ELAS PODEM NOS AJUDAR A CRIAR UM MUNDO FELIZ E COLORIDO, COMO ELAS…

rainbow_pier_by_samantha800

Crianças Arco-Íris: quem são?

bigstock-135478073-412x275

  Por: Tania Rainha

 

As crianças arco-íris são sensíveis e extremamente intuitivas. Uma criança arco-íris é uma criança que já nasce com infinita sabedoria e a capacidade de mudar o mundo a sua volta. Traz consigo infinito amor e paciência.

Nosso mundo está agora abençoado com crianças arco-íris, sejam elas crianças, adolescentes, jovens e adultos, indivíduos intuitivamente talentosos e extremamente amorosos.

Há muito tempo que nossos ancestrais esperam no mundo por essas crianças chamadas arco-íris. Elas têm a capacidade de atravessar a sombra do mundo e dissipá-la através da sua presença, brilho e alegria. Diferentemente das crianças índigo, não absorvem a negatividade nem carregam o sentimento de inadequação e falta de pertencimento. São almas desprovidas de Karma e repletas de compaixão.

Uma criança arco-íris tem um extraordinário “conhecimento” do certo e errado e de como alterar e transformar a energia.

Uma criança índigo é uma criança que inaugurou uma nova era e, embora tenha uma intuição extraordinária, e isso é maravilhoso, pode ser influenciada pela negatividade ao seu redor, enquanto uma criança arco-íris muda a energia em torno dela para atender as maiores necessidades da humanidade.

As crianças índigo estão se tornando crianças arco-íris. Com a prática, e usando sua intuição, os adultos também podem tornar-se crianças arco-íris, passando a ser adaptáveis, extremamente carinhosos, recordando, com as memórias de outros tempos e lugares, as habilidades que já têm.

Normalmente, as crianças arco-íris têm dons de cura e sensibilidade mediúnica muito mais desenvolvidos que o normal, além de uma profunda ligação com a natureza e os animais justamente por serem pessoas com a condição natural de trocar energias com o meio ambiente. Trazem consigo registros de sabedoria e conhecimento das terapias de cura.

Todo ser humano nasce com habilidades empáticas (sentir), capturando no seu subconsciente pensamentos e sentimentos humanos de outros desde do início de sua vida.

A psique humana percebe e lê naturalmente a energia, sendo uma habilidade e um instinto natural. Inicialmente, as crianças pequenas não têm conhecimento de como distinguir o seu próprio pensamento ou sentimento do de outras pessoas num determinado espaço.

bigstock-131430761-486x324

De forma intuitiva, a criança interpreta o mundo ao seu redor. Orientá-la a desenvolver suas habilidades empáticas vai ensiná-la a distinguir entre os seus próprios sentimentos e os de outra pessoa.

O primeiro centro de energia que trabalha as habilidades empática estão concentrados no chakra do plexo solar. No entanto, o sistema físico ao qual eles estão conectados é a glândula pineal. Essa é uma glândula localizada no centro do cérebro.

Antes da civilização moderna, numa vida mais primitiva, o homem tinha a habilidade de “ler” intuitivamente o ambiente com mais frequência, o que era uma necessidade de sobrevivência para avisar do perigo ao seu redor. Devido ao aumento da densidade populacional e a ausência de predadores naturais, algumas pessoas se esqueceram de como desenvolver suas habilidades intuitivas.

Nossas capacidades intuitivas são tão grandes que podemos até mesmo ler e sentir objetos que foram deixados por alguém que já morreu. Se a capacidade intuitiva for subdesenvolvida, as pessoas podem viver com sentimentos de depressão e raiva que não são seus. Mesmo.

Um exemplo de uma pessoa que não está identificando a diferença entre suas habilidades empáticas e o sentimento de outra pessoa: imagine que você vai ao supermercado e está perfeitamente alegre. Quando vai pagar pelas suas coisas, percebe o caixa muito irritado. Você vai embora e, de repente, se sente irritado também. Esses sentimentos são seus ou da pessoa do caixa? O mais provável é que você tomou os sentimentos da pessoa do caixa sem perceber.

Quando as pessoas estão sobrecarregados com pensamentos intuitivos dos outros, sem perceber essa diferença, podem muitas vezes perder a confiança em suas próprias habilidades intuitivas.

Para ajudar a recuperar a confiança em suas habilidades psíquicas, o ThetaHealing® desenvolveu um seminário especialmente para isso.

O curso “Criança arco-íris” tem uma formação adequada projetada para crianças a partir de 7 anos de idade, seus pais, professores e para adultos que queiram recuperar habilidades e dons que sejam verdadeiramente seus. Todos nós nascemos com essa capacidade inata, só esperando para ser desenvolvida. É necessário apenas ouvir nossa criança interior para despertar o brilho de luz e alegria, nos conectando à Divina Fonte Criadora de Energia.

As cores do arco-íris são associadas com os sorrisos e a felicidade porque o corpo humano é desenhado para absorver e assimilar a energia do arco-íris através da luz do sol. Temos um arco-íris dentro de cada um de nós, os chakras, que são a nossa conexão natural com a Luz Divina e com a luz física do Sol. Com uma absorção suficiente e equilibrada de luz do arco-íris, nos sentimos muito mais felizes e vivos.

As crianças arco-íris têm um coração completamente aberto, amam incondicionalmente e curam com seus imensos chakras cardíacos, envolvendo a todos com seus cobertores de energia arco-íris de que o mundo tanto precisa. Elas são anjos na Terra.

Estamos nos direcionando para tempos fascinantes na Terra, enquanto as crianças arco-íris amadurecem e povoam o planeta, para vivermos um tempo de grande paz, cooperação e cura, onde a Terra será envolvida novamente pela energia arco-íris.


Via: Crianças Arco-Íris: quem são? – Eu Sem Fronteiras

Anúncios

REATIVANDO A GLÂNDULA PINEAL…

pineal activating

11 Maneiras de Descalcificar a Glândula Pineal

post-05-29-10

Por: S. Ali Myers

Esta lista “como fazer” vai lhe dar um ponto de referência para os exercícios e maneiras que ajudem na descalcificação da glândula pineal, ela também é conhecida como o terceiro olho, é uma pequena glândula endócrina na parte central geométrica do seu cérebro, é a casa do chacra ajna (na testa) e sua energia é de fenômenos psíquicos e espirituais.

A glândula pineal produz uma série de produtos químicos e hormônios que causam felicidade, serenidade, euforia, sossego, comportamento civilizado, emoções equilibradas e fenômenos psíquicos, só para citar alguns, estes são estados naturais de ser, no entanto devido à falta de nutrição adequada, questões ambientais, pensamentos do lado esquerdo do cérebro e vários produtos químicos a maioria das pessoas têm sua glândula pineal calcificada.

O Criador deu aos seres humanos a chance de reverter ou diminuir TODAS as “enfermidades” e disfunções, existem vários suplementos, alimentos, bebidas, exercícios e outras práticas que se pode implementar em seu estilo de vida para reverter a calcificação da glândula pineal, conforme você começa a trabalhar conscientemente com a energia do chacra do terceiro olho você começará a ver a realidade como ela é ao contrário do que você foi programado para acreditar.

A lista a seguir não está em nenhuma ordem particular, veja o que ressoa ou sente ser bom para você e comece por aí, lembre-se, praticar a paciência e ser consistente é a chave para qualquer trabalho espiritual e metafísico.

1. Eliminar ou reduzir a ingestão de carnes especialmente as mais pesadas como carne bovina e suína que são muito ácidas, um pH ácido alto não é propício para uma alimentação saudável nem para a descalcificação da glândula pineal.

2. Beba água alcalina, a água alcalina é carregada eletricamente e a água destilada remove as toxinas e metais pesados do corpo humano.

3. Evite o flúor, ele é tóxico para o organismo humano, use creme dental sem flúor, não tome água da torneira porque ela é fluoretada por isso beba água alcalina ou água destilada.

4. Pratique o Sungazing, apreciando a energia do Sol quando ele está laranja ou no nascente é tremendamente benéfico para a glândula pineal e a descalcificação, você pode fazer isso diariamente por 3-5 minutos não leva muito tempo, sua pineal é um cristal e reage notavelmente ao nosso sol.

5. Coma mais verduras e legumes, os alimentos mais alcalinos que entram em seu sistema alimentam também a glândula pineal e outras partes cruciais do seu ser, os alimentos que receberam luz solar são carregados eletricamente e descalcificam a glândula pineal!

6. Evite o mercúrio ele é extremamente tóxico, a maioria das vacinas e obturações dentárias são à base de mercúrio, no entanto hoje em dia a maioria dos dentistas estão usando recheios sem base de mercúrio, se você tiver obturações de mercúrio em seus dentes, procure um dentista holístico para removê-las.

7. Mantenha pensamentos e ações positivas, isto pode parecer um pouco elementar ou não “profundo o suficiente”, mas há um grande poder no seu estado de espírito, pensamentos também podem ser tóxicos.

8. Consuma algas azul-esverdeada e outros “superalimentos” ricos em clorofila, isto é semelhante a comer mais legumes, mas acrescentando potência, outros superalimentos incluem clorela, spirulina, musgo do mar e suco de clorofila.

9. Use ervas como artemísia, madeira betony, alfafa, salsa e centella asiática que tem propriedades curativas maravilhosas, você pode fazer um chá ou moer e polvilhar sobre a salada, ou pode ser fumado como parte de um ritual.

10. Use as lâmpadas fluorescentes enroladas (econômicas), as lâmpadas incandescentes são baratas mas muito inconsistentes como espectro de luz, a glândula pineal é sensível à luz, também é importante dormir na escuridão completa, se possível.

11. Coloque um cristal no seu chacra frontal diariamente, meditar com um cristal é energeticamente benéfico para a descalcificação da glândula pineal, alguns dos favoritos são ametista, quartzo claro, sodalita e lápis-lazúli.

Adendo de Na 5ª Dimensão: Esta é uma lista incrível ! A única outra sugestão que eu faria é água ozonizada também, de acordo com a pesquisa do Dr. Masaru Emoto em água e consciência, você pode adicionar mantras e afirmações para qualquer água que você consome como uma forma de sobrecarrega-la!

Origem: In5D | 11 Ways to Decalcify the Pineal Gland


NOTA:

“Nós da “Luz é Invencível” assumimos a missão de informar e disponibilizar conhecimentos, para isso, buscamos várias fontes e analisamos os conteúdos. Aconselhamos a todos os nossos leitores e interessados, a sempre avaliar tudo o que é disponibilizado, usando o seu discernimento interior, antes de qualquer experiência e/ou prática em testar os conhecimentos e depoimentos aqui apresentados.

Lembrando sempre, que o autoconhecimento e o desenvolvimento de valores espirituais verdadeiros, bem como o despertar da consciência, é o nosso maior objetivo. Queremos sugerir com isto, que um verdadeiro Buscador sempre deve usar a sua Sabedoria Interior, dedicar-se a melhorar espiritualmente, buscar o Entendimento, a Compaixão e o Amor Incondicional com todos os seres humanos, antes de buscar por poderes e habilidades psíquicas, já que isto acontece naturalmente com o amadurecimento do Ser. Como este ditado alerta; “AOS HOMENS, TUDO SERÁ DADO, SEGUNDO SUAS OBRAS”


Via: 11 Maneiras de Descalcificar a Glândula Pineal | A Luz é Invencível

ATIVANDO E ALINHANDO OS CHAKRAS ATRAVÉS DA MEDITAÇÃO…

alinhando os chakras

Exercício de Ativação e Alinhamento dos Chakras

 

Por: Elizabeth Oliva Mednicoff

Equilíbrio e Harmonia

Esse exercício é útil para criar um campo energético de equilíbrio e harmonia.

Prepare um ambiente confortável, com luz suave. De preferência em lugar silencioso, não muito frio, nem muito quente.

Coloque-se confortavelmente, sentado ou deitado. Procure relaxar toda a musculatura de seu corpo. Repare na sua respiração e procure suavemente colocar um compasso mais calmo, respirando mais profundamente.

Essa respiração deve ser abdominal. Imagine seu abdômen se enchendo de ar e vá soltando aos poucos até soltá-lo totalmente. Faça essa respiração por algumas vezes até sentir que está completamente relaxado.

Agora a cada inspiração que der imagine o ar entrando por suas narinas numa cor vermelha como se fosse uma névoa, indo se depositar no seu chakra básico, localizado entre o ânus e os genitais, que se abre para baixo.

Veja esse chakra como se fosse uma flor e a cada inspiração concentre sua atenção, simplesmente sem intenção nenhuma ou expectativa. Sua atenção estimula uma suave animação do chakra que começa a girar lenta e constantemente. Uma energia morna e latejante flui do mesmo. Sinta como você fica calmo e sereno, repleto de gratidão pelo planeta que é o seu lar. Conserve essa calma e serenidade dentro do seu ser.

Imagine agora o ar mudando para a cor laranja e a cada inspiração ele entrando por suas narinas como uma névoa, indo se depositar no seu chakra esplênico, localizado abaixo do umbigo um palmo, abrindo-se para frente.

Da mesma forma concentre somente sua atenção a cada inspiração, que anima o segundo chakra, fazendo-o circular um pouco mais vibrante do que no primeiro chakra.

Essas vibrações vão se expandindo em círculos cada vez maiores até o envolver totalmente, como se estivesse abraçando e aconchegando com muita energia. Sinta a grande segurança, deixe-se levar pelo carinho, confie.

Essa é a energia de um novo tempo, de um novo momento e um sentimento profundo de felicidade se espalha por todo seu ser. Guarde com você esse sentimento.

Concentre-se agora no terceiro Chakra o do Plexo solar, localizado dois dedos acima do umbigo, abrindo-se para frente. Inspirando o ar profundamente na cor amarela como se fosse uma névoa, deposite no chakra com toda a intensidade de sua mente.

Permaneça assim, sua atenção estimulando o chakra do plexo solar, fazendo com que se desprenda uma energia morna e poderosa. Essa energia penetra no mais profundo de sua alma, aquecendo e iluminando como os raios de um sol. Sinta a paz e a força que partem de você.

Inspirando o ar profundamente na cor verde como se fosse uma névoa, deposite no quarto chakra, conhecido como Cardíaco, localizado no meio do peito, que se abre para frente.

Simplesmente sinta essa região, sem expectativas, nem objetivos. Essa atenção produz em seu chakra cardíaco uma vibração que se espalha em ondas suaves, ondas de energia que fazem esse centro de força entrar em movimento giratório, abrindo-se como uma flor.

Imagine que essa flor abre suas pétalas conforme gira lenta e suavemente sua cor esverdeada intensifica seu brilho partindo raios de luz, despertando em você muito amor e harmonia que te liga aos planos mais altos.

Sinta junto de você uma presença angelical, um ser amigo que te ampara, protege e orienta em todos os momentos de sua vida. Fique com esse sentimento de amor e com a certeza de que você nunca está sozinho.

Passando a atenção para o próximo chakra, o da laringe, que se localiza na cavidade do pescoço, inspirando o ar na cor azul clara, como se fosse uma névoa, deposite-o com intensidade.

Somente perceba essa região, dedicando sua atenção, sem esperar nada, sem objetivos. Sua atenção anima o chakra da garganta, você percebe que ele começa a vibrar em círculos, espalhando um brilho azul suave por todo seu íntimo.

Dentro de você sinta que sua vida se torna clara, ampla, livre e ilimitada. Tudo nesse momento se transforma dentro de você, todas as possibilidades se ampliam e você percebe que tudo pode, que tudo sabe.

Nesse momento você se aceita como é e deixa essa sua nova energia interna se irradiar livremente e abertamente para fora, contagiando a todos, ao ambiente e ao planeta.

Concentre sua atenção no chakra Frontal, situado na testa, com abertura para frente. Inspire profundamente e ao fazê-lo visualize o ar na cor azul escuro, índigo. Concentre sua atenção no chakra, envolvendo-o numa névoa nessa cor e lhe transmitindo energia.

Essa energia estimula uma vibração que se espalha em círculos de uma forma sutil. Deixa uma sensação de calma profunda e quietude, um silêncio absoluto das profundezas das águas.

O silêncio é cada vez maior, seus pensamentos estão claros, nítidos, na superfície da mente. Sua consciência torna-se plena, desse silêncio chega até você em forma de intuição, imagens, sons, sensações ou compreensões diretas.

Enquanto você permanece com essas sensações, encaminhe sua atenção para o chakra coronário, situado no alto da cabeça, que se abre para cima. Coloque somente atenção no alto da cabeça e de uma pequena abertura visualize uma luz clara e violeta brilhando no seu interior.

Imagine que você entra no seu interior como num templo sagrado e de lá vê uma nova abertura, como um teto que por ele penetra uma luz branca e brilhante que se derrama sobre você e penetra pelos seus poros te preenchendo completamente.

Nesse momento você se torna pleno. Você reconhece que essa luz brilha dentro de você desde o começo, que ela te une ao criador e juntos vocês se tornam um.

Repouse nessa luz, sem desejar ou querer nada. Simplesmente usufrua dessa magnitude do momento e se deixe iluminar. Você voltou a sua origem e essência, você chegou ao fim da sua viagem…

Essa luz permanecerá para sempre dentro de você, dentro de sua alma. Permita que isso permaneça em sua vida e dentro do seu mundo.

Vá voltando sua atenção novamente para o seu corpo, espreguice-se, respire profundamente e sinta que você está de volta no aqui-e-agora. Com os olhos fechados ainda, sinta mais uma vez todas as emoções e sensações que essa viagem te despertou e com calma abra os olhos.

Origem:  Novo Equilíbrio


Você pode praticar este exercício acompanhando a meditação através do áudio, disponível neste link, inclusive para download :

 Áudio

Exercício de Ativação e Alinhamento dos Chakras

 


Via:  Anjos de Luz | Exercício de Ativação e Alinhamento dos Chakras

OS DOZE PASSOS RUMO À ASCENSÃO…

 

corpo-de-luz

OS DOZE ESTÁGIOS DA ASCENSÃO DO CORPO DE LUZ

Por: Jasmuheen

Todos nós estamos conscientes de que o planeta está fazendo uma mudança para uma frequência mais elevada, como GAIA é um sistema de energia que está em movimento, todos os que residem dentro de seus campos de energia também vão experimentar este realinhamento.

Por conseguinte, gostaria de abordar neste artigo duas questões.

Em primeiro lugar, o que muitos estão experimentando naturalmente conforme o planeta passa por sua transformação é chamado de “Criação do Corpo de Luz”.

Assim, neste artigo estarão delineadas as diferentes fases que podem ocorrer, como podem ocorrer e como estão se manifestando em nossos próprios campos de energia, por exemplo surtos de gripe, dores de cabeça etc.

Em segundo lugar, como muitos estão entusiasmados e felizes com estas mudanças, eu gostaria de cobrir coisas práticas que podemos conscientemente fazer para construir e aumentar o quociente de luz em nossos próprios corpos.

Sintonizar-nos com as oitavas superiores de luz e mudar a nossa frequência vibratória tem sido explorado extensivamente em diversos artigos, então vou resumir brevemente e, em seguida, adicionar algumas técnicas adicionais para acelerar este processo.

O processo de transição para a luz é gradual. Nós não somos matéria em um dia e pura luz no dia seguinte. Nossos campos de energia são infundidos e realinhados com a luz gradualmente, senão experimentaríamos uma “queima” elétrica do nosso corpo físico.

No texto “Revelações de um Arcanjo – Ascensão para a 12ª Dimensão”, o Arcanjo Ariel afirma que toda a estrutura cristalina da matéria foi ativada no nível 3 do Corpo de Luz para todos os habitantes do planeta, em Abril de 1989.

A criação do Corpo de Luz é devido ao processo em curso da transição do planeta e não é uma experiência ou uma escolha opcional se você optou por fazer parte da ascensão.

Quem escolheu não fazer parte deste processo neste momento, vai sair do planeta através da morte natural ou por acidente, deterioração física ou doença.

Como mencionado anteriormente, está previsto que eles vão continuar seu ciclo de evolução em outro planeta de frequência compatível com a sua, não há julgamento, é apenas a natureza mutável da energia.

De acordo com Ariel, o Corpo de Luz é gradualmente criado através da transmutação de nosso corpo físico atual à medida que ele sofre mutações e absorve mais luz.

Novamente, isto está interligado pelo realinhamento dos nossos campos de energia com as frequências mais elevadas e as oitavas superiores de luz, as informações a seguir descrevem o processo físico real e sintomas comuns que ocorrem nesta mudança.

Estamos todos evoluindo e absorvendo luz em nosso próprio ritmo. Alguns estão trabalhando conscientemente com essas mudanças e assim sua transmutação é mais rápida, alguns estão inconscientes e estão absorvendo esta luz e mudanças em ligação direta com a mudança planetária.

No entanto, pode-se classificar estas mudanças em níveis:

1) Primeiro nível: Quando o corpo baixa a densidade ele normalmente exibe sintomas de mutação da gripe, dores de cabeça, diarreia, erupções cutâneas, dores musculares e articulares.

A maioria das epidemias de gripe são atualmente epidemias de luz!

Mudanças químicas cerebrais, mistura das funções cerebrais dos hemisférios direito e esquerdo, a hipófise e a pineal começam a aumentar de tamanho.

A estrutura do ADN e componentes químicos começam a mudar e pegar átomos de hidrogênio extra que as células precisam para absorver a luz superior, dividindo em codificações de luz utilizáveis pelo ADN.

2) Segundo nível: Com as inundações do Projeto Etérico com luz e a liberação cármica das experiências, as pessoas podem se sentir desorientadas, bem como experiência de “crises de gripe”. Muitos começam a questionar “por que estou aqui”.

A luz no Projeto Etérico libera as estruturas dimensionais da 4ª dimensão e causam um giro nas geometrias dos corpos emocional, mental e espiritual. A mudança é rápida e muitos se sentem cansados.

3) Terceiro nível: Os sentidos físicos tornam-se muito mais fortes. Seus corpos não só absorvem a luz para sua própria mudança, mas também atuam como um transdutor/decodificador de energias superiores de luz para o planeta como um todo.

O processo da inspiração é agora irreversível, como um elástico que foi esticado à capacidade máxima, e agora vai voltar ao seu estado natural.

4) Quarto nível: As principais mudanças são no cérebro e sua química e energias eletromagnéticas, os sintomas muitas vezes são dores de cabeça, visão embaçada, perda de audição e por vezes, dores no peito.

Cristais reguladores no corpo etérico mantêm as linhas de luz dentro do projeto da 5ª dimensão ligando novamente até que esteja pronto.

Dores no peito são devido a expansão das energias do coração que se abre para níveis mais profundos.

A visão e a audição estão sendo realinhadas para funcionar de forma diferente. O corpo mental começa a se perguntar se ele realmente está no comando e as pessoas sentem fortes impulsos inexplicáveis e inegáveis para seguir o EU superior sem hesitação.

Os indivíduos podem sentir flashes de telepatia, clarividência e outras habilidades psíquicas, quase todos começam a sentir empatia. Esta é uma época de sentir, honrar, aceitar e validar o corpo emocional aprendendo a controlá-lo.

5) Quinto nível: O corpo mental decide se sintonizar com o EU superior, acontece uma mudança nos sonhos tornando-os mais “lúcidos”, você começa a ter sensação de déjà vu. Processos de pensamento se tornam não lineares. A pessoa oscila entre o saber e a dúvida.

Nós liberamos a natureza habitual de pensar e de comportamento, olhamos para a desprogramação e reprogramação para criar o “Eu” que desejamos ser, não o “Eu” que pensávamos ser através da interação com nossos pais, colegas, sociedade, etc.

A mudança parece ser uma constante e conscientemente começamos a discernir a partir do nosso coração, em vez de julgar a partir de “respostas condicionadas”.

6) Sexto nível: Atraímos outros com a mesma frequência que a nossa para nos apoiarmos e estimularmos mutuamente o crescimento. Questionamos o que é o nosso processo mental real, como nos identificamos com os outros e como nós mesmos mudamos rapidamente.

