COMO LIDAR COM OS DESAFIOS MAIS COMUNS NA VIDA DE UM EMPATA…

empath-challenges

10 conselhos importantíssimos para empatas e sensitivos:

 

Por: Angel Chernoff
… 

“E aqueles que foram vistos dançando foram julgados insanos, por aqueles que não podiam ouvir a música”.
~ Friedrich Nietzsche

As pessoas sensíveis muitas vezes são percebidas como fracas ou defeituosas. Mas sentir as coisas intensamente não é um sintoma de fraqueza, é a característica de um ser humano verdadeiramente vivo e compassivo. Não é a pessoa sensível que é defeituosa, é a compreensão da sociedade que se tornou disfuncional e emocionalmente incapacitada. Não há vergonha em expressar seus sentimentos autênticos.

É como se você nascesse sem uma camada protetora de pele que outros parecem ter. Você tenta esconder isso. Mas os comentários ainda atravessam sua armadura: “Você pensa demais. É sensível demais, tome jeito!” Então você se pergunta o que há de errado contigo. Muitas pessoas sensíveis se sentem incompreendidos e diferentes, e, geralmente, não sabem o porquê. Eles simplesmente não percebem que eles têm uma característica simples que explica sua confusa variedade de sintomas e peculiaridades.

Mas quando não percebemos como lidar com nossa sensibilidade, acabamos nos forçando demais para acompanhar os outros. Tentamos lidar com as coisas que os demais lidam com facilidade e isso leva a problemas.

Aqui estão 10 ações que você, sensitivo ou empata, pode praticar, para parar de lutar e começar a prosperar:

1. Pare de procurar algo ou alguém para consertá-lo!

A sensibilidade é um traço de temperamento, não uma desordem médica. Então, não há nada de errado com você. Certamente, as pessoas altamente sensíveis são mais propensas a ter alergias ou sensibilidades a alimentos, produtos químicos, medicamentos e assim por diante. E também são mais propensas aos estímulos e assim, são mais rápidos para sentir estresse – o que pode levar a outros problemas de saúde.

Mas a sensibilidade em si não é algo que precisa ser consertado. Se sua mente está cansada de procurar outra solução para acabar com suas “falhas”, saiba que as respostas para viver em harmonia com sua natureza sensível estão dentro de você.

2. Diga a si mesmo, quantas vezes for necessário, que você não é uma fraude.

A síndrome do Impostor não é exclusiva de pessoas sensíveis. Muitas pessoas são vítimas deste medo e  não consideram que passam uma vida inteira se sentindo diferentes dos outros e tentando se encaixar?

Se você está constantemente pensando sobre quem você deveria ser, mas não é, e o que você deveria fazer, mas não pode, entenda que, avaliar suas realizações e pontos fortes permite que você se mostre como você realmente é, mais confortavelmente – mesmo quando você é o estranho.

3. Procure por semelhantes (e saiba que você NÃO ESTÁ sozinho).

Você provavelmente se sente diferente e sozinho. Mas a verdade é que você não está. Muitos sentem uma confusão no isolamento, antes de descobrir que hordas de pessoas passam pelo mesmo. A chave é: sempre que possível, saia com pessoas sensíveis que já estão prosperando, ou pelo menos estão abertas a essas possibilidades. Se você está se sentindo incompatível ou incompreendido, encontre um mentor ou uma comunidade que o acolha e tenha essa conexão.

4. Procure a positividade escondida em cada situação e aproveite-a.

O cérebro é um filtro poderoso que molda experiências e percepções da realidade. Se você acha que o mundo é um lugar perigoso, seu cérebro está preparado para procurar evidências de perigo. Se você acredita que é um lugar amoroso, você passa a enxergar o amor no seu dia a dia. Sobre o que você foca, você obtém mais.

As pessoas sensíveis e de sucesso decidem ver o mundo cheio de oportunidades para se ter gratidão e aproveitam as ondas de positividade. Se você está se sentindo à mercê de suas emoções e circunstâncias, entenda isso, seus pensamentos (e as cargas emocionais que o desencadeiam) estão sempre sob seu controle.

5. Encontre outros pontos de vista.

Seus dons de sensibilidade incluem reflexão profunda e um instinto para ver todos os ângulos e consequências. Mas, sendo tão profundamente sintonizado com os detalhes, você é facilmente sobrecarregado e exausto por estímulos inflexíveis. E quando você não entende por que você se sente e se comporta das maneiras que você faz, é fácil ver isso como falhas.

Na verdade, essas “fraquezas” são, simplesmente, suas necessidades não atendidas e dons únicos para se nutrir. Ao reformular seu passado e nutrir o seu presente, você se prepara para o sucesso em seu futuro. Procure descobrir o ouautotro lado da moeda … onde você encontrará alguns dos seus maiores pontos fortes: intuição, visão, consciência – e a lista continua.

6. Trate-se com compaixão.

Como uma pessoa altamente sensível, você é compassivo. Tanto que coloca o conforto e as necessidades dos outros antes das suas. Além disso, você ainda é seu maior crítico. Você se crítica de maneiras que nunca sonhou em julgar os outros. Controlar este senso crítico é essencial para a autocompaixão.

Assuma o controle ouvindo seus pensamentos sem julgamento (afinal, podem haver pérolas de sabedoria) e, em seguida, torne em pensamentos que desencadeiam emoções mais gentis e mais amorosas para si. A partir desse ponto, você é mais capaz de escolher ações para cuidar de si mesmo e de outros.

7. Crie fronteiras saudáveis, não paredes emocionais rígidas.

Vivemos em uma cultura que valoriza “tomar um analgésico e continuar” muito mais do que valoriza a sensibilidade. Crescemos ouvindo: “sem dor, sem ganho; sobrevivência do mais forte; a vida não é justa – acostume-se a isso“. Nós admiramos aqueles que mostram o poder para prevalecer sobre suas terríveis dificuldades. Como uma pessoa sensível, sua reação pode ser se tornar frio ou se tornar rígido. Você constrói paredes para se proteger, paredes emocionais, como a supressão de sentimentos. Se você lutar para colocar suas próprias necessidades primeiro (algo que não vem naturalmente para um alguém sensível), faça uma escolha consciente para praticar a habilidade de dizer “não” com gentileza, ou se afastar um pouco para “recarregar”, além de decidir se sentir bem com isso.

8. Sintonize seu corpo (para não ser afetado por extremos emocionais).

Muitos aprendem a ignorar as mensagens que seus corpos estão enviando. Desligam-se para evitar a sobrecarga ou se sintonizam com as necessidades dos outros, em vez das próprias, para atender o que se espera deles. Se você tem o hábito de se esconder dos sentimentos ou passar dos limites de aborrecimento, aprenda a reconhecer os sutis sinais de super estímulos do seu corpo. Você vai gastar menos tempo fora de equilíbrio e mais tempo lidando sutilmente com qualquer desavença que vier.

9. Crie hábitos saudáveis.

Eventualmente, você ficará sobrecarregado com o cotidiano. É uma armadilha fácil de se cair porque você está simplesmente vivendo do jeito que você vê a maioria das pessoas fazendo. Se você luta com questões de energia ou bem-estar, priorize os hábitos que nutrem essas áreas de sua vida (como mais tempo de sono e tempo sozinho) e limite aqueles que o estimulam excessivamente ou o drenam (como atividades de muita pressão – mesmo que sejam consideradas saudáveis).

