UM LIVRO SOBRE A IMPORTÂNCIA DO AMOR NA SALVAÇÃO DA HUMANIDADE…

Ami, o menino das estrelas

Ami, O Menino das Estrelas

  (DIÁLOGO ENTRE UMA CRIANÇA TERRESTRE (PEDRINHO) E UMA OUTRA EXTRATERRESTRE (AMI))

ami_o_menino_das_estrelas

Postado por Bernardo Melgaço

 

Na página de apresentação do livro encontramos:

“É difícil aos dez anos de idade escrever um livro. Nesta idade ninguém entende muito de literatura… nem se interessa demais; mas eu [Pedrinho] vou ter que fazer isso, porque Ami disse que se eu o quisesse ver novamente deveria relatar em um livro o que eu vivi a seu lado.

Ele me advertiu que entre os adultos, muito poucos me entenderiam, porque para eles era mais fácil acreditar no terrível do que no maravilhoso.

Para evitar problemas ele me recomendou que dissesse que tudo era uma fantasia, uma história para crianças.

Eu vou obedecer-lhe ISTO É UMA HISTÓRIA” (p.3).

DIÁLOGO ENTRE O MENINO CHILENO (Pedrinho) E O “MENINO” EXTRATERRESTRE (Ami):

“- [Pedrinho] Mas talvez existam mundos com seres inteligentes e malvados…
“Inteligentes e malvados”! – Ami dava risada – Isso é como dizer bons-maus.
Eu [Pedrinho] não conseguia compreender. E esses cientistas loucos e perversos que inventam armas para destruir o mundo, contra os quais Batman e Superman lutam? Ami captou meu pensamento e explicou rindo:
Esses não são inteligentes; são loucos.
– Bom, então é possível que exista um mundo de cientistas loucos que poderiam nos destruir…
– Além dos daqui da Terra, impossível…
– Por quê?
– Porque se são loucos, destroem-se a si mesmos primeiro. Não conseguem obter o nível científico necessário para poder abandonar seus planetas e partir para invadir outros mundos. É mais fácil construir bombas do que naves intergaláticas, e se uma civilização não tem bondade e alcança um alto nível científico, mais cedo ou mais tarde vai utilizar seu poder científico contra si mesma, muito antes de poder partir para outros mundos.
– Mas em algum planeta poderiam sobreviver, por casualidade…
– Casualidade? No meu idioma não existe essa palavra. Que significa casualidade?
Tive de dar vários exemplos para que ele compreendesse. Quando consegui, ele achou engraçado. Disse que tudo está relacionado, mas que nós não compreendemos a lei que une todas as coisas, ou não a queremos ver.
– É que se são tantos os milhões de mundos, como você diz, poderiam sobreviver alguns malvados sem se destruir. Eu continuando na possibilidade dos invasores. Ami tentou fazer-me compreender:
– Imagine que muitas pessoas têm que pegar uma barra de ferro quente, uma a uma, com as mãos nuas. Qual é a possibilidade de que alguma não se queime?
– Nenhuma; todas se queimam – respondi.
– É assim mesmo, todos os malvados se autodestroem se não conseguem superar sua maldade. Ninguém escapa da lei que rege esse assunto.
– Que lei?
– Quando o nível científico de um mundo supera em muito o nível de amor, esse mundo se autodestrói…
– Nível de amor?
Podia entender com clareza o que é o nível científico de um planeta, mas não compreendia o que era o “nível de amor”.
– A coisa mais simples é, para alguns, a mais difícil de compreender…o amor é uma força, uma vibração, uma energia cujos efeitos podem ser medidos por nossos instrumentos. Se o nível de amor de um mundo é baixo, existe infelicidade coletiva, ódio, violência, separatismo, guerras e…com um nível perigosamente alto de capacidade destrutiva…compreende-me, Pedrinho?
– Em geral, não. O que você quer dizer?
– DEVO lhe dizer muitas coisas, mas vamos aos poucos. Começamos por suas dúvidas.
Ainda não podia acreditar que não existissem monstros invasores. Contei-lhe um filme no qual “extraterrestres lagartos” dominavam muitos planetas porque estavam muito bem organizados. Ele disse:
– Sem amor não pode existir uma organização duradoura. Nesse caso, é preciso obrigar, forçar. Ao final, aparece a rebeldia, a divisão e a destruição. Só existe uma forma universal perfeita de organização, capaz de assegurar a sobrevivência, e é possível naturalmente quando uma civilização se aproxima ao amor, quando evolui. Os mundos que chegam a isso são evoluídos, civilizados, não fazem mal a ninguém. Não existe nenhuma outra alternativa em todo o universo. Uma inteligência maior do que a nossa inventou tudo isso….
Eu continuei sem compreender nem uma palavra, apesar de que depois ele conseguiu me explicar melhor; no momento eu continuava com dúvidas a respeito dos monstros inteligentes e malvados.
Televisão demais! – exclamou Ami, para logo acrescentar:
Os monstros que imaginamos estão dentro de nós mesmos. Enquanto não os abandonamos, não merecemos alcançar as maravilhas do universo… Os malvados não são bonitos nem inteligentes.
– Mas… e essas mulheres lindas e malvadas que aparecem nos filmes?
– Ou não são lindas ou não são más…A verdadeira inteligência, a bondade e a beleza andam de mãos dadas; tudo é conseqüência do mesmo processo evolutivo que leva ao amor.
– Então você quer dizer que não há gente malvada no universo, além dos daqui da Terra?
– Claro que há. Existem mundos nos quais você não poderia sobreviver nem meia hora. Aqui mesmo, na Terra, há um milhão de anos… Existem mundos habitados por verdadeiros monstros humanos…
– Está vendo, está vendo? – exclamei triunfante – você mesmo reconhece, eu tinha razão; eu estava me referindo a esses monstros…
Mas não se preocupe; eles estão “embaixo”, não “em cima”, habitam mundos mais atrasados do que este; suas mentes não lhes permitem nem mesmo conhecer a roda, assim que não vão chegar até aqui…
Isso era tranqüilizador.
– Então depois de tudo, os terrícolas não são os mais malvados do universo…
– Não; mas você é um dos mais bobinhos da galáxia!
Rimos como bons amigos.”(p.19-21).