A reavaliação pode ser desconfortável, mas nós sentimos que deve ser feita, olhamos para as nossas relações, trabalhos, ambiente familiar, estilos de vida, é um momento de desapego, de seguir em frente.

Mudamos nossos amigos, tudo parece estar em um estado de fluxo, mas nós nos sentimos mais leves, mais vastos, mais livres de alguma forma. Nesta fase o quociente de luz em nosso ser é de 33%, nos sentimos como se estivéssemos abrindo os nossos sentidos interiores, clarividência, Clariaudiência, telepatia, etc, parece normal e natural para nós.

7) Sétimo nível: O chacra do coração se abre mais, nos tornamos mais “real” com as emoções, só temos de ser nós mesmos! Nós liberamos blocos de velhos padrões, é um momento de grande limpeza emocional e de grande intensidade em que nós procuramos nos livrar da bagagem emocional.

Sentimo-nos mais em sintonia a cada momento, nos sentindo muito presente e fluindo com a vida. Muitas vezes relacionamentos antigos acabam ou mudam rapidamente conforme escavamos profundamente nosso ser e honramos nossos sentimentos, simplesmente não há espaço para a negação em qualquer nível. Começamos a perder a ligação emocional com os outros.

Dores no peito (angina) são mais comuns porque o coração continua a abrir os seus campos de energia.

(Fazer a meditação Unificada do chacra ajudará na abertura do coração, veja vídeo abaixo).

O medo neste momento é liberado, à medida que os campos de energia de todos os corpos são realinhados através do coração e quando alinhados, o medo desaparece.

Uma pressão na testa ou nas costas ou na cabeça é devido à abertura da hipófise e da pineal porque elas estão absorvendo mais luz, quando estas glândulas estão totalmente abertas, ativadas e funcionando no mais alto nível, o envelhecimento e a morte não acontecem.

Quando a glândula pineal está totalmente aberta experimentamos a multidimensionalidade, ainda que a dualidade parece aumentar à medida que deixamos ela para trás.

Alguns dias nós nos sentimos conectados e felizes, em outros estamos com medo e apanhados em questões de sobrevivência.

Muitos desejam “ascender” e deixar o planeta porque sentem a possibilidade muito real de ascensão através da nossa conexão profunda com o EU superior.

À medida que aprendemos a seguir a nossa alegria, podemos então querer “salvar o planeta” e cada um vai então seguir sua alegria.

Todos estão em alguma etapa nesta progressão que refletem a nossa mudança de percepção. Mais sábio você se percebe comendo menos, absorvendo mais luz através de alimentos vivos (vegetais, frutas), muitos nesta fase deixam de comer carne, açúcar e beber álcool porque “sentem” os efeitos destas substâncias nos campos vibratórios do corpo.

8) Oitavo nível: Enxergamos o Criador em tudo e puramente desejamos estar a serviço de todos, nós deixamos o modo “guardar e resgatar” para trás em favor do desejo de servir a vontade Divina.

As glândulas pineal e pituitária mudam de forma, se persistirem as dores de cabeça peça ao seu EU superior para não sentir dor, ou peça-lhe para liberar endorfina, o opiáceo natural do cérebro.

O cérebro está sendo ativado, em especial o cerebelo, o “gigante adormecido”. A expansão craniana é comum, “sementes de cristais” triangulares na testa e cristais de registros no lado direito do cérebro são ativados, juntamente com o oitavo, nono e décimo chacra.

Começamos a ser conectados com as linguagens da luz.

A hipófise e a pineal são abertas plenamente e trabalham juntas para criar a “Arca da Aliança”, uma luz de arco-íris que se propaga ao longo do topo da cabeça para o terceiro olho que é um mecanismo de decodificação para a linguagem das dimensões superiores.

Você pode achar que é difícil encontrar palavras para se expressar se você pensar em geometrias e tons.

Se ficar confuso, faça a meditação do chacra unificado e peça para as mensagens serem decodificadas e traduzidas.

Novamente você se tornar muito mais conscientes da vastidão e multidimensionalidade de sua natureza, você pode ser qualquer coisa que quiser ser, você deixará de operar a partir da obrigação e as relações se tornam transpessoais. Você compartilha palavras do seu coração e alma, os outros podem se sentir desorientados quando interagirem com você, porque eles não têm mais os “ganchos” de ligação com você.

Você opera a partir de um nível profundo de serenidade com elevada sensibilidade e consciência e ainda se sente aterrado e transformado. Nesta fase, é possível ser sustentado puramente pela luz e prana, sem absorver nenhum alimento dos reinos atmosféricos e ser saudavelmente sustentado pelo etérico.

9) Nono nível: Decodificações geométricas e tonificação é ainda mais fácil, o EU superior está usando a linguagem da luz que muda o projeto da 6ª dimensão para um novo modelo do seu Corpo de Luz da 5ª dimensão.

Seu corpo pode mudar de forma porque os campos de energia mudam. Você se sente interligado a todos por estar em toda parte e menos ligado às opiniões dos outros.

Você libera o desejo e a energia que sustenta o “jogo da separação e limitação” e se sente verdadeiramente livre.

O nono nível vê uma descida em massa do Corpo de Luz para a forma física.

Tal como acontece com o 3º e o 6º, neste nível fazemos uma forte reavaliação à medida que começamos a rendição final ao “EU superior” e nós realmente nos tornamos um instrumento Divino.

O nosso EU superior é o objetivo do nosso trabalho. Isto é a dissolução do ego-personalidade e ao mesmo tempo a êxtase, pode ser um pouco doloroso. Podemos ficar temerosos em fazer o salto, embora tenhamos evoluído através de eras do tempo para chegar a este ponto.

Podemos ir e voltar, agarrando-nos a zonas de conforto antigas antes de deixar seguir completamente, mas não há como voltar atrás, tudo deve ser liberado.

O 9º nível é a rendição e, em seguida, o êxtase, o desapego do “eu/ego”, percebemos que enquanto o livre-arbítrio é real também é uma ilusão, pois ele existe somente para nos guiar e nos fortalecer para sermos UM com o EU superior.

Saindo dos medos de sobrevivência e focando no AGORA, na UNIDADE. Embora os medos possam vir à tona, eles vão parecer irreais e são facilmente postos de lado.

Temos a tendência de nos desconectar da realidade consensual, nossas escolhas e realidade vão parecer irreais aos outros. A partir do 7º, 8º e 9º a luz interior irradia visivelmente para fora e você se sente incrivelmente aterrado, ligado, centrado, cheio de propósito e desejando apenas servir.

Por algum tempo você pode deslizar entre o 8º e 9º, do sentimento completo na UNIDADE e voltar a ser “um humano limitado” novamente, isto se estabiliza no final do 9º nível.

Você então, continuamente se sente ligado, operando a partir do seu nível Crístico e sua intenção e motivação é sempre a mais alta, embora os outros, devido a seus próprios gatilhos internos e questões, podem optar por não ver isto.

O 9º é o lugar onde nós começamos a ligar para o nosso EU SOU.

Os últimos três níveis unificam todos os campos de energia, todos os chacras são unificados e você se torna totalmente ligado ao seu EU SOU.

10) Décimo nível: Você é UM com a consciência da Fonte e sabe que tudo é possível. O ADN não é mais só de 2 filamentos mas sim de 12 filamentos, teletransporte, telepatia e manifestações são instantâneas.

O Merkabah (outro nome para o nosso Corpo de Luz) foi criado e permite que você viaje através do espaço, do tempo e das dimensões completamente.

A sua própria consciência está sendo dirigida por você mesmo.

11) Décimo primeiro nível: Todos os níveis do corpo de luz foram construídos e ativados e estão conectados ao seu corpo físico através dos “pontos de rotação”.

Estas linhas de luz ao longo dos meridianos de acupuntura física são linhas de interseção de luz em belas geometrias, um novo sistema circulatório da luz da 5ª dimensão.

A regeneração celular foi realizada.

O tempo não é mais linear, mas simultâneo, coexistindo passado, presente e futuro, todos existem em paralelo.

Não há separação e você irá manifestar plenamente a sua visão do Céu na Terra, expressando o êxtase do EU superior.

Neste “quadro” da percepção consciente, muitos agora acessam e criam novos tipos de tecnologias baseadas na luz, nova vida em comunidade, novos sistemas de governo e distribuição de alimentos e de recursos equitativos.

Todos receberam treinamento especializado e habilidades para ajudar a criar e manifestar a Nova Terra, a “Era Dourada”.

12) Décimo Segundo nível: A continuação da criação e implementação de sistemas da Nova Terra, ligado com os outros 12 níveis que se iniciam trazem à existência novos governos, novos sistemas financeiros e educacionais, melhor sistema de distribuição de alimentos e de recursos, etc, com toda a vontade sendo redefinida na fase final da ascensão da Terra para que todos possam existir em alegria, igualdade e harmonia.

Nesta altura o planeta e seus habitantes terão sido “renovados” na luz para brilhar em toda a sua glória à medida que os estágios finais deste plano Divino acontecem.

O planeta segue para a luz, se deslocando para fora desta dimensão sendo conduzido para um sistema multi estelar, onde todo mundo tem um Corpo de Luz e segue a maestria total do EU superior.

Do livro  “Em Sintonia” (“In Resonance”) de Jasmuheen

…………………………………………………………………………………………………………….

Origem: In5d | 12 Stages Of Light Body Ascension
Tradução e Divulgação: A Luz é Invencível

Via: Os 12 Estágios da Ascensão do Corpo de Luz | A Luz é Invencível


Invocação da Unificação dos Chakras

Por: Arlete Funaro – Terapeuta Holística – Numeróloga

 

Via: Invocação da Unificação dos Chakras – por Arlete Funaro – YouTube


COMO O REIKI ATUA ATRAVÉS DOS CHAKRAS…

chakras-in-hand

Sabe qual é a relação entre os Chakras e o Reiki?

Reiki2a

Por: VidaLusa T.L.

 

Chakra é uma palavra sânscrita que significa “roda”. Baseados na filosofia de vida Yogi, os Chakras são centros de energia espiritual do corpo. De acordo com as praticas curativas da parte oriental da India, os Chakras existem na vertente esotérica do homem, que é a parte espiritual do ser humano. A nossa essência espiritual espelha nosso corpo físico.

O que são os Chakras?

Os Chakras são centros de energia girando como vórtices que irradiam energia a partir de um ponto correspondente no corpo físico. Eles são compostos por camadas que se espalham na forma de um coração. Os Chakras pode dar e receber energia. Embora não haja virtualmente Chakras em todo o corpo, há sete principais. Esses sete chakras principais emitem energia luminosa e acredita-se residem no nosso corpo subtil ou espiritual. Podemos ver imagens de Chakras representados por uma roda, que lembra um pouco uma flor. Cada um tem um número específico de pétalas relevantes para cada Chakra em particular.

reiki chakra hands

Os sete chakras principais estão localizados numa linha ao longo da coluna vertebral; cada uma composta por fios de alta frequência que consistem em energia vital. É através do Reiki que a energia vital universal é canalizada para dentro e para fora do corpo subtil e físico. A energia Reiki percorre através dos “Nadis” condutores de energia com a ajuda dos Chakras.

yogi

Os canais de energia para a Energia Universal também incluem os Nadis  “Ida”, “Sushuma” e “Pingala”, que desempenham papel de inteligação entre os chakras.

Qual é o objetivo do Reiki?

O objetivo do Reiki é para curar, purificar e proteger o corpo físico, emocional, mental e espiritual, equilibrando-o e energizando-o com a Energia Universal. Se um Chakra está danificado ou bloqueado, não pode canalizar a Energia Universal corretamente. Acredita-se que o bloqueio provoca desequilíbrios corporais e contribui para aparecimento de problemas, tais como doenças ao nível físico, emocional, mental e espiritual do ser humano. Poderão ocorrer doenças combinadas e interligadas nos vários “corpos” do ser humano, o subtil, o emocional, o psicológico, o espiritual e o físico.

Como funciona o fluxo de energia vital reiki para aplicação?

Os Chakras das palmas das mãos podem canalizar a Energia Universal para outros através do Reiki.  No Reiki, a força vital universal entra através dos chakras da coroa e do coração, e é dirigido para as palmas das mãos para tratar o destinatário do Reiki.

last page

No Reiki, Chakras são os pontos focais para enviar e receber energia. A ideia é equilibrar a energia em cada Chakra através do Reiki, de tal forma que o receptor de  Reiki  vai sentir melhorias a nível físico, emocional, mental e espiritual. Quando os Chakras estão equilibrados, eles emitem vibrações e energia para dar ao destinatário uma ótima saúde, a todos os níveis.

Obrigado por ler este artigo e espero que o ajude, a melhorar a sua prática, a manter sua fé e a sua crença no Reiki. Ajude a divulgar o Reiki, registrando-se no nosso site, fazendo um like na nossa pagina do Facebook e principalmente partilhando os nossos artigos com o seus amigos.

Namastê

VidaLusa T.L.


Via: VidaLusa | Sabe qual é a relação entre os Chakras e o Reiki?

COMO NOSSOS CORPOS FÍSICOS PODEM REAGIR À ELEVAÇÃO DA KUNDALINI…

kundalini energy

Ativação da Kundalini – ou – O Que Está Acontecendo Com o Meu Corpo?

post-06-14-1

Por: Will, de The Galactic Free Press

Vemos isto com bastante frequência, uma pessoa passa por uma experiência espiritual ou transcendental intensa e então ela começa a perceber algumas coisas muito estranhas acontecendo. Ela pode começar a ter sensações de intenso calor ou energia fluindo através de seu corpo. Ela pode começar a ouvir tons algumas vezes muito agudo. Pode começar a sentir como se o seu corpo está vibrando, ou pode sentir uma pressão em sua testa. É comum algumas pessoas acreditarem que estão ficando loucas ou até mesmo que vão morrer quando essas coisas começam a acontecer, mas não se preocupe, tudo isto é realmente muito normal para um ser que optou por elevar sua consciência e é chamado de ativação da Kundalini.

O próprio termo Kundalini está ligado com diversas religiões hindu e também um número de escolas de mistérios ocidentais. Como tal, há muitas crenças conflitantes sobre Kundalini e muitas pessoas vão ensinar-lhe as formas “erradas” e as formas “certas” sobre ela. Eu vou ficar longe de tudo isso, tanto quanto possível e simplesmente compartilhar o que eu posso confirmar de minhas próprias experiências.

A primeira coisa a entender é como os chacras funcionam. Há sete chacras principais que estão alinhados com a sua coluna. Um na própria base de sua espinha (chacra raiz), um pouco abaixo do seu umbigo (chacra sacral), um pouco acima do umbigo (chacra do plexo solar), um no centro do peito (chacra cardíaco), um em sua garganta (chacra da garganta), uma em sua testa (chacra ajna ou terceiro olho) e um no topo de sua cabeça (chacra da coroa). Cada chacra corresponde a algo diferente, por exemplo, o chacra da garganta tem a ver com a comunicação, entre outras coisas. Há um número de sites que fazem um excelente trabalho explicando que chacra corresponde ao que, então eu não vou me preocupar em detalhes, aqui está um site.

Além dos sete chacras principais, há centenas, se não milhares de chacras em seu corpo. Os principais chacras são normalmente os mais fáceis de entrar em contato pela primeira vez, embora os nas palmas de suas mãos e em seus pés não devem ser muito difíceis de sentir. Se você alinhar as palmas das mãos voltadas uma para a outra e mantê-los a poucos centímetros de distância, você pode ser capaz de sentir os seus chacras das mãos.

Os chacras não funcionam independentes um do outro, eles estão todos abertos e conectados. Mesmo em uma pessoa muito inconsciente eles estão abertos, pelo menos um pouco, se não fossem assim a pessoa estaria morta. Os chacras são ligados uns aos outros por meio de canais de energia chamados nadis, estes canais de energia, juntamente com os próprios chacras formam o que é conhecido como o corpo sutil, corpo energético, ou corpo de luz.

Todos nós temos um corpo energético, é claro que nem todos estão cientes disto, então por que é assim? Para a maioria das pessoas, a energia que flui através de seus corpos é apenas um fio. O suficiente para não morrerem, mas não o suficiente para que eles verdadeiramente VIVAM. Seus chacras tornaram-se bloqueados pelas bagagens emocionais, medos e crenças de limitação. Isto dificulta o fluxo de energia entre os chacras e consequentemente para todo o ser, acabando por se manifestar como doença física.

Eu mencionei antes que o chacra da garganta tem a ver com a comunicação, e, como tal, está bloqueado por coisas como não se expressar, deixar as pessoas terem poder sobre você, este tipo de coisa. Medos do passado e traumas de infância podem fazer uma pessoa ter medo de expressar verdadeiramente a si mesma, estas coisas precisam ser curadas para ter um chacra saudável funcionando na garganta. Também é necessário um processo de cura semelhante para os outros chacras, embora seja diferente como cada chacra lida com diversos aspectos.

Assim o que é exatamente Kundalini? Há algumas opiniões divergentes, alguns personificam Kundalini como uma Deusa, mas eu vou me concentrar na Kundalini como um processo. É um processo de compensação energética que acaba por conduzir a um sistema de chacras com pleno funcionamento. Tradicionalmente deveríamos começar no chacra raiz e trabalhar seu caminho para cima através de cada chacra, mas a partir de minha experiência e de alguns outros com quem eu falei, isso começou no chacra da coroa e foi trabalhado seu caminho para baixo. Já ouvi falar de isto acontecer em ambos os sentidos.

O processo da Kundalini pode ser extremamente intenso. Tem sido descrito como um trem de carga correndo na sua espinha e posso testemunhar pessoalmente sobre esta descrição. Para uma pessoa que não entende o que está acontecendo, ele pode ser muito assustador. Minha maior recomendação é não resistir ao processo. Confie que o processo vai trazer para você o que você está pronto. Resistência torna as coisas mais difíceis e pode resultar em um processo muito doloroso e com medo.

Quando eu tive a ativação da Kundalini, notei muitas mudanças. Minha sensação física tornou-se muito mais sensível, indo para a minha visão anterior de túnel e durante algum tempo ruídos de carga que não costumavam me incomodar se tornaram um pouco dolorosos. Em um ponto, era como se todo o mundo externo estivesse renascendo de novo. O que antes era comum e chato se tornou milagroso, a vida de repente estava cheia de aventura e admiração como se eu fosse uma criança novamente. Os sentimentos sutis que eram inicialmente difíceis de entrar em contato começaram a integrar todos os aspectos da minha vida. A minha ligação empática com os outros foi reforçada enormemente, eu podia enfrentar todas as outras mudanças.

Para muitos, a maioria do que eu mencionei aqui provavelmente não é nada de novo. Este material não é mais um conhecimento escondido entre os grupos espirituais. Para outros porém, é a minha intenção de que isto os ajude a entender o que está acontecendo e para remover um pouco do medo que eles podem ter.

Will


 

Origem: Sound of Heart | The Galactic Free Press | Kundalini Activation – or – WTF Is Happening To My Body?!?
Tradução e Divulgação: A Luz é Invencível ☼

Via: A Luz é Invencível | Ativação da Kundalini – ou – O Que Está Acontecendo Com o Meu Corpo ?

EXERCÍCIOS PARA DESBLOQUEIO DA TERCEIRA VISÃO…

Open Your Third Eye

Despertar do Terceiro Olho: Sintonizando o Espírito

Por:  Cosmic ૐ Oneness

Third Eye Activation Mind's Eye Pineal Gland Opening Evolution

A meditação regular e uma atenção constante dos pensamentos, emoções, ações e fala abre nossos chacras, desenvolve o nosso sistema de orientação espiritual, o nosso centro psíquico, comumente chamado de “Terceiro Olho” ou o “Ajna Chakra (Ajna significa comandar). Com a prática, podemos aprender a usar isso em nossas vidas.A respiração controlada… permitindo respirações profundas e exale lento, oxigena o sangue e abre importantes centros de energia em nosso corpo que permite Prana / Chi… a força da vida fluir livremente… como que aproveitando as energias do universo e abrindo todos os canais para deixar a luz brilhar através deles…

Existem muitas formas e metodologias para abrir o Terceiro Olho compartilhada na Internet e em livros e vídeos amplamente visto por milhares a cada dia à medida que a percepção da nossa existência espiritual se expande, semeando a centelha de evolução dentro da nossa consciência… O primeiro passo para um despertar espiritual é uma elevação na visão de mundo a partir da separação de Unicidade e Unidade. À medida que esse entendimento se aprofunda o ego ou a falsa sensação de si mesmo desaparece, dando lugar a forma a uma nova descoberta de si como um com o infinito campo unificado de consciência, que conhecemos por vários nomes e em muitas formas e cores.

Aqui está um trecho do livro Meditação por Linda Williamson …

Canais de Poder…

Existem sete principais centros de energia dentro do corpo. Eles são chamados de “chakras”, a palavra sânscrita para roda, porque eles aparecem aos clarividentes como vórtices de luz. Os chakras estão situados em uma linha ao longo da coluna, começando com o chakra raiz, na base da espinha. O seguinte é o chakra sacral, no centro de reprodução, o plexo solar no umbigo, o coração, a garganta e a testa. O maior centro no alto da cabeça é chamado o lótus de mil pétalas.

À medida que uma pessoa começa a evoluir espiritualmente, os chakras começam a abrir e expandir, a partir do mais baixo para o alto. A expansão do plexo solar proporciona maior sensitividade e intuição. À medida que o coração se abre, somos capazes de dar e receber maior amor e compaixão. A expansão do centro da garganta dá início à capacidade criativa e auto-expressão, enquanto que a coroa nos conecta com as dimensões superiores de espíritos e com as deidades.

O terceiro olho sempre esteve ligado aos poderes psíquicos e de ocultismo. Retratado como um olho no meio da testa, o seu desenvolvimento dá a capacidade de ver com a visão interior. Este abrange muitas coisas: a clarividência, visão de espíritos, assistência remota ou visão de coisas em lugares distantes, e previsão do futuro. No nível mais alto, confere o dom do “insight” e do conhecimento espiritual.

Quando você começa a ver imagens vívidas e cores durante sua meditação, isso é um sinal de que seu terceiro olho está se desenvolvendo. Todas as práticas de meditação estimulam o desenvolvimento do terceiro olho, particularmente aquelas que envolvem visualização. O exercício seguinte é particularmente útil porque focaliza a atenção no ponto exato onde o terceiro olho está situado.

Abrindo o Terceiro Olho:

Namaste

Este é um exercício muito prático para ajudar a desenvolver o seu terceiro olho. Não insista em olhar para a vela se seus olhos começarem a cansar ou ficarem sensíveis. Lembre-se que o foco não é a vela, mas o seu terceiro olho.

Exercício: Meditação da Vela

1. Encontre uma vela de uma cor que você goste, talvez branco, dourado ou roxo uma vez que estas são cores espirituais. O quarto deve estar escuro. Coloque a vela sobre a mesa a cerca de um metro de distância de você, um pouco abaixo do nível dos olhos. Acenda-a e olhe fixamente para a chama. Acalme sua mente estabilize sua respiração.

2. Depois de alguns minutos, feche seus olhos. Você verá a imagem posterior da chama como um pequeno ponto de luz branca no seu olho da mente, o ponto entre os olhos físicos. Mantenha sua atenção fixa sobre esse ponto de luz. Não tente mover, controlar ou mudá-lo, aoenas observe.

3. A luz pode parecer mover para cima. Pode mudar de cor. Mantenha-a na sua visão interior pelo tempo que puder. Você pode se surpreender com o tempo em que a imagem permanece, por vezes sumindo e reaparecendo novamente. Quando ele desaparecer totalmente, abra os olhos e olhe para a vela de novo.

4. Repita o procedimento três vezes. A última vez, tente manter a imagem posterior estável, sem vacilar. Quando não puder mais vê-la, mantendo os olhos fechados, continue a observar o espaço onde ela estava. Esteja atento a todas as cores ou imagens que aparecem ali.

O terceiro olho tem vários outros nomes, incluindo “a sede da intuição”. Ao focar nesta área durante a meditação, nós obtemos uma consciência profunda e persistente de nossa intuição e discernimento. Com a prática regular, essa consciência pode alcançar nossas vidas diárias. Quando tomamos decisões ou enfrentamps situações difíceis, seremos capazes de tocar em nossa capacidade de julgamento – em vez de dependermos de fontes externas para obter respostas para nossos problemas.

