OS VELHOS EUS NÃO MAIS SE SUSTENTAM COM O NOVO QUE ESTÁ SE INSTALANDO…

nova realidade

O VOSSO DESTINO ESTÁ BEM A FRENTE


Queridos, o SaLuSa me pediu que deixasse essa canção abaixo para ser ouvida no momento da leitura. Recomendo que leiam a mensagem em voz alta enquanto a música de fundo toca. – Gabriel RL

———————————————————————————————————-

SaLusaSaLusa

Canalizado por Gabriel RL

 

Mais uma vez, como era de se esperar, grandes movimentações têm acontecido nos bastidores e agora, têm-se visto os sinais disso do lado de “fora”, de forma muito mais abrangente. “A roda está girando” e aqueles mais capazes poderão ver, claramente, e ter a certeza que suas resistências em relação às investidas dos que pertencem às trevas valeram à pena. É uma questão de tempo até todos virem, por completo, o grande cenário, e o que estava sendo movimentado.

As intenções verdadeiras daqueles que servem à Luz têm servido como escudos protetores no trabalho de barrar as investidas finais daqueles que ainda não aceitaram que o seu tempo de dominação acabou. É como diz o velho ditado: “Dai a Cesar o que é de Cesar”. Deixai, pois que o velho olhe-se no espelho e veja a si mesmo, não pegando para vós nada que a ele pertence, pois o vosso destino está bem à vista e não tem nada a ver com as velhas maneiras. É natural que, às vezes, estejais imersos em grandes tormentos, já que o novo, em vossas vidas, exige que tomeis uma atitude mais ativa. Também é normal que tenhais de fazer escolhas que, para vós, podem ocasionalmente ser muito duras, pelo fato de, às vezes, implicarem em deixar ir pessoas queridas, que escolheram trilhar um novo caminho.

Deveis buscar compreender que toda mudança exige movimentação e estais, bem agora, num grande ponto de reinício. Queridos, os vossos velhos Eus não mais se sustentam com a o novo que está instalando-se. As idas e vindas tornar-se-ão mais frequentes, à medida que tudo se arruma e se encaixa para as novas experiências. Enquanto o tempo avança, os vossos restos kármicos são movimentados para que possais liberá-los o mais rápido possível, para que possais avançar. Isso, amados, não é uma imposição do Criador, mas uma escolha vossa antes dessa presente encarnação, pois escolhestes Ascender desta vez, e não queríeis que nada viesse a intervir. As idas e vindas costumam ser dolorosas nesse processo, pois, apesar de dardes dois passos sempre à frente, sempre dais um para trás, na maioria das vezes, com medo de abandonar o velho. Porém o Criador é infinitamente amoroso e vos permite voltar um passo para que confirmeis que o velho, realmente, não mais faz parte das vossas vidas, e assim dais dois para frente, mais seguros.

No fim, tudo para vós são experiências e quanto mais expandis as vossas consciências, mais cientes disso ficais. Com cada vez menos interferências dos que pertencem às trevas, que agora estão mais monitorados do que nunca, e com suas influências cada vez mais drasticamente diminuídas, podeis começar a ter os primeiros sinais de liberdade de escolha, usando vosso livre-arbítrio conscientemente, e sem interferências. Fostes, em muitas das vossas vidas, induzidos a tomar algumas decisões baseadas em certas emoções e pensamentos, incutidos por seres do exterior do vosso planeta. Se bem que sempre fostes dotados de um poder inimaginável e capazes de resistir a qualquer influência. Porém, deveis considerar também a grande experiência que obtivestes, de forma que expandistes ainda mais vossas consciências e estais agora muito mais fortes do que nunca, e não mais caireis nas armadilhas montadas pelas mentes draconianas (negativas).

Olhai para o vosso futuro, que já está à vista, e saibais que não mais passareis por tão duras provas. Estais a provar a si mesmos a vossa grandiosidade. Quanto mais resistirdes às ultimas investidas dos que pertencem às trevas, mais garantireis os vossos lugares em expedições pelo cosmos, que já aguardam vossas presenças, para que possais ensinar como é a vida nas baixas vibrações e como se pode resistir a elas. Amados, há muitos alunos à vossa espera e tende a certeza de que sereis muito aplaudidos quando sairdes pelo cosmos a dar o vosso testemunho de Ascensão em meio às mais densas trevas.

Com a vossa expansão, estamos tendo cada vez mais autorização para nos aproximar de vós, de maneira que vossos corpos físicos não sejam tão afetados. E também garante que aqueles contrários a nós não possam intervir em nossa aproximação, já que o contato conosco é uma escolha vossa. Nas nossas mais recentes reuniões, diplomatas de várias civilizações ouviram, amorosamente, aqueles que desejam manter a vossa realidade como está. Estes, sabendo que seu tempo acabou, e mesmo ameaçando destruir vosso planeta, ouviram dos Grandes Mestres desse universo que não mais seria permitida uma destruição de um planeta, de forma que viria a prejudicar, novamente, todo um sistema. Foi-lhes dito que deveriam respeitar as decisões da espécie humana da Terra que estava escolhendo, livremente, o contato com a sua Família do Espaço. Ainda que contrariados, não puderam opor-se à energia presente na reunião, deixando-a no silêncio respeitoso das Forças da Luz ali presentes. Sabei, amados, que a maioria de vós faz parte dessas reuniões. Embora alguns seres humanos acreditem na morte e caça daqueles que desejavam vossa destruição, nessas reuniões há muito Amor e respeito. É algo de que estareis mais cientes, à medida que fordes expandindo vossas consciências. Passareis a olhar àqueles que vos perseguem com mais Amor e podereis ajudá-los mais rapidamente em seu trabalho de regresso à Luz.

Estais realmente experimentando uma “pane na matrix” e quando virdes almas, antes devotadas a servir às trevas, voltarem-se rapidamente para Luz, não vos assusteis. Da mesma forma se virdes almas antes devotadas à Luz recuarem e desistirem dos seus caminhos, também não vos assusteis, mas antes, compreendei, como sempre dissemos, que tudo segue um plano mais elevado e, de um modo geral, tudo serve à Luz. É uma grande experiência essa que estais a finalizar. Algumas dentre várias almas escolheram trilhar seus caminhos, do início ao fim, conectadas à Luz dos seus corações. E são essas as mais visadas nesses tempos de grande transformação, pois são elas que serão o equilíbrio entre as idas e as vindas, entre os que chegam e os que saem, entre os que servem à luz e os que servem às trevas. Elas estarão acima disso. Estarão verdadeiramente acima da dualidade. Amados, saibais: é por isso que estão tão ativos nestes tempos. Sois vós aqueles que são responsáveis pelo equilíbrio. Não porque isso foi imposto a vós, mas porque vossas almas veteranas tem as capacidades adequadas para fazerem o que precisa ser feito.

Eu sou SaLuSa de Sirius e, como porta-voz da Federação Galáctica, damos o aceno com uma bandeira a mostrar-vos que a linha de chegada já está à vista. Não recueis agora, que estais tão perto do que passaram éons para chegar. Sabemos que estais cansados da longa jornada, mas sabemos também que, nos vossos corações, estais orgulhosos de si mesmos por tamanho feito. Deixamos o nosso Amor e bênçãos, de todos aqueles que compõem as nossas frotas, para aqueles os quais consideramos verdadeiros mestres. Somos nós que desejamos mais ver-vos do que o contrário. Vemos muitos de vós desejosos de encontrar-nos para nos dar um abraço… Oh, queridos! a nossa vontade de que isso aconteça é, ainda, maior. Temos muito a aprender convosco e não perderemos nenhuma oportunidade quando o tempo preciso for ativado.

Estejam em Paz,
Estejam na Luz.

Gabriel: Querido SaLuSa, sempre muito honrado e grato!

Via: Sementes das Estrelas: SALUSA – “O VOSSO DESTINO ESTÁ BEM A FRENTE” – 13.07.2017


Ouça, também, a mensagem através deste vídeo:

SALUSA – “O VOSSO DESTINO ESTÁ BEM A FRENTE” – 13.07.2017 (LOCUÇÃO: SANDRA GORNI)

Publicado por  Gabriel Raio Lunar  em 17 de ago de 2017

 

Via: SALUSA – “O VOSSO DESTINO ESTÁ BEM A FRENTE” – 13.07.2017 (LOCUÇÃO: SANDRA GORNI) – YouTube


 

AS ENERGIAS DESTE ECLIPSE ESTÃO TRAZENDO MUITAS COISAS À TONA…

Depositphotos_74090109_original (editado)

O PORTAL DO ECLIPSE

SUA OPORTUNIDADE PARA AVANÇAR

Eclipse

Mensagem de Selacia
12 de Agosto de 2017

 

Há um portal interessante e potencialmente muito proveitoso para atravessar nestes momentos. Você já considerou o que isto significa para você enquanto nos aproximamos do Eclipse de 21 de Agosto? Enquanto estamos contemplando isto, saiba que há algo raro sobre este ciclo de eclipses, oferecendo-lhe mudanças e avanços quânticos que não foram possíveis no início deste ano. Continue a ler para entender melhor o significado e as aplicações práticas deste período.

O ECLIPSE SOLAR DE 21 DE AGOSTO

Com o Eclipse lunar de 7 de Agosto como um pré-lançamento, estamos nos dirigindo para o Eclipse Solar de 21 de Agosto – um evento incomum que cria um portal aberto para saltar. Este segundo eclipse é significativo por vários motivos, incluindo o seu caminho sobre os Estados Unidos, desestabilizados.

Como eu menciono em minhas “Previsões de 2017”, o Eclipse Solar Total de 21 de Agosto é O evento celestial de 2017 e todos os olhos estarão na América. Não é um tempo comum, na América ou em qualquer outro lugar agora. Embora eu não veja este eclipse anunciando o fim do mundo, como alguns sites do dia do juízo afirmam, é definitivamente um grande chamado de despertar para a humanidade.

Nas últimas semanas, vimos um aumento nas trocas públicas incorruptas entre superpoderes governados por líderes, com uma postura de guerra. Devido à energia do Eclipse de 21 de Agosto, poderíamos ver um aumento desta guerra de palavras.

ORAÇÕES PELA PAZ

Para todos nós interessados na paz, este é o momento para o aumento das orações por um mundo pacífico e para manter um espaço amoroso para que os líderes tenham sabedoria. Como parte disto, é importante manter uma visão de um mundo amoroso. Faça isto especialmente nestes dias em que o ódio parece estar vencendo. Volte continuamente ao amor em sua mente e em seu coração.

Lembre-se de que é este amor que estamos aqui para incorporar e experienciar pessoalmente. O amor é a energia infinita que surge do caos e da escuridão – é a única coisa que conserva ou sustenta a vida. Este amor é você, eu e todos os outros neste planeta – sim, mesmo aqueles que se esqueceram temporariamente.

ABRINDO-SE PARA BRILHAR

Não permita que a loucura deste mundo desvie o seu foco durante este portal do eclipse. Use este período com sabedoria, tendo momentos de auto-reflexão e convidando uma visão panorâmica de sua própria vida e potenciais. Convide um conhecimento da imagem expandida que o espírito tem de seu destino maior.

Considere que algo muito significativo poderia estar agora no horizonte – uma abertura ou mudança tão surpreendente que você nem mesmo pensou nisto. Seja como for, você pode começar a se conectar com os potenciais neste portal. Estes potenciais podem ajudá-lo a resplandecer a sua luz de formas expandidas.

DICAS PARA OS AGENTES DE MUDANÇAS DIVINOS

Como um agente de mudanças divino, você está aprendendo a estar em um fluxo com a vida, sentindo o tempo divino e se esforçando para estar presente para abrir os portais de oportunidade. Muitos destes portais estão se tornando disponíveis neste mês. Tenha a intenção de “vê-los” e tome as medidas apropriadas.

Estar presente o suficiente para agir de acordo com estes portais não é uma tarefa fácil nestes momentos em que a dança louca do mundo está no centro do palco. Só porque o mundo está inseguro, no entanto, não significa que você tenha que estar. Inspire paz, expire o stress.

Mude o seu foco para o seu rico ser interior. Dê-se a permissão para sonhar sobre a sua vida e como ela pode ser mais alegre. Considere o que você criaria, acrescentaria, ou removeria. À medida que você fizer esta contemplação, você irá coletar informações sobre a mudança de vida possível no portal de 21 de Agosto.

NAVEGANDO NA MONTANHA RUSSA DA ENERGIA

Pode parecer um pouco como uma montanha-russa com os dois eclipses e o Mercúrio retrógrado que começa no Sábado. Todas as energias combinadas aumentarão o volume nas mudanças sociais. É essencial permanecer presente, focado, e em seu coração, navegando nas ondas de Agosto com tranquilidade e graça.

A cada onda, é normal, às vezes, sentir-se tenso – afinal você não sabe o que vem a seguir.

Estando neste espaço intermediário – entre o antes e o depois – é geralmente desconfortável. Você pode se encontrar lá quando em uma mega transição na vida. Outros catalisadores incluem ciclos de energia como agora, quando acabamos de ter um Eclipse Lunar e o Eclipse Solar a seguir.

Ao estar neste espaço intermediário, faça o que puder para relaxar e deixar de lado noções preconcebidas sobre como a vida deveria ser. O Universo pode ter algumas surpresas maravilhosas para você!

As energias agora estão trazendo muitas coisas à tona. Para os sensíveis pode ser um desafio.

Aplique uma dose extra de amor próprio.

À medida que o nível de postulações sem sentido aumenta na sociedade, evite acompanhar o pacote. Encontre a paz obtendo as suas próprias respostas, acessando a visão mais elevada. Se você perceber que tem noites sem dormir sobre as incógnitas ou com o que vê nas notícias – reserve um momento e lembre-se de que não vale a pena perder o sono sobre o “E se…”

BOAS NOTÍCIAS SOBRE O MERCÚRIO RETRÓGRADO

Embora o Mercúrio retrógrado possa causar uma ruga ou duas em seus planos nas próximas três semanas, existem alguns bônus que descreverei aqui!

Em termos do seu progresso no resto deste ano, o Mercúrio Retrógrado poderia ser o seu período ideal para o trabalho interno, a auto-reflexão, e a atualização do seu plano de vida. Use-o sabiamente, tendo momentos para considerar melhorias grandes e pequenas que você poderia fazer – incluindo coisas novas que você nunca fez antes.

É claro que você desejará avaliar as precauções usuais que envolvem distorções do tempo e projetos. O que pode parecer alguns minutos, pode se transformar em horas. Além disto, os horários de voos podem mudar no seu caminho para o aeroporto.

Estes distúrbios, a revisão e a energia de rebobinamento de Mercúrio Retrógrado podem ajudá-lo com um reinício necessário de vida que, de outra forma, você não poderia instigar. Você pode ficar agradavelmente surpreendido com o resultado!

Embora o Retrógrado não seja o melhor momento para lançar um novo projeto, há muitas coisas que você pode fazer para adicionar um novo brilho a sua vida com o que já está em andamento!

Exemplo: Um projeto de livro aparentemente paralisado pode ter nova vida quando você usa este tempo – e a janela do eclipse – para desencadear de uma nova maneira o enredo ou a mensagem. Assim, não fique detido – O  céu é o limite.

……………………………………………………………………………………………………………………..

Direitos Autorais © Selacia – www.selacia.com

Você está convidado a compartilhar estas mensagens do Conselho dos 12 com outros, e colocá-los na Internet, na mídia social, em blogs e em sites. Por favor, inclua toda a mensagem, a fonte e o endereço do site. Que possam caminhar em um mundo cheio de amor e de bondade

Fonte: Selacia’s Blog | The Eclipse Doorway – Your Opportunity to Step Forward
Tradução: Regina Drumond Chichorro – reginamadrumond@yahoo.com.br

 


Via: Luz de Gaia | O Portal do Eclipse – Sua Oportunidade para Avançar – Selácia 12.08.17

A SEXUALIDADE PODE FUNDIR DUAS ALMAS EM LUZ E UNIDADE…

PORTAL DA PERCEPÇÃO_Freydun Rassoul

INTEGRIDADE SEXUAL – METATRON

Texto extraído de “IMPECABILIDADE CRISTALINA: DANÇANDO COM AS ESTRELAS”
Uma mensagem de Metatron canalizada por James Tyberonn,
16 de abril de 2011

 

INTEGRIDADE SEXUAL

O verdadeiro amor é uma frequência. Não é paixão emocional, não é romance e não é sexual, nos seus termos. Acima da dualidade, na sua verdadeira essência, você é andrógino, integral, inteiro e sem gênero. Só no plano da polaridade do reino físico é que ocorre a orientação de gênero. Neste momento e no seu plano atual de existência, a atração física para fertilização sexual está no modelo atual do DNA, para preservar a sobrevivência das espécies. Isto não é preciso nem está presente no seu Eu Superior, acima da dualidade.

A sexualidade é outra área que é muito complexa, muito confusa para muitas pessoas. É uma área que requer impecabilidade.

Através dos tempos, nas diversas culturas em todo o planeta, existiram muitos sistemas de crenças, expressões variadas, experimentos e modalidades da expressão sexual na biologia. Alguns foram muito moderados, outros extremamente liberais.

Os laços mais profundos do amor biológico e espiritual encontram-se na base de todos os relacionamentos pessoais e culturais, mas existe um amor mais elevado que transcende a sua programação cultural e religiosa de sexualidade.

Padrões morais, impressos pela religião e cultura no seu paradigma atual, têm uma influência considerável na opressão em termos de expressão sexual. A consequente orientação sexual extremamente específica reflete, então, uma firme divisão na consciência.

Não apenas separa o masculino dos impulsos emocionais alentadores, mas também separa o feminino da sua própria liberdade de projetar força e intelecto. Isto efetivamente formula uma cultura restritiva, na qual mente e coração, força e alento estão separados em polaridades através do gênero.

Intimidade e expressão sexual são veículos para a expressão da energia não-física de maneira física. A sexualidade pode ser sagrada ou pode ser simples luxúria. Quando é uma expressão espiritual da união de almas de um modo físico, ela é vivenciada como muito mais do que um ato físico e é feita a partir da intenção e manifestação dos chacras superiores.

Neste caso, a energia vital despendida é amplificada, santificada e retorna ao campo energético dos participantes, aumentando a vitalidade e equilíbrio de ambos. Cada um registra a impressão da alma do outro.

Entretanto, este não é o caso quando ela se expressa apenas pelo impulso físico, com o único propósito de satisfação sexual. Quando o ato sexual ocorre apenas para satisfação física, a energia vital é simplesmente despendida, gasta, e não retorna ao campo de energia humano. Na realidade, em alguns casos, quando o ato se baseia apenas no egoísmo e gratificação, ele rompe um pouco o campo eletromagnético e pode ocorrer vazamento de energia.

A maioria dos seres humanos, na sua sociedade atual, tem problemas conflitantes a respeito da sua própria sexualidade e expressão sexual.

A sexualidade é algo que pode fundir duas almas em bem-aventurada unidade, mas também pode expressar cada um como Um. O aspecto qualitativo da intenção dos participantes é que determina o nível do fluxo do chacra específico, se é ou não feito com lucidez superior, entende?

Não é irônico que muitos de vocês alcancem o maior equilíbrio em suas vidas, só depois que seus corpos cessam de produzir hormônios sexuais? Entretanto, a liberação do chi através da kundalini, por meio do ato sexual, está entre as energias mais poderosas disponíveis para a humanidade. Ela foi usada exageradamente e caiu no mau uso e desperdício. A chave é a intenção.

Quando existe uma atração consensual, unida ao carinho e respeito mútuo, ela pode ser maravilhosamente sensual, bonita e sagrada.

É capaz de transportar o espírito a reinos superiores, combinando a trindade do corpo, mente e alma. Quando isto acontece, especialmente entre membros da mesma família de almas, dá-se a transmissão de uma impressão energética e um efeito sinergético que é extremamente benéfico em muitos níveis.

A sexualidade é a expressão natural do amor que floresce entre as almas. Pode ser a expressão mais elevada do amor entre as pessoas, independente de gênero. Entretanto, pode se tornar uma fonte de culpa, uma fonte de controle, e uma fonte de preconceito e julgamento. Pode se tornar uma fonte de auto-engrandecimento e dependência, principalmente entre aqueles do gênero masculino, porque o impulso masculino para a reprodução está fisicamente conectado ao corpóreo, por assim dizer. Assim, ela é frequentemente mal compreendida e mal utilizada.

Os relacionamentos deveriam ser baseados em consenso, e a liberdade desta expressão deveria ser respeitada, mas perfeitamente alinhada com os chacras superiores. A dominação de um sobre o outro não é compatível com o verdadeiro amor nos relacionamentos de qualquer natureza.

A intenção elevada, na sexualidade, é extremamente benéfica em todos os níveis – físico, mental e espiritual.

Ela pode ser uma fonte de rejuvenescimento e regeneração. No entanto, muitos escolhem expressões sexuais que chegam às raias do deboche, manipulação, ganância, conquista e infeliz dependência do orgasmo físico.

Sem julgamento, lhes dizemos que a energia sexual é uma dádiva de energia maravilhosa, e quando usada com intenção mais elevada, oferece um vislumbre da felicidade orgástica sagrada dos reinos celestiais. Ela é a força vital e deveria ser usada sabiamente, envolvendo o corpo, a mente e o espírito.

Quando a expressão sexual é devidamente escolhida, seu desenvolvimento responsável com intenção mais elevada, através da associação dos corações e do amor, é um aspecto da impecabilidade cristalina.

 


Fonte: The Fractal Wanderer | Crystalline Impeccability ~ The State of Grace (Metatron) | Sexual Integrity
Tradução: Vera Corrêa veracorrea46@ig.com.br

Os direitos autorais desta canalização pertencem a www.Earth-Keeper.com. A publicação em websites é permitida, desde que as informações não sejam alteradas e os créditos do autor e seu site sejam incluídos. Este material não pode ser publicado em jornais, revistas e nem re-impresso sem a permissão do autor. Para pedir permissão, escreva para EarthKeeper@consolidated.net.

Via: Meditando na Luz | INTEGRIDADE SEXUAL – METATRON

O QUE VOCÊ VIVE HOJE É PARA LIBERAR O SEU EU INDIVIDUAL E AUTÊNTICO…

stelle-cadenti

Você está sendo sintonizado para receber enormes quantidades de energia cósmica

Por Kate Spreckley
27 de junho 2017

 

 Estamos vivendo em tempos muito interessantes. Esta mudança na consciência está trazendo à tona TUDO o que nós somos, como indivíduos e como um coletivo, a necessidade para mudar e transformar. Definitivamente, não é o que muitos esperavam, à medida que as energias cósmicas que chegam ficam cada vez mais fortes e o impulso de nossa alma para evoluir se intensifica. Nos últimos seis meses, um aumento dramático na intensidade da energia que varre o planeta, iniciou um salto radical em nossa consciência humana. Fomos despertados de nossas próprias ilusões autocriadas e, literalmente, é um show de mudança!

