A RESPIRAÇÃO É UMA PONTE ENTRE VOCÊ E O UNIVERSO…

Deep Breath_Melanie Weidner

Respiração: Porta para uma Nova Dimensão

BREATH DOORWAY TO A NEW DIMENSION (edited)

Por: Osho

Estamos respirando continuamente desde o momento do nascimento até o momento da morte. Tudo muda entre esses dois pontos. Tudo muda, nada permanece o mesmo;

Somente a respiração é algo constante entre o nascimento e a morte.

A criança se tornará um jovem; o jovem envelhecerá. Ele ficará doente, seu corpo se tornará feio, doente; tudo mudará. Ele será feliz, infeliz, em sofrimento; tudo continuará mudando. Mas o que quer que aconteça entre esses dois pontos, a pessoa tem que respirar. Seja feliz ou infeliz, jovem ou idoso, bem sucedido ou não – o que quer que você seja, isso é irrelevante – uma coisa é certa: entre esses dois pontos do nascimento e da morte você precisa respirar.

Respirar será um fluxo continuo; nenhum intervalo é possível. Se mesmo por um instante você esquecer de respirar, você não será mais. Eis porque não é exigido de você respirar, porque então seria difícil. Alguém poderia esquecer de respirar por um momento, e então nada poderia ser feito. Assim, realmente, você não está respirando, porque você não é necessário. Você está bem adormecido, e a respiração continua; você está inconsciente, e a respiração continua; você está em coma profundo, e a respiração continua. Você não é solicitado; o respirar é algo que continua apesar de você.

Esse é um dos fatores constantes na sua personalidade – essa é a primeira coisa. É algo que é muito essencial e básico para a vida – essa é a segunda coisa.

Você não pode viver sem a respiração. Portanto, respiração e vida se tornaram sinônimos. Respirar é o mecanismo da vida, e a vida está profundamente relacionada com o respirar. Eis porque na Índia chamamos isso de prana. Temos dado uma palavra para ambos: prana significa vitalidade, vivacidade. Sua vida é a sua respiração.

Terceiro, sua respiração é uma ponte entre você e seu corpo.

Constantemente, a respiração está interligando você com o seu corpo, lhe conectando, lhe relacionando com o seu corpo. A respiração não é somente uma ponte para o seu corpo, é também uma ponte entre você e o universo. O corpo é apenas o universo que veio até você, que está mais perto de você.

Seu corpo é parte do universo. Tudo no corpo é parte do universo – cada partícula, cada célula. È a abordagem mais próxima para o universo. A respiração é a ponte. Se a ponte for partida, você não está mais no corpo. Se a ponte for partida, você não está mais no universo. Você se move para alguma dimensão desconhecida; então você não pode ser mais encontrado no espaço/tempo.

A respiração, portanto, se torna muito importante… a coisa mais significativa. Se você puder fazer alguma coisa com a respiração, você irá repentinamente estar no presente. Se você puder fazer alguma coisa com a respiração, você irá alcançar a fonte da vida. Se você puder fazer alguma coisa com a respiração, você pode transcender o tempo e o espaço. Se você puder fazer alguma coisa com a respiração, você estará no mundo e também além dele.

A respiração tem dois pontos. Um é onde ela toca o corpo e o universo, e o outro é onde ela toca você e aquilo que transcende o universo.

Conhecemos somente uma parte da respiração. Quando ela se move para o universo, para o corpo, nós a conhecemos. Mas ela está sempre se movendo do corpo para o “não-corpo”, do “não-corpo” para o corpo. Não conhecemos o outro ponto. Se você se tornar cônscio do outro ponto, do outro lado da ponte, do outro pólo da ponte, repentinamente você será transformado, transplantado para uma dimensão diferente.

O indivíduo não precisa praticar um estilo particular de respiração, um sistema particular de respiração ou um ritmo particular de respiração – não! A pessoa precisa tomar a respiração como ela é. A pessoa precisa apenas tornar-se cônscia de certos pontos da respiração.

Existem certos pontos, mas não estamos cônscios deles. Temos estado respirando e continuaremos a respirar – nascemos respirando e morreremos respirando – mas não estamos cônscios de certos pontos. E isso é estranho. O homem está buscando, investigando fundo no espaço. O homem está indo para a lua; o homem está tentando alcançar mais longe, da terra para o espaço, e o homem ainda não aprendeu a parte mais próxima de sua vida.

Existem certos pontos na respiração os quais você nunca observou, e esses pontos são as portas – as portas mais próximas a você, de onde você pode entrar para um mundo diferente, para um ser diferente, para uma consciência diferente.

Osho, The Book of Secrets, Discurso #3

Para continuar a ler em inglês, click aqui


Via: Respiração: Porta para uma Nova Dimensão OSHO Meditation – Mindfulness and the Science of the Inner

Anúncios

SEUS IRMÃOS DAS ESTRELAS O CONTATAM ATRAVÉS DE SONHOS E TELEPATIA…

contato em sonho

VOCÊ ESTÁ AQUI PARA RECORDAR QUEM É

Luz de GaiaMensagem de P’taah através de Jani King

 .

Assim, de certa forma, você veio para participar de um jogo. Parte deste jogo foi: “Esqueci quem eu sou.” Agora, no final deste ciclo muito longo, você começa a se lembrar de que ao longo de éons, houve grandes civilizações em seu planeta onde você, de fato, conheceu plenamente a sua história e a sua conexão com os seus irmãos de outras dimensões da realidade. A tecnologia era mais grandiosa do que você poderia imaginar em seu passado – naquilo que foram as grandes civilizações da Atlântida e da Lemúria. Naqueles tempos, você era a espécie que viajava livremente de galáxia em galáxia em seus termos.

Agora, é o fim do ciclo e você está chegando a uma nova fase da consciência humana. O momento desta transição começou em torno de seu ano de 2012-2013. Entre aquilo que é o seu ano de 1947, depois do que se denomina “A Grande Guerra” do seu planeta, seus irmãos vieram para ajudá-lo em um novo conhecimento. Agora, esta assistência vem de muitas maneiras. Ela vem através de sonhos porque aquilo que é uma realidade sonhada, de certa maneira, é muito mais real do que a sua realidade de vigília percebida, porque ao entrar nos sonhos, você faz aventuras e jornadas e entra em comunhão com os seus irmãos. Seus irmãos trabalham com você telepaticamente. Não é necessário que eles estejam presentes na realidade física.

Uma das razões pelas quais você não teve o que também deseja fervorosamente em termos de desembarques em massa, é simplesmente por causa do componente do medo. É bastante sutil. Se você olhar para o que é chamado de seu entretenimento nestes últimos anos, veja como isto mudou. De repente, a ideia chamada de “contato com extraterrestres” não é algo mais extraordinário. Seus jovens estão crescendo com o conhecimento de que isto é assim. Um dos aspectos desta transformação é este: Não importa o que esteve oculto, tudo será revelado. Seu governo e os seus cientistas, que têm o conhecimento, esconderam isto da população em geral e agora mais e mais está sendo revelado.

É claro, uma das razões pelas quais tudo foi escondido é simplesmente o medo. Seu governo pode lhe dizer que tudo o que ocorreu foi para salvá-lo do pânico. Errado! Isto ocorreu por causa do medo do governo de ser percebido como impotente! Bem, está tudo bem. De certa forma, cada um de vocês vive a sua vida, dia a dia, tentando desesperadamente se convencer e a todos de que você não é impotente quando, realmente, este é um dos medos que o conduz. Seu governo é simplesmente um reflexo para você sobre como você é com você.

Como nós lhe dissemos antes: Aquilo que é o aspecto tecnológico do contato é o menos importante. A razão pela qual os seus irmãos chegam a você em seus sonhos – telepaticamente e de muitas outras maneiras – é lhe permitir que você chegue a um grande conhecimento espiritual. Mesmo os seus físicos estão descobrindo que quanto mais eles compreendem sobre a tecnologia científica, mais eles estão sendo conduzidos para o que é a vida do Espírito porque a verdade é: não há nada mais.