O Chakra do Terceiro Olho é frequentemente bloqueado pelo ego, ou um senso de “eu” pessoal como uma entidade física separada. Dedicando-se à existência e à prática persistente você ajuda a criar uma maior consciência da terceira visão e a deixar a luz interior brilhar em uníssono com a intenção divina que dirige os nossos pensamentos, ações, emoções e palavras. O canto do OM com um fluxo de respiração controlada e relaxada é uma das mais antigas formas conhecidas para entrar em sintonia com o poder do terceiro olho, o ponto focal da intuição, o centro do nosso sistema de orientação espiritual, nos ajudando  a entrar em sintonia com toda e qualquer freqüência da consciência única, manifestada como muitas…

Despertando o Terceiro Olho Através da Respiração do Fogo

OBS: Para acionar a legenda clique na tela e depois no ícone legendas Legend Icon e em detalhes gear-icon, clique então em legendas CC e traduzir automaticamente e, em seguida, escolha português.


 

Fonte : PSYCHEDELIC ADVENTURE | Awakening The Third Eye : Tuning Into Spirit
Postado e Divulgado por: Carlos Rodrigues – O Erudito
Adaptação: Cida Pereira

Via: O Erudito | Despertar o Terceiro Olho: Sintonizando o Espírito

A GRANDE FRATERNIDADE BRANCA E A CHAMA VIOLETA…

grande-fraternidade-branca_mestres-dos-sete-raios

GRANDE FRATERNIDADE BRANCA

 Summit Lighthouse do Brasil

A Grande Fraternidade Branca é uma ordem espiritual de santos do Ocidente e de adeptos do Oriente, que se reuniram ao Espírito de Deus. Eles transcenderam os ciclos de carma e renascimento e ascenderam para essa realidade superior, que é a eterna morada da alma.

Os Mestres Ascensos da Grande Fraternidade Branca, unidos para as metas mais elevadas, têm se dedicado em todas as eras e em todas as culturas e religiões, para inspirar as realizações criativas na educação, nas artes e nas ciências.

É importante destacar que a palavra “branca” não se refere à raça, mas à aura de luz branca que circunda esses seres.

Os Sete Raios

Os raios referem-se à vibrações e qualidades divinas compreendidas a partir de sete princípios espirituais. Nesse sentido, a palavra raio deve ser assimilada com o mesmo significado da palavra luz. A luz branca, que representa a emanação de Deus, se divide em sete raios coloridos. Cada feixe de luz, isto é, cada raio, com sua cor específica, revela determinado aspecto do Criador. Quando o ser humano consegue alcançar a mestria em todos os raios, é dado um passo grandioso em direção ao processo de ascensão.

Obra Recomendada: Senhores dos Sete Raios

Primeiro Raio

Vibrações: Azul e branca
Qualidades: Poder, boa vontade e fé
Dons: Fé na Vontade de Deus e Palavra de Sabedoria

Segundo Raio

Vibrações: Amarelo e ouro
Qualidades: Sabedoria, compreensão e julgamento
Dons: Palavra de Sabedoria e Palavra de Conhecimento

Terceiro Raio

Vibração: Cor-de-rosa
Qualidades: Amor, criatividade e beleza
Dom: Discernimento de Espíritos

Quarto Raio

Vibrações: Branco e cristal
Qualidades: Pureza, disciplina e alegria
Dom: Realização de Milagres

Quinto Raio

Vibrações: Verde e Dourado
Qualidades: Verdade, ciência e visão
Dom: Cura

Sexto Raio

Vibrações: Púrpura, dourado metálico e rubi
Qualidades: Paz, serviço e fraternidade
Dons: Variedades de Línguas e Interpretação de Línguas

Sétimo Raio

Vibrações: Violeta, púrpura, cor-de-rosa, verde-água e azul-piscina
Qualidades: Liberdade, alquimia e justiça
Dons: Profecia e Realização de Milagres

“Os sete centros existentes no vosso ser destinam-se à liberação da energia de Deus. A percepção que Deus tem de Si próprio como amor está ancorada no seu Chakra do coração. A percepção que Deus tem de Si como poder está ancorada no seu Chakra da garganta, na autoridade da palavra. A percepção que Deus tem de Si como visão está ancorada no seu Chakra do terceiro olho. A percepção de Deus como sabedoria está ancorada no seu Chakra da coroa. A percepção que Deus tem de Si como paz está ancorada no plexo solar. A percepção que Deus tem de Si como liberdade está no Chakra da alma. E a percepção que Deus tem de Si como pureza esta no Chakra da base.”, trecho extraído do livro O Fortalecimento da Aura.

A Hierarquia

Os Três Reinos

Os sete Poderosos Elohim, mais os quatro seres da natureza, suas consortes e os elementais construtores da forma representam o poder do Pai, como o criador (o raio azul).

Os sete Arcanjos e seus complementos divinos, os grandes serafins, querubins e todas as hostes angélicas representam o amor de Deus na intensidade ígnea do Espírito Santo (o raio rosa).

Os sete Chohans dos Raios, com todos os Mestres Ascensos e os filhos e filhas de Deus não ascensos, representam a sabedoria da Lei do Logos sob a proteção do Filho (o raio amarelo).
Elohim, Arcanjos, os Sete Chohans e os Mestres Ascensos trabalham constantemente em equilíbrio, formando assim Os Três Reinos.

Elohim e Elementais

A palavra “Elohim” é plural do hebraico ‘Eloah’ que significa Deus. Pode ser traduzido também como ‘o Ser Poderoso’ ou ‘Ser Forte’.

Elohim é um substantivo que se refere às chamas gêmeas da Divindade, que por sua vez compõe o ‘Nós Divino’. Correspondem aos ‘sete Espíritos de Deus’ mencionados no Apocalipse, bem como as ‘estrelas da manhã’ que cantavam com Deus no começo, quando o SENHOR revelou sua existência a Jó.

Os sete Poderosos Elohim e suas chamas gêmeas são os construtores da forma de tudo o que vemos e têm sob a sua direção ‘as quatro Forças Cósmicas’, que detém o domínio sobre os elementais – gnomos, salamandras, sílfides e ondinas.

Os sete Elohim, suas chamas gêmeas e os raios a que pertencem são:

Hércules e Amazônia, primeiro raio
Apolo e Lúmina, segundo raio
Eros e Amora, terceiro raio
Astrea e Pureza, quarto raio
Cyclopea e Virginia, quinto raio
Paz e Aloha, sexto raio
Arcturus e Vitória, sétimo raio

Arcanjos e Anjos

O que ou quem são os anjos? Eles são uma extensão de Deus, criados para ser um elo de ligação entre nós e Ele, para nos servir e assistir. São o Amor em ação. Amplificam as energias e os sentimentos de Deus. São os nossos maiores amigos, pois são enviados para consolar, proteger, guiar, fortalecer, ensinar, aconselhar e alertar todos os filhos e filhas do Altíssimo. Existem tipos e ordens de anjos que realizam serviços específicos na Hierarquia Cósmica, tais como os Serafins, os Querubins e Anjos Deva, que servem com os espíritos da natureza e os elementais do fogo, do ar, da água e da terra.

Os Arcanjos são hierarcas das Hostes Angélicas, posto mais elevado nas ordens dos anjos. Anjo que passou com êxito em iniciações mais avançadas que o qualificam para comandar anjos menores e legiões angélicas. São em número de sete. Três deles são citados na Bíblia: Miguel, Rafael e Gabriel.
arcanjo
Os Serafins
são uma ordem de anjos que concentra a Chama da Pureza e a Consciência da Pureza diante do trono de Deus. São anjos de uma enorme majestade e poder. Seu trabalho é cuidar, purificar e corrigir os nossos quatro corpos inferiores para a aceleração da nossa consciência e Progresso Espiritual. São descritos como tendo 6 asas: 2 cobrem o rosto (perante a glória do Senhor), 2 cobrem os pés (em reverência perante o Senhor) e com 2 voam.

Os Querubins
são membros de uma ordem de seres angélicos dedicados à expansão e proteção da Chama do Amor, empunham a espada e o julgamento do Raio Rubi e do Espírito Santo. Ezequiel descreve-os como seres de 4 asas e 4 faces.

Os Arcanjos, além de serem os capitães da hostes angélicas, são os principais hierarcas do reino angélico. Veja abaixo a correlação dos arcanjos segundo os raios a que pertencem:

Arcanjo Miguel e Fé, primeiro raio
Arcanjo Jofiel e Cristina, segundo raio
Arcanjo Chamuel e Caridade, terceiro raio
Arcanjo Gabriel e Esperança, quarto raio
Arcanjo Rafael e Mãe Maria, a Nossa Senhora, quinto raio
Arcanjo Uriel e Aurora, sexto raio
Arcanjo Zadkiel e Santa Ametista, sétimo raio

Chohans

Chohan é um termo usado com o significado de “Senhor” ou “Mestre”. É um título a ser tratado com honra e respeito. Os sete Chohans dos raios são especialistas na aplicação das qualidades do raio que presidem, pois atingiram essa mestria após muitas encarnações na Terra. Essa é a razão pela qual precisamos dos seus ensinamentos para alcançar a mesma mestria e um dia nos tornarmos Mestres e Mestras Ascensas. Os sete Chohans e os seus raios são: El Morya no primeiro raio da Vontade Divina, Lanto no segundo raio da iluminação; Paulo Veneziano no terceiro raio do amor; Serapis Bey no quarto raio da pureza; Hilarion no quinto raio da cura e da abundância; Nada no sexto raio da paz, e Saint Germain no sétimo raio da liberdade. O Maha Chohan, ou “Grande Senhor”, é líder dos sete Chohans.

El Morya
Senhor Lanto
Paulo Veneziano
Serápis Bey
Hilarion
Mestra Nada
Saint Germain
Maha Chohan

Mestres Ascensos

Mestre ascenso é todo aquele que, por meio do Cristo e revestindo-se da Mente que estava em Cristo Jesus, dominou o tempo e o espaço e, nesse processo, adquiriu o controle da personalidade nos quatro corpos inferiores e nos quatro quadrantes da Matéria, nos chakras e na Chama Trina equilibrada. Um Mestre Ascenso também transmutou pelo menos 51% do seu carma, cumpriu o seu plano divino, e recebeu as iniciações do Raio Rubi para o ritual da ascensão – a aceleração pelo fogo sagrado até a Presença do EU SOU O QUE EU SOU. Habitando os planos do Espírito, o reino de Deus, pode ensinar almas que ainda não alcançaram a ascensão em um retiro etérico ou nas cidades do plano etérico.

Um Mestre Ascenso caminha e fala com Deus por meio de sua poderosa Presença do EU SOU, sendo um só com ela. Tornou-se a essência do amor divino e o concede a todas as criaturas.

Sendo verdadeiros instrutores da humanidade, dirigem a evolução espiritual de todos os devotos de Deus e guiam-nos de volta à origem. Os Mestres Ascensos e alguns dos seus discípulos não ascensos fazem parte da fraternidade espiritual conhecida como Grande Fraternidade Branca. Como individualização da chama divina, cada membro dessa Fraternidade manifesta um aspecto único da chama da vida, que é Deus.

Outros Mestres Ascensos

Apesar de termos naturalmente algumas preferências e de sentirmo-nos atraídos por um ou dois mestres, precisamos desenvolver um certo nível de mestria em cada um dos sete raios para fazermos a ascensão. Assim, é uma grande oportunidade estudarmos a vida de outros Mestres Ascensos, que também trabalham nos raios, para aprendermos dessa forma como eles alcançaram determinada mestria.

Afra
Clara Louise
Cinco Budas Dhyani
Kristine
Gautama
Igor
Jesus
Kuan Yin
Kuthumi
Maitreya
Manjushri
Pallas Athena


Chama Violeta

 Summit Lighthouse do Brasil

chama_violetaA Chama Violeta é uma energia espiritual capaz de consumir vibrações negativas, libertando a energia divina aprisionada em nossos registros cármicos, em matrizes que construímos com base no mundo material. Quando essas energias aprisionadas em matrizes imperfeitas são libertadas, retornam a sua fonte original, ao nosso corpo causal.

A Chama Violeta é o fogo do Espírito Santo que contém as qualidades do perdão, da misericórdia, da alquimia, da transmutação e da liberdade.

O ensinamento sobre a Chama Violeta não é algo novo, criado recentemente. Ela sempre existiu e foi utilizada pela Grande Fraternidade Branca por milhares e milhares de anos. As civilizações da Lemúria e da Atlântida já faziam uso dela, mas, devido aos abusos que fizeram das leis sagradas, esse conhecimento foi retirado do planeta por decisão do Conselho Cósmico.

Saint Germain dirigiu-se ao Conselho Cósmico, pedindo que esse conhecimento fosse novamente disponibilizado para a humanidade. Após ceder parte da luz que acumulou em seu corpo causal, Saint Germain foi autorizado pelo Conselho Cósmico a revelar e divulgar o conhecimento e a aplicação da Chama Violeta. Além de ser o hierarca da era de Aquário e o seu patrocinador, ele também é o Chohan (Senhor) do Sétimo Raio.

O Arcanjo Zadkiel e a Arqueia Santa Ametista, como hierarcas do reino angélico, e os Elohim Arcturus e Vitória, como hierarcas do reino elemental, e outros mestres compõem a hierarquia celeste que trabalha com a energia da Chama Violeta.

Nossa Senhora, em 11 de maio de 1987, disse o seguinte: “Se dezenas de milhares de pessoas fizessem a Chama Violeta diariamente, posso garantir que a mudança na Terra seria tão extraordinária que não apenas perguntaríeis para onde tinham ido os problemas, como até os esqueceríeis”.

FIAT DA CHAMA VIOLETA

EU SOU UM SER DE FOGO VIOLETA!
EU SOU A PUREZA QUE DEUS DESEJA!

Nove passos para pôr a Chama Violeta em ação na sua vida
Decretos com Visualização


Fonte: Summit Lighthouse do Brasil

Via: Summit Lighthouse do Brasil | GRANDE FRATERNIDADE BRANCA | Os Sete Raios
Via: Summit Lighthouse do Brasil | GRANDE FRATERNIDADE BRANCA | A Hierarquia
Via: Summit Lighthouse do Brasil | Chama Violeta

O DESPERTAR DA KUNDALINI E O DESENVOLVIMENTO DOS CHAKRAS…

chakras

KUNDALINI E CHAKRAS

Postado em Mythos Editora

Há milênios o conhecimento da Índia vem se referindo as forças e energias que agem no corpo humano, e dois nomes sempre surgem quando se fala no assunto. Aqui, os mestres do Vidya Yoga explicam um pouco mais o que são a Kundaliní e os chakras.

– Shri Vyaghra Yogi e Shri Kamaia Devi

Kundalini

Kundaliní é uma força dormente, que é simbolicamente representada por uma serpente (Bhujanga) enrolada na base da coluna vertebral. Essa força está presente em todo o ser humano e representa a força criativa manifestada no Homem. Sua fonte de energia e conhecimento não é um objeto de visualização, mas uma entidade sutil em forma de luz. Por isso, sua manifestação se dá de forma fortemente luminosa.

Nos homens, a kundaliní está localizada no períneo, entre os órgãos urinário e excretório; nas mulheres, encontra-se na base do útero. O ponto onde está situada a energia de kundaliní é chamado kanda (bastão), e a região é do plexo coccigiano, onde está o chakra Muladdhara Padma.

Kundal é o termo sânscrito que significa ‘enrolar’. Portanto, kundaliní quer dizer ‘aquilo que é enrolado’. A palavra também deriva da raiz kund, do sânscrito, que significa literalmente ´queimar´.

Kundaliní é a personificação de todos os poderes psíquicos e físicos do ser humano. O despertar de kundaliní envolve um rigoroso treinamento em termos de Ásanas (exercícios do yoga), Pránáyámas (exercícios respiratórios), Kriyas (purificações) e Dhyána (meditação). O impulso da força contida na base da coluna vertebral capacita a energia mover-se para cima através de vários centros de força situados ao longo do canal central da coluna vertebral até o cérebro.

Kundaliní, como qualquer outra força, tem seu aspecto positivo e negativo. Além disso, ela pode ser interpretada como masculina ou feminina. O despertar dessa energia desenvolve os níveis físico, emocional, mental e espiritual do ser humano. O despertar e a ascensão de kundaliní leva a um diferente nível de consciência espiritual.

Chakrapadma Nadí significa literalmente ‘canais e sistemas energéticos’. São usados pelo Vidya Yoga para determinar o sistema formado pelos centros bioenergéticos no corpo humano. Os chakras (centros) e os nadís (condutos) são descritos nos textos clássicos denominados Upanishades.

Yogashikha Upanishad é um texto clássico que esclarece a existência dos chakras, nadís, kundaliní, etc. Encontramos também outra excelente contribuição dos rishis (antigos sábios) a respeito do assunto: o Satchakra Nirupána. Esse livro foi compilado em 1577 pelo mestre Shri Swami Purananda, de Bengala. No capítulo VI da obra, Shritattwa Chintamini, fala-se mais claramente sobre os condutos da energia vital e dos centros captadores.

Chakras e Nadís

A kundaliní passa através de canais (nadís) e atravessa centros nervosos denominados chakras. Os chakras são definidos como centros captadores, armazenadores e distribuidores de prana (a energia vital) para todo o organismo. Segundo fontes do hinduísmo, do Vidya Yoga e da Antiga Cultura Rishi, o corpo humano possui 49 chakras, os quais se encontram espalhados por todo o corpo. Entretanto, a energia vital, ou energia do fogo, é organizada apenas ao redor de alguns centros específicos. Os chakras variam de cor, brilho, diâmetro, aparência, som e vibração – dependendo do indivíduo e do seu grau de consciência.

A palavra “chakra” vem do sânscrito e significa literalmente ‘roda’. As pessoas experimentam o movimento circular dos chakras como um “redemoinho”. Eles são vórtices de energia psíquica e estão movimentando-se constantemente, desde o nascimento. O estado psíquico inconsciente encontra-se no Muladdhara Chakra. O supremo estado de consciência ou superconsciência encontra-se no Sahasrára Chakra, o qual é simbolizado por uma coroa ou um semicírculo ao redor da cabeça. A energia é distribuída através dos chakras, bem como através de uma intrincada rede do sistema nervoso central.

Essa rede é compreendida de nadís ou canais condutores da energia vital, e que auxiliam no fluir da consciência humana. Acredita-se que existam 72 mil nadís em todo o corpo humano. Dessas, 14 são os mais importantes, pois equilibram os órgãos vitais. Os chakras maiores são sete e denominam-se mahachakras. Suas raízes encontram correspondência na coluna vertebral, no corpo energético ou duplo etérico. Há 42 centros menores denominados upachakras. Estes localizam-se nas articulações de todo o corpo.

Responsabilidade das Nadís e Localização de um Chakra

Cada chakra controla diferentes processos. O canal Ídá é responsável pelos processos mentais; o canal Píngalá cuida do processo vital; e o canal Sushumná é o responsável pelo despertar da consciência espiritual. Estes principais canais podem ser considerados como canais psíquico, prânico e espiritual, respectivamente.

Todas os três nadís (Ídá, Píngalá e Sushumná) iniciam-se no Muladdhara Chakra e terminam no Sahasrára Chakra, num processo em que cada um desses canais encontra-se com outros. Ídá flui pelo lado esquerdo, Píngalá flui pelo lado direito, e Sushumná flui pelo canal central ou neutro do corpo. Ídá e Píngalá não operam simultaneamente.

Os chakras distribuem vibrações que se traduzem em impulsos elétricos. Para se localizar um chakra devemos encontrar a reunião e o cruzamento de diversos feixes musculares em determinada parte do corpo físico. Isso produzirá um plexo nervoso e, onde houver um plexo nervoso, aí estará localizado um chakra.

Os chakras também são classificados como “centros nervosos”. Na verdade, eles não são uma produção do corpo físico, mas do corpo energético. Sua correspondência se dá no físico através dos plexos nervosos, dos gânglios e das glândulas.

Os sete chakras principais podem ser vistos psiquicamente por aqueles que já tem a capacidade de enxergar a aura humana. Eles podem ser apresentados como rodas coloridas com múltiplas pétalas, ou até mesmo similar a uma flor de lótus

Os sete chakras principais podem ser vistos psiquicamente por aqueles que já tem a capacidade de enxergar a aura humana. Eles podem ser apresentados como rodas coloridas com múltiplas pétalas, ou até mesmo similar a uma flor de lótus. Por isso, os chakras também são denominados padmas, ou flores de lótus, um dos símbolos nacionais da Índia.

Como já dissemos, os sete principais chakras, ou mahachakras, estão situados ao longo. da coluna vertebral, da base do osso occipital até as vértebras coccígeas. Adicionalmente a esses, existem outros sete chakras inferiores (upachakras), que se localizam imediatamente abaixo da última vértebra da coluna. Estes são a base da consciência instintiva do Homem, que produz o ódio, a possessividade, a inveja, a culpa, a aflição, etc.

Os sete principais chakras, ou superiores, são:

1. Muladhára Chakra – Mula significa ‘base’ ou ‘raiz’. Sua localização é na base da espinha, região do cóccix. Quando o Muladhára é despertado, adquire-se o poder da oratória, e amplia-se a capacidade física, sexual e de aprendizado.

2. Svádhíshthána Chakra – Significa ‘sua própria morada’. Desperta o conhecimento intuitivo; libera inimigos internos e desperta entidades astrais.

3. Manipúra Chakra – Significa ‘cidade das jóias’ . O Manipúra é responsável pela limpeza de vários sistemas do corpo. Meditando no chakra, ajuda a correta diagnose de doenças.

4. Anáhata Chakra – Significa ‘invicto’. O despertar deste chakra traz sentimento de otimismo e desapego, além de desenvolver o talento artístico e equilíbrio emocional.

5. Vishúddha Chakra – Significa ‘purificação’. Desenvolve a percepção de “sentir os outros”. É um centro de rejuvenescimento.

6. Ájna Chakra – Significa ‘comando’. É a ponte entre o guri e o discípulo (sishya).

7. Sahasrára Chakra – Significa ‘mil’. Sede da suprema consciência.

Autodisciplina

Quando nascemos, todos os nossos chakras estão abertos e girando com uma força atômica impressionante. Com o passar do tempo, sua energia vai diminuindo, até que o corpo físico atinja a idade adulta. Daí em diante, os chakras se mantém numa velocidade uniforme e com um diâmetro do tamanho de um punho fechado, aproximadamente.

Nossa constituição física é orientada pelas forcas Há e Tha, exìstentes na dimensão em que nos encontramos.

Nossa constituição física é orientada pelas forças Há e Tha, existentes na dimensão em que nos encontramos. A força Há é de natureza positiva e vem do espaço cósmico, dirigindo-se à Terra (Bhuva), em movimento descendente espiralado no sentido horário. Sua origem vem de Surya (o Sol). À medida que a força Há se aproxima da Terra, ocorre a densificação ou materialização da cosmoenergia. E o contrário é verdadeiro: à medida que a força Tha afasta-se da Terra, ocorre a sutilização ou espiritualização da bioenergia. Esse é um processo natural e permanente no universo, onde há movimentação dinâmica de expansão e contração diariamente.

Se verificarmos, nesse momento, a nossa respiração, poderemos perceber que somente uma de nossas narinas está mais ativa que a outra, porque o nosso sistema nervoso central controla o tempo equilibrado de oxigenação do cérebro, banhando-o mais de um lado e posteriormente do outro, a cada duas horas.

Conforme os rishis, o movimento dos chakras é influenciado diretamente pelo controle respiratório natural, através do fenômeno de expansão e contração. A cada duas horas, precisamente, os chakras mudam o seu movimento, funcionando ora no sentido horário, ora no anti-horário.

O despertar da kundaliní e o desenvolvimento dos chakras requer autodisciplina, dieta vegetariana, abstinência de qualquer tipo de drogas, e principalmente Yama e Niyama, que são as normas éticas pertinentes a qualquer tipo de yoga.

