SE VOCÊ TEM ESSAS CARACTERÍSTICAS, SAIBA QUAL O SEU PROPÓSITO, COMO UM SER DO RAIO AZUL…

Ser do Raio Azul

DESPERTE. VOCÊ É UM PORTADOR DE LUZ E UM MOSTRADOR DO CAMINHO.

Blue-Ray-1Por: Steve Nobel

 

Por muitas décadas Índigos, Arco-íris, Cristais e Raios Azuis têm se encarnado aqui com a missão de auxiliar no processo de ascensão de Gaia. Os Seres do Raio Azul são fortemente conectados com o sistema estelar de Sírius. Possuem muita energia azul e violeta em sua aura, que podem ser vistas psiquicamente.

São alquimistas naturais e habilidosos em lidar com energia. Têm uma grande capacidade de compaixão e amor. Estão aqui para transmutar densas e difíceis energias. A maioria escolheu difíceis missões e muitas vezes encarnam em circunstâncias desafiadoras. Quando se encarnam, assim como todas as outras Sementes Estelares, se esquecem quem são, seus dons naturais e sua missão de alma.

Muitos escolhem famílias “fora da luz” e algumas culturas “fora da luz”, onde existem vários padrões de abuso para serem liberados. Este é um desafio extra, porque os seres do Raio Azul tendem a ser ultrassensíveis. Podem ser afetados por energias e críticas negativas de seres à sua volta que não os compreendem, nem ressoam com eles. Isso pode criar um poderoso processo alquímico nos Raios Azuis, onde eles precisam curar a si mesmos antes de poderem despertar para sua missão aqui.

Precisam aprender a lidar com esta sensibilidade e saber como criar fortes limites energéticos antes de realmente ter acesso a sua missão energético-alquímica. Sua capacidade de amar pode às vezes se manifestar como uma incapacidade de ir embora. Em casos extremos, isso também pode aparecer como vício.

Os seres do Raio Azul tendem a ser mais empáticos, místicos e quietos que os Índigos. Muitos são atraídos para trabalhos de energia e cura. Os seres do raio azul podem atrair energias e entidades mais baixas porque estão aprendendo a enviar todos esses tipos de seres para a luz.

Quando um ser do Raio Azul se ativa, ele cura os danos e a manipulação genética de seus corpos de energia. Quando isso acontece, eles se sentem menos afetados pelo mundo e mais capazes de influenciar poderosa e positivamente a realidade à sua volta.

Os seres do Raio azul, uma vez despertos, trabalham com a intensificação de seu corpo de luz e o fazem através da conexão com mestres de luz e anjos. São conectados com os anjos e arcanjos sirianos, bem como com os mestres de cura de Sírius.

Os Raios Azuis são ativadores da almas e do despertar. São portadores de luz, resplandecendo uma brilhante luminescência neste momento de transição global. Eles vieram para auxiliar, tocar e curar muitas pessoas.

(Como observação, eles tendem a ter a idade por volta de 30 a 60 anos. Astrologicamente, a pertencer a signos da água e do ar ou ter muitos desses elementos aparecendo em seu mapa.)

.


.

25 Sinais de que você é um Ser do Raio Azul

blue-ray-beings-370x297

Por: Spiritual Unite

.

Os Seres do Raio Azul são almas altamente sensíveis, que são empatas por natureza. Vieram de diversos planetas ascensos e reinos de luz para a Terra. A palavra hebraica “Shekinah”, que significa “Linguagem da Luz” é um guia para eles. Os Seres do Raio Azul são o raio perdido do Trabalhador da Luz.

A função de um Ser do Raio Azul na Terra é preparar o terreno para os seus semelhantes que estão por vir. Juntos eles renovam o DNA da humanidade que foi danificado e alterado.

Os Seres do Raio Azul têm poderes espirituais especiais, mas muitas vezes seus poderes estão esquecidos. As Sementes Estelares do Raio Azul compartilham sinais similares que as fazem se destacar das outras.

Se você tem esses sinais, então você deveria saber quem você realmente é e qual o seu verdadeiro propósito:

  • Ultrassensível com relação a tudo na vida e altamente intuitivo
  • Mais quieto que os índigos e mais reservado também
  • Conectar-se com reinos mais elevados é fácil para você
  • Possui muita sabedoria e conhecimento sagrados
  • Sua aparência pode parecer mística
  • Parece ter vindo das estrelas, especialmente as almas antigas, são como que sobrenaturais
  • Natureza empática que faz os outros se sentirem bem
  • Muito adaptável e pode até se adaptar a situações adversas, como problemas de relacionamento e  ambientes hostis
  • A arte criativa é a sua forma de comunicação
  • Altamente expressivo e o sente fazê-lo de dentro
  • Você sabe coisas e também como ocultá-las; permanece na retaguarda, observa e aguarda para usar seus dons no momento certo
  • As palavras Seres das Estrelas, Trabalhadores da Luz, Plêiades, Sírius lhe soam muito familiares
  • A experiência inicial, nem sempre significa ter pais de consciências espiritualmente elevadas – é necessário muito esforço e trabalho para preencher o dano genético, os problemas familiares e o trauma emocional
  • Estrelas e planetas evoluídos lhe parecem mais com um lar do que a Terra
  • Você não se sente em casa na Terra e se sente como se sua família biológica não fosse realmente sua
  • Energeticamente, você se sente mais alinhado com os lemurianos do que com os atlantes
  • Você não é conhecido por sua raiva, mas por ser um apaziguador entre seus amigos
  • Você é uma alma determinada e não se desvia do caminho, sua persistência o leva ao seu destino
  • A natureza ultrassensível também afeta sua sensibilidade a produtos químicos, meio ambiente, alimentos, eletricidade e ruídos
  • Signos de água e ar são sinais comuns de Sementes Estelares do Raio Azul, incluindo Libra, Aquário,
  • Escorpião, Câncer, Peixes e Gêmeos, com influência de Virgem
  • Você tem uma natureza dual – como alma jovem, você quer aproveitar a vida, seu coração deseja se divertir; por outro lado, você também tem um profundo senso de antiga sabedoria e conhecimento e sabe muitas coisas melhor que os outros
  • Você é uma combinação de almas antiga e jovem
  • Fadiga crônica é parte de sua vida, à medida que um grande volume de trabalho é realizado enquanto você, continuamente, transforma as energias negativas em positivas
  • Você sente que algumas pessoas não o compreendem totalmente e assim, você tem dificuldade de se comunicar com essas pessoas
  • Você fica frustrado algumas vezes, ao observar que os outros não fazem o que deveriam fazer

.


 Fontes:

BLUE RAY STARSEED TRANSMISSION: Awaken. You Are a Light-Bearer and Way-Shower ⋆ The Soul Matrix
Blue Ray Starseed: 25 Signs You Are A Blue Ray Being – Spiritual Unite

Tradução e Divulgação: Cida PereiraAFINIDADES ESPIRITUAIS


AGORA, AS CRIANÇAS DESPERTAS PODEM SE DESENVOLVER ESPIRITUALMENTE COMO NUNCA PUDEMOS…

Wildflowers_Tricia Reilly-Matthews

Wildflowers by Tricia Reilly-Matthews

7 MANEIRAS DE AJUDAR SUA CRIANÇA DESPERTA A PROSPERAR

01[1]

Guias Angélicos

Canalizados por: Taryn Crimi

Existem milhões que começaram a despertar para o seu verdadeiro potencial; aprendendo que somos seres criadores eternos que podemos criar qualquer coisa que possamos imaginar. Mas como passamos esse conhecimento recém-descoberto para nossos filhos? Imagine como teria sido a vida crescendo com esse tipo de informação.

Então, aqui estão 7 coisas que você pode fazer para incentivar seu filho a alcançar todo o seu potencial como seres infinitos e divinos que são.

1. Nenhum sonho é grande demais

Com frequência, quando adultos, permitimos que a praticidade determine a probabilidade de nossos sonhos se tornarem realidade. Quando na realidade não há limites para o que podemos alcançar quando temos certeza de que podemos manifestá-lo. Somente quando permitimos que surjam dúvidas e medos da incerteza é que diminuímos nosso tremendo poder criador. Imagine o quanto poderíamos realizar se focássemos toda a nossa atenção em acreditar em nós mesmos, em nossos sonhos? As crianças são incrivelmente receptivas e absorvem as informações que recebem como uma esponja. Com apenas 3 ou 4 anos de idade, as crianças podem começar a ser introduzidas nessa ideia para promover a capacidade natural que as crianças têm de sonhar sem limitações.

2. Ensine-os que seus pensamentos criam sua realidade

Independentemente de quão jovens ou velhos somos, cada um de nós cria nossa realidade através de nossos pensamentos. O Universo não responde às nossas palavras, nem mesmo aos nossos desejos; responde à vibração que continuamente emitimos através de nosso foco, nossos sentimentos e emoções. As crianças que aprendem isso desde tenra idade podem começar a criar deliberadamente sua realidade, em vez de permitir que as experiências em sua vida governem como se sentem. Quando cada um de nós recupera o poder de nosso foco e começa a usá-lo a nosso favor, em vez de uma resposta “brusca” ao que estamos criando subconscientemente, começamos a criar deliberadamente a vida que queremos viver.

3. Concentre-se nos aspectos positivos da vida

Com muita frequência, permitimos que as experiências negativas em nossa vida se tornem nosso foco mais dominante. O que focamos sempre se expandirá. Muitas vezes, sem saber, permitimos que os problemas de nossa vida se expandam através de nosso foco. Se pudéssemos encontrar as coisas nas quais poderíamos apreciar e desfrutar para nos tornar nosso foco, todo o mundo começaria a mudar dramaticamente. Ensinar as crianças a mudar o foco para os aspectos positivos de sua vida é uma das lições mais valiosas que poderíamos lhes ensinar.

4. Ensine-os através de suas ações

As palavras raramente ensinam, todos aprendemos melhor com nossas experiências e com as experiências dos outros. As crianças olham para seus pais, entes queridos e cuidadores mais do que qualquer outra pessoa para imitar. Dê o exemplo do ser divino que você é através de suas ações. Cada um de nós tem experiências que não gostamos ou odiamos, mas não é o que acontece conosco, é como reagimos a elas que determina como nossas vidas se desenrolam. Seja a pessoa que você quer que seu filho se torne. Pois é através da sua luz que eles podem encontrar os seus.

5. Incentive-os a seguir suas paixões e cultivar sua criatividade

Como seria nosso mundo se todos seguíssemos nossas paixões, em vez do que fazia sentido em um mundo “lógico”? Os dons e paixões com os quais nascemos foram destinados a ser uma bússola para ajudar a guiar-nos para uma vida que mais nos agradou. Os sonhos que cada um de nós realizou quando crianças pequenas desaparecem quando nos deparamos com a realidade da vida. Existem alguns que sinceramente seguiram suas paixões e são cumpridos pelo trabalho que realizam. Eles amam a vida que levam. Instale isso em seus filhos desde tenra idade e não permita que a praticidade de um sonho se torne realidade, dite se uma criança deve perseguir o que ama. Encontrar as coisas que você mais ama na vida é um verdadeiro tesouro que deve ser cultivado e incentivado independentemente do que a “mente lógica” diz.

6. Incentive sua curiosidade natural

As crianças são naturalmente curiosas, encontram intriga e interesse nos lugares mais obscuros. Coisas que os adultos geralmente ignoram, as crianças pequenas sabem por si mesmas saborear nelas. A sensação de grama entre os dedos dos pés, uma lagarta avançando ao longo do caminho, uma colher e seus muitos usos. As crianças inatamente sabem como saborear as “pequenas coisas”. Eles instintivamente procuram a beleza que nos rodeia. Eles estão aprendendo o funcionamento de um mundo novo e, no entanto, não se esqueceram dos verdadeiros tesouros da vida ao explorar a magnificência que existe aqui para todos nós apreciarmos.

7. O mais importante é ajudá-los a permanecer conectados à sua intuição

Todos nascemos com a capacidade de nos conectar com os reinos mais elevados, de receber orientação interior e confiar em nossa intuição. No entanto, muitas vezes nos tornamos tão dependentes de nossos 5 sentidos físicos que permitimos a capacidade de conectar-se à atrofia. Ele nunca desaparece realmente, mas é como um músculo subutilizado que pode murchar. As crianças têm uma capacidade inata de se conectar e, quando são incentivadas a usar sua intuição e confiar mais nela, a capacidade cresce e se transforma em uma ferramenta profunda que pode alterar o curso da vida de muitas maneiras impactantes e benéficas. As crianças costumam “ver” reinos que os adultos raramente conseguem detectar. Se eles não estiverem convencidos de que são apenas imaginações, desenvolverão ainda mais a capacidade, em vez de perdê-la. Incentive seus filhos a usarem esses dons inatos com os quais nasceram.

Há tantas coisas que podemos aprender com nossos filhos que, durante anos, foram desacreditados. As crianças conhecem inatamente as verdades universais que muitos adultos esqueceram. Dê a seus filhos o maior presente, permitindo que eles cresçam de uma maneira única e inspirando-os a seguir seus sonhos e desejos. As dúvidas dos outros esmagaram tantos sonhos. Seja o vento sob as asas do seu filho e ajude-o a voar além da praticidade da vida cotidiana.

Em amor e luz, somos seus Guias Angélicos.

………………………………………………………………………………………………………………………………

Dr. Taryn Crimi – Angelic Guides

Fonte: 7 Ways to Help Your Awakened Child Prosper – Angelic Guides
Tradução: Sementes das Estrelas / Cíntia Liborio

Via: Sementes das Estrelas | GUIAS ANGÉLICOS – “7 MANEIRAS DE AJUDAR SUA CRIANÇA DESPERTA A PROSPERAR”


Ouça também a mensagem através deste vídeo:

GUIAS ANGÉLICOS – (7 MANEIRAS DE AJUDAR SUA CRIANÇA DESPERTA A PROSPERAR)

Publicado por mxvenus

Via: GUIAS ANGÉLICOS – (7 MANEIRAS DE AJUDAR SUA CRIANÇA DESPERTA A PROSPERAR) – YouTube


O AUMENTO DE CRIANÇAS AUTISTAS NUMA PERSPECTIVA ESPIRITUAL…

autismo

Razão espiritual para o surgimento e crescente número de autista

menino-autista-e-o-planeta-1 (editado)Autistas e a Terra

Por: Moacir Sader
em 10 de abril de 2019

 

Por algum tempo eu tinha uma explicação para o fator gerador do autismo, mas isso mudou de forma radical e recentemente quando me deparei, intuitivamente, com nova explicação para a causa do autismo e para o crescente números de pessoas autistas, visto que temos, em 2019, 70 milhões de autistas no mundo, 2 milhões do Brasil, um autista a cada 59 crianças nos Estados Unidos da América. Alguns cientistas admitem que, em 2025, 50% das crianças serão autistas, 1 em cada 2 crianças.

Antes eu pensava que uma pessoa era autista porque seu espírito, embora precisasse reencarnar na Terra, não queria fazê-lo. Tendo vindo, um tanto quanto obrigado, trancava-se em seu mundo interior sem desejar interagir com ninguém.

Esse entendimento, parecia-me lógico, só que ele se transformou inteiramente no final de 2018, durante uma aula presencial de meus cursos de Reiki, quando me veio outra explicação, certamente canalizada.

Naquele momento, percebi que o autista não era um espírito com outras vivências reencarnacionistas na Terra, que não quisesse retornar para mais uma jornada existencial terrena; mas, um espírito que ainda não tinha encarnado na Terra, oriundo sim de dimensões mais elevadas, vindo pela primeira vez para um propósito sublime de ajuda à população terrena e por isso apresenta comportamento tão diferente, especialmente por não sentir as emoções tipicamente vivenciadas pelos humanos. Os sentimentos dos humanos, por conta de intensas emoções, vêm gerando nos seres humanos verdadeiras avalanches típicas de paixões descontrolados e muito sofrimento, impedindo o processo natural de evolução espiritual.

Vale observar, que o sentimento, especialmente o amor, é mágico e poderoso, mas o sentir comum dos humanos tem sido a porta para as paixões e todo o mal que elas podem gerar.

Os autistas, sobretudo os classificados em grau mínimo ou médio autismo, não vivenciam os sentimentos de forma intensa, muito pelo contrário, sentem poucos, emoções quase sempre equilibradas, são bons e especialmente muito inteligentes. São espíritos de elevadas dimensões vindos atualmente em grande quantidade na Terra, percebidas em todos os países em número crescente.

E por que o aumento de autistas no Planeta? Certamente para transformar a população terrena, qualitativamente, para daqui a algumas poucas gerações, tenhamos os novos humanos vivendo o verdadeiros e suaves sentimentos, especialmente o verdadeiro amor, desapegados das paixões desenfreadas e de seus diversos males.

A presença dos autistas na Terra está atuando para purificação espiritual da raça, transformação a reconfigurando o DNA humano, para que o futuro humano esteja em condições de elevar-se espiritualmente, o que vinha parecendo impossível de acontecer sem essa ajuda dimensional tão significativamente amorosa, partilhada por espíritos dimensionais, por pessoas rotuladas como autistas.

A informação recebida por mim e partilhada inicialmente apenas para os meus alunos de Reiki, está, igualmente, sendo recebida por muitas pessoas intuitivamente ou por canalização. Exemplo disso, assisti recente trecho de uma palestra de Divaldo Franco em que ele falou literalmente a mesma informação recebida por mim em 2018, ao dizer que a revelação foi feita pelo espírito de Emmanuel.

Certamente, outras pessoas no Planeta devem estar recebendo essa boa nova, visto que a verdade não pertence a este ou aquele, até porque a verdade espiritual pertence ao Universo, permeando todas as dimensões.

Compartilho esta informação para que mais pessoas saibam ou relembrem o que já podem saber intuitivamente, que os espíritos dos autistas são originados de outras dimensões astrais, deparando, por conta disso, com dificuldades de relacionamento, pois não possuem vivências terrenas anteriores, além de apresentarem frontal distinção da forma de vivenciarem os sentimentos, o que justifica e se faz necessário o acompanhamento de Psicólogo e outros profissionais de terapias convencionais e alternativos, para ajudá-los neste processo de adaptação ao nosso mundo tridimensional.

Pela similitude no que estou tratando neste artigo, quero reproduzir um trecho escrito por Naoki Higashida, nascido em 1992 e diagnosticado em 1998 com um tipo severo de autismo. Pela dedicação de sua mãe e auxílio de profissionais, ele frequentou escolas e se formou 2011. Publicou diversos textos e ganhou prêmios literários. De seu livro: “O que faz pular”, reproduzo o que ele escreveu ao responder a seguinte questão: Quais são os seus pensamentos em relação ao autismo? Eis o que ele disse:

“Acho que os autistas nasceram fora do conceito de civilização. Claro que isso é só uma teoria que inventei, mas acho que há uma profunda crise, resultado de todas as matanças que existem no mundo e da devastação egoísta a que a humanidade submeteu o planeta.

E, de alguma forma, o autismo surgiu daí. Mesmo que sejamos fisicamente parecidos com os outros, somos na verdade diferentes de muitas maneiras. Como se fôssemos viajantes que vieram de um passado muito, muito distante. E, se a nossa presença servir para ajudar as outras pessoas a lembrar o que é mesmo importante para a Terra, isso nos dará satisfação interior.”

As autistas são seres dimensionais em missão de grande amor, ainda que seja uma missão complexa para quem nunca viveu na Terra e com diferenciação radical na forma sentir, razão pela qual nós, humanos, precisamos ainda mais recebê-los com respeito e muito amor, pois foi o amor que os trouxe a Terra; é o amor que os liga a todos os humanos nativos de nosso Planeta.

No futuro, seremos, por causa dos autistas e de outros amados colaboradores, os novos humanos da Terra de luz e poderemos presenciar o nascimento de nova Era, verdadeira mudança espiritual tão aguardada para o nosso Planeta, e que está sendo implantada inteligente e amorosamente.


Contato com o autor:
moacirsader@moacirsader.com ou moacirsader@saderterapiasintegrativas.com.br

Via: Razão espiritual para o surgimento e crescente número de autista – Sader Terapias Integrativas


O CONTRATO DE CADA SEMENTE ESTELAR ENCARNADA NA TERRA…

Celestial Resonance_Leanne M Wiliams

Celestial Resonance by Leanne M Wiliams ©Kyrona Unity Hope 2010

O CONTRATO PARA A SEMENTE DAS ESTRELAS E A ASCENSÃO PLANETÁRIA

pleiades_large1

Adamu (Pleiadiano)

Canalizado por: Arn Allingham (Zingdad) 

.

Meus queridos amigos.

Eu sou Adamu, da Entidade Monádica da Civilização Pleiadiana falando mais uma vez através do meu escriba, Zingdad.

Hoje, desejo falar diretamente com as Sementes das Estrelas do Planeta Terra. Todavia, mesmo não ache possível que você, você mesmo, seja uma Semente das Estrelas, convido-o a ler este lançamento, pois penso que qualquer um com uma mente aberta encontrará algum valor nele!

Então, minha cara Semente das Estrelas, tenho muito para compartilhar nesta atualização muitos pontos a tocar sobre como chegar em meu ponto final. E esse ponto final é um convite para que se lembrem de quem realmente são, para que possam entrar em seus divinos poderes criativos. Para que possam fazer o que pretendiam antes de nascerem nesta presente encarnação e para que possam participar na criação de uma nova era dourada da humanidade.

Portanto, há muito a dizer. O melhor lugar para começar lhes dizer sobre o contrato de todas as Semente das Estrelas assinados antes de virem para a Terra. Toda esta informação serve para provocar profundamente em suas memórias lembranças de um lugar distante e de um tempo vivido há muitas vidas. De quem eram. Da coragem e auto sacrifício que os levaram a escolher como fizeram. E dos compromissos que fizeram a si mesmos sobre como agiriam, como iriam ajudar, como iriam curar a si mesmos, como se lembrariam… e, como iriam curar os outros, como fizeram.

O contrato para a Semente das Estrelas

Existem seis ingredientes num contrato para Semente das Estrelas de que cada um, como uma Semente das Estrelas, precisa ser lembrado. Eles são conhecidos como o Convite, a Quebra, o Reparo, o Presente Dado, o Retorno e a Rescisão. Discutirei esses ingredientes, um por um.

O Convite

Como Sementes das Estrelas levantaram-se para a autoconsciência a partir da matriz de uma civilização planetária noutro local desta Galáxia, por exemplo, como as Plêiades. Depois do amanhecer de suas consciências, naquele mundo distante, evoluíram espiritualmente, elevando-se através das densidades da consciência e através de numerosas encarnações em seus planetas natais. Em algum momento chegaram ao que é considerado uma alma avançada. Prontos para se graduarem da encarnação na densidade da consciência em seus lares planetários para uma seguinte densidade mais elevada de consciência. E então teriam recebido um convite. Uma oportunidade de voltarem a Viver num presente proporcional com tudo aquilo que tinham recebido através de suas vidas. Um ritual de passagem para todos aqueles que evoluem ao longo do caminho do Serviço para os Outros (SpO), quando iniciados.

Existem muitas, varias maneiras de retribuição nesta conjuntura. Uma dessas  é comprometimento, através de  um contrato de Semente das Estrelas, concordando em deixar o conforto e a segurança de sua  família de almas  e lar espiritual para se aventurar e encarnar num grupo, totalmente, diferente do seu. Ao fazê-lo, se comprometem, primeiramente, a abaixarem suas consciências para a frequência vibratória da civilização que estarão visitando. Afinal, não poderão nascer entre eles, se não estiverem numa densidade igual a desse mundo. E, então, concordam em despertar, retornarem a si mesmos, enquanto estão entre eles, a seus estados anteriores de consciência. E, esse, é o coração do contrato Semente das Estrelas: que irão voltar as seus estados anteriores de consciência, enquanto estão lá, neste planeta e, enquanto vivendo entre essa cultura alienígena. Talvez, ainda, não compreendam, intuitivamente, o vasto presente que estarão dando em fazer. Todavia, verão, já que todos são Um que, o que estiverem fazendo para a si mesmo, também, estarão fazendo para os outros e que se fizerem este trabalho de autocura num planeta,  disponibilizarão para os outros, neste planeta, o mesmo caminho de cura que trilharam. Não precisarão nem falar uma palavra para nenhum deles. Basta apenas curarem-se a si, enquanto contidos naquela grade de consciência planetária é, em si, um magnífico presente para aquela civilização.

É claro que, desde que, por natureza sejam seres amorosos, bondosos e de bom coração. Se encontrarem alguma coisa que valha a pena compartilhar com outras pessoas, irão compartilhá-la.  Se você pode ajudá-las, assim farão. Se puderem servir, ensinar, curar, irão fazê-lo. Essas serão suas naturezas básicas, tendo evoluído para um nível elevado numa sociedade SpO. Dessa forma, não só irão se curar naquele planeta alienígena, mas, quase que, certamente, também se serão algum tipo de doador de presentes, como realmente são.

Sementes das Estrelas são profundas bênçãos onde quer que vão.

E quando concluírem seus processos de retorno a seus níveis anteriores de consciência e suas encarnações neste planeta chegarem ao fim, então poderão retornar aos seus grupos de alma, em casa, numa reunião triunfante e alegre com elas num nível mais alto do que o nível de consciência que agora habitam.

E foi assim é que receberam um convite. Estavam vivendo entre suas famílias de almas em seus planetas natais e alcançaram um alto patamar em suas evoluções espirituais, prontos para passarem para as próximas fases de suas jornadas de almas. E na medida em que contemplaram seus Grandes Serviços, foram abordados por algum Mestre de Regresso. Vou  lhes contar mais sobre  ele, daqui a pouco. Então, um ser reverenciado,  de grande sabedoria e avanço se aproximou de vocês para informá-los de que tinham sido selecionados, se  estivessem dispostos. Foram  selecionados por terem o temperamento e avanço adequado para os desafios e lutas de um contrato de Semente das Estrelas num dos muitos planetas em evolução nesta galáxia.

Depois que concordaram com este nobre empreendimento, um rigoroso processo de treinamento e preparação começou. Foram informados sobre os vários planetas na galáxia que precisavam de Semente das Estrelas. Planetas cujos conselhos planetários tinham lançado apelos para contratos. E, então, escolheram o destino para  seus Grandes Serviços!

A Terra, neste momento, é um destino bastante focal. É o maior destino para Pleiadianos Semente das Estrelas. Existe uma série de razões para isso. Uma delas é a estreita relação familiar entre os Pleiadianos e os Humanos da Terra. Outra é a grande necessidade, neste momento, na Terra. Também há o fato do alto grau de dificuldade e desafio. Na verdade, a Terra é considerada a tarefa mais difícil de todas.

E os Pleiadianos são por natureza, muito corajosos. Alguns diriam temerários. Sempre dispostos a se entregarem aos empreendimentos mais desafiadores. No entanto, acima de tudo, estamos aqui em grande número, devido à importância crítica para toda a galáxia que a população humana da Terra consiga o processo de ascensão, in situ, que está sendo tentado aqui. Isso nunca foi feito antes. E se tiver êxito, irrevogavelmente, isso irá alterar as relações galácticas. Terminará, de uma vez por todas, as guerras interplanetárias que têm assolado desde o início dos tempos.

A razão pela qual a Terra é tão crucial é complexa, no entanto, vou explicá-la da maneira mais simples possível num momento. Agora, desejo que  entendam que esta é uma missão verdadeiramente crucial e de importância literalmente galáctica! Não posso imaginar uma maneira em que poderiam prestar  um serviço maior do que um contrato de Semente das Estrelas no planeta Terra, nesta conjuntura em particular.

Muitos, muitos Pleiadianos estão aqui, agora, entregando o seus Grandes Presentes.

Antes de virem para cá, os contratados teriam passado algum tempo sob a tutela dos referidos Mestres Regressos. Estes são seres que já completaram seus contratos de Semente das Estrelas, ascenderam as suas consciências em seus planetas de destino e voltaram para ensinar o que sabem. Foram preparados, treinados e ensinados pelos mais respeitados de todos os Mestres Regressos: Aqueles que tinham retornado de suas missões na Terra, que lhes informaram o que poderiam esperar.

Teriam reiterado as grandes dificuldades, inerentes, a este empreendimento. O risco de se perderem nessa realidade por muitas vidas. O choque da aculturação da harmoniosa cultura Pleiadiana à abrasiva e agressiva cultura Terrana. O ruído psíquico sobre a Terra que pode levá-los à beira da insanidade e desabilitar suas habilidades espirituais inerentes. O desafio de saberem que são “diferentes” dos seres humanos terranos, embora, não sabendo por que e não se lembrando de suas missões. A dor do isolamento que a maioria experimentaria, como resultado de encarnarem “sozinhos” entre um mar de estranhos. A dor de  sempre serem considerados esquisitos, estranhos e até mesmo perturbados por, simplesmente, falarem e agirem de uma maneira que é certa, boa e verdadeira para vocês.

Tudo isso, e muito mais, foi avaliado em suas instruções. Também foram sobre as incríveis maravilhas da Terra. A beleza natural e diversidade que está além do paralelo, por exemplo.

E então, devidamente preparados, o contratante das Sementes das Estrelas, permitiria o inicio do Grande Serviço.

A Quebra

A parte mais difícil do cumprimento de um contrato de Semente das Estrelas acontece em primeiro lugar. A fim de abaixarem as vibrações espirituais da 4ª alta, 5ª ou talvez 6ª densidade na qual residiam, antes do início de seus contratos, para a baixa 3ª densidade  em que você deveriam entrar em seu serviço sobre a Terra, primeiramente precisariam passar por um processo chamado de A Quebra.

Os termos da quebra de cada Semente das Estrelas são acordados entre cada Semente perante  seus guias espirituais e Mestres Regressos para aconselhá-los. A princípio, seria necessário terem passado por duas experiências. Uma delas é uma experiência de vítima e a outra,  uma experiência de perpetrador. Mas estas teriam de ser suficientemente chocantes para as Semente das Estrelas, que pudesse lhes causar uma quebra de suas crenças, em suas próprias e na bondade dos outros.

Em essência, a crença de uma Semente das Estrelas em sua própria e inerente divindade e na divindade inerente de todos os outros, é o que será quebrada. Deixar de ver a si mesma como uma parte da Unidade eterna e ver-se como um mero objeto da criação é o objetivo final. E com isso, é claro, acreditar que todos os outros as suas voltas sejam similarmente, apenas criaturas mortais, perdidas e impotentes.

Sem esta Quebra, não poderiam baixar suas consciências para a profunda dualidade da 3ª densidade – a frequência vibratória da Terra. E se você não baixassem suas frequências, não poderiam nascer na Terra como um terrano: Como um ser humano da Terra. E assim foi que concordaram com isso. Concordaram e contrataram para a Quebra.

Dizer que essas experiências são traumáticas é um eufemismo. Todavia, esta é a única maneira de sobrepor um verniz de desconfiança e desconectar sobre o conhecimento profundo da alma que reside dentro do coração de uma Semente das Estrelas, que todos são Amor, são Um, que carregam uma centelha do divino, dentro de si mesmos. Portanto, uma experiência que, por sua natureza,  seria traumática.

Ser brutalizado por outros. Violado, torturado, abusado. Ser queimada na estaca como uma bruxa. Submetido às atrocidades iterativas como um soldado – ou como um civil capturado numa guerra. Sendo enterrado vivo, rejeitado por sua tribo a morrer de fome, sozinho, no deserto. Esses tipos de experiências vitimizadoras, constituem a primeira parte da quebra. Uma parte que permite à Semente das Estrelas acreditar que os outros são maus, ímpios, não confiáveis, indignos de Amor.

E então, com sua fé nos outros abalada, a Semente das Estrelas estará disposta a se defender de outros e, assim,  atacá-los em autodefesa. E, assim, geralmente em  vidas separadas, as Sementes das Estrelas também se encontram perpetrando abusos e crueldades sobre os outros, usando seus dons naturais e poderes para vitimizá-los em suas comunidades, levando os outros a erros por suas próprias satisfações do ego. Causando estragos, danos e,  chegando ao final dessa vida com provas suficientes para chegar à crença de que eles mesmos são ímpios e indignos de Amor.

E assim a Quebra é concluída. Pode levar apenas uma vida ou duas, mas geralmente levam algumas. Entretanto, o ponto é que as Sementes das Estrelas, então, se encontrarão habitando a mesma consciência de dualidade que todos os outros habitam na 3ª densidade, na Terra. A seguir, elas estarão prontas para a próxima fase.

A Cura

Em algum momento, quando eles estão prontos para ouvi-la, cada Semente das Estrelas sente um chamado dentro de seus corações para Lembrar. Alcançar, além do trauma da Quebra as consciências transcendentes que trazem cura, a verdade da Unidade de todos, os ensinamentos ancestrais, profundamente mantidos de seus povos, a vibração de seu planeta natal. Essas coisas, juntamente com avisos e lembretes contratados (como esta transmissão, é claro!), ajudam todas as Semente das Estrelas a, ativamente, se engajarem em suas próprias curas.

E assim começa a cura. É um trabalho lento e paciente. Não existem atalhos nem rápidas correções. Mas direi que o núcleo do processo é o Amor próprio, que permite que a Semente das Estrelas encontre novamente sua conexão com o coração. Alcançar, além, da camada de dano infligido durante a Quebra, o seu conhecimento mais profundo e mais antigo.

Tornarei  este processo um profundo desserviço se fingir que isso não é um tanto complicado e difícil. Curar-se num lugar tão confuso como a sub-realidade da dualidade, está longe de ser fácil. Encontrar sua conexão de coração num lugar de tanto ruído psíquico é uma tarefa gigantesca.

No entanto, para as  Sementes das Estrelas nunca foi prometido que seria fácil. Muito pelo contrário, seria  um desafio digno da mais valente das almas, onde,  até as mais corajosas são testadas até seus limites. Mesmo os mais sábios e espiritualmente conectados podem se perder neste lugar. Às vezes, vagando por dezenas, centenas ou mesmo milhares de vidas  num estado de profunda amnésia e angústia espiritual, antes que possam ser ajudados a se lembrar do que aconteceu. Mas, qualquer que seja o caso, todo aquele que permanecer no curso acaba por despertar, curar-se corretamente em seu nível vibratório anterior e voltar para casa.

A Doação dos Presentes

Antes de podermos falar no Retorno, devo primeiro abordar a Doação dos Presentes.

Como vê, curar-se é, em si, já um presente maravilhoso. Quando o faz, constrói um caminho na consciência que se torna mais fácil para os outros seguirem. Ao curar-se, você cura outros sem mesmo sequer tentar. E, como mencionado anteriormente, a maioria de vocês, por padrão, também oferece todos os tipos de presentes maravilhosos e amorosos para aqueles que coabitam sua realidade, apenas  pelo fato de você ser o tipo de ser que é.

E, assim, quando curados, estiverem prontos para voltar, será fácil argumentar que já deram seus maiores presentes para a Terra e seus habitantes. Entretanto, para muitos de vocês isso não terá sido suficiente. Muitos irão  atravessar o limiar, passando para fora daquela vida para, em seguida, logo depois, ficarem  decepcionado com eles mesmos e muitos dirão algo como: “Oh, não, havia algo de importante que eu realmente poderia ter feito, enquanto ainda vivendo na Terra. Eu poderia ter feito isso. Eu estava lá. Eu tinha tudo o que precisava para fazer… Mas  não fiz”.

Muitos irão sentir isso muito intensamente, que pedirão para retornar à encarnação. Alguns retornarão a essa mesma encarnação, outros começarão uma nova encarnação e outros ainda terão alguma experiência alternativa, como um “walk-in”, por exemplo.

No entanto, não quero ficar atolado em tais detalhes, como tão interessantes como muitos de vocês irão achá-los. O ponto é que estou convidando para já se tornarem cientes deste problema,  para que possam já irem pensando sobre ele, na medida em que aumentam suas consciências e se curam. De vez em quando, deem algum tempo, ao pensamento:  Que coisa AMARIAM fazer … Que mensagem têm para entregar a este mundo… Que presente poderiam deixar que iriam deixa-los  se sentirem satisfeitos e completos quando estiverem longe daqui?

E quando a Cura e os Presentes estiverem completos, o  Retorno começará…

O Retorno

Com o Retorno, as portas para a Galáxia (e além) estarão abertas para vocês. Depois de retornarem com sucesso de um contrato de Semente das Estrelas, especialmente um difícil contrato no fundo das densidades do esquecimento, como na Terra, terão infinitas opções para onde ir.

Sem dúvida, já ouviram falar dos Mestres Ascensionados?  Bem, irão se juntar às suas fileiras! E, como tal, considerados cocriadores úteis e desejáveis em qualquer uma de uma vasta gama de lugares na Galáxia, realizando qualquer uma de uma vasta gama de papéis. Apenas uma delas será desempenhar o papel de Mestres  Regressos, de volta a seus planetas natais para: ensinar, aconselhar e orientar a próxima geração de candidatos a Semente das Estrelas.

