NEGAR A DOR NÃO NOS AFASTA DELA, MAS DE NOSSA PRÓPRIA EVOLUÇÃO…

surfbeach-ca

Dualidade

Mensagem de Mãe Maria

Canalizada por: Maria Silvia P. Orlovas
em 23 de maio de 2018.

 

Meus amados,

A doença, a morte, as privações ainda são energias necessárias na Terra. São energias que fazem parte da dualidade do planeta. São energias que ainda mobilizam a ação do homem.

Quando algo acontece na sua vida, de alguma forma, através do sofrimento e da dor, as pessoas se obrigam caminhar, as pessoas desejam libertação, as pessoas olham para aquilo que não funciona em suas vidas e aceitam o novo, aceitam desafios, se permitem crescer, se permitem vibrar numa outra instância do seu ser.

Meus amados, nós sentimos muito que a evolução tenha que vir através da dor, mas até a dor, a morte, a doença são atributos necessários para a evolução humana. Por isso, devemos acolher a dor, a morte, as doenças, as perdas. Devemos respeitar o momento da morte, o momento da dor, o momento das perdas, porque, sem esses momentos, não haveria evolução, e a estagnação, ela não permite que a alma se desprenda, se desdobre, se mostre na sua beleza maior. Porém, seja qual for o motivo de sofrimento ou de dor, que você enfrente ou tenha enfrentado, não seja um prisioneiro da dor. A dor pode existir. As pessoas que se recusam a olhar os sentimentos negativos não evoluem. As pessoas que não querem o sofrimento, de forma alguma, que não aceitam a frustração, ficam presas a um sofrimento muito maior do que a própria doença, do que a dor, do que a morte.

A negação dos estados naturais do corpo, dos estados naturais da evolução do homem encarnado provoca muito mais sofrimento que o próprio sofrimento. A negação é um estado de profunda escuridão da alma. Quando você sofre uma perda, quando você sofre uma dor, um sofrimento, uma doença, é o seu momento de despertar, é o momento, onde caem as máscaras, onde se quebram as armaduras e onde a alma pode se expressar.

A Chama Verde da cura se manifesta através da grande verdade. Verde e a verdade. A verdade que cura, porque, nos momentos onde você se sente desnudo, frente à vida, frente aos amigos, frente à família e ao próprio sofrimento, você deixa de precisar de muitas coisas, você vive grandes libertações, e, ainda que seja um momento de muita dor, será igualmente um momento de muita evolução e muita cura, se você assim permitir.

A morte é uma passagem, não é um castigo, e aqueles que vão para o plano espiritual recebem de vocês todas as emanações feitas no plano da Terra. Quem morre não ascensiona imediatamente, não está na luz imediatamente. As pessoas que desencarnam vão para um plano semelhante àquele em que viviam na terra. Por isso, é preciso se preparar para viver e se preparar para morrer.

Trabalhe a sua vida para ter uma vida com amor, com verdade, com libertações e com cura. E assim será a sua morte, um intervalo entre uma outra existência encarnado no planeta, um intervalo de equilíbrio, de amor e de luz. Quando você compreende isso profundamente no seu ser, você é curado. Quando você compreende profundamente que é preciso tirar a amargura do coração, a morte, a doença, as tristezas, as mágoas, as decepções deixam de ter a mesma força. Elas se quebram como um dia foram quebradas as suas máscaras. E aí você está pronto para abraçar a vida, abraçar o sentimento de eternidade, o sentimento do bem, o sentimento do amor.

Eu Sou Mãe Maria e vibro na vibração da Chama Verde. Trabalhamos as curas espirituais. Acolhemos a dor dos aflitos, acolhemos as suas preces e as suas orações, acolhemos os seus enganos e sofrimentos. Nenhuma oração deixa de ser ouvida. Nenhuma prece deixa de ser atendida. Nenhum mantra que vocês profiram com o coração deixa de ser transformado em luz e oração.

Nós trabalhamos, na vibração da Chama Verde, a presença da cura da Grande Mãe em cada um de vocês. Em cada coração, estamos ativando a energia de cura, estamos ancorando em vocês a consciência de que o amor é possível.

Nesse momento, vejam o seu coração, coração no sentido espiritual, aquele mesmo pintado por artistas que fizeram o coração do Cristo, o coração de Maria, um coração de espinhos, e tirem desse coração cada um dos espinhos. Visualize este coração, que é o seu coração no sentido espiritual, o símbolo do seu coração, vibrando iluminado na cor da saúde, na cor da luz, iluminado, sem nenhum espinho. E se tem algum espinho emocional, uma memória de dor, que simbolicamente aparece aí como um espinho, retire do seu coração e cure o seu coração. Mediunicamente, estamos cuidando de cada um de vocês, estamos ativando em cada um de vocês a energia de cura.

Eu Sou um Ser de Amor. Você é um ser de Amor. Nós somos seres de Amor. Nós estamos, nesse momento, semeando o profundo Amor em todos vocês. Recebam!

Procure visualizar, guardar essa imagem desse exercício, dessa meditação, que vem com a minha presença e Arcanjo Rafael em sua mente.

Procure ouvir e repetir a consciência da cura da Chama Verde.

Recebam as emanações de puro Amor, de pura Luz.

__________________________________________________________________________

 Áudio

 

Ouça também esta mensagem através de áudio clicando aqui

__________________________________________________________________________

Fonte: mariasilviaorlovas.com.br
Data: 23/05/2018
Canal: Maria Silvia P. Orlovas

Via: Um Canal de Luz por Maria Silvia Orlovas: Dualidade

__________________________________________________________________________

Anúncios

NO ERRO OU NO ACERTO, É VOCÊ QUE MANIFESTA O SEU DESTINO…

semeando

Só pode receber as bençãos aqueles que não tem exigências

lasciare-passato (editado)

Mensagem de Mestra Pórtia

Mestra Portia_Claudio Gianfardoni

 Canalizada por: Maria Silvia P. Orlovas
em 21 de março de 2018.

 

Só pode receber as bênçãos aquele que não tem exigências.
Meus amados, num trabalho de evolução e crescimento espiritual, é preciso trabalhar profundamente o desapego.

Quanto mais desejos vocês têm, por mais corretos que estejam os princípios do seu desejo, mais apego eles representam e constituem.
É preciso também deles se soltar.
É preciso aprender que o Divino Barqueiro, aquele que conduz a sua vida, terá a sabedoria para oferecer a você o melhor dentro do seu processo de evolução e crescimento espiritual.

Muitas vezes, as coisas se tornam mais difíceis pela interferência dos seus pequenos pensamentos, das suas pequenas ideias.
E as pessoas que são movidas a pequenos pensamentos e pequenas ideias, muitas vezes alcançam a realização dos seus intentos, dos seus desejos, dos seus sonhos e até dos seus medos.
Porque quanto mais você pensa, deseja, ambiciona, quer concretizar determinado assunto, as forças divinas, as forças do mundo, as forças espirituais irão se movimentar para trazer a você a resposta dos seus sonhos, dos seus desejos, das suas ideias.
No erro ou no acerto, você manifesta o seu destino.
No erro ou no acerto, você é o criador do seu mundo.

Então, para aqueles que estão despertos, criem a sua luz.
Vivam sem grandes resistências ao caminho do Bem.
O Criador cuida de cada um como um pai cuida de um filho.
Todos estão cuidados.
Ninguém está à mercê do destino, como uma canoa perdida.
Espiritualmente isso não existe. Só são canoas perdidas aqueles que querem se perder.

Assim, no mundo da forma, nós respeitamos o livre arbítrio, que é a livre manifestação da sua vontade.
Assim, amados, é hora de manifestar o Bem.
É hora de pedir a direção divina:

“Deus, Pai, Divino Criador, traz para mim a sua graça, traz para mim a sua abundância.
Deus, Pai, Divino Criador, traz para mim a sua luz; que a sua luz se manifeste na minha vida.
Deus, Pai, Divino Criador, que eu tenha pensamentos iluminados, atitudes iluminadas, sentimentos iluminados.”

Quando você faz isso, você entra na sintonia correta para receber a ajuda necessária, o direcionamento necessário.
Você sai da avalanche cármica do querer.

Hoje, os homens, a humanidade encarnada, não usa mais armas para as brigas.
Hoje as pessoas brigam no pensamento, nas ideias, nos desejos, nas vontades.
E tudo isso é tão forte quanto armas que ferem o corpo físico.
As pessoas estão feridas nos sentimentos, nas emoções, nos sonhos, nas ambições.
E não é mais tempo disso. Solte esses sentimentos e peça o bem, peça o seu bem.

Saiba que todas as pessoas que estão na sua vida, aí estão porque você criou conexão.
Mesmo aquelas que são difíceis no relacionamento, mesmo aquelas que são difíceis na convivência.
Todos os que estão na sua vida, não estão ao acaso.
Cada uma das pessoas do seu mundo merece o seu olhar, merece a sua compreensão, merece o seu acolhimento e o seu perdão.
Essa é a única forma de você se libertar de verdade de alguém.

Se existe na sua convivência alguém que incomode você, observe que os seus pensamentos, as suas ideias, as suas reflexões acabam se tornando elos muito fortes de conexão com este ser.
E através desses elos, você se aprisiona.
E através desses elos, você pede a manifestação dessa pessoa, desse relacionamento junto de você. Aquilo de que você foge, vem ao seu encontro.

Então, se você quer uma manifestação de amor, de luz, de paz, de abundância, olhe para seus pensamentos, observe os seus desejos e limpe a sua energia.
Permita que as curas venham. Permita que a sua energia se transforme. E assim sendo, cumpra a sua missão com as pessoas.

Se cabe a você acolher alguém no seu coração ou na sua casa, acolha!
Se cabe a você olhar para algum fato da sua vida, olhe!
Se cabe a você perceber alguma atitude sua, perceba!
Só você é o juiz do seu destino.
E estando profundamente compreendendo o seu momento, a sua situação, aí sim você é livre para pedir do Divino a sua manifestação e a sua cura.

O caminho da liberdade é o caminho da consciência.
Permita que essa consciência venha para você.
Permita que Deus aja em você, resistindo menos ao seu próprio sofrimento, compreendendo que quanto mais você solta, mais a situação se desfaz, se liberta e se transforma.
Esse é o caminho da sua luz!

Estamos trabalhando hoje ativando aqui a energia da Chama Violeta, transmutando os aprendizados cármicos em pura luz.
Então, todos os pensamentos que vieram para vocês durante essa canalização, nesse momento entreguem à energia da Chama Violeta.
Estamos formando um grande espiral, sugando para os planos superiores essa densidade que está em vocês, para que seja transformada em pura luz.
Entreguem os desejos, os medos e as ambições e ofereceremos a vocês um vazio mental, um vazio de pensamentos, de sentimentos, de ideias, que dará lugar ao novo.

Eu sou Mestra Pórtia e, nesse momento, faço a minha missão junto ao nobre mestre da Chama Violeta, Saint Germain: a emissão de curas e libertações.
Recebam a nossa luz e sigam leves, em harmonia, em silêncio e em paz!
Estaremos cuidando de cada um!

__________________________________________________________________________

 Áudio

 

Ouça também esta mensagem através de áudio clicando aqui

__________________________________________________________________________

Fonte: mariasilviaorlovas.com.br
Data: 21/03/2018
Canal: Maria Silvia P. Orlovas
Colaboração: Luana e Maria Francisca

Via: Um Canal de Luz por Maria Silvia Orlovas: Só pode receber as bençãos aqueles que não tem exigências


NOVAS ENERGIAS E A LUZ SE MANIFESTA DAS MAIS DIVERSAS FORMAS…

A luz se manifesta

INFORMAÇÕES IMPORTANTES: LIBERANDO VELHAS DORES, REENCARNES EM MASSA, COSMOBIOGRAFIAS E CANTOS CELESTES

Queridos, o SaLuSa me pediu que deixasse essa canção abaixo para ser ouvida no momento da leitura. Recomendo que leiam a mensagem em voz alta enquanto a música de fundo toca.

– Gabriel RL

———————————————————————————————————-

SaLusaSaLusa

Canalizado por: Gabriel RL
em 26.02.2018

 

A vida na Terra continua se acelerando, à medida que novos padrões iluminados são instaurados, com louvor. Isso tem levado muitas almas a terem alguns processos que precisam passar sendo acelerados de tal forma, que podem trazer alguns desconfortos em vossos corpos físicos, mas nada como repouso e passeios em meio à natureza não venham a diminuir e cessar os “sintomas”. Estes, apesar de desconfortáveis, às vezes, são como os remédios amargos que vêm trazer cura rápida e eficiente para algum mal estar. Há muitas áreas das vossas vidas que estão passando por mudanças, e uma das que mais vos têm afetado são aquelas que dizem respeito aos vossos corações.

Por muitos éons de tempo, vossos corações foram sufocados com ondas de desamor por toda a Terra, levando-vos a vos fechar completamente por temor de serdes feridos. Essas novas energias têm chegado como um impulso importante para que possais vos libertar da dor e seguir vossos caminhos abrindo-vos, completamente, sem medos e incertezas acerca do que o futuro tem para vós. Essas novas energias têm trazido todas as dores de um passado, remoto ou não, para serem iluminadas e muitos de vós escolhestes passar por isso em um curto período de tempo, de maneira a acelerardes ainda mais as vossas evoluções. Não vos envergonheis quando as dores que carregais em vossos corações vos fazerdes gritar e espernear, como costumais dizer, mas permiti que elas passem por vós e sigam para a iluminação. Sede, pois, os condutores para que elas tenham em vós o impulso para Luz.

Outro fator importante das novas energias é que quanto mais Luz entra na Terra, mais pessoas se abrem para o que para elas é novidade, como o encontro com sites como esse no qual leem essa mensagem, que são fontes alternativas de notícias. Certamente, pessoas, mesmo aquelas que por muito tempo estiveram agarradas ao velho sistema, estão começando a ver que as suas fontes de notícias tradicionais não ressoam mais com os seus estados de espírito. Assim, buscam o que por muito tempo procuraram e encontram novas fontes na Internet e, dessa forma, despertam, claramente. isso está levando-as a um estado de espírito bem mais expansivo. Muitos, quando se deparam com esses sites alternativos, surpreendem-se à primeira vista, e a velha energia tenta arrastá-los com pensamentos como “isso não é verdade” e/ou “pura utopia!” Mas, com os corações já cansados de tantas informações pesadas transmitidas pele velha mídia, decidem se abrir. Logo na primeira abertura, encontram-se, completamente, com uma verdade que lhes é muito familiar. Não importa onde estejais, e fazendo o que; sereis arrastados para Luz.

Dentro de pouco tempo podereis ver mais pessoas dentro da vossa mídia tradicional despertando e ajudando outros a despertarem, assim como vereis os mais resistentes às novas informações de sites da Internet, como este, a se abrirem e tornarem-se fervorosos divulgadores de informação. Aqueles que atentam ainda contra vós sabem que, quanto mais querem impedir o vosso avanço, seja por ataques escalares ou chantagens emocionais, usando de formas pensamentos já muito ultrapassadas contra Trabalhadores e Guerreiros da Luz já bem experientes, mais o cerco se fecha contra eles. Todas as fichas que poderiam usar estão no fim e a única alternativa deles agora é se juntar à Luz ou entregarem-se, de forma pacífica, já que não lhes serão dadas quaisquer chances de desencadear uma guerra nuclear ou mesmo outro tsunami controlado por detonação ou ondas plásmicas. As suas velhas táticas não mais funcionam, e eles sabem disso.

Recentemente, um grupo grande de almas veteranas encarnou no Planeta a fim de aumentar ainda mais o coeficiente de Luz e expandir a consciência daqueles que ainda não despertaram para as verdades mais elevadas. Cientistas, poetas, artistas, engenheiros em todas as áreas, curadores e outros com uma infinidade de aptidões. São seres vindos de muitos sistemas estelares distantes e mesmo do vosso Sistema Solar, como Marte e Vênus. Não vos surpreendais se vos deparardes em pouco tempo com um “novo” Leonardo da Vinci, Einstein, Freud, Tesla, Niemeyer e outros… Vós, aqueles que estais sustentando fortemente a Luz em vosso Planeta, tendes também garantido que muitas dessas almas desçam, pois assegurais um ambiente mais adequado para elas. Com a chegada delas, haverá um impulso ainda maior na vossa ciência, educação, artes, medicina e muitos outros, promovendo uma fusão única que vos levará para as altas esferas. Vereis crianças “soltando a voz” como verdadeiros tenores, pois muitos artistas também retornam para cristalizar o Planeta através do canto. Se pudésseis ver como vemos a “fila de almas” animadas para descerem ao palco Terra e darem suas contribuições, ficaríeis muito mais animados por já estardes aí, dentro da festa!

Eu Sou SaLuSa de Sirius e, certamente, alguns de vós questionais-vos, muitas vezes, acerca da veracidade das nossas mensagens – o que de fato compreendemos, pois muitos de vós, como já vos dissemos, fostes tão maltratados por longas eras que, acreditar em muito do que dissemos, de fato, pode parecer utópico demais para os vossos corações que foram, por eras, ensinados que a “vida precisa ser sofrida para ser merecida”. Soltai essas bagagens tão duras, queridos! Bagagens estas que já não vos servem mais! Deixai que as informações que vos trazemos penetrem vosso âmago, e o vosso Centro de Amor atestará que estamos a falar a sério. Acalmai vossos corações! Chegastes até aqui e nada mais far-vos-eis recuar, não importa o que aconteça. Já sois vencedores!

Estamos em volta do vosso planeta dando sinais constantes da nossa presença, e gostaríamos que todos vós, a uma só voz, direcionásseis vossos pensamentos a nós, pedindo uma exibição massiva das nossas frotas. Certamente que criareis uma onda tão grande de energia que desencadeará esse evento o mais rápido possível, neutralizando qualquer tentativa de retaliação por parte daqueles que não desejam a nossa presença. Sois livres, agora, e podeis usar vosso livre-arbítrio, sem interferência. Decretastes que queríeis a vossa liberdade, o acesso a vossas origens e informações que vos colocásseis acima das dores do mundo, e eis que fostes atendidos. As vossas origens estelares estão a cada dia ecoando pelos quatro cantos, e nestes mesmos Cantos ouvis as Raízes Celestes que vos conectais e vos faz arrepiardes, quando vosso EU atesta a verdade daquelas palavras! Oh, amados! O que mais desejais? Pedi, e a vós será concedido!

Estejam em Paz,

Estejam na Luz

………………………………………………………………….

 

Via: Sementes das Estrelas: SALUSA – “INFORMAÇÕES IMPORTANTES: LIBERANDO VELHAS DORES, REENCARNES EM MASSA, COSMOBIOGRAFIAS E CANTOS CELESTES” – 26.02.2018 (GABRIEL RL)

 


Ouça também a mensagem através deste vídeo:

SALUSA – INFORMAÇÕES IMPORTANTES: APARIÇÕES EM MASSA, LIBERANDO VELHAS DORES, REENCARNES EM MASSA.

Publicado por Luz Das Estrelas em 4 de março de 2018.

Via: SALUSA – INFORMAÇÕES IMPORTANTES:APARIÇOES EM MASSA, LIBERANDO VELHAS DORES, REENCARNES EM MASSA. – YouTube


A ASCENSÃO INDIVIDUAL TAMBÉM ESTÁ LIGADA A UMA MATURIDADE ESPIRITUAL…

ascensao individual

Tempo da ascensão

Mensagem de Mestra Pórtia

Mestra Portia_Claudio Gianfardoni

Canalizada por: Maria Silvia P. Orlovas
em 13 de dezembro de 2017

 

Meus amados, é o tempo da ascensão!

O tempo da ascensão é também o tempo da libertação.
Muitos de vocês que estão trilhando o caminho espiritual sentem isso, mas têm medo de seguir com a sua própria intuição.
É tempo de deixar de sofrer por aquilo que você sofre.
É tempo de libertar as pessoas e deixar que cada um siga o seu caminho da forma que melhor lhe aprouver.
A ascensão espiritual também está ligada a uma ampliação da consciência e a uma maturidade espiritual.
E quando você assume essa maturidade, você assume a sua responsabilidade na interação com o outro. E, o mesmo tempo, você permite que o outro tenha a maturidade de ser quem ele é.

O divino Eu Sou vibra em você.
O divino Eu Sou vibra também no outro.
Nas relações, as pessoas costumam menosprezar o seu poder pessoal e, ao mesmo tempo, às vezes supervalorizam o poder do outro.
E neste pingue-pongue de atitudes e emoções perdidas as pessoas se misturam e, ao invés de fazer vibrar o amor, elas fazem vibrar o sentimento da dependência.

Amor é libertação!
Amor é você poder estar com o outro, poder fazer escolhas e poder libertar-se.

Há um sentimento de responsabilidade para aqueles que estão no caminho espiritual.
Mas não vejam responsabilidade com peso; ao contrário, meus amados, a responsabilidade é suavidade, é alegria e é leveza.
Porque quando você compreende uma lição da sua vida, uma lição da sua história, você se torna leve.
Aquela situação, aquela pessoa, aquele compromisso cármico deixa de doer no seu coração.
Você passa a não mais sentir dor, não mais sentir medo, não mais sentir insegurança.
Você se transforma.
E é hora dessa transformação.
É hora de você mudar.
É hora de você acessar essa frequência de luz.
Essa frequência de entendimento espiritual profundo; uma frequência que traz a verdadeira liberdade.

Algumas pessoas têm medo do sentimento da liberdade porque associam liberdade a solidão.
Associam a liberdade a não precisar de ninguém e a não estar com ninguém.
Amados, não é assim que funciona.
A liberdade é poder estar com alguém, mas sem poder depender desta outra pessoa.
É poder estar livre, leve e feliz.
Solidão não é sinônimo de liberdade.
Solidão, ao contrário, pode ser um processo profundo de carência e falta de autoconsciência e amor.
Se você estiver só e feliz, essa solidão se transforma em plenitude.
E aí você também estará livre.

Faça sua conexão espiritual.
A liberdade da ascensão é uma liberdade plena de amor.
Uma liberdade que aproxima você do seu verdadeiro Eu e das pessoas com esta conexão espiritual mais profunda.
Você está próximo do seu mentor, você estará próximo de anjos e seres de luz que trazem a compreensão até você.

Então não tenham medo do processo da ascensão.
O processo da ascensão traz a felicidade, a paz, a paciência no aqui e no agora.
Você é livre para estar bem hoje.
Cumprindo a sua função, fazendo o seu trabalho, cuidando das pessoas que estão carmicamente na sua vida. E, ao mesmo tempo, estando livre, estando em paz, estando feliz.
Esse é o verdadeiro e único processo da ascensão.

