A RESISTÊNCIA À MUDANÇA AGE COMO UM BLOQUEIO À EVOLUÇÃO ESPIRITUAL…

entre a terra e o ceu

PERMITAM O PROCESSO DE LIMPEZA DA MEMÓRIA CELULAR  A EVOLUÇÃO É MUDANÇA

O_Grupo_Arcturiano

O Grupo Arcturiano

Canalizado por: Marilyn Rafaelle

 

Caros leitores, mais uma vez viemos em amor e com as melhores intenções para o seu avanço espiritual.

Embora a evolução mundial pareça estar paralisada, imutável e até mesmo regredindo, saibam que as frequências intensas de Luz que fluem para Gaia neste momento estão servindo para expor as criações ocultas e longas daquela consciência coletiva não iluminada, baseada na dualidade e na separação que tem mantido e continua a manter a humanidade em cativeiro.

O caos mundial está servindo para despertar muitos que ainda vivem confortavelmente na crença de que tudo o que é contado por governos, igrejas e especialistas deve ser verdade. Eles estão começando a reclamar seu poder, perguntando: “É realmente assim que eu quero que meu mundo seja? Será que isso realmente é como as coisas são?”.

É um pequeno elemento que continua a manter a máquina escura funcionando, mas as energias da crença servem para alimentar com energia fresca suas maquinações e mantê-las vivas. Isso está mudando, esse é o processo de ascensão – à medida que mais e mais despertam e se recusam a jogar seus jogos, a consciência do mundo deve e refletirá expressões novas e mais elevadas.

Não existem leis que apoiem a pobreza, a escassez ou a limitação de qualquer forma que não seja a formação de uma crença nelas. A escassez é uma parte da consciência universal (dualidade – quem tem e quem não tem) até que não seja mais o estado de consciência de alguém. A lei divina é uma lei de abundância e multiplicação. Observem as lâminas de grama e as folhas em uma árvore, pois elas refletem a lei da abundância na manifestação.

Onde há uma consciência alcançada (não conhecimento intelectual) da unidade com plenitude Divina, há abundância, pois a porta foi aberta. Novas e melhores ideias começam a fluir sem esforço para todos os aspectos da vida, e essas coisas necessárias parecem estar lá de alguma forma, quando necessário. A maioria das pessoas ainda vive sob o jugo da dualidade que se manifesta como pares de opostos, e é considerada normal pelos padrões humanos.

Tendo vivido sob o domínio da dualidade e consciência de separação vida após vida, a ideia de completude e totalidade soa impraticável e inatingível para muitos. Tentem não resistir à verdade da abundância, declarando razões pelas quais não é possível. As energias de experiências tridimensionais (experiências de escassez e limitação) permanecem armazenadas e ativas na memória celular até serem limpas – o processo em que vocês estão agora.

A humanidade é continuamente bombardeada com energias de medo, escassez e limitação que podem tornar o despertar difícil, especialmente para aqueles que são novos para a verdade. É por isso que dizemos que é importante que vocês limitem sua indulgência nas notícias e coisas que continuam a mantê-lo na velha consciência. Em vez disso, quando vocês se tornarem conscientes de problemas, usem-nos para desencadear uma consciência da verdade: “Sim, eu vejo isso, eu não nego, mas a verdade é…”.

A intenção é sempre a chave em qualquer ação. Quando um indivíduo declara sua intenção de despertar, a jornada começa e se revelará pela Graça, quando o Eu Superior começar a desenhar quaisquer experiências que possam ser necessárias para a evolução espiritual. Algumas dessas experiências não são as “experiências de luz e amor” felizes que um estudante de verdade frequentemente espera, mas eventualmente toda alma “se forma” e supera o estágio de precisar de “alarmes” para aprender com a orientação interior.

Vocês estão prontos para abraçar e integrar completude e totalidade, porque agora vocês entendem que a Consciência Divina é tudo o que existe, e que, portanto, ELA deve ser a essência de quem e o que vocês são. A separação e a discórdia não podem existir dentro do UM. A jornada evolutiva espiritual é a realização gradual deste estado de consciência através da meditação, estudo, prática e experiências de vida.

Muitos ainda acreditam que, em certo nível de consciência, a jornada espiritual está completa. A ascensão é uma mudança para a energia dimensional mais alta, mas nunca há conclusão. A ascensão continua nas dimensões superiores porque a Fonte é Infinita, expressando-se eternamente em maneiras novas e infinitas. O homem, a expressão de Deus de Si mesmo, também busca sempre uma nova consciência do Eu Único.

A condição humana, com a sua adoração do intelecto, é, na realidade, a base torcida de uma escada dimensional muito alta.

No sistema de crenças humano, há sempre metas, a motivação para atingir algum objetivo físico, emocional, mental ou espiritual, a fim de então riscá-lo da lista e passar para outro objetivo. A jornada evolutiva espiritual é contínua, cada nova faceta de consciência construída sobre o que já foi alcançado. Não há nenhum ponto em que vocês não mais experimentarão maneiras novas e mais elevadas de compreender a verdade se vocês estiverem abertos a ela. A abundância / multiplicação é lei divina e manifesta-se assim em todos os níveis (físico, emocional, mental, espiritual), razão pela qual a resistência à mudança age para bloquear suas expressões, bem como a evolução espiritual.

Isso é frequentemente um problema para professores espirituais, líderes, especialistas e até indivíduos bem encaminhados no caminho espiritual. Quando alguém acredita que eles chegaram e que não há nada mais a aprender, eles bloqueiam qualquer coisa nova de entrar. Eles escrevem livros e ensinam aulas promovendo seu nível de consciência alcançado, mas porque eles se identificam tão fortemente com as ideias que ensinam, qualquer mudança representa uma perda do “eu” e, assim, eles resistem e temem mudar.

Os autoproclamados líderes espirituais e seus seguidores frequentemente mantêm a maior resistência à verdade. Eles mantêm rígidos os conceitos de verdade acreditando que eles são a totalidade. Eles tornam estes conceitos sua corda de segurança, e recusam receptividade a qualquer coisa que possa desviar-se de seu sistema de crenças.

Esse é o erro contínuo das muitas religiões organizadas que mantêm seguidores sob regras estritas (que, na realidade, são simplesmente alguns conceitos tridimensionais “condutores” da verdade). A desobediência dessas regras é muitas vezes punível neste mundo, assim como no próximo, onde a punição eterna os espera. Esses falsos ensinamentos servem para criar o bloqueio perfeito para o entendimento mais elevado.

Quando um indivíduo está realmente pronto para evoluir, velhas crenças há muito tempo mantidas como verdadeiras começam automaticamente a cair – a ressonância da pessoa mudou e não está mais alinhada com elas. Isso pode trazer um período de luta pessoal e medo, bem como lutas dentro da família, igreja e amigos, porque até este ponto seu sistema de crenças pode ter sido seu único vínculo.