Muitos Mestres Ascensionados, no entanto, optarão por permanecer envolvidos com suas culturas planetárias adotadas… Neste caso, escolhendo permanecer ativos como guias e mestres para almas encarnadas aqui na Terra.

Mas, dado o que ao Semente das Estrelas retornando, foi dado de forma completa um profundo autoconhecimento,  profunda compaixão e sabedoria que, por definição, alcançaram, estão livres para explorar inúmeras opções alternativas. Alguns gostarão de ter um período sabático em que, simplesmente, viajarão pela Galáxia como uma emérita Semente das Estrelas, visitando planetas habitados, na medida em que seus corações os chamarem a fazê-lo, levando seus dons e sabedoria onde quer que sejam chamados. E então, geralmente, encontrar uma situação que se adapte a seus interesses particulares e habilidades… um lugar para chamar de lar, para o próximo passo em sua evolução na jornada para a Unidade.

A Rescisão

Todavia, nem todas Sementes das Estrelas completam seus contratos. A maioria faz. Entretanto sempre existe um número que, por várias razões, não conseguem.

Por mais que cada Semente das Estrelas seja treinada e preparada, antes de sua missão, acho que nenhuma já tenha completado sua missão sem muitas vezes ter clamando por ajuda dizendo: “Não sabia o quão difícil isso seria!“. Isto porque simplesmente, nenhum treinamento antes da missão, pode preparar completamente uma alma para os choques e rigores de, em primeiro lugar, a Quebra, depois, as longas vidas de profundo isolamento, vividas entre aqueles que não são de sua própria família de almas.

Por esta razão, é justo que alguma Semente das Estrelas seja capaz de rescindir seu contrato. Isto deve ser possível quando ela disser: “Isto é muito, não posso ir até o fim!”. E, na verdade, há uma previsão para tal situação.

No mapa de vida de cada encarnação de cada Semente das Estrelas, uma série de Eventos de Saída são previstos. Este assunto é tratado com alguma profundidade pelo meu estimado colega, Mestre 8, um ser que vigia todos os contratos de almas nesta realidade. Ele fala disso, também através de Zingdad, no Livro 1 de The Ascension Papers.

[Nota de Zingdad:  Estão convidados a fazer, gratuitamente, o download deste livro no meu site. Aqui Adamu está se referindo ao subtítulo “Entendendo a Morte” no Capítulo 8 do Livro 1 de The Ascension Papers].

Embora  aconselhe a lerem esse material para ganharem uma compreensão mais completa, o que vou lhes dizer, agora, é que a simples consciência de que cada vida contém pré-planejada,  momentos em que são removidos do fluxo de sua vidas, ficando perante seus mestres e guias, lembrando-os no que se inscreveram e lembrá-los da importância do que estão fazendo e, então, solicitar a confirmação de que gostariam ou não de continuarem suas missões.

Se concordarem em continuar, retornarão a esse fluxo de vida num momento adequado, talvez, em algum tempo, antes, do Evento de Saída e, desta vez, passar por tal evento sem serem retirados, o que significa que não terão memória da retirada, continuando suas missões sem interferências.

Se essa pessoa discordar e optar pela rescisão de seu contrato de Semente das Estrelas, então o Evento de Saída será totalmente promulgado e essa encarnação terminada. Para aqueles que conheceram naquela vida, então, parecerá que morreu, talvez, em algum tipo de acidente ou algum trauma de saúde. Então, receberá um resumo gentil e amoroso e retornará à encarnação entre seu próprio povo em seu sistema estelar nativo, para retornar ao seu equilíbrio e evolução espiritual.

Isso não é visto como falha e não há nenhuma ignomínia inerente em tomar um Evento de Saída. Enfim, de qualquer maneira, melhor seria se fosse realizado por essa Semente das Estrelas antes de sua saída.

Para evitar confusão, gostaria de deixar claro que nenhum Evento de Saída é planejado como um suicídio. Não tenho juízo de suicídio, todavia, o suicídio causa trauma maciço aos entes queridos que ficam para trás. Por este motivo, Eventos de Saída não são planejados desta forma. Por favor, leiam a seção acima mencionada do livro de Zingdad se precisarem de mais compreensão deste tema muito sensível.

Um Caso Especial

E assim, apenas esbocei sobre o que um contrato de Semente das Estrelas trata. Em termos gerais, o teor é o mesmo que se encontra em todos os contratos de Semente das Estrelas, independentemente de onde o contratado seja originário. Aldebaran, Arcturus, os Pleiadianos, Sirius… Estes e muitos outros sistemas estelares enviam regularmente Semente das Estrelas pela Galáxia afora, para fazerem seus bons trabalhos. E, assim, as Semente das Estrelas têm, ao longo dos tempos, encarnadas numa vasta gama de outros planetas. A Terra é apenas um dos muitos destinos que foram servidos. E, sobre a Terra, a sua não é, senão, a última de uma sucessão de civilizações a empenhar-se em sua própria ascensão da consciência e, por conseguinte, a receber um contingente de Sementes Estelares.

Assim, antes de tudo, desejo que compreendam de que se trata de uma prática antiga e generalizada. Após isso, desejo que, em segundo lugar, compreendam que o que ocorre agora aqui na Terra, também, é completamente único, muito especial e absolutamente crucial para o bem-estar e o avanço da consciência de toda a Galáxia. E aqui é onde eu vou fixar a narrativa na minha próxima transmissão.

Na Próxima

Na próxima atualização, falarei da singularidade da situação no Planeta Terra. Vou lhes contar e como a ascensão da Terra é diferente de qualquer outra. E vou lhe dizer por que uma ascensão bem-sucedida é absolutamente crucial para o bem-estar de toda a Galáxia. É toda uma história muito interessante!

No entanto,  terão de esperar pela próxima vez. Enquanto isso, se quiserem  ler os lançamentos anteriores desta série, estão convidado a fazer isso em zingdad.com/adamu  e se você quiser estar sempre atualizados, sempre publico uma nova transmissão através de Zingdad, então inscrevam-se para o nosso Boletim informativo em zingdad.com/newsletter.

E com isso desejo a todos um ótimo  e afetuoso  até mais, até a próxima vez.

Sou Adamu da Entidade Monádica da civilização Pleiadiana e tenho falado com vocês, como sempre, através de Zingdad.

…………………………………………………………………………………………………………………………

Fonte: The Starseed Contract and Planetary Ascension – Zingdad.com
Tradução: Sementes das Estrelas / Candido Pedro Jorge

Via: ADAMU (PLEIADIANO) – “O CONTRATO PARA A SEMENTE DAS ESTRELAS E A ASCENSÃO PLANETÁRIA” – Sementes das Estrelas


Ouça também a mensagem através deste vídeo:

ADAMU (PLEIADIANO) – “O CONTRATO PARA A SEMENTE DAS ESTRELAS E A ASCENSÃO PLANETÁRIA”

Publicado por Sementes das Estrelas

Via: ADAMU (PLEIADIANO) – “O CONTRATO PARA A SEMENTE DAS ESTRELAS E A ASCENSÃO PLANETÁRIA” – YouTube


APRENDENDO UM POUCO MAIS SOBRE A MISSÃO DOS TRABALHADORES DA LUZ – PARTE 4 (FINAL)…

Ser de Luz

TRABALHADORES DA LUZ – PARTE 4 (FINAL): O SEU SER DE LUZ

Jeshua

Jeshua

Canalizado por: Pamela Kribb

.

Nos capítulos anteriores da Série Trabalhadores da Luz (Capítulos anteriores no final desta mensagem), nós fizemos um relato, mais ou menos cronológico, sobre a história e o desenvolvimento interior das almas dos Trabalhadores da Luz. Essa história pode lhes dar a impressão de que vocês se desenvolvem no tempo, do ponto A para o ponto B, da escuridão para a luz, da ignorância para a sabedoria. E, de uma certa forma, esse é o caso.

Mas, neste último capítulo, nós queremos dirigir a sua atenção para uma perspectiva diferente, uma forma diferente de olhar para si mesmos. Uma perspectiva que os eleve para fora do tempo, para fora de uma história particular, e os faça conhecer sua existência atemporal, ou seja, a sua multidimensionalidade.

Existe uma parte de vocês que é totalmente independente de espaço e tempo. Esta parte é livre para entrar, a qualquer momento, em qualquer dimensão ou área de experiência que ela deseje. Ela é livre para escolher entre escuridão e luz em qualquer momento.

Da sua perspectiva terrena, vocês caminham do ponto A para o ponto B de um modo linear. Por exemplo, vocês atravessam os quatro estágios de desenvolvimento que nós discutimos, passo a passo. No entanto, de uma perspectiva atemporal, multidimensional, o seu eu verdadeiro não está se desenvolvendo no tempo, ele é aquele que está experienciando o desenvolvimento. O seu eu verdadeiro não precisa se desenvolver. Ele admite essa experiência por sua própria livre escolha. Esta escolha é motivada por um conhecimento profundo do enorme valor de se experienciar a dualidade.

Da perspectiva do seu Ser espiritual e atemporal, vocês são livres, a qualquer momento, para experienciar qualquer ponto da linha entre A e B e Z. Vocês podem ativar qualquer realidade de consciência para si mesmos, a qualquer momento, pois a ideia de que vocês estão presos dentro de um certo estágio de desenvolvimento é, em última análise, apenas uma ilusão.

A razão pela qual queremos dirigir a sua atenção para esta perspectiva, é que ela pode ajudá-los a transpor as barreiras internas. Pode ajudá-los a penetrar através daquele véu de ilusão e entrar em contato direto com seu próprio Ser de Luz: a energia do anjo que você verdadeiramente é.

Para que vocês compreendam esta perspectiva como um ponto de vista real, a partir do qual vocês podem olhar para si mesmos, nós precisamos discorrer um pouco sobre a noção de tempo.

TEMPO

No nível mais elevado da unidade, não existe tempo. Este é o nível do Espírito, Deus, existência pura (vejam o capítulo anterior). Neste nível, não existe nenhum desenvolvimento, nenhum “tornar-se”, mas apenas “ser”. No nível mais baixo da unidade, onde a separação é experimentada mais fortemente, emprega-se uma noção de tempo falsa, linear. Com “falsa” quero dizer uma noção científica, abstrata de tempo, completamente destituída de subjetividade e conteúdo percebido. Neste sentido, o tempo é uma estrutura objetiva fora de vocês. O tempo é algo colocado sobre as suas experiências como uma moldura externa.

Um “curriculum vitae”, por exemplo, que vocês enviam quando estão procurando emprego, geralmente consiste dessa descrição objetiva e linear de fatos. Neste ano eu fiz isto, naquele ano eu me formei em tal escola, etc. Vocês enfatizam o lado externo, visível, das coisas. O lado interno das coisas – a motivação, o significado, a subjetividade – é deixado de fora.

Nos níveis energéticos entre a unidade e a separação, o tempo é uma realidade que “flutua” com as suas experiências. O tempo é uma ideia experimental: uma forma de esculpir a experiência. Nesses níveis, existe tempo, mas ele não é uma coisa independente ou externa às suas experiências.

Por exemplo, nos planos astrais, onde vocês viajam durante o sono e também depois que morrem, não existe “tempo de relógio”. O tempo do relógio é a tentativa máxima de desconectar o tempo da subjetividade, isto é, de vocês e das suas experiências. É uma grande ilusão. Nos planos astrais, o tempo é o ritmo das suas experiências. Às vezes vocês descansam, agora vocês encontram alguém, depois vocês estudam para si mesmos, etc. Quando um estágio termina e um outro começa não é determinado pelo tempo do relógio – algo externo – mas pelo seu fluxo interno de sentimentos, por aquilo que parece natural para vocês.

Este sentido natural do tempo ou ritmo também pode fazer parte da vida na Terra. A subjetividade do tempo, isto é, o fato de que o tempo pode ser experimentado de formas diferentes em várias circunstâncias, é familiar a todos vocês. Vocês dizem que “o tempo voa” quando vocês estão se divertindo, enquanto o tempo parece ficar parado quando estão na sala de espera do dentista, ou numa fila no supermercado.

Agora, o cético dentro de vocês poderá dizer: o tempo é percebido como vagaroso, quando as circunstâncias experimentadas são negativas, enquanto o tempo parece ir mais rápido quando as circunstâncias são positivas. Mas, o tempo em si é sempre o mesmo, tiquetaqueando da mesma forma rígida, independente de como vivenciamos as coisas.

Esta é a noção de tempo de “estrutura objetiva”, também chamada noção linear de tempo. Ela se origina de uma abordagem racionalista, científica do tempo.

Mas, imaginem que não existissem relógios, nem noite e dia, nem quaisquer influências naturais como o sol, a lua e as marés, com as quais se pudesse medir o tempo. Então, vocês só poderiam confiar no seu sentido subjetivo de tempo. Sua medida objetiva de tempo – o relógio – não se baseia realmente em alguma coisa externa; ela é o produto da mente humana que deseja dividir e classificar. A mente humana extraiu certos tipos de coisas do fenômeno natural da Terra. Mas “o tempo em si”, independente do fator humano, não existe. É uma ilusão, que é o produto de um tipo de consciência que está presa na crença da separação.

O tempo é essencialmente subjetivo. O tempo é uma forma de moldar a experiência de tal forma que vocês possam compreendê-la. Por exemplo, às vezes vocês dizem de alguém: “Ele é uma alma velha”. Vocês realmente estão pensando no número de anos ou de vidas dessa pessoa, quando se referem à velhice da sua alma? Ou estão querendo dizer que ela expressa certas qualidades, como sabedoria, equilíbrio, serenidade, mais do que uma certa quantidade de tempo? A referência ao tempo, na expressão “alma velha”, é realmente uma referência à experiência.

O tempo, no sentido completo da palavra, é a “dinâmica do vir a ser” no nível interno. Pode ser um conceito útil, enquanto os ajude a articular o ritmo ou fluxo natural das coisas. Mas, quando concebido como uma coisa objetiva, pairando sobre vocês, ele tende a limitá-los e a distrai-los. Vocês não estão limitados a uma determinada linha de tempo. Vocês não são um ser linear. Existem níveis do seu ser que estão fora da estrutura do tempo que vocês estão vivenciando no presente. É para este aspecto de vocês, isto é, para a sua multidimensionalidade, que nós queremos dirigir a sua atenção agora.

MULTIDIMENSIONALIDADE

De acordo com a noção linear de tempo, você não pode estar presente em mais de um lugar ao mesmo tempo. Por “você”, o conceito linear quer dizer o seu corpo, seu cérebro e sua consciência, que, de alguma forma, está presa ao seu corpo/cérebro (a ciência ainda não consegue explicar exatamente como o corpo e a consciência estão “amarrados”, mas ela afirma – geralmente – que a consciência não pode existir sem um corpo físico).

De acordo com o conceito “completo”, subjetivo, de tempo, você está presente onde quer que a sua consciência resida. Onde você está, no tempo e no espaço, é determinado pelo foco da sua consciência e não pela localização do seu corpo.

Por exemplo: você está na estação, esperando que o seu trem chegue. Como ainda vai demorar algum tempo, você se senta e fica ali fitando o nada e, sem perceber, você entra num estado ligeiramente alterado de consciência. Você está pensando em alguém com quem você esteve conversando ontem. Você se lembra claramente de toda a conversa e de como você foi afetado por ela. Você revive alguns aspectos da conversa, trazendo-a do seu passado para o seu momento do Agora. O que realmente está acontecendo aqui, é que você está viajando para o passado e visitando as energias daquele momento outra vez. Suas energias do Agora interagem com as energias do Passado, possivelmente criando alterações na sua experiência daquele momento e, assim, alterando o passado.

Por “alterar o passado”, nós não queremos dizer que você altera alguns aspectos físicos, mas que você os cobre com uma interpretação ou perspectiva diferente. Entretanto, ao alterar o conteúdo percebido de um certo acontecimento passado, você está, num certo sentido, alterando o acontecimento para você.

Apenas pense neste exemplo.

Você teve uma conversa com alguém, que ficou muito ofendido por causa de um comentário seu, que realmente não tinha nenhuma intenção de ser uma crítica. Essa pessoa, com quem você estava falando, começou a destratar você e logo foi embora. Você, por sua vez, acabou ficando ofendido, sentindo-se mal compreendido, zangado e chocado ao mesmo tempo. Depois que você chegou em casa, ainda se sentiu aborrecido por algum tempo, mas depois deixou essa questão de lado e teve uma boa noite de sono. No dia seguinte, na estação, você teve que esperar o trem e então, subitamente, lembrou-se daquela conversa esquisita, onde as coisas acabaram mal de uma forma tão surpreendente. Agora você olha para isso de uma perspectiva diferente e, de repente, você percebe porque o homem se sentiu tão ofendido com o seu comentário. Você se lembra de alguns fatos do passado dele, que você tinha simplesmente esquecido antes de ter aquela conversa. Agora você pode ver a reação emocional dele sob uma luz completamente diferente, principalmente como não tendo nada a ver com você. Não era você que estava causando a dor; você apenas trouxe à tona uma antiga ferida de dentro dele. Esta perspectiva ativa uma resposta emocional diferente dentro de você. Você sente um certo alívio interno e, sim… perdão. “Ah, agora eu entendo… pobre sujeito.”

Nesse momento, você está recriando o passado. Você está cobrindo-o com uma interpretação diferente dos fatos, que substitui a sua reação inicial. Para ser claro, isto não significa que a reação inicial não aconteceu, mas que as energias de raiva, choque e desentendimento foram transformadas em compreensão e perdão. Aconteceu uma “alquimia espiritual” através da interação entre o passado e o presente.

Na verdade, os fatos físicos não são tão importantes. É o conteúdo percebido de uma situação, a sua reação energética a ela, que realmente molda a sua vida e a sua realidade. Portanto, podemos dizer corretamente que você pode alterar o seu passado, viajando através do tempo até as energias do passado que ainda precisam de uma resolução.

Enquanto você está na estação, conduzindo a sua viagem através do tempo, existe alguma camada da sua consciência que ainda está presente no seu corpo. Você pode perceber, “no fundo da sua mente”, que suas mãos estão ficando frias ou que algumas crianças estão falando alto atrás de você. A consciência é capaz de se dividir. Ela pode estar em lugares diferentes ao mesmo tempo, o que quer dizer que a consciência pode residir em diferentes realidades energéticas ao mesmo tempo.

Este é o significado da multidimensionalidade. Sua consciência não é limitada ao espaço e ao tempo. Embora vocês tenham um acordo básico, durante seu tempo de vida na Terra, de que alguma parte da sua consciência esteja sempre conectada com seu corpo terreno, isso não quer dizer que ela seja limitada a um ponto específico no tempo. Vocês não são limitados pelo passado nem pelo futuro, pois eles não são fixos. Eles são campos líquidos de experiência. Eles são mutáveis e vocês podem interagir com eles a partir do Agora.

A sua consciência é multidimensional, mesmo quando vocês pensam que estão presos dentro do seu corpo físico. Vocês conhecem a expressão “Ela está presa no passado”? Uma pessoa não pode se desapegar do passado e sua consciência está preenchida por experiências e emoções passadas, tais como arrependimento, remorsos ou simplesmente tristeza. Essa pessoa “não está aqui”. Ela está literalmente no passado. Como no exemplo acima, ela está interagindo com o passado a partir do momento presente, mas não de uma forma liberativa, alquímica. Seu corpo está presente no aqui e agora, mas ela está presa no passado. Para ela, o tempo se mantém parado, enquanto o relógio está tiquetaqueando e medindo as semanas e meses que vão passando. Isto é porque ela não se move experimentalmente. Ela não flui com os processos naturais da vida e da experiência. Este é um exemplo de multidimensionalidade. Mesmo quando vocês se limitam a um foco tão estreito de consciência, vocês estão sendo multidimensionais. Com isso eu quero dizer que multidimensional não é algo que vocês se tornam, mas algo que vocês são. Faz parte da sua natureza, faz parte do seu estado natural de ser.

A verdadeira questão é: como vocês podem ser multidimensionais de uma forma liberativa e transformadora? Como vocês podem empregar a sua multidimensionalidade de tal modo que possam movimentar-se livremente através das dimensões, sem perderem contato com o seu espírito divino? Sendo multidimensionais a partir de um lugar de sabedoria e consciência: este é o seu destino espiritual. O seu destino é tornarem-se criadores multidimensionais totalmente conscientes

Ser conscientemente multidimensional significa liberar a ilusão do tempo linear, o que também significa liberar a ideia de que vocês são (nada mais do que) os seus corpos.

Ser conscientemente multidimensional é identificar-se com o espírito (Deus) presente dentro de vocês, e que é absolutamente livre para penetrar qualquer reino de experiência (= dimensão) que ele escolher.

Ser conscientemente multidimensional é uma parte essencial da realidade da Nova Terra.

A razão pela qual vocês lutam com o conceito de multidimensionalidade, é que vocês pensam em “estar em dois lugares ao mesmo tempo” de uma forma física. O seu corpo físico não pode estar em dois lugares físicos ao mesmo tempo, no entanto, as dimensões não são lugares físicos, não são “pedaços de matéria”, por assim dizer. As dimensões são reinos de consciência, esferas de consciência que vivem de acordo com certas leis (energéticas).

Sua consciência pode participar de diferentes dimensões ao mesmo tempo. Isto acontece AGORA. Existem realidades do passado, do futuro, dos planos astrais, de vidas passadas, do anjo dentro de vocês, e inclusive outras, que se interceptam e se encontram dentro de vocês, aqui mesmo e neste instante. Vocês SÃO multidimensionais agora. Mas o são de uma forma consciente? Vocês permitem que as dimensões fluam para dentro e para fora de vocês? Vocês aceitam as energias que elas lhes trazem e podem reconhecê-las como sendo suas?

Vocês interagem, o tempo todo, com outras dimensões das quais fazem parte, mas quando fazem isso de uma forma consciente e acolhedora, vocês realmente transformam essas realidades dimensionais. Ao abraçarem energias presas ou reprimidas daquelas dimensões, trazendo-as para a Luz da sua consciência, vocês liberam e integram partes do seu Ser e modificam o seu presente.

Muitos reinos de consciência se encontram dentro de vocês e vocês são essencialmente os Mestres que escolhem vivenciar qualquer um deles. Vocês são livres para viajar através de qualquer um deles, rápido ou devagar, longe ou perto. Enquanto se identificam com o Espírito dentro de si mesmos, vocês se mantêm conscientes de que são livres.

Mas quando vocês ficam presos em pensamentos limitadores, como “isto não é possível”, “isto não é permitido”, “isto não vai dar certo”, etc, vocês submergem na ilusão da separação. Vocês são pegos pela ilusão do tempo linear, a ilusão de que vocês são um corpo, a ilusão de que vocês são separados de Deus. Desta forma, a alma fica temporariamente “presa” a certos reinos de experiência. Ela se esquece das suas verdadeiras origens, da sua divindade e da sua liberdade.

“Ser pego” ou “ficar preso” também é chamado de carma.

“Desprender-se” ou soltar-se geralmente se processa através de uma série de passos ou estágios que vocês chamam de “crescimento interior”. Do ponto de vista humano (linear), vocês estão “liberando o carma” e lentamente transformando a si mesmos segundo os quatro estágios de desenvolvimento interior que descrevemos na série Trabalhadores da Luz. Entretanto, do ponto de vista do Espírito, vocês estão simplesmente saltando de volta para o seu estado natural de percepção divina. Deste ponto de vista, liberar o carma nada mais é do que lembrar-se da sua própria divindade.

O SEU SER DE LUZ

Muitas dimensões, muitos reinos de consciência se encontram dentro de vocês. E vocês realmente são os mestres, os criadores de todo o campo de dimensões. Vocês são uma estrela com muitos raios, uma consciência de alma com muitas manifestações. Vocês são livres para ativar qualquer realidade que escolham. Se abandonarem a ideia de tempo linear ou cronologia, vocês se permitirão acreditar que o passado ou o futuro não determinam vocês. Então poderão se sentir no centro de um campo vibrante de dimensões, todas emanando de uma fonte divina, atemporal: VOCÊS.

Imaginem-se no centro de todas estas realidades, no centro de todas estas possibilidades e, em seguida, escolham uma que traga a maior Luz para vocês.

Escolham o raio mais brilhante, mais amoroso do campo e, então, por um momento, vão para dentro dele e sintam como é SER esse raio.

Este é o seu Ser de Luz.

Esta é a parte de vocês que mais se parece com Deus.

Tradicionalmente, os seres mais próximos de Deus são chamados arcanjos.

E isso é o que vocês são, nesta dimensão, exatamente agora.

Vocês realmente são arcanjos.

Os arcanjos são seres que estão muito perto da Fonte/Espírito/Deus, mas não são completamente uno com Ele. Estão um passo para fora da consciência absoluta, isto é, dos Seres puros sem diferenciação, identidade ou individualidade.

Os arcanjos têm um tipo de individualidade. Existe singularidade em todos eles. Pode-se dizer que um arcanjo tem certas características. Não se pode dizer isto de Deus ou da Fonte. Deus é Tudo e Nada. Por isto, os arcanjos entraram “no reino da separação”, o reino de Eu versus o Outro. Eles fazem parte da dualidade, embora ligeiramente.

Um arcanjo é um aspecto de Deus que se manifestou como um Ser específico, uma Forma específica. O filósofo grego Platão chamou isto de “uma Ideia”, o que – nos nossos termos – é  uma realidade energética básica ou “arquetípica” que transcende o mundo físico. Nesse sentido, os arcanjos são Ideias platônicas. Existe um arcanjo (Ideia) do Amor, da Verdade, da Bondade, etc., cada um personificando a energia de um aspecto específico de Deus. Os arcanjos não são tanto pessoas, mas campos de energia com uma propriedade característica.

Por que o Espírito ou Deus exteriorizou aspectos de Si mesmo deste modo?

Ele fez isso pela alegria da criatividade. As energias de arcanjo são uma expressão da inesgotável alegria criativa de Deus.

Os arcanjos não estão fora de Deus. Nada está fora de Deus. Deus está em tudo. Deus está presente em todas as energias criadas como o “aspecto Espiritual”. Este aspecto é o que torna UNA todas estas energias. O que separa um ser de outro, o que o faz diferente e único é o “aspecto da alma”. O aspecto da alma inclui a individualidade de um ser.

Todos os seres criados que têm individualidade são verdadeiramente uma união de Espírito e Alma, de consciência (espírito) e experiência (alma).

A criação é uma dança de Espírito e Alma.

Os arcanjos são, por assim dizer, os filhos primogênitos de Deus. Não são os “primeiros” num sentido linear, mas no sentido de estarem muito próximos de Deus. Eles carregam uma profunda consciência interior da sua divindade (o “aspecto Espiritual”). Os humanos percebem os arcanjos como uma Luz brilhante e pura.

Existem diferentes arcanjos. Todos os arcanjos emanam energia como raios de luz de um sol. Emitindo estes raios cada vez mais longe, o arcanjo entra em contato com espaços desconhecidos, com reinos de experiência que são novos para ele. A energia do arcanjo estende-se para fora e, neste movimento espontâneo, criativo, ela desliza através daquilo que é Outro, diferente dela, aquilo que não é Luz, mas Escuridão. Aqui, Escuridão significa simplesmente: mais afastado da Unidade/Espírito – mais voltado para os reinos da individualidade.

Deus ou o Espírito não é nem Escuridão nem Luz. Deus simplesmente É. Os arcanjos são seres de Luz. Ao criar a Luz, Deus também criou a Escuridão. Isto é simplesmente porque os arcanjos estão na dimensão da dualidade, fora da Unidade. Eles têm um sentido de individualidade. A criação do ser de Luz (o anjo) trouxe consigo a criação do ser Escuro, a parte do Ser onde a Luz está ausente. Existe beleza nesta polaridade, já que constitui a dinâmica da criação.

Deus, ser e consciência puros, desejava a experiência, e esta experiência Ele(Ela) obteve através do universo criado, através da Sua presença nos aspectos luminoso e escuro desse universo.

O que os arcanjos iam experimentar, depois de entrarem no reino da dualidade, Deus não sabia. Isto é o que Ele ansiava: não CONHECER tudo, mas experimentar algo novo. Ao darem um passo para fora da Unidade, os arcanjos entraram num espaço vazio, um espaço de potencialidade, um espaço de possibilidades inesgotáveis.

Os arcanjos descobriram que eles podiam criar muitas formas, e viver dentro delas. Toda forma que vocês habitam, como um ser consciente, tem um certo ângulo ou perspectiva inerente a ela, que permite que uma “consciência sem forma” experimente as coisas de maneiras específicas. Todo o processo dos arcanjos aventurando-se em busca de experiências pode ser retratado como uma imensa cascata de luz cintilante. A energia dos arcanjos saiu aos borbotões da Fonte/Deus, como um fluxo massivo de água brilhante, cintilante, indo em todas as direções. Dentro desta enorme corrente de água, pequenas correntes se separaram e foram se dividindo em correntes menores ainda, até chegarem a ser pequenas gotas de luz líquida. Estas gotas podem ser comparadas com unidades individuais de consciência, cada uma com seu próprio conjunto de experiências.

A dança do Espírito e da Alma agora havia verdadeiramente começado!

As unidades individuais de consciência, que nós chamamos almas, seguiram sua viagem. Elas carregavam, no fundo de si mesmas, a energia do Espírito ou da Fonte, bem como a energia do arcanjo da qual originaram. Mas, à medida que viajaram para mais e mais longe, elas vieram a experimentar que era possível esquecer suas origens, esquecer sua divindade e perder-se na escuridão e na ilusão. Esta polaridade de escuridão e luz podia ser melhor experienciada como um ser humano, vivendo na Terra.

Quando descrevemos o processo dos arcanjos emanando da Fonte e finalmente tornando-se um ser humano, parece que estamos contando uma historia linear, cronológica. Mas isto não é assim. A emanação ou cascata de energia de Deus está acontecendo Agora mesmo. Este relato lhes fala sobre as identidades que estão disponíveis para vocês Agora, não sobre quem vocês foram num passado distante. Neste preciso momento, há uma camada de energia pura de arcanjo dentro de vocês, uma camada de Luz pura. Também há camadas de confusão e medo dentro de vocês. Mas vocês podem escolher, a qualquer momento, ser o ser de Luz, o anjo que vocês são. Isto não é algo que vocês precisam desenvolver, é simplesmente uma parte de quem vocês são.

É importante que se deem conta de que vocês não precisam admirar mestres espirituais, guias ou anjos. Não existe nenhuma autoridade acima de vocês. Vocês mesmos estão entre os “primogênitos’, sentados próximos ao trono de Deus. Vocês mesmos são Deus e anjo.

A forma mais fácil de entrar em contato com seu ser de Luz é conectando-se com a camada de pura consciência, de puro Espírito, dentro de vocês. Vocês fazem isto aquietando-se, nos níveis externo e interno. O silêncio que vocês experimentam então, na verdade está sempre presente em vocês; vocês só têm que se conscientizar dele.

Quando vocês estão conectados com o silêncio – a dimensão da eternidade dentro de vocês – vocês podem sentir o desejo do Espírito por experiência. Foi deste desejo que nasceu o seu ser de Luz. A alma experimenta a maior alegria na interação entre o Espírito e a experiência, a interação entre a divindade e a humanidade. Este é o segredo do universo.

Quando vocês são puramente Espírito, sua realidade é estática. Nada muda. A experiência e o movimento só aparecem quando há um relacionamento com algo fora de vocês/Espírito. Quando  vocês sentem algo diferente de vocês mesmos, há um convite para explorar, sentir, descobrir. Mas para experimentar algo diferente de vocês, vocês precisam sair da Unidade absoluta, fora de Deus/Espírito. Quando vocês fazem isto, passam a ser uma alma individual.

Vocês são uma alma única, um pé no reino do Absoluto, um pé no reino do Relativo (dualidade).

Em suas explorações da relatividade (dualidade), vocês podem se afastar tanto do Lar, que perdem contato com o elemento de Espírito dentro de vocês. Então sua alma se perde na ilusão do medo e da separação.

A maior alegria possível é quando vocês fazem parte no reino da Experiência, enquanto permanecem conectados com o Espírito, com o Lar. A interação equilibrada entre o Espírito e a Alma é a fonte da maior criatividade e Amor.

Deste ponto de vista, vocês todos estão a caminho de encontrar o equilíbrio correto entre a Unidade absoluta e ser uma alma individual. Aqueles entre vocês que são Trabalhadores da Luz estão, no presente, trabalhando em direção a uma maior conscientização da sua Unidade com o Espírito. Eles viajaram dentro da dualidade por muito tempo, e eles – você por exemplo, meu querido leitor – estão prontos para regressar ao Lar. No entanto, não para um Lar estático de Pura Unidade, mas para uma realidade dinâmica, criativa de humanos divinos, multidimensionais, cuja experiência estará cheia de alegria e Luz.

Este é o final da série “Trabalhadores da Luz”. Em todos aqueles que leram isto, há uma intensa saudade do Lar e uma profunda determinação para realizar seus desejos mais profundos. Mantenham seus anseios e desejos vivos, e confiem neles, porque eles os levarão ao Lar.

Com meu mais profundo Amor,

Jeshua

……………………………………………………………………………………………………………………………….

Fonte: Jeshua Channelings | Channelings I The Lightworker series | Your Light Self | Time, Multidimensionality and your Light Self
Tradução: Vera Corrêa – veracorrea46@gmail.com

Via: Sementes das Estrelas | JESHUA – “TRABALHADORES DA LUZ – PARTE 4 (FINAL): O SEU SER DE LUZ

Parte 1: Aqui
Parte 2: Aqui
Parte 3: Aqui

 


Ouça também a mensagem através deste vídeo:

Jeshua – “Trabalhadores da Luz – Parte 4 (Final): O SEU SER DE LUZ”

Publicado por mxvenus

Via: Jeshua – “Trabalhadores da Luz – Parte 4 (Final): O SEU SER DE LUZ” – YouTube


APRENDENDO UM POUCO MAIS SOBRE A MISSÃO DOS TRABALHADORES DA LUZ – PARTE 3…

inquisicao-fogueira

TRABALHADORES DA LUZ – PARTE 3:  A ENCARNAÇÃO  DOS  TRABALHADORES  DA  LUZ  NA  TERRA

Jeshua

Jeshua

Canalizado por: Pamela Kribb

 

A ENCARNAÇÃO DOS TRABALHADORES DA LUZ NA TERRA

Quando vocês encarnaram na Terra, vocês tinham acabado de começar a transição da consciência baseada no ego para a consciência baseada no coração. Nós resumimos esta transição em quatro passos. Vocês deram o primeiro passo quando se conscientizaram do seu desejo por “algo mais”, algo diferente da luta pelo poder que antes preenchia suas vidas.

Essa luta supriu as suas vidas com propósito e significado por um período considerável de tempo. A fascinação pelo poder levou-os a usar o homem como um marionete em suas batalhas galácticas. Todos os impérios galácticos fizeram parte disto. Mas quando as “energias guerreiras” foram transportadas para a Terra, com o homem como seu campo de ação, vocês voltaram-se mais para a posição de observadores e deixaram de participar diretamente das batalhas. Vocês observavam o que acontecia na Terra. Viram o ser humano desenvolver-se para um estado de ser que vocês tinham alcançado há muito tempo atrás. Vocês tinham se tornado guerreiros sofisticados, com métodos refinados de manipulação psíquica e de operações militares. O homem também chegaria a isso, com seus implantes genéticos nele colocados.

Esses implantes genéticos provocaram um elevado nível de desenvolvimento mental no ser humano. As funções próprias do instinto natural e do sentimento foram mais ou menos suprimidas em favor das funções do pensamento e do raciocínio.

Mencionamos que as influências galácticas provocaram um elevado nível de medo no ser humano  em desenvolvimento. Na realidade, este elemento de medo esteve intimamente ligado à ênfase exagerada no pensar. Numa situação equilibrada, o medo é superado ou posto na perspectiva correta por suas habilidades intuitivas naturais e por sua capacidade de sentir o que é certo ou apropriado fazer. Entretanto, quando a faculdade do pensamento toma a frente, o medo tende a ser reforçado, já que o pensamento se baseia num processo mecânico lógico que não permite a participação da intuição ou do sentimento. Quando a faculdade mental é alimentada por emoções de medo, ela tende a se descontrolar e produzir ideias ilusórias, ideias relacionadas a controlar tudo e todos. Os regimes ditatoriais são um exemplo desta faculdade mental descontrolada.

A resposta ao medo nunca é pensar mais. É pensar menos e confiar no fluxo da vida. É retornar ao estado de graça que é seu direito de nascimento. É liberar ao invés de se agarrar.

Quando o estágio do domínio do ego acabou para as almas dos Trabalhadores da Luz, eles se abriram para um novo modo de ser. Vocês intuitivamente buscaram a energia do coração. Vocês estavam realmente procurando uma espécie de criatividade que transcendesse o mero jogo do poder. Sentiam que a luta pelo poder era destrutiva e que não podia criar nada novo, já que matava e assimilava tudo o que fosse “outro”.