Quando o coração se desprende, quando as emoções se soltam, quando a mente se ilumina, você está ascensionando.
Simples assim.
Porque o maior poder do homem é estar bem consigo mesmo.
Quando você está bem com você mesmo, você não precisa de mais nada. Nem de posses materiais, nem de pessoas, nem de regalias deste ou de outros mundos.
Porque você está bem.

E aí, meus amados, naturalmente pessoas amorosas se aproximam, as situações se resolvem e você está em paz.
E tudo aquilo que ainda não se resolveu, você terá luz e sabedoria para tomar atitudes necessárias e mudar aquilo que é preciso.

E nós estamos aqui como seus irmãos, amigos e mentores para dizer que sim, essa atitude, esse pensamento, esse movimento espiritual é possível e está ao alcance de todos.

Eu sou Mestra Pórtia e vibro na energia do amado Mestre Saint Germain na Chama Violeta e trago a vocês e compartilho o meu amor.

Abram a energia para a ascensão, abram o sentimento e o pensamento para entendimentos superiores da sua própria vida.

Tenham luz e sigam em paz.

__________________________________________________________________________

 Áudio

 

Ouça também esta mensagem através de áudio clicando aqui

__________________________________________________________________________

Fonte: mariasilviaorlovas.com.br
Data: 13/12/2017
Canal: Maria Silvia P. Orlovas
Colaboração: Luana e Maria Francisca

Via: Um Canal de Luz por Maria Silvia Orlovas: Tempo da ascensão


TUDO OCORRE EM ALINHAMENTO COM O QUE VOCÊ É, INTERIORMENTE…

walking in the spirit

TRANSFORMANDO O MEDO EM PODER

 Mensagem de Kara Schallock

.
Uma das coisas mais importantes que você pode fazer é liberar todo o medo. Ter medo, não importa com o que esteja relacionado, impede-o de ser um criador poderoso. Criar a sua vida é o seu trabalho no Novo. Ninguém mais pode fazer isso por você. Não há bloqueio; só há o medo do seu Poder.

Aceitar plenamente o seu Poder para criar e manifestar é o que está esperando por você. Nada acontece automaticamente; você (como o ser soberano que você é) deve dar um primeiro passo para o que deseja manifestar… depois de reivindicar o seu Poder.

Na verdade, muitas vezes, dar um primeiro passo também ativa o seu poder para criar. Muito está relacionado ao medo: todas as emoções menos elevadas, como a preocupação, a dúvida, a vergonha, a raiva, o controle e todos os outros. Libere o medo e entre no poder para criar e se manifestar.

Você não está sozinho ao transformar algo; na verdade, há um poderoso redemoinho de energia disponível para você em qualquer Oportunidade que você optar por manifestar. Embora isso o ajude a evoluir, isto também o ajuda a liberar o velho que você ainda possa carregar.

Esse redemoinho pode parecer como estar desorientado, não ancorado, desconectado, com insônia, depressão, dores de cabeça e outros fenômenos emocionais e físicos. Isso é verdadeiro se você está liberando ou integrando.

Para acessar esta Luz, simplesmente pretenda receber. Se você ainda está carregando suas feridas antigas, esta Luz pode ajudá-lo a liberá-las e transformá-las. As suas feridas antigas envenenam o espírito, afetando todos os aspectos da sua vida, se elas não forem liberadas.

Essas feridas podem ser o resultado e a percepção de que os pais, amantes passados, filhos, amigos ou qualquer coisa em que você assumiu a percepção da ferida, fizeram algo a você. Depois de liberar a ferida, interiorize-se e encontre onde você carrega a energia de vítima. Esta é a crença de que as coisas acontecem com você e não para você.

O Novo Mundo

Você acha que uma nova Terra irá aparecer?
Não. A Terra continua a ser a mesma, como você… apenas diferente.

É a sua consciência que muda.
A Nova Terra está aqui agora.

Ser novo significa que você vê e experiencia através dos olhos do Amor; não na maneira antiga de ver as coisas na dualidade (bom / ruim, lindo / feio, certo / errado, etc.). Quando você libera o velho, você vê as coisas através da sua Alma; de seu eu perfeito; do Amor. Quando você flui com a consciência, sua consciência se eleva.

Não há julgamento ou raiva; existe apenas a Ordem Divina. Não há resistência aos desafios percebidos. Você passa por eles com Graça. O sofrimento ocorre quando você se liga a algo; quando você julga algo e quando você resiste a alguma coisa. Quando você aceita o que é como ordem divina, você flui. Se não se sentir bem, entre nisto com consciência e compreenda o que você deve aprender ou mudar.

Quando sua consciência se expande, você experiencia o Êxtase. Não importa o que esteja acontecendo em sua vida, você sente a felicidade em seu interior. Sua freqüência permanece elevada e muda continuamente à medida que você incorpora a sua Verdade; a da Alma; a do seu eu mais perfeito. Quando você aceita a sua verdade, que você é Amor, você ancora essa Verdade em todos os aspectos da vida. Pode ainda não parecer confortável, pois é tão novo e muda continuamente.

À medida que ela se move através de você (através de todos os seus corpos, células, DNA, sistema elétrico, etc.), eventualmente você fica confortável com todas as mudanças, mas você não criará outra matriz de zona de conforto, na qual deixe de se expandir. O Novo está sempre mudando e se expandindo, então o único lugar para estar é no momento presente para que você possa observar tudo a partir de um espaço imparcial.

Quando você é imparcial, você flui. No velho, estar desapegado significa que você não se importa. No Novo, o Desapego é diferente em que você é realmente mais amoroso; você apenas não fica preso no drama ou no julgamento. A energia das pessoas não adere em você. Você mantém todos no Amor, sem o velho desejo de corrigir ou de salvar. Você permite aos outros o espaço para criar as suas próprias vidas, sem a necessidade de lhes dizer o que fazer, ou quem ser.

Você não se compara aos outros, sabendo e confiando que cada ser é um criador poderoso, como você. Se você se perceber querendo corrigir, salvar ou se comparar aos outros, entre nesta energia e descubra onde você ainda mantém o medo, e, então, aceite-o e o libere.

Saiba também que a ancoragem neste Novo dentro de você parece diferente do que a ancoragem no velho. No velho, a ancoragem o solidificou a tudo o que você pensou que era. No Novo, a Ancoragem ajuda o Novo Você a estar mais ancorado como você.

Você pode se perguntar como se encaixa com aqueles em sua família (especialmente), amigos, ou grupos, quando parece que você é o único que está evoluindo. Fique fiel a você e lembre-se de que diminuir a sua luz para se adequar aos outros não o ajuda ou a eles. Mantém todos no status quo.

Você pode estar com os outros e ainda ser quem você é. Quanto mais você for o seu Eu Autêntico, mais a sua Luz brilha e mais a sua consciência se expande. Você perceberá que os seus dons aumentam, assim como as oportunidades e você não terá uma tendência para mergulhar na 3D por mais tempo.

Quanto mais você se elevar, menos a dualidade será uma parte de você. Assim, a única coisa a fazer é ser você mesmo e fazer tudo o que o ajude a manter a sua Luz brilhante e a sua vibração elevada. Não espere que os outros, que possam não querer se elevar, sejam atraídos para você. Alguns o rejeitarão. Aqueles que estiverem preparados para mudar serão atraídos para você. Tudo está em Ordem Divina.

Você pode perceber que o seu corpo físico está mudando, bem como os seus corpos mental e emocional. O que você gostava de fazer, comer, ou beber, com quem você gostava de estar e muitas outras coisas, podem não mais atraí-lo. Seus padrões diários estão mudando. Você não pode esperar que o seu corpo físico aja da maneira com que estava acostumado.

Em vez de combater ou resistir a isto, aceite-o, flua com as mudanças. Siga o ritmo do seu corpo, entrando em sintonia com ele e lhe perguntando o que ele quer. Quando se sentir desorientado ou inseguro, flua com o que está sendo apresentado; você está apenas se expandindo para ser Novo. Permaneça no Momento e suavemente libere a maneira com que costumava se sentir fisicamente. Isto o ajuda a fluir com as mudanças.

Você não está sozinho nisto. Embora os amigos e a família possam se afastar, você está cercado e é animado por muitos no físico e além, que estão escolhendo uma nova maneira de ser, também. Gaia está fazendo isto, também. Você pode ter notado. Ela está descartando as energias menos elevadas. Tudo está em um estado de Transformação… morrendo para nascer de novo.

Há aqueles que culpam as entidades de energias menos elevadas, pela negatividade que parece prevalecer agora. Não entre nisto. Isto é a energia de vítima. Apenas você está no comando.

Você pode escolher viver nas energias inferiores ou mais elevadas: a escolha é sua.

Se você se perceber entrando na negatividade, você pode liberá-la permanecendo positivo, meditando, queimando sálvia, usando Rosas ou Água de Rosas, ou entoando mantras positivos… ou seja o que for ao que for guiado a fazer para transformar a energia. Você é Amor, Luz… você não é uma vítima.

Se você trabalha com guias, que não seja a sua própria Alma, não se conecte com qualquer ser que se apresente. Eles poderiam lhe dizer que eles são assim e assim e eles podem não ser quem eles dizem que são.

Em vez disto, diga isto: “Somente aqueles da Luz Divina, do Amor e Plano Divino se apresentem agora.” Aqueles de uma vibração menos elevada devem deixar o seu espaço. Quando a sua energia for apenas Amor, você não será atraído para a negatividade, e nem ela será atraída para você.

Quando você muda para mais positividade, isto é, consciência, você atrai oportunidades maravilhosas para ser mais. Você não tem que controlar isto ou fazer algo para que isto aconteça, pois tudo ocorre em alinhamento com quem você é, interiormente.

Este é o propósito de se purificar e se reivindicar como Amor. Quando você está seguro, você é apenas Amor e tudo o que você atrai é desta vibração. Não pode ser de outra forma.

……………………………………………………………….

Por favor, respeite os créditos ao compartilhar
http://www.decoracaoacoracao.blog.br
https://lecocq.wordpress.com
http://www.soulsticerising.com

Fonte: Soulstice Rising | Ascension Notes | Transforming fear to Power – 26-Jan-2018
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

Via: ♥ De Coração a Coração ♥: TRANSFORMANDO O MEDO EM PODER

 


Ouça também a mensagem através deste vídeo:

TRANSFORMANDO O MEDO EM PODER

Publicado por Luz Das Estrelas em 30 de jan de 2018

Via: TRANSFORMANDO O MEDO EM PODER – YouTube


O RELACIONAMENTO AMOROSO EVOLUÍDO É BASEADO EM AMOR E LIBERDADE…

Le coup de foudre (edited)

Seu relacionamento amoroso tem feito você crescer?

Por: Sri Prem Baba

 

O sentido espiritual de um relacionamento amoroso, tirando todo o romantismo, é ser um material de escola que te ensina a amar, a ser livre e a deixar o outro livre. Quando eu digo “ensinar a amar”, uso uma figura de linguagem, porque não é possível aprender a amar – o amor já existe, ele é a fragrância do ser. Mas a relação afetiva gera uma fricção que possibilita remover obstáculos que te impedem de amar. Esse é um assunto bastante delicado e as chances de eu ser mal compreendido são tremendas, mas vamos tentar.

Existem certas lições que você só pode aprender com suas relações amorosas, porque elas são catalizadoras de todas as suas feridas, de tudo aquilo que não está integrado dentro da sua constelação familiar. Todo seu passado é reeditado na relação amorosa para que você tenha a chance de integrá-lo, de curar essas relações familiares que ainda estão, de alguma forma, infringindo dor no seu sistema.

Embora o relacionamento amoroso seja um poderoso instrumento de aprendizado e de cura, ele pode também te levar a um sono

Embora o relacionamento amoroso seja um poderoso instrumento de aprendizado e de cura, ele pode também te levar a um sono. Nesse sentindo, você pode estar apenas repetindo determinados padrões destrutivos (apegos, disputas, projeções, medos) e andando em círculos, deixando de se expandir e crescer. Há que se ter discernimento e sabedoria para identificar quando isso ocorre.

O objetivo maior de um relacionamento amoroso é sustentar o êxtase. É sustentar a conexão da energia sexual com o coração aberto: o encontro de duas correntes positivas, dois sins. Esse encontro aponta a direção da suprema liberdade e só é possível se existir amor e liberdade.

Portanto, isso que eu tenho chamado de novo casamento, não costuma chegar cedo na vida, porque requer certa maturidade, uma compreensão e inclinação para deixar o outro livre – livre inclusive para não te amar se ele não quiser. Essa é a prova final dessa iniciação chamada relacionamento amoroso.

Eu o vejo como uma iniciação espiritual. Você só completa esse ciclo iniciático quando supera a carência afetiva, ou seja, quando se liberta da insegurança, do ciúme e da possessividade. Só assim você consegue de fato, ser livre e deixar o outro livre. Por sua vez, podemos entender a relação amorosa como o próprio remédio para a carência. Dependendo da sua carência, você precisa ficar um tempo X dentro de uma relação ou às vezes precisa ficar sozinho. Não tem uma receita. Isso tem que ser sentido por você – o que você está precisando no momento.

Você está apenas andando em círculos, machucando e sendo machucado

Às vezes você não consegue perceber porque está cego pela própria carência. Por exemplo, você pode estar precisando ficar um tempo sozinho, mas sua carência ainda está tão grande que você não quer sequer parar para pensar se a relação em que você está tem te feito crescer ou se dentro dela, você está apenas andando em círculos, machucando e sendo machucado.

Quando a relação se torna eminentemente destrutiva, sem chances para crescer no amor, na liberdade e no perdão, você tem que ter a coragem de tirar umas férias. Tem que ter coragem de olhar de frente para isso e explorar o medo que talvez você tenha de ficar sozinho. Eu não estou incentivando a separação! Eu estou incentivando você a encarar a verdade; a ser honesto com você e com o outro.

Muitas vezes, você mantém seu relacionamento para poder ter onde projetar suas ilusões. O outro é uma tela em que você projeta seus sonhos e quando ele quer deixar de ser essa tela ou quando você sente que não está mais conseguindo projetar seu sonho nessa tela, você acaba com o relacionamento. Mas você fica ansiosamente aguardando o momento de encontrar outra tela para continuar projetando o seu sonho. Outras vezes, você mantém o seu sonho fazendo do outro um escravo para atender os seus caprichos. Você força o outro a te amar, porque acreditou que se ele fizer do seu jeito, ele te ama. Não se engane: isso significa aprisionar o outro.

Vou te passar uma lição de casa. Se você está com alguém, comece a se perguntar: por que estou nessa relação? O que me mantém aqui? Não tenha medo de ser honesto consigo mesmo. É só a mentira que cai, a verdade nunca cai. Se o que te mantém nessa relação é o amor a Deus e à liberdade é porque você está se expandindo na luz; está crescendo dentro do programa estabelecido pela sua alma. Se for assim, zele por essa relação, firmeza no amor, no perdão, na liberdade e siga em frente. Mas se você está na relação por outras razões, tenha coragem para olhar o que te mantém aí. Dê essa passo a seu favor. Estou querendo que você rompa com a mentira e siga se expandindo.


Via: Seu relacionamento amoroso tem feito você crescer? – Sri Prem Baba

ESCOLHENDO A CORAGEM E NÃO O MEDO, SUA REALIDADE SERÁ A LIBERDADE…

Light At End Of Tunnel by Olga Zavgorodnya

A Mudança Energética na Consciência – Encontrando Coragem Para Evoluir

post-12-21-1 (editado)

Por: Rachel Horton White
em 19 de Dezembro, 2017

 

A energia agora está puxando, indo para dentro. Isto acontece parcialmente devido a Mercúrio retrógrado, mas em grande parte devido à mudança energética sísmica na consciência e o despertar coletivo acontecendo em todo o planeta.

Estamos sendo confrontados com nossas sombras. Estamos sendo convidados a fazer escolhas. E nossas escolhas importam. Nós escolhemos olhar o telefone ou passar algum tempo com as pessoas? Recolhemos um lixo do chão ou seguimos caminhando, assumindo que não é nosso problema? Nós sorrimos ou oferecemos uma palavra ou um gesto amável aos sem-teto que cruzamos pela rua, ou caminhamos fingindo não vê-los?

Sim, estes pequenos momentos são importantes. Mesmo que pareça que ninguém está olhando, nossa alma está.

O que você vai escolher? Vai ouvir a sua voz interior que cutuca você para viver como deseja viver? Ou cederá ao medo e se preocupará por ser diferente/louco/estranho/sozinho/sem dinheiro? Estamos enfrentando nossos medos mais profundos e estamos sendo convidados a confrontá-los de uma vez por todas. É hora de liberá-los para que possamos nos expandir completamente para quem realmente somos. Nossa alma deseja sair e ser livre.

Oh, sim, é como descascar as camadas de uma cebola, trabalhamos durante anos nos libertando da programação e condicionamento das instituições que tentam nos manter sentindo pequenos, com medo e completamente alheios aos nossos incríveis poderes (como curar doentes apenas enviando luz para ele, semelhante a Cristo ou a qualquer outro curador místico).

Ninguém disse que isto seria fácil. Mesmo que nosso estado natural como seres humanos seja a alegria, não quer dizer que é fácil o tempo todo. (Lembre-se, estabelecemos isto para nós mesmos como parte do nosso contrato de alma.) Caso contrário, como cresceríamos? Afinal, a nossa missão em cada vida subsequente é melhorar, evoluir.

Então, o que vai ser? É preciso coragem. É preciso muita coragem. Eu me considero uma pessoa muito corajosa, mas também enfrentei meus lados sombra, e é preciso muita disciplina interior, fé, paciência e confiança na orientação superior (eu tenho passado algum tempo nos registros Akáshicos) .

Aqui estão algumas coisas que podem ajudá-lo em sua liberação e expansão. Algumas delas podem surpreendê-lo.

Pare de Tentar Tanto

Sim está certo. Só por um tempo. Apenas permita-se estar presente e parar de tentar. Aproveite a sensação do Sol em seu rosto. Passe algum tempo com aqueles que você ama (crianças e animais são especialmente maravilhosos). Sim, visualize como você quer que seja a sua vida. Anote. Então, depois esqueça disso, assuma como um fato consumado. Tentar muito fazer algo acontecer é baseado em um estado de falta. E esta vibração de falta não se alinha com uma vibração de abundância. Trata-se claro, de aumentar a sua vibração, mas não a ponto de tentar viver no futuro o tempo todo, como se você não fosse perfeito (porque você é perfeito! Você está sempre se expandindo, assim como o Universo, que também é perfeito). Então, apenas relaxe e viva.

Busque Informação

Reúna recursos (vídeos, artigos, sites) para ajudá-lo a entender o que está acontecendo com a Terra, com a humanidade e com você em sua vida. Isto irá desencadear algo no seu interior que você já conhece. Você lembrará o que esqueceu de suas encarnações em corpos humanos. Isso inclui aprender sobre a verdade e a realidade em que vivemos há milhares de anos. Mas use o seu discernimento sobre o que encontrar na internet. Muitos sites são baseados no medo, e se um artigo/site causar medo, não se baseia no amor e não é para o seu bem mais elevado. Encontre recursos que ressoam com você e o elevem, que você possa absorver (mesmo que possa ser difícil de entender completamente a quantidade de informação que pode ser chocante… além do que você já experimentou até agora).

Processe Suas Emoções

Quando realmente vemos o que foi feito para nós, é muito fácil ficar com raiva. Depois passamos pelos estágios de sofrimento. Realmente negação, raiva, barganha são os três que muitas pessoas estão passando. Esperamos que a depressão seja uma fase temporária quando estiver presente. Tenho notado que às vezes algumas pessoas que despertam ficam presas em uma fase, com raiva ou depressão. Então, fale sobre o que está sentindo, mova o seu corpo, grite/corra, escreva/cante, faça qualquer coisa para se expressar, liberar e espere a emoção se afastar. Finalmente, você chega à aceitação.

Desenvolva Seus Presentes Intuitivos, Aqueles Que Todos Nós Temos

Ao tocar na sua intuição e no reino espiritual, você receberá um nível de orientação, apoio, encorajamento e informações úteis para qualquer área da sua vida. É como ter sua própria equipe pessoal de treinadores/terapeutas/melhores amigos à sua disposição sempre que precisar. Eu pessoalmente amo os anjos, pois eles são puro amor, conectados diretamente à Fonte de amor mais alta que existe (Criador ou o termo que você escolher). Eles me protegem de qualquer energia negativa e inferior (por isto que estou escrevendo estas palavras agora para você). O reino espiritual já está falando com você de qualquer forma, é este sussurro impulsionando-o a fazer o bem. Quando você começa a aprimorar esta capacidade de ouvir, ouça e confie em sua equipe de suporte, sua vida fluirá pelos melhores caminhos. Eles querem muito se conectar conosco, precisamos apenas aprimorar nossa capacidade de ouvir, compreender e então simplesmente pedir ajuda! Você pode fazer isto simplesmente imaginando uma luz em seu coração, como uma bola incandescente, todos os dias, e expandindo a luz do topo da cabeça para a Terra, como um pilar de luz. Essa luz gera cicatrização e traz informações (recebemos conhecimento universal Divino para começar).

Escute e Confie na Sua Intuição

Isto é mais fácil dizer do que fazer. Acredite, passei muito tempo tentando obter respostas de outra pessoa. E às vezes isso realmente me ajudou. Mas depois de obter muitas leituras psíquicas e treinamento pessoal, percebi que estava procurando a confirmação do que eu já sabia. Só que não confiei na minha intuição. Agora eu confio e estou ouvindo seus conselhos e orientações. Muitas vezes este conselho é completamente oposto ao que os “especialistas” me dizem para fazer. No fundo, todos sabemos melhor o que é certo para nós do que qualquer outro.

É um momento estranho e maravilhoso para estar vivo. Sim, haverá alguns que escolherão um caminho de medo, e para eles a realidade pode parecer diferente do que realmente é agora. Mas para outros que escolherem um caminho de coragem, sua realidade será de liberdade. Livre de limitações, livre de padrões de confinamento, livre de pensamentos e emoções prejudiciais, livre para se expandir, curar, amar e compartilhar. É emocionante pensar como será o mundo que imaginamos viver. É realmente um tempo diferente de qualquer outro. Entre no fluxo e experimente a magia!

