores de eletricidade, metais, cristais minerais semicondutores, matéria orgânica molhada e eletrólitos – oferece um excelente meio de se manter e produzir correntes elétricas. A mineralogia da camada abaixo da superfície realiza esse serviço. Íons carregados são atraídos para o solo e esta concentração iônica aumenta a intensidade das correntes telúricas através do efeito eletrodo. Assim como todas as formas de energia consciente, esta corrente elétrica pode ser direcionada. Os primeiros a fazer isto foram os sacerdotes cientistas de Atlântica, cuja origem é as Plêiades. Os padrões de energia telúrica, ou linhas do dragão, foram cientificamente detectados e mapeados, inspirados esotericamente e dotados de vontade consciente para correr em rotas específicas.

O sacerdote cientista Atla-Ra descobriu que se fizesse estas energias correr pelos seus cristais e transdutores magnéticos Arcturianos, estes poderiam ser amplificados, refinados e separados em formas de freqüências cristal-elétricas trançadas e polarizadas, capazes de criar campos antigravitacionais quando girassem em vórtices contrabalançados. Na tecnologia da Idade Dourada da Atlântida, estas linhas cristal-elétricas conscientes tornaram-se tão refinadas tecnicamente, que eram usadas para construir um labirinto de túneis para comunicação e transporte, e cruzadas para formar campos de energias para vários propósitos.

Elas foram ajustadas para correr dentro de fábricas para energizar a força de trabalho e nos campos agrícolas para estimular o crescimento das plantas e das plantações. Isto se conseguia, fazendo-se com que elas caminhassem por dutos transmitidos e amplificados por estações de força cristalina e geradores telúricos naturais, como a ilha Skellig Michael. No primeiro caso, elas eram usadas para ajudar na transmissão de ondas elétricas cristalinas para a utilização em casas de força.

Os antepassados da seita que chamam-se Druidas eram descendentes do Atla-Ra. Estes sacerdotes cientistas da Era Dourada da Atlântida eram homens e mulheres devotos e sábios que compreendiam a necessidade de conciliar a lei científica com a energia do divino. Isto era chamado de A Lei do Um e é semelhante ao que hoje denominam-se de Campo Unificado, embora o entendimento atual do mesmo não inclua o sagrado. Além disso, a ciência integral não deve, não pode omitir o sagrado!

O Atla-Ra aprendeu que algumas das energias ley cristal-refinadas eram capazes de manter uma intenção e campo de percepção. Uma rede global desta categoria de energia ley foi instalada quando o sacerdote-cientista descobriu como usar os nós naturais de força como estações de transmissão e amplificação desta energia para conservar uma suficiência autogerada. Quando essas ley se integraram com pontos ápice de infinidade, o aspecto divino impregnou-se na consciência da sua energia. Este Atla-Ra, com a ajuda dos Mestres pleiadianos, acturianos e os de Sírius B, criou rotas específicas de energia ley divina conectando os principais pontos de chacras do planeta. Estas podiam ser programadas com frequências de som e cor, para aumentar a tranquilidade e o bem-estar dos templos. Elas podiam se cruzar para criar vórtices de energia sagrada. Skellig Michael é uma dessas áreas, e embora seja uma sombra remanescente da sua capacidade original de multi-ley, ela se mantém a mais intacta nos tempos atuais.

Então, na verdade havia muitos tipos de sistemas de linhas ley na Atlântida. Alguns eram totalmente utilizados para força cristal-elétrica de várias formas; outros – aqueles que ainda funcionam, embora em fragmentos – eram as linhas ley de consciência divina. Realmente, os sobreviventes mais resistentes deste sistema são as linhas ley. Na verdade, o fato de se manterem assim intactas deve-se, em grande parte, ao trabalho dos Druidas que fugiram da Atlântida, antes da sua extinção, indo para mosteiros existentes na Grã-Bretanha, Europa, Egito e Og. As mais prolíficas foram as seitas da Grã-Bretanha e da França, que usavam aspectos antigravitacionais das linhas ley e som para ajudar na formação de círculos de pedras.

A linha ley sobreviveu por uma infinidade de razões. Ela foi amplificada por círculos de pedra e pelas próprias catedrais que foram construídas no seu caminho, com base na geometria sagrada. No começo ela não era chamada de linha ley Miguel. Era conhecida como Linha Atlas na Atlântida, e Linha Toth no Egito e em Og. Seu nome pagão foi mudado para Miguel e Maria pelas sociedades secretas de sábios para protegê-la da Igreja. Os Franco-Maçons, que construíram catedrais capazes de amplificar a energia ley, utilizavam sempre a geometria sagrada. Quase todas as Catedrais e Monumentos Gregos foram construídos na base phi, o segmento áureo, diretamente nos nós de força ao longo das linhas ley.

As linhas ley não são constantes. Com o tempo elas mudam e se alteram. E então, aquilo que antes era um sistema resistente, agora está bem diminuído e fragmentado. Atualmente, o sistema de linhas ley é uma simples sombra do que era antigamente, e não circunavega mais o planeta. Entretanto, a corrente telúrica o faz, e muitas partes dela são realmente linhas ley em sua natureza, e atualmente este sistema está sendo reparado, especialmente pelos seres de Sirius B e por muitos de vocês, nos seus aspectos multidimensionais. Assim como nós de força inseridos em locais sagrados, as linhas do dragão também são capazes de ser imbuídas com energias da espécie humana e de locais sagrados, e se transformar em linhas ley refinadas.

Falando em termos gerais, o padrão de fluxo das linhas ley é bem específico. Elas sobem as montanhas abobadadas acima do Equador espiralando no sentido anti-horário, e descem no sentido horário. Elas correm para cima em linhas retas, em montanhas de forma piramidal. E sobem de forma espiralada os picos cônicos. É por isto que os picos das montanhas contêm frequências muito altas. Quando estas correntes passam através de estruturas construídas com base na geometria sagrada, ou através daquilo que chamam-se de locais sagrados, as correntes absorvem e irradiam luz mais elevada. Quando isto acontece, as linhas ley assumem uma natureza de consciência refinada, com capacidade para memória codificada. Os pontos de força das linhas ley conectam-se energeticamente com o sistema de grade e formam uma matriz geométrica que, por sua vez, pode atrair para si energias de dimensões mais elevadas. Estas se transformam em pontos de meridianos e, em alguns casos, em chacras da consciência viva da Terra.

Cada linha ley, cada lugar sagrado, pode afetar e afeta o campo eletromagnético humano. Além disto, os arcos e ângulos de luz dos planetas e estrelas alimentam e influenciam as áreas de concentração de energia telúrica (que são chamados de vórtices elétricos ou externos) e, dependendo do alinhamento deles, podem realmente criar portais que atraem para dentro, ou aberturas que recebem luz-energia de fótons de luz estelar e solar, bem como das malhas de rede planetárias e de dimensões mais elevadas.

Se aceitarmos o postulado de que certos pontos de energia mais elevada existem neste planeta, e que eles realmente têm uma matriz cristalizada que projeta um padrão geométrico específico, então também podemos entender que estas fontes vivas de energia se comunicam através de oscilações harmônicas de energia. Por exemplo, se tivermos um diapasão na clave de Dó e tocarmos uma nota Dó num piano, a vibração musical desse piano também vai criar uma vibração nesse diapasão, por causa da lei que os cientistas chamam de oscilação harmônica. As oscilações harmônicas entre pontos de força da Terra e das dimensões mais elevadas também estão “afinadas” assim, de modo a ressoar aos harmônicos compatíveis.

Assim como o corpo humano tem sistemas sensoriais e órgãos que mantêm a saúde do corpo físico, o mesmo acontece com as linhas ley. As linhas ley mantêm a saúde da Terra física. Acima dos órgãos do corpo, têm linhas de meridianos que secionam o corpo e, ao fazerem isto, contribuem para o bem-estar do ser, que então transmite essa energia em diferentes formas, alimentando os órgãos, alimentando os sentidos e a consciência. Da mesma forma que o corpo humano passa por mudanças, assim também a Terra se diversifica e muda. O sistema de linhas ley muda e se adapta em características. Com a anunciada Ascensão planetária já em curso, e a chegada da “formatura” da Terra, não só o sistema de sensitividade da Terra, mas também o do ser humano vão se ajustar.

Acima do sistema de meridianos do corpo humano, está o que chamamos de linhas axiotonais. As linhas axiotonais são linhas distintas que conectam o corpo emocional, o corpo mental, o corpo causal, etc… ao corpo ascendido. E assim acontece com a Terra. A Terra também tem linhas axiotonais definidas por qualidades espirituais e celestiais, mais uma vez baseadas na matemática sagrada. Estas tocam certas áreas das linhas ley – tocam mas não se apoiam sobre delas. Mas intersecionam. Especialmente nos lugares em que as linhas ley estão rasgadas, partidas e desconectadas, as linhas axiotonais agem como pontes, pontes de uma dimensão para outra, para vencer abismos no conhecimento, para vencer abismos na história, para vencer os vazios da energia que se esgotou ou se desfez.

Quando visita-se uma conjunção de energia ley, ou um local sagrado, ou um complexo de vórtices, absorve-se sua mensagem única, sua geometria única. Cada um carrega em seu campo a energia de cada lugar sagrado, de cada ponto de força e de cada ponto da grade em cada continente que visitou. E têm a capacidade de conectar essas energias a si mesmos e uns aos outros. Aqueles chamados Guardiões da Terra, que foram levados a visitar tais lugares, podem se visualizar conectando-os com a Grade 144, e desta forma ajudar a conectá-los com a grade em evolução. E, neste processo, conectam e ativam a si mesmos.

O segmento de linha ley foi impregnado de luz divina e atraído a pontos de força e a pontos de alinhamento cósmico há cerca de 18.000 anos atrás. Como mencionado antes, a Linha Ley era chamada originalmente de Cinto de Atlas, antes de lhe ser dado um nome judaico-cristão. Mas a fonte de energia é a mesma. Ah, mas houve sabedoria Divina na mudança de nome! Quantas Catedrais Cristãs, construídas com pura geometria sagrada exatamente sobre os vetores e pontos de alinhamento cósmico desta corrente transcendental, teriam sido construídas desta forma, se essa linha ley fosse considerada pagã? Com certeza a igreja controladora teria proibido isto. E agora, apesar do seu controle, existem templos incríveis nos locais perfeitos para amplificar as energias de dimensões superiores, energias que não são presas a nenhum dogma religioso, a não ser ao puro Amor celestial.

A oscilação harmônica, permite que tais harmônicos mineralógicos sejam a fonte da conexão vibracional entre esses lugares. Esses harmônicos ocorrem não só na mineralogia, mas também por meio da geometria e do quociente de luz.

A verdade tem um meio de evoluir nos corações de todos que buscam, apesar das limitações do patriarcado ou de qualquer outro dogma restritivo. Todos somos a família do homem.

………………………………………………………………………………………………….

Fonte: Earth-Keeper | Portuguese Translations | A ILHA SKELLIG MICHAEL E A LINHA LEY MIGUEL NA IRLANDA

Publicado por: Celiah – Matéria Sublime

Via: Matéria Sublime: AS LINHAS LEY

 


Assista também ao vídeo:

Fonte: Allienatis | Fenômenos – Linhas Ley

COMO O REIKI ATUA ATRAVÉS DOS CHAKRAS…

chakras-in-hand

Sabe qual é a relação entre os Chakras e o Reiki?

Reiki2a

Por: VidaLusa T.L.

 

Chakra é uma palavra sânscrita que significa “roda”. Baseados na filosofia de vida Yogi, os Chakras são centros de energia espiritual do corpo. De acordo com as praticas curativas da parte oriental da India, os Chakras existem na vertente esotérica do homem, que é a parte espiritual do ser humano. A nossa essência espiritual espelha nosso corpo físico.

O que são os Chakras?

Os Chakras são centros de energia girando como vórtices que irradiam energia a partir de um ponto correspondente no corpo físico. Eles são compostos por camadas que se espalham na forma de um coração. Os Chakras pode dar e receber energia. Embora não haja virtualmente Chakras em todo o corpo, há sete principais. Esses sete chakras principais emitem energia luminosa e acredita-se residem no nosso corpo subtil ou espiritual. Podemos ver imagens de Chakras representados por uma roda, que lembra um pouco uma flor. Cada um tem um número específico de pétalas relevantes para cada Chakra em particular.

reiki chakra hands

Os sete chakras principais estão localizados numa linha ao longo da coluna vertebral; cada uma composta por fios de alta frequência que consistem em energia vital. É através do Reiki que a energia vital universal é canalizada para dentro e para fora do corpo subtil e físico. A energia Reiki percorre através dos “Nadis” condutores de energia com a ajuda dos Chakras.

yogi

Os canais de energia para a Energia Universal também incluem os Nadis  “Ida”, “Sushuma” e “Pingala”, que desempenham papel de inteligação entre os chakras.

Qual é o objetivo do Reiki?

O objetivo do Reiki é para curar, purificar e proteger o corpo físico, emocional, mental e espiritual, equilibrando-o e energizando-o com a Energia Universal. Se um Chakra está danificado ou bloqueado, não pode canalizar a Energia Universal corretamente. Acredita-se que o bloqueio provoca desequilíbrios corporais e contribui para aparecimento de problemas, tais como doenças ao nível físico, emocional, mental e espiritual do ser humano. Poderão ocorrer doenças combinadas e interligadas nos vários “corpos” do ser humano, o subtil, o emocional, o psicológico, o espiritual e o físico.

Como funciona o fluxo de energia vital reiki para aplicação?

Os Chakras das palmas das mãos podem canalizar a Energia Universal para outros através do Reiki.  No Reiki, a força vital universal entra através dos chakras da coroa e do coração, e é dirigido para as palmas das mãos para tratar o destinatário do Reiki.

last page

No Reiki, Chakras são os pontos focais para enviar e receber energia. A ideia é equilibrar a energia em cada Chakra através do Reiki, de tal forma que o receptor de  Reiki  vai sentir melhorias a nível físico, emocional, mental e espiritual. Quando os Chakras estão equilibrados, eles emitem vibrações e energia para dar ao destinatário uma ótima saúde, a todos os níveis.

Obrigado por ler este artigo e espero que o ajude, a melhorar a sua prática, a manter sua fé e a sua crença no Reiki. Ajude a divulgar o Reiki, registrando-se no nosso site, fazendo um like na nossa pagina do Facebook e principalmente partilhando os nossos artigos com o seus amigos.

Namastê

VidaLusa T.L.


Via: VidaLusa | Sabe qual é a relação entre os Chakras e o Reiki?

COMO NOSSOS CORPOS FÍSICOS PODEM REAGIR À ELEVAÇÃO DA KUNDALINI…

kundalini energy

Ativação da Kundalini – ou – O Que Está Acontecendo Com o Meu Corpo?

post-06-14-1

Por: Will, de The Galactic Free Press

Vemos isto com bastante frequência, uma pessoa passa por uma experiência espiritual ou transcendental intensa e então ela começa a perceber algumas coisas muito estranhas acontecendo. Ela pode começar a ter sensações de intenso calor ou energia fluindo através de seu corpo. Ela pode começar a ouvir tons algumas vezes muito agudo. Pode começar a sentir como se o seu corpo está vibrando, ou pode sentir uma pressão em sua testa. É comum algumas pessoas acreditarem que estão ficando loucas ou até mesmo que vão morrer quando essas coisas começam a acontecer, mas não se preocupe, tudo isto é realmente muito normal para um ser que optou por elevar sua consciência e é chamado de ativação da Kundalini.

O próprio termo Kundalini está ligado com diversas religiões hindu e também um número de escolas de mistérios ocidentais. Como tal, há muitas crenças conflitantes sobre Kundalini e muitas pessoas vão ensinar-lhe as formas “erradas” e as formas “certas” sobre ela. Eu vou ficar longe de tudo isso, tanto quanto possível e simplesmente compartilhar o que eu posso confirmar de minhas próprias experiências.

A primeira coisa a entender é como os chacras funcionam. Há sete chacras principais que estão alinhados com a sua coluna. Um na própria base de sua espinha (chacra raiz), um pouco abaixo do seu umbigo (chacra sacral), um pouco acima do umbigo (chacra do plexo solar), um no centro do peito (chacra cardíaco), um em sua garganta (chacra da garganta), uma em sua testa (chacra ajna ou terceiro olho) e um no topo de sua cabeça (chacra da coroa). Cada chacra corresponde a algo diferente, por exemplo, o chacra da garganta tem a ver com a comunicação, entre outras coisas. Há um número de sites que fazem um excelente trabalho explicando que chacra corresponde ao que, então eu não vou me preocupar em detalhes, aqui está um site.

Além dos sete chacras principais, há centenas, se não milhares de chacras em seu corpo. Os principais chacras são normalmente os mais fáceis de entrar em contato pela primeira vez, embora os nas palmas de suas mãos e em seus pés não devem ser muito difíceis de sentir. Se você alinhar as palmas das mãos voltadas uma para a outra e mantê-los a poucos centímetros de distância, você pode ser capaz de sentir os seus chacras das mãos.

Os chacras não funcionam independentes um do outro, eles estão todos abertos e conectados. Mesmo em uma pessoa muito inconsciente eles estão abertos, pelo menos um pouco, se não fossem assim a pessoa estaria morta. Os chacras são ligados uns aos outros por meio de canais de energia chamados nadis, estes canais de energia, juntamente com os próprios chacras formam o que é conhecido como o corpo sutil, corpo energético, ou corpo de luz.

Todos nós temos um corpo energético, é claro que nem todos estão cientes disto, então por que é assim? Para a maioria das pessoas, a energia que flui através de seus corpos é apenas um fio. O suficiente para não morrerem, mas não o suficiente para que eles verdadeiramente VIVAM. Seus chacras tornaram-se bloqueados pelas bagagens emocionais, medos e crenças de limitação. Isto dificulta o fluxo de energia entre os chacras e consequentemente para todo o ser, acabando por se manifestar como doença física.

Eu mencionei antes que o chacra da garganta tem a ver com a comunicação, e, como tal, está bloqueado por coisas como não se expressar, deixar as pessoas terem poder sobre você, este tipo de coisa. Medos do passado e traumas de infância podem fazer uma pessoa ter medo de expressar verdadeiramente a si mesma, estas coisas precisam ser curadas para ter um chacra saudável funcionando na garganta. Também é necessário um processo de cura semelhante para os outros chacras, embora seja diferente como cada chacra lida com diversos aspectos.

Assim o que é exatamente Kundalini? Há algumas opiniões divergentes, alguns personificam Kundalini como uma Deusa, mas eu vou me concentrar na Kundalini como um processo. É um processo de compensação energética que acaba por conduzir a um sistema de chacras com pleno funcionamento. Tradicionalmente deveríamos começar no chacra raiz e trabalhar seu caminho para cima através de cada chacra, mas a partir de minha experiência e de alguns outros com quem eu falei, isso começou no chacra da coroa e foi trabalhado seu caminho para baixo. Já ouvi falar de isto acontecer em ambos os sentidos.

O processo da Kundalini pode ser extremamente intenso. Tem sido descrito como um trem de carga correndo na sua espinha e posso testemunhar pessoalmente sobre esta descrição. Para uma pessoa que não entende o que está acontecendo, ele pode ser muito assustador. Minha maior recomendação é não resistir ao processo. Confie que o processo vai trazer para você o que você está pronto. Resistência torna as coisas mais difíceis e pode resultar em um processo muito doloroso e com medo.