Revista Sexto Sentido
Número 29
Páginas 16-19

 

Via: KUNDALINI E CHAKRAS – Instituto de Pesquisas Projeciológicas e Bioenergéticas


UMA ÓTIMA ILUSTRAÇÃO NESTE VÍDEO:

Chakras e Kundalini – A Melhor Explicação (Completo)

Publicado Por: Alex mayer Pomp

 

 

Via: Chakras e Kundalini – A Melhor Explicação (Completo) – YouTube


AS DOZE ETAPAS DA EVOLUÇÃO CONSCIENTE…

universal_consciousness

CONSCIÊNCIA ESPIRITUAL

Por: Owen Waters
em 2 de junho de 2013

 

Buscadores bem-sucedidos da sabedoria espiritual compartilham um laço comum. Todos eles passaram pelo portal do coração, para a primeira etapa espiritual do desenvolvimento humano.

Há doze etapas da evolução consciente, designadas para a nossa experiência como seres humanos. Elas vão desde a vontade básica de sobrevivência, até a realização espiritual derradeira da consciência cósmica.

Estas doze etapas estão divididas em dois níveis de evolução consciente. Há seis etapas nos níveis básicos e seis estágios nos níveis espirituais.

O Professor Clare W. Graves (1914 – 1986) foi um cientista social que identificou primeiro as etapas básicas do desenvolvimento humano, pois ele observou as características do que agora chamamos de movimento Criativo Cultural. Ele observou que as pessoas tinham entrado na sexta etapa da consciência, em números elevados – totalizando mais do que 1 em 5 adultos naquele tempo – e ele também observou muitos casos na sétima etapa da consciência.

A partir de uma perspectiva metafísica, estas etapas do desenvolvimento social ressoam diretamente com o sistema de chacras humano. A chave para ver esta correlação é compreender que há duas faces para cada chacra principal.

Por exemplo, na face da frente do chacra do plexo solar está a versão menos elevada da consciência baseada no plexo solar. Isto se relaciona com a 4ª etapa da consciência, que se concentra na religião tradicional e em outras formas de controle autoritário.

A parte superior da consciência baseada no plexo solar se relaciona com a versão deste chacra, na face de trás e que está conectada com a parte posterior da coluna vertebral. A freqüência da sua 5ª etapa ressoa meio tom a mais do que a 4ª etapa e lida com o desenvolvimento do intelecto básico, tais como a capacidade matemática e a ciência materialista.

Como as doze faces dos sete chacras principais estão configuradas.

AS DOZE ETAPAS DA CONSCIÊNCIA HUMANA E OS SEUS NÍVEIS DE DENSIDADE RELACIONADOS

12chakras

Observem que, enquanto os vórtices de energia que representam o chacra raiz e o chacra coronário são ambos únicos, os outros cinco chacras principais têm as faces em ambas as direções – frente e trás.

A consciência baseada no plexo solar é a lente que mais ressoa com o mundo físico da terceira dimensão (3D), em que vivemos. A 4ª das 12 etapas da consciência é a versão menos elevada da consciência na 3D e a 5ª etapa é a consciência mais elevada da 3D.

Agora, observem a tabela completa das doze etapas da consciência humana. Quando as pessoas – ou sociedade em grandes grupos – evoluem na escada do desenvolvimento consciente, seus pontos de vista se expandem para uma visão mais ampla do mundo, e ainda assim, eles retêm tudo o que eles aprenderam das lições dos níveis inferiores através dos quais eles já passaram.

AS DOZE FACES DOS CHACRAS PRINCIPAIS

ESTÁGIOS NO DESENVOLVIMENTO ATUAL DA SOCIEDADE


1º ESTÁGIO: FACE DO CHACRA – Chacra Raiz 1D CARACTERÍSTICA: Instintivo
EXPRESSÃO: Sobrevivência Pessoal

2º ESTÁGIO: FACE DO CHACRA – Chacra Sexual 2D – frente CARACTERÍSTICA:Emocional Receptivo
EXPRESSÃO:Clãs

3º ESTÁGIO: FACE DO CHACRA – Chacra Sexual 2D – trás CARACTERÍSTICA: Emocional Ativo
EXPRESSÃO: Coragem

4º ESTÁGIO: FACE DO CHACRA – Plexo solar 3D – frente CARACTERÍSTICA: Intelectual receptivo
EXPRESSÃO: Propósito Determinado

ESTÁGIO: FACE DO CHACRA – Plexo Solar 3D – trás CARACTERÍSTICA: Intelectual Ativo
EXPRESSÃO: Realização

6º ESTÁGIO: FACE DO CHACRA: Chacra Cardíaco 4D – frente CARACTERÍSTICA: Holístico Receptivo
EXPRESSÃO: Organizações Comunitárias

ESTÁGIO: FACE DO CHACRA: Chacra Cardíaco 4D – trás CARACTERÍSTICA: Holístico Ativo
EXPRESSÃO: Liberdade responsável

ESTÁGIO: FACE DO CHACRA: Chacra Laríngeo 5D – frente CARACTERÍSTICA: Criativo Receptivo
EXPRESSÃO: Desenvolvimento Intuitivo

ESTÁGIO: CHACRA LARÍNGEO SUPERIOR 5D – Face: trás CARACTERÍSTICA: Criativo Ativo EXPRESSÃO: Criatividade Poderosa Ativa.

10º ESTÁGIO: CHACRA INFERIOR DO TERCEIRO OLHO 6D – Face: frente CARACTERÍSTICA: espiritual superior receptivo EXPRESSÃO: Segredos do universo.

11º ESTÁGIO: CHACRA SUPERIOR DO TERCEIRO OLHO 6D – Face: trás CARACTERÍSTICA: espiritual superior ativo EXPRESSÃO: Sabedoria Globalmente aplicada.

12º ESTÁGIO: CHACRA INFERIOR CORONÁRIO 7D CARACTERÍSTICA: Conexão universal EXPRESSÃO: consciência cósmica.


(Nota: Os níveis de densidade são algumas vezes, incorretamente referidos como “dimensões”.)


É de enorme importância para a evolução da humanidade que muitas pessoas hoje já entraram no sexto e sétimo estágio de consciência. É importante porque aqueles estão na quarta densidade (4D), nos estágios de consciência centrados no coração e nós estamos nos preparando hoje para uma mudança física para o estado da quarta densidade da existência física.

O Professor Graves ficou fascinado com o sétimo estágio de consciência, porque ele compreendeu que os seis primeiros estágios formavam uma série, ou camadas de estágios e este sétimo estágio era um passo para um novo nível. Ele chamou o salto para o segundo nível de consciência, como um “salto importante” para a humanidade.

Se vocês considerarem o sétimo estágio como o passo do nível básico dos seis estágios ou etapas para o nível espiritual dos seis estágios de consciência, então, sim, “importante” é uma descrição muito apropriada. Não é mais um indivíduo na sétima etapa (ou estágio), perambulando pelo mundo físico, buscando a verdade oculta, perdida, da existência… eles a encontraram!

A consciência espiritual traz um propósito para a vida, um objetivo geral e subjacente, pois a experiência humana é a evolução da consciência. Quando o seu foco se torna espiritual, vocês estão olhando diretamente para a escada da evolução, e não mais olhando ao redor em busca de pistas quanto ao que é a vida.

O portal para a consciência espiritual é através do coração.

Uma vez que uma pessoa alcance o sexto estágio de consciência, ela está vendo o mundo através das lentes da consciência do chacra do coração (inferior), que se relaciona com a quarta densidade inferior (4D). Neste estágio, ela se torna mais sensível às necessidades dos outros e pensa mais em termos do bem da comunidade do que em atividades puramente egoístas. É uma visão mais ampla da consciência do que a ambição estreitamente focada da 3D que a precedeu.

O sétimo estágio, o primeiro estágio do nível espiritual da consciência, está apenas a um pequeno passo. A pessoa no sexto estágio já está com a consciência centrada no coração. Ela só precisa dar este pequeno passo para a consciência superior do coração para a consciência superior da 4D do sétimo estágio, e a conexão com os níveis superiores da consciência se abrem diretamente.

…………………………………………………………………………………………………………………………

Direitos Autorais:
Owen Waters é o autor de Love, Light Laughter:
The New Spirituality, disponível em livro impresso ou como e-book em:http://www.infinitebeing.com/ebooks/love.htm

Fonte: Spiritual Dynamics | Spiritual Consciousness
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

Via: Luz de Gaia | Consciência Espiritual – por Owen Waters 2 de junho de 2013

QUANDO A LINGUAGEM CORPORAL SUGERE UM DESEQUILÍBRIO DOS CHAKRAS…

os-7-chakras

OS 7 CHAKRAS E AS 7 LIGAÇÕES COM O SEU SUBCONSCIENTE

Por :  Davina Skinner

Os chakras não começam e terminam com sua descrição ou uma definição – isso é onde muitas pessoas chegam para compreendê-los. Grande parte das pessoas querem saber o seu nome e sua posição, mas quais são as suas  finalidades e para que servem ?  Como usar essa informação em sua vida diária? Os Chakras são incríveis, orgânicos, são Centros de Energia Tridimensionais e dentro deles existem muitos segredos.

Quando sua energia é combinada, ela compõe o que chamamos de Aura, o campo de energia dentro e ao redor do corpo humano. É dentro desta esfera de energia que os médiuns podem “ver” e podem discernir muitas coisas sobre você que a pessoa “normal” não está conscientemente ciente.

Muitas dessas coisas pode tornar você mais consciente de si mesmo e  para minha mente é o seu subconsciente fornecendo alguns minutos de sinais, tentando chegar até você. Isso é exatamente  o mesmo que  vinculado com a forma de como a sua linguagem corporal funciona, a sua linguagem corporal é a energia do seu Chakra trabalhando!

Há um grande número de formas que os Chakras podem tentar ‘chamar’ a sua atenção, muitas vezes por estar fora de equilíbrio. Novamente, há uma série de sintomas que indicariam um Chakra fora de equilíbrio, mas com a finalidade de tentar fazer  as coisas mais  simples, destaco apenas um sinal comum para cada um dos sete Chakras.
Por exemplo;

O CHAKRA  BASE

Um bom indicador de quão estável o Chakra Base pode estar é considerar o que você faz com seus pés e pernas quando se senta em certas situações: Você pode sentar com os dois pés firmemente colocados no chão ou você pode ocasionalmente cruzar as pernas. Em si mesmo, não há grande indicador aqui a menos que tenha uma tendência de vir  a ser um padrão regular e repetido. Você pode se deparar muitas vezes cruzando as pernas firmemente, quase se enrolando  em torno da perna da cadeira, ou você pode ficar excessivamente inquieto, você pode sentir a necessidade de levantar os pés para cima do chão e em alguns casos sentar com os joelhos dobrados na frente de você. Isso pode indicar uma sensação de insegurança que é um dos elementos-chave do Chakra Base.

O CHAKRA SACRAL

Você pode notar que, muitas vezes, você cobre esta área abaixo do umbigo com as mãos. Isso tende a demonstrar uma necessidade instintiva de se sentir protegido. Pode ser uma área que é facilmente propensa a armazenar gordura, em homens e mulheres e está ligada com a vulnerabilidade que você sente nos relacionamentos, em particular. É um lugar de poder emocional e é importante que a pessoa seja capaz de “fluir” com essas emoções, caso contrário, pode encontrar problemas de criatividade, não apenas fisicamente, mas também mentalmente.

O PLEXO SOLAR

Este Chakra você já associa com o seu subconsciente ou seu interior, com conhecimento ou não do que percebe! Este chakra é, afinal, o lar do seu instinto BOM. Não é por nenhuma outra razão que o chamamos assim. Este Chakra se liga diretamente ao seu espírito ou energia central que instintivamente “sabe” o que ou quem é bom para você e quais situações são ruins. Lembre-se de um momento em que você tinha um mau pressentimento sobre alguém ou algo e você vai, sem dúvida, lembrar da sensação de enjoo no estômago. Muitas vezes as coisas acontecem tão rapidamente que não paramos para considerar apenas sobre quais são nossas reações ou exatamente onde elas nos afetam no corpo.

O CHAKRA DO CORAÇÃO

Isso, não é nenhuma surpresa,  é tudo sobre o amor. Como é reconfortante quando você se está magoado ou chateado e recebe um abraço amoroso ou carinhoso de alguém? É um instinto natural colocar os braços ao redor uns dos outros e “tocar” os corações. É um conforto e é, na verdade, as duas energias das duas pessoas se encontrando, uma doando e uma recebendo, neste caso. Para assistir alguém puxando a dor das “cordas do coração” e é apenas assim que  você pode ver a energia.

O CHAKRA DA GARGANTA

Este Chakra não só se relaciona com a garganta e a área do pescoço, mas também com os órgãos que você usa para a comunicação, os seus ouvidos, a boca e o nariz ! É, muitas vezes, associado com a sua capacidade de “dizer a sua verdade”. Você pode conhecer alguém que cobre sua área de pescoço e garganta regularmente, com colares ou cachecóis altos. Isso pode indicar que muito do que essas pessoas realmente gostariam de dizer não é falado ou é encoberto. Isso pode resultar em fofocas ressentidas fora do alcance de ouvido ou uma acumulação de “coisas não ditas” que em algum momento irrompe em uma tempestade emocional!

O  CHAKRA DO TERCEIRO OLHO

Muitas vezes você vai ver as pessoas esfregarem ou tocarem nesta área como que tentando literalmente agarrarem  um pensamento que de alguma forma sabem que existe, mas eles simplesmente não conseguem dominar. Este é o centro intuitivo do Chakra da mente e pode facilmente ficar “fora de sincronia” pela mente lógica, racional e consciente que usamos em grande parte do dia. Como você pode ter notado, quando você deixa de perseguir esse pensamento ilusório e continua com uma tarefa não relacionada, a inspiração ou informação parece magicamente vir do nada!

O CHAKRA DA COROA

A preocupação excessiva pode indicar aqui em uma forma física. Uma da formas físicas das mais comuns é quando você vê pessoas segurando a cabeça em suas mãos em desespero ou profunda preocupação; quando elas “simplesmente não sabem o que fazer” ou não podem ver a resposta a uma certa situação. Elas podem se sentir totalmente bloqueadas não sendo capaz de ver um caminho à frente e mantêm a cabeça olhando para baixo.

A maioria dos casos acima se ligam diretamente à sua linguagem corporal. Mas quando você olhar mais profundamente e começa a compreender mais sobre os Chakras e suas ligações para o seu bem-estar mental e emocional, bem como o seu bem-estar físico e espiritual, então, você começa a ter uma visão mais holística do seu verdadeiro potencial e beleza como um espírito humano.


Biografia da Autora:
Davina é um mestre de Reiki e hipnoterapeuta, ela tem trabalhado com algumas das mais recentes tecnologias da aura. Descubra informações mais esclarecedoras sobre os 7 Chakras e os benefícios surpreendentes de compreender a sua melhor energia própria energia, aproximando-se com ela em:http://www.aurasandchakras.com

Fonte: In5D |  7 Chakras & 7 Links to Your Subconscious
Tradução: Sônia L. Pereira
Publicação: Mostradores da Luz – Somos do Futuro

Via: MOSTRADORES DA LUZ – SOMOS DO FUTURO: OS 7 CHAKRAS E AS 7 LIGAÇÕES COM O SEU SUBCONSCIENTE

A VERDADE, DESVINCULADA DA ILUSÃO, PARA O ENRIQUECIMENTO DA ALMA…

verdade-sem-ilusao

O DESPERTAR DA RIQUEZA INTERIOR

 

Lakshmi

Canalizado por: Thiago Strapasson e Michelinha OM

 

Recomendamos ouvir com o mantra abaixo: Om (Bem vindo por Deus), Shreem (Graciosidade), Maha (Grandioso) Lakshimi (Força Feminina da Riqueza), Namaha (Minha saudação).

 

Amados, estou trazendo a vocês nesse dia abençoado, a energia da riqueza interior.

Estamos vivenciando algo inédito na história da humanidade, pois é um momento onde vocês começarão a abrir o seu interior para o externo  trazendo toda a riqueza guardada por tantas encarnações.

Ao passarem por tantas experiências de limpeza e transformação, estavam fazendo a remoção das proteções que foram criando com o tempo. Essas proteções impediam que a riqueza brilhasse para o externo de todo o seu Ser.

Essa riqueza, amados, não é aquela material, mas sim aquela que traz a possibilidade de serem os seres mais realizados em todo o universo.

Pois têm a benção de viver nesse planeta, berço de experiências únicas, e a elevação proporcionada por essas experiências é uma riqueza que não poderiam obter nem em milhares de barras de ouro, meus queridos.

Eu sou Lakshmi, a energia feminina que traz a riqueza, mas não a riqueza em forma material, mas sim aquela em forma de brilho irradiado dos seus corações.

Eu trago a possibilidade de cura através de todos os escudos de proteção.

Eu trago o amor irradiado do interior do poder feminino, o amor incondicional, que irradiado no externo, derrama as moedas douradas da fartura em todos os sentidos imagináveis.

Lakshmi, eu sou, a energia que vocês ancoram no coração para trazer o amor incondicional por vocês mesmos, e por toda a experiência encarnacional na Terra. Pois estou com vocês aqui nesse planeta trazendo isso.

Carrego vocês todos em meus braços amorosos de mãe, mostrando a vocês como é sentir esse amor incondicional, essa riqueza que não pode ser tocada com as mãos, mas que pode ser sentida.

Envolvo todos em amor. E venho trazer a possibilidade de trabalhar com o nono aspecto do seu Ser ou 9º chacra. Da sua existência nesse planeta, mas já conectado à Fonte.

Os aspectos trabalhados na aglutinação trouxeram você para o nível da experiência. Que corresponde ao 9° aspecto da sua existência, que reflete no seu corpo físico e irradia para cima em conexão partindo do coronário, o 8º chacra. vocês elevam as experiências ao seu corpo de luz e ele os mostra a verdade fora da rede de ancoramento planetário. é como se nesse ponto estivessem com uma visão superior de si mesmos e essa visão irradia à sua vida, permitindo a expansão de seus dons ao mundo em que vivem.

Esse exercício de experiência, meus filhos, nada mais é que incorporar o sentimento amoroso de mãe, aquele amor incondicional que venho ancorar em vocês nesse momento. As experiências deixam de ser dolorosas e passam a ser olhadas sob um prisma elevado, mais alto e amoroso, e esse comportamento permite que a verdade, desvinculada da ilusão, preencha seus corpos a os trazer paz e aceitação. As experiências se tornam mais suaves e complacentes, pois o ponto de vista é alterado, é suavizado com a energia do amor da grade búdica. Nesse estado, os chacras básicos são preenchidos desse amor e as experiências simplesmente são liberadas a um ponto mais elevado de irradiação, de ancoramento, liberando as energias densas acumuladas em seus pontos de energia, tornando seus dias mais leves e suaves.

Trazendo todo o pacote de experiências ancoradas no seu 8° chacra, trabalhamos agora com a experiência para que leve todos esses conhecimentos, essa mestria, essa possibilidade de elevação também para todos ao seu redor. Pois é a partir de um olhar benevolente das experiências que ancorarão o amor a tudo que os circunda e os irradiarão a todos aqueles que cruzam seu caminho. As experiências são elevadas ao corpo de luz, pois deixam o presídio energético da velha matriz e há um olhar superior da experiência, que agora é visto como um enriquecimento da alma, e não mais como uma prova ou dificuldade da matéria.

Essa experiência desperta a sua riqueza interior, irradiando todo esse aprendizado. Ancorando cada possibilidade de levar o conhecimento adiante nesse 9º chacra. Pois aquilo que era a restrição agora é o zelo, o cuidado, o transcendente. Vocês se tornam aves que possuem uma visão panorâmica da vida. A vida é vista de cima, não mais do solo, e esse olhar os preenche de amor, tornando-os sabedores da caridade para com todos, da irmandade, da doação. A vida não é restrita à matéria, mas é alta e gloriosa e isso traz paz ao seu ser, traz complacência e compaixão.

Vocês trazem experiências para as suas vidas. Mostram a que vieram, meus filhos, e foi para elevarem-se em amor e reluzir dourados, na riqueza do aprendizado e da caridade. A elevação da experiência ao 9° chacra os proporcionará justamente isso, essa expansão de si mesmos, a compreensão e a permissão para que irradiem tudo aquilo que são e que desejam ser. Vocês se permitem, assim como compreendem aqueles que não alcançam o panorama mais elevado do amor, da compreensão e da expansão, que traz o contato com seu corpo de luz.

Para elevar todo o seu aprendizado ao 9° chacra, deve trazer para os seus dias, experiências vividas, no entanto, observadas sob uma nova ótica, trazendo a informação do seu registro como uma consulta a uma enciclopédia de estudo. Essas informações já estão armazenadas nos seus registros akáshicos, e depois de aglutinadas no seu 8° chacra, permanecem disponíveis para que vocês possam utilizar esse conhecimento nas suas experiências de vida. Mas essa é uma nova biblioteca de experiências, pois ela não se restringe à matéria, à grade planetária. Ela é superior, é amor, é expansão, é cósmica. É como o pássaro que lá do alto observa a grande cena, numa paz de um voo silente e calmo, num amor profundo, no silêncio da imensidão, sem o ruído do solo. Há só o voo e a observação daquilo que está ao seu redor, nessa paz de um planador compreensivo do amor.

E não há melhor oportunidade, filhos, do que trazer todo esse conhecimento através da caridade, do auxilio ao próximo. Àquele que está ao seu lado também está carente de amor e de aprendizado. E a elevação das experiências ao nono corpo de luz reluz a tudo que os circunda, expande os dons do coração, pois permite a verdade da vida eterna, da purificação que os tornará os maiores seres desse universo, seres de amor e de luz que demonstram todas suas emoções guardadas em seus corações.

Essa conexão somente será possível a partir do momento em que aglutinarem as experiências. A partir desse momento, elas podem ser acessadas para trabalhar o 9° chacra, uma a uma. E será isso que trará essa visão diferenciada, cada aspecto da sua vida trabalhado, individualmente, dentro do ambiente do corpo de luz, do nono corpo, num ambiente elevado de paz e amor que o trará uma visão superior de tudo que os rodeia.

Vocês continuam trabalhando a aglutinação de outros aspectos. Mas já iniciam o trabalho de experiência daquelas informações que já foram aglutinadas, para alimentar a sua conexão com o seu Eu Superior. O entendimento maior é ancorado, reluzente a tudo que está ao seu redor. E esse entendimento se expandirá, crescerá, irradiando aos corações curiosos por essa paz, carentes desse amor, chamando-os a esse trajeto de luz. Esse estado despertará a curiosidade de tantos corações carentes da vida superior, da vida mais elevada, que resplandecerá a partir do contato com seu corpo de luz.

Os registros de outras encarnações vão se abrindo aos poucos. Percebem-se conectados com mais serenidade àquelas informações que antes não tinham. Pois a partir do momento que iniciam o trabalho do 9° chacra, começam a trabalhar com a experiência aglutinada de outras encarnações. Podem perceber como já têm mais facilidade com línguas diferentes, começam a ter visões e experiências, que por um momento podem não entender, mas logo perceberão que é simplesmente o ajuste inicial do trabalho de trazer todas as informações aglutinadas para a experiência.

Durante o sono começam a perceber que chegam lembranças de experiências que já foram aglutinadas, para que sejam relembradas e trabalhadas na vivência do 9° chacra. E tudo isso  É trazido não sob a visão da velha matriz, mas de seus corpos superiores ligados à grade búdica planetária, à grade de limpeza, à transmutação e à purificação. Tudo é aglutinado sob uma visão expansiva de si mesmos, que passam a se observar como seres de luz e de amor em meio à ilusão da vida. É um estado onde as graças divinas surgem em nossa vida como mágicas, pois essa visão superior nos abre a tudo que existe e nos conecta aos reinos de luz, proporcionando as curas das experiências.