 .


Origem: Wake Up World  | The Energetic Shift in Consciousness – Finding the Courage to Evolve
Tradução e Divulgação: A Luz é Invencível ☼

Via: A Mudança Energética na Consciência – Encontrando Coragem Para Evoluir | A Luz é Invencível

 

AS TREVAS SÃO APENAS UM REFLEXO DAQUILO QUE NÃO SOMOS…

The Other Side_Design by Katt (edited)

Porque ainda há escuridão em nosso interior?

Por: Thiago Strapasson

 

A escuridão, o medo, não existem por si sós, pois são apenas a representação da ausência de algo. E a ausência não existe por si só, pois basta que haja luz que ela se dissipa.

Por isso a treva não é algo palpável, existente, não é algo que se lute contra, pois é apenas uma ausência, algo que não existe, um vácuo de luz.

Compreender nossas dificuldades interiores é falar sobre aquele ponto que ainda não compreendemos, não completamos e não iluminamos. É falar sobre a carência, sobre a ausência e sobre aquilo que não é e que, portanto, não pode ser destruído. Pois como se destrói algo que não existe?

Aquele que luta contra sua escuridão está apenas buscando maneiras de apaziguar sua própria dor. Mas não percebe que as trevas são apenas um reflexo daquilo que não somos e que está apagado em nossa existência.

Lutar contra a dor, a angústia, a ansiedade, o desamor, contra as trevas, significa apenas criar mais espaço ausente de luz. A treva precisa apenas ser iluminada e nada mais. Porque ela não existe por si só, e sim é apenas algo que negamos e deixamos de iluminar.

É por isso que os Mestres de Luz não falaram de trevas, mas sim de iluminação. Eles iluminaram aquilo que estava apagado. E somente iluminamos o caminho quando falamos de luz, pois falar de trevas é falar sobre aquilo que não existe e está ausente.

As trevas estão em nosso interior porque há pontos que não fomos capazes de iluminar, de banhar com nossa própria luz. São dons amortecidos que ficaram apagados em nosso interior e que nos conduzem à ira, à ganância, à soberba, à inveja e a tantos outros vícios que mostram apenas aquilo que precisa ser iluminado.

É por isso que não adianta lutar contra nossos sentimentos, contra aquilo que somos. Se sentimos cólera, raiva, ódio, não somos capazes de lutar contra isso, pois significa apenas que tocamos um ponto de ausência de luz. Algo nos conduziu a um medo, a uma dor, a uma ausência daquilo que somos. E assim nos tornamos esse algo que não representamos.

E é por isso também que não conseguimos modificar nossos comportamentos inferiores com facilidade, que sempre manifestamos os mesmos vícios ainda que haja um desejo sincero de modificação. É apenas algo que precisa ser iluminado, uma contradição.

Mas então como iluminamos as trevas? Pois se somos amorosos e não raivosos porque repetimos esse padrão de cólera, de mesquinharia, de ganância, etc? Simplesmente porque tocamos nossas trevas interiores e não nos silenciamos a permitir a compreensão de nossas dores.

É no silêncio, na compreensão de nossas dores, que buscamos a origem de nossas trevas. Não é lutando contra um sentimento, não é o negando. Mas sim o deixando aflorar, brilhar, que encontraremos a luz a iluminar nossas dores, a apagar nossas trevas. E assim nos faremos luz e a tudo a nosso redor.

 


Fonte: CORAÇÃO AVATAR

Via: CORAÇÃO AVATAR: Porque ainda há escuridão em nosso interior? – Thiago Strapasson

COMO LIDAR COM OS DESAFIOS MAIS COMUNS NA VIDA DE UM EMPATA…

empath-challenges

10 conselhos importantíssimos para empatas e sensitivos:

 

Por: Angel Chernoff
… 

“E aqueles que foram vistos dançando foram julgados insanos, por aqueles que não podiam ouvir a música”.
~ Friedrich Nietzsche

As pessoas sensíveis muitas vezes são percebidas como fracas ou defeituosas. Mas sentir as coisas intensamente não é um sintoma de fraqueza, é a característica de um ser humano verdadeiramente vivo e compassivo. Não é a pessoa sensível que é defeituosa, é a compreensão da sociedade que se tornou disfuncional e emocionalmente incapacitada. Não há vergonha em expressar seus sentimentos autênticos.

É como se você nascesse sem uma camada protetora de pele que outros parecem ter. Você tenta esconder isso. Mas os comentários ainda atravessam sua armadura: “Você pensa demais. É sensível demais, tome jeito!” Então você se pergunta o que há de errado contigo. Muitas pessoas sensíveis se sentem incompreendidos e diferentes, e, geralmente, não sabem o porquê. Eles simplesmente não percebem que eles têm uma característica simples que explica sua confusa variedade de sintomas e peculiaridades.

Mas quando não percebemos como lidar com nossa sensibilidade, acabamos nos forçando demais para acompanhar os outros. Tentamos lidar com as coisas que os demais lidam com facilidade e isso leva a problemas.

Aqui estão 10 ações que você, sensitivo ou empata, pode praticar, para parar de lutar e começar a prosperar:

1. Pare de procurar algo ou alguém para consertá-lo!

A sensibilidade é um traço de temperamento, não uma desordem médica. Então, não há nada de errado com você. Certamente, as pessoas altamente sensíveis são mais propensas a ter alergias ou sensibilidades a alimentos, produtos químicos, medicamentos e assim por diante. E também são mais propensas aos estímulos e assim, são mais rápidos para sentir estresse – o que pode levar a outros problemas de saúde.

Mas a sensibilidade em si não é algo que precisa ser consertado. Se sua mente está cansada de procurar outra solução para acabar com suas “falhas”, saiba que as respostas para viver em harmonia com sua natureza sensível estão dentro de você.

2. Diga a si mesmo, quantas vezes for necessário, que você não é uma fraude.

A síndrome do Impostor não é exclusiva de pessoas sensíveis. Muitas pessoas são vítimas deste medo e  não consideram que passam uma vida inteira se sentindo diferentes dos outros e tentando se encaixar?

Se você está constantemente pensando sobre quem você deveria ser, mas não é, e o que você deveria fazer, mas não pode, entenda que, avaliar suas realizações e pontos fortes permite que você se mostre como você realmente é, mais confortavelmente – mesmo quando você é o estranho.

3. Procure por semelhantes (e saiba que você NÃO ESTÁ sozinho).

Você provavelmente se sente diferente e sozinho. Mas a verdade é que você não está. Muitos sentem uma confusão no isolamento, antes de descobrir que hordas de pessoas passam pelo mesmo. A chave é: sempre que possível, saia com pessoas sensíveis que já estão prosperando, ou pelo menos estão abertas a essas possibilidades. Se você está se sentindo incompatível ou incompreendido, encontre um mentor ou uma comunidade que o acolha e tenha essa conexão.

4. Procure a positividade escondida em cada situação e aproveite-a.

O cérebro é um filtro poderoso que molda experiências e percepções da realidade. Se você acha que o mundo é um lugar perigoso, seu cérebro está preparado para procurar evidências de perigo. Se você acredita que é um lugar amoroso, você passa a enxergar o amor no seu dia a dia. Sobre o que você foca, você obtém mais.

As pessoas sensíveis e de sucesso decidem ver o mundo cheio de oportunidades para se ter gratidão e aproveitam as ondas de positividade. Se você está se sentindo à mercê de suas emoções e circunstâncias, entenda isso, seus pensamentos (e as cargas emocionais que o desencadeiam) estão sempre sob seu controle.

5. Encontre outros pontos de vista.

Seus dons de sensibilidade incluem reflexão profunda e um instinto para ver todos os ângulos e consequências. Mas, sendo tão profundamente sintonizado com os detalhes, você é facilmente sobrecarregado e exausto por estímulos inflexíveis. E quando você não entende por que você se sente e se comporta das maneiras que você faz, é fácil ver isso como falhas.

Na verdade, essas “fraquezas” são, simplesmente, suas necessidades não atendidas e dons únicos para se nutrir. Ao reformular seu passado e nutrir o seu presente, você se prepara para o sucesso em seu futuro. Procure descobrir o ouautotro lado da moeda … onde você encontrará alguns dos seus maiores pontos fortes: intuição, visão, consciência – e a lista continua.

6. Trate-se com compaixão.

Como uma pessoa altamente sensível, você é compassivo. Tanto que coloca o conforto e as necessidades dos outros antes das suas. Além disso, você ainda é seu maior crítico. Você se crítica de maneiras que nunca sonhou em julgar os outros. Controlar este senso crítico é essencial para a autocompaixão.

Assuma o controle ouvindo seus pensamentos sem julgamento (afinal, podem haver pérolas de sabedoria) e, em seguida, torne em pensamentos que desencadeiam emoções mais gentis e mais amorosas para si. A partir desse ponto, você é mais capaz de escolher ações para cuidar de si mesmo e de outros.

7. Crie fronteiras saudáveis, não paredes emocionais rígidas.

Vivemos em uma cultura que valoriza “tomar um analgésico e continuar” muito mais do que valoriza a sensibilidade. Crescemos ouvindo: “sem dor, sem ganho; sobrevivência do mais forte; a vida não é justa – acostume-se a isso“. Nós admiramos aqueles que mostram o poder para prevalecer sobre suas terríveis dificuldades. Como uma pessoa sensível, sua reação pode ser se tornar frio ou se tornar rígido. Você constrói paredes para se proteger, paredes emocionais, como a supressão de sentimentos. Se você lutar para colocar suas próprias necessidades primeiro (algo que não vem naturalmente para um alguém sensível), faça uma escolha consciente para praticar a habilidade de dizer “não” com gentileza, ou se afastar um pouco para “recarregar”, além de decidir se sentir bem com isso.

8. Sintonize seu corpo (para não ser afetado por extremos emocionais).

Muitos aprendem a ignorar as mensagens que seus corpos estão enviando. Desligam-se para evitar a sobrecarga ou se sintonizam com as necessidades dos outros, em vez das próprias, para atender o que se espera deles. Se você tem o hábito de se esconder dos sentimentos ou passar dos limites de aborrecimento, aprenda a reconhecer os sutis sinais de super estímulos do seu corpo. Você vai gastar menos tempo fora de equilíbrio e mais tempo lidando sutilmente com qualquer desavença que vier.

9. Crie hábitos saudáveis.

Eventualmente, você ficará sobrecarregado com o cotidiano. É uma armadilha fácil de se cair porque você está simplesmente vivendo do jeito que você vê a maioria das pessoas fazendo. Se você luta com questões de energia ou bem-estar, priorize os hábitos que nutrem essas áreas de sua vida (como mais tempo de sono e tempo sozinho) e limite aqueles que o estimulam excessivamente ou o drenam (como atividades de muita pressão – mesmo que sejam consideradas saudáveis).

10. Pare de sufocar sua sensibilidade.

Depois de uma vida sendo bombardeada por estímulos, torna-se uma segunda natureza afastar a sensibilidade da consciência. Suprimindo as emoções para evitar sensações. Este mecanismo autoprotetor pode enganar sua mente consciente, mas não engana seu corpo. Isso chega a sua saúde, seus relacionamentos, sua carreira, todos os aspectos da sua vida… ou, constrói a tensão dentro até que algo desabe.

Quando você libera a energia usada para se conter, você liberta os dons de sensibilidade para você, como empatia, criatividade e alegria. E você permite que seu verdadeiro potencial aflore.

.


Fonte: Mystical Raven | 10 Life-Changing Pieces Of Advice For Empaths And Highly Sensitive People
Tradução e divulgação: O Segredo

Via: O Segredo | 10 conselhos importantíssimos para empatas e sensitivos:

AO REJEITAR ALGO, VOCÊ DESPREZA O ASPECTO MAIS SAGRADO DO UNIVERSO…

rejeitando o amor

SENTADOS NO BANCO DE JARDIM DA EVOLUÇÃO

Uma mensagem dos Pleiadianos

Canalizada por Gillian MacBeth-Louthan

 

Bem-vindos! Nós somos os Pleiadianos. A cada dia, à medida que vocês acolhem e entendem mais a sua energia, nós também nos alinhamos com partes de nós mesmos que ainda não tínhamos acolhido. Pois estamos a apenas poucos degraus acima na escada de luz, que está além do que podem ver no reflexo do espelho de seus banheiros. Nós também estamos nos esforçando para progredir. Assim como vocês, nós nos esforçamos para abraçar todos os aspectos de nós mesmos, os quais nós ainda não evoluímos a ponto de entender totalmente.

Estamos sentados ao lado de vocês no banco da evolução – cada um falando uma língua diferente, cada um representando uma oitava diferente de luz – mas sabendo, interiormente, que estamos caminhando como um só ser. É esta unidade que desejamos apresentar a vocês. É esta unidade, que muitas vezes vocês desprezam e afastam. Ela é a face de Deus, que vocês pensam que é muito feia, muito grande, muito velha, muito pequena, muito gorda, muito magra, muito alguma coisa ou pouco outra.

Entendam isto, queridos – as partes de vocês que VOCÊS NEGAM, REJEITAM, censuram, desvalorizam e subestimam – são 100% Deus. Todas as partes de seus seres que os compõem neste momento são partes de um criador que vocês rejeitam. Falamos de Deus como uma unidade de vida todo-abrangente, uma unidade de luz todo-abrangente, e uma unidade de amor todo-abrangente.

Você não pode acolher um aspecto da sua Deidade e desprezar os outros 143. Você não pode fugir do seu núcleo interior quando vira as costas, sua linda cabeça e seu coração justamente para a Divindade que precisa ser abraçada. Você nega a sua Divindade quando nega a sua beleza, quando nega seus talentos, quando nega suas capacidades. Você nega o Criador quando rejeita a si mesmo. Você nega o Criador quando rejeita a oportunidade de um milagre em sua vida, a oportunidade de um amor verdadeiro que bate à sua porta. Você nega ao Criador a oportunidade de ajudar outra pessoa através de você. Você não nega sua Divindade apenas 3 vezes ao cantar do galo, mas nega-a centenas de vezes por dia, recusando cumprimentos, recusando amizades, recusando as dádivas dos outros.

Observe quantas coisas você afasta de si todos os dias, e repare quantas vezes você afasta o que é bom. Sempre que rejeita algo, você despreza e afasta o aspecto mais Sagrado do Universo. Diariamente você decreta e declara verbalmente que é um com o criador, pedindo mais sabedoria e verdades espirituais. Você busca esses entendimentos e, no entanto, minuto após minuto, respiração após respiração, você nega o universo, a Fonte que vive dentro de você e em cada uma das suas experiências.

Todas as coisas que chegam a você são presentes do Criador que você escolhe não desembrulhar nem reconhecer. A bondade é fácil de se ver e se encontrar nas longas horas do seu dia, mas o que dizer de todas as suas experiências que não são tão fáceis, nem tão bonitas, nem tão divertidas? Todas as partes do universo estão entrando no seu mundo porque você as convocou, você fez o chamado e você emitiu um decreto – “Venham para a minha vida! Ensinem-me. Mostrem-me. E que o aprendizado venha através do prazer, da dor, da bondade, da maldade, das trevas ou da luz. Não importa.” Você invocou tudo o que lhe acontece neste dia, no dia de ontem e no de amanhã, desde o segundo do seu nascimento até o segundo da sua morte. Você chamou tudo isso à existência. Chamou os mocinhos, os bandidos, chamou sua carência e sua prosperidade. Chamou tudo através dos seus pensamentos, das suas palavras e da sua energia.

Repetimos várias e várias vezes: seu mundo é um gigantesco esboço cósmico. Cada um de vocês está desenhando o projeto da sua própria existência. Ele se desenvolve a partir dos seus gostos, seus desgostos, suas raivas, seus amores, seus ódios, seus desejos, suas necessidades. Não rejeitem nada que venha a vocês. Está tudo na proporção Divina.

Olhem para o seu mundo para encontrar a divindade que procuram. Seu mundo reflete a divindade que vocês procuram. Querem anjos? Eles virão. Querem coelhinho da Páscoa? Ele virá também. O que quer que peçam lhes será dado – vocês são os filhos prediletos do Criador. Vocês são o povo escolhido, no entanto não o percebem.

A aceleração está sobre vocês, para vocês, ao lado de vocês, em vocês, atrás e acima de vocês. Nós todos somos membros de uma família, no reino celeste, mas vocês são os caçulas e os favoritos do Pai. Tudo lhes foi dado, mas como uma criança mimada, vocês não apreciam os presentes. Vocês mesmos, que são os filhos prediletos, é que precisam lembrar e escolher. Por que pensam que vivem num planeta de livre arbítrio, de livre escolha? Tudo gira em torno de escolha, escolher, escolhido – O que escolherão? Como escolherão? Quem escolherão? Energeticamente vocês esperam que os outros escolham por vocês, que Deus escolha por vocês, quando a escolha tem sido de vocês mesmos, o tempo todo. Vocês escolhem, vocês criam, vocês manifestam, de dentro para fora!

Tornem-se os Eleitos, aqueles que escolhem a Luz superior. Parem de negar sua divindade. Cada minuto de seus dias, cada atitude com cada pessoa e cada situação são divinamente instruídos e orquestrados. Que músicas vocês estão tocando para os outros? Vocês dividem o pão com o Criador a cada minuto de cada dia, a cada respiração, a cada escolha, a cada situação – vocês estão sempre dividindo o pão com o Divino. Sentem-se à mesa da Luz e saboreiem o que lhes foi dado.

Vocês foram cortados do mais fino tecido do Criador. Vocês são o melhor do melhor que foi colocado sobre a Terra, um lugar onde vocês se esqueceram quem são. Vocês se esqueceram das suas capacidades. Esqueceram-se totalmente. E por agirem a partir do esquecimento, sentem-se esquecidos. Vocês nunca podem ser esquecidos por nenhum aspecto de Deus. Sempre que se encontram com outra pessoa, vocês estão encontrando com a divindade encarnada – e isto deve ser uma dádiva.

Neste momento, nós partimos. Somos o Conselho de Luz Pleiadiano. Nós nos sentamos ao lado de vocês neste banco de jardim do cosmos e compartilhamos nossa refeição de Luz.


Direitos autorais:

Gillian MacBeth-Louthan – PO box 217 – Dandridge, Tennessee 37725-0217 –www.thequantumawakening.com  –   thequantumawakening@hughes.net

Fonte: Sprit Library | Gillian MacBeth-Louthan | Sitting On The Park Bench Of Evolution
Tradução de Vera Corrêa veracorrea46@ig.com.br

Via: SENTADOS NO BANCO DE JARDIM DA EVOLUÇÃO – O Meu Melhor Modo de Ser


DESCONECTANDO DA MATRIX PARA SE CONECTAR EM CORPO, MENTE E ALMA…

energia cosmica

Onda de Luz Cósmica Vindo em Nossa Direção

post-12-07-1 (editado)

Por: Morag,
Autor convidado de In5D.com

 

Uma grande onda de frequências superiores está vindo em nossa direção, trazendo para o final de 2017 um crescimento nas vibrações cósmicas de amor. Desenterrando segredos e mentiras, expondo verdades difíceis em nossa vida e no cenário mundial. Reconectando-nos à natureza, aos outros e ao Cosmos. Nós resistimos aos mares tormentosos de transformação. Ondas de atualizações que ativam a liberação cármica através da limpeza dos chacras. Nosso trabalho consciente tem sido enfrentar as noites escuras da alma, buscando autenticidade através da autoconsciência e do autoconhecimento. Para aprendermos o autocuidado, para nos reconectarmos com nosso corpo e nossa alma. Em escala global, testemunhamos o início da divulgação completa da depravação e da ganância da cabala, do holograma da matrix e da nossa comunidade intergaláctica. 2017 tem sido bastante revelador!

Esta onda cósmica cheia de luz, abre portais para planos de existência das dimensões superiores, oferecendo mudanças da linha de tempo do medo para o amor. Os raios da Lua cheia de 3 de Dezembro estão gerando um impulso de energia de alta frequência, ajudando-nos a integrar as atualizações. Bolhas de memórias estão subindo para a superfície para serem liberadas. Evite reprimir estas memórias, elas são nós energéticos em nosso sistema, causando bloqueios e obstruindo nosso fluxo de chi. Para liberá-las permita elas fluírem, sente-se por algum tempo, sinta suas emoções e depois deixe-as seguirem. Deixe o Universo desfazer as energias pesadas. Ao fazê-lo, nos sentimos mais leves porque absorvemos mais luz. Nossa vibração aumenta à medida que estes nós mais densos de energia emocional pesada são liberados. Use cânticos, meditação, terapias de cura holística e natural para ajudar na liberação energética. Use a terapia de conversar com sua tribo de alma para liberar verbalmente, isto nos permite aproveitar melhor estas frequências de amor cósmico, elevando nossa vibração a uma taxa acelerada.

As linhas de tempo do planeta Terra estão disponíveis. Para redirecionarmos a nave mãe Terra elevamos a nossa e as frequências dela. Nós pulamos na prancha de surfe e flutuamos nas ondas de luz solar. Integramos e incorporamos frequências superiores a nível celular, estabilizando nossas vibrações no comprimento das onda superiores. Isso permite nos desconectarmos dos algoritmos de controle da matrix. Reafirmando nosso livre arbítrio e soberania divina. Lembramos que estamos conectados a todas as coisas. Realinhamos nossas energias, expandindo conscientemente nossa mente. À medida que o solstício se aproxima, pratique aceitação, perdão e amor próprio. Dê asas aos seus sonhos secretos, deixe-os voar como reais que eles se manifestarão. Para mudar a direção, orientando Gaia em direção as ondas de paz e amor, nós incorporamos estes espaços energéticos. Nós nos tornamos paz. Nós somos calmos. Nós abraçamos o amor.

Estamos aprendendo a surfar nas ondas superiores. Nós iluminamos nosso sistema energético, incentivando o livre fluxo de chi em todo o nosso sistema mente/corpo/alma, para acessar os comprimentos de onda dimensionais superiores. Com o que isto parece ou sentimos? Estamos aprendendo a falar a linguagem da energia do multi verso. Nossos guias e EU superior se comunicam conosco o tempo todo. O holograma da matrix restringe a nossa capacidade de ouvir, ver, sentir a comunicação, a orientação, a proteção e o amor. Estamos condicionados a descartar os sentimentos do intestino, a intuição em favor do nosso ego. A voz persistente que conversa o dia inteiro em nossa cabeça acabou, manipulado e controlado pela matrix nosso ego é a sua maior arma contra nós. Programado pela mídia, educação e religião convencionais através de uma retórica distorcida, o ego é mantido em um estado de pânico constante. Isso induz ao modo de luta ou voo em nosso corpo e nos impede de relaxar, de nos sentirmos realmente calmos e à vontade. O ego é como uma criança, nosso filho interior, exige amor e limites sob a forma de nossa reafirmação, para se acalmar e se sentir seguro. Podemos fazer isso através da meditação e da cura holística, bem como reprogramando nosso ego com mantras diários de amor, segurança e positividade.