O Solstício de 21 de Junho trouxe à fruição tudo o que se apresentou para você ao longo dos últimos seis meses. Com um aumento definitivo da frequência da energia desde Dezembro, o ritmo não mostra sinais de desaceleração. O caos que ocorre em uma escala global é parte desta mudança evolutiva na consciência. A ruptura do mundo e da consciência de unidade para a qual você está evoluindo, é parte e parcela deste tempo. Enquanto um se dissolve, o outro se desenvolve.

Se quisermos estabelecer uma nova maneira de ser e uma nova realidade, as antigas estruturas e programas que mantêm o velho mundo precisam ser desmantelados. Como resultado, uma profunda purificação está ocorrendo e todos os aspectos da realidade estão sendo purgados. Simultaneamente, um novo plano energético está sendo ativado, que contém novas estruturas e novos sistemas que você deve criar no mundo. Mudanças práticas e reais, que ancoram e que apoiam a nova consciência emergente, devem agora ser feitas.

O caos e o drama do mundo é somente parte do que está surgindo para cura e liberação. Você está sendo impulsionado pelo fluxo evolutivo da vida, que está dissolvendo os aspectos fragmentados deste mundo e a sua percepção pessoal da realidade. Tudo o que você está experienciando atualmente está ajudando a liberar o seu eu individual, áurico e autêntico. Velhos padrões e programas que não mais lhe servem ou ao coletivo, estão sendo desencadeados e desvendados. Os apegos e distrações que o seduziram, estão sendo liberados, e a sua divindade inata e sua autenticidade estão sendo expostos.

Enquanto este processo se revela, você perceberá que não pode construir sobre o que está se dissolvendo. A instabilidade deste tempo está lhe ensinando como se estabilizar e se ancorar, enquanto navega nas súbitas mudanças e transformações na realidade. Ao se assegurar em seu centro cardíaco, você é capaz de se sintonizar e confiar na orientação de sua alma. Você é capaz de observar o drama do mundo com compaixão desapegada, o que o apoia a dominar os seus medos, curar velhas emoções dolorosas, eliminar detritos Kármicos e ver as bênçãos mantidas em cada situação de vida.

Seu coração está imbuído de energia, o que magnifica e magnetiza o seu campo energético. Quando você permite que esta energia se funda com a sua mente, você cria o espaço para uma resposta autêntica ao mundo. Você começa a pensar com o seu coração, tornando o inconsciente, consciente, o que permite que surja um maior senso de totalidade e de unidade. Sua consciência é convertida e você muda para estados expandidos de unidade, de compaixão, amor e aceitação. Assegurar-se nesta energia irá impulsioná-lo e irá garantir que você esteja física, mental e emocionalmente preparado para a manifestação do seu eu maior.

Lembre-se de que você está atualmente sendo sintonizado para receber enormes quantidades de energia cósmica. À medida que você dominar estas vastas energias multidimensionais, você descobrirá uma nova perspectiva e uma nova visão para a sua vida. Você verá e compreenderá mais o seu propósito divino e como está sendo chamado para ajudar a criar a nova Terra e uma nova realidade. A sabedoria do seu coração e a verdade de sua alma irão emergir, permitindo a plena expressão do seu eu autêntico.

Você pode perceber que velhos padrões e programas emocionais e mentais estão surgindo para serem curados e purificados. Permita que eles se manifestem e se dissolvam. Seja receptivo e deliberado neste processo. Não entre no drama da emoção ou do sentimento. Ouça as mensagens destas emoções, padrões e programas que estão presos. Concentre-se em libertar-se de qualquer coisa que o mantenha em um estado de sobrevivência. Afaste-se do caos do mundo. Remova todos os obstáculos para a consciência expandida. Reflita sobre as possibilidades ilimitadas que estão disponíveis para você agora, restabeleça a sua confiança no fluxo da vida e você ouvirá a sua verdadeira voz intuitiva.

 


Fonte: Spirit Pathways | Energy Report – June / July 2017
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

Via: Trabalhadores da Luz | Você está sendo sintonizado para receber enormes quantidades de energia cósmica

A IMPECABILIDADE NECESSÁRIA PARA SE ALCANÇAR A ASCENSÃO…

vale-jiuzhaigou-china-thinkstockphotos-475524533

IMPECABILIDADE CRISTALINA: DANÇANDO COM AS ESTRELAS

Metatron_Claudio GianfardoniUma mensagem de Metatron

Canalizada por James Tyberonn ,
em 16 de abril de 2011

 

Saudações, Queridos! Eu sou Metatron, Senhor da Luz, e saúdo todos e cada um de vocês respeitosa e intencionalmente. Saúdo cada um individualmente no momento exato em que lê estas palavras vivas, na essência vibratória do eterno AGORA e o abraço em amor.

À medida que a anunciada Ascensão se aproxima, tudo está se abrindo ao seu redor. A natureza da sua Semente Estelar se expande nos reinos da Terra; na verdade você está dançando com as Estrelas; as Estrelas da esperança, do amor e da impecabilidade.

Querido, nós do Reino Angélico estamos aqui para apoiá-lo, para lhe oferecer intuições orientadoras, mas cabe a você, na sua jornada de polaridade e dualidade, superar seus desafios. Estes são os caminhos da sua aprendizagem e é sua tarefa enfrentar e resolver os seus problemas. Nós o ajudamos colocando-o em contato com seu próprio poder. Nosso propósito não é resolver nada por você, nem de nos colocarmos entre você e sua própria liberdade de discernimento e escolha, oferecendo-lhe “respostas”, nem mesmo para os desafios mais complexos.

Nosso propósito é reforçar sua própria força, pois, afinal, a vasta divindade do seu Ser não só está bem preparada para ajudá-lo a encontrar satisfação, como também está totalmente desejosa de fazer isso. E nesse processo, Querido Ser Humano, você descobrirá sua natureza superior de sabedoria, entendimento, exuberância e paz. Ninguém, nem mesmo um Anjo, pode fazer isto por você. Na impecabilidade você realizará todas as tarefas auto-designadas que se apresentarem a você.

Querido, neste momento, nós lhe oferecemos a energia integral da nossa Existência de Luz, da nossa essência cristalina. Nós lhe oferecemos, em puro amor, a orientação da nossa sabedoria para o seu discernimento. E lhe pedimos apenas, Mestre, que se mantenha plenamente presente em seu coração e mente. Compreenda o que lhe dizemos, pois você é um Deus em processo. Do que lhe oferecemos, tome o que ressoar consigo, pois lhe é apresentado no mais profundo respeito e amor.

DANÇA ESTELAR: EXPANDINDO-SE EM AMOR

A dança estelar da sua vida é expandir-se em amor. Mas o amor do qual falamos não é meramente a emoção que os seres humanos consideram amor, mas a energia e ciência magníficas e extraordinárias do que pode ser chamado de amor incondicional expansivo. Neste contexto, o amor é realmente uma ciência, um vasto campo composto de uma ressonância vibratória muito complexa.

Então, permita que definamos melhor um componente-chave da ressonância do amor, já que ele se relaciona com o seu crescimento… Este é a impecabilidade da vontade divina ativada. Quando a vontade é traduzida em ação, ela é a propulsora da sua busca por crescimento espiritual. Então a impecabilidade é a transformação das suas experiências e conhecimentos presentes na sabedoria da ação.

ACEITANDO O DESAFIO

Embora seja verdade que os seus pensamentos criam a realidade que você vivencia na dualidade, você mesmo, num aspecto mais elevado, compõe e cria, ponderada e cuidadosamente, os desafios que enfrenta. Estes têm um grande propósito. Quer realmente acredite ou não, você escreve seus próprios testes. Então, embora “pensamento positivo” seja uma frequência importante, o pensamento positivo tem a intenção de ajudá-lo a lidar com suas lições de vida e não evita o processo de aprendizagem em si. Você não pode simplesmente ignorar ou eliminar por um passe de mágica as lições de crescimento que programou para si mesmo com o fim de se expandir. Isto porque, na maioria dos casos, as situações que você escolheu estão fora, além da capacidade do aspecto dual do seu cérebro-ego de removê-las ou eliminá-las. Você as enfrentará, porque, no seu Eu Divino, você as desejou a partir de uma perspectiva mais elevada.

Nós lhe asseguramos que não há nada mais estimulante, mais digno de realização do que o seu desejo manifestado de evoluir, de mudar para melhor. Na verdade, esta é a missão de cada uma das suas encarnações. Não é suficiente meditar e visualizar a meta desejada sendo atingida, se não agir de acordo com sua voz interior, a energia da qual suas meditações e visualizações surgem.

Intenção, foco e meditação devem se unir totalmente à ação. Tornar-se impecável e finalmente alcançar a Iluminação não quer dizer – como algumas religiões sugerem indiretamente – que de repente você se encontre num abençoado estado de esquecimento, ou em algum distante estado de Nirvana. Mestre, nós lhe dizemos que você faz parte do Nirvana hoje, como sempre fará; basta descobri-lo dentro de si mesmo.

Realmente haverá ciclos no seu estado emocional, que fazem parte de ser um humano. Haverá momentos em que se sentirá apático e deprimido. Estes estados poderão ser causados não só por problemas que você enfrenta, mas até por certos aspectos astronômicos. Tudo isso deve ser enfrentado e pode ser superado. Então, saiba que o “Nirvana” é alcançado através da atitude – não através de rejeição, ignorância ou fuga, mas através da avaliação impecável da projeção da realidade que o envolve.

A experiência terrena – a maestria da dualidade – é difícil. Esta é uma grande verdade, uma das maiores verdades da dualidade, e geralmente é mal compreendida. O estudo e maestria da vida requerem trabalho. Você não pode simplesmente colocar o livro debaixo do travesseiro e dormir sobre ele; é preciso que ele seja lido e entendido uma página de cada vez, momento a momento.

Portanto, é preciso entender e aceitar que sua vida é uma construção de situações que você planejou a fim de possibilitar seu crescimento espiritual. Quando aceitar esta nobre verdade, você terá a oportunidade de transcendê-la. Aquilo que você chama de “destino” é, na verdade, uma série de situações que você pré-planejou para sua lição de vida. E, meu Querido, esse mesmo “destino” escrito por você vai ajudá-lo a enfrentar seus desafios e depois manifestar seus desejos, mas não porque você reclamou daquilo que não gosta. Para vivenciar a luz do seu desejo, você deve acender a paixão que vai libertá-lo da fortaleza onde ele esteve rigorosamente guardado. O melhor caminho é aceitar o desafio da auto-purificação, sendo um exemplo vivo da sua própria luz, em vez de protestar contra as trevas que ainda existem no mundo na terceira dimensão e escolher isolar-se dele.

ACEITAÇÃO

Mestre, ao aceitar que está aqui para enfrentar desafios, você poderá criar mais firmemente a energia necessária para enfrentá-los. Porque, a partir do momento em que aceitar isso, o fato de que a vida pode ser difícil não mais o assustará e sim motivará o seu guerreiro espiritual interior a resolvê-la.

O maior problema que você tem em aceitar o controle e responsabilidade pelas suas ações está no desejo essencial de evitar a dor das consequências desse comportamento. Mas lhe dizemos que a coragem confrontadora de resolver impecavelmente os problemas é que provê e realmente alimenta significativamente o crescimento na sua vida. Enfrentar os problemas é o que distingue sucesso de fracasso, ou melhor, crescimento de estagnação. Os problemas trazem à tona os seus melhores esforços para resolvê-los e aprimoram a coragem e a sabedoria do buscador impecável.

É justamente por causa de situações difíceis e obstáculos estressantes que você cresce mental e espiritualmente. É através da dor de enfrentar e solucionar os quebra-cabeças da vida e as situações pré-programadas, que você aprende o significado maior da ciência do amor. Meu Querido, o fato é que suas realizações mais difíceis, e certamente seu maior crescimento, são gerados quando você se encontra nas inquietantes encruzilhadas do problema. Suas maiores provas e revelações acontecem em momentos em que você se encontra fora da sua “zona de conforto”, sentindo-se desnorteado, insatisfeito, ou até num estado de angustiante desespero. Pois é nesses momentos, impulsionado pelo desconforto, que você é levado a arrombar a jaula confinadora e procurar um modo de vida melhor e espiritualmente mais satisfatório.

IMPECABILIDADE – O ESTADO DE GRAÇA

O que é impecabilidade, então? Não estamos subestimando a premissa básica quando definimos impecabilidade simplesmente como “sempre tentar fazer o melhor”. Mas manter-se impecável exige mais esforço, à medida que a extensão da sabedoria e consciência que você adquiriu se expande. Quanto maior a sua consciência, mais você “sabe”. Quanto mais você sabe, maior é a sua responsabilidade de viver em conformidade.

Você está no processo de expansão da sua consciência vibratória, tornando-se um participante consciente com a alma. Você está se tornando o que sua alma é, descobrindo sua identidade maior. Querido, quando você cresce espiritualmente, é porque se abriu para a busca do crescimento e está agindo, trabalhando para consegui-lo.

A impecabilidade envolve a expansão deliberada do seu Ser em evolução. A impecabilidade coloca-o em estado de graça. Impecabilidade não significa que você tenha alcançado a iluminação ou aprendido tudo o que precisa aprender, mas que você está no único caminho, no caminho certo para chegar lá.

Então vamos definir a impecabilidade em dois níveis, dois formatos de fase:

1) IMPECABILIDADE CONDICIONAL – É quando o indivíduo não é muito adiantado, mas está trabalhando para atingir a maestria; está fazendo o melhor; utilizando o conhecimento, na medida da sua capacidade, para fazer a coisa certa, mesmo quando há ignorância e concepção errada e inocente. Isto é, quando ele acredita realmente que o que está fazendo é o caminho certo, mesmo que esta não seja a verdade plena e expansiva. Todo mundo passa por esta fase. Nesta fase, se você comete um engano, é um engano honesto, no qual você acredita genuinamente que está fazendo o que sentiu que era correto.

2) IMPECABILIDADE DE MAESTRIA – Esta é a fase da alma na existência humana, que é o ápice da Maestria. É quando o indivíduo é muito adiantado e está vivendo de acordo com o que prega, sem ter nenhum conflito interno entre o que ele acredita ser o caminho certo e como ele age.

As duas fases ativam o que poderíamos chamar de estado de graça acelerado. A graça é a ajuda do Eu Divino no resultado das situações, quando a pessoa está tentando fazer o melhor. Você pode pensar nela como um “Anjo da Guarda”, porque em muitos casos um Anjo da Guarda é isso – o seu Eu Divino intervindo providencialmente nas situações para ajudá-lo em seu caminho.

Se fôssemos redefinir o que os seus textos religiosos consideram pecado, não o faríamos em termos de mandamentos, mas como “conhecimento não utilizado” – tomar atitudes que você sabe que são incorretas, atitudes que estão em conflito com suas crenças mais elevadas.

A SABEDORIA ESTÁ NO INTERIOR

A maioria das pessoas deseja uma sabedoria maior do que a sua própria. Procure e encontrá-la-á. Você pode encontrá-la “escondida” dentro de si mesmo, Mestre. Infelizmente, esse é o último lugar onde a procura, pois dá trabalho. O divino ponto de contato entre Deus e o ser humano está naquilo que os acadêmicos chamam de subconsciente.

Até mesmo os seus textos religiosos lhe dizem que Deus está no seu interior, que você é uma centelha do Divino. A mente subconsciente, ou “cérebro posterior”, nos seus termos, é a parte de você que é Deus; a porção do seu Eu Maior que contém o conhecimento de “Tudo O Que É”, a parte de você que contém os Registros Akáshicos, a memória da sua alma.

Como o subconsciente é a Mente Divina em você, a meta do crescimento espiritual é alcançada entrando-se no sagrado “Jardim da Sabedoria”. Isto se consegue aquietando-se a mente do ego. A meditação sempre foi o portal; ela é a chave para aquietar a conversa do ego-personalidade e permitir que a “Voz da Alma Divina” seja ouvida. Repetimos que é necessário esforço. Não existe nenhum atalho.

Reconquistar a condição Divina é o propósito da sua existência individual no plano da polaridade. Você nasceu para poder se transformar, como consciência individual, numa expressão física de Deus; uma expressão divina em estado de Ser.

Este desafio é o objetivo da sua alma, seu verdadeiro propósito e, nas jornadas físicas, o relógio está sempre correndo. A conquista da qualidade Divina na fisicalidade é conseguida com o tempo, através do desejo imaculado que é acionado no reino físico por meio da fusão com a sabedoria do não-físico. O tempo importa.

Na polaridade, a atual mudança de paradigmas e energias pode tirá-lo do centro com muita facilidade nestes tempos acelerados. Muitas vezes, o seu propósito verdadeiro é difícil de ser definido subjetivamente e o seu entendimento e lastro ficam justapostos entre a ilusão e a realidade percebida. Você pode sentir que está vivendo numa distorção e que nada é exatamente como parece ser. Neste processo, você pode ficar confuso e complacente. E pode perder a noção do tempo.

Querido, sua vida… cada instante da sua vida física é precioso, muito mais do que você pode imaginar; muito mais do que você aproveita. O tempo é um bem precioso, e é finito na sua dualidade. Todas as pessoas, em algum ponto do futuro, farão a transição para fora do físico. Ou, de acordo com a sua linguagem, todos experienciarão a morte, todos morrerão. Esta é uma condição da fisicalidade, você sabe. Entretanto, muitos agem como se fossem viver para sempre. É verdade que a alma é eterna, mas você não será sempre a mesma pessoa, a mesma personalidade ou expressão que é agora, em qualquer outra vida, em qualquer outro aspecto da sua existência.

Você está aqui para aprender, Querido; está aqui para aprender as expressões da sua própria Divindade dentro da dualidade. E realmente, a dualidade é uma dádiva. A vida é uma dádiva. Você está aqui para aprender a cocriar, pois, na verdade, você e todos os seres humanos são cocriadores do Universo, do Cosmos e estão aqui para alcançarem a Maestria. E muitos já estão bem perto dessa conquista.

APROVEITE O DIA

Mestre, enquanto não se valorizar verdadeiramente, você não estará na graça da impecabilidade e, portanto, não estará motivado para realmente valorizar e otimizar o seu tempo. A menos que dê grande valor ao tempo que lhe cabe, você não “fará o melhor” com ele. “Carpe Diem” é traduzido como “Aproveite o Dia” e é muito apropriado. Você precisa aproveitar cada momento! Muitos indivíduos, apesar de suas boas intenções, se permitem ficar tranqüilos no comodismo, em certas fases ou em certas condições da jornada que escolheram. Muitos perdem tempo, utilizam mal o tempo e, assim, encarnações e encarnações podem ser desperdiçadas. Aquilo que você não enfrenta, aquilo que você não resolve em qualquer momento ou vida, acabará voltando à tona; você repetirá a situação até que consiga solucioná-la com sucesso. Isto com certeza é uma grande verdade.

Mestre, utilizar bem o seu tempo na dualidade é essencial, e isto é um empreendimento complexo, porque requer que você busque a impecabilidade; requer que você ame a si mesmo, pois enquanto não se valorizar genuinamente, você não valorizará verdadeiramente a sua vida e o seu tempo. E enquanto não valorizar seu tempo, você não será motivado a maximizar a forma de utilizá-lo.

Isto é a Disciplina natural, é a ferramenta básica para resolver os problemas da vida. Sem disciplina é difícil você ter o estímulo necessário para se concentrar no trabalho de solucionar seus problemas. Em poucas palavras, você pode se tornar imobilizado… apático, acomodado ou preguiçoso. Na “Escada da Ascensão”, ou você se move para cima, ou fica parado, ou se move para baixo.

Na física tridimensional, existe uma lei que afirma que uma energia altamente organizada naturalmente se degradará se não estiver em estado dinâmico. Pela lei natural, é mais fácil permanecer em estado de acomodação no plano físico, do que numa condição de movimento ascendente. Isto é claramente lógico. A Lei do Amor é que motiva todas as almas a ascenderem para maior consciência, e isto requer dinâmica… trabalho! Na verdade, a preguiça é um dos seus maiores obstáculos, porque trabalhar significa nadar contra a maré. Aproveite o Dia!

ORDEM PERFEITA

Algumas pessoas dizem e sentem que “Tudo funciona como devia, tudo está em perfeita ordem”. Mas isto é um paradoxo, Mestre. E, como numa carta de baralho, uma das figuras está sempre de cabeça para baixo, de qualquer jeito que se olhe para ela, entende? Do ponto de vista superior, tudo está em perfeita ordem, mas da perspectiva da dualidade, não está! Se estivesse, não haveria nenhuma necessidade de lição, nenhuma necessidade de reencarnação. Basta dar uma olhada ao seu redor para saber que a situação da humanidade no planeta Terra está longe de ser perfeita. Na verdade, NÃO vai funcionar como devia, até que os seres humanos façam com que funcione!

Isto se aplica ao micro e ao macro. Há muito a ser trabalhado, muito a ser revisto. E tudo ocorrerá no tempo apropriado, Mestre. Nós lhe oferecemos algumas questões ligadas à perda de tempo, para sua análise e discernimento:

EGO OCULTO – ARROGÂNCIA ESPIRITUAL

Muitos são líderes e professores e trabalharam bastante e durante muito tempo para chegar a um nível avançado de conhecimento das verdades espirituais. Isto é admirável, mas leva a uma encruzilhada decisiva.

Um ser humano no caminho da Maestria deve evitar as armadilhas do ego ou cairá na atrocidade. Um líder deve sempre respeitar a voz da sua alma e seguir o caminho que lhe é indicado internamente, de modo a ascender em vez de decair. Esta é uma orientação essencial para todos que estão no curso avançado de Maestria. Sem a “avaliação e calibração internas da alma” não é possível enxergar a verdadeira direção do lar.

Entenda que com o progresso contínuo vem a necessidade da humildade. Quantos já participaram de reuniões metafísicas onde acabaram quase humilhados por alguém que fez questão de lhes contar como conseguiu ir longe em seus sonhos, quantas visões grandiosas já teve e quantos mestres celestiais ele enxerga nos reinos superiores, insinuando que é um ser avançado na maestria e quer ter certeza de que todo mundo saiba disto.

Esta é uma armadilha compreensível, mas não é o caminho da integridade. A Arrogância Espiritual é muito comum nos círculos da Nova Era, embora muitos que a praticam não tenham sequer consciência de que estão se apresentando de um modo tão pomposo. Existem muitas ciladas secretas do ego nos círculos espirituais. Ninguém está isento disto. Líderes e professores que progrediram até certo nível são especialmente suscetíveis de cair nesta cilada do ego, quando começam a conquistar seguidores. A maioria dos que caíram não o reconhece. Você é um deles? Acontece com a maioria, em algum momento, Querido. A humildade é o caminho do verdadeiro líder espiritual, entretanto é muito fácil cair cegamente no auto-engrandecimento.