Sem o conhecimento da verdade de você, sem aceitar aquilo que é a sua verdade espiritual, tudo o mais se torna como ferramentas perigosas de poder nas mãos de bebês. Seu mundo é baseado no medo. Suas vidas são baseadas no medo e você não pode e não entrará na expansão da consciência que deseja tão fervorosamente e no contato aberto e absoluto com os seus irmãos e irmãs, até que conheça a sua verdade maior.

Agora lhe dizemos que esta verdade grandiosa não tem nada a ver com o conhecimento intelectual. Dizemos novamente: A transformação não se trata de conhecimento intelectual. A transformação se refere ao seu coração. A transformação é a expansão da consciência que pode apenas ocorrer à medida que você revela esta verdade do seu próprio ser.

Em que realmente você acha que se baseia realmente? Baseia-se no amor e não estamos falando de alguma forma de ideia mística. Estamos falando da Fonte da Vida, sem a qual não há existência em nenhum plano.

Você pode dizer que o amor é outro nome para Deus/Deusa, Tudo O Que É, a Fonte, o Poder da Criação. Amor é outro nome para esta Fonte. O amor é a estrutura da existência, a força vital, o prana e o amor é a sua verdade. O que o mantém separado desta verdade é o medo de que você não seja digno. Para muitos de vocês, a busca dos seus irmãos de outras dimensões e a busca da iluminação, de certa forma, é simplesmente uma fuga de sua realidade do dia a dia e o medo de você você não seja digno.

Nós o amamos imensamente e continuaremos isto em nossa próxima vez, juntos.

………………………………………………………………………………………………………………..

Direitos Autorais:
Jani King
PO Box 1251
Joshua Tree, CA 92252
760-366-0375 – 888-803-1777
Fax 760-366-0385
http://www.ptaah.com ptaah@ptaah.com

Texto em inglês: Violet Flame | You Are Here to Remember Who You Are. ~ P’taah, Jani King.
Traduzido por: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

 


Via: Luz de Gaia | Você Está Aqui para Recordar quem É – P’taah canalizada por Jani King 21.07.17

APRENDENDO COM O TAO, A SABEDORIA DO SILÊNCIO…

O Tao

O Tao do Silêncio…

ce079-tao10(edited)

Por: Elciene Galindo

.

Pense no que vai dizer antes de abrir a boca. Seja breve e preciso, já que cada vez que deixa sair uma palavra, deixa sair uma parte do seu Chi (energia). Assim, aprenderá a desenvolver a arte de falar sem perder energia.

Nunca faça promessas que não possa cumprir. Não se queixe, nem utilize palavras que projetem imagens negativas, porque se reproduzirá ao seu redor tudo o que tenha fabricado com as suas palavras carregadas de Chi.

Se não tem nada de bom, verdadeiro e útil a dizer, é melhor não dizer nada. Aprenda a ser como um espelho: observe e reflita a energia. O Universo é o melhor exemplo de um espelho que a natureza nos deu, porque aceita, sem  condições, os nossos pensamentos, emoções, palavras e ações, e  envia-nos o  reflexo da nossa própria energia através das diferentes circunstâncias que se apresentam nas nossas vidas.

Se você se  identifica com o êxito, terá êxito. Se se identifica com o fracasso, terá fracasso. Assim, podemos observar que as circunstâncias que vivemos são simplesmente manifestações  externas do conteúdo da nossa conversa interna. Aprenda a ser como o universo, escutando e refletindo a energia sem emoções densas e sem preconceitos.

Porque, sendo como um espelho, com o poder mental tranquilo e em silêncio, sem lhe dar oportunidade de se  impor com as suas opiniões pessoais, e evitando reações emocionais excessivas, tem oportunidade de uma comunicação sincera e fluida.

Não se dê demasiada importância, e seja humilde, pois quanto mais se mostra superior, inteligente e prepotente, mais se torna prisioneiro da sua própria imagem e vive num mundo de tensão e ilusões. Seja discreto, preserve a sua vida  íntima. Desta forma libertar-se-á da opinião dos outros e terá uma vida tranquila e benevolente invisível, misteriosa, indefinível, insondável como o TAO.

Não entre em competição com os demais, a terra que nos nutre dá-nos o necessário.  Ajude o próximo a perceber as suas próprias virtudes e qualidades, a brilhar. O espírito competitivo faz com que o ego cresça e, inevitavelmente, crie conflitos. Tenha confiança em si  mesmo.  Preserve a sua paz interior, evitando entrar na provação e nas trapaças dos outros. Não se comprometa facilmente, agindo de maneira precipitada, sem ter consciência profunda da situação.

Tenha um momento de silêncio interno para considerar tudo que se apresenta e só então tome uma decisão. Assim desenvolverá a confiança em si mesmo e a Sabedoria. Se realmente há algo que não  sabe, ou para que não tenha resposta, aceite o fato. Não saber é muito incomodo para o ego, porque ele gosta de saber tudo, quer sempre razão e dar a sua opinião muito pessoal. Mas, na realidade, o ego nada sabe, simplesmente faz acreditar que sabe.

Evite julgar ou criticar. O TAO é imparcial nos seus juízos: não critica ninguém, tem uma compaixão infinita e não conhece a dualidade. Cada vez que julga alguém, a única coisa que faz é expressar a sua opinião pessoal, e isso é uma perda de energia, é puro ruído. Julgar é uma maneira de esconder as nossas próprias fraquezas.

O Sábio tolera tudo sem dizer uma palavra. Tudo o que o incomoda nos outros é uma projeção do que não venceu em si mesmo. Deixe que cada um resolva os seus problemas e  concentre a sua energia na sua própria vida. Ocupe-se de si mesmo, não se defenda. Quando tenta defender-se, está a dar demasiada importância às palavras dos outros, a dar mais força à agressão deles.

Se aceita não se defender, mostra que as opiniões dos demais não o afetam, que são simplesmente opiniões, e que não necessita de os convencer para ser feliz. O seu silêncio interno torna-o impassível.

Faça uso regular  do silêncio para educar o seu ego, que tem o mau costume de falar o tempo todo.

Pratique a arte de não falar. Tome algumas horas para se abster de falar. Este é um exercício excelente para conhecer e aprender o universo do TAO ilimitado, em vez de tentar explicar o que é o TAO.

Progressivamente desenvolverá a arte de falar sem falar, e a sua verdadeira natureza interna substituirá a sua personalidade artificial, deixando aparecer a luz do seu coração e o poder da sabedoria do silêncio.

Graças a essa força, atrairá para si tudo o que necessita para a sua própria realização e completa libertação. Porém, tem que ter cuidado para que o ego não se infiltre… O Poder permanece quando o ego se mantém tranquilo e em silêncio. Se o ego se impõe e abusa desse Poder, este converter-se-á num veneno, que o envenenará rapidamente.

Fique em silêncio, cultive o seu próprio poder interno. Respeite a vida de tudo o que existe no mundo. Não force, manipule ou controle o próximo.

Converta-se no seu próprio Mestre e deixe os demais serem o que têm a capacidade de ser. Por outras palavras, viva seguindo a via sagrada do TAO.

Imagem relacionada

Como procede o sincero praticante do TAO?
Ele procede assim:

01 – Não critica nenhuma atitude.
02 – Não condena nenhum procedimento.
03 – Não reclama de nenhuma situação.
04 – Não espera reconhecimento de nada.
05 – Não busca nenhum tipo de aplauso.
06 – Evita com toda energia qualquer discussão.
07 – Jamais aponta os erros dos outros.
08 – Jamais da ordem de correção ou mudança nas pessoas.
09 – Respeita sempre as opiniões alheias.
10 – Elogia as pessoas fazendo-as ver DEUS dentro delas.
11 – Aprecia qualquer pessoa com respeito e atenção.
12 – Encoraja a todos em qualquer situação.
13 – Procura despertar nas pessoas o gosto pelas coisas corretas.
14 – Interessa-se pelos problemas dos outros, mesmo banais.
15 – Ouve atentamente qualquer explanação.
16 – Estuda os interesses e objetivos da outra pessoa.
17 – Controla seus próprios impulsos em qualquer situação.
18 – Vive bem consigo mesmo, porque não erra mais.
19 – Usa de diplomacia em tudo. Usa de cortesia em tudo.
20 – Usa de sinceridade em tudo que fala.
21 – O incentivo brota de seus lábios como o mel brota do favo.
22 – Jamais toma para sí o que não lhe pertence.
23 – Não participa nem estimula opiniões negativas.
24 – É contrário a qualquer ação negativa.
25 – Respeita as pessoas em qualquer crença religiosa ou política.
26 – É o maior defensor da vida. Jamais aceitará abortos, eutanásia etc.
27 – Nunca fala mentiras, pois percebe que isso o muda de fases.
28 – Por saber que é filho da luz, não abraça nenhuma ilusão.
29 – Experimenta o ponto de vista da outra pessoa e desperta nela um vigoroso desejo de         sucesso.
30 – Desenvolve inúmeros impulsos positivos em prol da VIDA.
31 – Adora pensar grande.