Os véus vão diminuir durante este tempo cósmico. As sincronicidades, a premonição, o deslizamento dimensional, as anomalias de tempo e as sequências numéricas aumentarão. Nossa tribo de alma multidimensional e o Universo se comunicam com a natureza, os animais e os pássaros. Energeticamente eles nos falam o tempo todo. Aprendemos a diminuir o volume do nosso ego e elevar o nosso coração, nosso núcleo, nosso terceiro olho e nosso campo de energia, acessando todas as informações que recebemos. Aprender sobre o significados das sequências numéricas, de totens de animais, bem como aprender sobre as marés da Lua e os eventos cósmicos, nos ajuda a interpretar estes sinais, símbolos, intuições e mensagens. Tudo é entregue na frequência do amor.

Estas últimas semanas de 2017 oferecem integração, incorporação e consolidação das atualizações que aconteceram ao longo do ano. O eclipse solar americano marcou um portal, uma grande mudança na aceleração da evolução da humanidade. Nossos aliados intergalácticos intensificaram a batalha pela nossa liberdade e soberania no final de outubro, disparando ondas de luz de alta frequência em torno de Gaia. Este é um processo contínuo, mas acumulou velocidade e impulso em 2017. O grande portal da mudança, um portal para as dimensões superiores foi aberto para nós, tudo o que temos a fazer é passar pelos portões da percepção e abraçar a consciência unificada. Ufa! Alguns acabaram de acordar, outros começaram sua transição revendo a necessidade de tantos móveis em suas vidas e se reorganizaram para criar mais espaço, em um modo de vida mais simples. Muitos estão ativamente envolvidos neste processo evolutivo aprendendo a navegar nas ondas cósmicas, integrando atualizações e se realinhando como seres energéticos.

Devemos estar extremamente conscientes da intuição e da premonição do terceiro olho durante este tempo. Nosso estado de sonho, o espaço de meditação e a comunicação com o Universo se tornam mais vívidos, informativos e poderosos, já que estamos imersos nas frequências superiores. O deslizamento dimensional e as anomalias de tempo nos ajudam a entender uma existência não linear, dependemos menos do estresse da rotina, pressão e matrix para organizar nossa vida. Em vez disso, vamos interpretar o nosso campo de energia, nosso ambiente e as pessoas que nos rodeiam para nos informar quais tarefas devem ser concluídas e quando. Isto é quântico, estamos nos desconectando da matrix e aprendendo como é um ser corpo/mente/alma conectado.

Os sintomas físicos vão persistir, um compromisso com o autocuidado ajuda a aliviar os sintomas físicos da recalibração. Náuseas, estalos e zumbidos na orelha, cansaço extremo, atordoamento, membros trẽmulos, vertigem, tosse, sintomas de gripe, alergias, dores de cabeça, visão embaçada, distúrbios de sono, apetite flutuante, ataques de alta energia, sensações de calor ou formigamento nos principais chacras pode ser experimentado à medida que nossos sistemas energéticos são ativados. Ficar desligado, adotar o modo de voo durante as atualizações pode nos beneficiar à medida que liberamos energia para integrar e incorporar as frequências superiores. Isto inclui cochilar para compensar as noites mal dormidas, reduzir a carga de trabalho e os compromissos sociais, especialmente se você os percebe como drenagem de energia. Conservação de energia é o nome do jogo para aproveitar completamente as ondas cósmicas.

O solstício de verão é um momento de reflexão e manifestação. Comece o processo agora. Avalie com o que ou quem trabalha na sua vida, e o que ou quem tem um efeito negativo sobre você. Veja onde o amor, a alegria, a paz e a felicidade estão presentes! Descanse, fique hidratado, seja gentil com você e com os outros. Vai ficar muito doido amigos, permaneça equilibrado e centrado à medida que nossa mente se expande e nosso coração se abre para as vibrações amorosas. Estamos todos experimentando isto. A vibração de todos será empurrada nas próximas semanas, acionando a purga cármica global. As pessoas ficarão emotivas, cansadas, irritáveis e confusas. Deem espaço um ao outro. Fique perto de pessoas boas e evite os vampiros energéticos. Nós estaremos correndo no vazio enquanto nos recalibramos, lembre-se disso e procure descansar. Medite e respire. Abrace as frequências superiores da paz. Permaneça navegando nas frequências cósmicas do  amor .

 


Fonte: In5d | Cosmic Light Wave Coming Our Way
Tradução e Divulgação: A Luz é Invencível ☼

Via: Onda de Luz Cósmica Vindo em Nossa Direção | A Luz é Invencível

CRIANDO A LIBERDADE EMOCIONAL PARA COCRIAR UMA NOVA REALIDADE…

uma nova realidade

PREVISÃO DA ENERGIA PARA DEZEMBRO DE 2017

Por: Emmanuel Dagher
em 4 de Dezembro de 2017

.

INDEPENDÊNCIA EMOCIONAL

É uma bênção que eu me conecte dessa maneira com você novamente. Dezembro é um grande mês de transição e temos muito a abordar, então, vamos direto a isto!!

Os primeiros dias de Dezembro nos oferecem um espaço tranquilo e contemplativo que nos dará a oportunidade de refletir sobre o ano passado, a nossa realidade atual e os próximos passos a dar para nos prepararmos para tudo o que estará acontecendo no novo ano.

AJUSTANDO A NOSSA REALIDADE

À medida que avançamos nas primeiras semanas de Dezembro, este é o momento perfeito para ajustarmos as nossas intenções e escolhas, para garantir que elas estejam alinhadas com o que realmente desejamos criar mais em nossas vidas.

Todas as nossas experiências, sejam elas fáceis ou desafiadoras, proporcionam informações poderosas que nos permitem estar completamente seguros sobre o que fazemos ou não queremos criar mais.

Quando vemos cada experiência como uma oportunidade para ajustar a nossa realidade – informações que nos permitem saber se algo é ou não agradável e expansivo para nós, então os desafios já não se tornam algo que nos retém. Eles então se tornam algo que nos ajuda a avançar.

Torna-se, também, muito mais fácil operar como o observador empoderado, em vez do reator sem poder.

Quando nos tornamos o observador empoderado, é muito mais fácil libertarmo-nos das histórias, dos apegos e da resistência com que a mente se identifica para manter-se segura e confortável – para evitar que tenha que mudar qualquer coisa.

À medida que vemos todas as nossas experiências como informações puras, os padrões antigos de sermos duros com nós mesmos, com os outros e o Universo começam a se dissolver, porque já não operamos a partir de um espaço reativo, mas de um espaço neutro e empoderado.

Saber que cada momento nos dá a chance de nos ajustarmos a nossa realidade, permite uma abertura sagrada para entrar em nossas vidas, que cria mais fluxo, alegria e facilidade.

Dezembro nos oferece a oportunidade de resolver e liberar qualquer carga extra que estivemos carregando, que pode ter nos atrasado ou nos impedido de receber as bênçãos e beleza que a vida sempre nos disponibiliza.

Esta bagagem extra pode incluir relacionamentos, pensamentos, padrões, empregos, ambientes e outras coisas pouco saudáveis, e qualquer outra coisa que não esteja alinhada com sua visão mais elevada, e você com a deles.

MERCÚRIO RETRÓGRADO: UM PERÍODO PARA CRIAR A LIBERDADE EMOCIONAL

Mercúrio estará retrógrado de 3 de Dezembro a 22 de Dezembro. Ainda que Mercúrio retrógrado possa ser um período desafiador em alguns sentidos, sob o ruído superficial, é realmente um ótimo momento para deixar ir a carga extra que estivemos carregando e a luta associada a ela.

Isto é porque estes 19 dias nos oferecem uma grande oportunidade para liberar a dependência – a necessidade que outros sejam ou ajam de determinada maneira, antes que possamos ser felizes.

É vital que assumamos a responsabilidade pela nossa própria felicidade, e não mais dependamos dos outros dizendo ou fazendo o que preferimos, de modo que possamos nos sentir seguros ou satisfeitos em um nível do ego. Porque quando nos tornamos dependentes em nossos relacionamentos, é fácil perder o próprio senso.

Assumir plena responsabilidade pela nossa própria felicidade significa que não mais a estamos buscando em outras pessoas ou em circunstâncias externas. Este é o caminho para a verdadeira liberdade!

É claro, as defesas da mente sempre gostam de nos dizer o contrário.

Muitas vezes, surgirão desculpas como: “Mas eu tenho que ficar neste emprego que eu não gosto, porque não tenho tempo para procurar outro, e o salário é bom.”

“Oh, eu amo o meu parceiro e quero ficar com ele. Não é a minha culpa que eu fique infeliz quando ele não age da maneira que é preciso.”

Nada disto é incomum. Vemos situações como estas nos outros e vemos em nós mesmos. No entanto, estas crenças são uma maneira fácil de não assumir a responsabilidade pela nossa própria felicidade.

A mente nos dirá, também, às vezes, que se formos emocionalmente independentes, acabaremos sozinhos.

Isto nos leva a passar o nosso tempo tentando agradar aos outros, ou procurando maneiras para que eles nos agradem. Este impulso para moldar os eventos externos até que nos sintamos seguros se torna, então, a nossa maior motivação na vida.

E isto apenas resulta em decepção e tristeza, e o sentimento constante e instável de que somente as coisas fora de nós mesmos podem nos tornar felizes.

Estas ideias podem ser difíceis de enfrentar. Mas é importante que sejamos sinceros com nós mesmos e enfrentemos os nossos velhos padrões, para que possamos curá-los completamente!

Não precisa ser difícil criar independência emocional. Precisamos simplesmente aprender a nos interiorizar para encontrar a nossa força emocional, em vez de procurá-la fora de nós mesmos.

Para começarmos a construir uma independência emocional saudável, podemos começar agora a:

1 – Liberarmos a pressão que colocamos em nós mesmos para sermos perfeitos.

2 – Tornar uma prioridade o nosso bem-estar, dando-nos consistentemente atenção, amor próprio e autoaceitação.

3 – Liberar a necessidade de sempre estar certo e ter que provar a nós mesmos.

4 – Mudar as nossas rotinas diárias para manter a nossa energia revigorada e vivaz.

5 – Encontrar formas de incluir a expressão criativa, e a diversão todos os dias.

6 – Compartilhar amor e compaixão com os outros, sem entrar em suas crenças ou expressões de medo e carência.

7 – Estabelecer objetivos que sabemos que podemos alcançar, e tomar medidas para criá-las com alegria.

8 – Decida parecer e sentir da melhor maneira possível a partir de agora – de maneiras que sejam adequadas para o nosso bem-estar individual – alimentando os nossos corpos com alimentos super saudáveis, exercitando e movimentando o corpo diariamente e cuidando da aparência de maneiras que reflitam exteriormente a beleza que levamos interiormente.

9 – Agradeça ao Universo todos os dias, por tudo o que temos e por tudo o que somos.

Ainda que incorporemos somente uma ou duas destas sugestões em nossa rotina diária, elas podem nos ajudar a mudar o nosso foco e as nossas energias, apoiando-nos na criação de uma sensação positiva de independência emocional saudável própria.

Embora as energias de Mercúrio Retrógrado possam resultar em um pouco de turbulência – desafios no local de trabalho, quebra de aparelhos mecânicos, viagens difíceis, falta de comunicação com os outros – elas também podem fazer vir à tona antigos problemas que nos incomodaram por algum tempo, ou colocar as coisas em uma perspectiva totalmente nova.

Por exemplo: Podemos ouvir um velho amigo ou parceiro que pensávamos que não mais queria manter contato conosco.

Ou poderíamos de repente encontrar algum objeto que pensávamos que tínhamos perdido para sempre, ou retornarmos a um velho projeto ou ideia que agora, finalmente, funciona para nós.

Podemos encontrar uma solução para um problema que oprimiu as nossas energias por algum tempo – ou, finalmente, vermos a verdade de uma situação ou relacionamento que não fomos capazes de ver claramente até agora.

Porque Mercúrio Retrógrado nos oferece tal transparência na forma como pensamos, falamos e vemos tudo, pode ser útil colocarmos uma nova luz nos velhos ou atuais problemas, ideias ou relacionamentos.

Fique atento ao que surgir para você durante este período. Pode surpreendê-lo!

GRANDES MUDANÇAS CHEGANDO: SATURNO ENTRA EM ESCORPIÃO

Durante a terceira semana de Dezembro, Saturno entra em Escorpião, após um trânsito de três anos através de Sagitário. Esta é uma GRANDE notícia!

Com Saturno em Capricórnio, nós nos tornamos mais focados em sermos o criador de nossas vidas, ao invés de entrarmos na ilusão de que somos apenas espectadores.

Saturno em Capricórnio se tratará de nós criarmos a nossa própria magia, em vez de confiarmos que ela vem de algo fora de nós mesmos.

As qualidades mais importantes para focar enquanto Saturno está em Capricórnio são: autodisciplina, foco, organização e otimismo.

Ao integrarmos essas quatro qualidades de forma consistente em nossas vidas, experimentaremos grandes ganhos e conquistas nos próximos anos.

Isso pode acontecer especialmente nas áreas da carreira, nos relacionamentos, na felicidade e prosperidade

SOLSTÍCIO DE INVERNO E SOLSTÍCIO DE VERÃO

Belas energias estarão chegando para nós de nosso sol no Solstício de Inverno, no dia 21 de Dezembro (Solstício de Verão para aqueles que estão no Hemisfério Sul). Estas são energias de renovação e cocriação.

Por milênios, esta época do ano foi maravilhosamente celebrada. As culturas antigas sabiam o que quase nos esquecemos no mundo moderno: que as energias do sol que fluem poderosamente durante um solstício podem aumentar os efeitos de nosso foco e intenções.

Elas podem nos apoiar maravilhosamente na manifestação de coisas que servem ao nosso bem superior, e ao bem maior de todos a nossa volta.

As energias para a renovação e a manifestação serão mais fortes durante o solstício, então tenha suas intenções prontas! Escreva-as como afirmações, crie cartões ou passe algum tempo visualizando o que deseja criar.

Use as energias ativas do sol para apoiá-lo neste momento, enquanto a sua mente, espírito e energias globais, especialmente, ganham vida, querendo criar e expressar de maneiras bonitas.

Encontre uma maneira alegre de expressar seu amor pela sua vida e suas próprias visões.

Após o Solstício, os dias começam a ficar mais longos, pois isso também é uma celebração da luz que retorna ao Hemisfério Norte, bem como uma celebração do poder da luz do Sol.

Agora é o momento de estar seguro sobre o que você quer criar. Permita que a alegria desta temporada de cocriatividade flua como uma corrente que o transporta sem problemas para suas novas criações.

Dezembro é um mês emocionante que nos levará ao Ano Novo com um sentimento de alegria por todo o Amor, criatividade e realização que já estamos criando para 2018!

Até a próxima vez,

Milagrosamente, seu,

Emmanuel

 


Por favor, respeite os créditos ao compartilhar
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – http://www.decoracaoacoracao.blog.br
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – https://lecocq.wordpress.com
https://emmanueldagher.com

Fonte: EMMANUEL DAGHER | EMOTIONAL INDEPENDENCE – DECEMBER 2017
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

Via: PREVISÃO DA ENERGIA PARA DEZEMBRO DE 2017 – De Coração a Coração

O EQUILÍBRIO ALCANÇADO ATRAVÉS DO CONFLITO NO PROCESSO DE ASCENSÃO…

Universum

SINTOMAS DE ASCENSÃO PARADOXAIS: ESTOU FICANDO LOUCO?

sintomas-da-ascensao

Por: Conscious Reminder

 

À medida que avançamos cada vez mais no processo de Ascensão que está agora se desdobrando em todos os lugares, muitos de nós estamos frequentemente experimentando sintomas de Ascensão cada vez mais intensos. Algumas pessoas que conheço estão tendo sérios sintomas físicos, sintomas exacerbados que já tiveram cronicamente no passado, que pensaram que já haviam curado.

Outros estão experimentando muitas situações carregadas emocionalmente – em uma forma aumentada e também com a sensação de que estão em uma experiência repetida de algo que eles viveram no passado. O medo, a raiva, o vazio e o desespero entram e saem, causando uma perturbação intrigante em suas vidas.

LIBERANDO A “BAGAGEM” 3D

Pode ser confuso e até assustador ter essas experiências se não entendemos o que está acontecendo. Mas pode ter sentido se compreendemos que agora estamos nos movendo em tempos em que toda a nossa “bagagem” 3D precisa ser revelada para que possa ser reconhecida e liberada, porque não pode entrar conosco na Quinta Dimensão.

Muitos de nós experimentamos sintomas físicos e emocionais, há algum tempo, que sabemos que são os resultados do rápido processo de Despertar que ocorre em nós durante esses tempos. Alguns de nós experimentamos uma enorme perda em nossas vidas – em nossos relacionamentos, nosso trabalho, nossos interesses e paixões, e em nossa identidade.

Podemos cometer o erro de pensar que todos os aspectos mais difíceis estão agora acabados e que nós saímos do outro lado. Em alguns casos, isso pode ser verdade. Mas para muitos de nós, estamos percebendo que nós já passamos por muito até agora e aprendemos a navegar em um novo território com confiança e gratidão – mas ainda há mais para avançar.

Problemas mais profundos agora são decorrentes do nosso inconsciente – questões que não só desenvolvemos nesta vida, mas também nas anteriores. E essas questões estão agora se desenrolando em nossas vidas, física e emocionalmente, trazendo-nos às vezes para novos níveis de perda e incerteza.

Para aqueles que experimentam isso, é realmente um momento de deserto e perseverança. Precisamos continuar, continuar, continuar. E confie que, em algum momento, a “Limpeza da Ascensão” terá se completado.

PARADOXAIS SINTOMAS DE ASCENSÃO

Mas o que é realmente interessante é que a maioria de nós experimentando essa intensa limpeza e liberação também está tendo algumas das mais profundas experiências de despertar nas vidas.
Essas experiências estão cheias de alegria profunda e uma paz que nunca conheceram antes. Elas muitas vezes oferecem uma abertura para um novo capítulo de sua vida em que uma liberdade muito maior já pode ser sentida.

O que pode ser muito confuso – e às vezes divertido – é que esses dois tipos de experiências paradoxais podem realmente acontecer ao mesmo tempo.

Alguém pode estar com dor excruciante, física ou emocional; e ao lado disso há uma alegria sobre uma nova abertura espiritual. Pode ser positivamente louco!

A ASCENSÃO É TANTO A MORTE QUANTO O NASCIMENTO

Tudo pode fazer sentido se percebermos que a Ascensão é sobre mudar para a Consciência Superior, sim – mas também é sobre ter que deixar de lado a velha consciência que vivemos em todas as nossas vidas durante muitos éons na Terceira Dimensão.

Por esse motivo, todo o processo pode facilmente produzir experiências paradoxais.

Não é mais uma questão de Despertar lentamente a nossa natureza espiritual e, gradualmente, deixar de lado velhos padrões e crenças sobre quem pensamos que somos.

O processo de Despertar que ocorre em cada um de nós – especialmente aqueles de nós nas “linhas de frente”, por assim dizer, da transição da Ascensão – é um impulso inusitadamente rápido, e por isso os sintomas de ascensão – de “nascer” – e os sintomas – de “morrer” – podem estar acontecendo ao mesmo tempo.

A chave, é claro, não é colocar muito foco sobre o que estamos deixando ir e os aspectos de nós mesmos que estão morrendo.

Se nos relacionarmos com essas experiências negativas que estamos por liberar, se resistirmos a elas, nos julgarmos por senti-las, ou tentemos analisá-las demais, isso irá interromper o processo de liberação.

Precisamos estar cientes delas, reconhecê-las e aceitá-las no nosso espaço no momento; mas é importante ficar neutro sobre elas e não lhes dar energia.

FIQUE FOCADO NO NOVO DESPERTAR

É muito mais eficaz prestar atenção às experiências que estamos tendo de maior Despertar, liberdade e alegria.

É importante lembrar que aquilo em que prestamos atenção e continuamos focando é o que continuaremos a criar nas nossas vidas.

Portanto, permanecer focado na nova alegria e liberdade que entra em nossas vidas é o que não só irá trazer mais do mesmo – também ajudará o antigo a evaporar e sair de nossas vidas.

Os sintomas de ascensão “moribundos” certamente não são muito divertidos para experimentar. Mas se pudermos confiar em que eles serão temporários, que são simplesmente para liberação, pode ser muito mais fácil.

E quando percebemos o que está indo e o que está desdobrando na nossa frente – há algo mais emocionante que poderia estar acontecendo?

 .


Por favor, respeite os créditos ao compartilhar
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – http://www.decoracaoacoracao.blog.br
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – https://lecocq.wordpress.com 

Fonte: Conscious Reminder | Paradoxical Ascension Symptoms: Am I Going Crazy?
Tradução Vilma Capuano – vilmacapuano@yahoo.com.br

Via: ♥ De Coração a Coração ♥: SINTOMAS DE ASCENSÃO PARADOXAIS: ESTOU FICANDO LOUCO?

OS QUE PARTIRAM, MUITAS VEZES, ESTÃO À DISTÂNCIA DE UM PENSAMENTO…

aurora

A ilusão da morte

Por: Owen K. Waters

A perda de um ente querido é um dos traumas mais tristes e dolorosos que sofremos neste plano físico da existência.

Do ponto de vista da pessoa que partiu, a sua transição não é triste, sob qualquer condição. Eles entram em um reino de consciência mais elevado e mais sutil que, comparado ao reino físico, é cheio de amor dos amigos queridos e uma luz viva que é visível em todos os lugares que eles olham.

Eles se sentem impulsionados pela felicidade em um mundo onde as suas enfermidades físicas foram deixadas para trás. Todos no mundo espiritual parecem e se sentem jovens. Se eles eram mais velhos quando partiram do reino físico, ficam encantados ao perceberem que eles aparentam 30 anos novamente. Logo, eles estão prontos para começar uma fase de vida inteiramente nova e buscam novos caminhos de crescimento pessoal.