Dizemos-lhe com amor, Querido, que isto acontece com todos. Acontece em todas as suas encarnações: o movimento e a mudança, dia a dia, para dentro e para fora da integridade. Na dualidade, seja um professor ou seja um aluno (na verdade, todos são ambos!), ninguém está acima disso, e é por isto que é necessário  se re-calibrar através do espelho infinito da verdade, através da auto-análise feita pelo observador distanciado interno. Existe uma linha muito tênue entre amor por si mesmo e ego. O paradoxo é que o primeiro é uma necessidade da impecabilidade e o segundo é um obstáculo a ela.

No caminho para a Maestria, muitas vezes você será forçado a escolher entre o amor e o poder; e o poder é muito sedutor e, geralmente, muito bem disfarçado. O orgulho vem antes da queda. Muitos se elevaram a grandes alturas na conquista espiritual, mas acabaram perdendo tudo isto por se deixarem cegar pelo ego.

Existem duas formas de poder, uma é usada para controlar, é o poder político; a outra é o poder verdadeiro, o poder benevolente do Amor. Mas, à medida que progride em consciência, você verá essa distinção menos como uma questão de bem e mal, e mais como uma questão entre amor e conceitos enganadores de poder. São energias mais sutis. Existem energias que desejam um movimento ou direção e há energias que precisariam de uma compreensão mais aprimorada. O desafio se encontra em juntar todas as peças, e esta não é uma tarefa fácil.

INTEGRIDADE SEXUAL

O verdadeiro amor é uma frequência. Não é paixão emocional, não é romance e não é sexual, nos seus termos. Acima da dualidade, na sua verdadeira essência, você é andrógino, integral, inteiro e sem gênero. Só no plano da polaridade do reino físico é que ocorre a orientação de gênero. Neste momento e no seu plano atual de existência, a atração física para fertilização sexual está no modelo atual do DNA, para preservar a sobrevivência das espécies. Isto não é preciso nem está presente no seu Eu Superior, acima da dualidade.

A sexualidade é outra área que é muito complexa, muito confusa para muitas pessoas. É uma área que requer impecabilidade.

Através dos tempos, nas diversas culturas em todo o planeta, existiram muitos sistemas de crenças, expressões variadas, experimentos e modalidades da expressão sexual na biologia. Alguns foram muito moderados, outros extremamente liberais. Os laços mais profundos do amor biológico e espiritual encontram-se na base de todos os relacionamentos pessoais e culturais, mas existe um amor mais elevado que transcende a sua programação cultural e religiosa de sexualidade.

Padrões morais, impressos pela religião e cultura no seu paradigma atual, têm uma influência considerável na opressão em termos de expressão sexual. A consequente orientação sexual extremamente específica reflete, então, uma firme divisão na consciência. Não apenas separa o masculino dos impulsos emocionais alentadores, mas também separa o feminino da sua própria liberdade de projetar força e intelecto. Isto efetivamente formula uma cultura restritiva, na qual mente e coração, força e alento estão separados em polaridades através do gênero.

Intimidade e expressão sexual são veículos para a expressão da energia não-física de maneira física. A sexualidade pode ser sagrada ou pode ser simples luxúria. Quando é uma expressão espiritual da união de almas de um modo físico, ela é vivenciada como muito mais do que um ato físico e é feita a partir da intenção e manifestação dos chacras superiores. Neste caso, a energia vital despendida é amplificada, santificada e retorna ao campo energético dos participantes, aumentando a vitalidade e equilíbrio de ambos. Cada um registra a impressão da alma do outro.

Entretanto, este não é o caso quando ela se expressa apenas pelo impulso físico, com o único propósito de satisfação sexual. Quando o ato sexual ocorre apenas para satisfação física, a energia vital é simplesmente despendida, gasta, e não retorna ao campo de energia humano. Na realidade, em alguns casos, quando o ato se baseia apenas no egoísmo e gratificação, ele rompe um pouco o campo eletromagnético e pode ocorrer vazamento de energia.

A maioria dos seres humanos, na sua sociedade atual, tem problemas conflitantes a respeito da sua própria sexualidade e expressão sexual. A sexualidade é algo que pode fundir duas almas em bem-aventurada unidade, mas também pode expressar cada um como Um. O aspecto qualitativo da intenção dos participantes é que determina o nível do fluxo do chacra específico, se é ou não feito com lucidez superior, entende?

Não é irônico que muitos de vocês alcancem o maior equilíbrio em suas vidas, só depois que seus corpos cessam de produzir hormônios sexuais? Entretanto, a liberação do chi através da kundalini, por meio do ato sexual, está entre as energias mais poderosas disponíveis para a humanidade. Ela foi usada exageradamente e caiu no mau uso e desperdício. A chave é a intenção.

Quando existe uma atração consensual, unida ao carinho e respeito mútuo, ela pode ser maravilhosamente sensual, bonita e sagrada. É capaz de transportar o espírito a reinos superiores, combinando a trindade do corpo, mente e alma. Quando isto acontece, especialmente entre membros da mesma família de almas, dá-se a transmissão de uma impressão energética e um efeito sinergético que é extremamente benéfico em muitos níveis.

A sexualidade é a expressão natural do amor que floresce entre as almas. Pode ser a expressão mais elevada do amor entre as pessoas, independente de gênero. Entretanto, pode se tornar uma fonte de culpa, uma fonte de controle, e uma fonte de preconceito e julgamento. Pode se tornar uma fonte de auto-engrandecimento e dependência, principalmente entre aqueles do gênero masculino, porque o impulso masculino para a reprodução está fisicamente conectado ao corpóreo, por assim dizer. Assim, ela é frequentemente mal compreendida e mal utilizada.

Os relacionamentos deveriam ser baseados em consenso, e a liberdade desta expressão deveria ser respeitada, mas perfeitamente alinhada com os chacras superiores. A dominação de um sobre o outro não é compatível com o verdadeiro amor nos relacionamentos de qualquer natureza.

A intenção elevada, na sexualidade, é extremamente benéfica em todos os níveis – físico, mental e espiritual. Ela pode ser uma fonte de rejuvenescimento e regeneração. No entanto, muitos escolhem expressões sexuais que chegam às raias do deboche, manipulação, ganância, conquista e infeliz dependência do orgasmo físico.

Sem julgamento, lhes dizemos que a energia sexual é uma dádiva de energia maravilhosa, e quando usada com intenção mais elevada, oferece um vislumbre da felicidade orgástica sagrada dos reinos celestiais. Ela é a força vital e deveria ser usada sabiamente, envolvendo o corpo, a mente e o espírito.

Quando a expressão sexual é devidamente escolhida, seu desenvolvimento responsável com intenção mais elevada, através da associação dos corações e do amor, é um aspecto da impecabilidade cristalina.

BLOQUEIO ENERGÉTICO NÃO RESOLVIDO

Mestre, na caminhada final para a Maestria, a maior parte dos seus problemas principais já foi trabalhada, e nós o respeitamos por isto. Entretanto, o que falta pode ser desconcertante de ser confrontado. Mas é importante enfrentar todo e qualquer problema ou energia não resolvidos.

Dizemos isto sem julgamento. Nós chamamos sua atenção para isto para ajudá-lo. Pois, com o tempo, tudo terá que ser enfrentado. Quanto mais adiantado você se torna, mais dificuldade pode ter para remover as pequenas questões não resolvidas, porque geralmente elas estão bem escondidas. A energia não resolvida… as questões finais podem tornar-se polarizadas e serem afastadas do seu campo mental, ficando esquecidas nos resíduos de muitas encarnações. Querido, tome um tempo para se auto-analisar no aspecto multidimensional, na Mer-Ka-Na. Por favor, determine o que falta ser trabalhado.

FÍSICA DA POLARIDADE

Veja, Mestre, quanto mais você se aproxima da luz, mais fortemente atrai as trevas. A luz atrai insetos! Quanto mais adiantado você for, mais crítica atrairá, e para lidar com isto, você precisa de sabedoria.

O aspecto polar da “Lei da Atração dos Opostos” entra em cena aqui. Olhando de um ponto de vista mais afastado, o que acontece é eletromagnetismo. A energia positiva pura tem maior atração “magnética” para a energia negativa. Então, à medida que a sua luz brilha mais, a atração magnética em relação ao pólo oposto aumenta. Isto pode ser administrado, mas você precisa ter luz, humildade, força e disciplina para defleti-lo.

Então, lidar com afrontas, com a energia pesada do ciúme, ódio e raiva, é uma peça importante do enigma para alcançar o nível de Mestre da Impecabilidade.

Como você lida com isso? Não tomar nada como pessoal talvez seja mais fácil de dizer do que de fazer, mas é uma grande verdade. Sua Bíblia fala de oferecer a outra face. Mas isto não significa que você deva pedir desculpas quando alguém pisa no seu pé. Parte do paradoxo é realmente defender a sua verdade. Mas significa, sim, que você não pisa no pé dos outros, intencionalmente ou não. Entende?

Permanecer na sua verdade é uma ação pacífica. É uma expressão benevolente da agressão que permite manter a graça e a dignidade em ambas as partes de qualquer conflito ou ataque, enviando a energia agressora de volta à sua fonte, mas sem maldade e com amor.

Todos os seres humanos têm a oportunidade de se manterem na impecabilidade dentro de qualquer conflito, sem se envolverem com ele. Entende? Lide com o conflito, encare-o a partir de uma posição de distanciamento emocional, como um observador. Isto não é fácil, entretanto é o caminho do Mestre. É assim que você “não toma nada como pessoal”, você afasta a reação emocional.

Todos os dias você tem a oportunidade de ser impecável. A situação na qual reconhece suas próprias falhas, seu próprio conflito com a integridade, é o momento em que você alcança o nível de Mestre em Impecabilidade. E esta realmente é uma jornada e taanto! Da mesma forma, no momento em que se mantém na sua verdade com disposição para reconhecer a verdade de outra pessoa, você alcança a integridade.

A mente divina só é alcançada, só é acessada através da ressonância da Mer-Ka-Na cristalina, com ondas de pensamento cristalino. O pensamento cristalino está acima da emoção, acima de sentimentos mesquinhos. É alcançada no distanciamento. É o lago cristalino de Shamballa, do verdadeiro Nirvana, liso como vidro, sem ondas que distorçam a imagem nele refletida.

ENCERRANDO:

Para encerrar, nós lhe oferecemos nossas bênçãos e gratidão pela sua busca.

O que há de mais precioso além da sua vida e seu propósito divino?

Seu papel agora e amanhã é sempre buscar realização, entendimento e desenvolvimento impecável. Sua missão divina pode e vai criar uma linda fusão da realidade experimental proposital… da dança na alegre luz das estrelas e da projeção de raios dessa beleza cristalina para tudo ao seu redor.

Não existe nenhum êxtase mais supremo do que alcançar a mente Divina. É por isto que todos vocês estão aqui. Vocês são do reino da Criação, da Maestria, e estão muito mais perto do que pensam da manifestação física disso. Queridos, VOCÊS criaram a Ascensão e ela está surgindo agora. Nós os honramos. O momento anunciado, com o qual tanto sonharam, os espera, Queridos.

Eu sou Metatron, e vocês são amados.

E assim é

.……………………………………………………………………………………………………………………….

Tradução de Vera Corrêa veracorrea46@ig.com.br

Os direitos autorais desta canalização pertencem a www.Earth-Keeper.com. A publicação em websites é permitida, desde que as informações não sejam alteradas e os créditos do autor e seu site sejam incluídos. Este material não pode ser publicado em jornais, revistas e nem re-impresso sem a permissão do autor. Para pedir permissão, escreva para EarthKeeper@consolidated.net.

Fonte¹: Spirit Library | Earth Keeper | Earth Keeper Chronicles | Crystalline Impeccability: Dancing with Stars

Fonte²: The Fractal Wanderer | Crystalline Impeccability ~ The State of Grace (Metatron)


Via: Impecabilidade Cristalina: Dançando Com as Estrelas – Metatron canalizada por Tyberonn – 16 de abril de 2011

ABRINDO AS PORTAS PARA O DESPERTAR DA PAZ INTERIOR…

paz interior

As 8 Chaves da Paz

evo66 (editado)

Por: Sri Prem Baba

 

A paz é a mais elevada das virtudes. É o anseio secreto de todos os seres. Ela é uma profunda aceitação daquilo que é. É não se opor a nada ou ninguém. A paz brota da entrega: você entrega todos os seus problemas ao Universo e deixa que o fluxo da vida a leve. Entregar significa não pensar mais a respeito. Você relaxa e sente autoconfiança. Para isso, é preciso abrir mão do controle. A paz, portanto, nasce de um profundo confiar.

Olhando para trás, revendo a minha história pessoal, vejo que a minha busca pela paz começou quando ainda era muito jovem. Antes mesmo da adolescência entrei numa escola de conhecimentos espirituais. Certa vez, um professor disse: “As pessoas se autodenominam humanas, mas na verdade, são humanóides – criaturas com cérebro grande e duas pernas que se passam por seres humanos. Na condição atual as pessoas são incapazes de perceber o que realmente precisam. Acreditam que serão felizes se obtiverem este ou aquele objeto ou título, mas toda essa ganância somente mostra que são ainda muito imaturos para entenderem que a verdadeira felicidade somente nasce da paz no coração e na mente.” Quando eu ouvi isso, pensei: “Será que ele está se referindo a mim?”

Até aquele ponto, tudo indicava que a paz poderia ser atingida somente através do domínio sobre a matéria. E, de repente, ouvir essa devastadora crítica sobre a humanidade, e perceber nas profundezas do meu coração que isso era verdade, foi como um nocaute. Mas esse ensinamento abriu as portas da verdade para mim.

Eu pude perceber que a vida frequentemente se resumia em uma eterna tentativa de forçar o outro a nos amar, e que podemos desperdiçar uma vida inteira nessa busca inútil. Uma vez que, no mais profundo, você sabe que amor forçado não é amor, facilmente você encontra razões para lamentar que não é amado. Com isso, você se distrai e se desvia ainda mais do objetivo de atingir a paz interior.

Eu compreendi que a paz duradoura somente pode ser alcançada quando você se liberta da necessidade de receber amor exclusivo, pois esta é a fonte de todo o sofrimento. Eu diria que essa é a principal doença da humanidade. Daí nasce o pensar compulsivo e todos os outros desdobramentos. O sofrimento é o principal enigma da humanidade. Este é o principal desafio: como superar o sofrimento? Como superar a dor em todas as suas manifestações? Em outras palavras, como alcançar a paz?

Através da minha experiência, no trilhar do Caminho do Coração, eu descobri algumas chaves que abrem as portas para o despertar da paz interior, as quais eu compartilho com você agora:

Primeira chave: Silêncio.

O silêncio é uma forma de bater na porta do salão da verdade. Ele é a base que te prepara para qualquer prática; é o alicerce do edifício da consciência. Tudo que é belo e verdadeiro nasce do silêncio.

Um instante de silêncio é suficiente para exorcizar todos os demônios, porque os demônios são os pensamentos. Se existe um pensamento compulsivo constantemente assombrando a sua mente, é porque você deu muita atenção a ele, ou seja, você o alimentou acreditando nele. Mas, ao aquietar a mente, todos os fantasmas desaparecem. Não importa quão antiga seja a escuridão, uma pequena fresta de luz dissipa toda escuridão porque ela é somente a ausência de luz. O silêncio invoca a luz. Quando a mente se acalma, tudo se acalma.

O preço para a realização espiritual é a solidão. Em algum momento você vai ter que encarar a si próprio. Por isso é fundamental aprender a ficar sozinho e em silêncio. Você também pode chamar esta prática de meditação. Mas, eu não quero que você se perca no labirinto das ideias e conceitos, na ginástica do intelecto. Permita-se apenas ficar retirado e em silêncio, observando a grama crescer. Abandone toda a pressa e todo o desejo de chegar a algum lugar. Feche os olhos e focalize no ponto entre as sobrancelhas. Brinque de cultivar o silêncio.

Segunda chave: Verdade.

Falar a verdade não quer dizer que você vai sair por aí dizendo aos outros tudo o que pensa ser verdade, desconsiderando o fato do outro não estar pronto para ouvi-la, o que pode gerar mais conflito, mais guerra. Seguir a verdade significa ouvir o chamado do seu coração.

Se ainda há desconforto e sofrimento na sua vida, significa que ainda há uma camada de mentira te envolvendo. Seja corajoso para encarar suas mentiras. Sem coragem você não será capaz de encarar a verdade. Procure identificar quando você ainda não pode ser honesto com você mesmo e com a vida; quando você tem que usar uma máscara e não pode ser autêntico e espontâneo; quando você tem que fingir que é diferente do que é. Dê uma olhada nas diversas áreas da sua vida. Você terá algum trabalho, mas é um bom trabalho. Lembre-se que “a verdade vos libertará”.

Terceira chave: Ação Correta.

Isso não tem nada a ver com moralismo. A ação correta, ou ação consciente, não se baseia no que está fora, ou seja, não depende da aprovação do mundo externo. Não é seguir um manual com regras sobre o que está certo ou errado. É uma ação determinada pela intuição, que é a voz do silêncio. É ter coragem de ser você mesmo, autêntico e espontâneo. Agir conscientemente significa colocar o amor em movimento, ou seja, trilhar o Caminho do Coração.

Quarta chave: Não Violência.

A não violência é a ação sem ego. É a atitude não contaminada pela vingança e pelo ódio. É não dar passagem para a maldade que provoca sofrimento no outro, não importa em qual nível.

A não violência ou ahimsa, como é conhecida na tradição do hinduísmo, não é cruzar os braços e ficar esperando que as coisas aconteçam. Ela, muitas vezes, envolve ação, atitude. Mas, é uma ação que nasce do coração – é espontânea e sempre vem com sabedoria e compaixão. Não é o ódio ou o medo se manifestando.

Eu mesmo já questionei o poder de ahimsa. Parece que só deu certo com Gandhi, na Índia. Mas, não é verdade. Ahimsa é o remédio que esse planeta precisa. A compaixão é o remédio e ahimsa é compaixão.

Quinta chave: Amor Consciente

Eu uso esta palavra ‘consciente’, porque a palavra amor foi degenerada. Nós demos a ela tantos outros significados que não têm nada a ver com a sua essência. Para o senso comum, o amor está ligado ao egoísmo, a uma satisfação pessoal. Ele é confundido com a paixão, com o sexo e até mesmo com o ódio. Isso acontece de uma forma inconsciente: a entidade acredita estar amando porque não tem consciência do que é amor.

Não é possível definir o amor com palavras, mas eu posso dizer que amar inclui um desejo sincero de que o outro seja feliz. Inclui ver o potencial adormecido no outro e dar força para ele acordar. É querer ver o outro feliz sem querer absolutamente nada em troca. Em última instância, amar conscientemente significa amar desinteressadamente.

Mas, para que possa utilizar essa chave se faz necessário que você reconheça o seu desamor. Procure identificar em quais situações e com quem você ainda não pode ser amoroso. Aonde e com quem o seu amor não flui livremente? Em que situações o seu coração se fecha? Aí há uma pista para você. Vá atrás dessa pista e você descobrirá muito sobre si mesmo. Essa é uma forma de trazer paz para esse mundo: aprendendo a ser amigo do seu irmão; amigo do seu vizinho. Aprender a não julgar os erros do outro. Antes de levantar o seu dedo para acusar o outro, olhe para si mesmo, e pergunte: “Será que eu não tenho um defeito igual, ou outros até piores?” “Será que o meu vizinho não tem nada de bom para eu focar a minha atenção?” Comece a focar no bom que o outro tem. Essa é sua grande missão.

Sexta chave: Presença.

Estar presente significa estar total na ação. É lembrar-se de si mesmo a cada instante. Quando você pode experienciar a presença, a sua energia cresce e você percebe o amor passando por você. Se puder sustentar esse estado de alerta, você terá a percepção de que tudo é sagrado, e a partir dessa percepção, poderá expandir sua energia conscientemente na direção do outro.

Eu sugiro uma prática bem simples para o seu dia a dia. Habitue-se a perguntar: Onde estou? O que estou fazendo? Permita-se parar, apenas por alguns segundos, absolutamente tudo o que você está fazendo. No meio da ação, pare e pergunte-se: Quem está fazendo? Assim você interrompe a imaginação e volta para o seu corpo, para a presença, para a totalidade na ação. Esse é o caminho.

A presença é a chave mestra. Mas, porque não vamos diretamente para ela? Porque nem todos estão prontos para usufruir dela. Poucos estão maduros para abandonar o pensar compulsivo, já que isso lhes dá um senso de identidade. Então, em muitos casos, é necessário um trabalho de purificação, que é este trabalho de transformação do “eu inferior”, para que você esteja pronto para ancorar a presença. Para isso, o corpo é o portal. Sinta-se ocupando o corpo. Sinta seu campo de energia e mova-se a partir dessa percepção.

Sétima chave: Serviço Desinteressado.

Servir desinteressadamente significa colocar seus dons e talentos a serviço do amor. É quando você pode se doar verdadeiramente ao outro, sem máscaras, sem necessidade de agradar ou fazer o que é certo com a intenção de ser recompensado. O único objetivo é ver o outro bilhar. Você se torna o amor que se move em direção à construção.

Acordar pela manhã, consciente de que está acordando para servir, ilumina a alegria de viver. Naturalmente, a consciência do serviço aumenta a conexão com o divino, porque, por mais que cada um tenha seus talentos e dons individuais, ou seja, uma forma particular na qual o amor se expressa através de você – é o próprio amor que está se expressando. No serviço, você se torna um canal do amor. Por isso, eu digo que o serviço é uma forma de manter a chama da conexão acesa. O amor e a felicidade passam por você para chegar ao outro, não importa o que você esteja fazendo, se está cuidando do jardim, construindo uma casa, cozinhando, cuidando de uma empresa ou de uma pessoa.

Oitava chave: Lembrança Constante de Deus.

Lembre-se de que Deus está em tudo: dentro, acima, abaixo, dos lados – em todos os lugares. Ele é a vida única que age em todos os corpos e é o seu Eu Real. Essa percepção de que tudo é Um e de que a energia espiritual se manifesta em todas as formas de vida, promove um profundo contentamento. Não há palavras para descrever essa experiência, ela só pode ser vivida. A sua vida se transforma numa prece, numa oferenda a Deus. Pode passar um tsunami, mas você não se esquece de Deus. Pouco a pouco, a sua fé se torna constante e inabalável, até que possa sustentar a eterna conexão com Deus.

A partir dessa conexão, você olha para o outro e enxerga além das aparências, porque você vê somente Deus e assim pode reverenciá-lo. Este é um sincero namastê: “a divindade que está em mim saúda a divindade que está em ti.”

Se verdadeiramente utilizar essas oito chaves na sua vida, inevitavelmente você irá experienciar a paz. Essa é a minha experiência.