Ao tentarem controlar e dominar a vida, tanto dentro quanto fora de vocês, na verdade vocês tentam fazer com que a realidade seja estática e previsível. Em última análise, o poder é incrivelmente maçante.

Quando vocês se conscientizaram disso, perceberam que seu verdadeiro desejo não era ter poder, mas ser verdadeiramente criativos. Ser verdadeiramente criativo é estar em contato com a sua própria divindade.

Como vocês são seres divinos, com o que quer que vocês façam ou deixem de fazer vocês, estão sempre criando algum tipo de realidade. A criatividade é sua própria natureza. Na fase do ego, vocês exploraram a possibilidade de negar sua verdadeira natureza. Por certo, isto é  um ato criativo, em algum nível, de um modo distorcido. Entretanto, ser verdadeiramente criativo é criar de acordo com a vida, não de acordo com a morte.

Quando vocês chegaram a esta compreensão, a lembrança do “lar” despertou. A vaga lembrança de um estado de pura e ditosa unidade entrou em sua consciência novamente e vocês souberam que, de algum modo, esta era a chave para sua felicidade. Mas vocês se sentiram desamparados e ignorantes, já que não tinham ideia de como chegar a isso. Sabiam que o ego não tinha a resposta, mas ainda não haviam realmente entrado no reino da consciência baseada no coração.

Ao mesmo tempo, surgiu dentro de vocês um sentimento crescente de remorso e culpa pelo que tinham feito aos seres humanos da Terra. Especialmente na Terra, havia esplêndidas oportunidades para que a consciência se expressasse livremente de muitas formas diferentes. A Terra era destinada a ser um unificador de energias diferentes, um crisol no qual energias diferentes e inclusive opostas pudessem alcançar um modo de coexistir em harmonia. O campo energético da Terra foi criado para alojar um conjunto muito heterogêneo de energias.

A diferença entre viver na Terra e viver em outros lugares no “universo” – seja nos níveis físico ou astral – é a enorme variedade de energias presentes na Terra. Além disso, esta variedade não está presente apenas como uma vasta multiplicidade de formas de vida ou espécies – na verdade,  ela está presente dentro de um único ser, o ser humano. O ser humano é capaz de conter um espectro de energias mais amplo do que qualquer outro ser é capaz. Vocês têm dentro de si a energia do assassino e a do santo, a energia da criança, do adulto e do ancião, a energia masculina e a feminina, a energia ativa e a passiva, a racional e a emocional, a energia da água, do ar, do fogo e da terra, etc.. Isto pode parecer banal ou simplesmente natural para vocês, como seres humanos, mas para qualquer outro ser no universo, é uma grande façanha. O simples fato de ser um humano é uma grande façanha, mesmo sem ter feito nada em especial.

Mas a qualidade mais específica do homem é a habilidade de fundir energias que antes pareciam incompatíveis. O homem foi projetado, não só para abrigar todas estas diferentes energias, mas também para ser um mediador, um construtor de pontes entre elas.

A razão de Deus, o Espírito ou Tudo o Que É, ter criado o conceito de ser humano, foi que o universo estava enfermo, num estado de estagnação. Ao explorar a vida “fora da unidade”, a consciência tendia a experimentar diferentes formas de vida, em diferentes planetas e lugares no universo. Quando uma alma tinha experimentado tudo o que havia para experimentar numa determinada forma de vida, ela ia embora – no sentido de não encarnar mais ali – e seguia adiante, para encarnar em outras formas de vida que respondessem às suas necessidades particulares. Não havia necessidade de transformar energia, enquanto se vivia em uma determinada forma de vida. Quando se desejava uma mudança, trocava-se o corpo. Não porque as almas fossem preguiçosas ou frívolas, mas porque a maioria dos corpos – variando em densidade do físico ao astral – ofereciam possibilidades limitadas de experiência e, portanto, oportunidades limitadas para se crescer ou se transformar enquanto se estava no corpo. O corpo não podia sustentar tantas energias diferentes. Por exemplo, se você vivesse num planeta de água, onde encarnasse como um ser aquático, isto lhe capacitaria a experimentar a natureza da água de todos os modos possíveis. A “sensação” de ser líquido, não rígido, fluido, móvel é, na verdade, maravilhosa. Mas quando você quisesse experimentar ser fixo e imóvel, você tinha que deixar esse corpo e ir viver dentro de uma montanha por um tempo. Inclusive, se você vivesse como um ser galáctico em busca de poder, você não poderia realmente mudar a sua consciência dentro daquele corpo.

A consequência destas possibilidades limitadas ou especializadas de experiência dentro de um determinado corpo foi que o mundo de formas de vida criadas ficou emperrado. Ele não podia crescer ou expandir-se, e ficou como que preso em estagnação.

O ser humano foi projetado para abarcar uma imensa variedade de energias. Ele não foi feito para se especializar. Na verdade, a divisão entre os sexos trouxe consigo um pouco de especialização, mas as energias masculina e feminina já estavam tão segregadas e desequilibradas naquela época, que foi muito complicado mantê-las em doses iguais dentro de um corpo. Se elas tivessem sido colocadas dentro de um ser, com igual intensidade e nos seus estados desequilibrados, vocês teriam sucumbido.

O poder único do ser humano é o de sustentar uma ampla variedade de energias e levá-las a um estado de equilíbrio criativo (não estático). Na verdade, este poder é igual à habilidade de transformar escuridão em luz, isto é, o poder da alquimia espiritual. Aquilo que leva as energias antes opostas a um estado de harmonia dinâmica é a energia crística, a energia que mantém a unidade a despeito da dualidade. Esta é a mesma energia que transforma a escuridão, aceitando-a e, deste modo, permitindo que o medo se transforme  em alegria. A energia crística é a “terceira energia”, a que une através da aceitação. Sua força alquímica está na sua qualidade de ser totalmente abrangente, totalmente acolhedora e corajosa.

Vocês, como seres humanos, são os únicos seres que têm esta habilidade para a alquimia espiritual. Nem as plantas, nem os animais, nem os anjos, nem os “senhores da escuridão” têm este poder. Todas as almas podem experimentar como é ser luz, como é ser escuridão, como é ser todos os diferentes seres que vivem no universo, mas não podem experimentar como é transformar escuridão em luz, enquanto permanecem em sua forma de vida presente. Elas não podem imaginar como é mudar em níveis internos, de tal forma que se crie uma realidade diferente (física ou espiritual) para si mesmo enquanto se segue adiante.

As almas, que estão encarnadas em outras formas de vida diferentes da humana, também “criam sua realidade” e têm livre-arbítrio, mas têm menos possibilidades de abranger estados de consciência tão diferentes e inclusive opostos, enquanto permanecem no mesmo corpo, na mesma forma (humana). Vocês, como humanos, são construtores de pontes – ou alquimistas espirituais – e isto é o que os torna únicos – a Terra e o ser humano.

Agora voltaremos à nossa história sobre as almas dos Trabalhadores da Luz que se sentiram angustiadas e arrependidas por causa de sua interferência na vida dos seres humanos. Elas perceberam que estava se estabelecendo, sobre a Terra, um jogo totalmente novo, um jogo cheio de promessas, que elas fizeram o máximo para sufocar em seu próprio benefício. E sentiram dor por causa disso. Em algum nível, elas também perceberam que haviam bloqueado seu próprio caminho espiritual para a luz e para a verdadeira alegria, por causa de seus atos de egoísmo. Inclusive, quando elas despertaram do seu sono de ego, viram que a Terra era um lugar lindo, um planeta verde, abundante de vida.

Muitos de vocês, Trabalhadores da Luz, sentem-se conectados com a cultura ou o território da Lemúria, ou Mu, como nós preferimos chamá-lo. Mu é na verdade um “paraíso submerso”. Pertenceu a uma era que não pode realmente ser localizada na sua linha de tempo atual. Pertenceu a uma dimensão ou linha de tempo diferente. A Terra ainda não tinha perdido sua inocência. Naquela dimensão, vocês fizeram parte dos tempos paradisíacos sobre a Terra, como seres angélicos que acalentavam e cuidavam da vida. Como exporemos mais adiante, vocês são seres multidimensionais, habitando diferentes planos de realidade ao mesmo tempo. A ideia de tempo não é tão fixa e linear como vocês pensam. Quando vocês expressaram o seu lado escuro como guerreiros galácticos, vocês também – em outra linha de tempo – expressaram um aspecto luminoso e puro de si mesmos, em Mu, onde prepararam o planeta para a chegada das almas terrestres. Contribuíram para o florescimento do planeta verde e, em algum nível, vocês sabiam disto quando saíram de seu estágio “guerreiro” de consciência. Sabiam que estiveram destruindo aquilo que tinham ajudado a criar.

Quando se deram conta da promessa e da beleza da Terra, sentiram a urgência interior de descer até lá e reparar o que havia sido danificado. Vocês encarnaram em corpos humanos com a intenção de trazer luz e criar valores baseados no coração, em um meio ambiente que estava essencialmente dominado por valores egoístas. Queremos nos estender um pouco nesta questão de  trazer luz, pois há algo aí que frequentemente lhes causa confusão e mal-entendidos.

Quando vocês, Trabalhadores da Luz, encarnaram na Terra, na realidade começaram um processo de transformação interior, no qual vocês completariam sua transição da consciência baseada no ego para a consciência baseada no coração. Vocês estavam no caminho de liberar completamente a consciência baseada no ego, e a vida na Terra lhes proporcionou a oportunidade de lidar com o que ainda restava da energia baseada no ego dentro de vocês. As energias que vocês desejavam limpar seriam encontradas nos próprios seres que vocês tinham manipulado e em quem agora habitariam: dentro do ser humano, dentro de vocês mesmos.

O motivo mais profundo para a sua vinda à Terra era chegar a um acordo com a sua escuridão interna, e vocês concordaram em se encontrar com esta escuridão dentro de vocês mesmos como seres humanos. Embora frequentemente pensem que estão aqui para ajudar os outros ou para ajudar a mãe Terra, a razão mais fundamental de estarem aqui é curar a si mesmos. Este é o seu verdadeiro trabalho com a luz. Tudo o mais é secundário.

No nível mais profundo, suas almas desejavam responsabilizar-se pela escuridão que tinham difundido. Entretanto, responsabilizar-se por seu lado escuro é principalmente uma aventura solitária. Não envolve outros que vocês devem ajudar ou curar. Envolve apenas vocês mesmos. Vocês ajudarão outros durante o processo, mas isto é um efeito secundário. É importante perceber a ordem correta das coisas aqui, uma vez que – como vocês sabem – vocês têm a tendência de serem muito diligentes em ajudar os outros. Este entusiasmo para ajudar os outros muitas vezes torna-se uma armadilha, pois suas energias ficam enredadas com a outra pessoa e, muito frequentemente, depois vocês se sentem esgotados e desiludidos. Por favor, lembrem-se que dar mais do que se recebe não é nobre nem baseado no coração, é simplesmente um engano. O engano é acreditar que, em parte, vocês são responsáveis pela situação ou estado mental de alguma outra pessoa. Isto não é verdade. Cada um é responsável por sua própria felicidade ou desgraça. E isto, na verdade, é uma bênção, pois proporciona a cada um o poder de criar e, deste modo, modificar sua própria realidade.

Vocês não estão aqui para “consertar” as outras pessoas ou a mãe Terra. Estão aqui para  curar as feridas profundas dentro do seu próprio ser. Por favor, atendam a esta tarefa e tudo o mais se encaixará em seu devido lugar sem nenhum esforço da sua parte.

Quando chegaram à Terra e encarnaram em corpos humanos, vocês tiveram a tendência a combater as energias que desejavam superar. Nesse estágio, vocês estavam numa situação paradoxal. Por um lado, sabiam que queriam “algo mais” além do poder e odiavam a si mesmos pelo que tinham feito de errado anteriormente. Mas não estavam livres daquilo que odiavam em si mesmos. Vocês ainda não estavam livres do domínio do ego. Quando chegaram à Terra, vocês tiveram a tendência de se aborrecer com a escuridão, de se zangar por causa dela, e a sua reação foi combatê-la. O paradoxo é que vocês queriam combater as energias egoístas através da luta, a própria energia que vocês desejavam abandonar.

Até então vocês não estavam conscientes das verdadeiras implicações da consciência baseada no coração. Quando vocês observam a partir do coração, não existe batalha entre o Bem e o Mal. A realidade do coração transcende ambos. O coração não se opõe à escuridão. A consciência baseada no coração está fundamentada na aceitação de tudo, de todas as coisas que existem. É um tipo de consciência que libera a ideia de que a luta resolve qualquer coisa.

Embora ansiassem por um modo pacífico, não combativo, de lidar com a realidade, vocês não tinham a experiência de realmente viver de acordo com este ideal. Vocês se encontravam numa “zona intermediária”, um terra de ninguém, antes de entrarem em um novo reino de consciência.

Então, começaram a cometer todo tipo de “enganos”, no sentido de retornarem a modos de ser que vocês queriam abandonar. Ficavam ansiosos para mudar ou converter qualquer pessoa ou grupo que apresentasse um comportamento próprio do ego ou que adotasse valores baseados no ego. Entretanto, eles reagiam agressivamente a vocês, muitas vezes sem sequer entender o que vocês estavam tentando lhes transmitir. Os Trabalhadores da Luz foram perseguidos por séculos, como bruxos, pagãos ou agitadores (políticos). Pareciam dirigidos por ideais para os quais o mundo não estava preparado. Pareciam diferentes e não se enquadravam. Eles realmente encontraram muita resistência.

O que aconteceu aqui foi que vocês mudaram para o papel de vítima, depois de terem desempenhado o papel de agressores por bastante tempo nos reinos galácticos. Sua “ira espiritual” evocou reações agressivas no seu ambiente, e vocês tornaram-se as vítimas, experimentando humilhação, profunda dor e desautorização. O trauma de ser rejeitado e/ou expulso repetidas vezes, em várias vidas, deixou cicatrizes em suas almas. Acabaram sentindo-se desautorizados e indesejados. Muitos de vocês, nesta vida, sentem-se cansados e com saudades de um mundo mais amoroso e significativo.

É muito importante que vocês percebam que o papel de vítima é apenas isso: um papel que vocês desempenham. É uma interpretação possível dos fatos, mas é uma interpretação limitada e distorcida. Vocês nem são vítimas nem algozes. Vocês são a consciência da alma que criou papéis para vocês mesmos exercerem por um tempo. Não são realmente as vítimas de um mundo de mentalidade materialista e egoísta.

De fato, os encontros que vocês tiveram com energias agressivas, não cooperativas, em muitas de suas vidas, simplesmente refletiram seus próprios laços com a consciência baseada no ego, sua própria dependência dela. Se procurarem resultados através da luta, receberão de volta a energia da luta. Isto é/ foi a sua própria energia retornando a vocês! E esse é o – único – significado do carma.

A tendência para combater o “mal” baseia-se na crença de que o mal está fora de vocês e que deve ser banido da realidade. O convite espiritual para vocês, Trabalhadores da Luz, durante todas as suas encarnações, tem sido sempre reconhecer e aceitar seu próprio lado escuro e compreender seu papel e propósito.

O convite mais profundo é para perdoar a si mesmos e redescobrir a sua inocência. Vocês são inocentes e sempre foram. Podem realmente entender isto? Se entenderem, não vão mais querer mudar o mundo nem lutar contra a injustiça. Vocês vão querer brincar, se divertir e aproveitar cada momento de suas vidas e simplesmente ser quem vocês são e compartilhar isso com outros.

Quando vocês, Trabalhadores da Luz, liberarem a ideia de que têm que lutar, por alguma coisa ou por alguém, não serão mais hostilizados pelo “mundo externo”, pela sociedade ou pelas pessoas em geral, por serem diferentes. Vocês não vão querer mudar nada e, portanto, não encontrarão resistência. Saberão que são bem-vindos, que sua contribuição para esta realidade é valiosa e que são valorizados pelos outros.

Quando tiverem liberado completamente a consciência baseada no ego, saberão que estão isentos de perseguição ou ameaça externa. Terão ido além dos papéis de vítima e perseguidor; sua jornada terá descrito um círculo completo. Vocês terão liberado suas cargas cármicas e estarão totalmente livres para criar tudo o que quiserem.

Vocês estão a ponto de dar à luz uma nova consciência, um tipo de consciência que liberou totalmente a necessidade de controlar ou possuir algo. Ela é livre de medo. É a consciência Crística. Quando Jesus viveu na Terra, ele quis lhes dizer que a espiritualidade não é uma questão de guerra entre luz e escuridão. É uma questão de encontrar um nível de percepção que vá além do bem e do mal, um lugar de onde vocês possam compreender e aceitar todas as coisas. “O reino de Deus está dentro”. Tudo o que vocês precisam está do lado de dentro. A paz, a alegria e a tranquilidade são suas, quando vocês realmente se dão conta do que são: um ser divino em expressão.

Só quando se dão conta de que estão aqui para transformar-se e curar a si mesmos, é que as coisas começam realmente a mudar para vocês e, como efeito colateral, para outras pessoas que os rodeiam. O mundo é o que é, e a coisa mais elevada que vocês podem fazer por ele é simplesmente amá-lo pelo que ele é. Amem e vejam a beleza de cada ser que está viajando através deste plano da realidade.

Muitos de vocês são motivados pela energia de Jesus. Isto é porque ele é seu parente. Jesus foi simplesmente um Trabalhador da Luz livre dos elos cármicos, um Trabalhador da Luz de posse de um elevado nível de auto-conhecimento. Vocês são tocados pela energia dele, porque sabem que é a energia para a qual estão se movendo. A energia de Cristo é a energia de seu próprio ser futuro.

Continua… PARTE 4 (FINAL)

……………………………………………………………………………………………………………………………….

Fonte: Jeshua Channelings | Channelings I The Lightworker series | Lightworker III | Lightworkers incarnating on earth
Tradução: Vera Corrêa – veracorrea46@gmail.com

Via: Sementes das Estrelas | JESHUA – “TRABALHADORES DA LUZ – PARTE 3: A ENCARNAÇÃO DOS TRABALHADORES DA LUZ NA TERRA”

Parte 1: Aqui
Parte 2: Aqui


 

Ouça também a mensagem através deste vídeo:

Jeshua – “Trabalhadores da Luz – Parte 3: A ENCARNAÇÃO DOS TRABALHADORES DA LUZ NA TERRA”

Publicado por mxvenus

Via: Jeshua – “Trabalhadores da Luz – Parte 3: A ENCARNAÇÃO DOS TRABALHADORES DA LUZ NA TERRA” – YouTube


APRENDENDO UM POUCO MAIS SOBRE A MISSÃO DOS TRABALHADORES DA LUZ – PARTE 2…

Ocean

TRABALHADORES DA LUZ – PARTE 2: A HISTÓRIA GALÁCTICA DOS TRABALHADORES DA LUZ

Jeshua

Jeshua

Canalizado por: Pamela Kribbe 

 

O NASCIMENTO DA ALMA

As almas dos Trabalhadores da Luz nasceram muito antes que surgissem a Terra e a humanidade. As almas nascem por levas. Em certo sentido, as almas são eternas, sem começo e sem fim. Mas, em outro sentido, elas nascem num determinado ponto. É neste ponto que suas consciências alcançam um sentido de individualidade própria. Antes desse ponto, elas já existem, como uma possibilidade. Ainda não há consciência de “eu” e “outro”.

A consciência do “eu’ aparece quando, de algum modo, é feita uma linha de demarcação entre grupos de energias. Temos de voltar às metáforas para poder explicar isto.

Pensem no oceano, por um momento, e imaginem que ele é um enorme campo de energias fluindo: correntes que se juntam e se separam constantemente. Imaginem que uma consciência difusa permeia todo o oceano. Chamem-na de espírito do oceano, se quiserem. Depois de algum tempo, concentrações de consciência emergem em certos lugares do oceano. A consciência aqui é mais focalizada, menos difusa do que no seu entorno direto. Por todo o oceano, há uma diferenciação progressiva que leva ao desenvolvimento de formas transparentes dentro do oceano. Essas formas, que são pontos focalizados de consciência, movem-se independentemente do seu entorno. Experimentam a si mesmas como formas diferentes do oceano (espírito). O que ocorre aqui é o nascimento de um sentido rudimentar de “eu” ou auto-consciência.

Por que os pontos focalizados de consciência apareceram em algumas partes do oceano e não em outras? Isto é muito difícil de se explicar. No entanto, vocês podem sentir que há algo muito natural neste processo? Se atirarem sementes sobre num campo de terra, vocês notarão que as pequenas plantas que brotarem crescerão cada uma no seu próprio tempo e ritmo. Uma não crescerá tanto ou tão facilmente quanto a outra. Algumas nem sequer crescerão. Há diferenciação através do campo. Por quê? A energia do oceano (o espírito do oceano) intuitivamente procura a melhor expressão possível para todas as suas múltiplas correntes ou camadas de consciência.

Durante a formação de pontos individuais de consciência no oceano, há um poder externo que trabalha sobre o oceano – ou assim parece. Esse é o poder da divina inspiração, que pode ser concebido como o aspecto masculino Daquele que criou vocês. Enquanto o oceano representa o lado feminino, receptivo, o aspecto masculino pode ser visualizado como raios de luz derramando-se no oceano, que intensificam o processo de diferenciação e a separação em massas individuais de consciência. Eles são como os raios de sol que aquecem a sementeira.

O oceano e os raios de luz juntos formam uma entidade ou ser que pode ser chamado de arcanjo. É uma energia arquetípica que integra ambos os aspectos masculino e feminino em si mesma, e é uma energia angélica que se manifesta ou se expressa  para vocês. Voltaremos à noção de arcanjo mais tarde, com mais detalhes, no último capítulo da série Trabalhadores da Luz, chamado “Seu Ser de Luz”.

Depois que a alma nasce como uma unidade individual de consciência, lentamente abandona o estado de unidade oceânica que foi seu lar durante muito tempo. Ela se torna cada vez mais consciente de estar separada e independente.

Com essa conscientização, aparece, pela primeira vez em seu ser, uma sensação de perda ou carência. Quando ela se lança no seu caminho de exploração como uma entidade individual, ela carrega consigo um certa saudade da totalidade, um desejo de pertencer a algo maior do que ela mesma. Bem no fundo, ela conserva a lembrança de um estado de consciência onde tudo é um, onde não existe “eu” e “outro”. Isto é o que ela considera o “lar”: um estado de unidade extasiante, um lugar de completa segurança e fluidez.

Com esta lembrança “no fundo da mente”, ela começa sua viagem através da realidade, através de incontáveis campos de experiência e exploração interna. A nova alma é levada pela curiosidade e tem uma grande necessidade de experiência. Esse é o elemento que não existia no estado oceânico de unidade. Agora a alma pode explorar livremente tudo o que deseja. É livre para procurar a totalidade de todas as maneiras possíveis.

Dentro do universo, há incontáveis planos de realidade para serem explorados. A Terra é apenas um deles, e um que surgiu relativamente tarde, falando numa escala cósmica. Os planos da realidade, ou dimensões, sempre se originam de necessidades interiores ou desejos. Como todas as criações, são as manifestações de visões internas e ponderações. A Terra foi criada de um desejo interno de juntar elementos de diferentes realidades que colidiam uns com outros. A intenção era que a Terra fosse um crisol de fusão para uma grande gama de influências. Explicaremos isto mais abaixo. Agora é suficiente dizer que a Terra chegou relativamente tarde no estágio cósmico e que muitas almas viveram muitas vidas de exploração e desenvolvimento em outros planos de realidade (planetas, dimensões, sistemas estelares, etc.), antes mesmo que a Terra nascesse.

Os Trabalhadores da Luz são almas que viveram muitas, muitas vidas nesses outros planos, antes de encarnarem na Terra. Isso é o que os distingue das “almas terrestres”, como as chamaremos por questão de conveniência. As almas terrestres são aquelas que encarnaram em corpos físicos na Terra relativamente cedo em seu desenvolvimento como unidades individualizadas de consciência. Pode-se dizer que elas começaram seu ciclo de vidas terrestres, quando suas almas estavam em suas etapas infantis. Naquele tempo, os Trabalhadores da Luz eram almas “adultas”. Eles já haviam passado por muitas experiências, e o tipo de relacionamento que mantiveram com as almas terrestres pode ser comparado àquele entre pais e filhos.

O DESENVOLVIMENTO DA VIDA E DA CONSCIÊNCIA NA TERRA

A evolução das formas de vida na Terra foi estreitamente entrelaçada com o desenvolvimento interno das almas terrestres. Embora nenhuma alma esteja ligada a um planeta em particular, pode-se dizer que as almas terrestres são os nativos do seu planeta. Isso porque seu crescimento e expansão coincidem aproximadamente com a proliferação de formas de vida na Terra.

Quando as unidades individuais de consciência nascem, elas são um pouco parecidas com simples células físicas, no que diz respeito à estrutura e possibilidade. Do mesmo modo que as células têm uma estrutura relativamente simples, os movimentos internos de uma consciência recém-nascida são transparentes. Ainda não se estabeleceu muita diferenciação. Há um mundo de possibilidades a seus pés (tanto física como espiritualmente). O desenvolvimento de uma forma recém-nascida de consciência para um tipo de consciência introspectiva e capaz de observar e reagir a seu meio ambiente pode ser grosseiramente comparado ao desenvolvimento de um organismo unicelular para um organismo vivo complexo, que interage com seu meio ambiente de múltiplas maneiras.

Aqui nós estamos comparando o desenvolvimento da consciência das almas com o desenvolvimento biológico da vida, não apenas como uma metáfora. De fato, o desenvolvimento biológico da vida, como aconteceu na Terra, deveria ser visto como baseado numa necessidade espiritual de exploração e experiência por parte das almas terrestres. Esta necessidade ou desejo de exploração provocou o surgimento de uma rica variedade de formas de vida na Terra. Como dissemos, a criação é sempre o resultado de um movimento interno da consciência. Embora a teoria da evolução, como é atualmente aceita pela sua ciência, descreva até certo ponto corretamente o desenvolvimento das formas de vida no seu planeta, escapa-lhe completamente o impulso interno, o motivo “oculto” por trás desse processo profundamente criativo. A proliferação de formas de vida na Terra deveu-se a movimentos internos no nível da alma. Como sempre, o espírito precede e cria a matéria.

No início, as almas terrestres encarnaram nas formas físicas que melhor se adaptavam ao seu sentido ainda rudimentar de ser: organismos unicelulares. Depois de um período em que ganharam experiência e integraram-na à sua consciência, surgiu a necessidade de meios mais complexos de expressão física. Assim, formas de vida mais complexas foram impulsionadas a existir. A consciência criou formas físicas em resposta às necessidades e desejos internos das almas terrestres, cuja consciência coletiva habitava a Terra no princípio.

A formação de novas espécies e a encarnação de almas terrestres em membros individuais daquelas espécies representa um grande experimento de vida e consciência. Embora a evolução seja dirigida pela consciência (e não por acidente e incidente), ela não segue uma linha predeterminada de desenvolvimento. Isso porque a consciência é livre e imprevisível.

As almas terrestres experimentaram todos os tipos de forma animal de vida. Habitaram vários tipos de corpos físicos no reino animal, mas nem todas experimentaram a mesma linha de desenvolvimento.

O caminho de desenvolvimento da alma é muito mais fantástico e aventuroso do que vocês supõem. Não há leis acima ou fora de vocês. Vocês são a lei para vocês. Então, se por exemplo vocês decidem experimentar a vida do ponto de vista de um macaco, vocês podem, em algum momento, encontrar-se vivendo num corpo de macaco, desde o nascimento ou como um visitante temporário. A alma, especialmente a alma jovem, implora por experiência e por expressão. Essa ânsia por explorar é responsável pela diversidade de formas de vida que floresceram na Terra.

Dentro desse grande experimento de vida, o surgimento da forma de vida humana marcou o início de uma etapa importante no desenvolvimento da consciência da alma na Terra. Antes de explicar isso detalhadamente, discutiremos os estágios do desenvolvimento interior da alma.

EVOLUÇÃO DA CONSCIÊNCIA:  ETAPA INFANTIL, MATURIDADE E VELHICE

Se observarmos o desenvolvimento da consciência da alma, depois que ela nasce como uma unidade individual, veremos que ela passa aproximadamente por três estágios internos. Estes estágios existem independente do plano particular de realidade (planeta, dimensão, sistema estelar) que a consciência escolhe para habitar ou experienciar.

1) O estágio da inocência (“paraíso”)

2) O estágio do ego (“pecado”)

3) O estágio da “segunda inocência” (“iluminação”)

Estes estágios poderiam ser comparados metaforicamente com infância, maturidade e velhice.

Depois que as almas nascem como unidades individuais de consciência, elas deixam o estado oceânico de unidade, do qual elas se lembram como ditoso e completamente seguro. Então, elas partem para explorar a realidade de uma maneira completamente nova. Lentamente elas se tornam mais conscientes de si mesmas e de como são únicas em comparação com seus companheiros de viagem. Neste estágio, elas são muito receptivas e sensíveis, como uma criança pequena que observa o mundo com os olhos bem abertos, expressando curiosidade e inocência.

Este estágio pode ser chamado de paradisíaco, já que a experiência de unidade e segurança ainda está fresca na memória das almas recém-nascidas. Elas ainda estão perto do lar; ainda não questionam o seu direito de ser quem são.

Conforme a viagem continua, a lembrança do lar vai se desvanecendo, enquanto as almas  mergulham em tipos diferentes de experiência. No começo, tudo é novo, e tudo é absorvido sem julgamento no estágio da infância.

Um novo estágio se estabelece, quando a jovem alma começa a experienciar a si mesma como o ponto focal de seu mundo. É então que ela realmente começa a se dar conta de que existe algo como “eu” e “outro”. Ela começa a perceber como pode influenciar seu meio ambiente ao agir sobre ele. A própria ideia de fazer algo que surge da sua própria consciência é nova. Antes, havia uma aceitação mais ou menos passiva de tudo o que fluía. Agora, há dentro da alma uma noção crescente do seu poder de exercer influência naquilo que ela vivencia. Este é o começo do estágio do ego. O ego originalmente representa a habilidade de usar sua vontade para afetar o meio externo. Por favor, notem que a função original do ego é simplesmente capacitar a alma a experienciar a si própria totalmente como uma entidade separada. Isto é um desenvolvimento natural e positivo dentro da evolução da alma. O ego não é “mau” em si mesmo. Entretanto, ele tende a ser expansivo ou agressivo. Quando a alma nova descobre sua capacidade de influenciar seu meio ambiente, ela se apaixona pelo ego. Bem no fundo, ainda existe uma dolorosa lembrança na alma, agora amadurecida, que lhe recorda o lar, que lhe recorda o paraíso perdido. O ego parece ter uma resposta para esta dor, para esta saudade. Parece que ele dá à alma a capacidade de controlar ativamente a realidade. Ele intoxica a alma ainda jovem com a ilusão do poder.

Se alguma vez houve uma queda da graça ou uma queda do paraíso, isso aconteceu quando a jovem consciência da alma se encantou com as possibilidades do ego, com a promessa de poder. No entanto, o verdadeiro propósito do nascimento da consciência como alma individual é explorar, experimentar tudo o que há, tanto o paraíso como o inferno, tanto a inocência como o “pecado”. Portanto, a queda do paraíso não foi um “erro”. Não existe culpa ligada a isto, a menos que vocês assim acreditem. Ninguém os culpa, além de vocês mesmos.

Quando a alma jovem amadurece, ela muda para uma forma “auto-centrada” de observar e experienciar as coisas. A ilusão do poder realça a separação entre as almas, em lugar de conectá-las. Por causa disso, a solidão e um sentido de alienação se estabelecem dentro da alma. Embora não seja realmente consciente disso, a alma torna-se uma lutadora, uma batalhadora pelo poder. O poder parece ser a única coisa que acalma a mente – por um tempo.

Acima, nós distinguimos um terceiro estágio no desenvolvimento da consciência da alma: o estágio da iluminação, “segunda inocência” ou velhice. Teremos muito a dizer a respeito deste estágio e, principalmente, a respeito da transição da segunda para a terceira etapa, nas próximas mensagens desta série (especialmente em “Do ego ao coração”, partes III e IV). Agora, retornaremos à história das almas terrestres e esclareceremos como o despertar do estágio do ego se ajusta ao aparecimento do homem na Terra.

A ENTRADA DAS ALMAS TERRESTRES NO ESTÁGIO DO EGO: A APARIÇÃO DO HOMEM NA TERRA

A etapa na qual as almas terrestres exploraram a vida vegetal e animal coincidiu com o estágio da inocência ou paraíso, no nível interno. A vida floresceu na Terra, sob a orientação e proteção de seres espirituais dos reinos angélico e dévico (os devas trabalham no nível etérico, ou seja, mais próximo ao mundo físico do que os anjos). Os corpos etéricos das plantas e animais foram incondicionalmente receptivos às atenciosas e alimentadoras energias maternais dos reinos angélico e dévico. Eles não tinham a menor intenção de “se libertar” ou ir embora em busca do seu próprio modo de fazer as coisas. Ainda existia um grande sentido de unidade e harmonia entre todos os seres viventes.

Entretanto, o surgimento do homem-macaco marcou um ponto de transformação no desenvolvimento da consciência. Essencialmente, ao caminhar ereto e através do desenvolvimento do cérebro, a consciência que residia no homem-macaco obteve um maior domínio sobre o seu meio ambiente. A consciência, ao estar encarnada no antropóide, começou a experimentar como era ter mais controle sobre seu entorno direto. Começou a descobrir seu próprio poder, sua própria habilidade de influenciar seu meio ambiente. Começou a explorar o livre-arbítrio.

Este desenvolvimento não foi acidental. Foi uma resposta a uma necessidade interior sentida pelas almas terrestres, uma necessidade de explorar a individualidade em níveis mais profundos que anteriormente. A crescente auto-consciência das almas terrestres preparou o palco para a aparição do homem em termos biológicos, o ser humano que conhecemos.

Quando as almas terrestres ficaram prontas para entrar no estágio do ego, a criação do homem capacitou-as a experimentar uma forma de vida com livre-arbítrio. E também dotou as consciências encarnadas com uma percepção maior do “eu” como oposto ao “outro”. Com isso, estava preparado o palco para possíveis conflitos entre “o meu interesse” e “o seu interesse”, “o meu desejo” e “o seu desejo”. O indivíduo estava se desprendendo da unidade manifesta, da ordem natural de “dar e receber”, para descobrir quais outros caminhos estavam disponíveis. Isto marcou o “fim do paraíso” na Terra, mas pedimos que considerem isso, não como um evento trágico, mas como um processo natural (como as estações do ano). Foi uma mudança natural no rumo dos acontecimentos, que finalmente lhes permitiu (nestes dias e era) equilibrar a divindade e a individualidade dentro de seu ser.

Quando a consciência da alma terrestre entrou no estágio do ego e começou a explorar “ser humano”, as influências dévica e angélica lentamente se retiraram para segundo plano. É próprio da natureza dessas forças, respeitar o livre-arbítrio de todas as energias que elas encontram. Elas nunca exercem sua influência, se não são convidadas a fazê-lo. Então, a consciência baseada no ego obteve um livre reinado e as almas terrestres passaram a conhecer todos os golpes e inconvenientes do poder. Isso também afetou o reino vegetal e animal. Pode-se dizer que a emergente energia de luta foi parcialmente absorvida por esses reinos não humanos, o que criou um certo distúrbio dentro deles. Isso ainda está presente hoje em dia.

Quando as almas terrestres suplicaram por novas experiências, isto também as fez receptivas a novas influências externas. Aqui, queremos chamar a atenção especialmente para tipos de influência extraterrestre, galáctica, que afetaram enormemente as almas terrestres, as quais estavam amadurecendo, mas eram ainda jovens. Foi neste ponto de nossa história, que as almas que chamamos de Trabalhadores da Luz entraram em cena.

INFLUÊNCIAS GALÁCTICAS SOBRE O HOMEM E A TERRA

Por influências galácticas ou extraterrestres, queremos dizer influências de energias coletivas associadas a certos sistemas estelares, estrelas ou planetas. No universo, existem muitos níveis ou dimensões de existência. Um planeta ou estrela pode existir em várias dimensões, que variam de dimensões materiais até as mais etéreas. Em geral, as comunidades galácticas que influenciaram as almas terrestres existiram em uma realidade menos “densa” ou material do que aquela na qual vocês existem na Terra.

Os reinos galácticos eram habitados por almas amadurecidas, que nasceram muito antes que as almas terrestres, e que estavam no começo do seu estágio do ego. Quando a Terra tornou-se habitada por toda forma de vida, e finalmente pelo homem, os reinos extraterrestres observaram este desenvolvimento com grande interesse. A diversidade e abundância de formas de vida chamaram sua atenção. Sentiram que algo especial estava acontecendo aqui.