Eles começam a frequentar um centro de orientação onde eles se adaptam ao seu ambiente novo e mais leve. Depois disto, o seu guia os leva a uma grande reunião com os seus amigos mais próximos – os aspectos da alma de seus grupos de alma mais próximos e imediatos.

As pessoas pertencem a um grupo de alma imediato de geralmente cerca de nove almas. Seu grupo terá uma ligação forte com dois ou mais outros grupos de almas. Eles irão também compartilhar conexões com a sua família maior de alma, o que normalmente abrange mil ou mais almas.

Do ponto de vista daqueles que fizeram a transição, sua vida se tornou cheia de amor, de luz e de risos, ao se reencontrar com os aspectos da alma de seus amigos mais próximos.

Ninguém de seu grupo de alma estará faltando a esta reunião; ainda que alguns deles possam estar atualmente encarnados no mundo físico, seus aspectos da alma também mantêm a sua própria consciência nos reinos sutis.

Enquanto isto, aqui no mundo físico, aqueles que são deixados para trás se sentem sozinhos e tristes diante da perda de seu ente amado. Se o espírito do ente querido vem visitar, suas tentativas de animar a pessoa física, muitas vezes, fracassam, pois a sua presença traz de volta lembranças dos tempos que passaram juntos e, sem sentir conscientemente o espírito visitante, eles se sentem ainda mais tristes e sozinhos.

A ironia é que, a cada noite, quando a pessoa física vai dormir, seu cérebro se acalma para uma noite de sono, mas o seu corpo espiritual parte para visitar o mesmo mundo de seus entes queridos que partiram. A única diferença funcional entre o sono e a morte física é que, com o sono, você habita o seu corpo físico pela manhã.

À noite, você pode passar todo o tempo que queira na companhia dos seus entes queridos. Pela manhã, entretanto, quando você habita o seu corpo físico, seu cérebro acorda e há um véu ou barreira que existe entre a maior parte das lembranças da noite e seu estado de vigília.

É como se você vivesse em uma casa com um andar superior e o andar de baixo. Você passa o dia na seção de baixo da casa e, à noite, você vai lá para cima. Mas, há algo de estranho com a escada. Ela contém um véu de esquecimento que rouba as suas lembranças quando você volta para baixo. É tudo uma parte do pacote da vida na separação que estamos explorando neste mundo físico.

Ajuda a nos consolar o pensamento de que os nossos entes queridos foram para um lugar mais alegre e nos lembrarmos de que, apesar das aparências externas, eles não partiram realmente de nossas vidas. Eles estão apenas “no andar de cima” e as suas mentes estão apenas a um pensamento de distância do nosso.


Por favor, respeite os créditos ao compartilhar
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – http://www.decoracaoacoracao.blog.br
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – https://lecocq.wordpress.com
www.SpiritualDynamics.net
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

Via: ♥ De Coração a Coração ♥: A ILUSÃO DA MORTE


Texto em inglês: The Illusion of Death ~ Spiritual Dynamics, Owen K Waters | Violet Flame

RELAÇÕES CÁRMICAS, RELACIONAMENTOS CURADORES E UNIÃO DE ALMAS GÊMEAS…

Almas Gemeas_Nequitz

Relacionamentos na Nova Era

Jesus

Jeshua

Através de Pamela Kribbe

 

Esta canalização foi apresentada ao vivo, no dia 5 de fevereiro de 2006, em Oisterwijk, Holanda. O texto falado foi ligeiramente modificado para facilitar a leitura.

Queridos amigos,

É com muita alegria e felicidade que estou hoje aqui com vocês. Minha energia flui entre vocês e, como vocês podem sentir, isto não é uma palestra no sentido tradicional. Eu estou passando uma certa energia (além das informações) e vocês fazem parte disto, tanto quanto Pamela e Guerrit. Aos estarmos juntos aqui, nós criamos um campo ou vórtice de energia nesta sala, nesta abertura para a Terra. Portanto, este lugar é sagrado. Qualquer lugar onde pessoas – anjos em corpos humanos – se reúnem e se unem na intenção de semear sua luz na Terra, o solo torna-se sagrado.

Eu gostaria de falar brevemente alguma coisa sobre o fenômeno da “canalização”, que se tornou tão popular ultimamente. Todos vocês conhecem o conceito de “prana”, que é empregado na ioga e na filosofia oriental. Prana é uma energia espiritual que vocês levam para dentro de si a cada inspiração. A idéia é que vocês não respiram simplesmente oxigênio quando inspiram, mas também uma energia de força vital, uma energia cósmica que ultrapassa o físico e que os capacita a viver. Agora, o que eu queria pontuar é o seguinte: assim como todo mundo inala prana junto com o oxigênio ao respirar, todo mundo canaliza continuamente a seu próprio modo. A canalização não é reservada para poucas pessoas com dons especiais. A canalização é a coisa mais natural do mundo. Vejam, vocês não podem viver sem a energia cósmica. Vocês não podem existir, viver e se desenvolver sem inspirar a energia cósmica. Assim como vocês não podem viver apenas com oxigênio, vocês também não podem funcionar – nem mesmo de uma forma básica – sem alguma conexão com a energia cósmica, que é o seu lar. Terra e cosmos, oxigênio e prana, ambos são necessários para que vocês se manifestem completamente como seres humanos na realidade terrena.

Na primeira canalização desta nova série, Eu os chamei de porteiros, aqueles que abrem a porta para que mais Luz entre na Terra. Mas vocês também são os construtores de pontes, aqueles que fazem a intermediação entre os reinos cósmico e terreno, aqueles que canalizam a energia cósmica para a Terra. Isto é uma coisa que vocês realmente fazem e que vocês precisam fazer para se sentirem felizes, úteis e saudáveis. Vocês estão canalizando sempre que usam a sua intuição, sempre que se aprofundam em si mesmos e percebem como as coisas são para vocês e como vocês gostariam de modificá-las. Nesses momentos, vocês formam um canal com o seu Eu Superior, e conectam-se com a sabedoria dos reinos não terrenos, cósmicos, que poderão ampará-los para que alcancem seus objetivos aqui na Terra. Todos vocês canalizam de alguma forma para se re-alinharem com seu Eu Superior que está fora do espaço e do tempo.

Hoje vamos compartilhar nossas energias e nos unir para canalizar a energia cósmica que está tentando encontrar seu caminho para a Terra nesta Nova Era. A Nova Era não é mais uma visão do futuro. Ela já está se manifestando na vida diária de inúmeros indivíduos. Se vocês lerem os jornais e observarem as notícias, poderá parecer que o momento ainda não está maduro. Mas o despertar proporcionado pela Nova Era começa no nível individual, não no nível dos governos, instituições e organizações. É no dia-a-dia de cada um que um novo fluxo de energia se apresenta. É o fluxo do seu coração que os convida e lhes pede que vivam e ajam de acordo com a sua luminosidade e sabedoria. É assim que se dá o nascimento da Nova Era, através de indivíduos comuns que prestam atenção aos sussurros do seu coração. Espiritualmente, as fundações de qualquer mudança ou transformação são sempre construídas no nível individual. A energia que é despertada em seus corações gradualmente encontrará seu caminho para as instituições e organizações que ainda conservam o velho paradigma da consciência baseada no ego. Velhas fortalezas de poder ruirão, não pela violência mas pela suave energia do coração. Se o coração tomar o comando, haverá um colapso do velho, não sob a pressão do poder e da violência, mas sob a pressão do amor.

RELACIONAMENTOS NA NOVA ERA

Nesta Nova Era, os relacionamentos passam por uma grande transformação. Os relacionamentos quase sempre são a fonte das suas emoções mais profundas, indo desde a maior alegria até a profunda agonia. Nos relacionamentos, vocês podem se conscientizar de uma dor interna que é essencialmente muito mais antiga do que o próprio relacionamento, mais antiga até que a sua existência humana.

Nesta era, vocês são convidados, e muitas vezes desafiados, a chegar a uma autocura na área dos relacionamentos. Graças à nova energia que agora se apresenta, é possível transformar os elementos destrutivos de um relacionamento em um fluxo de energia positivo, equilibrado, entre vocês e a outra pessoa. No entanto, cura e transformação pessoal também podem significar que vocês terão que abandonar relacionamentos nos quais vocês não possam se expressar apropriadamente. Com freqüência isto significa que, mesmo que vocês amem muito uma pessoa, vocês terão que lhe dizer adeus, porque o caminho interior de cada um leva-o para um lugar diferente. Quer isso leve à renovação ou à dissolução de um relacionamento, todos vocês são desafiados a encarar as questões mais profundas na área das ligações pessoais. O chamado do coração, da energia baseada no coração que caracteriza a Nova Era, entrou no seu dia-a-dia e vocês não podem mais evitar a nova energia.

Para explicar porque os relacionamentos podem machucá-los tanto e virar a vida de vocês de cabeça para baixo, Eu gostaria de falar algumas coisas a respeito de uma dor antiga que vocês carregam dentro da sua alma. É uma dor muito antiga, muito mais antiga do que esta vida, mais antiga ainda do que as suas vidas anteriores na Terra. Quero levá-los de volta à dor original do seu nascimento como alma.

Houve um tempo em que tudo era inteiro e indiviso. Vocês podem imaginar isto? Permitam que a sua imaginação viaje livremente por uns instantes. Simplesmente imaginem: vocês não estão num corpo, vocês são pura consciência e fazem parte de um vasto campo energético que os envolve de um modo confortável. Vocês sentem que são parte desta unidade e são tratados carinhosa e  incondicionalmente. Sintam como este campo de energia os envolve como um manto imensamente confortável, como uma energia abundantemente amorosa, que lhes permite explorar e se desenvolver livremente, sem jamais duvidar de vocês nem do seu direito intrínseco de ser quem vocês são. Nenhuma ansiedade, nenhum medo. Esta sensação de conforto e segurança constituiu as condições pré-natais, das quais vocês emergiram como almas individuais. Era um útero cósmico. Mesmo que isto esteja remotamente longe do seu atual estado, seus corações ainda anseiam por esta sensação de completude e inteireza, pelo sentimento de absoluta segurança que vocês vivenciaram sob aquele manto de amor e benevolência. A sensação de unidade da qual vocês se lembram era Deus. Juntos, naquele manto de amor, vocês constituíam Deus.

Num determinado momento, dentro dessa consciência divina ou “manto de amor”, decidiu-se criar uma nova situação. É muito difícil colocar isto em palavras humanas, mas talvez vocês possam imaginar que em Deus, essa consciência una, havia um desejo de “algo diferente”, algo além da unidade. Havia, por assim dizer, um desejo de experiência. Quando se está completamente assimilado pela totalidade do puro ser, não se experiencia nada… simplesmente se é. Devido ao êxtase e à total segurança desse estado de ser, havia uma parte de Deus, uma parte dessa consciência cósmica, que queria explorar e evoluir. Esta parte “separou-se de si mesma”.

Vocês são uma parte de Deus. Certa vez a sua consciência concordou com esta experiência de sair da unidade e tornar-se um “eu”, uma entidade em si mesma, uma consciência individual definida. Este foi um grande passo. Do fundo do seu ser, vocês sentiram que isto era uma coisa boa. Sentiram que o anseio por criatividade e renovação era uma aspiração positiva e valiosa. No entanto, no momento em que vocês realmente se separaram do campo da unidade, houve muita dor. Pela primeira vez na sua lembrança, pela primeira vez na sua vida, vocês sentiram uma dor profunda. Vocês foram arrancados de um reino de amor e segurança que tinha sido completamente incontestável para vocês. Esta é a dor do nascimento, à qual Eu me referi. Mesmo nas primeiras experiências intensas de desolação, alguma coisa nas profundezas de si mesmos, lhes dizia que “tudo estava bem”, que esta era a sua própria escolha. Mas a dor era tão profunda, que nas camadas mais externas do seu ser, vocês ficaram confusos e desorientados. E ficou difícil manter-se em contato com o seu conhecimento interior mais profundo, com o nível interno no qual vocês são Deus e sabem que “tudo está bem”.

Eu chamo essa parte atormentada, que surgiu nesse momento, de criança interior. A sua alma, a sua individualidade única, carrega dentro de si os dois extremos – de um lado, o puro conhecimento divino e, de outro lado, uma criança cósmica traumatizada. Esta união de Deus e Criança, de conhecimento e experiência, começou uma longa jornada. Vocês começaram como almas individuais. Vocês começaram a investigar e experienciar como é ser um “eu”, um indivíduo definido.

Deus tinha transformado uma parte dele mesmo em Alma. A alma precisa de experiência para reencontrar as suas origens divinas. A alma precisa estar viva, experimentar, descobrir, autodestruir-se e recriar… sentir quem ela verdadeiramente é, ou seja, Deus. A manifestação como  um ser uno e completo tinha se despedaçado e precisava ser reconquistada pela experiência. Isto, por si mesmo, era uma grande proeza de criatividade. O nascimento da consciência do Eu foi uma espécie de milagre! Ela nunca tinha existido antes.

Com freqüência vocês procuram transcender os limites da individualidade do Eu, para experienciar a integridade e a profunda unidade outra vez. Pode-se dizer que este é o verdadeiro objetivo da sua jornada espiritual. Mas, pensem um pouco: do ponto de vista de Deus, a individualidade do Eu, a separação, é  que constitui o milagre! O estado de ser UM era a situação normal, “como sempre tinha sido”. No milagre de ser uma alma individual, oculta-se uma grande beleza, alegria e poder espiritual. O motivo de vocês não experienciarem isto desta forma, é que vocês ainda estão lutando com a dor do seu nascimento como almas. Em algum lugar nas profundezas do seu ser, ainda ressoa o grito primordial de angústia e sentimento de traição; é a lembrança de ter sido arrancado da sua Mãe/Pai, do onipresente manto de amor e segurança.

Na jornada através do tempo e da experiência, vocês passaram por muitas coisas. Vocês experimentaram todos os tipos de formas. Houve várias encarnações nas quais vocês não tinham a forma de um corpo humano, mas isto não é relevante agora. O que me importa, neste contexto, é que, através de toda essa longa história, vocês foram guiados por dois motivos diferentes. Por um lado, havia o prazer da exploração, criação e renovação, e, por outro, havia a saudade, a sensação de ter sido expulso do paraíso, e uma solidão insuportável.

Através da parte aventureira e progressiva de vocês, da energia que os empurrou para fora do útero cósmico, vocês vivenciaram e criaram muitas coisas. Mas, devido à saudade e à dor do nascimento que vocês carregam dentro de si, vocês também tiveram que lidar com muito trauma e desilusão. Assim, as suas criações nem sempre foram benevolentes. Durante a sua jornada através do tempo e do espaço, vocês fizeram coisas das quais se arrependeram mais tarde. Coisas que vocês poderiam chamar de “ruins” (entre aspas). Da nossa perspectiva, estas ações foram simplesmente o resultado da sua determinação de mergulhar na experiência e se aventurar no desconhecido. Vejam, a partir do momento em que vocês decidem tornar-se um indivíduo, separar-se da unidade incontestável, vocês não podem experienciar apenas a luz. Vocês têm que descobrir tudo de novo. Então, vocês vão experienciar inclusive a escuridão. Vocês vão experienciar tudo que existe, em todos os extremos.

No ponto de evolução em que vocês se encontram atualmente, vocês começam a entender que tudo se mantém ou cai com o poder que adquirem ao abraçarem verdadeiramente o seu Eu. É uma questão de abraçar verdadeiramente a sua própria divindade e, a partir dessa autoconsciência, vivenciar alegria e abundância. No instante do seu nascimento cósmico, no momento em que vocês foram envolvidos pela desolação e a dor, vocês começaram a se sentir pequeninos e insignificantes. A partir desse momento, vocês começaram a procurar alguma coisa que pudesse salvá-los – um poder ou força fora de vocês, um deus, um líder, um parceiro, um filho, etc… No processo de despertar que vocês estão vivenciando agora, vocês compreendem que a segurança essencial que vocês estão buscando não vai ser encontrada em nada que esteja fora de vocês, seja num dos pais, num amante, ou em um deus. Por maior que seja a intensidade com que esse desejo ou saudades seja disparado em um determinado relacionamento, vocês não encontrarão esta segurança básica nele, nem mesmo no seu relacionamento com Deus.

Pois o Deus no qual vocês acreditam – o Deus que lhes foi legado pela sua tradição e que ainda influencia intensamente a sua percepção – é um Deus que está fora de vocês. É um Deus que programa as coisas por vocês, que traça o caminho para vocês. Mas este Deus não existe. Vocês são Deus, vocês são a parte criativa de Deus que decidiu seguir o seu próprio caminho e experienciar as coisas de uma forma totalmente diferente. Vocês tinham certeza que conseguiriam curar-se da sua ferida primordial do nascimento.

Pode-se dizer que essa energia expansiva de exploração e renovação é uma energia masculina, enquanto a energia da unificação, da união, a energia do Lar, é feminina. Estas duas energias pertencem à essência de quem vocês são. Como almas, vocês não são nem masculinos nem femininos. Essencialmente, vocês são ambos – masculino e feminino. Vocês começaram a sua jornada com esses dois ingredientes. E agora chegou o momento de permitir que eles trabalhem juntos em harmonia, o que significa vivenciar verdadeiramente a totalidade no seu ser. Depois de terem negado a sua própria grandeza por tanto tempo, finalmente vocês vão começar a tomar consciência de que não há outra alternativa senão a de ser o Deus que vocês estão procurando.

Este é o último passo que vocês têm que dar em direção à iluminação: compreender que vocês são o Deus pelo qual vocês imploram. Não existe nada fora de vocês que possa levá-los ao âmago do seu próprio poder, à sua totalidade. Só vocês mesmos podem fazer isso; vocês são Deus e sempre foram! Vocês sempre estiveram esperando por vocês mesmos.

Acender esta chama de autoconsciência dentro de vocês lhes traz tanta alegria, uma sensação tão profunda de volta ao lar, que põe todos os seus relacionamentos dentro de uma nova perspectiva. Por exemplo, vocês se preocupam menos com o que as outras pessoas lhes dizem. Se alguém os critica ou duvida de vocês, vocês não consideram isso como algo pessoal. Vocês se sentem menos atingidos ou ansiosos para reagir. Vocês deixam isso passar com mais facilidade, e desaparece a necessidade de se defenderem – tanto para si mesmos quanto para a outra pessoa. Se vocês são facilmente abalados emocionalmente pelo que outra pessoa pensa de vocês, isso indica que existe uma desconsideração por si mesmos, que faz com que vocês dêem crédito às opiniões negativas dos outros. Este falta de apreço por si mesmos não se resolve procurando um conflito com os outros, mas só voltando-se para o seu próprio interior e entrando em contato com suas feridas emocionais internas, pois elas são muito mais antigas do que esse momento específico de rejeição.

De fato, todas as dores de rejeição, todas as dores de relacionamentos, têm origem na dor primordial, na dor ainda não curada do nascimento. Pode parecer que Eu estou dando um passo muito grande aqui, pois existem vários tipos de situações complexas nos relacionamentos, que parecem indicar que a causa está mais próxima. Pode lhes parecer que a sua dor é causada por algo que o seu parceiro/a fez ou não fez. Pode lhes parecer que alguma coisa externa a vocês está causando a dor. Mas deixem que Eu lhes diga: basicamente vocês estão trabalhando na cura de uma dor antiga que está dentro de vocês mesmos. Se vocês não estiverem conscientes disto, vocês podem facilmente se enredar em problemas de relacionamentos, que podem ser extremamente dolorosos.

Especialmente em relacionamentos entre homem e mulher (relacionamentos amorosos), vocês freqüentemente tentam forjar uma espécie de unidade e segurança entre ambos, que lembra o estado primordial de unidade do qual vocês têm uma vaga lembrança. Subconscientemente, vocês tentam recriar a sensação de estar confortavelmente envolvidos em um manto de amor e aceitação incondicionais. Existe uma criança dentro de cada um de vocês, que está chorando por essa aceitação incondicional. No entanto, se essa criança coloca seus braços ao redor da (parte) criança do seu parceiro/a, isto muito freqüentemente resulta num controle sufocador, que bloqueia a auto-expressão genuína de ambos os parceiros.

O que acontece é que vocês se tornam emocionalmente dependentes e sempre vão precisar do amor ou da aprovação de outra pessoa para o seu bem estar. Dependência sempre acaba se transformando em questões de poder e controle, pois precisar de uma pessoa é o mesmo que querer controlar o comportamento dela. Este é o começo de um relacionamento destrutivo. Desistir da sua própria individualidade num relacionamento, guiados por um anseio subconsciente pela unidade absoluta, é destrutivo tanto para vocês mesmos quanto para a outra pessoa.

O verdadeiro amor entre duas pessoas mostra dois campos de energia que podem funcionar em completa independência um do outro. Cada um deles é uma unidade em si mesmo e se conecta com o outro na base da unidade. Em relacionamentos nos quais os parceiros dependem um do outro, encontramos um esforço não coordenado por uma “totalidade orgânica”: um não querendo ou não sendo capaz de funcionar sem o outro. Isto leva a um entrelaçamento de energias que pode ser observado no campo áurico de ambos como cordões, através dos quais os parceiros alimentam um ao outro. Eles se alimentam com as energias adicionais de dependência e controle. Este tipo de entrelaçamento de energia indica que vocês não se responsabilizam por si mesmos, que vocês não encaram a antiga ferida da alma que só vocês mesmos podem curar. Se vocês simplesmente se voltassem para essa dor mais profunda e assumissem a responsabilidade por si mesmos, veriam que vocês não precisam de ninguém mais para ser completos, e se libertariam do aspecto destrutivo do relacionamento.

RELAÇÕES CÁRMICAS

Neste contexto, Eu gostaria de dizer alguma coisa sobre “relacionamentos cármicos”. Com isso, Eu me refiro a relacionamentos entre pessoas que se conheceram em outras vidas e que experimentaram emoções intensas, um em relação ao outro. A característica de um relacionamento cármico é que os parceiros carregam emoções não resolvidas dentro de si, tais como culpa, medo, dependência, ciúme, raiva ou algo do tipo. Devido a essa “carga” de emoções não resolvidas, eles se sentem atraídos um ao outro em uma outra encarnação. O objetivo do reencontro é proporcionar uma oportunidade para se resolver o problema em questão. Isto acontece recriando-se o mesmo problema em um curto espaço de tempo. Quando eles se conhecem, os “jogadores” cármicos sentem uma compulsão de estar mais perto um do outro, e depois de algum tempo, eles começam a repetir os padrões emocionais dos seus antigos papéis. Então, o palco está armado para que ambos enfrentem um antigo problema de novo e talvez lidem com ele de uma forma mais iluminada. O propósito espiritual do reencontro, para ambos os parceiros, é que eles façam escolhas diferentes das que fizeram naquela vida passada.

