DESCOBRINDO A TRANSFERÊNCIA ENERGÉTICA ENTRE OS SERES…

trocando-energia

Seres humanos podem sugar energia de outras pessoas

Metade-monstro

As pessoas podem ROUBAR energia de outros seres humanos da mesma maneira que AS PLANTAS fazem.

Uma equipe de pesquisa biológica na Universidade de Bielefeld, na Alemanha fez uma descoberta revolucionária que mostra que as plantas podem obter uma fonte alternativa de energia a partir de outras plantas.

Esta descoberta pode também ter um grande impacto sobre o futuro da bioenergia eventualmente fornecendo a evidência de mostrar que as pessoas também “recolhem a energia de outras pessoas em grande parte da mesma maneira que as plantas.

Tradução, edição e imagens: Thoth3126@gmail.com
http://www.fourwinds10.net e http://www.nature.com/
Michael Forrester – Prevenção de Doenças.
Tempos de DESPERTAR

Os membros da equipe de pesquisa biológica do professor Dr. Olaf Kruse confirmou pela primeira vez que uma planta, a alga verde Chlamydomonas Reinhardtii, não só se envolve no processo de fotossíntese, mas também tem uma fonte alternativa de energia: pode drená-la de outras plantas.

Os resultados da pesquisa publicados pela revista Nature foram divulgados nesta semana na revista de renome, a Nature Communications.

As flores precisam de água e luz para crescer e as pessoas não são diferentes.Nossos corpos físicos são como esponjas, absorvendo o meio ambiente.

”É exatamente por isso que há certas pessoas que se sentem desconfortáveis em frequentar grupos específicos onde há uma mistura de energia e emoções (de pessoas diferentes)”, disse a psicóloga e curadora Dra. Olivia Bader-Lee.

A alga Chlamvdomonas reinhardtii

 

Plantas produzem a fotossíntese do dióxido de carbono, água e luz.

Em uma série de experimentos, o Professor Dr. Olaf Kruse e sua equipe cultivou a microscópica alga verde da espécie Chlamydomonas reinhardtii e observaram que, quando confrontados com a falta de energia, estas plantas unicelulares podem extrair energia do seu vizinho vegetal como consequencia. A alga secreta enzimas (enzimas chamadas de celulose) que “digerem” a celulose, quebrando-a em componentes menores e açúcar.

Estes são depois transportados para dentro das células da planta e transformados em uma fonte de energia: assim essa alga pode continuar a crescer.

”Esta é a primeira vez que tal comportamento foi confirmado em um organismo vegetal”, diz o professor Kruse.
”Estas algas poderem digerir a celulose contradiz todos os livros até aqui escritos.
Até certo ponto, o que estamos vendo é que plantas comem plantas“.

Atualmente, os cientistas estão estudando se este mecanismo pode também ser encontrado em outros tipos de alga. Descobertas preliminares indicam que este é o caso.

Crie, visualize uma imagem de um sol de ouro claro vários metros acima da sua cabeça e deixe-o ser um ímã, atraindo toda a sua energia de volta para ele (e purificando-a na energia da cor do ouro). Em seguida, visualize-o através do topo de sua aura sobre a cabeça e em seu espaço corporal, liberando sua energia de volta em eu espaço pessoal.

 

“Quando os estudos de energia se tornarem mais avançados nos próximos anos, vamos finalmente ver isso traduzido para os seres humanos também”, afirmou Bader-Lee.
”O organismo humano é muito parecido com uma planta, extrai energia necessária para alimentar os estados emocionais e isso pode energizar essencialmente células ou aumentar o cortisol e catalizar (alimentar) células, dependendo do gatilho emocional”.

Bader-Lee sugere que o campo da bioenergia esta agora sempre em evolução e que os estudos sobre o mundo vegetal e animal, em breve traduzirão e demonstrarão o que metafísicos sempre souberam – que os seres humanos podem curar uns aos outros simplesmente através de transferência de energia, assim como as plantas o fazem.

”O ser humano pode absorver e curar através de outros seres humanos, animais e qualquer parte da natureza.
É por isso que estar perto da natureza é frequentemente tonificante, curativo e energizante para tantas pessoas“
, concluiu.

Aqui estão cinco ferramentas de energia simples para usar para limpar o seu espaço e evitar que a sua energia seja drenada ao liberar a energia das pessoas:

Permanecer centrado e aterrado.

Se você está centrado em seu eu espiritual (Eu Superior – em vez de seu analisador ou ego), você vai sentir imediatamente quando algo mudar energeticamente dentro do seu espaço.

Se você está totalmente centrado, você pode facilmente liberar a energia de outras pessoas e emoções para baixo pelo seu cabo de aterramento com a sua intenção.

Estar em um estado de não-resistência.

O que resiste quebra.

Se você se sentir desconfortável em torno de uma determinada pessoa ou de um grupo, não apele para a resistência como uma forma de se proteger, pois isso só vai manter a energia estranha presa em seu espaço e/ou aura.

Desloque-se pelos ambientes em um estado de não-resistência, imaginando que seu corpo é claro e transparente como o vidro ou água clara (n.t. ou de pura LUZ).

Dessa forma, se alguém jogar alguma negatividade em você, ele vai passar através de você (sem afetá-lo).

Homem-Energia (editado)

O Corpo humano, os chakras, as linhas de meridiano de energia e a AURA: a “árvore da vida”…

Seja dono do seu espaço vital, da sua aura pessoal.

Cada um de nós tem uma aura energética própria em torno do nosso corpo.

Se voce não possuir este espaço pessoal você se torna vulnerável para energia externa entrar nela. Torne-se consciente dos limites de sua aura (cerca de um comprimento de seu braço longe de seu corpo a toda a volta, acima e abaixo), como forma de possuir o seu espaço pessoal.

Dê a si mesmo uma limpeza energética.

A cor dourada tem uma vibração elevada que é útil para limpar condições energéticas do exterior. Imagine um bocal com um chuveiro dourado no topo de sua aura (a poucos metros acima de sua cabeça) e ligue-o, permitindo que a energia do amarelo ouro flua através de sua aura e espaço total do corpo e se libera até o seu aterramento. Você vai se sentir imediatamente limpo e revigorado.

(n.t. resultados surpreendentes e tão ou mais importantes podem ser obtidos apenas se você visualizar a cor violeta ao invés do dourado banhando a sua aura e corpo físico, ou de outra pessoa a quem você tenha afeto e que precise de ajuda)

Chame de volta a sua energia.