“- Ah, sim! Você quer dizer que aqui também estamos correndo perigo, como nos mundos dos malvados?
– Existem muitas possibilidades. A relação entre a ciência e o amor está terrivelmente inclinada para o lado da ciência; milhões de civilizações como esta se autodestruíram. É um ponto de mudança…perigoso”
(p.26).

“Eu estava realmente nervoso. Comecei a procurar uma solução para evitar a guerra e a possível destruição da humanidade. Pensei que os extraterrestres poderiam tomar o poder pela força na Terra, destruir as bombas e nos obrigar a viver em paz. Disse isso a ele. Quando parou de rir, afirmou que eu não conseguia deixar de ser terrícola ao pensar.
– Por quê?
– Pela força, destruir, obrigar, tudo isso é terrícola, incivilizado, violência. A liberdade humana é algo sagrado, tanto a nossa como a alheia. Obrigar não existe em nossos mundos; cada pessoa é valiosa e respeitada. Pela força e destruição é violência, o que vem de “violar”; violar a Lei do Universo…
– Então vocês não fazem a guerra?
– Ainda não tinha terminado de fazer esta pergunta quando me senti estúpido por tê-la feito.
Olhou-me com carinho e colocando sua mão no meu ombro, disse:
– Nós não fazemos a guerra, porque acreditamos em Deus.
Sua resposta surpreendeu-me muito. Eu também acreditava em Deus, mas ultimamente estava pensando que somente os padres do meu colégio acreditavam Nele, e também as pessoas com pouca cultura, porque tenho um tio que é físico nuclear da Universidade e ele diz que “a inteligência matou Deus”.
– Seu tio é um tolo
– afirmou Ami, depois de ler meus pensamentos.
– Não acho; ele é considerado um dos homens mais inteligentes do país.
– É um tolo
– Ami insistia – a maçã pode matar a macieira? A onda pode matar o mar?’…
– Pensei que…
– Enganou-se. Deus existe.”
(p.27).

“Começamos a andar pelo caminho que vai ao povoado. Colocou seu braço no meu ombro e senti nele o irmão que nunca tive.
De longe se escutavam algumas aves noturnas a grasnar. Ami parecia deleitar-se com esses sons; inspirou o ar marítimo e disse:
– Deus não tem aparência humana – seu rosto brilhava na noite ao falar do Criador – não tem forma alguma, não é uma pessoa como você ou como eu. É um Ser infinito, pura energia criadora… puro amor…
– Ah!
Ele dizia isso de uma maneira tão bela, que conseguia que eu me emocionasse.
– Por isso, o universo é lindo e bom…É maravilhoso” (p.28).

“- Ah, sim!
– Aqueles que viveram existências difíceis, violentas, quando conseguem atingir uma vida mais humana a valorizam como ninguém… Se nunca existisse noite, não poderíamos desfrutar o amanhecer…”
(p.28).

“Enquanto caminhávamos, ele se detinha para olhar a lua entre as folhas de eucaliptos, às vezes me dizia que ficássemos a ouvir o coaxar das rãs, o canto dos grilos noturnos, o longínquo ruído das ondas. Detinha-se a respirar o aroma dos pinheiros, do córtex das árvores, da terra, a observar uma casa que ele achava bonita, uma rua ou um cantinho em uma esquina.
– Veja que lindos esses candeeiros… parecem um quadro… observe como cai a luz sobre essa trepadeira… e essas anteninhas recortadas contra as estrelas… A vida não tem outro propósito que o de se desfrutá-la de uma maneira sã, Pedrinho.
Procure colocar sua atenção em tudo o que a vida lhe proporciona… A maravilha está em cada instante… Tente sentir, perceber, em lugar de pensar. O sentido profundo da vida está além do pensamento… Sabe, Pedrinho, a vida é um conto de fadas feito realidade… é um dom maravilhoso que Deus lhe brinda… porque Deus o ama…
Suas palavras me faziam ver as coisas de um novo ponto de vista. Parecia-me incrível que esse mundo fosse o habitual, o de todos os dias, ao qual eu jamais prestava atenção…agora percebia que vivia no Paraíso, sem nunca ter percebido antes…”(p.31).

“- Incivilizados?
– Chamamos incivilizados aos mundos que não respeitam os três requisitos básicos…
– Quais são?
– Os três requisitos básicos que um mundo deve respeitar para ser considerado civilizado são: primeiro, conhecer a Lei fundamental do universo; uma vez que se conhece e se pratica esta lei, é muito fácil cumprir os outros dois. Segundo, constituir uma unidade: devem ter um só Governo Mundial. Terceiro, devem organizar-se de acordo com a Lei fundamental do universo”
(p.32).

“Ami parecia saber mais de mim, do que eu mesmo…
– Esse livro vai ser informação também. Mais do que fazemos, não nos é permitido. Você gostaria que não existisse a menor possibilidade de que uma civilização de malvados venha invadir a Terra?
– Sim.
– Está vendo? Mas se vocês não deixam de lado a sua maldade e nós os ajudamos a sobreviver, rapidamente estariam tentando dominar, explorar e conquistar outras civilizações do espaço…mas o universo civilizado é um lugar de paz e de amor, de confraternização. Além disso, existem outras qualidades de energias muito poderosas. A energia atômica ao lado delas é como um fósforo ao lado do sol…Não podemos correr o risco de que uma espécie violenta chegue a controlar essa energia e colocar em perigo a paz dos mundos evoluídos, e, muito menos, que chegue a produzir um descalabro cósmico”
(pp.34-35).