.

Resultado de imagem para imagens do taoísmo

O Taoísmo ensina que é preciso superar as dicotomias aparentes da realidade para poder equilibrar-se no caminho, em direção à elevação espiritual.

.

Resultado de imagem para imagens do taoísmo

Resultado de imagem para imagens do taoísmo


Via: O Tao do Silêncio… | novaconsciência

A IMPECABILIDADE NECESSÁRIA PARA SE ALCANÇAR A ASCENSÃO…

vale-jiuzhaigou-china-thinkstockphotos-475524533

IMPECABILIDADE CRISTALINA: DANÇANDO COM AS ESTRELAS

Metatron_Claudio GianfardoniUma mensagem de Metatron

Canalizada por James Tyberonn ,
em 16 de abril de 2011

 

Saudações, Queridos! Eu sou Metatron, Senhor da Luz, e saúdo todos e cada um de vocês respeitosa e intencionalmente. Saúdo cada um individualmente no momento exato em que lê estas palavras vivas, na essência vibratória do eterno AGORA e o abraço em amor.

À medida que a anunciada Ascensão se aproxima, tudo está se abrindo ao seu redor. A natureza da sua Semente Estelar se expande nos reinos da Terra; na verdade você está dançando com as Estrelas; as Estrelas da esperança, do amor e da impecabilidade.

Querido, nós do Reino Angélico estamos aqui para apoiá-lo, para lhe oferecer intuições orientadoras, mas cabe a você, na sua jornada de polaridade e dualidade, superar seus desafios. Estes são os caminhos da sua aprendizagem e é sua tarefa enfrentar e resolver os seus problemas. Nós o ajudamos colocando-o em contato com seu próprio poder. Nosso propósito não é resolver nada por você, nem de nos colocarmos entre você e sua própria liberdade de discernimento e escolha, oferecendo-lhe “respostas”, nem mesmo para os desafios mais complexos.

Nosso propósito é reforçar sua própria força, pois, afinal, a vasta divindade do seu Ser não só está bem preparada para ajudá-lo a encontrar satisfação, como também está totalmente desejosa de fazer isso. E nesse processo, Querido Ser Humano, você descobrirá sua natureza superior de sabedoria, entendimento, exuberância e paz. Ninguém, nem mesmo um Anjo, pode fazer isto por você. Na impecabilidade você realizará todas as tarefas auto-designadas que se apresentarem a você.

Querido, neste momento, nós lhe oferecemos a energia integral da nossa Existência de Luz, da nossa essência cristalina. Nós lhe oferecemos, em puro amor, a orientação da nossa sabedoria para o seu discernimento. E lhe pedimos apenas, Mestre, que se mantenha plenamente presente em seu coração e mente. Compreenda o que lhe dizemos, pois você é um Deus em processo. Do que lhe oferecemos, tome o que ressoar consigo, pois lhe é apresentado no mais profundo respeito e amor.

DANÇA ESTELAR: EXPANDINDO-SE EM AMOR

A dança estelar da sua vida é expandir-se em amor. Mas o amor do qual falamos não é meramente a emoção que os seres humanos consideram amor, mas a energia e ciência magníficas e extraordinárias do que pode ser chamado de amor incondicional expansivo. Neste contexto, o amor é realmente uma ciência, um vasto campo composto de uma ressonância vibratória muito complexa.

Então, permita que definamos melhor um componente-chave da ressonância do amor, já que ele se relaciona com o seu crescimento… Este é a impecabilidade da vontade divina ativada. Quando a vontade é traduzida em ação, ela é a propulsora da sua busca por crescimento espiritual. Então a impecabilidade é a transformação das suas experiências e conhecimentos presentes na sabedoria da ação.

ACEITANDO O DESAFIO

Embora seja verdade que os seus pensamentos criam a realidade que você vivencia na dualidade, você mesmo, num aspecto mais elevado, compõe e cria, ponderada e cuidadosamente, os desafios que enfrenta. Estes têm um grande propósito. Quer realmente acredite ou não, você escreve seus próprios testes. Então, embora “pensamento positivo” seja uma frequência importante, o pensamento positivo tem a intenção de ajudá-lo a lidar com suas lições de vida e não evita o processo de aprendizagem em si. Você não pode simplesmente ignorar ou eliminar por um passe de mágica as lições de crescimento que programou para si mesmo com o fim de se expandir. Isto porque, na maioria dos casos, as situações que você escolheu estão fora, além da capacidade do aspecto dual do seu cérebro-ego de removê-las ou eliminá-las. Você as enfrentará, porque, no seu Eu Divino, você as desejou a partir de uma perspectiva mais elevada.

Nós lhe asseguramos que não há nada mais estimulante, mais digno de realização do que o seu desejo manifestado de evoluir, de mudar para melhor. Na verdade, esta é a missão de cada uma das suas encarnações. Não é suficiente meditar e visualizar a meta desejada sendo atingida, se não agir de acordo com sua voz interior, a energia da qual suas meditações e visualizações surgem.

Intenção, foco e meditação devem se unir totalmente à ação. Tornar-se impecável e finalmente alcançar a Iluminação não quer dizer – como algumas religiões sugerem indiretamente – que de repente você se encontre num abençoado estado de esquecimento, ou em algum distante estado de Nirvana. Mestre, nós lhe dizemos que você faz parte do Nirvana hoje, como sempre fará; basta descobri-lo dentro de si mesmo.

Realmente haverá ciclos no seu estado emocional, que fazem parte de ser um humano. Haverá momentos em que se sentirá apático e deprimido. Estes estados poderão ser causados não só por problemas que você enfrenta, mas até por certos aspectos astronômicos. Tudo isso deve ser enfrentado e pode ser superado. Então, saiba que o “Nirvana” é alcançado através da atitude – não através de rejeição, ignorância ou fuga, mas através da avaliação impecável da projeção da realidade que o envolve.

A experiência terrena – a maestria da dualidade – é difícil. Esta é uma grande verdade, uma das maiores verdades da dualidade, e geralmente é mal compreendida. O estudo e maestria da vida requerem trabalho. Você não pode simplesmente colocar o livro debaixo do travesseiro e dormir sobre ele; é preciso que ele seja lido e entendido uma página de cada vez, momento a momento.

Portanto, é preciso entender e aceitar que sua vida é uma construção de situações que você planejou a fim de possibilitar seu crescimento espiritual. Quando aceitar esta nobre verdade, você terá a oportunidade de transcendê-la. Aquilo que você chama de “destino” é, na verdade, uma série de situações que você pré-planejou para sua lição de vida. E, meu Querido, esse mesmo “destino” escrito por você vai ajudá-lo a enfrentar seus desafios e depois manifestar seus desejos, mas não porque você reclamou daquilo que não gosta. Para vivenciar a luz do seu desejo, você deve acender a paixão que vai libertá-lo da fortaleza onde ele esteve rigorosamente guardado. O melhor caminho é aceitar o desafio da auto-purificação, sendo um exemplo vivo da sua própria luz, em vez de protestar contra as trevas que ainda existem no mundo na terceira dimensão e escolher isolar-se dele.

ACEITAÇÃO

Mestre, ao aceitar que está aqui para enfrentar desafios, você poderá criar mais firmemente a energia necessária para enfrentá-los. Porque, a partir do momento em que aceitar isso, o fato de que a vida pode ser difícil não mais o assustará e sim motivará o seu guerreiro espiritual interior a resolvê-la.