Vou lhes dar um exemplo. Imaginem uma mulher que, numa vida passada, teve um marido que era muito possessivo e dominador. Ela aceitou isso durante algum tempo, mas chegou um ponto em que ela decidiu que já era o bastante e terminou o relacionamento. Um pouco mais tarde, o marido se suicida. A mulher sente remorsos. Ela acredita que é culpada – será que ela não deveria ter lhe dado mais uma chance? Ela carrega essa sensação de culpa consigo pelo resto da sua vida.

Então eles se encontram de novo em uma outra vida. Existe uma estranha atração entre eles. No começo, o homem é excepcionalmente charmoso e ela é o centro das atenções dele. Ele a adora. Eles começam um relacionamento. Desse momento em diante, ele se torna cada vez mais ciumento e possessivo. Ele suspeita de adultério por parte dela. Ela fica brava e aborrecida por ser acusada de algo que ela não fez, mas também sente uma estranha obrigação de ser tolerante e lhe dar uma outra chance. “Ele é um homem ferido” – ela pensa – “e não pode evitar esse medo de ser abandonado. Talvez eu possa ajudá-lo a superar isso.” Ela justifica seu próprio comportamento desta forma, mas na verdade ela permite que os seus limites pessoais sejam violados. O relacionamento afeta negativamente a sua auto-estima.

A escolha mais libertadora para essa mulher seria romper esse relacionamento, nesse instante, e seguir seu próprio caminho sem sentimentos de culpa. A dor e o medo que o seu marido sente não são responsabilidade dela. A dor dele e o sentimento de culpa dela levam-nos a um relacionamento destrutivo. O relacionamento deles já estava emocionalmente carregado por causa de uma outra vida. A razão para um novo encontro é que a mulher deve aprender a deixar as coisas acontecerem sem sentimentos de culpa, e que o homem deve aprender a se sustentar emocionalmente por si só. Então, a única solução verdadeira é romper o relacionamento. A solução para o carma da mulher é abandonar o seu sentimento de culpa finalmente. O “erro” que ela cometeu na sua vida passada não foi ter abandonado o marido, mas ter se sentido responsável pelo suicídio dele. A partida da sua esposa, nesta vida, faria o marido se confrontar outra vez com a sua própria dor e medo e lhe ofereceria a oportunidade de encarar suas emoções em vez de fugir delas.

Um encontro carmático pode ser reconhecido pelo fato de que a outra pessoa imediatamente lhes parece estranhamente familiar. Com muita freqüência há também uma atração mútua, uma urgência “no ar”, que os impulsiona a estar juntos e descobrir um o outro. Se a oportunidade estiver disponível, essa forte atração poderá se transformar num relacionamento amoroso ou numa intensa paixão. As emoções que vocês experimentam podem ser tão avassaladoras, que vocês pensam que encontraram a sua alma gêmea. No entanto, as coisas não são o que parecem. Sempre haverá problemas em uma relação como essa, que virão à tona mais cedo ou mais tarde. Geralmente os parceiros acabam se envolvendo num conflito psicológico, cujos ingredientes principais são poder, controle e dependência. Desta forma, eles repetem uma tragédia que o seu subconsciente reconhece de uma vida anterior. Numa vida passada, eles podem ter sido amantes, pai e filho, patrão e funcionário, ou algum outro tipo de relacionamento. Mas sempre eles tocaram uma ferida interna profunda do outro, através de atos de infidelidade, abuso de poder ou, de um outro lado, uma afeição muito forte. Houve um encontro emocional profundo entre eles, que provocou cicatrizes profundas e trauma emocional. É por isso que as forças de atração, assim como as de repulsão, podem ser tão violentas quando eles se encontram novamente em uma outra encarnação.

O convite espiritual para todas as almas que estão enredadas desta forma é que cada um deixe o outro ir e se torne uma “entidade em si mesma”, livre e independente. Relacionamentos cármicos, como os que acabo de mencionar, quase nunca são duradouros, estáveis e amorosos. São relacionamentos muito mais destrutivos do que curadores. Com muita freqüência, o propósito básico do encontro é que ambos consigam se desapegar do outro. Isto é algo que não pôde ser feito em uma ou mais vidas passadas, mas agora existe uma nova oportunidade para que cada um libere o outro com amor.

Se vocês se encontram em um relacionamento caracterizado por emoções intensas e que evoca muita dor e tristeza, mas do qual vocês não conseguem se libertar, por favor entendam que nada os obriga a ficar com a outra pessoa. Inclusive, percebam que é muito mais freqüente que as emoções intensas estejam relacionadas com dor profunda do que com amor mútuo. A energia do amor é essencialmente calma e pacífica, alegre e inspiradora. Não é pesada, cansativa nem trágica. Se um relacionamento adquire estas características, é hora de abandoná-lo, ao invés de tentar “trabalhar nele” mais uma vez.

Algumas vezes, vocês se convencem de que precisam ficar juntos porque “compartilham o mesmo carma” e precisam “resolver algumas questões juntos”. Vocês utilizam a “natureza do carma” como um argumento para prolongar o relacionamento, enquanto vocês dois estão sofrendo imensamente. Na verdade, vocês estão distorcendo o conceito de carma aí. Vocês não resolvem um carma juntos: o carma é uma coisa individual. O carma que está em jogo em relacionamentos, como os mencionados anteriormente, geralmente requer que vocês se desapeguem completamente um do outro, que vocês se afastem de tais relacionamentos, para que possam experienciar que vocês são completos em si mesmos. Repito: resolver um carma é algo que cada um faz sozinho. Uma outra pessoa pode tocar ou disparar algo em vocês que cria bastante drama entre ambos. Mas a tarefa e o desafio exclusivos de cada continuam sendo lidar com a sua própria ferida interna e não com as questões da outra pessoa. Cada um tem responsabilidade apenas por si mesmo.

É importante entender isto, porque esta é uma das principais armadilhas nos relacionamentos. Vocês não são responsáveis pelo seu parceiro e ele não é responsável por vocês. A solução dos seus problemas não está no comportamento da outra pessoa. Muitas vezes, vocês ficam tão ligados à criança interior do seu parceiro – à parte emocionalmente ferida de dentro dele – que sentem que vocês é que têm que resgatá-la. Ou o seu parceiro pode estar tentando fazer o mesmo com vocês. Mas isto não vai funcionar, porque vocês estarão reforçando a sensação de impotência e o sentimento de vítima da outra pessoa, quando, em última análise, seria mais proveitoso se vocês fixassem os limites e cada um se mantivesse por si mesmo. Esta é a condição mais importante para um relacionamento verdadeiramente satisfatório.

RELACIONAMENTOS CURADORES

Existem relacionamentos curadores e destrutivos. Uma característica dos relacionamentos curadores é que os parceiros respeitam um ao outro como ele é, sem que um tente mudar o outro. Eles sentem muito prazer na companhia do outro, mas não se sentem inquietos, desesperados ou sós quando o outro não está por perto. Neste tipo de relacionamento, cada um oferece compreensão, amparo e encorajamento ao seu ente querido, sem tentar resolver os problemas dele. Existe liberdade e paz nesse relacionamento. É lógico que pode haver desentendimentos, de vez em quando, mas as emoções que eles provocam têm vida curta. Os dois parceiros estão preparados para perdoar. Existe uma conexão entre seus corações e, como resultado disso, eles não tomam as emoções e os erros do outro como algo pessoal. Como isso não atinge uma camada mais profunda de dor, eles não lhe dão tanta importância. Emocionalmente, ambos os parceiros são independentes. Eles não retiram sua força e bem-estar da aprovação ou da presença do seu parceiro. Um não preenche um vazio na vida do outro, mas lhe acrescenta algo novo e vital.

Em um relacionamento curador, os parceiros podem inclusive se conhecer de uma ou mais vidas passadas. Mas, nestes casos, raramente existe uma carga emocional cármica como a descrita acima. Essas duas almas podem ter se conhecido numa vida passada de uma forma essencialmente encorajadora e sustentadora. Como amigos, parceiros ou como pai e filho, eles reconheceram um ao outro como companheiros de alma. Isso cria um laço indissolúvel entre ambos através de várias vidas.

Darei um outro exemplo. Um jovem cresce numa família pobre em algum lugar na Idade Média. Ele é bondoso e sensível por natureza e não se adapta muito bem ao seu ambiente. Sua família é formada por pessoas que trabalham duro, pessoas um tanto rudes, que dão pouca importância à sua natureza sonhadora e nada prática. Quando ele já está crescido, ele entra para um mosteiro. Ele também não é feliz lá, porque a vida é rigidamente regulamentada e não existe calor humano nem companheirismo entre as pessoas que vivem lá. No entanto, há um homem ali que é um pouco diferente. É um padre, que tem um posto elevado, mas que não tem nenhum ar de autoridade e que está realmente interessado nele. De vez em quando, ele lhe pergunta como as coisas estão indo e lhe dá algumas tarefas agradáveis, como jardinagem. Cada vez que eles olham um para o outro, existe uma sensação de reconhecimento, algum tipo de afinidade entre eles. Há uma conexão silenciosa que vem do coração. Embora eles não se encontrem sempre nem conversem muito, o padre é uma fonte de esperança e encorajamento para o jovem.

Numa encarnação posterior a essa, esse homem é uma mulher. Mais uma vez, ela tem uma natureza bondosa e sonhadora. Ela tem dificuldade para se manter sozinha. Quando se torna adulta, ela se vê atolada num casamento com um homem muito autoritário e dominador. No começo, ela foi atraída pelo seu notável e poderoso carisma, mas mais tarde ela percebe o quanto o domínio dele a restringe e oprime. Entretanto, ela acha muito difícil libertar-se dele. No seu trabalho, algumas vezes ela menciona essa questão para um colega, um homem um pouco mais velho que ela. Ele a encoraja a se manter por si mesma e permanecer fiel às suas próprias necessidades. Cada vez que ela conversa com ele, ela sabe intuitivamente que ele está certo. Aí, depois de muito conflito interior, ela acaba se divorciando do marido. Então, o contato com aquele colega muda. Ela sente afeição por ele. Ela descobre que ele é solteiro. Ela se sente tão à vontade com ele, que parece que eles se conhecem há séculos. Eles começam um relacionamento, que é afetuoso, relaxado e encorajador para ambos. A simpatia que fluía entre eles numa vida passada, agora toma a forma de um relacionamento satisfatório como marido e mulher.

Isto é um relacionamento curador. A mulher tomou uma decisão essencial ao abandonar o marido e escolher por si mesma. Com isso, ela afirmou a sua independência emocional. Isto criou a base para um relacionamento equilibrado e amoroso com uma alma afim.

ALMAS GÊMEAS

Neste ponto, Eu gostaria de falar alguma coisa sobre o conceito de almas gêmeas, que provavelmente é familiar para vocês. A idéia de almas gêmeas exerce uma profunda atração sobre vocês. No entanto, ele é potencialmente muito perigoso, porque pode ser interpretado de forma a reforçar a dor do nascimento e a dependência emocional em cada um de vocês, em vez de solucioná-las. Isto acontece quando vocês concebem o conceito de almas gêmeas de forma que exista uma outra pessoa que se adapte perfeitamente a vocês e que os torne “completos”. Esta idéia concebe a alma gêmea como a sua “outra metade”. Então vocês assumem que a unidade e a segurança, que vocês tanto desejam, serão encontradas em outra pessoa que combina perfeitamente com vocês.

De acordo com esta noção “imatura” de almas gêmeas, as almas são consideradas como duas metades que, juntas, formam uma unidade. Geralmente, as duas metades são respectivamente masculina e feminina. Então, esta idéia sugere, não só que vocês são incompletos em si mesmos, mas que também são essencialmente “masculinos” ou “femininos”. Provavelmente vocês podem perceber que esta noção de almas gêmeas não é saudável nem curadora, do ponto de vista espiritual. Ela torna vocês dependentes de algo fora de vocês. Ela nega a sua origem divina, que pressupõe que vocês são TUDO, masculino e feminino, e que vocês são inteiros e completos em si mesmos. Ela cria todo tipo de ilusão que os leva para muito longe do Lar. E por “Lar”, Eu quero dizer o seu próprio ser, a divindade do seu Eu. Nenhuma alma é a metade de qualquer outra pessoa.

Almas gêmeas realmente existem, e elas são literalmente o que essa palavra sugere: elas são gêmeas. Elas são almas com a mesma “tonalidade de sentimento” ou vibração, ou – pode-se dizer – com o mesmo momento de nascimento, como é o caso dos gêmeos biológicos. O momento particular de nascimento, esse momento único no tempo e no espaço, contribui para uma carga única de tonalidade de sentimento dentro das almas que nascem. Elas não dependem uma da outra de nenhum modo. Elas não são nem masculinas nem femininas. Mas elas certamente estão sintonizadas uma com a outra, como espíritos aparentados.

Qual é o motivo para a criação de almas gêmeas? Por que elas existem? Ah… vocês geralmente pensam que a razão de ser de alguma coisa é o processo de aprendizado e seus efeitos. Mas este não é o caso das almas gêmeas. O motivo da existência de almas gêmeas não é aprender alguma coisa. O propósito é simplesmente alegria e criatividade. As almas gêmeas não têm nenhuma função na dualidade. Vocês encontrarão suas almas gêmeas quando estiverem transcendendo a dualidade, quando se identificarem novamente com o Deus dentro de vocês, que é inteiro e indivisível e que é capaz de tomar qualquer forma ou aparência. As almas gêmeas se reencontram na sua jornada de volta ao Lar.

Vamos voltar um pouco ao começo da jornada. No momento em que vocês abandonam o estado de unidade e se tornam indivíduos, vocês entram na dualidade. De repente passa a existir escuridão e luz, grande e pequeno, doente e saudável, etc… A realidade se dissocia. Vocês não têm mais ponto de referência para o que vocês realmente são. No começo, vocês se identificavam como “uma parte do todo”. Agora, vocês são uma parte isolada do todo. Mas, sem o seu conhecimento consciente, vocês são acompanhados por alguém que é igual a vocês, que se parece com vocês tão exatamente como nada mais poderia parecer. Vocês ocupavam o “mesmo lugar” no manto da unidade, tão próximos um do outro, que vocês não sabiam que eram dois, até que nasceram. O que os conecta é algo além da dualidade, algo que antecede a história da dualidade. Isto é difícil de se expressar apropriadamente em palavras, porque desafia a sua definição corrente de identidade, segundo a qual vocês ou são um ou são dois e não podem ser ambos ao mesmo tempo.

Então, vocês dois empreenderam uma viagem, uma longa viagem, através de muitas experiências. Ambos experienciaram os extremos da dualidade, para descobrir gradualmente que a sua essência não se encontra na dualidade, mas fora dela, em algo que é subjacente a ela. Logo que vocês se tornam profundamente conscientes dessa unidade implícita, a sua jornada de volta começa. Pouco a pouco, vocês se tornam menos ligados a coisas externas, como poder, fama, dinheiro ou prestígio. Cada vez mais, vocês compreendem que a chave não é o que vocês experienciam, mas como o experienciam. Vocês criam sua própria felicidade ou infelicidade através do seu estado de consciência. Vocês descobrem o poder da sua própria consciência.

Depois de passarem por todos os altos e baixos da dualidade, há um momento em que vocês encontram a sua alma gêmea. Na energia e aparência da sua alma gêmea, vocês reconhecem uma parte muito profunda de si mesmos, sua essência além da dualidade e, através desse mesmo reconhecimento, vocês começam a entender melhor a si mesmos e tornam-se conscientes de quem vocês realmente são. O seu gêmeo é um ponto de referência para vocês, que os leva para fora das crenças limitadoras com as quais vocês foram alimentados e que vocês assumiram nesta vida e em outras vidas passadas. Vocês se libertam ao enxergarem esse reflexo de si mesmos no seu gêmeo. Isto é como um lembrete e não tem nada a ver com dependência emocional. O encontro entre vocês dois ajuda cada um de vocês a se tornar um indivíduo mais forte e autoconsciente, expressando a sua criatividade e amor na Terra. Esse encontro acelera a sua jornada de volta, já que os ajuda a se elevar a um nível superior de unidade, enquanto conservam e expressam completamente o seu eu, a sua individualidade única.

Em última instância, todos nós somos um. Somos sustentados por uma energia que é universal e está em todos nós. Mas, ao mesmo tempo, existe individualidade em todos nós. A alma gêmea é a ligação entre a individualidade e a unidade. É como um degrau para a unidade. Se vocês se conectam com suas almas gêmeas, consciente e materialmente, vocês provocam a criação de uma coisa nova:- uma terceira energia é gerada a partir da combinação das suas ações. Essa energia sempre ajuda a ampliar a consciência da unidade, numa escala maior do que se fossem somente as duas. Como as almas gêmeas estão no seu caminho de volta ao Lar, elas sentem-se inspiradas a ancorar as energias de amor e unidade na Terra, e fazem isso de uma forma que está de acordo com seus talentos e habilidades únicas. Deste modo, as almas gêmeas adoram construir degraus entre “ser um” e “ser Um”.

Existe uma ligação profunda entre almas gêmeas, mas isto não altera o fato de que elas são unidades completas em si mesmas. A sua união gera amor e alegria e o seu encontro aumenta a criatividade e a auto-realização. Elas apóiam uma à outra, sem cair na armadilha da dependência emocional ou do hábito. O amor entre almas gêmeas não é para que um complete o outro, mas para criar algo novo: em vez de os dois se tornarem um, os dois devem se tornar três.

CURA DA DOR DO NASCIMENTO CÓSMICO

Em algum momento, vocês encontrarão a sua alma gêmea. Por favor, permitam que este conhecimento seja o suficiente para vocês. Tentem não se envolver com esperanças e expectativas que poderiam tirá-los do aqui e agora. O que importa, neste preciso momento, é que vocês compreendam completamente que o amor e a segurança, que vocês tanto desejam, está presente dentro de si mesmos. A chave é compreender que esta absoluta auto-aceitação nunca lhes poderá ser dada por mais ninguém, nem mesmo por sua alma gêmea.

Não apenas nos relacionamentos amorosos, mas também nos relacionamentos entre pais e filhos, existe a tentação de encontrar a unidade absoluta ou a segurança um no outro. Pensem num pai que secretamente deseja que seu filho realize todos os sonhos que ele mesmo não conseguiu concretizar; ou num filho que, já adulto, ainda se prende aos seus pais e os considera como seu porto absolutamente seguro.

É importante que vocês se conscientizem das dinâmicas e motivos por trás dos seus relacionamentos, e curá-los à luz da sua consciência. As suas saudades cósmicas não serão curadas por um relacionamento nem em um relacionamento. Isto será feito apenas por vocês mesmos, através da completa conscientização de quem vocês são, através da percepção da sua própria luz, beleza e divindade. Este é o destino da sua jornada.

Inclusive, vocês não retornarão ao estado de unidade do qual vocês vieram. O “manto de amor” do qual vocês nasceram constituiu o seu estágio embrionário. Agora, vocês estão se tornando deuses amadurecidos. Vocês criarão campos de absoluta segurança e amor a partir dos seus próprios corações e permitirão que outros participem disto, sem nenhuma condição. Esta é a essência de Deus: amor incondicional que irradia, cria e cuida sem nenhuma programação, nem nenhum cálculo.

Agora Eu gostaria de pedir a cada um de vocês que fique em silêncio por alguns instantes e sinta verdadeiramente o seu Eu, o seu ser único em você mesmo. Se estiver rodeado de pessoas, então sinta mais intensamente o seu “Eu”. Incondicionalmente, você é essa parte de Deus. Não é algo que possa ser tirado de você, mas uma presença inegável que É.

E agora sinta como o fato inegável da presença do seu Eu pode ser uma fonte de alegria e força para você. Diga sim para o milagre do seu próprio ser e abrace-o. “Sim, Eu sou Eu. Eu sou separado e único, meu próprio ser. Eu posso me conectar profundamente com outros, mas também me conservar sempre um ‘Eu’.” Você pode pensar que há solidão e desolação, por trás deste fato, mas por favor vá além destes pensamentos e sinta o poder e vitalidade dentro de você. Se você realmente disser “sim” para a sua individualidade, você experimentará confiança e fé em si mesmo. Com base nisto, você criará relacionamentos amorosos, e a solidão e a desolação se dissolverão.

Quando sentimentos de solidão e desolação tomarem conta de você, pegue a sua criança interior no colo. Observe a dor dessa criança. Ela anseia pela total segurança que ela conheceu um dia, como um embrião. Ela quer ver essa segurança refletida no rosto do seu parceiro, no rosto do seu filho, no rosto da sua mãe ou do seu pai, no rosto do seu terapeuta… Então, mostre a essa criança o seu rosto. Para essa criança, você tem o rosto de um anjo. Você tem o poder de curar essa criança da forma mais absoluta que você pode sonhar. Nem Eu, nem nenhum “mestre” é capaz de fazer isto por você. Nós só podemos lhe mostrar a direção. Você mesmo é o seu próprio salvador.

Finalmente, Eu gostaria de convidar todos vocês a sentir a união de todos nós juntos, por uns instantes. Mesmo se vocês não estiverem presentes, se estiverem lendo este material, sintam a nossa conexão. Não focalizem o Eu agora, mas a nossa união, de uma forma bem livre e tranqüila. Sintam a energia, sintam aquilo que nos une. É um anseio pelo estado de totalidade. Agora, imaginem que nós estamos rodeados pela energia mais poderosa que existe, a energia dos seus seres despertos, a energia do anjo dentro de vocês. Vamos inspirar esta energia e vamos nos dar uns minutos para senti-la profundamente dentro de nós.

Obrigado pela sua presença.


Fonte: http://www.jeshua.net/por/ / Jeshua Channelings| Relationships in the New Era
Tradução: Vera Corrêa
Revisão: Luiz Corrêa

Via: Jeshua Channelings Português | Relacionamentos na Nova Era

OS DESASTRES NATURAIS TRAZEM A MUDANÇA ATRAVÉS DAS DIFICULDADES…

OS VENTOS E AS ÁGUAS DA MUDANÇA – ENTENDENDO AS CATÁSTROFES

inundacao

Arcanjo Metatron
Através de James Tyberonn,
setembro de 2017

Saudações, Mestres!