“Ami riu muito da minha afirmação.
– Você se lembra quando vínhamos pelo caminho?
– Sim, lembro-me.
– Ali tudo lhe pareceu diferente, tudo lhe pareceu lindo, não é verdade…?
– Ah, sim…parece que lá era como se eu estivesse hipnotizado…Talvez você tenha me hipnotizado!
– Estava acordado! Agora está adormecido, pensando que a vida não tem nenhuma maravilha, que tudo é perigoso. Você está hipnotizado, não escuta o mar, não percebe os aromas da noite, não toma consciência de seu caminhar nem de sua vista, não desfruta da sua respiração. Você está hipnotizado com hipnose negativa, está como essas pessoas [indivíduos] que pensam que a guerra tem algum sentido “glorioso”, como os que supõem que quem não compartilha sua própria hipnose é seu inimigo, todos estão hipnotizados, adormecidos. Cada vez que alguém começa a sentir que a vida ou um momento são lindos, então este alguém está começando a acordar. Uma pessoa desperta sabe que a vida é um paraíso maravilhoso e o desfruta instante a instante…mas não vamos pedir tanto a um mundo incivilizado…Imagine que tem pessoas [indivíduos] que se suicidam…já pensou que loucura? Suicidam-se!
…Veja, Pedrinho, todas as pessoas [indivíduos] têm um lado bom, um lado infantil. Quase ninguém é completamente mau. Se você quiser, vamos a uma prisão e rocuramos o pior criminoso.
– Não, obrigado.
– Em geral, as pessoas [o ser humano] são mais bondosas do que malvadas, inclusive neste planeta. Todos pensam que estão fazendo um bem com o que fazem. Alguns se enganam, mas não é maldade, é erro. É certo que quando estão adormecidos ficam sérios e até perigosos, mas se você os toca pelo lado bom, eles vão lhe devolver o que há de bom neles; se você os toca pelo lado negativo, eles vão lhe devolver o que há de negativo neles; apesar disso, todo mundo gosta de brincar de vez em quando.
– Então por que neste mundo existe mais infelicidade do que felicidade?
– Não é que as pessoas [indivíduos] sejam malvadas, são os sistemas que utilizam para se organizar que são velhos. As pessoas evoluíram, os sistemas ficaram atrasados. Sistemas ruins fazem as pessoas [indivíduos] sofrer, vão fazendo as pessoas [indivíduos] ficar infelizes, e no final as levam a cometer erros. Mas um bom sistema de organização mundial é capaz de transformar os maus em bons.
Não compreendi muito bem suas explicações” (pp.37-38)

“Em outra das telas apareceu o homem, mas estava quase transparente. No centro de seu peito brilhava uma luz dourada muito linda.
– Que luz é essa?
– Podemos dizer que é a quantidade de amor que existe nele, mas não seria tão exato; é mais certo dizer que é o efeito que a força do amor exerce sobre a sua alma. E também seu nível de evolução. Ele tem setecentas e cinqüenta medidas.
– E isso que significa?
– Que ele é interessante.
– Interessante por quê?
– Porque seu nível de evolução é realmente bom…para ser terrícola.
– Nível de evolução?
– Seu grau de aproximação com o animal ou com o “anjo””
(pp.49-50)

“- Você tem razão, mas meu tio, o que é físico nuclear, também deve ser muito valioso…
– Famoso talvez…A que se dedica o seu tio, dentro da física?
– Esta desenvolvendo uma nova arma, um raio ultra-sônico.
– Se ele não acredita em Deus, e além disso se dedica à fabricação de armas…penso que tem um nível bem baixo.
– O quê?! Mas ele é um sábio!
Protestei.
– Você está confundindo as coisas de novo. Seu tio tem muita informação, mas ter informação não significa necessariamente ser inteligente, e muito menos um sábio. Um computador pode ter armazenado muita informação, mas nem por isso é inteligente. Você acha muito sábio um homem que cava uma fossa, ignorando que ele mesmo vai cair nela?
– Não, mas…
– As armas se voltam contra aqueles que as apóiam…
Não me pareceu muito evidente essa afirmação de Ami, mas decidi acreditar nele. Quem era eu para duvidar de sua palavra? Apesar disso, estava confuso…meu tio era meu herói…um homem tão inteligente…
– Tem um bom computador na cabeça, isto é tudo. Aqui existe um problema de terminologia: na Terra dizem inteligentes ou sábios aos que têm uma boa capacidade cerebral em só um dos cérebros, mas temos dois…
– O quê!
– Um na cabeça. Esse é o “computador”, o único que vocês conhecem. O outro está no peito, não é visível, mas existe. É o mais importante, é essa luz que você viu pela tela no peito do homem. Para nós, inteligente ou sábio é aquele que tem ambos os cérebros em harmonia, mas isso quer dizer que o cérebro da cabeça, está a serviço do cérebro do peito, e não ao contrário, como na maioria dos “inteligentes”.
– Tudo isso me surpreende, mas agora entendo melhor. O que acontece com aqueles que têm mais desenvolvido o cérebro do peito do que o da cabeça?
– perguntei.
– Esses são os “tolos bons”. São fáceis de enganar, é simples para os outros, os “inteligentes maus”, como você dizia, colocá-los a fazer o mal enquanto pensam que estão fazendo o bem…o desenvolvimento intelectual deve estar em harmonia com o desenvolvimento emocional, só assim se produz um verdadeiro inteligente ou sábio. Só assim a luz pode crescer” (p.50-51).

 

Via: TUDO QUE NECESSITAMOS É AMOR: MINHAS EXPERIÊNCIAS ESPIRITUAIS INEXPLICÁVEIS E EXTRAORDINÁRIAS: LIVRO RECOMENDADO PELO NOSSO BLOG: AMI – O MENINO DAS ESTRELAS (DIÁLOGO ENTRE UMA CRIANÇA TERRESTRE (PEDRINHO) E UMA OUTRA EXTRATERRESTRE (AMI))


Assista também ao vídeo sobre o livro e toda a trilogia…

AMI, O MENINO DAS ESTRELAS

Camila Rodrigues dos Santos

Uma breve história sobre Ami, seus projetos, suas inspirações e afins…

 

Via: Camila Rodrigues dos Santos | AMI, O MENINO DAS ESTRELAS – YouTube


NÃO PEÇA, OFEREÇA. HÁ UMA GRANDE DIFERENÇA ENTRE PEDIR E OFERECER…

desejo-realizável

Há uma magia no mundo esperando você agir!