Quando eu tive a ativação da Kundalini, notei muitas mudanças. Minha sensação física tornou-se muito mais sensível, indo para a minha visão anterior de túnel e durante algum tempo ruídos de carga que não costumavam me incomodar se tornaram um pouco dolorosos. Em um ponto, era como se todo o mundo externo estivesse renascendo de novo. O que antes era comum e chato se tornou milagroso, a vida de repente estava cheia de aventura e admiração como se eu fosse uma criança novamente. Os sentimentos sutis que eram inicialmente difíceis de entrar em contato começaram a integrar todos os aspectos da minha vida. A minha ligação empática com os outros foi reforçada enormemente, eu podia enfrentar todas as outras mudanças.

Para muitos, a maioria do que eu mencionei aqui provavelmente não é nada de novo. Este material não é mais um conhecimento escondido entre os grupos espirituais. Para outros porém, é a minha intenção de que isto os ajude a entender o que está acontecendo e para remover um pouco do medo que eles podem ter.

Will


 

Origem: Sound of Heart | The Galactic Free Press | Kundalini Activation – or – WTF Is Happening To My Body?!?
Tradução e Divulgação: A Luz é Invencível ☼

Via: A Luz é Invencível | Ativação da Kundalini – ou – O Que Está Acontecendo Com o Meu Corpo ?

EXERCÍCIOS PARA DESBLOQUEIO DA TERCEIRA VISÃO…

Open Your Third Eye

Despertar do Terceiro Olho: Sintonizando o Espírito

Por:  Cosmic ૐ Oneness

Third Eye Activation Mind's Eye Pineal Gland Opening Evolution

A meditação regular e uma atenção constante dos pensamentos, emoções, ações e fala abre nossos chacras, desenvolve o nosso sistema de orientação espiritual, o nosso centro psíquico, comumente chamado de “Terceiro Olho” ou o “Ajna Chakra (Ajna significa comandar). Com a prática, podemos aprender a usar isso em nossas vidas.A respiração controlada… permitindo respirações profundas e exale lento, oxigena o sangue e abre importantes centros de energia em nosso corpo que permite Prana / Chi… a força da vida fluir livremente… como que aproveitando as energias do universo e abrindo todos os canais para deixar a luz brilhar através deles…

Existem muitas formas e metodologias para abrir o Terceiro Olho compartilhada na Internet e em livros e vídeos amplamente visto por milhares a cada dia à medida que a percepção da nossa existência espiritual se expande, semeando a centelha de evolução dentro da nossa consciência… O primeiro passo para um despertar espiritual é uma elevação na visão de mundo a partir da separação de Unicidade e Unidade. À medida que esse entendimento se aprofunda o ego ou a falsa sensação de si mesmo desaparece, dando lugar a forma a uma nova descoberta de si como um com o infinito campo unificado de consciência, que conhecemos por vários nomes e em muitas formas e cores.

Aqui está um trecho do livro Meditação por Linda Williamson …

Canais de Poder…

Existem sete principais centros de energia dentro do corpo. Eles são chamados de “chakras”, a palavra sânscrita para roda, porque eles aparecem aos clarividentes como vórtices de luz. Os chakras estão situados em uma linha ao longo da coluna, começando com o chakra raiz, na base da espinha. O seguinte é o chakra sacral, no centro de reprodução, o plexo solar no umbigo, o coração, a garganta e a testa. O maior centro no alto da cabeça é chamado o lótus de mil pétalas.

À medida que uma pessoa começa a evoluir espiritualmente, os chakras começam a abrir e expandir, a partir do mais baixo para o alto. A expansão do plexo solar proporciona maior sensitividade e intuição. À medida que o coração se abre, somos capazes de dar e receber maior amor e compaixão. A expansão do centro da garganta dá início à capacidade criativa e auto-expressão, enquanto que a coroa nos conecta com as dimensões superiores de espíritos e com as deidades.

O terceiro olho sempre esteve ligado aos poderes psíquicos e de ocultismo. Retratado como um olho no meio da testa, o seu desenvolvimento dá a capacidade de ver com a visão interior. Este abrange muitas coisas: a clarividência, visão de espíritos, assistência remota ou visão de coisas em lugares distantes, e previsão do futuro. No nível mais alto, confere o dom do “insight” e do conhecimento espiritual.

Quando você começa a ver imagens vívidas e cores durante sua meditação, isso é um sinal de que seu terceiro olho está se desenvolvendo. Todas as práticas de meditação estimulam o desenvolvimento do terceiro olho, particularmente aquelas que envolvem visualização. O exercício seguinte é particularmente útil porque focaliza a atenção no ponto exato onde o terceiro olho está situado.

Abrindo o Terceiro Olho:

Namaste

Este é um exercício muito prático para ajudar a desenvolver o seu terceiro olho. Não insista em olhar para a vela se seus olhos começarem a cansar ou ficarem sensíveis. Lembre-se que o foco não é a vela, mas o seu terceiro olho.

Exercício: Meditação da Vela

1. Encontre uma vela de uma cor que você goste, talvez branco, dourado ou roxo uma vez que estas são cores espirituais. O quarto deve estar escuro. Coloque a vela sobre a mesa a cerca de um metro de distância de você, um pouco abaixo do nível dos olhos. Acenda-a e olhe fixamente para a chama. Acalme sua mente estabilize sua respiração.

2. Depois de alguns minutos, feche seus olhos. Você verá a imagem posterior da chama como um pequeno ponto de luz branca no seu olho da mente, o ponto entre os olhos físicos. Mantenha sua atenção fixa sobre esse ponto de luz. Não tente mover, controlar ou mudá-lo, aoenas observe.

3. A luz pode parecer mover para cima. Pode mudar de cor. Mantenha-a na sua visão interior pelo tempo que puder. Você pode se surpreender com o tempo em que a imagem permanece, por vezes sumindo e reaparecendo novamente. Quando ele desaparecer totalmente, abra os olhos e olhe para a vela de novo.

4. Repita o procedimento três vezes. A última vez, tente manter a imagem posterior estável, sem vacilar. Quando não puder mais vê-la, mantendo os olhos fechados, continue a observar o espaço onde ela estava. Esteja atento a todas as cores ou imagens que aparecem ali.

O terceiro olho tem vários outros nomes, incluindo “a sede da intuição”. Ao focar nesta área durante a meditação, nós obtemos uma consciência profunda e persistente de nossa intuição e discernimento. Com a prática regular, essa consciência pode alcançar nossas vidas diárias. Quando tomamos decisões ou enfrentamps situações difíceis, seremos capazes de tocar em nossa capacidade de julgamento – em vez de dependermos de fontes externas para obter respostas para nossos problemas.

O Chakra do Terceiro Olho é frequentemente bloqueado pelo ego, ou um senso de “eu” pessoal como uma entidade física separada. Dedicando-se à existência e à prática persistente você ajuda a criar uma maior consciência da terceira visão e a deixar a luz interior brilhar em uníssono com a intenção divina que dirige os nossos pensamentos, ações, emoções e palavras. O canto do OM com um fluxo de respiração controlada e relaxada é uma das mais antigas formas conhecidas para entrar em sintonia com o poder do terceiro olho, o ponto focal da intuição, o centro do nosso sistema de orientação espiritual, nos ajudando  a entrar em sintonia com toda e qualquer freqüência da consciência única, manifestada como muitas…

Despertando o Terceiro Olho Através da Respiração do Fogo

OBS: Para acionar a legenda clique na tela e depois no ícone legendas Legend Icon e em detalhes gear-icon, clique então em legendas CC e traduzir automaticamente e, em seguida, escolha português.


 

Fonte : PSYCHEDELIC ADVENTURE | Awakening The Third Eye : Tuning Into Spirit
Postado e Divulgado por: Carlos Rodrigues – O Erudito
Adaptação: Cida Pereira

Via: O Erudito | Despertar o Terceiro Olho: Sintonizando o Espírito

O DESPERTAR DA KUNDALINI E O DESENVOLVIMENTO DOS CHAKRAS…

chakras

KUNDALINI E CHAKRAS

Postado em Mythos Editora

Há milênios o conhecimento da Índia vem se referindo as forças e energias que agem no corpo humano, e dois nomes sempre surgem quando se fala no assunto. Aqui, os mestres do Vidya Yoga explicam um pouco mais o que são a Kundaliní e os chakras.

– Shri Vyaghra Yogi e Shri Kamaia Devi

Kundalini

Kundaliní é uma força dormente, que é simbolicamente representada por uma serpente (Bhujanga) enrolada na base da coluna vertebral. Essa força está presente em todo o ser humano e representa a força criativa manifestada no Homem. Sua fonte de energia e conhecimento não é um objeto de visualização, mas uma entidade sutil em forma de luz. Por isso, sua manifestação se dá de forma fortemente luminosa.

Nos homens, a kundaliní está localizada no períneo, entre os órgãos urinário e excretório; nas mulheres, encontra-se na base do útero. O ponto onde está situada a energia de kundaliní é chamado kanda (bastão), e a região é do plexo coccigiano, onde está o chakra Muladdhara Padma.

Kundal é o termo sânscrito que significa ‘enrolar’. Portanto, kundaliní quer dizer ‘aquilo que é enrolado’. A palavra também deriva da raiz kund, do sânscrito, que significa literalmente ´queimar´.

Kundaliní é a personificação de todos os poderes psíquicos e físicos do ser humano. O despertar de kundaliní envolve um rigoroso treinamento em termos de Ásanas (exercícios do yoga), Pránáyámas (exercícios respiratórios), Kriyas (purificações) e Dhyána (meditação). O impulso da força contida na base da coluna vertebral capacita a energia mover-se para cima através de vários centros de força situados ao longo do canal central da coluna vertebral até o cérebro.

Kundaliní, como qualquer outra força, tem seu aspecto positivo e negativo. Além disso, ela pode ser interpretada como masculina ou feminina. O despertar dessa energia desenvolve os níveis físico, emocional, mental e espiritual do ser humano. O despertar e a ascensão de kundaliní leva a um diferente nível de consciência espiritual.

Chakrapadma Nadí significa literalmente ‘canais e sistemas energéticos’. São usados pelo Vidya Yoga para determinar o sistema formado pelos centros bioenergéticos no corpo humano. Os chakras (centros) e os nadís (condutos) são descritos nos textos clássicos denominados Upanishades.

Yogashikha Upanishad é um texto clássico que esclarece a existência dos chakras, nadís, kundaliní, etc. Encontramos também outra excelente contribuição dos rishis (antigos sábios) a respeito do assunto: o Satchakra Nirupána. Esse livro foi compilado em 1577 pelo mestre Shri Swami Purananda, de Bengala. No capítulo VI da obra, Shritattwa Chintamini, fala-se mais claramente sobre os condutos da energia vital e dos centros captadores.

Chakras e Nadís

A kundaliní passa através de canais (nadís) e atravessa centros nervosos denominados chakras. Os chakras são definidos como centros captadores, armazenadores e distribuidores de prana (a energia vital) para todo o organismo. Segundo fontes do hinduísmo, do Vidya Yoga e da Antiga Cultura Rishi, o corpo humano possui 49 chakras, os quais se encontram espalhados por todo o corpo. Entretanto, a energia vital, ou energia do fogo, é organizada apenas ao redor de alguns centros específicos. Os chakras variam de cor, brilho, diâmetro, aparência, som e vibração – dependendo do indivíduo e do seu grau de consciência.

A palavra “chakra” vem do sânscrito e significa literalmente ‘roda’. As pessoas experimentam o movimento circular dos chakras como um “redemoinho”. Eles são vórtices de energia psíquica e estão movimentando-se constantemente, desde o nascimento. O estado psíquico inconsciente encontra-se no Muladdhara Chakra. O supremo estado de consciência ou superconsciência encontra-se no Sahasrára Chakra, o qual é simbolizado por uma coroa ou um semicírculo ao redor da cabeça. A energia é distribuída através dos chakras, bem como através de uma intrincada rede do sistema nervoso central.

Essa rede é compreendida de nadís ou canais condutores da energia vital, e que auxiliam no fluir da consciência humana. Acredita-se que existam 72 mil nadís em todo o corpo humano. Dessas, 14 são os mais importantes, pois equilibram os órgãos vitais. Os chakras maiores são sete e denominam-se mahachakras. Suas raízes encontram correspondência na coluna vertebral, no corpo energético ou duplo etérico. Há 42 centros menores denominados upachakras. Estes localizam-se nas articulações de todo o corpo.

Responsabilidade das Nadís e Localização de um Chakra

Cada chakra controla diferentes processos. O canal Ídá é responsável pelos processos mentais; o canal Píngalá cuida do processo vital; e o canal Sushumná é o responsável pelo despertar da consciência espiritual. Estes principais canais podem ser considerados como canais psíquico, prânico e espiritual, respectivamente.

Todas os três nadís (Ídá, Píngalá e Sushumná) iniciam-se no Muladdhara Chakra e terminam no Sahasrára Chakra, num processo em que cada um desses canais encontra-se com outros. Ídá flui pelo lado esquerdo, Píngalá flui pelo lado direito, e Sushumná flui pelo canal central ou neutro do corpo. Ídá e Píngalá não operam simultaneamente.

Os chakras distribuem vibrações que se traduzem em impulsos elétricos. Para se localizar um chakra devemos encontrar a reunião e o cruzamento de diversos feixes musculares em determinada parte do corpo físico. Isso produzirá um plexo nervoso e, onde houver um plexo nervoso, aí estará localizado um chakra.

Os chakras também são classificados como “centros nervosos”. Na verdade, eles não são uma produção do corpo físico, mas do corpo energético. Sua correspondência se dá no físico através dos plexos nervosos, dos gânglios e das glândulas.

Os sete chakras principais podem ser vistos psiquicamente por aqueles que já tem a capacidade de enxergar a aura humana. Eles podem ser apresentados como rodas coloridas com múltiplas pétalas, ou até mesmo similar a uma flor de lótus

Os sete chakras principais podem ser vistos psiquicamente por aqueles que já tem a capacidade de enxergar a aura humana. Eles podem ser apresentados como rodas coloridas com múltiplas pétalas, ou até mesmo similar a uma flor de lótus. Por isso, os chakras também são denominados padmas, ou flores de lótus, um dos símbolos nacionais da Índia.

Como já dissemos, os sete principais chakras, ou mahachakras, estão situados ao longo. da coluna vertebral, da base do osso occipital até as vértebras coccígeas. Adicionalmente a esses, existem outros sete chakras inferiores (upachakras), que se localizam imediatamente abaixo da última vértebra da coluna. Estes são a base da consciência instintiva do Homem, que produz o ódio, a possessividade, a inveja, a culpa, a aflição, etc.

Os sete principais chakras, ou superiores, são:

1. Muladhára Chakra – Mula significa ‘base’ ou ‘raiz’. Sua localização é na base da espinha, região do cóccix. Quando o Muladhára é despertado, adquire-se o poder da oratória, e amplia-se a capacidade física, sexual e de aprendizado.

2. Svádhíshthána Chakra – Significa ‘sua própria morada’. Desperta o conhecimento intuitivo; libera inimigos internos e desperta entidades astrais.

3. Manipúra Chakra – Significa ‘cidade das jóias’ . O Manipúra é responsável pela limpeza de vários sistemas do corpo. Meditando no chakra, ajuda a correta diagnose de doenças.

4. Anáhata Chakra – Significa ‘invicto’. O despertar deste chakra traz sentimento de otimismo e desapego, além de desenvolver o talento artístico e equilíbrio emocional.

5. Vishúddha Chakra – Significa ‘purificação’. Desenvolve a percepção de “sentir os outros”. É um centro de rejuvenescimento.

6. Ájna Chakra – Significa ‘comando’. É a ponte entre o guri e o discípulo (sishya).

7. Sahasrára Chakra – Significa ‘mil’. Sede da suprema consciência.

Autodisciplina

Quando nascemos, todos os nossos chakras estão abertos e girando com uma força atômica impressionante. Com o passar do tempo, sua energia vai diminuindo, até que o corpo físico atinja a idade adulta. Daí em diante, os chakras se mantém numa velocidade uniforme e com um diâmetro do tamanho de um punho fechado, aproximadamente.

Nossa constituição física é orientada pelas forcas Há e Tha, exìstentes na dimensão em que nos encontramos.

Nossa constituição física é orientada pelas forças Há e Tha, existentes na dimensão em que nos encontramos. A força Há é de natureza positiva e vem do espaço cósmico, dirigindo-se à Terra (Bhuva), em movimento descendente espiralado no sentido horário. Sua origem vem de Surya (o Sol). À medida que a força Há se aproxima da Terra, ocorre a densificação ou materialização da cosmoenergia. E o contrário é verdadeiro: à medida que a força Tha afasta-se da Terra, ocorre a sutilização ou espiritualização da bioenergia. Esse é um processo natural e permanente no universo, onde há movimentação dinâmica de expansão e contração diariamente.

Se verificarmos, nesse momento, a nossa respiração, poderemos perceber que somente uma de nossas narinas está mais ativa que a outra, porque o nosso sistema nervoso central controla o tempo equilibrado de oxigenação do cérebro, banhando-o mais de um lado e posteriormente do outro, a cada duas horas.

Conforme os rishis, o movimento dos chakras é influenciado diretamente pelo controle respiratório natural, através do fenômeno de expansão e contração. A cada duas horas, precisamente, os chakras mudam o seu movimento, funcionando ora no sentido horário, ora no anti-horário.

O despertar da kundaliní e o desenvolvimento dos chakras requer autodisciplina, dieta vegetariana, abstinência de qualquer tipo de drogas, e principalmente Yama e Niyama, que são as normas éticas pertinentes a qualquer tipo de yoga.

Revista Sexto Sentido
Número 29
Páginas 16-19

 

Via: KUNDALINI E CHAKRAS – Instituto de Pesquisas Projeciológicas e Bioenergéticas


UMA ÓTIMA ILUSTRAÇÃO NESTE VÍDEO:

Chakras e Kundalini – A Melhor Explicação (Completo)

Publicado Por: Alex mayer Pomp

 

 

Via: Chakras e Kundalini – A Melhor Explicação (Completo) – YouTube


A PRESENÇA EU SOU E A CHAMA TRINA…

presenca-eu-sou-e-chama-trina

Imagem do Eu Divino

Summit Lighthouse do Brasil

A Imagem do Eu Divino é uma representação criada pelos Mestres Ascensos, com o intuito de facilitar a compreensão do relacionamento existente entre o indivíduo e Deus. A Imagem do seu Eu Divino é um retrato de si mesmo e de Deus dentro de você. É um diagrama seu e do seu potencial, para que você possa se tornar quem realmente é. Em síntese, é um diagrama de sua anatomia espiritual.

Existem três figuras representadas na Imagem do seu Eu Divino. A figura superior representa nosso Deus Pai/Mãe, a quem chamamos de Presença do EU SOU, isto é, a Presença de Deus individualizada em cada pessoa.

A Presença do EU SOU é rodeada por sete esferas concêntricas de luz que formam o que denominamos de o seu “Corpo Causal”. Essas esferas de energias contêm os registros de todas as obras boas que você realizou desde a sua primeira encarnação na Terra. Podem ser consideradas como a sua conta bancária cósmica.

A figura do meio é o Filho Unigênito do Pai, o Cristo Universal. Ele é o seu Mediador pessoal e advogado da sua alma diante de Deus. É o Eu Superior, a quem chamamos também de Santo Cristo Pessoal. É o seu instrutor interior, Divino Esposo e melhor amigo, e é mais conhecido como Anjo da Guarda. Também é chamado de Corpo Mental Superior ou Consciência Superior. Acima da cabeça do Cristo paira a pomba do Espírito Santo. Quando a sua alma realiza o casamento alquímico com o Cristo, ela está pronta para receber o batismo do Espírito Santo.