Havia muito tempo que estavam ocorrendo muitas lutas e batalhas entre as diferentes comunidades galácticas. Num certo sentido, isso era um fenômeno natural, já que a consciência das almas envolvia a necessidade de batalha para descobrir tudo a respeito do “centramento no eu” e do poder. Elas estavam explorando os trabalhos do ego e, à medida que “progrediam”, tornavam-se versadas na manipulação da consciência. Elas se tornaram peritas em subordinar outras almas ou comunidades de almas às suas regras, por meio de ferramentas psíquicas sutis e não tão sutis.

O interesse que as comunidades galácticas tinham na Terra era principalmente egocêntrico. Viram aí uma oportunidade para exercer sua influência de formas novas e poderosas. Pode-se dizer que, naquele momento, as batalhas intergalácticas tinham alcançado um ponto morto. Quando se luta um contra o outro várias e várias vezes, após certo tempo acaba-se alcançando um equilíbrio, uma divisão de zonas de poder, por assim dizer. Um conhece o outro tão bem, que ambos sabem quando há espaço para agir e quando não há. Foi assim que a situação chegou num impasse e os inimigos galácticos passaram a ter esperanças de novas oportunidades na Terra. Pensavam que a Terra poderia lhes proporcionar o cenário para renovar a batalha e superar o impasse.

O modo como as comunidades galácticas procuraram exercer sua influência sobre a Terra foi por através da manipulação da consciência das almas terrestres. As almas terrestres ficaram particularmente receptivas à sua influência quando entraram na etapa do ego. Antes disso, elas eram imunes a qualquer força externa motivada pelo poder, porque elas próprias não tinham nenhuma inclinação a exercer o poder. Vocês são imunes à agressão e ao poder, quando dentro de vocês não existe nada a que estas energias possam agarrar-se. Portanto, as energias galácticas não puderam acessar a consciência das almas terrestres, antes que estas almas decidissem elas mesmas explorar a energia do poder.

A transição para o estágio do ego tornou as almas terrestres vulneráveis porque, além da sua intenção de explorar a consciência do ego, elas ainda eram muito inocentes e ingênuas. Portanto, não foi difícil para os poderes galácticos impor suas energias à consciência das almas terrestres. O modo como eles agiram foi através da manipulação da consciência ou controle mental.

Suas tecnologias eram muito sofisticadas. Eles tinham principalmente ferramentas psíquicas, não muito diferentes da lavagem cerebral através da sugestão hipnótica subconsciente. Trabalhavam nos níveis psíquico e astral, mas influenciavam o homem até o nível material/físico do corpo. Eles influenciavam o desenvolvimento do cérebro humano, limitando a quantidade de experiências disponíveis para os seres humanos. Essencialmente, eles estimulavam padrões de pensamento e emoções baseados no medo. O medo já estava presente na consciência das almas terrestres como resultado da dor e saudade que toda alma jovem traz dentro de si. Os poderes galácticos tomaram este medo existente como seu ponto de partida para ampliar enormemente a energia de medo e subserviência nas mentes e emoções das almas terrestres. Isto lhes permitiu controlar a consciência humana.

Em seguida, os guerreiros galácticos tentaram lutar contra seus antigos inimigos galácticos, por meio do ser humano. A luta pelo poder sobre a humanidade foi uma luta entre velhos inimigos galácticos que utilizaram seres humanos como seus testas-de-ferro.

O tenro sentido de individualidade e autonomia das almas da Terra foi cortado em seus primórdios por esta violenta intervenção, esta guerra pelo coração da humanidade.

Entretanto, os interventores galácticos não puderam verdadeiramente privar as almas da Terra de sua liberdade. Por mais massiva que tenha sido a influência extraterrestre, a essência divina dentro de cada consciência de alma individual manteve-se indestrutível. A alma não pode ser destruída, embora sua natureza livre e divina possa ficar velada por um longo tempo. Isto está relacionado com o fato de que o poder, no fim das contas, não é real. O poder sempre alcança seu objetivo através das ilusões do medo e da ignorância. Ele pode somente esconder e velar as coisas; não pode verdadeiramente criar ou destruir nada.

Além do mais, este verdadeiro ataque às almas terrestres não trouxe apenas escuridão à Terra. Sem a menor intenção, ele iniciou uma profunda mudança na consciência dos guerreiros galácticos, uma virada em direção ao próximo estágio de consciência: iluminação ou “segunda inocência”.

RAÍZES GALÁCTICAS DAS ALMAS TRABALHADORAS DA LUZ

Como a noção de almas Trabalhadoras da Luz se relaciona com esta história?

As almas Trabalhadoras da Luz, como vocês as chamam, são almas que estão profundamente conectadas com o sistema estelar das Plêiades. As Plêiades são um grupo de estrelas, das quais sete podem ser vistas da Terra a olho nu.

Antes de encarnarem na Terra em corpos humanos, as almas Trabalhadoras da Luz habitaram este sistema de estrelas por um longo tempo. Em relação ao desenvolvimento da consciência em três etapas, elas passaram uma grande parte da sua maturidade ali. Foi nesse estágio que elas exploraram a consciência baseada no ego e todas as questões de poder relacionadas a ela. Este foi o estágio em que elas exploraram a escuridão e no qual abusaram muito do seu poder.

Os pleiadianos, naquele tempo, foram cocriadores do ser humano, do modo como ele se desenvolveu. Da mesma forma que outras forças galácticas, os pleiadianos tinham a intenção de usar o homem como um marionete para dominar outras partes do Universo. Implantaram um tipo de radar energético no ser humano, que os proveria de informação (a respeito de seus inimigos).

É difícil explicar as técnicas que os poderes galácticos usavam em suas batalhas, porque não existe nada no seu mundo que se compare a elas, pelo menos não ao ponto em que elas foram aperfeiçoadas. Essencialmente, a tecnologia de guerra galáctica baseava-se numa ciência de energia não materialista. Eles conheciam o poder da psique e sabiam que a consciência cria a realidade física. A metafísica deles era mais adequada do que a visão materialista adotada por seus cientistas de hoje. Como a sua ciência concebe a consciência como um resultado dos processos materiais, ao invés do contrário, ela não pode se aprofundar nos poderes criativo e causal da mente.

Na era do Cro-Magnon, os pleiadianos interferiram no desenvolvimento natural do homem em um nível genético. Essa interferência genética deveria ser concebida como o auge do processo de manipulação: eles imprimiam o cérebro/consciência humano com determinadas formas de pensamentos que afetavam a camada física, celular do organismo. O efeito dessas impressões mentais era que um elemento robótico, mecânico, era instalado no cérebro humano, o que tirava parte da força natural e da auto-consciência do ser humano. Era um implante artificial que tornava o homem mais adequado como instrumento para as metas estratégicas dos pleiadianos.

Ao interferirem deste modo no desenvolvimento da vida na Terra, os pleiadianos violaram o curso natural das coisas. Eles não respeitaram a integridade das almas terrestres, que habitavam as espécies humanas  em evolução. De certo modo, eles roubaram delas o seu (recém-adquirido) livre-arbítrio.

Em certo sentido, ninguém pode roubar o livre-arbítrio das almas, como indicamos acima. Entretanto, em termos práticos, devido à superioridade dos pleiadianos em todos os níveis, as almas terrestres perderam grande parte do seu sentido de auto-determinação. Os pleiadianos viam os seres humanos essencialmente como ferramentas, como coisas que os ajudavam a alcançar suas metas. Naquele estágio, eles não estavam preparados para respeitar a vida como valiosa em si mesma. Eles não reconheciam no “outro” (seus inimigos ou seus escravos) uma alma vivente igual a eles mesmos.

Porém, não há nenhuma intenção de se fazer um julgamento disto, já que tudo é parte do grande e profundo desenvolvimento da consciência. Eu mesmo, Jeshua, fiz parte desta história. Eu mesmo passei pelos extremos da dualidade, praticando atos de maldade, assim como atos de luz. No nível mais profundo, não existe culpa, somente livre escolha. Não existem vítimas, nem agressores; em última análise, existe apenas experiência.

Mais tarde, vocês, as almas Trabalhadoras da Luz que uma vez empregaram estes métodos escuros de opressão, julgaram a si mesmos muito severamente por seus atos. Mesmo agora, vocês ainda carregam consigo um profundo sentimento de culpa, do qual são parcialmente conscientes como uma sensação de não serem suficientemente bons (em qualquer coisa que façam). Esse sentimento origina-se de um mal-entendido.

É importante compreender que “Trabalhador da Luz” não é algo que você simplesmente é ou não é. É algo que você se torna, quando atravessa todo o caminho da experiência; experimentando luz e escuridão; sendo luz e escuridão. Se tivéssemos que lhes dar um nome, nós os chamaríamos de Almas Crísticas, em lugar de Trabalhadores da Luz.

Alguma vez vocês já tiveram a experiência de cometer um erro grave, que acabou mudando as coisas de uma forma positiva e inesperada? Algo semelhante aconteceu como resultado da interferência galáctica na Terra e na humanidade. No processo de imprimir suas energias nas almas da Terra, as forças galácticas, na realidade, criaram uma grande fusão de influências na Terra. Pode-se dizer que os elementos combativos dentro das diferentes “almas galácticas” foram implantados na humanidade como uma competição, forçando, deste modo, os seres humanos a encontrarem um modo de uni-las ou de levá-las a uma coexistência pacífica. Embora isto tenha complicado bastante a jornada das almas terrestres, acabou criando a melhor oportunidade para uma abertura de caminho positiva, uma saída da situação de impasse a que tinham chegado os conflitos galácticos.

Lembrem-se que todas as coisas estão interconectadas. Há um nível no qual as almas terrestres e as almas galácticas são/foram guiadas pelo mesmo propósito. Esse é o nível angélico. Toda alma é um anjo no seu âmago (falaremos disto no capítulo 10 desta série – “Seu Ser de Luz”). No nível angélico, tanto os guerreiros galácticos quanto as almas terrestres consentiram em fazer parte do drama cósmico esboçado acima.

A interferência galáctica não só “ajudou” a Terra a ser o crisol de fusão que ela deveria ser (no nível angélico), mas também marcou o começo de um novo tipo de consciência dos guerreiros galácticos. De uma forma imprevista, isto marcou o final da etapa do ego, o final da maturidade para eles e o começo de algo novo.

O FINAL DO ESTÁGIO DO EGO PARA OS TRABALHADORES DA LUZ

As guerras intergalácticas tinham chegado num beco sem saída, antes de a Terra entrar em cena. Quando a batalha recomeçou na Terra, na verdade ela se deslocou para a Terra. Com esta transposição, algo começou a mudar dentro da consciência galáctica. O tempo das guerras galácticas terminou.

Embora as almas galácticas tenham continuado ativamente envolvidas com a humanidade e com a Terra, elas lentamente se retiraram para o papel de observador. Neste papel, elas começaram a se conscientizar de um tipo particular de cansaço em seu interior. Elas sentiam um vazio interno. Embora a luta e a batalha continuassem, isto não as fascinava mais como antes. E então começaram a se fazer perguntas filosóficas, tais como: qual é o significado de minha vida? Por que estou lutando o tempo todo? O poder realmente me faz feliz? À medida em que se faziam estas perguntas, intensificava-se seu aborrecimento com guerra.

Os guerreiros galácticos estavam gradualmente alcançando o final do seu estágio do ego. Inconscientemente, eles haviam transferido a energia do ego e a luta pelo poder para a Terra, um lugar que estava energeticamente aberto para essa energia. As almas humanas estavam, naquele momento, começando a explorar o estágio de consciência baseado no ego.

Na consciência dos guerreiros galácticos criou-se um certo espaço: o espaço para a dúvida, o espaço para a reflexão. Eles entraram numa fase de transformação, que descreveremos distinguindo os seguintes passos:

  1. Estar insatisfeito com o que a consciência baseada no ego tem para lhe oferecer, desejar “algo mais”: o começo do final.
  2. Começar a se conscientizar da sua dependência à consciência baseada no ego, reconhecendo e liberando as emoções e pensamentos que a acompanham: a metade do final.
  3. Permitir que as velhas energias baseadas no ego morram dentro de você, jogando fora o casulo, sendo seu novo ser: o final do final.
  4. O despertar de uma consciência baseada no coração, dentro de você, motivada por amor e liberdade; ajudar outros a fazerem a transição.

Estes quatro passos marcam a transição da consciência baseada no ego para a consciência baseada no coração. Por favor, lembrem-se que tanto a Terra e a humanidade quanto os reinos galácticos passam por esses estágios, só que não simultaneamente.

O planeta Terra agora está passando pelo estágio 3. Muitos de vocês, Trabalhadores da Luz, também estão passando pelo estágio 3, em sintonia com o processo interno da Terra. Alguns de vocês ainda estão lutando com o estágio 2 e alguns chegaram ao estágio 4, desfrutando das delícias da alegria genuína e da inspiração.

Entretanto, grande parte da humanidade não deseja abandonar a consciência baseada no ego, de jeito nenhum. Eles ainda não entraram na etapa 1 da fase de transição. Isto não é algo para se julgar nem se criticar ou pelo qual se afligir. Tentem ver isto como um processo natural, como o crescimento de uma planta. Vocês não julgam uma flor por ser um botão em vez de estar completamente florescida. Tentem ver isto sob esta ótica. Fazer julgamentos morais sobre os efeitos destrutivos da consciência baseada no ego em seu mundo fundamenta-se na falta de percepção das dinâmicas espirituais. Além disso, debilita a sua própria força, já que a irritação e a frustração que vocês sentem às vezes ao ouvirem as notícias ou lerem seus jornais não podem ser transformadas em algo construtivo. Isso apenas os esgota e baixa seu nível de vibração. Tentem ver as coisas de um ponto de vista mais distante, com uma atitude de confiança. Tentem perceber intuitivamente as correntes ocultas na consciência coletiva, as coisas que vocês raramente leem ou escutam nos seus meios de comunicação.

Não tem sentido tentar modificar as almas que ainda estão presas à realidade da consciência baseada no ego. Elas não querem a sua “ajuda”, pois ainda não estão abertas às energias baseadas no coração, que vocês – Trabalhadores da Luz – desejam compartilhar com elas. Embora elas pareçam necessitar da sua ajuda, enquanto elas não a quiserem, elas não a necessitam. É muito simples.

Os Trabalhadores da Luz gostam muito de dar e ajudar, mas frequentemente perdem seu poder de discernimento nessa área. Isto leva a um perda de energia e pode resultar em auto-desconfiança e frustração por parte dos Trabalhadores da Luz. Por favor, usem seu poder de discernimento aqui, pois o desejo de ajudar pode tragicamente se transformar numa armadilha para os Trabalhadores da Luz, que os impede de completar realmente o passo 3 da transição. (Discutiremos a noção de “ajudar” mais adiante, em “Do Ego ao Coração IV” e “Armadilhas no caminho de tornar-se um curador”).

Agora terminaremos nossa descrição dos Trabalhadores da Luz no final do seu estágio do ego. Como dissemos, naquele tempo vocês pertenciam ao sistema estelar das Plêiades e vocês, como outros impérios galácticos, interferiram na humanidade quando o ser humano moderno tomava forma. Quando passaram a desempenhar cada vez mais o papel de observadores, vocês cansaram de lutar.

O poder que vocês buscaram por tanto tempo resultou num tipo de dominação que aniquilava as qualidades únicas e individuais daquilo que vocês dominavam. Portanto, nada de novo podia entrar na sua realidade. Vocês matavam tudo o que era “outro”. Esta forma de proceder fez com que, depois de um tempo, sua realidade se tornasse estática e previsível. Quando vocês se conscientizaram do vazio existente na luta pelo poder, sua consciência se abriu para novas possibilidades. Surgiu um desejo por “algo mais”.

Vocês tinham completado o passo 1 da transição para a consciência baseada no coração. As energias do ego, que tinham reinado livremente por éons, assentaram-se e abriram um espaço para “algo mais”. Em seus corações, brotou uma nova energia, como uma tenra flor. Uma voz sutil e tranquila começou a falar-lhes do “lar”, um lugar que vocês uma vez conheceram, mas cujo rastro vocês tinham perdido ao longo de seu caminho. Internamente, vocês sentiram saudades de casa.

Exatamente como as almas terrestres, vocês experimentaram o estado oceânico de unidade, do qual cada alma nasce. E gradualmente evoluíram, a partir desse oceano, para unidades individuais de consciência. Como essas “pequenas almas”, vocês se deleitaram com a exploração, enquanto, ao mesmo tempo, carregavam dentro de si a dolorosa lembrança de um paraíso que vocês tiveram que deixar para trás.

Quando, mais tarde, vocês entraram no estágio da consciência baseada no ego, esta dor ainda continuou dentro de vocês. Essencialmente, o que vocês tentaram fazer foi preencher esse vazio em seu coração com o poder. Procuraram preencher a si mesmos, jogando o jogo de lutar e conquistar.

O poder é a energia que mais se opõe à unidade. Ao exercerem poder, vocês isolam-se do “outro”. Ao lutarem pelo poder, vocês distanciam-se mais ainda do lar (a consciência da unidade). O fato de o poder afastá-los do lar, ao invés de aproximá-los, foi ocultado de vocês por muito tempo, já que o poder está fortemente ligado à ilusão. O poder pode facilmente ocultar sua verdadeira face de uma alma ingênua e inexperiente. O poder cria a ilusão de abundância, de realização, de reconhecimento e até mesmo de amor. O estágio do ego é uma exploração sem restrições da área do poder, isto é, de ganhar, perder, lutar, dominar, manipular, de ser o agressor e ser a vítima.

No nível interno, a alma se dilacera durante esta etapa. O estágio do ego está vinculado a um ataque à integridade da alma. Por integridade, queremos dizer a unidade natural e a totalidade da alma. Ao passar para a consciência baseada no ego, a alma entra num estado de esquizofrenia. Ela perde a sua inocência. Por um lado, ela batalha e conquista, por outro, ela percebe que é errado causar danos ou destruir outros seres vivos. Não é tão errado, de acordo com algumas leis ou julgamentos objetivos, mas a alma percebe, subconscientemente, que está fazendo algo que se opõe à sua própria natureza divina. Criar e dar vida fazem parte da natureza da sua própria essência divina. Quando a alma age a partir de um desejo de poder pessoal, bem no fundo de si surge um sentimento de culpa. Aqui também não há julgamento externo sobre a alma que se diz culpada. A própria alma percebe que está perdendo sua inocência e pureza. Enquanto por fora ela persegue o poder, um sentimento crescente de indignidade vai comendo-a por dentro.

O estágio da consciência baseada no ego é uma etapa natural na jornada da alma. Na realidade, ela envolve a exploração completa de um dos aspectos de ser da alma: a vontade. Sua vontade constitui a ponte entre o mundo interno e o mundo externo. A vontade é essa parte de vocês que focaliza a energia da sua alma no mundo material. A vontade pode ser inspirada pelo desejo de poder ou pelo desejo de unidade. Isto depende do estado da sua percepção interior. Quando uma alma chega no final do estágio do ego, a vontade se torna, cada vez mais, uma extensão do coração. O ego ou a vontade pessoal não são destruídos, mas fluem de acordo com a sabedoria e a inspiração do coração. Neste ponto, o ego aceita o coração como seu guia espiritual. A integridade natural da alma se restabelece.

Quando vocês, as almas Trabalhadoras da Luz das Plêiades, chegaram no passo 2 da transição da consciência baseada no ego para a consciência baseada no coração, sentiram o desejo sincero de corrigir o que tinham feito de mal na Terra. Compreenderam que tinham maltratado os seres humanos viventes sobre a Terra e que tinham dificultado a livre expressão e desenvolvimento das almas terrenas. Vocês perceberam que tinham violado a própria VIDA, ao tentarem manipulá-la e controlá-la de acordo com as suas necessidades. Quiseram, então, libertar o homem dos grilhões do medo e da limitação, que haviam trazido muita escuridão às suas vidas, e sentiram que a melhor forma de poderem realizar isto seria encarnando, vocês mesmos, em corpos humanos. Assim, vocês encarnaram em corpos humanos, cuja composição genética foi parcialmente criada por vocês mesmos, com o objetivo de transformar suas criações a partir de dentro.

As almas que foram à Terra com esta missão tinham a intenção de difundir a Luz dentro de suas próprias criações (manipuladas). Por isso elas são chamadas de “Trabalhadores da luz”. Vocês tomaram a decisão de fazer isto – e de se enredarem numa série de vidas terrestres – a partir de um novo sentido de responsabilidade e também pelo sincero impulso de tomar esta carga cármica sobre si mesmos, e desse modo serem capazes de liberar completamente o passado.

Continua… PARTE 3

……………………………………………………………………………………………………………………………….

Fonte: Jeshua Channelings | Channelings I The Lightworker series | Lightworker II | The galactic history of lightworkers
Tradução: Vera Corrêa – veracorrea46@gmail.com

Via: Sementes das Estrelas | JESHUA – “TRABALHADORES DA LUZ – PARTE 2: A HISTÓRIA GALÁCTICA DOS TRABALHADORES DA LUZ”

Parte 1: Aqui


Ouça também a mensagem através deste vídeo:

Jeshua – “Trabalhadores da Luz – Parte 2: A HISTÓRIA GALÁCTICA DOS TRABALHADORES DA LUZ”

Publicado por mxvenus

Via: Jeshua – “Trabalhadores da Luz – Parte 2: A HISTÓRIA GALÁCTICA DOS TRABALHADORES DA LUZ” – YouTube


APRENDENDO UM POUCO MAIS SOBRE A MISSÃO DOS TRABALHADORES DA LUZ – PARTE 1…

trabalhadores da luz

TRABALHADORES DA LUZ – PARTE 1: A IDENTIDADE DO TRABALHADOR DA LUZ

Jeshua

Jeshua

Canalizado por: Pamela Kribbe 

A IDENTIDADE DO TRABALHADOR DA LUZ

Os Trabalhadores da Luz são almas que possuem o forte desejo interior de difundir Luz (conhecimento, liberdade e amor) sobre a Terra. Eles sentem isso como sua missão. São frequentemente atraídos para a espiritualidade e para algum tipo de trabalho terapêutico. Devido ao seu profundo sentimento de missão, os Trabalhadores da Luz sentem-se diferentes de outras pessoas. Ao experimentarem diferentes tipos de obstáculos em seus caminhos, a vida os estimula a encontrar seu caminho próprio, único. Os Trabalhadores da Luz quase sempre são indivíduos solitários que não se adaptam às estruturas sociais estabelecidas.

Uma observação sobre o conceito de “Trabalhador da Luz”:

A expressão “Trabalhador da Luz” pode provocar mal-entendidos, já que diferencia um grupo particular de almas, do resto. Além disso, pode parecer sugerir que este grupo particular é, de algum modo, superior aos outros, por exemplo, àqueles “não Trabalhadores da Luz”. Toda esta linha de pensamento está em desacordo com a própria natureza e objetivo do trabalho da Luz. Permitam-nos expor brevemente o que há de errado nisso.

Primeiro, pretensões de superioridade geralmente não são iluminadas. Elas bloqueiam seu crescimento em direção a uma consciência livre e amorosa. Segundo, os Trabalhadores da Luz não são “melhores” nem “superiores” a ninguém. Eles simplesmente têm uma história diferente daquela dos que não pertencem a este grupo. Graças a esta história peculiar, que discutiremos mais adiante, eles têm certas características psicológicas que os distinguem como um grupo.

Terceiro, toda alma chega a ser um Trabalhador da Luz em determinada etapa do seu desenvolvimento. Portanto, a qualificação “Trabalhador da Luz” não está reservada para um número limitado de almas.

A razão pela qual utilizamos o termo “Trabalhador da Luz” – apesar dos possíveis mal-entendidos – é porque ela traz associações e agita memórias dentro de vocês que os ajuda a recordar. Também há uma conveniência prática, já que este termo é frequentemente usado em sua literatura espiritual corrente.

RAÍZES HISTÓRICAS DOS TRABALHADORES DA LUZ

Os Trabalhadores da Luz trazem consigo a habilidade de alcançar o despertar espiritual mais rapidamente que outras pessoas. Eles carregam sementes internas para um rápido despertar espiritual. Por causa disso, parecem estar numa via mais rápida que a maioria das pessoas, se assim escolhem. Mais uma vez, isto não acontece porque os Trabalhadores da Luz sejam de algum modo almas “melhores” ou “superiores”. No entanto, eles são mais velhos que a maioria das almas encarnadas na Terra atualmente. Esta idade “mais velha” deve ser entendida, de preferência, em termos de “experiência”, mais que de “tempo”.

Os Trabalhadores da Luz alcançaram um estágio particular de iluminação, antes de encarnarem na Terra e começarem sua missão. Eles escolheram conscientemente envolver-se na “roda cármica da vida” e experimentar todas as formas de confusão e ilusão que fazem parte dela.

Fizeram isto para compreender completamente “a experiência da Terra”. Isto lhes permitirá cumprir sua missão. Só passando, eles mesmos, por todos os estágios de ignorância e ilusão, é que eles possuirão finalmente as ferramentas para ajudar os outros a alcançar um estado de verdadeira felicidade e iluminação.

Por que os Trabalhadores da Luz perseguem esta missão sincera de ajudar a humanidade, mesmo correndo o risco de se perderem, durante eras, na densidade e confusão da vida terrestre? Esta é uma questão da qual nos ocuparemos extensivamente mais adiante. Agora, diremos apenas que isto tem de ver com um tipo de carma galáctico.

Os Trabalhadores da Luz presenciaram a véspera do nascimento da humanidade na Terra. Eles fizeram parte da criação do homem. Foram cocriadores da humanidade. Durante o processo de criação, eles fizeram escolhas e agiram de formas que mais tarde vieram a lhes causar um profundo arrependimento. Eles estão aqui agora para reparar suas decisões de então.

Antes de entrarmos nesta história, citaremos algumas características das almas Trabalhadoras da Luz, que geralmente as distinguem de outras pessoas. Estes traços psicológicos não pertencem exclusivamente aos Trabalhadores da Luz e nem todos os Trabalhadores da Luz os reconhecerão como seus. Ao apresentarmos esta lista, simplesmente queremos dar um esboço da identidade psicológica dos Trabalhadores da Luz. Quanto às características, o comportamento exterior é menos importante do que as motivações internas ou intenções sentidas. O que vocês sentem por dentro é mais importante do que o que mostram externamente.

CARACTERÍSTICAS PSICOLÓGICAS DOS TRABALHADORES DA LUZ

  • Desde cedo em suas vidas, eles sentem que são diferentes. Quase sempre, sentem-se isolados dos outros, solitários e incompreendidos. Frequentemente tornam-se individualistas e têm que encontrar seus próprios caminhos na vida.
  • Eles têm dificuldade para se sentir à vontade em empregos tradicionais e/ou em estruturas burocratas. Os Trabalhadores da Luz são naturalmente antiautoritários, o que significa que resistem naturalmente às decisões ou valores baseados somente em poder ou hierarquia. Este traço de antiautoritarismo está presente mesmo entre os que parecem tímidos e envergonhados. Ele está relacionado com a própria essência da missão deles aqui na Terra.
  • Os Trabalhadores da Luz sentem-se atraídos para ajudar as pessoas, como terapeutas ou como professores. Podem ser psicólogos, curadores, professores, enfermeiros, etc. Mesmo que a sua profissão não esteja diretamente relacionada com ajudar pessoas, sua intenção de contribuir para o bem-estar da humanidade está claramente presente.
  • Sua visão da vida é colorida por um sentido espiritual de como todas as coisas estão relacionadas umas com as outras. Consciente ou inconscientemente, eles levam dentro de si memórias de esferas de luz não terrestres. Podem – ocasionalmente – sentir saudades dessas esferas de luz e sentir-se como um estranho na Terra.
  • Honram e respeitam profundamente a vida, o que frequentemente se manifesta como afeição pelos animais e preocupação com o meio ambiente. A destruição de partes do reino animal ou vegetal na Terra pela ação do homem evoca neles profundos sentimentos de perda e aflição.
  • São bondosos, sensíveis e empáticos. Podem sentir-se incômodos ao se defrontarem com um comportamento agressivo e geralmente têm dificuldade para se defender. Podem ser sonhadores, ingênuos ou profundamente idealistas, assim como insuficientemente “enraizados”, isto é, não ter os pés na terra. Como eles têm facilidade para captar sentimentos e humores (negativos) das pessoas que os rodeiam, é importante que possam, regularmente, passar algum tempo a sós. Isto lhes permite distinguir entre seus próprios sentimentos e os das outras pessoas. Necessitam de momentos de solidão para recuperar a própria base e estar em contato com a mãe Terra.
  • Eles viveram muitas vidas na Terra, nas quais estiveram profundamente envolvidos com a espiritualidade e/ou religião. Estiveram presentes, em grande número, nas velhas ordens religiosas do seu passado, como monges, monjas, ermitães, psíquicos, bruxas, xamãs, sacerdotes, sacerdotisas, etc. Foram os que construíram uma ponte entre o visível e o invisível, entre o contexto diário da vida terrestre e os reinos misteriosos de pós-vida, de Deus e dos espíritos do bem e do mal. Por desempenharem este papel, muitas vezes eles foram renegados e perseguidos. Muitos de vocês foram sentenciados à fogueira devido aos dons que possuíam. Os traumas das perseguições deixaram profundas marcas na memória de suas almas. Isso pode manifestar-se atualmente como medo de estar completamente enraizado, isto é, medo de estar realmente presente, porque vocês se lembram de terem sido brutalmente atacados por serem quem eram.

PERDER-SE: O PERIGO PARA O TRABALHADOR DA LUZ

Os Trabalhadores da Luz podem estar presos nos mesmos estados de ignorância e ilusão que qualquer outra pessoa. Embora comecem de um ponto de partida diferente, a capacidade deles para romper o medo e a ilusão, com o propósito de alcançar a iluminação, pode ser bloqueada por muitos fatores. (Por iluminação, queremos dizer o estado no qual vocês compreendem que são essencialmente da Luz, capazes de escolher a luz em qualquer momento).

Um dos fatores que bloqueiam o caminho da iluminação para os Trabalhadores da Luz é o fato de terem uma pesada carga cármica, que pode levá-los a se extraviarem por bastante tempo. Como afirmamos anteriormente, esta carga cármica está relacionada com decisões que eles tomaram com relação à humanidade em suas etapas iniciais. Foram decisões essencialmente desrespeitosas para com a vida (falaremos disto mais tarde, neste capítulo). Todos os Trabalhadores da Luz que vivem agora desejam corrigir alguns de seus erros passados e recuperar e cuidar do que foi destruído por causa disso.

Quando os Trabalhadores da Luz completarem seu caminho através da carga cármica, isto é, quando liberarem todo tipo de necessidade de poder, compreenderão que são essencialmente seres de luz. Isso lhes permitirá ajudar outras pessoas a achar seu próprio ser verdadeiro. Mas primeiro eles mesmos têm que passar por esse processo, o que geralmente exige grande determinação e perseverança no nível interno. Devido aos valores e julgamentos neles incutidos pela sociedade, os quais frequentemente vão contra seus próprios impulsos naturais, muitos Trabalhadores da Luz se perderam, terminando em estados de desconfiança de si mesmos, autonegação e, inclusive, depressão e desesperança. Isto porque eles não conseguem se adaptar à ordem estabelecida e concluem que deve haver algo de terrivelmente errado com eles.

O que os Trabalhadores da Luz têm que fazer, neste ponto, é deixar de procurar validação externa, através de pais, amigos ou da sociedade. Em algum momento, você (que está lendo isto) terá que dar o salto para a verdadeira autorização, o que significa realmente acreditar em si mesmo e verdadeiramente honrar suas inclinações naturais e seu conhecimento interior, agindo de acordo com eles. Nós o convidamos a fazer isso e lhe asseguramos que estaremos com você em cada passo do caminho – exatamente como você, num futuro não distante, estará aí para ajudar outros em seu caminho.

Continua… PARTE 2

……………………………………………………………………………………………………………………………….

Fonte: Jeshua Channelings | Channelings I The Lightworker series | Lightworker I | The Lightworker’s identity
Tradução: Vera Corrêa – veracorrea46@gmail.com

Via: Semente das Estrelas | JESHUA – “TRABALHADORES DA LUZ – PARTE 1: A IDENTIDADE DO TRABALHADOR DA LUZ”


Ouça também a mensagem através deste vídeo:

Jeshua – “Trabalhadores da Luz – Parte 1: A IDENTIDADE DO TRABALHADOR DA LUZ”

Publicado por mxvenus

Via: Jeshua – “Trabalhadores da Luz – Parte 1: A IDENTIDADE DO TRABALHADOR DA LUZ” – YouTube


ACESSANDO A CLAREZA E A VERDADE EM SUA VIDA, VOCÊ TEM UMA VISÃO MAIS ELEVADA DE SEU MUNDO…

Through the Veil IV_Daniel Mirante

Through the Veil IV by Daniel Mirante

Pleiadianos – Auto-Ressurreição

pleiadianos-autoressurreicao

UMA MENSAGEM PLEIADIANA: UM TEMPO PARA A AUTORRESSURREIÇÃO

Por: Christine Day
em 1 de setembro de 2019

.

Amados, nós os saudamos. Os ventos da mudança estão fluindo. Fortes forças da luz continuam a entrar na atmosfera da Terra, e nós, ao lado das equipes universais, estamos presentes para ajudar na assimilação de uma forma superior de consciência que agora está se movendo dentro do seu planeta. Suas próprias células cardíacas estão constantemente passando por uma mudança metamórfica conforme você está sendo realinhado para receber acessos mais profundos para uma nova paisagem que se revelou dentro do seu coração sagrado.

Através de um desvendar da sua câmara cardíaca dimensional expandida, você está se movendo para uma percepção mais completa para receber e conectar-se a uma Verdade superior dentro de sua própria vida. Uma série de véus continua a se erguer para o seu autoempoderamento, avançando para uma maior compreensão e clareza dentro do seu mundo. Ao escolher se conectar ao seu coração sagrado, um caminho se abrirá para expandir ainda mais suas percepções, conforme você é movido e alinhado dentro de sua própria natureza multidimensional.

Você está sendo solicitado a deslocar sua consciência, a se abrir para esta oportunidade que revelará uma nova visão de sua vida. Novas experiências estão sendo colocadas diante de você, pois há um desvendar da Verdade nesta conjuntura do seu planeta. Você está sendo solicitado a romper sua descrença em suas habilidades e permitir-se realinhar-se a um aspecto mais autêntico de quem você realmente é dentro desse cenário de realidade superior.

Você deve avançar através de uma nova porta pela ação de deixar ir/soltar, e trabalhar conscientemente dentro dessas frequências mais elevadas agora acessíveis dentro do seu coração, permitindo um realinhamento ao seu Eu Superior, ancorando e construindo um caminho dentro do espaço do seu coração para iniciar uma expansão na jornada de autorrealização neste momento.

AUTORREALIZAÇÃO

O que significa começar um caminho de autorrealização?

Dentro de você existe uma Consciência Superior. Esse aspecto do seu ser sagrado está totalmente intacto, além dos véus, e esse aspecto está esperando que você escolha. Isso é alcançado quando você conscientemente penetra e se envolve com essa parte superior do seu ser dentro do seu coração. Os véus se afinaram e estão numa concepção fluida, proporcionando a você um acesso fácil e preciso.

Os véus que se ergueram são um componente das novas energias mantidas na transformação do seu planeta. Você literalmente pode separar esses véus com sua própria ação e desejo de escolha consciente.

A separação dos véus pode ser acessada dentro da reconexão com o coração, que é toda a área física do peito. Quando você desenvolve uma conexão contínua com o seu coração, um caminho natural é formado e, em seguida, aberto para levá-lo através e além dos véus.

Seu coração é uma ferramenta multidimensional que carrega a energia projetada para você utilizar para os propósitos desta reunião e o leva ao aspecto do seu Eu Superior. O propósito do seu coração permite esse engajamento completo com o seu Eu Superior, e a função desse caminho é comparada a um mapa (de estradas) criando essa reconexão.

Ao trabalhar conscientemente para construir esse caminho para o seu coração, você começa a acessar os elementos da consciência superior da sua intuição. Sua consciência superior foi projetada para ajudá-lo agora em sua vida cotidiana, permitindo que você seja libertado ao acessar a clareza e a Verdade em sua vida. Essa reconexão abre novas possibilidades para você experimentar, fornecendo a você uma perspectiva diferente da sua vida, uma visão mais elevada dentro do seu mundo.

Há um momento sagrado, um momento predestinado para você acessar esse aspecto consciente mais expandido do seu Eu.

Este momento para você reivindicar seu destino chegou agora.

A MARCA DO AMOR

Desde o Despertar Da Energia Da Pomba, seu planeta passou por uma rápida transformação. Uma série de véus erguidos naquele momento sagrado de despertar e uma luz de alta frequência carrega a consciência do Cristo ancorada em sua Terra, mudando a vibração do amor pela humanidade. Esse amor se abriu e foi estabelecido através das células do coração. Esse engajamento dentro das células ativou dentro de você um desenho e carimbo de seu vasto amor. Essa marca possibilita que você tenha um caminho mais fácil a ser criado agora em seu coração para acessar sua conexão com o Eu Superior.