O maior problema que você tem em aceitar o controle e responsabilidade pelas suas ações está no desejo essencial de evitar a dor das consequências desse comportamento. Mas lhe dizemos que a coragem confrontadora de resolver impecavelmente os problemas é que provê e realmente alimenta significativamente o crescimento na sua vida. Enfrentar os problemas é o que distingue sucesso de fracasso, ou melhor, crescimento de estagnação. Os problemas trazem à tona os seus melhores esforços para resolvê-los e aprimoram a coragem e a sabedoria do buscador impecável.

É justamente por causa de situações difíceis e obstáculos estressantes que você cresce mental e espiritualmente. É através da dor de enfrentar e solucionar os quebra-cabeças da vida e as situações pré-programadas, que você aprende o significado maior da ciência do amor. Meu Querido, o fato é que suas realizações mais difíceis, e certamente seu maior crescimento, são gerados quando você se encontra nas inquietantes encruzilhadas do problema. Suas maiores provas e revelações acontecem em momentos em que você se encontra fora da sua “zona de conforto”, sentindo-se desnorteado, insatisfeito, ou até num estado de angustiante desespero. Pois é nesses momentos, impulsionado pelo desconforto, que você é levado a arrombar a jaula confinadora e procurar um modo de vida melhor e espiritualmente mais satisfatório.

IMPECABILIDADE – O ESTADO DE GRAÇA

O que é impecabilidade, então? Não estamos subestimando a premissa básica quando definimos impecabilidade simplesmente como “sempre tentar fazer o melhor”. Mas manter-se impecável exige mais esforço, à medida que a extensão da sabedoria e consciência que você adquiriu se expande. Quanto maior a sua consciência, mais você “sabe”. Quanto mais você sabe, maior é a sua responsabilidade de viver em conformidade.

Você está no processo de expansão da sua consciência vibratória, tornando-se um participante consciente com a alma. Você está se tornando o que sua alma é, descobrindo sua identidade maior. Querido, quando você cresce espiritualmente, é porque se abriu para a busca do crescimento e está agindo, trabalhando para consegui-lo.

A impecabilidade envolve a expansão deliberada do seu Ser em evolução. A impecabilidade coloca-o em estado de graça. Impecabilidade não significa que você tenha alcançado a iluminação ou aprendido tudo o que precisa aprender, mas que você está no único caminho, no caminho certo para chegar lá.

Então vamos definir a impecabilidade em dois níveis, dois formatos de fase:

1) IMPECABILIDADE CONDICIONAL – É quando o indivíduo não é muito adiantado, mas está trabalhando para atingir a maestria; está fazendo o melhor; utilizando o conhecimento, na medida da sua capacidade, para fazer a coisa certa, mesmo quando há ignorância e concepção errada e inocente. Isto é, quando ele acredita realmente que o que está fazendo é o caminho certo, mesmo que esta não seja a verdade plena e expansiva. Todo mundo passa por esta fase. Nesta fase, se você comete um engano, é um engano honesto, no qual você acredita genuinamente que está fazendo o que sentiu que era correto.

2) IMPECABILIDADE DE MAESTRIA – Esta é a fase da alma na existência humana, que é o ápice da Maestria. É quando o indivíduo é muito adiantado e está vivendo de acordo com o que prega, sem ter nenhum conflito interno entre o que ele acredita ser o caminho certo e como ele age.

As duas fases ativam o que poderíamos chamar de estado de graça acelerado. A graça é a ajuda do Eu Divino no resultado das situações, quando a pessoa está tentando fazer o melhor. Você pode pensar nela como um “Anjo da Guarda”, porque em muitos casos um Anjo da Guarda é isso – o seu Eu Divino intervindo providencialmente nas situações para ajudá-lo em seu caminho.

Se fôssemos redefinir o que os seus textos religiosos consideram pecado, não o faríamos em termos de mandamentos, mas como “conhecimento não utilizado” – tomar atitudes que você sabe que são incorretas, atitudes que estão em conflito com suas crenças mais elevadas.

A SABEDORIA ESTÁ NO INTERIOR

A maioria das pessoas deseja uma sabedoria maior do que a sua própria. Procure e encontrá-la-á. Você pode encontrá-la “escondida” dentro de si mesmo, Mestre. Infelizmente, esse é o último lugar onde a procura, pois dá trabalho. O divino ponto de contato entre Deus e o ser humano está naquilo que os acadêmicos chamam de subconsciente.

Até mesmo os seus textos religiosos lhe dizem que Deus está no seu interior, que você é uma centelha do Divino. A mente subconsciente, ou “cérebro posterior”, nos seus termos, é a parte de você que é Deus; a porção do seu Eu Maior que contém o conhecimento de “Tudo O Que É”, a parte de você que contém os Registros Akáshicos, a memória da sua alma.

Como o subconsciente é a Mente Divina em você, a meta do crescimento espiritual é alcançada entrando-se no sagrado “Jardim da Sabedoria”. Isto se consegue aquietando-se a mente do ego. A meditação sempre foi o portal; ela é a chave para aquietar a conversa do ego-personalidade e permitir que a “Voz da Alma Divina” seja ouvida. Repetimos que é necessário esforço. Não existe nenhum atalho.

Reconquistar a condição Divina é o propósito da sua existência individual no plano da polaridade. Você nasceu para poder se transformar, como consciência individual, numa expressão física de Deus; uma expressão divina em estado de Ser.

Este desafio é o objetivo da sua alma, seu verdadeiro propósito e, nas jornadas físicas, o relógio está sempre correndo. A conquista da qualidade Divina na fisicalidade é conseguida com o tempo, através do desejo imaculado que é acionado no reino físico por meio da fusão com a sabedoria do não-físico. O tempo importa.

Na polaridade, a atual mudança de paradigmas e energias pode tirá-lo do centro com muita facilidade nestes tempos acelerados. Muitas vezes, o seu propósito verdadeiro é difícil de ser definido subjetivamente e o seu entendimento e lastro ficam justapostos entre a ilusão e a realidade percebida. Você pode sentir que está vivendo numa distorção e que nada é exatamente como parece ser. Neste processo, você pode ficar confuso e complacente. E pode perder a noção do tempo.

Querido, sua vida… cada instante da sua vida física é precioso, muito mais do que você pode imaginar; muito mais do que você aproveita. O tempo é um bem precioso, e é finito na sua dualidade. Todas as pessoas, em algum ponto do futuro, farão a transição para fora do físico. Ou, de acordo com a sua linguagem, todos experienciarão a morte, todos morrerão. Esta é uma condição da fisicalidade, você sabe. Entretanto, muitos agem como se fossem viver para sempre. É verdade que a alma é eterna, mas você não será sempre a mesma pessoa, a mesma personalidade ou expressão que é agora, em qualquer outra vida, em qualquer outro aspecto da sua existência.

Você está aqui para aprender, Querido; está aqui para aprender as expressões da sua própria Divindade dentro da dualidade. E realmente, a dualidade é uma dádiva. A vida é uma dádiva. Você está aqui para aprender a cocriar, pois, na verdade, você e todos os seres humanos são cocriadores do Universo, do Cosmos e estão aqui para alcançarem a Maestria. E muitos já estão bem perto dessa conquista.

APROVEITE O DIA

Mestre, enquanto não se valorizar verdadeiramente, você não estará na graça da impecabilidade e, portanto, não estará motivado para realmente valorizar e otimizar o seu tempo. A menos que dê grande valor ao tempo que lhe cabe, você não “fará o melhor” com ele. “Carpe Diem” é traduzido como “Aproveite o Dia” e é muito apropriado. Você precisa aproveitar cada momento! Muitos indivíduos, apesar de suas boas intenções, se permitem ficar tranqüilos no comodismo, em certas fases ou em certas condições da jornada que escolheram. Muitos perdem tempo, utilizam mal o tempo e, assim, encarnações e encarnações podem ser desperdiçadas. Aquilo que você não enfrenta, aquilo que você não resolve em qualquer momento ou vida, acabará voltando à tona; você repetirá a situação até que consiga solucioná-la com sucesso. Isto com certeza é uma grande verdade.

Mestre, utilizar bem o seu tempo na dualidade é essencial, e isto é um empreendimento complexo, porque requer que você busque a impecabilidade; requer que você ame a si mesmo, pois enquanto não se valorizar genuinamente, você não valorizará verdadeiramente a sua vida e o seu tempo. E enquanto não valorizar seu tempo, você não será motivado a maximizar a forma de utilizá-lo.