A figura inferior é uma representação sua como discípulo na senda, a caminho da reunião com Deus. É a sua alma evoluindo nos planos da matéria e usando como veículos os quatro corpos inferiores para equilibrar carma ou realizar o seu plano divino. Os quatro corpos inferiores são o corpo etérico ou da memória, o corpo mental, o corpo, do desejo ou emocional, e o corpo físico.

A alma e os quatro corpos inferiores estão destinados a ser o templo do Espírito Santo. Por isso, a Chama Violeta do Espírito Santo envolve e purifica a alma. Você pode invocar a Chama Violeta diariamente, em nome da sua Divina Presença do EU SOU e do Santo Cristo Pessoal, para purificar seus quatro corpos inferiores.

A figura inferior (etérico, mental, emocional e físico) está envolvida também por um tubo de luz, que é projetado do coração da Presença do EU SOU sempre que o pedido é feito. O tubo de luz é um cilindro de luz branca que mantém um campo de força de proteção durante 24 horas se, neste período, houver harmonia de pensamentos, sentimentos, palavras e ações.

Selada na câmara secreta do coração está a Chama Trina da vida. É a sua centelha divina, vinda da sua amada Presença do EU SOU. Também denominada chama crística, a Chama Trina é a centelha da Divindade da alma, o seu potencial para se tornar o Cristo.

O cordão de prata, ou cordão de cristal, é a corrente de vida. Ele desce do coração da sua Presença do EU SOU para o Santo Cristo Pessoal, penetrando no ser do homem pelo chakra da coroa. É este “cordão umbilical” de luz que nutre e mantém em atividade a alma, os quatro corpos inferiores e a chama trina.


Chama Trina – o passaporte  para  a  imortalidade

Summit Lighthouse do Brasil

No coração está o elo da alma para a divindade. Isto acontece porque a Presença do EU SOU colocou uma chama espiritual no coração de cada um, que está localizada num centro denominado câmara secreta do coração. Os Mestres Ascensos chamam-na Chama Trina, centelha divina ou Santa Chama Crística, porque é por meio dela que comungamos com nosso Santo Cristo Pessoal.

A chama do coração é chamada “trina” porque tem três plumas. Cada pluma representa um aspecto da divina Trindade – Pai, Filho e Espírito Santo ou, em terminologia hindu, Brahma, Vishnu e Shiva. Também é denominada trina porque encarna os três atributos primários do Espírito: poder, sabedoria e amor. Os elementos da Trindade, assim como as suas qualidades correspondentes, são representadas pelas cores azul (Pai/poder), amarela (Filho/sabedoria) e rosa (Espírito Santo/amor). O núcleo de fogo a partir do qual emerge a chama trina corresponde ao aspecto de Deus-Mãe e é representado pela cor branca.

O que significa para o indivíduo a natureza trina desta chama do coração? Ao exercer as qualidades divinas do amor, sabedoria e poder podemos manifestar a trindade da consciência de Deus e ter uma mestria maior naquilo que fazemos.

A chama rosa é o fogo da criatividade nascido do amor, da compaixão e da graça do Espírito Santo, que pode ajudar a dotar toda a criação com esse Espírito. A pluma amarela-dourada representa o Filho, a sabedoria, a mente de Cristo que está dentro de nós e que confere a inteligência. E a chama azul contém o poder e a determinação do Pai que pode manifestar o padrão divino da alma.

Equilibrar essas três plumas é um dos requisitos que temos de cumprir para fazermos a ascensão.


Fonte: Summit Lighthouse do Brasil

Via: Summit Lighthouse do Brasil | Imagem do Eu Divino
Via: Summit Lighthouse do Brasil | Chama Trina – o passaporte para a imortalidade

QUANDO A CONSCIÊNCIA DA NOVA REALIDADE ATINGIR A MASSA CRÍTICA…

 

r_evolution-761x580_guillem-mari

O PONTO CRÍTICO

Por Owen K Waters
Maio de 2013

 

Até hoje, alcançar a consciência espiritual foi sempre um desafio para a humanidade. Os estágios do desenvolvimento humano estendem-se do homem das cavernas à consciência cósmica, começando com seis estágios básicos, seguidos por seis estágios espirituais.

Hoje, a humanidade, como um todo, está na última parte do 5º estágio dos doze, que é o estágio do desenvolvimento mental ou intelectual. Enquanto isto, a cada dia, as pessoas estão fazendo a transição para a sexta e sétima etapas. A Mudança está ganhando impulso à medida que mais e mais pessoas se deslocam para estas etapas, sendo que ambas estão centradas no coração.

O 6º estágio é a fase menos elevada do coração, onde a conscientização da comunidade e do mundo desperta e o sétimo estágio é a fase superior do coração, do despertar espiritual. O portal para a consciência espiritual é através do coração, quando a pessoa se move do 6º para o 7º estágio.

Há séculos, nas culturas orientais, os aspirantes espirituais teriam que se dedicar a longas horas de meditação diária, a fim de alcançarem o estágio do despertar espiritual. Então, ao alcançá-lo, eles se tornariam auto-motivados a continuarem ao longo do caminho do desenvolvimento espiritual.

Há séculos, nas culturas ocidentais, a porta de entrada para o desenvolvimento espiritual era através da adoção da autodisciplina religiosa. Ao limitar o desvio de buscas egoístas e se concentrar na adoração à divindade, o aspirante poderia eventualmente despertar para estados superiores da consciência. Então, ao alcançar este estágio, ele se tornaria autoesmotivado a continuar ao longo do caminho do desenvolvimento espiritual.

Exteriormente, os métodos para encontrar a iluminação espiritual variavam de Leste a Oeste. O estilo Oriental era uma abordagem mais direta, enquanto o estilo Ocidental abordava a mesma sintonização com a fonte Divina, de forma diferente. Ambas as abordagens exigiam a fé inicial de que o objetivo desejado seria alcançado após muito esforço.

Tenham em mente que, naqueles dias, os buscadores espirituais eram a minoria. A maior parte da população estava ainda muito distante dos estágios espirituais da consciência, neste ponto de estar interessado na possibilidade de buscas espirituais.

Hoje, as coisas são muito diferentes. A Humanidade como um todo, está a um pequeno passo da consciência centrada no coração, o que irá acionar o principal aspecto da Mudança, uma vez que a massa crítica seja atingida. Quando um número suficiente de pessoas se juntar à migração para a consciência da Nova Realidade, o ponto crítico será alcançado e o mundo será transformado.

Lembrem-se de que cada passo que vocês dão para promover a consciência centrada no coração em vocês, afeta a atmosfera da mente global de maneira profunda. A cada vez que vocês lembram a um amigo de sua natureza espiritual, vocês ajudam o mundo a se aproximar mais um pouco desta massa crítica.

Pontos críticos são surpreendentemente fáceis de alcançar. Apenas 7% da população precisa se tornar consciente de uma nova tendência, uma nova moda ou um novo produto para que isto se torne uma palavra comum que todos conhecem.

Imaginem o que irá significar para o mundo inteiro ultrapassar este ponto crítico e subitamente saber, compreender e praticar a percepção da vida através de uma visão da realidade centrada no coração.

Basta manter este pensamento e lhe dar o seu amor e poder espiritual.


Direitos Autorais:
Owen Waters é o autor de Love, Light Laughter:
The New Spirituality, disponível em livro impresso ou como e-book em: http://www.infinitebeing.com/ebooks/love.htm

Fontes: http://www.infinitebeing.com/  /  Humanity Healing | The Tipping Point by Owen Waters
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

Via: O Ponto Crítico – mensagem de Owen Waters 24 de Maio de 2013

AS DOZE ETAPAS DA EVOLUÇÃO CONSCIENTE…

universal_consciousness

CONSCIÊNCIA ESPIRITUAL

Por: Owen Waters
em 2 de junho de 2013

 

Buscadores bem-sucedidos da sabedoria espiritual compartilham um laço comum. Todos eles passaram pelo portal do coração, para a primeira etapa espiritual do desenvolvimento humano.

Há doze etapas da evolução consciente, designadas para a nossa experiência como seres humanos. Elas vão desde a vontade básica de sobrevivência, até a realização espiritual derradeira da consciência cósmica.

Estas doze etapas estão divididas em dois níveis de evolução consciente. Há seis etapas nos níveis básicos e seis estágios nos níveis espirituais.

O Professor Clare W. Graves (1914 – 1986) foi um cientista social que identificou primeiro as etapas básicas do desenvolvimento humano, pois ele observou as características do que agora chamamos de movimento Criativo Cultural. Ele observou que as pessoas tinham entrado na sexta etapa da consciência, em números elevados – totalizando mais do que 1 em 5 adultos naquele tempo – e ele também observou muitos casos na sétima etapa da consciência.

A partir de uma perspectiva metafísica, estas etapas do desenvolvimento social ressoam diretamente com o sistema de chacras humano. A chave para ver esta correlação é compreender que há duas faces para cada chacra principal.

Por exemplo, na face da frente do chacra do plexo solar está a versão menos elevada da consciência baseada no plexo solar. Isto se relaciona com a 4ª etapa da consciência, que se concentra na religião tradicional e em outras formas de controle autoritário.

A parte superior da consciência baseada no plexo solar se relaciona com a versão deste chacra, na face de trás e que está conectada com a parte posterior da coluna vertebral. A freqüência da sua 5ª etapa ressoa meio tom a mais do que a 4ª etapa e lida com o desenvolvimento do intelecto básico, tais como a capacidade matemática e a ciência materialista.

Como as doze faces dos sete chacras principais estão configuradas.

AS DOZE ETAPAS DA CONSCIÊNCIA HUMANA E OS SEUS NÍVEIS DE DENSIDADE RELACIONADOS

12chakras

Observem que, enquanto os vórtices de energia que representam o chacra raiz e o chacra coronário são ambos únicos, os outros cinco chacras principais têm as faces em ambas as direções – frente e trás.

A consciência baseada no plexo solar é a lente que mais ressoa com o mundo físico da terceira dimensão (3D), em que vivemos. A 4ª das 12 etapas da consciência é a versão menos elevada da consciência na 3D e a 5ª etapa é a consciência mais elevada da 3D.

Agora, observem a tabela completa das doze etapas da consciência humana. Quando as pessoas – ou sociedade em grandes grupos – evoluem na escada do desenvolvimento consciente, seus pontos de vista se expandem para uma visão mais ampla do mundo, e ainda assim, eles retêm tudo o que eles aprenderam das lições dos níveis inferiores através dos quais eles já passaram.

AS DOZE FACES DOS CHACRAS PRINCIPAIS

ESTÁGIOS NO DESENVOLVIMENTO ATUAL DA SOCIEDADE


1º ESTÁGIO: FACE DO CHACRA – Chacra Raiz 1D CARACTERÍSTICA: Instintivo
EXPRESSÃO: Sobrevivência Pessoal

2º ESTÁGIO: FACE DO CHACRA – Chacra Sexual 2D – frente CARACTERÍSTICA:Emocional Receptivo
EXPRESSÃO:Clãs

3º ESTÁGIO: FACE DO CHACRA – Chacra Sexual 2D – trás CARACTERÍSTICA: Emocional Ativo
EXPRESSÃO: Coragem

4º ESTÁGIO: FACE DO CHACRA – Plexo solar 3D – frente CARACTERÍSTICA: Intelectual receptivo
EXPRESSÃO: Propósito Determinado

ESTÁGIO: FACE DO CHACRA – Plexo Solar 3D – trás CARACTERÍSTICA: Intelectual Ativo
EXPRESSÃO: Realização

6º ESTÁGIO: FACE DO CHACRA: Chacra Cardíaco 4D – frente CARACTERÍSTICA: Holístico Receptivo
EXPRESSÃO: Organizações Comunitárias

ESTÁGIO: FACE DO CHACRA: Chacra Cardíaco 4D – trás CARACTERÍSTICA: Holístico Ativo
EXPRESSÃO: Liberdade responsável

ESTÁGIO: FACE DO CHACRA: Chacra Laríngeo 5D – frente CARACTERÍSTICA: Criativo Receptivo
EXPRESSÃO: Desenvolvimento Intuitivo

ESTÁGIO: CHACRA LARÍNGEO SUPERIOR 5D – Face: trás CARACTERÍSTICA: Criativo Ativo EXPRESSÃO: Criatividade Poderosa Ativa.

10º ESTÁGIO: CHACRA INFERIOR DO TERCEIRO OLHO 6D – Face: frente CARACTERÍSTICA: espiritual superior receptivo EXPRESSÃO: Segredos do universo.

11º ESTÁGIO: CHACRA SUPERIOR DO TERCEIRO OLHO 6D – Face: trás CARACTERÍSTICA: espiritual superior ativo EXPRESSÃO: Sabedoria Globalmente aplicada.

12º ESTÁGIO: CHACRA INFERIOR CORONÁRIO 7D CARACTERÍSTICA: Conexão universal EXPRESSÃO: consciência cósmica.


(Nota: Os níveis de densidade são algumas vezes, incorretamente referidos como “dimensões”.)


É de enorme importância para a evolução da humanidade que muitas pessoas hoje já entraram no sexto e sétimo estágio de consciência. É importante porque aqueles estão na quarta densidade (4D), nos estágios de consciência centrados no coração e nós estamos nos preparando hoje para uma mudança física para o estado da quarta densidade da existência física.

O Professor Graves ficou fascinado com o sétimo estágio de consciência, porque ele compreendeu que os seis primeiros estágios formavam uma série, ou camadas de estágios e este sétimo estágio era um passo para um novo nível. Ele chamou o salto para o segundo nível de consciência, como um “salto importante” para a humanidade.

Se vocês considerarem o sétimo estágio como o passo do nível básico dos seis estágios ou etapas para o nível espiritual dos seis estágios de consciência, então, sim, “importante” é uma descrição muito apropriada. Não é mais um indivíduo na sétima etapa (ou estágio), perambulando pelo mundo físico, buscando a verdade oculta, perdida, da existência… eles a encontraram!

A consciência espiritual traz um propósito para a vida, um objetivo geral e subjacente, pois a experiência humana é a evolução da consciência. Quando o seu foco se torna espiritual, vocês estão olhando diretamente para a escada da evolução, e não mais olhando ao redor em busca de pistas quanto ao que é a vida.

O portal para a consciência espiritual é através do coração.

Uma vez que uma pessoa alcance o sexto estágio de consciência, ela está vendo o mundo através das lentes da consciência do chacra do coração (inferior), que se relaciona com a quarta densidade inferior (4D). Neste estágio, ela se torna mais sensível às necessidades dos outros e pensa mais em termos do bem da comunidade do que em atividades puramente egoístas. É uma visão mais ampla da consciência do que a ambição estreitamente focada da 3D que a precedeu.

O sétimo estágio, o primeiro estágio do nível espiritual da consciência, está apenas a um pequeno passo. A pessoa no sexto estágio já está com a consciência centrada no coração. Ela só precisa dar este pequeno passo para a consciência superior do coração para a consciência superior da 4D do sétimo estágio, e a conexão com os níveis superiores da consciência se abrem diretamente.

…………………………………………………………………………………………………………………………

Direitos Autorais:
Owen Waters é o autor de Love, Light Laughter:
The New Spirituality, disponível em livro impresso ou como e-book em:http://www.infinitebeing.com/ebooks/love.htm

Fonte: Spiritual Dynamics | Spiritual Consciousness
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

Via: Luz de Gaia | Consciência Espiritual – por Owen Waters 2 de junho de 2013

QUANDO A LINGUAGEM CORPORAL SUGERE UM DESEQUILÍBRIO DOS CHAKRAS…

os-7-chakras

OS 7 CHAKRAS E AS 7 LIGAÇÕES COM O SEU SUBCONSCIENTE

Por :  Davina Skinner

Os chakras não começam e terminam com sua descrição ou uma definição – isso é onde muitas pessoas chegam para compreendê-los. Grande parte das pessoas querem saber o seu nome e sua posição, mas quais são as suas  finalidades e para que servem ?  Como usar essa informação em sua vida diária? Os Chakras são incríveis, orgânicos, são Centros de Energia Tridimensionais e dentro deles existem muitos segredos.

Quando sua energia é combinada, ela compõe o que chamamos de Aura, o campo de energia dentro e ao redor do corpo humano. É dentro desta esfera de energia que os médiuns podem “ver” e podem discernir muitas coisas sobre você que a pessoa “normal” não está conscientemente ciente.

Muitas dessas coisas pode tornar você mais consciente de si mesmo e  para minha mente é o seu subconsciente fornecendo alguns minutos de sinais, tentando chegar até você. Isso é exatamente  o mesmo que  vinculado com a forma de como a sua linguagem corporal funciona, a sua linguagem corporal é a energia do seu Chakra trabalhando!

Há um grande número de formas que os Chakras podem tentar ‘chamar’ a sua atenção, muitas vezes por estar fora de equilíbrio. Novamente, há uma série de sintomas que indicariam um Chakra fora de equilíbrio, mas com a finalidade de tentar fazer  as coisas mais  simples, destaco apenas um sinal comum para cada um dos sete Chakras.
Por exemplo;

O CHAKRA  BASE

Um bom indicador de quão estável o Chakra Base pode estar é considerar o que você faz com seus pés e pernas quando se senta em certas situações: Você pode sentar com os dois pés firmemente colocados no chão ou você pode ocasionalmente cruzar as pernas. Em si mesmo, não há grande indicador aqui a menos que tenha uma tendência de vir  a ser um padrão regular e repetido. Você pode se deparar muitas vezes cruzando as pernas firmemente, quase se enrolando  em torno da perna da cadeira, ou você pode ficar excessivamente inquieto, você pode sentir a necessidade de levantar os pés para cima do chão e em alguns casos sentar com os joelhos dobrados na frente de você. Isso pode indicar uma sensação de insegurança que é um dos elementos-chave do Chakra Base.

O CHAKRA SACRAL

Você pode notar que, muitas vezes, você cobre esta área abaixo do umbigo com as mãos. Isso tende a demonstrar uma necessidade instintiva de se sentir protegido. Pode ser uma área que é facilmente propensa a armazenar gordura, em homens e mulheres e está ligada com a vulnerabilidade que você sente nos relacionamentos, em particular. É um lugar de poder emocional e é importante que a pessoa seja capaz de “fluir” com essas emoções, caso contrário, pode encontrar problemas de criatividade, não apenas fisicamente, mas também mentalmente.

O PLEXO SOLAR

Este Chakra você já associa com o seu subconsciente ou seu interior, com conhecimento ou não do que percebe! Este chakra é, afinal, o lar do seu instinto BOM. Não é por nenhuma outra razão que o chamamos assim. Este Chakra se liga diretamente ao seu espírito ou energia central que instintivamente “sabe” o que ou quem é bom para você e quais situações são ruins. Lembre-se de um momento em que você tinha um mau pressentimento sobre alguém ou algo e você vai, sem dúvida, lembrar da sensação de enjoo no estômago. Muitas vezes as coisas acontecem tão rapidamente que não paramos para considerar apenas sobre quais são nossas reações ou exatamente onde elas nos afetam no corpo.

O CHAKRA DO CORAÇÃO

Isso, não é nenhuma surpresa,  é tudo sobre o amor. Como é reconfortante quando você se está magoado ou chateado e recebe um abraço amoroso ou carinhoso de alguém? É um instinto natural colocar os braços ao redor uns dos outros e “tocar” os corações. É um conforto e é, na verdade, as duas energias das duas pessoas se encontrando, uma doando e uma recebendo, neste caso. Para assistir alguém puxando a dor das “cordas do coração” e é apenas assim que  você pode ver a energia.