A evolução é mudança. À medida que vocês evoluem espiritualmente, o fruto será sempre novas ideias a respeito do trabalho, estilo de vida, gostos e desgostos, crenças etc., independentemente do que seu trabalho pode ser. A evolução é a eterna revelação da Fonte em todas as suas expressões e estados de consciência. É a Fonte se reconhecendo e amando A SI MESMA.

Alguns de vocês estão descobrindo que suas práticas e ensinamentos espirituais favoritos já não ressoam com vocês nas formas poderosas como já ressoaram alguma vez. Isso nem sempre significa que essas coisas estão acabadas, mas muitas vezes indica que vocês estão prontos para ir além da maneira que vocês as compreenderam, em uma realização mais profunda da verdade que elas representam.

Nunca tenham medo de deixar para trás práticas que podem ter sido vitais para a sua jornada em algum ponto. Percebam que as práticas espirituais em si mesmas nunca tiveram o poder de fazer de vocês o que vocês já são. Elas são simplesmente ferramentas que servem para aumentar a energia e ajudar a ver e entender em um nível mais elevado. Como todas as ferramentas, mesmo as práticas espirituais tornam-se obsoletas, porque uma vez que vocês atingiram a consciência de quem e o que vocês realmente são, qual é a utilidade delas?

A Criatividade em todas as suas formas é o Divino Feminino se expressando – Mãe Divina dando à luz novas ideias em forma e variedade infinitas em todos os níveis e dimensões. A energia do Feminino Divino reside dentro do centro do coração e, conforme mais pessoas permitem que seus corações se abram, integrando e ativando a energia do Feminino Divino em equilíbrio com o Divino Masculino, ela se manifestará como ideias criativas, até então, nunca sonhadas.

Para que essa verdadeira criatividade flua e se manifeste, o Divino Masculino também deve ser integrado, pois são duas metades de um Todo Divino. Os homens estão sendo guiados para integrar e permitir que seu Divino Feminino flua, enquanto as mulheres estão sendo guiadas para integrar e permitir que seu Divino Masculino flua. As ideias criativas de uma sem a outra são inexistentes ou apenas capazes de se manifestarem em formas incompletas, tridimensionais e, muitas vezes, sem inspiração.

Permitam que o processo flua, queridos, permitam o processo. Não tenham medo de abraçar e implementar cada nova verdade em todas as facetas da vida diária. Confiem que seu Eu Superior está sempre guiando e levando vocês para onde vocês estão prontos para estar. Permitam o processo.

Nós Somos o Grupo Arcturiano.


Fonte: Oneness of All | May 07, 2017
Tradução: Sementes das Estrelas / Amanda Cordeiro (https://www.facebook.com/amandacordeiroterapeuta/)

Via: Sementes das Estrelas: O GRUPO ARCTURIANO – “PERMITAM O PROCESSO DE LIMPEZA DA MEMÓRIA CELULAR / A EVOLUÇÃO É MUDANÇA” – 07.05.2017

A MAIOR ENERGIA DO CRIADOR ESTÁ DENTRO DE CADA SER HUMANO…

Benediction_of_God_the_Father_by_Luca_Cambiaso,_c._1565,_oil_on_wood_-_Museo_Diocesano_(Genoa)

A HUMANIZAÇÃO DE DEUS

Uma mensagem de Kryon, canalizada por Lee Carroll
em 16 de Julho de 2011

 

Saudações, queridos, EU SOU KRYON do Serviço Magnético.

Eu retorno novamente com uma mensagem sobre a percepção. A mudança que está acontecendo agora com este planeta, no momento, refere-se a vocês. Trata-se de comunicação. Pois aquilo que está em seu interior, chamado seu Eu Superior, que permanece inidentificável, simplesmente não pode ser definido apropriadamente em três dimensões. Por isto, é muitas vezes incompreendido.

É o momento para todos ouvirem esta mensagem, ainda que haja partes disto que possam não compreender. A caixa em que vocês estão é uma caixa de sobrevivência em três dimensões. É tudo o que vocês sabem. Assim vocês se basearão em todas as coisas que vocês veem e tomarão decisões somente sobre aquilo que acham que conhecem. Na verdade, basear as coisas naquilo que vocês não conhecem, é impossível – entretanto, pedimos-lhes que tentem.

As coisas multidimensionais são difíceis para a humanidade refletir. Se vocês se afastassem do paradigma em que foram criados e da realidade em que têm sobrevivido, seria uma experiência desconcertante. Como então, podemos lhes pedir que pensem de maneiras que estão além do que vocês conhecem ou já experimentaram?

A energia deste planeta está mudando. Vocês poderiam dizer que a caixa de ferramentas do Trabalhador da Luz está sendo reforçada. Assim, a nova caixa de ferramentas é a chave para ter a capacidade de fazer o que eu estou dizendo que é agora possível, e começar a pensar de uma forma multidimensional, mesmo sem saber que isto é o que vocês estão fazendo. Percebam, parte da caixa de ferramentas é nova ajuda. Ela começa com o aumento da intuição da velha alma.

Vamos começar, portanto, com uma afirmação, uma declaração da intenção para a compreensão. Enquanto vocês estão diante do Espírito em um grupo como este, ou sozinhos e ouvindo ou lendo como alguns de vocês estão agora, peçam uma revelação da sabedoria: “Querido Espírito, ajude-me a compreender em um nível multidimensional os conceitos que estão sendo apresentados.”Pois se vocês puderem reforçar a sua sabedoria, ela aumentará a comunicação entre os dois lados do véu.

A HUMANIZAÇÃO DE DEUS

Eu intitularei esta canalização de modo que o meu sócio não o faça. Eu nem sempre dou um título a elas, pois rotular os itens é algo feito por razões de 3D. Em sua realidade, vocês querem um rótulo para a mensagem que estão prestes a ouvir. Assim eu o darei a vocês, assim como um exercício dicotômico. O seu título será: “A Humanização de Deus.”

Meu sócio está sentado em uma cadeira. Ao longo de 22 anos ele trouxe os meus pensamentos conceituais a vocês. Ainda que estes pensamentos conceituais do outro lado do véu estejam também dentro de cada Ser Humano, dentro do seu Eu Superior, eles não são fáceis de acessar. Isto é porque eles existem em um estado multidimensional e não em um que o ser humano se relacione. Portanto, foram necessários 22 anos para que o meu sócio aprendesse a linearizar os conceitos em uma sequência de palavras, apresentadas em uma linguagem que vocês compreendam.

Nem todos vocês aqui e lendo isto compreenderão o que eu estou ensinando hoje. Eu estou consciente disto, pois o Espírito não se comunica com os Seres Humanos com palavras desta forma. Em vez disto, a linguagem do Espírito se expressa no que vocês chamam de flashes intuitivos, fora do tempo linear, e de uma só vez. É assim que vocês obtêm a sua melhor informação.