Isto é a Disciplina natural, é a ferramenta básica para resolver os problemas da vida. Sem disciplina é difícil você ter o estímulo necessário para se concentrar no trabalho de solucionar seus problemas. Em poucas palavras, você pode se tornar imobilizado… apático, acomodado ou preguiçoso. Na “Escada da Ascensão”, ou você se move para cima, ou fica parado, ou se move para baixo.

Na física tridimensional, existe uma lei que afirma que uma energia altamente organizada naturalmente se degradará se não estiver em estado dinâmico. Pela lei natural, é mais fácil permanecer em estado de acomodação no plano físico, do que numa condição de movimento ascendente. Isto é claramente lógico. A Lei do Amor é que motiva todas as almas a ascenderem para maior consciência, e isto requer dinâmica… trabalho! Na verdade, a preguiça é um dos seus maiores obstáculos, porque trabalhar significa nadar contra a maré. Aproveite o Dia!

ORDEM PERFEITA

Algumas pessoas dizem e sentem que “Tudo funciona como devia, tudo está em perfeita ordem”. Mas isto é um paradoxo, Mestre. E, como numa carta de baralho, uma das figuras está sempre de cabeça para baixo, de qualquer jeito que se olhe para ela, entende? Do ponto de vista superior, tudo está em perfeita ordem, mas da perspectiva da dualidade, não está! Se estivesse, não haveria nenhuma necessidade de lição, nenhuma necessidade de reencarnação. Basta dar uma olhada ao seu redor para saber que a situação da humanidade no planeta Terra está longe de ser perfeita. Na verdade, NÃO vai funcionar como devia, até que os seres humanos façam com que funcione!

Isto se aplica ao micro e ao macro. Há muito a ser trabalhado, muito a ser revisto. E tudo ocorrerá no tempo apropriado, Mestre. Nós lhe oferecemos algumas questões ligadas à perda de tempo, para sua análise e discernimento:

EGO OCULTO – ARROGÂNCIA ESPIRITUAL

Muitos são líderes e professores e trabalharam bastante e durante muito tempo para chegar a um nível avançado de conhecimento das verdades espirituais. Isto é admirável, mas leva a uma encruzilhada decisiva.

Um ser humano no caminho da Maestria deve evitar as armadilhas do ego ou cairá na atrocidade. Um líder deve sempre respeitar a voz da sua alma e seguir o caminho que lhe é indicado internamente, de modo a ascender em vez de decair. Esta é uma orientação essencial para todos que estão no curso avançado de Maestria. Sem a “avaliação e calibração internas da alma” não é possível enxergar a verdadeira direção do lar.

Entenda que com o progresso contínuo vem a necessidade da humildade. Quantos já participaram de reuniões metafísicas onde acabaram quase humilhados por alguém que fez questão de lhes contar como conseguiu ir longe em seus sonhos, quantas visões grandiosas já teve e quantos mestres celestiais ele enxerga nos reinos superiores, insinuando que é um ser avançado na maestria e quer ter certeza de que todo mundo saiba disto.

Esta é uma armadilha compreensível, mas não é o caminho da integridade. A Arrogância Espiritual é muito comum nos círculos da Nova Era, embora muitos que a praticam não tenham sequer consciência de que estão se apresentando de um modo tão pomposo. Existem muitas ciladas secretas do ego nos círculos espirituais. Ninguém está isento disto. Líderes e professores que progrediram até certo nível são especialmente suscetíveis de cair nesta cilada do ego, quando começam a conquistar seguidores. A maioria dos que caíram não o reconhece. Você é um deles? Acontece com a maioria, em algum momento, Querido. A humildade é o caminho do verdadeiro líder espiritual, entretanto é muito fácil cair cegamente no auto-engrandecimento.

Dizemos-lhe com amor, Querido, que isto acontece com todos. Acontece em todas as suas encarnações: o movimento e a mudança, dia a dia, para dentro e para fora da integridade. Na dualidade, seja um professor ou seja um aluno (na verdade, todos são ambos!), ninguém está acima disso, e é por isto que é necessário  se re-calibrar através do espelho infinito da verdade, através da auto-análise feita pelo observador distanciado interno. Existe uma linha muito tênue entre amor por si mesmo e ego. O paradoxo é que o primeiro é uma necessidade da impecabilidade e o segundo é um obstáculo a ela.

No caminho para a Maestria, muitas vezes você será forçado a escolher entre o amor e o poder; e o poder é muito sedutor e, geralmente, muito bem disfarçado. O orgulho vem antes da queda. Muitos se elevaram a grandes alturas na conquista espiritual, mas acabaram perdendo tudo isto por se deixarem cegar pelo ego.

Existem duas formas de poder, uma é usada para controlar, é o poder político; a outra é o poder verdadeiro, o poder benevolente do Amor. Mas, à medida que progride em consciência, você verá essa distinção menos como uma questão de bem e mal, e mais como uma questão entre amor e conceitos enganadores de poder. São energias mais sutis. Existem energias que desejam um movimento ou direção e há energias que precisariam de uma compreensão mais aprimorada. O desafio se encontra em juntar todas as peças, e esta não é uma tarefa fácil.

INTEGRIDADE SEXUAL

O verdadeiro amor é uma frequência. Não é paixão emocional, não é romance e não é sexual, nos seus termos. Acima da dualidade, na sua verdadeira essência, você é andrógino, integral, inteiro e sem gênero. Só no plano da polaridade do reino físico é que ocorre a orientação de gênero. Neste momento e no seu plano atual de existência, a atração física para fertilização sexual está no modelo atual do DNA, para preservar a sobrevivência das espécies. Isto não é preciso nem está presente no seu Eu Superior, acima da dualidade.

A sexualidade é outra área que é muito complexa, muito confusa para muitas pessoas. É uma área que requer impecabilidade.

Através dos tempos, nas diversas culturas em todo o planeta, existiram muitos sistemas de crenças, expressões variadas, experimentos e modalidades da expressão sexual na biologia. Alguns foram muito moderados, outros extremamente liberais. Os laços mais profundos do amor biológico e espiritual encontram-se na base de todos os relacionamentos pessoais e culturais, mas existe um amor mais elevado que transcende a sua programação cultural e religiosa de sexualidade.

Padrões morais, impressos pela religião e cultura no seu paradigma atual, têm uma influência considerável na opressão em termos de expressão sexual. A consequente orientação sexual extremamente específica reflete, então, uma firme divisão na consciência. Não apenas separa o masculino dos impulsos emocionais alentadores, mas também separa o feminino da sua própria liberdade de projetar força e intelecto. Isto efetivamente formula uma cultura restritiva, na qual mente e coração, força e alento estão separados em polaridades através do gênero.

Intimidade e expressão sexual são veículos para a expressão da energia não-física de maneira física. A sexualidade pode ser sagrada ou pode ser simples luxúria. Quando é uma expressão espiritual da união de almas de um modo físico, ela é vivenciada como muito mais do que um ato físico e é feita a partir da intenção e manifestação dos chacras superiores. Neste caso, a energia vital despendida é amplificada, santificada e retorna ao campo energético dos participantes, aumentando a vitalidade e equilíbrio de ambos. Cada um registra a impressão da alma do outro.

Entretanto, este não é o caso quando ela se expressa apenas pelo impulso físico, com o único propósito de satisfação sexual. Quando o ato sexual ocorre apenas para satisfação física, a energia vital é simplesmente despendida, gasta, e não retorna ao campo de energia humano. Na realidade, em alguns casos, quando o ato se baseia apenas no egoísmo e gratificação, ele rompe um pouco o campo eletromagnético e pode ocorrer vazamento de energia.

A maioria dos seres humanos, na sua sociedade atual, tem problemas conflitantes a respeito da sua própria sexualidade e expressão sexual. A sexualidade é algo que pode fundir duas almas em bem-aventurada unidade, mas também pode expressar cada um como Um. O aspecto qualitativo da intenção dos participantes é que determina o nível do fluxo do chacra específico, se é ou não feito com lucidez superior, entende?

