O FOCO DE NOSSA CONSCIÊNCIA TORNA-SE A REALIDADE DO NOSSO MUNDO…

nova realidade

DOMINE SUA MENTE HOLOGRÁFICA

Por: Meg Benedicte

 

Tudo está mudando tão rápido que é um desafio para a mente processar tudo. As Linhas de Tempo estão embaralhadas, algumas desligando-se e novos resultados futuros chegam no plano terrestre.

Muitas das mudanças estão ocorrendo no domínio não-físico do campo quântico. Ao experimentar a vida através da lente limitada do cérebro esquerdo ligado a terra, nossa percepção diária perde mais de 70% dos dados recebidos.

A pesquisa científica sobre o Blue Brain Project (Projeto Cérebro Azul) revelou que o cérebro humano tem a capacidade de processar a realidade em até 11 dimensões diferentes. Operando como um transmissor / receptor, o cérebro converte os dados em estruturas neurológicas multidimensionais, chamadas cliques/estalos, que se desintegram quando são compreendidas.

“É como se o cérebro reagisse a um estímulo construindo e arrasando uma torre de blocos multidimensionais, começando por hastes (1D), depois pranchas (2D), então cubos (3D) e geometrias mais complexas na 4D, 5D, etc. A progressão da atividade através do cérebro se assemelha a um castelo de areia multidimensional que se materializa fora da areia e depois se desintegra”, disse o pesquisador Ran Levi (*).
(*) no link http://www.newsweek.com/brain-structure-hidden-architecture-multiverse-dimensions-how-brain-works-624300

A pesquisa neurológica está provando que a memória existe além do cérebro, operando em um sistema holográfico. A pesquisa inovadora de Karl Pribram durante a década de 1970 revelou que o córtex visual responde a frequências de várias formas de onda, como a orelha é um analisador de frequência de ondas sonoras.

Assim como uma câmera de televisão converte uma imagem em frequências eletromagnéticas que o aparelho de televisão converte de volta para a imagem – nosso cérebro funciona de forma semelhante.

Um holograma é uma fotografia tridimensional feita com o auxílio de um laser (luz fotônica). Ao contrário das fotografias normais, cada parte de um holograma contém toda a informação possuída pelo todo. Se tentarmos desmontar algo construído de forma holográfica, não obteremos os pedaços de que é feita, só teremos conjuntos menores.

Uma vez que a frequência é uma medida das oscilações de onda por segundo, isso sugere que o cérebro funciona da mesma forma que um holograma – um caleidoscópio contínuo de padrões de onda de interferência que transportam informações da imagem inteira para a mente.

Em um universo holográfico onde nada é verdadeiramente separado de qualquer outra coisa, então o passado, presente e futuro existem simultaneamente.

De acordo com o livro fascinante de Michael Talbot, The Holographic Universe, “o super holograma deu à luz tudo em nosso universo, contendo todas as partículas subatômicas que foram ou serão – toda configuração de matéria e energia possível, de flocos de neve a quasares, de baleias azuis a raios gama. Deve ser visto como uma espécie de armazém cósmico de “Tudo O Que É”.

Codificar e decodificar frequências é como funciona um holograma. O cérebro atua como um dispositivo de tradução que converte um fluxo infinito de frequências em imagens coerentes. Quanto maiores os padrões de frequência que o cérebro recebe, os níveis mais altos de consciência, a lente holográfica converte em imagens.

Embora acreditemos que somos seres físicos vivendo vidas separadas em um mundo físico, isso também é uma ilusão.

Nossa percepção da realidade física se origina na seleção do nosso cérebro de certas bandas de padrões de frequência. Estamos vivendo como receptores de rádio em um mar caleidoscópico de frequência (3D, 4D, 5D, etc.), e o que extraímos deste mar, e convertemos em realidade física, é apenas um canal da totalidade do super-holograma.

Onde escolhemos concentrar nossa atenção e intenção, afeta diretamente a materialização de nossa vida humana. O foco de nossa consciência torna-se a realidade do nosso mundo.

Uma vez que percebemos que estamos materializando em forma física em relação direta com nossa lente interna, começamos a reconhecer o impacto de nossos pensamentos, intenções e emoções, quando recebemos feedbacks “reações”.

Se todos os seres humanos são campos eletromagnéticos vibrando em uma certa frequência de saída, nosso estado mental e emocional está afetando diretamente a manifestação de nosso meio ambiente. E vice versa!

É o cérebro direito intuitivo que possui uma propensão inata para o acesso (multidimensional) da atemporalidade.

Quando duas ou mais mentes se concentram, mutuamente, em um propósito singular, não importa onde vivamos, nossas ondas cerebrais começaram a imitar e combinar, e nossos corpos experimentam sensações idênticas. Os neurologistas chamam esse “arrastão de ondas cerebrais” – os padrões de ondas elétricas se sincronizam em uma ressonância quando os dois cérebros estão em união.

Surpreendentemente, o cérebro não pode distinguir entre uma experiência imaginada e uma experiência física real… espelho dos neurônios no cérebro age de forma semelhante, seja o observador ou o participante.

O corpo responde o mesmo a ambas as experiências. Isso pode levar a um pensamento rígido delirante ou a uma intenção consciente melhorada. O iludido não pode dizer a diferença entre a verdade física ou a da fantasia virtual. Estamos vendo esta falta de discernimento cada vez mais na sociedade moderna.

Quando não podemos acessar a sabedoria do cérebro direito, encontramos nossa inteligência limitada à lógica linear do cérebro esquerdo dos sentidos físicos.

Com capacidade cerebral cognitiva limitada, os seres humanos são suscetíveis a programas dominantes sugestivos de controle mental, magias e realidades virtuais que entram de sistemas de crenças familiares, culturais e religiosas.

A consciência viaja do cérebro através de uma rede complexa de caminhos neurais para os locais receptores nas células simultaneamente pelo emaranhamento de partículas subatômicas e a qualidade da onda da luz fotônica.

Quanto mais luz você absorver, mais iluminado seu corpo, coração e mente se tornará – quanto mais consciente você estiver! Incendeie/prepare seus neurônios-espelho com visualizações de imagens positivas, soluções e resultados futuros.

Desenvolva discernimento autêntico através da coerência mente/coração… sinta a frequência de verdade em seu corpo sensorial. Evite as armadilhas da interferência do controle mental ativando seu cérebro direito psíquico multidimensional.

Quando você ganha o controle do poder da sua mente, você tem a capacidade de transformar sua vida!

Amorosamente,
Meg

 


Por favor, respeite os créditos ao compartilhar
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – http://www.decoracaoacoracao.blog.br
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – https://lecocq.wordpress.com
Copyright © 2017 Meg Benedicte * Todos os direitos reservados *

Fonte: NEW EARTH CENTRAL | Master Your Holographic Mind
Tradução Vilma Capuano – vilmacapuano@yahoo.com.br

Via: ♥ De Coração a Coração ♥: DOMINE SUA MENTE HOLOGRÁFICA

Anúncios

SOMOS TODOS PROVENIENTES DA MESMA FONTE CRIATIVA, QUE É DEUS…

quem-e-voce

KRYON – QUEM É VOCÊ

KRYON
Canalizado por Lee Carroll

Indianápolis, Indiana, em 20 de Julho de 2014

 

Saudações, queridos, EU SOU KRYON do Serviço Magnético.

Ontem comecei uma mensagem e hoje eu gostaria de repetir uma parte e expandi-la. Relaciona-se com a eterna questão que está além do que é ensinado hoje. Uma linda pergunta que você não faz suficientemente vezes.

Antes de eu dizer qual é a pergunta, temos que perguntar o seguinte:

Você está ciente, verdadeiramente consciente das forças que os rodeiam?

Da atração entre o yin e o yang?

Trabalhador da luz: por que parece como se você estivesse empurrando uma rocha montanha acima durante tantos anos de sua vida e especialmente nos últimos tempos?

Isso vai além de qualquer canalização que temos dado nestes últimos dois anos. Nós dissemos muitas coisas sobre a mudança que está em curso, dando informações sobre a recalibração e como se sintonizar com uma nova freqüência, por assim dizer.

Falamos com os curadores, aos que meditam, aos canalizadores e dissemos a todos que a energia a qual estavam acostumados já não seria a mais a mesma.

Temos dito recentemente que não haverá tal coisa como voltar ao que era antes. Há uma semana nós dissemos que o normal nunca seria normal como tal e que cada dia poderia acordar com um parâmetro inesperado, porque o novo “normal”, se é que isso existe, será um caminho que não termina.

A mudança constante.

Nós dissemos que o novo ser humano não só se acostumará com isso, mas vai esperar por isso, porque a mudança trará coisas novas. E as novidades sempre serão melhores do que as do dia anterior.

Agora, isso é uma metáfora, quando dizemos “o dia anterior”, pode ser o ano anterior, a geração anterior – e inclusa a vida anterior, mas as coisas irão se distanciar do marcador normal.

Temos dado todas as informações sobre a linha do tempo da história humana, para onde vão e de onde vêm. Dissemos que Kryon está aqui por causa do que fizeram.

Muitos perguntam: “Quem é Kryon?”

É a coisa mais difícil que tenha que responder, porque você nem sequer sabe quem é você.

Você não me vê com você, certo?

Você se relaciona com as mensagens, sentam-se para ouvir, talvez sinta o amor, mas não olham para ver que há uma Fonte Criativa que eu represento e de onde vocês pertencem também.

Você não me vê, porque isolam, separam, colocam nomes e rostos às coisas, atribuem personalidades sobre as coisas e as conserva à parte.

A natureza humana quer seguir um líder, se for importante está cercado por amor, os velhos paradigmas de gestão: há sempre alguém no comando.

E se eu lhe disser que nenhum desses paradigmas existirá no futuro?

E se eu lhe disser que no futuro não haverá a canalização?

E se eu disser que você chegará a um estado de consciência em que, embora não pensem da mesma forma, todos sabem exatamente o que fazer?

Podem imaginar uma fábrica onde cada trabalhador sempre sabe o que fazer, sem precisar de supervisores ou gerentes?

Dão-se conta que isso seria possível se todos estivessem conectados em um estado de pleno saber?

Ah… suas personalidades permanecem preservadas, pois cada um é diferente e único, mas todos “seriam como uma só consciência.”

Como seria um planeta onde todos sabem ao mesmo tempo?

Onde não se matam uns aos outros e a semente de Deus esta dentro de cada um.

Um planeta onde convivem muito bem.

Nós lhes dissemos muitas destas coisas, porém nós não temos abordado o ponto principal ultimamente. Então é hora de revê-lo queridos, voltar realmente para a essência de tudo.

Eu não quero que perca de vista o seguinte:

Quem é você? E eu me refiro ao grande “Quem”.

Falamos de todos os tipos de atributos: às vezes sobre sincronicidade, às vezes de cocriação, às vezes sobre meditação. São atributos do ser humano, parte do grupo de almas, do grupo humano, do grupo de Gaia mas, de fato, o que está faltando e que realmente não temos discutido e nem mencionado muito, é algo que não se pode explicar, ou seja:

Quem é você.

O grande Quem.

Querido, como você descreveria o Eu Superior?

O que seria para você? É indescritível?

Quantos de vocês realmente o veem como o seu ser?

Isso é difícil.

E para aqueles que o veem como sendo o seu ser, quantos fizeram a pergunta: Quem é você?

A verdade da questão queridos, é que vocês são provenientes da fonte central que é Deus e embora tenhamos dito que possuem uma semente estelar em cada um, todavia essas sementes são múltiplas, ou seja, provem dos pleiadianos e antes deles a semente dos Arcturianos e as sementes de Orion. Portanto, reunidos para ajudar, protegido por Ashtar e muitos grupos são parte de você e também todos eles tiveram forma corpórea em algum momento.

Eu não estou falando apenas disto.

Qual é a essência? Qual é a essência?

Para que possa realmente ver isso que está dentro de você, o que representa na verdade, o que está lhe falando agora e que está disponível como experiência através da pineal.

Quem é você?

Voltaremos a isto.

Quando começamos a lhes falar através das canalizações logo no início, usamos coisas que eram metáforas, mas elas não eram. Começamos a falar sobre a física do amor.

Há uma energia no planeta que não se pode negar que exista, a qual não tem explicação, nem regras, que é cheia de emoção: e é o amor.

Mãe, a primeira vez que você olha para o seu filho e você o segura contra o seu peito e ele apenas acabou de deixar seu corpo e o cordão umbilical foi cortado e, então, se tiver a felicidade de a criança olhar em seus olhos ocorrerá uma conexão ai. E essa conexão é para sempre.

Você pode negar as emoções que estão ai?

E o como você pensa sobre essa criança, este bebê neste instante?

Percebe que esse cordão nunca se corta?

É algo físico e como você explicaria isso?

É energia? Não é energia? (O que é?)

É energia da emoção e é algo para sempre!

A Humanidade então a descarta: ah é apenas uma emoção.

Ou será que pode haver Física nisto? E se houver, qual será?

Há vinte anos, dissemos isto – 20 anos! – que o espaço entre o núcleo e a nuvem de elétrons na estrutura atômica está preenchido com a Física do Amor.

E houve alguns que pensaram: “Ah, como isso é terno e doce! Kryon faz nosso coração palpitar quando nós pensamos sobre essas coisas!”.

Bem, não há palpitações envolvidas e sim há Física! E é isso que eu quero que você entenda! De onde você vem? O que é o Lar? E qual é a conexão e quem é Você? Agora é hora de rever o que você precisa ouvir.

Você está cheio de uma Fonte que é mais grandiosa do que grandiosa, mais pura do que pura e na medida em que acompanhar a evolução da consciência humana, você verá que não chegará a lugar nenhum a não ser que você realmente reconsidere isso mais e mais, uma e outra vez, ou seja, que na essência de tudo está o Amor.

E você começa a tecer conexões entre um humano e outro e outro mais e percebe que existe uma conexão de amor entre todos vocês, se o permitirem!

A quem não querem amar? Seria bom que pensassem nisso! Porque o novo ser humano verá as conexões entre todos. A capacidade de amar aqueles que são difíceis de amar, se trata de evolução, evolução consciente, evolução espiritual e reúne a Terra de uma forma inesperada.

Quando você pode olhar para alguém, sem se importar com o que este tenha feito e transformar o seu coração em relação a essa pessoa, a ponto de ajudá-lo, sem acusar, sem julgar. Isso sim será algo novo, certo?

Poderão, então, compreender a Fonte. Quando viram os mestres que caminharam sobre este planeta, onde as flores desta Terra floresciam a cada passo dado por eles, quando os animais os seguiam, o que acha que era isso?

Você acha que é algo terno, afetuoso? Ou você acha que pode haver alguma coisa? Algo que está além da compreensão, algo que não pode ser medido, que é a Física da Fonte da Criação e que está em seu interior.

Quanto mais elevado operar o seu DNA, mais amor haverá nas células do seu corpo e esse é o amor do Criador, não um amor egoico, portanto então lhe digo querido ser humano, você tem que aprender a amar esta parte de si mesmo. Deve olhar em seus olhos e amá-la!

Todo esse processo que temos falado por vinte e cinco anos, da consciência mudando o que está em seu corpo, tem um complemento extra.

Você precisa saber o que é:

Deve amar a si mesmo com o processo e eu estou falando sério!

Se você não fizer isso, só chegará até a metade do caminho.

É difícil! Velha alma, trabalhador da luz, teve que percorrer por tanta energia antiga – e nós estávamos lá o tempo todo – todas as questões e problemas e frustrações.

O amor é a chave para a solução! É a chave para a solução!

Você pode amar o problema? (Kryon sorri).

Você pode amar a situação, mesmo se não é o que você quer, embora ainda não esteja resolvida, mas está em processo de criação?

Os seres humanos têm uma tendência de unir causa e efeito e não resulta em nada aceitável entre um e outro (Kryon sorri). Nem sequer podem ver a si mesmos evoluindo (Kryon sorri).

Se você não tem a solução final, então não têm nenhuma solução, não compreende a beleza do que tem.

Nenhum de vocês está no Lar queridos, nenhum está no Lar!

Estão na Terra, trabalhando. Sabiam disto? Dão-se conta disto, não é?

Você sabe onde é o Lar?

É de lá que eu venho, é de lá que você vem, nós somos todos de lá. Digo-lhe isto: quando você está lá comigo, há pureza, e há a sonoridade do amor e a confluência da pureza que você não pode imaginar ou conceber, vem de lá.

Essa é a parte que quer se conectar com você, que é o amor que está buscando. Se você pudesse dar um nome ou designar a situação diria que é a parte de você que quer se reconectar com você.

É a parte de você do outro lado do véu, que te perde e sente falta desta parte que é você que está literalmente “cega” e não pode vê-la.