O CHAKRA DA GARGANTA

Este Chakra não só se relaciona com a garganta e a área do pescoço, mas também com os órgãos que você usa para a comunicação, os seus ouvidos, a boca e o nariz ! É, muitas vezes, associado com a sua capacidade de “dizer a sua verdade”. Você pode conhecer alguém que cobre sua área de pescoço e garganta regularmente, com colares ou cachecóis altos. Isso pode indicar que muito do que essas pessoas realmente gostariam de dizer não é falado ou é encoberto. Isso pode resultar em fofocas ressentidas fora do alcance de ouvido ou uma acumulação de “coisas não ditas” que em algum momento irrompe em uma tempestade emocional!

O  CHAKRA DO TERCEIRO OLHO

Muitas vezes você vai ver as pessoas esfregarem ou tocarem nesta área como que tentando literalmente agarrarem  um pensamento que de alguma forma sabem que existe, mas eles simplesmente não conseguem dominar. Este é o centro intuitivo do Chakra da mente e pode facilmente ficar “fora de sincronia” pela mente lógica, racional e consciente que usamos em grande parte do dia. Como você pode ter notado, quando você deixa de perseguir esse pensamento ilusório e continua com uma tarefa não relacionada, a inspiração ou informação parece magicamente vir do nada!

O CHAKRA DA COROA

A preocupação excessiva pode indicar aqui em uma forma física. Uma da formas físicas das mais comuns é quando você vê pessoas segurando a cabeça em suas mãos em desespero ou profunda preocupação; quando elas “simplesmente não sabem o que fazer” ou não podem ver a resposta a uma certa situação. Elas podem se sentir totalmente bloqueadas não sendo capaz de ver um caminho à frente e mantêm a cabeça olhando para baixo.

A maioria dos casos acima se ligam diretamente à sua linguagem corporal. Mas quando você olhar mais profundamente e começa a compreender mais sobre os Chakras e suas ligações para o seu bem-estar mental e emocional, bem como o seu bem-estar físico e espiritual, então, você começa a ter uma visão mais holística do seu verdadeiro potencial e beleza como um espírito humano.


Biografia da Autora:
Davina é um mestre de Reiki e hipnoterapeuta, ela tem trabalhado com algumas das mais recentes tecnologias da aura. Descubra informações mais esclarecedoras sobre os 7 Chakras e os benefícios surpreendentes de compreender a sua melhor energia própria energia, aproximando-se com ela em:http://www.aurasandchakras.com

Fonte: In5D |  7 Chakras & 7 Links to Your Subconscious
Tradução: Sônia L. Pereira
Publicação: Mostradores da Luz – Somos do Futuro

Via: MOSTRADORES DA LUZ – SOMOS DO FUTURO: OS 7 CHAKRAS E AS 7 LIGAÇÕES COM O SEU SUBCONSCIENTE

A VERDADE, DESVINCULADA DA ILUSÃO, PARA O ENRIQUECIMENTO DA ALMA…

verdade-sem-ilusao

O DESPERTAR DA RIQUEZA INTERIOR

 

Lakshmi

Canalizado por: Thiago Strapasson e Michelinha OM

 

Recomendamos ouvir com o mantra abaixo: Om (Bem vindo por Deus), Shreem (Graciosidade), Maha (Grandioso) Lakshimi (Força Feminina da Riqueza), Namaha (Minha saudação).

 

Amados, estou trazendo a vocês nesse dia abençoado, a energia da riqueza interior.

Estamos vivenciando algo inédito na história da humanidade, pois é um momento onde vocês começarão a abrir o seu interior para o externo  trazendo toda a riqueza guardada por tantas encarnações.

Ao passarem por tantas experiências de limpeza e transformação, estavam fazendo a remoção das proteções que foram criando com o tempo. Essas proteções impediam que a riqueza brilhasse para o externo de todo o seu Ser.

Essa riqueza, amados, não é aquela material, mas sim aquela que traz a possibilidade de serem os seres mais realizados em todo o universo.

Pois têm a benção de viver nesse planeta, berço de experiências únicas, e a elevação proporcionada por essas experiências é uma riqueza que não poderiam obter nem em milhares de barras de ouro, meus queridos.

Eu sou Lakshmi, a energia feminina que traz a riqueza, mas não a riqueza em forma material, mas sim aquela em forma de brilho irradiado dos seus corações.

Eu trago a possibilidade de cura através de todos os escudos de proteção.

Eu trago o amor irradiado do interior do poder feminino, o amor incondicional, que irradiado no externo, derrama as moedas douradas da fartura em todos os sentidos imagináveis.

Lakshmi, eu sou, a energia que vocês ancoram no coração para trazer o amor incondicional por vocês mesmos, e por toda a experiência encarnacional na Terra. Pois estou com vocês aqui nesse planeta trazendo isso.

Carrego vocês todos em meus braços amorosos de mãe, mostrando a vocês como é sentir esse amor incondicional, essa riqueza que não pode ser tocada com as mãos, mas que pode ser sentida.

Envolvo todos em amor. E venho trazer a possibilidade de trabalhar com o nono aspecto do seu Ser ou 9º chacra. Da sua existência nesse planeta, mas já conectado à Fonte.

Os aspectos trabalhados na aglutinação trouxeram você para o nível da experiência. Que corresponde ao 9° aspecto da sua existência, que reflete no seu corpo físico e irradia para cima em conexão partindo do coronário, o 8º chacra. vocês elevam as experiências ao seu corpo de luz e ele os mostra a verdade fora da rede de ancoramento planetário. é como se nesse ponto estivessem com uma visão superior de si mesmos e essa visão irradia à sua vida, permitindo a expansão de seus dons ao mundo em que vivem.

Esse exercício de experiência, meus filhos, nada mais é que incorporar o sentimento amoroso de mãe, aquele amor incondicional que venho ancorar em vocês nesse momento. As experiências deixam de ser dolorosas e passam a ser olhadas sob um prisma elevado, mais alto e amoroso, e esse comportamento permite que a verdade, desvinculada da ilusão, preencha seus corpos a os trazer paz e aceitação. As experiências se tornam mais suaves e complacentes, pois o ponto de vista é alterado, é suavizado com a energia do amor da grade búdica. Nesse estado, os chacras básicos são preenchidos desse amor e as experiências simplesmente são liberadas a um ponto mais elevado de irradiação, de ancoramento, liberando as energias densas acumuladas em seus pontos de energia, tornando seus dias mais leves e suaves.

Trazendo todo o pacote de experiências ancoradas no seu 8° chacra, trabalhamos agora com a experiência para que leve todos esses conhecimentos, essa mestria, essa possibilidade de elevação também para todos ao seu redor. Pois é a partir de um olhar benevolente das experiências que ancorarão o amor a tudo que os circunda e os irradiarão a todos aqueles que cruzam seu caminho. As experiências são elevadas ao corpo de luz, pois deixam o presídio energético da velha matriz e há um olhar superior da experiência, que agora é visto como um enriquecimento da alma, e não mais como uma prova ou dificuldade da matéria.

Essa experiência desperta a sua riqueza interior, irradiando todo esse aprendizado. Ancorando cada possibilidade de levar o conhecimento adiante nesse 9º chacra. Pois aquilo que era a restrição agora é o zelo, o cuidado, o transcendente. Vocês se tornam aves que possuem uma visão panorâmica da vida. A vida é vista de cima, não mais do solo, e esse olhar os preenche de amor, tornando-os sabedores da caridade para com todos, da irmandade, da doação. A vida não é restrita à matéria, mas é alta e gloriosa e isso traz paz ao seu ser, traz complacência e compaixão.

Vocês trazem experiências para as suas vidas. Mostram a que vieram, meus filhos, e foi para elevarem-se em amor e reluzir dourados, na riqueza do aprendizado e da caridade. A elevação da experiência ao 9° chacra os proporcionará justamente isso, essa expansão de si mesmos, a compreensão e a permissão para que irradiem tudo aquilo que são e que desejam ser. Vocês se permitem, assim como compreendem aqueles que não alcançam o panorama mais elevado do amor, da compreensão e da expansão, que traz o contato com seu corpo de luz.

Para elevar todo o seu aprendizado ao 9° chacra, deve trazer para os seus dias, experiências vividas, no entanto, observadas sob uma nova ótica, trazendo a informação do seu registro como uma consulta a uma enciclopédia de estudo. Essas informações já estão armazenadas nos seus registros akáshicos, e depois de aglutinadas no seu 8° chacra, permanecem disponíveis para que vocês possam utilizar esse conhecimento nas suas experiências de vida. Mas essa é uma nova biblioteca de experiências, pois ela não se restringe à matéria, à grade planetária. Ela é superior, é amor, é expansão, é cósmica. É como o pássaro que lá do alto observa a grande cena, numa paz de um voo silente e calmo, num amor profundo, no silêncio da imensidão, sem o ruído do solo. Há só o voo e a observação daquilo que está ao seu redor, nessa paz de um planador compreensivo do amor.

E não há melhor oportunidade, filhos, do que trazer todo esse conhecimento através da caridade, do auxilio ao próximo. Àquele que está ao seu lado também está carente de amor e de aprendizado. E a elevação das experiências ao nono corpo de luz reluz a tudo que os circunda, expande os dons do coração, pois permite a verdade da vida eterna, da purificação que os tornará os maiores seres desse universo, seres de amor e de luz que demonstram todas suas emoções guardadas em seus corações.

Essa conexão somente será possível a partir do momento em que aglutinarem as experiências. A partir desse momento, elas podem ser acessadas para trabalhar o 9° chacra, uma a uma. E será isso que trará essa visão diferenciada, cada aspecto da sua vida trabalhado, individualmente, dentro do ambiente do corpo de luz, do nono corpo, num ambiente elevado de paz e amor que o trará uma visão superior de tudo que os rodeia.

Vocês continuam trabalhando a aglutinação de outros aspectos. Mas já iniciam o trabalho de experiência daquelas informações que já foram aglutinadas, para alimentar a sua conexão com o seu Eu Superior. O entendimento maior é ancorado, reluzente a tudo que está ao seu redor. E esse entendimento se expandirá, crescerá, irradiando aos corações curiosos por essa paz, carentes desse amor, chamando-os a esse trajeto de luz. Esse estado despertará a curiosidade de tantos corações carentes da vida superior, da vida mais elevada, que resplandecerá a partir do contato com seu corpo de luz.

Os registros de outras encarnações vão se abrindo aos poucos. Percebem-se conectados com mais serenidade àquelas informações que antes não tinham. Pois a partir do momento que iniciam o trabalho do 9° chacra, começam a trabalhar com a experiência aglutinada de outras encarnações. Podem perceber como já têm mais facilidade com línguas diferentes, começam a ter visões e experiências, que por um momento podem não entender, mas logo perceberão que é simplesmente o ajuste inicial do trabalho de trazer todas as informações aglutinadas para a experiência.

Durante o sono começam a perceber que chegam lembranças de experiências que já foram aglutinadas, para que sejam relembradas e trabalhadas na vivência do 9° chacra. E tudo isso  É trazido não sob a visão da velha matriz, mas de seus corpos superiores ligados à grade búdica planetária, à grade de limpeza, à transmutação e à purificação. Tudo é aglutinado sob uma visão expansiva de si mesmos, que passam a se observar como seres de luz e de amor em meio à ilusão da vida. É um estado onde as graças divinas surgem em nossa vida como mágicas, pois essa visão superior nos abre a tudo que existe e nos conecta aos reinos de luz, proporcionando as curas das experiências.

Comecem a perceber tudo o que ocorre com vocês, filhos, pois a partir desse momento trabalham como pequenos mestres, que já se tornaram mestres de si mesmos, mas que agora trazem AO o treino da mestria para as suas vidas, no presente, levando também o conhecimento para outras pessoas. Mas não o conhecimento seco e duro da ilusão, mas o conhecimento reluzente, do tesouro mais precioso de todos, o da vida eterna, do contato com a criação e todo o seu amor.

Sou Lakshmi, a energia ancorada do amor incondicional de mãe. A riqueza em forma de amor.


Canais: Thiago Strapasson (http://coracaoavatar.blog.br/) e Michelinha OM (http://verdadetransmutadora.blogspot.com.br/) – dezembro/2016
Colaboração: Rebeca Crivelaro Campos

Via:  CORAÇÃO AVATAR | O DESPERTAR DA RIQUEZA INTERIOR – LAKSHMI

RUMO À ASCENSÃO ATRAVÉS DA CONEXÃO AO CRISTO CÓSMICO…

1351-a-mensagem-dos-chacras-dancando-com-a-luz

A Grade Búdica e os cinco Chacras Superiores

gautama-buddha-created-by-handicap-artists

Mestre Gauthama

Canalizado por: Thiago Strapasson e Michelinha OM

A malha búdica é a grade planetária que se conectará aos cinco chacras mais elevados no seguinte processo:

Aglutinação – oitavo chacra

Aglutinando os vícios da matéria para elevá-los ao Eu Superior, mantendo e dignificando as experiências para engrandecimento da alma e do todo. As experiências são aglutinadas ao oitavo chacra acima do coronário e entregues. Há a liberação das restrições dos chacras vinculados à matriz planetária, que são liberados e entregues com entendimento e compreensão.

Projeção – nono chacra

– Com a entrega da aglutinação das experiências é projetada a liberação dos antigos vícios da matéria através do contato com o corpo de luz. O corpo de luz liberará o contato com os reinos mais elevados ancorando a experiência a uma visão mais elevada. O vazio, a compreensão e aceitação das experiências proporcionados pela aglutinação projetará as graças divinas através do nono chacra. Haverá o ancoramento da alegria da vida e da Graça divina do aprendizado. São projetadas as graças divinas da experiência.

Nesse ponto, todas as suas experiências são vistas com alegria, aceitação e gratidão. Vocês incorporam o Ser de Luz em suas experiências, e já não trazem mais reações diante dos mesmos aprendizados vivenciados anteriormente. Já aglutinaram todos os comportamentos e experiências que já fazem parte da sua evolução e da sua historia ascensional. Projetam, dessa forma, todas essas experiências para o seu corpo de luz divino, para que sejam somente mais informações a serem agregadas ao seu Eu Superior.

Cada restrição, cada aspecto tratado recebe esse processo individualmente, portanto, quando vocês já curaram um aspecto especifico e já aglutinaram e projetaram no seu corpo de luz, ainda podem estar tratando outros aspectos simultaneamente e em estágios diferenciados.

As experiências, a projeção e aglutinação ocorrem paralelamente nas suas vidas e vão contabilizando para a limpeza total e tratamento completo de todos os aspectos, que são vistos individualmente, mas que se unirão ao todo no corpo de luz.

Constituição – décimo chacra

– A constituição: é o final da dualidade. A constituição do ser de luz. Com a aglutinação das experiências da matriz energética tridimensional e do equilíbrio projetado pelo corpo de luz, inicia-se a constituição do equilíbrio energético. O feminino e masculino se equilibram. Há um contato profundo com o Eu Sou. O corpo de luz é projetado aos reinos de luz e o contato com a fonte e o Todo se dá. Os reinos de luz se projetam em Graça Divina. Tornamo-nos o Amor, o Um, o Todo.

A constituição já não é um aspecto ligado à matéria como os dois anteriores, pois essa já coleta informações dos aspectos já projetados e, portanto, eleva-os para a unificação do Ser. O final da dualidade se dá porque já não vivem mais experiências deste tipo nos aspectos projetados e constituídos. Esses são sim unificados e vocês já estão projetados ao Eu Sou de forma Una. Sentem-se parte do todo, sentem-se únicos com toda a existência da matéria e com o universo. Já não vivem mais a experiência da dualidade e seguem de forma livre para viver o reflexo do que é o Eu Sou.

Esse reflexo se dá nas sensações físicas, onde vocês já não mais percebem as reações físicas a eventos pré-determinados. Estão livres da dualidade, pois já não lutam mais contra as sensações da matéria, todos os aspectos relacionados a antiga malha energética.

Início – décimo primeiro chacra

– O início é a conexão com a cura da tridimensionalidade. É quando o corpo de luz em conexão com o Todo se projeta em nossa vida física para a ressurreição. Ressurgimos em nosso ser de luz ancorando os aspectos elevados de cura e sabedoria na vida física. O início não ocorre todo ao mesmo tempo, mas a cada cura de experiência que aglutinamos ao nosso corpo de luz o entregando ao Todo. Desta forma, iniciamos a experiência divina em nossas vidas. É como se em cada ponto de nossa vida nos tornássemos canais da consciência divina. É o início da libertação e da ressurreição.

A partir das experiências vivenciadas na constituição, já estão ancorados completamente ao seu Eu Sou e passam a ser o reflexo do Eu Sou encarnado. As ações, as vivências, serão todas para distribuir esse aprendizado. Como os grandes Mestres, que ainda estão conectados ao Eu Superior e à matéria, mas que já não vivem na dualidade e nem presos às sensações relacionadas à malha energética. Todos os aspectos já foram transmutados e passam a viver renascidos das suas próprias experiências.

Vocês se tornam a partir daqui os aspectos que aprenderam a superar, com toda a bagagem de experiências suas e todas as conectadas ao Eu superior e renascem para uma nova vida, como novas pessoas, novos seres de luz. Já não resta mais nenhum resquício, nesse ponto, do Ser antigo. Vocês se tornam completamente o aspecto manifestado do seu EU Divino.

Experiência – décimo segundo chacra

– É a experiência que é a conexão com Cristo, onde compreendemos a oportunidade de servir ao Todo, de nos colocar no fluxo da vida em comunhão, de nos abrirmos ao propósito puro da caridade e nos integrarmos em amor ao Todo. É a cura definitiva para a ascensão da alma em humildade e servidão a Deus.

Somente o trabalho com o Início, trará a experiência. A Experiência nada mais é que o aspecto Início superado e vivenciado com tempo. Haverá um ponto, um momento em que já poderão perceber que são a pura união ao Cristo Cósmico. Serão a conexão com o Cristo que é o aspecto planetário superior. Devido a vivência ancorada no seu Eu Superior, vão alimentando e contribuindo para a conexão com o Cristo, que trará vocês para o nível da Experiência que é justamente o viver uno ao Cristo, que puderam observar em todos os Mestres Ascensos. Todos uniram-se ao Cristo seguindo esse trajeto de experiências e, portanto, a ascensão é o próximo passo conclusivo dessa trajetória. O Cristo é a conexão suprema para unir-se à sabedoria planetária e não somente ao seu Eu Superior. Portanto, é o que levará a transcender a encarnação e a vivência nesse planeta.

A atual malha energética estava ancorada sobre os 07 chacras básicos: o base, o sacro, o plexo solar, o cardíaco, o laríngeo, o frontal e o coronário. Através desses chacras vocês sustentavam a grade energética de provas e expiações, purificando os aspectos básicos relacionados aos principais vícios da matéria.

A grade búdica será o caminho à liberação desses aspectos inferiores para o ancoramento da luz e comunhão com o todo.

A grade búdica é a transição, entre a antiga matriz energética e a cristalina, pois estará liberando-os das antigas restrições da matéria através da cura das experiências, limpando os registros de DNA, mas sem a perda das experiências.

A partir do vazio interior da aglutinação que se unifica ao corpo de luz se projetando ao todo, trazendo a cura e ressurreição para o contato de amor e humildade do Cristo Eu Sou. Nos integramos ao Todo, com amor e compreensão das experiências nos colocando como servos da Unidade, com Graça e entrega.