Não é irônico que muitos de vocês alcancem o maior equilíbrio em suas vidas, só depois que seus corpos cessam de produzir hormônios sexuais? Entretanto, a liberação do chi através da kundalini, por meio do ato sexual, está entre as energias mais poderosas disponíveis para a humanidade. Ela foi usada exageradamente e caiu no mau uso e desperdício. A chave é a intenção.

Quando existe uma atração consensual, unida ao carinho e respeito mútuo, ela pode ser maravilhosamente sensual, bonita e sagrada. É capaz de transportar o espírito a reinos superiores, combinando a trindade do corpo, mente e alma. Quando isto acontece, especialmente entre membros da mesma família de almas, dá-se a transmissão de uma impressão energética e um efeito sinergético que é extremamente benéfico em muitos níveis.

A sexualidade é a expressão natural do amor que floresce entre as almas. Pode ser a expressão mais elevada do amor entre as pessoas, independente de gênero. Entretanto, pode se tornar uma fonte de culpa, uma fonte de controle, e uma fonte de preconceito e julgamento. Pode se tornar uma fonte de auto-engrandecimento e dependência, principalmente entre aqueles do gênero masculino, porque o impulso masculino para a reprodução está fisicamente conectado ao corpóreo, por assim dizer. Assim, ela é frequentemente mal compreendida e mal utilizada.

Os relacionamentos deveriam ser baseados em consenso, e a liberdade desta expressão deveria ser respeitada, mas perfeitamente alinhada com os chacras superiores. A dominação de um sobre o outro não é compatível com o verdadeiro amor nos relacionamentos de qualquer natureza.

A intenção elevada, na sexualidade, é extremamente benéfica em todos os níveis – físico, mental e espiritual. Ela pode ser uma fonte de rejuvenescimento e regeneração. No entanto, muitos escolhem expressões sexuais que chegam às raias do deboche, manipulação, ganância, conquista e infeliz dependência do orgasmo físico.

Sem julgamento, lhes dizemos que a energia sexual é uma dádiva de energia maravilhosa, e quando usada com intenção mais elevada, oferece um vislumbre da felicidade orgástica sagrada dos reinos celestiais. Ela é a força vital e deveria ser usada sabiamente, envolvendo o corpo, a mente e o espírito.

Quando a expressão sexual é devidamente escolhida, seu desenvolvimento responsável com intenção mais elevada, através da associação dos corações e do amor, é um aspecto da impecabilidade cristalina.

BLOQUEIO ENERGÉTICO NÃO RESOLVIDO

Mestre, na caminhada final para a Maestria, a maior parte dos seus problemas principais já foi trabalhada, e nós o respeitamos por isto. Entretanto, o que falta pode ser desconcertante de ser confrontado. Mas é importante enfrentar todo e qualquer problema ou energia não resolvidos.

Dizemos isto sem julgamento. Nós chamamos sua atenção para isto para ajudá-lo. Pois, com o tempo, tudo terá que ser enfrentado. Quanto mais adiantado você se torna, mais dificuldade pode ter para remover as pequenas questões não resolvidas, porque geralmente elas estão bem escondidas. A energia não resolvida… as questões finais podem tornar-se polarizadas e serem afastadas do seu campo mental, ficando esquecidas nos resíduos de muitas encarnações. Querido, tome um tempo para se auto-analisar no aspecto multidimensional, na Mer-Ka-Na. Por favor, determine o que falta ser trabalhado.

FÍSICA DA POLARIDADE

Veja, Mestre, quanto mais você se aproxima da luz, mais fortemente atrai as trevas. A luz atrai insetos! Quanto mais adiantado você for, mais crítica atrairá, e para lidar com isto, você precisa de sabedoria.

O aspecto polar da “Lei da Atração dos Opostos” entra em cena aqui. Olhando de um ponto de vista mais afastado, o que acontece é eletromagnetismo. A energia positiva pura tem maior atração “magnética” para a energia negativa. Então, à medida que a sua luz brilha mais, a atração magnética em relação ao pólo oposto aumenta. Isto pode ser administrado, mas você precisa ter luz, humildade, força e disciplina para defleti-lo.

Então, lidar com afrontas, com a energia pesada do ciúme, ódio e raiva, é uma peça importante do enigma para alcançar o nível de Mestre da Impecabilidade.

Como você lida com isso? Não tomar nada como pessoal talvez seja mais fácil de dizer do que de fazer, mas é uma grande verdade. Sua Bíblia fala de oferecer a outra face. Mas isto não significa que você deva pedir desculpas quando alguém pisa no seu pé. Parte do paradoxo é realmente defender a sua verdade. Mas significa, sim, que você não pisa no pé dos outros, intencionalmente ou não. Entende?

Permanecer na sua verdade é uma ação pacífica. É uma expressão benevolente da agressão que permite manter a graça e a dignidade em ambas as partes de qualquer conflito ou ataque, enviando a energia agressora de volta à sua fonte, mas sem maldade e com amor.

Todos os seres humanos têm a oportunidade de se manterem na impecabilidade dentro de qualquer conflito, sem se envolverem com ele. Entende? Lide com o conflito, encare-o a partir de uma posição de distanciamento emocional, como um observador. Isto não é fácil, entretanto é o caminho do Mestre. É assim que você “não toma nada como pessoal”, você afasta a reação emocional.

Todos os dias você tem a oportunidade de ser impecável. A situação na qual reconhece suas próprias falhas, seu próprio conflito com a integridade, é o momento em que você alcança o nível de Mestre em Impecabilidade. E esta realmente é uma jornada e taanto! Da mesma forma, no momento em que se mantém na sua verdade com disposição para reconhecer a verdade de outra pessoa, você alcança a integridade.

A mente divina só é alcançada, só é acessada através da ressonância da Mer-Ka-Na cristalina, com ondas de pensamento cristalino. O pensamento cristalino está acima da emoção, acima de sentimentos mesquinhos. É alcançada no distanciamento. É o lago cristalino de Shamballa, do verdadeiro Nirvana, liso como vidro, sem ondas que distorçam a imagem nele refletida.

ENCERRANDO:

Para encerrar, nós lhe oferecemos nossas bênçãos e gratidão pela sua busca.

O que há de mais precioso além da sua vida e seu propósito divino?

Seu papel agora e amanhã é sempre buscar realização, entendimento e desenvolvimento impecável. Sua missão divina pode e vai criar uma linda fusão da realidade experimental proposital… da dança na alegre luz das estrelas e da projeção de raios dessa beleza cristalina para tudo ao seu redor.

Não existe nenhum êxtase mais supremo do que alcançar a mente Divina. É por isto que todos vocês estão aqui. Vocês são do reino da Criação, da Maestria, e estão muito mais perto do que pensam da manifestação física disso. Queridos, VOCÊS criaram a Ascensão e ela está surgindo agora. Nós os honramos. O momento anunciado, com o qual tanto sonharam, os espera, Queridos.

Eu sou Metatron, e vocês são amados.

E assim é

.……………………………………………………………………………………………………………………….

Tradução de Vera Corrêa veracorrea46@ig.com.br

Os direitos autorais desta canalização pertencem a www.Earth-Keeper.com. A publicação em websites é permitida, desde que as informações não sejam alteradas e os créditos do autor e seu site sejam incluídos. Este material não pode ser publicado em jornais, revistas e nem re-impresso sem a permissão do autor. Para pedir permissão, escreva para EarthKeeper@consolidated.net.

Fonte¹: Spirit Library | Earth Keeper | Earth Keeper Chronicles | Crystalline Impeccability: Dancing with Stars

Fonte²: The Fractal Wanderer | Crystalline Impeccability ~ The State of Grace (Metatron)


Via: Impecabilidade Cristalina: Dançando Com as Estrelas – Metatron canalizada por Tyberonn – 16 de abril de 2011

ABRINDO AS PORTAS PARA O DESPERTAR DA PAZ INTERIOR…

paz interior

As 8 Chaves da Paz

evo66 (editado)

Por: Sri Prem Baba

 

A paz é a mais elevada das virtudes. É o anseio secreto de todos os seres. Ela é uma profunda aceitação daquilo que é. É não se opor a nada ou ninguém. A paz brota da entrega: você entrega todos os seus problemas ao Universo e deixa que o fluxo da vida a leve. Entregar significa não pensar mais a respeito. Você relaxa e sente autoconfiança. Para isso, é preciso abrir mão do controle. A paz, portanto, nasce de um profundo confiar.