Você despertou para a possibilidade de que há muito mais sobre você, do que se descobre a primeira vista e muitos não têm feito isso. Olham ao redor, não acreditam, querem ver apenas o que querem ver e seguem em seu caminho e estão satisfeitos com isso, e não há julgamento, mas a velha alma desperta para recordar e isso consiste que em seu interior está o Criador.

Se eu pudesse contar-lhes sobre o Lar, se perguntariam por que estão aqui.

E se perguntam!

Quando no vento do nascimento, uma parte de você se separa e vem para este planeta e vou lhe dizer o que faz a sua outra parte: se senta e espera por você para se conectar!

Sabia disto? Você consegue imaginar isso?

Já dissemos isso antes. Você pode imaginar estar separado de seus entes queridos e não saber se eles voltarão a vê-los, mesmo quando o véu entre eles é tão fino quanto um papel?

O pode ver caminhando e está sempre dizendo: Olhe para mim! Olhe para este meu lado! Talvez você possa me ver! Mas você nunca olha!

E quando alguém olha, você sabe como se sente essa conexão? E agora estou falando com aqueles que têm sentido. Eles despertaram para o ponto onde eles olharam e estavam lá. A mão se estende e diz: por que demorou tanto?

Esse é o Lar falando com você!

Com “L” maiúsculo.

É aonde você pertence e onde você sempre tem estado. Éons antes desta galáxia estar aqui, a Fonte Criadora que tem existido através de outros universos e vocês tem sido parte dela! São tão velhos! (Kryon sorri).

E, ao mesmo tempo, são novos. Porque o tempo está em círculo: nunca termina. Não termina nunca! O círculo não tem começo nem fim e isso é o que tem sido sempre, isso é o Lar!

O amor mais puro que poderiam imaginar, Não julga ou têm agendas, tão puro! O que você sempre quis que fosse, e que tem sonhado que deveria ser. Isso é quem você é! Esse é o Quem!

Quero rever isso, porque você realmente precisa entender que alguma coisa está acontecendo aqui, algo que você precisa, ou melhor, necessita rever – a essência!

A energia de Deus a qual você quer tocar é VOCÊ na verdade.

São parte disto na forma mais suprema, a ponto que se não chegar lá e não compreender isso, e se tentar atribuí-la a um poder superior que não seja você, nunca haverá esta conexão. E é tão importante que ocorra esta conexão!

E eu vou te dizer o por quê.

A física do amor é profunda e quando começamos a falar sobre a escuridão e a luz neste planeta, tratamos de dar-lhes metáforas, axiomas, leis e dissemos que a luz é ativa e que a escuridão é passiva. A definição de escuridão é um atributo em que não há nenhuma luz. De modo que, a escuridão nem sequer existe. É simplesmente a ausência de algo que existe! A Luz!

Agora me deixe lhe dizer algo que não discutimos livremente antes, porque não era necessário, mas agora é. Porque você está mudando de paradigma: deve estar consciente disso.

Eu pergunto: Você sabe que a Física da Consciência neste momento no planeta, permite que a escuridão seja ativa quando você se utiliza dela?

Você se dá conta que há energias que se alimentam de medo? E sabia que você pode criá-las? Os seres humanos têm o poder de criar a escuridão ativa, se desejarem, porque são muito poderosos. E alguns o fazem.

Agora, você tem nomes para isso, e existem muitos nomes. Curiosamente, muitas vezes esses nomes são atribuídos a algum tipo de fonte espiritual: um anjo caído que no inicio estava no céu com a Fonte Criadora, mas este fez algo de errado, de modo que “caiu do céu” e é agora ele é ruim.

Oh, quão humano de sua parte! É como um filme ruim.

Eu quero dizer que isso nunca aconteceu.

Mas vocês querem chamá-los de espíritos malignos e os chamam de demônios e os atribui à escuridão e fazem assim ou de outra forma.

Eu quero lhes dar a informação que precisam saber: eles são gerados por seres humanos e são reais. Este planeta tem sido aberto a esse tipo de coisa porque a natureza humana tem permitido e a consciência humana também tem permitido isso.

A parte obscura da humanidade o tem permitido.

Então o que vai liberar isso?

Apaixonar-se por si mesmos.

O que os libertará é apaixonar-se por si mesmos e compreender a essência disto.

Esta é a questão essencial: Quem é você? Onde está o Lar? O que quer dizer entrar em tua essência?

As Leis da Física Consciente não permitirá que entre na escuridão, quando o humano está ativamente envolvido em amar a si mesmo, a estrutura celular se tornará mais quântica no ser humano que está envolvido ativamente em amar a si mesmo.

Eu poderia continuar e continuar…

Eu quero que evoque algo em sua imaginação. Quero que você veja a coisa mais obscura que pode imaginar, a coisa mais horrível que já tenha visto no cinema.

Quero que alinhem legiões de demônios que se estendem no horizonte, e eu quero que você imagine que você é uma esfera de pura luz e a Física desta luz que você possui, os repele conforme você caminha.

Você caminha e enquanto caminha os toca e lhes da luz e então eles são transformados e logo o lugar se enche de luz e não ficará nenhum deles, então não há medo e, portanto, eles já não terão do que se alimentar! E o que você fez foi mudar o próprio planeta, a própria trama da existência! O que te parece?

É assim que funciona.

Se você perguntasse a um Pleiadiano, houve trevas em seu planeta, de onde veio?

Ele te daria uma lista de coisas extintas. (Kryon sorri).

“É verdade, Kryon, que há alguns fora da influência da Terra que realmente vem até aqui para se alimentar do medo da humanidade?”

A resposta é SIM!

Vocês fazem isso!

A razão de nunca termos contado sobre isso é que vocês nunca participaram, não realmente, porque vocês são trabalhadores da luz, certo? Ou não?

O planeta está dando uma virada. A consciência da humanidade começa a acelerar em sabedoria e inteligência e estas são as coisas que devem saber.

Trabalhador da Luz pode me ouvir?

Curador ouça-me:

Podem atravessar este quebra-cabeça com esta esfera de luz que possuem e que se relaciona com o amor e a integridade, e nada os pode tocar. Podem ir para o trabalho nos lugares mais obscuros e nada os tocará. Irá curar os doentes e nada os tocará!

Por causa do que você gera – a partir do Lar.

Imaginem: carregar uma parte do Lar com você! É hora de despertar para as possibilidades da grandeza e a magnificência de quem são. Quando isso começa a acontecer, tudo começará a mudar; Tudo começará a mudar!

A auto-estima começa a aumentar, ser humano – velha alma, porque agora tem a sabedoria para ver quem é você. Quando você começar a ver o que você pode fazer, como sente, como pode curar, a sua vida começa a mudar.

Você sabe o que isso faz para a auto-estima? Ela aumenta, porque você se dá conta do teu valor para o planeta, para o Universo, para a Fonte Criadora, e você pode ter um vislumbre do Lar.

Eu quero pedir-lhe, para encerrarmos isso: suplico que você comece a ter um vislumbre do Lar, em suas meditações, quando você fala para si mesmo e quero que recorde de onde vieste e o amor de Deus, que você é.

Nenhum processo, nenhuma das coisas que eu disse, irá funcionar até que você reconheça isso.

Vai mudar o planeta e chegará um dia em que as coisas negativas que hoje vê nas notícias, simplesmente não estarão mais aqui.

Passaram-se centenas de anos desde quando havia exércitos conquistadores à espreita com suas brilhantes espadas e escudos e tudo mais, você não espera olhar as notícias e ver algo sobre isso, certo?

Bem, chegará o dia quando você olhará as notícias e não esperará ver o que você vê hoje, nem sequer! Será diferente. Vai ser diferente! A ideia de seres humanos matando uns aos outros, de propósito, para conseguir alguma coisa, será algo bárbaro!

Nem sequer irá considerá-lo como um ser humano, porque quando você toca este planeta com o Lar, o planeta começa a ressoar e outros começam a se recordar do que você já sabe.

As grades da Terra começam a ressoar com isso.

O planeta está em transição, querido.

Quero que você seja uma parte ativa da alma em transição e quero que você comece a amar a si mesmo. Esta é a mensagem do dia. E quando o fizer, haverá reciprocidade da qual não acreditaria.

Quando sabe que todos escutam, quando ama a cada ser humano, o amor será recíproco e não há nada como isso! Não é verdade? Você pode imaginar isso?

Estenda sua mão e tome a mão do seu Eu Superior e sinta a reciprocidade: Bem-vindo ao LAR!

Bem-vindo ao LAR! Bem-vindo ao LAR!

Bem-vindo ao LAR! Bem-vindo ao LAR!

E assim é.

Kryon

………………………………………………………………………………………………………………………..

Por favor respeite todos os créditos ao compartilhar
http://stelalecocq.blogspot.com/2014/08/kryon-quem-e-voce.html
Tradução para o português: Patrícia Valente Monteiro
https://www.facebook.com/patyvalente9
Áudio original no site oficial de Kryon/© Lee Carroll:
http://audio.kryon.com/en/Indy-main-14.mp3
Autorizado Kryon por Lee Carroll no Site espanhol: www.manantialcaduceo.com.ar/libros.htm
Transcrição de áudio e tradução para o espanhol: Cristina Cáffaro

Via: ♥ De Coração a Coração ♥: KRYON – QUEM É VOCÊ

 


Ouça também a mensagem através deste vídeo:

Kryon – “Quem é Você?”

Publicado em 2 de set de 2014 por: Gabriel Raio Lunar

Canal: Lee Carroll
Tradução: Gustavo Amorim / KryonPortuguês.com
Produção de Vídeo: Sementes das Estrelas

Via: Kryon – “Quem é Você?” – YouTube

 


SER CONSCIENTE É DEIXAR DE VIVER UMA FALSA NOÇÃO DE “EU”…

ser consciente

QUEM VOCÊ REALMENTE É | ECKHART TOLLE

Compilado do Livro “O Poder do Silêncio” de Eckhart Tolle
por: Misticismo Natural

 

Quem você realmente é

O Agora é inseparável da pessoa que você é no nível mais profundo.

Muitas coisas podem ser importantes na sua vida, mas apenas uma tem importância absoluta.

É importante vencer ou fracassar aos olhos dos outros.

É importante ter ou não ter saúde, estudar ou não estudar.

É importante ser rico ou pobre – certamente isso faz diferença na sua vida.

Sim, tudo isso tem uma importância relativa, mas não absoluta. […]
Existe algo mais importante do que todas essas coisas: é encontrar a essência do que você é para além dessa entidade de curta duração que é a noção personalizada do “eu”.

Você não encontra a paz reorganizando os fatos da sua vida, mas descobrindo quem você é no nível mais profundo.

A reencarnação não ajuda se na próxima encarnação você continuar sem saber quem é.

Toda a desgraça do mundo vem de uma noção personalizada do “eu” ou do “nós”.

Essa noção encobre a essência de quem você é.

Quando você não se dá conta dessa essência interior, acaba sempre causando algum tipo de desgraça.

É muito simples.

Quando não sabe quem é, você cria um “eu” na mente para substituir o seu lindo e divino ser e se agarra a esse “eu” amedrontado e carente.

A partir do momento em que faz isso, sua grande força motivadora passa a se proteger e valorizar essa falsa noção do “eu”.

Há muitas expressões usadas frequentemente que mostram que as pessoas não sabem quem são.

O mesmo acontece às vezes com a estrutura da língua.

Dizemos: “Ele perdeu a vida num acidente de carro” ou “A minha vida”, como se a vida fosse alguma coisa que se possa possuir ou perder.

A verdade é: você não possui uma vida, você é a vida.

Você é a vida única, a consciência única que permeia todo o universo e assume temporariamente a forma de pedra, folha, animal, pessoa, estrela ou galáxia.

Consegue perceber que, lá no fundo, você já sabe disso?

Consegue perceber que você já é isso?

Você precisa de tempo para a maioria das coisas na vida: é preciso tempo para aprender uma nova atividade, para construir uma casa, para se especializar em alguma profissão, para preparar um chá.

Mas o tempo é inútil para a coisa mais valiosa da vida, a única que realmente importa: a realização pessoal, o que significa saber quem você é essencialmente além da superfície do “eu” – além do nome, do tipo físico, da sua história.

Você não pode encontrar a si mesmo no passado ou no futuro.

O único lugar onde você pode se encontrar é no Agora.

Os que buscam uma dimensão espiritual querem a auto-realização ou a iluminação no futuro.

Ser uma pessoa que está em busca significa que você precisa do futuro.

Se é nisso que você acredita, isso se torna verdade para você: precisará de tempo até perceber que não precisa de tempo para ser quem você é.

Quando olha para uma árvore, você toma consciência da existência da árvore.

Quando pensa ou sente alguma coisa, toma consciência do pensamento ou da sensação.

Quando passa por uma experiência boa ou ruim, toma consciência dessa experiência.

Essas afirmações parecem verdadeiras e óbvias, mas, se você examiná-las atentamente, perceberá que, de uma forma sutil, elas contêm uma ilusão básica que se torna inevitável quando se usa a linguagem.

O pensamento e a linguagem criam uma aparente dualidade, como se houvesse uma pessoa e uma consciência separadas.

Isso não existe.

A verdade é que você não é uma pessoa que toma consciência da árvore, do pensamento, do sentimento ou da experiência.

Você é a consciência na qual e através da qual essas coisas existem.

Você se percebe como a consciência na qual todo o conteúdo de sua vida se desdobra?

Quando você diz “Eu quero conhecer a mim mesmo”, você é o “eu”.

Você é o conhecimento.

Você é a consciência através da qual tudo é conhecido.

E que não pode conhecer a si mesmo.

Porque você é a própria consciência.

Não existe nada a ser conhecido além disso.

O “eu” não pode se transformar num objeto de conhecimento, de consciência.

O “eu” é a própria consciência.

Assim, você não pode se tornar um objeto para si mesmo.

Quando isso acontece, surge a ilusão do “eu” auto-centrado – porque mentalmente você fez de si mesmo um objeto.

“Este sou eu”, você diz.

A partir dessa afirmação, você passa a ter uma relação com você mesmo e a contar para os outros e para si mesmo a sua história.

Quando você sabe que é a consciência na qual a vida externa acontece, torna-se independente do que existe externamente e perde a necessidade de buscar sua identidade nos fatos, nos lugares e nas situações.

Em outras palavras: as coisas que acontecem ou deixam de acontecer perdem a importância, perdem o peso e a gravidade.

Sua vida passa a ter outra graça e leveza.

O mundo é então visto como uma dança cósmica, a dança da forma – só isso.

Quando você sabe quem realmente é, tem uma enorme e intensa sensação de paz.

Essa sensação poderia ser chamada de alegria, porque alegria é isto: uma paz vibrante e intensa.

E a alegria de saber que seu ser é a própria essência da vida, antes de a vida assumir uma forma.

É a alegria de Ser – de ser quem você realmente é.

Assim como a água pode assumir a forma sólida, líquida ou gasosa, a consciência pode ser considerada “sólida” como matéria física, “líquida” como mente e pensamento, ou sem qualquer forma como consciência pura.

A consciência pura é a Vida antes de se manifestar, e essa Vida olha para o mundo da forma através dos seus olhos, porque a consciência é quem você é.

Quando você se vê assim, então se reconhece em todas as coisas.

É um estado de total clareza de percepção.

Você deixa de ser alguém com um passado que pesa e através do qual todas as experiências são interpretadas.

Quando você percebe sem interpretar, pode sentir o que está percebendo.

O máximo que podemos dizer usando palavras é que há um campo de calma-alerta em que a percepção acontece.

Através de “você”, a consciência sem forma torna-se consciente de si mesma.

A vida da maioria das pessoas é conduzida pelo desejo e pelo medo.

O desejo é a necessidade de acrescentar algo a você para ser mais plenamente você mesmo.

Todos os medos são medo de perder alguma coisa e, portanto, tornar-se menor, ser menos.

Esses dois movimentos nos impedem de perceber que Ser não é algo que possa ser dado ou tirado.

O Ser em sua plenitude já está dentro de você.

Agora.

Eckhart Tolle
O Poder do Silêncio


Via: MISTICISMO NATURAL | Quem Você Realmente É | Eckhart Tolle

ENTRE O MATERIAL E O ESPIRITUAL, PODEMOS FICAR COM OS DOIS…

fisica-quantica-e-espiritualidade

INTOLERÂNCIA – ORIGEM E CAMINHOS DE CURA PARA A POLARIZAÇÃO

 

Por: Amit Goswami

 

Há cerca de três mil anos, pessoas muito criativas de várias partes do mundo – Índia, Grécia, Oriente Médio e China – descobriram aquela que, segundo imaginaram, seria uma verdade fundamental sobre os seres humanos: por trás de nossa separação imanente, há uma unidade transcendental. Esta unidade transcendental foi chamada por vários nomes, como Espírito, e, mais recentemente, consciência. As tradições estabelecidas por essas pessoas são as grandes tradições espirituais do mundo.