EXEMPLOS DE LINEARIDADE

Enquanto eu estou aqui, talvez um indivíduo que possa estar aqui pela primeira vez, faça a pergunta: “Quem é você, Kryon, e de onde você vem?” Agora estas duas questões podem ser absolutamente lógicas e normais a cada Ser Humano que ouve e lê esta mensagem, mas eu lhes direi que as próprias questões tendenciosas traem o pensamento linear. Pois Kryon não é um quem e de lugar algum. Como isto pode ser? A única maneira que eu posso explicar é lhes dar metáforas. Eu sei que as metáforas não se sustentam sob exame completo, desde que nenhuma analogia é perfeita. Assim, considerem isto apenas como um exemplo próximo para levá-los a começar o processo de compreensão.

Digamos que vocês sintam um amor incrível em sua vida por outro Ser Humano, ou por um animal, por exemplo, ou pelo seu filho. Digamos que isto é opressivo e talvez até vocês tenham que chorar de tanta alegria, tão forte que isto é! Agora, quando vocês se sentem assim, vocês olham ao redor e dizem: “Quem você é, realmente? Quem está ai?” Vocês se dedicariam a esta emoção amorosa como se ela tivesse um corpo e perguntariam: “De onde você vêm?” Vocês não o fariam! Em vez disto, vocês simplesmente o aceitariam e diriam: “Eu sei que isto está vindo de mim, mas realmente isto não parece parte de mim.”

Há algo em relação ao amor. Ele vem de toda parte. Ele permeia a alma do Ser Humano. Vocês sentem isto muito intensamente. Não estão conscientes de que ele lhes está sendo enviado, ou atraído para vocês; ele simplesmente é. Mas ele é extraordinário e profundo, quase como se fosse parte de algo mais, algo bem maior. Talvez fosse a parte Divina de vocês, expandindo-se? Vocês estariam certos quanto a isto. O amor não é individual. Vocês não o segmentam em partes, ou colocam nele um nome e lhe dão um nome. É um conceito que afeta cada célula do seu corpo e todas as funções corporais. Ele algumas vezes até assume! Esta é a beleza do amor.

Eu não sou um quem. Vocês me ouvem nesta voz, vindo de um corpo de um Ser Humano. Assim vocês querem, compreensivelmente, saber quem está falando. Mas a única coisa extraordinária aqui é o Ser Humano através do qual eu venho. Eu sou mais bem identificado como aquilo que é o acúmulo da confluência da fonte de energia criativa no Universo. Eu sou incontável e não estou isolado e nem sou individual. Vocês não podem me perceber (definir-me com atributos na 3D). Há vinte e dois anos, eu me identifiquei e disse: “Eu sou o que Eu Sou.” E então disse: “E assim são vocês!” Eu lhes disse que no centro do átomo é onde eu estou. Eu lhes disse que o espaço entre a nuvem de elétrons e o núcleo está cheio de amor. Eu lhes disse que a energia benevolente e criativa da fonte que é parte de vocês, é parte de mim. Todas as coisas estão unidas. Vocês a encontrarão em uma árvore, na terra e na grama. Vocês a encontrarão no ar e não podem perguntar quem, porque não somos individuais. Vocês não podem tomar em consideração o sabor da sopa, ou identificar “onde está o sal?”. Apenas “é” a sopa.

Deus não tem a mente de um Ser Humano com a consciência de um Ser Humano. Deus também não é uma reunião de muitas partes separadas da consciência, e isto é difícil para que vocês compreendam. Deus pode falar com cada Ser Humano – todos os 6 a 7 bilhões deles – ao mesmo tempo. Deus pode manter uma conversa amorosa de cura, sendo pessoal ao mesmo tempo com cada um de vocês. Pensem nisto! Isto não é um quem. Este é o Criador do Universo. Este é uma energia divina, inteligente e amorosa. Não humanizem esta fonte! Não é como vocês!

O PENSADOR LINEAR

Os Seres Humanos querem fazer tudo separado e individualizado. Vocês querem separar, identificar e quantificar. Esta é a natureza humana, pois com cada coisa viva que entram em contato é separado e individual – um ser humano, um animal, um inseto, uma árvore. Todos eles têm isto em comum. Cada um é um sistema de vida fechado e é UMA coisa. Assim, colocar Deus nesta caixa os faz sentir melhor. Porque somente então vocês podem entender como deveriam agir e reagir com o Espírito. Linearizar Deus os ajuda a sentir o que vocês devem fazer e quando o farão. Todos os atributos de sobrevivência que vocês aprenderam por toda a vida entram nisto, e nós o chamamos de preconceito linear Humano. Deus é mais bem compreendido se for um homem com uma barba e uma voz baixa – a figura da autoridade. Mas o Espírito não é assim.

Deus não é uma figura de autoridade! Entretanto, muitos de vocês não aceitarão isto. “Você quer dizer que o Criador do Universo não está no comando?” Eu não disse isto. Eu disse que Deus não é uma figura de autoridade. Deus é família. Se há alguma figura de autoridade, então vocês a compartilham com Deus, pois Deus está em vocês. Portanto, VOCÊS são a figura de autoridade.

Não existe um protocolo, também! Vocês me ouviram? Não existe um protocolo genérico! Milhares de anos de religião criaram milhares de “regras” de como obter “a generosidade de Deus”. E se nada disto fosse assim? Deixem-me lhes perguntar algo: “Se vocês quisessem conversar com a estrutura celular do seu próprio corpo, qual seria o protocolo? Se fosse vocês com vocês, como vocês começariam? Vocês se vestiriam melhor, se ajoelhariam, se preparariam? Vocês inventariam algo, alguma série de movimentos, para que funcionasse melhor? Ou vocês simplesmente se interiorizariam com a sua mente, conversariam com aquilo que vocês possuem e realizariam o quebra-cabeça? Percebem o que eu quero dizer? Os seres humanos nunca consideram Deus neles. Em vez disto, eles desejam se separar de Deus. Eles desejam elevar a Deus e colocar o Espírito no altar, onde eles possam encará-lo e talvez até criarem uma estátua, para que possam visualizar com quem falam. Isto é humanizar Deus.

GUIAS E ANJOS

Vamos falar sobre o que eu chamaria do pior cenário ao humanizar Deus, e isto toca a essência de muitos de vocês. É na forma como vocês visualizam os guias e os anjos. Agora, isto será muito diferente de muito que lhes foi dito. Assim, estejam preparados para pensar de forma diferente. Isto não diminuirá qualquer entidade divina, apenas irá ajudar a trazer isto em alinhamento com o pensamento multidimensional.

Os Anjos existem? Absolutamente, mas não como vocês pensam ou lhes foi ensinado. Há ajudantes? Absolutamente, mas novamente, não como vocês pensam. Quando os anjos visitaram os Seres Humanos nos antigos dias e os eventos foram escritos por aqueles que estavam lá para testemunhar a experiência, eu posso garantir que foi muito diferente do que eles poderiam expressar no papel. Quando um anjo aparece diante de um ser humano, ele parece um turbilhão de bola de energia, até mesmo fogo, que não é quente e que a nada consome. Os anjos não estão na forma humana e nunca estiveram. Eles são seres multidimensionais, não em 3D. Entretanto, vocês querem colocar pele e asas neles e até lhes dar um nome! Por quê? Isto lhes faz sentir bem em relação a eles. Nós compreendemos isto.