Durante a fase do desenvolvimento da consciência que eu chamo de “ABC da Espiritualidade” ou purificação do “eu inferior”, muitas vezes, descobrimos verdades pouco agradáveis sobre nós mesmos. Durante esse processo, enfrentamos obstáculos que precisam ser removidos. Aos poucos, nós aprendemos a identificá-los e removê-los e, ao removermos aquilo que não nos serve mais, podemos nos tornar canais do amor divino, para que ele flua livremente através de nós.

(Trecho extraído do livro “Transitando do Sofrimento para a Alegria” de Sri Prem Baba)


Via: DESPERTAR COLETIVO | As 8 Chaves da Paz

VENDO E EXPERIENCIANDO O DINHEIRO COMO ENERGIA E NÃO COMO MATÉRIA…

abundancia

GRUPO ARCTURIANO – ABUNDÂNCIA

O_Grupo_ArcturianoMensagem do Grupo Arcturiano

Canalizada por Marilyn Raffaele
Em 20 de março de 2016

 

Queridos, bem-vindos a uma época em que as coisas parecem iguais para muitos do mundo, mas não para vocês que estão despertando. Muitos de vocês começam a ter experiências novas e incomuns e também insights mais profundos dos quais os outros não estão cientes. Continuem, pois a evolução está mudando para uma nova terra e um novo estado de consciência para aqueles que escolhem.

Nós desejamos falar sobre dinheiro, um assunto que parece causar muito caos e muitos problemas para o mundo. O sistema de crença humano a respeito do dinheiro é construído ao redor da dualidade – a consciência do dinheiro como um “bem” que precisa ser obtido ou um “mal” para ser rejeitado. Ambos são falsos estando baseados numa ignorância geral da verdade, normalmente acompanhados com um desejo de poder de muitos. O dinheiro é um meio de troca em si e de si mesmo não tendo outro poder além do poder que vocês dão.

Toda alma está procurando se encontrar e se lembrar, para descansar na paz, alegria e amor de novamente vivenciar quem e o que ela realmente é. Quando um indivíduo encarna na energia tridimensional, ele vem com um plano para quaisquer experiências necessárias para seu processo evolucionário. Uma vez na energia mais densa da terceira dimensão ele esquece isso, mas mantém esse anseio profundo de totalidade. Sem entender que o que ele sente é espiritual, ele começa a buscar externamente pelo que ele acredita que lhe trará felicidade de acordo com o estado atingido de consciência.

Procurar e lutar por algum bem percebido (normalmente dinheiro) no exterior não importa o custo para outros é como a maior parte do mundo ainda funciona. É a fonte de todo comportamento criminoso, lutas por poder, desonestidade, religiosidade, e assim por diante. Todo indivíduo está procurando experienciar sua totalidade inata, mas ainda não ciente de que ela está no interior, ele se volta para esse caminho no exterior até que em alguma vida em algum ponto ele desiste e começa a olhar para dentro, para onde ela está.

O dinheiro, como também todas as formas de abundância, é uma interpretação mental da totalidade e integridade dentro de todo indivíduo. A mente somente pode interpretar e manifestar externamente de acordo com o estado atingido de consciência e o sistema de crença de cada um. Se a totalidade divina não estivesse incorporada no interior, jamais ela poderia surgir externamente, pois o externo é o interno.

A abundância é uma lei divina infinita e sempre presente, mas a crença universal na dualidade e separação resultou num mundo de falta e limitação. Na dualidade sempre haverá os pares de opostos (abundância e escassez) e com a separação sempre haverá os que têm e os que não têm. Essas crenças são continuamente reforçadas pela consciência de consenso.

A lei da abundância é facilmente observada na natureza – as folhas nas árvores, a folhas da relva, as flores nos campos e os pássaros no ar. A natureza, quando permitido, sempre funciona de acordo com uma lei de abundância divina. Chegou o tempo para a humanidade em evolução começar o processo de ultrapassar as crenças de falta e suas muitas formas, pois, na realidade, não existe essa coisa de falta.

A falta, principalmente em forma de dinheiro, é uma crença muito difícil de ultrapassar. Ela e as lições de relacionamento representam os dois bloqueios mais difíceis para a consciência humana. As crenças de falta e limitação se desenvolveram até o ponto de se tornarem leis humanas porque para a maioria, todas as vidas anteriores foram vividas totalmente enredadas na energia tridimensional.

A memória celular até ser limpa, ainda carrega energias associadas com experiências de pobreza e fome de algumas dessas vidas. Entretanto, as leis humanas, tão reais como podem parecer ser, somente são crenças que nunca suplantam a Lei Divina.

A gratidão é uma chave poderosa para destrancar a abundância porque é o reconhecimento de que “Eu tenho”. Comecem com o que é familiar, agradecendo ao divino dentro de vocês por tudo, não importa como mundano ou aparentemente sem importância possa parecer. Comecem a reconhecer a abundância por toda parte ao seu redor até com algo tão simples como notar a bela roupa que alguém está usando ou uma linda casa que vocês admiram.

Comecem a dar graça antes das refeições, isso se já não o fazem, tornando um reconhecimento e gratidão pela sua totalidade divina se manifestando externamente como comida. Permitam a oração na hora da refeição ir muito além do agradecimento decorado e memorizado de alguma coisa baseado no conceito de um Deus que observa e escolhe quem abençoar – o Deus que o homem criou em sua própria imagem e semelhança.

Ao expressar gratidão ao outro por alguma coisa, vocês automaticamente reconhecem e honram o Eu quando percebem que não veio do outro, mas através dele. Não há outro e na percepção do UM todas as coisas simplesmente se movem de um bolso para outro. Por isso é tão importante parar de procurar externamente qualquer coisa – seu bem, felicidade ou satisfação. Um estado evoluído de consciência sabe que todo bem flui do interior, mas parece vir de outros.

Quando vocês começarem a aceitar a verdade de quem e do que são, honrando-se e amando-se como seres divinos, vocês se encontrarão automaticamente sentindo gratidão por tudo. Isso acontece porque agora são capazes de reconhecer toda experiência física, emocional, mental ou espiritual (agradável e também não tão agradável) como sendo um professor.

A abundância surge de forma infinita e variada de acordo com a necessidade do momento. O dinheiro é somente uma forma de abundância. Quando vocês recebem uma conta, olham em sua carteira e declaram: “Eu não tenho” vocês podem ter certeza de que é exatamente o que estão criando, pois vocês são criadores. Mesmo se tiverem apenas uma moedinha do mais baixo valor, olhem para ela sem julgamento e reconheçam: “Eu tenho”.

Como com todo aspecto da evolução espiritual, o conhecimento intelectual de uma verdade é apenas o primeiro passo. Vocês não podem sentar em aguardo absoluto de um saco de dinheiro cair do céu (embora isso possa acontecer se tiverem a consciência dele). Conheçam a verdade e então deem os passos humanos que são orientados a dar, seja trabalho ou assistência de algum tipo. Deixem suas ações ser o que ressoa com vocês e não o que os outros possam estar lhes dizendo para fazer, pois a orientação deles tão bem intencionada quanto possa ser, é a representação do estado de consciência deles e não do seu.

Mantenham-se abertos e orientados a respeito de todas as oportunidades de trabalho, não apenas o “emprego perfeito”. Assumir um emprego que vocês consideram benéfico para si e desempenhá-lo com sua melhor capacidade, envia uma mensagem de intenção ao Universo de que vocês levam a sério experimentar mais abundância e estão preparados para receber. Normalmente outra forma mais adequada de trabalho logo se apresentará. Todo trabalho é serviço e qualquer emprego que vocês tenham pode ser trabalho de Luz quando realizado numa energia de amor.

Comecem o fluxo de “Eu tenho” por dar em todos os níveis – físico, emocional, mental e espiritual. Pode ser tão simples como abrir tempo para encontrar roupas usadas e itens para doar. Deixem ir completamente a crença de que quando vocês dão, isso automaticamente significa menos para vocês. Vocês ultrapassaram esse estado de consciência e agora entendem que tudo flui para vocês vindo de uma fonte infinita de abundância e não de um esconderijo pessoal limitado.

Usem tudo dado como uma oportunidade para perceber o “Eu tenho” porque “Eu sou”. Deixem a energia de sua totalidade divina fluir para onde vocês são orientados para deixá-la fluir na percepção de que não se espera que vocês ergam o mundo inteiro, pois ainda há muitos que precisam do antigo. Sempre se lembrem de ouvir atentamente sua intuição, pois ocasionalmente acontece que um estudante entusiasmado sem saber se torna um facilitador.

A falta precisa ser entendida pelo que ela é – uma crença baseada na dualidade e separação sem lei para apoiá-la – ilusão. O medo e o pânico que surgem de não ter o suficiente é o que conduz ao crime e perpetua o senso de separação. Nós entendemos suas lutas. Nossa mensagem hoje é que agora vocês estão preparados para começar a ver e experimentar o dinheiro como energia e não material embora ele aparente dessa forma.

Peguem algum dinheiro material e sintam-no, segurem-no e percebam que ele é um conceito material representando a totalidade da Consciência Divina que vocês realmente são.

A Consciência Divina é o Eu sustentado e o Eu mantido que incorpora tudo que existe e é mantido eternamente pela Lei Divina. Nunca pode ser mais ou menos, nem pode mudar ou estar ausente, pois é tudo que existe e, portanto, precisa ser a substância da qual vocês foram formados.

“Eu sou a substância da qual o dinheiro é formado”.

Nós somos o Grupo Arcturiano

 


Fonte: ONENESS OF ALL | ARCHIVES | MARCH 20 2016
Tradução: Blog SINTESE

Via: SINTESE | GRUPO ARCTURIANO – ABUNDÂNCIA

AME INCONDICIONALMENTE! VOCÊ É APENAS AMOR…

Magic_Colorful_Wallpapers_laba.ws

AMOR

10941865_10202672661852249_2922601385172899124_n.jpg

Por: Prama Shanti

Sua estadia neste planeta não é para ser nem agradável, nem monótona. Os dias não serão iguais, você estará constantemente recebendo influências externas, naturais e inteligentes.

Mesmo que você se estabilize, estará sendo tentado por outras inteligências que são contrárias ao seu desenvolvimento.

Deixamos que isso aconteça porque isto o fortifica. Da mesma forma as dificuldades materiais tem um propósito. Você está aqui para aprender a superar estes obstáculos, precisa entender que eles são Maya, não são o que realmente interessa. São apenas pequenas distrações interpostas para os que não acreditam em seu poder.

Na medida em que você se apoderar de seu Eu verdadeiro, terá consciência do que realmente interessa. Quando isto ocorre, as dificuldades materiais se desfazem como a fumaça que são.

Os apegos precisam ser desfeitos e isto só pode ser feito pela dificuldade. Entendemos o quão difícil é para vocês desapegarem de certas coisas.

Não existe uma ordem correta de desapego, por isto as dificuldades ocorrem em todos os campos, materiais e emocionais.

Para que o desapego ocorra é necessário que ele esteja no centro de sua mente, precisa ser um problema para que seja trabalhado. Pegue o problema e entre nele como um bom Vipassana, penetre o seu núcleo, analise-o, separe cada pedaço, enfrente o pior pedaço e novamente refaça sua análise até não sobrar nada.

É como seus cientistas fazem com a análise da matéria, chegam até o átomo, às suas partículas elementares, ao núcleo de uma pequena partícula, aos seus pedaços e enfim chegam à energia pura. E se soubessem ir adiante, chegariam à consciência.

Da mesma forma é preciso que você chegue à consciência do problema, ao seu propósito. Entenda-o, decifre-o e ele deixará de existir.

Assim ocorre com tudo em seu mundo, porque nada existe, e quando você penetra no âmago, você desfaz. Você se entrega, se dissolve e assimila. E passa a ser um com Ele.

Então, silencie seu coração e ame incondicionalmente cada coisa, e pelo amor você se torna um com Ele e o compreende.

Ame incondicionalmente, pois você é apenas Amor.

Através de Prama Shanti, em 04/02/2016

(sobre a autoria …)

 


Via: Amor | Prama Shanti

TRANSFORMANDO VIDAS A PARTIR DA FÍSICA QUÂNTICA…

fisica-quantica_em-sua-vida

AMIT GOSWAMI – “DEUS NÃO ESTÁ MORTO”

Por: Victória Álvares

 

O físico indiano Amit Goswami foi, dos 14 aos 45 anos, materialista. Renomado na academia pelos seus trabalhos científicos e PhD em Física Nuclear, ele ensinou durante 32 anos na Universidade de Oregon, nos Estados Unidos, e é professor emérito da instituição.

Mas, na metade da sua carreira, o cientista viveu um momento epifânico que o fez redirecionar todo o seu trabalho de pesquisa. Desde então, Goswami está envolvido em estudos que buscam conciliar ciência e religião.

A sua teoria de uma nova ciência contraria a ideia de que a origem de todas as coisas é a matéria e afirma que a consciência é a base de tudo que conhecemos e percebemos. Considerado um dos mais originais pensadores contemporâneos nessa área, Amit Goswami tornou-se mais conhecido no mundo a partir de 2004 ao participar e expor suas ideias no filme Quem somos nós?, mas também já causou polêmica nos meios acadêmicos e foi criticado.

Muitos o consideram como um cientista transformado por seu próprio trabalho. Atualmente, Amit Goswani faz palestras pelo mundo e dá aulas sobre ciência e vida espiritual em entidades e institutos dedicados a estudos religiosos e filosóficos nos EUA, Portugal e no Brasil.

Em visita ao Recife para participar do II Simpósio Internacional de Saúde Quântica e Qualidade de Vida, concedeu esta entrevista ao Diario.

“A consciência é a base de tudo”

O que é a Física Quântica e o que fez o senhor se interessar por ela?

Um dia eu estava numa conferência de onde eu saí muito chateado comigo mesmo, porque eu achava que a minha palestra não tinha sido boa o suficiente. Eu tinha a impressão de que as pessoas davam palestras melhor do que eu e ficava com uma certa inveja, e esse sentimento ruim ficava me incomodando. Em certo momento, deixei a conferência e, quando saí, senti o vento do mar batendo no meu rosto. Foi neste exato momento que eu pensei ‘Por que eu estou vivendo assim?’ Eu me dei conta de que a minha pesquisa e a minha vida estavam completamente separadas, que meus estudos não contribuíam em nada com a minha vida, e vice-versa. Então, decidi que queria integrar a minha vida e o meu trabalho. Este foi o início de uma longa pesquisa sobre a integração, que nos levou a um novo paradigma que pode integrar a ciência com a vida de todos os dias a partir da Física Quântica.

Como nós podemos identificar os princípios da Física Quântica no nosso dia a dia?

Os princípios quânticos estão muito mais presentes na vida das pessoas do que elas podem imaginar. Quando nós pensamos, ou temos uma intuição, por exemplo. A Física Quântica mostra que, diferentemente do que é afirmado pela ciência tradicional, a matéria não é a base de tudo, mas a consciência. A consciência é que é o fundamento de tudo o que vemos e percebemos e, portanto, nós podemos decidir as nossas próprias escolhas. A partir dos conceitos da Física Quântica nesta nova ciência, nós aprendemos como desenvolver a nossa criatividade e assim podemos trabalhar numa mudança de mentalidade da sociedade como um todo.

Todos nós podemos ser criadores do novo mundo porque a Física Quântica afirma que sempre existem várias possibilidades e nós podemos escolher aquilo que queremos para nós, assim como influir no nosso entorno. Nós podemos transformar as coisas na nossa vida, com sentimentos como o amor, e não precisamos nos destruir com emoções negativas. A nova ciência diz que, apesar dessas emoções negativas, nós podemos transformar as coisas. E nosso cérebro é capaz de criar novos circuitos na mente para superar esta negatividade. É isso o que eu ensino.

Como o senhor poderia resumir o paradigma desta nova ciência que o senhor vem difundindo?

Cada um de nós tem uma consciência e nossas mentes podem se comunicar se nossos cérebros estiverem num estado específico de concentração. A consciência diz que o mundo é cheio de possibilidades e que nós temos liberdade de escolha. Se nós aprendermos a escolher com criatividade, acessando esta interconectividade não-local que cada um de nós tem, que é um estado de consciência não-local, se nós aprendermos a dar um salto do nosso ego individual para essa interconectividade não-local, então nós podemos acessar essas ideias de criatividade e mudar as nossas vidas. Assim, se acessarmos esse estado, seremos mais responsáveis pelas nossas ações. E quando assumimos essa responsabilidade, podemos enfrentar todos os problemas que vêm nos perseguindo. Então “escolha” e “responsabilidade” são as palavras chaves desta nova ciência. Neste sentido, a nova ciência nos ensina a exercitar a criatividade.

Na sua teoria, o senhor também fala muito em espiritualidade. Qual é a sua opinião sobre o papel das religiões na sociedade?

Eu acho que a religião tem um papel importante, que é a consciência de que nós temos espiritualidade em nossas mentes e não devemos ter vergonha, pois tudo está integrado. Mas eu não acredito que Deus seja propriedade de nenhuma religião. Na minha opinião, Deus está em cada um de nós, é a nossa consciência individual. Neste sentido, a propriedade de uma religião é tirar Deus de dentro de nós mesmos. Para mim, a religião nos ensina como acessar Deus, a nossa consciência, mas Ele está disponível para qualquer um de nós, independentemente de religião, pela meditação, pela criatividade, etc.

O senhor ficou muito conhecido pelo filme Quem somos nós, que é inspirado no seu livro A física da alma. O que o senhor acha deste filme e do filme O Segredo, que aborda o mesmo tema?

A proposta do filme Quem somos nós? foi mostrar os fundamentos básicos da Física Quântica, que são as ideias de base da nova ciência. Este é um assunto que interessa muito às pessoas, por isso o filme se tornou muito popular. Quanto ao filme O Segredo, eu não acho que seja um filme ruim, ele tem uma boa mensagem. O problema é que ele não a desenvolve o suficiente. Faltam no filme as outras etapas do processo criativo, “fazer” e “ser” também são importantes. A Física Quântica é justamente baseada nesta combinação “fazer-ser”. E o filme pode dar a impressão errada de que basta desejar profundamente algo que isso vai se realizar, mas não é assim, isso não é suficiente. O processo criativo é que ativa esta consciência não-ordinária. Se você quer ser bem-sucedido, pense de maneira quântica e seja criativo.

A comunidade científica é conhecida por ser um espaço de confronto de ideias e debates. Mas, há anos, o senhor vem difundindo a sua teoria e nós não ouvimos muitos comentários da parte dos cientistas tradicionais sobre os estudos do senhor. Como o senhor explica isso?

Faz tanto tempo que a ciência tradicional é cética no que diz respeito a questões espirituais que o novo paradigma é, de certa forma, assustador para eles. Demora muito tempo para mudar um paradigma que é considerado verdadeiro e muitas pessoas, simplesmente, ainda não estão preparadas para fazê-lo. Eu entendo isso e respeito as dificuldades delas, mas eu tenho certeza de que, mais cedo ou mais tarde, a nova ciência vai prevalecer, porque ela é verdadeira. A teoria heliocêntrica de Copérnico, por exemplo, levou mais de 100 anos para ser levada a sério. Esta nova ciência, que vê a consciência como a base do ser, só surgiu em 1993. Eu tenho certeza de que a ciência vai um dia vencer seus preconceitos e reconhecer o novo paradigma.

Os seus livros fazem muito sucesso no Brasil e o senhor vem cada vez mais aqui? Como o senhor explica esta relação?

A primeira vez que eu vim ao Brasil foi em 1996 para uma conferência de psicologia em Manaus. Os brasileiros eram tão receptivos à nossa teoria de que a consciência é a base do ser que isso me tocou muito. Em 2007, o meu livro O universo autoconsciente foi lançado no Brasil e eu comecei a vir cada vez mais frequentemente para dar workshops e conferências. Foi assim que a minha relação com o Brasil foi se tornando cada vez mais próxima. Eu sou muito grato pela receptividade e pelo entusiasmo dos brasileiros com as minhas teorias e acho que o Brasil é um terreno muito fértil para a nova ciência. Eu sempre observei que os brasileiros são muito expressivos com relação ao que eles sentem, não apenas ao que pensam. Esta forma de ser é muito importante para entender a visão integralista entre pensamento e emoção, que é o caminho do futuro. Eu acredito que o Hemisfério Norte esteja talvez perdendo esta essência da integração e os brasileiros têm muito a contribuir com isso.

Saiba mais

Amit Goswami doutorou-se pela Universidade de Calcutá em 1964, mudando-se em seguida para os EUA, onde mora até hoje.

Após ensinar durante 32 anos no Departamento de Física da Universidade de Oregon, nos EUA, ele é hoje professor emérito da instituição.

Aposentado da vida acadêmica desde 2003, Amit Goswami dedica-se atualmente a realizar palestras pelo mundo divulgando suas teorias e o ativismo quântico.

O ativismo quântico acredita que o ser humano é capaz de mudar o mundo e a si mesmo a partir dos princípios da física quântica.

8 Livros traduzidos para o português

Em 2010:
– O ativista quântico

Em 2009:
– Evolução criativa das espécies

Em 2008:
– O universo autoconsciente
– Criatividade quântica
– Deus não está morto
– O médico quântico

Em 2005:
– A física da alma

Em 2003:
– A janela visionária

Em 2004, o filme Quem somos nós? (“What a bleep do we know?”) abordou as teorias do físico indiano e, desde então, Amit Goswami se tornou ainda mais conhecido.

Por Victória Álvares, especial para o DIÁRIO/RECIFE


Postado por Miguel Galli O Terapeuta Quântico

Via: O Terapeuta Quântico: AMIT GOSWAMI – “DEUS NÃO ESTA MORTO”

SER CONSCIENTE É DEIXAR DE VIVER UMA FALSA NOÇÃO DE “EU”…

ser consciente

QUEM VOCÊ REALMENTE É | ECKHART TOLLE

Compilado do Livro “O Poder do Silêncio” de Eckhart Tolle
por: Misticismo Natural

 

Quem você realmente é

O Agora é inseparável da pessoa que você é no nível mais profundo.

Muitas coisas podem ser importantes na sua vida, mas apenas uma tem importância absoluta.

É importante vencer ou fracassar aos olhos dos outros.

É importante ter ou não ter saúde, estudar ou não estudar.

É importante ser rico ou pobre – certamente isso faz diferença na sua vida.

Sim, tudo isso tem uma importância relativa, mas não absoluta. […]
Existe algo mais importante do que todas essas coisas: é encontrar a essência do que você é para além dessa entidade de curta duração que é a noção personalizada do “eu”.

Você não encontra a paz reorganizando os fatos da sua vida, mas descobrindo quem você é no nível mais profundo.

A reencarnação não ajuda se na próxima encarnação você continuar sem saber quem é.

Toda a desgraça do mundo vem de uma noção personalizada do “eu” ou do “nós”.

Essa noção encobre a essência de quem você é.