Eu Sou Metatron, Anjo da Luz, acompanhado por Tyberonn do Serviço Cristalino.
Nós acolhemos cada um de vocês em um vetor de amor incondicional.

Hoje falaremos sobre um tema muito oportuno – os desastres naturais.

Entendemos o trauma e a tristeza profunda, bem como a grande dor e angústia que acompanham eventos catastróficos, como os furacões, incêndios florestais, super tornados e terremotos que ocorreram nos últimos anos. Uma supertempestade aconteceu muito recentemente no Golfo do México, atingindo desastrosamente o Texas e Louisiana.

MOMENTO DE MUDANÇAS

Ser um humano, neste momento de mudanças na Terra, é extremamente difícil para muitas pessoas, e pedimos a todos vocês que ofereçam suas preces àqueles que estão sofrendo perdas angustiantes.

Nós, do Reino Angélico, estamos com vocês.

Embora tenha havido uma perda trágica de vidas, assim como devastação da terra e de estruturas, estas catástrofes não têm nenhuma intenção de castigo.

Mestres, o que está acontecendo precisa acontecer. É um realinhamento necessário; é a mudança da Terra para uma nova energia… e, na verdade, este tipo de ocorrência continuará em nível regional por todo o planeta.

A ENERGIA DA MUDANÇA

Sentimos a dor de vocês por essas perdas e os respeitamos muito por sustentarem a mudança através das dificuldades que estão enfrentando. Nós realmente compreendemos a tristeza dos reinos de dualidade. E os envolvemos com amor nestes tempos de transição. Mas entendam que tudo está acontecendo com um propósito, e o propósito corajoso e sagrado escolhido pela humanidade é o de Ascender.

Toda alma, cuja vida física termina em tais eventos, fez essa escolha livremente e com uma intenção elevada. Também lhes dizemos que, apesar de difíceis, esses eventos unem as pessoas e realmente trazem à tona o melhor dos seres humanos, que se juntam para ajudar uns aos outros.

E, de fato, essa união foi vista nas áreas do Texas e Luisiana atingidas pelo furacão e tempestade tropical. Por outro lado, embora o aspecto purificador dos furacões, tornados, terremotos e tsunamis seja uma necessidade natural do planeta, estas ocorrências mais recentes têm também o efeito de renovação das prioridades.

Temos compartilhado com vocês informações a respeito do aprimoramento e purificação da Terra em sua busca de equilíbrio e preparação para mudanças. Entretanto, muitos de vocês não percebem que também existem relacionamentos muito intrincados entre o ambiente psicológico do fluxo de pensamento humano coletivo e o subsequente efeito no tempo e nos padrões climáticos.

Estamos lhes dizendo que os pensamentos coletivos das pessoas podem e realmente desempenham um papel fundamental. As emoções, os pensamentos e sentimentos coletivos da humanidade fluem para o campo de “consciência” da Terra Viva, influenciando-o em diversos níveis.

Na verdade, é do campo de consciência dos padrões naturais da Terra que emergem todos os efeitos no seu clima e nas suas estações anuais. Consequentemente, a humanidade, coletivamente, pode e de fato desempenha um papel na formação e efeito daquilo que vocês consideram “desastres naturais”… principalmente em tempos de polarização e medo.

POLARIZAÇÃO E REEQUILÍBRIO

Desta forma, os desastres naturais geralmente acabam “corrigindo” um desequilíbrio existente ou emergente, e criando condições para maior realização do propósito real da vida – que é o de amar e ajudar verdadeira e incondicionalmente uns aos outros.

Quando ocorre uma polarização radical no campo humano, ela cria um desequilíbrio frequencial, baseado em atitudes divisórias, que é capaz de afetar negativamente o caminho da ascensão e impedir a qualidade de vida desejada e seus objetivos mais elevados.

Assim, desastres naturais muitas vezes criam um cenário que altera as prioridades, eleva o nível do pensamento coletivo e traz um bem superior, promovendo uma necessidade de unidade, de cuidados e ajuda mútua, diante da catástrofe.

É verdade que quando seres humanos sofrem grandes perdas em desastres devastadores, por mais excruciantes e dolorosos que sejam, os sobreviventes sempre expressam sua gratidão por ainda estarem vivos.

Pois tais eventos traumáticos trazem um sentido de prioridade renovada, uma compreensão da “dádiva da vida”. E, na maioria dos casos, essas pessoas passam a viver a vida com um sentido renovado de harmonia e amor uns pelos outros, e com um entendimento cada vez maior que os modifica para melhor.

O planeta físico que vocês conhecem é altamente consciente; na verdade, mais consciente do que a humanidade neste momento. A Terra Viva está sintonizada com as necessidades, ressonância e padrões de energia vibratória do pensamento humano, e está alinhada com o caminho da Ascensão da humanidade em uma “NovaTerra”.

Não se enganem, os padrões climáticos naturais de limpeza não são apenas necessários, mas também contêm vastos padrões geológicos e códigos imprimíveis. Estes padrões são “fluidos”, de modo que enquanto existem, sua expressão final é geralmente um formato de possibilidades e probabilidades, impresso e dirigido pela consciência. Os próprios padrões podem ser “ativados” em maneiras e efeitos específicos.

Pergunta de Tyberonn para Metatron: “Pelas informações dadas nos últimos anos, entendemos que estas catástrofes são necessárias para a Ascensão. Poderia falar um pouco mais sobre isto?”

Arcanjo Metatron: Furacões, tempestades, terremotos, inundações, etc… são sempre necessários para o equilíbrio e bem-estar da Terra. Consequentemente, o balanceamento eletromagnético do planeta, assim como os propósitos sucintos da humanidade, são “naturalmente” servidos quando acontecem tais eventos.

A Terra é sempre dinâmica. É preciso entender que o equilíbrio do planeta vivo é um processo “natural” constante. A mudança de equilíbrio que sempre ocorreu vai continuar ocorrendo conforme necessário; é um processo contínuo.

Mas, neste momento, estas tempestades servem também para despertar a humanidade para uma verdade maior, um propósito superior. Pois é na difícil arena experiencial dos desastres e catástrofes, que a vida humana é drástica e permanentemente alterada.

Assim como o corpo físico humano e o corpo “áurico” passam por ajustes necessários, de acordo com experiências e forças externas, assim também o corpo do planeta vivo Terra passa por mudanças para se reequilibrar.

Até certo ponto, as atitudes, emoções e desejos coletivos da humanidade se misturam e se fundem com os aspectos físicos da natureza, de modo que tais tempestades e desastres, em determinadas circunstâncias, são o resultado das atividades psicológicas tanto quanto das condições climáticas físicas.

As catástrofes promovem um choque social bastante drástico. Essa confrontação imediata rompe padrões de comportamento habituais institucionalizados e rapidamente leva as pessoas a reagirem no “agora”, abrindo-as para ações mais sensíveis, de ajuda e sobrevivência. Esse efeito pode trazer mudança social, política e pessoal.

INFLUÊNCIA EMOCIONAL COMO UM “EVENTO HUMANO”

A humanidade em massa considera tempestades, furacões, chuvas, terremotos, etc… como eventos naturais, no entanto não considera pensamentos e emoções como eventos naturais nas mesmas condições. Nós lhes dizemos que existe uma interação real e válida entre atitudes emocionais e os eventos físicos da terceira dimensão.

Embora a maioria dos seres humanos perceba que o clima afeta suas emoções e humor, muito poucos percebem e entendem profundamente que seu humor e atitudes resultantes podem ter um efeito total sobre o clima.

Embora isto possa parecer obscuro e até inacreditável para muitas pessoas, saibam que vocês nunca são vítimas inconscientes de desastres naturais.

À primeira vista, pode parecer que sim, mas é preciso que entendam que, em um nível superior, vocês mesmos prepararam o roteiro dos eventos de suas próprias vidas, portanto voluntariamente contribuíram para criá-los… para o bem maior e crescimento superior.

De fato, suas vidas são pré-planejadas pelo eu superior. Vocês estão individualmente, coletivamente e cocriativamente envolvidos em todos os eventos e ciclos da Terra. Entendem?

UM EVENTO GLOBAL

A crescente polarização e consequentes acessos de violência têm influenciado bastante a longevidade e intensidade dos furacões e inundações que vêm ocorrendo nos Estados Unidos.

Não pensem que isto é um castigo específico para uma região determinada. Isto não é uma punição, mas uma oportunidade para a elevação da consciência e a mudança das prioridades. E também não é realmente regional, mas um evento global, no sentido de ser o foco da atenção da mídia do mundo todo.

O que aconteceu diante da catastrófica inundação, e como consequência dela, proporcionou uma oportunidade única e perfeita para mudanças, servindo como um despertar – um desejo unificador de que o ser humano ajude seus companheiros humanos.

Se a qualidade de vida que é considerada espiritual e biologicamente necessária falhar, os ajustes precisam acontecer. Problemas sociais e políticos podem de fato ser modificados, reformulados e reformados por uma catástrofe natural, se os meios políticos falharem.

RESPOSTA CRIATIVA

As catástrofes proporcionam uma liberação temporária do status quo no cotidiano. Preocupações, agressões, preconceitos, inibições e ansiedades associadas ao passado e futuro imediatos são temporariamente deixadas de lado. Isto acontece claramente porque esses desastres literalmente forçam as pessoas a concentrarem toda a atenção na sobrevivência, nas necessidades do momento imediato, dentro do contexto da realidade presente.

Desta forma, as catástrofes estimulam o despertar da coragem e das energias criativas da população. Em situações emergenciais de sobrevivência, os seres humanos tendem a enxergar uns aos outros como companheiros humanos necessitados, não categorizados por raça, religião ou classe econômica. Ajuda é oferecida com base na necessidade comum a todos.

De fato, isto foi exemplificado nas ações altruísticas e heroicas de tantas pessoas nas consequências do recente furacão no Texas. Pessoas de todas as partes dos Estados Unidos, Canadá e México se uniram para oferecer ajuda. Muitos resgates corajosos não vieram de agências governamentais ou militares, mas daqueles aos quais sua mídia se referiu como “As Forças Navais de ‘Cajun e Cowboy’”.

Indivíduos barbudos, tatuados e rudes, prontos e altamente capazes de dirigir seus barcos pela correnteza furiosa até os bairros isolados pelas inundações, para heroicamente resgatarem pessoas de todas as idades, religiões e raças. Esta ação inspirou outros a desempenharem vários papéis, abrindo suas casas, oferecendo alimento e roupas de cama para os menos afortunados.

Conseguem ver o lado bom deste drama?

Percebem que tais ações nobres não teriam acontecido sem o cenário das inundações catastróficas?

Nós lhes dizemos que as ações, tanto dos resgatadores quanto dos resgatados, mudaram as atitudes e o foco de milhões de pessoas, afetando não apenas aquelas das áreas atingidas, mas também de centenas de milhares de almas por todo o planeta, que assistiram os eventos pela televisão, internet e outros meios de comunicação.

SER HUMANO E NATUREZA

O ser humano não pode separar-se, divorciar-se da natureza, nem das intenções experienciais coletivas da natureza. Embora, nesses momentos de expressões violentas, vocês possam considerá-la uma adversária, em um nível superior estão conscientes de que desempenharam, coletivamente, um papel na cocriação do trauma doloroso da experiência… e que este mesmo trauma fez emergir o melhor lado da humanidade.

Desta forma, vocês são forçados a procurar as razões fora de si mesmos para explicar o que parece estar acontecendo. Os sistemas de crenças e a luta pela sobrevivência, sobre os quais vocês baseiam suas vidas, realmente condicionam e programam sua existência de tal modo que vocês negam externamente o que sabem internamente.

Vocês criaram determinadas divisões devido à sua programação cultural e às crenças que tornam este tipo de explanação extremamente importante, mas igualmente difícil de contemplar ou assimilar verdadeiramente num contexto mais elevado.

Vocês pensam nas inundações e terremotos como eventos totalmente naturais, mas não consideram pensamentos ou emoções como tais… nem consideram que seus medos, preconceitos ou pensamentos emocionalmente carregados desempenharam um papel na manifestação de qualquer catástrofe. E que a própria catástrofe os ajuda a elevar sua consciência a um âmbito mais atencioso e nobre.

ENCERRANDO

Mestres, nós enfatizamos que cada um de vocês participou de cada experiência que vivencia. A Universidade da Terra é uma ilusão proposital, mas se não parecesse real, vocês não aprenderiam.

A vida pode ser difícil, e esta é uma grande Verdade. Mas, é geralmente nos momentos muito difíceis, que vocês enfrentam a situação e transcendem as prisões e limites do passado. Pois, é enfrentando seus próprios “projetos”, que vocês dominam as lições de amor oferecidas pelo currículo da dualidade.

Paradoxalmente, os desastres naturais revelam o aspecto altruísta da humanidade, na qual o ser humano se torna um ser amável, e os vizinhos tornam-se verdadeiramente prestativos. As lições aprendidas nessas experiências, apesar de devastadoras na terceira dimensão, também modificam as pessoas para melhor, revelando uma verdade maior, a verdade do Amor.

Eu Sou Metatron, acompanhado por Tyberonn do Serviço Cristalino.
E compartilhamos estas verdades com vocês.

Vocês são profundamente amados.

E Assim É… E É Assim

 

…………………………………………………………………………………………………………….

Por favor, respeite os créditos ao compartilhar
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – http://www.decoracaoacoracao.blog.br
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – https://lecocq.wordpress.com
© 2016 – Todos os Direitos Reservados a James Tyberonn e Earth-Keeper – http://www.earth-keeper.com/

Texto original em inglês: AA Metatron via James Tyberonn: The Winds and Waters of Change – Understanding Disasters
Tradução: Vera Corrêa veracorrea46@gmail.com

Via:♥ De Coração a Coração ♥: OS VENTOS E AS ÁGUAS DA MUDANÇA – ENTENDENDO AS CATÁSTROFES

 


O RESPLANDECER DA LUZ, A CAMINHO DO ENCONTRO DA VERDADE EM SI MESMO…

lotus-flower

Surge uma flor de lótus em meio ao pântano escuro

 

Mãe Maria

Canalizada por: Michele Martini e Thiago Strapasson

 .

Que as bênçãos do amor tragam paz aos seus corpos, mentes e corações.

Amados filhos

É chegada a hora de acolhê-los em meu manto de amor e proteção materno.

No seio do meu amor, vocês são bem vindos como doces crianças que estiveram perdidas a encontrar o seu verdadeiro caminho de paz.

Estiveram envolvidos em lutas internas intermináveis, que travaram contra vocês mesmos, e que causaram profundas feridas de dor. Essas feridas fizeram com que desacreditassem na própria capacidade de superação, na força do amor e na luz existente dentro de vocês.

Deixaram-se perder nas vestes da vida material a serem levados nas ondas da ilusão, nas distrações que a vida os traz, e que os distanciam do brilho da sua verdadeira luz, que os distanciam do estado de paz e mansuetude que mora dentro de cada um de vocês.

Vocês deixaram desabrochar todas as dores, expuseram aqueles aspectos inferiores que carregavam, para que a cura ocorresse, para que fossem a verdade manifestada, e então se perderam a ponto de pensarem que não mais seria possível se encontrarem em seus próprios corações em amor.

Apagou-se a luz que brilhava em seus olhos, que permanecia sempre radiante em meio aos obstáculos e aprendizados que se apresentavam, mas que, diante do enfrentamento das suas mais profundas superações, acabaram por perder a conexão com o divino dentro de vocês.

Caminharam por ruas desertas, levando luz àqueles que tanto necessitavam, mas apenas para que tivessem o contato com a luz, a busca-la novamente, pois não mais se sentiam sob a sua irradiação.

Vocês iluminaram, curaram, caminharam por vales de dor, auxiliando aqueles que necessitavam de mãos caridosas, de um olhar amoroso, de um coração terno e determinado em oferecer os seus dons em prol desses que não mais tinham onde recorrer.

Mas isso foi apenas uma fase, que se apresentou para que tomassem contato novamente com a sua luz interior. Aquela luz que estava ofuscada pelas sombras da sua caminhada de superação e da própria transformação.

Ah, meus filhos queridos. Foram sim longas estradas onde não mais querem olhar para traz, mas foram todas elas trilhadas com a coragem que coloquei em vocês, e guiados pelo meu amor. Foram os que levaram a verdade diante da ilusão, conseguiram fazer desabrochar a mais pura luz no mais escuro pântano de medo e temor daqueles irmãos que de vocês necessitavam.

Essas experiencias doces e belas, trouxeram a vocês mais sabedoria, mais nobreza em seus corações, trouxeram a oportunidade de mostrar que podem transformar a sombra em luz e curar os corações mais duros e flori-los em amor.

Vocês trouxeram esperança e paz àqueles que tomaram contato com vocês, meus filhos. E estou a estender sobre vocês o meu manto de gratidão, pois são meus filhos amados, filhos de um Pai/Mãe que os acolhe e abraça em seu amor, para que sintam que verdadeiramente são amados.

Estivemos com vocês a os observar, e acompanhar a escala evolutiva que trilharam, de um longo aprendizado em meio aos rochedos das suas maiores superações. Foram colocados diante de vocês os obstáculos que pensavam ser intransponíveis, mas que apenas dessa forma poderiam se curar para sempre em suas dores mais profundas.

Estiveram caminhando em direção a sua iluminação, a sua purificação, e hoje estão mais reluzentes e brilhantes de luz. Brilham como as mais lindas estrelas do céu, meus queridos filhos. E o meu manto a brilhar sobre vocês já é obscurecido por toda a luz que vocês também brilham.

É um caminho sem volta, aquele da sua iluminação, onde vocês levemente vão se aproximando do estado de plenitude, e se tornam mais leves, mais desprendidos de tudo o que os fazia sentirem inseguros em meio a experiencia material.

Vocês começam a alcançar o estado de paz daqueles que decidiram enfrentar os maiores obstáculos de seus corações, que guardavam profundos pesares em relação a vida, bloqueios, traumas e padrões. Todos esses são dissolvidos em sua luz, que brilha nesse momento a trazer mais paz aos seus dias, meus queridos filhos.

E hoje venho novamente os lembrar desse trajeto que percorreram com tanto afinco, que ao final se destinava justamente a os levar para onde estão, resplandecendo a sua luz, a caminho do encontro da verdade que por tanto tempo guardaram dentro de si mesmos.

Foram dias duros que os conduziram à estrela que agora irradia de seus corações. É uma nova estrela, inexplicável, inexorável, que não era prevista, que da escuridão que andaram surge radiante como um combustível a iluminar as suas vidas.

A vida ilusória de dor, de angústia, de ira, de provações, se esvai em meio aos dedos, como poeira, e o que resta é o vazio e o brilho dessa estrela, que ilumina o trajeto de tantos, que ao encontro de si mesmos veem em vocês um pouco de alento em seus dias, um pouco de luz a os guiar em sua própria trajetória.

E assim, suas trajetórias pessoais se transformam no caminho daqueles que, assim como vocês fizeram, saindo dos becos escuros da vida, procuram a luz a respirar. Essa luz acalenta os corações e, do lodo do pântano, surge a flor de lótus, como mágica, como um brilho de luz onde não era possível se imaginar.

Sim, filhos, é isso que fazem, plantam sementes de luz no pântano, que resplandece em um sutil pólen, que espalha novas flores em lugares também inimagináveis. E o lodo, o pântano, aos poucos se transforma em um jardim, cheio de brilho.

Não que o pântano não tenha sua beleza, ou a sua função, mas a beleza maior é justamente ver a flor de lótus a surgir da profundeza de sua escuridão, a surpreender aqueles que diziam que ali não havia beleza. Vocês são os transmissores do pólen, que se espalha ao vento, a dar luz a novas flores, que nascem em lugares inesperados.

Por isso venho hoje, somente a trazer o meu manto de gratidão pelo que fazem, por permitirem que as flores nasçam nos ambientes mais inesperados da criação e, dessa luz, os corações comecem a brilhar. E a luz que plantei em seus corações nos momentos de dificuldade que passaram, se ofusca. Essa luz, que deixei com todo meu amor para os sustentar na dúvida, na dificuldade, na dor e no sofrimento, fica tão diminuta diante do brilho que vocês irradiam, que se incorporam e somem na imensidão que hoje vocês são.

E assim, meus filhos, vocês se diluem em mim, e eu em vocês, e nos transformamos em um único corpo a sustentar a unidade de corações. São estrelas que se unificam a brilhar e iluminar, vazias, sem propósitos, mas que iluminam e se unificam a aguardar aqueles que no mesmo processo se encantarão por nossa luz, e, em amor, virão a nos encontrar em unificação.

E nessa unidade é que representamos o agasalho, sobre o meu humilde manto de luz, que é pequeno diante do que vocês representam para mim.

Sou sua Mãe, Maria.

 …………………………………………………………………………………………………………

.

Canais: Michele Martini e Thiago Strapasson – 25 de julho de 2017.

Congregação de Paz e Transformação

 


Via: Congregação de Paz e Transformação: Surge uma flor de lótus em meio ao pântano escuro – Mãe Maria

APRENDENDO A VIVER NO MUNDO SEM DEPENDER DO MUNDO…

Alexandra Nedzvetskaya

Se permitindo fluir nas ondas da consciência

resize-img (editado)

Mensagem canalizada por Maria Silvia P Orlovas

 

A medida em que você acorda, desperta para o seu caminho espiritual, você pode sentir algumas dores e muitas pessoas estão sentindo essas dores e reclamando do momento e se sentindo inadequadas com várias situações que estão na sua vida.

O desconforto meus amados, faz parte.
As energias angélicas, as energias espirituais elevadas, compreende a dor como um ajuste necessário.
Seria de se estranhar que vocês, aquelas almas que estão despertas buscassem um equilíbrio completo, sem dor no mundo material.

Vocês estão enfrentando as dores do crescimento espiritual e quando estiverem devidamente crescidos, aprumados no seu corpo de luz, a dor deixará de existir.

Os desentendimentos não serão mais importantes, as pessoas desalinhadas, às vezes cruéis deixaram de ter significado pra você. Então suporte as suas dores do crescimento. O desajuste com um mundo materialmente evoluído em muitas coisas e muito perdido e sofrido em outras, não precisa ser o seu mundo.
Uma vez já dissemos: aprenda a amar sem pertencer.
Agora explicamos a vocês: aprendam viver no mundo sem depender do mundo.
As coisas do mundo, trabalho, dinheiro, posição, pessoas, tudo que é ligado ao material, vivem sempre em flutuações. Momentos em que você tem mais e se sente mais feliz. Momentos em que você tem menos e pode se sentir triste.