Como resultado dessa marca incrustrada através de suas células, houve um afrouxamento, um deslocamento / um soltar, de grande parte da densidade antiga que você estava mantendo dentro de você. Até este ponto, muitos padrões de sabotagem em sua vida mantiveram você em um padrão restrito de comportamento.

Como Marcas do Cristo são projetadas para estabelecer o funcionamento de um novo ciclo em sua vida – liberando vocês, permitindo que vocês comecem a se livrar e abandonar todos os antigos sistemas de crenças que os mantiveram nesses ciclos de limitação, separados de seu Eu Superior.

Vocês carregam fardos do passado, sobrecarregados pela luta, falta e medo perpetuados pela mente do ego. Muitos padrões ultrapassados em sua consciência o mantiveram aprisionado. Você foi encarcerado por essas ideias e percepções errôneas limitadas, que surgem através da mente do ego. Os sistemas de crenças foram ditados e mantidos fortemente em sua mente de que você é pequeno, insignificante e que não merece receber abundância em sua vida. Você não é uma vítima aqui. Cada um de vocês fez escolhas baseadas nas percepções errôneas da mente do ego.

Você desconhecia esse aspecto superior de si mesmo até agora.

Conceitos e pensamentos dentro da mente do seu ego disseram que você não fez a coisa certa ou que não tomou as decisões certas e que cometeu muitos erros em sua vida. Uma verdade: todas as decisões e ações que você tomou em sua jornada criaram o cenário perfeito, a série perfeita de situações, para você aprender e crescer. Isto é uma verdade. Seu contínuo julgamento e autocondenação criaram barreiras dentro do seu coração, o que afetou fortemente sua capacidade de receber e prosperar em sua vida.

UMA NOVA REALIDADE

Conforme você se alinha ao caminho do seu coração e se engaja com a sua Consciência Superior, você está conectado a uma inspiração e energia criativa que existe além da limitação da mente do ego. Você pode recriar uma nova realidade baseada na verdade. Ao se reconectar a esse aspecto superior de si mesmo, você começará a suspender os auto-julgamentos que criaram uma separação interna. Você experimentará o fim dessa guerra que foi atraída para dentro de você e começará a experimentar a paz. A essência do amor, que existe naturalmente dentro do seu coração, começará a se expressar através de você, do seu Eu Superior para a sua humanidade. Essa forma superior de si mesmo traz renovação, uma abertura para descansar, e para a autocura dentro do seu corpo físico.

Esse tempo de autorressurreição permitirá que você se realinhe a essa perspectiva e visão mais elevadas, voltando a se engajar em seu coração sagrado.

Sua missão, em última análise, foi ressuscitar a si mesmo nesta vida.

Esse sempre foi o plano. Ninguém além de você pode fazer isso.

Chega um tempo, um momento em que você deve escolher a si mesmo. Simplesmente deixe ir e decida que você merece a reconexão com o vasto aspecto do Eu, e se abra na magia do seu coração sagrado ilimitado. Sua respiração consciente é a ferramenta mais poderosa para essa reconexão. Essa respiração é inspirar e expirar pela boca e seu objetivo é levá-lo além da mente do ego.

TRANSFORMAÇÃO RÁPIDA

A frequência vibracional da Terra tem passado por uma transmutação rápida. À medida que seu planeta gira, um novo pulso emana de sua rotação. Esse pulso é uma forma de pura luz que está realmente fluindo, formando-se em seu plano terrestre para o nosso universo residente.

Pela primeira vez, seu planeta está contribuindo com Luz para o resto do Universo – e este é um evento emocionante e poderoso! Isso é evidência de um enorme progresso na evolução do seu planeta.

Somente aqueles de nós que existem fora do planeta podem perceber esse progresso energético da Terra, no entanto, podemos dizer que esses novos alinhamentos estão surgindo e se formando através da Terra.

A energia do Sol emana seus raios por todo o planeta, criando novos ciclos de formas de luz em sua Terra.

Esse movimento do Sol contribuiu para a habilidade da sua Terra de avançar para uma vasta ressurreição de sua frequência e criou essa progressão de contorno elevado com o resto do Universo.

UM CAMINHO SUPERIOR

Fique quieto e desfrute de momentos com a essência dos raios do Sol, enquanto se alinha a um caminho mais alto dentro do seu coração. Saiba que o Sol está desempenhando um papel poderoso em apoiá-lo – desempenhando o papel de um espelho, envolvendo e alinhando-se dentro das células do coração, resplandecendo e gerando um brilho radiante dentro das células. Você criará ativamente seu caminho em outro nível com o Sol.

Lembre-se, o Sol mantém a consciência da Luz de Deus, que é mantida dentro dos raios. Esses raios são projetados expressamente para transformar as células do coração.

A consciência de Deus está irradiando por todo o planeta, inserindo e interagindo a renovação entre todos aqueles que estão ativamente escolhendo se engajar através de seus corações.

Você está reativando sua consciência superior. Você está desempenhando um papel essencial e faz parte de uma enorme revolução que está ocorrendo na Terra, respondendo a um chamado interno dos Reinos Superiores. Uma mudança poderosa está acontecendo dentro de você e você não entende todo o processo do seu processo metamórfico – pelo que está passando agora – enquanto passa por uma transformação e transmutação maciça.

Essa fase de transformação não é fácil e, sim, há muita coisa que vocês não percebem completamente neste momento, no entanto, nada temam. Vocês está sendo guiados passo a passo e sendo movidos constantemente ao longo do caminho pra Casa.

O drama da 3ª D foi projetado para aumentar a intensidade à medida que a Terra se transforma, mas você não precisa se preocupar com isso enquanto avança mais profundamente em seu desenvolvimento.

Haverá um aumento do momentum desse drama à medida que vocês se aproximam do final do ano. Quase como um tsunami, a onda de drama aumentará. Seu foco deve estar apenas na conexão do seu coração nos Reinos Superiores da consciência. Não há nada que vocês precisem fazer além disso – e é imperativo que vocês não se distraiam com o drama.

Na realidade, tudo está bem no seu plano terrestre além da 3ª dimensão. Tudo está indo de acordo com o plano do desdobramento completo do seu destino.

Continue deixando e interagindo através da sua intuição, confiando em cada passo – porque você pode. Permita que seu caminho se desdobre, sabendo que o projeto de seu caminho único é garantido rumo à concretização.

Nós, da Comunidade Universal, continuamos a desempenhar nosso papel ao lado dos mestres, seres de luz e anjos, trazendo apoio e orientação a todos vocês que nos chamam à frente.

Nós o testemunhamos e saudamos enquanto você navega em sua jornada.

Bênçãos, os Pleiadianos

………………………………………………………………………………………………………………………………………….

Blog: Essencia Ayam Eu Sou
Canal: ESSENCIA AYAM EU SOU Mensagens
Facebook: Essencia Ayam EU Sou

Fonte: A Pleiadian Message: A Time for Self-Resurrection | The Edge Magazine
Tradução autorizada: Vilma Capuano – vilmacapuano@yahoo.com.br

Via: Essencia Ayam Eu Sou: Pleiadianos – Auto-Ressurreição


Ouça também a mensagem através deste vídeo:

PLEIADIANOS – Auto-Ressurreição

Publicado por: ESSENCIA AYAM EU SOU Instrução Espiritual em 4 de setembro de 2019.

Via: PLEIADIANOS – Auto-Ressurreição – YouTube


A RECONEXÃO COM SUA ESSÊNCIA ESTELAR PODE SE DAR ATRAVÉS DE UMA DIVERTIDA BRINCADEIRA…

Playground_Andrew Macara

Playground by Andrew Macara

ESTE É UM PLAYGROUND MUITO GRANDE

aequipe-peggyblackA ‘equipe’

Através de: Peggy Black
em 13/06/19 

 

Estamos aqui para honrá-los em sua magnificência. Vocês continuam a se elevar na espiral da evolução a cada pensamento e ação consciente, principalmente no meio do caos, à medida que o velho paradigma se desfaz. Vocês estão testemunhando a sombra coletiva de emoções negativas e desqualificadas vindo à tona nos eventos mundiais. Essas emoções sombrias estão sendo vistas, testemunhadas e transformadas por aqueles que compreendem as leis e os princípios universais. A luz que vocês conduzem e transmitem está fazendo uma tremenda diferença.

Vocês não estão sozinhos nesta tarefa de transformar energias negativas e desqualificadas. A inteira comunidade galáctica de seres divinos estelares e conscientes, mestres ascensos, avatares, anciãos, arcanjos e anjos estão sempre disponíveis, mediante solicitação.

A transformação da consciência neste planeta é um evento cósmico que vem acontecendo há éons. Este é o resultado da experiência na linha temporal uma após  outra. Independentemente de como pareça sombrio ou sem esperança, tudo isso pode mudar em um momento de respiração coletiva.

Portanto, com esta transmissão, estamos convidando-os a que comecem a se reconectar com a sua estrela ou herança galáctica. Comecem a considerar que, embora vocês tenham um corpo físico, existe uma energia que está animando essa forma e essa vida. Assim como vocês podem considerar seu corpo físico, sua herança genética considera que vocês também fazem parte de uma herança galáctica energética.

Permitam-se imaginar por um momento que vocês têm essência estelar, que vocês realmente conduzem as características e as capacidades de uma herança galáctica. O que poderia ser isso? Como essas capacidades ou essa linhagem divina se manifestariam em sua vida e em suas ações?

E se esses dons intrínsecos, essas capacidades estelares e galácticas estivessem aguardando as ativações dos códigos pessoais? E se vocês pudessem ativar os códigos, estimular ou acelerar esses dons intrínsecos? Essas são perguntas que estamos convidando-os a que comecem a considerar.

Vocês se conhecem como uma presença física. Agora estamos querendo que vocês comecem a se envolver com a ideia de que vocês também são uma presença energética. Talvez vocês comecem a se envolver em alguma forma de exercício energético. Utilizem sua imaginação e comecem a dar tempo para brincar com a possibilidade de serem capazes de viajar no tempo. Imaginem-se visitando  outros cenários da sua história. Imaginem que podem viajar até para outras dimensões. Permitam-se ver ou perceber o que isso pode parecer ou fazê-los sentir. Nós os convidamos a deixar qualquer expectativa de lado. Lembrem-se de que vocês estão apenas brincando em sua imaginação.

Vocês podem se utilizar do campo quântico para criar um espaço em que estejam seguros para viajar, explorar e aventurar-se.

Deixem-se relaxar no processo e apenas observem como isso pode se manifestar para vocês. A utilização do som pode também desencadear um estado mental em que vocês podem experimentar outros domínios e realidades.

Estamos tão-somente os convidando para considerar as possibilidades e dar-se a graça de explorar o que poderia ser a sua herança estelar. Qual sistema estelar sempre os interessou ou talvez isso seja um conceito inteiramente novo com que possam se entreter e pensar. Podem fazer algumas pesquisas e investigações. Estudem os sistemas estelares e as galáxias, realmente um vai interessá-los mais que o outro.

Considerem por um momento, que existem algo como trezentos bilhões de estrelas em sua Via Láctea, pode haver cerca de trinta bilhões de planetas em sua galáxia e existem mais de cem bilhões de galáxias em seu universo observável. Muitos de vocês já ouviram falar de alguns desses sistemas: Antares, Plêiades, Arcturus, Betelgeuse, Sírius e Andrômeda. Esse playground é muito grande.

Estamos convidando-os a criar um espaço sagrado, uma Câmara Alquímica. Cria-se o espaço em sua imaginação. Façam com que seja o mais real possível. Aqui não há limites: lembrem-se, vocês são os Criadores. Uma vez que tenham o espaço, a câmara, permitam-se fechar os olhos e percebam ou sintam-se lá. Esse é o lugar onde vocês podem convidar a informação acerca de sua essência estelar, sua herança galáctica, onde vocês podem encontrar outros seres energéticos que surgem como cores,  formas ou padrões geométricos. Estejam abertos às possibilidades.

Lembrem-se de que vocês são seres multidimensionais divinos. Vocês são em essência energia estelar. Vocês conduzem uma herança galáctica no próprio DNA. Estamos apenas incentivando-os para que comecem a acessar essas informações.

É essa a conexão ao cenário maior de quem vocês são, o que lhes permitirá que acessem mais plenamente o seu poder pessoal como mestres. Como seres estelares divinos, vocês possuem capacidades energéticas ilimitadas. Vocês são muito maiores do que já se permitiram considerar. Apenas estão jogando em um campo inconsciente e em uma dimensão que é limitada. Portanto, como seres empáticos, vocês correspondem à energia desta terceira dimensão limitada e inconsciente.

Agora é o momento de começar a expandir sua conscientização para honrar e produzir suas capacidades e dons pessoais. É hora de acelerar e estimular o legado latente que vocês conduzem.

Nós os encorajamos a que comecem a simplesmente convidar sua família estelar, sua tribo estelar a se fazerem conhecidos a vocês. Decidam que vão assistir a filmes e programas nos quais o assunto possa ser seres estelares ou ET’s. Observem como as novas informações surgem, notem o que vocês decidem ler ou que programas são orientados a assistir: isso vai lhes oferecer pistas para as suas perguntas.

Estejam atentos aos seus sonhos e às imagens que surgem enquanto dormem. A oportunidade está acontecendo agora para que vocês despertem mais plenamente para quem vocês são e suas conexões com as estrelas e todas as energias galácticas. Encontrem um lugar em que vocês possam observar as estrelas em um ambiente relaxado e tornem uma prática observar o céu noturno. Imaginem ou mesmo finjam que vocês poderiam falar com as estrelas.

Compreendemos que isso que estamos sugerindo aqui possa parecer um tanto não-convencional ou até bobo. Observem sua reação à nossa transmissão. Nossas palavras e nossos convite os intrigam, eles parecem impossíveis ou mesmo absurdos?

Vocês podem invocar os seres divinos nomeados ou não, para ajudá-los e apoiá-los nesta descoberta. Nós lhes garantimos que, uma vez que comecem a investigar as possibilidades, as portas da conscientização vão se abrir e mais lhes será revelado. É o momento, e os códigos estão sendo ativados internamente em muitos de vocês, terráqueos. Acessem a verdade de que vocês realmente são mais do que o seu corpo e forma física.

Estamos sempre à disposição para apoiar e ajudar; por favor, invoquem-nos em sua jornada para a sua verdadeira revelação. Vocês são sementes estelares, vocês fazem parte da incrível e impressionante revelação galáctica Vocês são criadores de mundos

A ‘equipe’

……………………………………………………………………………………………………………..…………………

© 2019 Peggy Black – Todos os direitos reservados. Vocês podem compartilhar esta mensagem e distribuí-la desde que nada seja mudado, que deem crédito à autora e incluam este aviso de direitos autorais e o endereço do site, bem como à pessoa que de fato traduziu.

Site original: Morning Messages
Texto em inglês: This is a Very Large Playground – The Hathors | The Hathors | Crystal Wind
Tradução de Ivete Brito – adavai@me.comwww.adavai.wordpress.com

Via: ESTE  É UM PLAYGROUND MUITO GRANDE – MENSAGEM DA ‘EQUIPE’ – 27/06/19 | ADAVAI

 


Ouça também a mensagem através deste vídeo:

MENSAGEM DA ‘EQUIPE’ – ESTE É UM PLAYGROUND MUITO GRANDE

Publicado por Sol de Alcyon em 28 de junho de 2019.

Via: MENSAGEM DA ‘EQUIPE’ – ESTE É UM PLAYGROUND MUITO GRANDE – YouTube


O MEDO JÁ CUMPRIU A SUA PARTE NA HISTÓRIA DA TERRA. NA 5D ELA SERÁ REESCRITA COM AMOR E ALEGRIA…

reescrevendo a sua história

VOCÊ ESTÁ REESCREVENDO A HISTÓRIA DA TERRA

unnamedPor: Brenda Hoffman
em 06 de maio de 2019

 

Meus queridos,

Mesmo que sintam nos próximos dias que o peso do mundo está nos seus ombros, isso não é verdade.

O mundo – incluindo o seu mundo – está se iluminando rapidamente, pois agora vocês estão testando a verdade. Uma palavra sobre a qual vocês brincam há eras, mas raramente a alcançaram, nem mesmo desejaram alcançar.

Vocês estão decidindo quais partes do seu ser permanecerão em 3D e quais serão do seu novo ser em 5D.

As energias nunca são dissolvidas. Elas apenas transitam em uma nova forma ou formato. Portanto, seus segmentos, pensamentos, desejos e ideias em 3D não serão transferidos para o seu 5D, mas, em vez disso, mudarão para um tempo e local diferentes. Porque a vida é circular, não linear, aquelas peças 3D que não se alinham com o seu novo ser 5D irão mudar de formas que vocês não podem imaginar agora.

As suas peças 3D já não conterão os medos e as angústias de vidas anteriores em 3D. Será como se vocês apontassem uma varinha mágica nessas peças em 3D, dando-lhes esperança e uma nova vida. Suas energias vão mudar sua história, assim como a história do mundo. Não em palavras, mas em ações. Portanto, a história com a qual vocês estão agora familiarizados se dissipará, apenas para ser substituída por lembranças de amor e alegria.

Talvez vocês estejam se perguntando como é possível uma mudança da história, e por que isso é necessário.

Sua história mundial será reescrita página por página à medida que vocês evoluírem do medo para o Amor. As futuras gerações da Terra não entenderão porque o medo foi uma parte necessária de suas vidas. Portanto, é a sua atual história da Terra que pode se tornar um conto de fadas ou desaparecer. Tanto quanto muitos de seus contos de fadas estão se tornando uma realidade.

Vocês da 5D, não podem permitir que os medos do passado ultrapassem as alegrias de agora.

Então esses medos devem desaparecer.

Não para que os outros no futuro possam reivindicar esses medos, tanto quanto os outros possam revisitar essas memórias, tirando assim da terra a alegria que vem de experimentar.

Muitas de suas fábulas, histórias da Bíblia, etc. eram peças simultaneamente parecidas da história. Hoje, as informações sobre a longevidade humana, naves espaciais, alienígenas etc. são mais frequentemente consideradas como fábulas, não como história verdadeira.

Então, para sua Terra, as eras de medo se tornarão histórias interessantes que pouco terão a ver com os futuros terráqueos.

Aqueles de vocês que amam aprender história, estão fazendo isso para preparar os livros de história Akashica. Mesmo que nada jamais alcançado, tentado ou completado na Terra seja perdido, essas peças sem Amor nunca mais farão parte de seu conhecimento ou interesse cotidiano da Terra.

Vocês estão mudando para amar, assim como faz a Terra. Resultando na necessidade de mudar a história do que era esperado para o que é agora. Portanto, é o seu 3D que pode ser parte de um conto de fadas, mas nunca mais da sua história diária, nem de sua sala de aula. Pois como poderia um instrutor justificar o medo e a dor do 3D depois que um novo mundo de alegria foi criado?

Muitos acreditam que suas histórias de medo ajudarão as gerações futuras a entenderem melhor seus traumas e sua dedicação à mudança da Terra para o Amor. Isso é verdade. Ao mesmo tempo, assim como o Amor era um objetivo inatingível em todo o período do medo da Terra, também o medo será inatingível no futuro. E assim, como o Amor é um objetivo que deve ser trabalhado em 3D, também o medo será em 5D e além.

Os livros de história da 3D serão fechados. Agora, você está abrindo novos livros de Amor em 5D. Mesmo que o Amor seja o tema em todo o restante do tempo da Terra, essa transição entre o medo e o Amor é o que você está preocupado agora.

Conforme vocês avançam na 5D, vocês terão dificuldades em lembrar sua raiva e medo 3D. Pode até parecer que vocês estão perdendo a memória. Em vez disso, vocês estão mudando suas memórias. As peças que outrora produziram indignação e raiva desaparecerão de suas mentes apenas para serem substituídas por lembranças de alegria e riso.

A maioria de vocês, precursores, experimentaram grande angústia durante todas as suas vidas em 3D – e talvez continuem a experimentar através daqueles que ainda não são da 5D. Vocês não podem seguir em frente mantendo-se apaixonados por esse medo e raiva. Então, vocês estão sendo encorajados a dissolverem essas peças pesadas das maneiras mais apropriadas para vocês.

Eventualmente, quando irmãos ou amigos mencionarem um tempo desagradável, vocês verão tanta Luz naquele incidente que não mais se lembrarão dele.

Então, vocês vão apagar suas histórias de medo, assim como todos aqueles que fazem a transição além de seus seres 3D. Até que apenas aqueles que agora na Terra desejam permanecer com medo, lembrem-se do desconforto e da dor do medo durante esta vida.

As gerações futuras não terão nenhum histórico de medo para revisar, pois essas partes estão sendo apagadas por aqueles que agora pertencem à Terra.

Talvez isso pareça improvável ou desnecessário. Mas, mais uma vez, vocês devem ignorar, apagar ou dispersar seus medos antes de poderem se dedicarem totalmente ao amor. E então, vocês estão fazendo isso. Aqueles que se recusarem a fazê-lo continuarão a viver com dor.

Vocês acenderam sua chama da verdade e do Amor. Algo que não pode mais ser amortecido ou destruído. Vocês são livres para descobrirem esse novo ‘você’ em Amor. Um Amor que não contém o medo e a dor de ontem, nem de qualquer história de medo da Terra.

Vocês são livres.

Talvez vocês se preocupem por carregarem suas bagagens ancestrais. Ah, é por isso que o seu medo está sendo limpo. Pois vocês não desejam mais gastar horas, dias ou até mesmo minutos limpando aquilo que não faz parte de vocês, exceto, talvez, do seu antigo ser genético.

Vocês são novos seres, em um novo mundo, com um quadro branco e limpo. Seus carmas das vidas passadas não existem mais. Suas histórias ancestrais não existem mais. E a sua história mundial tem pouco a ver individualmente com você, pois os responsáveis por colocar essas memórias nos registros Akashicos fizeram isso sem sua ajuda ou angústia.

Vocês são livres. Livres para rir, brincar e criar tal qual faziam quando crianças, sabendo que vocês vão suprir as suas necessidades. Vocês são livres. Que assim seja. Amem.

………………………………………………………………………………………………………….………………….

Mensagem de Brenda Hoffman – 06 de maio de 2019

Fonte: You’re Rewriting Earth History | Welcome to Brenda’s Blog

Tradução: Adriano Pereira https://blogluzevida.blogspot.com/

Via: VOCÊ ESTÁ REESCREVENDO A HISTÓRIA DA TERRA – mxvenus

 


Ouça também a mensagem através deste vídeo:

VOCÊ ESTÁ REESCREVENDO A HISTÓRIA DA TERRA

Publicado por mxvenus em 10 de maio de 2019.

Via: VOCÊ ESTÁ REESCREVENDO A HISTÓRIA DA TERRA – YouTube


AS DIVERSAS MISSÕES DOS IRMÃOS ESTELARES QUE VIERAM À TERRA PARA ATUAR ENCARNADOS ENTRE NÓS…

Cosmic Being

A 3ª fase já começou

Mensagem dos Andromedanos

Canalizada por: Morag O’ Brien
em 3 de outubro de 2018


Nós somos seus vizinhos, nós existimos lado a lado, através do tempo e do espaço. Nós os observamos por muitos éons, excitados pelo seu crescimento, consternados pela infestação. Nós, como outros, temos intervido em pontos primários, presenteando a humanidade com ciência, filosofia e tecnologia.

Nós nos afastamos das sombras, permitimos que a dualidade dos reinos inferiores se desenvolva, como fizeram para nós há muitos e muitos anos atrás. Recebemos orientação e apoio durante a nossa transição, fomos abençoados por seres ascensionados, como vocês os chamam, conectando-se conosco e iluminando o caminho.

Nós não tivemos os problemas como os da humanidade no planeta Terra. Estávamos cientes da violência, entendíamos a ânsia de poder que outras espécies criam como propósito de sua vida, somos uma espécie pacífica. Nossa evolução foi suave, gradual, a iluminação chegou até nós em tempos de paz e prosperidade, saltos tecnológicos e transformação esotérica.

Conhecemos a escuridão que a humanidade está enfrentando, sabemos de experiências em outras formas de vida, escolhas que fizemos conscientemente, reencarnando de um ambiente estável.

Poucos de nós experimentaram os níveis de destruição do reino inferior em que toda a humanidade da Terra tem. Nós entendemos como se sentem, somos profundamente humildes pela força e paixões criativas da humanidade.

Como os guardiões da Terra, seus vizinhos no tempo e no espaço, concordamos com os outros, para intervir. A Deusa Gaia escolheu esse tempo para transcender, liberar seu corpo orgânico, o planeta Terra.

A Peste Negra causou sofrimento, danos e destruição suficientes. A soberania humana foi considerada comprometida, as linhas foram cruzadas. Todos nós nos reunimos para estar aqui neste momento, para facilitar, ajudar e guiar a humanidade em sua ascensão.

Apesar da esperança de uma ascensão holística, a separação se torna aparente. O ponto de dobra (que possibilita a bifurcação) foi alcançado o suficiente para permitir a ascensão de alguns, não o suficiente para outros. Isso causou a separação.

Frequências dimensionais agora vibram com terras alternativas, a humanidade passou pela encruzilhada. A separação completa ainda não ocorreu. O tecido que vemos é multidimensional, transdimensional, uma dinâmica quântica de mundos paralelos.

Nossas frequências são daquelas a que você se refere como 5D ou superior. Podemos ver sombras, vácuos escuros de energias, abrigos enterrados profundamente, um labirinto de túneis, cavernas e transporte subterrâneo ligando a teia escura da Falsidade. Podemos ver isso, mas não podemos interagir com ela. A vibração é muito baixa.

Vocês, os guerreiros da luz, os voluntários de diferentes raças, espécies, galáxias, estão preenchendo as realidades. Pedimos que repitam o mantra “eu ancoro a minha luz na grade de Gaia, conectado em todos os momentos às frequências do amor universal” diariamente, pois este é o seu papel durante a mudança.

Nós entendemos que a humanidade está acordando, que os malfeitores ficaram em alerta máximo, bombardeando você com o caos. Pedimos que você retenha a visão que lhe é dada antes de reencarnar. Pedimos que você alcance os guias e o eu superior para ajudá-lo a permanecer protegido e em seu caminho mais elevado.

Nós pedimos que você confie no cenário maior, lembre-se de por que você está aí e lute contra o ataque de energias negativas sendo bombardeadas na sua atmosfera.

Conforme o despertar libera o medo, os parasitas intensificam seus programas de lavagem cerebral. As artes das trevas foram usadas na humanidade, acordar/despertar significa quebrar os feitiços. Dar pane nos “programas” de dentro para fora.

Gostaríamos de transmitir informações sobre os guerreiros de Gaia. Acreditamos que isso ajudará a estabilizar aqueles que estão sobrecarregados pela transmutação do medo que está sendo liberado em todo o planeta.

Há missionários da luz que perseguem as trevas que que se alimentam da humanidade no planeta Terra. É uma missão que abrange vidas e formas de vida. Seres ascendidos, você pode chamá-los, guerreiros, os inimigos dos Anunakis, seus corações queimam com a restauração da justiça, liberdade e paz.

Guerreiros de Gaia, Trabalhadores da Luz, seres que escolheram encarnar em Gaia repetidamente com a única intenção de trazer luz às trevas. Alguns estão como humanos, linhagens de sangue foram criadas, sabedoria ancestral e karma acumulados.

Acreditamos que você descreveria esses trabalhadores da luz como almas antigas, conectadas à terra, ao batimento cardíaco do planeta Terra. Eles têm sido mulheres da medicina, xamãs, curadores, profetas em suas muitas vidas como humanos.

Eles foram perseguidos, amaldiçoados, torturados e assassinados, mas ainda assim retornam, administrando seu karma, para espalhar amor e luz. Eles trazem conhecimento e sabedoria únicos para a ascensão de Gaia, sua visão sobre os seres humanos permite que muitos se conectem e se curem. Eles são verdadeiros guerreiros de Gaia e da humanidade.

Ouvimos vocês falarem das crianças arco-íris, índigos e crianças cristal. Seres de luz encarnando em forma humana são muito arriscados, pois não precisam de corpos orgânicos, linguagem ou ferramentas de onde vêm. Eles são seres criativos e etéreos. Complicações no engajamento e interação com a máquina matricial deixaram muitos vulneráveis.

Consciente do risco, as crianças arco-íris estão aqui em mente, corpo e alma. A profecia das crianças arco-íris auxiliando Gaia em sua ascensão é muito antiga e difundida. Nós, os andromedanos, aceitamos o mistério em torno das crianças arco-íris, as vemos como raios de pura luz, revestidos de matéria orgânica.

Alguns sobreviverão, outros não. Isto não é um problema para as crianças arco-íris, pois este sempre foi o seu destino. Aceitam os riscos, os perigos do plano material em amor e luz, pois são da Luz. Sua presença é tudo o que é necessário, suas assinaturas vibratórias tão altas a ponto de perturbar o maquinário da matrix.

As almas que devem ser salvas são crianças e é divinamente correto que as crianças sejam parte de sua libertação. Índigos originais sobreviveram, todos os dias mais chegam. Sua criatividade inflama o criativo nos outros. Suas diferenças desafiam o sistema, nivelam o campo de atuação de algumas maneiras. Ficamos maravilhados com o misticismo e a magia que as crianças arco-íris trouxeram para a ascensão de Gaia.

Voluntários são a espinha dorsal da transformação na superfície. Temos um número de andromedanos no planeta Terra encarnado como humanos, assim como a maioria dos reinos mais elevados que existem ao nosso redor. Quando o chamado aconteceu eles já tinham se antecipado.

Muitos estudaram as profecias, entendendo quão profunda seria essa transição. Quando olhamos mais de perto as atividades, o armamento, o controle da mente e a escravidão, ficávamos perturbados, como você diria. Como foram os outros.

O quarto reino (4D) dos predadores tem uma profunda influência sobre a humanidade na terceira dimensão, sua teia escura se infiltrou no próprio tecido da sua existência. Manipulações moleculares ocorreram, modificações genéticas sem consentimento.

Embora a dualidade deva existir em reinos inferiores, quando vimos quantas almas ficaram presas no terceiro e quarto reinos, entendemos melhor a escolha de Gaia.

O tempo de vida andromedano é de cerca de 900 anos humanos. Tivemos tempo para planejar conscientemente nosso envolvimento, nossa orientação e apoio. Nós somos parte de um esforço concentrado muito maior para libertar almas em Gaia.

Nossos voluntários reencarnaram em momentos específicos, lugares cuidadosamente escolhidos, para maximizar as chances de influência vibratória mais alta. Contratos individuais de alma também foram feitos, a liberação kármica é ampliada durante o processo de ascensão. Essas são almas corajosas, nossos amigos, nossa família.

Os adromedanos são uma espécie grande e variada, habitamos vários planetas em nossa galáxia e viajamos para outras. Temos tecnologia quântica que nos permite expandir nossa consciência coletiva muito além dos limites do nosso espaço presente no tempo.

Existem seres mais próximos do planeta Terra, cujas vidas se entrelaçaram com a humanidade por milhares de anos terrestres. Eles também têm voluntários encarnados como humanos durante este tempo profetizado.

Para operar dentro da matrix de forma convincente, todos concordaram na amnésia de vidas passadas, conhecimento e habilidades sensoriais. Em graus variados, memórias, habilidades e reconhecimento de uma missão permaneceram.

Usando tecnologias quânticas, conseguimos ativar ativações no DNA humano. Essas ativações deveriam ter ocorrido organicamente, como foi conosco e muitas outras espécies conhecidas no multiverso.

A evolução do DNA tem sido ativamente impedida usando tecnologia, artes das trevas e produtos químicos. A Terra parece ser o parquinho do demo, como seus profetas avisaram.

Há anjos andando na terra, disfarçados de humanos, procurando curar almas traumatizadas. Voluntários, índigos e crianças cristal, antigos guerreiros de Gaia operando na superfície da Terra, espalhando frequências de Amor como um vírus através da matrix holográfica.

Podemos ver isso de cima e entender aqueles que estão no solo vendo isso. Reconhecer o medo que você está experimentando é a liberação do medo de uma população global mantida contra a sua vontade, impedida de evoluir organicamente.

Quando a ansiedade aumenta, e podemos ver que acontece para muitos de nossos queridos viajantes, saiba que não é simplesmente sua ansiedade. Você está transmutando montanhas de medo contidas no núcleo da consciência coletiva das humanidades. Medo de um inimigo que eles não podem ver.

Todo ser humano sabe que existe um inimigo interno. Eles o veem como crianças, o sistema faz lavagem cerebral na idade adulta, obedientes, enjaulados espiritualmente, presos em uma teia escura. O medo é real. A ansiedade é real. A tensão é real.

Reconheça que está no ar, na atmosfera, sendo liberado em frequências dimensionais que pulsam através de suas percepções da realidade. O quarto reino (4D) deve passar pelo mesmo que o terceiro: Despertar, Reconhecimento e Liberação.

A fase 3 já começou

Haverá atualizações regulares transmitidas para aqueles que podem ouvir e compartilhar.

Vá para onde sua energia ressoa, especialmente na teia cibernética, a verdade se espalha vacinando a escuridão. Saiba que você está cercado por seres amorosos, protegendo e guiando você. Não estamos aqui para falar de guerras do céu, guerras de frequência ou guerras químicas.

Nós reconhecemos que tudo isso continua ao seu redor.

Nós ainda não terminamos.Pedimos que você fique conectado à Luz, ancorado na grade de Gaia em todos os momentos.

Nós pedimos que você permaneça em amor vibração apesar da ansiedade e medo, reconhecendo que não é tudo seu. A atmosfera é sobrecarregada com essas vibrações pesadas, elas devem ser soltas, abaladas, dispersas à Luz Divina.

A missão é transmutar permanecendo estável na sua própria Luz. Nós reconhecemos como isso é difícil. Esperamos ter oferecido segurança, Amor e Luz àqueles que ressoam com nossas palavras. Estamos com você fisicamente e espiritualmente. Ninguém será esquecido. Todos são reconhecidos por suas próprias tribos, protegidos e curados todos os dias na Terra.

Inspire os iluminados guerreiros de Gaia, pois você está inspirando muitos que assistem do lado de fora. Suas vidas em Gaia serão lembradas por todos que testemunharam a sua ascensão a reinos mais elevados da Luz.

Nós somos os andromedanos, seus vizinhos, amigos cósmicos, como você diria.

Nós estamos com você, humanos de Gaia. Estamos compartilhando nossa Luz, sabedoria e Amor com os guerreiros da Luz e do Amor. A Nova Terra está sendo criada por você.

Nós nos curvamos à sua coragem, reverenciamos sua bravura e nós cobrimos vocês com a nossa Luz.

………………………….

Compartilhe nossas mensagens com Amor e Gratidão

BLOG: Essencia Ayam Eu Sou
CANAL: ESSENCIA AYAM EU SOU Mensagens de Luz
FACEBOOK: www.facebook.com/essenciaayameusou
EXTENSÃO CANAL: Essencia Extraterrestre
Texto do Vídeo em mensagem: Ayamessencia.blogspot.com

Fonte:The Andromedeans ~ Phase 3 Has Commenced – LoveHasWon.org
Tradução – Vilma Capuano – vilmacapuano@yahoo.com.br

Via: Essencia Ayam Eu Sou: Andromedanos – a 3ª fase já começou

 


Ouça também a mensagem através deste vídeo:

ANDROMEDANOS – A 3ª fase já começou

Publicado por ESSENCIA EU SOU Mensagens de Luz em 26 de outubro de 2018.

Via: ANDROMEDANOS – A 3ª fase já começou – YouTube


O QUE O ESPERA APÓS A MORTE, NADA MAIS É DO QUE O REFLEXO DO SEU PRÓPRIO INTERIOR…

Luz e Trevas

O QUE ACONTECE APÓS A MORTE?

aa5b4-aurora

Por: Gerrit Gielen

.

Como é a vida após a morte?

A principal diferença entre este mundo e o outro é que após a morte o mundo exterior é um reflexo direto do nosso mundo interior. Na Terra, isso não é tão óbvio.

As pessoas que estão cheias de ódio e raiva podem estar cercadas pela beleza e abundância, enquanto as pessoas sensíveis e evoluídas podem estar vagando por cortiços desolados.

Na vida após a morte, o nosso ambiente reflete a extensão em que estamos em contato com o nosso sol interior. Quanto mais amor, verdade e beleza nós mantemos em nosso interior, mais radiante e brilhante é o nosso ambiente.

O sol interior é o que somos em nossa essência: é a parte eterna, atemporal de nós mesmos.

No momento da nossa morte, começamos a viagem de volta para esta parte mais profunda. Para entender como é esta jornada, você pode imaginar a terra cercada por dois reinos: a esfera astral e a esfera espiritual. Essas esferas são divididos em muitas sub-esferas.