10. Pare de sufocar sua sensibilidade.

Depois de uma vida sendo bombardeada por estímulos, torna-se uma segunda natureza afastar a sensibilidade da consciência. Suprimindo as emoções para evitar sensações. Este mecanismo autoprotetor pode enganar sua mente consciente, mas não engana seu corpo. Isso chega a sua saúde, seus relacionamentos, sua carreira, todos os aspectos da sua vida… ou, constrói a tensão dentro até que algo desabe.

Quando você libera a energia usada para se conter, você liberta os dons de sensibilidade para você, como empatia, criatividade e alegria. E você permite que seu verdadeiro potencial aflore.

.


Fonte: Mystical Raven | 10 Life-Changing Pieces Of Advice For Empaths And Highly Sensitive People
Tradução e divulgação: O Segredo

Via: O Segredo | 10 conselhos importantíssimos para empatas e sensitivos:

Anúncios

9 DICAS PARA OS EMPATAS SE PROTEGEREM DAS ENERGIAS NEGATIVAS…

 

empathVocê é uma pessoa empática? Absorve a energia dos outros?

Por: Judith Orloff

“Doenças empáticas” são aquelas em que sentimos e manifestamos sintomas que não nos pertencem. Muitas pessoas vêm ter comigo, rotulados e medicados para ataques de pânico, depressão crónica, fadiga e dores generalizadas que respondem apenas parcialmente à medicação e/ou psicoterapia. Algumas destas pessoas isolam-se o mais possível e sentem-se doentes durante anos. Todas elas dizem: “Tenho pavor de estar no meio de multidões. A raiva, o stress, a dor e as emoções das outras pessoas deixam-me totalmente de rastos, doente, sem energia. Necessito de me afastar e permanecer só, de forma a “reabastecer-me” energeticamente.”

Quando estudei directamente o historial de todos estes pacientes, apercebi-me que todos eles eram o que eu chamo de “empáticos”: pessoas que são extremamente sensitivas e energeticamente sensíveis, captando e sentindo fisicamente os sintomas, dores e emoções dos outros. Eu, também, sou uma pessoa empática. Como psiquiatra, este conhecimento e a minha própria condição, alterou significativamente a forma como ajudei a melhorar e tratar estes pacientes. O meu trabalho passou a ser ensina-los a estarem o mais possível centrados na sua própria energia, a estabelecerem limites e a largar a energia que assumiam involuntariamente dos outros.

  • Alguma vez foi  rotulado de altamente sensitivo?
  • Alguma vez se sentou perto de alguém aparentemente simpático e começou a ficar exausto e sonolento?
  • Sente-se desconfortável, cansado e doente quando está rodeado de muita gente?
  • Sente a ansiedade ou dor física dos outros no seu corpo?
  • Sente-se exausto quando está com pessoas hostis, irritadas e/ou rudes?
  • Anda de médico em médico, fazendo constantes testes e a única coisa que lhe dizem é que está ótimo?
  • Anda constantemente cansado/exausto e tem inúmeros sintomas inexplicáveis?
  • Sente-se frequentemente sobrecarregado com a energia à sua volta?
  • Tem necessidade de se isolar frequentemente e estar em contacto com a natureza?

Se respondeu que SIM de 1 a 3 questões, é uma pessoa relativamente sensitiva. Se a sua resposta foi positiva em 4 ou 5 das questões, isto indica que tem um grau moderado de sensitividade/empatia. Se respondeu SIM, 6 ou 7 vezes, isto indica que tem um alto grau de sensibilidade empática. Se respondeu SIM a todas as respostas, você é altamente empático, sentindo tudo e todos à sua volta (consciente ou inconscientemente).

Fique tranquilo: Você não é hipocondríaco nem está louco, tão pouco está  a imaginar coisas (embora o seu médico convencional o possa querer fazer acreditar nisso e medica-lo de acordo). Você é uma pessoa altamente sensível/sensitiva, com um poderoso dom que necessita desenvolver e “gerir” com sucesso.

Estratégias para se proteger de energias tóxicas:

  1. Antes de mais, questione-se: “A energia ou sintoma que estou a sentir pertence-me, ou estou a capta-la de outra pessoa?” Se emoções como medo ou raiva forem suas, procure calmamente perceber o que está a causar essas emoções e, se necessário, procure ajuda de um profissional competente. Se não são suas, procure, antes de mais, identificar o “gerador” dessas emoções.
  2. Afaste-se. Sempre que possível distancie-se o quanto puder da “fonte geradora” e perceba se isso lhe trás algum alívio. Se estiver num local público, não hesite em mudar de lugar se começar a sentir desconforto físico, dor ou qualquer emoção desagradável.
  3. Conheça os seus pontos mais vulneráveis. Todos nós temos partes no nosso corpo que são mais vulneráveis à absorção do stress e energias alheias. A mim, afecta-me de imediato a garganta. Faça um “scan” no seu corpo de forma a reconhecer as suas partes ou orgãos mais vulneraveis que são, geralmente, os mais fragilizados. Será o seu pescoço? Cabeça? As costas? Algum orgão em particular? Assim que sentir algum sintoma nessas áreas, coloque a palma da mão sobre elas e envie, sentindo, ou através da sua intenção, energia límpida, de amor, de forma  a acalmar o desconforto e neutralizar a energia alheia que essa área recebeu.
  4. Concentre-se na sua respiração, esta é uma excelente forma de se centrar em si, na sua energia. Se suspeita que está a receber e a sentir os sintomas ou emoções de alguém, concentre-se na sua respiração por alguns minutos. Esta técnica ajuda-o a centrar-se e reconectar-se de novo à sua energia.
  5. Para “travar” sintomas emocionais ou físicos que está a captar, actue rapidamente. Afaste-se e medite por alguns minutos. Faça isto em casa se recebe alguém, no trabalho, em festas, conferências, etc., Encontre um local onde possa estar a sós alguns minutos, acalme-se, medite, foque a sua atenção na energia de amor e paz.
  6. Estabeleça limites, aprenda a dizer NÃO.  Tente controlar o tempo que despende a falar com pessoas stressadas, irritadas ou emocionalmente violentas.
  7. Sempre que estiver com pessoas que sente serem energeticamente “tóxicas”, tente visualizar todo o seu corpo envolvido numa Luz branca ou qualquer outra visualização ou mantra de proteção que sirva para si.
  8. Desenvolva a visão “raio x” . É importante aprender a eliminar conscientemente  do seu corpo , toda a energia que não lhe pertence, através da meditação, intenção e visualização. Diga adeus à toxicidade energética e intencionalmente dirija-a para a matriz divina de forma a ser transmutada e reutilizada.
  9. Tome um banho de imersão, esta é uma forma rápida de ajudar a “dissolver” o stress. A minha banheira é o meu santuário após um dia stressante e ajuda a eliminar os sintomas que adquiri dos outros.

Pratique diariamente. Protegendo-se a si e ao seu espaço, pode criar um local mágico onde se sente nutrido e onde, simultaneamente, possa ajudar a afastar a negatividade dos outros. Não entre em pânico quando, eventualmente ,”apanhar” com a dor ou com as emoções tóxicas de alguém. Vai acontecer. Pratique o mais possível as técnicas acima, isole-se quando necessário, despenda o tempo  que conseguir junto à natureza, medite. Compreenda o seu corpo e os sinais de sobrecarga que ele lhe envie. Isto o fará sentir mais protegido, mais saudável e com maior qualidade de vida.