Surgiram religiões dos ensinamentos desses grandes Mestres – versões popularizadas das grandes tradições. Acima de tudo, seu lema era: simplificar. As pessoas não entendem o que significa “transcendência” em oposição à realidade de tempo-espaço imanente. Não importa. A religião equiparava transcendência e espaço exterior. As pessoas não conseguem visualizar, e muito menos explorar, uma consciência unitária com poder causal chamada causação descendente. As religiões criaram a ideia de Deus à imagem de um ser humano, só que todo-poderoso. Com o tempo, o conceito corrompeu-se ainda mais.

Primeiro, as tradições espirituais deram-nos o conceito de virtudes divinas, ou arquétipos como Amor e Bondade, que disseram que deveriam ser cultivadas criativamente. Mas onde está o tempo para investigação criativa dos atarefados vendedores das religiões? Em lugar disso, os líderes religiosos criaram versões codificadas das realizações dos Grandes Mestres, chamados de Bons livros, que incluíram códigos espirituais e de comportamento moral.

Segundo, com o tempo, cada religião começou a se vender como a fé superior ou como o único caminho a seguir. Adeptos de cada religião declararam-se o povo “eleito”.

Deste modo, o conceito de consciência unitária deu lugar a um novo tipo de separação: nós contra eles. Obviamente, se nossa religião é superior à sua, por que não posso ter a prerrogativa de ser intolerante com relação a suas equivocadas visões religiosas? Logo, o que culmina é a intolerância religiosa.

Entretanto, antigamente o sistema continha uma graça redentora. Todas as religiões admitiam que a verdade nem sempre pode ser codificada como um punhado de conceitos ou de leis racionais: logos. Parte dessa verdade sutil tinha de ser transmitida por meio de histórias: mythos, mitologia. Assim, surgiu a ambiguidade, mantendo algum espaço para a tolerância e o multiculturalismo.

Bem, até recentemente. Como todos sabem, as religiões dominaram nossa visão de mundo até o século dezesseis, aproximadamente. Concentrando-se na espiritualidade, as religiões ignoraram o mundo material a tal ponto que muita gente viveu na miséria material. Então, a ciência moderna surgiu como uma revolta contra a ênfase espiritual. Em quatro séculos, a ciência e seu rebento – a tecnologia – criaram riquezas materiais sem precedentes.

Com o tempo, o sucesso da ciência passou a exercer uma influência importante sobre as religiões. Como foi idealizada originalmente para lidar com a matéria, a ciência pode ser apresentada de maneira mais ou menos completa em termos de logos – pelo menos, foi o que pensaram. O mythos foi menosprezado e acabou sendo eliminado da ciência. Este aspecto da ciência passou para as religiões, que também começaram a solapar o mythos; com isso, as religiões tornaram-se logocêntricas e nada ambíguas. A única salvaguarda contra a intolerância desapareceu.

Podemos chamar essas religiões – interpretações literais dos Bons Livros – de fundamentalistas. Porém, encaremos os fatos. Atualmente, os fundamentalistas dominam praticamente todas as religiões. Deste modo, a intolerância religiosa está em toda parte, sem controle.

Intolerância Política

A história da ciência contra a religião não está completa. Durante um bom tempo, houve um armistício entre ambas: a ciência dominava a exploração do domínio material ou exterior da realidade; a religião, o espiritual ou interior. Porém, em meados do século vinte, o sucesso da ciência tornou-se tão convincente para seus praticantes, e o fundamentalismo das religiões tão abominável, que os praticantes da ciência desistiram do armistício e criaram sua própria religião: ironicamente, seu próprio dogma – tudo é matéria e seu movimento; e não existe causa alguma exceto interações materiais. Deus se fora, a causação descendente se fora e o mythos se fora.

Hoje, damos à nova religião o nome de materialismo científico. Com sua criação, agora há duas visões de mundo: uma materialista, a outra religiosa. Ambas são logocêntricas e, naturalmente, há uma enorme intolerância entre elas.

A democracia, tal como existe hoje, vive num sistema de dois partidos. Naturalmente, um desses partidos políticos seria liberal. Apoia a liberdade de dogmas, apoia o progresso como a exploração contínua do significado. Naturalmente, o outro partido opor-se-ia a esse; seria conservador, atuando como um freio necessário sobre a agenda progressista dos liberais.

Quando a ciência estava tentando se livrar do dogma das religiões, os liberais apoiaram naturalmente a ciência. Quando a própria ciência tornou-se dogmática, o hábito continuou. Assim, os liberais, com poucas exceções e ao contrário do espírito da palavra liberal, agora têm um dogma, o materialismo científico. A maioria dos conservadores, naturalmente, apoia abertamente o dogma oposto – o religioso.

Antes da polarização entre os dogmas, líderes dos partidos liberais usava o poder político para ajudar a classe média a processar significados. Nem os conservadores se opunham ao processamento de significados quando o mythos era importante. Assim, ocasionalmente os dois partidos trabalhavam juntos pelo bem da sociedade. Mas quando o dogma tomou conta dos dois partidos, o mythos foi banido e, com ele, a diversidade de significados. Logo, o poder político é hoje usado cada vez mais para dominar as pessoas. Deste modo, a intolerância política tem uma nova característica – a dominação é tudo, o meio-termo é impensável.

O Remédio

A cura para a polarização, a intolerância e a busca da dominação pode ser encontrada numa visão de mundo integradora. E é disto que trata a visão quântica do mundo – a integração da ciência e da espiritualidade. Na física quântica, os objetos são potencialidades dentre as quais a consciência faz escolhas, e pertencem ao domínio transcendente da realidade. A escolha (a causação descendente) feita pela consciência cria o domínio espaço-tempo imanente. As potencialidades da consciência consistem tanto em matéria quanto em mente; com isso, significado, sentimento e valores voltam para a ciência. Reconhecemos que a tarefa do mundo material consiste em fazer representações da consciência e dos mundos sutis do significado, dos sentimentos e dos valores arquetípicos. A matéria segue o logos; mas o sutil precisa do mythos para expressar seus segredos. Com o mythos de volta ao jogo, a ambiguidade retorna e, com ela, a tolerância.

Naturalmente, vai ser uma luta até colocar a visão quântica de mundo na sela; as forças do status quo são muito fortes. Precisamos do ativismo quântico – pessoas dispostas a dedicar sua criatividade à consciência e à visão quântica de mundo que reconhecem a supremacia da consciência. Precisamos de novos líderes políticos. A boa notícia é que, com o reconhecimento da importância do significado e dos valores arquetípicos, com o ativismo quântico guiando suas vidas, as pessoas estão explorando novamente significados. Os novos líderes que vão dedicar seu poder ao serviço do movimento da consciência rumo ao significado e aos valores vão, sem dúvida, emergir do mesmo movimento do ativismo quântico.


Via: Intolerância – origem e caminhos de cura para a polarização – Amit Goswami

 

SOBRE A VERDADE CONTIDA NAS CARTAS DE CRISTO…

Cartas_de_Cristo

A VERDADE DA EXISTÊNCIA – Carta de Cristo –

Jesus yeshua (editado)

A VERDADE de nossa FONTE do SER.

Por: Semeador das Estrelas

… 

Os que ainda hesitam em ler As Cartas de Cristo, posto aqui um trecho da 4ª Carta para que tenham uma ideia da importância das mesmas, que esclarecem e dissolvem as mentiras e enganos que nos foram transmitidos até hoje, sobre o verdadeiro significado da vinda de Jesus o Cristo a este mundo. Não foi para díspar ou pagar pelos pecados de ninguém, como nos é ensinado, ele não veio livrar pecado de ninguém, mas sim mostrar o CAMINHO e a VERDADE DA VIDA. Vejam o que ele diz do “Cristianismo”, poderão ver nas palavras de Cristo o que ele diz a respeito dessa religião fundada sobre a história de sua vida. O aqui transcrito é o inicio da 4ª Carta. Se você procura e quer realmente entender a VERDADE DA EXISTÊNCIA, leias, o que espera! Vejam o alerta que nos é feito ai nessa carta quando diz: “…alcançar as almas sensíveis e inspiradas para ensiná-las como recorrer à Ajuda Divina durante  o futuro horror no qual o mundo finalmente se verá envolvido”. Não há intenção de gerar medo, mas de preparar e informar como enfrentar exatamente o mundo no qual estamos, neste atual momento. – S. Estrelas –

 

4ª CARTA DE CRISTO

Eu, o Cristo, venho – por amor a vocês – resumir tudo o que senti durante minha ilumiação no deserto e que tentei ensinar aos Judeus na Palestina há dois mil anos.

Algumas passagens da minha vida foram narradas nas Cartas 1,2 e 3.

Se  você já leu estas Cartas, saberá que é da maior importância para o seu bem-estar compreender que – ainda que meus  seguidores tenham criado uma religião que chamaram de “Cristianismo”, fundada sobre a história de minha vida e ensinamentos – não estou ditando estas Cartas para ensinar e confirmar aquilo que eles disseram. 

O Cristianismo é uma religião formal que, puramente por razões de conveniência, adquiriu muitas crenças contrárias à Verdade espíritual de nossa FONTE do SER.

Que relação existe entre o “derramamento de sangue” e o ESPÍRITO UNIVERSAL?

Como você agora deve estar percebendo, meus ensinamento, desde o princípio da minha missão na Terra, na Palestina, sempre foram carregados da mais elevada Verdade da Existência espiritual, sem ter nenhuma relação com os conceitos e racionalizações produzidos pelas mentes humanas.

Portanto, repito enfaticamente, enquanto minha personagem na Terra há dois mil anos era a de JESUS, o propósito de minha presença, a PRESENÇA CRÍSTICA nestas Cartas é o de alcançar as almas sensíveis e inspiradas para ensiná-las como recorrer à Ajuda Divina durante o futuro horror no qual o mundo finalmente se verá envolvido.

Foi por essa razão que meu poderoso desejo de resgatar aqueles que possam receber-me, materializou-se na forma da VERDADE DA EXISTÊNCIA contida nestas Cartas.

Conheça-a e aceite-a.

Gostaria que você soubesse – e prestasse especial atenção – ao foto de que fui aos Judeus na Palestina setenta anos antes de Jerusalém ter sido arrasada.

Fui aos Judeus para dizer que o códico de conduta que seguiam não teria nenhum valor quando os tempos difíceis do futuro chegassem e os conduzissem a um mundo hostil.

Está registrado em um evangelho que eu chorei de desespero, lamentando o fato de que poderia ter reunido as pessoas, tal com uma galinha reúne os seus pintinhos sob suas asas, para protegê-las, quando chegasse o tempo da destruição, mas as pessoas não me ouviram.

Em vez disto, seus líderes religiosos preferiram a minha morte.

E depois da dispersão dos Judeus, quando o Templo foi tirado deles,aprenderam algo com essa experiência?

Perguntaram-se por que tal catástrofe os tinha apanhado desprevinidos?

Não.

Continuaram com suas velhas tradições e com a crença em sua superioridade, ainda que repetidas vezes os fatos históricos mostrassem que eles estavam tão sujeitos a desastres quanto os demais.

Neste momento presente, escolhem ainda ingnorar a VERDADE da EXISTÊNCIA que ensinei na Palestina e fazem recair sobre si as mesmas condições que existiram durante minha vida terrena naquela região.

Onde quer que eles vivam, seus valores materialistas e suas tradições de uma cabeça-por-um-olho, (olho-por-olho) estão atraindo para si o sofrimento humano que criaram para outros através dos tempos, por sua arrogância e cobiça.

Todo o sofrimento que tiveram, foi provocado por eles mesmos.

Isto também se aplica àqueles que, por conveniência, aliaram-se aos Judeus devido ao seu poder nas esferas financeiras e nos mercados mundiais.

Quem é que mantem faminta a grande maioria da população mundial – quando haveria tanta comida armazenada para alimentá-la adequandamente, se fosse abandonado o “lucro como o motivo para a  existência”?

Se tivessem vontade, os líderes financeiros poderiam criar e colocar em ação, planos para distribuir aos necessitados o excedente de mercadorias.

Se o fizessem encontrariam o universo inteiro respondendo com bênçãos, a economia mundial floresceria e a paz se estabeleceria mundialmente.

Porém, antes que isso possa acontecer aquilo que já tiver sido criado na consciência pelos comportamentos agressivos e degradados NO MUNDO INTEIRO deverá se materializar na experiência humana – não como castigo, mas como consequência natural das LEIS da  EXISTÊNCIA.

Estejam certo de que os países que lutam contra “a maldade” de outros estão simplesmente sofrendo as consequências de suas próprias “sementes de consciência e comportamento” de anos passados.

Portanto, as táticas de “garoto-valentão”, o ataque feroz dos poderosos sobre os mais fracos – não importando o nível em que o fraco possa parecer intransigente, somente acarretará maiores problemas para os poderosos.

Aquilo que sentem como uma provocação de outros e a devastação que estão descarregando em resposta estão armazenando na consciência como a sua própria devastação futura.

Talvez devessem considerar a “provocação” dos fracos como um alerta para a sua própria queda em direção à decadência moral.

Como estas pessoas estão constantemente violando as LEIS da EXISTÊNCIA, atraindo a destruição com uma intensidade incomparável sobre as cidades e sobre a Terra, minha intenção nesta Carta é não apenas resumir tudo o que ensinei e vivi na Palestina, mas também explicar claramente as causas que darão origem à crise mundial que se aproxima, da qual não tratei da última vez em que vim falar à humanidade.

Estas CARTAS foram escritas antes da época mais crucial de sua história e agora, que as provas estão prestes a cair verdadeiramente sobre o mundo, você se perguntará por que não os avisei mais cedo.

No entanto, tenho tentado alertar o mundo através de mentes receptivas nos últimos vinte e cinco anos – mas nem os meios de comunicação, nem as editoras, nem a televisão, dispuseram-se a consceder-me a oportunidade de falar através de meus representantes.

Os políticos puderam chegar até você, mas EU o CRISTO, não pude.

O motivo disso?

Os corações endurecidos e a recusa em aceitar que Eu o Cristo vivo, poderia voltar neste momento através das mentes preparadas e dispostas a avisar as nações sobre o que estavam criando para elas mesmas no futuro.

As igrejas, que afirmam crer em minha existência, estiveram obcecadas com suas próprias tradições religiosas humanamente concebidas, assim como os materialistas.

Agora que soa a vigésima terceira hora, quando o medo toma conta das multidões e elas estão dispostas a levar em conta as minhas palavras, as portas devem se abrir sem reservas, ou de novo meus esforços pela humanidade terão sido em vão.

Voltei para dizer que realmente haverá uma separação entre as “cabras” e as “ovelhas”, como é narrado nos evangelhos da Bíblia.

As “ovelhas” se referem àquelas almas que possam receber pacificamente a verdade espiritual mais elevada que já é derramada sobre a Terra.

As “cabras” referem-se àquelas que não têm a capacidade de escutar nada, nem ninguém, porque seus espíritos são demasiadamente rebeldes egocêntricos.

Por que serão separados agora?

Porque aqueles que forem capazes de receber a verdade que estas páginas contêm e de viver segundo as orientações que vem das LEIS da EXISTÊNCIA verão que, ainda que o próximo período da história mundial seja de fato amargo, eles continuarão em relativa paz e proteção, na satisfação das necessidades e na elevação do espírito.

As “cabras”, lamentavelmente, terão que suportar toda a força horrível de sua inata consciência rebelde.

Isto não é um castigo de Alguém que vem do Alto – mas a consequência natural da Lei da Existência: aquilo que você carrega na mente e no coração acabará por se exteriorizar em seu corpo, em sua vida e no meio que o rodeia.

Quando você resiste e se rebela , a vida oferece resistência no cumprimento dos seus desejos.

Já faz muito tempo que ascendi até as mais altas frequências vibratórias da consciência nos Reinos Celestiais e sou a Própria Consciência Divina individualizada.

Minha Consciência pode envolver o globo terrestre para responder àquele que me chamar.

Isto acontece com todos os grandes Mestres que viveram na Terra, que se iluminaram e perceberam a REALIDADE da FONTE de todo o SER e que ensinaram às pessoas desde a sua elevada iluminação.

Eles foram elevados no Poder Espiritual para penetrar o denso véu da consciência humana e perceber o que realmente se encontra além do mundo da “matéria” – viram tão claramente quanto permitia a sua condição mental prévia, a unidade básica da criação no interior do reino da Criatividade em Si.