A esfera espiritual é a esfera de nossa origem, o domínio da nossa alma. É uma esfera de atemporalidade, unidade, luz, beleza e amor sem fim. Tudo o que é de maior valor nos humanos encontra sua origem lá. Este é o lugar onde a nossa alma habita; é o nosso lar. Nós nunca realmente deixamos esta esfera espiritual. Nós ainda estamos lá.

Quando morremos, começamos o que experienciamos como uma viagem de volta a aquele lugar. Mas, essencialmente, é um processo de nos tornarmos conscientes de quem realmente somos: um despertar do sonho da vida terrena.

Este despertar leva tempo. Não podemos simplesmente deixar de lado todas as ilusões e sentimentos sombrios, sobre o ser humano, e sobre o universo que acumulamos na Terra. Nós nos tornamos identificados com a nossa personalidade terrena e esta identificação pode persistir obstinadamente. Nossas ilusões e identificações são refletidas pela atmosfera astral em que chegamos após a nossa morte.

A ESFERA ASTRAL

Após a morte, o ser humano é livre; livre para retornar à esfera espiritual de sua origem, livre para criar a sua própria realidade.

Mas esta liberdade é também uma armadilha, porque muitas pessoas não têm liberdade interior. Elas se trancaram em crenças firmes sobre como a vida funciona, o que é bom e o que é ruim, e o que irá acontecer após a morte. E há outros que não estão subjugados a crenças, mas por sentimentos e desejos, tais como vícios, ou sentimentos de raiva ou inferioridade.

A maioria dos pensamentos e fantasias humanas tem a sua origem no medo. Todos esses pensamentos e fantasias baseadas no medo criam um estado interior que, após a morte, traduz-se na forma exterior da esfera astral. Por conseguinte, a esfera astral é amplamente baseada no medo e na falsidade, enquanto a esfera espiritual é baseada no amor e na verdade.

Mas porque as pessoas não percebem que seus pensamentos são refletidos exteriormente na esfera astral, elas acreditam que os seus pensamentos sejam verdadeiros. Esta é a grande armadilha da esfera astral: as pessoas permanecem firmemente convencidas das falsas crenças, porque elas veem essas crenças confirmadas em torno delas.

Após a sua morte, as pessoas podem, geralmente seguir quatro caminhos associados a quatro sub-regiões da esfera astral.

1 – O CAMINHO DA ALMA

Este caminho é seguido por cada ser humano que experienciou o contato claro com a sua alma em determinados momentos durante a sua vida. Estes são os momentos em que você se sente realmente vivo e inspirado. Você sente a alegria e um sentido de propósito; você sabe quem você é, e o que você quer fazer com sua vida. Você sente amor pela vida na terra e por seus companheiros humanos, e sabe que o universo é essencialmente bom.

Se você experienciou isto, às vezes durante a sua vida, esse sentimento só se torna mais forte após a morte. Na vida após a morte, começa um processo de crescimento, durante o qual você gradualmente se torna um com a sua alma: você experiencia isto como uma continuação de se tornar mais quem você realmente é.

Seus medos terrestres e ansiedades desaparecem e abrem espaço para a felicidade e os insights. Enquanto a sua luz interior aumenta, o ambiente torna-se também mais bonito. Você se eleva através das esferas até que finalmente termina na esfera espiritual, a esfera da alma que não pode ser descrita com palavras e não pode ser compreendida com a mente humana.

O reino da esfera astral, onde a sua jornada começa, pode ser chamada de Terra de veraneio. Assemelha-se a belas áreas de terra, mas ainda muito mais paradisíaca. Felizmente, existem mais e mais pessoas que seguem este caminho. É o caminho que está aberto a todos os que estão envolvidos no desenvolvimento da consciência, a todos aqueles que estão dispostos a evoluir e aprender.

Este caminho é para quem não se tornou preso a crenças rígidas e sentimentos negativos. Na verdade, está aberto a todo ser humano que ainda seja capaz de rir de si mesmo.

2 – O CAMINHO DA PERSONALIDADE

Pessoas que permitem que as suas vidas sejam dirigidas por eventos externos e impulsos, seguem este caminho. Elas não são certamente más pessoas, mas não ouvem a voz de sua alma, e em vez disto, vivem de acordo com o que a sociedade exige delas. Elas não têm opiniões rígidas e as suas vidas são geralmente vividas de uma forma discreta.

Após a morte, elas entram na esfera astral em um ambiente muito similar ao seu ambiente terrestre. Ele é referido como a “área realista” da esfera astral, porque é muito semelhante à Terra. Algumas cidades terrestres são encontradas lá, quase inteiramente intactas, exceto pelos muitos edifícios antigos que desapareceram da Terra, mas que ainda lá existem.

Em geral, este reino é belo: paisagens verdes, cheias de cidades e aldeias amistosas. Pessoas que aí terminam, muitas vezes, não percebem que elas estão mortas, porque tudo parece muito com a Terra, e porque elas não mantêm uma crença de uma vida após a morte.

No entanto, existem guias presentes, que, gradualmente, tentam abrir essas pessoas para o espiritual. Muitas vezes isso acontece com sucesso, porque as pessoas que vêm aqui são geralmente não dogmáticas sobre suas crenças. Normalmente, as pessoas que vivem em áreas rurais são mais fáceis de serem alcançadas pelos guias do que as pessoas que vivem nas cidades. As ilusões da realidade material são mais fortes nas cidades.

A estadia neste reino, eventualmente, chega ao fim. Ou uma conexão com a alma é feita e a personalidade se eleva para a esfera espiritual, ou a alma toma a decisão de encarnar novamente e a energia desta personalidade é levada a uma próxima vida.

O afastamento da esfera astral, às vezes, é chamado de “a segunda morte”. Entidades mais elevadas explicam à personalidade que o momento agora chegou de dizer adeus a sua existência atual. Ele ou ela assume a sua partida com um extenso ritual de despedida aos seus amigos, sabendo que eles irão se encontrar mais uma vez.

Às vezes, essa saída é experimentada como uma tragédia pela personalidade; isto é devido ao fato de que ele ou ela ainda não possui uma boa conexão com a sua alma. Eles, então, irão se entregar ao feixe de luz vindo de sua alma, que constitui a semente de uma nova encarnação.

3 – O CAMINHO DA ILUSÃO

Este caminho é, com frequência, seguido por pessoas que não têm uma boa conexão com a sua alma, mas que têm crenças religiosas muito fortes. Pense nos fundamentalistas religiosos, por exemplo. Eles são pessoas com uma visão fortemente dualista, estão convencidos de que estão certos e consideram todos que não concordam com eles como ruins ou perdidos.

Quanto mais uma crença estiver baseada no medo, mais fortes e deterministas e dualistas são os pontos de vista que se seguiram. Depois que elas morrem, tais pessoas terminam em um céu que é exatamente da maneira que elas imaginaram. Mas porque o contato com a alma está perdido aí, estas pessoas se tornam ainda mais infelizes. Na Terra, elas eram também infelizes, mas ainda tinham a ilusão de que as coisas no céu seriam diferentes.

Este reino é, muitas vezes, chamado de “falso céu”. É uma das regiões inferiores da esfera astral. Porque as pessoas aqui estão muito fortemente convencidas de que elas estão certas, elas são difíceis de serem alcançadas pelos guias. Deixe-me dar um exemplo disto:

Em alguns círculos Cristãos, acredita-se que após a morte nós não iremos imediatamente para o céu, mas que esperaremos na sepultura até o último julgamento. Como resultado, os “cemitérios” podem ser encontrados na esfera astral onde os falecidos em sua forma astral, permanecem em seus túmulos. É claro, eles se sentem infelizes. Os guias que querem ajudá-los são vistos como demônios que querem convence-los a ir para o inferno.

Na esfera astral, há muitos destes tipos de “céus” resultantes de todos os tipos de crenças rígidas. Lá, as pessoas se sentem extremamente infelizes, mas, no entanto, recusam-se a abrir mão de suas crenças. Elas experienciam cada tentativa amorosa de ajudá-las como tentações do demônio. Elas estão, muitas vezes, preocupadas de que elas sejam ruins, porque elas estão infelizes e não se atrevem a admitir isto abertamente.

Com frequência, acontece que líderes surgem em tais céus astrais – estes são pessoas falecidas que foram, e ainda são, totalmente absorvidas em seus papéis e, por exemplo, acreditam que elas são o Cristo, ou outro grande mestre. Além disto, eles são também considerados como tal por outros em seu céu.

O líder de uma seita, que durante a sua vida terrestre foi considerado como um mestre iluminado, com frequência, continua o seu papel após a morte. Por este reino se encontrar mais próximo à Terra, em termos de vibração, os videntes e médiuns, muitas vezes, assimilam energias e informações deste reino. É uma fonte de muitas profecias falsas e informações canalizadas equivocadas.

A informação que se espalha a partir destes “céus”, é, com frequência, muito dualista, moralista, com julgamento e cheio de terríveis previsões, que não se revelam verdadeiras. As palavras dos “mestres” desta esfera são uma reflexo de sua própria personalidade sem alma.

Infelizmente, há muitas pessoas na Terra que são pegos nas armadilhas desses professores, porque o poder desta esfera da ilusão sobre a humanidade ainda é muito grande. Mas no final, será sempre o caso que a verdade conduz à felicidade e a falsidade à ilusão; a verdade tem mais poder e acabará por prevalecer.

No entanto, pode levar um longo tempo para que as pessoas tomem consciência disto, especialmente se elas estão no plano astral, onde você é livre para criar tanta ilusão quanto queira. No entanto, as pessoas acabarão por querer saber como suas crenças podem ser verdade, uma vez que parecem causar tanta infelicidade.

Elas, então, começarão a duvidar de suas crenças e dogmas queridos, assim, no final, a sua voz interior suave irá prevalecer sobre seus delírios. E quando isso acontece, o caminho de volta para a luz começa.

4. O CAMINHO DA SOLIDÃO

Então, há pessoas que não estão sobrecarregados por ideias fixas e falsas, mas sim por sentimentos negativos: ódio, raiva, ressentimento. Elas, muitas vezes, têm causado aos outros seres humanos grave dor e sofrimento.

Alguém que tenha rejeitado a sua luz interior durante a vida encontra-se em uma parte da esfera astral que é escura e solitária. Porque a luz, o que traz beleza e harmonia, está faltando ali, as pessoas, às vezes, assumem formas monstruosas. Ainda assim, porque tudo aqui é tão escuro e miserável, a redenção também é possível.

Se você só tem monstros e escuridão em torno de você, é claro que algo está errado. As emoções negativas que o ocuparam, eventualmente, começam a perder o seu poder, porque elas só causam mais escuridão.

Aos poucos, o insight vem que todos os tipos de coisas que pareciam tão importantes durante a vida terrena, como poder, dinheiro, bens e prestígio, não possuem nenhuma luz neles. A pequena luz que estava lá agora se torna mais evidente.

As pessoas se lembram de um único momento bonito de sua vida terrena: uma palavra amável, uma bela flor. Elas começam a reavaliar essas coisas, e ao fazerem isso, é criada uma abertura: essas pessoas tornam-se acessíveis aos guias. O longo caminho de volta pode começar. Muitas vezes, uma escolha para uma nova vida na Terra é feita: a vida que aponta o caminho para mais luz interior.

PUNIÇÃO E KARMA

Nosso pensamento sobre a morte, e o que vem depois, é ainda frequentemente determinado por conceitos, tais como punição e carma.

Em quase todas as culturas, a ideia existe de uma autoridade superior que pune. Se somos ruins, terminamos no inferno ou temos que enfrentar um pesado carma. Geralmente, estas ideias são criadas por governantes terrestres que querem manter o seu poder e que são contra todas as formas de liberdade.

Muitas vezes, a sua doutrina assume esta forma: “Nós fomos colocados acima de você por Deus e se você não puder aceitar isso e não atender às nossas regras, Deus irá castigá-lo com o inferno eterno.”

Ou algo mais sutil: “Fomos virtuosos em uma vida anterior e é por isso que somos agora ricos e poderosos, você foi ruim em uma vida passada e é por isso que você é agora pobre e infeliz. Mas se você aceitar pacientemente o papel que lhe foi atribuído, as coisas serão melhores em sua próxima vida.”

O que sempre funciona melhor, pelo menos a partir do ponto de vista deste dirigente, é causar o medo nas pessoas sobre as suas tendências naturais: a sexualidade, por exemplo. O objetivo é convencer as pessoas que elas são ruins e se se sentem culpadas é fácil serem mantidas sob controle por uma organização que alega ter um monopólio sobre a verdade.

Se você puder levar as pessoas a um estado em que elas acham que são más, e elas acreditarem que você é o seu Redentor, você terá poder sobre elas. Em comparação a estas ideias, o ateísmo é – a partir de um ponto de vista espiritual – um enorme passo à frente.

No universo, não existe tal coisa como uma figura de autoridade que impõe penalidades. Não um Deus que pune, nem Senhores do carma que nos enviam a uma vida infeliz. Mas as ações têm consequências. Quando no inverno se congela, e eu estou fora sem um casaco, então eu fico com frio. Isto não é uma punição, mas um resultado de minha ação.

A cada vez que ferimos um ser humano durante as nossas vidas, nós afastamos um pouco mais a luz do nosso sol interior. Este sol interior não é somente responsável pela nossa luz interior e nossos sentimentos de beleza, bondade e verdade, ele também nos conecta com o sol interior dos outros e com o sol interior do próprio universo.

Ferir o outro é dizer “não” à unidade interior da vida. É dizer “não” à nossa alma e, também, dizer “não” à nós mesmos. O resultado é uma profunda solidão e um vazio interior que é preenchido por sentimentos negativos.

Nos olhos de um criminoso – especialmente se ele nunca esteve antes em um tribunal – nós nunca vemos a alegria ou a felicidade. Isto não é uma punição, mas um resultado direto das escolhas que ele fez. Ele simplesmente disse “não” à sua fonte interior de alegria e felicidade.

Após a morte, esta escuridão interior é refletida na esfera astral circundante.
No reino astral, o exterior reflete o interior, muito diretamente.

Quando não há luz interior, não há também luz exterior. Para uma pessoa de fora, pode parecer como se as pessoas que lá vivem estão sendo punidas pela sua vida na Terra, mas visto do interior, não há praticamente nenhuma mudança.

Estas pessoas se sentem vazias e infelizes na Terra e agora elas ainda se sentem assim. A única diferença é que elas são agora diretamente confrontadas com a sua escuridão interior, através de um ambiente externo que fielmente a espelha.

O CAMINHO DE VOLTA PARA A LUZ

O caminho de volta para a luz vem do desejo pela luz. Mesmo um ser humano envolvido na mais profunda escuridão nunca está completamente separado da sua alma. Ainda há fragmentos de memórias de beleza e felicidade. Aos poucos, a compreensão emerge que a violência e o poder não são a maneira de descobrir a luz, mas sim afastá-la.

O amor não pode ser atingido com força. Todas essas pequenas memórias agora formam as sementes de um crescente desejo pela felicidade, amor e beleza; o seu mundo interior se suaviza e a pessoa se tornará acessível aos guias. Estes guias começam a lhe explicar que o caminho de volta para a luz pode ser encontrado através da compaixão, amor e gentileza.

No entanto, quanto mais nos desviamos de nossa fonte interior, maior será o caminho de volta.

O que é exatamente este caminho de retorno? É uma jornada de recordação e de descoberta de quem realmente somos, até que toda a falsidade é liberada e substituída pela verdade.

Em sua essência, a falsidade significa divisão: a crença de que o universo está separado em um número infinito de partes – pequenos egos – todos os quais estão em conflito, um com o outro. A falsidade é a ideia de uma luta de “todos contra todos”, em que a compreensão da unidade interna por trás de todas as coisas se perdeu completamente.

Qual é a solução para essa divisão? É compreender todos esses egos do nível interior e começar a aceitar todas as partes contra as quais mais lutamos. Por exemplo, uma pessoa que tenha discriminado pessoas de uma raça diferente irá escolher viver uma vida em que eles sofrem discriminação. Desta forma, a sua compreensão irá evoluir.

O resultado é, finalmente, a percepção de que todos os “egos” separados estão conectados. Em seguida, o amor e a luz da alma começam a fluir novamente.

A escolha de ter certas experiências na Terra é tomada pela alma. Quando a consciência da personalidade terrestre ainda está muito longe da alma, as escolhas da alma serão experimentadas como uma espécie de poder que vem do exterior: Deus ou karma.

Mas o Carma é, em última análise, nada mais do que as lições que a consciência precisa a fim de crescer, e essas lições são escolhidas pela própria alma. Todos os tipos dos chamados ensinamentos espirituais que se esforçam por eliminar o seu carma, queimando-o, por exemplo, não fazem sentido.

O objetivo do Carma é o de curar e restaurar a conexão com a sua alma. Assim que você abrir a sua luz interior, para quem você realmente é, o seu Carma termina: a lição foi aprendida.

Uma vez tive uma cliente, uma mulher que se agarrou a uma relação que a fez muito infeliz, porque ela pensou que este era o seu carma. Mas quando eu entrei em sintonia com a sua alma, eu senti que o universo – sua alma – queria ensinar-lhe que ela tinha de se defender.

Ela achou que ela tinha que suportar o seu sofrimento com paciência, quando, na realidade, era o seu propósito o de se defender e obter um divórcio. Uma vez que ela fez isso, ela tinha resolvido seu karma.

O objetivo do “carma” é, portanto, nunca nos fazer sofrer, mas nos fazer crescer.

O sofrimento surge apenas quando resistimos a esse crescimento. Se resistimos a fazer escolhas que apoiam o nosso crescimento e bem-estar, o sofrimento que experimentamos parece inútil, e é isso que o sofrimento é, essencialmente.

Quando a nossa consciência aumenta, compreendemos gradualmente que a nossa resistência ao que a vida nos oferece é o verdadeiro problema. Em vez do carma, começamos a reconhecer os nossos desafios como o propósito de nossa própria alma.

Percebemos que as experiências difíceis não estão aí para nos causar sofrimento ou para nos sacrificarmos, mas, sim, para nos tornar conscientes de quem realmente somos e restaurarmos o nosso sentido de interligação de tudo.

Na próxima fase, em que a consciência coincide ainda mais com a alma, tudo o que lhe acontece em sua vida é visto como o seu próprio livre arbítrio. Sua jornada de volta à luz está quase completa.


Compartilhe com Ética mantendo todos os créditos
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO
https://www.decoracaoacoracao.blog.br/
https://lecocq.wordpress.com
www.jeshua.net

Fonte: Jeshua Channelings | Articles | What happens after death?
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br


A GANÂNCIA E O AUTOENGRANDECIMENTO NOS IMPEDIRAM DE COMPARTILHAR IGUALMENTE AS RIQUEZAS DO PLANETA…

Povos da Terra, estão em tumulto, na medida em que seus sistemas estão colapsando

SaLuSa

Mensagem de SaLuSa

Canalizada por: Mike Quinsey

.

Povos da Terra, estão em tumulto, na medida em que seus sistemas estão colapsando, provando mais uma vez que são insuficientes para manterem um padrão de vida digno e sustentável. Infelizmente tem que ser assim, uma vez que são Mestres de seus próprios destinos, quando foram agraciados com o livre arbítrio.

Poderia ter sido muito diferente, se tivessem aceitado serem os Guardiões de seus Irmãos e que na Raça Humana São Todos UM. A ganância e auto engrandecimento impediram que as almas partilhassem igualmente a riqueza do planeta, o que conduziu à uma sociedade desequilibrada.

Não condenamos os envolvidos pelo fato da Raça Humana ter aceitado aquilo que equivale a um ato de livre arbítrio de todos. No entanto, a experiência possibilitou a todos os interessados uma visão sobre a vida sem Amor e sem Deus, demonstrando que o Homem carece da sabedoria ou vontade de ser o Guardião de seu Irmão.

No entanto, nenhuma experiência, no ensino de lições que aceleraram suas evoluções deixa de apresentar seu lado positivo.

Tiveram muitas vidas, onde diferentes abordagens da vida foram tentadas onde, além dos pontos altos ocasionais, tem sido uma lição muito dura sobre a vida. Certamente, na medida em que experimentaram muitas abordagens diferentes para os desafios e problemas da vida, no entanto, continuaram a evoluir, com muitos avançando o suficiente para serem capazes de ascender.

Agora, só resta saber quanto poderão elevar as vibrações suficientemente para a Ascensão acontecer. Certamente ela vai acontecer, uma vez que é destino da Humanidade e, de fato de todo o Universo. Não poderia ser de outra forma, se tratando de um decreto das forças superiores que supervisionam a evolução da Raça Humana.

A toda alma é concedida a mesma oportunidade de ascender, com muita ajuda sendo dada, sem prejuízo de seu livre arbítrio. Algumas são tão arraigadas nas vibrações inferiores que acham difícil seguir em frente, todavia tenham certeza de que toda a ajuda é dada para ajudá-los a se elevarem.

No entanto, chega um ponto, quando um ciclo termina e um novo começa e esse período intercalar é o que faz com que tenham tantos problemas. Neste momento, existe uma grande triagem que está levantando todos os aspectos da Luz.

Chegará um momento, muito breve, quando a Luz atingir um nível tal que, literalmente, deixará as vibrações inferiores para trás. Isso significa que qualquer alma que não ascender irá se mover para um outro ciclo que continue a satisfazer suas necessidades.

No final, tudo funciona perfeitamente, por isso, não existe necessidade de preocupação com o futuro de qualquer alma em particular. Amados, atentem para o fato de que Deus habita num estado total e absoluto de Amor e perfeição e que Seu plano para o Homem é a perfeição encarnada.

Antes de se oferecerem para experimentar a dualidade e caírem nas vibrações mais baixas, sabiam que iriam passar por momentos difíceis, mas estavam confiantes de que poderiam superar os desafios. Sabiam que, ao longo de todas suas jornadas, seriam ajudados a novamente se erguerem, mas também que com o livre arbítrio poderiam experimentar todos os aspectos da dualidade.

Desse modo, viajaram numa velocidade compatível com suas necessidades específicas, razão pela qual algumas almas estão “ficando” para trás. Aquelas que sentem uma forte ligação com a Raça Humana, retornarão após a ascensão, em atendimento de seus desejos de ajudarem almas perdidas a encontrarem seus caminhos para fora da escuridão e de volta para a Luz.

Num nível mais elevado de vibração, a Unicidade de todas as almas é realmente compreendida e,no Amor de Irmãos/Irmãs, algumas ficarão a serviço delas. Como estão, sem dúvida, começando a perceber, a energia do Amor é a força mais poderosa do Universo.

Nestes tempos de mudanças, nosso conselho é simplesmente que mantenham seus objetivos em mente, tentando, tanto quanto possível, ignorar o que estiver acontecendo a seu redor. Nenhum de vocês em seu nível, verdadeiramente entenderá o que realmente está acontecendo nos bastidores, embora, no entanto, devam se lembrar de que todas as ações executadas pela Luz são, em última análise, para seu benefício.

Poderiam considerar que as tarefas que enfrentamos sejam enormes para serem lidadas num curto espaço de tempo. No entanto, ressaltamos, mais uma vez, que temos enormes Forças da Luz, prontas para entrarem em ação. Além disso, nossos métodos estão muito mais adiantados do que estão cientes, podendo realizar num tempo relativamente curto qualquer tarefa que enfrentarmos, uma vez que contamos com recursos ilimitados à nossa disposição.

A nossa principal preocupação, como sempre, é a segurança de cada um de vocês, de modo que podemos transferi-los para outra área, se tal se revelasse necessário. Mas não se preocupem, pois não visualizamos qualquer grande necessidade de tais medidas drásticas.

Ainda continuam recebendo visitantes de outras civilizações que, muitas vezes, estão apenas em visitas breves para a coleta de informações sobre as mudanças em seu planeta.

Estão numa situação muito original, uma vez que suas Ascensões individuais estão atraindo muitos interesses, uma vez que se trata da primeira vez que este proposito foi alcançado com seres ainda em seus corpos físicos que, no momento, estão sendo afetados pelas energias superiores.

Embora não possam “sentir” os acontecimentos, possivelmente, sentirão a mudança dentro de si mesmos, na medida em que, naturalmente, ficam mais à vontade e em harmonia com todo o restante. Naturalmente que poderão ajudarem-se a si mesmos, apenas mantendo a calma, permanecendo centrados na Luz.

Poderão saber de muitas ocorrências assustadoras ao redor do mundo, inevitáveis quando uma limpeza está ocorrendo. Além disso, existe o fato da mídia gostar de exagerar condições usando palavras muito emotivas. Os tenebrosos também gostam de criar medo, uma vez que esta energia alimenta suas energias inferiores, atraindo mais pessoas para eles.

Toda alma, se já não estiver lá, gradualmente estará se movendo para a posição de experimentar o fim dos tempos e, ao mesmo tempo completar suas necessidades cármicas. Algumas já passou por elas são e estão se preparando para a Ascensão.

Esqueçam o que estiver acontecendo à sua volta, uma vez que se trata de um momento muito emocionante, embora aqueles mais envolvidos com ações terrenas possam não acreditar. Um dia, no futuro, olharão para trás, para este período e se sentirão felizes por fazerem parte dessa história.

Vocês, da Luz serviram às pessoas em muitas ocasiões e são aclamados por seus feitos. Não estamos surpresos com o sucesso dessa tarefa, uma vez que inicialmente foram escolhidos por causa de suas vastas experiências.

A Federação Galáctica está a postos para receber as instruções para arrebanhar os tenebrosos, que não são mais a força que constituíam. Agora estão muito restritos naquilo que podem fazer e incapazes de prosseguirem com seus planos de assumir a Terra.

Na verdade, monitoramos e controlamos os acontecimentos, evitando assim quaisquer ações que possam causar danos generalizados e perda de vidas. Às vezes, pode parecer confuso para suas compreensões quando acontecem ataques contra civis, que nem sempre são o que parecem.

Lembrem-se de que os Illuminati se infiltraram em muitas instituições e seus asseclas ainda realizam operações secretas, das quais já estamos cientes.

Eu sou SaLuSa, de Sirius, contente por, cada vez mais almas estarem despertando e começando a perceber que algo de grandioso está acontecendo na Terra.

Logo eventos ocorrerão, que irão indicar o que está por vir. Saibam que cada um de vocês têm muitos Entes Queridos, para os quais poderão dar orientações, por isso vou deixá-los com esse pensamento e meu Amor.

Mike Quinsey: Obrigado, SaLuSa.

………………………………………………………………………

Fonte: The Tree of Golden Light | SaLuSa 28 August 2015
Tradução: Sementes das Estrelas / Candido Pedro Jorge

Via: SaLuSa – “Povos da Terra, estão em tumulto, na medida em que seus sistemas estão colapsando” – 28.08.2015


Ouça também a mensagem através deste vídeo:

SaLuSa- Povos da Terra estão em tumulto na medida em que seus sistemas estão colapsando – YouTube

Publicado por Peregrino das estrelas em 28 de agosto de 2015.

Via: SaLuSa- Povos da Terra estão em tumulto na medida em que seus sistemas estão colapsando – YouTube


É IMPORTANTE QUE SE SAIBA, QUE O DESENCARNE OCORRE PARA QUE SE POSSA REGRESSAR AO PLANO ESPIRITUAL…

Preparo para o desencarne

ASHTAR SHERAN_Claudio Gianfardoni

Mensagem de Ashtar Sheran

Canalizada por: Rosane Amantéa

.

Venho em nome da ordem e da paz neste ciclo mais evidente que desponta no planeta: o ciclo da varredura planetária, da separação do joio e do trigo e do encaminhamento das almas para seus respectivos andares evolutivos.

Sem sombra de dúvida é importante que todos os seres humanos estejam atentos a uma insofismável realidade: os tempos são chegados e estão muito mudados os sintomas físicos e mentais da maioria dos seres.

Canalizadores e médiuns, ou os de sustentação energética, de várias correntes espiritualistas, do mundo todo, sentem sobre os ombros os fardos de energias deletérias que estão sendo dissolvidas pelas equipes de resgate de nossas naves.

Participam ativamente, nas madrugadas, com seus veículos espirituais, de expedições de auxílio aos grupos que desencarnam diuturnamente em vosso planeta. Integram nossas hostes de serviço do Amor Incondicional aos nossos irmãos cósmicos em corpo físico no planeta Terra.

No entanto, ainda mais sofridos encontram-se os vitimados pelas tragédias de cada dia, nestes tempos implacáveis da transição planetária.

Os últimos acontecimentos ocorridos em várias cidades do Brasil e de outros países, com relação às mudanças climáticas e suas consequências no movimento dos fenômenos da natureza, têm deixado, no plano astral, centenas de seres em condições lastimáveis de sofrimento espiritual.

Estes seres, em grande parte, principalmente aqueles que têm esta condição e merecimento, tem sido conduzidos até os postos de socorro espiritual na dimensão extra-física, de divisões especiais do Comando Ashtar, hospitais especializados em restauração de corpos astrais, de centros espíritas, esotéricos e de qualquer agregação religiosa espiritualista, onde existam fatores reais de disposição para a ajuda espiritual às criaturas encarnadas e às almas já libertas do invólucro carnal.

Nem porque existam nossas naves de resgate, sob o comando crístico, orbitando em torno do planeta para o socorro à humanidade, na difícil fase de transição que a Terra está enfrentando, deixa de acontecer a lei de ação e reação para os seres que tiveram suas vidas ceifadas, no plano físico, de forma abrupta, tal qual as dos últimos acontecimentos trágicos mostrados a cada dia pelos vossos noticiários.

Um dispositivo importante das equipes de socorro do plano espiritual é a utilização do ectoplasma de médiuns e criaturas que tenham a condição de doação aos seres que desencarnam em situações de grande desespero, tais quais os soterramentos, explosões, incêndios e afogamentos, além dos acidentes de toda ordem em estradas e nos âmbitos de serviços vários onde existam riscos permanentes.

Houve nesta madrugada um ordenamento de falanges mais adestradas em desativação dos núcleos de força (chakras) dos seres humanos, para haver um correspondente de auxílio espiritual mais efetivo às criaturas em vias de desencarne, que doravante serão em número crescente, dadas as condições climáticas em alteração visível de seu ritmo planetário anterior, como resposta e demonstração da inviolabilidade da lei de retorno aos excessos de toda ordem cometidos pelos terráqueos durante os milênios planetários.

As catástrofes coletivas demandam dos núcleos de socorro espiritual as mais recentes tecnologias desenvolvidas pelos especialistas em dissecção de “nós” de milhares de fios energéticos que prendem o corpo físico ao corpo espiritual.

Muito já se estudou nos círculos espíritas acerca dos desenlaces de invólucro físico. No entanto, urge salientarmos neste novo ciclo da Terra, que há que se preparar mais as criaturas humanas para os seus momentos de desligamento da matéria.

A falta de conhecimento sobre as leis espirituais atrasa, em muito, a eficiência das equipes de socorro, que necessitam ainda esclarecer as almas sobre sua nova condição e lidarem com circunstâncias de desespero, medo, pavor, ignorância e incredulidade.

Não bastando a atuação insalubre do séquito de inimigos astrais em regime de simbiose espiritual agregados aos corpos astrais dos seres mais comprometidos com a lei divina, há ainda a lei do magnetismo imperando na religação de desencarnados aos parentes encarnados que ficaram, invocando as suas presenças, e atraindo-os para uma perpetuação dolorosa de sua condição interregna.

Fazemos um apelo a todos os irmãos esclarecidos das lides espiritualistas que, antes de estarem cônscios apenas da intervenção de nossas frotas no novo ordenamento cíclico da Terra, façam a sua parte na conscientização de populações totalmente desavisadas sobre a imortalidade da alma, sobre a vida astral com sensações humanas após o desencarne e da preponderância do fator “conhecimento das leis espirituais” e “merecimento” na sintomática do pós-desenlace físico, para haver maior serenidade, autocontrole, paciência e fé nos momentos da grande travessia.

Toda a população da Terra deveria estar preparada para os momentos difíceis que o planeta irá atravessar.

Já está havendo provas de toda estas situações trágicas que centenas de criaturas irão enfrentar há muito tempo. Mortes coletivas já são cotidianas desde os albores do planeta e são vivenciadas em várias partes do orbe terreno, por inúmeros fatores e mecanismos naturais e de interferência humana.

Mas este momento é singular na história da Terra, ainda que semelhante aos ocorridos da Atlântida.

Temos um itinerário exaustivamente estudado pelas nossas equipes de resgate com relação à materialização astral de centenas de postos de socorro nas regiões que estarão sendo afetadas mais brevemente pelas intempéries.

Caravanas de enfermeiros espirituais trabalham incansavelmente sob a égide de Kwan Yin e de Mestra Nada. Sob os auspícios de Maria de Nazaré e de Jesus, falanges de seres arcangélicos diluem as torrentes escuras das impregnações energéticas na estratosfera do planeta, durante todo o tempo de esvaziamento dos recônditos terrenos onde ocorrem as catástrofes e mortes coletivas no planeta.

Urge ampliar-se o acervo de informações e de instruções a serem dadas pelos educadores espiritistas e esotéricos, no que tange ao preparo substancial dos seres para a consciência dos sintomas enfrentados no pós-desenlace do invólucro físico.

Há que lembrá-los da correspondência entre as condições morais e espirituais que tenham adquirido em suas experiências carnais e o estado de seus corpos astrais e de suas sensações no pós desencarne.

Muitos acontecimentos estarão sendo enfrentados daqui para a frente durante todo o período de adaptação do planeta ao seu novo eixo de rotação e à sua nova vibração galáctica.

Toda a engrenagem de viabilização do ciclo de provações, expiações e dores deste orbe-escola, através da interferência dos submundos umbralinos na vida dos terráqueos, tem sido destruída pelas equipes de desinfecção astral da Terra, um dos departamentos de atuação de nossas frotas.

Neste setor laboram exaustivamente os trabalhadores especiais da umbanda, seres de luz intensa vindos de Aruanda, ou seja, reinos de luz de universos trans dimensionais, a pedido de Sanat Kumara e de Saint Germain, além dos comandantes dos portões dos labirintos abissais da Terra, frequentemente confundidos com seres trevosos, sendo, no entanto, os guardiões mais capacitados para enfrentarem a vibração densa do interior astral do planeta.

São estes preparados em estações intergalácticas ou departamentos cósmicos de “Recursos Supra-Ordinários”, para o exercício de suas funções de confronto com o reino do Anti-Cristo. São estes especialíssimos seres os generais responsáveis pelo encaminhamento de almas para turbilhões de descida vibratória 666. São os Esséias, estes preparadíssimos seres, termo que se degenerou para Exus que, de qualquer forma, representam os oficiais da justiça divina.

No que tange ao nosso papel de comandante destas naves criadas através do amor de Sananda, para o resgate também dos seres em condições de estagiar em dimensões de frequência superior, deixamos aqui registrado o nosso apelo aos canais de comunicação espiritual: Que tracem um roteiro de explicações de alcance de massas, quanto às preparações que devem ter para atravessarem possíveis momentos de calamidades previstas para uma grande parte da população terráquea, não no afã de se salvarem ou sobreviverem, mas no sentido de conhecerem uma nova forma de se viver, no plano do espírito, em que suas condições de raciocínio, lucidez e preparo moral e espiritual darão contornos mais tranquilos ao cenário de suas novas vidas nestes outros planos dimensionais.

Não vamos aqui novamente expor princípios já consagrados e do conhecimento humano, tal qual o legado de Kardec, de Cristo e dos prepostos da era de Aquário, já delineados por Saint Germain, além de tantos outros mensageiros mais que já vieram preparar os homens para as transformações necessárias à sua evolução.

Mas, traduzir a nossa preocupação a respeito de uma necessária agilização do processo de despertamento espiritual, para se evitarem momentos ou milênios de mais sofrimento por parte desta população terráquea, que já vem atravessando portais de migrações e esquemas planetários há éons, e que passa, a partir de agora, a poder optar pelos seus novos rumos cósmicos, por terem já obtido a condição de semearem flores ou ervas daninhas, nos trilhos de suas jornadas evolutivas.

Com nosso augúrio por vislumbrarmos uma nova Terra surgindo e novos seres cristal apontando no horizonte do planeta, encaramos estes momentos de caos planetário como uma intervenção da lei divina a favor de sua criação, a alma imortal.

E, com a nossa flâmula do Amor Incondicional voltada para o socorro a todos vós, amados da Terra, deixamos aqui o nosso convite a este preparo a que nos referimos, para que o “Desencarne” tenha o seu sentido real de “mudança frequencial” de moléculas e da inteligência, com a mesma identidade espiritual em sua expansão de consciência cósmica, e que não represente, apenas, o momento de indizível “dor” em vossa situação de jungidos a um corpo físico planetário, que é o referencial que a grande maioria de vós tem nestes âmbitos tacanhos de interpretação das leis imutáveis da evolução.