Por: Carlos Torres

 

Não espere que os outros tragam as soluções para você, posicione-se e tenha coragem de fazer suas escolhas e assumir quem você veio ser nesta vida. Se continuar procrastinando e postergando as decisões que precisam ser tomadas, o Universo nunca lhe trará os presentes que foram predestinados a serem seus. Levante-se e comece a agir. Não espere reconhecimento, confie em você e Deus também confiará.

Não espere que alguém lhe traga uma oportunidade, você é quem precisa criá-la. Não espere que alguém lhe ofereça um emprego, faça diferente, ofereça seu potencial e muitos desejarão seu trabalho. O processo deve ser sempre ao contrário. Não peça, ofereça, há uma grande diferença entre pedir e oferecer.

Há uma necessidade imensa de pessoas pensantes e criativas. A maioria das pessoas tem preguiça de pensar e criar, elas querem apenas receber ordens e obedecer normas, evitando assim o temível sacrifício de pensar, imaginar e criar novas realidades.

Esqueça as normas, a não ser que você deseje continuar sendo uma pessoa normal. Prefira ser uma pessoa natural e siga a sua própria natureza. O Universo adora quem busca seus sonhos e se sente motivado a enfrentar desafios. A vida é um grande desafio, e quem se dispõe a desafiar os obstáculos que ela impõe, inevitavelmente é recompensado.

Pare de correr atrás da felicidade, pois você nunca a encontrará no futuro. Definitivamente ela não está lá, mas sim dentro de você e do presente eterno, a felicidade para o plano espiritual se chama gratidão, e gratidão só se encontra no presente eterno. Conheça a fonte que lhe deixa grato todos os dias e se tornará uma pessoa feliz. Sim, é simples assim, não precisa complicar mais as coisas. Daqui em diante tudo tem que ser mais simples e eficiente. A inteligência da gratidão é assim, simples e eficiente.

Sim, basta conhecer os motivos que lhe elevam seu pensamento e lhe trazem bem estar, para destruir de uma vez por todas as mazelas que lançam sua vibração para baixo.

O comando está sempre na sua consciência e não na sua mente. Sua mente é uma criação do seu ego e esta geralmente mente para você. Obedeça a voz do seu espírito, aquele que conversa com você durante a madrugada quando está em sono profundo, ou quando está sozinho caminhando pela praia ou ao ar livre, meditando e querendo revelar suas verdades.

O espírito inspira você o tempo todo, mas poucos conseguem ouvir sua voz, porque o espírito não fala com palavras, mas sim com sentimentos e intuições puras. Há a necessidade de concentração e percepção para isso.

Faça a diferença, pare de trabalhar como um louco e sem uma direção clara. Entre no fluxo de abundância da quinta dimensão que está se formando e sinta as novas frequências de força e confiança atuando em sua vida, elas estão ai disponíveis para quem quiser e estiver pronto para se beneficiar.

Há leis universais que podem lhe auxiliar nos processos de elevação, conquistas e realização. A lei da atração é uma dessas grandes leis criadas pelas hierarquias superiores e arquitetos universais de Orion.

A Lei da Atração é uma força extraordinária que age o tempo todo. Ela só está esperando você reativar seus sinceros desejos, pois esses são os mais poderosos vibracionalmente. Ela é apenas um software que tem como função organizar esses puros e sinceros desejos, gerenciá-los e depois manifestá-los. Mas as coisas não caem do céu, elas sempre acontecem através de outras pessoas. As pessoas são os elos de manifestação dos milagres na Terra. A Lei da atração precisa das pessoas para realizar os desejos uns dos outros.

Portanto, você não está sozinho, todos nós necessitados de outras pessoas para realizar o que precisa ser realizado. Há um compartilhamento de sonhos no astral superior. Entretanto, essa imensa organização fica a cargo das extraordinárias leis superiores que tudo organizam, como a lei da atração, a lei da eternidade e a lei das causas e efeitos.

Você não tem controle, a única coisa que você pode fazer para ajudar é ser claro consigo mesmo e explicar com clareza tudo o que você deseja e veio fazer nesta vida enquanto interage com o universo natural.

Sim, diga o que você realmente deseja, o que sinceramente quer fazer da sua vida e deixe que o resto a natureza se encarrega de realizar. Renda-se e deixe a magia do mundo fazer a sua parte. Ela existe, eu sei e a conheço muito bem. Esta magia é linda e faz maravilhas. Porém, o tempo, o momento das coisas acontecerem, não está sob o nosso controle. O tempo do Universo é diferente do tempo dos homens.

Mas creia, quando você estiver preparado e pronto para fazer a troca com o Universo, ele lhe presenteará com seus presentes cósmicos.

Prepare-se e saiba o que está acontecendo ao redor. O mundo está grávido de outro mundo. Um novo mundo está nascendo e você faz parte disso. Você não está separado dele.

Nós somos o mundo, nós somos a Natureza. Temos um cosmos dentro de nós exatamente igual a esse que você vê quando olha para o firmamento celeste à noite. Estamos esquecendo de olhar para cima ao invés de continuarmos encurvado olhando para nossos celulares e computadores. Nos apaixonamos pelo mundo ordinário, o mundo das ordens mundanas e nos esquecemos de adorar o mundo extraordinário, o mundo dos céus e da vida eterna.

Há um mundo maravilhoso lhe esperando lá fora, apenas levante-se e comece a viver uma nova vida de plenitude e gratidão.

Não se engane, há uma magia no mundo pronta para agir ao seu favor.

Seus sonhos lhe escolheram desde que você nasceu. Estão apenas esperando a sua decisão para se manifestar em forma de milagres na Terra.