Quando temos a nossa energia em nosso próprio espaço, há menos espaço para a energia do outro para entrar.

Mas quando nos concentramos em outras pessoas e projetos é que às vezes espalhamos nossa energia ao redor.

Crie e visualize uma imagem de um sol de ouro claro (ou violeta) vários metros acima da sua cabeça e deixe-o ser um ímã, atraindo toda a sua energia de volta para ele (e purificando-a na energia da cor do ouro).

Em seguida, visualize-o através do topo de sua aura e em seu espaço corporal, liberando sua energia de volta em seu espaço pessoal.

Sobre o autor:
Michael Forrester é um conselheiro espiritual praticante e é um palestrante motivacional para corporações desde o Japão, Canadá e nos Estados Unidos.

Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.

Postado por CHAMA VIOLETA – SAINT GERMAN em janeiro de 2014


Via: A CHAMA VIOLETA – OS MESTRES ASCENCIONADOS: Seres humanos podem sugar energia de outras pessoas

A SEXUALIDADE PODE FUNDIR DUAS ALMAS EM LUZ E UNIDADE…

PORTAL DA PERCEPÇÃO_Freydun Rassoul

INTEGRIDADE SEXUAL – METATRON

Texto extraído de “IMPECABILIDADE CRISTALINA: DANÇANDO COM AS ESTRELAS”
Uma mensagem de Metatron canalizada por James Tyberonn,
16 de abril de 2011

 

INTEGRIDADE SEXUAL

O verdadeiro amor é uma frequência. Não é paixão emocional, não é romance e não é sexual, nos seus termos. Acima da dualidade, na sua verdadeira essência, você é andrógino, integral, inteiro e sem gênero. Só no plano da polaridade do reino físico é que ocorre a orientação de gênero. Neste momento e no seu plano atual de existência, a atração física para fertilização sexual está no modelo atual do DNA, para preservar a sobrevivência das espécies. Isto não é preciso nem está presente no seu Eu Superior, acima da dualidade.

A sexualidade é outra área que é muito complexa, muito confusa para muitas pessoas. É uma área que requer impecabilidade.

Através dos tempos, nas diversas culturas em todo o planeta, existiram muitos sistemas de crenças, expressões variadas, experimentos e modalidades da expressão sexual na biologia. Alguns foram muito moderados, outros extremamente liberais.

Os laços mais profundos do amor biológico e espiritual encontram-se na base de todos os relacionamentos pessoais e culturais, mas existe um amor mais elevado que transcende a sua programação cultural e religiosa de sexualidade.

Padrões morais, impressos pela religião e cultura no seu paradigma atual, têm uma influência considerável na opressão em termos de expressão sexual. A consequente orientação sexual extremamente específica reflete, então, uma firme divisão na consciência.

Não apenas separa o masculino dos impulsos emocionais alentadores, mas também separa o feminino da sua própria liberdade de projetar força e intelecto. Isto efetivamente formula uma cultura restritiva, na qual mente e coração, força e alento estão separados em polaridades através do gênero.

Intimidade e expressão sexual são veículos para a expressão da energia não-física de maneira física. A sexualidade pode ser sagrada ou pode ser simples luxúria. Quando é uma expressão espiritual da união de almas de um modo físico, ela é vivenciada como muito mais do que um ato físico e é feita a partir da intenção e manifestação dos chacras superiores.

Neste caso, a energia vital despendida é amplificada, santificada e retorna ao campo energético dos participantes, aumentando a vitalidade e equilíbrio de ambos. Cada um registra a impressão da alma do outro.

Entretanto, este não é o caso quando ela se expressa apenas pelo impulso físico, com o único propósito de satisfação sexual. Quando o ato sexual ocorre apenas para satisfação física, a energia vital é simplesmente despendida, gasta, e não retorna ao campo de energia humano. Na realidade, em alguns casos, quando o ato se baseia apenas no egoísmo e gratificação, ele rompe um pouco o campo eletromagnético e pode ocorrer vazamento de energia.

A maioria dos seres humanos, na sua sociedade atual, tem problemas conflitantes a respeito da sua própria sexualidade e expressão sexual.

A sexualidade é algo que pode fundir duas almas em bem-aventurada unidade, mas também pode expressar cada um como Um. O aspecto qualitativo da intenção dos participantes é que determina o nível do fluxo do chacra específico, se é ou não feito com lucidez superior, entende?

Não é irônico que muitos de vocês alcancem o maior equilíbrio em suas vidas, só depois que seus corpos cessam de produzir hormônios sexuais? Entretanto, a liberação do chi através da kundalini, por meio do ato sexual, está entre as energias mais poderosas disponíveis para a humanidade. Ela foi usada exageradamente e caiu no mau uso e desperdício. A chave é a intenção.

Quando existe uma atração consensual, unida ao carinho e respeito mútuo, ela pode ser maravilhosamente sensual, bonita e sagrada.

É capaz de transportar o espírito a reinos superiores, combinando a trindade do corpo, mente e alma. Quando isto acontece, especialmente entre membros da mesma família de almas, dá-se a transmissão de uma impressão energética e um efeito sinergético que é extremamente benéfico em muitos níveis.

A sexualidade é a expressão natural do amor que floresce entre as almas. Pode ser a expressão mais elevada do amor entre as pessoas, independente de gênero. Entretanto, pode se tornar uma fonte de culpa, uma fonte de controle, e uma fonte de preconceito e julgamento. Pode se tornar uma fonte de auto-engrandecimento e dependência, principalmente entre aqueles do gênero masculino, porque o impulso masculino para a reprodução está fisicamente conectado ao corpóreo, por assim dizer. Assim, ela é frequentemente mal compreendida e mal utilizada.

Os relacionamentos deveriam ser baseados em consenso, e a liberdade desta expressão deveria ser respeitada, mas perfeitamente alinhada com os chacras superiores. A dominação de um sobre o outro não é compatível com o verdadeiro amor nos relacionamentos de qualquer natureza.

A intenção elevada, na sexualidade, é extremamente benéfica em todos os níveis – físico, mental e espiritual.

Ela pode ser uma fonte de rejuvenescimento e regeneração. No entanto, muitos escolhem expressões sexuais que chegam às raias do deboche, manipulação, ganância, conquista e infeliz dependência do orgasmo físico.

Sem julgamento, lhes dizemos que a energia sexual é uma dádiva de energia maravilhosa, e quando usada com intenção mais elevada, oferece um vislumbre da felicidade orgástica sagrada dos reinos celestiais. Ela é a força vital e deveria ser usada sabiamente, envolvendo o corpo, a mente e o espírito.