Comecem a perceber tudo o que ocorre com vocês, filhos, pois a partir desse momento trabalham como pequenos mestres, que já se tornaram mestres de si mesmos, mas que agora trazem AO o treino da mestria para as suas vidas, no presente, levando também o conhecimento para outras pessoas. Mas não o conhecimento seco e duro da ilusão, mas o conhecimento reluzente, do tesouro mais precioso de todos, o da vida eterna, do contato com a criação e todo o seu amor.

Sou Lakshmi, a energia ancorada do amor incondicional de mãe. A riqueza em forma de amor.


Canais: Thiago Strapasson (http://coracaoavatar.blog.br/) e Michelinha OM (http://verdadetransmutadora.blogspot.com.br/) – dezembro/2016
Colaboração: Rebeca Crivelaro Campos

Via:  CORAÇÃO AVATAR | O DESPERTAR DA RIQUEZA INTERIOR – LAKSHMI

RUMO À ASCENSÃO ATRAVÉS DA CONEXÃO AO CRISTO CÓSMICO…

1351-a-mensagem-dos-chacras-dancando-com-a-luz

A Grade Búdica e os cinco Chacras Superiores

gautama-buddha-created-by-handicap-artists

Mestre Gauthama

Canalizado por: Thiago Strapasson e Michelinha OM

A malha búdica é a grade planetária que se conectará aos cinco chacras mais elevados no seguinte processo:

Aglutinação – oitavo chacra

Aglutinando os vícios da matéria para elevá-los ao Eu Superior, mantendo e dignificando as experiências para engrandecimento da alma e do todo. As experiências são aglutinadas ao oitavo chacra acima do coronário e entregues. Há a liberação das restrições dos chacras vinculados à matriz planetária, que são liberados e entregues com entendimento e compreensão.

Projeção – nono chacra

– Com a entrega da aglutinação das experiências é projetada a liberação dos antigos vícios da matéria através do contato com o corpo de luz. O corpo de luz liberará o contato com os reinos mais elevados ancorando a experiência a uma visão mais elevada. O vazio, a compreensão e aceitação das experiências proporcionados pela aglutinação projetará as graças divinas através do nono chacra. Haverá o ancoramento da alegria da vida e da Graça divina do aprendizado. São projetadas as graças divinas da experiência.

Nesse ponto, todas as suas experiências são vistas com alegria, aceitação e gratidão. Vocês incorporam o Ser de Luz em suas experiências, e já não trazem mais reações diante dos mesmos aprendizados vivenciados anteriormente. Já aglutinaram todos os comportamentos e experiências que já fazem parte da sua evolução e da sua historia ascensional. Projetam, dessa forma, todas essas experiências para o seu corpo de luz divino, para que sejam somente mais informações a serem agregadas ao seu Eu Superior.

Cada restrição, cada aspecto tratado recebe esse processo individualmente, portanto, quando vocês já curaram um aspecto especifico e já aglutinaram e projetaram no seu corpo de luz, ainda podem estar tratando outros aspectos simultaneamente e em estágios diferenciados.

As experiências, a projeção e aglutinação ocorrem paralelamente nas suas vidas e vão contabilizando para a limpeza total e tratamento completo de todos os aspectos, que são vistos individualmente, mas que se unirão ao todo no corpo de luz.

Constituição – décimo chacra

– A constituição: é o final da dualidade. A constituição do ser de luz. Com a aglutinação das experiências da matriz energética tridimensional e do equilíbrio projetado pelo corpo de luz, inicia-se a constituição do equilíbrio energético. O feminino e masculino se equilibram. Há um contato profundo com o Eu Sou. O corpo de luz é projetado aos reinos de luz e o contato com a fonte e o Todo se dá. Os reinos de luz se projetam em Graça Divina. Tornamo-nos o Amor, o Um, o Todo.

A constituição já não é um aspecto ligado à matéria como os dois anteriores, pois essa já coleta informações dos aspectos já projetados e, portanto, eleva-os para a unificação do Ser. O final da dualidade se dá porque já não vivem mais experiências deste tipo nos aspectos projetados e constituídos. Esses são sim unificados e vocês já estão projetados ao Eu Sou de forma Una. Sentem-se parte do todo, sentem-se únicos com toda a existência da matéria e com o universo. Já não vivem mais a experiência da dualidade e seguem de forma livre para viver o reflexo do que é o Eu Sou.

Esse reflexo se dá nas sensações físicas, onde vocês já não mais percebem as reações físicas a eventos pré-determinados. Estão livres da dualidade, pois já não lutam mais contra as sensações da matéria, todos os aspectos relacionados a antiga malha energética.

Início – décimo primeiro chacra

– O início é a conexão com a cura da tridimensionalidade. É quando o corpo de luz em conexão com o Todo se projeta em nossa vida física para a ressurreição. Ressurgimos em nosso ser de luz ancorando os aspectos elevados de cura e sabedoria na vida física. O início não ocorre todo ao mesmo tempo, mas a cada cura de experiência que aglutinamos ao nosso corpo de luz o entregando ao Todo. Desta forma, iniciamos a experiência divina em nossas vidas. É como se em cada ponto de nossa vida nos tornássemos canais da consciência divina. É o início da libertação e da ressurreição.

A partir das experiências vivenciadas na constituição, já estão ancorados completamente ao seu Eu Sou e passam a ser o reflexo do Eu Sou encarnado. As ações, as vivências, serão todas para distribuir esse aprendizado. Como os grandes Mestres, que ainda estão conectados ao Eu Superior e à matéria, mas que já não vivem na dualidade e nem presos às sensações relacionadas à malha energética. Todos os aspectos já foram transmutados e passam a viver renascidos das suas próprias experiências.

Vocês se tornam a partir daqui os aspectos que aprenderam a superar, com toda a bagagem de experiências suas e todas as conectadas ao Eu superior e renascem para uma nova vida, como novas pessoas, novos seres de luz. Já não resta mais nenhum resquício, nesse ponto, do Ser antigo. Vocês se tornam completamente o aspecto manifestado do seu EU Divino.

Experiência – décimo segundo chacra

– É a experiência que é a conexão com Cristo, onde compreendemos a oportunidade de servir ao Todo, de nos colocar no fluxo da vida em comunhão, de nos abrirmos ao propósito puro da caridade e nos integrarmos em amor ao Todo. É a cura definitiva para a ascensão da alma em humildade e servidão a Deus.

Somente o trabalho com o Início, trará a experiência. A Experiência nada mais é que o aspecto Início superado e vivenciado com tempo. Haverá um ponto, um momento em que já poderão perceber que são a pura união ao Cristo Cósmico. Serão a conexão com o Cristo que é o aspecto planetário superior. Devido a vivência ancorada no seu Eu Superior, vão alimentando e contribuindo para a conexão com o Cristo, que trará vocês para o nível da Experiência que é justamente o viver uno ao Cristo, que puderam observar em todos os Mestres Ascensos. Todos uniram-se ao Cristo seguindo esse trajeto de experiências e, portanto, a ascensão é o próximo passo conclusivo dessa trajetória. O Cristo é a conexão suprema para unir-se à sabedoria planetária e não somente ao seu Eu Superior. Portanto, é o que levará a transcender a encarnação e a vivência nesse planeta.

A atual malha energética estava ancorada sobre os 07 chacras básicos: o base, o sacro, o plexo solar, o cardíaco, o laríngeo, o frontal e o coronário. Através desses chacras vocês sustentavam a grade energética de provas e expiações, purificando os aspectos básicos relacionados aos principais vícios da matéria.

A grade búdica será o caminho à liberação desses aspectos inferiores para o ancoramento da luz e comunhão com o todo.

A grade búdica é a transição, entre a antiga matriz energética e a cristalina, pois estará liberando-os das antigas restrições da matéria através da cura das experiências, limpando os registros de DNA, mas sem a perda das experiências.

A partir do vazio interior da aglutinação que se unifica ao corpo de luz se projetando ao todo, trazendo a cura e ressurreição para o contato de amor e humildade do Cristo Eu Sou. Nos integramos ao Todo, com amor e compreensão das experiências nos colocando como servos da Unidade, com Graça e entrega.

Cada aspecto, quando trabalhado, trará a possibilidade de elevação planetária. Cada um que trilhar esse caminho e atingir o nível de elevação e conexão ao Cristo Cósmico, contribuirá com a cura planetária, que ancorando a energia de cada Ser Ascensionado e o caminho da ascensão irradia a cura para toda a humanidade. A possibilidade de transformação do planeta no Reino de Deus está nas pessoas que optarem em seguir esse trajeto, que é não somente a purificação interior e ascensão, mas sim a libertação de todo o planeta.

Estejam em paz meus irmãos.

Sou Buda Gautama


Canais: Thiago Strapasson e Michelinha OM – 28.Dez.2016
Colaboração: Ale Sunshine e Ilza Barreto
Fontes: http://coracaoavatar.blog.br/ e http://verdadetransmutadora.blogspot.com.br/

Via: CORAÇÃO AVATAR | A Grade Búdica e os cinco Chacras Superiores – Mestre Gauthama

ALCANÇANDO A PERFEITA SINTONIA COM O TUDO QUE É…

chakras

Abertura dos Sete Chakras Sagrados

Por: Gary ‘Z’ McGee,
colaborador do Waking Times

 

“A meditação nada mais é que retirada de todas as barreiras; pensamentos, emoções, sentimentos, tudo o que constrói um muro entre você e a existência. No momento em que os deixa de lado, de repente você se encontra em sintonia com o todo; não apenas em sintonia, você realmente acha que é o todo. ” -Osho

“Lembre-se que você não medita para obter qualquer coisa, mas para se livrar das coisas. Faze-lo, não com o desejo, mas com desapego. Se você quer alguma coisa, você não vai encontrá-la. Você não será capaz de encontrá-la. Mas quando o seu coração está pronto, a paz virá procurando por você. ” -Arjahn Chah

Os sete chakras são um enigma para muita gente, mas quanto mais conscientes nos tornamos de como a energia se movem através de nosso corpo, mais descobrimos o que é saudável, superior, infinito e incondicional dentro de nós. Quanto mais meditamos sobre esse tipo de energia, mais permitimos que a nossa freqüência pessoal ressoe com a maior orquestra do cosmos. E quanto mais nós permitirmos que a nossa freqüência de ressoe, mais equilíbrio e saúde vamos experimentar em nossas vidas.

Abrindo o Chakra da Terra:

“A vida encolhe ou expande em proporção à sua coragem.” -Anais Nin

Este chakra, também conhecido como o chakra da raiz, lida com a sobrevivência e é bloqueado pelo medo. Para abrir este chakra é preciso ser capaz de deixar o medo para que ele possa passar pela transformação alquímica em coragem. O chakra terra não apenas nos aterra fisicamente, mas também nos fundamentos temporalmente, mantendo-nos no momento presente. Aqueles com chakras terrestres abertas tendem a ser mais saudável e equilibrados do que outros. Eles tendem a ser menos receosos e mais centradaos Aqueles com chakras terrestres fechados são muitas vezes desequilibrados e desconectados, e eles tendem a ficar com medo e falta de foco.

Para abrir o chakra da terra, concentre a meditação sobre a base de sua espinha. Imagine uma energia vermelho brilhante se movendo para baixo de sua coluna vertebral e ramificando-se na terra como as raízes de uma árvore. Visualize-se a receber a recompensa cheio de energia primordial da Terra. Regozije, na mais antiga das conexões. Abrace seu medo. Deixe de lado o seu medo. Respire o ar sagrado de sobrevivência.

Abrindo o Chakra da Água:

“Por que você fica na prisão quando a porta está aberta?” -Rumi

Este chakra, também conhecido como o chakra sacral, lida com prazer e é bloqueado pela culpa. Para abrir este chakra é preciso ser capaz de liberar toda a culpa e culpa. Temos de ser capazes de perdoar nossas transgressões passadas, a fim de mergulhar totalmente em muitos prazeres únicos da vida. Aqueles com chakras da água abertos tendem a ser cheios de admiração e reverência por sua conexão com o cosmos maior . Eles tendem a ser mais adaptáveis, felizes, e são capazes de ir com o fluxo da vida. Aqueles com chakras água fechados são muitas vezes confusos e desorientados sobre o seu lugar no mundo, e tendem a sofrer de deficiências auto-imunes.

O chakra da água é bastante fácil de transformar, uma vez que responde a emocional e auto-expressão criativa. O planeta lua é um símbolo muito poderoso com este chakra, uma vez que controla o movimento “marés” de nossas águas interiores. Medite na área naval. Imagine seus “fluidos” psicofisiológicos que fluem para o cosmos como rios em um poderoso oceano. Visualize-se movendo-se com a “maré” de ritmo natural do seu corpo em equilíbrio com as maiores ondas cósmicas do universo. Deixe de lado a sua culpa. Sinta o processo sagrado de prazer. Respire.

Abrindo o Chakra do Fogo:

“Não pode haver nenhuma transformação no mundo exterior a menos que haja transformação de dentro. É nossa responsabilidade para provocar uma transformação radical dentro de nós mesmos. ” -Krishnamurti

Este chakra, também conhecido como o chakra do umbigo, lida com a força de vontade e é bloqueado por vergonha. Temos de ser capazes de abrir mão de desilusões e decepções passadas. Ou, melhor ainda, transformá-las em degraus em direção a consciência superior. Devemos abraçar nossas inseguranças e as nossas dúvidas. Dance-os em algo que vale a pena. Dance com o fogo. Se ele nos queima a cinzas, então vamos subir como uma fênix. A vida é muito curta para se viver a adivinhar a nossa autenticidade. Aqueles com chakras do fogo abertos tendem a levar suas vidas com dinamismo, poder e autoridade. Aqueles com chakras di fogo fechados tendem a se sentir indignos e eles têm uma baixa auto-estima.

Para abrir o chakra do fogo, foque a meditação sobre o plexo solar. Imagine uma luz amarela brilhante girando lá, como um sol brilhante. Imagine-o banhando você com luz de cura, queimando a vergonha e a substituindo por um desejo de poder saudável. Observe como você se sente como o poder benevolente do Universo o abençoa com uma auto-estima e uma confiança para envolver o mundo como só você pode. Deixe ir a sua vergonha. Abrace a sua força de vontade. Respire.

Abrindo o Chakra do ar:

“À medida que deixamos nossa própria luz brilhar, inconscientemente damos às outras pessoas o direito de fazer o mesmo. E conforme nos libertamos do nosso medo, nossa presença automaticamente liberta os outros ” -Marianne Williamson

Este chakra, também conhecido como o chakra do coração, lida com amor e é bloqueado pela dor. Temos de ser capazes de liberar a nossa tristeza e perda, a fim de transformar o nosso ego em alma. Devemos deixar a dor da perda fluir como a água que escorre atrás do pato. Aprender a amar é aprender a deixar os outros amarem, é aprender a deixar ir os apegos dos egos para amar. Este é o segredo de se alcançar a felicidade, apesar dos pesares. Aqueles com chakras do ar abertos tendem a ser preenchidos com amor incondicional por si e pelos outros, o que os budistas chamam  Mahakaruna  “a grande compaixão”. Aqueles com chakras aéreos fechados tendem a experimentar má circulação no nível físico, falta de empatia no nível emocional , e uma falta de devoção no nível espiritual. Eles têm dificuldade em amar a si mesmos, e eles são paranóicos e têm medo de amar os outros.

Para abrir o chakra do ar, foque a Meditação sobre seu coração. Imagine uma luz verde brilhante girando lá e emanando oxigênio vibrante que o conecta a todas as coisas. Sinta essa força vivificante revigorá-lo  e revitalizá-lo. Imagine que esta conexão nutrindo sua alma e curaando seu coração e pele. O toque é importante a este chakra, por isso “sinta” o cosmos pressionando sua pele. “Sinta” a sua pele absorvendo o cosmos. Circule com a Grande Circulação. Deixe de lado o seu sofrimento. Permita que o amor lave você e o transforme em um ser digno de amor e luz. Respire.

Abrindo o Chakra do Som:

“A mística não é como o mundo é, mas o que ele é.” -Ludwig Wittgenstein

Este chakra, também conhecido como o chakra da garganta, lida com a verdade e é bloqueado por mentiras. A honestidade é muito importante a este chakra. É essencial que sejamos impecáveis com nossa palavra. Temos de ser capazes de nos libertar de tudo o que podemos estar negando e aceitar quem realmente somos. Aqueles com chakras do som aberto tendem a ser capazes de dizer o que tem sentido e dar sentido ao que eles dizem. Seu discurso é edificante e sábio e eles expressam claramente a sua intenção. Aqueles com chakras do som fechados tendem a experimentar falta de comunicação no nível físico, codependencia no nível emocional, pensamentos obscuros no nível mental, e insegurança no nível espiritual.

Para abrir o chakra do som, foque a meditação em sua garganta. Visualize um sol azul subindo do seu plexo solar e movendo-se em sua garganta. Imagine-o lavando suas cordas vocais e fortalecendo a expressão divina. Deixe o Sopro Divino ativar seus órgãos vocais. Permita a sua voz numinosa ressoar no éter sagrado. Deixe de lado as mentiras que você está dizendo a si mesmo. Abrace a verdade. Respire.

Abrindo o Chakra da Luz:

“Nosso medo mais profundo não é o de sermos inadequados. Nosso medo mais profundo é de que somos poderosos além da medida. ” -Marianne Williamson

Este chakra, também conhecido como o chakra do terceiro olho, lida com discernimento e é bloqueado pela ilusão. A ilusão da separação é a maior ilusão. É essencial  entendermos isso, e ultrapassar a ilusão, a fim de efetivar o Self de acordo com maiores freqüências cósmicas. A maioria das pessoas não são capazes de abrir este chakra. Aqueles com chakras luz abertas tendem a ver a si mesmos e aos outros como seres interligados espiritualmente. Eles têm grande intuição, um forte senso de identidade, e a capacidade de auto-reflexão. Aqueles com chakras de luz fechados tendem à falta de imaginação e a ter intuição fraca, resultando em pobre tomada de decisão e auto-engano.

Para abrir o chakra da luz, foque a meditação na testa. Imagine uma bola luminosa de energia índigo quente saindo de sua glândula pineal e girando lentamente no centro de sua testa. Visualize-a disparando poderosas faixas de luz para baixo e através dos seus chacras inferiores, preenchendo todo o seu ser com a luz divina. Imagine o seu terceiro olho se abrindo e refletindo os aspectos do universo de que você não tinha ciência antes. Deixe de lado todas as suas ilusões. Deixe a sua intuição guiá-lo. Respire.

Abrindo o Chakra do Pensamento:

“Tudo é energia e isso é tudo o que há. Sintonize a realidade que você quer e você não pode evitar, mas essa é a realidade que terá. Não pode ser de outra maneira. Isso não é filosofia. É física. ” -Albert Einstein

Este chakra, também conhecido como o chakra da coroa, lida com a transcendência esclarecida e é bloqueado pelo apego terrestre. Temos que ser capazes de abrir mão de todos os apegos, especialmente o amor, a fim de abrir este chakra. Isto é muito difícil de fazer. Devido a isso, apenas uma pequena percentagem de pessoas são sempre capazes de abrir este chakra. Aqueles com chakras do pensamento abertos tendem a experimentar a união divina e amor cósmico, estendendo-se para sempre. A sua frequência única está em sintonia com a maior orquestra cósmica. Aqueles com chakras pensamento fechados tendem a ser niilistas e desconectados espiritualmente, duvidando de tudo que sabem ser verdade.

Para abrir o chakra do pensamento, foque a meditação no topo da sua cabeça. O objetivo é a completa rendição e dissolução; um desapego do domínio que o mundo físico tem sobre você. Imagine uma coroa infinita de energia violeta jorrando para o cosmos como um poderoso manancial ligando-o a todas as coisas. Sinta a poderosa piscina a energia de suas raízes, passando pelas águas sagradas do sacral, aquecendo-se o fogo do plexo solar, respirando o sopro vital do coração, absorvendo a voz etérea da garganta, derramando através da dissolução do Terceiro Olho, e se derramando para cima e para fora da coroa de sua cabeça em uma lótus de mil pétalas. Sinta os limites do seu corpo, mente e alma se dissolverem em todas as coisas. Deixe apego terrestre. Deixe de lado o amor. Você agora é o próprio amor. Respire.


Sobre o autor

Gary ‘Z’ McGee,  um ex-especialista de Inteligência da Marinha que se tornou filósofo. É o autor de “Birthday Suit of God” e “The Looking Glass Man”. Suas obras são inspiradas pelos grandes filósofos dos séculos e sua visão ampla acordada do mundo moderno.

Fonte:  Waking Times | Opening the Seven Sacred Chakras


Via: Em Sintonia na Existência: Abertura dos Sete Chakras Sagrados

A LINGUAGEM UTILIZADA POR MUITOS QUE BUSCAM CAMINHO DA ASCENSÃO…

livro

30  Termos  Espirituais  Importantes  Que  é  Bom  Você  Conhecer

Por: Michelle Walling

 

Conforme uma pessoa sobe a escada da progressão espiritual nesta vida, existem determinados termos que descrevem vários estágios do desenvolvimento. A fim de maximizar a oportunidade desta vida, existem pelo menos trinta termos espirituais importantes para você se familiarizar. Todos esses termos são parte da razão pela qual encarnamos na Terra, dominar o significado de cada um deles é comparado à iniciação. Quando você domina a iniciação você prova que está pronto para passar para a próxima experiência.

A seguir estão os 30 termos espirituais importantes para você conhecer:

1. Despertar: É a percepção de que você é mais do que apenas um corpo físico e que você está aqui para realizar mais do que apenas ser um escravo do sistema. A consciência surge quando seus códigos são ativados pela luz fotônica a fim de que você comece a perceber quem você é e o que você veio realizar nesta vida.

2. Vibração: Toda a matéria é energia. Átomos são elétrons que oscilam para frente e para trás em uma determinada frequência. A medida da velocidade desta frequência é conhecida como densidade vibracional. Estamos despertando para a necessidade de elevar a nossa vibração de uma frequência de 3ª dimensão para uma frequência de 5ª dimensão.

3. Alma: A substância etérea ou espírito particular a um único ser vivo. A alma é imortal e sua energia pode ser vista ao redor do corpo físico como a aura. A alma é um aspecto da consciência da energia a partir de uma essência maior de uma mônada e tem uma personalidade que continua a existir após a “morte” do corpo físico. O propósito da alma é a evolução através das orientações das Leis Universais.

4. EU superior: É o aspecto mental etéreo de alta vibração de sua alma que serve como ligação entre sua alma e sua Mônada. Descobrir como se comunicar com o seu EU superior que é seu guia é essencial no processo do despertar espiritual. Buscar o seu interior é o método para encontrar seu EU superior. A verdade e as respostas para qualquer pergunta podem ser respondidas por seu EU superior e é uma parte vital no desenvolvimento do seu discernimento.

5. Mônada: É a “Superalma” que criou o aspecto da consciência de sua alma. A mônada é composta por um aspecto masculino e um feminino, quando encarnados em uma densidade vibracional inferior esses dois aspectos se separam e continuam a se dividir ainda mais nas vidas que experimentam. Imagine uma roda de madeira de uma bicicleta em que o cubo é a parte masculina ou feminina da mônada e os raios são os aspectos da consciência da alma ou vidas. Todos os tempos de vida da Mônada ocorrem no “AGORA”, fora do espaço e do tempo e as experiências de todas as vidas paralelas podem ser acessadas por cada alma assim que a conexão é reconhecida e fortalecida.

6. Criador/Fonte: É um termo usado para descrever o “Tudo o Que é” dentro da nossa experiência. O Criador de tudo é uma fonte de energia que criou os anjos e dimensões e, em seguida, enviou aspectos de si mesmo (o Criador é tanto masculino quanto feminino) para as dimensões de baixa vibração, a fim de ter experiências e ter experiências. A Mônada envia então estes aspectos que são partes de si mesma como almas para as baixas densidades para obter experiências. A criação é infinita e não pode ser totalmente compreendida dentro de um pensamento/conhecimento tridimensional. Recuperar o conhecimento que você é um aspecto do Criador dentro de um corpo físico é a realização mais importante do despertar.