Cada aspecto, quando trabalhado, trará a possibilidade de elevação planetária. Cada um que trilhar esse caminho e atingir o nível de elevação e conexão ao Cristo Cósmico, contribuirá com a cura planetária, que ancorando a energia de cada Ser Ascensionado e o caminho da ascensão irradia a cura para toda a humanidade. A possibilidade de transformação do planeta no Reino de Deus está nas pessoas que optarem em seguir esse trajeto, que é não somente a purificação interior e ascensão, mas sim a libertação de todo o planeta.

Estejam em paz meus irmãos.

Sou Buda Gautama


Canais: Thiago Strapasson e Michelinha OM – 28.Dez.2016
Colaboração: Ale Sunshine e Ilza Barreto
Fontes: http://coracaoavatar.blog.br/ e http://verdadetransmutadora.blogspot.com.br/

Via: CORAÇÃO AVATAR | A Grade Búdica e os cinco Chacras Superiores – Mestre Gauthama

ALCANÇANDO A PERFEITA SINTONIA COM O TUDO QUE É…

chakras

Abertura dos Sete Chakras Sagrados

Por: Gary ‘Z’ McGee,
colaborador do Waking Times

 

“A meditação nada mais é que retirada de todas as barreiras; pensamentos, emoções, sentimentos, tudo o que constrói um muro entre você e a existência. No momento em que os deixa de lado, de repente você se encontra em sintonia com o todo; não apenas em sintonia, você realmente acha que é o todo. ” -Osho

“Lembre-se que você não medita para obter qualquer coisa, mas para se livrar das coisas. Faze-lo, não com o desejo, mas com desapego. Se você quer alguma coisa, você não vai encontrá-la. Você não será capaz de encontrá-la. Mas quando o seu coração está pronto, a paz virá procurando por você. ” -Arjahn Chah

Os sete chakras são um enigma para muita gente, mas quanto mais conscientes nos tornamos de como a energia se movem através de nosso corpo, mais descobrimos o que é saudável, superior, infinito e incondicional dentro de nós. Quanto mais meditamos sobre esse tipo de energia, mais permitimos que a nossa freqüência pessoal ressoe com a maior orquestra do cosmos. E quanto mais nós permitirmos que a nossa freqüência de ressoe, mais equilíbrio e saúde vamos experimentar em nossas vidas.

Abrindo o Chakra da Terra:

“A vida encolhe ou expande em proporção à sua coragem.” -Anais Nin

Este chakra, também conhecido como o chakra da raiz, lida com a sobrevivência e é bloqueado pelo medo. Para abrir este chakra é preciso ser capaz de deixar o medo para que ele possa passar pela transformação alquímica em coragem. O chakra terra não apenas nos aterra fisicamente, mas também nos fundamentos temporalmente, mantendo-nos no momento presente. Aqueles com chakras terrestres abertas tendem a ser mais saudável e equilibrados do que outros. Eles tendem a ser menos receosos e mais centradaos Aqueles com chakras terrestres fechados são muitas vezes desequilibrados e desconectados, e eles tendem a ficar com medo e falta de foco.

Para abrir o chakra da terra, concentre a meditação sobre a base de sua espinha. Imagine uma energia vermelho brilhante se movendo para baixo de sua coluna vertebral e ramificando-se na terra como as raízes de uma árvore. Visualize-se a receber a recompensa cheio de energia primordial da Terra. Regozije, na mais antiga das conexões. Abrace seu medo. Deixe de lado o seu medo. Respire o ar sagrado de sobrevivência.

Abrindo o Chakra da Água:

“Por que você fica na prisão quando a porta está aberta?” -Rumi

Este chakra, também conhecido como o chakra sacral, lida com prazer e é bloqueado pela culpa. Para abrir este chakra é preciso ser capaz de liberar toda a culpa e culpa. Temos de ser capazes de perdoar nossas transgressões passadas, a fim de mergulhar totalmente em muitos prazeres únicos da vida. Aqueles com chakras da água abertos tendem a ser cheios de admiração e reverência por sua conexão com o cosmos maior . Eles tendem a ser mais adaptáveis, felizes, e são capazes de ir com o fluxo da vida. Aqueles com chakras água fechados são muitas vezes confusos e desorientados sobre o seu lugar no mundo, e tendem a sofrer de deficiências auto-imunes.

O chakra da água é bastante fácil de transformar, uma vez que responde a emocional e auto-expressão criativa. O planeta lua é um símbolo muito poderoso com este chakra, uma vez que controla o movimento “marés” de nossas águas interiores. Medite na área naval. Imagine seus “fluidos” psicofisiológicos que fluem para o cosmos como rios em um poderoso oceano. Visualize-se movendo-se com a “maré” de ritmo natural do seu corpo em equilíbrio com as maiores ondas cósmicas do universo. Deixe de lado a sua culpa. Sinta o processo sagrado de prazer. Respire.

Abrindo o Chakra do Fogo:

“Não pode haver nenhuma transformação no mundo exterior a menos que haja transformação de dentro. É nossa responsabilidade para provocar uma transformação radical dentro de nós mesmos. ” -Krishnamurti

Este chakra, também conhecido como o chakra do umbigo, lida com a força de vontade e é bloqueado por vergonha. Temos de ser capazes de abrir mão de desilusões e decepções passadas. Ou, melhor ainda, transformá-las em degraus em direção a consciência superior. Devemos abraçar nossas inseguranças e as nossas dúvidas. Dance-os em algo que vale a pena. Dance com o fogo. Se ele nos queima a cinzas, então vamos subir como uma fênix. A vida é muito curta para se viver a adivinhar a nossa autenticidade. Aqueles com chakras do fogo abertos tendem a levar suas vidas com dinamismo, poder e autoridade. Aqueles com chakras di fogo fechados tendem a se sentir indignos e eles têm uma baixa auto-estima.

Para abrir o chakra do fogo, foque a meditação sobre o plexo solar. Imagine uma luz amarela brilhante girando lá, como um sol brilhante. Imagine-o banhando você com luz de cura, queimando a vergonha e a substituindo por um desejo de poder saudável. Observe como você se sente como o poder benevolente do Universo o abençoa com uma auto-estima e uma confiança para envolver o mundo como só você pode. Deixe ir a sua vergonha. Abrace a sua força de vontade. Respire.

Abrindo o Chakra do ar:

“À medida que deixamos nossa própria luz brilhar, inconscientemente damos às outras pessoas o direito de fazer o mesmo. E conforme nos libertamos do nosso medo, nossa presença automaticamente liberta os outros ” -Marianne Williamson

Este chakra, também conhecido como o chakra do coração, lida com amor e é bloqueado pela dor. Temos de ser capazes de liberar a nossa tristeza e perda, a fim de transformar o nosso ego em alma. Devemos deixar a dor da perda fluir como a água que escorre atrás do pato. Aprender a amar é aprender a deixar os outros amarem, é aprender a deixar ir os apegos dos egos para amar. Este é o segredo de se alcançar a felicidade, apesar dos pesares. Aqueles com chakras do ar abertos tendem a ser preenchidos com amor incondicional por si e pelos outros, o que os budistas chamam  Mahakaruna  “a grande compaixão”. Aqueles com chakras aéreos fechados tendem a experimentar má circulação no nível físico, falta de empatia no nível emocional , e uma falta de devoção no nível espiritual. Eles têm dificuldade em amar a si mesmos, e eles são paranóicos e têm medo de amar os outros.

Para abrir o chakra do ar, foque a Meditação sobre seu coração. Imagine uma luz verde brilhante girando lá e emanando oxigênio vibrante que o conecta a todas as coisas. Sinta essa força vivificante revigorá-lo  e revitalizá-lo. Imagine que esta conexão nutrindo sua alma e curaando seu coração e pele. O toque é importante a este chakra, por isso “sinta” o cosmos pressionando sua pele. “Sinta” a sua pele absorvendo o cosmos. Circule com a Grande Circulação. Deixe de lado o seu sofrimento. Permita que o amor lave você e o transforme em um ser digno de amor e luz. Respire.

Abrindo o Chakra do Som:

“A mística não é como o mundo é, mas o que ele é.” -Ludwig Wittgenstein

Este chakra, também conhecido como o chakra da garganta, lida com a verdade e é bloqueado por mentiras. A honestidade é muito importante a este chakra. É essencial que sejamos impecáveis com nossa palavra. Temos de ser capazes de nos libertar de tudo o que podemos estar negando e aceitar quem realmente somos. Aqueles com chakras do som aberto tendem a ser capazes de dizer o que tem sentido e dar sentido ao que eles dizem. Seu discurso é edificante e sábio e eles expressam claramente a sua intenção. Aqueles com chakras do som fechados tendem a experimentar falta de comunicação no nível físico, codependencia no nível emocional, pensamentos obscuros no nível mental, e insegurança no nível espiritual.

Para abrir o chakra do som, foque a meditação em sua garganta. Visualize um sol azul subindo do seu plexo solar e movendo-se em sua garganta. Imagine-o lavando suas cordas vocais e fortalecendo a expressão divina. Deixe o Sopro Divino ativar seus órgãos vocais. Permita a sua voz numinosa ressoar no éter sagrado. Deixe de lado as mentiras que você está dizendo a si mesmo. Abrace a verdade. Respire.

Abrindo o Chakra da Luz:

“Nosso medo mais profundo não é o de sermos inadequados. Nosso medo mais profundo é de que somos poderosos além da medida. ” -Marianne Williamson

Este chakra, também conhecido como o chakra do terceiro olho, lida com discernimento e é bloqueado pela ilusão. A ilusão da separação é a maior ilusão. É essencial  entendermos isso, e ultrapassar a ilusão, a fim de efetivar o Self de acordo com maiores freqüências cósmicas. A maioria das pessoas não são capazes de abrir este chakra. Aqueles com chakras luz abertas tendem a ver a si mesmos e aos outros como seres interligados espiritualmente. Eles têm grande intuição, um forte senso de identidade, e a capacidade de auto-reflexão. Aqueles com chakras de luz fechados tendem à falta de imaginação e a ter intuição fraca, resultando em pobre tomada de decisão e auto-engano.

Para abrir o chakra da luz, foque a meditação na testa. Imagine uma bola luminosa de energia índigo quente saindo de sua glândula pineal e girando lentamente no centro de sua testa. Visualize-a disparando poderosas faixas de luz para baixo e através dos seus chacras inferiores, preenchendo todo o seu ser com a luz divina. Imagine o seu terceiro olho se abrindo e refletindo os aspectos do universo de que você não tinha ciência antes. Deixe de lado todas as suas ilusões. Deixe a sua intuição guiá-lo. Respire.

Abrindo o Chakra do Pensamento:

“Tudo é energia e isso é tudo o que há. Sintonize a realidade que você quer e você não pode evitar, mas essa é a realidade que terá. Não pode ser de outra maneira. Isso não é filosofia. É física. ” -Albert Einstein

Este chakra, também conhecido como o chakra da coroa, lida com a transcendência esclarecida e é bloqueado pelo apego terrestre. Temos que ser capazes de abrir mão de todos os apegos, especialmente o amor, a fim de abrir este chakra. Isto é muito difícil de fazer. Devido a isso, apenas uma pequena percentagem de pessoas são sempre capazes de abrir este chakra. Aqueles com chakras do pensamento abertos tendem a experimentar a união divina e amor cósmico, estendendo-se para sempre. A sua frequência única está em sintonia com a maior orquestra cósmica. Aqueles com chakras pensamento fechados tendem a ser niilistas e desconectados espiritualmente, duvidando de tudo que sabem ser verdade.

Para abrir o chakra do pensamento, foque a meditação no topo da sua cabeça. O objetivo é a completa rendição e dissolução; um desapego do domínio que o mundo físico tem sobre você. Imagine uma coroa infinita de energia violeta jorrando para o cosmos como um poderoso manancial ligando-o a todas as coisas. Sinta a poderosa piscina a energia de suas raízes, passando pelas águas sagradas do sacral, aquecendo-se o fogo do plexo solar, respirando o sopro vital do coração, absorvendo a voz etérea da garganta, derramando através da dissolução do Terceiro Olho, e se derramando para cima e para fora da coroa de sua cabeça em uma lótus de mil pétalas. Sinta os limites do seu corpo, mente e alma se dissolverem em todas as coisas. Deixe apego terrestre. Deixe de lado o amor. Você agora é o próprio amor. Respire.


Sobre o autor

Gary ‘Z’ McGee,  um ex-especialista de Inteligência da Marinha que se tornou filósofo. É o autor de “Birthday Suit of God” e “The Looking Glass Man”. Suas obras são inspiradas pelos grandes filósofos dos séculos e sua visão ampla acordada do mundo moderno.

Fonte:  Waking Times | Opening the Seven Sacred Chakras


Via: Em Sintonia na Existência: Abertura dos Sete Chakras Sagrados

A LINGUAGEM UTILIZADA POR MUITOS QUE BUSCAM CAMINHO DA ASCENSÃO…

livro

30  Termos  Espirituais  Importantes  Que  é  Bom  Você  Conhecer

Por: Michelle Walling

 

Conforme uma pessoa sobe a escada da progressão espiritual nesta vida, existem determinados termos que descrevem vários estágios do desenvolvimento. A fim de maximizar a oportunidade desta vida, existem pelo menos trinta termos espirituais importantes para você se familiarizar. Todos esses termos são parte da razão pela qual encarnamos na Terra, dominar o significado de cada um deles é comparado à iniciação. Quando você domina a iniciação você prova que está pronto para passar para a próxima experiência.

A seguir estão os 30 termos espirituais importantes para você conhecer:

1. Despertar: É a percepção de que você é mais do que apenas um corpo físico e que você está aqui para realizar mais do que apenas ser um escravo do sistema. A consciência surge quando seus códigos são ativados pela luz fotônica a fim de que você comece a perceber quem você é e o que você veio realizar nesta vida.

2. Vibração: Toda a matéria é energia. Átomos são elétrons que oscilam para frente e para trás em uma determinada frequência. A medida da velocidade desta frequência é conhecida como densidade vibracional. Estamos despertando para a necessidade de elevar a nossa vibração de uma frequência de 3ª dimensão para uma frequência de 5ª dimensão.

3. Alma: A substância etérea ou espírito particular a um único ser vivo. A alma é imortal e sua energia pode ser vista ao redor do corpo físico como a aura. A alma é um aspecto da consciência da energia a partir de uma essência maior de uma mônada e tem uma personalidade que continua a existir após a “morte” do corpo físico. O propósito da alma é a evolução através das orientações das Leis Universais.

4. EU superior: É o aspecto mental etéreo de alta vibração de sua alma que serve como ligação entre sua alma e sua Mônada. Descobrir como se comunicar com o seu EU superior que é seu guia é essencial no processo do despertar espiritual. Buscar o seu interior é o método para encontrar seu EU superior. A verdade e as respostas para qualquer pergunta podem ser respondidas por seu EU superior e é uma parte vital no desenvolvimento do seu discernimento.

5. Mônada: É a “Superalma” que criou o aspecto da consciência de sua alma. A mônada é composta por um aspecto masculino e um feminino, quando encarnados em uma densidade vibracional inferior esses dois aspectos se separam e continuam a se dividir ainda mais nas vidas que experimentam. Imagine uma roda de madeira de uma bicicleta em que o cubo é a parte masculina ou feminina da mônada e os raios são os aspectos da consciência da alma ou vidas. Todos os tempos de vida da Mônada ocorrem no “AGORA”, fora do espaço e do tempo e as experiências de todas as vidas paralelas podem ser acessadas por cada alma assim que a conexão é reconhecida e fortalecida.

6. Criador/Fonte: É um termo usado para descrever o “Tudo o Que é” dentro da nossa experiência. O Criador de tudo é uma fonte de energia que criou os anjos e dimensões e, em seguida, enviou aspectos de si mesmo (o Criador é tanto masculino quanto feminino) para as dimensões de baixa vibração, a fim de ter experiências e ter experiências. A Mônada envia então estes aspectos que são partes de si mesma como almas para as baixas densidades para obter experiências. A criação é infinita e não pode ser totalmente compreendida dentro de um pensamento/conhecimento tridimensional. Recuperar o conhecimento que você é um aspecto do Criador dentro de um corpo físico é a realização mais importante do despertar.

7. Dimensão/Multidimensionalidade: O Tudo o Que é criou dimensões a fim de experimentar vários níveis de vibração, porque é tão grande que não pode experimentar de outra maneira. A dimensão é uma frequência específica de vibração. Todas as dimensões estão conectadas e se sobrepõem umas as outras e todas as dimensões são interdependentes umas das outras, o que descreve o termo multidimensional. Existem muitos níveis dentro de cada dimensão.

8. Grupo de Alma/Almas gêmeas: Quando o Tudo o Que é criou as mônadas criou-as fora dos raios de sua luz branca. Quando esta luz é diferenciada fica nas cores do arco-íris. As mônadas foram divididas em grupos de cores conhecidos como raios. Por exemplo, uma mônada de raio azul terá uma finalidade ou características diferentes do que uma mônada de raio verde. Mônadas de raio azul têm mais em comum e vibram com a mesma taxa que outras mônadas de raio azul, assim, elas são naturalmente atraídas umas pelas outras. Além disso, as mônadas se dividem em almas e grupos vibracionais são formados dentro de cada alma. Estas almas encarnam em conjunto para ajudar umas as outras a avançar espiritualmente. Almas gêmeas de um grupo de alma em particular se reconhecem umas as outras quando se encontram em uma vida. A alma gêmea pode encarnar como sua mãe ou pai em uma vida e, em seguida, ela pode se alternar para ser a filha ou filho em outra vida. Ela pode ser marido ou esposa ou ela é uma pessoa influente em sua vida que ajuda a equilibrar a energia da vida passada ou aprender a lição necessária. Almas gêmeas de um grupo de alma se amam tanto que elas podem se oferecer para ser um aspecto difícil de sua vida, o que é uma bênção disfarçada, pois estas lições proporcionam um salto em seu caminho espiritual.

9. Noite escura da alma: É usada para descrever um processo de limpeza e de reequilíbrio que envolve enfrentar sua própria sombra. Sua própria sombra é o aspecto de sua alma que carrega as experiências vibracionais mais escuras ou mais baixas das diversas vidas. Nesta fase, parece que tudo dá errado e que você foi abandonado por seus guias e anjos. É o que leva a questionar tudo e a resolver seus problemas. Assim que você sair desta noite escura da alma você olha para trás de uma perspectiva superior, como uma bênção, sentindo-se mais iluminado e mais limpo do que nunca.

10. Espírito Guia: Além de revisar os nossos projetos antes de virmos para cá, fazemos contratos com entidades sagradas do “outro lado” para cuidar de nós, nos proteger, ajudar e nos aconselhar, nesta jornada terrena que optamos por realizar. Estes são os nossos guias espirituais. O trabalho do guia espiritual é estimular, encorajar, cutucar, dar suporte, aconselhar e nos guiar no nosso caminho na vida. Os guias espirituais enviam mensagens muitas vezes através da mente subconsciente. O que nós sempre entendemos como instinto ou nossa consciência ou sonhos extraordinariamente nítidos, são os guias espirituais transmitindo mensagens. Os guias espirituais e todos os outros espíritos são tanto do sexo masculino quanto do sexo feminino. Os guias espirituais também podem ter aspectos de vibração mais elevada de si mesmo, ou vidas paralelas. Os guias espirituais estão sempre prontos e esperando por você para contatá-los, mas não podem interferir em todos os assuntos por causa da Lei do livre arbítrio. Estes conselheiros ajudam a conceber e avaliar o nosso projeto conosco e estão ao nosso lado a cada passo do caminho desde a encarnação até a “morte”. Além deste guia dedicado, temos outros guias que podem auxiliar por um tempo e depois sair, dependendo da especialidade do seu campo consultivo. Cada um de nós tem um guia que é alguém que está sempre muito próximo e é de confiança da nossa alma. Todos os guias espirituais passaram pelo menos um tempo de vida na Terra. Devido a isso, eles são capazes de sentir empatia pelos erros, problemas, medos, tentações e todas as fragilidades que encontramos no mundo.