Outro dia tive um sonho lúcido e um amigo espiritual veio me explicar sobre a troca que cada um veio dar ao universo para que a engrenagem da vida continue funcionando perfeitamente. No entanto, ele me explicou através da singela cena de uma linda árvore frutífera.

Tanto para uma árvore frutífera quanto para um ser humano, a Natureza só deseja que ambos deem, em forma de troca por tudo aquilo que recebem, os mais lindos frutos que cada um foi predestinado a produzir.

A pergunta é: Qual o fruto que você foi predestinado a produzir? O que você veio fazer nesta vida? Qual a troca que você está disposto a fazer com o Universo? A troca é o princípio de todas as realizações. Você recebe e depois entrega o que foi proposto, e vice-versa.

Esta breve pergunta reativa seus registros akáshicos. Não é fácil responder, eu sei. Mas todos precisam descobrir que tipo de árvore é. Todos precisam retirar as cobertas e vendas que encobrem a verdade para descobrir o que realmente vieram fazer. Não precisa ser algo extraordinário como conquistar o mundo ou ser uma pessoa poderosa e rica, pode simplesmente descobrir que veio para este mundo para ser a melhor mãe para os seus filhos, ou, veio para este mundo para cuidar dos cachorros abandonados na rua, ou então ser o melhor ator, a melhor cabeleireira, a melhor irmã, a filha exemplar, talvez tenha vindo somente para acalmar as pessoas, alegrá-las, melhorá-las, mostrar caminho e oportunidades, ser uma pessoa gentil e conselheira, curar através das suas criações, iluminar mentes com novas idéias. Ou seja, há muitas espécies de árvores no Universo Natural, você não precisa ser igual as outras. Não há regras, o que o universo só deseja que você não seja fútil e passe a vida tentando imitar outras árvores e tentando produzir frutos que você não sabe produzir.

Infelizmente há muitas macieiras querendo ser mangueiras, há muitas mangueiras querendo ser pereiras, há muitas pereiras querendo ser cerejeiras. Não seja o que você não é, seja apenas aquilo que você escolheu ser. Se ainda não sabe, é porque há sombras encobrindo muitas verdades que precisam ser reveladas, e essas verdades as vezes estão encobertas por árvores maiores que evitam que a luz do Sol chegue. Sim, certamente há interferências, ventos fortes que trazem nuvens carregadas e atormentam a sua mente. Essas árvores geralmente são pessoas invejosas que ficam tristes com seus dons e seus potenciais, e lutam a todo custo para que você não consiga frutificar nada, pois no fundo elas querem chegar ao topo sozinhas e ter o Sol somente para elas, esmagando você como se fosse um simples arbusto sobre as folhas úmidas repletas de diversos insetos que passam o tempo todo corroendo seu tronco e sua força vital.

Ás vezes, mesmo fortes e bonitas, muitas árvores acabam descobrindo que nasceram no lugar errado. Elas querem se mexer, mas as raízes são profundas e elas não conseguem sair do lugar de onde estão. Mas a Natureza é perfeita e sempre encontra uma saída.

Estou dizendo que você pode ser uma dessas árvores frondosas e com potencial produtivo. Ou seja, mesmo parecendo uma árvore morta e já em decadência, mesmo assim você ainda é capaz de produzir pelo menos as sementes pelas extremidades dos galhos secos e finos da sua árvore, e essas podem ser jogadas ao chão e levadas por pássaros para outros lugares mais férteis, onde poderá brotar e frutificar outra vez num lugar correto e adequado, onde haja luz do sol abundante e solo fértil, um lugar novo onde você possa conviver ao lado de árvores semelhantes que desejam produzir os mesmos frutos num campo limpo e bem preparado.

Estou dizendo que suas sementes são levadas para outros lugares, mas neste analogia, logicamente não são os pássaros que levam, mas sim as pessoas, que são atraídas para perto de você,e não pelo aroma, mas sim pelas intenções e sonhos verdadeiros. Por isso é momento de começar a explicar seus sonhos para as pessoas, pois esses sonhos são as únicas sementes que você pode dar em troca para com o Universo.

Mostre para as pessoas que se aproximam de você, diga a eles tudo aquilo que deseja fazer, mostre para elas os frutos que você é capaz de produzir. Mas só diga isso para quem lhe quer bem, não abre seus segredos para estranhos e muito menos para pessoas que lhe queiram mal ou produzem inveja sobre você. Não jogue seus sementes em solo infértil, não entregue seus sonhos para pássaros desconhecidos que aparecem de repente e com más intenções ao seu redor. Entregue somente para aqueles que você conhece e sabe que poderão levar adiante o que você não consegue, justamente por ainda estar preso em solo antigo e deteriorado.

Creia, há uma magia comandando este mundo, mas poucas pessoas dirão isso para você. Sabe por que? Porque a maioria das pessoas está vivendo num mundo regido pela competição e querendo o Sol somente para elas. Mas todas elas estão erradas e continuam vivendo num velho mundo de acumulação e egoísmo. O mundo do egoismo e da acumulação, como também o mundo da competição está em decadência, o mundo real que está se formando é um mundo compartilhado, onde tudo se divide para ser multiplicado, onde tudo está atrelado a lei da abundância e da evolução.

Eu digo para você. Eu conheci esta energia magnífica que o Universo nos dá o tempo todo, e ela se chama gratidão.

Não se preocupe se você se sente no lugar errado, na cidade errada, no solo errado e não consegue frutificar nada por estar perto de árvores maiores e as vezes intrusas que evitam que o sol encontre as entranhas das folhagens para abastecer sua vida. Não se preocupe, os pássaros sempre vem, eles se aproximam e levam a mensagem adiante, para um dia você renascer através das suas própria sementes em outro lugar. E quando isso acontecer, quando você renascer em outro lugar melhor e mais adequado, a outra árvore velha que você era, aquela que ficou para trás, esta necessariamente deverá morrer e nunca mais voltar, mas agora uma nova árvore está pronta para crescer e ter a possibilidade de florescer. Porém não mais com aquela antiga necessidade terrível de apenas sobreviver, mas sim de viver e dar ao universo tudo aquilo que veio dar, os seus melhores frutos, seus melhores potenciais e sua intensa vontade de continuar vivendo em prol do todo.