7. Dimensão/Multidimensionalidade: O Tudo o Que é criou dimensões a fim de experimentar vários níveis de vibração, porque é tão grande que não pode experimentar de outra maneira. A dimensão é uma frequência específica de vibração. Todas as dimensões estão conectadas e se sobrepõem umas as outras e todas as dimensões são interdependentes umas das outras, o que descreve o termo multidimensional. Existem muitos níveis dentro de cada dimensão.

8. Grupo de Alma/Almas gêmeas: Quando o Tudo o Que é criou as mônadas criou-as fora dos raios de sua luz branca. Quando esta luz é diferenciada fica nas cores do arco-íris. As mônadas foram divididas em grupos de cores conhecidos como raios. Por exemplo, uma mônada de raio azul terá uma finalidade ou características diferentes do que uma mônada de raio verde. Mônadas de raio azul têm mais em comum e vibram com a mesma taxa que outras mônadas de raio azul, assim, elas são naturalmente atraídas umas pelas outras. Além disso, as mônadas se dividem em almas e grupos vibracionais são formados dentro de cada alma. Estas almas encarnam em conjunto para ajudar umas as outras a avançar espiritualmente. Almas gêmeas de um grupo de alma em particular se reconhecem umas as outras quando se encontram em uma vida. A alma gêmea pode encarnar como sua mãe ou pai em uma vida e, em seguida, ela pode se alternar para ser a filha ou filho em outra vida. Ela pode ser marido ou esposa ou ela é uma pessoa influente em sua vida que ajuda a equilibrar a energia da vida passada ou aprender a lição necessária. Almas gêmeas de um grupo de alma se amam tanto que elas podem se oferecer para ser um aspecto difícil de sua vida, o que é uma bênção disfarçada, pois estas lições proporcionam um salto em seu caminho espiritual.

9. Noite escura da alma: É usada para descrever um processo de limpeza e de reequilíbrio que envolve enfrentar sua própria sombra. Sua própria sombra é o aspecto de sua alma que carrega as experiências vibracionais mais escuras ou mais baixas das diversas vidas. Nesta fase, parece que tudo dá errado e que você foi abandonado por seus guias e anjos. É o que leva a questionar tudo e a resolver seus problemas. Assim que você sair desta noite escura da alma você olha para trás de uma perspectiva superior, como uma bênção, sentindo-se mais iluminado e mais limpo do que nunca.

10. Espírito Guia: Além de revisar os nossos projetos antes de virmos para cá, fazemos contratos com entidades sagradas do “outro lado” para cuidar de nós, nos proteger, ajudar e nos aconselhar, nesta jornada terrena que optamos por realizar. Estes são os nossos guias espirituais. O trabalho do guia espiritual é estimular, encorajar, cutucar, dar suporte, aconselhar e nos guiar no nosso caminho na vida. Os guias espirituais enviam mensagens muitas vezes através da mente subconsciente. O que nós sempre entendemos como instinto ou nossa consciência ou sonhos extraordinariamente nítidos, são os guias espirituais transmitindo mensagens. Os guias espirituais e todos os outros espíritos são tanto do sexo masculino quanto do sexo feminino. Os guias espirituais também podem ter aspectos de vibração mais elevada de si mesmo, ou vidas paralelas. Os guias espirituais estão sempre prontos e esperando por você para contatá-los, mas não podem interferir em todos os assuntos por causa da Lei do livre arbítrio. Estes conselheiros ajudam a conceber e avaliar o nosso projeto conosco e estão ao nosso lado a cada passo do caminho desde a encarnação até a “morte”. Além deste guia dedicado, temos outros guias que podem auxiliar por um tempo e depois sair, dependendo da especialidade do seu campo consultivo. Cada um de nós tem um guia que é alguém que está sempre muito próximo e é de confiança da nossa alma. Todos os guias espirituais passaram pelo menos um tempo de vida na Terra. Devido a isso, eles são capazes de sentir empatia pelos erros, problemas, medos, tentações e todas as fragilidades que encontramos no mundo.

11. Anjo Guardião: O Tudo o Que é criou os anjos para refletir o amor de volta para si mesmo. Assim ele pode ser conhecido como o amor final. Estes anjos têm um grande desejo de servir o Criador de todas as formas, por causa do grande amor que eles têm pelo Criador. Às vezes estes anjos assumem tarefas específicas no serviço. Orientar a humanidade é uma maneira em que os anjos podem estar a serviço. Esses anjos atuam como guias e são da mais alta vibração de amor. Alguns anjos realmente estão encarnados, mas a maioria não. Para agir em uma dimensão inferior os anjos precisam enviar um aspecto de sua consciência, assim como uma mônada faz. Os aspectos da consciência do anjo estão sempre em torno de nós, mantendo o espaço para a criação do amor em nossos corações. Os anjos podem criar milagres, que é apenas uma maneira de mudar a realidade para experimentarmos um resultado favorável a nós. Assim como os guias espirituais, seu anjo da guarda está esperando você reconhecer que ele existe e pedir ajuda.

12. Chama Gêmea: A mônada é um aspecto da consciência da Fonte que tem uma polaridade feminina (yin) e uma polaridade masculina (yang). Após descer para a 3ª dimensão, estes aspectos se separam, embora eles permaneçam conectados no nível superior da mônada. Estamos sempre ansiando por encontrar nosso aspecto da outra polaridade para satisfazer uma necessidade gerada pela nossa separação, no entanto, a experiência de separação de nossa alma gêmea e do nosso Criador nos impulsiona para o crescimento espiritual e a compreensão de quem somos. Chamas Gêmeas raramente encarnam no mesmo tempo de vida por causa da necessidade de experiência diversificada, no entanto recentemente mais chamas gêmeas encarnaram juntas para ajudar umas as outras na ascensão.

13. Livre Arbítrio: Nós existimos em um Universo de livre arbítrio. As Leis Universais nos permitem o poder com a responsabilidade de escolher como definir e perceber a nossa realidade. O livre arbítrio é responsável pela existência das trevas no planeta e, portanto, em todo o Universo, pois o Criador deu a todas as almas a capacidade de criar o que quiserem. A maior ironia da escolha do livre arbítrio é ser diferente de luz/amor o que ameaça destruir a experiência de viver em uma existência de livre arbítrio. Universos que não são de livre arbítrio funcionam através de metas e acordos onde um grupo de consciência superior indica a direção para a experiência.

14. Lei Universal: Um conjunto de diretrizes acordadas em um Universo particular que orienta a alma ao longo do caminho para níveis superiores na evolução. É o que define a evolução e a existência e devem ser as próximas leis da Terra à medida que avançamos em direção a uma consciência mais elevada.

15. Contrato de Alma: Antes de encarnar nós planejamos certos acontecimentos que nos permitem realizar coisas que nós definimos no nosso contrato de alma. Algumas destas coisas incluem quem são os pais ou responsáveis, o tipo de situação socioeconômica em que vamos nascer, a assinatura de energia que teremos por ter nascido em um signo do Zodíaco. Há muitas pessoas nesta vida que fizeram contratos de alma com seus pais, com seu cônjuge, com os professores do ensino básico.

16. Encarnação: É o ato de uma alma quando envia um aspecto de sua consciência para um corpo físico. A alma entra no feto no útero da mãe antes do bebê entrar pelo canal do parto. Quando uma alma encarna desta forma, assume o risco de não se lembrar de que está ligada ao Criador. O objetivo da encarnação é proporcionar uma oportunidade para a evolução da alma, no entanto ao encarnar uma pessoa pode ficar presa na roda do carma.

17. Ascensão: É o termo usado para descrever quando nos movemos de uma consciência vibracional inferior para uma consciência mais elevada. Trata-se de reconhecer que temos conhecimento do poder de quem somos e que co-criamos a realidade em que vivemos, enquanto existentes em um alto estado vibracional de amor. Isto é realizado ao conscientemente nos conectarmos com as experiências do registro Akáshico liberadas do interior do ADN com a ajuda do EU superior. Isso é feito por meio da fusão e equilíbrio com a essência vibracional superior de quem você é na manifestação física. A ascensão é reconhecer quem você é e se conectar a esse aspecto de si mesmo, elevando a sua consciência através da vibração. Para algumas pessoas, o principal objetivo desta vida é ascender.

18. Propósito de Vida: É o principal objetivo de uma pessoa ou os objetivos que ela escolheu realizar antes de encarnar. O propósito de vida pode ser uma carreira, com o objetivo de ser um músico famoso trazendo a beleza da música para o planeta. Também pode ser um ato de equilíbrio, como reencarnar com a alma gêmea e cumprir um papel, a fim de limpar a lousa do carma entre as duas almas. Pode haver muitas tarefas envolvidas em um propósito de vida que conduzem a uma tarefa maior, se todas as outras tarefas são executadas. Por exemplo, pode haver várias tarefas de despertar e cura envolvidas e se todas elas forem concluídas com sucesso, o resultado final pode ser a ascensão. Se uma pessoa não concluir um propósito de vida normalmente vai reencarnar para tentar novamente. Compreenda que o propósito de vida é mais fácil do que a maioria das pessoas imagina ser, geralmente é o que eles mais gostam de fazer na vida.

19. Lei do Carma: Newton afirma que para cada ação existe uma reação igual ou oposta. Quando encarnamos em um corpo físico e vivemos uma vida sob o véu do esquecimento, podemos incorrer em carma se não tratarmos os outros com o mesmo cuidado e amor que devemos tratar a nós mesmos. Assim, acabamos encarnando repetidas vezes nesta escola da vida para finalmente, aprendermos esta regra de ouro. Isto foi denominado de roda do carma e porque estamos chegando ao final de um ciclo da reencarnação, transmutar o carma nesta vida é geralmente um dos principais propósitos de vida de muitas pessoas. Felizmente temos uma ferramenta chamada de Lei Universal da Sabedoria para nos ajudar a concluir esta tarefa, permitindo-nos o acesso a toda a sabedoria acumulada que reunimos em todas as nossas vidas. Uma das ferramentas mais importantes desta lei é o perdão, que encerra o padrão de repetição e, assim, neutraliza o carma.

20. Chacra: A palavra chacra é sânscrito para “vórtice” ou “roda”. Os chacras são centros de energia dentro do nosso corpo físico. Existem sete chacras principais entre a coroa ou parte superior da cabeça até a base da coluna. Existem também muitos chacras menores que regulam a energia dentro do corpo.

Cada um dos sete chacras corresponde a uma grande glândula endócrina no corpo e cada uma delas controla áreas e funções físicas específicas.

21. Atualização de ADN: O ADN é o código genético que possibilita a nossa existência multidimensional. Além do padrão de dimensão superior não física, o ADN contém as instruções necessárias para um organismo vivo físico crescer e funcionar. O ADN se encontra no núcleo de cada célula do nosso corpo, exceto nas células vermelhas do sangue e é totalmente repetido em cada célula. As fitas latentes do ADN vibracional mais elevado em nossas células foram chamadas de “ADN lixo” pelos cientistas. Um dos objetivos que a maioria de nós definiu nesta encarnação foi receber a atualização do ADN que está disponível para nós, à medida que nos movemos para a Era de ouro e fora da 3ª dimensão. Esta atualização do ADN vai abrir a porta para experimentarmos a vida multidimensional enquanto existimos em um corpo físico que é exclusivo para os seres físicos no nosso Universo.

22. Meditação: Uma das mais poderosas ferramentas espirituais. A meditação é um ritual que cria um estado em que o corpo fica relaxado conscientemente e a mente é capaz de se tornar calma e focada. A preparação para a meditação inclui aterramento, respirar profundamente, pedir orientação e proteção espiritual. O objetivo da meditação é acalmar os pensamentos do lado esquerdo do cérebro (mente de macaco), a fim de permitir que possa fluir a informação do lado cérebro do direito (inspiração, conexão com o EU superior). Os aspectos de vibração mais elevada de nós mesmos para trazer clareza na vida. Outro objetivo da meditação pode ser ter conversas através de telepatia com outros espíritos ou guias. A meditação também pode ser usada para limpar as energias negativas e para trazer mais luz para dentro do corpo.

23. Aura: É o campo energético que é único para cada ser vivo. Sua aura interior é um reflexo de sua saúde espiritual e sua aura exterior é o seu campo de energia luminosa. Ambas estas auras emanam de sua pele para fora. Sua aura interior vai se expandir entre 15 a 30 centímetros de seu corpo, enquanto a sua aura exterior vai se estender a vários metros de seu corpo. Dependendo de qual estado emocional você está experimentando atualmente, a sua aura vai se transformar em uma cor que combine com a emoção.

Com a prática, pode-se ver as cores da aura de outra pessoa, a fim de identificar a energia desequilibrada dentro do corpo. O campo áurico fraco pode fazer uma pessoa se sentir drenada, é uma boa prática espiritual manter sua aura protegida e forte.

24. Proteção/Limpeza Espiritual: Os nossos guias espirituais e anjos podem fornecer proteção espiritual das interferências em nosso campo energético à medida que avançamos em nosso caminho para um modo de vibração mais elevada de existência. Parte do processo de aprendizagem nesta vida envolve ser submetido à baixa vibração, a fim de aprender a identificar, transmutar e limpar as energias mais baixas que possam existir em nosso campo áurico. Estas energias podem ter sido parte de uma vida passada que levamos adiante nas próximas vidas, mas não pode ser levada adiante para a 5ª dimensão, ou podem ser entidades de carona que se infiltraram no nosso campo áurico através de fissuras. A compensação dessas energias é necessária a fim de passarmos para a vibração do amor da 5ª dimensão. Depois que elas são apagadas, ao pedirmos proteção contra outras energias e entidades de baixa vibração ajuda a continuar a elevarmos a nossa vibração. Uma meditação guiada para a limpeza é uma maneira de limpar e se proteger. A água é um excelente agente de limpeza quando infundida com amor e intenção, banhos de sal do mar com bicarbonato de sódio também podem ajudar com a limpeza. Os cristais também são uma excelente maneira de limpar e se proteger, à medida que eles absorvem e transmutam as energias.

25. Merkaba: “Mer” significa Luz, “Ka” significa Espírito, e “Ba” significa Corpo. Mer-Ka-Ba, ou “carruagem da ascensão”, significa o espírito/corpo rodeado por campos de contra rotação de luz. De acordo com Drunvalo Melchizedek, o campo merkaba é uma estrutura permanente e altamente ordenada merkábica de espirais interligados de energia eletromagnética de contra rotação (rodas dentro de rodas) que existem como parte integrante de toda a criação. A ativação do campo merkaba dentro do nosso corpo vai nos permitir o acesso às dimensões mais elevadas através da consciência. O campo merkaba ativado parece com uma esfera multicolorida girando.

26. Nova Terra: Este é o termo usado para descrever a Terra da 5ª dimensão que será acessada através da mudança em direção à ascensão. O requisito para experimentar uma Nova Terra será a combinação da vibração de acordo com a Lei da Realização Vibracional, como a Nova Terra estará vibrando em uma frequência de 5ª dimensão.

27. Perdão: É um ato de bondade que devemos estender a nós mesmos e aos outros no processo de cura. O perdão também é uma parte importante para transmutar carma entre outras almas. Ho’oponopono é um antigo código havaiano de perdão usado para corrigir as coisas que deram errado na vida de uma pessoa. O perdão pode ser alcançado face a face, por pensamento silencioso e pela intenção, ou escrevendo uma carta e queimando-a como uma maneira de simbolizar sua aceitação. Perdoar a si mesmo é uma maneira altamente vibracional de amar a si mesmo e é importante para subir a escada da ascensão espiritual.

28. Amor/Amar a si Mesmo: O amor é a maior conquista vibracional. O amor é tudo o que há literalmente já que é a vibração do Criador. Amar a si mesmo é uma parte importante para curar as energias presas à medida que avançamos para a existência na 5ª dimensão. Tal como definido pela lei da atração, quando você ama a si mesmo você se abre para ser capaz de receber amor. Ao receber amor, somos capazes de existir em uma vibração de amor em alinhamento com a Nova Terra.

29. Gratidão: No caminho espiritual, a gratidão anda de mãos dadas com a atração da abundância. Todos devem dar graças pela abundância e pelas oportunidades das lições que recebem na vida. O poder e a vibração da gratidão podem ser definidos na forma como ele pode afetar a água no artigo do Dr. Emoto Masuru “O Milagre da Água”. A gratidão é um dos maiores atos de vibração de amor que uma pessoa pode apresentar. Dar graças por ter conseguido através da intenção e da oração é mais verbalizado.

30. EQM/Revisão de Vida: A Experiência de Quase Morte (EQM) pode ocorrer quando o espírito de uma pessoa deixa o corpo e vai para outra dimensão (4ª) e, em seguida, retorna para o corpo para continuar a vida física. Histórias de EQM são úteis para perceber que nossa alma não morre com a morte do corpo físico e que somos espíritos tendo uma experiência em um corpo físico. Isto ajuda uma pessoa a transmutar o medo de morrer, que é um aspecto importante da progressão espiritual. As pessoas que relatam sobre EQM muitas vezes falam sobre ter uma revisão de vida como um filme de tudo o que aconteceu em sua vida. Isso traz a percepção de que tudo o que fazemos é importante e que a nossa vida é gravada nos registros akáshicos. Nós somos o juiz durante uma revisão de vida e parte da sabedoria espiritual inclui perceber que podemos expiar nossas ações agora, graças a experiências de EQM quando é explicado pela revisão de vida.

O processo de despertar é a realização da alma que eleva a vibração conforme é necessário, com a ajuda de seu EU superior no processo de ascensão. Isso permitirá que a vida em uma Nova Terra seja construída sobre as Leis Universais. Estamos todos conectados a Fonte que criou a nossa alma e nossa mônada ou conglomerado multidimensional de nossas vidas passadas. Nós encarnamos com nossos companheiros de alma e com a ajuda dos nossos guias espirituais e anjos da guarda vamos completar nossos contratos de alma e cumprir o nosso propósito de vida. A noite escura da alma traz oportunidades de transmutar o carma e limpar os nossos chacras. Isso permitirá atualizarmos o nosso ADN o que fará a nossa merkaba girar. Através do conhecimento aprendemos a importância do perdão, de amar a nós mesmos e ter gratidão nesta vida. Nós podemos curar nossa aura por meio da meditação, que irá nos proteger para subirmos a escada espiritual e avançarmos em direção à união com a nossa alma gêmea para desfrutarmos de um nível mais elevado de existência do amor e do livre arbítrio.

© Michelle Walling


Origem: In5d | Top 30 Spiritual Terms You Should Know
Tradução e Divulgação: A Luz é Invencível

Via: 30 Termos Espirituais Importantes Que é Bom Você Conhecer | A Luz é Invencível

PERCEBENDO A VIDA ATRAVÉS DE UMA VISÃO SUPERIOR…

uzenet

A elevação das experiências

 

Mestre Jesus

Canalizado por: Thiago Strapasson

 

Saudações minhas crianças,

Consideramos-vos os guardiões do novo tempo e da nova era, do amor de Deus a irradiar pelo planeta. Pois vocês foram aqueles que vieram para lembrar a todos desse sentimento e, assim, levantar a bandeira da humildade e da caridade aqueles corações que se fecharam aos meandros da matéria.

Mas hoje gostaria de lhes falar sobre uma experiência transcendental, que é a irradiação de sua cura a partir de si mesmo, para que possam se curar e a todos aqueles que se encontram ao seu redor. A partir desse contato interior profundo vocês irradiam a paz, a cura e o amor a todos os corações desejosos do acalentar maternal.

Eu sei que muitos de vocês simplesmente se questionam sobre os motivos de tantos percalços na vida, de tantas aventuras e desafios que se apresentam. Vocês olham ao lado e se perguntam onde se encontra esse amor que alguns vieram a falar? E eu vos digo que esse amor não se encontra nesse mundo, mas em seu coração. Embora repetitiva essa expressão vamos tentar compreendê-la.

Todo o amor parte de seu interior, por isso vocês não o veem externamente. É a partir de uma visão compassiva e superior que esse amor irradia ao mundo e transforma sua visão. Mas quando vocês imergem nesse mundo material, caindo nos vícios da matéria esse amor simplesmente se esvaia. Pois do mundo material não se vê uma visão amorosa da própria experiência. É um mundo limitado, circunscrito por aspectos que vocês não se identificam, não se encaixam.

Esse mundo de tantas restrições é o que possuem do solo, da imersão da consciência na matéria. Um mundo menor, onde o amor se reduz. Mas quando vocês elevam as mesmas experiências que os restringem, são as mesmas e elas não mudaram, mas sim a visão, o ponto do observador se altera. Vocês se elevam com a visão superior e então começam a ter vislumbres de quão bela é a vida na matéria, quão rica.

Nesse ponto vocês param e começam a observar a partir de um silêncio interior os conflitos existentes, o caos, as disputas e entendem o quão pequeno é esse mundo. Mas ao compreenderem isso vocês se elevam. É como se houvesse uma forte névoa no mundo que os bloqueia a visão e você imergem os olhos sobre essa cerração. Nesse momento são capazes de ter um vislumbre do atordoamento que grande parte das almas que vivem na terra se encontram. Elas estão atordoadas com a ilusão da vida, esqueceram-se de sua natureza divina. A névoa encobre seus olhares e então elas começam a se trombarem umas com as outras, a se empurrarem nesse jogo da ilusão.

Mas ao levantarem todas essas experiências por uma ótica mais elevada, vocês simplesmente não trombam mais porque estão acima dessa névoa. E acima dela você poderá observar quanto amor existe em meio dela. Pois quando olham ao meio desse nevoeiro a visão é curta, mas acima dele ela se estende e se amplifica, cresce, e o mundo fica mais belo. Pois meus amados há muito amor, há muito aprendizado, há purificação, há crescimento, há um entendimento superior que plaina a partir desse ponto mais elevado da vida.

Então vocês elevam essas experiências para acima de seu chakra coronário, elas são entregues ao seu eu superior e mais acima ele os apresenta uma visão superior da vida que se converterá na cura de suas experiências. E vocês descobrem algo mágico, que são a cura de sua própria vida. Vocês não precisam orar a Deus, aos santos, vocês são o próprio Deus, os santos dos milagres, aqueles que mudam a perspectiva da vida e então ela simplesmente se altera e resplandece na cura.

Vamos tentar os apresentar isso: quando entram nesse jogo da ilusão, imergem nessa névoa, a visão é curta e vocês só conseguem ver o caos e toda a dificuldade que aparece logo ali na sua frente. Mas quando elevam essas experiências ao seu corpo de luz ele os mostra a névoa e vocês passam a compreender porque tantos choques, tantos empurrões nessa vida. E eu os garanto que a vida se torna até um pouco engraçada, vocês têm aquele relâmpago mental de: como não vi isso antes?

Por qual motivo estamos trazendo tantos exercícios para que aprendam a elevar suas próprias experiências? Para receberem a visão superior da vida. E nesse ângulo ela se torna amorosa, compassiva de amor. Essa é a visão que traz a elevação das experiências ao seu nono chakra, após a aglutinação no oitavo.

Nós já lhes explicamos o significado da aglutinação, mas na projeção todas as suas experiências são vistas com alegria, aceitação e gratidão. Vocês elevam as experiências ao Ser de Luz e elas já não se apresentam sob a mesma ótica anterior. Já aglutinaram todos os comportamentos e experiências que já fazem parte da sua evolução e da sua história ascensional. Projetam, dessa forma, todas essas experiências para o seu corpo de luz divino que os mostrará de uma forma amorosa e compassiva a riqueza da experiência da vida.

É uma visão mágica da vida. E a partir dessa breve explicação vocês compreendem porque algumas pessoas são capazes de reconhecer a beleza da vida, enquanto outras se trombam em meio ao caos. Alguns privilegiados já se elevaram, já reconhecem esse amor a partir de seu corpo divino. E a vida se torna bela, amorosa, mas não porque ela se modificou, mas sim porque o olhar traz aceitação, compassividade, fluxo, confiança e fé em seu próprio Deus interior. Outras estão ali se trombando em meio a névoa, mas esses que elevam sua visão compreendem do que falamos nesse agora, da elevação das experiências em projeção ao corpo de luz.