Quando a expressão sexual é devidamente escolhida, seu desenvolvimento responsável com intenção mais elevada, através da associação dos corações e do amor, é um aspecto da impecabilidade cristalina.

 


Fonte: The Fractal Wanderer | Crystalline Impeccability ~ The State of Grace (Metatron) | Sexual Integrity
Tradução: Vera Corrêa veracorrea46@ig.com.br

Os direitos autorais desta canalização pertencem a www.Earth-Keeper.com. A publicação em websites é permitida, desde que as informações não sejam alteradas e os créditos do autor e seu site sejam incluídos. Este material não pode ser publicado em jornais, revistas e nem re-impresso sem a permissão do autor. Para pedir permissão, escreva para EarthKeeper@consolidated.net.

Via: Meditando na Luz | INTEGRIDADE SEXUAL – METATRON

SOMOS TODOS PROVENIENTES DA MESMA FONTE CRIATIVA, QUE É DEUS…

quem-e-voce

KRYON – QUEM É VOCÊ

KRYON
Canalizado por Lee Carroll

Indianápolis, Indiana, em 20 de Julho de 2014

 

Saudações, queridos, EU SOU KRYON do Serviço Magnético.

Ontem comecei uma mensagem e hoje eu gostaria de repetir uma parte e expandi-la. Relaciona-se com a eterna questão que está além do que é ensinado hoje. Uma linda pergunta que você não faz suficientemente vezes.

Antes de eu dizer qual é a pergunta, temos que perguntar o seguinte:

Você está ciente, verdadeiramente consciente das forças que os rodeiam?

Da atração entre o yin e o yang?

Trabalhador da luz: por que parece como se você estivesse empurrando uma rocha montanha acima durante tantos anos de sua vida e especialmente nos últimos tempos?

Isso vai além de qualquer canalização que temos dado nestes últimos dois anos. Nós dissemos muitas coisas sobre a mudança que está em curso, dando informações sobre a recalibração e como se sintonizar com uma nova freqüência, por assim dizer.

Falamos com os curadores, aos que meditam, aos canalizadores e dissemos a todos que a energia a qual estavam acostumados já não seria a mais a mesma.

Temos dito recentemente que não haverá tal coisa como voltar ao que era antes. Há uma semana nós dissemos que o normal nunca seria normal como tal e que cada dia poderia acordar com um parâmetro inesperado, porque o novo “normal”, se é que isso existe, será um caminho que não termina.

A mudança constante.

Nós dissemos que o novo ser humano não só se acostumará com isso, mas vai esperar por isso, porque a mudança trará coisas novas. E as novidades sempre serão melhores do que as do dia anterior.

Agora, isso é uma metáfora, quando dizemos “o dia anterior”, pode ser o ano anterior, a geração anterior – e inclusa a vida anterior, mas as coisas irão se distanciar do marcador normal.

Temos dado todas as informações sobre a linha do tempo da história humana, para onde vão e de onde vêm. Dissemos que Kryon está aqui por causa do que fizeram.

Muitos perguntam: “Quem é Kryon?”

É a coisa mais difícil que tenha que responder, porque você nem sequer sabe quem é você.

Você não me vê com você, certo?

Você se relaciona com as mensagens, sentam-se para ouvir, talvez sinta o amor, mas não olham para ver que há uma Fonte Criativa que eu represento e de onde vocês pertencem também.

Você não me vê, porque isolam, separam, colocam nomes e rostos às coisas, atribuem personalidades sobre as coisas e as conserva à parte.

A natureza humana quer seguir um líder, se for importante está cercado por amor, os velhos paradigmas de gestão: há sempre alguém no comando.

E se eu lhe disser que nenhum desses paradigmas existirá no futuro?

E se eu lhe disser que no futuro não haverá a canalização?

E se eu disser que você chegará a um estado de consciência em que, embora não pensem da mesma forma, todos sabem exatamente o que fazer?

Podem imaginar uma fábrica onde cada trabalhador sempre sabe o que fazer, sem precisar de supervisores ou gerentes?

Dão-se conta que isso seria possível se todos estivessem conectados em um estado de pleno saber?

Ah… suas personalidades permanecem preservadas, pois cada um é diferente e único, mas todos “seriam como uma só consciência.”

Como seria um planeta onde todos sabem ao mesmo tempo?

Onde não se matam uns aos outros e a semente de Deus esta dentro de cada um.

Um planeta onde convivem muito bem.

Nós lhes dissemos muitas destas coisas, porém nós não temos abordado o ponto principal ultimamente. Então é hora de revê-lo queridos, voltar realmente para a essência de tudo.

Eu não quero que perca de vista o seguinte:

Quem é você? E eu me refiro ao grande “Quem”.

Falamos de todos os tipos de atributos: às vezes sobre sincronicidade, às vezes de cocriação, às vezes sobre meditação. São atributos do ser humano, parte do grupo de almas, do grupo humano, do grupo de Gaia mas, de fato, o que está faltando e que realmente não temos discutido e nem mencionado muito, é algo que não se pode explicar, ou seja:

Quem é você.

O grande Quem.

Querido, como você descreveria o Eu Superior?

O que seria para você? É indescritível?

Quantos de vocês realmente o veem como o seu ser?

Isso é difícil.

E para aqueles que o veem como sendo o seu ser, quantos fizeram a pergunta: Quem é você?

A verdade da questão queridos, é que vocês são provenientes da fonte central que é Deus e embora tenhamos dito que possuem uma semente estelar em cada um, todavia essas sementes são múltiplas, ou seja, provem dos pleiadianos e antes deles a semente dos Arcturianos e as sementes de Orion. Portanto, reunidos para ajudar, protegido por Ashtar e muitos grupos são parte de você e também todos eles tiveram forma corpórea em algum momento.

Eu não estou falando apenas disto.

Qual é a essência? Qual é a essência?

Para que possa realmente ver isso que está dentro de você, o que representa na verdade, o que está lhe falando agora e que está disponível como experiência através da pineal.

Quem é você?

Voltaremos a isto.

Quando começamos a lhes falar através das canalizações logo no início, usamos coisas que eram metáforas, mas elas não eram. Começamos a falar sobre a física do amor.

Há uma energia no planeta que não se pode negar que exista, a qual não tem explicação, nem regras, que é cheia de emoção: e é o amor.