Quando você não se dá conta dessa essência interior, acaba sempre causando algum tipo de desgraça.

É muito simples.

Quando não sabe quem é, você cria um “eu” na mente para substituir o seu lindo e divino ser e se agarra a esse “eu” amedrontado e carente.

A partir do momento em que faz isso, sua grande força motivadora passa a se proteger e valorizar essa falsa noção do “eu”.

Há muitas expressões usadas frequentemente que mostram que as pessoas não sabem quem são.

O mesmo acontece às vezes com a estrutura da língua.

Dizemos: “Ele perdeu a vida num acidente de carro” ou “A minha vida”, como se a vida fosse alguma coisa que se possa possuir ou perder.

A verdade é: você não possui uma vida, você é a vida.

Você é a vida única, a consciência única que permeia todo o universo e assume temporariamente a forma de pedra, folha, animal, pessoa, estrela ou galáxia.

Consegue perceber que, lá no fundo, você já sabe disso?

Consegue perceber que você já é isso?

Você precisa de tempo para a maioria das coisas na vida: é preciso tempo para aprender uma nova atividade, para construir uma casa, para se especializar em alguma profissão, para preparar um chá.

Mas o tempo é inútil para a coisa mais valiosa da vida, a única que realmente importa: a realização pessoal, o que significa saber quem você é essencialmente além da superfície do “eu” – além do nome, do tipo físico, da sua história.

Você não pode encontrar a si mesmo no passado ou no futuro.

O único lugar onde você pode se encontrar é no Agora.

Os que buscam uma dimensão espiritual querem a auto-realização ou a iluminação no futuro.

Ser uma pessoa que está em busca significa que você precisa do futuro.

Se é nisso que você acredita, isso se torna verdade para você: precisará de tempo até perceber que não precisa de tempo para ser quem você é.

Quando olha para uma árvore, você toma consciência da existência da árvore.

Quando pensa ou sente alguma coisa, toma consciência do pensamento ou da sensação.

Quando passa por uma experiência boa ou ruim, toma consciência dessa experiência.

Essas afirmações parecem verdadeiras e óbvias, mas, se você examiná-las atentamente, perceberá que, de uma forma sutil, elas contêm uma ilusão básica que se torna inevitável quando se usa a linguagem.

O pensamento e a linguagem criam uma aparente dualidade, como se houvesse uma pessoa e uma consciência separadas.

Isso não existe.

A verdade é que você não é uma pessoa que toma consciência da árvore, do pensamento, do sentimento ou da experiência.

Você é a consciência na qual e através da qual essas coisas existem.

Você se percebe como a consciência na qual todo o conteúdo de sua vida se desdobra?

Quando você diz “Eu quero conhecer a mim mesmo”, você é o “eu”.

Você é o conhecimento.

Você é a consciência através da qual tudo é conhecido.

E que não pode conhecer a si mesmo.

Porque você é a própria consciência.

Não existe nada a ser conhecido além disso.

O “eu” não pode se transformar num objeto de conhecimento, de consciência.

O “eu” é a própria consciência.

Assim, você não pode se tornar um objeto para si mesmo.

Quando isso acontece, surge a ilusão do “eu” auto-centrado – porque mentalmente você fez de si mesmo um objeto.

“Este sou eu”, você diz.

A partir dessa afirmação, você passa a ter uma relação com você mesmo e a contar para os outros e para si mesmo a sua história.

Quando você sabe que é a consciência na qual a vida externa acontece, torna-se independente do que existe externamente e perde a necessidade de buscar sua identidade nos fatos, nos lugares e nas situações.

Em outras palavras: as coisas que acontecem ou deixam de acontecer perdem a importância, perdem o peso e a gravidade.

Sua vida passa a ter outra graça e leveza.

O mundo é então visto como uma dança cósmica, a dança da forma – só isso.

Quando você sabe quem realmente é, tem uma enorme e intensa sensação de paz.

Essa sensação poderia ser chamada de alegria, porque alegria é isto: uma paz vibrante e intensa.

E a alegria de saber que seu ser é a própria essência da vida, antes de a vida assumir uma forma.

É a alegria de Ser – de ser quem você realmente é.

Assim como a água pode assumir a forma sólida, líquida ou gasosa, a consciência pode ser considerada “sólida” como matéria física, “líquida” como mente e pensamento, ou sem qualquer forma como consciência pura.

A consciência pura é a Vida antes de se manifestar, e essa Vida olha para o mundo da forma através dos seus olhos, porque a consciência é quem você é.

Quando você se vê assim, então se reconhece em todas as coisas.

É um estado de total clareza de percepção.

Você deixa de ser alguém com um passado que pesa e através do qual todas as experiências são interpretadas.

Quando você percebe sem interpretar, pode sentir o que está percebendo.

O máximo que podemos dizer usando palavras é que há um campo de calma-alerta em que a percepção acontece.

Através de “você”, a consciência sem forma torna-se consciente de si mesma.

A vida da maioria das pessoas é conduzida pelo desejo e pelo medo.

O desejo é a necessidade de acrescentar algo a você para ser mais plenamente você mesmo.

Todos os medos são medo de perder alguma coisa e, portanto, tornar-se menor, ser menos.

Esses dois movimentos nos impedem de perceber que Ser não é algo que possa ser dado ou tirado.

O Ser em sua plenitude já está dentro de você.

Agora.

Eckhart Tolle
O Poder do Silêncio


Via: MISTICISMO NATURAL | Quem Você Realmente É | Eckhart Tolle

ADENTRANDO A QUINTA DIMENSÃO…

adentrando a quinta dimensao

Como as pessoas que estão entrando na quinta dimensão estão agindo?

Por: Carlos Torres

1 – Querem questionar suas existências. Querem buscar o autoconhecimento e já estão com coragem para acessar suas essências espirituais e descobrir quem realmente são.

2  – Não têm medo do autoenfrentamento e preferem sair da zona de conforto ao invés de continuarem presas aos velhos condicionamentos doentios como o medo, o sofrimento e a desesperança.

3 – Não aceitam mais a esperança como padrão para as suas vidas. Estão trocando os sentimentos de esperança pelos sentimentos de confiança, pois já descobriram que esperança é somente um maneira bonita de esperar por eternos amanhãs que nunca chegam.

4 –  Querem agir ao invés de apenas aguardar que outras pessoas façam o que precisa ser feito. São responsáveis e querem mudar suas vidas.

5  –  Não esperam mais que os milagres caiam do céu pela força do acaso, como se fosse possível o Universo dar algo sem querer nada em troca.

6 –  Não pedem nada de graça, querem retribuir as pessoas e o mundo, e não apenas receber.

–  Já descobriram que não têm controle sobre as outras pessoas e já desistiu de mudá-las. No entanto, lutam para que seus exemplos mudem as outras pessoas.

8 –  Não querem mais tudo na hora que desejam como se fossem crianças mimadas. Estão compreendendo que a paciência no fundo é a prática da paz de espírito mas com consciência. Têm plena certeza que tudo virá no momento certo e adequado. Trabalham insistentemente e com convicção para realizar aquilo que desejam, porém, não tentam mais controlar o tempo e as pessoas, pois sabem que não têm poder para isso.

9 – Não brigam mais, preferem dialogar. É impossível entrar na quinta dimensão, por exemplo, um casal que discute constantemente por motivos fúteis como ciúmes e medo. Sabem que a traição não é um problema do traído, mas sim daquele que trai, pois este sim está com um sério problema para ser resolvido em sua vida.

10 – Se posicionam perante as dificuldades e não potencializam mais o problemas. Potencializam sim as soluções. Sempre as soluções.

11 – Trocaram os sentimentos de inveja pelos sentimentos de admiração.

12 –  Têm certeza que tudo o que for para ser, já é. Estão começando a acessar seus propósitos de vida, decretados antes dos seus nascimentos. Sendo assim sabem que há vida após a morte, há vida antes do nascimento e há vida o tempo todo. Sabem que a vida não cessa jamais.

13 – Já descobriram que as pessoas não mudam, elas apenas vão se transformando naquilo que elas realmente são e sempre quiseram ser.

14  – Não querem mais perder tempo reclamando. Seus pontos de vistas estão mudando gradativamente e estão começando a enxergar que este mundo é repleto de coisas possíveis para um agradecimento diário.

15  – Não querem apenas sobreviver, querem viver intensamente as suas vidas, pois sabem exatamente o valor espiritual que elas possuem.

16 – Estão começando a compreender que a gratidão é o sentimento mais poderoso que existe, e que este sentimento possui uma vibração altíssima capaz de transmutar todos os sofrimentos existentes em cura, e todas as mazelas em concórdias e elevações.

17 – Já entendem que a felicidade não está no futuro como disseram para elas desde criança. Sabem que a felicidade verdadeira está no agora e se chama gratidão. Não buscam mais a felicidade, pois sabem que quem está em busca da felicidade no fundo está decretando para si mesmo que é uma pessoa infeliz. Sentem-se felizes porque sabem que é dentro do presente dinâmico que tudo acontece.

18 –  Sabem que podem criar suas realidades a partir do poder das suas intenções. Não desejam coisas a esmo, desejam sinceramente, com potência e intensidade, pois somente assim conseguirão dialogar com a natureza e manifestar os milagres sobre a Terra. Conhecem a física quântica, mas o que é importa mesmo é encontrar seu propósito de vida e desejar sinceramente.

19 – Não querem perder tempo com fofocas e conversas que não levam a lugar algum. Conseguem inverter as vibrações dos ambientes e neutralizar as energias negativas das pessoas de forma consciente e eficaz. São aprendizes de magos.

20 – Estão optando por valorizar mais as pessoas do que as coisas. Sabem que as coisas materiais têm preço e que as coisas imateriais como as amizades verdadeiras e o amor, têm valor.

21 –  Não querem mais viver num mundo de acúmulos de coisas e envoltos por um processo de consumo desenfreado e doentio. Querem compreender o que é o compartilhamento mútuo e desejam viver em harmonia com o mundo. Querem dividir para somar e não apenas acumular para juntar e ficar eternamente com medos dos amanhãs.

22 –  Não querem perder tanta energia tentando se equilibrar. Preferem se harmonizar, pois sabem que todos aqueles que tentam se equilibrar uma hora caem, pois estão vivendo o tempo todo em cima de uma espécie de corda bamba.

23 – Querem resolver os problemas o mais rápido possível e só atraem pessoas que pensam da mesma forma. Detestam trabalhar com pessoas enroladas que não gostam de decidir e estão sempre tentando controlar mental e psiquicamente as outras pessoas.

24 – Estão completamente salvas das mazelas da procrastinação. Querem ir adiante e agir assertivamente.

25  – Estão se sentindo diferentes das outras pessoas, mas sabem que não são melhores que os outros. Sabem que não são pessoas especiais, mas ao mesmo tempo sabem que possuem mais responsabilidades perante a sociedade.

26 – Estão isentas de qualquer tipo de preconceito e julgamento alheio, pois sabem que um dia já foram em vidas passadas ou poderão ser em vidas futuras. Há somente respeito para com o outro.

27 – As religiões estão ficando em segundo plano. O que importa é a sua ligação direta com Deus e o Universo Natural. Sem intermediários. Não crê mais naquela imagem antiga de Deus como sendo um velho sentado numa nuvem em cima de um trono e pronto para castigar as pessoas.

28 – Estão tendo sonhos lúcidos e projeções fora do corpo que elucidam suas vidas passadas e também suas vidas futuras.

29 – Estão tendo acesso aos seus mentores espirituais através da intuição e da clarividência.

30 – Querem e creem em um mundo melhor. Não aceitam a ideia das catástrofes e da falta de amor na humanidade. Têm absoluta certeza que a luz vencerá a escuridão.

31 – Não estão mais conseguindo assistir televisão.

32 – Para eles competir não faz mais sentido. Ao invés de competir preferem compartilhar e se divertir.

33  –  Sabem que a quinta dimensão não é um lugar, mas sim uma frequência, um estado vibracional.

34  –  Não têm mais medo do desconhecido. Sabem que o mundo extrafísico faz parte da Natureza e a paranormalidade deve ser encarada como algo natural e não como algo amedrontador e assombrado.

35 – Sabem que o diabo não existe. O que existe é uma imensa egrégora alimentada pelo orgulho, o egoísmo, a ganância, os medos e as ilusões.

36 – Querem ficar sós, mas ao mesmo tempo quando estão com outras pessoas, querem estar com as pessoas intensamente.


Via: Midium | Carlos Torres | Como as pessoas que estão entrando na quinta dimensão estão agindo?

ENTRE O MATERIAL E O ESPIRITUAL, PODEMOS FICAR COM OS DOIS…

fisica-quantica-e-espiritualidade

INTOLERÂNCIA – ORIGEM E CAMINHOS DE CURA PARA A POLARIZAÇÃO

 

Por: Amit Goswami

 

Há cerca de três mil anos, pessoas muito criativas de várias partes do mundo – Índia, Grécia, Oriente Médio e China – descobriram aquela que, segundo imaginaram, seria uma verdade fundamental sobre os seres humanos: por trás de nossa separação imanente, há uma unidade transcendental. Esta unidade transcendental foi chamada por vários nomes, como Espírito, e, mais recentemente, consciência. As tradições estabelecidas por essas pessoas são as grandes tradições espirituais do mundo.

Surgiram religiões dos ensinamentos desses grandes Mestres – versões popularizadas das grandes tradições. Acima de tudo, seu lema era: simplificar. As pessoas não entendem o que significa “transcendência” em oposição à realidade de tempo-espaço imanente. Não importa. A religião equiparava transcendência e espaço exterior. As pessoas não conseguem visualizar, e muito menos explorar, uma consciência unitária com poder causal chamada causação descendente. As religiões criaram a ideia de Deus à imagem de um ser humano, só que todo-poderoso. Com o tempo, o conceito corrompeu-se ainda mais.

Primeiro, as tradições espirituais deram-nos o conceito de virtudes divinas, ou arquétipos como Amor e Bondade, que disseram que deveriam ser cultivadas criativamente. Mas onde está o tempo para investigação criativa dos atarefados vendedores das religiões? Em lugar disso, os líderes religiosos criaram versões codificadas das realizações dos Grandes Mestres, chamados de Bons livros, que incluíram códigos espirituais e de comportamento moral.

Segundo, com o tempo, cada religião começou a se vender como a fé superior ou como o único caminho a seguir. Adeptos de cada religião declararam-se o povo “eleito”.

Deste modo, o conceito de consciência unitária deu lugar a um novo tipo de separação: nós contra eles. Obviamente, se nossa religião é superior à sua, por que não posso ter a prerrogativa de ser intolerante com relação a suas equivocadas visões religiosas? Logo, o que culmina é a intolerância religiosa.

Entretanto, antigamente o sistema continha uma graça redentora. Todas as religiões admitiam que a verdade nem sempre pode ser codificada como um punhado de conceitos ou de leis racionais: logos. Parte dessa verdade sutil tinha de ser transmitida por meio de histórias: mythos, mitologia. Assim, surgiu a ambiguidade, mantendo algum espaço para a tolerância e o multiculturalismo.

Bem, até recentemente. Como todos sabem, as religiões dominaram nossa visão de mundo até o século dezesseis, aproximadamente. Concentrando-se na espiritualidade, as religiões ignoraram o mundo material a tal ponto que muita gente viveu na miséria material. Então, a ciência moderna surgiu como uma revolta contra a ênfase espiritual. Em quatro séculos, a ciência e seu rebento – a tecnologia – criaram riquezas materiais sem precedentes.

Com o tempo, o sucesso da ciência passou a exercer uma influência importante sobre as religiões. Como foi idealizada originalmente para lidar com a matéria, a ciência pode ser apresentada de maneira mais ou menos completa em termos de logos – pelo menos, foi o que pensaram. O mythos foi menosprezado e acabou sendo eliminado da ciência. Este aspecto da ciência passou para as religiões, que também começaram a solapar o mythos; com isso, as religiões tornaram-se logocêntricas e nada ambíguas. A única salvaguarda contra a intolerância desapareceu.

Podemos chamar essas religiões – interpretações literais dos Bons Livros – de fundamentalistas. Porém, encaremos os fatos. Atualmente, os fundamentalistas dominam praticamente todas as religiões. Deste modo, a intolerância religiosa está em toda parte, sem controle.

Intolerância Política

A história da ciência contra a religião não está completa. Durante um bom tempo, houve um armistício entre ambas: a ciência dominava a exploração do domínio material ou exterior da realidade; a religião, o espiritual ou interior. Porém, em meados do século vinte, o sucesso da ciência tornou-se tão convincente para seus praticantes, e o fundamentalismo das religiões tão abominável, que os praticantes da ciência desistiram do armistício e criaram sua própria religião: ironicamente, seu próprio dogma – tudo é matéria e seu movimento; e não existe causa alguma exceto interações materiais. Deus se fora, a causação descendente se fora e o mythos se fora.

Hoje, damos à nova religião o nome de materialismo científico. Com sua criação, agora há duas visões de mundo: uma materialista, a outra religiosa. Ambas são logocêntricas e, naturalmente, há uma enorme intolerância entre elas.

A democracia, tal como existe hoje, vive num sistema de dois partidos. Naturalmente, um desses partidos políticos seria liberal. Apoia a liberdade de dogmas, apoia o progresso como a exploração contínua do significado. Naturalmente, o outro partido opor-se-ia a esse; seria conservador, atuando como um freio necessário sobre a agenda progressista dos liberais.

Quando a ciência estava tentando se livrar do dogma das religiões, os liberais apoiaram naturalmente a ciência. Quando a própria ciência tornou-se dogmática, o hábito continuou. Assim, os liberais, com poucas exceções e ao contrário do espírito da palavra liberal, agora têm um dogma, o materialismo científico. A maioria dos conservadores, naturalmente, apoia abertamente o dogma oposto – o religioso.

Antes da polarização entre os dogmas, líderes dos partidos liberais usava o poder político para ajudar a classe média a processar significados. Nem os conservadores se opunham ao processamento de significados quando o mythos era importante. Assim, ocasionalmente os dois partidos trabalhavam juntos pelo bem da sociedade. Mas quando o dogma tomou conta dos dois partidos, o mythos foi banido e, com ele, a diversidade de significados. Logo, o poder político é hoje usado cada vez mais para dominar as pessoas. Deste modo, a intolerância política tem uma nova característica – a dominação é tudo, o meio-termo é impensável.

O Remédio

A cura para a polarização, a intolerância e a busca da dominação pode ser encontrada numa visão de mundo integradora. E é disto que trata a visão quântica do mundo – a integração da ciência e da espiritualidade. Na física quântica, os objetos são potencialidades dentre as quais a consciência faz escolhas, e pertencem ao domínio transcendente da realidade. A escolha (a causação descendente) feita pela consciência cria o domínio espaço-tempo imanente. As potencialidades da consciência consistem tanto em matéria quanto em mente; com isso, significado, sentimento e valores voltam para a ciência. Reconhecemos que a tarefa do mundo material consiste em fazer representações da consciência e dos mundos sutis do significado, dos sentimentos e dos valores arquetípicos. A matéria segue o logos; mas o sutil precisa do mythos para expressar seus segredos. Com o mythos de volta ao jogo, a ambiguidade retorna e, com ela, a tolerância.

Naturalmente, vai ser uma luta até colocar a visão quântica de mundo na sela; as forças do status quo são muito fortes. Precisamos do ativismo quântico – pessoas dispostas a dedicar sua criatividade à consciência e à visão quântica de mundo que reconhecem a supremacia da consciência. Precisamos de novos líderes políticos. A boa notícia é que, com o reconhecimento da importância do significado e dos valores arquetípicos, com o ativismo quântico guiando suas vidas, as pessoas estão explorando novamente significados. Os novos líderes que vão dedicar seu poder ao serviço do movimento da consciência rumo ao significado e aos valores vão, sem dúvida, emergir do mesmo movimento do ativismo quântico.


Via: Intolerância – origem e caminhos de cura para a polarização – Amit Goswami

 

DUALIDADE E CRENÇAS DE SEPARAÇÃO NÃO TÊM LUGAR NA NOVA ENERGIA…

1 (5)

GRUPO ARCTURIANO – NOVO TEMPO-MUDANÇA

O_Grupo_ArcturianoO Grupo Arcturiano

Canalizado por Marilyn Raffaele
Em 19 de julho de 2015

Saudações do Grupo Arcturiano.

Saibam que tudo está prosseguindo de acordo com o plano e não tenham medo, queridos, pois as muitas mudanças e agitações ocorrendo na Terra nesta época são todas provas da energia alteradora de evolução.

Enquanto vocês observam o caos acontecendo no mundo, lembrem-se de que aquilo que se torna velho frequentemente só vai embora após muita resistência.

Hoje desejamos falar de mudança, um assunto de que já falamos antes.

Há muitos até agora que não associam a mudança necessária com a mudança pessoal. Esses amados veem e trabalham por mudança na política, na religião e no governo, mas não percebem que eles mesmos são da política, religião e governo.

A mudança externa somente pode se manifestar a partir da substância de que ela é formada – consciência.

Vocês como criadores com o passar do tempo criaram muitos mundos tridimensionais diferentes, cada um manifestando o sistema de crença e a consciência de consenso da época.

Quando pessoas suficientes despertarem, a consciência mundial iluminada novamente alterará a dinâmica do todo, pois a consciência e sua manifestação são uma e igual.

Notem que quando conceitos e crenças mudam (estados de consciência) as leis e modos aceitáveis de viver também mudam.

A mudança é extremamente difícil para aqueles que encontram segurança e conforto na mesmice.

É muito fácil ficar encostado nos modos que até agora funcionaram para trazer um nível de harmonia e paz independentemente de como eram conseguidas.

Esses amados lutam e resistem, e normalmente sem pensar, automaticamente trazem julgamento e crítica a quaisquer sugestões de mudança em seu mundo pessoal ou no mundo em geral.

Isso é uma expressão do medo.

Aqueles acostumados a acreditar no que lhes dizem as figuras de autoridade sem questionar respondem com: “Nós sempre fizemos desse modo e sempre funciona. O governo, o sacerdote, o perito disse…”

Entretanto esta mentalidade não está mais funcionando porque a energia manifesta e apoiadora dela está dissolvendo.

Esses modos eram perfeitos e necessários na época deles, mas é um NOVO TEMPO, e se vocês observarem bem, vocês descobrirão rachaduras começando a aparecer na base dos conceitos mundiais por muito tempo.

Muitas ideias, crenças e soluções mundiais comuns não ressoam mais com uma humanidade despertando e porque elas não têm mais a energia necessária da crença para mantê-las, elas estão ruindo.

Isto parece como caos e cria todas as variedades de medo para aqueles em estados supersticiosos e não despertos de consciência.

Em suas vidas pessoais, muitos de vocês estão descobrindo que relacionamentos de longa duração com certos amigos ou membros de sua família parecem estar enfraquecendo – vocês não estão mais na mesma página, por assim dizer.