A Natureza é mágica sim, ela tem propriedades que nenhum ser humano jamais terá. A natureza é obra de arquitetos universais que tem como meta manter o sonho de Deus em manifestação constante. No entanto, muitas pessoas continuam tentando mostrar o contrário, que tudo é racional e controlável pela mente do homem. Mas eu digo: não há controle, há sim confiança e redenção. Renda-se e deixe as inteligências e frequências naturais agirem em sua vida. Eu garanto, você verá maravilhas acontecendo.

Gratidão por ler este texto.

“Eu desejo que seu espírito seja eternamente jovem, sua consciência eternamente confiante e seu coração eternamente grato.”

Lema maior dos sacerdotes das escolas de mistérios do Olho de Hórus do Antigo Egito. Dinastia de Akhenaton e do seu filho Tutankamon.

Eu sou Carlos Torres  – escritor e mensageiro.


Via: Há uma magia no mundo esperando você agir! – Carlos Torres – Medium

PODEMOS DEIXAR UM BRASIL MELHOR PARA OS QUE VIRÃO…

crescendo juntos

Brasil será a terra da gratidão e da justiça!

Por: Carlos Torres

Uma pergunta trouxe esta resposta.

Por que estamos vivendo tudo isso em nosso país? Por que os brasileiros sorriem e falam tanto sobre gratidão se vivemos envoltos por ingratidão, sofrimento e injustiça?

Para compreender mais sobre isso temos que compreender a Lei da Polaridade. Sim, esta é a lei hermética mais importante das 7 grandes leis do hermetismo antigo, escrito por Hermes Trismegistro, o Imhotep das escolas de mistérios do olho de Hórus do antigo Egito.

A lei da polaridade diz: Para se conhecer tudo sobre algo a pessoa precisa conhecer antes tudo sobre o pólo contrário desta mesma coisa, como um cientista que deseja saber tudo sobre o frio, não adianta ele estudar somente o frio, para saber tudo sobre o frio ele precisa conhecer tudo sobre o calor, para então conhecer tudo sobre o assunto “temperatura”.

Isso significa que os brasileiros estão vivendo a ingratidão e a injustiça por algum motivo? Sim.

Assim está ocorrendo no Brasil. Nascemos aqui para conhecer tudo sobre a gratidão, mas como todos sabem estamos vivendo dentro de uma egrégora de ingratidão e profunda reclamação, justamente para compreendermos no futuro tudo sobre as inteligências maiores da gratidão, da compaixão e da aceitação, para então, mostrarmos ao mundo como se supera tudo isso e como se vive em harmonia: corpo, mente e espírito.

Da mesma forma estamos vivendo uma egrégora intensa de desordem e injustiça, justamente para compreendermos tudo sobre os poderes da ordem e da justiça. Não há outra maneira de aprender neste plano se não através da dualidade. Assim funciona a lei da polaridade hermética. Não adianta nos enganarmos e só reclamarmos, há a necessidade de ação assertiva, há a necessidade de sair desse estado de letargia em que o povo se encontra, apenas esperando por eternos amanhãs que nunca chegam, há a necessidade de levantarmos e começarmos a agir com vontade e precisão. O mundo espiritual está provocando os brasileiros para isso, pois provocação é o ato de provocar uma ação, no entanto, poucos estão compreendendo que é preciso ir ao encontro de seus sonhos ao invés de continuar esperando que o Estado faça, que os outros façam ou que Deus faça. Deus já está fazendo seu trabalho nos provocando a agir, através da sua natural forma de ser Ele está fazendo isso. Aqui crescerão as crianças que comandarão grande parte da egregora evolutiva do planeta, aqui brotarão tecnologias e técnicas de bionergias conscientes que curarão milhões de pessoas ao redor do mundo. Aqui é terra de gente forte e determinada, mas as pessoas estão se esquecendo disso e se escondendo atrás dos seus televisores que infelizmente só amedrontam e envenenam as mentes ainda conscientes. Há a necessidade de ação daqui em diante, não ação revolucionária coletiva, mas uma ação pessoal, aquela que faz você se mover e levantar da sua cama todos os dias para cumprir o que veio cumprir nesta vida.

Se ainda não sabe o que veio fazer, peço que desperte desse sono profundo ao qual foi imposto a você, e acorde para a nova vida que está começando. Somente aqueles que querem continuar no mundo de eternas ilusões, continuarão deitados e adormecidos. Se você já está desperto, peço que levante da sua cama e faça o que precisa ser feito. Levante-se e vá realizar seus sonhos. Por que você continua esperando e somente esperando? Não há mais tempo para esperar, somente confiar e agir.

A Lei da polaridade é assim mesmo, ela exige sabedoria para avançar. Aqui tudo é baseado em pólos contrários, diferentemente do mundo espiritual, onde não há dualidade, mas sim unidade e unificação.

Grandes aprendizados espirituais como estes demoram realmente para ocorrer. Não é algo que se aprende de um dia para outro. Neste caso ainda precisaremos de algumas décadas para que tudo isso ocorra. Se você não é tão egoísta, faça a diferença não para si, pois talvez não teremos a oportunidade de ver tudo isso acontecer, mas podemos deixar um país melhor para os que virão, nossos filhos, netos, sobrinhos, etc.

Quem está disposto a conhecer as leis herméticas a fundo, modificará completamente sua vida. Creiam se quiser: o Brasil está fadado e determinado a se tornar a terra da consciência mundial nas próximas décadas, o berço da espiritualidade superior, a pátria do evangelho, a nova Atlântida, a terra do bem estar e da gratidão. Assim chegam as informações que vem de cima até aqui em baixo, para manifestar os milagres de uma única coisa.

Há muitos templários e guerreiros da luz já encarnados neste plano, e muitos ainda estão para vir. Esses são os cavaleiros da cristo que construirão esta nova terra em glória e amor. Os mensageiros de Miguel, o arcanjo detentor da espada flamejante e protetor deste plano.