Dra. Judith Orloff


 

Origem: Judith Orloff M.D. | Are You a Physical Empath?
Tradução e Divulgação: José Coelho –  BLOG DE JOSÉ COELHO em fevereiro de 2014

Via: ♥ ☾✪☽ ♥ BLOG DE JOSÉ COELHO ¨΅ଂ◦: Você é uma pessoa empática? Absorve a energia dos outros?

HÁ MUITAS SEMENTES ESTELARES NA TERRA E NÃO ESTÃO SÓS, COMO IMAGINAM…

sementes-estelares

QUEM SÃO AS SEMENTES ESTELARES?

As Sementes Estelares têm um papel importante na Ascensão global. Elas são almas extremamente evoluídas que se voluntariaram para encarnar na Terra exatamente neste momento e que viveram a maior parte de suas existências em outros planetas, sistemas estelares, galáxias e dimensões. Muitas delas tiveram milhões de existências aqui neste planeta.

Isso mesmo, viemos aqui para cumprir o grande plano que projetamos juntos, de modo que a humanidade pudesse ter um futuro diferente da extinção. É a primeira tentativa, em todos os universos, de impulsionar todo um planeta para saltar de uma dimensão para outra, enquanto levamos os corpos físicos conosco. Esta é a sua última existência nas dimensões inferiores. Vocês podem pensar que a Ascensão seja uma coisa da nova era, mas não é; sempre foi uma oportunidade para todos, mas não em massa. Há seres que viveram aqui e além disso dominaram o Self, dominaram sua energia, que vieram aqui com o propósito de mostrar o caminho: Jesus, Buda, Quan Yin, Saint Germain são apenas alguns dos muitos mestres ascensos, eles atingiram os níveis mais elevados da consciência dentro e fora do corpo. Eles todos são seres avançados e extremamente evoluídos, vindos das estrelas e não têm ligação com religiões; as religiões distorceram os seus ensinamentos para tirar proveito pessoal e controlar as pessoas.

Qual é a sua missão, então? Em primeiro lugar, vocês têm que despertar plenamente. Vocês têm que trabalhar em vocês, e têm que restabelecer a conexão com a Fonte e com o seu Eu Superior (Interno) que é o nosso maior tesouro, é o que vocês se arriscaram a perder quando vieram para cá. Mas, vocês não perderam, e vocês sabiam que deveriam se lembrar de tudo.

Sempre o chamamos de Eu Superior como se estivesse acima de nós, separado de nós. Bem, trata-se da sua versão mais elevada, sua plena consciência anímica e não está separado de você, é você! É por isso que o superior e o interior são os mesmos, é o verdadeiro você que foi esquecido por tanto tempo. Conheço esse anseio que temos internamente, desejamos estar plenamente conectados à plena expressão de nós mesmos, deixar que a corrente da consciência flua através de nós. Aqui, às vezes, enjaulados, aprisionados, restritos pela densidade deste corpo. Costumávamos ter muito mais liberdade. Lembrem-se de que vocês pediram isso, e que o corpo humano é um dos mais avançados. Às vezes nos sentimos perdidos e até solitários, queremos somente ir para o lar. O lar é onde o coração está, dito isto, vocês têm que estar cientes de que pediram para estar aqui, vocês se voluntariaram. Ninguém os forçou a estar onde vocês estão. Vocês estão aqui para ajudar. O que vocês estão tentando fazer é exatamente o que eu descrevi antes, é esse desejo de expressão no nível da alma. Lenta, porém seguramente, vocês saberão quem são vocês.

Conforme se conectam à Fonte, vocês vão obter uma consciência cada vez mais elevada da sua energia; como se parece, como dirigi-la, como controlá-la. Vocês vão senti-la em seu corpo e ao seu redor, em todos os seres vivos. A coisa mais importante de sua missão é manter a luz (energia/informação) em seu corpo. Vocês possuem essa capacidade inata de conectar-se às frequências das dimensões superiores, ancorá-las em seu veículo e na Terra. Em seguida, vocês a projetam (para fora). Dessa forma, vocês podem mudar a realidade porque são capazes de trazer para o mundo as informações que estão faltando há eons. Lembrem-se, vocês são observadores, os que criam a realidade. Que espécie de energia vocês estão colocando “lá fora”? Vocês são jogadores desafiantes, estão aqui para reescrever o sistema energético que cria a nossa realidade coletiva. É um fenômeno energético em todos os sentidos, mesmo compartilhando a luz dessa maneira faz parte dela.

Enquanto estão em seu caminho, vocês vão desenvolver o desejo de ajudar os demais, que estão prontos para sustentar a luz em seus corpos por si mesmos, aqueles que estão despertando. Seguem esse caminho não importa qual, porque é realmente a sua paixão, a sua alma falando; se vocês não escutarem, apenas porque querem adequar-se ou porque são governados pelo fator dinheiro, vocês viverão uma vida infeliz, fazendo coisas de que não gostam. Além disso, a abundância é apenas uma frequência, como tudo mais, com que vocês entram em sintonia: removam as crenças autolimitantes (como: “dinheiro é ruim”) que estão impedindo que o fluxo os alcance. É o seu direito ter tudo de que necessitam para viver e para realizar a sua missão, o seu propósito de vida. Claro que o dinheiro, neste ponto da jornada, é necessário para trazer ao mundo algo diferente de petróleo e armas.

Sim, não é fácil para nós vivermos em um mundo de tal dualidade, sentimos como se alguém nos largasse aqui. Muitas coisas nos parecem ilógicas: falta de alimentos em muitas partes do mundo, guerras, contas, empregos que aprisionam… e não tem que ser assim.

Tentamos e isso não funciona. Somos rebeldes por dentro, e por algum tempo, temos dificuldades de encontrar o nosso lugar no mundo. Temos esse desejo ardente de viver em liberdade e, às vezes, temos pavor de nos colocar “lá fora”. A verdade é que não há outro jeito, vocês têm que ser abertos, não se escondam, porque estão com medo. Vocês não temeram quando escolheram vir para cá. Vocês desistiram do seu lugar nas dimensões superiores porque sabiam que poderiam trazer algo ímpar para o mundo; isso é quanto vocês são corajosos!

É importante que se tornem profundamente conscientes de que vocês são seres muito poderosos, que vocês têm um impacto na realidade, que é enorme. Vocês têm de ser responsáveis pela sua energia, e de como utilizá-la. A energia flui para onde vai a sua atenção, certo? Se vocês se concentram em coisas negativas, em criar algo que não seja para o bem mais elevado de si mesmos e dos outros, vocês irão aumentar esses temores muito mais do que um ser inconsciente! Da mesma forma, vocês têm um poder de amplificar a luz, o que é maravilhoso!

Muitas vezes, apenas porque não estamos atentos, permitimos que os outros roubem a nossa energia, dando-lhes a permissão, ou tomamos a energia de outra pessoa para o nosso campo. Isso tem de mudar e depende de vocês. Mantenham em mente que vocês estão aqui para abrir caminho para aqueles que seguem, de modo que eles possam despertar de modo mais rápido, mais fácil e em vez disso, sem toda essa dor com que vocês, podem lidar. Isso não significa absolutamente que vocês tenham que se manter nesse estado.