Olhando para trás, revendo a minha história pessoal, vejo que a minha busca pela paz começou quando ainda era muito jovem. Antes mesmo da adolescência entrei numa escola de conhecimentos espirituais. Certa vez, um professor disse: “As pessoas se autodenominam humanas, mas na verdade, são humanóides – criaturas com cérebro grande e duas pernas que se passam por seres humanos. Na condição atual as pessoas são incapazes de perceber o que realmente precisam. Acreditam que serão felizes se obtiverem este ou aquele objeto ou título, mas toda essa ganância somente mostra que são ainda muito imaturos para entenderem que a verdadeira felicidade somente nasce da paz no coração e na mente.” Quando eu ouvi isso, pensei: “Será que ele está se referindo a mim?”

Até aquele ponto, tudo indicava que a paz poderia ser atingida somente através do domínio sobre a matéria. E, de repente, ouvir essa devastadora crítica sobre a humanidade, e perceber nas profundezas do meu coração que isso era verdade, foi como um nocaute. Mas esse ensinamento abriu as portas da verdade para mim.

Eu pude perceber que a vida frequentemente se resumia em uma eterna tentativa de forçar o outro a nos amar, e que podemos desperdiçar uma vida inteira nessa busca inútil. Uma vez que, no mais profundo, você sabe que amor forçado não é amor, facilmente você encontra razões para lamentar que não é amado. Com isso, você se distrai e se desvia ainda mais do objetivo de atingir a paz interior.

Eu compreendi que a paz duradoura somente pode ser alcançada quando você se liberta da necessidade de receber amor exclusivo, pois esta é a fonte de todo o sofrimento. Eu diria que essa é a principal doença da humanidade. Daí nasce o pensar compulsivo e todos os outros desdobramentos. O sofrimento é o principal enigma da humanidade. Este é o principal desafio: como superar o sofrimento? Como superar a dor em todas as suas manifestações? Em outras palavras, como alcançar a paz?

Através da minha experiência, no trilhar do Caminho do Coração, eu descobri algumas chaves que abrem as portas para o despertar da paz interior, as quais eu compartilho com você agora:

Primeira chave: Silêncio.

O silêncio é uma forma de bater na porta do salão da verdade. Ele é a base que te prepara para qualquer prática; é o alicerce do edifício da consciência. Tudo que é belo e verdadeiro nasce do silêncio.

Um instante de silêncio é suficiente para exorcizar todos os demônios, porque os demônios são os pensamentos. Se existe um pensamento compulsivo constantemente assombrando a sua mente, é porque você deu muita atenção a ele, ou seja, você o alimentou acreditando nele. Mas, ao aquietar a mente, todos os fantasmas desaparecem. Não importa quão antiga seja a escuridão, uma pequena fresta de luz dissipa toda escuridão porque ela é somente a ausência de luz. O silêncio invoca a luz. Quando a mente se acalma, tudo se acalma.

O preço para a realização espiritual é a solidão. Em algum momento você vai ter que encarar a si próprio. Por isso é fundamental aprender a ficar sozinho e em silêncio. Você também pode chamar esta prática de meditação. Mas, eu não quero que você se perca no labirinto das ideias e conceitos, na ginástica do intelecto. Permita-se apenas ficar retirado e em silêncio, observando a grama crescer. Abandone toda a pressa e todo o desejo de chegar a algum lugar. Feche os olhos e focalize no ponto entre as sobrancelhas. Brinque de cultivar o silêncio.

Segunda chave: Verdade.

Falar a verdade não quer dizer que você vai sair por aí dizendo aos outros tudo o que pensa ser verdade, desconsiderando o fato do outro não estar pronto para ouvi-la, o que pode gerar mais conflito, mais guerra. Seguir a verdade significa ouvir o chamado do seu coração.

Se ainda há desconforto e sofrimento na sua vida, significa que ainda há uma camada de mentira te envolvendo. Seja corajoso para encarar suas mentiras. Sem coragem você não será capaz de encarar a verdade. Procure identificar quando você ainda não pode ser honesto com você mesmo e com a vida; quando você tem que usar uma máscara e não pode ser autêntico e espontâneo; quando você tem que fingir que é diferente do que é. Dê uma olhada nas diversas áreas da sua vida. Você terá algum trabalho, mas é um bom trabalho. Lembre-se que “a verdade vos libertará”.

Terceira chave: Ação Correta.

Isso não tem nada a ver com moralismo. A ação correta, ou ação consciente, não se baseia no que está fora, ou seja, não depende da aprovação do mundo externo. Não é seguir um manual com regras sobre o que está certo ou errado. É uma ação determinada pela intuição, que é a voz do silêncio. É ter coragem de ser você mesmo, autêntico e espontâneo. Agir conscientemente significa colocar o amor em movimento, ou seja, trilhar o Caminho do Coração.

Quarta chave: Não Violência.

A não violência é a ação sem ego. É a atitude não contaminada pela vingança e pelo ódio. É não dar passagem para a maldade que provoca sofrimento no outro, não importa em qual nível.

A não violência ou ahimsa, como é conhecida na tradição do hinduísmo, não é cruzar os braços e ficar esperando que as coisas aconteçam. Ela, muitas vezes, envolve ação, atitude. Mas, é uma ação que nasce do coração – é espontânea e sempre vem com sabedoria e compaixão. Não é o ódio ou o medo se manifestando.

Eu mesmo já questionei o poder de ahimsa. Parece que só deu certo com Gandhi, na Índia. Mas, não é verdade. Ahimsa é o remédio que esse planeta precisa. A compaixão é o remédio e ahimsa é compaixão.

Quinta chave: Amor Consciente

Eu uso esta palavra ‘consciente’, porque a palavra amor foi degenerada. Nós demos a ela tantos outros significados que não têm nada a ver com a sua essência. Para o senso comum, o amor está ligado ao egoísmo, a uma satisfação pessoal. Ele é confundido com a paixão, com o sexo e até mesmo com o ódio. Isso acontece de uma forma inconsciente: a entidade acredita estar amando porque não tem consciência do que é amor.

Não é possível definir o amor com palavras, mas eu posso dizer que amar inclui um desejo sincero de que o outro seja feliz. Inclui ver o potencial adormecido no outro e dar força para ele acordar. É querer ver o outro feliz sem querer absolutamente nada em troca. Em última instância, amar conscientemente significa amar desinteressadamente.

Mas, para que possa utilizar essa chave se faz necessário que você reconheça o seu desamor. Procure identificar em quais situações e com quem você ainda não pode ser amoroso. Aonde e com quem o seu amor não flui livremente? Em que situações o seu coração se fecha? Aí há uma pista para você. Vá atrás dessa pista e você descobrirá muito sobre si mesmo. Essa é uma forma de trazer paz para esse mundo: aprendendo a ser amigo do seu irmão; amigo do seu vizinho. Aprender a não julgar os erros do outro. Antes de levantar o seu dedo para acusar o outro, olhe para si mesmo, e pergunte: “Será que eu não tenho um defeito igual, ou outros até piores?” “Será que o meu vizinho não tem nada de bom para eu focar a minha atenção?” Comece a focar no bom que o outro tem. Essa é sua grande missão.

Sexta chave: Presença.

Estar presente significa estar total na ação. É lembrar-se de si mesmo a cada instante. Quando você pode experienciar a presença, a sua energia cresce e você percebe o amor passando por você. Se puder sustentar esse estado de alerta, você terá a percepção de que tudo é sagrado, e a partir dessa percepção, poderá expandir sua energia conscientemente na direção do outro.

Eu sugiro uma prática bem simples para o seu dia a dia. Habitue-se a perguntar: Onde estou? O que estou fazendo? Permita-se parar, apenas por alguns segundos, absolutamente tudo o que você está fazendo. No meio da ação, pare e pergunte-se: Quem está fazendo? Assim você interrompe a imaginação e volta para o seu corpo, para a presença, para a totalidade na ação. Esse é o caminho.