“Quem são eles?” Vocês lhes dão nomes; vocês lhes dão atributos. Este anjo faz isto; este anjo faz aquilo. E se eu lhes dissesse que eles estavam todos juntos? Vocês reagiriam. Vocês diriam: “Eu não gosto disto. Eu quero que eles sejam individualizados e façam coisas diferentes.” Os seres humanos querem que os anjos sejam os “trabalhadores divinos da fábrica para Deus”, cada um com uma tarefa. Isto não é assim! Quando vocês respiram o ar, ele se alinha como moléculas individuais com nomes e tarefas, então entram em seus pulmões em fila? Acostumem-se com o conceito do que eles chamam de emaranhamento físico. É uma palavra usada no mundo quântico que descreve um estranho atributo da matéria que parece estar “conectado a tudo o tempo todo.”

Eu quero que vocês se acostumem a algo que é profundo e belo. Vocês são parte de tudo! Vocês não estão separados disto. Vocês podem ser corpos individuais na 3D, mas em um mundo multidimensional, estão conectados a tudo!

Vamos falar sobre guias e ajudantes em um contexto mais específico e histórico. As canalizações (escrituras) dos antigos vieram juntas com a sua visualização de três guias. Vocês deveriam estar conscientes deste número “três” nesta nova perspectiva, porque agora eu lhes darei algo que é diferente da 3D.

Há vinte anos, eu simplesmente apoiei a sua percepção de “três guias”. Isto lhes serviu, e não houve nenhuma sabedoria para compreender qualquer outra coisa. Agora há. Eu tenho notícias para vocês: Vocês não têm três guias. O três é somente a identificação numerológica da energia auxiliar. O número três se torna um “indicador” para outro significado.

Eu disse hoje cedo (em uma canalização anterior), que todos vocês participam de uma terceira linguagem durante as minhas canalizações. Alguns de vocês não estão ouvindo o que eu estou fazendo com o meu parceiro sob qualquer condição (a canalização que vocês estão lendo). Em vez disto, vocês obtiveram as suas próprias mensagens pessoais e elas estão sendo transmitidas agora.

Portanto, o que chamamos de “Terceira Linguagem”, é uma linguagem catalítica, multidimensional. Ela catalisa a energia entre vocês e eu, e quando vocês estão diante de mim e abrem aquilo que é o seu terceiro olho, a pineal é aberta amplamente. É quando o catalisador começa o seu trabalho e vocês obtêm as mensagens intuitivas, comunicativas.

O catalisador está entre esta energia que vocês chamam de inata, ou o seu Eu Superior, e este lado do véu onde eu estou. Esta linguagem está operando com a sua intuição, dando-lhes flashes, dando-lhes instruções, segurando a sua mão, dando-lhes amor. Esta é a Terceira Linguagem.

VOCÊS NÃO TÊM TRÊS GUIAS

Agora parece que vocês têm três guias porque há três energias distintas que são Divinas e que o Espírito usa com a humanidade. O primeiro ser humano a vê-las e publicar este fato foi Eliseu, substituto do profeta Elias. Quando ele viu Elias ascender, parecia haver uma carruagem puxada por três cavalos brancos e Elias se elevou nas nuvens em sua ascensão voluntária. Ele chamou a toda esta experiência de Merkabah. Esta é uma palavra hebraica que significa “viajar”.

O que Eliseu estava vendo era três energias que pertenciam à Elias, e elas não eram guias ou anjos que faziam parte dele. Em vez disto, Elias chegou com elas e partiu com elas. Queridos, vocês vieram com uma energia divina, que é tão profunda que parte dela está além de vocês, para o resto da vida.

Vocês são maiores do que pensam. Seus guias são parte de vocês! Eles não estão separados, eles não são de outros lugares e eles não mudam. “Oh, Kryon, em livros do passado, você disse que eles mudaram.” Realmente, eu disse, e isto foi para que vocês compreendessem uma realidade mais simples da divindade. Agora vocês estão graduados.

A NOITE ESCURA DA ALMA – UMA APARENTE MUDANÇA DE GUIAS

Agora eu lhes darei algo mais que deveriam ouvir. Muitos de vocês tiveram a situação onde acreditam que os seus anjos, seus guias, seja como for que os chamem, desapareceram por algum tempo. No início do trabalho de Kryon, nós lhes dissemos que acima de 90 dias, vocês poderiam experienciar o que agora chamamos de recalibração. Naquela época, nós chamamos a isto de “Implante”. Foi a “Implantação de sua permissão para mudar.” Isto seria muitas vezes acompanhado por uma percepção dos guias e anjos que os deixavam por até 90 dias.

Cada ser humano que recalibra, não importa quantas vezes eles o façam, terão um período de tempo onde, aparentemente, não há ajuda, e um período onde o Espírito pareceu se afastar de vocês. Agora, eu estou lhes dando esta informação porque alguns de vocês estão passando por isto, e alguns já passaram por isto, e não é o que vocês pensam. Agora, eu quero que me ouçam, pois finalmente explicarei o que está acontecendo.

Durante este período de recalibração quando vocês sentem que o Espírito não os está ouvindo ou os seus guias partiram, a melhor coisa a fazer é simplesmente ler um bom livro. Não tentem imaginar isto. Não tomem quaisquer decisões. Não mudem do lugar em que vivem. Se quiserem fazer algo, por que não se sentam na cadeira e dizem: “Obrigado, Deus, que se importou comigo o suficiente, para que eu esteja passando por isto. Porque quando eu passar por isto, eu estarei diferente.” Vocês estarão!

Os Seres Humanos se recalibram com a intenção e o livre arbítrio para uma vibração mais elevada. Com a recalibração vem mais a visão divina, mais intuição, mais luz e mais uma revelação de quem são vocês. Quando eles ressurgem recalibrados com o grau de mudança de energia que eles conseguiram, aparentemente, retornam aqueles guias! Mas eu lhes direi a verdade. Vocês acham que eles mudaram? Há, há! Eles não mudaram. O mesmo conjunto de energias está lá como sempre esteve, exceto que agora vocês os percebem melhor! Vocês compreendem o que eu estou dizendo? Entretanto, na 3D parece que um grupo desapareceu e outro chegou. A realidade é que vocês mudaram a tal grau que eles apenas parecem diferentes a vocês! Isto é quanto vocês mudaram! Vocês mudaram. Eles não.

Existe precedente para isto? Sim, está em suas escrituras, profundamente, e eu o darei a vocês. Isto não é dado para ofender a ninguém, mas eu irei a algum lugar nesta discussão que vocês não esperavam que eu fosse. Eu lhes direi a verdade, e ela é maravilhosa.