Por favor, não desenvolvam a síndrome do X-man! Não lidem com a vida pensando em termos de “nós (sementes estelares) e eles”.

Todos nós somos expressões únicas, facetas da mesma energia, sem necessidade de participar do jogo da separação. Só há nós, mas vocês têm o direito de proteger o seu bem estar, seus limites e escolher que pessoas estão em seu comprimento de onda. Como se não bastasse, há mais sementes estelares no planeta que vocês nunca poderiam imaginar, nem todas elas estão bem despertas neste momento, e isso está mudando rapidamente, muitos podem fazer parte do grupo que vocês insistem em chamar de “eles”.

Outro aspecto muito importante é que vocês precisam tomar de volta o seu poder e começar a colocar-se em primeiro lugar. Vocês são extremamente empáticos e querem ajudar a todos. Mas, se não cuidarem de si mesmos, vão esgotar a sua energia. “Eu quero ajudar a todas as pessoas que conheço”, basicamente isso não está errado, mas pode tornar-se um problema, quando vocês ficam apegados ao resultado, quando vocês pensam que podem salvar as pessoas (fazer escolhas por elas) ou quando transformam isso em uma necessidade de agradar a todos. Novamente, vocês não podem e isso não é mesmo o seu trabalho! Vocês não estão aqui para viver de acordo com as expectativas das outras pessoas. Façam o que tiver que fazer com confiança, para si mesmos.

Continuem seguindo, almas corajosas, vocês nunca estão sós. Ao longo do caminho, vocês reconhecerão instantaneamente aqueles da sua família de alma, a sua tribo. Um simples olhar é suficiente para compreender que vocês sabem tudo sobre eles, que vocês sabem disso desde sempre, antes desta existência. É instantâneo. Vocês passarão pelo fogo da purificação, vocês sofrerão, será doloroso, tão difícil que vocês não podem sequer imaginar; mas eu digo, novamente, continuem pressionando! Porque um dia vocês serão gratos por tudo isso, confiem em mim. À medida que vocês seguem e relaxam, vocês elevam a sua vibração e atraem para a sua vida os seres com quem vocês têm ressonância. Então, vocês realmente serão gratos porque eles vão inspirá-los e vocês farão o mesmo por eles! Vocês crescerão juntos lado a lado, vocês compreenderão que não estão sozinhos como acreditavam, há seres que estão vivendo e sentindo o que vocês sentem. Eu disse para continuar? Vibrem com a sua tribo!

Por esse motivo é muito importante que vocês comecem a desenvolver os seus dons, seus poderes psíquicos, percepções extrassensoriais (PES), porque eles são as ferramentas, juntamente à sua frequência, que lhes permitem ir além da ilusão do espaço-tempo. Não é algo que está escrito em um pedaço de papel, em um livro de física quântica; é a verdade que vocês podem senti-la e vivê-la, se vocês se abrirem o suficiente. Nem toda a sua tribo pode estar fisicamente com vocês neste momento; estamos colocados estrategicamente ao redor do mundo e isso não é um problema, porque vocês não são seres físicos, corpos, e as regras do jogo são muito diferentes daquilo que nos ensinaram, Conforme vocês ascendem e a sua frequência aumenta, isso será cada vez mais fácil, porque vocês se abrirão para níveis mais elevados de percepção, níveis expandidos da consciência. A sua percepção da realidade mudará de acordo.

As sementes estelares na Terra são principalmente de Sirius, Arcturos, as Plêiades, a Galáxia de Andrômeda. Cada uma delas possui características e capacidades diferentes, mas compartilham diversas características fundamentais:

. Vocês se sentem diferentes da maioria das pessoas, vocês não querem se adequar.

. Vocês sempre tiveram uma sensação, desde a infância, que vieram de outro lugar, como se alguém os largasse aqui.

. Às vezes, vocês sentem saudade do Lar.

. Uma fascinação inata pelas estrelas.

. Conceitos como teletransporte, viagens estelares, portais (buracos de minhoca) são óbvios para vocês.

. Uma conexão profunda com a natureza.

. Conexão com os animais.

. Vocês têm dons psíquicos: sentimento remoto, telepatia, clarividência, clarissenciência, PES etc. Todos nós temos esses e muito mais, alguns deles podem estar latentes, outros podem ser ativados imediatamente por eventos, como a atualização do DNA. Não desistam, trabalhem para desenvolvê-los e tenham fé em que eles serão ativados por vocês no momento certo. Aprendam como controlá-los de modo consciente.

. Vocês possuem capacidades naturais de cura. Treinem-se nas disciplinas como a cura energética (Reiki).

. O seu corpo está menos denso e funciona de uma maneira diferente.

. Vocês são empatas: vocês sentem as emoções de uma forma mais profunda, vocês até sentem as emoções, a energia daqueles que os cercam. Sejam cuidadosos com quem vocês se conectam.

. Vocês se conectam com poucas pessoas, com as pessoas certas, a compreensão é imediata.

. Uma paixão pelo conhecimento (psicologia, física quântica, espiritualidade, astronomia). Não há tempo para conversas fúteis.

. Um conhecimento de uma profunda conexão divina, com base em uma opinião pessoal/experiência direta.

. Vocês reconhecem que vocês são muito mais do que realmente sabem.

. Vocês não gostam de figuras de autoridade.

. Um desejo de reconectar-se com o seu propósito de vida.

. Vocês são seres antigos; vocês são maduros para a sua idade.

. A sua intuição é altamente desenvolvida.

. Atração por civilizações antigas e locais como Gizé, Stonehenge, Pirâmides Maias etc.

. Experiências dolorosas em sua vida e ao mesmo tempo baixa tolerância a qualquer tipo de dor.

. Aversão à violência .

Se isso faz ressonância com vocês, então vocês não são humanos. Temos que estar atentos a isso, não porque queremos nos sentir superiores, mas porque temos que compreender que temos exigências diferentes, que temos que cuidar de nossa energia em todos os sentidos. Parem de buscar alguém que vem do céu! Somos aqueles por que estivemos esperando. O restante da família surgirá no momento certo. Somos os E.T’s. Os Anjos que se acreditava que fossem lendas ou figuras religiosas.

Anjos = E.T.= Vocês! Somos mensageiros, realmente estamos trazendo aqui informações de todas as formas. Por favor, façam a sua pesquisa, busquem as suas experiências, falem com o seu Eu Superior e com os seus Guias Espirituais e concebam a sua opinião. Tudo o que eu posso dizer é: não subestimem essas informações, principalmente se ressoarem com vocês. Isso tudo é muito verdadeiro! Os anjos são simplesmente seres de outras dimensões. São vocês internamente! Vou lhes contar um segredo: eles não possuem asas! Os artistas pintaram as asas, que são a sua aura, o super brilho que têm a sua volta quando eles estão em sua forma mais elevada; todos nós temos, mas não é visível a olho nu, a menos que vocês se treinem. Eles aparecem para nós dessa forma, porque esperamos que sejam assim, eles escolhem essa forma particular de modo que sejam facilmente reconhecidos por nós, mas eles são nada menos que um ser das estrelas! Eles podem estar em um corpo humano ou não!

As sementes estelares são divididas em muitas categorias: crianças índigos, cristais e crianças arco-íris de acordo com os anos em que nasceram e de suas características ímpares.