E nesse aspecto cada restrição, cada aspecto da sua vida recebe esse processo de elevação individualmente e, assim, vocês o abrem à cura da vida. A cura da vida não está em nenhum tratamento, mas na abertura ao entendimento maior, à expansão, é que a vida se irradia de beleza e então tudo aquilo se cura, pois se modifica. Ela ainda está lá, da mesma forma, mas o fluxo, a permissão começa a os conduzir para algo mais suave simplesmente porque saíram da névoa e deixaram de resistir.

Em cada aspecto da sua vida já curado, já aglutinado e projetado em seu corpo de luz, vocês se tornam mais amorosos e compassivos e então o mundo ao seu redor também é visto assim porque seu foco se modifica. Quanto amor, quanta caridade, quanta ajuda existem em seu mundo. Mas o que vocês observam é o caos. Se discordarem peça uma simples informação a um desconhecido e veja como ele para a te ajudar. Chame um amigo a ir conhecer uma casa de caridade e veja a reação dele naquele local. Vocês percebem que é a visão que muda a vida?

Por isso meus filhos, a caridade é tão importante na vida, pois ela os conduz a essa visão para acima da névoa, onde passam a olhar o amor que existe. Mas não porque o mundo se tornou amoroso, mas sim porque descobriram o amor que guardam em seus corações.

Estejam em paz meus amados irmão, na paz profunda da elevação.

Sou seu irmão amoroso

Jesus

Canal: Thiago Strapasson – 07/01/2017
Fonte: http://coracaoavatar.blog.br/
Colaboração: Ilza Barreto


Via: A elevação das experiências – Mestre Jesus » CORAÇÃO AVATAR

UNIFICANDO O SEU CORAÇÃO À SUA CONSCIÊNCIA CÓSMICA…

meditatorheartblue_danielbholeman

 

O efeito da aglutinação: teoria e exercício

Mestras Kuan Yin e Rowena

Canalizado por: Thiago Strapasson e Michelinha OM

Queridos, vocês me perguntam o que seria esse nome completamente novo, e ficam tentando encontrar explicações a essa palavra, mas todas conectadas à sua mente.

A aglutinação, como trazemos aqui, é sim a primeira entre as 5 novas camadas as quais devem superar, mais um do que entendem como chacra, mas dessa vez, algo que está ligado não ao seu corpo físico, mas sim no seu campo áurico.

O seu campo áurico possui camadas de conexão com Eu Superior, e a primeira conexão é a da aglutinação.

Esse ponto, ou vórtice, é chamado dessa forma pois é aquele que une o sétimo chacra (da coroa), ao primeiro plano mais sutil de sua consciência.

E por isso, a primeira etapa a trabalhar para transcender a materialidade do corpo físico, é justamente estabelecer essa conexão, pois é a que abrirá as portas para o novo.

Vocês me perguntam então se a partir de agora poderiam considerar que já superaram todos os demais aspectos que os unem à malha energética, que estão ligados aos 7 pecados capitais e aos 7 chacras principais. Mas a resposta, filhos, é de que não estabeleceram ainda a desconexão completa desses aprendizados.

Conforme já trouxemos em outras canalizações, a sua experiência na matéria será sempre acompanhada de diversas oportunidades de trabalhar esses aspectos ligados ao corpo físico, até o momento do seu desencarne. Independente do estado ao qual já atingiu de ascensão.

Essa primeira etapa onde começamos a trabalhar um novo aspecto do seu Ser, é onde levará todos os demais já trabalhados, por isso, vimos novamente um breve resumo de todos os 7 já superados, mas que agora serão levados a um estado de compreensão diferente.

Eles todos serão elevados ao novo nível de experiência, onde trabalharemos a aglutinação.

Essa experiência trará a completa desconexão em sentidos físicos ao que estão até agora trabalhando dos 7 chacras. Já não sentirão mais os impulsos da matéria que vem sentindo. A limpeza torna-se completa.

Unimos todos eles à aglutinação para que sejam trabalhados em uma dimensão de compreensão diferente. Ainda faz parte de vocês, mas serão iluminados e elevados ao seu chacra que já está desconectado do corpo físico. Mas ainda assim ligado ao seu fio energético onde há todas as suas experiências, que é o seu DNA. Por isso, faz parte de você ainda, mas não do físico que é somente a sua experiência na matéria.

Com esse trabalho, desenvolveremos a aglutinação para que eleve todos os demais aspectos, para que passe a observar todas as reações ligadas aos 7 chacras como naturais do ser humano, mas já com a sensação de que não faz mais parte de vocês.

Esse é somente o início desse novo trabalho, mas é uma etapa muito importante, pois é a que desconecta você das sensações físicas, impulsividades, que permitirá que não seja mais levado com a onda energética que carrega tantas consciências todos os dias nesse planeta.

Passará a se perceber como um ser de luz, como parte do todo, mas não como uma marionete dessas energias que percorrem o planeta e que são criadas pelas formas pensamento de toda a humanidade.

Agregará em seu campo áurico uma nova energia, mas que deve ser praticada sempre com o coração aberto e muito amor. Elevando cada aspecto a esse nível de consciência.

Queridos, ao observar os comportamentos externos ligados aos 7 chacras de forma isolada e perceberem como eles funcionam, ao escolherem o não se envolver, e olhar amorosamente tudo isso como experiências, já estão desconectando-se dessas energias. Vocês já têm feito isso, colocado em pratica diariamente. Esses momentos são justamente quando já estão trabalhando a aglutinação.

A aglutinação nada mais é do que a união de todos os demais 7 aspectos em uma percepção só, aquela percepção de que tudo é somente uma experiência, e que desse ponto de vista, todos os demais aspectos são completamente iguais. Já não se identificam mais a nenhum deles, passam a observar somente como aspectos que fazem parte da vida na matéria, mas que juntos formam uma esfera energética que vibra mais ou menos em certos pontos dependendo da energia da pessoa que o carrega ou do ambiente.

Essa visão do todo, fará você perceber que já não se identifica mais com essas sensações, com esses comportamentos. Já está ligado e trabalhando a aglutinação.

Esse é somente o primeiro estágio e importante pois carrega toda essa bagagem, e portanto, nunca deve ser colocado em esquecimento. É um chacra que deve ser trabalhado sempre, praticando essa visualização de como tudo funciona. Treinando esse olhar de que todos os demais 7 aspectos estão unos em um só e representam algo já superado que é a experiência na matéria.

Em cada sinal que observarem nas suas mentes de conexão com algum dos 7 primeiros chacras, como já aprenderam no material publicado, que estão relacionados a comportamentos específicos, devem trazer a conexão da aglutinação e observar como um todo e não mais cada comportamento de forma isolada. Quando observarem e identificarem um pensamento relacionado aos 7 de forma isolada, simplesmente una-o à esfera de aglutinação, e lembre-se do que ele representa, que na verdade ele somente representa um dos comportamentos da matéria, que não é diferente dos demais e faz parte de toda essa experiência encarnacional já superada e unificada na aglutinação.

Traga esse pensamento a sua mente. Trabalhe sempre essa mentalização. Essa primeira etapa será de prática, onde poderá observar várias experiências acontecerem e onde será treinado a colocar tudo nessa ótica da esfera unificadora dos 7 aspectos que é a aglutinação.

Compreendem, meus amados filhos? Pois o ambiente que vivem é suplantado dia a dia, experiência a experiência. Mas a medida que se sutilizam, algo vai os deixando mais suaves ao próprio desenvolvimento. Vocês incorporam as bênçãos do amor as suas vidas e assim aglutinam as experiências.

Os pontos energéticos em seus corpos foram separados por corpos sutis, cada um ligado a um aspecto da experiência. Mas esses corpos energéticos foram vistos como se fosse cada qual único é distinto. É na verdade eram.

Pois vocês não os conectavam ao amor, a fala, a alimentação, o sexo, a própria alegria foram atividades desconectadas do amor, destruídas da ligação ao seu chacra cardíaco. Vocês não unificam seus corpos e pontos de energia a energia amorosa do coração, pois ele permanecia inerte, fechado, reprimido do propósito de alma.

Esses pontos de energia destruídos da ligação ao centro amoroso levavam à agressividade, a sensualidade, aos excessos na alimentação, à desconexão espiritual, pois se tratava de corpos em desequilíbrio.

Mas a medida que vocês unificam esses pontos de luz e seus corpos a energia amorosa do coração e se abrem ao sentir do propósito de alma vocês aglutinam a experiência na matéria a um único sentimento, o amor. É através do amor do coração que aglutinação ocorre é então vocês suplantam os vícios da matéria. Nesse estado a soberba se transforma na sabedoria e humildade, o tecnicismo no questionamento através do conhecimento, a luta em paz, a ira em fluxo e leveza e assim por diante.

Através do contato com o coração, com as emoções e sentimentos vocês conectam as experiências ao cardíaco, à chama de Deus guardada em seus corações e então as experiências se unificam progressivamente em completo entendimento.

A fala e destituída do revanchismo e é preenchida pela aceitação, a alimentação se tornará mais equilibrada e assim os vícios da matéria vão sendo integrados e iluminados pelo amor do coração. A vida se torna mais leve nesse estado.

A aglutinação é o primeiro passo à consciência cósmica porque através do amor estarão a elevar as experiências. Serão as mesmas experiências, mas agora sobre o enfoque da brandura, da autenticidade, da verdade interior. A luta fica mais leve e o coração se torna mais receptivo aos acontecimentos exteriores.

A aglutinação é a unificação dos pontos energéticos ao amor, ao coração.

Para isso sente-se, respire calmamente. Se puder coloque uma música suave em um ambiente bem calmo. Vá respirando e se aquietando.

Agora centre toda sua atenção em seu coração. Ele está se expandindo a ponto de irradiar seu estômago e sua laringe. Respire novamente e permaneça nesse estado irradiando de amor o plexo solar e o laríngeo. Você está mais suave.

Essa expansão continua agora atingindo o chacra frontal na testa e o ponto sacro abaixo do estômago. Nessa expansão atingimos o chacra coronário no centro de sua cabeça e a base. Permaneça por alguns minutos nesse estado de irradiação. Todos seus corpos são irradiadores por essa chama de amor, de paz. É uma grande luz que adentra ao seu coração a envolver seus corpos sutis. Vocês estão agora todos envolvidos por essa energia que parte do coração e unifica sua vibração. Sinta o alívio que essa aglutinação o traz. Você unificou suas energias e poderá se manter assim pelo tempo que for necessário.

E a medida que as experiências vierem você fará essa irradiação, sempre que sentir um desajuste interior procure se aquietar e se irradiar com a própria luz de seu coração.

Ao final unifique seu coração a um ponto de luz situado a um palmo de seu coronário, de seu coro cabeludo. Você está unindo o seu coração a seu corpo de luz deixando com que seu Eu Superior irradie todos seus corpos com amor. Você permite a unificação de seu coração à sua consciência cósmica e as experiências na matéria se tornam mais suaves. Elas continuam a existir, estão ali ainda mais agora você as vê sob uma ótica transcendente, irradiados pelo amor. Elas já não te arrastam, você as preenche de amor.

Unifique o seu coração a esse ponto de luz sob sua cabeça e deixe que ele purifique seu coração de toda magoa, de toda culpa, do rancor. Todos esses sentimentos inferiores estão sendo entregues ao seu eu superior para que ele os purifique, para que haja a transmutação de tudo a os aliviar.

Entregue e se vierem as lágrimas deixem as vir e o sinal da purificação, do desapego, da limpeza. E diga, eu permito a transmutação de todos meus medos, dos meus receios e te entrego de coração aberto meus sentimentos mais duros, mais escuros para que sejam preenchidos de amor.

Somos Kuan Yin e Rowena e os abençoamos nesse instante.

Canais: Thiago Strapasson e Michelinha OM – 28.Dez.2016

Colaboração: Lara Rosa Branca

Fontes: http://coracaoavatar.blog.br/ e http://verdadetransmutadora.blogspot.com.br/.


 

Veja mais em: CORAÇÃO AVATAR | O efeito da aglutinação: teoria e exercício – Mestras Kuan Yin e Rowena »

SENTINDO O CORAÇÃO APERTADO? PODE SER O TIMO, REAGINDO A UMA EMOÇÃO…

timo

A GLÂNDULA TIMO E A ESPIRITUALIDADE

 

Na anatomia humana, o timo é um órgão linfático que está localizado na porção antero-superior da cavidade torácica. Limita-se superiormente pela traquéia, a veia jugular interna e a artéria carótida comum, lateralmente pelos pulmões e inferior e posteriormente pelo coração. É vital contra a autoimunidade. Ao longo da vida, o timo involui (diminui de tamanho) e é substituído por tecido adiposo nos idosos, o que acarreta na diminuição da produção de linfócitos T.

Histologia

Externamente, o timo é envolto por uma cápsula de tecido conjuntivo, de onde partem septos que dividem o órgão em numerosos lóbulos. Cada lóbulo apresenta uma capa, o córtex, que é mais escura, e uma polpa interior, a medula, que é mais clara. A zona cortical, mais periférica, é onde se encontram pró-timócitos, timócitos e linfócitos T em diferenciação e maturação; nesta área os capilares são mais fechados para impedir a saída de linfócitos T não maduros para o organismo. A zona medular, mais interna, é onde se encontram pro-linfócitos T e linfócitos T maduros, prontos para se dirigir a órgãos linfóides secundários onde completarão sua ativação, também encontra-se corpúsculo de Hassall.

Fisiologia

Em termos fisiológicos, o timo elabora várias substâncias: timosina alfa, timopoetina, timulina e o fator tímico circulante. A timosina mantém e promove a maturação de linfócitos e órgãos linfóides como o baço e linfonodos. Existe ainda uma outra substância, a timulina, que exerce função na placa motora (junção dos nervos com os músculos) e, portanto, nos estímulos neurais e periféricos, sendo considerada grande responsável por uma doença muscular chamada miastenia grave.

Extraído de: Wikipédia | Timo

 


Glândula TIMO – A chave da imunidade e da energia vital.

Por: Sonia Hirsch

No meio do peito, bem atrás do osso onde a gente toca quando diz “eu”, fica uma pequena glândula chamada timo.

Seu nome em grego, thýmos, significa energia vital. Precisa dizer mais?

Precisa, porque o timo continua sendo um ilustre desconhecido. Ele cresce quando estamos contentes, encolhe pela metade quando estressamos e mais ainda quando adoecemos.

Essa característica iludiu durante muito tempo a medicina, que só conhecia através de autópsias e sempre o encontrava encolhidinho.

Supunha-se que atrofiava e parava de trabalhar na adolescência, tanto que durante décadas os médicos americanos bombardeavam timos adultos perfeitamente saudáveis com megadoses de raios X achando que seu “tamanho anormal” poderiam causar problemas.

Mais tarde a ciência demonstrou que, mesmo encolhendo após a infância, continua totalmente ativo; é um dos pilares do sistema imunológico, junto com as glândulas adrenais e a espinha dorsal, e está diretamente ligado aos sentidos, à consciência e à linguagem. Como uma central telefônica por onde passam todas as ligações, faz conexões para fora e para dentro.

Se somos invadidos por micróbios ou toxinas, reage produzindo células de defesa na mesma hora.

Mas também é muito sensível a imagens, cores, luzes, cheiros, sabores, gestos, toques, sons, palavras, pensamentos.

Amor e ódio o afetam profundamente.

Idéias negativas têm mais poder sobre ele do que vírus ou bactérias.

Já que não existem em forma concreta, o timo fica tentando reagir e enfraquece, abrindo brechas para sintomas de baixa imunidade, como herpes.

Em compensação, idéias positivas conseguem dele uma ativação geral em todos os poderes, lembrando a fé que remove montanhas.

O teste do pensamento


Um teste simples pode demonstrar essa conexão.

Feche os dedos polegar e indicador na posição de o.k, aperte com força e peça para alguém tentar abri-los enquanto você pensa “estou feliz”.

Depois repita pensando “estou infeliz”.

A maioria das pessoas conserva a força nos dedos com a idéia feliz e enfraquece quando pensa infeliz. (Substitua os pensamentos por uma bela sopa de legumes ou um lindo sorvete de chocolate para ver o que acontece…)

Esse mesmo teste serve para lidar com situações bem mais complexas.

Por exemplo, quando o médico precisa de um diagnóstico diferencial, seu paciente tem sintomas no fígado que tanto podem significar câncer quanto abcessos causados por amebas. Usando lâminas com amostras, ou mesmo representações gráficas de uma e outra hipótese, testa a força muscular do paciente quando em contato com elas e chega ao resultado.

As reações são consideradas respostas do timo e o método, que tem sido demonstrado em congressos científicos ao redor do mundo, já é ensinado na Universidade de São Paulo (USP) a médicos acupunturistas.

O detalhe curioso é que o timo fica encostadinho no coração, que acaba ganhando todos os créditos em relação a sentimentos, emoções, decisões, jeito de falar, jeito de escutar, estado de espírito…

“Fiquei de coração apertadinho”, por exemplo, revela uma situação real do timo, que só por reflexo envolve o coração.

O próprio chacra cardíaco, fonte energética de união e compaixão, tem mais a ver com o timo do que com o coração- e é nesse chacra que, segundo os ensinamentos budistas, se dá a passagem do estágio animal para o estágio humano.

“Lindo!”, você pode estar pensando, “mas e daí?”.

Daí que, se você quiser, pode exercitar o timo para aumentar sua produção de bem estar e felicidade.

Como? Pela manhã, ao levantar, ou à noite, antes de dormir.

a).. Fique de pé, os joelhos levemente dobrados. A distância entre os pés deve ser a mesma dos ombros. Ponha o peso do corpo sobre os dedos e não sobre o calcanhar, e mantenha toda a musculatura bem relaxada.

b).. Feche qualquer uma das mãos e comece a dar pancadinhas contínuas com os nós dos dedos no centro do peito, marcando o ritmo assim: uma forte e duas fracas.
Continue entre três e cinco minutos, respirando calmamente, enquanto observa a vibração produzida em toda a região torácica.

O exercício estará atraindo sangue e energia para o timo, fazendo-o crescer em vitalidade e beneficiando também pulmões, coração, brônquios e garganta. Ou seja, enchendo o peito de algo que já era seu e só estava esperando um olhar de reconhecimento para se transformar em coragem, calma, nutrição emocional, abraço.

Ótimo, íntimo, Cheio de estímulo. Bendito Timo.

Da jornalista e pesquisadora naturista Sonia Hirsch

Postado por: Mìck Bèrnard
EXTRAÍDO DE: Observatório Cósmico | Glandula TIMO: A chave da imunidade e da energia vital.


A GLÂNDULA TIMO E AS TÉCNICAS DE CURA DA MEDICINA HOLÍSTICA TRADICIONAL (PARTE I)

Por: Bernardo Melgaço

Desde 1988 venho me questionando sobre a relação entre o Amor metafísico (que vivenciei uma única – e inesquecível! – vez) e o Amor físico (que experimentei centenas de vezes!). E já se passaram mais de 20 anos da minha experiência mística e holística com o Amor Cósmico e de lá para cá sempre me indaguei sobre aquele fenômeno maravilhoso e misterioso que se manifestou no centro do meu peito em 1988. Eu sabia desde o primeiro dia da experiência que tive, que havia pelo menos dois planos de experiência/vivência acontecendo simultaneamente: o físico e o metafísico. E que o plano metafísico (dos chacras) era a raiz da energia humana – o nosso lado transcendente. E o plano físico era o meio, o caminho de realização física e material – o nosso lado imanente. Mas, o que me intrigava era saber qual parte do plano físico estava de fato ligado ao plano metafísico do chacra cardíaco. Hoje, após todos esses longos anos de incertezas e questionamentos tenho que admitir que a resposta está nas glândulas, principalmente a glândula TIMO. Ela tem um papel vital no processo de regulação do humor; no processo imunológico e; no processo de refinamento das emoções entre tantas outras funções.

Gostaria de sugerir um desafio acadêmico aos médicos e pesquisadores em geral que possuem mentes abertas: pesquisem a relação entre a glândula timo, o chacra cardíaco e o sistema imunológico. Acredito que nessa relação estão as respostas para várias doenças tais como a AIDs, o Câncer, etc. Essa hipótese está baseada numa vivência mística que tive em 1988. Eu vivenciei em meu peito o fenômeno da interligação dos planos energéticos sutil (dos chacras) e concreto (glândulas timo, pineal e outras). Assim, parto de uma experiência íntima para a formulação de uma hipótese e não o caminho contrário (da hipótese para o teste ou experiência) que é muito comum nos processos de pesquisa científica. Sugiro aos médicos e todas as pessoas (pesquisadoras ou não) ligadas às áreas de saúde que estudem o conteúdo do livro MEDICINA VIBRACIONAL: A MEDICINA DO FUTURO do médico-pesquisador Dr. Richard Gerber. Nesse livro vocês encontrarão subsídios técnicos e científicos para buscarem uma conexão entre a TIMO, o CHACRA e o SISTEMA IMUNOLÓGICO.

A ciência precisa alargar seus horizontes como já vem fazendo muito bem nos campos de conhecimento da genética, física quântica e a astrofísica. Mas, mesmo assim precisamos urgentemente de hipóteses metafísicas para descortinarmos um mundo de fenômenos sutis responsáveis por boa parte das doenças crônicas. Sinto intuitivamente que quando os cientistas decidirem testar a hipótese da causalidade descendente (do plano metafísico para o plano físico, ou do plano qualitativo para o plano quantitativo) daremos um passo gigantesco fenomenal para explicarmos uma série de doenças de origem ainda desconhecida. A ciência moderna ainda não sabe penetrar no mundo essencial qualitativo das energias sutis das emoções humanas. Essa crítica foi realizada em minha monografia de dissertação de mestrado defendida em 1992 na COPPE/UFRJ. Em outras palavras, as energias descobertas pela ciência ainda são insuficientes para identificarem um conjunto de fenômenos causadores de anomalias no campo energético do sistema complexo e multidimensional da consciência e das transformações que ocorrem na relação entre psique e corpo físico.

Uma coisa eu descobri e constatei em minhas experiências íntimas (vivências): a forma como vemos um objeto (seja ele físico ou metafísico) afeta o objeto observado (essa tese é também uma afirmativa da física quântica moderna). Isso implica dizer que o universo guarda segredos no próprio modo e ato de se observar um fato ou fenômeno. Ou seja, não existe neutralidade no campo científico e nem no campo do senso comum. O tempo todo estamos afetando o mundo e somos afetados pelos outros a nossa volta. Existe uma fronteira invisível entre o que nos é desconhecido e o que já é conhecido. A transição de um lado para o outro acontece em planos da percepção em que estamos agindo ou construindo – de um modo geral estamos inconscientes na ocasião da transição. As doenças, enquanto fenômenos naturais são também criadas pela forma como nos conduzimos na relação que temos com as multidimensionalidades das energias que circulam entre o homem e a natureza. Somos seres extremamentes sensíveis, plurais e abertos para o cosmos. Nesse contexto, todos os fenômenos nos afetam (direta ou indiretamente) sem que tenhamos sensibilidade para vermos as suas origens no nascimento deles. Por exemplo, as explosões solares (muito comuns na superfície do sol) afetam os sistemas de radar dos pássaros, baleias, seres humanos, celulares, satélites etc.

Então a nossa realidade nos guarda o maior mistério que é a essência ou qualidade dos fenômenos. O essencial é invisível porque não se mede quantitativamente. As doenças são visíveis pelos seus efeitos, o princípio delas é desconhecido na sua origem. Nesse sentido, precisamos adotar uma nova abordagem científica que seja compatível com o objeto ou fenômeno observado. Pois, só vemos o que nos é compatível com o nosso nível de consciência. O comum é o centro da curva normal (na área da estatística), os extremos são incompreensíveis e invisíveis para o nosso olhar viciado.

Eu vou revelar aqui uma descoberta que fiz em 1988: o que chamamos de impressões digitais são na verdade centros de energia (chacras (ou chakras) menores), verdadeiros receptores ou antenas captadoras de energias sutis cósmicas. Pergunto, então: quantos dos meus leitores alcançarão essa verdade vivenciada por mim em 1988? O Amor tão falado por Jesus Cristo está situado no centro do peito e tem uma relação direta com a glândula TIMO. Por isso, que alguns autores e pesquisadores afirmam que a falta de amor no mundo é a maior desgraça que afeta a paz e a saúde humana em todos os tempos. Ou seja, quando esse chacra principal não está funcionando bem a glândula timo também não está em sua potencialidade nos resguardando na sua relação com o sistema imunológico. E ai ficamos vulneráveis – sem defesa!