Isso é porque ressonância atrai ressonância semelhante.

Se vocês fizeram uma alteração de consciência, vocês não ressoam mais com aqueles que permanecem na energia anterior.

Isso pode ser muito confuso e até doloroso para aqueles que não entendem e interpretam a situação em um nível tridimensional.

Não é que vocês sejam melhores do que eles; simplesmente é uma questão de estar energeticamente em uma posição nova – energia semelhante atrai energia semelhante.

Normalmente chega um ponto na jornada espiritual em que o aluno descobre que ele não tem amigo nenhum.

Esse é o ponto em que vocês precisam confiar nesta parte da jornada, não tentar consertar ou fazer as coisas funcionarem de novo de acordo com a mentalidade popular.

Muito rapidamente o aluno descobrirá que aqueles com ressonância semelhante são atraídos para sua esfera e tornam-se os novos amigos.

Saibam que vocês são orientados em todos os passos do caminho e que não pode ser outro a não ser o seu caminho escolhido.

O medo governa as ações de muitas corporações grandes e de indivíduos, pois eles observam seus modelos de negócio não mais ressoando com a maioria.

Isso está acontecendo nos campos médico/farmacêuticos e também com religiões organizadas e governos mundiais.

Frequentemente não há limites financeiros ou desonestos no esforço de recuperar seus clientes.

Sem uma mudança evolutiva na consciência de um negócio ou dos indivíduos envolvidos, táticas pesadas de promoção simplesmente não funcionarão porque a energia não ressoa mais com os indivíduos – eles não estão falando para uma nova consciência e as pessoas não são tão facilmente enganadas como eram antes.

Vocês começarão a observar mais e mais em todos os tipos de situações essa luta frenética para fazer o velho funcionar como já funcionou.

A mudança normalmente é difícil para os líderes espirituais e trabalhadores da luz se seu foco e ensinamentos estiverem presos a práticas específicas e ensinamentos.

Eles descobrirão que o que já funcionou não funciona mais.

Isso é porque qualquer prática espiritual ou crenças que rigidamente não têm permissão para evoluir, não ressoarão com a consciência em evolução dos buscadores sérios.

Quando alunos se vão e menos alunos são atraídos, um mestre espiritual sincero é deixado para se perguntar por que e esta pergunta se tornará a lição do mestre.

Dogma, inflexibilidade e retidão não têm lugar na verdadeira espiritualidade, pois eles representam estagnação – impossível dentro de uma Consciência Divina onipresente e infinitamente em curso.

A dualidade e crenças de separação não podem ser levadas para a nova energia.

Trabalho, diversão, crenças, práticas e toda fagulha da vida diária estão mudando para uma nova expressão superior.

Seu trabalho é deter-se e permitir, deixando ir quaisquer tentativas de compreender tudo com a mente de acordo com as crenças mundiais desatualizadas e normalmente incorretas.

Uma mente condicionada por muitas vidas com crenças tridimensionais precisa de tempo para reprogramar.

Isso significa permitir que novas conscientizações integrem-se e tornem-se o estado de consciência enquanto que, ao mesmo tempo, libera-se tudo que é reconhecido como velho e acabado.

No minuto em que há resistência a qualquer coisa um bloqueio de energia é criado.

Não estamos lhes dizendo que devem aceitar toda ideia nova da verdade que se apresente, pois sempre é preciso haver discernimento (uma faceta do poder pessoal).

Estejam atentos a ideias e crenças sendo promovidas como “novas” e que simplesmente são as “velhas” com outra embalagem.

É imperativo que, sem pré-julgamento, vocês examinem honestamente na luz de sua evolução em curso todos os conceitos e crenças que vocês têm como verdadeiros ou de que vocês recentemente ficaram cientes mesmo se for apenas para dizer: “Interessante”.

A não resistência é muito mais fácil do que lutar com toda ideia que possa ser diferente do que vocês sempre acreditaram.

É o ego (o sentido de separação do todo) que não quer admitir que ele pode estar incorreto sobre alguma coisa.

Deixem esse falso sentido do eu se dissolver no nada que ele é, queridos, pois simplesmente é a crença de que você é um ser humano que precisa lutar por todo pouquinho de reconhecimento ou valor.

Nunca se tornem capachos espirituais, vivendo no medo de expressar escolhas pessoais por causa de um homem que rigidamente compulsivo fez regras para definir espiritualidade.

É tempo de todos que escolhem prosseguir numa jornada evolucionária espiritual confiar que há um quadro maior se desenrolando e que vocês não precisam saber tudo sobre ele.

Estejam abertos, permitam e deixem ir sem medo, pois vocês somente podem expandir mais e mais – a vida não tem fim.

Confiem que, se vocês escolheram evoluir, vocês estão evoluindo.

O “trem parte da estação” com a sua intenção.

Vocês estarão no seu caminho escolhido e serão sempre orientados mesmo quando parece que nada está acontecendo.

A parte do fazer está concluída para muitos de vocês.

Agora é tempo para a parte do Ser que agora pode parece ser certo não estar fazendo nada.

Através dos tempos, vocês foram programados para acreditar que o progresso espiritual somente poderia acontecer com o “fazer” espiritual – lendo, escrevendo, curando, estudando, fazendo cursos, passando por sessões de energia.

Esse sempre foi o caminho para o crescimento espiritual e aprendizagem e vocês fizeram todas essas coisas com sinceridade e fizeram bem.

Nós não dizemos que vocês nunca mais serão orientados para algum mestre, livro ou curso.

Entretanto, saibam que agora é um NOVO TEMPO – um tempo para seletividade maior, confiança e permissão.

Um tempo para ouvir, basear-se, viver e praticar as verdades que vocês aprenderam permitindo-se dar à luz a um novo estado de consciência.

Não há nada para se tornar, vocês já são!

Nós somos o Grupo Arcturiano.

 


Fonte: Oneness of All  /  Golden Age of Gaia | The Arcturian Group via Marilyn Raffaele: July 19, 2015
Tradução: Blog SINTESE http://blogsintese.blogspot.com

Via: SINTESE: ARCTURIANO – NOVO TEMPO-MUDANÇA

A UNICIDADE NOS RELACIONAMENTOS, COM A ALMA COMO GUIA, E NÃO O EGO…

best friends forever

OS RELACIONAMENTOS E A SUA UNIÃO SAGRADA

Arcanjo Miguel_Claudio Gianfardoni

Arcanjo Miguel

Canalizado por Ronna/Escriba Sagrada

 

Amados mestres, as frequências refinadas da Nova Era estão tendo um efeito profundo sobre como vocês se veem. À medida que aprendem a recuperar o seu poder, estabelecer limites e reivindicar um sentido de autoestima, isso também terá um efeito intenso em seus relacionamentos com os outros, principalmente nos relacionamentos românticos.

No passado, vocês tiveram muitas questões não resolvidas, que criaram aquilo que se poderia chamar de “manchas desequilibradas ou vulneráveis”, em seu corpo emocional e no sistema de chacra, principalmente nos primeiros quatro chacras. Vocês tiveram muitas questões não resolvidas internamente, sob a forma de culpa, medo, raiva, uma sensação de abandono, e de não serem amados. Todas essas formas-pensamento possuem uma frequência vibratória, e vocês irradiaram essas frequências de desmerecimento para o mundo. Vejam essas frequências se irradiando em sua frente e ao seu redor, em um Sinal do Infinito, em que elas são captadas por aqueles que estão ressoando com os mesmos níveis de frequência, e, assim, são atraídos para a sua vida de uma maneira ou de outra. Inconscientemente, vocês atraíram também aqueles que vieram sob uma perspectiva de “necessidade”. Vocês esperavam que eles pudessem consertar tudo para vocês e fazê-los felizes, mas, na realidade, toda essa espécie de relacionamento cria mais fricção, por meio dos sentimentos de carência e de uma sensação interna de desmerecimento. No passado, a maioria dos relacionamentos era baseada na atração física, o que normalmente se desvanece um tanto rapidamente se não houver maior profundidade na atração.

Havia outros componentes incapacitantes, tais como dependência, um desejo por segurança ou uma tentativa de encontrar validação da autoestima fora de si mesmos. Questões não resolvidas e problemas são ampliados, quando alguém que entra em sua vida reflete essas situações negativas de volta para vocês. Essas questões e esses problemas invariavelmente criam fricção, o que não é necessariamente algo ruim, se vocês os reconhecem, se estão dispostos a reconhecê-los e concordam em fazer um esforço combinado para mudá-los para melhor.

A ênfase agora está no retorno à totalidade interna, ao assumir responsabilidade pessoal por suas ações, e pela construção da autoestima e de um sentido de dignidade, por meio do centro do seu coração solar, em cooperação com o Eu da Alma e o Eu Superior. A verdade e a integridade serão as bases de qualquer relacionamento do futuro. Primeiramente, devem aceitar quem vocês são no momento presente, enquanto se esforçam para se tornar as melhores pessoas que possam ser, por examinar suas atitudes, crenças, hábitos e fraquezas. Vocês aprenderão que a base de um relacionamento duradouro com outras pessoas é, em primeiro lugar, ter um “caso de amor” consigo mesmos, em que vocês se esforçam para se tornar mais amorosos e amáveis. Finalmente, percebem que “vocês são o amor personificado”, e que não precisam de mais ninguém para validar essa verdade, porque vocês, bem lá no fundo, reivindicaram isso. Vocês conectam o seu Coração Sagrado e essa fonte de amor incondicional à própria Centelha Divina, e se lembram de que existe um suprimento infinito de Amor/Luz à disposição de vocês, através da sua conexão com a Fonte. Essa é a sua Herança Divina, queridos corações. Por que não a reivindicam?

Requer um compromisso forte e mútuo, sem culpa, julgamento ou acusações egoicas para se trabalhar diferenças pessoais, e chegar a conclusões que sejam mutuamente benéficas, que sejam justas para todas as partes envolvidas. Em um relacionamento que cresce, e evolui não haverá mais ênfase em quem está “certo” ou em quem está “errado”, mas no compromisso, e em um desejo de satisfazer as necessidades de todos os envolvidos de uma maneira mais equitativa.

Nenhuma área de sua vida pode ficar estagnada, principalmente para aqueles que estão dedicados ao caminho espiritual e à evolução da Alma. Nem sempre é possível, para os que estão em um relacionamento, crescer ou evoluir no mesmo ritmo. Todavia, é possível não se sentir ameaçado, permanecer em um papel coadjuvante e deixar que aqueles ao redor se desenvolvam no próprio ritmo, se vocês hão de estabelecer uma “união sagrada” internamente. Essa “união sagrada” está retornando ao equilíbrio e à harmonia os seus corpos físico, mental, emocional e espiritual, assim como recuperando os atributos e virtudes da sua natureza masculina e feminina. Os papéis estritamente definidos de machos e fêmeas estão, aos poucos, sendo alterados, por meio de que uma combinação de papéis sexualmente definidos está se tornando mais a norma. Mais uma vez, o poderoso brilho da Deusa está sendo emanado sobre a Terra e sobre a humanidade. O status das mulheres está mudando rapidamente, e a igualdade masculina/feminina se tornará a norma, quando, tanto os homens quanto as mulheres reivindicarem sua natureza intrínseca masculina/feminina. A batalha entre os sexos tem suas origens internamente, porque a humanidade lutou durante eons para reunir o deus e a deusa internos. As mulheres estão aprendendo a resgatar o seu poder; no entanto, elas sabem que precisam utilizar essa dádiva com amor e compaixão como envoltórios. Os que estão em um corpo masculino estão, paulatinamente, aprendendo a permitir que o amor incondicional da Deusa “Ilumine o fogo da compaixão e da gentileza internas”. Estão aprendendo que existe força na criatividade, na intuição e na disposição de se permitir ser gentil e franco.

Conforme vocês se empenham em obter a maturidade espiritual, muitos aspectos de sua vida mudarão. Haverá um forte desejo de apoiar-se mutuamente, juntamente a um intenso anseio de crescer e expandir-se, mesmo que às vezes os seus caminhos possam tomar direções diferentes. Vocês vão reivindicar a verdade de que estão ligados em um nível de Alma, e que nunca podem realmente estar separados.

A verdadeira união sexual é e pode ser uma experiência espiritual incrível, não apenas a junção de dois corpos. A sexualidade divina exige uma total abertura do coração, uma combinação dos aspectos mental, emocional e físico do seu Ser, o que resulta em uma experiência profunda e duradoura. Esse tipo de união pode redundar em um verdadeiro sentido de unidade, se vocês estiverem harmonizados em um profundo nível de Alma um com o outro.

Vocês devem remover as barreiras ou filtros etéricos que colocaram ao redor do seu coração e das suas emoções, se hão de conseguir receber e irradiar amor incondicional. Devem confrontar seus medos acerca de perder aqueles a quem amam, e das decepções e traições do passado, que muitas vezes se manifestam como um medo da intimidade ou de assumir um compromisso com o outro. À medida que aprendem a acreditar e a confiar em si mesmos, vocês desenvolverão uma confiança fundamental nos demais, e os outros colocarão sua fé e confiança em vocês, porque confiança gera confiança.

Não é apropriado sacrificar os seus sonhos e desejos pelo outro – ou que as pessoas em sua vida façam sacrifícios por vocês. Deve haver um objetivo comum entre todos os envolvidos, ao participarem da maneira combinada – compartilhando a carga e colhendo as recompensas.

Cada um de vocês pertence a uma enorme e complexa família de Alma, e vocês certamente desempenharam muitos e diversos papéis uns com os outros, através das eras. As pessoas com quem vocês estão envolvidos nesta existência, ou que entraram em sua vida, de modo que vocês pudessem aprender as “lições da vida”, fazem parte de um drama cósmico maior em progresso. Quando julgarem o outro, vocês precisam se conscientizar de que, na verdade, estão apenas julgando a si mesmos. Vocês desempenharam todos os papéis durante a sua jornada através deste universo: amantes, amigos, mãe, pai, irmã, irmão, filho e filha. Vocês estão integrando todos os atributos dos múltiplos papéis que desempenharam: a força e a sabedoria de um pai; o acolhimento suave e o cuidado amoroso de uma mãe; a paixão, o compromisso e o companheirismo de um amante; a lealdade firme de um amigo; e as interações alegres e joviais entre uma irmã, um irmão, um filho ou uma filha.

É o momento de reunir-se, de se juntarem – o início do retorno à UNICIDADE. Vocês não podem mais se esconder atrás de um manto de medo ou isolamento, amados. Chegou a hora de assumir um compromisso consciente, em primeiro lugar, com consigo mesmos e com o seu Eu Divino, e, em seguida, com aqueles ao seu redor com quem vocês estão destinados a experimentar a “dança da nova vida”. Vocês devem fazer um acordo detalhado consigo mesmos acerca do que desejam e esperam dos que os cercam, e, então, devem abrir-se para examinar seus desejos e expectativas com todas as pessoas com quem interagem.  No futuro, à medida que os relacionamentos se revelarem, níveis cada vez mais profundos de compreensão e de compromisso florescerão, porque todos estarão dispostos a falar a partir do coração, com o Espírito como o seu guia, e não o ego.

Conforme muitos de vocês sabem, fui honrado em dar-lhes muitas “leituras galácticas” pessoais durante anos. Foi um grande prazer e devo afirmar que também foi uma benção e uma dádiva da minha amada mensageira, porque isso tomou muito do seu tempo e energia, para lhes trazer essas mensagens. Durante estes momentos de grande mudança e de grandes oportunidades, estou enviando uma leitura galáctica aberta para todos vocês, de modo que possam saber como são especiais, e as maravilhosas dádivas que os aguardam.

Bem-amado: É maravilhoso observar, à medida que você se lembra e traz à tona todos os dons e sabedoria que guardou em sua estrutura cerebral. Você possui uma experiência tão vasta para utilizar, querido, não apenas provinda das suas residências provisórias nos reinos superiores, mas das suas experiências terrenas, também. Chegou a hora de você se lembrar de que a Terra não é o seu lar. Você planou por todo este Universo, e você sempre se adiantou avidamente para se voluntariar para uma nova tarefa, independentemente de quão difícil fosse. Suas experiências terrenas têm sido uma maravilhosa variedade de empreendimentos cocriativos, e você fez progressos lentos, porém firmes, em direção à sua verdadeira identidade como um Ser de Luz. Chegou o momento de perceber que você é muito mais do que apenas a identidade que você escolheu nesta existência. Você e aqueles semelhantes a você estão recebendo a oportunidade de integrar as múltiplas Facetas de si mesmos, e, ao assim fazer, você começará a ver como você é verdadeiramente poderoso e sábio. Todas as provas, testes e aparentes fracassos fizeram-lhe o Ser humano/Espírito brilhante e belo que é hoje. Quando você ensina, o faz a partir da experiência, e você demonstrará, pelo seu exemplo, como quaisquer obstáculos podem ser superados – que outros, como você, podem triunfar sobre a adversidade.

Este é o momento em que a sua Alma alcançou o ponto mais distante da sua jornada de separação, e está agora pronta para começar a jornada da “Reunião e Integração”, mais uma vez. A sua Alma, aos poucos, foi infundida com um descontentamento divino, que lentamente se infiltra em sua mente consciente e em suas emoções, e você começa a voltar-se para dentro, a fim de domesticar o ego e reconectar-se à Alma, à  Superalma e às múltiplas Facetas do Eu Superior. Você agora tem o potencial de conectar-se às muitas Facetas da sua família de Alma, seu Eu Superior, suas muitas Superalmas, e finalmente, o seu Átomo-Semente Divino (Presença Eu Sou). Em um nível cósmico, o Criador Supremo está agora enviando o seu brilho via o Grande Sol Central. Essa energia está sendo infundida na Terra em grandes rajadas da Chama Viva da Vida, via o Sol de seu sistema.

O seu maior desejo para esta existência foi integrar as muitas Facetas da seu Ser; contudo, primeiramente, elas precisam ser curadas e harmonizadas, de modo que possam ser preenchidas com Luz. Dessa forma, você não terá que enfrentar o desconforto, os desafios ou as interações cármicas da experiência da terceira e quarta dimensões, porque essa é a forma antiga. À medida que você permite que o seu Eu Divino o ilumine intensamente e o oriente, cada vez mais pensamentos inspirados virão até você. Existem muitas maneiras de permitir que o Espírito se manifeste por seu intermédio; apenas deixe que isso aconteça naturalmente, meu querido.

O que lhe traz alegria e satisfação? Como você deseja servir? Existem muitas maneiras e você possui muitos talentos (mais do que poderá reconhecer), mas a escolha é sua. Apenas se lembre de que isso deve trazer-lhe alegria e fazer com que o seu coração cante, enquanto você oferece aos outros as dádivas que você recebeu. Sua recompensa será a Luz nos olhos deles, e a alegria que eles expressam, à medida que também permitem a integração do Espírito para criar os milagres em suas vidas.

Chegou a hora de abrir mão do passado doloroso. Chegou a hora de reivindicar a sua mestria, criar a própria versão do paraíso, e, então, ensinar aos outros a fazer o mesmo. Ajude aqueles que vêm a você para curar suas feridas emocionais e seus corpos físicos, e, em seguida, eles estarão prontos para escutar as advertências do Espírito. Nós todos estamos nos tempos da grande mudança, que foi predita por milhares de anos. Você carrega internamente as frequências vibratórias refinadas do futuro, e você PODE fazer a diferença. Atraia o Amor/Luz da Criação do seu Eu Divino, utilize o que você precisar para trazer para si harmonia e saúde vibrante, e, então, permita que o seu gentil coração irradie o belo brilho da energia amorosa aos demais.

Concentre-se no que está certo em seu mundo, olhe para o melhor naqueles ao seu redor, e isso é o que você reforçará e ajudará a criar. Você pode mudar o mundo que o rodeia, um pensamento de cada vez.

Você tem guias angélicos maravilhosos, apenas esperando-o para ajudá-lo. Invoque-os e, juntos, vocês podem criar milagres para compartilhar com as outras pessoas. Permita que o ajudemos a realizar sua missão e acolhê-lo com o nosso amor.

EU SOU ARCANJO MIGUEL.


Direitos Autorais:

Transmitida por Ronna /Escriba Sagrada * Como a pessoa que transmite este artigo, eu, Ronna, reivindico os direitos autorais universais em nome do Arcanjo Miguel. A publicação em sites é permitida, contanto que a informação não seja alterada, suprimida ou acrescentada, e o crédito da autoria, o meu e-mail e o endereço do site sejam incluídos. Pode ser publicado em jornais, revistas ou impressão pública com a permissão de: RonnaStar@earthlink.net.

N.T.: O mesmo procedimento deve ser seguido no caso de se publicar a presente tradução, isto é, dar os créditos à tradutora.

Texto em inglês: StarQuest Archangel Michael Through Ronna | RELATIONSHIPS AND YOUR SACRED UNION
Tradução: Ivete Adavaí Brito adavai@me.com  /  www.adavai.wordpress.com

Via: ADAVAI | ARCANJO MIGUEL – junho de 2017

SOBRE OS PRIMEIROS ENSINAMENTOS DE BUDHA…

Budha e os cinco monges

O PRIMEIRO SERMÃO DE BUDHA

Publicado por Nilza Garcia

INTRODUÇÃO AO BUDISMO

“Uma visão da doutrina budista através dos textos
Este é um trabalho de seleção e ordenação de textos
de vários autores e mestres budistas”

Karma Tenpa Darghye.

 

O primeiro sermão de Budha Shakyamuni foi dado aos cinco ascetas que estavam no Parque das Gazelas em Sarnath, Benares. Nesse sermão, Budha expôs os ensinamentos fundamentais do budismo: as quatro verdades nobres (sânsc. chatu-arya-satya).

Depois da Iluminação, Budha resolveu ensinar a Lei (Dharma).

Decidiu fazê-lo primeiramente a seus cinco antigos companheiros de ascetismo: Kyojinno, Makanama, Haba, Ashabajitto e Batara. Estes se encontravam então no Parque das Gazelas, em Benares. Para lá se dirigiu então o Perfeito, encontrando-os sempre entregues à prática do ascetismo. Quando Budha abandonara as mortificações, eles tinham tomado sua decisão por uma fraqueza e agora só se lembravam dele com desprezo.

Ao ver que Budha se aproximava, combinaram não se levantar para cumprimentá-lo e só falar com ele no caso de serem interpelados.

Budha aproximou-se deles calmamente. Embora fingindo indiferença, os cinco examinaram-lhe o semblante. Não viram nele quaisquer sinais de frustração ou arrependimento. O antigo companheiro mostrava-se calmo e solene.

Quando Budha chegou bem perto dos cinco, estes automaticamente se levantaram e o saudaram.

Budha então perguntou-lhes:

Porque vos levantais para me cumprimentar? Não tínheis combinado ficar indiferentes?

Os cinco começaram a se sentir pouco à vontade.