As índigos são obstinados, estão aqui para abrir caminho e têm personalidades semelhantes a de um guerreiro. Elas estão prontas para encarar qualquer coisa que não esteja nos melhores interesses da humanidade: o seu trabalho é mudar o sistema e qualquer aspecto de dentro para fora. Elas rejeitam qualquer forma de autoridade, porque sabem que são as próprias autoridades. O nome índigo indica a cor correspondente em suas auras (pode ser de outras cores também, juntamente à cor índigo).

As cristais são amorosas, não têm absolutamente dificuldades em perdoar, enquanto as arco-íris são a última geração de sementes estelares; algumas nasceram com a memória e o DNA ativados. Elas têm respectivamente auras cristais e arco-íris. Todas as categorias, principalmente as novas gerações, possuem fortes capacidades psíquicas.

Nota pessoal: Isto foi tirado da página Starseed. Visto que é uma das páginas que mais ajudam, e que são mais vistas a cada mês, eu quis colocar este conteúdo aqui para trazer ainda mais visibilidade. Espero que essas informações valiosas os ajudem a despertar para a sua natureza superior!

Michele Cornacchia


Fonte: I AM MY SOUL | WHO ARE THE STARSEEDS?
Tradução de Ivete Brito – adavai@me.com – www.adavai.wordpress.com

Via: ADAVAÍ | QUEM SÃO AS SEMENTES ESTELARES? – 08/11/16

PREPARANDO O AMBIENTE PARA ORAR OU MEDITAR….

portaldourado-custom-size

CONSAGRAÇÃO DO APOSENTO

Por: Stela Lecocq Müller

Foi através do “Círculo Esotérico da Comunhão do Pensamento” que surgiu uma das mais belas preciosidades do esoterismo brasileiro: a oração conhecida como “Consagração do Aposento”.

É uma oração profunda, de natureza universal, ecumênica.

Hoje, a “Consagração do Aposento” foi incorporada ao acervo cultural da Humanidade.
Pertence, portanto, ao mundo.

É recomendada para todos os dias!

 

Consagração do Aposento

Dentro do circulo infinito da Divina Presença, que me envolve inteiramente, afirmo:
Há uma só Presença aqui, é a da Harmonia que faz vibrar todos os corações de felicidade e alegria.
Quem quer que aqui entre, sentirá as vibrações da Divina Harmonia.
Há uma só Presença aqui, é a do Amor.
Deus é Amor que envolve todos os seres num só sentimento de unidade.
Este recinto está cheio da Presença do Amor.
No Amor eu vivo, me movo e existo.
Quem quer que aqui entre, sentirá a pura e santa Presença do Amor.
Há uma só Presença aqui, é a da Verdade.
Tudo o que aqui existe, tudo que aqui se fala, tudo o que aqui se pensa é expressão da Verdade.
Quem quer que aqui entre, sentirá a Presença da Verdade
Há uma só Presença aqui, é a da Justiça.
A Justiça reina neste recinto.
Todos os atos aqui praticados são regidos e inspirados pela Justiça.
Quem quer que aqui entre, sentirá a Presença da Justiça.
Há uma só Presença aqui, é a Presença de Deus, o Bem.
Nenhum mal poder entrar aqui.
Não há mal em Deus.
Deus, o Bem, reside aqui.
Quem quer que aqui entre, sentirá a Presença Divina do Bem.
Há uma só Presença aqui, é a Presença de Deus, a Vida.
Deus é a Vida essencial de todos os seres.
É a saúde do corpo e da mente.
Quem quer que aqui entre, sentirá a Divina Presença da Vida e da Saúde.
Há uma só Presença aqui, é a Presença de Deus, a Prosperidade.
Deus é prosperidade, pois Ele faz tudo crescer e prosperar.
Deus se expressa na Prosperidade de tudo o que aqui é empreendido em Seu Nome.
Quem quer que aqui entre, sentirá a Divina Presença da Prosperidade e da Abundância.
Pelo símbolo esotérico das Asas Divinas, estou em vibração harmoniosa com as correntes universais da Sabedoria, do Poder e da Alegria.
A Presença da Divina Sabedoria manifesta-se aqui.
A Presença da Alegria Divina é profundamente sentida por todos os que aqui penetram.
Na mais perfeita comunhão entre o meu eu inferior e o meu Eu Superior, que é Deus em mim, consagro este recinto à Perfeita expressão de todas as qualidades Divinas que há em mim e em todos os seres.
As vibrações do meu Pensamento são forças de Deus em mim, que aqui ficam armazenadas e daqui se irradiam para todos os seres, constituindo este lugar um centro de emissão e recepção de tudo quanto é Bom, Alegre e Próspero.
Agradeço-Te ó Deus, porque este recinto está cheio da Tua Presença.
Agradeço-Te, por que vivo e me movo por Ti.
Agradeço-Te, por que vivo em Tua Vida, Verdade, Saúde, Prosperidade, Paz, Sabedoria, Alegria e Amor.
Agradeço-Te, porque estou em Harmonia, Amor, Verdade e Justiça com todos os seres

************************

Baixe AQUI o áudio


Via: ♥ De Coração a Coração ♥: CONSAGRAÇÃO DO APOSENTO

QUANDO VOCÊ É UMA PESSOA EXTREMAMENTE SENSÍVEL…

giphy (5)

16 sinais de que você é uma pessoa extremamente sensível

Por: Amanda L. Chan

Você percebe que reflete sobre as coisas mais do que outras pessoas? Que se preocupa com o que os outros estão sentindo? Você prefere ambientes mais quietos e menos caóticos?

Se essas coisas parecem lhe descrever, talvez você seja uma pessoa extremamente sensível. Esse traço de personalidade – que foi pesquisado a princípio por Elaine N. Aron, Ph.D. no começo da década de 90 – é bastante comum, sendo que até uma em cada cinco pessoas possui essa característica. Aron, que já escreveu vários livros e estudos sobre a sensibilidade aguçada, incluindo o livro “Use a Sensibilidade a Seu Favor”, desenvolveu uma autoavaliação (em inglês aqui) para ajudar as pessoas a descobrirem se são altamente sensíveis.

Ainda que o recente interesse na introversão – impulsionado em grande parte por publicações bastante divulgadas sobre o assunto, incluindo o livro “O Poder dos Quietos” por Susan Cain – tem resultado em uma maior consciência dos traços de personalidade que valorizam menos estímulo e maior sensibilidade, Aron destaca que pessoas com alto grau de sensibilidade ainda são consideradas como uma “minoria”.

Mas ser “minoria” não é algo ruim – na verdade, ser altamente sensível implica em possuir várias características positivas.

Veja aqui algumas das características das pessoas extremamente sensíveis.

1. Elas sentem as coisas de forma mais profunda.

Uma característica que distingue as pessoas altamente sensíveis é a habilidade de sentirem mais profundamente as coisas do que seus pares menos sensíveis. “Elas gostam de processar as coisas profundamente”, disse Ted Zeff, Ph.D., autor do livro “The Highly Sensitive Person’s Survival Guide” (O Guia de Sobrevivência da Pessoa Altamente Sensível) e de outros livros sobre pessoas sensíveis, em entrevista ao HuffPost. “Elas são muito intuitivas e mergulham fundo em si mesmas para entender as coisas”.

2. Elas têm reações mais emotivas.

Pessoas com alto grau de sensibilidade reagem de forma mais intensa às situações.