Mãe, a primeira vez que você olha para o seu filho e você o segura contra o seu peito e ele apenas acabou de deixar seu corpo e o cordão umbilical foi cortado e, então, se tiver a felicidade de a criança olhar em seus olhos ocorrerá uma conexão ai. E essa conexão é para sempre.

Você pode negar as emoções que estão ai?

E o como você pensa sobre essa criança, este bebê neste instante?

Percebe que esse cordão nunca se corta?

É algo físico e como você explicaria isso?

É energia? Não é energia? (O que é?)

É energia da emoção e é algo para sempre!

A Humanidade então a descarta: ah é apenas uma emoção.

Ou será que pode haver Física nisto? E se houver, qual será?

Há vinte anos, dissemos isto – 20 anos! – que o espaço entre o núcleo e a nuvem de elétrons na estrutura atômica está preenchido com a Física do Amor.

E houve alguns que pensaram: “Ah, como isso é terno e doce! Kryon faz nosso coração palpitar quando nós pensamos sobre essas coisas!”.

Bem, não há palpitações envolvidas e sim há Física! E é isso que eu quero que você entenda! De onde você vem? O que é o Lar? E qual é a conexão e quem é Você? Agora é hora de rever o que você precisa ouvir.

Você está cheio de uma Fonte que é mais grandiosa do que grandiosa, mais pura do que pura e na medida em que acompanhar a evolução da consciência humana, você verá que não chegará a lugar nenhum a não ser que você realmente reconsidere isso mais e mais, uma e outra vez, ou seja, que na essência de tudo está o Amor.

E você começa a tecer conexões entre um humano e outro e outro mais e percebe que existe uma conexão de amor entre todos vocês, se o permitirem!

A quem não querem amar? Seria bom que pensassem nisso! Porque o novo ser humano verá as conexões entre todos. A capacidade de amar aqueles que são difíceis de amar, se trata de evolução, evolução consciente, evolução espiritual e reúne a Terra de uma forma inesperada.

Quando você pode olhar para alguém, sem se importar com o que este tenha feito e transformar o seu coração em relação a essa pessoa, a ponto de ajudá-lo, sem acusar, sem julgar. Isso sim será algo novo, certo?

Poderão, então, compreender a Fonte. Quando viram os mestres que caminharam sobre este planeta, onde as flores desta Terra floresciam a cada passo dado por eles, quando os animais os seguiam, o que acha que era isso?

Você acha que é algo terno, afetuoso? Ou você acha que pode haver alguma coisa? Algo que está além da compreensão, algo que não pode ser medido, que é a Física da Fonte da Criação e que está em seu interior.

Quanto mais elevado operar o seu DNA, mais amor haverá nas células do seu corpo e esse é o amor do Criador, não um amor egoico, portanto então lhe digo querido ser humano, você tem que aprender a amar esta parte de si mesmo. Deve olhar em seus olhos e amá-la!

Todo esse processo que temos falado por vinte e cinco anos, da consciência mudando o que está em seu corpo, tem um complemento extra.

Você precisa saber o que é:

Deve amar a si mesmo com o processo e eu estou falando sério!

Se você não fizer isso, só chegará até a metade do caminho.

É difícil! Velha alma, trabalhador da luz, teve que percorrer por tanta energia antiga – e nós estávamos lá o tempo todo – todas as questões e problemas e frustrações.

O amor é a chave para a solução! É a chave para a solução!

Você pode amar o problema? (Kryon sorri).

Você pode amar a situação, mesmo se não é o que você quer, embora ainda não esteja resolvida, mas está em processo de criação?

Os seres humanos têm uma tendência de unir causa e efeito e não resulta em nada aceitável entre um e outro (Kryon sorri). Nem sequer podem ver a si mesmos evoluindo (Kryon sorri).

Se você não tem a solução final, então não têm nenhuma solução, não compreende a beleza do que tem.

Nenhum de vocês está no Lar queridos, nenhum está no Lar!

Estão na Terra, trabalhando. Sabiam disto? Dão-se conta disto, não é?

Você sabe onde é o Lar?

É de lá que eu venho, é de lá que você vem, nós somos todos de lá. Digo-lhe isto: quando você está lá comigo, há pureza, e há a sonoridade do amor e a confluência da pureza que você não pode imaginar ou conceber, vem de lá.

Essa é a parte que quer se conectar com você, que é o amor que está buscando. Se você pudesse dar um nome ou designar a situação diria que é a parte de você que quer se reconectar com você.

É a parte de você do outro lado do véu, que te perde e sente falta desta parte que é você que está literalmente “cega” e não pode vê-la.

Você despertou para a possibilidade de que há muito mais sobre você, do que se descobre a primeira vista e muitos não têm feito isso. Olham ao redor, não acreditam, querem ver apenas o que querem ver e seguem em seu caminho e estão satisfeitos com isso, e não há julgamento, mas a velha alma desperta para recordar e isso consiste que em seu interior está o Criador.

Se eu pudesse contar-lhes sobre o Lar, se perguntariam por que estão aqui.

E se perguntam!

Quando no vento do nascimento, uma parte de você se separa e vem para este planeta e vou lhe dizer o que faz a sua outra parte: se senta e espera por você para se conectar!

Sabia disto? Você consegue imaginar isso?

Já dissemos isso antes. Você pode imaginar estar separado de seus entes queridos e não saber se eles voltarão a vê-los, mesmo quando o véu entre eles é tão fino quanto um papel?

O pode ver caminhando e está sempre dizendo: Olhe para mim! Olhe para este meu lado! Talvez você possa me ver! Mas você nunca olha!

E quando alguém olha, você sabe como se sente essa conexão? E agora estou falando com aqueles que têm sentido. Eles despertaram para o ponto onde eles olharam e estavam lá. A mão se estende e diz: por que demorou tanto?

Esse é o Lar falando com você!

Com “L” maiúsculo.

É aonde você pertence e onde você sempre tem estado. Éons antes desta galáxia estar aqui, a Fonte Criadora que tem existido através de outros universos e vocês tem sido parte dela! São tão velhos! (Kryon sorri).

E, ao mesmo tempo, são novos. Porque o tempo está em círculo: nunca termina. Não termina nunca! O círculo não tem começo nem fim e isso é o que tem sido sempre, isso é o Lar!

O amor mais puro que poderiam imaginar, Não julga ou têm agendas, tão puro! O que você sempre quis que fosse, e que tem sonhado que deveria ser. Isso é quem você é! Esse é o Quem!