11. Anjo Guardião: O Tudo o Que é criou os anjos para refletir o amor de volta para si mesmo. Assim ele pode ser conhecido como o amor final. Estes anjos têm um grande desejo de servir o Criador de todas as formas, por causa do grande amor que eles têm pelo Criador. Às vezes estes anjos assumem tarefas específicas no serviço. Orientar a humanidade é uma maneira em que os anjos podem estar a serviço. Esses anjos atuam como guias e são da mais alta vibração de amor. Alguns anjos realmente estão encarnados, mas a maioria não. Para agir em uma dimensão inferior os anjos precisam enviar um aspecto de sua consciência, assim como uma mônada faz. Os aspectos da consciência do anjo estão sempre em torno de nós, mantendo o espaço para a criação do amor em nossos corações. Os anjos podem criar milagres, que é apenas uma maneira de mudar a realidade para experimentarmos um resultado favorável a nós. Assim como os guias espirituais, seu anjo da guarda está esperando você reconhecer que ele existe e pedir ajuda.

12. Chama Gêmea: A mônada é um aspecto da consciência da Fonte que tem uma polaridade feminina (yin) e uma polaridade masculina (yang). Após descer para a 3ª dimensão, estes aspectos se separam, embora eles permaneçam conectados no nível superior da mônada. Estamos sempre ansiando por encontrar nosso aspecto da outra polaridade para satisfazer uma necessidade gerada pela nossa separação, no entanto, a experiência de separação de nossa alma gêmea e do nosso Criador nos impulsiona para o crescimento espiritual e a compreensão de quem somos. Chamas Gêmeas raramente encarnam no mesmo tempo de vida por causa da necessidade de experiência diversificada, no entanto recentemente mais chamas gêmeas encarnaram juntas para ajudar umas as outras na ascensão.

13. Livre Arbítrio: Nós existimos em um Universo de livre arbítrio. As Leis Universais nos permitem o poder com a responsabilidade de escolher como definir e perceber a nossa realidade. O livre arbítrio é responsável pela existência das trevas no planeta e, portanto, em todo o Universo, pois o Criador deu a todas as almas a capacidade de criar o que quiserem. A maior ironia da escolha do livre arbítrio é ser diferente de luz/amor o que ameaça destruir a experiência de viver em uma existência de livre arbítrio. Universos que não são de livre arbítrio funcionam através de metas e acordos onde um grupo de consciência superior indica a direção para a experiência.

14. Lei Universal: Um conjunto de diretrizes acordadas em um Universo particular que orienta a alma ao longo do caminho para níveis superiores na evolução. É o que define a evolução e a existência e devem ser as próximas leis da Terra à medida que avançamos em direção a uma consciência mais elevada.

15. Contrato de Alma: Antes de encarnar nós planejamos certos acontecimentos que nos permitem realizar coisas que nós definimos no nosso contrato de alma. Algumas destas coisas incluem quem são os pais ou responsáveis, o tipo de situação socioeconômica em que vamos nascer, a assinatura de energia que teremos por ter nascido em um signo do Zodíaco. Há muitas pessoas nesta vida que fizeram contratos de alma com seus pais, com seu cônjuge, com os professores do ensino básico.

16. Encarnação: É o ato de uma alma quando envia um aspecto de sua consciência para um corpo físico. A alma entra no feto no útero da mãe antes do bebê entrar pelo canal do parto. Quando uma alma encarna desta forma, assume o risco de não se lembrar de que está ligada ao Criador. O objetivo da encarnação é proporcionar uma oportunidade para a evolução da alma, no entanto ao encarnar uma pessoa pode ficar presa na roda do carma.

17. Ascensão: É o termo usado para descrever quando nos movemos de uma consciência vibracional inferior para uma consciência mais elevada. Trata-se de reconhecer que temos conhecimento do poder de quem somos e que co-criamos a realidade em que vivemos, enquanto existentes em um alto estado vibracional de amor. Isto é realizado ao conscientemente nos conectarmos com as experiências do registro Akáshico liberadas do interior do ADN com a ajuda do EU superior. Isso é feito por meio da fusão e equilíbrio com a essência vibracional superior de quem você é na manifestação física. A ascensão é reconhecer quem você é e se conectar a esse aspecto de si mesmo, elevando a sua consciência através da vibração. Para algumas pessoas, o principal objetivo desta vida é ascender.

18. Propósito de Vida: É o principal objetivo de uma pessoa ou os objetivos que ela escolheu realizar antes de encarnar. O propósito de vida pode ser uma carreira, com o objetivo de ser um músico famoso trazendo a beleza da música para o planeta. Também pode ser um ato de equilíbrio, como reencarnar com a alma gêmea e cumprir um papel, a fim de limpar a lousa do carma entre as duas almas. Pode haver muitas tarefas envolvidas em um propósito de vida que conduzem a uma tarefa maior, se todas as outras tarefas são executadas. Por exemplo, pode haver várias tarefas de despertar e cura envolvidas e se todas elas forem concluídas com sucesso, o resultado final pode ser a ascensão. Se uma pessoa não concluir um propósito de vida normalmente vai reencarnar para tentar novamente. Compreenda que o propósito de vida é mais fácil do que a maioria das pessoas imagina ser, geralmente é o que eles mais gostam de fazer na vida.

19. Lei do Carma: Newton afirma que para cada ação existe uma reação igual ou oposta. Quando encarnamos em um corpo físico e vivemos uma vida sob o véu do esquecimento, podemos incorrer em carma se não tratarmos os outros com o mesmo cuidado e amor que devemos tratar a nós mesmos. Assim, acabamos encarnando repetidas vezes nesta escola da vida para finalmente, aprendermos esta regra de ouro. Isto foi denominado de roda do carma e porque estamos chegando ao final de um ciclo da reencarnação, transmutar o carma nesta vida é geralmente um dos principais propósitos de vida de muitas pessoas. Felizmente temos uma ferramenta chamada de Lei Universal da Sabedoria para nos ajudar a concluir esta tarefa, permitindo-nos o acesso a toda a sabedoria acumulada que reunimos em todas as nossas vidas. Uma das ferramentas mais importantes desta lei é o perdão, que encerra o padrão de repetição e, assim, neutraliza o carma.

20. Chacra: A palavra chacra é sânscrito para “vórtice” ou “roda”. Os chacras são centros de energia dentro do nosso corpo físico. Existem sete chacras principais entre a coroa ou parte superior da cabeça até a base da coluna. Existem também muitos chacras menores que regulam a energia dentro do corpo.

Cada um dos sete chacras corresponde a uma grande glândula endócrina no corpo e cada uma delas controla áreas e funções físicas específicas.

21. Atualização de ADN: O ADN é o código genético que possibilita a nossa existência multidimensional. Além do padrão de dimensão superior não física, o ADN contém as instruções necessárias para um organismo vivo físico crescer e funcionar. O ADN se encontra no núcleo de cada célula do nosso corpo, exceto nas células vermelhas do sangue e é totalmente repetido em cada célula. As fitas latentes do ADN vibracional mais elevado em nossas células foram chamadas de “ADN lixo” pelos cientistas. Um dos objetivos que a maioria de nós definiu nesta encarnação foi receber a atualização do ADN que está disponível para nós, à medida que nos movemos para a Era de ouro e fora da 3ª dimensão. Esta atualização do ADN vai abrir a porta para experimentarmos a vida multidimensional enquanto existimos em um corpo físico que é exclusivo para os seres físicos no nosso Universo.

22. Meditação: Uma das mais poderosas ferramentas espirituais. A meditação é um ritual que cria um estado em que o corpo fica relaxado conscientemente e a mente é capaz de se tornar calma e focada. A preparação para a meditação inclui aterramento, respirar profundamente, pedir orientação e proteção espiritual. O objetivo da meditação é acalmar os pensamentos do lado esquerdo do cérebro (mente de macaco), a fim de permitir que possa fluir a informação do lado cérebro do direito (inspiração, conexão com o EU superior). Os aspectos de vibração mais elevada de nós mesmos para trazer clareza na vida. Outro objetivo da meditação pode ser ter conversas através de telepatia com outros espíritos ou guias. A meditação também pode ser usada para limpar as energias negativas e para trazer mais luz para dentro do corpo.

23. Aura: É o campo energético que é único para cada ser vivo. Sua aura interior é um reflexo de sua saúde espiritual e sua aura exterior é o seu campo de energia luminosa. Ambas estas auras emanam de sua pele para fora. Sua aura interior vai se expandir entre 15 a 30 centímetros de seu corpo, enquanto a sua aura exterior vai se estender a vários metros de seu corpo. Dependendo de qual estado emocional você está experimentando atualmente, a sua aura vai se transformar em uma cor que combine com a emoção.

Com a prática, pode-se ver as cores da aura de outra pessoa, a fim de identificar a energia desequilibrada dentro do corpo. O campo áurico fraco pode fazer uma pessoa se sentir drenada, é uma boa prática espiritual manter sua aura protegida e forte.

24. Proteção/Limpeza Espiritual: Os nossos guias espirituais e anjos podem fornecer proteção espiritual das interferências em nosso campo energético à medida que avançamos em nosso caminho para um modo de vibração mais elevada de existência. Parte do processo de aprendizagem nesta vida envolve ser submetido à baixa vibração, a fim de aprender a identificar, transmutar e limpar as energias mais baixas que possam existir em nosso campo áurico. Estas energias podem ter sido parte de uma vida passada que levamos adiante nas próximas vidas, mas não pode ser levada adiante para a 5ª dimensão, ou podem ser entidades de carona que se infiltraram no nosso campo áurico através de fissuras. A compensação dessas energias é necessária a fim de passarmos para a vibração do amor da 5ª dimensão. Depois que elas são apagadas, ao pedirmos proteção contra outras energias e entidades de baixa vibração ajuda a continuar a elevarmos a nossa vibração. Uma meditação guiada para a limpeza é uma maneira de limpar e se proteger. A água é um excelente agente de limpeza quando infundida com amor e intenção, banhos de sal do mar com bicarbonato de sódio também podem ajudar com a limpeza. Os cristais também são uma excelente maneira de limpar e se proteger, à medida que eles absorvem e transmutam as energias.

25. Merkaba: “Mer” significa Luz, “Ka” significa Espírito, e “Ba” significa Corpo. Mer-Ka-Ba, ou “carruagem da ascensão”, significa o espírito/corpo rodeado por campos de contra rotação de luz. De acordo com Drunvalo Melchizedek, o campo merkaba é uma estrutura permanente e altamente ordenada merkábica de espirais interligados de energia eletromagnética de contra rotação (rodas dentro de rodas) que existem como parte integrante de toda a criação. A ativação do campo merkaba dentro do nosso corpo vai nos permitir o acesso às dimensões mais elevadas através da consciência. O campo merkaba ativado parece com uma esfera multicolorida girando.

26. Nova Terra: Este é o termo usado para descrever a Terra da 5ª dimensão que será acessada através da mudança em direção à ascensão. O requisito para experimentar uma Nova Terra será a combinação da vibração de acordo com a Lei da Realização Vibracional, como a Nova Terra estará vibrando em uma frequência de 5ª dimensão.

27. Perdão: É um ato de bondade que devemos estender a nós mesmos e aos outros no processo de cura. O perdão também é uma parte importante para transmutar carma entre outras almas. Ho’oponopono é um antigo código havaiano de perdão usado para corrigir as coisas que deram errado na vida de uma pessoa. O perdão pode ser alcançado face a face, por pensamento silencioso e pela intenção, ou escrevendo uma carta e queimando-a como uma maneira de simbolizar sua aceitação. Perdoar a si mesmo é uma maneira altamente vibracional de amar a si mesmo e é importante para subir a escada da ascensão espiritual.

28. Amor/Amar a si Mesmo: O amor é a maior conquista vibracional. O amor é tudo o que há literalmente já que é a vibração do Criador. Amar a si mesmo é uma parte importante para curar as energias presas à medida que avançamos para a existência na 5ª dimensão. Tal como definido pela lei da atração, quando você ama a si mesmo você se abre para ser capaz de receber amor. Ao receber amor, somos capazes de existir em uma vibração de amor em alinhamento com a Nova Terra.

29. Gratidão: No caminho espiritual, a gratidão anda de mãos dadas com a atração da abundância. Todos devem dar graças pela abundância e pelas oportunidades das lições que recebem na vida. O poder e a vibração da gratidão podem ser definidos na forma como ele pode afetar a água no artigo do Dr. Emoto Masuru “O Milagre da Água”. A gratidão é um dos maiores atos de vibração de amor que uma pessoa pode apresentar. Dar graças por ter conseguido através da intenção e da oração é mais verbalizado.

30. EQM/Revisão de Vida: A Experiência de Quase Morte (EQM) pode ocorrer quando o espírito de uma pessoa deixa o corpo e vai para outra dimensão (4ª) e, em seguida, retorna para o corpo para continuar a vida física. Histórias de EQM são úteis para perceber que nossa alma não morre com a morte do corpo físico e que somos espíritos tendo uma experiência em um corpo físico. Isto ajuda uma pessoa a transmutar o medo de morrer, que é um aspecto importante da progressão espiritual. As pessoas que relatam sobre EQM muitas vezes falam sobre ter uma revisão de vida como um filme de tudo o que aconteceu em sua vida. Isso traz a percepção de que tudo o que fazemos é importante e que a nossa vida é gravada nos registros akáshicos. Nós somos o juiz durante uma revisão de vida e parte da sabedoria espiritual inclui perceber que podemos expiar nossas ações agora, graças a experiências de EQM quando é explicado pela revisão de vida.

O processo de despertar é a realização da alma que eleva a vibração conforme é necessário, com a ajuda de seu EU superior no processo de ascensão. Isso permitirá que a vida em uma Nova Terra seja construída sobre as Leis Universais. Estamos todos conectados a Fonte que criou a nossa alma e nossa mônada ou conglomerado multidimensional de nossas vidas passadas. Nós encarnamos com nossos companheiros de alma e com a ajuda dos nossos guias espirituais e anjos da guarda vamos completar nossos contratos de alma e cumprir o nosso propósito de vida. A noite escura da alma traz oportunidades de transmutar o carma e limpar os nossos chacras. Isso permitirá atualizarmos o nosso ADN o que fará a nossa merkaba girar. Através do conhecimento aprendemos a importância do perdão, de amar a nós mesmos e ter gratidão nesta vida. Nós podemos curar nossa aura por meio da meditação, que irá nos proteger para subirmos a escada espiritual e avançarmos em direção à união com a nossa alma gêmea para desfrutarmos de um nível mais elevado de existência do amor e do livre arbítrio.

© Michelle Walling


Origem: In5d | Top 30 Spiritual Terms You Should Know
Tradução e Divulgação: A Luz é Invencível

Via: 30 Termos Espirituais Importantes Que é Bom Você Conhecer | A Luz é Invencível

PERCEBENDO A VIDA ATRAVÉS DE UMA VISÃO SUPERIOR…

uzenet

A elevação das experiências

 

Mestre Jesus

Canalizado por: Thiago Strapasson

 

Saudações minhas crianças,

Consideramos-vos os guardiões do novo tempo e da nova era, do amor de Deus a irradiar pelo planeta. Pois vocês foram aqueles que vieram para lembrar a todos desse sentimento e, assim, levantar a bandeira da humildade e da caridade aqueles corações que se fecharam aos meandros da matéria.

Mas hoje gostaria de lhes falar sobre uma experiência transcendental, que é a irradiação de sua cura a partir de si mesmo, para que possam se curar e a todos aqueles que se encontram ao seu redor. A partir desse contato interior profundo vocês irradiam a paz, a cura e o amor a todos os corações desejosos do acalentar maternal.

Eu sei que muitos de vocês simplesmente se questionam sobre os motivos de tantos percalços na vida, de tantas aventuras e desafios que se apresentam. Vocês olham ao lado e se perguntam onde se encontra esse amor que alguns vieram a falar? E eu vos digo que esse amor não se encontra nesse mundo, mas em seu coração. Embora repetitiva essa expressão vamos tentar compreendê-la.

Todo o amor parte de seu interior, por isso vocês não o veem externamente. É a partir de uma visão compassiva e superior que esse amor irradia ao mundo e transforma sua visão. Mas quando vocês imergem nesse mundo material, caindo nos vícios da matéria esse amor simplesmente se esvaia. Pois do mundo material não se vê uma visão amorosa da própria experiência. É um mundo limitado, circunscrito por aspectos que vocês não se identificam, não se encaixam.

Esse mundo de tantas restrições é o que possuem do solo, da imersão da consciência na matéria. Um mundo menor, onde o amor se reduz. Mas quando vocês elevam as mesmas experiências que os restringem, são as mesmas e elas não mudaram, mas sim a visão, o ponto do observador se altera. Vocês se elevam com a visão superior e então começam a ter vislumbres de quão bela é a vida na matéria, quão rica.

Nesse ponto vocês param e começam a observar a partir de um silêncio interior os conflitos existentes, o caos, as disputas e entendem o quão pequeno é esse mundo. Mas ao compreenderem isso vocês se elevam. É como se houvesse uma forte névoa no mundo que os bloqueia a visão e você imergem os olhos sobre essa cerração. Nesse momento são capazes de ter um vislumbre do atordoamento que grande parte das almas que vivem na terra se encontram. Elas estão atordoadas com a ilusão da vida, esqueceram-se de sua natureza divina. A névoa encobre seus olhares e então elas começam a se trombarem umas com as outras, a se empurrarem nesse jogo da ilusão.

Mas ao levantarem todas essas experiências por uma ótica mais elevada, vocês simplesmente não trombam mais porque estão acima dessa névoa. E acima dela você poderá observar quanto amor existe em meio dela. Pois quando olham ao meio desse nevoeiro a visão é curta, mas acima dele ela se estende e se amplifica, cresce, e o mundo fica mais belo. Pois meus amados há muito amor, há muito aprendizado, há purificação, há crescimento, há um entendimento superior que plaina a partir desse ponto mais elevado da vida.

Então vocês elevam essas experiências para acima de seu chakra coronário, elas são entregues ao seu eu superior e mais acima ele os apresenta uma visão superior da vida que se converterá na cura de suas experiências. E vocês descobrem algo mágico, que são a cura de sua própria vida. Vocês não precisam orar a Deus, aos santos, vocês são o próprio Deus, os santos dos milagres, aqueles que mudam a perspectiva da vida e então ela simplesmente se altera e resplandece na cura.

Vamos tentar os apresentar isso: quando entram nesse jogo da ilusão, imergem nessa névoa, a visão é curta e vocês só conseguem ver o caos e toda a dificuldade que aparece logo ali na sua frente. Mas quando elevam essas experiências ao seu corpo de luz ele os mostra a névoa e vocês passam a compreender porque tantos choques, tantos empurrões nessa vida. E eu os garanto que a vida se torna até um pouco engraçada, vocês têm aquele relâmpago mental de: como não vi isso antes?

Por qual motivo estamos trazendo tantos exercícios para que aprendam a elevar suas próprias experiências? Para receberem a visão superior da vida. E nesse ângulo ela se torna amorosa, compassiva de amor. Essa é a visão que traz a elevação das experiências ao seu nono chakra, após a aglutinação no oitavo.