Todos eles, depois da transição para a dimensão seguinte da existência,escaparam de roda da reencarnação e alcançaram reinos cada vez mais altos de pura consciência espiritual individual, até os portais da própria CONSCIÊNCIA UNIVERSAL.

Converteram-se em CONSCIÊNCIA DIVINA individualizada, possuindo o poder e a visão interior da Consciência Divina.

Eles também compartilharam da CONSCIÊNCIA CRÍSTICA, como eu dizia em uma Carta anterior.

Eles combinaram as alturas do Amor Inteligente com as alturas da Inteligência Amorosa, misturando o Poder da Vontade com o Poder do Propósito.

Eles são ingualmente masculinos e femininos em suas atividade.

Eles são a perfeita manifestação de força e nutrição.

Eles são um EXEMPLO perfeito daquilo que todos os homens – e mulheres – deveriam esforçar-se para alcançar.

Para alcançar tal perfeição do ser, o espírito humano deve deixar de lado toda a divisão e rivalidade.

Seja quem for seu Profeta declarado, você pode estar certo de que ele é a PRÓPRIA VIDA e que ele é poderoso dentro da Irmandade de todos os grandes Mestres.

Cada Profeta, cada Mestre, percebeu que finalmente alcançará a meta de todo o homem – a perfeição no Paraíso.

É de vital importância que você entenda isso e que perceba que as separações que você faz entre os Mestres são totalmente errôneas, porque estamos todos unidos em nossa FONTE comum do SER.

Somos a Irmandade dos Seres da Vida, cada um manifestando, através de sua individualidade, a mais alta VERDADE de nossa FONTE do SER.

Somos iguais em pureza, poder, beleza, grandeza de
espírito e amor.

PORTANTO, as “ovelhas” de qualquer crença religiosa – aquelas que tenham evoluído suficientemente na compreensão espiritual da unidade fundamental de sua FONTE do SER – devem rapidamente procurar unir-se em igualdade e irmandade em suas cidades e países, estender as mãos e ligar-se aos seus irmãos espirituais ao redor do mundo, sem levar em consideração tudo o que acontece no mundo exterior.

Você devem transcender suas diferenças religiosas, Cristãos, Muçulmanos, Sufis, Judeus, Israelitas, Palestinos, Hinduístas, Budistas etc., e considerarem a si mesmos igualmente dentro do céu seguro do Amor Universal e da Proteção Inteligente Universal – em paz consigo mesmos, uns como os outros e com aqueles que estão decididos a lutar até o fim.

SOMENTE ASSIM O PLANETA SOBREVIVERÁ AO SOFRIMENTO QUE PAIRA SOBRE A HUMANIDADE.

– CRISTO –

Continua, o aqui transcrito refere-se as pag. 1,2 e 3 da 4ª Carta publicada na internet, correspondendo as paginas 129 a 133 do livro.

Para ler a 1ª e as demais Cartas
Clik aqui. 

Post. e Formatação
26/06/2012-20/6/2014

Fonte: Livro – Cartas de Cristo

“Citações das Cartas de Cristo foram autorizadas pela Almenara Editorial para Semeador de Estrelas

 


Via: SEMEADOR DE ESTRELAS: A VERDADE DA EXISTÊNCIA – Carta de Cristo –

O SEGREDO POR TRÁS DA MATÉRIA…

percepcao_ou_realidade

Universo Holográfico, um novo paradigma

 

Publicado por: O Arquivo

Baseado no documentário “Universo Holográfico”

Parte 1

holo1

Aviso: o tema deste texto que você esta para ler, revela um segredo crucial em sua vida. Você deve ler atentamente pois refere-se a um tema que poderá provocar alterações fundamentais em sua visão do mundo material. O conteúdo desse texto não é apenas uma visão diferente ou um pensamento filosófico. Na realidade são fatos comprovados pela ciência hoje.

O Segredo por trás da Matéria – O homem é condicionado desde o seu nascimento, a pensar que o mundo em que vive é uma realidade absolutamente material. Assim ele cresce sob o efeito deste condicionamento e constrói toda a sua vida baseado neste ponto de vista.

As descobertas da ciência moderna, entretanto, revelaram a completa diferença entre a realidade significativa e o que é presumido. Toda a informação que recebemos de nosso mundo exterior nos é transmitida por nossos cinco sentidos. O mundo que conhecemos consiste do que nossos olhos veem, nossos ouvidos ouvem, nossos narizes cheiram, nossa língua saboreia e nossas mãos sentem. O homem depende, desde o nascimento, destes cinco sentidos. Assim ele conhece o mundo exterior apenas da forma com que é apresentado por estes cinco sentidos.

Atualmente, pesquisas científicas sobre os nossos sentidos revelaram fatos bem diferentes daquilo que denominamos de “mundo externo”. E estes fatos trouxeram a luz um importante segredo sobre a matéria de que é feito o “mundo externo”. um pensador contemporâneo, Frederick Vester, explica as declarações de alguns cientistas, afirmando que “o homem é uma imagem, toda experiência é temporária e ilusória, e este universo é uma sombra”, parecem estar sendo comprovadas pela ciência em nossos dias.

Para melhor captar este segredo por trás da matéria, devemos nos relembrar de como captamos a informação da realidade que nos prove com a mais extensa informação de nosso mundo exterior.

Como vemos?

A visão ativa ocorre progressivamente. No momento da visão, partículas luminosas, denominadas fótons viajam do objeto até o olho e passam pelo cristalino onde são refratados e focados na retina, no fundo do olho. Aqui, os raios luminosos são transformados em sinais elétricos e transmitidos por neurônios até o centro da visão no parte posterior do cérebro. A visão realmente ocorre no centro da visão no fundo do cérebro. Todas as imagens que vemos durante a vida e todos os eventos que experimentamos são na realidade experimentados neste pequeno e escuro lugar. Tanto o texto que você esta vendo agora, bem como as paisagens sem fronteiras que você vê quando mira o horizonte, na realidade comprimem-se neste espaço de poucos centímetros.

Agora, vamos reconsiderar alguns conceitos, cuidadosamente. Quando dizemos “nós vemos”, na realidade vemos o efeito dos raios atingindo os olhos convertidos em sinais elétricos e formados no cérebro. Quando dizemos “nós vemos”, na realidade observamos os sinais elétricos em nosso cérebro.

A propósito, há um outro aspecto a considerar.

O cérebro esta “selado” para a luz e esta sempre em completa escuridão. Assim, não é possível ao cérebro contatar a luz, por si mesmo. Podemos explicar este interessante fenômeno com um exemplo. Vamos supor que a nossa frente esta uma vela acesa e nós vemos sua luz. Durante o período em que vemos a luz da vela, o interior de nosso crânio e o cérebro estão em completa escuridão. A luz da vela jamais ilumina nosso cérebro e nosso centro de visão.

Entretanto, nós vemos um mundo luminoso e colorido dentro de nosso cérebro sem luz. O mesmo se aplica a todos os nossos outros sentidos, som, tato, sabor e olfato, que são percebidos no cérebro como sinais elétricos. Desta forma, o cérebro, durante nossa vida jamais se confronta com a fonte original da matéria existente fora de nós, mas apenas uma cópia elétrica da mesma, formada dentro do nosso cérebro. Neste ponto somos iludidos a pensar que estas cópias são instancias da realidade material fora de nós.

….

Parte 2

holo11aexteriorO mundo exterior em nosso cérebro – Estes fatos físicos nos fazem chegar a uma indiscutível conclusão. Tudo aquilo que vemos, ouvimos, tocamos e sentimos como matéria, o mundo e mesmo o universo são apenas sinais elétricos em nosso cérebro. Por exemplo, vemos um pássaro em nosso mundo exterior. Mas na realidade este pássaro não esta em nosso mundo exterior, porém em nosso cérebro. As partículas de luz refletidas pelo pássaro alcançam nosso olho e de lá convertidas em sinais eléticos. Esses sinais são transmitidos por neurônios para o centro de visão no cérebro. O pássaro que vemos é na realidade o resultado de sinais elétricos em nosso cérebro.

Se o nervo conduzindo a informação fosse desconectado o pássaro desapreceria subitamente. Da mesma forma os sons dos pássaros são também formados em nosso cérebro, não haveria qualquer som. Colocando de forma simples, o pássaro, a forma do pássaro que vemos e o seu som que ouvimos é apenas a interpretação, efetuada pelo cérebro, de sinais elétricos.

holo11bexterior    holo11cexterior

Outro ponto a ser considerado é a sensação de distância. Por exemplo a distância entre você e a tela do computador. É apenas uma sensação de espaço formada em seu cérerbro, também, objetos que parecem estar muito distantes na visão de um indivíduo, são na realidade imagens plasmadas em um ponto dentro do cérebro.

holo11fexterior    holo11gexterior

holo11hexterior    holo11iexterior

Por exemplo, alguém que observe as estrelas, assume que elas estão a milhóes de anos luz distantes dele. Na realidade as estrelas estão dentro dele. É a visão em seu cérebro. Enquanto voce vê um filme, você assume que você esta em um ambiente, mas na realidade o ambiente esta em você. Você vendo seu corpo o faz pensar que esta dentro dele, entretanto você deve observar que seu corpo também é uma imagem formada em seu cérebro.

holo11jexterior    holo11kexterior

holo11lexterior    holo11mexterior

Até agora falamos de um mundo exterior, de um mundo de percepções formadas em nosso cérebro do que vemos. Entretanto como nunca podemos alcançar o mundo externo, como podemos estar certos de que este mundo externo realmente existe? Definitivamente, não podemos. A única realidade com que lidamos é o mundo de sensações nas quais vivemos em nossa mente.

holo11nexterior    holo11oexterior

holo11pexterior    holo11qexterior

holo11rexterior

Nós acreditamos na existência de objetos somente porque os vemos e tocamos e eles são refletidos para nós por nossas percepções. Entretanto nossas percepções são somente ideias em nossa mente. Assim, objetos que captamos por percepções não são nada além de ideias e estas ideias existem apenas em nossa mente. E se tudo isto existe apenas em nossoa mente, isto significa que nos somos iludidos por enganos quando imaginamos um universo e objetos com existência fora de nossas mentes.

holo11sexterior   holo11uexterior

holo11vexterior   holo11xexterior

Imaginar a matéria como tendo uma exintência fora de nossa mente é na realidade um engano ou ilusão. As sensações que observamos podem estar vindo de uma fonte artificial. É possível ver isto com um exemplo. Primeiro vamos supor que podemos retirar o cérebro de nosso corpo em mantê-lo vivo em uma caixa de vidro. Vamos adicionar um computador com toda a sorte de informações e finalmente vamos enviar todos os sinais elétricos (dados) que temos de luz, som, sabor, tato, olfato para este computador. Vamos conectar esse computador aos sensores de sentidos de nosso cérebro com conectores, e vamos eviar-lhe os dados previamente gravados.

holo11x1exterior   holo11x2exterior

holo11x3exterior   holo11x4exterior

Quando nosso cérebro perceber estes sinais ele vai “ver”, “sentir” e “viver” as cenas que lhe apresentamos. Deste computador também podemos enviar sinais elétricos referentes a imagens e cenas criadas. Por exemplo, podemos mandar sinais referentes ao que percebemos e sentimos enquanto estamos sentados a nossa mesa de trabalho. Neste estágio o cérebro pensará que é um homem de negócios sentados em seu escritório. Este mundo imaginário continuará enquanto a estimulação vinda do computador persistir. Nós nunca nos daríamos conta de que apenas somos um cérebro.

holo11x5exterior   holo11x6exterior

É de fato muito simples para nós, sermos enganados acreditanto que percepções sem qualquer causa material sejam reais. Isso é o que ocorre em nossos sonhos.

…..

PARTE 3

holo12asonhosO Mundo em Sonhos – Para você realidade é tudo aquilo que pode ser tocado com as mãos e visto com os olhos. E nos sonhos também podemos tocar com as mãos e ver com os olhos. Mas na realidade você não tem mãos, olhos e nem existem algo que possa ser tocado ou visto. Tomando o que você percebe no sonho pela realidade material você esta preparado para ser enganado. Por exemplo, uma pessoa profundamente adormecida em sua cama pode ver a si mesma em um mundo totalmente diferente em seu sonho. Ela pode sonhar que é um piloto que comanda um grande jato. E mesmo pode despender muito esforço para comandar o avião.

De fato esta pessoa não se afastou um único passo de sua cama. Em seus sonhos ela pode viver em diferentes cenários e se encontrar com amigos, conversar com eles, come e beber com eles.

holo12bsonhos   holo12csonhos

holo12dsonhos   holo12esonhos

Somente quando a pessoa deperta de seu sonho que ela se dá conta que tudo foram apenas percepções. Se somos capazes de viver facilmente em um mundo irreal durante nossos sonhos o mesmo pode ser também verdadeiro para o mundo no qual vivemos. Quando despertamos de um sonho, não há razão lógica para não pensar que entramos em um sonho mais longo que denominamos de “vida real”.

A razão pela qual consideramos nossos sonhos como fantasia e o mundo como real nada mais é do que o produto de nossos hábitos e preconceitos. Isto sugere que podemos ser despertados de uma vida na terra que acreditamos estar vivendo neste momento. Da mesma maneira que somos depertados de um sonho.

Quem percebe?

Após todos estes fatos físicos, levanta-se a pergunta primordial. Se todos os eventos físicos que conhecemos são essencialmente percepções o que é nosso cérebro? Desde que nosso cérebro é matéria como nosso braço, perna ou qualquer outro objeto, ele também deve ser uma percepção como todos os outros objetos. Um exemplo vai clarear mais este assunto.

holo13apercebe   holo13bpercebe

holo13cpercebe   holo13dpercebe

Vamos imaginar que estendemos os nervos que atingem nosso cérebro e o colocamos fora de nossa cabeça, onde podemos ver com nossos olhos. Neste caso seríamos capazes de ver nosso cérebro e tocá-lo com os dedos. Neste caso podemos perceber que o cérebro nada mais é do que uma percepção formada pela sensação da visão e do tato.

Então qual é a vontade que vê, ouve, sente e percebe todos os outros sentidos, se não é o cérebro? Quem vê, ouve, toca e percebe o sabor e o aroma? Que é este ser que pensa, raciocina, tem sensações, e mais, diz EU e MIM?

holo13epercebe   holo13fpercebe

Um dos importantes pensadores de nossa época, Ken Wilber (Holographic Paradigm, p37), também coloca a mesma pergunta. Desde os gregos, os filósofos pensam sobre os “espíritos na máquina”, o pequeno homem dentro de um pequeno homem. Onde esta o EU, a pessoa que usa o cérebro? Quem é que se da conta da ação do conhecimento? São Francisco de Assis dizia: “Procuramlos aquele que vê.”

Na realidade o ser metafísico que usa o cérebro, que vê e sente, é o espírito. O que denominamos de mundo material é o agregado de percepções vistas e sentidas pelo espírito. Assim como os corpos que possuimos e o mundo material que vemos em nossos sonhos não possuem uma realidade física, o universo que ocupamos e os corpos que possuimos tampouco tem realidade material.

holo13gpercebe   holo13hpercebe

Sim, mesmo se inciamos com ferrenha oposição, afirmando que matéria é real, as leis da física, química e biologia, nos levam todas ao fato de que a matéria consiste em uma ilusão, e a inevitável atualidade de uma “matéria metafísica”.

Este é o segredo por trás da matéria. Este fato é tão definitivo que alarma alguns cientistas materialistas que pensam ser a matéria o absoluto ser. O escritor científico, Lincoln Barnett, diz no seu livro “O Universo e Einstein” que “Em conscordância com a afirmação dos filósofos da redução de toda a realidade objetiva a um mundo paralelo de percepções, os cientistas começaram a se conscientizar da alarmante limitação dos sentidos humanos.”

Todos estes fatos nos conduzem a uma importante e significativa pergunta: Se as coisas que aceitamos ser o mundo material são na realidade formadas por percepções, transmitidas ao nosso cérebro então qual a fonte destas percepções? Respondendo esta pergunta, devemos considerar o fato de que a matéria não tem apenas uma existência autônoma, mas é uma percepção. Assim, esta percepção deve ter sido causada por algum outro poder. O que significa que tem que ter sido criada.

Mais ainda, esta criação tem que ser contínua. Se não fosse uma criação contínua e consistente então o que nós denominamos “matéria” desapareceria e seria perdida. Isto pode ser parecido a uma televisão onde uma imagem é mostrada enquanto o sinal da antena é contínuo. Se a transmissão interrompe a imagem na tela também desaparece.