Em suas escrituras históricas, foi relatado de forma tão clara e tão inexplicável. O mestre do amor morto, pendurado na cruz. É um dia sombrio, quando determinados seres humanos no controle decidiram matar o único mestre que lhes poderia mostrar mais. Ele clama em desespero e as Suas lágrimas são imensas e Ele diz: “Meu, Deus, por que Me desamparaste?” Vocês esperavam esta frase do mestre? Este foi o filho proclamado de Deus!

Assim, eu lhes darei a razão: Ele estava prestes a mudar! E dentro da mudança que Ele estava prestes a ter, precisava da aparente energia dos guias para se tornar recalibrado. Para o Cristo humano, parecia que Ele tinha perdido tudo isto, mas somente por um momento. No entanto, era evidente que ele estava angustiado, pois subitamente ele estava nas trevas, sem o apoio a que ele tinha se acostumado durante toda a Sua vida. Então todos eles retornaram, e a divindade foi restaurada, intensificada. Este é o processo da ascensão.

Vocês também têm este atributo. Este “Filho de Deus” lhes disse que vocês eram também “Filhos de Deus”. Ele queria claramente que vocês compreendessem que tudo o que Ele fez enquanto esteve aqui, era um exemplo do que vocês poderiam fazer também. Se vocês passam por este processo, quero lhes dizer isto: Deus nunca os abandonará! Vocês não podem tirar Deus do seu corpo. Vocês podem negar a Deus durante toda a sua vida, mas o mesmo número de anjos sai com vocês, queridos, assim como com o curador ou o canalizador. Não há julgamento de sua crença, somente amor.

COMUNICAÇÃO COM DEUS

Vamos falar sobre o próximo item – comunicação. Por que é que vocês querem humanizar Deus?

Como eu indiquei há um momento, vocês fizeram Dele um homem, deram-Lhe uma barba e uma voz grossa. Vocês Lhe atribuem um status de ancião e conversam com ele, adoram-No e constroem estátuas para humanizá-Lo. Deus está dentro! A maior energia do Criador da Terra está em cada Ser humano, interiormente. Cada fragmento do DNA, tem esta energia, os 100 trilhões deles. Há uma consciência e até uma comunicação entre as moléculas do DNA que a ciência nem mesmo conhece. Deus está em vocês! Assim, por que vocês O removem e constroem edifícios para manter isto?

Deixem-me lhes perguntar algo: Vamos dizer que seja o momento de vocês conversarem com um dos órgãos do seu próprio corpo, e o exercício do dia seria falar com o seu rim. Vocês então construiriam um rim gigantesco e o adorariam? Oh, como vocês são 3D! Percebem o que eu estou dizendo? Por que vocês fariam isto quando ele está dentro do seu corpo? É porque vocês não percebem Deus como vindo de vocês. Então, trata-se de percepção divina. É o momento para que vocês mudem a sua imagem de vocês! Quando o fizerem, abrirão os seus olhos, olharão no espelho e dirão: “Eu Sou O Que Eu Sou. Deus está em mim.” É difícil fazer isto como um Ser Humano. Isto exige que vocês saiam da sua velha realidade de condição de vítima.

O que a sua cultura lhes diz sobre a sua divindade? Tudo o que vocês veem na mídia lhes diz que vocês estão enfraquecidos. Vocês precisam disto, precisam daquilo. Vocês já viram um comercial onde eles olham para vocês e dizem: “Vocês não precisam de nada, além de si mesmos. Agora concordam com isto?” Não.

Como podem se comunicar melhor com o Espírito? Eu lhes direi. Vocês conseguirem se apaixonar por vocês mesmos! Esta é a chave. Este é o portal. Está certo ter Deus dentro de vocês. Vocês não nasceram em pecado. Vocês nasceram magníficos – magníficos! E aqueles nesta sala que descobriram a sua magnificência não são dirigidos pelo ego. Eles são dirigidos pelo amor, e esta é uma grande diferença. Eles amam a si mesmos, como amariam a Deus. Eles compreendem o equilíbrio de se posicionar pelo que acreditam, como sendo parte da luz, e rejeitando coisas que representem a velha energia e a escuridão. Ao mesmo tempo eles mantêm os seus egos em xeque para que eles nunca os controlem. É isto o que os mestres fizeram e ensinaram. A comunicação com Deus é automática quando vocês tocam esta parte do Criador que está em seu interior. Isto abre o portal.

GUERRAS NO CÉU?

Observem a História por um momento, e vejam o que os seres humanos decidiram sobre Deus e a história de Deus. Deixem-me lhes contar a história que é ensinada hoje. Era uma vez, Deus, o Criador do Universo, e Ele teve um problema. Parecia haver uma guerra acontecendo. De alguma forma, era uma guerra com os anjos envolvidos, e determinados anjos não gostavam do jeito que Deus estava fazendo as coisas. Agora, de imediato, isto parece Deus, ou os homens?

A história continua. Finalmente, porque a guerra estava prosseguindo muito mal, o instigador foi expulso do céu (ou seja como for que o chamem), e caiu na Terra. Ele levou os seus seguidores com ele e passaram à clandestinidade. Agora, ele tem um rabo, chifres e faz fogo. Novamente, queridos, isto soa como o Criador do Universo para vocês? Isto se assemelha à essência do amor, a fonte multidimensional de tudo o que há? Não. Isto parece uma história infantil que humaniza Deus, de modo que as massas possam ser controladas. As guerras são os humanos que fazem, não o Criador do seu Universo. Uma guerra no céu? A história em si é a humanização final de Deus. Os seres humanos criam cenários de julgamento, de punição, de vingança e drama e então os colocam sobre Deus. Se vocês tiverem qualquer faísca de lógica espiritual, isto gritaria que esta é a personalidade dos seres humanos, não é Deus.

O AMOR DE DEUS

Eu lhes disse antes que a mãe que olha para o filho, nada tem além de amor. Este membro da família nunca diz à criança que ela irá ignorá-la, ou que a vida com ela será difícil. Em vez disto, há amor, compreensão, paciência e ajuda. Isto é tudo. E isto é o que vocês obtêm do outro lado do véu, queridos. É por isto que estou diante de vocês agora. Por que vocês humanizam Deus e reduzem o esplendor desta energia criadora a uma dualidade comum? A razão é que isto representa uma velha energia do pensamento Humano, e não a sabedoria de uma nova terra. A Humanidade está mudando, e assim está a compreensão do Deus interior.

UMA ADMOESTAÇÃO PARA A NOVA ENERGIA

Agora, eu lhes darei algo do qual deveriam estar conscientes na nova energia. Não se afastem da sua cultura. Na velha energia, vocês tinham uma tendência a se afastar das coisas escuras, para encontrar outras pessoas esclarecidas, e construir comunidades, ou talvez caminhar no deserto, sozinhos. Os homens santos da tribo sempre viveram sozinhos. Isto foi considerado para aumentar a sua pureza, de modo que pudessem ser mais úteis ao Espírito.