Nós já lhes explicamos o significado da aglutinação, mas na projeção todas as suas experiências são vistas com alegria, aceitação e gratidão. Vocês elevam as experiências ao Ser de Luz e elas já não se apresentam sob a mesma ótica anterior. Já aglutinaram todos os comportamentos e experiências que já fazem parte da sua evolução e da sua história ascensional. Projetam, dessa forma, todas essas experiências para o seu corpo de luz divino que os mostrará de uma forma amorosa e compassiva a riqueza da experiência da vida.

É uma visão mágica da vida. E a partir dessa breve explicação vocês compreendem porque algumas pessoas são capazes de reconhecer a beleza da vida, enquanto outras se trombam em meio ao caos. Alguns privilegiados já se elevaram, já reconhecem esse amor a partir de seu corpo divino. E a vida se torna bela, amorosa, mas não porque ela se modificou, mas sim porque o olhar traz aceitação, compassividade, fluxo, confiança e fé em seu próprio Deus interior. Outras estão ali se trombando em meio a névoa, mas esses que elevam sua visão compreendem do que falamos nesse agora, da elevação das experiências em projeção ao corpo de luz.

E nesse aspecto cada restrição, cada aspecto da sua vida recebe esse processo de elevação individualmente e, assim, vocês o abrem à cura da vida. A cura da vida não está em nenhum tratamento, mas na abertura ao entendimento maior, à expansão, é que a vida se irradia de beleza e então tudo aquilo se cura, pois se modifica. Ela ainda está lá, da mesma forma, mas o fluxo, a permissão começa a os conduzir para algo mais suave simplesmente porque saíram da névoa e deixaram de resistir.

Em cada aspecto da sua vida já curado, já aglutinado e projetado em seu corpo de luz, vocês se tornam mais amorosos e compassivos e então o mundo ao seu redor também é visto assim porque seu foco se modifica. Quanto amor, quanta caridade, quanta ajuda existem em seu mundo. Mas o que vocês observam é o caos. Se discordarem peça uma simples informação a um desconhecido e veja como ele para a te ajudar. Chame um amigo a ir conhecer uma casa de caridade e veja a reação dele naquele local. Vocês percebem que é a visão que muda a vida?

Por isso meus filhos, a caridade é tão importante na vida, pois ela os conduz a essa visão para acima da névoa, onde passam a olhar o amor que existe. Mas não porque o mundo se tornou amoroso, mas sim porque descobriram o amor que guardam em seus corações.

Estejam em paz meus amados irmão, na paz profunda da elevação.

Sou seu irmão amoroso

Jesus

Canal: Thiago Strapasson – 07/01/2017
Fonte: http://coracaoavatar.blog.br/
Colaboração: Ilza Barreto


Via: A elevação das experiências – Mestre Jesus » CORAÇÃO AVATAR

UNIFICANDO O SEU CORAÇÃO À SUA CONSCIÊNCIA CÓSMICA…

meditatorheartblue_danielbholeman

 

O efeito da aglutinação: teoria e exercício

Mestras Kuan Yin e Rowena

Canalizado por: Thiago Strapasson e Michelinha OM

Queridos, vocês me perguntam o que seria esse nome completamente novo, e ficam tentando encontrar explicações a essa palavra, mas todas conectadas à sua mente.

A aglutinação, como trazemos aqui, é sim a primeira entre as 5 novas camadas as quais devem superar, mais um do que entendem como chacra, mas dessa vez, algo que está ligado não ao seu corpo físico, mas sim no seu campo áurico.

O seu campo áurico possui camadas de conexão com Eu Superior, e a primeira conexão é a da aglutinação.

Esse ponto, ou vórtice, é chamado dessa forma pois é aquele que une o sétimo chacra (da coroa), ao primeiro plano mais sutil de sua consciência.

E por isso, a primeira etapa a trabalhar para transcender a materialidade do corpo físico, é justamente estabelecer essa conexão, pois é a que abrirá as portas para o novo.

Vocês me perguntam então se a partir de agora poderiam considerar que já superaram todos os demais aspectos que os unem à malha energética, que estão ligados aos 7 pecados capitais e aos 7 chacras principais. Mas a resposta, filhos, é de que não estabeleceram ainda a desconexão completa desses aprendizados.

Conforme já trouxemos em outras canalizações, a sua experiência na matéria será sempre acompanhada de diversas oportunidades de trabalhar esses aspectos ligados ao corpo físico, até o momento do seu desencarne. Independente do estado ao qual já atingiu de ascensão.

Essa primeira etapa onde começamos a trabalhar um novo aspecto do seu Ser, é onde levará todos os demais já trabalhados, por isso, vimos novamente um breve resumo de todos os 7 já superados, mas que agora serão levados a um estado de compreensão diferente.

Eles todos serão elevados ao novo nível de experiência, onde trabalharemos a aglutinação.

Essa experiência trará a completa desconexão em sentidos físicos ao que estão até agora trabalhando dos 7 chacras. Já não sentirão mais os impulsos da matéria que vem sentindo. A limpeza torna-se completa.

Unimos todos eles à aglutinação para que sejam trabalhados em uma dimensão de compreensão diferente. Ainda faz parte de vocês, mas serão iluminados e elevados ao seu chacra que já está desconectado do corpo físico. Mas ainda assim ligado ao seu fio energético onde há todas as suas experiências, que é o seu DNA. Por isso, faz parte de você ainda, mas não do físico que é somente a sua experiência na matéria.

Com esse trabalho, desenvolveremos a aglutinação para que eleve todos os demais aspectos, para que passe a observar todas as reações ligadas aos 7 chacras como naturais do ser humano, mas já com a sensação de que não faz mais parte de vocês.

Esse é somente o início desse novo trabalho, mas é uma etapa muito importante, pois é a que desconecta você das sensações físicas, impulsividades, que permitirá que não seja mais levado com a onda energética que carrega tantas consciências todos os dias nesse planeta.

Passará a se perceber como um ser de luz, como parte do todo, mas não como uma marionete dessas energias que percorrem o planeta e que são criadas pelas formas pensamento de toda a humanidade.

Agregará em seu campo áurico uma nova energia, mas que deve ser praticada sempre com o coração aberto e muito amor. Elevando cada aspecto a esse nível de consciência.

Queridos, ao observar os comportamentos externos ligados aos 7 chacras de forma isolada e perceberem como eles funcionam, ao escolherem o não se envolver, e olhar amorosamente tudo isso como experiências, já estão desconectando-se dessas energias. Vocês já têm feito isso, colocado em pratica diariamente. Esses momentos são justamente quando já estão trabalhando a aglutinação.

A aglutinação nada mais é do que a união de todos os demais 7 aspectos em uma percepção só, aquela percepção de que tudo é somente uma experiência, e que desse ponto de vista, todos os demais aspectos são completamente iguais. Já não se identificam mais a nenhum deles, passam a observar somente como aspectos que fazem parte da vida na matéria, mas que juntos formam uma esfera energética que vibra mais ou menos em certos pontos dependendo da energia da pessoa que o carrega ou do ambiente.

Essa visão do todo, fará você perceber que já não se identifica mais com essas sensações, com esses comportamentos. Já está ligado e trabalhando a aglutinação.

Esse é somente o primeiro estágio e importante pois carrega toda essa bagagem, e portanto, nunca deve ser colocado em esquecimento. É um chacra que deve ser trabalhado sempre, praticando essa visualização de como tudo funciona. Treinando esse olhar de que todos os demais 7 aspectos estão unos em um só e representam algo já superado que é a experiência na matéria.

Em cada sinal que observarem nas suas mentes de conexão com algum dos 7 primeiros chacras, como já aprenderam no material publicado, que estão relacionados a comportamentos específicos, devem trazer a conexão da aglutinação e observar como um todo e não mais cada comportamento de forma isolada. Quando observarem e identificarem um pensamento relacionado aos 7 de forma isolada, simplesmente una-o à esfera de aglutinação, e lembre-se do que ele representa, que na verdade ele somente representa um dos comportamentos da matéria, que não é diferente dos demais e faz parte de toda essa experiência encarnacional já superada e unificada na aglutinação.

Traga esse pensamento a sua mente. Trabalhe sempre essa mentalização. Essa primeira etapa será de prática, onde poderá observar várias experiências acontecerem e onde será treinado a colocar tudo nessa ótica da esfera unificadora dos 7 aspectos que é a aglutinação.

Compreendem, meus amados filhos? Pois o ambiente que vivem é suplantado dia a dia, experiência a experiência. Mas a medida que se sutilizam, algo vai os deixando mais suaves ao próprio desenvolvimento. Vocês incorporam as bênçãos do amor as suas vidas e assim aglutinam as experiências.

Os pontos energéticos em seus corpos foram separados por corpos sutis, cada um ligado a um aspecto da experiência. Mas esses corpos energéticos foram vistos como se fosse cada qual único é distinto. É na verdade eram.

Pois vocês não os conectavam ao amor, a fala, a alimentação, o sexo, a própria alegria foram atividades desconectadas do amor, destruídas da ligação ao seu chacra cardíaco. Vocês não unificam seus corpos e pontos de energia a energia amorosa do coração, pois ele permanecia inerte, fechado, reprimido do propósito de alma.

Esses pontos de energia destruídos da ligação ao centro amoroso levavam à agressividade, a sensualidade, aos excessos na alimentação, à desconexão espiritual, pois se tratava de corpos em desequilíbrio.

Mas a medida que vocês unificam esses pontos de luz e seus corpos a energia amorosa do coração e se abrem ao sentir do propósito de alma vocês aglutinam a experiência na matéria a um único sentimento, o amor. É através do amor do coração que aglutinação ocorre é então vocês suplantam os vícios da matéria. Nesse estado a soberba se transforma na sabedoria e humildade, o tecnicismo no questionamento através do conhecimento, a luta em paz, a ira em fluxo e leveza e assim por diante.

Através do contato com o coração, com as emoções e sentimentos vocês conectam as experiências ao cardíaco, à chama de Deus guardada em seus corações e então as experiências se unificam progressivamente em completo entendimento.

A fala e destituída do revanchismo e é preenchida pela aceitação, a alimentação se tornará mais equilibrada e assim os vícios da matéria vão sendo integrados e iluminados pelo amor do coração. A vida se torna mais leve nesse estado.

A aglutinação é o primeiro passo à consciência cósmica porque através do amor estarão a elevar as experiências. Serão as mesmas experiências, mas agora sobre o enfoque da brandura, da autenticidade, da verdade interior. A luta fica mais leve e o coração se torna mais receptivo aos acontecimentos exteriores.

A aglutinação é a unificação dos pontos energéticos ao amor, ao coração.

Para isso sente-se, respire calmamente. Se puder coloque uma música suave em um ambiente bem calmo. Vá respirando e se aquietando.

Agora centre toda sua atenção em seu coração. Ele está se expandindo a ponto de irradiar seu estômago e sua laringe. Respire novamente e permaneça nesse estado irradiando de amor o plexo solar e o laríngeo. Você está mais suave.

Essa expansão continua agora atingindo o chacra frontal na testa e o ponto sacro abaixo do estômago. Nessa expansão atingimos o chacra coronário no centro de sua cabeça e a base. Permaneça por alguns minutos nesse estado de irradiação. Todos seus corpos são irradiadores por essa chama de amor, de paz. É uma grande luz que adentra ao seu coração a envolver seus corpos sutis. Vocês estão agora todos envolvidos por essa energia que parte do coração e unifica sua vibração. Sinta o alívio que essa aglutinação o traz. Você unificou suas energias e poderá se manter assim pelo tempo que for necessário.

E a medida que as experiências vierem você fará essa irradiação, sempre que sentir um desajuste interior procure se aquietar e se irradiar com a própria luz de seu coração.

Ao final unifique seu coração a um ponto de luz situado a um palmo de seu coronário, de seu coro cabeludo. Você está unindo o seu coração a seu corpo de luz deixando com que seu Eu Superior irradie todos seus corpos com amor. Você permite a unificação de seu coração à sua consciência cósmica e as experiências na matéria se tornam mais suaves. Elas continuam a existir, estão ali ainda mais agora você as vê sob uma ótica transcendente, irradiados pelo amor. Elas já não te arrastam, você as preenche de amor.

Unifique o seu coração a esse ponto de luz sob sua cabeça e deixe que ele purifique seu coração de toda magoa, de toda culpa, do rancor. Todos esses sentimentos inferiores estão sendo entregues ao seu eu superior para que ele os purifique, para que haja a transmutação de tudo a os aliviar.

Entregue e se vierem as lágrimas deixem as vir e o sinal da purificação, do desapego, da limpeza. E diga, eu permito a transmutação de todos meus medos, dos meus receios e te entrego de coração aberto meus sentimentos mais duros, mais escuros para que sejam preenchidos de amor.

Somos Kuan Yin e Rowena e os abençoamos nesse instante.

Canais: Thiago Strapasson e Michelinha OM – 28.Dez.2016

Colaboração: Lara Rosa Branca

Fontes: http://coracaoavatar.blog.br/ e http://verdadetransmutadora.blogspot.com.br/.


 

Veja mais em: CORAÇÃO AVATAR | O efeito da aglutinação: teoria e exercício – Mestras Kuan Yin e Rowena »

A MEDITAÇÃO NOS LEVA EM UMA JORNADA INTERIOR À REALIDADE ESPIRITUAL…

meditator-brown_daniel-b-holeman

Viagem Interna / Realidade Espiritual

Postado por: muito alem

“Viagem Interna” é uma explanação visual clara sobre meditação e experiências meditacionais. O vídeo mostra a Energia Cósmica, que é a fonte de todas existências e ligação entre todas as coisas.

Esta é a primeira vez que as verdades espirituais foram colocadas numa forma vídeo-visual. O vídeo explica os meios de se obter a saúde perfeita, o poder da memória, bons relacionamentos, felicidade e sucesso.

Este filme é um “banco do saber”, pois com ele, é possível compreender as mais elevadas Experiências de Meditação, tais como: o Terceiro Olho, Viagens Astrais, Limpeza Etérea, Vida após Vida, Nirvana, Iluminismo e a Força da Pirâmide.

Fantástico vídeo sobre a meditação, sua importância para o autoconhecimento e para a absorção de energia que necessitamos diariamente, dentre tantas outras vantagens que são apresentadas neste vídeo.

Além disso, explica de forma simples e objetiva como fazer um boa meditação e seus resultados para nossos corpos físico, etérico, emocional, mental, espiritual.

Através da meditação diária nos livramos de todas as doenças físicas e podemos nos guiar a uma projeção da consciência ou projeção astral, que nos abre mais uma gama infinita de informações sobre nós mesmos e todo o cosmos.

De forma quase didática, vídeo faz uma perfeita conexão entre os estados meditativos e o processo de expansão da consciência. Esse entendimento abre milhares de portas, que fornece novas dimensões de percepção à nossas vidas.

“Viagem interna” compara a meditação a um estado de profunda sabedoria, como um lótus dourado de mil pétalas, onde cada e toda pétala é uma nova dimensão do entendimento. Essa percepção expandida, nos faz compreender que não existe morte e que somos seres eternos.

Abra sua mente, e tente aceitar um novo mundo de possibilidades, nunca antes reveladas!

Fonte: MUITO ALÉM DAS PALAVRAS E SENTIDOS: Viagem Interna / Realidade Espiritual

SENTINDO O CORAÇÃO APERTADO? PODE SER O TIMO, REAGINDO A UMA EMOÇÃO…

timo

A GLÂNDULA TIMO E A ESPIRITUALIDADE

 

Na anatomia humana, o timo é um órgão linfático que está localizado na porção antero-superior da cavidade torácica. Limita-se superiormente pela traquéia, a veia jugular interna e a artéria carótida comum, lateralmente pelos pulmões e inferior e posteriormente pelo coração. É vital contra a autoimunidade. Ao longo da vida, o timo involui (diminui de tamanho) e é substituído por tecido adiposo nos idosos, o que acarreta na diminuição da produção de linfócitos T.

Histologia

Externamente, o timo é envolto por uma cápsula de tecido conjuntivo, de onde partem septos que dividem o órgão em numerosos lóbulos. Cada lóbulo apresenta uma capa, o córtex, que é mais escura, e uma polpa interior, a medula, que é mais clara. A zona cortical, mais periférica, é onde se encontram pró-timócitos, timócitos e linfócitos T em diferenciação e maturação; nesta área os capilares são mais fechados para impedir a saída de linfócitos T não maduros para o organismo. A zona medular, mais interna, é onde se encontram pro-linfócitos T e linfócitos T maduros, prontos para se dirigir a órgãos linfóides secundários onde completarão sua ativação, também encontra-se corpúsculo de Hassall.

Fisiologia

Em termos fisiológicos, o timo elabora várias substâncias: timosina alfa, timopoetina, timulina e o fator tímico circulante. A timosina mantém e promove a maturação de linfócitos e órgãos linfóides como o baço e linfonodos. Existe ainda uma outra substância, a timulina, que exerce função na placa motora (junção dos nervos com os músculos) e, portanto, nos estímulos neurais e periféricos, sendo considerada grande responsável por uma doença muscular chamada miastenia grave.

Extraído de: Wikipédia | Timo

 


Glândula TIMO – A chave da imunidade e da energia vital.

Por: Sonia Hirsch

No meio do peito, bem atrás do osso onde a gente toca quando diz “eu”, fica uma pequena glândula chamada timo.

Seu nome em grego, thýmos, significa energia vital. Precisa dizer mais?

Precisa, porque o timo continua sendo um ilustre desconhecido. Ele cresce quando estamos contentes, encolhe pela metade quando estressamos e mais ainda quando adoecemos.

Essa característica iludiu durante muito tempo a medicina, que só conhecia através de autópsias e sempre o encontrava encolhidinho.

Supunha-se que atrofiava e parava de trabalhar na adolescência, tanto que durante décadas os médicos americanos bombardeavam timos adultos perfeitamente saudáveis com megadoses de raios X achando que seu “tamanho anormal” poderiam causar problemas.

Mais tarde a ciência demonstrou que, mesmo encolhendo após a infância, continua totalmente ativo; é um dos pilares do sistema imunológico, junto com as glândulas adrenais e a espinha dorsal, e está diretamente ligado aos sentidos, à consciência e à linguagem. Como uma central telefônica por onde passam todas as ligações, faz conexões para fora e para dentro.

Se somos invadidos por micróbios ou toxinas, reage produzindo células de defesa na mesma hora.

Mas também é muito sensível a imagens, cores, luzes, cheiros, sabores, gestos, toques, sons, palavras, pensamentos.

Amor e ódio o afetam profundamente.

Idéias negativas têm mais poder sobre ele do que vírus ou bactérias.

Já que não existem em forma concreta, o timo fica tentando reagir e enfraquece, abrindo brechas para sintomas de baixa imunidade, como herpes.

Em compensação, idéias positivas conseguem dele uma ativação geral em todos os poderes, lembrando a fé que remove montanhas.

O teste do pensamento


Um teste simples pode demonstrar essa conexão.

Feche os dedos polegar e indicador na posição de o.k, aperte com força e peça para alguém tentar abri-los enquanto você pensa “estou feliz”.

Depois repita pensando “estou infeliz”.

A maioria das pessoas conserva a força nos dedos com a idéia feliz e enfraquece quando pensa infeliz. (Substitua os pensamentos por uma bela sopa de legumes ou um lindo sorvete de chocolate para ver o que acontece…)

Esse mesmo teste serve para lidar com situações bem mais complexas.