O ser real e absoluto

holo14aabsoluto

Então, quem faz nosso espírito ver o planeta Terra, corpos, plantas, nossos corpos, e tudo o mais que vemos? É muito evidente que existe um criador superior, que criou todo o universo material. Esta é a soma de todas as percepções e continua sua criação sem interrupção.

Desde que este criador mostra uma tal magnífica criação ele seguramente tem o poder e direitos eternos. Todas as percepções que ele cria são criadas por sua vontade e ele domina a tudo que criou em qualquer instante.

Este criador é DEUS, o Senhor dos céus e da terra. O único ser absoluto é Deus. Tudo fora Ele, são sombras de seres que Ele criou. Esta realidade é explicada da seguinte maneira pelo grande estudioso islâmico Imam Rabani: “Deus, a substância dos seres que Ele criou é o inexistente. Ele criou tudo no âmbito dos sentidos e ilusões. A existência do universo é no âmbito dos sentidos e ilusões, e não é material. Na realidae nada existe fora com a exceção do Glorioso Ser que é Deus.”

holo14babsoluto

Nos quatro cantos deste universo, formado por percepções, está Deus, o único ser real. Assim o ser mais próxomo ao homem é Deus. Isto é explicado no Alcorão com o verso: “Nós criamos o homem e nós estamos mais próximo a ele do que sua veia jugular”. Aonde quer que estivermos Deus estará conosco. Enquanto você lê este texto o ser mais próximo a você é Deus que cria tudo o que você vê em todos os instantes.

holo14cabsoluto

Enquanto Deus nos fizer ver imagens e nos provê com sensações relacionadas ao mundo, continuaremos a viver neste mundo. Quando ele cessa com as imagens e sensações pertencentes a este mundo, mostra-nos o anjo da morte e nos dá percepções de uma dimensão diferente, significa que morremos. O dia da ressureição, julgamento, céu, inferno e a vida eterna será criado por nós da mesma maneira. Criar todas estas coisas é simples para Deus, que nos mostra a evidência de seu eterno poder e infinita sabedoria. Sim, neste mundo.

………………………………………………………………………………………………………..

Fonte: Compilação de textos e imagens, Renato, Gestor de conteúdo do Arquivo. Baseado no documentário “Universo Holográfico


Via: O Arquivo | Universo Holográfico, um novo paradigma – Parte 1
Via: O Arquivo | Universo Holográfico, um novo paradigma – Parte 2
Via: O Arquivo | Universo Holográfico, um novo paradigma – Parte 3

COMPREENDENDO MELHOR A DUALIDADE…

ciclo do tao

A Dualidade

Por: Bernardo Sommer

Yin (Lado Preto): Vazio, Frio, Sombra, Abstrato, Subjetivo, “Caos”, Feminino
&
Yang (Lado Branco): Forma, Calor, Luz, Lógico, Objetivo, “Ordem”, Masculino.

A dualidade é uma das formas que a Fonte (Singularidade) manifesta-se, onde Yang tende a se expandir, se afastar do centro, se tornar mais complexo, gerando variações e Yin tende a contrair, ir em direção do centro, retornar a simplicidade da unidade.

tumblr_mcn95tApEP1qalxxzo1_500Alguns exemplos que dei acima estão relativos a interpretação, eu cito-os apenas para mostrar como é inerente desta existência a interação entre os “opostos”, mas que na realidade não são opostos, apenas diferentes processos dentro do mesmo campo de existência, que em suma, funciona como um grande processo só. Para demonstrar como estas forças não são opostas, mas complementares, cito o exemplo maravilhosamente oferecido pela Psicologia Gestalt, a ideia de Figura e Fundo, que postula que a mente não pode reconhecer objetos sem a presença de um fundo, da mesma maneira que não perceberíamos a existência de um fundo sem a presença de objetos, nem que seja em um aspecto bidimensional, como exemplificado nas imagens do Teste de Rorschach. Normalmente pensamos em preto e branco como algo que se anulam mutuamente, mas, imagine uma situação hipotética onde existisse apenas preto, isso seria o mesmo que ser cego, nada existiria, nada importaria. O mesmo se aplica caso houvesse apenas branco. É somente através do contraste que percebemos a existência de algo, como o exemplo de preto e branco, que são diferentes, mas implicitamente eles são um processo.

As polaridades ditas opostas não devem ser interpretadas como “bem” e “mal”, pois isso é uma criação da mente humana, é uma questão de opinião, de preferências, optamos pelo que nos é agradável e não pelo o que é desagradável, mas na realidade não existe tal coisa, a Singularidade não opina, ela é.
Uma visão mais apropriada seria falar em termos de “positivo” e “negativo”, mas novamente, um precisa do outro para existir, da mesma maneira como você não tem como saber se está certo a não ser que alguém esteja errado. Assim como o “nada”(“negativo”) e o “tudo”(“positivo”) precisam um do outro para existir, pois o nada não seria nada se não houvesse um conteúdo para compararmos o que cada um é, da mesma maneira o conteúdo não poderia existir se não houvesse um espaço no qual ele pudesse estar.

Temos o costume de ver as diferenças como uma dicotomia. Exemplo: a vida é diferente da morte, o bem é diferente do mal, a luz é diferente da escuridão, etc., embora isso seja verdade por um lado, de maneira oculta, ambas polaridades são diferentes partes de um processo só.
Uma dicotomia é uma divisão na qual o campo não é considerado como uma totalidade que possui suas características diferentes e interconectadas, mas como uma diversidade de forças não relacionadas e/ou competidoras entre si. O pensamento dicotomizado interfere na autogestão da consciência, pois gera tendências intolerantes em relação às diversidades que existem nas pessoas, nas situações e as várias faces da existência em si, que são muitas vezes paradoxais.

Existe grande importância em desenvolver o que Alan Watts chamava de “pensamento polar“, apesar de não ser exatamente um pensamento e sim uma forma de percepção, onde a sensação e sentimento também estão envolvidos. O “pensamento polar” é ver a interconexão entre todas as coisas que parecem anularem-se mutuamente por serem “opostas”. A importância nisso é enxergar a si mesmo de uma maneira completa, integrada, pois assim os conflitos podem ser usados de maneiras produtivas para gerar aprendizados e a criatividade necessária para transformarmos a nós mesmos, e assim o mundo. Sem essa visão abrimos espaço para o conflito, e este é o motivo pela qual os administradores da nossa sociedade se utilizam tanto da estratégia de dividir e conquistar.

O externo é reflexo do interno, e os administradores do mundo sabem disso. Toda a ignorância do mundo está dentro de cada um de nós, aquilo que chamamos de maldade está no coração humano, e eles se aproveitam da nossa ignorância, da nossa inconsciência sobre nós mesmos, para nos empurrarem de um lado para outro e servirem suas vontades.
É muito fácil cairmos na crença de que o mal mora no coração dos criminosos, dos traficantes de drogas, dos terroristas, das pessoas de caráter duvidoso, etc. A ideia de que mal mora no coração do outro é um dos pilares que sustenta a teia de ilusões disseminadas pelo Governo Oculto. Nós somos os cocriadores de tudo o que existe, um “pequeno” ato afetará toda existência, pois tudo está interconectado, e isso pode ser usado de maneira produtiva ou destrutiva.

  • Uma visão integradora

“Procurei por Deus e só achei a mim mesmo. Procurei a mim mesmo, e só achei Deus.”

— Proverbio Sufi

O Buddha disse: “Aquele que tem a experiência de unidade da existência vê seu próprio ser em todos os seres, e todos seres em seu próprio ser, com isso ele vê tudo com olhos imparciais.”, com essa percepção jamais faríamos mal a nossos irmãos.

Esse tipo de ensinamento, de que tudo é um, não costuma ser compartilhado na religião cristã com muita frequência, embora esteja na própria bíblia, segundo o profeta Isaías (45:5 e 7): “Eu sou o senhor e não há nada além de mim”, “Eu formo a luz e crio a escuridão, eu trago a prosperidade e crio a desgraça, eu, o senhor, faço todas as coisas”. O motivo disso não ser propagado entre os cristãos é porque abre espaço para o questionamento sobre o conceito que temos de “deus”, e principalmente, quem somos nós e qual nosso papel, de fato, nesta existência. E isso não interessa àqueles que possuem monopólio sobre as crenças humanas, já que sem a nossa crença de medo da morte, de que nossa ganância é justificada, ou qualquer crença de preservação do “eu” nos afasta da conexão com a unidade, e portanto, da compaixão para com todos os seres vivos.

“Quem não ama não conhece a Deus, porque Deus é amor.”       

— 1 João 4:8

Amor não é apenas ter relação sexual, não é atração emocional ou intelectual, ou sequer uma “troca de energias”, e certamente o amor não é a fome do coração pelo afeto. O amor é uma poderosa vibração vindo direto da Fonte. O amor que falamos aqui não é uma emoção, na verdade, é um estado de consciência, uma forma de estar no mundo, uma maneira de ver a si mesmo e aos outros, é o que podemos chamar de empatia ou compaixão, mas no fundo é percepção que nós somos “o outro”.
Apesar desta minha tentativa de definir amor, é importante destacar que o amor não pode ser definido, quando definimos algo estamos usando nosso intelecto para limitar este algo em conceitos e com isso deixamos de amar.
O amor não se encontra no pensar, nem no sentir, ele se encontra no ser.

  • A Dualidade na Cabala

A explicação da origem do Universo, segundo a Cabala, também se resume a dois personagens: a Luz (Yang) e o Recipiente (Yin). Num dado momento, a Luz, que é puro amor infinito, sentiu vontade de compartilhar todo aquele amor e criou o Recipiente, apenas para receber o que ela tinha a oferecer, numa união perfeita. Só que, um dia, de tanto receber amor, o Recipiente começou a absorver as características da própria Luz e também sentiu necessidade de compartilhar. Como a Luz não podia receber do Recipiente, pois ela já contém tudo que existe, este começou a se sentir inferior e usando de seu livre arbítrio, “se separou da Luz” e criou o seu próprio mundo, finito, limitado. Para a Cabala, esse é o instante que os cientistas definem como Big Bang, a criação do Universo a partir de uma gigante concentração de matéria e energia em um único ponto.

Para a Cabala, os seres humanos são descendentes diretos do Recipiente e portanto, essencialmente recebedores. Isso explica a imensa dificuldade de doar e compartilhar e o desejo de sempre receber. Basta observar as crianças. Antes de elas aprenderem a dividir com os amigos, são naturalmente egoístas e querem tudo para si. Faz parte da essência humana.

No fundo, não há nada de errado com o fato de desejarmos bens materiais e não-materiais. A grande questão é o propósito com que pedimos e o que fazemos com o que conquistamos. Nosso grande desafio no mundo da matéria é aprender a transformar o egoísmo extremo em que vivemos hoje – e que gera uma série de conflitos internos e externos – num ato de receber para compartilhar amor, alegria, bondade, tempo, saúde e conhecimento. Exatamente como desejava o Recipiente, no momento em que se separou da Luz.

  • A Separação

O Jogo de Tempo e Espaço

Destacar que a separação é uma ilusão é fundamental aqui, jamais podemos nos separar da totalidade, pois sem nós tudo que existe não seria tudo que existe, seria “tudo que existe, exceto nós”.
A dualidade é só um JOGO, estamos dando forma a parte de nós que é abstrata. Essa realidade é real somente até certo ponto, mas mesmo sendo “real”, não faz dela nossa verdade absoluta. E se existe uma verdade absoluta, ela certamente é o conjunto de verdades relativas, pois necessariamente precisa englobar tudo que existe. O que não existe simplesmente não existe, é impossível sequer imaginar a “não-existência”.

Por isso a pergunta “porque nós existimos” é insignificante, pois nós precisamos existir. Colocando de outra maneira, a existência simplesmente é, a pergunta “porque a existência existe” é uma pergunta criada dentro da existência, portanto, a pergunta está subjugada à existência, mas a existência não está subjugada à pergunta. Além do mais, a característica fundamental da existência é existir, ela não precisa justificar a si mesma seu motivo de existir. Todas as coisas que nunca irão existir já não existem, não há espaço na “não-existência” para algo que existe. E como vimos aqui [A Ilusão de Tempo e Espaço: Matrix] todos os momentos (tempos) e todos os lugares (espaço) existem no eterno agora, portanto, nunca deixaremos de existir, apenas deixaremos de existir nesta forma que estamos vivenciando.

“Pois eu estou dividido pelo bem do amor; para haver a possibilidade de união.”

— “O Criador” (AL I:29) O Livro da Lei. 93

“Toda matéria é somente energia condensada em vibrações baixas, somos todos a mesma consciência tendo experiencias de maneira subjetiva. Não existe o que chamamos de morte, a vida é só um sonho, e nós somos a imaginação de nós mesmos”

— Bill Hicks

  • Concluindo

Como historicamente essa visão de polaridade, Yin e Yang, foi popularizada pelo I-Ching, vou deixar abaixo sua descrição de como funciona a interação entre ambos os lados.
O I-Ching nos diz que para termos corpo e mente saudável é preciso estarmos em equilíbrio com Yin e o Yang, Para entendermos como podemos estar em harmonia entre ambas polaridades há 7 leis, ou padrões que a existência dualística segue, e 12 teoremas das possíveis combinações neste modo da energia interagir.

Os padrões são:
  1. Todo o universo é constituído de diferentes manifestações da unidade infinita;
  2. Tudo se encontra em constantes transformações;
  3. Todas as contrariedades são complementares;
  4. Não há duas coisas absolutamente iguais;
  5. Tudo possui frente e verso;
  6. A frente e o verso são proporcionalmente do mesmo tamanho;
  7. Tudo tem um começo e um fim.
Os teoremas são:
  1. Yin e Yang são duas extremidades de pura expansão infinita: ambas se apresentam no momento em que a expansão atinge o ponto geométrico da separação, ou seja, quando a energia se divide em dois, ou seja, no momento de criação deste universo;
  2. Yin e Yang originam-se continuamente da pura expansão infinita;
  3. Yang tende a se afastar do centro; Yin tende a ir para o centro; E ambos produzem energia;
  4. Yin atrai Yang e Yang atrai Yin; Yin repele Yin e Yang repele Yang;
  5. Quando potencializados, Yin gera o Yang e Yang gera o Yin;
  6. A força de repulsão e atração de todas as coisas é proporcional à diferença entre os seus componentes Yin e Yang;
  7. Todos os fenômenos têm por origem a combinação entre Yin e Yang em várias proporções;
  8. Os fenômenos são passageiros por causa das constantes oscilações das agregações dos componentes Yin e Yang;
  9. Tudo tem polaridade;
  10. Não há nada neutro;
  11. Grande Yin atrai pequeno Yin; o grande Yang atrai o pequeno Yang;
  12. Todas as solidificações físicas são Yin no centro e Yang na periferia.

Não somos anjos ou demônios, somos os dois.”
— Carl Jung 

Por isso…
A coisa mais assustadora que existe é aceitar a si mesmo completamente.”
Carl Jung

Mas…
Não existe como criar consciência sem dor. As pessoas farão de tudo, não importa o quão absurdo seja, para evitar encarar a própria alma. Não nos tornamos iluminados apenas imaginando figuras de luz, mas criando consciência da escuridão. Porém, esse procedimento é desagradável, portanto, não popular.
Carl Jung

Então…
Aprenda a amar com todo o seu coração e aceitar o lado desagradável dos outros (e o seu). Qualquer um pode amar uma rosa, mas é preciso ter um grande coração para incluir os espinhos.
Ditado Budista

 


Via: Evolução da Consciência: A Dualidade

A COMPREENSÃO DA NOVA REALIDADE NÃO SE DARÁ PELO CÉREBRO FÍSICO…

new brain

Mais Mudanças, a chegada do Homo Spiritus

a chegada do Homo Spiritus.jpg

Por: Prama Shanti

 

Mais uma etapa vencida, as mudanças dimensionais seguem na medida em que Gaia promove sua elevação dimensional. Pouco a pouco as micro dimensões se desdobram e causam novas mudanças em seu mundo.

Sua velha lógica linear deixa de funcionar. A primeira manifestação exterior de Gaia é seu clima, e ele não acompanha mais suas equações matemáticas. Agora nenhuma equação matemática consegue descrever o comportamento do clima. É Gaia que se desdobra !

Tudo parece confuso, e seus cérebros racionais tentam aumentar sua capacidade de processamento na tentativa de compreender o que se passa. Afastados de suas almas, vocês procuram compreender racionalmente o que não pode mais ser explicado desta maneira. Nesta tentativa desesperada, seus cérebros aproximam-se dos 20 ciclos por segundo, causando cada vez mais stress e dor.