Quero rever isso, porque você realmente precisa entender que alguma coisa está acontecendo aqui, algo que você precisa, ou melhor, necessita rever – a essência!

A energia de Deus a qual você quer tocar é VOCÊ na verdade.

São parte disto na forma mais suprema, a ponto que se não chegar lá e não compreender isso, e se tentar atribuí-la a um poder superior que não seja você, nunca haverá esta conexão. E é tão importante que ocorra esta conexão!

E eu vou te dizer o por quê.

A física do amor é profunda e quando começamos a falar sobre a escuridão e a luz neste planeta, tratamos de dar-lhes metáforas, axiomas, leis e dissemos que a luz é ativa e que a escuridão é passiva. A definição de escuridão é um atributo em que não há nenhuma luz. De modo que, a escuridão nem sequer existe. É simplesmente a ausência de algo que existe! A Luz!

Agora me deixe lhe dizer algo que não discutimos livremente antes, porque não era necessário, mas agora é. Porque você está mudando de paradigma: deve estar consciente disso.

Eu pergunto: Você sabe que a Física da Consciência neste momento no planeta, permite que a escuridão seja ativa quando você se utiliza dela?

Você se dá conta que há energias que se alimentam de medo? E sabia que você pode criá-las? Os seres humanos têm o poder de criar a escuridão ativa, se desejarem, porque são muito poderosos. E alguns o fazem.

Agora, você tem nomes para isso, e existem muitos nomes. Curiosamente, muitas vezes esses nomes são atribuídos a algum tipo de fonte espiritual: um anjo caído que no inicio estava no céu com a Fonte Criadora, mas este fez algo de errado, de modo que “caiu do céu” e é agora ele é ruim.

Oh, quão humano de sua parte! É como um filme ruim.

Eu quero dizer que isso nunca aconteceu.

Mas vocês querem chamá-los de espíritos malignos e os chamam de demônios e os atribui à escuridão e fazem assim ou de outra forma.

Eu quero lhes dar a informação que precisam saber: eles são gerados por seres humanos e são reais. Este planeta tem sido aberto a esse tipo de coisa porque a natureza humana tem permitido e a consciência humana também tem permitido isso.

A parte obscura da humanidade o tem permitido.

Então o que vai liberar isso?

Apaixonar-se por si mesmos.

O que os libertará é apaixonar-se por si mesmos e compreender a essência disto.

Esta é a questão essencial: Quem é você? Onde está o Lar? O que quer dizer entrar em tua essência?

As Leis da Física Consciente não permitirá que entre na escuridão, quando o humano está ativamente envolvido em amar a si mesmo, a estrutura celular se tornará mais quântica no ser humano que está envolvido ativamente em amar a si mesmo.

Eu poderia continuar e continuar…

Eu quero que evoque algo em sua imaginação. Quero que você veja a coisa mais obscura que pode imaginar, a coisa mais horrível que já tenha visto no cinema.

Quero que alinhem legiões de demônios que se estendem no horizonte, e eu quero que você imagine que você é uma esfera de pura luz e a Física desta luz que você possui, os repele conforme você caminha.

Você caminha e enquanto caminha os toca e lhes da luz e então eles são transformados e logo o lugar se enche de luz e não ficará nenhum deles, então não há medo e, portanto, eles já não terão do que se alimentar! E o que você fez foi mudar o próprio planeta, a própria trama da existência! O que te parece?

É assim que funciona.

Se você perguntasse a um Pleiadiano, houve trevas em seu planeta, de onde veio?

Ele te daria uma lista de coisas extintas. (Kryon sorri).

“É verdade, Kryon, que há alguns fora da influência da Terra que realmente vem até aqui para se alimentar do medo da humanidade?”

A resposta é SIM!

Vocês fazem isso!

A razão de nunca termos contado sobre isso é que vocês nunca participaram, não realmente, porque vocês são trabalhadores da luz, certo? Ou não?

O planeta está dando uma virada. A consciência da humanidade começa a acelerar em sabedoria e inteligência e estas são as coisas que devem saber.

Trabalhador da Luz pode me ouvir?

Curador ouça-me:

Podem atravessar este quebra-cabeça com esta esfera de luz que possuem e que se relaciona com o amor e a integridade, e nada os pode tocar. Podem ir para o trabalho nos lugares mais obscuros e nada os tocará. Irá curar os doentes e nada os tocará!

Por causa do que você gera – a partir do Lar.

Imaginem: carregar uma parte do Lar com você! É hora de despertar para as possibilidades da grandeza e a magnificência de quem são. Quando isso começa a acontecer, tudo começará a mudar; Tudo começará a mudar!

A auto-estima começa a aumentar, ser humano – velha alma, porque agora tem a sabedoria para ver quem é você. Quando você começar a ver o que você pode fazer, como sente, como pode curar, a sua vida começa a mudar.

Você sabe o que isso faz para a auto-estima? Ela aumenta, porque você se dá conta do teu valor para o planeta, para o Universo, para a Fonte Criadora, e você pode ter um vislumbre do Lar.

Eu quero pedir-lhe, para encerrarmos isso: suplico que você comece a ter um vislumbre do Lar, em suas meditações, quando você fala para si mesmo e quero que recorde de onde vieste e o amor de Deus, que você é.

Nenhum processo, nenhuma das coisas que eu disse, irá funcionar até que você reconheça isso.

Vai mudar o planeta e chegará um dia em que as coisas negativas que hoje vê nas notícias, simplesmente não estarão mais aqui.

Passaram-se centenas de anos desde quando havia exércitos conquistadores à espreita com suas brilhantes espadas e escudos e tudo mais, você não espera olhar as notícias e ver algo sobre isso, certo?

Bem, chegará o dia quando você olhará as notícias e não esperará ver o que você vê hoje, nem sequer! Será diferente. Vai ser diferente! A ideia de seres humanos matando uns aos outros, de propósito, para conseguir alguma coisa, será algo bárbaro!

Nem sequer irá considerá-lo como um ser humano, porque quando você toca este planeta com o Lar, o planeta começa a ressoar e outros começam a se recordar do que você já sabe.

As grades da Terra começam a ressoar com isso.

O planeta está em transição, querido.

Quero que você seja uma parte ativa da alma em transição e quero que você comece a amar a si mesmo. Esta é a mensagem do dia. E quando o fizer, haverá reciprocidade da qual não acreditaria.

Quando sabe que todos escutam, quando ama a cada ser humano, o amor será recíproco e não há nada como isso! Não é verdade? Você pode imaginar isso?