Por exemplo, elas demonstrarão mais empatia e sentirão maior preocupação com os problemas de um amigo, afirma Aron. Elas também podem ficar mais preocupadas sobre como outra pessoa irá reagir ao enfrentar um acontecimento negativo.

3. Elas provavelmente estão acostumadas a ouvir as frases “Não encare isso de forma tão pessoal” e “Por que você é tão sensível?”

Dependo da cultura, a sensibilidade pode ser percebida como uma vantagem ou como uma característica negativa, explica Zeff. Em algumas de suas próprias pesquisas, Zeff afirma que homens extremamente sensíveis de outros países– por exemplo, Tailândia e Índia – raramente ou nunca eram alvos de brincadeiras, enquanto os homens altamente sensíveis da América do Norte que ele entrevistou eram frequentemente ou sempre zombados. “Então é algo bastante ligado à cultura – a mesma pessoa que ouve ‘Ah, você é sensível demais’ em certas culturas, poderia ser vista de forma positiva em outra”, ele diz.

4. Elas preferem fazer exercícios sozinhas.

Pessoas extremamente sensíveis tendem a evitar esportes em grupo, onde existe a sensação de que todos estão observando cada movimento que elas fazem, diz Zeff. Em suas pesquisas, a maioria das pessoas altamente sensíveis entrevistadas por ele preferiam praticar esportes individuais, como o ciclismo, corrida e trilha, ao invés de esportes coletivos. No entanto, essa regra não vale para todos – existem algumas cujos pais criaram um ambiente de compreensão e apoio de forma que tornou a participação em esportes coletivos mais fácil para elas, afirma Zeff.

5. Elas demoram mais a tomar decisões.

Pessoas altamente sensíveis possuem uma percepção maior das sutilezas e detalhes que poderiam dificultar a tomada de decisões, diz Aron. Ainda que não haja uma decisão “certa” ou “errada”— por exemplo, é impossível escolher um sabor “errado” de sorvete – mesmo assim pessoas altamente sensíveis tendem a demorar mais para escolher, pois estão pesando cada resultado possível. O que Aron aconselha para lidar com isso: “Leve o tempo que a situação permitir para escolher e peça mais tempo se precisar e estiver disponível”, ela escreveu em uma edição recente da sua newsletter chama Comfort Zone. “Durante esse período, tente imaginar por um minuto, hora, dia ou mesmo semana, que você tomou certa decisão. Como se sente com isso? Muitas vezes, depois de tomarmos uma decisão temos uma visão diferente e esse exercício lhe permite imaginar de forma mais real que você já está na situação”. Uma exceção: Uma vez que uma pessoa muito sensível chega à conclusão de qual é a decisão certa e qual é a errada a tomar em uma determinada situação, ele ou ela conseguirá tomar a decisão “certa” mais rapidamente no futuro.

6. Por outro lado, elas ficam mais chateadas se tomam uma decisão “ruim” ou “errada”.

Você já conhece aquela sensação incômoda quando se dá conta de que tomou uma decisão ruim. Para pessoas altamente sensíveis, “essa sensação é ampliada devido à reação emocional exacerbada”, explica Aron.

7. Elas são extremamente detalhistas.

Pessoas extremamente sensíveis são as primeiras a perceber os detalhes em um ambiente, os sapatos novos que você está usando ou uma mudança no clima.

8. Nem toda pessoa altamente sensível é introvertida.

Na verdade, aproximadamente 30% das pessoas altamente sensíveis são extrovertidas, de acordo com Aron. Ela explica que, muitas vezes, pessoas sensíveis que também são extrovertidas foram criadas em uma comunidade onde as pessoas eram próximas, seja um bairro, uma cidade pequena – o que lhes proporcionava interação com muitas pessoas.

9. Elas trabalham bem em equipe.

As pessoas muito sensíveis são ótimas profissionais e trabalham bem em equipes devido ao seu pensamento profundo, diz Aron. Porém, talvez se encaixem melhor desempenhando funções em equipes onde elas não tenham que tomar a decisão final. Por exemplo, se uma pessoa altamente sensível faz parte de uma equipe médica, ele ou ela contribuiria muito na análise dos prós e contras de uma cirurgia para o paciente, enquanto outro profissional tomaria a decisão final sobre a realização ou não da cirurgia no paciente.

10. Elas estão mais propensas à ansiedade ou depressão (mas só se tiveram muitas experiências negativas no passado).

“Se você teve várias experiências ruins, especialmente no começo da vida, você não se sente seguro no mundo ou em casa ou na escola. O seu sistema nervoso está sempre no modo ‘ansioso’”, explica Aron. Mas isso não significa que todas as pessoas altamente sensíveis continuarão sendo ansiosas – e na verdade, ter um ambiente de apoio pode ajudar bastante a prevenir isso. Pais de crianças muito sensíveis precisam ter uma consciência maior “de que ela são fantásticas, mas precisam ser tratadas da maneira correta”, diz Aron. “Você não pode protegê-las demais e nem de menos. Você precisa achar o ponto certo, quando elas são pequenas, para que possam sentir confiança e lidar bem com isso”.

11. Aquele som irritante provavelmente irrita muito mais uma pessoa altamente sensível.

Ainda que praticamente ninguém goste de ruídos irritantes, em geral, pessoas extremamente sensíveis têm maior sensibilidade ao caos e ao barulho. Isso acontece por elas ficarem mais facilmente sobrecarregadas e excessivamente estimuladas com muita atividade, afirma Aron.

12. Filmes violentos são os piores.

Devido ao alto nível de empatia e à facilidade de ficarem excessivamente estimuladas, talvez filmes violentos ou de terror não sejam a melhor pedida para pessoas altamente sensíveis, diz Aron.

13. Elas choram com mais facilidade.

E por isso é importante que pessoas muito sensíveis não se exponham a situações em que sentirão vergonha ou onde não é ‘permitido’ chorar facilmente, diz Zeff. Se amigos e familiares entendem que a pessoas é simplesmente assim – que ela chora facilmente – e apoiam essa forma da pessoa expressar-se, então “chorar com facilidade” não será uma coisa vergonhosa.

14. Elas são extremamente bem-educadas.

Pessoas altamente sensíveis também são pessoas altamente conscientes, diz Aron. Por isso, elas provavelmente são atenciosas e agem de maneira educada – e também estão mais propensas a perceber quando alguém não tem consideração pelos outros. Por exemplo, pessoas muito sensíveis podem ter consciência maior de onde deixam o carrinho parado no supermercado – não por medo de alguém passar e pegar algum produto, mas para evitar serem mal-educadas e deixar o carrinho atrapalhar a passagem de outra pessoa.

15. Os efeitos das críticas são ainda maiores para pessoas extremamente sensíveis.

Elas reagem de forma mais intensa às críticas do que as pessoas menos sensíveis. Como resultado disso, elas podem usar certas táticas para evitar tais críticas, talvez tentando sempre agradar às pessoas (para que não haja o que criticar), criticando a si mesmas primeiro ou evitando totalmente a origem das críticas, de acordo com Aron.

“As pessoas podem falar coisas negativas e uma pessoa que não é altamente sensível pode responder dizendo ‘E daí?’ e isso não lhes afeta”, diz Zeff. “Mas uma pessoa altamente sensível sentiria aquilo de forma muito mais profunda”.