Agora, entretanto, eu os estou chamando de Portador do Fósforo, e vocês sabem o que é, Farol. Vocês fornecem luz na escuridão, e é por isto que estão aqui. Menos da metade de um por cento de vocês têm que acender este fósforo para criar a paz na Terra. As sementes disto já estão sendo plantadas enquanto falamos. Na velha energia, vocês se afastaram da escuridão. Agora, desejamos que permaneçam dentro de sua cultura e simplesmente resplandeçam a sua luz.

Então, aqui está o que eu quero lhes dizer. Há aqueles na sala que estão dizendo: “Por que eu tenho que trabalhar onde eu trabalho? Não há ninguém de mente afim, e é um lugar sombrio. Eu não gosto dele, mas tenho que ir lá”. E, novamente, nós lhes dissemos durante décadas, que se vocês são o Farol, vocês estarão onde nenhum outro Farol está. Vocês podem ter a única luz ao redor. Vocês não têm idéia de quantos navios vocês estão dirigindo em segurança. É por isto que estão aqui – para passar por lugares em que nunca passaram, ou permanecer em lugares que são escuros, talvez.

Há a promessa do Espírito que nesta nova energia, a escuridão não pode afetá-los. Se estiverem mantendo a única luz, a escuridão não poderá tocá-los. A ausência da luz não pode suplantar a luz. Não se preocupem com algo chegando até vocês porque está escuro. Não pode! Não pode! Vocês não deveriam mais se afastar da sociedade. Não se orgulhem, por exemplo, por não irem lá, ou que não fazem isto ou aquilo, porque parece que estão se misturando com aqueles que não são de mentes afins. Não julguem aqueles a sua volta. Saibam que todos eles são partes de Deus, como vocês. A única diferença é que vocês são uma velha alma e vocês têm um fósforo! Vocês têm as sementes do mestre. Não gostariam de acendê-lo para que eles possam ver melhor?

Outros seres humanos podem nunca saber de onde está vindo esta luz restauradora. Eles poderiam nem saber o seu nome. Mas se vocês permanecerem entre eles, acendendo um fósforo, eles se verão melhor. Abençoados sejam os Seres Humanos que se vêem na luz, pois eles são menos propensos a ir à guerra – tudo porque alguém acendeu um fósforo.

O fósforo é a metáfora para a velha alma iluminada, vivendo neste planeta com conhecimento. “Então o que deveremos fazer?”, vocês dizem. “Qual é a tarefa?” Vocês não deverão fazer nada. Vocês deveriam ser. O farol não tem comunicação com os navios no mar. Ele somente resplandece a sua luz. Vocês não têm que andar por aí evangelizando. Não têm que andar por aí dando a qualquer pessoa um livro de Kryon. Não têm que dizer nada. A luz que vocês mantêm se mostra pela forma como vocês tratam os outros, a sua família, ou o que fazem em situações que são tipicamente Humanas. É como vocês refletem o amor de Deus.

A MÁQUINA DO DRAMA

Tudo é um problema? Há drama o tempo todo em sua vida? Há ansiedade? Parece que coisas assim são atraídas para vocês o tempo todo? Se a resposta for sim, eu lhes direi: vocês não acenderam o seu fósforo. Oh, vocês podem ser um Trabalhador da Luz, mas, realmente, não riscaram o fósforo. Vocês apenas conseguiram a caixa de ferramentas. Mas nunca a abriram.

COMO ISTO FUNCIONA

Querido Ser Humano, vocês têm um propósito ativo neste planeta e nasceram por uma razão. Quando vocês elevam a sua vibração, a Grade Cristalina, que é uma grade esotérica deste planeta, sabe quem vocês são. Assim que vocês começam a elevar a sua vibração, entram em contato com o planeta, com a própria Gaia. Isto começa a mudar a vibração dela, porque vocês estão mudando a sua. Se vocês acenderem um fósforo em um quarto escuro, ele iluminará o quarto. Eventualmente, haverá outros interessados em como eles podem ter o seu próprio fósforo e eles o encontrarão por si mesmos.

Então, eles também afetarão a Grade Cristalina, como vocês o fizeram. Esta grade é a consciência de Gaia. Quando a grade de Gaia muda, a humanidade muda. Vocês viram isto nas duas últimas gerações. Esta foi a mensagem de hoje (a palestra de Lee mais cedo, naquele dia.)

A consciência humana está mudando, exatamente como dissemos há 22 anos. O momento é agora, e a luz está começando a funcionar. Pode levar duas gerações antes que vejam realmente do que estamos falando a respeito de resolver os problemas no Oriente Médio, abrindo o caminho para uma paz duradoura no planeta. Mas isto começa agora, e vocês estão na vanguarda disto. É isto o que estão sentindo. O item de ação desta energia é permanecer em sua cultura e ser parte dela, enquanto seguram o fósforo.

Um Trabalhador da Luz é um trabalhador da luz. Simplificando, este é o ser humano que é capaz de descartar o drama e que está começando a compreender como ele pode viver mais tempo e estar em paz e curar a si mesmo, não importa o quê. Se é físico ou psicológico, os Trabalhadores da Luz estão aprendendo a reescrever o seu DNA. Este é o ensinamento. Isto é o que vocês estão começando a fazer. Sua caixa de ferramentas está começando a revelar as novas ferramentas da mestria. Algumas delas podem até parecer mágicas para vocês, pois elas estão fora do paradigma das três dimensões. Eventualmente, vocês verão isto em toda parte e a ciência começará a aperfeiçoar isto, verificando o que vocês estão sentindo.

Não humanizem Deus. Em vez disto, segurem a mão de Deus que lhes é oferecida através do seu Eu Superior e se tornem parte disto. Não adorem a Deus e nem se curvem diante de Deus. Tornem-se parte da essência do amor de Deus que está dentro de vocês. Pela primeira vez na história Humana, vocês estão se aproximando das sementes do estado de diplomados. Vocês estão prestes a alertar aqueles de uma parte distante da sua galáxia que vocês chegaram a este espaço de compreensão.

Oh, queridos, vocês não têm idéia do que isto significa!

Os Maias estavam certos. O potencial da consciência mais elevada da humanidade apareceu gradualmente. Não é uma coisa certa, por qualquer meio, mas através do seu livre arbítrio das duas últimas gerações, isto agora está mais perto do que nunca. Vocês não se destruirão desta vez. Em vez disto, começarão a transformar isto lentamente em solução.

A Terra (Gaia) irá cooperar. Isto já começou. As mudanças dos ciclos da vida e o resfriamento dos oceanos começaram, bem como programado. A Terra está aliada com vocês. Vocês estão juntos nisto, e não separados.

Queridos, todas estas coisas são verdadeiras. Algumas delas vocês não compreendem ainda, mas eu lhes digo isto: Abençoado seja o Ser Humano que reconhece a face do Planejador do Universo quando ele se olha no espelho. Pois ele então saberá que está tudo bem amar o que ele vê – Deus nele.
Esta é a mensagem deste dia. EU SOU KRYON, apaixonado pela humanidade.