O princípio de causa e efeito não funciona mais, outra dimensão temporal está sendo ativada e causa e efeito agora se referem às múltiplas linhas de realidades. Tudo lhes parece sem sentido, sem explicação. É a teia dimenso-temporal ativando-se, fazendo-se presente nos novos tempos. Na sua velha compreensão da lógica linear, fica mais fácil substituir causa e efeito por sincronicidade. Isto é, tudo está interligado e foge a compreensão de vocês. É o primeiro sinal de humildade de algumas mentes que começam a despertar.

Na medida em que se aproximarem da nova realidade, começarão a perceber que suas velhas mentes racionais precisarão ser substituídas, que novas formas de pensar precisam ser aceitas.

Seus velhos cérebros não possuem a capacidade de processamento necessária à nova compreensão. Coloquem esta calculadora no bolso e deixem surgir o novo cérebro que vai lhes acompanhar nesta nova etapa de sua humanidade. Este novo cérebro não é mais físico, porque a matéria possui limitações espaço-temporais e é incapaz de servir de suporte ao novo pensamento.

Esta nova forma de pensar não será mais consciente, na definição que vocês dão a este termo hoje. Para vocês, consciente é racional e controlado pelo ego. Este modo é muito lento e embora vocês tentem aumentar sua velocidade aproximando-se dos 20 ciclos por segundo, nada será suficiente porque este não é o caminho.

Para acompanhar os novos tempos e as novas mudanças, vocês precisam abrir seus chacras cardíacos, começar a sentir, perceber-se sem pensar. Permitir que o novo cérebro seja aceito e incorporado. Estreitar os laços com sua alma e pensar através dos sentimentos. Estamos presenciando o nascimento de um novo ser, o Homo Spiritus.

E este nascimento só é possível através da entrega, da aceitação do caminho. E esta entrega não é uma capitulação ou rendição, mas uma confiança, uma certeza que nasce da compreensão. E esta compreensão não pode ser atingida pela mente racional. Esta é a grande iniciação de seu tempo, uma iniciação onde você penetra na quinta dimensão, onde o efeito precede a causa e você tem a compreensão através do novo cérebro que terá no futuro.

Esta é a verdadeira iniciação, onde seu Mestre é sua própria alma.

Aproxime-se, nós lhe aguardamos.

Esteja Feliz !

através de Prama Shanti, em 21/03/2017
(sobre a autoria …)

 


Via: Mais Mudanças, a chegada do Homo Spiritus | Prama Shanti

TIRANDO A VENDA DOS OLHOS…

blind-folded

O Despertar Global

post-01-04 (editado)

Por: Fausto Petrone

O maior despertar global da história está ocorrendo. A consciência sobre o nosso mundo está se reposicionando mais rapidamente do que nunca. Existe ainda mais informações iluminadas oferecidas às massas do que nunca. O ser humano comum está agora descobrindo as fórmulas para manifestar uma vida inacreditável e é capaz de absolutamente transformar sua vida em algo que realmente ama!Em cada nação que você fizer uma viagem, vai encontrar mais pessoas que exploram meios alternativos de trabalhar, todo mundo está aprendendo as melhores maneiras de explorar os estados de consciência superiores.

O mundo terreno está encerrando o ensino nos graus iniciais e estamos nos preparamos para dar um salto para os graus superiores! Este grande despertar não é algo “mau” ou uma coisa “excelente”, é apenas uma parte do nosso desenvolvimento. É como se cada pessoa estivesse recebendo as boas-vindas na sua própria festa de formatura. Estamos vendo em todos os lugares os sinais de que todos os velhos sistemas estão desmoronando à medida que a consciência está avançando em uma taxa exponencial. O planeta tem sido destruído com tantos desastres, exigindo uma mudança na forma como tratamos a nós mesmos e à natureza. Estamos na verdade, vivendo em constante preocupação, ansiedade e ganância por tempo suficiente.

O mundo esteve dividido por eras, mantendo a ilusão de que algumas pessoas são mais poderosas, mais ricas e mais capaz do que outras. Sim, na verdade a venda também tem sido colocada diante dos seus olhos! Você também é capaz, rico e proeminente no seu mundo interior, basta acreditar. Você nasceu exatamente com os mesmos poderes que existem em cada pessoa. Você é atualmente uma manifestação divina extremamente eficaz, que pode facilmente criar, trazer, e emergir qualquer coisa que você desejar!

Ninguém deve se sentir pequeno, sem esperança e pobre por mais tempo. Você não está mais restrito por algum jogo baseado no medo que os outros estão jogando em qualquer tempo. O jogo de manipulação global “nós contra eles” está ultrapassado, é tempo de crescer, progredir e avançar para a nova era.

Você está disposto a ser uma pessoa mais consciente que vive 24 horas por dia em um estado de felicidade, amor e paz interior? Você é digno de experimentar isso o tempo todo e você pode! Basta começar por recuperar a sua conexão espiritual e entender que há uma Fonte do todo, inteligente, onisciente, disponível para você em cada novo minuto. É uma sensação fantástica se libertar da viagem com o ego e se conectar com a Fonte. Você é digno para apreciar esta experiência cotidiana e a medida que você se exercita, vai perceber que este mundo está realmente despertando para todos em torno de você!

Dê o passo inicial para se capacitar e incendiar esta conexão espiritual agora mesmo! Comece descobrindo suas respostas a estas perguntas, então exercite a meditação!

Exatamente para o que mais você precisa dizer “NÃO”, de maneira que você possa dizer “sim” a uma variação muito maior do verdadeiro você?

Exatamente o que você deve pensar, fazer ou liberar, para experimentar um enorme sentimento de liberdade em sua vida hoje, esta semana?

Apenas o que é de fato realmente crucial para você a nível mundial?

Exatamente o que você pode fazer hoje para criar um mundo mais iluminado amanhã?

© Fausto Petrone – THE DIVINE MATRIX


Fonte: In5DInd5D | The Global Awakening
Tradução e Divulgação: A Luz é Invencível

Via A Luz é Invencível | Despertar Global

O VÁCUO QUÂNTICO É PURA CONSCIÊNCIA, CONHECIDA PELO NOME DE DEUS…

universo

Mecânica Quântica VIII

Significado

Por: Hélio Couto

 

A mudança de paradigma, de sistema de crenças, da humanidade depende de entender o que vamos explicar a seguir.

O experimento da Dupla Fenda é o experimento mais fundamental da história da ciência porque ele muda toda a concepção de como o mundo é. Quando se emite um único fóton (luz) e temos uma única fenda aberta (um obstáculo de papelão por exemplo, com um único buraco aberto), encontramos depois do obstáculo pontos específicos onde o fóton chegou. Isto é, ele passou como uma partícula (massa). Quando temos duas fendas abertas, encontramos depois franjas claras e escuras, mostrando que houve uma interferência construtiva (o pico de uma onda colidiu com o pico de outra onda) de ondas com ondas. As ondas do fóton colidiram com as ondas dos fótons e formaram as franjas. Provando que são ondas. Isso acontece mesmo quando emitimos apenas um fóton por vez, mostrando que ele interferiu com ele mesmo. A onda dele interferiu com a onda dele mesmo, após passar pelas fendas. Desta forma ficou provado que o fóton é partícula e é onda ao mesmo tempo. Existem experimentos específicos mostrando que a luz é partícula e é onda. Podemos escolher usar o fóton como partícula (massa) ou como onda.

Mesmo quando se faz o experimento de escolha retardada, fechando ou abrindo uma das fendas, após o fóton já ter passado pelo obstáculo, ele se comporta como optamos. Mesmo ele já tendo passado pela(s) fenda(s). Se ele passou por uma fenda (partícula) e nós abrimos a outra fenda, ele mostrará que interferiu consigo mesmo (onda). Atentem que ele já tinha passado como partícula e nós abrimos a segunda fenda depois que ele passou; e mesmo assim ele apresenta as franjas da interferência de uma onda com outra. Ele sabe o que nós queremos e se comporta como tal. Se tivéssemos aberto duas fendas e depois fechássemos uma delas, ele se comportaria como partícula. Nós escolhemos tratar o universo como partícula (massa) ou como onda.

Esse experimento já foi feito até com 100 moléculas. O que é um tamanho gigantesco em termos quânticos.

De Broglie provou que existem ondas de matéria.

Tudo pode ser tratado como onda em última instância. E tudo que é energia é informação. Na verdade o universo é in-formado pelo Vácuo Quântico.

Quando nos aprofundamos na matéria com um microscópio eletrônico e o apontássemos para a mão de uma pessoa, veríamos células, depois moléculas, depois átomos, depois o núcleo o átomo, depois os prótons, depois os quarks, depois as cordas e depois o Vácuo Quântico. O oceano de energia primordial infinita de onde tudo emerge. Não importa para onde olhemos com nosso microscópio, seja para a mão de uma pessoa, seja para a pele de um cachorro, seja para uma pétala de flor, seja para uma pedra, seja para o ar que respiramos, seja para qualquer coisa que exista no universo, lá no fundo de tudo encontraremos esse Vácuo Quântico. Essa Energia Infinita que vibra de maneira infinita e que quando diminui um pouco sua vibração pode ser tratada como massa (matéria). É assim que a matéria passa a existir no universo. Essa matéria (o Vácuo Quântico), que diminuiu sua vibração (frequência) para poder ser tratado como partícula, pode então ser tratada como quarks, prótons, átomos, moléculas, células, órgãos, pessoas, etc..

Quanto mais Ele sobe em organização menor é sua vibração (freqüência) até ter uma freqüência baixíssima como nosso cérebro que vibra poucas vezes por segundo, para que possamos agir como humanos e interagir com outros humanos.

Tudo que existe é apenas uma redução da freqüência do Vácuo Quântico. Ele se reduz para que possa interagir como matéria. Na verdade Ele muda de dimensão para poder atuar em inúmeras dimensões da única realidade que existe. Tudo é uma única coisa. O Vácuo Quântico. Em última instância só existe uma Única Onda.

O Vácuo Quântico é pura consciência. Inteligente e amoroso. Nossa consciência é uma parte Dele. Uma parte do Todo. De Tudo-O-Que-Existe. A consciência de qualquer pessoa é uma parte da consciência Dele. Uma parte individualizada, personalizada. Saiba disto ou não. Perceber isso é o que se chama evolução ou iluminação. Quando a consciência da pessoa uniu-se totalmente com a consciência do Todo, a pessoa está iluminada. Existem vários graus de iluminação é lógico, da mesma maneira que existem lâmpadas que iluminam mais ou menos. Quando mais unificado com o Todo mais iluminado está e mais manifesta o Todo na realidade. Seja ela em que dimensão for.

O Vácuo Quântico é conhecido normalmente pelo nome de Deus. Quando as pessoas falam de Deus é do Vácuo Quântico que estão falando. Ele é tudo o que existe. Sua consciência é tudo o que existe. De Sua consciência é que surge tudo no universo. Foi Sua consciência que emanou este universo. O que os humanos chamam de Big Bang. Foi uma expansão de uma parte Dele. Da mesma forma Ele emana outros universos, multiversos e consciências individualizadas de Si Mesmo. O que se chama de Centelhas Divinas. Todo ser que existe no universo é uma Centelha Divina do Todo. De Deus. Uma parte de Deus. Existe uma forma teológica de falar tudo isso, mas o significado é o mesmo.

O Todo é onipresente, onipotente e onisciente. Isto é, Ele está em todo lugar (é tudo o que existe), pode fazer tudo (porque é tudo o que existe) e sabe de tudo (porque tem consciência de tudo. E o mais importante é Puro Amor Incondicional. Sua essência é Amor. O Todo é Amor. Deus é Amor.

Agora vem a questão crucial para quem conhece a Mecânica Quântica pela primeira vez. A pessoa intui ou sabe o que está explicado acima. Este fato faz com que a pessoa tenha de tomar uma posição em relação ao Todo. Em relação a Deus. Ela não tem como negar que é parte Dele e que tem de evoluir para unificar-se com Ele. Isso é inevitável. Quer a pessoa queira ou não. Mais cedo ou mais tarde. O amor que a pessoa sente é uma ínfima parte do amor que o Todo sente, mas é uma parte mesmo assim. É por isso que quando a pessoa entendeu o que está explicado aqui seus olhos brilham. A pessoa se transformou. É por isso que dá para perceber na expressão da pessoa se ela entendeu o que a Mecânica Quântica explica. A Centelha Divina fica esperando o quanto for até que a pessoa (ego) decida deixar que a Centelha atue cada vez mais na vida daquela pessoa. A grande questão é como a pessoa se relaciona com o Todo. Com Deus. O quanto amoroso é este relacionamento ou não. Se a pessoa deixa o Todo atuar na sua vida ou não. Se ignora o todo ou não. Se quer saber do Todo ou não. E isso só afeta a própria pessoa, pois a pessoa é o Todo. Saiba disto ou não. O Todo esperará até que a pessoa decida ter um relacionamento consciente com Ele. Quem está perdendo em não se relacionar com o Todo é a pessoa.

Como o Todo é puro amor, Sua capacidade de amar é infinita. Todos sabem que o amor é a coisa mais prazerosa e realizadora que um ser pode sentir. Imagine o quanto o Todo sente de prazer amando da forma que ama. Já que Ele é o próprio amor. O que os humanos sentem é uma gota d’água deste Oceano de Amor que é o Todo. É por isso que o amor que um místico sente é tão imenso que ele muda uma civilização. É por isso que os Avatares mudam um planeta. E estão tendo que conter o Amor do Todo dentro de um corpo humano, caso contrário explodiriam (vide explosão de Hiroshima, quando uma pequena parte da força forte foi expelida do núcleo de alguns átomos).

Portanto, toda a questão se resume neste relacionamento parte/Todo. Pessoa e Deus. É por isso que o paradigma tem de mudar. Para perceber que o Todo é puro amor. Quando a pessoa sente isso todos os problemas estão resolvidos. Não importa em que tempo, dimensão, vida, etc.. A pessoa está nas mãos de Deus. Isto é, uniu-se a Ele. Rendeu-se como falam os budistas. E esse sentimento é extremamente confortador. O Pai nos ama e nunca se deixa vencer em generosidade. Quanto mais a pessoa amar outra criatura, mais o Pai a amará. Quando mais a pessoa der mais ela receberá. Façam essa experiência e todas as dúvidas desaparecerão. E tudo estará resolvido.

Nesse ponto a pessoa estará preparada para ajudar aos outros irmãos a também encontrarem o Pai, a Deus, ao Todo. Nesse ponto a pessoa unificada permitirá que o amor do Todo passe por ela e se derrame pela criação. Seja onde estiver. Nesse ponto não existe mais o ego. Apenas Deus atuando sem cessar. Nesse ponto o ego foi consumido pelo amor de Deus. A Centelha está unificada com o Todo. A individualidade permanece, mas só existe a vontade do Todo. Os dois são uma coisa Só.


Direitos Autorais:
Copyright © Hélio Couto. Todos os direitos reservados.
Você pode copiar e redistribuir este material contanto que não o altere de nenhuma forma, que o conteúdo permaneça completo e inclua esta nota de direito e o link: www.heliocouto.com

Via: Prof. Hélio Couto: Mecânica Quântica VIII

O PROCESSO DE DESPERTAR CONTINUA A SE ACELERAR…

processo do despertar

Seu despertar é inevitável

Saul-PaulodeTarso-225x300-225x300-1-225x300-1-225x300-1-225x300-225x300

Mensagem de Saul canalizada por: John Smallman

As mudanças que agora ocorrem na Terra são incríveis, e se devem a pessoas como você – aquelas que leem e ouvem blogs como este – que pretendem todos os dias acordarem para serem amorosas, aceitando cada interação, cada situação e se liberando de qualquer tipo de julgamento e pensamentos, sem se envolver com eles.

Como você está sendo consistentemente lembrado: Há apenas o Amor! E vocês, os Portadores da Luz, os Trabalhadores da Luz, as Sementes Estelares, e aqueles de vocês que aparentemente só recentemente embarcaram em seus caminhos espirituais, agora perceberam isso e estão constantemente fazendo o máximo para viver essa divina Verdade.

Naturalmente, todos vocês têm estado em seus caminhos espirituais desde que encarnaram nesta presente vida humana, apenas que alguns de vocês estão apenas agora se tornando conscientes disso. Apesar de sua aparente inconsciência, você tem de fato seguido por esse caminho através de todas as suas vidas, apenas foi que você tinha lições a aprender, questões centrais para curar e liberar, ou ainda, obrigações contratuais para cumprir antes de estar pronto para que a consciência do seu destino espiritual surgisse dentro você.