A presença é a chave mestra. Mas, porque não vamos diretamente para ela? Porque nem todos estão prontos para usufruir dela. Poucos estão maduros para abandonar o pensar compulsivo, já que isso lhes dá um senso de identidade. Então, em muitos casos, é necessário um trabalho de purificação, que é este trabalho de transformação do “eu inferior”, para que você esteja pronto para ancorar a presença. Para isso, o corpo é o portal. Sinta-se ocupando o corpo. Sinta seu campo de energia e mova-se a partir dessa percepção.

Sétima chave: Serviço Desinteressado.

Servir desinteressadamente significa colocar seus dons e talentos a serviço do amor. É quando você pode se doar verdadeiramente ao outro, sem máscaras, sem necessidade de agradar ou fazer o que é certo com a intenção de ser recompensado. O único objetivo é ver o outro bilhar. Você se torna o amor que se move em direção à construção.

Acordar pela manhã, consciente de que está acordando para servir, ilumina a alegria de viver. Naturalmente, a consciência do serviço aumenta a conexão com o divino, porque, por mais que cada um tenha seus talentos e dons individuais, ou seja, uma forma particular na qual o amor se expressa através de você – é o próprio amor que está se expressando. No serviço, você se torna um canal do amor. Por isso, eu digo que o serviço é uma forma de manter a chama da conexão acesa. O amor e a felicidade passam por você para chegar ao outro, não importa o que você esteja fazendo, se está cuidando do jardim, construindo uma casa, cozinhando, cuidando de uma empresa ou de uma pessoa.

Oitava chave: Lembrança Constante de Deus.

Lembre-se de que Deus está em tudo: dentro, acima, abaixo, dos lados – em todos os lugares. Ele é a vida única que age em todos os corpos e é o seu Eu Real. Essa percepção de que tudo é Um e de que a energia espiritual se manifesta em todas as formas de vida, promove um profundo contentamento. Não há palavras para descrever essa experiência, ela só pode ser vivida. A sua vida se transforma numa prece, numa oferenda a Deus. Pode passar um tsunami, mas você não se esquece de Deus. Pouco a pouco, a sua fé se torna constante e inabalável, até que possa sustentar a eterna conexão com Deus.

A partir dessa conexão, você olha para o outro e enxerga além das aparências, porque você vê somente Deus e assim pode reverenciá-lo. Este é um sincero namastê: “a divindade que está em mim saúda a divindade que está em ti.”

Se verdadeiramente utilizar essas oito chaves na sua vida, inevitavelmente você irá experienciar a paz. Essa é a minha experiência.

Durante a fase do desenvolvimento da consciência que eu chamo de “ABC da Espiritualidade” ou purificação do “eu inferior”, muitas vezes, descobrimos verdades pouco agradáveis sobre nós mesmos. Durante esse processo, enfrentamos obstáculos que precisam ser removidos. Aos poucos, nós aprendemos a identificá-los e removê-los e, ao removermos aquilo que não nos serve mais, podemos nos tornar canais do amor divino, para que ele flua livremente através de nós.

(Trecho extraído do livro “Transitando do Sofrimento para a Alegria” de Sri Prem Baba)


Via: DESPERTAR COLETIVO | As 8 Chaves da Paz

SÓ O SILÊNCIO INTERNO NOS APROXIMA DA VERDADEIRA SABEDORIA…

 

Tao-Classic

TAO – A Sabedoria do Silêncio Interno

4e19c5ddb90d5a7f48587aed5a8b08c8

Por: Portal do Budismo

Pense no que vai dizer antes de abrir a boca. Seja breve e preciso, já que cada vez que deixa sair uma palavra, deixa sair uma parte do seu Chi (energia). Assim, aprenderá a desenvolver a arte de falar sem perder energia.

Nunca faça promessas que não possa cumprir. Não se queixe, nem utilize palavras que projetem imagens negativas, porque se reproduzirá ao seu redor tudo o que tenha fabricado com as suas palavras carregadas de Chi.

Se não tem nada de bom, verdadeiro e útil a dizer, é melhor não dizer nada. Aprenda a ser como um espelho: observe e reflita a energia. O Universo é o melhor exemplo de um espelho que a natureza nos deu, porque aceita, sem condições, os nossos pensamentos, emoções, palavras e ações, e envia-nos o reflexo da nossa própria energia através das diferentes circunstâncias que se apresentam nas nossas vidas.

Se se identifica com o êxito, terá êxito. Se se identifica com o fracasso, terá fracasso. Assim, podemos observar que as circunstâncias que vivemos são simplesmente manifestações externas do conteúdo da nossa conversa interna. Aprenda a ser como o universo, escutando e refletindo a energia sem emoções densas e sem preconceitos.

Porque, sendo como um espelho, com o poder mental tranquilo e em silêncio, sem lhe dar oportunidade de se impor com as suas opiniões pessoais, e evitando reacções emocionais excessivas, tem oportunidade de uma comunicação sincera e fluída.

Não se dê demasiada importância, e seja humilde, pois quanto mais se mostra superior, inteligente e prepotente, mais se torna prisioneiro da sua própria imagem e vive num mundo de tensão e ilusões. Seja discreto, preserve a sua vida íntima. Desta forma libertar-se-á da opinião dos outros e terá uma vida tranquila e benevolente invisível, misteriosa, indefinível, insondável como o TAO.

Não entre em competição com os demais, a terra que nos nutre dá-nos o necessário. Ajude o próximo a perceber as suas próprias virtudes e qualidades, a brilhar. O espírito competitivo faz com que o ego cresça e, inevitavelmente, crie conflitos. Tenha confiança em si mesmo. Preserve a sua paz interior, evitando entrar na provação e nas trapaças dos outros. Não se comprometa facilmente, agindo de maneira precipitada, sem ter consciência profunda da situação.

Tenha um momento de silêncio interno para considerar tudo que se apresenta e só então tome uma decisão. Assim desenvolverá a confiança em si mesmo e a Sabedoria. Se realmente há algo que não sabe, ou para que não tenha resposta, aceite o fato. Não saber é muito incômodo para o ego, porque ele gosta de saber tudo, ter sempre razão e dar a sua opinião muito pessoal. Mas, na realidade, o ego nada sabe, simplesmente faz acreditar que sabe.

Evite julgar ou criticar. O TAO é imparcial nos seus juízos: não critica ninguém, tem uma compaixão infinita e não conhece a dualidade. Cada vez que julga alguém, a única coisa que faz é expressar a sua opinião pessoal, e isso é uma perda de energia, é puro ruído. Julgar é uma maneira de esconder as nossas próprias fraquezas.

O Sábio tolera tudo sem dizer uma palavra. Tudo o que o incomoda nos outros é uma projeção do que não venceu em si mesmo. Deixe que cada um resolva os seus problemas e concentre a sua energia na sua própria vida. Ocupe-se de si mesmo, não se defenda. Quando tenta defender-se, está a dar demasiada importância às palavras dos outros, a dar mais força à agressão deles.

Se aceita não se defender, mostra que as opiniões dos demais não o afetam, que são simplesmente opiniões, e que não necessita de os convencer para ser feliz. O seu silêncio interno torna-o impassível. Faça uso regular do silêncio para educar o seu ego, que tem o mau costume de falar o tempo todo.

Pratique a arte de não falar. Tome algumas horas para se abster de falar. Este é um exercício excelente para conhecer e aprender o universo do TAO ilimitado, em vez de tentar explicar o que é o TAO. Progressivamente desenvolverá a arte de falar sem falar, e a sua verdadeira natureza interna substituirá a sua personalidade artificial, deixando aparecer a luz do seu coração e o poder da sabedoria do silêncio.

Graças a essa força, atrairá para si tudo o que necessita para a sua própria realização e completa libertação. Porém, tem que ter cuidado para que o ego não se infiltre… O Poder permanece quando o ego se mantém tranquilo e em silêncio. Se o ego se impõe e abusa desse Poder, este converter-se-á num veneno, que o envenenará rapidamente.

Fique em silêncio, cultive o seu próprio poder interno. Respeite a vida de tudo o que existe no mundo. Não force, manipule ou controle o próximo. Converta-se no seu próprio Mestre e deixe os demais serem o que têm a capacidade de ser. Por outras palavras, viva seguindo a via sagrada do TAO.

(Texto Taoísta)


Via: Portal do Budismo | TAO – A Sabedoria do Silêncio Interno