E assim é.

………………………………………………………………………………………………………………..

A informação é gratuita e disponível para impressão, cópia e distribuição. Seus Direitos Autorais, entretanto, proíbem a venda sob qualquer forma, exceto pelo editor.

Fonte: Kryon | Channeling | Totowa, New Jersey-July 16, 2011 | The Humanization of God
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

 


Via: A HUMANIZAÇÃO DE DEUS – Kryon canalizado por Lee Carroll 16 de Julho de 2011

COMPREENDENDO MELHOR A DUALIDADE…

ciclo do tao

A Dualidade

Por: Bernardo Sommer

Yin (Lado Preto): Vazio, Frio, Sombra, Abstrato, Subjetivo, “Caos”, Feminino
&
Yang (Lado Branco): Forma, Calor, Luz, Lógico, Objetivo, “Ordem”, Masculino.

A dualidade é uma das formas que a Fonte (Singularidade) manifesta-se, onde Yang tende a se expandir, se afastar do centro, se tornar mais complexo, gerando variações e Yin tende a contrair, ir em direção do centro, retornar a simplicidade da unidade.

tumblr_mcn95tApEP1qalxxzo1_500Alguns exemplos que dei acima estão relativos a interpretação, eu cito-os apenas para mostrar como é inerente desta existência a interação entre os “opostos”, mas que na realidade não são opostos, apenas diferentes processos dentro do mesmo campo de existência, que em suma, funciona como um grande processo só. Para demonstrar como estas forças não são opostas, mas complementares, cito o exemplo maravilhosamente oferecido pela Psicologia Gestalt, a ideia de Figura e Fundo, que postula que a mente não pode reconhecer objetos sem a presença de um fundo, da mesma maneira que não perceberíamos a existência de um fundo sem a presença de objetos, nem que seja em um aspecto bidimensional, como exemplificado nas imagens do Teste de Rorschach. Normalmente pensamos em preto e branco como algo que se anulam mutuamente, mas, imagine uma situação hipotética onde existisse apenas preto, isso seria o mesmo que ser cego, nada existiria, nada importaria. O mesmo se aplica caso houvesse apenas branco. É somente através do contraste que percebemos a existência de algo, como o exemplo de preto e branco, que são diferentes, mas implicitamente eles são um processo.

As polaridades ditas opostas não devem ser interpretadas como “bem” e “mal”, pois isso é uma criação da mente humana, é uma questão de opinião, de preferências, optamos pelo que nos é agradável e não pelo o que é desagradável, mas na realidade não existe tal coisa, a Singularidade não opina, ela é.
Uma visão mais apropriada seria falar em termos de “positivo” e “negativo”, mas novamente, um precisa do outro para existir, da mesma maneira como você não tem como saber se está certo a não ser que alguém esteja errado. Assim como o “nada”(“negativo”) e o “tudo”(“positivo”) precisam um do outro para existir, pois o nada não seria nada se não houvesse um conteúdo para compararmos o que cada um é, da mesma maneira o conteúdo não poderia existir se não houvesse um espaço no qual ele pudesse estar.

Temos o costume de ver as diferenças como uma dicotomia. Exemplo: a vida é diferente da morte, o bem é diferente do mal, a luz é diferente da escuridão, etc., embora isso seja verdade por um lado, de maneira oculta, ambas polaridades são diferentes partes de um processo só.
Uma dicotomia é uma divisão na qual o campo não é considerado como uma totalidade que possui suas características diferentes e interconectadas, mas como uma diversidade de forças não relacionadas e/ou competidoras entre si. O pensamento dicotomizado interfere na autogestão da consciência, pois gera tendências intolerantes em relação às diversidades que existem nas pessoas, nas situações e as várias faces da existência em si, que são muitas vezes paradoxais.

Existe grande importância em desenvolver o que Alan Watts chamava de “pensamento polar“, apesar de não ser exatamente um pensamento e sim uma forma de percepção, onde a sensação e sentimento também estão envolvidos. O “pensamento polar” é ver a interconexão entre todas as coisas que parecem anularem-se mutuamente por serem “opostas”. A importância nisso é enxergar a si mesmo de uma maneira completa, integrada, pois assim os conflitos podem ser usados de maneiras produtivas para gerar aprendizados e a criatividade necessária para transformarmos a nós mesmos, e assim o mundo. Sem essa visão abrimos espaço para o conflito, e este é o motivo pela qual os administradores da nossa sociedade se utilizam tanto da estratégia de dividir e conquistar.

O externo é reflexo do interno, e os administradores do mundo sabem disso. Toda a ignorância do mundo está dentro de cada um de nós, aquilo que chamamos de maldade está no coração humano, e eles se aproveitam da nossa ignorância, da nossa inconsciência sobre nós mesmos, para nos empurrarem de um lado para outro e servirem suas vontades.
É muito fácil cairmos na crença de que o mal mora no coração dos criminosos, dos traficantes de drogas, dos terroristas, das pessoas de caráter duvidoso, etc. A ideia de que mal mora no coração do outro é um dos pilares que sustenta a teia de ilusões disseminadas pelo Governo Oculto. Nós somos os cocriadores de tudo o que existe, um “pequeno” ato afetará toda existência, pois tudo está interconectado, e isso pode ser usado de maneira produtiva ou destrutiva.

  • Uma visão integradora

“Procurei por Deus e só achei a mim mesmo. Procurei a mim mesmo, e só achei Deus.”

— Proverbio Sufi

O Buddha disse: “Aquele que tem a experiência de unidade da existência vê seu próprio ser em todos os seres, e todos seres em seu próprio ser, com isso ele vê tudo com olhos imparciais.”, com essa percepção jamais faríamos mal a nossos irmãos.

Esse tipo de ensinamento, de que tudo é um, não costuma ser compartilhado na religião cristã com muita frequência, embora esteja na própria bíblia, segundo o profeta Isaías (45:5 e 7): “Eu sou o senhor e não há nada além de mim”, “Eu formo a luz e crio a escuridão, eu trago a prosperidade e crio a desgraça, eu, o senhor, faço todas as coisas”. O motivo disso não ser propagado entre os cristãos é porque abre espaço para o questionamento sobre o conceito que temos de “deus”, e principalmente, quem somos nós e qual nosso papel, de fato, nesta existência. E isso não interessa àqueles que possuem monopólio sobre as crenças humanas, já que sem a nossa crença de medo da morte, de que nossa ganância é justificada, ou qualquer crença de preservação do “eu” nos afasta da conexão com a unidade, e portanto, da compaixão para com todos os seres vivos.

“Quem não ama não conhece a Deus, porque Deus é amor.”       