16. Cubículo = bom. Escritório amplo = ruim.  

Da mesma forma que pessoas altamente sensíveis gostam de fazer exercícios sozinhas, elas também preferem ambientes em que trabalham a sós. Zeff diz que muitas pessoas extremamente sensíveis gostam de trabalhar em casa ou serem autônomas, porque podem controlar a quantidade de estímulos no ambiente de trabalho. Para as pessoas que não podem se dar ao luxo de ter horário (e ambiente) flexível, Zeff observa que costuma ser mais vantajoso trabalhar em um cubículo – onde terão mais privacidade e menos barulho – do que em um escritório com layout mais aberto.

 

Fonte: HuffPost Brasil |16 sinais de que você é uma pessoa extremamente sensível

A TRANSFORMAÇÃO DO MUNDO COMEÇA EM VOCÊ…

mother_earth-father_sky

18 Sinais de Que Você Está Aqui Para Transformar a Consciência Humana

Por: Lissa Rankin

Por anos, muitas pessoas têm falado sobre “A Mudança”, esta misteriosa transformação da consciência humana, que está em andamento.

Desde o fim do calendário maia em dezembro de 2012, algumas pessoas tendem a trocar informações a distância sobre a evolução das espécies, a revolução do amor e outras mudanças aparentes, esperançosos mas difusos no que significa ser: humano. Quero tomar um minuto para ajudar todos nós a aterrarmos esta noção um pouco flutuante.

Veja se algumas destas coisas soam familiares:

  • Você tem uma visão de alguns aspectos de um mundo mais belo e você sabe que é o seu propósito sagrado ajudar a trazê-lo à existência?
  • Você sente que alguma coisa está fora de alinhamento no mundo e você quer ser uma parte da solução?
  • Você já experimentou um evento que alterou sua vida, mudando tudo para você e agora quer usar essa experiência para ajudar os outros?
  • Você tem uma ideia inovadora que pode fazer do mundo um lugar melhor?
  • Você se sente chamado a ajudar os outros, a curar, transformar, ligar, amar, criar, ter sucesso e prosperar?

Se você pensa assim. Eu tenho a sensação de que você é um de nós! Bem-vindo meu amigo, é o que Martha Beck chama de “A Equipe”. Em seu livro “Encontrando Seu Caminho em um Novo Mundo Selvagem“, Martha Beck define os membros da equipe pelas seguintes características.

Você pode não reconhecer todos os atributos, mas se você é um membro da equipe, é provável que você esteja balançando a cabeça concordando, muitos de vocês apresentam as características daquelas almas que encarnaram aqui neste planeta para facilitar esta mudança mística na consciência humana.

Veja se alguns desses traços da equipe ressoam com quem você é e como você se sente:

1. Uma sensação de ter uma missão específica ou propósito envolvendo uma grande transformação na experiência humana, mas sendo incapaz de definir o que esta mudança poderia ser.

2. Um forte sentimento de que a missão qualquer que seja, está chegando mais perto no tempo.

3. Uma compulsão para dominar certos campos, habilidades ou profissões, não só para a progressão na carreira, mas em preparação para esta missão pessoal parcialmente entendida.

4. Altos níveis de empatia, uma capacidade de sentir o que os outros sentem.

5. Um desejo urgente de diminuir ou evitar o sofrimento dos seres humanos, animais ou mesmo as plantas.

6. Solidão decorrente de um sentido de diferença, apesar de geralmente ter altos níveis de atividade social. Uma mulher resumiu este sentimento perfeitamente quando ela disse: “Todo mundo gosta de mim, mas ninguém é como eu”.

7. Altos níveis de criatividade, paixão pela música, poesia, ou artes visuais.

8. Um amor intenso pelos animais, às vezes um desejo de se comunicar com eles.

9. Início de vida difícil, muitas vezes com um histórico de abuso ou trauma de infância.

10. Intensa ligação com certos tipos de ambiente natural, como o mar, montanhas, ou florestas.

11. Resistência à religiosidade convencional, paradoxalmente acompanhado por um forte senso de propósito ou anseio espiritual.

12. Amor pelas plantas e jardinagem, a ponto de sentir-se vazio ou deprimido se não tem a oportunidade de estar entre as coisas verdes e/ou ajudá-las a crescer.

13. Sensibilidade emocional muito alta, muitas vezes levando a ansiedade, vícios, ou distúrbios alimentares.

14. Senso de intensa conexão com certas culturas, línguas, ou regiões geográficas.

15. Deficiência, muitas vezes (dislexia, autismo) em si mesmo ou em um ente querido. Fascínio com as pessoas que têm deficiência intelectual ou doença mental.

16. Personalidade aparentemente gregária, contrastando com uma profunda necessidade de períodos de solidão, a sensação de estar sendo drenado pelo contato social e sentir sua “energia” sendo retirada novamente.

17. Doença física persistente ou recorrente, muitas vezes grave, com sintomas que variam inexplicavelmente.

18. Devaneios (ou sonhos à noite) sobre a cura de pessoas doentes, criaturas, ou lugares.

Você! Você! Você!

Se você ler essa lista (como eu fiz) pensando “Checado, Checado, Checado,” você é definitivamente um de nós, um visionário, curandeiro, buscador de caminho na equipe. E o mundo precisa que você cumpra o seu propósito sagrado !

Como Martha escreveu:

“Se pessoas suficientes começarem a expressar sua verdadeira natureza no mundo incrivelmente interligado que estamos criando, o efeito cumulativo realmente poderia começar a curar a verdadeira natureza de…, bem, de tudo.”

O Karass

Em meu novo livro “A Anatomia de Uma Chamada” eu escrevi sobre os membros da equipe, mas também sobre o “Karass”, que é a própria forma especial de reunir uma equipe.

Em “Cama de Gato“, Kurt Vonnegut escreve sobre como o Criador organiza o mundo em unidades que ele chama de “Karass.”

Karass é uma unidade de seres encarnados cujo trabalho é executar as ideias divinas do Criador. Todos os membros de um Karass seguem um propósito coletivo sem problemas, embora muitos nunca sequer saibam que fazem parte de um Karass.

Mesmo que nunca se encontrem, eles trabalham juntos em harmonia, em um serviço impecável para executar a ideia divina do Criador. Tudo em suas vidas favorece o propósito perfeitamente, mesmo que possam estar acelerando o propósito inconscientemente.

Quando você encontrar alguém que é um membro do seu Karass, mesmo que ele possa não fazer sentido para você em um nível humano, você vai reconhecê-lo como um membro da família instantaneamente. Suas almas vão ressoar, mesmo que pareça não ter nada em comum no nível humano.

Isto é uma forma do Criador começar coisas importantes no mundo. Seu Karass é como um exército pacífico que foi ativado para trazer luz para o mundo.

Vonnegut compara o Karass com o seu polo oposto que ele chama de “O granfalloon.” O granfalloon é um grupo de pessoas que pensam que estão ligados uns aos outros de alguma forma, mas eles não têm nenhuma conexão espiritual.

Por exemplo, uma classe que se formou na universidade ou os integrantes de um partido politico ou os fãs de um cantor. Eles são completamente alheios uns aos outros quando se trata de sua finalidade de alma. Eles podem pensar que pertencem à mesma tribo, mas o vínculo é superficial, enquanto que a ligação entre os membros de um Karass é profunda e pura.

Membros do mesmo Karass são atraídos para a sua finalidade como elétrons em torno de um núcleo. Alguns vivem muito perto do seu propósito.