Estamos em auxílio à Terra! Confiai na Suprema Perfeição dos desígnios de nosso Pai e mantende a paz interior nos momentos da “passagem”, pois sempre haverá quem os esteja aguardando e os aquecendo na chama divina do Amor Universal!

Com minhas saudações de imenso respeito aos meus irmãos da Terra.

Ashtar Sheran

Fonte: Mensagem Psicografada sobre Mortes em massa no Brasil 2019


Ouça também as principais partes da mensagem através deste vídeo:

CARTA PSICOGRAFADA (áudio) – BRUMADINHO, MORTES COLETIVAS E MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Publicado por Verdade Mundial em 28 de fevereiro de 2019.

Via: CARTA PSICOGRAFADA (áudio) – BRUMADINHO, MORTES COLETIVAS E MUDANÇAS CLIMÁTICAS – YouTube


A TRANSIÇÃO PLANETÁRIA E O INÍCIO DE UMA NOVA CIVILIZAÇÃO COM  A AJUDA DOS EXTRATERRESTRES – PARTE FINAL…

Cosmic Information

TRANSIÇÃO PLANETÁRIA

(O NASCIMENTO DE UMA NOVA CIVILIZAÇÃO)

(Continuação da Parte 3)

Por: Aldomon Ferreira

Capítulo VIII

QUANDO ACONTECERÁ A TRANSIÇÃO PLANETÁRIA


Estabelecer datas exatas é algo muito difícil, pois as informações são obtidas de fontes espirituais onde o tempo funciona de maneira diferente em relação ao do mundo físico. No entanto, os espíritos conhecedores da relatividade temporal conseguem converter a data do calendário espiritual para a data correspondente ao calendário físico.

Mesmo tendo-me sido mostrada a transição do planeta, de início fiquei relutante em aceitar a data que a Hierarquia Superior indicava para os acontecimentos.

O que posso dizer a respeito da data é que está muito próxima.

Nos cataclismos não haverá lugares seguros nem dentro nem sobre a Terra.

Os que procuraram viver as leis de amor do Cristo, o que independe de religiões, não sofrerão, pois entregarão suas vidas nas mãos de Deus, e serão protegidos seja em corpo seja em espirito.

Os seres humanos que até a data da transição negligenciaram o aprendizado das leis de amor, verdade, justiça, humildade, caridade, pureza e todas as formas de altruísmo se verão abatidos por tamanha dor que nenhum nome poderia qualificar.

Mesmo que não estejam conscientes os habitantes da Terra, já foi iniciada a contagem regressiva para ocorrer a Transição Planetária. Os que quiserem se preparar para os acontecimentos que inevitavelmente assolarão a Terra, podem começar desde já a aplicar de maneira eficiente ao crescimento interno cada minuto de suas vidas, pois está perto o dia em que o tempo estará irrevogavelmente acabado.

Capítulo IX

TRANSITORIEDADE DA VIDA DO CORPO FÍSICO


O planeta Terra desde o início da vida humana vem recebendo informações do mundo espiritual de ser o corpo físico meramente uma roupa de carne que o espírito veste para poder evoluir em direção de sua essência espiritual.

A vida no plano físico da Terra constitui-se uma valiosa escola de aprimoramento espiritual, através da qual conseguimos transcender as emoções animalizadas e o materialismo, conquista esta que nos liberta da obrigatoriedade cármica de ter que reencarnar em corpos primitivos.

Na atualidade os continentes da Terra abrigam quase 6 bilhões de seres humanos encarnados, cuja maior parte é constituída de pessoas que ignoram que são seres espirituais que momentaneamente deixaram suas casas espirituais para mais uma descida ao mundo físico através da reencarnação; aqui chegando, acabam sendo escravizados pelo materialismo.

O materialismo é uma força tão sorrateiramente perigosa que até mesmo alguns daqueles  que acreditam que são seres espirituais se deixam conduzir por interesses puramente de ordem material, que os induzem a gastar quase 100% de seu tempo de vida física correndo atrás de um punhado de pó que toma diversas formas, seja como dinheiro ou patrimônios que inevitavelmente terão que deixar quando desencarnarem.

Os bens materiais  em si só deveriam ser aplicados exclusivamente para manter o corpo físico vivo e com saúde e para realizar parte das aspirações do espírito, se para isso se necessitar de recursos materiais. É preciso se ter a noção de que tudo que se consegue nos é cedido por Deus como empréstimo e que algum dia teremos que prestar contas de tudo que nos foi possibilitado.

Ao estarmos vivendo em um corpo de carne, precisamos ter em nossas consciências que algum dia teremos que devolver o corpo para ser consumido pela Terra, através da morte física, deixando para trás todas as conquistas materiais, só levando para outro plano as consequência de nossas ações e o que aprendemos.

O espírito antes de encarnar, leva uma vida no mundo espiritual compatível com o seu grau de evolução. A maneira de viver pode ser pacífica ou perturbada. O fator determinante é o que se pensa, sente e faz.

No mundo espiritual a pessoa tem a oportunidade de conviver com familiares, parentes e amigos de várias encarnações passadas, morando, estudando, trabalhando e se divertindo naquilo que for de maior preferência.

Existem cidades espirituais de diversos níveis, algumas são como precárias favelas localizadas em dimensões inferiores e cujos habitantes não evoluíram suficientemente para deixar de viver de forma agressiva.

Há cidades nos mundos espirituais mais sutis que são como paraísos, com uma infraestrutura jamais sonhada pelos habitantes do mundo físico, casas confortáveis e aconchegantes harmoniosamente situadas em quadras ornamentadas por jardins e lagos cuja beleza parece jamais se extinguir. Escolas, universidades, parques industriais e setores de lazer e turismo são usufruídos pelos habitantes destas cidades sem desigualdades, pois pelo grau elevado de amor adquirido todos vivem de maneira harmônica. O que produzem é tão abundante que não falta nada para ninguém. Os seres que desejam ir ou viver em  cidades como estas precisam apresentar em suas auras espirituais a quantidade suficiente de evolução no amor, senão não poderão lá entrar.

Quando alguém vive feliz no mundo espiritual e pela necessidade de evoluir é obrigado a encarnar, o ser por um lado, sente alegria por ter a oportunidade de adquirir mais amor através do mergulho no mundo físico, mas, por outro lado, sente a dor da saudade por ter que se afastar dos amigos queridos com quem convive no mundo espiritual há incontáveis milênios pois o espírito é imortal.

Quando o espírito reencarna, ele esquece seus amigos, seu lar, seu trabalho e lazer predileto, pois nem todos estariam preparados para lembrar do passado e continuar vivendo no mundo físico.

Há um programa de vida que é determinado no mundo espiritual, que preestabelece uma data precisa de quando a pessoa terá que desencarnar. No entanto, quando chega o momento de regressar para sua verdadeira casa que é a espiritual, novamente se vê diante da dor de ter que deixar para trás entes queridos. Assim que o espírito se encontra despido de sua veste carnal e recobra a lembrança de seus amigos de longas datas, seu coração transborda de júbilo.

Para que façamos nossa viagem de regresso a nosso lar espiritual com toda tranquilidade,  faz-se necessário estudar sobre a vida espiritual para saber o que vai encontrar lá fora.

Capítulo X

COMO SE PREPARAR PARA A TRANSIÇÃO


Sendo a vida física algo tão transitório, quem deseja de fato fazer bom uso dela precisará fazer esforços para vencer as sedutoras ilusões do mundo da matéria e do animalismo.

Os bons conselhos e orientações aliadas à luz da verdade, justiça e amor vão constituindo um roteiro seguro para aqueles que querem vencer a ilusão e viver de fato cumprindo as leis do Criador Absoluto.

Grandes seres já desceram por muitas vezes ao solo terreno com a missão sublime de levar a luz da evolução espiritual aos povos da Terra. Eram eles os iluminados de era como Antúlio, Abel, Krishna, Moisés, Buda e Jesus. Todos estes deixaram em suas épocas a grande mensagem de amor incondicional, que era consolidado com seus exemplos de seres sábios e unidos à divina presença do Deus Absoluto.

É desnecessário, no tempo em que vivemos, discutir religiões, mesmo que seja no intuito de salvar alguma alma “perdida”.

A humanidade da Terra ao longo de milênios, séculos e décadas teve a oportunidade de escolher trilhar os caminhos iluminados do Cristo. O momento presente é de definição, quem acredita estar do lado do Cristo agora terá que provar-lhe sendo um exemplo de amor e fé e se submetendo à justiça de Deus, o que independe de religião.

Bem se sabe que o espírito encarnado, para vencer determinado vício de caráter, com muito esforço leva décadas, séculos e até milênios, não é de uma hora para outra que alguém muda de barro para água cristalina. Os que aparentemente se transformam de forma brusca é porque há longo tempo vinha processando em seu interior a mudança.

O momento atual é de emergência, pede soluções rápidas. Um plano de esclarecimento coletivo foi elaborado no mundo espiritual por entidades de grande evolução com o intuito de diminuir o sofrimento dos encarnados e desencarnados durante esta fase de transição planetária.

O plano de ajuda é bem simples, consiste em oferecer informações que ensinem as pessoas a manterem uma permanente ligação com suas essências espirituais e com os espíritos evoluídos como o Senhor Jesus, que dirigem a evolução do planeta Terra.

Este contato interno com a divina presença é adquirido com conexão com a divindade, e é o que dará força para que os seres humanos consigam suportar os acontecimentos que se aproximam.

CONEXÃO COM A DIVINDADE

Requisitos:

Primeira etapa

Procurar conduzir os pensamentos, sentimentos e atitudes, com:

amor
justiça
verdade
humildade
perdão
altruísmo
mansidão
compreensão
caridade
tolerância
serenidade

Se estes requisitos não forem seguidos, mesmo que em grau inicial, não se conseguirá fazer com eficiência a

Segunda etapa

Falar à sua divina essência através da oração.

O poder de falar com a centelha espiritual, que é Deus no interior do ser humano, se consegue através da oração, que precisa ser verdadeiramente pensada e sentida.

Para orar, é preciso dirigir-se à divindade:

* admitindo verdadeiramente para si mesmo que existe um poder supremo que é Deus Absoluto que zela por toda vida
*  com humildade e gratidão pelo dom da vida que  recebemos permanentemente de Deus;
* com reconhecimento de todos os  erros por  você cometidos e suas limitações;
* chegando ao arrependimento de suas falhas, e não querer mais errar;
* pedindo que lhe ensine a corrigir seus erros e que tenha forças para não mais comete-los;
* demonstrando o desejo de aprender as leis de Deus para poder cumpri-las;
* submetendo-se à justiça do Criador, com  confiança e resignação;
* pedindo com sabedoria o que achar ser necessário para sua vida.

Escutar a divina essência através da meditação.

A meditação realizada logo após a oração é o meio pelo qual recebemos orientações da essência de Deus que em nós habita e nos mantém vivos, como também, para recolher a sabedoria e amor dos espíritos superiores da luz divina.

Logo após ter terminado sua oração, procure concentrar sua atenção no amor que envolve sua alma e pergunte à sua consciência o que fazer em relação a qualquer aspecto de sua vida. Se a orientação surgir nos seus pensamentos seguindo as leis de Deus, isto significa que a meditação está acontecendo.

Com a prática constante da conexão com a divindade, a pessoa ficará permanentemente ligada à sua essência e aos espíritos superiores e, quando acontecer a transição planetária, seja em corpo físico ou em espirito, a pessoa será amparada e protegida.

Vale frisar que, se alguém segue alguma religião ou filosofia que a liga a Deus, esta pessoa também estará preparada para a transição, mesmo que não saiba o que vai acontecer, pois o mais importante é estar ligado as forças superiores, que serão as únicas a quem poderemos recorrer.

Fim…


Direitos Autorais

Texto extraído do livro “TRANSIÇÃO PLANETÁRIA  O NASCIMENTO DE UMA NOVA CIVILIZAÇÃO” de Aldomon Ferreira.
Copyright © Aldomon SVCA 1996
SOCIEDADE DOS VOLUNTÁRIOS DO COMANDO ASHTAR – SVCA

Via: Cura e Ascensão – TRANSIÇÃO PLANETÁRIA


A TRANSIÇÃO PLANETÁRIA E O INÍCIO DE UMA NOVA CIVILIZAÇÃO COM  A AJUDA DOS EXTRATERRESTRES – PARTE 3…

Fantasy Art by Yutaka Kagaya

TRANSIÇÃO PLANETÁRIA

(O NASCIMENTO DE UMA NOVA CIVILIZAÇÃO)

(Continuação da Parte 2)

Por: Aldomon Ferreira

Capítulo V

VISÕES DO FUTURO

Acabara de sair em espírito do corpo físico e Ashtar me proporcionou uma viagem através do tempo, para o futuro da Terra. Esta projeção me levou a Brasília no dia das transformações planetárias.

Em espírito me vi em uma calçada em frente a um dos prédios de uma quadra comercial do final da Asa Norte do Plano Piloto. Estava de pé, e vi que o tempo indicava o cair do crepúsculo, o sol havia se posto e a noite tomava conta do ambiente.

Escutei a voz de Ashtar em minha cabeça, identifiquei que ele estava falando comigo por telepatia. Ele me falou que prestasse muita atenção no que iria acontecer pois me caberia narrar o que fosse visto quando regressasse ao corpo físico; com isto agucei minha atenção.

A rua mostrava-se repleta de carros visto que as pessoas que saíram de seus trabalhos estavam regressando para suas casas, algumas andavam pela calçada porém sem notarem minha presença, pois, como ali estava em espírito, seus olhos físicos não podiam me ver. A movimentação das pessoas aparentava normalidade. De súbito um vento estranho soprou fortemente de cima para baixo verticalmente, a pressão atmosférica começou a ser abalada, com isto o ar começou a tremer. Imediatamente os carros pararam, e as pessoas tomadas de assombro começaram a correr por todos os lados, algumas já gritavam de pânico. O chão começou a tremer e coisas desabavam, neste momento olhei para o céu e vi pontos luminosos surgindo em todo horizonte, tais luzes começaram a descer em direção ao solo. Ao se aproximarem de onde me encontrava, pude identificar que algumas eram naves batedoras que começavam a transmitir informações verbais por meio de aparelhos que conseguiam neutralizar o distúrbio atmosférico.

Estas são algumas das informações que pude ouvir:

– O  planeta está passando por uma transformação há muito esperada para o bem dos seres que aqui viverão seguindo as leis de Deus, pedimos que procurem manter a harmonia por que dentro do possível, serão recolhidos.

Logo após as pequenas e luminosas naves descerem, outras naves diferentes estavam descendo e começaram a recolher pessoas. Uma das naves deu um voo rasante sobre minha cabeça, olhei para cima e vi escrito em alto relevo no casco da nave a seguinte frase:

– Brasil, nós o amamos, estamos aqui para ajudá-lo.

Ao voltar meus olhos para as pessoas vi um mundo em desespero e pavor, a energia elétrica havia acabado, e na escuridão das ruas o desencarne ceifava os corpos físicos de muitos. Próximo de mim passaram correndo duas mulheres que tentavam falar histericamente com alguém por meio do telefone celular, que por sinal não estava funcionado. Percebi que elas, como a maioria das pessoas, estavam pensando que as naves é que estavam provocando tudo aquilo.

Fui tomado pela emoção e corri em direção daquelas duas mulheres  desesperadas e lhes disse que as naves estavam ali para ajudar e que não precisavam ter medo, pois no mundo físico ou no espiritual receberiam ajuda. Isso de nada adiantou, pois eu ali estava em espírito e elas não me puderam  ver ou escutar.

Voltei a observar o que acontecia, raios elétricos estranhos desciam do céu em direção ao solo e iam como que queimando ou desintegrando as coisas, os prédios começaram a pegar fogo e a ruir de cima para baixo.

As naves que recolhiam as pessoas levavam-nas para o interior de naves-mãe fora da atmosfera terrestre, onde estariam em segurança.

Pouco a pouco o portal dimensional começou a descer com sua cor, de um dourado muito forte quase alaranjado, e foi envolvendo todo o planeta. Nada escapava a esse envolvimento que ia alterando a matéria, fazendo aumentar a cadência de vibração de todas as suas moléculas. A operação de resgate durara alguns minutos.

Ashtar explicou-me que, após o clima terrestre ser reequilibrado, recolocariam as pessoas na Terra e os ETs ajudariam a reconstruir uma nova civilização com doação de equipamento e o serviço de técnicos especializados, pois a lei do carma estaria alterada positivamente.

Voltei para o corpo físico e sem demora tratei de memorizar cada detalhe do que tinha visto e ouvido.

Vi que em sua grande maioria as pessoas não estavam preparadas. Não o estavam porque não trabalharam seu lado espiritual de respeito às leis do criador absoluto. As pessoas tiveram a oportunidade de se preparar. Lembrei-me de que em minhas palestras eu havia prevenido muitos. Infelizmente a maioria  ridicularizara o aviso e não imaginara que no momento da transição não haveria nem tempo de se lembrar que foi avisado, tão grande o pânico!

O processo de transferência para o interior da nave é a teleportação. A pessoa é desmaterializada aqui e rematerializada no interior da nave. Alguns pensavam que as pessoas estavam sendo destruídas pelos ETs!

O medo da morte, apego, tanto afetivo como material, talvez tenha sido o principal trauma que observei no momento da transição. Daí sobrevinha uma solidão profunda, porque as pessoas não tinham ninguém em quem se amparar, em sua maioria se sentiam desesperados e sós.  Mas uma minoria já estava esperando por isso e, enquanto tudo acontecia, se regozijava de ver toda a miséria se acabando, finalmente iria ter um mundo novo, um mundo livre desta maneira autodestrutiva de viver, livre de vícios e de bombas que exterminam pessoas, livre da fome e da doença, da ignorância e do egoísmo.

Não há nada que possa parar estas mudanças, porque é um acontecimento cósmico. Portanto, é preciso imediatamente que a pessoa cultive o desapego material, viver não para ter, mas ter para viver. Não encarar tudo como meu, mas como emprestado pela vida. Até mesmo este corpo com que nos manifestamos neste mundo não nos pertence, pois, se agora estamos encarnados, daqui a pouco podemos não estar. A pessoa materialista de repente vê que não tem mais dinheiro no banco, que não tem mais seu emprego, que sua empresa não mais existe, o carro some, acaba tudo que tinha, nem sabe se terá mais amigos e se irá reencontrar seus familiares. A quem recorrer?

É importante que saibamos que não são as naves que vão provocar a transição dimensional. Elas estão aqui para nos ajudar e não para provocar confusão.

De nada adianta saber o dia exato e o local da transição. O local é o planeta inteiro, por isto não pense que escapará só porque comprou uma fazenda lá no morro mais alto ou se escondeu em um buraco bem fundo.

Também de nada adianta ser abastado e mandar construir um abrigo antiatômico. A Terra vai ser interpenetrada pelo portal, que é muito mais que energia atômica ou nuclear, é energia dimensional. Logo, não existe átomo ou partícula que não seja jogada para a 4ª dimensão. É preciso iniciar já o processo de preparo interno, porque não há como fugir eternamente, é preciso parar com essa coisa de tirar o corpo fora. Quando acontecer, quem já tiver contato com o seu Eu interno e com a Hierarquia Espiritual, quem já tiver trabalhado o desapego material e afetivo (amor é diferente de apego) terá muito menos trauma. Mas isto não quer dizer que devo hoje deixar o emprego, dar todos os meus bens materiais para os outros e viver apenas com minha camisa e meus chinelos. Enquanto não chega a época da transição, temos a oportunidade de nos aprimorar e, ao invés de ficar alimentando as ilusões materiais, é preciso despertar a consciência para o que realmente importa, cultivando a fraternidade, o desapego e o contato com a essência interna.

Capítulo VI

EXÍLIO ESPIRITUAL

Os ETs tem outra missão junto ao Conselho Planetário Oculto, Conselho Solar Oculto ou ainda, como alguns conhecem, Fraternidade Branca Universal.

É a tarefa de recolher e levar para outros planetas os espíritos que não tiverem o grau evolutivo para permanecerem no planeta Terra depois das transformações, pois a transição também acontecerá no mundo espiritual.

Os corpos espirituais dos seres que não são evoluídos o suficientemente não poderão ficar na Terra para presenciar a transição, porque não estão preparados para receber as irradiações energéticas do portal. Imagine o que aconteceria a alguém como nós que, sem nada para proteger, tocasse as mãos nos fios condutores de um transformador de alta voltagem! Coisa semelhante aconteceria com um ser de vibração baixa em contato direto com uma alta vibração. O corpo “espiritual denso” seria desintegrado, causando a segunda morte.

O corpo “espiritual denso” também morre e corre riscos. Veja bem, a essência ou consciência é imortal, jamais morre, mas pode vir a perder veículos de manifestação.  Para que não se perca nenhum desses veículos durante a transição é que estaremos em breve sendo amparados pelos nossos irmãos mais evoluídos.

Para executar tarefas, Ashtar estará comandando milhões de seres extraterrestres tripulando uma imensa frota de naves-mãe, sendo que a menor delas pode cobrir inteiramente uma cidade como Brasília.

Há dezenas de milhares de anos  a Terra vem recebendo espíritos hostis, exilados de muitos planetas que foram promovidos a um grau maior de evolução, o que causou uma seleção natural dos seres espirituais e encarnados que os povoavam. Naturalmente que nestas seleções alguns seres não apresentavam a evolução necessária para continuarem morando no mundo que se tornara mais adiantado. Os excluídos eram então encaminhados para planetas de níveis compatíveis com seus estados de evolução espiritual.

Aqui no planeta Terra, a partir da década de 50, foi iniciada a seleção e exílio de espíritos que se mostravam despreparados para aqui reencarnarem após as mudanças planetárias. Atualmente, em 1996, intensifica-se cada vez mais o recolhimento em massa dos espíritos contrários ao cumprimento das leis do Cristo.

Aqueles que se encontram no mundo espiritual e sabem que não irão ficar na Terra já se mostram terrivelmente revoltados e agressivos, pois não podem mais reencarnar por falta da devida permissão da Hierarquia Superior.

Os espíritos arraigados no mal sabem que seus dias na Terra estão contados, desesperadamente eles perseguem os encarnados como também os desencarnados na ânsia de levá-los ao desequilíbrio espiritual coletivo. Procuram arregimentar pessoas perturbadas que irão aumentar suas falanges sombrias, na ilusão de com isto se sentirem mais fortes para oferecerem resistências aos desígnios da hierarquia de espíritos superiores.

Em função da revolta das forças do mal que não respeitam as leis da criação, será travado uma grande confronto, em que as legiões de espíritos sombrios serão definitivamente expulsos da Terra  pelas forças do bem.

Com o intuito de se evitar que algum espirito bom porém desavisado presencie tal batalha e sofra consequências traumáticas, estão sendo feitos os avisos no planeta inteiro, para que todos se elevem espiritualmente através do cumprimento das leis do Criador Absoluto.

Quem estiver em permanente contato com sua própria essência e com os espíritos superiores, caso venha a perder o corpo físico através de uma desencarne brusco, não sofrerá nenhum trauma ou dor no mundo espiritual, pois, ao libertar-se do corpo de carne, automaticamente será levado por sua evolução a mundos espirituais luminosos e de grande paz.

O tempo que resta antes de as transformações planetárias ocorrerem é extremamente precioso. Quem utilizá-lo de maneira a permanecer firme no trabalho de aprimoramento espiritual terá a oportunidade de dar um salto evolutivo. Porém aqueles que aplicarem o pouco tempo restante na ilusão do apego aos prazeres animalizados e materialistas que alimentam o egoísmo terão a triste sina de serem levados para outros mundos cuja hostilidade é consideravelmente maior do que a que existia na antiga Terra.

Como ninguém evolui através do medo, será dada oportunidade a cada um segundo as obras feitas espontaneamente.

Capítulo VII

UMA NOVA CIVILIZAÇÃO SURGIRÁ NA TERRA

Após os cataclismos da verticalização do eixo magnético e da passagem da Terra pelo portal dimensional, nossos irmãos ETs irão nos ajudar a construir novas cidades nos vários continentes.

Uma era de luz começará a ser vivida pelos habitantes das novas civilizações, em que cada habitante expressará de forma espontânea o cumprimento das leis de amor incondicional.

Com rapidez as lembranças dolorosas das mudanças planetárias desaparecerão da mente das pessoas. Um governo único regerá toda a Terra e todos os países serão uma única nação. Não haverá mais fome nem miséria, pois todos se unirão para oferecer moradia, escolas, hospitais, trabalho para todos que quiserem. O comportamento das pessoas não será egoísta nem injusto, a preguiça e desonestidades se terão ido junto com os espíritos exilados do planeta.

Para que pudesse antever como ficaria o planeta depois das transformações, os ETs me possibilitaram viajar para o futuro da Terra logo após a reconstrução das cidades.

Acabara de sair do meu corpo físico,  fui transportado para o futuro. Apareci às margens de um grande dique de concreto que, imperturbável, detinha a água azul de um mar sereno. Olhei para o horizonte daquela imensidão de água quase azul turquesa. Com atenção fui examinando alguns navios de modelo desconhecido. O que mais me chamou a atenção foi um incrivelmente agigantado, que passou em alta velocidade, impulsionado por uma hélice em forma de roda dentada que ficava nas laterais do navio.

Voltei minha atenção para a cidade construída à beira daquele mar. Fiquei deslumbrado com a beleza daquela arquitetura cujos prédios e casas seguiam um design de sinuosas curvas que fazia com que as moradias não tivessem aspecto quadriculado. Todas as ruas e quadras eram extremamente organizadas, amplas e muito arborizadas. Frondosas árvores alcançavam o topo dos prédios, via-se entre as quadras parques floridos decorados com lindos lagos artificiais. Olhei para o céu e vi veículos que voavam sem asas, e logo identifiquei que a humanidade finalmente havia aposentado a roda descobrindo a flutuação magnética. Um espírito passou perto de mim, não contive minha curiosidade e lhe perguntei:

– A transição planetária já ocorreu ?

Com um sorriso me respondeu:

– Já há vários anos passamos pela grande transformação.

Fiquei muito feliz em constatar o quanto se tornou belo o mundo em tão pouco tempo, e novamente perguntei:

– Que cidade é esta em que estou?

– A população que aqui vive vivia anteriormente em Brasília, que foi destruída nos cataclismos, mas esta é geograficamente a área mais próxima da antiga cidade, que agora, como pode ver, está à beira-mar.

Não querendo tomar mais tempo daquele gentil rapaz, fiz a última pergunta.

– As pessoas foram avisadas de que a Terra passaria por estas mudanças?

– Praticamente todas as pessoas receberam de diversas formas os avisos, porém poucos de fato esperaram as mudanças.

Com um aceno de mão me despedi.

Em passos rápidos percorria as ruas procurando memorizar as inovações daquela civilização recém-criada. Era fácil notar que a humanidade não apenas adquirira um incrível avanço tecnológico mas que também desaparecera o egoísmo das pessoas, pois aqueles que sustentavam as paixões inferiores haviam desencarnado nos cataclismos.

Assim que atravessei uma rua, tive uma agradável surpresa, encontrei um amigo que conheci em Brasília em 1996. Ele também estava fora de seu corpo físico, no entanto era uma época que lhe era própria, pois seu corpo aparentava ser uns 20 anos mais velho, além de ter mudado um pouco o visual, deixando o bigode crescer. Ele logo me viu e nos cumprimentamos.

Só faltei pular em cima dele de alegria, falei-lhe que era grande o meu contentamento por presenciar a existência daquela nova civilização. Sem demora revelei-lhe que havia sido transportado para o futuro.

Com um sorriso matreiro ele me disse que estava muito feliz por ter realizado seu sonho de viajar de nave espacial, e que durante o período em que ficou nas naves havia desenvolvido uma nova profissão que muito o realizava. Em Brasília ele fazia animação gráfica e agora estava fazendo programação de realidade virtual para treinamento de pilotos de nave.

Senti que meu corpo físico estava me puxando, o que indicava que a qualquer instante acordaria em 1996. Sem demora perguntei-lhe a ele qual seria a data exata da transição planetária. Ele, por alguma razão, não me quis dizer. Suavemente voltei para meu corpo físico.

Continua… PARTE FINAL


Direitos Autorais

Texto extraído do livro “TRANSIÇÃO PLANETÁRIA  O NASCIMENTO DE UMA NOVA CIVILIZAÇÃO” de Aldomon Ferreira.

Copyright © Aldomon SVCA 1996

SOCIEDADE DOS VOLUNTÁRIOS DO COMANDO ASHTAR – SVCA

Via: Cura e Ascensão – TRANSIÇÃO PLANETÁRIA


A TRANSIÇÃO PLANETÁRIA E O INÍCIO DE UMA NOVA CIVILIZAÇÃO COM  A AJUDA DOS EXTRATERRESTRES – PARTE 2…

cinturao de fotons

TRANSIÇÃO PLANETÁRIA

(O NASCIMENTO DE UMA NOVA CIVILIZAÇÃO)

(Continuação da Parte 1)

Por: Aldomon Ferreira

Capítulo  III

VERTICALIZAÇÃO DO EIXO DA TERRA

Possuía em minha memória espiritual a informação de que um planeta intruso futuramente invadiria nosso sistema solar influenciando fortemente todos os planetas inclusive a Terra; por isso, toda geografia planetária passaria por grandes transformações, alterando por completo seus continentes. Com estes acontecimentos, muitos seres encarnados perderiam seus corpos físicos de maneira algumas vezes dolorosas.

Quando busquei maiores detalhes a respeito da aproximação desse planeta, os extraterrestres me possibilitaram, por meio da saída do meu espirito do corpo físico, viajar para fora do planeta Terra.

Da janela da espaçonave pude ver a aproximação do planeta intruso, que pertence a outro sistema solar.

Observei seu volume físico pouco maior que o da Terra, e sua cor era marrom-laranja parecido com ferro enferrujado. Estava pensando que dali o planeta não parecia tão assustador ou agressivo a ponto de tirar outros planetas de suas órbitas.

De repente foi ligado na janela da nave uma tela visual de varredura multifrequencial, que mostrava em si não apenas o planeta intruso em sua constituição física, mas principalmente a irradiação áurica da sua força magnética.

Quando avaliei o tamanho do campo magnético daquele astro, fiquei surpreso ao ver que seu magnetismo era vertiginosamente maior que sua massa física. Ao realizar o trajeto de sua orbita, deixava para trás uma imensa cauda, como as dos cometas. A tela de rastreamento mostrava números que marcavam o intervalo de tempo das pulsações do campo magnético. O magnetismo em determinados momentos diminuía incrivelmente, mas depois de certo tempo, como que em uma explosão, expandia-se centenas de vezes.

Isso dava a impressão de que o planeta passava algum tempo concentrando energia para depois explodi-la em volta de si. Com isso observei que as camadas mais suaves do campo magnético em cada explosão atingia o Sistema Solar, afetando inclusive o planeta Terra, que, ao receber a influência magnética alterava o seu clima, aumentando a temperatura, provocando tempestades, maremotos como também terremotos. Era também afetada a personalidade dos animais como também as dos seres humanos, via-se que as pessoas tinham a tendência a se tornarem mais animalizadas. Quando a explosão magnética do planeta intruso acabava e voltava a enfraquecer, mesmo assim sua aura ainda atingia a Terra, só que os efeitos gerais eram  bem mais suaves.

Era evidente o raciocínio de que, quando o planeta intruso aproximasse da Terra e nele houvesse uma nova explosão magnética, isso afetaria de maneira brusca ou quase instantânea a órbita da Terra, alterando fortemente seu campo magnético, o que acarretaria mudanças na rotação e translação, causando a verticalização de seu eixo magnético, sacudindo violentamente as placas tectônicas ou continentes, o que modificaria toda geografia da superfície terrestre.

Os técnicos extraterrestres calcularam o tempo de órbita do sistema solar da Terra e concluíram que, logo que houvesse a verticalização do eixo, a Terra entraria em uma região do espaço sideral que é um portal natural de aceleração vibracional, o que a transportaria para uma dimensão da densidade atômica mais sutil.

Portanto, é recomendável que as pessoas presentemente encarnadas na Terra busquem se espiritualizar de maneira tal a contatar que todos nós somos espíritos imortais que momentaneamente estamos vestindo corpos de carne. Ao nascermos aqui, a maior certeza é de que algum dia teremos que devolver nosso corpo de carne através da morte física.

Capítulo  IV

A TERRA TAMBÉM IRÁ ATRAVESSAR UM PORTAL DIMENSIONAL

Nós trabalhamos, estudamos, acordamos e dormimos e muitas vezes não conseguimos perceber o que está acontecendo, porque a realidade pode facilmente fugir aos cinco sentidos do corpo aos quais estamos acostumados. As informações que passarei foram colhidas através da projeção astral e da auto-regressão a vidas passadas.

Projeção astral é, em síntese, a saída consciente do corpo. Imagine que o espírito ou alma saia de dentro do corpo físico ou material e possa ir para o lugar onde as pessoas vão depois que desencarnam ou quando dormem. Nesses mundos extra físicos podemos viajar para fora do planeta, visitar outros mundos e explorar outras dimensões. Foi valendo-me desta habilidade que colhi as informações que estão sendo passadas por intermédio de palestras, livros, fitas, para que haja uma união de forças entre todos aqueles que estão tendo contato com algum comando da luz.

Nossos irmãos de outros planetas terão uma importante atuação no que vai acontecer. Veja bem, estamos num planeta que vibra na 3ª dimensão da densidade atômica física. Independentemente de entendermos de física quântica, nossos corpos e as coisas materiais que nos cercam são compostos de partículas tão condensadas que vêm nos mantendo na 3a. dimensão física ou dimensão densidade. Já há algumas décadas algumas mudanças vêm gradualmente ocorrendo. Um fenômeno cósmico de abrangência universal está acontecendo.

O universo inteiro está passando por uma transição. Os corpos estão começando a vibrar mais rápido e um portal natural está sendo criado para fazer os mundos saltarem de uma dimensão para outra.  Nós estamos em um mundo que está começando a se transferir para outra dimensão. Os contatos de certas pessoas com os extraterrestres especificamente nessa fase visam criar em nós o clima da transição, porque não estamos preparados para ela, nem mental nem tecnologicamente. Nossa cultura ainda não admite aquilo que transcende, porque a tecnologia  humana está arcaica em relação à tecnologia dos extraterrestres, não tendo como oferecer, com o conhecimento de que dispõe, a base necessária para se conseguir uma transição sem traumas.

A Terra já não é totalmente um planeta de 3ª dimensão, estando agora no limiar do portal dimensional, também conhecido como Cinturão de Fótons.

A irradiação desse portal já começa a influenciar o nosso planeta. A noção de espaço-tempo começa a ser alterada, o tempo não é mais aquele a que estávamos acostumados, ele anda mais rápido! Ainda que o relógio registre 24 horas por dia, 60 minutos por hora, o tempo já não é como antes, foi alterado e será cada vez mais alterado. Nosso planeta já iniciou a transição, mas por enquanto pega apenas a aura da 4ª dimensão, que nada tem a ver com o universo espiritual, é uma dimensão física porém mais sutil do que sua antecessora.

Na 4ª dimensão é possível vermos a energia que existe nos corpos, uma suave película envolvente, porque a matéria começa a se libertar. Hoje nossos corpos e os objetos são como que imprensados, ou seja, suas partículas são muito condensadas. Nosso mundo está passando para outra dimensão, mas não é só isto. Os objetos, constelações, galáxias, tudo que há nesse universo está gradualmente passando para outra dimensão, um universo empurrando outro universo, provocando uma reação em cadeia. O que está acontecendo não é uma coisa isolada, tudo na vida está sendo alterado porque o planeta está se aproximando do portal. Alguns planetas do nosso universo vão levar ainda bilhões de anos para chegar até esse portal, mas nós temos a sorte de já estarmos à beira dele, faltando pouco para transpô-lo totalmente.

As profecias contidas na Bíblia e em vários livros históricos registram os acontecimentos que virão em breve. Fazendo certa alusão ao Apocalipse, digamos que ele conta apenas parte da história. O nosso mundo está à beira de uma porta e pronto para transpô-la. A irradiação dessa porta já está nos atingindo, fazendo-nos mudar a percepção de tempo com a sensação de que tudo  anda mais rápido. Apesar de o relógio marcar 24 horas, parece que não temos mais 24 horas, o tempo está sendo reduzido cada vez mais e podemos notar isto pelo ritmo do avanço tecnológico. Outra alteração iminente é a noção de espaço, as pessoas muitas vezes vão ter a sensação de que tudo está sendo comprimido ou em expansão, vão sentir que as coisas são maiores ou menores do que o normal. Tais sensações são causadas pela turbulência do portal dimensional, provocadas  pela pequena irradiação da aura do portal. No núcleo desse portal é que acontecerão mudanças  realmente bruscas e radicais em nossa civilização terráquea e em civilizações de outros planetas, com a diferença de que naqueles serão aplicados métodos diferentes dos que serão usados em nosso planeta. Planetas hostis, ainda dominados pelo chamado mal, pelo destrutivismo (como o nosso),  precisam de cuidados especiais, como uma criança inconsequente que na beira de um abismo precisa do auxílio de uma inteligência maior.