— 1 João 4:8

Amor não é apenas ter relação sexual, não é atração emocional ou intelectual, ou sequer uma “troca de energias”, e certamente o amor não é a fome do coração pelo afeto. O amor é uma poderosa vibração vindo direto da Fonte. O amor que falamos aqui não é uma emoção, na verdade, é um estado de consciência, uma forma de estar no mundo, uma maneira de ver a si mesmo e aos outros, é o que podemos chamar de empatia ou compaixão, mas no fundo é percepção que nós somos “o outro”.
Apesar desta minha tentativa de definir amor, é importante destacar que o amor não pode ser definido, quando definimos algo estamos usando nosso intelecto para limitar este algo em conceitos e com isso deixamos de amar.
O amor não se encontra no pensar, nem no sentir, ele se encontra no ser.

  • A Dualidade na Cabala

A explicação da origem do Universo, segundo a Cabala, também se resume a dois personagens: a Luz (Yang) e o Recipiente (Yin). Num dado momento, a Luz, que é puro amor infinito, sentiu vontade de compartilhar todo aquele amor e criou o Recipiente, apenas para receber o que ela tinha a oferecer, numa união perfeita. Só que, um dia, de tanto receber amor, o Recipiente começou a absorver as características da própria Luz e também sentiu necessidade de compartilhar. Como a Luz não podia receber do Recipiente, pois ela já contém tudo que existe, este começou a se sentir inferior e usando de seu livre arbítrio, “se separou da Luz” e criou o seu próprio mundo, finito, limitado. Para a Cabala, esse é o instante que os cientistas definem como Big Bang, a criação do Universo a partir de uma gigante concentração de matéria e energia em um único ponto.

Para a Cabala, os seres humanos são descendentes diretos do Recipiente e portanto, essencialmente recebedores. Isso explica a imensa dificuldade de doar e compartilhar e o desejo de sempre receber. Basta observar as crianças. Antes de elas aprenderem a dividir com os amigos, são naturalmente egoístas e querem tudo para si. Faz parte da essência humana.

No fundo, não há nada de errado com o fato de desejarmos bens materiais e não-materiais. A grande questão é o propósito com que pedimos e o que fazemos com o que conquistamos. Nosso grande desafio no mundo da matéria é aprender a transformar o egoísmo extremo em que vivemos hoje – e que gera uma série de conflitos internos e externos – num ato de receber para compartilhar amor, alegria, bondade, tempo, saúde e conhecimento. Exatamente como desejava o Recipiente, no momento em que se separou da Luz.

  • A Separação

O Jogo de Tempo e Espaço

Destacar que a separação é uma ilusão é fundamental aqui, jamais podemos nos separar da totalidade, pois sem nós tudo que existe não seria tudo que existe, seria “tudo que existe, exceto nós”.
A dualidade é só um JOGO, estamos dando forma a parte de nós que é abstrata. Essa realidade é real somente até certo ponto, mas mesmo sendo “real”, não faz dela nossa verdade absoluta. E se existe uma verdade absoluta, ela certamente é o conjunto de verdades relativas, pois necessariamente precisa englobar tudo que existe. O que não existe simplesmente não existe, é impossível sequer imaginar a “não-existência”.

Por isso a pergunta “porque nós existimos” é insignificante, pois nós precisamos existir. Colocando de outra maneira, a existência simplesmente é, a pergunta “porque a existência existe” é uma pergunta criada dentro da existência, portanto, a pergunta está subjugada à existência, mas a existência não está subjugada à pergunta. Além do mais, a característica fundamental da existência é existir, ela não precisa justificar a si mesma seu motivo de existir. Todas as coisas que nunca irão existir já não existem, não há espaço na “não-existência” para algo que existe. E como vimos aqui [A Ilusão de Tempo e Espaço: Matrix] todos os momentos (tempos) e todos os lugares (espaço) existem no eterno agora, portanto, nunca deixaremos de existir, apenas deixaremos de existir nesta forma que estamos vivenciando.

“Pois eu estou dividido pelo bem do amor; para haver a possibilidade de união.”

— “O Criador” (AL I:29) O Livro da Lei. 93

“Toda matéria é somente energia condensada em vibrações baixas, somos todos a mesma consciência tendo experiencias de maneira subjetiva. Não existe o que chamamos de morte, a vida é só um sonho, e nós somos a imaginação de nós mesmos”

— Bill Hicks

  • Concluindo

Como historicamente essa visão de polaridade, Yin e Yang, foi popularizada pelo I-Ching, vou deixar abaixo sua descrição de como funciona a interação entre ambos os lados.
O I-Ching nos diz que para termos corpo e mente saudável é preciso estarmos em equilíbrio com Yin e o Yang, Para entendermos como podemos estar em harmonia entre ambas polaridades há 7 leis, ou padrões que a existência dualística segue, e 12 teoremas das possíveis combinações neste modo da energia interagir.

Os padrões são:
  1. Todo o universo é constituído de diferentes manifestações da unidade infinita;
  2. Tudo se encontra em constantes transformações;
  3. Todas as contrariedades são complementares;
  4. Não há duas coisas absolutamente iguais;
  5. Tudo possui frente e verso;
  6. A frente e o verso são proporcionalmente do mesmo tamanho;
  7. Tudo tem um começo e um fim.
Os teoremas são:
  1. Yin e Yang são duas extremidades de pura expansão infinita: ambas se apresentam no momento em que a expansão atinge o ponto geométrico da separação, ou seja, quando a energia se divide em dois, ou seja, no momento de criação deste universo;
  2. Yin e Yang originam-se continuamente da pura expansão infinita;
  3. Yang tende a se afastar do centro; Yin tende a ir para o centro; E ambos produzem energia;
  4. Yin atrai Yang e Yang atrai Yin; Yin repele Yin e Yang repele Yang;
  5. Quando potencializados, Yin gera o Yang e Yang gera o Yin;
  6. A força de repulsão e atração de todas as coisas é proporcional à diferença entre os seus componentes Yin e Yang;
  7. Todos os fenômenos têm por origem a combinação entre Yin e Yang em várias proporções;
  8. Os fenômenos são passageiros por causa das constantes oscilações das agregações dos componentes Yin e Yang;
  9. Tudo tem polaridade;
  10. Não há nada neutro;
  11. Grande Yin atrai pequeno Yin; o grande Yang atrai o pequeno Yang;
  12. Todas as solidificações físicas são Yin no centro e Yang na periferia.

Não somos anjos ou demônios, somos os dois.”
— Carl Jung 

Por isso…
A coisa mais assustadora que existe é aceitar a si mesmo completamente.”
Carl Jung

Mas…
Não existe como criar consciência sem dor. As pessoas farão de tudo, não importa o quão absurdo seja, para evitar encarar a própria alma. Não nos tornamos iluminados apenas imaginando figuras de luz, mas criando consciência da escuridão. Porém, esse procedimento é desagradável, portanto, não popular.
Carl Jung

Então…
Aprenda a amar com todo o seu coração e aceitar o lado desagradável dos outros (e o seu). Qualquer um pode amar uma rosa, mas é preciso ter um grande coração para incluir os espinhos.
Ditado Budista

 


Via: Evolução da Consciência: A Dualidade