Equilibre as suas necessidade e não pertença ao sofrimento. Deixe as decepções, expectativas; deixe que elas passem por você.
Não se alimente delas.
Não se alimente das injustiças, nem tampouco das frustrações.
Há na consciência dos homens despertos a capacidade de olhar o todo e ajustar os seus sonhos e expectativas.
Acalme o seu desejo.
Acalme os seus sentimentos.
E lide com as suas frustrações.
Frustrações mostram apenas que você desejou e apostou em coisas erradas.
Permita que as ondas de transformação passe por você.
Não se afogue nas ondas.
As coisas vem pra você e elas saem de você.
Elas passam por você e a turbulência só será maior se você não permitir que as experiências venham e passem.

O momento de transformação da terra, os carmas acelerados, as situações em aparente descontrole, só estão mostrando que as águas das praias estão mais perto.

Nós estamos vivendo o momento real de transformação. Aqueles que estão neste movimento estão abrindo mão do materialismo.
Isso não significa pobreza ou riqueza, isso significa apenas dar importância relativa as coisas.

Não se deixem dominar pelas ambições, nem pelo desejo de segurança total.
Simplesmente porque isso não existe.

.Lembrem se das ondas do mar, energias que vem, energias que vão.
Histórias que se formam, histórias que se dissolvem naturalmente.
Liberem as energias, liberem os sentimentos, liberem as vibrações.
Mergulhem na profunda luz da cura do Eu Sou.

.

Nesse momento se imaginem dentro de um pilar de luz.

Uma luz profunda verdadeira, inteira, que vem do céu e entra no alto da sua cabeça e alinha você no Eu sou.
Eu sou o que eu sou
Eu sou o que eu sou
Eu sou o que eu sou
Se alimente disso.
Se alimente da sua consciência de luz, é você se alimentando direto do pai criador.
Eu sou o que eu sou
Eu sou o que eu sou
Eu sou o que eu sou.

Respire, se alimente da luz do Eu Sou.
Eu sou o que eu sou
Eu sou o que eu sou
Eu sou o que eu sou

Vejam a luz da sua divina presença Eu Sou.

Alinhando todos os seus chakras, harmonizando a sua natureza, fortalecendo você em si mesmo.

Você se alimentando da força e da luz da sua divindade.
As curas, o equilíbrio, a segurança, a consciência estão servindo a esse alinhamento.

Eu sou Fé, energia complementar do arcanjo Miguel e estou a serviço junto com as hostes angélicas do movimento de ascensão deste mês de agosto.
Estamos trabalhando na consciência planetária, alinhando as vibrações para que haja evolução e não medo; sabedoria e não escuridão, amor e compaixão.

Recebam as nossas emanações de luz e amor.

Tenham paz.

 

 Áudio Para ouvir o áudio da canalização “Se permitindo fluir nas ondas da consciência” clique aqui

______________________________________________________________________________

Meditação para a cura na vibração do Ho´oponopono

 

 

 Áudio

Meditação para a cura na vibração do Ho´oponopono

 

Ouça no link acima a meditação realizada no Espaço Alpha Lux.
Vamos na luz!

 

Fonte: mariasilviaorlovas.com.br
Data: 02/08/2017
Canal: Maria Silvia P. Orlovas

 


Via: Um Canal de Luz por Maria Silvia Orlovas: Se permitindo fluir nas ondas da consciência

A UNICIDADE NOS RELACIONAMENTOS, COM A ALMA COMO GUIA, E NÃO O EGO…

best friends forever

OS RELACIONAMENTOS E A SUA UNIÃO SAGRADA

Arcanjo Miguel_Claudio Gianfardoni

Arcanjo Miguel

Canalizado por Ronna/Escriba Sagrada

 

Amados mestres, as frequências refinadas da Nova Era estão tendo um efeito profundo sobre como vocês se veem. À medida que aprendem a recuperar o seu poder, estabelecer limites e reivindicar um sentido de autoestima, isso também terá um efeito intenso em seus relacionamentos com os outros, principalmente nos relacionamentos românticos.

No passado, vocês tiveram muitas questões não resolvidas, que criaram aquilo que se poderia chamar de “manchas desequilibradas ou vulneráveis”, em seu corpo emocional e no sistema de chacra, principalmente nos primeiros quatro chacras. Vocês tiveram muitas questões não resolvidas internamente, sob a forma de culpa, medo, raiva, uma sensação de abandono, e de não serem amados. Todas essas formas-pensamento possuem uma frequência vibratória, e vocês irradiaram essas frequências de desmerecimento para o mundo. Vejam essas frequências se irradiando em sua frente e ao seu redor, em um Sinal do Infinito, em que elas são captadas por aqueles que estão ressoando com os mesmos níveis de frequência, e, assim, são atraídos para a sua vida de uma maneira ou de outra. Inconscientemente, vocês atraíram também aqueles que vieram sob uma perspectiva de “necessidade”. Vocês esperavam que eles pudessem consertar tudo para vocês e fazê-los felizes, mas, na realidade, toda essa espécie de relacionamento cria mais fricção, por meio dos sentimentos de carência e de uma sensação interna de desmerecimento. No passado, a maioria dos relacionamentos era baseada na atração física, o que normalmente se desvanece um tanto rapidamente se não houver maior profundidade na atração.

Havia outros componentes incapacitantes, tais como dependência, um desejo por segurança ou uma tentativa de encontrar validação da autoestima fora de si mesmos. Questões não resolvidas e problemas são ampliados, quando alguém que entra em sua vida reflete essas situações negativas de volta para vocês. Essas questões e esses problemas invariavelmente criam fricção, o que não é necessariamente algo ruim, se vocês os reconhecem, se estão dispostos a reconhecê-los e concordam em fazer um esforço combinado para mudá-los para melhor.

A ênfase agora está no retorno à totalidade interna, ao assumir responsabilidade pessoal por suas ações, e pela construção da autoestima e de um sentido de dignidade, por meio do centro do seu coração solar, em cooperação com o Eu da Alma e o Eu Superior. A verdade e a integridade serão as bases de qualquer relacionamento do futuro. Primeiramente, devem aceitar quem vocês são no momento presente, enquanto se esforçam para se tornar as melhores pessoas que possam ser, por examinar suas atitudes, crenças, hábitos e fraquezas. Vocês aprenderão que a base de um relacionamento duradouro com outras pessoas é, em primeiro lugar, ter um “caso de amor” consigo mesmos, em que vocês se esforçam para se tornar mais amorosos e amáveis. Finalmente, percebem que “vocês são o amor personificado”, e que não precisam de mais ninguém para validar essa verdade, porque vocês, bem lá no fundo, reivindicaram isso. Vocês conectam o seu Coração Sagrado e essa fonte de amor incondicional à própria Centelha Divina, e se lembram de que existe um suprimento infinito de Amor/Luz à disposição de vocês, através da sua conexão com a Fonte. Essa é a sua Herança Divina, queridos corações. Por que não a reivindicam?

Requer um compromisso forte e mútuo, sem culpa, julgamento ou acusações egoicas para se trabalhar diferenças pessoais, e chegar a conclusões que sejam mutuamente benéficas, que sejam justas para todas as partes envolvidas. Em um relacionamento que cresce, e evolui não haverá mais ênfase em quem está “certo” ou em quem está “errado”, mas no compromisso, e em um desejo de satisfazer as necessidades de todos os envolvidos de uma maneira mais equitativa.

Nenhuma área de sua vida pode ficar estagnada, principalmente para aqueles que estão dedicados ao caminho espiritual e à evolução da Alma. Nem sempre é possível, para os que estão em um relacionamento, crescer ou evoluir no mesmo ritmo. Todavia, é possível não se sentir ameaçado, permanecer em um papel coadjuvante e deixar que aqueles ao redor se desenvolvam no próprio ritmo, se vocês hão de estabelecer uma “união sagrada” internamente. Essa “união sagrada” está retornando ao equilíbrio e à harmonia os seus corpos físico, mental, emocional e espiritual, assim como recuperando os atributos e virtudes da sua natureza masculina e feminina. Os papéis estritamente definidos de machos e fêmeas estão, aos poucos, sendo alterados, por meio de que uma combinação de papéis sexualmente definidos está se tornando mais a norma. Mais uma vez, o poderoso brilho da Deusa está sendo emanado sobre a Terra e sobre a humanidade. O status das mulheres está mudando rapidamente, e a igualdade masculina/feminina se tornará a norma, quando, tanto os homens quanto as mulheres reivindicarem sua natureza intrínseca masculina/feminina. A batalha entre os sexos tem suas origens internamente, porque a humanidade lutou durante eons para reunir o deus e a deusa internos. As mulheres estão aprendendo a resgatar o seu poder; no entanto, elas sabem que precisam utilizar essa dádiva com amor e compaixão como envoltórios. Os que estão em um corpo masculino estão, paulatinamente, aprendendo a permitir que o amor incondicional da Deusa “Ilumine o fogo da compaixão e da gentileza internas”. Estão aprendendo que existe força na criatividade, na intuição e na disposição de se permitir ser gentil e franco.

Conforme vocês se empenham em obter a maturidade espiritual, muitos aspectos de sua vida mudarão. Haverá um forte desejo de apoiar-se mutuamente, juntamente a um intenso anseio de crescer e expandir-se, mesmo que às vezes os seus caminhos possam tomar direções diferentes. Vocês vão reivindicar a verdade de que estão ligados em um nível de Alma, e que nunca podem realmente estar separados.

A verdadeira união sexual é e pode ser uma experiência espiritual incrível, não apenas a junção de dois corpos. A sexualidade divina exige uma total abertura do coração, uma combinação dos aspectos mental, emocional e físico do seu Ser, o que resulta em uma experiência profunda e duradoura. Esse tipo de união pode redundar em um verdadeiro sentido de unidade, se vocês estiverem harmonizados em um profundo nível de Alma um com o outro.

Vocês devem remover as barreiras ou filtros etéricos que colocaram ao redor do seu coração e das suas emoções, se hão de conseguir receber e irradiar amor incondicional. Devem confrontar seus medos acerca de perder aqueles a quem amam, e das decepções e traições do passado, que muitas vezes se manifestam como um medo da intimidade ou de assumir um compromisso com o outro. À medida que aprendem a acreditar e a confiar em si mesmos, vocês desenvolverão uma confiança fundamental nos demais, e os outros colocarão sua fé e confiança em vocês, porque confiança gera confiança.

Não é apropriado sacrificar os seus sonhos e desejos pelo outro – ou que as pessoas em sua vida façam sacrifícios por vocês. Deve haver um objetivo comum entre todos os envolvidos, ao participarem da maneira combinada – compartilhando a carga e colhendo as recompensas.

Cada um de vocês pertence a uma enorme e complexa família de Alma, e vocês certamente desempenharam muitos e diversos papéis uns com os outros, através das eras. As pessoas com quem vocês estão envolvidos nesta existência, ou que entraram em sua vida, de modo que vocês pudessem aprender as “lições da vida”, fazem parte de um drama cósmico maior em progresso. Quando julgarem o outro, vocês precisam se conscientizar de que, na verdade, estão apenas julgando a si mesmos. Vocês desempenharam todos os papéis durante a sua jornada através deste universo: amantes, amigos, mãe, pai, irmã, irmão, filho e filha. Vocês estão integrando todos os atributos dos múltiplos papéis que desempenharam: a força e a sabedoria de um pai; o acolhimento suave e o cuidado amoroso de uma mãe; a paixão, o compromisso e o companheirismo de um amante; a lealdade firme de um amigo; e as interações alegres e joviais entre uma irmã, um irmão, um filho ou uma filha.

É o momento de reunir-se, de se juntarem – o início do retorno à UNICIDADE. Vocês não podem mais se esconder atrás de um manto de medo ou isolamento, amados. Chegou a hora de assumir um compromisso consciente, em primeiro lugar, com consigo mesmos e com o seu Eu Divino, e, em seguida, com aqueles ao seu redor com quem vocês estão destinados a experimentar a “dança da nova vida”. Vocês devem fazer um acordo detalhado consigo mesmos acerca do que desejam e esperam dos que os cercam, e, então, devem abrir-se para examinar seus desejos e expectativas com todas as pessoas com quem interagem.  No futuro, à medida que os relacionamentos se revelarem, níveis cada vez mais profundos de compreensão e de compromisso florescerão, porque todos estarão dispostos a falar a partir do coração, com o Espírito como o seu guia, e não o ego.

Conforme muitos de vocês sabem, fui honrado em dar-lhes muitas “leituras galácticas” pessoais durante anos. Foi um grande prazer e devo afirmar que também foi uma benção e uma dádiva da minha amada mensageira, porque isso tomou muito do seu tempo e energia, para lhes trazer essas mensagens. Durante estes momentos de grande mudança e de grandes oportunidades, estou enviando uma leitura galáctica aberta para todos vocês, de modo que possam saber como são especiais, e as maravilhosas dádivas que os aguardam.

Bem-amado: É maravilhoso observar, à medida que você se lembra e traz à tona todos os dons e sabedoria que guardou em sua estrutura cerebral. Você possui uma experiência tão vasta para utilizar, querido, não apenas provinda das suas residências provisórias nos reinos superiores, mas das suas experiências terrenas, também. Chegou a hora de você se lembrar de que a Terra não é o seu lar. Você planou por todo este Universo, e você sempre se adiantou avidamente para se voluntariar para uma nova tarefa, independentemente de quão difícil fosse. Suas experiências terrenas têm sido uma maravilhosa variedade de empreendimentos cocriativos, e você fez progressos lentos, porém firmes, em direção à sua verdadeira identidade como um Ser de Luz. Chegou o momento de perceber que você é muito mais do que apenas a identidade que você escolheu nesta existência. Você e aqueles semelhantes a você estão recebendo a oportunidade de integrar as múltiplas Facetas de si mesmos, e, ao assim fazer, você começará a ver como você é verdadeiramente poderoso e sábio. Todas as provas, testes e aparentes fracassos fizeram-lhe o Ser humano/Espírito brilhante e belo que é hoje. Quando você ensina, o faz a partir da experiência, e você demonstrará, pelo seu exemplo, como quaisquer obstáculos podem ser superados – que outros, como você, podem triunfar sobre a adversidade.

Este é o momento em que a sua Alma alcançou o ponto mais distante da sua jornada de separação, e está agora pronta para começar a jornada da “Reunião e Integração”, mais uma vez. A sua Alma, aos poucos, foi infundida com um descontentamento divino, que lentamente se infiltra em sua mente consciente e em suas emoções, e você começa a voltar-se para dentro, a fim de domesticar o ego e reconectar-se à Alma, à  Superalma e às múltiplas Facetas do Eu Superior. Você agora tem o potencial de conectar-se às muitas Facetas da sua família de Alma, seu Eu Superior, suas muitas Superalmas, e finalmente, o seu Átomo-Semente Divino (Presença Eu Sou). Em um nível cósmico, o Criador Supremo está agora enviando o seu brilho via o Grande Sol Central. Essa energia está sendo infundida na Terra em grandes rajadas da Chama Viva da Vida, via o Sol de seu sistema.

O seu maior desejo para esta existência foi integrar as muitas Facetas da seu Ser; contudo, primeiramente, elas precisam ser curadas e harmonizadas, de modo que possam ser preenchidas com Luz. Dessa forma, você não terá que enfrentar o desconforto, os desafios ou as interações cármicas da experiência da terceira e quarta dimensões, porque essa é a forma antiga. À medida que você permite que o seu Eu Divino o ilumine intensamente e o oriente, cada vez mais pensamentos inspirados virão até você. Existem muitas maneiras de permitir que o Espírito se manifeste por seu intermédio; apenas deixe que isso aconteça naturalmente, meu querido.

O que lhe traz alegria e satisfação? Como você deseja servir? Existem muitas maneiras e você possui muitos talentos (mais do que poderá reconhecer), mas a escolha é sua. Apenas se lembre de que isso deve trazer-lhe alegria e fazer com que o seu coração cante, enquanto você oferece aos outros as dádivas que você recebeu. Sua recompensa será a Luz nos olhos deles, e a alegria que eles expressam, à medida que também permitem a integração do Espírito para criar os milagres em suas vidas.

Chegou a hora de abrir mão do passado doloroso. Chegou a hora de reivindicar a sua mestria, criar a própria versão do paraíso, e, então, ensinar aos outros a fazer o mesmo. Ajude aqueles que vêm a você para curar suas feridas emocionais e seus corpos físicos, e, em seguida, eles estarão prontos para escutar as advertências do Espírito. Nós todos estamos nos tempos da grande mudança, que foi predita por milhares de anos. Você carrega internamente as frequências vibratórias refinadas do futuro, e você PODE fazer a diferença. Atraia o Amor/Luz da Criação do seu Eu Divino, utilize o que você precisar para trazer para si harmonia e saúde vibrante, e, então, permita que o seu gentil coração irradie o belo brilho da energia amorosa aos demais.

Concentre-se no que está certo em seu mundo, olhe para o melhor naqueles ao seu redor, e isso é o que você reforçará e ajudará a criar. Você pode mudar o mundo que o rodeia, um pensamento de cada vez.

Você tem guias angélicos maravilhosos, apenas esperando-o para ajudá-lo. Invoque-os e, juntos, vocês podem criar milagres para compartilhar com as outras pessoas. Permita que o ajudemos a realizar sua missão e acolhê-lo com o nosso amor.

EU SOU ARCANJO MIGUEL.


Direitos Autorais:

Transmitida por Ronna /Escriba Sagrada * Como a pessoa que transmite este artigo, eu, Ronna, reivindico os direitos autorais universais em nome do Arcanjo Miguel. A publicação em sites é permitida, contanto que a informação não seja alterada, suprimida ou acrescentada, e o crédito da autoria, o meu e-mail e o endereço do site sejam incluídos. Pode ser publicado em jornais, revistas ou impressão pública com a permissão de: RonnaStar@earthlink.net.

N.T.: O mesmo procedimento deve ser seguido no caso de se publicar a presente tradução, isto é, dar os créditos à tradutora.

Texto em inglês: StarQuest Archangel Michael Through Ronna | RELATIONSHIPS AND YOUR SACRED UNION
Tradução: Ivete Adavaí Brito adavai@me.com  /  www.adavai.wordpress.com

Via: ADAVAI | ARCANJO MIGUEL – junho de 2017

A ESPIRITUALIDADE REVELADA ATRAVÉS DA ARTE…

Cores buscando o espírito - Claudio Gianfardoni

Obra de autoria de Claudio Gianfardoni

Cores buscando o espírito.

Por: Claudio Gianfardoni

 

Quando criança tive e vivi momentos em que eu percebia que existia uma grandeza no universo muito mais ampla do que a religião onde fui criado me permitia tocar. Aprendi desde cedo a temer a Deus. E como eu temia!

Ao mesmo tempo que minha mente e meu coração eram povoados de temor eu experimentava momentos peculiares onde eu tocava levemente algo inexplicável, fascinante.

Na escola ao invés de prestar atenção à aula eu preenchia páginas e mais páginas com desenhos de “olhos”. A aula terminava e eu dava conta de que eu estivera totalmente absorvido e distante de tudo o que acontecia ao meu redor.

Eu tinha apenas os “olhos” desenhados no caderno me observando, até que lá pelos onze anos de idade mirei meus próprios olhos no espelho muito de perto. Então começou o que eu chamava de “viagem”. Eu ia me distanciando, minha mente se projetando no espaço, viajando num nada, num nada cheio de emoções que eu não sabia traduzir. Isso tornou-se uma brincadeira secreta, só minha, um momento tão emocionante que eu não podia e nem tinha com quem compartilhar. Depois de uns poucos meses minha brincadeira cessou. Não conseguia mais fazer a minha ”viagem”.

O tempo foi passando. Me tornei um adolescente confuso, cheio de perguntas e sem respostas que me dessem paz. Me formei arquiteto e trabalhei cerca de seis anos nessa profissão. Casei. Apoiado pela minha esposa larguei o emprego mesmo sem saber o que faria da minha vida. Trabalhei durante três anos como marceneiro, arte que sem saber eu conhecia por ter, quando muito pequeno, observado meu avô que foi marceneiro.

De repente veio a dor. Minha esposa recebeu um diagnóstico de uma doença que poderia ser fatal. O chão se abriu para mim. Eu poderia perder a pessoa que eu mais amava. Descobri o inferno… ele era aqui… era um estado de espírito onde tudo o que reinava era a dor.

No meio desse redemoinho de sofrimento que parecia não ter fim, os milagres que eu já nem pedia e sim exigia começaram a se manifestar. Descobrimos que o diagnóstico estava errado, mas mesmo assim aquele mal traria sérias consequências.

Uma possibilidade surgiu, um tratamento com um medicamento que eu não teria condições financeira de comprar. Busquei em todos os lados conseguir o medicamento que só existia fora do Brasil. Exausto, numa última tentativa, aconteceu, simplesmente o medicamento veio até nós, de uma forma tanto inesperada quanto iluminada.

Como resultado do tratamento minha esposa se curou e tivemos nosso filho, coisa que a maioria dos médicos que procuramos dizia ser impossível. Mas mesmo assim minha dor permanecia. Fui buscar ajuda pois eu sabia que não tinha condições de receber meu filho que estava para nascer; o que eu queria oferecer era amor. Mas como? Dentro de mim só existia dor. Foi assim que comecei a praticar meditação Tibetana. Um universo, aquele que quando garoto eu havia vislumbrado voltou a se manifestar. Os “olhos”: o ponto, o centro, a mandala perfeita… a viajem.

Voltei a desenhar os olhos e com eles as faces a qual pertenciam. Eu havia aprendido a elevar minha consciência, a transcender a mente humana e tocar minha mente espiritual que é ampla, que percebe e se conecta com outras consciência que vibram em um padrão mais elevado.

Um novo trabalho, uma missão creio. Compartilho agora o resultado desse trabalho pois sei que assim como eu muitos estão através da fé, da sabedoria que o universo repleto de luz se oferece sem restrições, sem discriminação, nos mostrando que somos todos iguais e que diferenças são apenas ilusões.

Para isso pinto essas imagens, mandalas cuja intenção é de que elas sirvam como um instrumeto de inspiração e contato com os planos espiritual, como um instrumento… apenas um instrumento, pois o verdadeiro poder está dentro de nós.


Via: Facebook | Claudio Gianfardoni | Linha do Tempo | Post 1062167373884633