Estenda sua mão e tome a mão do seu Eu Superior e sinta a reciprocidade: Bem-vindo ao LAR!

Bem-vindo ao LAR! Bem-vindo ao LAR!

Bem-vindo ao LAR! Bem-vindo ao LAR!

E assim é.

Kryon

………………………………………………………………………………………………………………………..

Por favor respeite todos os créditos ao compartilhar
http://stelalecocq.blogspot.com/2014/08/kryon-quem-e-voce.html
Tradução para o português: Patrícia Valente Monteiro
https://www.facebook.com/patyvalente9
Áudio original no site oficial de Kryon/© Lee Carroll:
http://audio.kryon.com/en/Indy-main-14.mp3
Autorizado Kryon por Lee Carroll no Site espanhol: www.manantialcaduceo.com.ar/libros.htm
Transcrição de áudio e tradução para o espanhol: Cristina Cáffaro

Via: ♥ De Coração a Coração ♥: KRYON – QUEM É VOCÊ

 


Ouça também a mensagem através deste vídeo:

Kryon – “Quem é Você?”

Publicado em 2 de set de 2014 por: Gabriel Raio Lunar

Canal: Lee Carroll
Tradução: Gustavo Amorim / KryonPortuguês.com
Produção de Vídeo: Sementes das Estrelas

Via: Kryon – “Quem é Você?” – YouTube

 


ABRINDO AS PORTAS PARA O DESPERTAR DA PAZ INTERIOR…

paz interior

As 8 Chaves da Paz

evo66 (editado)

Por: Sri Prem Baba

 

A paz é a mais elevada das virtudes. É o anseio secreto de todos os seres. Ela é uma profunda aceitação daquilo que é. É não se opor a nada ou ninguém. A paz brota da entrega: você entrega todos os seus problemas ao Universo e deixa que o fluxo da vida a leve. Entregar significa não pensar mais a respeito. Você relaxa e sente autoconfiança. Para isso, é preciso abrir mão do controle. A paz, portanto, nasce de um profundo confiar.

Olhando para trás, revendo a minha história pessoal, vejo que a minha busca pela paz começou quando ainda era muito jovem. Antes mesmo da adolescência entrei numa escola de conhecimentos espirituais. Certa vez, um professor disse: “As pessoas se autodenominam humanas, mas na verdade, são humanóides – criaturas com cérebro grande e duas pernas que se passam por seres humanos. Na condição atual as pessoas são incapazes de perceber o que realmente precisam. Acreditam que serão felizes se obtiverem este ou aquele objeto ou título, mas toda essa ganância somente mostra que são ainda muito imaturos para entenderem que a verdadeira felicidade somente nasce da paz no coração e na mente.” Quando eu ouvi isso, pensei: “Será que ele está se referindo a mim?”

Até aquele ponto, tudo indicava que a paz poderia ser atingida somente através do domínio sobre a matéria. E, de repente, ouvir essa devastadora crítica sobre a humanidade, e perceber nas profundezas do meu coração que isso era verdade, foi como um nocaute. Mas esse ensinamento abriu as portas da verdade para mim.

Eu pude perceber que a vida frequentemente se resumia em uma eterna tentativa de forçar o outro a nos amar, e que podemos desperdiçar uma vida inteira nessa busca inútil. Uma vez que, no mais profundo, você sabe que amor forçado não é amor, facilmente você encontra razões para lamentar que não é amado. Com isso, você se distrai e se desvia ainda mais do objetivo de atingir a paz interior.

Eu compreendi que a paz duradoura somente pode ser alcançada quando você se liberta da necessidade de receber amor exclusivo, pois esta é a fonte de todo o sofrimento. Eu diria que essa é a principal doença da humanidade. Daí nasce o pensar compulsivo e todos os outros desdobramentos. O sofrimento é o principal enigma da humanidade. Este é o principal desafio: como superar o sofrimento? Como superar a dor em todas as suas manifestações? Em outras palavras, como alcançar a paz?

Através da minha experiência, no trilhar do Caminho do Coração, eu descobri algumas chaves que abrem as portas para o despertar da paz interior, as quais eu compartilho com você agora:

Primeira chave: Silêncio.

O silêncio é uma forma de bater na porta do salão da verdade. Ele é a base que te prepara para qualquer prática; é o alicerce do edifício da consciência. Tudo que é belo e verdadeiro nasce do silêncio.

Um instante de silêncio é suficiente para exorcizar todos os demônios, porque os demônios são os pensamentos. Se existe um pensamento compulsivo constantemente assombrando a sua mente, é porque você deu muita atenção a ele, ou seja, você o alimentou acreditando nele. Mas, ao aquietar a mente, todos os fantasmas desaparecem. Não importa quão antiga seja a escuridão, uma pequena fresta de luz dissipa toda escuridão porque ela é somente a ausência de luz. O silêncio invoca a luz. Quando a mente se acalma, tudo se acalma.

O preço para a realização espiritual é a solidão. Em algum momento você vai ter que encarar a si próprio. Por isso é fundamental aprender a ficar sozinho e em silêncio. Você também pode chamar esta prática de meditação. Mas, eu não quero que você se perca no labirinto das ideias e conceitos, na ginástica do intelecto. Permita-se apenas ficar retirado e em silêncio, observando a grama crescer. Abandone toda a pressa e todo o desejo de chegar a algum lugar. Feche os olhos e focalize no ponto entre as sobrancelhas. Brinque de cultivar o silêncio.

Segunda chave: Verdade.

Falar a verdade não quer dizer que você vai sair por aí dizendo aos outros tudo o que pensa ser verdade, desconsiderando o fato do outro não estar pronto para ouvi-la, o que pode gerar mais conflito, mais guerra. Seguir a verdade significa ouvir o chamado do seu coração.

Se ainda há desconforto e sofrimento na sua vida, significa que ainda há uma camada de mentira te envolvendo. Seja corajoso para encarar suas mentiras. Sem coragem você não será capaz de encarar a verdade. Procure identificar quando você ainda não pode ser honesto com você mesmo e com a vida; quando você tem que usar uma máscara e não pode ser autêntico e espontâneo; quando você tem que fingir que é diferente do que é. Dê uma olhada nas diversas áreas da sua vida. Você terá algum trabalho, mas é um bom trabalho. Lembre-se que “a verdade vos libertará”.

Terceira chave: Ação Correta.