A transição começou basicamente na década de 50, devendo encontrar em breve o seu apogeu ou término. Ainda não podemos perceber totalmente seus resultados porque não entramos realmente no portal, pegamos apenas sua irradiação, mas muitos de nós já começam a sentir que algo no mundo está mudando, não importa a religião ou credo, o importante é que internamente muitas pessoas estão sentindo que a vida está mudando. Respostas estão sendo buscadas e, para  oferecer tais respostas, pessoas ao longo do planeta inteiro assumiram determinadas missões de entrar em contato com a Hierarquia Oculta do Mundo, que coordena as nossas vidas aqui no mundo físico. A HOM está atuando efetivamente no nosso mundo apesar de ele ainda ser ilusoriamente dominado pelas trevas, ou seja, pelo lado do mal. Apesar de todos os percalços, a HOM está conseguindo fazer o trabalho de preparar terreno para a transição, com o fim de gerar o menor trauma possível a nós, humanos terrestres.

Não está sendo fundada nenhuma religião, seita ou filosofia, procuramos apenas transmitir o conhecimento de coisas muito fortes que estão acontecendo e que irão acontecer, bem como divulgar alguns métodos que a pessoa pode aplicar para se preparar internamente.

Quando nosso planeta passar pela transição, tudo aqui deixará de existir como nós conhecemos.O planeta será reconstruído, mas não devemos ter medo de perder o corpo físico, porque existem coisas bem piores do que o desencarne e devemos considerar que de uma forma ou outra daqui a alguns anos não estaremos mais aqui. Isto é inevitável, porque somos perecíveis, sendo que a maioria de nós não chega aos 80 anos, mais cedo ou mais tarde a gente deixará esse mundo. O próprio medo da morte é um estado de espírito que pode ser trabalhado, uma vez que a pessoa adquira consciência total de que morte é uma ilusão.

Baseado em que ciências posso afirmar que haverá tantas mudanças? É porque há vários anos pratico a projeção astral, que também ensino às pessoas. Através da PA ou saída consciente do corpo, as pessoas relembram vidas passadas, podem ver o próprio futuro, o futuro das coisas e até o futuro do mundo! PA não é uma habilidade subjetiva, ela pode ser desenvolvida por qualquer pessoa, bastando para isto que tenha paciência, disciplina e uma série de outros atributos que podem ser adquiridos com a persistência.

Em uma grande reforma, às vezes é preciso destruir para poder reconstruir depois. Para que tudo que hoje está ruim mude para melhor vai haver inicialmente o caos, mas isto é necessário e vai acontecer em função da influência do planeta intruso que em breve estará próximo à Terra e da passagem de nosso planeta pelo portal dimensional.

O Comando Ashtar tem várias funções e uma delas é recolher pessoas no corpo físico e levá-las para o interior de naves apropriadas, onde permanecerão durante a transição. Cabem aqui as seguintes considerações:

• não serão recolhidos todos os habitantes; 

• há pessoas ditas positivas (que trabalharam o seu lado interno), que não serão recolhidas; 

• será recolhida apenas uma pequena percentagem dos habitantes; 

• o programa ou missão de vida, que a pessoa fez antes de nascer aqui, é o fator que determinará se ela será recolhida fisicamente ou não; 

• ser recolhido no físico pelas naves não é o principal, pois existe gente muito boa que fez pela humanidade tudo que podia de positivo e que, quando acontecer essa transição, irá para planeta muito melhor que a Terra de 4a. dimensão, mas para isso terá que perder o corpo físico; 

• os futuros habitantes da Terra de 4a. dimensão precisam ser recolhidos às naves porque nós não conseguimos, com nossa tecnologia, gerar proteção para a oscilação eletromagnética e vibracional causada pelo cataclismo e pela transição de um universo para outro. 

Muitas das naves espaciais que cruzam o universo são o habitat dos seus tripulantes, que normalmente pertencem à 4a. até 13a. dimensão. Acima da 3a. dimensão a matéria é mais livre, os seres, isentos de certas limitações e inibições, podem manifestar um poder mais amplo junto à Criação. Assim lhes é possível densificar seus corpos de manifestação para poderem atuar em dimensões inferiores. Como vamos fazer exatamente o inverso, a sutilização de nosso corpo é o caminho.

Todo ser vivo na face da Terra passará pela transição, seja humano ou animal. Este mundo será lançado na 4a dimensão e os ETS vem fisicamente, no momento de emergência, com a missão de recolher quem for preciso.

O início da transição será pouco antes do crepúsculo, entre 18 e 19 horas aqui em Brasília, local onde estive em projeção astral e obtive estas informações. Com base na hora de Brasília, é fácil calcular a hora para os outros estados e países. O fenômeno acontecerá no planeta inteiro ao mesmo tempo, sendo que em alguns países será noite, em outros madrugada, em muitos já será dia ou estará amanhecendo.

Quase ninguém vai estar esperando quando a transição tiver seu início. O processo não será nada indolor e o trauma não seria menor se a pessoa soubesse o momento exato. É preciso, antes de tudo, que as pessoas se preparem a nível interno, e isto é realmente o que importa, porque qualquer que seja a roupa que se vista ou o local em que se esteja, lá chegará a irradiação do portal. A maioria das pessoas não está nem física nem mentalmente preparada para essa irradiação vibracional, mas nem por isto devemos entrar em pânico, porque nós não estamos sozinhos e estaremos sendo ajudados quando for necessário.

Nós estamos sendo vigiados permanentemente, cada pessoa é monitorada pelos extraterrestres, que têm a ficha de todos os que nascem, de todos os que morrem e de todos os que vivem no mundo espiritual. Eles sabem quem é quem, quanto a gente merece, qual é o nosso programa de vida, se teremos que perecer aqui na transição ou se deveremos ir para outro mundo.  Aqueles já recolhidos ao interior das naves é que povoarão o novo planeta Terra.

É importante frisar que em vários países pessoas que nem se conhecem estão dizendo o mesmo que está sendo dito aqui. Através da Internet podemos constatar que pessoas que nunca se viram estão obtendo as mesmas informações, porque estão ligados à mesma fonte, ou seja, os comandos extraterrestres e ao mundo espiritual.

Para algumas pessoas que estão pela primeira vez tendo acesso a estas informações, elas podem parecer absurdas, mas daqui a pouco tempo tudo isto fará sentido. Como as pessoas irão constatar a iminência do fenômeno? Com a aproximação do portal e do planeta intruso, o inconsciente coletivo vai começar a sentir o início das mudanças, mas sentir não é bastante. De nada adiantará querer se preparar quando a transição já estiver começando. É necessário começar agora, já!

Quando a Terra estiver passando pela transição, vários planetas também o estarão, mas existem alguns que conseguem se proteger de seus efeitos usando de tecnologia avançadíssima, com a criação de uma barreira dimensional em volta do planeta, tendo para isto o aval da Hierarquia Espiritual Superior. O Comando Ashtar está atuando não apenas no nosso planeta, mas em vários planetas do  nosso sistema solar e mesmo fora dele, porque a reviravolta será geral, haverá interferência em todos os planetas. Dando um exemplo simples, imagine que você mora numa ótima casa alugada a preço muito bom e que o final do contrato já está chegando. Você não cuidou bem dela, desmantelou, quebrou e sujou, fez uma desordem geral e agora o dono da casa vai ver se você está preparado para continuar morando nesta casa tão boa. Se você não for considerado preparado para refazer o contrato, então vai perder o direito de viver nesta casa. Uma unidade do Comando Ashtar faz o papel da polícia encarregada do despejo, mas não joga simplesmente o inquilino na rua deixando-o ao relento. Leva-o para outra casa não tão boa quanto a primeira, onde ele poderá fazer a sua bagunça sem prejudicar ninguém inocente, até que aprenda dar valor às coisas que tem. Assim, de acordo com seu lado interno, os seres vão sendo recolhidos  para várias casas, uma casa razoável ali, outra pior acolá, tudo em consonância com o grau evolutivo do espírito de cada um.

Continua… PARTE 3 


Direitos Autorais

Texto extraído do livro “TRANSIÇÃO PLANETÁRIA  O NASCIMENTO DE UMA NOVA CIVILIZAÇÃO” de Aldomon Ferreira.

Copyright © Aldomon SVCA 1996

SOCIEDADE DOS VOLUNTÁRIOS DO COMANDO ASHTAR – SVCA

Via: Cura e Ascensão – TRANSIÇÃO PLANETÁRIA

A TRANSIÇÃO PLANETÁRIA E O INÍCIO DE UMA NOVA CIVILIZAÇÃO COM  A AJUDA DOS EXTRATERRESTRES – PARTE 1…

visão do interior da nave mãe

TRANSIÇÃO PLANETÁRIA

(O NASCIMENTO DE UMA NOVA CIVILIZAÇÃO)

Por: Aldomon Ferreira

Capítulo I

A missão de alertar

Estava de pé, olhando através de um das muitas janelas daquele imenso anfiteatro, onde milhares de espíritos estavam reunidos para receber a última orientação antes de encarnarem em um corpo físico da Terra com a missão de avisar as pessoas do mundo físico das transformações que em breve ocorrerão em todo planeta. Através da janela via as torres incrivelmente altas que compunham aquela colorida cidade.

Lembrei-me com contentamento quando carinhosamente fomos recebidos pelos dirigentes daquele recanto de luz, logo que chegamos ao Planeta Terra. Éramos habituados a permanecer a maior parte do tempo a bordo das naves espaciais, mas para encarnarmos em corpos físicos da Terra se fazia vital nos aclimatarmos em uma cidade espiritual que possuísse as vibrações que nos preparasse parra suportar a densidade terrestre. A maior parte dos que se autovoluntariaram para a descida ao solo já se encontravam prontos para vestir o corpo de carne.

Percebi que seria dado inicio à palestra que ainda ouviríamos como espíritos livres. Naqueles milhares de olhares que se espalhavam nas arquibancadas em forma de círculo notava-se um misto de entusiasmo por servir o Criador Absoluto e ao mesmo tempo o receio de se verem presos em um corpo cheio de limitações e no qual por um tempo indeterminado esqueceriam suas origens.

No centro do anfiteatro estavam vários espíritos que compunham parte da direção da Grande fraternidade Branca, que, coordenados pelo Senhor Jesus, integravam o Governo Superior da Terra, tendo também coligação com os outros planetas do sistema solar e também de outras Galáxias. Foi dado início a palestra. O primeiro a falar foi uma Entidade cujo nome não é conhecido na Terra.

– Filhos da luz, que o Cristo esteja com todos para iluminar suas vidas nos caminhos sombrios da Terra, onde a maior parte de nossos irmãos ainda resistem ao amor.

Será dura a vida de todos vocês, incontáveis serão as dificuldades, se faltar a luz interior muitas serão as quedas, mas estaremos sempre ao seu lado para ajudar a levantá-los e a seguir em frente.

Todos aqui sabem que se submeterão a uma grande prova, que irá aumentar o grau de amor de todos.

Os habitantes da Terra em sua maioria estão com suas consciências imersas em um sono profundo. E apesar de se avizinharem acontecimentos que abalarão cada palmo de terra desde o mundo astral até o mundo físico, mesmo assim eles não estão querendo despertar para a evolução espiritual. A cada instante apegam-se mais e mais ao materialismo e ao animalismo, que os impedem de ver o seu Criador. E com a ânsia do egoísmo planejam destruir a todos, pela loucura do domínio do seu próximo, mas não deixaremos, pois comprometeriam a evolução da vida de muitos inocentes.

O Criador os envia para junto dos seus irmãos que dormem, para que sejam na Terra os mensageiros do Novo Mundo e avisem que as trevas perderão seus domínios e serão levadas para outras moradas.

Uma nova Humanidade será trazida de mundos mais evoluídos para viver no planeta Terra, mas para isso essa civilização deixará de existir, para que de suas cinzas nasça uma nova que será obediente à lei do Amor Crístico.

Avisem no mundo físico que não temam a perda do corpo de carne, que é a roupagem transitória do espírito, mas antes de tudo que não deixem seus espíritos serem perdidos nas sombras do egoísmo. O amor Crístico será a luz capaz de iluminar os caminhos que levam ao Criador  que poderá ajudar a humanidade Terrestre a ter forças para suportar as mudanças dolorosas.

Para que os seres humanos encarnados não sejam pegos de surpresa, muitos mensageiros já foram enviados e ainda muitos o serão, para avisar aqueles que queiram ouvir. Informem que é necessário que se preparem espiritualmente para prestarem a prova final, pois aqueles que não tiverem acumulado exemplos de amor Crístico suficiente não serão admitidos no novo mundo.

Vão meus filhos e semeiem os avisos de luz, para diminuir a dor inevitável e que o Criador Absoluto ajude todos nós a cumprir essa empreitada.

Muitos foram os espíritos que nos expressaram orientações preciosas ao êxito da missão, ofertaram-nos força e fé para o mergulho no mundo material.

Após a palestra fui acompanhado pela equipe encarregada da minha encarnação. Já há algum tempo havia sido ligado a um corpo que estava em formação no ventre da minha futura mãe e que naquele instante estava prestes a dar a luz. Com rapidez fui levado, e tomando a forma de bebê encarnei em meu novo corpo físico; pela primeira vez chorei em uma maternidade simples de uma cidade de interior.

Capítulo  II

O PLANETA TERRA RECEBERÁ AJUDA DOS EXTRATERRESTRES

Os extraterrestres estão à nossa volta e em breve se farão visíveis no físico. Ainda não chegou a hora de sua aparição em massa, mas isto irá acontecer, eles estarão aqui na época da transição.

Receberemos ajuda de nossos irmãos mais velhos, ou seja, os seres pertencentes a civilizações mais avançadas que nos observam e que no passado já interferiram em nossas civilizações e em breve irão interferir novamente.

Legiões de seres extraterrestres sob o comando de Ashtar, um ser de evolução Arcangélica, estão atuando na transição do nosso mundo, na transição dos universos e na reconstrução da nova Terra. Para poder expressar melhor a função dos extraterrestres, é preciso explicar, antes de tudo, a fase que o planeta vai viver, ou melhor, já está vivendo.

Os comandos extraterrestres são compostos de várias unidades. Muitas delas fizeram seres extraterrestres encarnarem aqui para realizar missões no físico, na civilização da Terra. Como existem unidades ligadas às áreas da comunicação, avanço tecnológico, medicina, evolução espiritual, etc., é possível que muitas pessoas de renome mundial que conhecemos ou que tanto ouvimos falar sejam alguns desses enviados!

O Senhor Jesus é o poder supremo que governa este planeta. Assim, podemos dizer que o Comandante Ashtar é o poder e a justiça que Jesus buscou para atuar aqui, é ele que virá com suas naves recolher as pessoas em corpos físicos como também em espírito.

Ao longo dos séculos a história vem registrando aparições de objetos luminosos, metálicos e,  também, documentando seres vestidos em trajes espaciais, similares aos dos astronautas. Alguns acreditam serem viajantes do tempo, outros, talvez, alucinações.

Em  vivências  pude registrar, com perfeição, a existência de níveis de seres extraterrestres, os positivos e os negativos. Falarei aqui, principalmente, a respeito dos positivos, qual a razão de sua aparente timidez e por que agem secretamente.

Estará a humanidade preparada para um contato coletivo com seres de outros planetas? Como reagiremos se essas civilizações começarem a aparecer abertamente com seus veículos espaciais, como um mar de estrelas flutuando no céu? A resposta é clara: não estamos preparados. A maioria duvida ou tem medo. Apenas uma minoria ínfima é que está de fato pronta para um contato mais direto com essas civilizações.

Atualmente, milhares de seres extraterrestres visitam esta nossa esfera azul. No entanto, os casos registrados pelas pessoas, pela ciência e pelos governos geralmente se referem a extraterrestres de nível não muito evoluído, vindos de planetas cuja evolução tecnológica está um pouco acima da nossa, mas, em nível ético, é inferior ou equivalente, podendo ser descritos como seres rebeldes que ainda não desenvolveram um sentimento maior.

No entanto, a maioria dos extraterrestres  que visitam o planeta Terra são de origem positiva. Seus mundos, aqueles que patrocinam suas viagens, são lugares onde a harmonia e o amor entre todos os habitantes é a tônica geral. São seres que vivem num sistema de governo que não faz imposições, que não dita normas. A norma existe dentro de cada um de maneira espontânea, de maneira que cada ser possui a consciência  da harmonia e do amor.

Nesses mundos, ninguém vê o outro como um estranho, mas como parte de si mesmo, uma parte que precisa ser cuidada, preservada, respeitada. Esses seres são  dotados de grande amor, um amor que  os  faz ficar em permanente contato com suas essências, com seus espíritos elevados, com o Criador Absoluto, aquele que aqui na Terra chamamos de Deus.

É através do amor recebido do Criador Absoluto que olham para os seus irmãos menores, como nós aqui da Terra, que sofremos, que amamos, mas que nos machucamos; que somos alegres, mas que  também  experimentamos grande tristeza; que construímos, mas que também nos destruímos.

Esses seres, que são como nossos irmãos mais velhos, chegam com o propósito de nos ajudar. Entretanto, nosso animalismo, nosso temor e nosso desamor ainda não possibilitam a presença maciça aqui desses irmãos que já galgaram por seus esforços, como nós ainda galgaremos, o nível de evolução, de expansão humana, não mais de purificação animal.

Dentre um número infinito de seres vindos de outros planetas, são eles integrantes de um comando do amor, da justiça e do poder.

Milhões de seres espaciais, vindos das mais diversas galáxias, de planetas de nível de evolução superior ao nosso, são voluntários, autoconvocados, que aqui vieram empunhando a bandeira do amor e da fraternidade, em ajuda aos planetas que dela necessitam.

Já em épocas passadas o Comando Ashtar se fez presente em nosso planeta, quando a Terra passou por diferentes estágios de evolução.

Mas há muito o planeta não vive uma fase semelhante a que se aproxima. É a fase da transição dos universos, quando muito virá a acontecer. Foi por isto que Ashtar enviou vários dos seus ‘filhos’ para se integrarem, através do nascimento, em corpos de carne e viverem por algum tempo junto aos seres que, há várias existências, estão nascendo na Terra. Sua missão principal é fazer despertar aqueles que já esqueceram suas origens, que já esqueceram a razão pela qual nasceram neste mundo e, por isso, precisam ser conscientizados para perceberem o quanto é necessário acelerarem o seu ritmo evolutivo.

Os extraterrestres procuram de muitas formas ajudar a evolução dos habitantes da Terra, muitas vezes tendo que interferir energicamente nos governos, como por exemplo limitar o uso do armamento nuclear para que nós não nos destruamos a todos.

Infelizmente, as  pessoas, em sua grande maioria, estão cegas quanto à natureza superior da vida.  Estão surdas da consciência plena de um contato com a essência.  Estão com o corpo imobilizado, o que  as impede de expressar os sentimentos mais sublimes que o plano superior e que o criador absoluto transmitem.

Por essas razões é que estamos sendo tão visitados pelos nossos irmãos mais velhos, de maior maturidade, que vêm de outros mundos. Não estão aqui com o propósito de tirar algo de nós. Isso representa a mesma coisa que alguém já possuidor de tudo que deseja, de tudo que precisa querer tirar algo de um mendigo que se agarra com todas as forças a seus pequenos e ilusórios pertences.

Nossos irmãos não querem nos escravizar. Pelo contrário, querem ajudar a nos libertar de nós mesmos, da nossa capacidade de autodestruição e do nosso egoísmo. Se não aparecem diante de  nós com seus corpos extraterrestres para falarem diretamente, é porque sabem que não estamos ainda prontos para o encontro com civilizações mais avançadas.

Ao longo da história planetária, vários comandos extraterrestres nos enviaram muitos dos  seus mensageiros: Missionários da Luz e  Iluminados de Era, que tentavam, como um sol retido em um corpo  de carne, irradiar para os homens a luz do amor, da justiça e da sabedoria. Desse modo, a humanidade pôde conviver durante algum tempo com Iluminados como Buda, Jesus  e  os grandes mestres que compõem a Fraternidade Branca do Conselho Planetário e Solar.

Recentemente, muitas Luzes voltaram a descer no planeta Terra. São espíritos que internamente brilham como sóis que, numa época turva e dolorosa como esta, têm a função de ser a luz que romperá as trevas, mesmo quando elas parecem prevalecer. Mas é bom sabermos que nesta vida as trevas tem poder relativo, apenas aparente.

Continua… PARTE 2


Direitos Autorais

Texto extraído do livro “TRANSIÇÃO PLANETÁRIA  O NASCIMENTO DE UMA NOVA CIVILIZAÇÃO” de Aldomon Ferreira.

Copyright © Aldomon SVCA 1996

SOCIEDADE DOS VOLUNTÁRIOS DO COMANDO ASHTAR – SVCA

Via: Cura e Ascensão – TRANSIÇÃO PLANETÁRIA


NOS PREPARANDO PARA RECEBER OS NOSSOS IRMÃOS GALÁCTICOS, QUE EM BREVE DESEMBARCARÃO NA TERRA…

Three UFOs in Earth Orbit

Da Ficção à realidade (o desembarque em massa)

OS DESMBARQUES DE LONGA DURAÇÃO

ufo-ovni-charuto-triangulo

Os Tão Aguardados Desembarques

Sananda

Canalizado por Adele Arini

.

Saudações, meus amados irmãos e irmãs Não muito tempo depois da minha mensagem anterior sobre o próximo grande evento, aqui vem uma outra atualização importante para todos vocês. Seus Irmãos Galácticos e Irmãs da Luz estão agora planejando um grande pouso na superfície de Gaia. A primeira onda de pouso será liderada por uma raça espiritualmente avançada de seres chamados os pleiadianos.

Os pleiadianos originam-se dos sistemas estelares das Plêiades. Em termos de aparência física, os pleiadianos parecem muito semelhantes à raça humana. Sua civilização inteira existe atualmente dentro da sexta dimensão; eles tinham “ascendido” das dimensões inferiores para as dimensões superiores da consciência (5D e acima) milhões de anos da sua Terra atrás. Os Pleiadianos fazem parte das muitas raças antigas de seres neste Universo.

Eles, junto com os Arcturianos, Venusianos, Antareanos e muitos mais, formam o grupo de raça dimensional superior de seres que têm a mais pura das intenções de servir a Deus/Fonte/Criador Primordial onde e quando necessário.

Eles estão totalmente comprometidos em fornecer um serviço ao Amor Divino em tudo o que fazem. Eles servem fielmente tudo o que é, para o bem maior de todos em mente. As 4 raças ‘alienígenas’ acima foram os principais guardiões desta galáxia por milhões de anos. Eles foram encarregados por Deus, com o Dever Divino de: vigiar, guiar e proteger a humanidade desde o início dos tempos na Terra, enquanto sempre respeitando a Vontade Superior do Coletivo Humano, em todos os momentos.

Agora, para alguns de vocês, que ainda são muito influenciados pelo paradigma da terceira dimensão, a atualização de hoje pode estar causando sensações negativas inegáveis ​​dentro de seus corpos físicos. Você pode sentir o aperto/contração das regiões do seu estômago, ou o seu coração pode estar acelerando um pouco (com medo, e não com excitação). É muito provável que você esteja se sentindo assim porque foi muito influenciado por filmes temáticos populares como “Invasão Alienígena”, como “Dia da Independência” ou “Guerra dos Mundos”. Esses filmes foram criados por almas que faziam o papel dos obscuros (que estavam, até recentemente, no poder), para mantê-lo vivendo na 3D, vibrações mais baixas da consciência do Medo e da Separação.

Nem todos os filmes de ficção científica ou séries de TV foram ruins/feitos para mantê-lo vivendo em um estado de medo. Alguns, como Avatar, Stargate SG-1, Babylon 5, Star Trek e Matrix Trilogy, foram verdadeiramente inspirados por Deus. Eles lhe deram inúmeras pistas (sob o disfarce de obras ficcionais) sobre o tamanho do Universo; a avançada tecnologia de viagens espaciais que a humanidade poderá desfrutar em breve; a possibilidade de viajar no tempo; as muitas variedades de raças sencientes lá fora, e a interação galáctica ou protocolos de comunicação entre uma multidão de diferentes civilizações alienígenas no Universo.

23_StarTrek_Enterprise_NX01starship_wallpaper_xx

A “Primeira Diretriz” de Star Trek, que proíbe a pessoa de interferir no desenvolvimento interno de uma civilização (espiritualmente e tecnologicamente) menos avançada, é na verdade a Primeira Diretriz de Deus para todos os membros das sociedades de dimensão superior e espaço. Esta Lei Universal é fielmente aceita por TODOS os seus irmãos e irmãs Galácticos de maior dimensão.

Os filmes da Matrix Trilogy (estrelando Keanu Reeves) foram criados com um propósito muito mais profundo para ajudar a humanidade a despertar espiritualmente do seu sono profundo. O personagem de ‘Neo’ simbolizava cada um de vocês. Nos filmes, Neo foi despertado (ou desconectado das máquinas) da Matrix of Life em que ele estava vivendo, para eventualmente assumir o poderoso papel profetizado de “The One”, que levou TODOS para a Era da Paz.

Você vê o tema da conexão? Isso não descreve perfeitamente o que está acontecendo atualmente em todo o planeta? Todos vocês, meus queridos amigos, agora estão fazendo o papel de Neo. Aqueles de vocês lendo isto agora foram despertados da Matriz da vida tridimensional que era o Planeta Terra. Seus dons espirituais, seus poderes Divinos de Criação e Manifestação serão despertados em seguida, para que você possa criar, atrair e manifestar Nova Gaia. Conduzindo a TODOS na era dourada da Paz, Amor, Unidade, Harmonia e Abundância na Terra.

Você é “o único” por quem estava esperando. Todos vocês estão no processo de se tornarem a encarnação física, profetizada há muito tempo, da Consciência Crística (Consciência do Amor Divino e Unidade) no planeta Terra.

Alguns de vocês podem ser totalmente novos ou resistentes ao conceito de que a humanidade não está sozinha neste Universo. Os muitos filmes de ficção científica e séries de TV sobre raças alienígenas “lá fora” até agora têm sido incapazes de convencê-lo da existência real de civilizações sencientes em outras partes deste grande Universo em que você está vivendo.

A maioria de vocês que está lendo regularmente essas mensagens canalizadas e espirituais sempre foi fascinada pelo gênero de ficção científica por toda a sua vida. Seu coração sempre “conheceu e lembrou” a seguinte Verdade Superior: A Humanidade é apenas uma das muitas raças sencientes de seres que existem no Universo. No fundo você pode estar se sentindo tão diferente das pessoas ao seu redor; como você realmente não ‘pertence’ aqui neste planeta. Você lutou toda a sua vida para se sentir em ‘HOME’ aqui.

7f440e1b136411aa354089bf2db2256f

Esses sentimentos são perfeitamente normais para alguém como você. Você estava se sentindo assim porque você é nossa ‘semente estelar’; nossos ‘Voluntários’ e parte do nosso ‘Ground Crew’. ( Por favor, leia a mensagem deste canal do Arcanjo Miguel intitulada: ‘Ready Set Go‘, para mais informações.) Vocês se voluntariaram para uma missão no Planeta Terra; uma missão na qual você desempenhará um papel importante no despertar espiritual e no desenvolvimento da humanidade.

Você também veio de muitas partes diferentes do Universo; de muitas civilizações de diferentes dimensões superiores em serviço à Luz. E, ao contrário de seus irmãos e irmãs Galácticos que chegam em breve, você preferiu ter um lugar na primeira fila para essas mudanças emocionantes que estão sendo tocadas no Planeta Terra! Você veio aqui para ajudar primeiro, diminuindo suas vibrações naturalmente altas nos preparativos para uma jornada para a terceira dimensão e então em seguida, vestindo o ‘ traje’ de um corpo humano físico. Você teve uma vida bastante desafiadora até agora; tentando se adaptar e fingir que você pertence a aqui e como se você fosse totalmente ‘normal’, como todo mundo.

maxresdefault (10)

A seguinte é minha mensagem para você:

“Todos vocês que são membros da nossa Equipe de Terra, sentem o gongo da Grande Chamada reverberando dentro de vocês agora. Esse chamado para assumir o manto da liderança para levar a humanidade ao caminho da Unidade e do Amor não pode mais ser ignorado. Você foi treinado e preparado para este papel por muito tempo. Você está pronto. Não tenha medo. Tudo está se desdobrando perfeitamente de acordo com o Plano Divino de Deus.”

“Agora é a hora de parar de brincar de pequeno porte. Agora você já deve saber muito bem que o seu Eu Superior, poderoso e multidimensional, está cheio de Amor e Sabedoria Divinos. Seu Eu Superior está no processo de amalgamar TODAS as suas experiências de vida Passadas e Futuras que você acumulou em todo o Universo, no grande momento eterno do AGORA.”

“Esta Sabedoria Multidimensional será baixada para você em breve, para que você possa ajudar todos os seres humanos Ascendentes a incorporarem e integrarem totalmente seus próprios Eus Superiores. Sua Família Galáctica está à sua disposição para apoiá-lo em cada passo do caminho. Terra agora. Eles vieram, em Amor e Luz, para ajudar todos os membros da raça humana em sua jornada de volta à Fonte/Deus.”

“A maioria de vocês tem esperado por este pouso pelo que pareceu uma eternidade. Agora que esta ocasião importante está praticamente à sua porta, a hora é agora para todos vocês serem os líderes da quinta dimensão que vocês nasceram para serem! No momento em que sua Família Galáctica chegar à superfície do planeta Terra, por favor, seja um dos primeiros grupos de pessoas a receber sua chegada Abraçar os Pleiadianos como você, um amigo perdido, e reconhecer que a presença deles significa que é hora de toda a humanidade finalmente se tornar membros verdadeiros e ativos da comunidade galáctica.

“Fale sua Verdade Superior para qualquer pessoa que esteja ouvindo a distância: que esses Irmãos e Irmãs Galácticas vieram à Terra no Espírito de Paz, Amor e Unidade.”

Não há absolutamente nada a temer. Os pleiadianos estão completamente preparados para todas as eventualidades. Nada que a humanidade possa produzir (por medo ou por quaisquer outras reações tridimensionais) será capaz de prejudicá-los. Eles não terão nada sobre eles que possam ser considerados “armas”, e não farão absolutamente nada que possa ser erroneamente interpretado como “ter intenções hostis” em relação à Humanidade.

Os pleiadianos se comunicam entre si via telepatia mental e possuem a capacidade de se comunicar com você em todas as línguas da Terra. Se você é um dos mais corajosos que realmente se aproxima de um deles em amizade, você descobrirá que a comunicação com eles é fácil e sem esforço. Essa raça altamente evoluída de seres emana fortes e altas vibrações de Amor e Luz que instantaneamente farão você se sentir seguro, confortável, amado e completamente amado.

Os Pleiadianos foram e ainda são um dos Guardiões que protegem a humanidade nesta Galáxia. Eles têm desempenhado um papel importante no despertar espiritual e no desenvolvimento da raça humana. Eles estão aqui para ajudar a desintegrar todos os aspectos do atual estilo de vida tridimensional da humanidade (baseado em: Dualidade, Medo, Falta e Separação) e ajudar a estabelecer a fundação de uma sociedade pentadimensional que será completamente baseada em: Paz, Unidade e Unicidade, Amor e Abundância.

chinese-tycoon-builds-star-trek-enterprise-shaped-building-beam-me-up-scottie-video-95873_1

Esses seres de luz espiritualmente avançados vieram à Terra levando os presentes: Sabedoria, Amor e Amizade. Eles estão aqui para compartilhar muitas tecnologias de dimensão superior que serão úteis para ajudar na Cura Planetária de Gaia e em todos os seus habitantes. Eles estão prontos para ensinar e compartilhar os caminhos do domínio espiritual e da iluminação.

Eles não estão aqui para “forçar” a humanidade a adotar seu caminho, seus ensinamentos ou seu modo de vida. Eles estão aqui, na Terra, para responder ao chamado desesperado que Gaia e a maioria da Humanidade haviam clamado. Muitos de vocês haviam clamado por ajuda. A maioria de vocês estava orando e ansiando pela experiência de paz, amor e união duradouros neste planeta. Os pleiadianos estão aqui para guiá-lo até lá. Eles estão aqui, enviados por Deus/Fonte, em resposta às suas orações.

Como sempre, como tudo o mais na vida, todos e cada um de vocês terão a liberdade total e o livre arbítrio para aceitar ou não aceitar sua assistência.

Por favor, lembre-se, sua presença contínua aqui na Terra, no passado, sempre foi mantida “Top Secret” por muitas pessoas que estão ocupando altos cargos de liderança dentro de seus governos atuais. Sugerimos a esses líderes que forneçam a plena divulgação da presença de ‘estrangeiros’ a muitos cidadãos da Terra, sem sucesso. Então agora é hora de a Humanidade conhecer a Verdade. Como nada pode ser escondido neste complexo, grande projeto que é a formação de Nova Gaia. O despertar da humanidade e a participação plena são necessários para a próxima fase deste desenvolvimento.

Estes são momentos verdadeiramente excitantes em que você está vivendo, meus amados amigos! Agora você está pronto para retornar à Verdade Mais Elevada, de Quem Você É. Você é uma Alma Multidimensional Poderosa que escolheu temporariamente um recipiente físico na forma de um corpo humano para experimentar a vida na terceira dimensão. Vocês, que estão lendo isto, já tiveram o suficiente de viver como seres tridimensionais e agora escolheram retornar à sua 5ª Expressão Superior de Si Mesmo enquanto ainda fisicamente incorporados aqui na Terra.

Pegue as mãos que estão sendo oferecidas por seus irmãos e irmãs galácticos e acolha de bom grado sua presença amorosa em alegria, paixão e excitação! A chegada deles virá, não muito tempo depois do Grande Evento que eu compartilhei com você na minha última mensagem através deste canal. A maioria da humanidade está finalmente pronta e disposta a abrir seus grandes corações para abraçar TODOS dentro de sua própria raça (independentemente de cor, religião / fé, orientação sexual, status financeiro, nação, cultura, idioma etc.).

Agora você está pronto para incorporar o espírito da Unidade e Unidade com Tudo O Que É. E por causa disso, você está pronto para pular para a próxima fase da evolução espiritual: abraçar sua Família Galáctica – as diferentes civilizações “alienígenas” e viver junto com elas neste Universo, em Paz, Unidade, Amor e Harmonia.

Reconheça que, assim como você, as almas daqueles na Família Galáctica, tiveram (no pré-nascimento) tomadas as decisões para serem fisicamente incorporadas em quaisquer civilizações das quais elas vêm. Eles não são diferentes de você! As almas de nossos irmãos e irmãs pleiadianos exerceram (em um nível mais alto) seu livre-arbítrio e escolheram nascer nos sistemas estelares de Pleaides. Assim como todos vocês que pertencem à raça humana, escolheram Gaia / Terra para ser o seu ‘playground’ físico para esta atual encarnação.

Visualize o universo ‘Star Trek’ onde diferentes raças de seres vivem todos juntos em harmonia; humanos e alienígenas, todos misturados em várias configurações / grupos dentro da galáxia. Essa realidade já existe AGORA em Nova Gaia. Este é o futuro da Terra em que você habitará em breve, dentro desta vida atual, caso deseje participar e escolhê-lo por si mesmo.

A maioria de vocês que está lendo isso começou a participar ativamente da criação de Nova Gaia em sua própria realidade física, e os Pleiadianos poderão dar um grande impulso; um forte apoio e base que você precisa para que isso aconteça ainda mais rápido. Eles não serão capazes de criar Nova Gaia para você (já que eles não fazem parte da raça humana), mas eles podem ajudar você a criar a sociedade pentadimensional em que você quer morar.

Eu, Sananda, junto com TODOS dentro do Comando Ashtar, fico pronto para ajudar cada um de vocês em Ascender para 5D e além. Ligue-nos a qualquer momento para obter ajuda. Somos Multidimensionais; Nós somos capazes de ajudar todos vocês ao mesmo tempo.

Enviando muito amor e ilumine seu caminho.

Seu irmão na luz

Sananda

…………………………………………………………………………………………………………………………….…………….

Fonte: THE LONG-AWAITED LANDINGS ~ Sananda via Adele Arini, 20 March 2018.

Tradução: Essencia Ayam Eu Sou

Via: Essencia Ayam Eu Sou: Da Ficção à realidade (o desembarque em massa)


Ouça também a mensagem através deste vídeo:

DA FICÇÃO À REALIDADE (o desembarque de naves em massa)

Publicado por ESSENCIA EU SOU Mensagens de Luz em 15 de abril de 2018.

Via: DA FICÇÃO À REALIDADE (o desembarque de naves em massa) – YouTube