Nenhum de vocês é de modo algum inadequado, vocês são todos seres divinos fazendo exatamente o que vocês encarnaram para fazer. Deixe de lado todos os autojulgamentos negativos, porque eles são completamente inválidos. Vocês são todos filhos amados de Deus, altamente honrados pelo que estão fazendo, embora possa parecer que vocês não têm nenhum valor para oferecer à humanidade nesta maciça empreitada de despertar. Nem mesmo um de vocês não poderia ser alcançado, porque é da Vontade de Deus que você desperte, e eu garanto que você vai. Apenas lembre-se diariamente que você é, todos e cada um de vocês, sem exceção, participantes essenciais e absolutamente insubstituíveis no plano divino. Quando vocês se lembram disso, e se permitem aceitar a verdade desta afirmação, sentirão o abraço divino e amoroso no qual Deus os segura em cada momento de sua existência eterna.

O campo do Amor divino, em que tudo o que Deus cria tem a sua existência eterna, apoia todos vocês, constantemente e sem interrupção, à medida que avançam sobre suas vidas diárias como seres humanos dentro do ambiente ilusório e severamente limitado que vocês imaginaram ser para as lições que vocês escolheram aprender. Lições que mostram muito claramente que sem Amor, Deus, a sua Fonte Divina, a vida é impossível. E, naturalmente, seus corpos humanos decaem e morrem, demonstrando este aspecto da ilusão muito claramente.

Seu despertar é inevitável. No entanto, você pode optar por atrasá-lo, como muitos têm feito, porque a ilusão tornou-se tão real para eles que eles estão aterrorizados por deixá-la. E essa escolha será honrada porque, como tantas vezes dissemos, o Amor é gentil, não impõe, não exige ou ordena, Ele permite que você o aceite ou rejeite, sabendo, como Ele sabe, que você escolherá Despertar na Realidade, seu verdadeiro e único Lar. Qualquer outra dimensão do tempo ou do espaço é irreal, temporária, e se dissolverá no nada do qual foi imaginado para ser.

Existe apenas Amor, Deus, Fonte, Céu, Realidade – qualquer palavra que você escolha usar, incluindo outras que são diferentes das listadas, para significar o Tudo o Que É, e é bom, porque as palavras são apenas símbolos sem outro significado senão aqueles que você e cada um lhes dá. E, sem dúvida, como você continua a experimentar, essas escolhas individuais sobre o significado preciso de uma palavra levam à confusão, e às vezes ao conflito.

A realidade está onde você sempre viveu em alegria e sem interrupção, apenas parece que você está em outro lugar, só que não existe outro lugar!

O caminho de Casa é através do tempo gasto no calmo e sagrado altar dentro de si mesmo, onde a chama do Amor de Deus queima constantemente. A realidade está dentro de você, esperando seu reconhecimento e aceitação. Todos vocês irão para dentro, e encontrarão o que vocês têm procurado externamente por eons. Procurar fora é demorado e deprimente para você, porque não há nada lá, exceto a ilusão após a ilusão, alegando mostrar o caminho para a Realidade, quando esse caminho está firmemente e irrevogavelmente estabelecido dentro de cada um de vocês. Nesta época, muitos estão chegando a uma compreensão alucinante disso, e ao adicionarem sua intenção de ser apenas Amor ao Tsunami de Amor que envolve todos vocês, o processo de despertar continua a se acelerar.

Tudo se desdobra exatamente como divinamente pretendido, porque a Vontade de Deus é sempre alcançada. Muitos têm falado de serem salvos, e muitas religiões oferecem-lhe a salvação, mas você já está salvo, porque em cada momento você é Um com a Fonte, o que é um estado eternamente imutável. A única salvação é, despertar da ilusão em que você escolheu se esconder da Realidade, e, verdadeiramente, você não pode permanecer escondido, porque o véu ou manto sob o qual você está se escondendo está se dissolvendo e se desintegrando, e logo desaparecerá como névoa no nascer do sol.

Permanecerão alguns poucos teimosos, que estão presentemente tão casados com a ilusão  que se recusam a reconhecer o chamado amoroso de Deus. Sua recusa será honrada porque, como eu disse acima, o Amor não ordena, não exige, nem impõe, espera pacientemente, sabendo que aqueles teimosos mudarão suas mentes. Entretanto, encontrar-se-ão num ambiente que se alinhe completamente às suas crenças atuais, onde poderão continuar a negar a Realidade, para que possam continuar com os seus jogos de conflito, caos e confusão nas suas esperanças e desejos individuais insanos, de se tornarem os poderosos que controlam esse ambiente e as multidões que estão dentro dele.

Cada um daqueles que compõem essas multidões é apenas um reflexo ilusório de si mesmo. Eventualmente, eles ficarão entediados com seus jogos de controle-da-mente e escolherão, como todo mundo, despertar na Realidade onde as celebrações de “Bem-Vindo ao Lar” são realizadas em honra a eles, e isto irá deliciosa e lindamente explodir suas mentes, assim como elas irão para você quando você despertar.

Seu despertar está divinamente assegurado, portanto, tudo o que você precisa fazer é se envolver com o Amor, liberar seu controle sobre o medo, e ir para dentro de si mesmo e permitir-se experimentar uma vez mais a alegria total da Unicidade com sua Fonte.

Com muito Amor,

Saul

Através de John Smallman


Fonte: John Smallman | The way Home is through quiet time spent at the holy altar within yourselves
Tradução: Adriano Pereira

Postado por Roberto Legey, colaborador de Penso Positivo em 3 de março de 2017

Via: Penso Positivo | Seu despertar é inevitável

OS DIAS DE DIFICULDADES ESTÃO CHEGANDO AO FIM. NÃO TENHA MEDO…

pleiadian-woman

Mensagem de Mira do Conselho Superior Pleiadiano

Canalizado por: Valerie Donner

 

Saudações, sou Mira. Estou aqui para destacar alguns assuntos importantes para vocês. O Conselho da Terra, do qual sou um membro, quer assegurar-lhes que estão em boas mãos. Não vamos permitir a Terra ser destruída. Vocês foram longe demais em seu processo de ascensão para voltar atrás. Isto simplesmente não será permitido.

O que está acontecendo agora é que os antigos vestígios de poder do sistema patriarcal de dominação, intervenção militar, guerras intermináveis, interesse pessoal, ganância e abuso estão sendo expostos. Esta energia contaminada está em processo de ser interrompida totalmente. Então o que você está vendo são os estágios finais do sistema disfuncional escuro chegando ao fim. Por favor, NÃO tenha medo daqueles que estão usando um falso poder serem capazes de impedir quem está pronto para subir para uma consciência superior.

Estamos falando em nome das multidões de Galácticos, Mestres e seres de luz ao redor da Terra que têm os seus melhores interesses no coração. A consciência coletiva da velha 3ª dimensão está sendo descartada e logo será substituída, Você pode considerar os dias de luta quase concluídos. Você estará vivendo em unidade, amor, harmonia, paz e abundância. Você está sendo catapultado para agir e defender a sua verdade. A Terra está agradecida pelo que você está fazendo e todo o amor que você está entregando a ela. Em seu coração e alma você está começando a acessar suas memórias de como é viver na UNIDADE. Os espelhos de separação agora estão simplesmente mostrando que você chegou. Em breve estaremos recebendo você de volta para o nosso convívio.

Use seu tempo sabiamente. NÃO alimente o medo. Veja o que está acontecendo como um palco e não se conecte emocionalmente. Seja grato aos jogadores no palco por trazerem as “doenças” para o foco. Você pode considerá-los como agentes da mudança, necessários para agitar as coisas.

Nos bastidores não temos notícias falsas. Sabemos o que as pessoas estão fazendo, pensando e dizendo e os motivos por trás de seus comportamentos. É por isso que estamos aqui para monitorar e revisar tudo, para ter certeza de que você está seguro e protegido.

Nós alertamos para você sempre usar o seu discernimento. Gostaríamos de poder dizer-lhe tudo, mas não temos permissão para fazer isto. Podemos somente fazer sugestões sutis. Podemos apontar para a nossa presença para aqueles que podem ver, ouvir e compreender. Pedimos-lhe que aprenda a confiar profundamente em si mesmo e em seu conhecimento interior. É imperativo desenvolver o seu discernimento. Por favor, olhe acima das cenas como se estivesse de pé sobre a montanha da verdade. Tudo o que é errado e fora da integridade vai desmoronar abaixo de você. Falsidades serão apagadas e mentiras serão purgadas. Mas você permanecerá em pé na verdadeira compreensão.

Os dias de dificuldades estão chegando ao fim. Por favor, faça o melhor com as lições restantes que você ainda tem que aprender, para a sua própria cura e crescimento. Dê um passo a frente como seres poderosos de luz que são, nossa tripulação na Terra, porque você está fazendo com orgulho e coragem o que veio fazer. Lembre-se que estamos sempre com você e que você é amado e protegido. Apesar das aparências externas, por favor, saiba que está tudo bem.

Eu sou Mira enviando-lhe muito amor.

©Valerie Donner


Origem: The Ground Crew | Mira from the Pleiadian High Council Channeled through Valerie Donner February 2, 2017
Tradução e Divulgação: A Luz é Invencível ☼

Via: Mensagem de Mira do Conselho Superior Pleiadiano | A Luz é Invencível

O PAPEL DO EU SUPERIOR NO DESPERTAR DA CONSCIÊNCIA…

eu-superior

EU SUPERIOR – SUA LIGAÇÃO ÀS DIMENSÕES ANGÉLICAS

Por: Shanta Gabriel com o Arcanjo Gabriel
Em 23 de setembro de 2012

 

Queridos,

Vocês sabiam que vocês têm em seu interior o portal para toda a orientação e inspiração que vocês precisam para surfar as ondas destes tempos desafiadores? Este portal pode ser chamado de seu Eu Superior. O Arcanjo Gabriel me apresentou ao meu Eu Superior em 1990, fazendo-me saber que este era o modo como eu me conectava com as mensagens que ele me enviava. Recentemente eu soube que os Arcanjos ergueram os véus e estão ativamente trabalhando entre as dimensões para tornar a ponte entre sua mente consciente e seu Eu Superior mais graciosa. Considerando a magnitude das areias movediças das crenças e os eventos que estão impactando milhões de almas, não é de surpreender que os Arcanjos interviessem para assistir as pessoas para que elas pudessem contatar os reinos de Orientação Divina mais livremente.

Se vocês se sentem confortáveis com a ideia de Anjos trabalharem com vocês, considerem convidá-los para assisti-los em muitas áreas de sua vida. Os Anjos trabalharão através de seu Eu Superior, esse aspecto seu que está conectado à sua alma e contém a Centelha Divina. Eles estão usando a ligação ao seu Eu Superior para ajudar a coordenar sua consciência que está despertando. É uma grande ajuda ter seu Eu Superior filtrando as frequências de energia e permitindo que vocês somente recebam aquilo que lhes é adequado.

Desde o meu primeiro contato com o Arcanjo Gabriel, ele foi muito claro quanto ao papel de meu Eu Superior na realização da conexão às dimensões que me permitiam receber orientação e sabedoria. As ferramentas de ensino que ele me deu, como O Alinhamento Angélico postado em meu site Resources, tornou possível eu me alinhar com meu Eu Superior através do sistema de chakras e criar uma conexão que eu poderia aprender a confiar.

Os itálicos nesta mensagem são transmissões do Arcanjo Gabriel:

A semente de Deus que você pode chamar de seu Eu superior em nome da simplicidade está tão em contato com sua alma que trabalha em conjunto para a realização de seu propósito espiritual na Terra. Sempre que você se sente perdido – é seu Eu Superior que está faltando em sua consciência consciente. Dispensar um tempo para elevar suas frequências vibracionais para se conectar com a ligação às Dimensões Angélicas e todos os seus sistemas de orientação lhe oferece uma experiência da presença viva do Amor Divino que dissolverá sua resistência e alimentará seu coração como nada mais pode alimentar.

Quando aqueles que foram traumatizados pelas religiões organizadas jogam fora a ideia de um Poder Superior, suas mentes normalmente cortam a inspiração provinda do Eu Superior. Mas quando eles pedem por ajuda, assim abrindo-se para frequências de energias superiores, a intuição que vem é brilhante. Alguns que professam ser não-crentes têm se tornado muito competentes em achar vagas para estacionar! Mas eles não acreditam que isto é inspirado pelos Reinos Angélicos ou sua ligação à intuição provinda da Centelha Divina em seu Eu Superior.

Há muitos nomes para o Eu Superior. Na verdade ele é o portal para a sua parte mais sagrada, autêntica, divina e eterna. Este Ser Superior é a sua ligação à Mente de Deus e também ao propósito de sua alma. Seu Eu Superior atua como uma ponte entre o Céu e a Terra, trazendo para você tudo o que sua alma precisa para seu Destino Divino nesta vida. Seu Eu Superior atuará com um filtro para quando você decidir abrir-se aos novos ensinamentos e inspiração, vocês possa comandar seu Eu Superior para permitir que somente aquilo que é para seu bem maior chegue a você alinhado com o propósito de sua alma e apropriado para seus próximos passos na vida.

Porque milhões de Trabalhadores da Luz foram tão poderosamente exitosos em trazer mais Luz ao planeta em anos passados, os Arcanjos ergueram os véus entre seu Eu Superior e sua mente consciente. Agora você pode ter contato direto e claro de um modo que nunca foi possível antes. Um de seus maiores presentes está dentro de você esperando seu comando.

Seu Eu Superior lhes oferece uma chave para despertar a comunicação com seus Anjos, Guias e Mestres. Seu Eu Superior recebe as perguntas e desejos de sua alma, então alimenta vocês com inspiração para proporcionar respostas e soluções criativas que vocês necessitam para poder realizar o seu propósito de vida. Seu Eu Superior é o maior amigo que vocês têm em sua forma humana. Ele é a ligação para se tornar o Ser Unificado em contato com a Luz da Mais Alta Fonte do Amor e também a conexão à sua vida como um humano físico ativo neste mundo.

Seu Eu Superior é a parte mais desperta de toda sua manifestação humana. A integração da Centelha Divina com seu mundo físico começa a fluir com muito mais graça quando você inicia o acesso a este aspecto seu que SEMPRE tem seu bem maior como foco principal. Você pode confiar em seu Eu Superior e verdadeiramente acreditar que quando você pede por assistência, você pode se abrir com segurança para nova orientação, sabedoria e soluções criativas que graciosamente serão proporcionadas.

Talvez você tenha uma ideia tão pobre de quem você é que não consegue imaginar a parte de si mesmo que pode ser tão elevada ou sábia ou importante. E ainda, se você pudesse apenas ter um relance da beleza e sacralidade que é inerente em seu Eu Superior, você veria o maior amor que você já conheceu ali, dentro de seu próprio ser. Você seria capaz de receber as ondas de energia provindas da Luz do Amor Divino, a maior nutrição que seu corpo, mente e alma já conheceram. A Atividade Divina desse centro de energia o alimentará do modo que você anseia e você se sentirá realizado. Você pode realmente começar a se amar do modo que é tão necessário para seu despertar. Você começará a ter a Aceitação Amorosa dos desafios que você encontra como uma alma em um corpo humano trabalhando neste mundo.

Este poderia ser o início de um dos maiores relacionamentos que vocês já conheceram. Seu Eu Superior aguarda sua atenção.

E assim é.


Copyright © Shanta Gabriel.

É dada permissão para utilizar esta postagem contanto que mantida em sua integralidade e o crédito seja dado ao(s) autor(es).
www.thegabrielmessages.com

Origem: The Gabriel Messages | The Higher Self – Your Link to the Angelic Dimensions
Tradução: Blog SINTESE
Respeite todos os Créditos

Via: SINTESE: EU SUPERIOR – SUA LIGAÇÃO ÀS DIMENSÕES ANGÉLICAS

UM SER ENCARNADO EM ESTADO DE PLENA CONSCIÊNCIA…

reencarnacao

NOSSAS MUITAS VIDAS

Mestre Saint Germain_Claudio Gianfardoni

Saint Germain

Canalizado por Adriano Pereira

Queridos irmãos da Terra, Eu Sou Saint Germain, trazendo algumas palavras para este novo ano que se inicia. Muitos falam sobre minhas reencarnações passadas, sobre quais foram meus nomes, e por onde andei. Muito bem. Eu, assim como você, tivemos muitas encarnações, muitas vidas diferentes sobre a Terra, cada qual contribuindo para sua própria evolução e também contribuindo para o desenvolvimento coletivo. A diferença entre as minhas encarnações e as encarnações de muitos de vocês é que, eu sempre estive em plena consciência de quem eu era, de qual era a minha missão em cada vida, e o porquê de eu estar no lugar onde estava.

A plena consciência traz uma diferença brutal na forma como o ser humano enfrenta a vida, pois ele tem o pleno entendimento do todo, e das consequências de cada ação que toma, além de captar a verdade de tudo e de todos ao redor. Nada, absolutamente nada escapa ao ser em plena consciência.