Isso não tem nada a ver com moralismo. A ação correta, ou ação consciente, não se baseia no que está fora, ou seja, não depende da aprovação do mundo externo. Não é seguir um manual com regras sobre o que está certo ou errado. É uma ação determinada pela intuição, que é a voz do silêncio. É ter coragem de ser você mesmo, autêntico e espontâneo. Agir conscientemente significa colocar o amor em movimento, ou seja, trilhar o Caminho do Coração.

Quarta chave: Não Violência.

A não violência é a ação sem ego. É a atitude não contaminada pela vingança e pelo ódio. É não dar passagem para a maldade que provoca sofrimento no outro, não importa em qual nível.

A não violência ou ahimsa, como é conhecida na tradição do hinduísmo, não é cruzar os braços e ficar esperando que as coisas aconteçam. Ela, muitas vezes, envolve ação, atitude. Mas, é uma ação que nasce do coração – é espontânea e sempre vem com sabedoria e compaixão. Não é o ódio ou o medo se manifestando.

Eu mesmo já questionei o poder de ahimsa. Parece que só deu certo com Gandhi, na Índia. Mas, não é verdade. Ahimsa é o remédio que esse planeta precisa. A compaixão é o remédio e ahimsa é compaixão.

Quinta chave: Amor Consciente

Eu uso esta palavra ‘consciente’, porque a palavra amor foi degenerada. Nós demos a ela tantos outros significados que não têm nada a ver com a sua essência. Para o senso comum, o amor está ligado ao egoísmo, a uma satisfação pessoal. Ele é confundido com a paixão, com o sexo e até mesmo com o ódio. Isso acontece de uma forma inconsciente: a entidade acredita estar amando porque não tem consciência do que é amor.

Não é possível definir o amor com palavras, mas eu posso dizer que amar inclui um desejo sincero de que o outro seja feliz. Inclui ver o potencial adormecido no outro e dar força para ele acordar. É querer ver o outro feliz sem querer absolutamente nada em troca. Em última instância, amar conscientemente significa amar desinteressadamente.

Mas, para que possa utilizar essa chave se faz necessário que você reconheça o seu desamor. Procure identificar em quais situações e com quem você ainda não pode ser amoroso. Aonde e com quem o seu amor não flui livremente? Em que situações o seu coração se fecha? Aí há uma pista para você. Vá atrás dessa pista e você descobrirá muito sobre si mesmo. Essa é uma forma de trazer paz para esse mundo: aprendendo a ser amigo do seu irmão; amigo do seu vizinho. Aprender a não julgar os erros do outro. Antes de levantar o seu dedo para acusar o outro, olhe para si mesmo, e pergunte: “Será que eu não tenho um defeito igual, ou outros até piores?” “Será que o meu vizinho não tem nada de bom para eu focar a minha atenção?” Comece a focar no bom que o outro tem. Essa é sua grande missão.

Sexta chave: Presença.

Estar presente significa estar total na ação. É lembrar-se de si mesmo a cada instante. Quando você pode experienciar a presença, a sua energia cresce e você percebe o amor passando por você. Se puder sustentar esse estado de alerta, você terá a percepção de que tudo é sagrado, e a partir dessa percepção, poderá expandir sua energia conscientemente na direção do outro.

Eu sugiro uma prática bem simples para o seu dia a dia. Habitue-se a perguntar: Onde estou? O que estou fazendo? Permita-se parar, apenas por alguns segundos, absolutamente tudo o que você está fazendo. No meio da ação, pare e pergunte-se: Quem está fazendo? Assim você interrompe a imaginação e volta para o seu corpo, para a presença, para a totalidade na ação. Esse é o caminho.

A presença é a chave mestra. Mas, porque não vamos diretamente para ela? Porque nem todos estão prontos para usufruir dela. Poucos estão maduros para abandonar o pensar compulsivo, já que isso lhes dá um senso de identidade. Então, em muitos casos, é necessário um trabalho de purificação, que é este trabalho de transformação do “eu inferior”, para que você esteja pronto para ancorar a presença. Para isso, o corpo é o portal. Sinta-se ocupando o corpo. Sinta seu campo de energia e mova-se a partir dessa percepção.

Sétima chave: Serviço Desinteressado.

Servir desinteressadamente significa colocar seus dons e talentos a serviço do amor. É quando você pode se doar verdadeiramente ao outro, sem máscaras, sem necessidade de agradar ou fazer o que é certo com a intenção de ser recompensado. O único objetivo é ver o outro bilhar. Você se torna o amor que se move em direção à construção.

Acordar pela manhã, consciente de que está acordando para servir, ilumina a alegria de viver. Naturalmente, a consciência do serviço aumenta a conexão com o divino, porque, por mais que cada um tenha seus talentos e dons individuais, ou seja, uma forma particular na qual o amor se expressa através de você – é o próprio amor que está se expressando. No serviço, você se torna um canal do amor. Por isso, eu digo que o serviço é uma forma de manter a chama da conexão acesa. O amor e a felicidade passam por você para chegar ao outro, não importa o que você esteja fazendo, se está cuidando do jardim, construindo uma casa, cozinhando, cuidando de uma empresa ou de uma pessoa.

Oitava chave: Lembrança Constante de Deus.

Lembre-se de que Deus está em tudo: dentro, acima, abaixo, dos lados – em todos os lugares. Ele é a vida única que age em todos os corpos e é o seu Eu Real. Essa percepção de que tudo é Um e de que a energia espiritual se manifesta em todas as formas de vida, promove um profundo contentamento. Não há palavras para descrever essa experiência, ela só pode ser vivida. A sua vida se transforma numa prece, numa oferenda a Deus. Pode passar um tsunami, mas você não se esquece de Deus. Pouco a pouco, a sua fé se torna constante e inabalável, até que possa sustentar a eterna conexão com Deus.

A partir dessa conexão, você olha para o outro e enxerga além das aparências, porque você vê somente Deus e assim pode reverenciá-lo. Este é um sincero namastê: “a divindade que está em mim saúda a divindade que está em ti.”

Se verdadeiramente utilizar essas oito chaves na sua vida, inevitavelmente você irá experienciar a paz. Essa é a minha experiência.

Durante a fase do desenvolvimento da consciência que eu chamo de “ABC da Espiritualidade” ou purificação do “eu inferior”, muitas vezes, descobrimos verdades pouco agradáveis sobre nós mesmos. Durante esse processo, enfrentamos obstáculos que precisam ser removidos. Aos poucos, nós aprendemos a identificá-los e removê-los e, ao removermos aquilo que não nos serve mais, podemos nos tornar canais do amor divino, para que ele flua livremente através de nós.