Assim é e assim está decretado nos anais do tempo!

Eu sou Carlos Torres  – escritor e mensageiro.


Via: Medium | Carlos Torres | Brasil será a terra da gratidão e da justiça!

AS SETE LEIS UNIVERSAIS…

427180_614743625207194_1673400897_n

Conheça as 7 Leis que governam o Universo (A compreensão delas pode mudar a sua vida!)

Por: Amir

 Lei – regra, prescrição escrita que emana da autoridade soberana de uma dada sociedade e impõe a todos os indivíduos a obrigação de submeter-se a ela sob pena de sanções.

Todos sabemos o que são leis. Temos as leis feitas pelo homem e as leis da natureza. As leis feitas pelo homem são imperfeitas e estão constantemente em revisão, geralmente temos certas punições se as infringimos, mas todos sabemos que as justiça do homem é falha.

Podemos infringir as leis dos homens por discordarmos delas por exemplo, ficando assim à mercê das medidas que possam ser tomadas de acordo com cada sociedade. No entanto, não podemos infringir uma lei natural porque não “concordamos” com ela. A Lei da Gravidade por exemplo nos puxa para o chão, podemos sim “infringi-la” com a ajuda da tecnologia, mas um homem por si só não pode sair voando por aí, pois esta Lei o prende no chão.

Um pouco mais sutis, são as Leis do Universo. Estas leis são regras de como o Universo funciona, e são implacáveis. Quer gostemos ou não, estamos submetidos à elas. O grande Mago é aquele que conhece as Leis Superiores, e pode assim fazê-las trabalhar à seu favor, e não contra.

Estas Leis foram registradas em um livro chamado O Caibalion, e traz os ensinamentos de Hermes Trismegisto, o mensageiro dos deuses, que viveu no antigo Egito quando a atual raça humana estava em sua infância. Contemporâneo de Abraão e se for verdadeira a lenda, instrutor deste venerável sábio, Hermes foi e é o Grande Sol Central do Ocultismo, cujos raios têm iluminado todos os ensinamentos que foram publicados desde o seu tempo.

Quando os ouvidos do discípulo estão preparados para ouvir, então vêm os lábios para enchê-los com sabedoria. – O Caibalion

Temos sete Princípios Herméticos (ou Leis do Universo), quem estuda os mistérios da humanidade sabe que sete é um número especial, por isso temos os 7 Raios da Criação, 7 Cores do Arco Íris, 7 Chakras, 7 Notas Musicais, 7 Planetas Pessoais e etc…

Os Princípios da Verdade são Sete; aquele que os conhece perfeitamente, possui a Chave Mágica  com a qual todas as Portas do Templo podem ser abertas completamente. – O Caibalion

Vamos conhecer estas Leis?

O Principio do Mentalismo

O Todo é Mente; o Universo é Mental. – O Caibalion

Este Princípio nos diz que o Universo é uma criação da mente. Podemos dizer que o Universo infinito é criação da Mente Infinita do Grande Arquiteto do Universo, enquanto que o nosso Universo pessoal é criado pela nossa própria mente.

Várias grandes filosofias, religiões e escolas de pensamento trazem este ensinamento. A própria Programação Neurolinguística, uma das minhas “ferramentas de trabalho”, diz que “O mapa não é o território”, pois cada pessoa possui o seu “mapa” pessoal, ou seja, o seu Universo pessoal. Universo este que é criado com a força do pensamento.

Com base neste princípio Buda insistia na meditação, no domínio da mente, pois ele sabia que a mente cria e descria, e se tivermos mais domínio sobre este nosso grande instrumento, podemos transformar  o mundo. Viu como é importante conhecer a sua mente e treinar ela corretamente? =)

O Princípio da Correspondência

O que está em cima é como o que está embaixo, e o que está embaixo é como o que está em cima. – O Caibalion

Este Princípio  contém a Verdade de que existe uma correspondência entre as leis e os fenômenos dos diversos  planos da Existência e da Vida. Esta Lei é a base do funcionamento da Astrologia por exemplo. Leia mais aqui , aqui , e aqui.

Veja que o princípio diz “como”, então não é “exatamente igual”. Esta Lei nos mostra que podemos observar os diversos planos de consciência para aprendermos. No caso da Astrologia, observamos os céus para nos entendermos melhor. No caso do Tarô, utilizamos os mistérios dos Arcanos para mostrar como estamos no nosso inconsciente.

A Lei da Correspondência também nos mostra que ao melhorarmos por dentro, afetamos todo o mundo externo, pois se estamos bem por dentro, a tendência é o externo estar tão bem como. O contrário também é verdadeiro. Viu como é importante cuidar da sua energia pessoal e felicidade para ajudar o mundo?

O Princípio da Vibração

Nada está parado; tudo se move; tudo vibra. – O Caibalion

Este princípio nos mostra que a única diferença entre as diversas manifestações de Matéria, Energia, Mente, e Espírito são os níveis de vibração. A física moderna já diz que tudo é energia, e que matéria é energia condensada.

Um ponto interessante é que no nível de energia, semelhante atrai semelhante, então é por isso que você já deve ter ouvido várias pessoas falarem que você atrai o que transmite.

Cada emoção por exemplo tem uma vibração. Se vibramos no medo, atrairemos mais situações na nossa vida que são compatíveis com este sentimento. Em contrapartida, se vibramos na gratidão, adivinha o que acontece? (Se tiver algum Coachee lendo, vai lembrar o porque eu sempre falo para praticarem a gratidão =p)

Estes ensinamentos são hoje divulgados largamente pela Física Quântica, mas são tão antigos quanto a humanidade.