Outro lado importante de um ser humano em plena consciência é o acesso as experiências passadas que teve, o que permite acessar conhecimentos considerados exotéricos, de magia, que nada mais é que o “saber, entender e manipular as energias”, de forma a obter o resultado que deseja.

Em cada época, ou era, da história da humanidade, eu assim como você, estivemos presentes, participando ativamente dos dramas e das alegrias de cada vida. Infelizmente, ao retornarem ao corpo físico, aqueles sem plena consciência de seu ser, de seu poder inato, tinham que começar a aprender as coisas de novo, e mais uma vez, de forma a que seu intelecto pudesse absorver novamente certo conhecimento para poder utilizá-lo.

Aqueles sem a plena consciência, ficam fragilizados aos ataques daqueles nesta dimensão ou em outras dimensões, que pretendem tirá-lo de seu caminho, prejudicando ao máximo a sua jornada terrestre, para que você não tenha a menor chance de se elevar e redescobrir quem você é.

A sabedoria dos diversos mestres que vieram sobre a Terra trazer a sua mensagem e exemplo, sempre foi devido a um estado de plena consciência, ou de um estado elevado de consciência, que possibilitaram a esses enviados manter sua missão no rumo que deveria, para perpetuar a sua mensagem.

O estado de plena consciência permite que cada um de vós readquiram o seu poder, poder este que sempre esteve com você.

Os mistérios da vida, os mistérios das escolas antigas, os mistérios de suas sociedades secretas, tudo isso, estará disponível para acesso imediato, assim que se elevarem individualmente a este estado de iluminação.

Assim, minhas muitas vidas foram como as muitas vidas que vocês tiveram, a diferença é que pude direcionar e canalizar as minhas forças e energias para aquilo que meu coração guiava.

Desejo que todos vós neste novo ano, saibam criar as condições, o ambiente e as ferramentas necessárias para criarem o novo. Um novo que vocês nunca conseguiriam sequer imaginar toda a sua beleza, o novo que vem sendo criado pelo seu coração divino.

Namaastê

Canalizado por Adriano Pereira
05/01/2016


Via: Mestres Ascensionados: Saint Germain: NOSSAS MUITAS VIDAS

O VERDADEIRO VOCÊ…

PortaldeMiryKaly

Tente imaginar o que é ir dormir e nunca mais acordar: 4min com a resposta de Alan Watts, áudio original

Por:  Nando Pereira (Dharmalog.com)

“Experimente e imagine que será como ir dormir e nunca mais acordar. Pense a respeito! As crianças pensam a respeito. Esta é uma das grandes maravilhas da vida. Como seria ir dormir e nunca mais acordar? E se você pensar o bastante, algo ocorrerá com você. Você descobrirá, entre outras coisas, que te colocará uma nova questão. Como foi despertar após nunca ter ido dormir? Isto foi quando nascemos. Veja, você não pode ter uma experiência do nada; a natureza abomina o vazio, Então, depois que você está morto, a única coisa que pode acontecer é a mesma experiência, ou o mesmo tipo de experiência de quando você nasceu.”

~ Alan Watts, trecho de “The Real You”

O filósofo britânico Alan Watts (1915-1973), autor de “The Way of Zen” e “The Book: On the Taboo Against Knowing Who You Are”, se perguntava desde criança para onde vamos quando morremos, ou o o que aconteceria se ele fosse dormir e não acordasse?

“A maioria das pessoas dá de ombros e diz que é assim mesmo, mas eu não era uma dessas pessoas que se contentava com um tipo de respostas dessas”, disse ele. O vídeo abaixo contém 4 minutos de um dos discurso de Alan Watts sobre esse assunto, em áudio original gravado e editados com imagens e música, cortesia de alanwatts.org e do canal TragedyandHope.

Watts fez várias discursos sobre a morte e há um capítulo inteiro do livro “The Essence of Alan Watts” dedicado ao assunto “Morte”, que pretendo traduzir algum trecho futuramente, pois explica e expande mais essa visão básica que ele apresenta muito brevemente neste discurso — incluindo esses detalhes da infância e também inventando um novo verbo, o “to I“, que seria algo como “eu-er” (a ação de ser “eu”).

Segue o vídeo (3min59seg) com legendas em português:

Via Tente imaginar o que é ir dormir e nunca mais acordar: 4min com a resposta de Alan Watts, áudio original – _ dharmalog

O PODER DA ORAÇÃO COMPROVADO PELA FÍSICA QUÂNTICA…

efeito-isaías-686x350

O Efeito Isaías – Manuscrito escondido por dois mil anos, revela o segredo do poder humano

Por:    

 

“Reconheçam o que é visível e o que está oculto ficará claro”.
Gregg Braden
 
A Matriz Divina é a rede de energia que conecta o nosso universo, constituída por uma rede de filamentos muito semelhantes àqueles presentes no nosso cérebro.

Em 1944, Max Planck, o pai da teoria quântica, chocou o mundo quando disse que existe um lugar que é pura energia, onde todas as coisas têm início e que simplesmente “É”. Segundo o pesquisador Gregg Braden, que há mais de 20 anos se dedica a estes estudos, recentes descobertas destacam a evidência de que existe realmente essa matriz de Planck e é a Matriz Divina. Planck afirmava que esta “Matrix” é a origem das estrelas, das rochas, do DNA, da vida e de tudo o que existe.

Microscopicamente, não há nada natural, tudo é vibração, tudo é feito de energia condensada. Vivemos em um universo de vibrações e nossos corpos são constituídos de vibrações de energia que nós emanamos constantemente. A ciência já provou, através da física quântica, que estamos todos conectados através de nossa vibração. Experimentações científicas demonstraram que nosso DNA muda com as frequências produzidas pelos nossos sentimentos e emoções, ou seja, vibrações.

Isto ilustra uma nova forma de energia que conecta toda a criação. Esta poderosa energia, parece ser uma Rede Estreitamente Tecida que conecta TODA a matéria e, ao mesmo tempo, podemos influenciar essencialmente esta rede de criação por meio de nossas VIBRAÇÕES. Os experimentos comprovaram, também, que as frequências energéticas mais altas, que são as do Amor, impactam no ambiente, de uma forma material, produzindo transformações não só em nosso DNA, mas no ambiente que nos cerca. Isto tem um profundo significa: possuímos muito mais poder do que imaginamos.

Todos nós já ouvimos falar desse “poder” que possuímos, principalmente através da Bíblia, mas essa afirmação quase nunca passou de citações que entusiasmavam, mas não convenciam.

Que poder é esse e por que só agora chegou ao nosso conhecimento?

Tudo começou com a descoberta de um antigo manuscrito, o Grande Código Isaías, e outros textos essênios, nas Cavernas de Qnram, no Mar Morto, em 1946. Atribuído ao profeta Isaías, parece ter sido escrito há mais de 2000 anos, e descreve tudo aquilo que a ciência quântica começou a compreender só poucos anos atrás, ou seja, a existência de muitos futuros possíveis para cada momento de nossas vidas e que, na maioria das vezes, escolhemos inconscientemente.

Cada um desses futuros encontra-se em estado de repouso, esperando ser despertado com as nossas decisões feitas no presente. O Código Isaías descreve com precisão essas possibilidades, numa linguagem que só agora começamos a entender. Isaías descreve a ciência que nos ensina como escolher o tipo de futuro que queremos experimentar. A partir da declaração do manuscrito, com exemplos simples e claros, Greg Braden nos refere que existe uma tecnologia muito usada nos tempos antigos, que foi dispersa no quarto século, como resultado do desaparecimento e destruição de livros raros ou relegados às escolas de mistérios, mas que agora, após a descoberta dos Manuscritos do Mar Morto, estão reaparecendo.

É uma tecnologia muito simples, conhecida universalmente com o nome de “Oração”.

Aplicando corretamente, é possível obter coisas extraordinárias, além da imaginação humana. Mas claro! Quem não sabe disso? A maioria, podes crer! Senão, os milagres passariam a ser simples fatos cotidianos e não somente uma exceção. Com esta tecnologia, nós podemos realmente mudar o mundo.

Um modelo “perdido” de oração, que é quântico!

Os manuscritos achados no Mar Morto, é de uma importância considerável para a humanidade dormente, que até os dias de hoje, muitos ainda vivem à mercê de forças espirituais aleatórias, entregando o poder de seu destino nas mãos de qualquer outro ser, menos a si mesma. Nos mostram que nas mãos da humanidade se encerra um enorme poder, à espera de ser utilizado, mas que ainda não conhecemos. Explica como podemos escolher qual futuro desejamos experimentar, em sã consciência, revelando as chaves sobre o nosso papel como criadores de nossa realidade.

Entre estas chaves encontram-se as instruções de um modelo “perdido” de oração, que a ciência quântica moderna sugere como o poder de curar nossos corpos, trazer paz duradoura no mundo e, até mesmo, prevenir as grandes tragédias climáticas que a humanidade poderia enfrentar.

Em que consiste essa tecnologia da oração e em que bases se apoia para que seja eficiente?

Gregg Braden diz que estamos sendo levados a aceitar a possibilidade de que existe um NOVO campo de energia acessível e que o nosso DNA se comunica com os fótons por meio deste campo. A chave para obter um resultado, entre os muitos possíveis já existentes, reside em nossa habilidade para sentir que nossa escolha já foi criada e está já acontecendo.

Vendo a oração deste modo, como «sentimento», nos leva a encontrar a qualidade do pensamento e da emoção que produz tal sentimento: viver como se o fruto de nossa prece já estivesse a caminho.A partir desta perspectiva, nossa oração, baseada nos sentimentos, deixa de ser “algo por obter” e se converte em “acessar” o resultado desejado, que já está criado. Com as palavras de seu tempo, os Essênios – os primeiros suspeitados de serem os responsáveis da conservação do conhecimento originário – nos lembram que toda oração já foi atendida. Qualquer resultado que possamos imaginar e cada possibilidade que sejamos capazes de conceber, é um aspecto da criação que já foi criado e existe no presente em um estado “adormecido” de possibilidades.

Dessa forma, o futuro não é deterministicamente estabelecido, mas pode ser, também, alterado. Os essênios tinham uma visão holística da vida e, justamente por isso, consideravam os desequilíbrios da terra como um espelho dos desequilíbrios do corpo físico do homem. Mesmo as catástrofes naturais, as mudanças climáticas, são espelhos de grandes mudanças que estão ocorrendo na consciência humana. Hugh Everett III, um físico da Universidade de Princeton, estudou a possibilidade de universos paralelos, chamando de “ponto de escolha”, o momento em que se pode sobrepor um efeito sobre outro no decorrer de um evento.

O ponto de escolha é a possibilidade da abertura de um vácuo, de uma ponte que permite mudar o caminho, passando para um outro resultado que se encontra em outro caminho paralelo: em síntese, é algo que nos permite dar um salto quântico de uma sequência de efeitos já experimentada a uma nova sequência com um êxito diferente. É como se a mesma história fosse escrita, prevendo finais diferentes: em um certo ponto, nos encontramos em uma bifurcação que nos permite obter um resultado ao invés de um outro. Por exemplo, se eu passo por um corredor, posso escolher de entrar nas salas que estão à direita ou à esquerda, mas só no final do corredor, posso sair e mudar de rumo, encontrar uma encruzilhada.

A nova física, admite que a experiência, ou mesmo a mera observação do cientista modifica a realidade; isso nos leva a crer que, se hoje, em nosso presente, formos capazes de introduzir uma pequena alteração, podemos então, escapar do efeito das profecias negativas, como já aconteceu, como resultado de uma concentração da energia do pensamento coletivo. Usando o pensamento, sentimento e emoção unidos em nossa oração, podemos atrair os pontos de escolha e mudar os resultados previstos. Tudo isso, no fundo, nos leva à conclusão de que há uma profunda ligação entre nossos pensamentos coletivos, nossos sentimentos e nossas expectativas e a realidade externa.

Esta forma de pensar era inerente à visão da vida dos essênios, como se revela nos escritos dos essênios de 2.500 anos atrás, os quais refletem a ideia de que os eventos externos são o reflexo de nossas mais profundas crenças internas. Se Pensamento, Sentimento e Emoção não estão alinhados, não há União. Portanto: se cada padrão se move em uma direção diferente, o resultado é uma dispersão da energia. Pensamento, emoção e sentimento são a chave da tecnologia da oração e no interior de nós mesmos, devemos experimentar e sentir o que queremos realizar no exterior, precisamos sentir isto no corpo, nos pensamentos e sentimentos. Podemos dar o que temos, podemos expandir para fora de nós o que somos. Aquilo que desejamos, deve realizar-se contemporaneamente no pensamento, no sentimento e no corpo humano.

O pensamento e emoção, devem primeiro ser considerados separadamente e depois em conjunto, porque o pensamento deve ser o sistema de orientação que direciona nossas emoções.

Como se realiza:

O pensamento, mesmo sob a forma de imaginação, determina para onde direcionar a atenção e a emoção. EMOÇÃO é a energia que nos faz ir na direção desejada, é a “fonte de poder”. Para Braden, nos extremos existem apenas duas emoções: o amor e a sua falta, muitas vezes identificada como medo. Logo, se você não está no Amor, você está no medo. E o medo atrai sempre aquilo que se teme. Sentimento é a união de pensamento e emoção, de fato, para experimentar um sentimento, precisamos ter uma ideia e uma emoção. Então, o sentimento “é a chave da oração, porque a criação responde ao mundo do sentimento humano.”

Então, primeiro é importante entender e estar ciente dos pensamentos e emoções representados por nossos sentimentos, porque às vezes expressamos pensamentos que fundamentam emoções diferentes do que afirmamos, e assim, acabamos por realizar efeitos indesejáveis, ou fazemos de formas que a nossa Oração não funcione. Os pensamentos, em si mesmos, podem transportar certas expectativas, permanecendo potenciais desejos, mas são inertes se não forem acompanhados pelo poder da emoção. Muitas vezes, porém, a emoção que acompanha um desejo, caminha na direção oposta ao nosso desejo, mas não somos conscientes.

Se, por exemplo, desejo uma melhor saúde, sob o pensamento de melhora está introduzido o medo da doença, da pouca saúde que se tem, e essa emoção capacita exatamente o que se teme: a doença. Mesmo ao nível do pensamento, dizendo, “melhora”, implicitamente me focalizo em “não suficiente”, e se pensamos de não haver o suficiente, inconscientemente nos sentimos infelizes, ansiosos. Lembremo-nos das palavras do Evangelho: “Quem quiser, pois, salvar a sua vida, perdê-la-á.” Isso pode significar que, qualquer um que tenta se defender daquilo que pode prejudicar a sua vida, acaba focando a atenção justamente sobre o que se quer evitar, atraindo-o.

Braden diz que “nós mergulhamos na possibilidade da criação, um sentimento em forma de imagem, que é a parte da energia suficiente para desenvolver uma nova possibilidade. A chave deste sistema, no entanto, é que a criação restitui exatamente o que nossa imagem mostrou”. A imagem mostra a sopa de criação, onde colocamos a nossa atenção. A emoção que ligamos à imagem, atrai a possibilidade da manifestação desta imagem. Quando “nós não queremos algo – uma emoção baseada no medo . Nosso medo, na verdade, alimenta o que nós dizemos de não querer”.

Por que só agora tomamos conhecimento desse poder?

Até a Bíblia parece dizer que temos um poder desconhecido, e talvez, não por acaso, essa chave de leitura ”foi descoberta só em 1995, em um momento em que poderia haver uma consciência suficientemente alta entre as massas, que permite usar este poder. A humanidade desenvolveu uma nova consciência planetária, graças à força da tecnologia de oração em massa.

Diz Gregg Braden que Deus é puro amor, é energia e por ser energia, não morre, não desaparece, é imortal e está em todos os lugares. E como somos a imagem e semelhança de Deus, sabemos que somos energia e hoje podemos provar isso. Somos seres espirituais e não seres feitos de matéria. Vimos que, geneticamente, nosso DNA muda com as frequências que produzem nossos sentimentos, e que as frequências energéticas mais altas, que são as do Amor, impactam no ambiente, de uma forma material, produzindo transformações não só em nosso DNA mas em todo o ambiente.

Quanto mais Amor deixarmos fluir por nossos corpos, mais adaptados estaremos para enfrentar o que possa acontecer em em nossas vidas. E podemos conduzir TODO o nosso planeta, mediante nossos pensamentos positivos em conjunto, para o melhor futuro possível.


Assista também:

 

Fonte: “O Efeito Isaias” de Gregg Braden

 

Via: O Efeito Isaías – Manuscrito escondido por dois mil anos, revela o segredo do poder humano | ETs & ETc… | Nunca estivemos sós.