Estais cansado, Gautama? – perguntou um deles.

De agora em diante, não me chameis mais pelo nome. Eu agora sou Bhuda, o Desperto, o Pai de todos os seres.

Kyojinnyo, muito admirado disse:

Quando vos transformastes em Budha? Se abandosnaste o ascetismo por não consegui-lo, como tereis alcançado a Iluminação?

Kyojinnyo, não podeis julgar minha iluminação com espírito acanhado. O sofrimento físico traz perturbação à mente. O conforto físico traz apego às paixões. Nem ascetismo nem prazer permitem realizar o Caminho. É preciso abandonar esses dois extremos e seguir o Caminho do Meio. Este é o Óctuplo Caminho, composto de: Visão Correta, Pensamento Correto, Palavra Correta, Ação Correta, Esforço Correto, Intenção Correta e Meditação Correta. Aquele que praticar isso alcançará a paz espiritual e se livrará dos tormentos dos nascimento, da velhice e da morte. Eu pratiquei o Caminho do Meio e obtive a Iluminação.

As palavras de Budha encheram os cinco de grande alegria. Vendo que eles já estavam preparados para ouvir a Verdade, o Perfeito prosseguiu:

Como sabeis, a vida é plena de sofrimento: sofrimento de nascer, de envelhecer, de adoecer e sofrimento de morrer. Há ainda o sofrimento da separação dos entes queridos, o sofrimento de ser obrigado a permanecer ligado a algo que se detesta, o sofrimento de não se obter o que se deseja e o sofrimento de perder glórias e prazeres. Muitos outros há ainda. Os seres que têm forma e os que não têm forma, os de uma, duas, quatro ou mais pernas, todos os seres vivos, enfim, estão sujeitos ao sofrimento.

Esta é a Nobre Verdade da Origem do Sofrimento.

Os cinco concordaram com as palavras de Budha, que prosseguiu:

A fonte desse sofrimento é a idéia de existência de um “eu” substancial.

Todos os seres que se deixam prender à idéia de um “eu” tornam-se sujeitos a tais sofrimentos. O desejo, a cólera e a ignorância são também causados pelo “eu”. Estes três venenos são a origem de todos os sofrimentos. Todos os seres vivos que são presas desses três venenos estão entregues ao sofrimento. Tal é a Nobre verdade da Origem do Sofrimento. O sofrimento deve ser extraído. Se eliminares a idéia de “eu”, o desejo, a cólera e a ignorância e os sofrimentos cessarão. Esta é a Nobre verdade da Cessação do Sofrimento. Para se obter a cessação, é necessária a prática do Óctuplo Caminho. Esta é a Nobre Verdade do Caminho da Cessação do Sofrimento.

Os cinco não puderam deixar de concordar com o ensinamento do Perfeito, que continuou:

Amigos, prestai bastante atenção: primeiramente, é preciso conhecer a existência do sofrimento. Deve-se depois destruir a sua origem. Para isso, deve-se compreender que a cessação do sofrimento é possível. Para consegui-la, deve-se então praticar o Caminho. Eu conheci a existência do sofrimento, destruí a sua origem, compreendi sua cessação e pratiquei o Caminho. Assim obtive a Suprema Iluminação.

A Existência, a Origem, a Cessação e o caminho da Cessação do Sofrimento são as Quatro Nobres verdades. Sem conhecê-las, ninguém pode conseguir a Iluminação. Quem as compreender perfeitamente, pode-se libertar de todos os sofrimentos.

Após ouvir estas palavras, os cinco decidiram tornar-se discípulos de Budha. Para certificar-se de que eles realmente compreenderam as verdades que lhes haviam sido explicadas, o Perfeito perguntou-lhes:

Ó monges! Os fenômenos materiais, a percepção, as idéias, a vontade e a consciência são estáveis ou impermanentes? São ou não são sofrimentos? São ou não são vazios Têm ou não têm um “eu”?

Os cinco responderam:

Ó Venerável! Os fenômenos materiais, a percepção, as idéias, a vontade e a consciência são impermanentes, são sofrimento, são vazios e não têm um “eu”.

Budha então disse:

Já vos libertaste, já destruístes aquilo que dá origem ao sofrimento. Jamais voltareis a sofrer. Agora, em verdade, temos reunidos os Três Tesouros: O Budha, o Dharma, ou a lei ensinada pelo Budha, e o Sangha, ou a Comunidade dos discípulos que praticam a Lei (Dharma). Graças a esses Três Tesouros, meu ensinamento espalhar-se-á por todo o mundo e as pessoas lograrão obter a Libertação.

Os cinco discípulos, satisfeitos por ouvir tais palavras do Mestre, agradeceram e saudaram-no.

TEXTOS BUDISTAS E ZEN-BUDISTAS – Ricardo M. Gonçalves

 


Via: O PRIMEIRO SERMÃO DE BUDHA – Espirit book

A ILUSÃO DE TEMPO E ESPAÇO…

Reloj blando en el momento de su primera explosión_Salvador Dalí

NO INÍCIO…

Por: Owen K. Waters

 

Gosto de dizer: “No início…” Parece tão dramático, como um épico Bíblico prestes a se revelar.

Mas, espere. Que tal antes do início?

O Universo é estimado em 13 bilhões e 800 milhões de anos. Isto significa que antes disto – há 14 bilhões de anos pelo nosso senso de cálculo – o universo ainda não existia. Então, o que existia? E onde você estava há 14 bilhões de anos?

Neste ponto, na história da Criação, a mente omnipresente do Ser Infinito tinha criado um aspecto ativo de si mesmo que agora chamamos de Criador. O Criador foi encarregado de manifestar um teatro de ação de tamanho universal, onde o Ser Infinito pudesse se experienciar a partir de um número infinito de pontos de vista.

E, no entanto, o Criador não tinha ainda imaginado exatamente como criar tudo isto. Vamos encarar isto, não é fácil criar um universo aparentemente sólido usando nada além da consciência e, de alguma forma, isto é exatamente o que foi alcançado.

Sabemos que a matéria física consiste de energia, mas o que é energia? Não, não procure a resposta em um livro de física. Os cientistas institucionais de hoje suspeitam da resposta, mas eles não gostam dela. Pelo menos ainda não. A resposta é consciência.

A matéria é energia comprimida e a energia é consciência comprimida.

Na verdade, o termo correto é a consciência Divina, mas isso tem uma tendência ainda maior de enviar o físico médio a correr e gritar pelo corredor mais próximo!

O universo existe dentro da mente do Criador. Isso significa que tudo no universo – você, eu, toda a vida em todos os lugares, até os objetos inanimados como clipes de papel – todos consistem da consciência Divina e SÃO consciência Divina. Não existe mais nada além da consciência divina que foi usada para criar tudo.

Não estamos apenas cheios da mente onipresente de Deus. Nós somos essa mente. Por mais estranho que pareça ao observador casual, somos o Ser Infinito!

Agora, eu não sei sobre você, mas eu sempre acho difícil imaginar que eu faça parte desse enorme todo quando vivo em um mundo cheio de sete bilhões de outros indivíduos. Como pessoas, pensamos como entidades separadas. Estamos separados pelo espaço, pelo tempo e pela atitude. No entanto, por trás desta camada de separação, estamos todos conectados e somos parte desta realidade da qual toda a vida foi criada.

Isso significa que há 14 bilhões de anos, você e eu fizemos parte daquilo que enfrentava o desafio imponderável – COMO você cria um universo aparentemente sólido usando nada além de consciência?

Pessoalmente, acho difícil lembrar exatamente o que estava fazendo na semana passada, e muito menos há 14 bilhões de anos!

Felizmente, não é realmente há tanto tempo porque o tempo é uma ilusão. Cada momento no tempo é apenas outro ponto de vista no grande Aqui e Agora que é a consciência do Ser Infinito.

O espaço também é uma ilusão. Vamos ver como.

A NATUREZA DO ESPAÇO

Que tal você e eu tocando Deus por um momento? Apenas por diversão. Imagine que estamos nesse lugar maravilhoso onde precisamos de um universo, mas ainda não descobrimos como construir um.

Se você for construir algo de uma só vez, por assim dizer, ISTO também pode ser construído a partir de um estado fundamental de consciência. A consciência omnipresente do Ser Infinito é aquele estado fundamental da consciência que inclui tudo na existência.

Nada pode existir fora do Ser Infinito porque, pela definição da palavra infinito, nada mais pode existir. Não há o infinito mais algo. Isto seria impossível.

O espaço pode ser criado quando você imagina um envelope de consciência. Dentro deste envelope você pode colocar a sua consciência na posição A, e sendo Deus, também na posição B. A partir da posição A, você pode olhar para a sua versão da posição B e vice-versa. Então, você pode criar muitas posições e ver diferentes versões de si mesmo a partir de cada um destes pontos de vista.

Finalmente! Agora, você, o Criador, encontrou uma maneira de alcançar o primeiro requisito da missão – criar um teatro de ação, do tamanho de um universo, onde o Ser Infinito pudesse se experienciar a partir de um número infinito de pontos de vista.

Você pode fazer o envelope do espaço tão grande quanto queira. O próximo problema é – e é aí onde o tempo entra em cena – causa e efeito são instantâneos no Grande Aqui e Agora.

Cada mudança que você faz em qualquer lugar no envelope se manifesta instantaneamente. Agora é dificilmente um teatro de ação se você faz mudanças e tudo o que acontece acaba, literalmente, no não tempo.

O bom teatro requer tempo, bem como um enredo, atores, cenários que mudam e desafios emocionantes que sejam fascinantes e que levem tempo para resolver.

Sim, tempo… Se o Criador só tivesse o tempo.

A NATUREZA DO TEMPO

“Se eu somente tivesse o Tempo.” Isto é exatamente o que o Criador deve ter pensado enquanto meditava sobre o estágio do projeto da Criação.

O Tempo é necessário para que a experiência possa ser obtida a partir das escolhas tomadas e mudanças feitas a um ritmo apropriado para a aprendizagem.

No Grande Aqui e Agora que é a realidade subjacente do Ser Infinito, o tempo como o conhecemos, não existe. Qualquer mudança tem um efeito instantâneo. Portanto, a fim de desfrutar da aventura da imersão em um universo físico, o Ser Infinito e o seu aspecto Criador precisavam da propriedade dimensional que chamamos de Tempo.

O grande milagre da dimensão do tempo é que ele pode produzir a ilusão da mudança lenta, quando a única coisa que realmente existe é o Grande Aqui e Agora. Pense nisto. Em uma realidade onde todas as coisas estão Aqui e tudo é Agora, como o Criador criou a ilusão do Tempo, de modo que pudéssemos realizar as nossas vidas de experiências em um ritmo apropriado?

A melhor analogia é a do filme em movimento. O filme consiste de uma sequência de fotografias que são projetadas em uma tela, geralmente, 24 quadros por segundo. Ainda que cada quadro contenha apenas uma imagem estática, a ilusão do movimento é alcançada por quadros subsequentes que estão sendo projetados, com rapidez suficiente para que o cérebro humano perceba as mudanças como uma ação suave. As mudanças através do Tempo são criadas a partir de uma reunião de imagens estáticas, e esta é a mesma maneira com que o Criador criou o Tempo.

O Universo pisca e desliga milhões de vezes por segundo. Cada quadro é um ponto de vista diferente do Grande Aqui e Agora. Ele é recriado a cada um destes quadros de ação instantânea, de ação rápida. O cérebro físico é arrastado para o momento deste mecanismo universal de projetor de filmes. Tudo o que vemos é a mudança contínua, ainda que tal mudança consista de muitos quadros estáticos de ação imóvel.

Com o tempo na existência é, então, possível que as decisões humanas sejam tomadas e que as mudanças subsequentes se revelem a uma velocidade que permita o aprendizado e a reflexão. E isto foi alcançado, ainda que, na verdade, todas as mudanças sejam apenas uma reunião de diferentes pontos de vista do Grande Aqui e Agora.

Então, a Criação não aconteceu realmente há um tempo incrivelmente longo, ainda que pareça assim. Na realidade, isto realmente aconteceu e está acontecendo agora!

Para o mecanismo do tempo em nossos cérebros, no entanto, isto ainda parece há muito, muito, muito tempo.

 


Por favor, respeite os créditos ao compartilhar
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – http://www.decoracaoacoracao.blog.br
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – https://lecocq.wordpress.com

Fonte: Metaphysical Mysteries Revealed | In the Beginning…
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

Via: ♥ De Coração a Coração ♥: NO INÍCIO…

VOCÊ ESTÁ TOTALMENTE CONECTADO COM TUDO QUE PERCEBE EM SEU MUNDO…

Mind-1038x576

VOCÊS, COMO SERES MULTIDIMENSIONAIS GRANDIOSOS

 

Mensagem de P’taah através de Jani King

Em primeiro lugar, nós lhe diríamos que o que você percebe como realidade, de certa maneira, você percebe como algo sólido. É assim que você percebe o seu corpo físico – como uma entidade sólida. Você percebe aquilo que é material, aquilo que é o seu chão, na realidade, toda a estrutura de sua realidade material como sólida. Não é.

Aquilo que você é, de fato, é um ser espiritual multidimensional poderoso e grandioso. Aquilo que se chama de consciência humana é grandiosa além da medida. Você, cada um de vocês, tem mais poder em você do que todo o armamento atômico em seus planos. Esta é a sua verdade.

Aquilo que se chama de consciência humana não está separada uma da outra. Você está absoluta e totalmente conectado – não somente com aquilo que você denomina de humano, mas com tudo o que percebe em seu mundo, em seu universo.

Vocês não estão separados. Que você não está separado e que é muito poderoso, que você vem vida após vida em um foco chamado de vida humana agora, é realmente apenas uma parte da aventura. Nós lhe dizemos que fora deste continuo tempo/espaço, todas as suas vidas estão ocorrendo simultaneamente.

O que você considera como as suas vidas passadas e o que você considera como as suas vidas futuras, são simultâneas. Agora, como você é extraordinário! Você, como uma energia de alma, existe em todas estas vidas humanas, e também existe em todas as dimensões da realidade, realmente no próprio Vazio da Criação. Isto é, você também existe no que você denomina como as civilizações em outros planetas dos sistemas estelares. Você existe da maneira mais extraordinária!

Você pode dizer que há um fio dourado da energia da alma que percorre todas estas vidas e existências. Este fio é único. É sagrado. É este fio de sua existência, o sagrado fio da existência, que lhe traz ao conhecimento de que você é, em cada agora, uma Expressão Eterna e Perfeita da Fonte.

Você pode perguntar: “Será que isto tem algo a ver com extraterrestres?” Isto acontece porque você é extraterrestre. Você nunca esteve separado daqueles que são os seus irmãos e irmãs de outras dimensões.

Não é que o que você chama de civilizações extraterrestres sejam os mesmos tipos de seres, exceto que eles são tecnologicamente mais avançados e eles estejam simplesmente em outro planeta. Isto é uma grande simplificação. Aquilo que você denomina como estas outras civilizações são também de outra frequência dimensional. De certa forma, você pode dizer que alguns deles podem ser considerados como o seu futuro.

É importante que falemos neste momento sobre as frequências, as frequências dimensionais. Você é composto de energia eletromagnética. Esta seria a essência de sua alma. É uma essência dourada reconhecível da Divindade. Ela vibra em um determinado nível e aquilo que é a realidade física, isto é a matéria, é simplesmente energia aglutinada. Tudo, seja nas realidades visíveis ou invisíveis, vibra em uma determinada frequência. Esta diferença na frequência é como você se diferencia entre você e outra coisa ou pessoa.

Você pode dizer que ao nível de sua estrutura molecular, você está girando em um determinado ritmo e isto seria a consciência chamada de humanidade. Ela está girando coletivamente em um determinado ritmo e está flutuando. Aquilo que é a sua frequência energética, não é algo sólido.

Quando você está se sentindo feliz e apaixonado por você e pela vida, então, realmente, a frequência é mais rápida. Quando você está desequilibrado, triste e solitário, sentindo-se indigno e não amado, então, esta frequência está em um nível mais baixo.

Você pode falar sobre uma das diferenças, e lhe lembramos que quando lhe dizemos estas palavras, tudo é multidimensional. Não há uma resposta para nada e estamos simplesmente lhe dando ideias para que você possa ver a unidade dentro da diversidade da humanidade, e em seus irmãos e irmãs de outros lugares.

Assim, você pode dizer, de certa forma, que aquilo que você considera como civilizações mais avançadas não têm a ver apenas com a tecnologia, mas, na verdade, a tecnologia é uma das facetas menos importantes da sua comunicação. Elas giram a um ritmo mais rápido e a maioria existe em outra dimensão da realidade, além do que você percebe como a sua realidade neste planeta, neste tempo.

Agora, por que você acha que nos últimos 40 anos de seu tempo, que as comunicações entre você e os seus irmãos foram tão predominantes? Bem, nós lhe dizemos que você está perto do fim de um ciclo muito grande de sua história – um ciclo de cerca de 25.000 de seus anos. Todos vocês são sementes das estrelas. Quando você veio ao plano no que se denomina como os seus grandes eons antes do tempo – antes da sua história ou a sua história conhecida – você sabia quem era. Você conhecia a verdade maior, a verdade expandida sobre quem você é. A sua verdade mais expandida, em qualquer agora, é que você é, não importa como isto pareça, uma Expressão Eterna e Perfeita da Fonte. Você veio, vida após vida, simplesmente para ter uma experiência chamada de vida humana.

Agora, você pode dizer que a experiência se trata realmente de emoção. Você veio em cada vida para ter uma experiência emocional. Nós lhe dizemos E-moção – energia em movimento – é a sua fonte de poder. Você cria a sua realidade a partir do pensamento e da crença sobre quem você é e o que é a realidade. Grande parte disto é uma consciência coletiva onde todos concordam, de certa forma, para ver o mundo de certa forma.

Você pode dizer que as suas ideias e crenças sobre a realidade são a casa em que você vive, e você cria tudo isto, absolutamente, a partir destas ideias e crenças. Mas o que dá o poder a estes pensamentos, ideias e crenças, é a sua ligação emocional com eles. Você pode dizer que tudo o que ocorre em sua vida não tem qualquer significado – de fato, não tem qualquer realidade – além do valor que você lhe dá com as suas emoções.

Continuaremos com esta discussão no próximo mês. Assim, fique atento.

………………………………………………………………………………………………………………….

Quem é P’taah? Veja Aqui

Fonte: www.ptaah.comptaah@ptaah.com  / Violet Flame – Seeking truth to be Free! | You as Grand, Multidimensional Spiritual Beings
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br


Via: Sementes das Estrelas: P’TAAH – “VOCÊS, COMO SERES MULTIDIMENSIONAIS GRANDIOSOS” – 18.06.2017

A PERSPECTIVA ESPIRITUAL DA ALEGORIA DA CAVERNA, DESCRITA POR PLATÃO…

Mito da Caverna

O Mito da Caverna

Por: Hugo Lapa

O MITO DA CAVERNA DO PONTO DE VISTA ESPIRITUAL

O filósofo grego Platão, no ano de 2500 A.C. descreveu, a partir dos diálogos com Sócrates, o chamado “Mito da Caverna”, ou “Alegoria da Caverna”. Para quem não conhece, o mito da caverna é uma estória que consta no volume VII da obra A República. Esse mito foi provavelmente inspirado a partir dos ensinamentos dos sábios orientais ou egípcios, os quais Platão e Sócrates tiveram contato. A alegoria da caverna descreve simbolicamente a condição humana e a jornada da alma neste mundo, um lugar de erros, de imperfeições e de escuridão. O mito nos conta a estória de homens que passam a vida inteira acorrentados com mãos, pés e cabeça dentro de uma caverna. Suas cabeças ficam presas de modo que eles só conseguiam olhar a uma parede. Atrás deles existe uma fogueira que ilumina a mesma parede. Entre os homens e o fogo há uma passarela usada por aqueles que os mantém acorrentados. Esses homens cruzam frequentemente essa passarela com estátuas de pessoas e vários outros objetos.

Desde o nascimento, esses homens se encontram nessa condição e o único contato que eles têm com o mundo é a visão dessas sombras na parede que vêm das estátuas e objetos que são conduzidos pelos homens de um lado para o outro. Eles nunca tiveram contato com a realidade fora da caverna, apenas com as sombras que são projetadas na parede e são apreciadas e encaradas como a única realidade existente. Nesse mito Platão estabelece a metáfora do mundo físico como sendo a caverna e a prisão a que todos os seres estão sujeitos. O simbolismo do mito deixa claro que os habitantes da caverna tem contato apenas com o que Platão chamou de “sombras da realidade” e não com a realidade em si mesma. O mundo material e objetivo seria constituído apenas de sombras, de aparências, mas não de uma realidade. Dessa forma, o mundo, tal como o conhecemos, é vazio.

Mas será que os prisioneiros da caverna ficam presos nela para sempre? Platão afirma que não. Em sua descrição do mito, os prisioneiros podem se libertar da caverna e andar por ela. Assim que os prisioneiros se libertam, eles têm sua visão ofuscada pela claridade do fogo. Passado algum tempo, o prisioneiro vai se acostumado com a claridade e passa a compreender a origem das sombras projetadas e como elas estavam criando ilusões e assim fabricando uma falsa realidade. Depois, o ex-prisioneiro percebe uma luz que vem do mundo fora da caverna e vai em sua direção. Assim que o prisioneiro é atraído por essa luz ele consegue finalmente sair do caverna e ver a realidade tal como ela é, e não apenas as aparências, as sombras do real projetadas na parede da caverna. Agora ele enxerga o real com o sol que ilumina todas as coisas. Tudo nesse momento tudo está claro.

O mito não se encerra nesse ponto. Platão afirma que o ex-prisioneiro, agora conhecedor da realidade, pode desejar retornar à caverna para mostrar a verdade aos seus antigos companheiros e retira-los da prisão. Assim que ele retorna à caverna, já não está mais acostumado com a escuridão e, por isso, ele parece desajeitado e até tropeça na escuridão. Por isso, seus antigos companheiros riem dele e o consideram um tolo. O homem liberto fala acerca da realidade fora da caverna e tenta mostrar aos prisioneiros que a caverna é um cativeiro e que nesse local ninguém poderá encontrar a verdade, o real, mas apenas aparências ou sombras que são vazias.

Nesse ponto, os homens que vivem na prisão não gostam das explicações do ex-companheiro, sentem-se mal com elas, ficam agressivo e podem até tentar mata-lo. Aqueles que tentam levar a luz da verdade aos que se encontram nas sombras sempre encontram a resistência dos que estão envolvidos pela escuridão e podem até sofrer represálias pela sua tentativa de libertar os prisioneiros. Esse é o exemplo de Sócrates, que por questionar as crenças admitidas em sua época, foi julgado, condenado e morto. Esse também foi o exemplo de Jesus, que pregou ao povo judeu uma sabedoria que estava além de sua época, desvelando a verdade, e por isso sua morte foi encomendada pelos judeus e aceita pelos romanos que o crucificaram. Vale ressaltar que o próprio povo pediu que Jesus fosse crucificado e que o ladrão Barrabás fosse libertado. Assim como Sócrates e Jesus, muitos outros revolucionários de determinada época foram desqualificados, agredidos, humilhados e até assassinados pelos mesmos motivos. Tempos depois a humanidade, volvendo seu olhar de volta ao passado, reconheceu a grandeza desses homens.