Por exemplo, quando o médico precisa de um diagnóstico diferencial, seu paciente tem sintomas no fígado que tanto podem significar câncer quanto abcessos causados por amebas. Usando lâminas com amostras, ou mesmo representações gráficas de uma e outra hipótese, testa a força muscular do paciente quando em contato com elas e chega ao resultado.

As reações são consideradas respostas do timo e o método, que tem sido demonstrado em congressos científicos ao redor do mundo, já é ensinado na Universidade de São Paulo (USP) a médicos acupunturistas.

O detalhe curioso é que o timo fica encostadinho no coração, que acaba ganhando todos os créditos em relação a sentimentos, emoções, decisões, jeito de falar, jeito de escutar, estado de espírito…

“Fiquei de coração apertadinho”, por exemplo, revela uma situação real do timo, que só por reflexo envolve o coração.

O próprio chacra cardíaco, fonte energética de união e compaixão, tem mais a ver com o timo do que com o coração- e é nesse chacra que, segundo os ensinamentos budistas, se dá a passagem do estágio animal para o estágio humano.

“Lindo!”, você pode estar pensando, “mas e daí?”.

Daí que, se você quiser, pode exercitar o timo para aumentar sua produção de bem estar e felicidade.

Como? Pela manhã, ao levantar, ou à noite, antes de dormir.

a).. Fique de pé, os joelhos levemente dobrados. A distância entre os pés deve ser a mesma dos ombros. Ponha o peso do corpo sobre os dedos e não sobre o calcanhar, e mantenha toda a musculatura bem relaxada.

b).. Feche qualquer uma das mãos e comece a dar pancadinhas contínuas com os nós dos dedos no centro do peito, marcando o ritmo assim: uma forte e duas fracas.
Continue entre três e cinco minutos, respirando calmamente, enquanto observa a vibração produzida em toda a região torácica.

O exercício estará atraindo sangue e energia para o timo, fazendo-o crescer em vitalidade e beneficiando também pulmões, coração, brônquios e garganta. Ou seja, enchendo o peito de algo que já era seu e só estava esperando um olhar de reconhecimento para se transformar em coragem, calma, nutrição emocional, abraço.

Ótimo, íntimo, Cheio de estímulo. Bendito Timo.

Da jornalista e pesquisadora naturista Sonia Hirsch

Postado por: Mìck Bèrnard
EXTRAÍDO DE: Observatório Cósmico | Glandula TIMO: A chave da imunidade e da energia vital.


A GLÂNDULA TIMO E AS TÉCNICAS DE CURA DA MEDICINA HOLÍSTICA TRADICIONAL (PARTE I)

Por: Bernardo Melgaço

Desde 1988 venho me questionando sobre a relação entre o Amor metafísico (que vivenciei uma única – e inesquecível! – vez) e o Amor físico (que experimentei centenas de vezes!). E já se passaram mais de 20 anos da minha experiência mística e holística com o Amor Cósmico e de lá para cá sempre me indaguei sobre aquele fenômeno maravilhoso e misterioso que se manifestou no centro do meu peito em 1988. Eu sabia desde o primeiro dia da experiência que tive, que havia pelo menos dois planos de experiência/vivência acontecendo simultaneamente: o físico e o metafísico. E que o plano metafísico (dos chacras) era a raiz da energia humana – o nosso lado transcendente. E o plano físico era o meio, o caminho de realização física e material – o nosso lado imanente. Mas, o que me intrigava era saber qual parte do plano físico estava de fato ligado ao plano metafísico do chacra cardíaco. Hoje, após todos esses longos anos de incertezas e questionamentos tenho que admitir que a resposta está nas glândulas, principalmente a glândula TIMO. Ela tem um papel vital no processo de regulação do humor; no processo imunológico e; no processo de refinamento das emoções entre tantas outras funções.

Gostaria de sugerir um desafio acadêmico aos médicos e pesquisadores em geral que possuem mentes abertas: pesquisem a relação entre a glândula timo, o chacra cardíaco e o sistema imunológico. Acredito que nessa relação estão as respostas para várias doenças tais como a AIDs, o Câncer, etc. Essa hipótese está baseada numa vivência mística que tive em 1988. Eu vivenciei em meu peito o fenômeno da interligação dos planos energéticos sutil (dos chacras) e concreto (glândulas timo, pineal e outras). Assim, parto de uma experiência íntima para a formulação de uma hipótese e não o caminho contrário (da hipótese para o teste ou experiência) que é muito comum nos processos de pesquisa científica. Sugiro aos médicos e todas as pessoas (pesquisadoras ou não) ligadas às áreas de saúde que estudem o conteúdo do livro MEDICINA VIBRACIONAL: A MEDICINA DO FUTURO do médico-pesquisador Dr. Richard Gerber. Nesse livro vocês encontrarão subsídios técnicos e científicos para buscarem uma conexão entre a TIMO, o CHACRA e o SISTEMA IMUNOLÓGICO.

A ciência precisa alargar seus horizontes como já vem fazendo muito bem nos campos de conhecimento da genética, física quântica e a astrofísica. Mas, mesmo assim precisamos urgentemente de hipóteses metafísicas para descortinarmos um mundo de fenômenos sutis responsáveis por boa parte das doenças crônicas. Sinto intuitivamente que quando os cientistas decidirem testar a hipótese da causalidade descendente (do plano metafísico para o plano físico, ou do plano qualitativo para o plano quantitativo) daremos um passo gigantesco fenomenal para explicarmos uma série de doenças de origem ainda desconhecida. A ciência moderna ainda não sabe penetrar no mundo essencial qualitativo das energias sutis das emoções humanas. Essa crítica foi realizada em minha monografia de dissertação de mestrado defendida em 1992 na COPPE/UFRJ. Em outras palavras, as energias descobertas pela ciência ainda são insuficientes para identificarem um conjunto de fenômenos causadores de anomalias no campo energético do sistema complexo e multidimensional da consciência e das transformações que ocorrem na relação entre psique e corpo físico.

Uma coisa eu descobri e constatei em minhas experiências íntimas (vivências): a forma como vemos um objeto (seja ele físico ou metafísico) afeta o objeto observado (essa tese é também uma afirmativa da física quântica moderna). Isso implica dizer que o universo guarda segredos no próprio modo e ato de se observar um fato ou fenômeno. Ou seja, não existe neutralidade no campo científico e nem no campo do senso comum. O tempo todo estamos afetando o mundo e somos afetados pelos outros a nossa volta. Existe uma fronteira invisível entre o que nos é desconhecido e o que já é conhecido. A transição de um lado para o outro acontece em planos da percepção em que estamos agindo ou construindo – de um modo geral estamos inconscientes na ocasião da transição. As doenças, enquanto fenômenos naturais são também criadas pela forma como nos conduzimos na relação que temos com as multidimensionalidades das energias que circulam entre o homem e a natureza. Somos seres extremamentes sensíveis, plurais e abertos para o cosmos. Nesse contexto, todos os fenômenos nos afetam (direta ou indiretamente) sem que tenhamos sensibilidade para vermos as suas origens no nascimento deles. Por exemplo, as explosões solares (muito comuns na superfície do sol) afetam os sistemas de radar dos pássaros, baleias, seres humanos, celulares, satélites etc.

Então a nossa realidade nos guarda o maior mistério que é a essência ou qualidade dos fenômenos. O essencial é invisível porque não se mede quantitativamente. As doenças são visíveis pelos seus efeitos, o princípio delas é desconhecido na sua origem. Nesse sentido, precisamos adotar uma nova abordagem científica que seja compatível com o objeto ou fenômeno observado. Pois, só vemos o que nos é compatível com o nosso nível de consciência. O comum é o centro da curva normal (na área da estatística), os extremos são incompreensíveis e invisíveis para o nosso olhar viciado.

Eu vou revelar aqui uma descoberta que fiz em 1988: o que chamamos de impressões digitais são na verdade centros de energia (chacras (ou chakras) menores), verdadeiros receptores ou antenas captadoras de energias sutis cósmicas. Pergunto, então: quantos dos meus leitores alcançarão essa verdade vivenciada por mim em 1988? O Amor tão falado por Jesus Cristo está situado no centro do peito e tem uma relação direta com a glândula TIMO. Por isso, que alguns autores e pesquisadores afirmam que a falta de amor no mundo é a maior desgraça que afeta a paz e a saúde humana em todos os tempos. Ou seja, quando esse chacra principal não está funcionando bem a glândula timo também não está em sua potencialidade nos resguardando na sua relação com o sistema imunológico. E ai ficamos vulneráveis – sem defesa!

Bernardo Melgaço da Silva
Prof. e Pesquisador do Núcleo de Estudos Sobre Ciência, Espiritualidade e Filosofia – NECEF/URCA (Universidade Regional do Cariri)

Extraído de: TUDO QUE NECESSITAMOS É AMOR: MINHAS EXPERIÊNCIAS ESPIRITUAIS INEXPLICÁVEIS E EXTRAORDINÁRIAS | A GLÂNDULA TIMO E AS TÉCNICAS DE CURA DA MEDICINA HOLÍSTICA TRADICIONAL (PARTE I)


 

EXERCÍCIOS ESPECÍFICOS PARA O TIMO

Por: Paulo e Lauro Raful

EXERCÍCIO 1 [Estimulação do Timo]

•  Fazer pequenas “batidinhas’ com a polpa dos dedos no esterno (localizado aproximadamente a 2 dedos abaixo da clavícula)

Faça estas “batidinhas” ao redor desta região, explorando e sentindo estas vibrações. Sinta o aquecimento produzido nesta região.

EXERCÍCIO 2 [Abraçar o ombro]

•  Em pé, tronco ereto, com o braço direito “abrace” o ombro esquerdo [ver fig.].

•  Coloque a mão um pouco abaixo do ombro esquerdo e vá “caminhando” com os dedos em direção à escápula esquerda o máximo que puder. Faça o mesmo com o braço esquerdo.
Sinta a presença do Timo.

EXERCÍCIO 3 [Contraindo e expandindo o Timo]

•  De pé, braços soltos ao longo do corpo, volte as palmas das mãos para fora e girando os braços, una o dorso das mãos em frente ao abdômen e expire todo o ar dos pulmões.

•  A seguir, desfaça a posição e abrindo os braços leve-os para trás, abrindo o peito e inspirando. Abra os braços até que as palmas das mãos se encontrem atrás [nas costas], e se unam na altura do osso sacro.

Faça algumas vezes este movimento.

EXERCÍCIO 4 [Mãos na nuca e cotovelos abertos]

•  Erga os braços e coloque as mãos entrelaçadas sobre a nuca, os cotovelos abertos. Abra o peito inspirando e levando os cotovelos para trás, sem tirar as mãos da nuca.

•  Sinta a expansão produzida por este movimento simples, permita-se saborear a sensação de espaço, liberdade, desobstrução.

•  Ao expirar, junte os cotovelos à frente suavemente. Coloque sua atenção no timo. Faça algumas vezes. Quando perceber que alguém próximo a você se encontra acabrunhado, comprimido por problemas, aconselhe este movimento.

FINALIZAÇÃO [Garras de urso e movimento da gangorra]

 

•  Enganche suas mãos [como garras de urso] em frente ao peito. Abra bem os braços deixando-os paralelos ao peito

•  Inicie um movimento com os cotovelos, levando um em direção ao “Céu” (pra cima) e outro em direção à “Terra” (pra baixo). Eleve primeiro o cotovelo direito (o esquerdo desce em direção à Terra), depois suba o esquerdo (lembra uma gangorra) e o direito desce em direção à Terra.

•  Faça com os músculos das costas relaxados, não aplique força. Não permita nenhuma tensão muscular.

Estimule o timo o máximo que puder, faça amizade com esta glândula. Ela produz alegria e dependemos dela para equilibrar o sistema imunológico.

Trecho extraído de: A Glândula Timo – funções, saúde e exercícios – Escola Gurdjieff São Paulo


Ativação da Glândula Timo – O chacra Cardíaco

Por: Marinez Tito Salgado

O Timo é a Glândula das “maravilhas” situada ao nível do coração, atrás do esterno (osso achatado, situado na parte anterior da caixa torácica e que está ligado às costelas). No feto ela é grande, estende-se da região do pescoço até o diafragma (região de abdômen); durante a infância ela começa diminuir e após a puberdade ela diminui mais ainda. Possui a forma piramidal, mesmo ao atrofiar-se, e sua falta afeta a Glândula Pineal (o Pai cerebral).

É o Chakra da expressão do Amor e da compaixão, no entanto, seu giro energético divergente acarreta ao coração de carne e pulmões prejuízos, assim como às artérias coronárias. Quando esta glândula está ativa, o organismo não envelhece.

São exercícios importantes para estimular o Timo e também para que ele não petrifique em idade avançada, perdendo assim o estímulo da amorosidade. Ela é intimamente ligada à música, favorecendo assim a pessoa que canta e a que emite sons mântricos.

1º) Exercício: feche a mão totalmente e role as juntas (as falanges proximais e médias) por sobre o Timo, na região central do peito, entre os mamilos e em sua direção, com certa pressão para ativar este centro energético e sua Glândula. Esses movimentos ativam o Timo e liberam a estagnação do Coração.

2º) Exercício: a pronúncia da vogal “A” muito lentamente e aberta, com consciência, trabalha a amorosidade no ser e faz vibrar a Glândula e a região ao redor, como o Chakra laríngeo, transformando todas as estagnações que neles houver. É o Cardíaco sendo acionado e elevando-se ao seu Chakra superior, o Chakra do verbo.

Esses são exercícios terapêuticos que favorecem o coração de carne , o Timo, a Tireoide, as Paratireoides, assim como seus Chakras correspondentes: Chakra Cardíaco e Chakra laríngeo.

Extraído de: Somos Todos Um | Artigo de Marinez Tito Salgado: Ativação da Glândula Timo – O chacra Cardíaco – | Artigos do Clube


 

Chacra Cardíaco 4º Chacra

Por: Redação M de Mulher

 

Compaixão

Localiza-se bem no centro do peito, entre os mamilos

É associado ao timo e é nele que se concentra a energia do Amor Incondicional, a nossa fonte vital.

É responsável também pela saúde e vitalidade do corpo físico, o coração e os pulmões.

Desenvolvido, cria um canal de amor que pode ser utilizado para o trabalho assistencial.

Nome Sânscrito: ANAHATA (“Invicto”; “Inviolado”, intocado ou inaudível.)

Mantra: Yam.

Localização: Coração. Centro do peito.

Cor: Verde (cura e energia vital); Rosa (Amor).

Glândula: Timo.

Elemento: Ar.

Zodíaco: Leão e Balança.

Planetas: Vênus, Saturno e o astro Sol.

Massagem: Para as mulheres, no sentido horário e para os homens no sentido anti horário.

Funções: Energiza o sangue e o corpo físico. Estimular a imunidade e o bom funcionamento do coração e dos pulmões, desenvolver a capacidade de amar, perdoar e sentir compaixão.

Disfunções: Problemas respiratórios e cardíacos, medos ou ilusões a respeito do amor.

Cristais: Esmeralda, Jade verde, Quartzo e Turmalina verde ou rosa.

Qualidades Positivas: Amor incondicional, Compaixão, Equilíbrio, Harmonia e Paz.

Qualidades Negativas: Desequilíbrio, Instabilidade emocional, Problemas de coração e circulação.

Temas: Elo entre os três primeiro chacras (ligados a matéria, sexo e relacionamentos) e os três últimos (ligados à espiritualidade), o quarto centro deve integrá-los, elevando nosso grau de consciência e de auto-estima.

Para isso, precisamos reconhecer e tratar dores decorrentes de ciúmes, ressentimentos e abandonos.

Como Ativar: Terapias voltadas para as curas emocionais e meditações dirigidas.

Para Refletir: Liberte-se da idéia de que você ou os outros deveriam ser diferentes para merecer amor. Aceite o que cada um é.

Extraído de: Chacra Cardíaco 4º Chacra | CLAUDIA

 


ESPIRITUALIDADE E CONSCIÊNCIA

Por: Wagner Borges

 

Espiritualidade é um estado de consciência; não é doutrina, não!
É o que se leva dentro do coração.
É o discernimento em ação!
É o amor em profusão.
É a luz nas idéias e equilíbrio na senda.
É o valor consciencial da alegria na jornada.
É a valorização da vida e de todos os aprendizados.
É mais do que só viver; é sentir a vida que pulsa em todas as coisas.
É respeitar a si mesmo, para respeitar o próximo e a natureza.
É ter a plena noção de que nada acaba na morte do corpo, pois a consciência segue além, algures, na eternidade…
É saber disso – com certeza -, e não apenas crer nisso.
É viver isso – com clareza -, sem fraquejar na senda.
É ser um presente, para si mesmo, para os outros e para a própria vida.
Espiritualidade é brilho nos olhos e luz nas mãos.
E isso não depende dessa ou daquela doutrina; depende apenas do próprio despertar espiritual; depende do discernimento consciencial se unir aos sentimentos legais, no equilíbrio das próprias energias, nos atos da vida.
Ah, espiritualidade é qualidade perene; não se perde nem se ganha; apenas é!
É valor interno, que descerra o olhar para o infinito… para além dos sentidos convencionais. É janela espiritual que se abre, dentro de si mesmo, para ver a luz que está em tudo!
Espiritualidade é essa maravilha: o encontro consigo mesmo, em paz.
Espiritualidade é ser feliz, mesmo que ninguém entenda por quê.
É quando você se alegra, só pelo fato de estar vivo!
É quando o seu chacra* do coração se abre igual a uma rosa, e você se sente possuído por um amor que não é condicionado a coisa alguma, mas que ama tudo.
É quando você nem sabe explicar porque ama; só sabe que ama.
Espiritualidade não depende de estar na Terra ou no Espaço; de estar solteiro ou casado; de pertencer a esse ou aquele lugar; ou de crer nisso ou naquilo.
É valor de consciência, alcançado por esforço próprio e faz o viver se tornar sadio.
Espiritualidade é apenas isso: SER FELIZ!
Ou, como ensinavam os sábios celtas de outrora: SER UM PRESENTE

Paz e Luz.

* Chacras – do sânscrito – são os centros de força situados no corpo energético e que tem como função principal a absorção de energia (prana, chi) do meio ambiente para o interior do campo energético e do corpo físico. Além disso, servem de ponte energética entre o corpo espiritual e o corpo físico.

O Chacra Cardíaco – é o chacra responsável pela energização do sistema cardiorrespiratório. É considerado o canal de movimentação dos sentimentos. Por isso é o chacra mais afetado pelo desequilíbrio emocional. Bem desenvolvido, torna-se um canal de amor para o trabalho de assistência espiritual. Está ligado à glândula timo.

Extraído de: 760 – ESPIRITUALIDADE E CONSCIÊNCIA – Instituto de Pesquisas Projeciológicas e Bioenergéticas

 


 

Fontes consultadas:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Timo
http://mickbernard.blogspot.com/2007/09/glandula-timo-chave-da-imun
http://www.followscience.com/article/science/a-glandula-timo-e-as-t
http://www.ogrupo.org.br/glandula_timo.asp
http://somostodosum.ig.com.br/clube/artigos.asp?id=21513
https://www.ippb.org.br/textos/760-espiritualidade-e-consciencia
http://claudia.abril.com.br/materias/2091/?pagina2
http://portaldosanjos.ning.com/group/reikiaenergiaespiritual/forum/topic/show?id=3406316%3ATopic%3A401724&xgs=1&xg_source=msg_share_topic

Origem: CURA E ASCENSÃO – Solange Christtine Ventura

Via: A GLÂNDULA TIMO E A ESPIRITUALIDADE>>CURA E ASCENSÃO