Alguns estão mais longe. Mas todos são atraídos pelo efeito de um magnetismo espiritual. Eles podem nunca se encontrar uns aos outros, ou podem ser casados entre si. Eles podem trabalhar no mesmo campo, ou eles podem ter carreiras muito diferentes. Mas suas vidas se encaixam no serviço a este propósito espiritual compartilhado.

Estamos todos aqui para um propósito desconhecido. Servir a este fim nos faz sentir realizados e enriquecidos. Mas se formos seduzidos para fora do nosso propósito por ambição, fama, dinheiro, ou uma busca do ego pelo conforto, nossa vitalidade é roubada de nós. Quando nos comprometemos com este fim que estamos aqui para servir, quando nos entregamos a servi-lo com grande impecabilidade, tudo começa a se encaixar.

10 Atributos de Visionários de Sucesso

Para ajudar os membros da equipe de apoio que estão a serviço do seu Karass eu escrevi um e-livro gratuito de como elevar o mundo: Um guia para visionários inspirados que você pode baixar como um presente. Estão incluídos neste livro os “10 Atributos de Visionários de Sucesso“, juntamente com dicas práticas para ajudar a cultivar cada um desses atributos.

Quando nos reunimos para apoiar uns aos outros, nós elevamos nossa missão compartilhada e ajudamos a elevar o mundo juntos.

Joseph Campbell disse:

“Então, isso é o que o destino é: Simplesmente o cumprimento das potencialidades das energias em seu próprio sistema”.

Ninguém forjou esse caminho para você porque o seu caminho é único. Ninguém pode prever onde o caminho vai acabar, porque cada torção e volta do caminho vai ser uma surpresa e tudo é possível. Mas uma coisa é garantida.

Quando você se compromete completamente com a realização do seu propósito, livre das ilusões do ego, forças invisíveis poderão ajudá-lo.

Minha nova palavra favorita é “pronoia”, o oposto de paranoia. É a crença inabalável de que tudo no Universo está conspirando para apoiá-lo e lavá-lo com bênçãos.

Se você foi chamado para servir em uma das ideias divinas do Criador, você não vai trilhar este caminho sozinho. As pessoas perfeitas vão aparecer para apoiar a sua viagem. As ferramentas que você precisa serão oferecidas a você.

Você receberá a oportunidade de aprender as lições que precisa aprender. E quando você olhar para trás em toda a sua vida, os triunfos, os desafios e tudo mais, você vai descobrir que estava preparado para esta tarefa durante toda a sua vida. Não há maior presente na vida do que isso.

Bênção para você em sua jornada,

©Lissa Rankin, MD


 

Origem: in5d.com

Tradução e Divulgação: A Luz é Invencível

Fonte: 18 Sinais de Que Você Está Aqui Para Transformar a Consciência Humana

QUANDO A BUSCA PELA PAZ INTERIOR REQUER OUTRAS ESCOLHAS…

tumblr_nckhhue5P21qflcfao1_1280

Como lidar com a solidão no caminho espiritual

Equipe Despertar Coletivo

Para aqueles que são orientados espiritualmente não é incomum se sentir um pouco desconectado das outras pessoas, a experiência de solidão é quase um subproduto natural do despertar espiritual. Embora possamos estar conectados ao nosso sistema de orientação interna, também podemos nos sentir um pouco deslocados na sociedade moderna onde o materialismo, o consumismo e a negatividade reinam supremos. Se você está passando por um processo de despertar, ou se já passou, então você certamente vai saber o que se sente ao ser rejeitado pelo rebanho.

Dessa forma, como podemos manter um sentimento de unidade com todos se estamos nos sentindo emocionalmente separados? Aqui estão algumas maneiras úteis de lidar com a solidão do caminho espiritual:

1) A própria realidade é apenas uma peça de teatro na consciência. É tudo um sonho.

Você está sonhando agora. Você não está sonhando no sentido de que o seu corpo está dormindo, mas você está sonhando no sentido de que, quando você morrer, você vai acordar em uma nova dimensão. Você vai perceber que a sua vida e sua jornada foram tudo um grande jogo que foi instalado para que você pudesse evoluir como uma alma. Alimentar e ganhar uma perspectiva como esta, realmente ajuda a lidar com a solidão, porque permite lembrar que a vida é uma projeção de nossa consciência.

Não leve as coisas tão a sério! Aprenda com o sonho, ouça e explore-o, mas não deixe que o conteúdo do sonho segure você.

2) Agir através do amor e não do medo

Não deixe que pensamentos como “Eu sempre vou ficar sozinho”, “Eu nunca vou encontrar um bom grupo de amigos” ou “Eu nunca vou ter alguém com quem me relacionar” dominar sua consciência. O problema de usar o medo como um motivador na vida é que a tomada de decisões através do medo empurra as coisas que queremos para longe. Por exemplo, se temos medo de ficarmos sozinhos, nós realmente atrairemos mais solidão em nossas vidas.

Será que alguém realmente quer ser energeticamente atraído por um campo de energia de medo e auto-piedade? Crie um espaço de autoconfiança e amor em sua vida, pois o Universo responde àquilo que você transmite.

3) Seguir o fluxo

A vida na sociedade moderna é sempre muito frenética. Mas não há necessidade de pressa e de tentar ganhar a corrida dos ratos. Lembre-se, não há nenhum lugar que você precisa estar, nada que você precisa fazer e ninguém para impressionar. Às vezes causamos ansiedade a nós mesmos mantendo-nos à altura das expectativas que a sociedade nos impõe. Você não precisa de um grupo de 10 amigos que se reúnem a cada fim de semana. Você não precisa de um relacionamento brilhante. Criar expectativas de conseguir uma vida assim só gera estresse e frustração.

Aprender a deixar fluir e relaxar será uma das melhores coisas que você pode fazer para criar uma vida feliz para si mesmo. Siga sua intuição e faça as coisas que vêm naturalmente para você. A vida é sobre uma jornada. Trabalhe com o universo, siga seu coração e mantenha-se aberto às possibilidades.

4) Buscar outras alternativas

Lembre-se sempre, há muitas pessoas espiritualizadas lá fora. Não desanime se você ainda não encontrou nenhuma dentro do seu círculo. Tome uma atitude para com a vida que você quer e procure por novas experiências através de caminhos diferentes. Faça uma aula de yoga ou um curso de terapia alternativa. Junte-se a uma comunidade espiritual local ou até mesmo online. Faça um trabalho voluntário em algum projeto que você acredite que vale a pena. Enfim, deixe todas as suas portas abertas para o novo.

Não é incomum se sentir sozinho ou excluído em nossa sociedade, especialmente se você tem visões e crenças alternativas. Não se sinta mal por isso, a auto-piedade é inútil. Sinta-se feliz por você ter coragem de ser você mesmo em um mundo onde a individualidade é suprimida. Sinta-se animado, contando que seja íntegro você só terá relacionamentos incríveis, há milhões de pessoas que se sentem dessa mesma maneira. Se você estiver disposto a dar um passo pra fora da zona de conforto e fazer essas conexões acontecerem, o universo fornecerá o apoio que você precisa.

(Texto de Steven Bancarz | Traduzido e adaptado por Despertar Coletivo | Via: The Spirit Science)

Fonte: DESPERTAR COLETIVO – Como lidar com a solidão no caminho espiritual