O Princípio da Polaridade

Tudo é Duplo; tudo tem pólos; tudo tem o seu oposto; o igual e o desigual são a mesma coisa; os opostos são idênticos em natureza, mas diferentes em grau; os extremos se tocam; todas as verdades são meias verdades; todos os paradoxos podem ser reconciliados. – O Caibalion

Neste nosso plano de consciência, a Lei da Polaridade domina. Por isso temos Dia e Noite, Quente e Frio, Seco e Molhado, Bonito e Feio e assim por diante. O Princípio da Polaridade nos ensina que dois pólos de energia são idênticos em natureza e diferentes em grau. Por exemplo, você combate o frio com o calor, que é o oposto do frio na mesma natureza. O ódio deve ser combatido com o amor, pois da mesma forma, é o outro pólo de uma mesma emoção.

Na Astrologia novamente utilizamos muito este princípio. O lado sombra de Áries por exemplo é combatido com o lado luz de Libra, pois os dois signos são pólos de um mesmo eixo.

O Princípio do Ritmo

Tudo tem fluxo e refluxo; tudo tem suas marés; tudo sobe e desce; tudo se manifesta por oscilações compensadas; a medida do movimento à direita é medida do movimento à esquerda; o ritmo é a compensação. – O Caibalion

Esta Lei nos fala dos ciclos da vida. Esta Lei está muito bem retratada neste conto Sufi que você pode ler aqui.

Tudo o que sobe desce, tudo o que desce sobe. Esta grande verdade está contida nos mistérios do Arcano 10 do Tarot, a Roda da Fortuna. O sábio entende estes ciclos, e entendendo eles, consegue amenizar os seus efeitos (de uma queda por exemplo).

O interessante é que o Universo busca o equilíbrio, então a força do ritmo costuma ser similar para os dois lados. Jung nos trouxe esta sabedoria para a psicologia com o conceito de enantiodromia:

Enantiodromia (do grego ἐνάντιος, enantios, oposto + δρόμος, dromos, pista de corrida) é um termo criado pelo filósofo Heráclito para o conceito de que uma grande força em uma direção gera uma força no sentido oposto. Foi reformulado pelo psicólogo Carl Jung para ser aplicado ao inconsciente quando em conflito com os desejos da mente consciente. [2] Platão, também defende o mesmo princípio em sua obra Phaedo ao escrever que: “Tudo surge desse modo, opostos criando opostos”.[3] – Wikipedia

O conceito original de Heráclito já deixa claro que esta é uma Lei do Universo:

Heráclito exemplifica com um arco e flecha, em que ao puxar a corda do arco em uma direção lançamos a flecha na direção oposta e com um objeto que quanto mais forte é atirado para cima, mais forte é o impacto que causa ao retornar. Assim, o retorno do oposto da força seria uma lei natural do mundo.[4] – Wikipedia

O Princípio de Causa e Efeito

Toda a Causa tem seu Efeito, todo Efeito tem sua Causa; tudo acontece de acordo com a Lei; o Acaso é simplesmente um nome dado  a uma Lei não reconhecida; há muitos planos de causalidade, porém nada escapa à Lei. – O Caibalion

Acredito que esta seja a Lei mais difundida entre as pessoas que estão despertando para novos níveis de consciência. É comum hoje as pessoas entenderem que nada é por acaso, tudo tem um porquê.

Segundo a Kabbalah, o que nos confunde com relação à Lei de Causa e Efeito é justamente o efeito do tempo, que predomina na nossa dimensão. Muitas vezes plantamos uma semente que só vamos colher um tempo depois, e acabamos não fazendo a relação entre a Causa e o Efeito.

Segundo os budistas (e kabbalistas também), podemos sofrer nesta vida alguns efeitos de causas vindas de outras vidas. Esta é chamada Lei do Karma. O espírito é eterno, nossa vida é somente um capítulo de uma vasta jornada, e o Principio de Causa e Efeito que é atemporal nos acompanha por toda existência.

Lembre-se, o plantio é opcional, mas a colheita é obrigatória. Tenha consciência das sementes que você está plantando nesta vida.

O Princípio do Gênero

O Gênero está em tudo;  tudo tem o seu princípio masculino e o seu princípio feminino; o gênero se manifesta em todos os planos. – O Caibalion

A sabedoria da Kabbalah ensina que tudo veio do Um, e este ensinamento é representado claramente na Árvore da Vida, onde temos a esfera de Kether como fonte de tudo, que se divide entre Chokmah e Binah, princípios masculino e feminino.

Nenhuma criação, quer física, quer mental ou espiritual, é possível sem este Princípio. Todas as coisas “machos” têm também o Elemento feminino;  todas as coisas “fêmeas” têm o Elemento masculino.

simbolo-variante-yin-yang_318-50138-300x300Esta grande verdade está muito bem expressa pelos taoistas no símbolo do Yin (Feminino) e Yang (Masculino). A grande área branca (Yang) possui um pontinho preto (Yin) e vive-versa.

Na Psicologia, estudo da nossa mente, temos novamente um grande contribuição de Jung (que foi um grande estudioso de todas estas filosofias). Ele nos fala sobre o conceito de Ânimus e Ânima:

Anima e Animus, na Psicologia Analítica de Carl Gustav Jung, são aspectos inconscientes de um indivíduo, opostos à persona, ou aspecto consciente da Personalidade. O inconsciente do homem encontra expressão como uma personalidade interior feminina: a Anima; No inconsciente da mulher, esse aspecto é expresso como uma personalidade interna masculina: o Animus. – Wikipedia

É interessante notar que os Hermetistas dizem que a compreensão desta Lei poderá esclarecer muitos assuntos que deixaram perplexas as mentes dos homens. Jung retratou isso muito bem com relação à nossa psique quando disse:

Se o confronto com a sombra é obra do aprendiz, o confronto com a anima é obra-prima. A relação com a anima é outro teste de coragem, uma prova de fogo para as forças espirituais e morais do homem. Jamais devemos esquecer que, em se tratando da anima, estamos lidando com realidades psíquicas, as quais até então nunca foram apropriadas pelo homem, uma vez que se mantinham fora de seu âmbito psíquico, sob a forma de projeções. – Jung

Fonte: Conheça as 7 Leis que governam o Universo (A compreensão delas pode mudar a sua vida!) – EvoluCoaching