Bernardo Melgaço da Silva
Prof. e Pesquisador do Núcleo de Estudos Sobre Ciência, Espiritualidade e Filosofia – NECEF/URCA (Universidade Regional do Cariri)

Extraído de: TUDO QUE NECESSITAMOS É AMOR: MINHAS EXPERIÊNCIAS ESPIRITUAIS INEXPLICÁVEIS E EXTRAORDINÁRIAS | A GLÂNDULA TIMO E AS TÉCNICAS DE CURA DA MEDICINA HOLÍSTICA TRADICIONAL (PARTE I)


 

EXERCÍCIOS ESPECÍFICOS PARA O TIMO

Por: Paulo e Lauro Raful

EXERCÍCIO 1 [Estimulação do Timo]

•  Fazer pequenas “batidinhas’ com a polpa dos dedos no esterno (localizado aproximadamente a 2 dedos abaixo da clavícula)

Faça estas “batidinhas” ao redor desta região, explorando e sentindo estas vibrações. Sinta o aquecimento produzido nesta região.

EXERCÍCIO 2 [Abraçar o ombro]

•  Em pé, tronco ereto, com o braço direito “abrace” o ombro esquerdo [ver fig.].

•  Coloque a mão um pouco abaixo do ombro esquerdo e vá “caminhando” com os dedos em direção à escápula esquerda o máximo que puder. Faça o mesmo com o braço esquerdo.
Sinta a presença do Timo.

EXERCÍCIO 3 [Contraindo e expandindo o Timo]

•  De pé, braços soltos ao longo do corpo, volte as palmas das mãos para fora e girando os braços, una o dorso das mãos em frente ao abdômen e expire todo o ar dos pulmões.

•  A seguir, desfaça a posição e abrindo os braços leve-os para trás, abrindo o peito e inspirando. Abra os braços até que as palmas das mãos se encontrem atrás [nas costas], e se unam na altura do osso sacro.

Faça algumas vezes este movimento.

EXERCÍCIO 4 [Mãos na nuca e cotovelos abertos]

•  Erga os braços e coloque as mãos entrelaçadas sobre a nuca, os cotovelos abertos. Abra o peito inspirando e levando os cotovelos para trás, sem tirar as mãos da nuca.

•  Sinta a expansão produzida por este movimento simples, permita-se saborear a sensação de espaço, liberdade, desobstrução.

•  Ao expirar, junte os cotovelos à frente suavemente. Coloque sua atenção no timo. Faça algumas vezes. Quando perceber que alguém próximo a você se encontra acabrunhado, comprimido por problemas, aconselhe este movimento.

FINALIZAÇÃO [Garras de urso e movimento da gangorra]

 

•  Enganche suas mãos [como garras de urso] em frente ao peito. Abra bem os braços deixando-os paralelos ao peito

•  Inicie um movimento com os cotovelos, levando um em direção ao “Céu” (pra cima) e outro em direção à “Terra” (pra baixo). Eleve primeiro o cotovelo direito (o esquerdo desce em direção à Terra), depois suba o esquerdo (lembra uma gangorra) e o direito desce em direção à Terra.

•  Faça com os músculos das costas relaxados, não aplique força. Não permita nenhuma tensão muscular.

Estimule o timo o máximo que puder, faça amizade com esta glândula. Ela produz alegria e dependemos dela para equilibrar o sistema imunológico.

Trecho extraído de: A Glândula Timo – funções, saúde e exercícios – Escola Gurdjieff São Paulo


Ativação da Glândula Timo – O chacra Cardíaco

Por: Marinez Tito Salgado

O Timo é a Glândula das “maravilhas” situada ao nível do coração, atrás do esterno (osso achatado, situado na parte anterior da caixa torácica e que está ligado às costelas). No feto ela é grande, estende-se da região do pescoço até o diafragma (região de abdômen); durante a infância ela começa diminuir e após a puberdade ela diminui mais ainda. Possui a forma piramidal, mesmo ao atrofiar-se, e sua falta afeta a Glândula Pineal (o Pai cerebral).

É o Chakra da expressão do Amor e da compaixão, no entanto, seu giro energético divergente acarreta ao coração de carne e pulmões prejuízos, assim como às artérias coronárias. Quando esta glândula está ativa, o organismo não envelhece.

São exercícios importantes para estimular o Timo e também para que ele não petrifique em idade avançada, perdendo assim o estímulo da amorosidade. Ela é intimamente ligada à música, favorecendo assim a pessoa que canta e a que emite sons mântricos.

1º) Exercício: feche a mão totalmente e role as juntas (as falanges proximais e médias) por sobre o Timo, na região central do peito, entre os mamilos e em sua direção, com certa pressão para ativar este centro energético e sua Glândula. Esses movimentos ativam o Timo e liberam a estagnação do Coração.

2º) Exercício: a pronúncia da vogal “A” muito lentamente e aberta, com consciência, trabalha a amorosidade no ser e faz vibrar a Glândula e a região ao redor, como o Chakra laríngeo, transformando todas as estagnações que neles houver. É o Cardíaco sendo acionado e elevando-se ao seu Chakra superior, o Chakra do verbo.

Esses são exercícios terapêuticos que favorecem o coração de carne , o Timo, a Tireoide, as Paratireoides, assim como seus Chakras correspondentes: Chakra Cardíaco e Chakra laríngeo.

Extraído de: Somos Todos Um | Artigo de Marinez Tito Salgado: Ativação da Glândula Timo – O chacra Cardíaco – | Artigos do Clube


 

Chacra Cardíaco 4º Chacra

Por: Redação M de Mulher

 

Compaixão

Localiza-se bem no centro do peito, entre os mamilos

É associado ao timo e é nele que se concentra a energia do Amor Incondicional, a nossa fonte vital.

É responsável também pela saúde e vitalidade do corpo físico, o coração e os pulmões.

Desenvolvido, cria um canal de amor que pode ser utilizado para o trabalho assistencial.

Nome Sânscrito: ANAHATA (“Invicto”; “Inviolado”, intocado ou inaudível.)

Mantra: Yam.

Localização: Coração. Centro do peito.

Cor: Verde (cura e energia vital); Rosa (Amor).

Glândula: Timo.

Elemento: Ar.

Zodíaco: Leão e Balança.

Planetas: Vênus, Saturno e o astro Sol.

Massagem: Para as mulheres, no sentido horário e para os homens no sentido anti horário.

Funções: Energiza o sangue e o corpo físico. Estimular a imunidade e o bom funcionamento do coração e dos pulmões, desenvolver a capacidade de amar, perdoar e sentir compaixão.

Disfunções: Problemas respiratórios e cardíacos, medos ou ilusões a respeito do amor.

Cristais: Esmeralda, Jade verde, Quartzo e Turmalina verde ou rosa.

Qualidades Positivas: Amor incondicional, Compaixão, Equilíbrio, Harmonia e Paz.

Qualidades Negativas: Desequilíbrio, Instabilidade emocional, Problemas de coração e circulação.

Temas: Elo entre os três primeiro chacras (ligados a matéria, sexo e relacionamentos) e os três últimos (ligados à espiritualidade), o quarto centro deve integrá-los, elevando nosso grau de consciência e de auto-estima.

Para isso, precisamos reconhecer e tratar dores decorrentes de ciúmes, ressentimentos e abandonos.

Como Ativar: Terapias voltadas para as curas emocionais e meditações dirigidas.

Para Refletir: Liberte-se da idéia de que você ou os outros deveriam ser diferentes para merecer amor. Aceite o que cada um é.

Extraído de: Chacra Cardíaco 4º Chacra | CLAUDIA

 


ESPIRITUALIDADE E CONSCIÊNCIA

Por: Wagner Borges

 

Espiritualidade é um estado de consciência; não é doutrina, não!
É o que se leva dentro do coração.
É o discernimento em ação!
É o amor em profusão.
É a luz nas idéias e equilíbrio na senda.
É o valor consciencial da alegria na jornada.
É a valorização da vida e de todos os aprendizados.
É mais do que só viver; é sentir a vida que pulsa em todas as coisas.
É respeitar a si mesmo, para respeitar o próximo e a natureza.
É ter a plena noção de que nada acaba na morte do corpo, pois a consciência segue além, algures, na eternidade…
É saber disso – com certeza -, e não apenas crer nisso.
É viver isso – com clareza -, sem fraquejar na senda.
É ser um presente, para si mesmo, para os outros e para a própria vida.
Espiritualidade é brilho nos olhos e luz nas mãos.
E isso não depende dessa ou daquela doutrina; depende apenas do próprio despertar espiritual; depende do discernimento consciencial se unir aos sentimentos legais, no equilíbrio das próprias energias, nos atos da vida.
Ah, espiritualidade é qualidade perene; não se perde nem se ganha; apenas é!
É valor interno, que descerra o olhar para o infinito… para além dos sentidos convencionais. É janela espiritual que se abre, dentro de si mesmo, para ver a luz que está em tudo!
Espiritualidade é essa maravilha: o encontro consigo mesmo, em paz.
Espiritualidade é ser feliz, mesmo que ninguém entenda por quê.
É quando você se alegra, só pelo fato de estar vivo!
É quando o seu chacra* do coração se abre igual a uma rosa, e você se sente possuído por um amor que não é condicionado a coisa alguma, mas que ama tudo.
É quando você nem sabe explicar porque ama; só sabe que ama.
Espiritualidade não depende de estar na Terra ou no Espaço; de estar solteiro ou casado; de pertencer a esse ou aquele lugar; ou de crer nisso ou naquilo.
É valor de consciência, alcançado por esforço próprio e faz o viver se tornar sadio.
Espiritualidade é apenas isso: SER FELIZ!
Ou, como ensinavam os sábios celtas de outrora: SER UM PRESENTE

Paz e Luz.

* Chacras – do sânscrito – são os centros de força situados no corpo energético e que tem como função principal a absorção de energia (prana, chi) do meio ambiente para o interior do campo energético e do corpo físico. Além disso, servem de ponte energética entre o corpo espiritual e o corpo físico.

O Chacra Cardíaco – é o chacra responsável pela energização do sistema cardiorrespiratório. É considerado o canal de movimentação dos sentimentos. Por isso é o chacra mais afetado pelo desequilíbrio emocional. Bem desenvolvido, torna-se um canal de amor para o trabalho de assistência espiritual. Está ligado à glândula timo.

Extraído de: 760 – ESPIRITUALIDADE E CONSCIÊNCIA – Instituto de Pesquisas Projeciológicas e Bioenergéticas

 


 

Fontes consultadas:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Timo
http://mickbernard.blogspot.com/2007/09/glandula-timo-chave-da-imun
http://www.followscience.com/article/science/a-glandula-timo-e-as-t
http://www.ogrupo.org.br/glandula_timo.asp
http://somostodosum.ig.com.br/clube/artigos.asp?id=21513
https://www.ippb.org.br/textos/760-espiritualidade-e-consciencia
http://claudia.abril.com.br/materias/2091/?pagina2
http://portaldosanjos.ning.com/group/reikiaenergiaespiritual/forum/topic/show?id=3406316%3ATopic%3A401724&xgs=1&xg_source=msg_share_topic

Origem: CURA E ASCENSÃO – Solange Christtine Ventura

Via: A GLÂNDULA TIMO E A ESPIRITUALIDADE>>CURA E ASCENSÃO

ATIVANDO OS CHAKRAS ATRAVÉS DA ORAÇÃO QUE JESUS NOS ENSINOU…

crowds-jesus

O Pai Nosso Esotérico ”…e os nossos sete chacras…”

Publicado por: Maria Elisete

A Oração mais usada por nós, cristãos, é sem dúvida, o “Pai Nosso”.

Conhecê-la na sua profundidade nos fará acionar em nós potências que nos evoluirão a cada vez que, já então conscientemente a pronunciamos.

Compõe-se o “Pai Nosso” de sete frases que correspondem às características de nossos sete chacras. São elas:

1. “Pai Nosso que estais no Céu”

É o apelo, o chamamento ao nosso corpo de bem-aventurança, ao nosso corpo causal, expressado em nós através do chacra pituitário. Refere-se àquele corpo que só retém nossas aquisições perfeitas e eternas, o nosso “tesouro no céu que as traças não comem e a ferrugem não corrói” citado por Mestre Jesus. Se um clarividente o podesse ver iria enxergá-lo no alto da cabeça na cor branca esplendor, com nuances de tonalidades violetas. Quando dizemos esta primeira frase da Oração e conscientemente pensamos em nosso pituitário.

2. ” Santificado seja o vosso nome”

O nome é algo com que alguém se manifesta. Ao santificarmos o nome de Deus, louvamos, valorizamos as suas criações. Também, da mesma maneira, deveríamos santificarmos cada um dos nossos atos, pois eles expressam algo muito superior em nós: o nosso poder criativo uma voz popular costuma dizer que aquilo que uma pessoa é, sua personalidade, esta gravada em sua testa. Ativemos com a segunda frase do “Pai Nosso” o poder criador em nós. Este é o chacra da luz azul índigo.

3. “Venha a nós o vosso reino”

O reino de Deus é o poder da palavra. O mundo de Deus foi criado pelo verbo. A palavra vigiada, valorizada, dita segundo um pensamento em acordo com as leis divinas, emprestarão uma potência realizadora às nossas idealizações. Sua cor é azul claro que embeleza nosso chacra laríngio.

4. “Seja feita a vossa vontade assim na terra como nos céus”

O quarto chacra é considerado o intermediário, aquele que faz a ligação entre a terra (os chacras inferiores) e os céus (os chacras superiores). É o chamado”chacra Crístico”, aquele que liga. Diz Jesus: Nimguém vai ao Pai (ao primeiro chacra superior) a não ser através de mim”.
Ao dizermos a quarta frase do ” Pai Nosso”, estejamos sempre conscientizados que apelamos pela união da nossa personalidade inferior com a nossa individualidade superior. Vizualizemos ao dizê-la a cor verde, rodeando nosso chacra cardíaco.

5. “O Pão nosso de cada dia nos dai hoje”

Apelamos pelo pão que alimenta o corpo, mas também pelo pão que abastece e enriquece o espírito. Pedimos aqui a onipresença de Deus no nosso cotidiano. Que todos os dias, em todas as circunstâncias deles possamos perceber os planos divinos atuando, tentando remediar nossos erros, novamente nos oportunizando. Bem poderíamos dizer que este é o chacra que nos dá a percepção da Onipresença Divina.Trabalhemos com ele na cor amarela, sobre a região umbilical.

6. “Perdoai as nossas dívidas, assim como nós perdoamos os nossos devedores”

Tal frase tem ligação com nossos instintos mais primitivos, pelos quais desrespeitamos, agredimos e criamos a maior parte de nossas ligações cármicas com outrem. Per-doar, uma palavra composta pelo prefixo “para” mais “doar”. que possamos doar atos fraternos a alguém com a mesma intensidade com que lhe roubamos e desrespeitamos. Só assim nossas dívidas estarão quites. O que pedimos realmente é nova oportunidade de reencontros, para que a realização de um “perdoar” (para doar) nos seja dada. Façamos isto usando a potência do chacra de cor laranja.

7. “Não nos deixeis cair em tentação e livrai-nos de todo o mal”

Chegamos aqui ao chacra de cor vermelha, o básico. Chamado também o chacra dos abismos. Que o contínuo encontro com os chacras superiores seja o sustentáculo básico para conservarmos aquilo que até aqui já adquirimos. Está última frase do “Pai nosso” faz referência ao grande teste que iniciados com Jesus passavam, no qual saíam vitoriosos pela Vigia e Oração.

Texto retirado do Livro “Despertar da Espiritualidade” (Uma compilação de aulas esotéricas)
Ministrado pela nossa Mestra e escritora Helyette M. Rossi

 

Fonte: O Pai Nosso Esotérico – …e os nossos sete chacras… – Portal Arco Íris-Núcleo de Integração e Cura Cósmica

 


Uma outra versão, muito especial, conhecida também como

 

ORAÇÃO DE RENASCIMENTO

“Pai nosso que estás no céu e irradia mil luzes da Tua Maestria,
que o Teu Selo Divino seja impresso no meu chacra coronário
para que possa eu revelar a Tua Santidade.

Santificado seja o Teu Nome no meu chacra frontal
abençoando meus pensamentos com a Fé, Esperança e Caridade.

Venha a mim o Teu Reino,
o reino do Teu Verbo expandindo-se pelo meu chacra laríngeo
para que eu me torne o portador da Tua sublime Sabedoria
em todas as palavras faladas.

Faça-se a Tua Vontade, tanto na Terra como no meu chacra cardíaco
e no Universo do meu coração para que eu executa a Tua Obra Divina.

O pão nosso de cada dia dai-me hoje
para que eu alimente com Paz minhas emoções,
dando-me dessa energia a cada momento
para que seja eu o esteio da concórdia e da harmonia por onde for.

Perdoai minhas faltas e ensinai-me a perdoar minhas mágoas secretas,
autoras e inspiradoras dos meus desacertos.

Não me deixes cair no mundo das aparências e das ilusões,
livrando-me de julgamentos e do falso poder.

Que na luz da Tua Perfeição,
possa eu a cada dia desta existência,
renascer com a força da Verdade, da Iluminação
e com o poder da minha Ressurreição,
porque em mim está o Teu Reino, Poder e Glória.
Amém!”  

Texto extraído da revista ERA DA LUZ, 4 ed. Dezembro 2015 | NATAL DE RENASCIMENTO – Sugestão de ritual para ser feito em casa por Heloísa Lassálvia  (página 29)

Fonte: ERA DA LUZ – CONSCIÊNCIA, DISCERNIMENTO E COCRIAÇÃO sob a orientação do Mestre Saint Germain


TODOS NÓS SOMOS MÉDIUNS EM DETERMINADO GRAU…

mediunidade-vidente

Mediunidade, Saúde e Religião

Por: Nadya Prem

 

Salve buscador!

Muitos ainda creem que mediunidade está restrita à religião. Um engano que se carrega como crença.

Todo espírito encarnado é médium, vivenciando temporariamente na “carne”. Somos médiuns em variados graus. A intermediação entre os mundos material e espiritual ocorre mesmo sem a consciência do homem-espírito.

Como espíritos, pensamos, sentimos e agimos manifestando-nos na matéria densa, através do corpo físico. Entre a energia terrestre e a sutileza espiritual, encontram-se os corpos dimensionais que envolvem o espírito, possibilitando sua movimentação na esfera terrena.

Conforme a condição espiritual, somos mais ou menos sensíveis às emanações fluídicas sutis e desta forma podemos classificar os médiuns como naturais, ostensivos ou de fundo.

Médiuns naturais: A mediunidade ocorre naturalmente junto aos outros sentidos, desenvolvendo-se conforme a evolução do espírito.

Médiuns ostensivos: São médiuns que submetidos às leis do karma, renascem com um afloramento mediúnico mais intenso e com seus corpos em descompensação vibratória. Sua condição parafisiológica proporciona uma sensibilidade exacerbada.

Médiuns de fundo: São aqueles que têm sua mediunidade ativada por assédio e obsessões espirituais. Quando cessado o envolvimento espiritual, o médium de fundo, volta a sua natural condição mediúnica.

Há uma estreita relação entre a saúde física, mental e a mediunidade.

No intercâmbio mediúnico, temos a participação dos chacras, presentes nos corpos sutis, que assimilam e distribuem as correntes de energia entre diferentes dimensões em que o ser integral e holístico está inserido.

Toda influência energética  que recebemos através dos chacras, passa pelo crivo dos corpos sutis mental, emocional, vital e finalmente pelo corpo  físico. Os sistemas endócrino e nervoso são ativados, produzindo a sintomatologia típica do padrão vibracional próprio de cada ambiente ou espírito que nos toca energeticamente.

A interpretação das sensações advindas do plano espiritual é conduzida de acordo com as crenças e o significado que o médium dá a cada uma delas. Portanto, quanto mais isento de limitações preconceituosas e julgamentos, mais ampla será sua tradução como canal mediúnico.

A falta de consciência sobre o sexto sentido, torna o médium muito mais vulnerável às negatividades vibracionais e propício aos desequilíbrios dos corpos físico, emocional, mental e espiritual. Como alguém que caminha na escuridão da ignorância sobre si e sua interatividade com as dimensões sutis, o médium perde a oportunidade de usar sua ferramenta mediúnica em seu benefício e autoconhecimento e também em prol do próximo.

Há na prática da psicologia, psiquiatria e medicina, como um todo, a condução de diagnósticos, baseados no conhecimento científico com paradigma materialista. Transtornos físicos e psicológicos são avaliados nesse contexto e abrem uma lacuna para as questões espirituais.

Na visão holística, a saúde ou desequilíbrio mediúnico resultarão em saúde ou desequilíbrios físico e mental. Síndrome do pânico, esquizofrenia, TOC, transtornos de depressão, ansiedade e bipolar e outros desequilíbrios da mente, são ativados a partir do campo áurico.

Quando há a aproximação de um espírito desencarnado, o médium mais sensível, com seus chacras mais suscetíveis, receberá a influência da energia emanada, sofrendo as consequências da sintonia vibratória entre ambos.

Tanto as obsessões espirituais quanto a mediunidade ostensiva, causam grande parte dos transtornos psicológicos e necessitam de um olhar mais integral, para que possam ser tratadas adequadamente.

O médium desequilibrado é todo aquele que se encontra submetido às energias deletérias de obsessores e ambientes, devido sua conduta desregrada e sua sintonia vibratória negativa, que acolhem pensamentos e emoções destrutivas, além de sua falta de conhecimento sobre si mesmo.

Os transtornos mentais estão associados a cristalizações no corpo mental, que induz o médium a um padrão vibratório repetitivo e doentio ou refletem os sintomas da mediunidade ostensiva e desconhecida pelo médium. Muitos médiuns são tratados erradamente com a alopatia que apenas camufla a sintomatologia.

Os desequilíbrios físicos também têm raízes profundas com a frequência que o espírito vibra e sua relação com os planos sutis e material.

Alguns médiuns curadores têm em comum a capacidade de assimilar com facilidade o prana ou ectoplasma. Se não o faz fluir, direcionando-o ao próximo, pode acumular grandes massas em seu corpo vital que se transformam em cistos e outras doenças físicas.

A religião pode ser de grande valia ao médium, quando assimilada por sua alma, auxiliando na transformação interior, que resultará numa mudança de seu padrão vibracional. Porém, não é imprescindível para a saúde mediúnica como alguns acreditam.

A prática da vida diária é que determinará o desenvolvimento e saúde mediúnica. De nada vale, o médium frequentar por anos uma casa espírita sem que haja a renovação interior que se expressa no dia a dia. No trabalho, no lar, nas relações com o meio e o outro.

Existe a perfeição implícita no universo e em todas as manifestações, basta reconhecermos e aprendermos a lidar com nossa multidimensionalidade. Estamos entrelaçados por um oceano de energia e o sexto sentido, ou mediunidade, é a bússola do médium, que o leva a navegar.

A saúde mediúnica não depende de religião. A mediunidade equilibrada é resultado de pensamentos, sentimentos e emoções equilibradas. O comportamento diante da vida, as escolhas que fazemos.

O caminho da cura para o médium desequilibrado, assim como para as doenças do corpo e da mente, está no autoconhecimento e no despertar da consciência.

Precisamos em nossa caminhada evolutiva, perceber os nossos desvios, condutas desfavoráveis, vícios da mente e do corpo. Crenças limitantes que carregamos por vidas, sem a consciência de que somos responsáveis por nossa prosperidade, plenitude e felicidade.

A saúde é um complexo que emerge da integração harmoniosa do ser multidimensional consigo mesmo e com todas suas realidades dimensionais.

Seja Amor!


 

Veja mais em: Terapia Transpessoal, Naturopatia, Energia e Espiritualidade com Nadya Prem: Mediunidade, Saúde e Religião