O homem que retorna à caverna, após ter contato com a realidade – a fim de mostrar aos prisioneiros a libertação da caverna – não é personagem único do mito da caverna. Essa mesma ideia do missionário que retorna para iluminar seus irmãos humanos é conhecido como bodhisattwa na filosofia budista. O ideal do bodhisattwa é a escolha que o iluminado faz de renunciar a sua própria iluminação a fim de regressar ao mundo mais uma vez e tentar transmitir um pouco de sua iluminação aos seres humanos. O bodhisattwa é movido por grande compaixão pela humanidade e pelo desejo de que todos os seres atinjam a mesma condição espiritual elevada que ele alcançou.

Aliás, essa parece ser uma constante na vida dos místicos. De certa forma, todos os grandes vultos espirituais da humanidade vivem no mundo por um tempo e sua experiência mundana os faz perceber o caráter efêmero e vazio do mundo. Por isso, resolvem renunciar ao mundo a fim de encontrar algo que está além do mundo. Nesse sentido, passam um tempo em reclusão, solitários, em estado contemplativo, buscando interiormente a verdade que o mundo já não pode oferecer. Posteriormente eles atravessam uma série experiências que os fazem atingir um cume de autorrealização. Depois esses indivíduos sentem que precisam retornar ao mundo, pois o mundo precisa deles e porque eles anseiam que outros se libertem do mundo, tal como eles fizeram. Esse período de desligamento do mundo, reclusão e retorno ao mundo para a transmissão de uma mensagem é comum a diversas formas de misticismo. Tanto Jesus quanto Buda viveram em recolhimento interior antes de iniciarem sua missão. No Xamanismo também há um tempo de renúncia ao mundo e ao contato com a tribo, onde o xamã deve passar por uma série de experiências, para só depois retornar ao mundo como um xamã formado.

A interpretação espiritual do mito da caverna diz respeito a ascensão da alma que segue da prisão mundana em direção à luz espiritual. A caverna é, como já dissemos, o campo do mundo, o existir na matéria. A escuridão da caverna representa a ausência do plano divino na Terra e a cegueira dos seres humanos sobre a verdade. As imagens projetadas na parede que formam as sombras seriam as formas e os fenômenos do mundo, assim como os acontecimentos humanos. As correntes que prendem as mãos e a cabeça dos homens obrigando-os a olhar apenas para frente simbolizam as limitações do nosso corpo físico e dos órgãos sensoriais. O julgamento, os conceitos, as imagens mentais, o pensamento, tudo isso fica prejudicado pelos limites de nossa visão que observa apenas a caverna. A chama dentro da caverna é o símbolo da alma aprisionada na escuridão e condicionada pelas sombras projetadas, focalizando apenas um pequeno fragmento da realidade. A soltura das correntes das mãos, pés e cabeça que nos obriga a olhar apenas para frente representa a primeira libertação da alma da força e do domínio do mundo.

Depois disso, a alma pode contemplar os outros lados, olhar em diversas direções e não apenas para frente e, assim, entender o mecanismo da caverna (do mundo), como ela funciona e porque estamos presos nela. Esse é o primeiro indício de desenvolvimento da consciência dentro do engrenagem ilusória do mundo. Depois o homem pode andar pela caverna e experimentar todas as sensações e percepções sobre a forma de funcionamento da caverna (do mundo) que antes o aprisionava. Depois ele contempla uma luz que vem do mundo fora da caverna. A luz que vem de fora representa o mundo espiritual visto do mundo físico, onde as pessoas vislumbram apenas uma pequena faceta da luz divina e, por isso, podem ter interpretações bem diferentes do plano do espírito, do real, da essência, etc. O caminho ascendente que leva em direção a essa luz é, no dizer de Platão, a ascensão da alma. Quanto mais o homem sobe essa ladeira que o conduz à luz e ao mundo fora da caverna, mais ele está próximo da verdade e do real. Isso representa os diversos estados de consciência, mais elevados ou menos elevados. Quanto mais próximo da luz fora da caverna, mais galgamos em consciência e na percepção da realidade.

No momento em que atingimos a luz e adentramos nela, esse é o momento que os orientais chamam de “iluminação espiritual”. Após a iluminação, passamos a viver no mundo externo à caverna, é o mundo onde tudo está maravilhosamente iluminado pelo sol e onde podemos ver as coisas como elas são. O sol aqui representa obviamente o divino em sua mais pura expressão. Antes de chegar ao mundo que existe fora da caverna, o ex-prisioneiro que se libertou vai aos poucos observando tudo e se acostumando com a nova realidade. Mas este encarar as coisas como são é algo quase sempre dolorido, sofrido, penoso. Se uma pessoa passa horas e horas no escuro, acostumar-se novamente com a luz acaba sendo algo bem difícil, que ofusca sua visão. Esse processo de enfrentar o real é o que se chama no espiritualismo das “provas do caminho espiritual”, as provações que todas as almas devem ser submetidas em sua ascensão. O desenlace das correntes, o início da caminhada na caverna, a visão do funcionamento da caverna tal como ela é, o início da subida para fora da caverna e o contato com a luz que vem de fora, tudo isso são momentos de grande provação para a alma que anseia a libertação.

Todos nós, seres humanos, estamos vivendo dentro dessa caverna, atados e olhando apenas as sombras do real. Só depende de você, de sua escolha consciência, realizar essa libertação.

(Hugo Lapa)
Tratamento Espiritual a distância com Captação Anímica
Terapia de Vidas Passadas
lapapsi@gmail.com


Via: O Mito da Caverna | Terapia de Vidas Passadas

QUANDO AS VIBRAÇÕES MUDAM, A SUA REALIDADE INTEIRA MUDA TAMBÉM…

nivel-de-consciencia

RELENDO EMMANUEL ATRAVÉS DE LANGA

A SEPARAÇÃO COMEÇOU

Canalizado por Langa
em 16 de março de 2010

 

 

Amados Irmãos e Irmãs da Terra, a separação começou.

Gaia entrou no oitavo segmento de transformação; ela está num ponto em que não há volta.

A divisão começou no nível tridimensional, e os grupos de frequências presentes no seu plano de existência estão sendo reagrupados.

De agora em diante, vocês verão mais sinais da divisão e reagrupamento manifestando-se na sua realidade. Companhias dividir-se-ão, amigos pararão de se ver uns aos outros, famílias separar-se-ão, grupos serão divididos, etc.. E, ao mesmo tempo, vocês estarão testemunhando o oposto absoluto, vocês entrarão em grupos novos, sentir-se-ão mais próximos do que nunca de seus entes amados, família e amigos.

Esta mudança não é nem positiva nem negativa. É existencial.

É uma etapa natural no processo de ascensão em massa.

A existência consiste somente de vibrações, e quando as vibrações que formam seu mundo mudam, sua realidade inteira muda também.

A nível de alma vocês sabem que no momento em que decidiram embarcar nesta jornada, vocês receberam da Consciência Infinita o poder de serem os arquitetos de seu destino. Apenas por fazer o projeto, vocês põem em movimento uma energia poderosa/fluxos através de seu sistema que os levará à expansão da consciência.

Quando vocês mudam sua frequência de consciência para uma faixa superior, vocês alinham seu ser a vibrações mais altas, ancorando-as na sua realidade material, e assim ajudam Gaia em sua jornada para a quinta densidade. Lembrem-se, dar e receber ocorre simultaneamente, então, quando vocês ajudam Gaia, vocês também estão sendo ajudados.

Quando ela fizer a ascensão, uma mudança monumental ocorrerá no universo, e vocês farão parte disto. A última vez que ocorreu uma mudança desta magnitude em um mundo de terceira densidade foi há 21 bilhões de anos.

O plano divino para o todo não pode avançar sem vocês, sua individualidade lhes foi dada para o bem do todo, e seu papel é absolutamente insubstituível. Uma vez que vocês compreendam isto, vocês podem começar a ajudar os outros a entender a responsabilidade que eles têm neste ponto crucial na história humana. Todos no seu mundo têm poder divino que eles não percebem que têm. Os poderes divinos internos podem vir à superfície quando se começa a focalizar conscientemente a atenção no despertar desses poderes a partir do centro interno de sua consciência.

Ajudem os outros e ajudem Gaia dando o máximo de si mesmos, elevando sua frequência vibratória pessoal ao Princípio Criativo do Amor. Isto exige uma transformação do seu ser, uma mudança intencional de atitudes da sua parte.

No final do processo de ascensão/separação de Gaia, dois portais interdimensionais abrir-se-ão, um levando à quinta densidade e o outro terminando na terceira densidade, sua consciência alinha-los-á com o portal que melhor apoia a sua frequência de consciência mais dominante.

A re-união começou. Pouco a pouco seu grupo de alma reunir-se-á. No processo vocês podem se separar de outros, mas os momentos de compartilhamento e aprendizagem que foram obtidos na companhia dos outros, sempre permanecerão em vocês como um presente..

EU SOU Emmanuel

……………………………………………………………………………………………………………………..

©2009 Langa http://www.emmanuelmessages.com

É permitido copiar e compartilhar esta informação somente em sua totalidade, incluindo este aviso de copyright e sem alterar o conteúdo da informação.

Texto em Inglês: Revolutionizing Awareness | Separation has begun
Tradução: Blog SINTESE http://blogsintese.blogspot.com
Respeite todos os créditos

Observação: esta foi a última mensagem de Emmanuel através de Langa. Em seguida foi postado um poema sobre desbravar terras desconhecidas. E passado um tempo o site deixou de existir. Langa era simples, um bom amigo e extremamente atencioso e em seu último e-mail informou que passaria a se dedicar ao desbravamento de si mesmo e do desconhecido. Abraços e obrigado, Langa.


Via: SINTESE: RELENDO EMMANUEL ATRAVÉS DE LANGA (18)

SOBRE A VERDADE CONTIDA NAS CARTAS DE CRISTO…

Cartas_de_Cristo

A VERDADE DA EXISTÊNCIA – Carta de Cristo –

Jesus yeshua (editado)

A VERDADE de nossa FONTE do SER.

Por: Semeador das Estrelas

… 

Os que ainda hesitam em ler As Cartas de Cristo, posto aqui um trecho da 4ª Carta para que tenham uma ideia da importância das mesmas, que esclarecem e dissolvem as mentiras e enganos que nos foram transmitidos até hoje, sobre o verdadeiro significado da vinda de Jesus o Cristo a este mundo. Não foi para díspar ou pagar pelos pecados de ninguém, como nos é ensinado, ele não veio livrar pecado de ninguém, mas sim mostrar o CAMINHO e a VERDADE DA VIDA. Vejam o que ele diz do “Cristianismo”, poderão ver nas palavras de Cristo o que ele diz a respeito dessa religião fundada sobre a história de sua vida. O aqui transcrito é o inicio da 4ª Carta. Se você procura e quer realmente entender a VERDADE DA EXISTÊNCIA, leias, o que espera! Vejam o alerta que nos é feito ai nessa carta quando diz: “…alcançar as almas sensíveis e inspiradas para ensiná-las como recorrer à Ajuda Divina durante  o futuro horror no qual o mundo finalmente se verá envolvido”. Não há intenção de gerar medo, mas de preparar e informar como enfrentar exatamente o mundo no qual estamos, neste atual momento. – S. Estrelas –

 

4ª CARTA DE CRISTO

Eu, o Cristo, venho – por amor a vocês – resumir tudo o que senti durante minha ilumiação no deserto e que tentei ensinar aos Judeus na Palestina há dois mil anos.

Algumas passagens da minha vida foram narradas nas Cartas 1,2 e 3.

Se  você já leu estas Cartas, saberá que é da maior importância para o seu bem-estar compreender que – ainda que meus  seguidores tenham criado uma religião que chamaram de “Cristianismo”, fundada sobre a história de minha vida e ensinamentos – não estou ditando estas Cartas para ensinar e confirmar aquilo que eles disseram. 

O Cristianismo é uma religião formal que, puramente por razões de conveniência, adquiriu muitas crenças contrárias à Verdade espíritual de nossa FONTE do SER.

Que relação existe entre o “derramamento de sangue” e o ESPÍRITO UNIVERSAL?

Como você agora deve estar percebendo, meus ensinamento, desde o princípio da minha missão na Terra, na Palestina, sempre foram carregados da mais elevada Verdade da Existência espiritual, sem ter nenhuma relação com os conceitos e racionalizações produzidos pelas mentes humanas.

Portanto, repito enfaticamente, enquanto minha personagem na Terra há dois mil anos era a de JESUS, o propósito de minha presença, a PRESENÇA CRÍSTICA nestas Cartas é o de alcançar as almas sensíveis e inspiradas para ensiná-las como recorrer à Ajuda Divina durante o futuro horror no qual o mundo finalmente se verá envolvido.

Foi por essa razão que meu poderoso desejo de resgatar aqueles que possam receber-me, materializou-se na forma da VERDADE DA EXISTÊNCIA contida nestas Cartas.

Conheça-a e aceite-a.

Gostaria que você soubesse – e prestasse especial atenção – ao foto de que fui aos Judeus na Palestina setenta anos antes de Jerusalém ter sido arrasada.

Fui aos Judeus para dizer que o códico de conduta que seguiam não teria nenhum valor quando os tempos difíceis do futuro chegassem e os conduzissem a um mundo hostil.

Está registrado em um evangelho que eu chorei de desespero, lamentando o fato de que poderia ter reunido as pessoas, tal com uma galinha reúne os seus pintinhos sob suas asas, para protegê-las, quando chegasse o tempo da destruição, mas as pessoas não me ouviram.

Em vez disto, seus líderes religiosos preferiram a minha morte.

E depois da dispersão dos Judeus, quando o Templo foi tirado deles,aprenderam algo com essa experiência?

Perguntaram-se por que tal catástrofe os tinha apanhado desprevinidos?

Não.

Continuaram com suas velhas tradições e com a crença em sua superioridade, ainda que repetidas vezes os fatos históricos mostrassem que eles estavam tão sujeitos a desastres quanto os demais.

Neste momento presente, escolhem ainda ingnorar a VERDADE da EXISTÊNCIA que ensinei na Palestina e fazem recair sobre si as mesmas condições que existiram durante minha vida terrena naquela região.

Onde quer que eles vivam, seus valores materialistas e suas tradições de uma cabeça-por-um-olho, (olho-por-olho) estão atraindo para si o sofrimento humano que criaram para outros através dos tempos, por sua arrogância e cobiça.

Todo o sofrimento que tiveram, foi provocado por eles mesmos.

Isto também se aplica àqueles que, por conveniência, aliaram-se aos Judeus devido ao seu poder nas esferas financeiras e nos mercados mundiais.

Quem é que mantem faminta a grande maioria da população mundial – quando haveria tanta comida armazenada para alimentá-la adequandamente, se fosse abandonado o “lucro como o motivo para a  existência”?

Se tivessem vontade, os líderes financeiros poderiam criar e colocar em ação, planos para distribuir aos necessitados o excedente de mercadorias.

Se o fizessem encontrariam o universo inteiro respondendo com bênçãos, a economia mundial floresceria e a paz se estabeleceria mundialmente.

Porém, antes que isso possa acontecer aquilo que já tiver sido criado na consciência pelos comportamentos agressivos e degradados NO MUNDO INTEIRO deverá se materializar na experiência humana – não como castigo, mas como consequência natural das LEIS da  EXISTÊNCIA.

Estejam certo de que os países que lutam contra “a maldade” de outros estão simplesmente sofrendo as consequências de suas próprias “sementes de consciência e comportamento” de anos passados.

Portanto, as táticas de “garoto-valentão”, o ataque feroz dos poderosos sobre os mais fracos – não importando o nível em que o fraco possa parecer intransigente, somente acarretará maiores problemas para os poderosos.

Aquilo que sentem como uma provocação de outros e a devastação que estão descarregando em resposta estão armazenando na consciência como a sua própria devastação futura.

Talvez devessem considerar a “provocação” dos fracos como um alerta para a sua própria queda em direção à decadência moral.

Como estas pessoas estão constantemente violando as LEIS da EXISTÊNCIA, atraindo a destruição com uma intensidade incomparável sobre as cidades e sobre a Terra, minha intenção nesta Carta é não apenas resumir tudo o que ensinei e vivi na Palestina, mas também explicar claramente as causas que darão origem à crise mundial que se aproxima, da qual não tratei da última vez em que vim falar à humanidade.

Estas CARTAS foram escritas antes da época mais crucial de sua história e agora, que as provas estão prestes a cair verdadeiramente sobre o mundo, você se perguntará por que não os avisei mais cedo.

No entanto, tenho tentado alertar o mundo através de mentes receptivas nos últimos vinte e cinco anos – mas nem os meios de comunicação, nem as editoras, nem a televisão, dispuseram-se a consceder-me a oportunidade de falar através de meus representantes.

Os políticos puderam chegar até você, mas EU o CRISTO, não pude.

O motivo disso?

Os corações endurecidos e a recusa em aceitar que Eu o Cristo vivo, poderia voltar neste momento através das mentes preparadas e dispostas a avisar as nações sobre o que estavam criando para elas mesmas no futuro.

As igrejas, que afirmam crer em minha existência, estiveram obcecadas com suas próprias tradições religiosas humanamente concebidas, assim como os materialistas.

Agora que soa a vigésima terceira hora, quando o medo toma conta das multidões e elas estão dispostas a levar em conta as minhas palavras, as portas devem se abrir sem reservas, ou de novo meus esforços pela humanidade terão sido em vão.

Voltei para dizer que realmente haverá uma separação entre as “cabras” e as “ovelhas”, como é narrado nos evangelhos da Bíblia.

As “ovelhas” se referem àquelas almas que possam receber pacificamente a verdade espiritual mais elevada que já é derramada sobre a Terra.

As “cabras” referem-se àquelas que não têm a capacidade de escutar nada, nem ninguém, porque seus espíritos são demasiadamente rebeldes egocêntricos.

Por que serão separados agora?

Porque aqueles que forem capazes de receber a verdade que estas páginas contêm e de viver segundo as orientações que vem das LEIS da EXISTÊNCIA verão que, ainda que o próximo período da história mundial seja de fato amargo, eles continuarão em relativa paz e proteção, na satisfação das necessidades e na elevação do espírito.

As “cabras”, lamentavelmente, terão que suportar toda a força horrível de sua inata consciência rebelde.

Isto não é um castigo de Alguém que vem do Alto – mas a consequência natural da Lei da Existência: aquilo que você carrega na mente e no coração acabará por se exteriorizar em seu corpo, em sua vida e no meio que o rodeia.

Quando você resiste e se rebela , a vida oferece resistência no cumprimento dos seus desejos.

Já faz muito tempo que ascendi até as mais altas frequências vibratórias da consciência nos Reinos Celestiais e sou a Própria Consciência Divina individualizada.

Minha Consciência pode envolver o globo terrestre para responder àquele que me chamar.

Isto acontece com todos os grandes Mestres que viveram na Terra, que se iluminaram e perceberam a REALIDADE da FONTE de todo o SER e que ensinaram às pessoas desde a sua elevada iluminação.

Eles foram elevados no Poder Espiritual para penetrar o denso véu da consciência humana e perceber o que realmente se encontra além do mundo da “matéria” – viram tão claramente quanto permitia a sua condição mental prévia, a unidade básica da criação no interior do reino da Criatividade em Si.

Todos eles, depois da transição para a dimensão seguinte da existência,escaparam de roda da reencarnação e alcançaram reinos cada vez mais altos de pura consciência espiritual individual, até os portais da própria CONSCIÊNCIA UNIVERSAL.

Converteram-se em CONSCIÊNCIA DIVINA individualizada, possuindo o poder e a visão interior da Consciência Divina.

Eles também compartilharam da CONSCIÊNCIA CRÍSTICA, como eu dizia em uma Carta anterior.

Eles combinaram as alturas do Amor Inteligente com as alturas da Inteligência Amorosa, misturando o Poder da Vontade com o Poder do Propósito.

Eles são ingualmente masculinos e femininos em suas atividade.

Eles são a perfeita manifestação de força e nutrição.

Eles são um EXEMPLO perfeito daquilo que todos os homens – e mulheres – deveriam esforçar-se para alcançar.

Para alcançar tal perfeição do ser, o espírito humano deve deixar de lado toda a divisão e rivalidade.

Seja quem for seu Profeta declarado, você pode estar certo de que ele é a PRÓPRIA VIDA e que ele é poderoso dentro da Irmandade de todos os grandes Mestres.

Cada Profeta, cada Mestre, percebeu que finalmente alcançará a meta de todo o homem – a perfeição no Paraíso.

É de vital importância que você entenda isso e que perceba que as separações que você faz entre os Mestres são totalmente errôneas, porque estamos todos unidos em nossa FONTE comum do SER.

Somos a Irmandade dos Seres da Vida, cada um manifestando, através de sua individualidade, a mais alta VERDADE de nossa FONTE do SER.

Somos iguais em pureza, poder, beleza, grandeza de
espírito e amor.

PORTANTO, as “ovelhas” de qualquer crença religiosa – aquelas que tenham evoluído suficientemente na compreensão espiritual da unidade fundamental de sua FONTE do SER – devem rapidamente procurar unir-se em igualdade e irmandade em suas cidades e países, estender as mãos e ligar-se aos seus irmãos espirituais ao redor do mundo, sem levar em consideração tudo o que acontece no mundo exterior.

Você devem transcender suas diferenças religiosas, Cristãos, Muçulmanos, Sufis, Judeus, Israelitas, Palestinos, Hinduístas, Budistas etc., e considerarem a si mesmos igualmente dentro do céu seguro do Amor Universal e da Proteção Inteligente Universal – em paz consigo mesmos, uns como os outros e com aqueles que estão decididos a lutar até o fim.

SOMENTE ASSIM O PLANETA SOBREVIVERÁ AO SOFRIMENTO QUE PAIRA SOBRE A HUMANIDADE.

– CRISTO –

Continua, o aqui transcrito refere-se as pag. 1,2 e 3 da 4ª Carta publicada na internet, correspondendo as paginas 129 a 133 do livro.

Para ler a 1ª e as demais Cartas
Clik aqui. 

Post. e Formatação
26/06/2012-20/6/2014

Fonte: Livro – Cartas de Cristo

“Citações das Cartas de Cristo foram autorizadas pela Almenara Editorial para Semeador de Estrelas

 


Via: SEMEADOR DE ESTRELAS: A VERDADE DA EXISTÊNCIA – Carta de Cristo –