(Trecho extraído do livro “Transitando do Sofrimento para a Alegria” de Sri Prem Baba)


Via: DESPERTAR COLETIVO | As 8 Chaves da Paz

VENDO E EXPERIENCIANDO O DINHEIRO COMO ENERGIA E NÃO COMO MATÉRIA…

abundancia

GRUPO ARCTURIANO – ABUNDÂNCIA

O_Grupo_ArcturianoMensagem do Grupo Arcturiano

Canalizada por Marilyn Raffaele
Em 20 de março de 2016

 

Queridos, bem-vindos a uma época em que as coisas parecem iguais para muitos do mundo, mas não para vocês que estão despertando. Muitos de vocês começam a ter experiências novas e incomuns e também insights mais profundos dos quais os outros não estão cientes. Continuem, pois a evolução está mudando para uma nova terra e um novo estado de consciência para aqueles que escolhem.

Nós desejamos falar sobre dinheiro, um assunto que parece causar muito caos e muitos problemas para o mundo. O sistema de crença humano a respeito do dinheiro é construído ao redor da dualidade – a consciência do dinheiro como um “bem” que precisa ser obtido ou um “mal” para ser rejeitado. Ambos são falsos estando baseados numa ignorância geral da verdade, normalmente acompanhados com um desejo de poder de muitos. O dinheiro é um meio de troca em si e de si mesmo não tendo outro poder além do poder que vocês dão.

Toda alma está procurando se encontrar e se lembrar, para descansar na paz, alegria e amor de novamente vivenciar quem e o que ela realmente é. Quando um indivíduo encarna na energia tridimensional, ele vem com um plano para quaisquer experiências necessárias para seu processo evolucionário. Uma vez na energia mais densa da terceira dimensão ele esquece isso, mas mantém esse anseio profundo de totalidade. Sem entender que o que ele sente é espiritual, ele começa a buscar externamente pelo que ele acredita que lhe trará felicidade de acordo com o estado atingido de consciência.

Procurar e lutar por algum bem percebido (normalmente dinheiro) no exterior não importa o custo para outros é como a maior parte do mundo ainda funciona. É a fonte de todo comportamento criminoso, lutas por poder, desonestidade, religiosidade, e assim por diante. Todo indivíduo está procurando experienciar sua totalidade inata, mas ainda não ciente de que ela está no interior, ele se volta para esse caminho no exterior até que em alguma vida em algum ponto ele desiste e começa a olhar para dentro, para onde ela está.

O dinheiro, como também todas as formas de abundância, é uma interpretação mental da totalidade e integridade dentro de todo indivíduo. A mente somente pode interpretar e manifestar externamente de acordo com o estado atingido de consciência e o sistema de crença de cada um. Se a totalidade divina não estivesse incorporada no interior, jamais ela poderia surgir externamente, pois o externo é o interno.

A abundância é uma lei divina infinita e sempre presente, mas a crença universal na dualidade e separação resultou num mundo de falta e limitação. Na dualidade sempre haverá os pares de opostos (abundância e escassez) e com a separação sempre haverá os que têm e os que não têm. Essas crenças são continuamente reforçadas pela consciência de consenso.

A lei da abundância é facilmente observada na natureza – as folhas nas árvores, a folhas da relva, as flores nos campos e os pássaros no ar. A natureza, quando permitido, sempre funciona de acordo com uma lei de abundância divina. Chegou o tempo para a humanidade em evolução começar o processo de ultrapassar as crenças de falta e suas muitas formas, pois, na realidade, não existe essa coisa de falta.

A falta, principalmente em forma de dinheiro, é uma crença muito difícil de ultrapassar. Ela e as lições de relacionamento representam os dois bloqueios mais difíceis para a consciência humana. As crenças de falta e limitação se desenvolveram até o ponto de se tornarem leis humanas porque para a maioria, todas as vidas anteriores foram vividas totalmente enredadas na energia tridimensional.

A memória celular até ser limpa, ainda carrega energias associadas com experiências de pobreza e fome de algumas dessas vidas. Entretanto, as leis humanas, tão reais como podem parecer ser, somente são crenças que nunca suplantam a Lei Divina.

A gratidão é uma chave poderosa para destrancar a abundância porque é o reconhecimento de que “Eu tenho”. Comecem com o que é familiar, agradecendo ao divino dentro de vocês por tudo, não importa como mundano ou aparentemente sem importância possa parecer. Comecem a reconhecer a abundância por toda parte ao seu redor até com algo tão simples como notar a bela roupa que alguém está usando ou uma linda casa que vocês admiram.

Comecem a dar graça antes das refeições, isso se já não o fazem, tornando um reconhecimento e gratidão pela sua totalidade divina se manifestando externamente como comida. Permitam a oração na hora da refeição ir muito além do agradecimento decorado e memorizado de alguma coisa baseado no conceito de um Deus que observa e escolhe quem abençoar – o Deus que o homem criou em sua própria imagem e semelhança.

Ao expressar gratidão ao outro por alguma coisa, vocês automaticamente reconhecem e honram o Eu quando percebem que não veio do outro, mas através dele. Não há outro e na percepção do UM todas as coisas simplesmente se movem de um bolso para outro. Por isso é tão importante parar de procurar externamente qualquer coisa – seu bem, felicidade ou satisfação. Um estado evoluído de consciência sabe que todo bem flui do interior, mas parece vir de outros.

Quando vocês começarem a aceitar a verdade de quem e do que são, honrando-se e amando-se como seres divinos, vocês se encontrarão automaticamente sentindo gratidão por tudo. Isso acontece porque agora são capazes de reconhecer toda experiência física, emocional, mental ou espiritual (agradável e também não tão agradável) como sendo um professor.

A abundância surge de forma infinita e variada de acordo com a necessidade do momento. O dinheiro é somente uma forma de abundância. Quando vocês recebem uma conta, olham em sua carteira e declaram: “Eu não tenho” vocês podem ter certeza de que é exatamente o que estão criando, pois vocês são criadores. Mesmo se tiverem apenas uma moedinha do mais baixo valor, olhem para ela sem julgamento e reconheçam: “Eu tenho”.

Como com todo aspecto da evolução espiritual, o conhecimento intelectual de uma verdade é apenas o primeiro passo. Vocês não podem sentar em aguardo absoluto de um saco de dinheiro cair do céu (embora isso possa acontecer se tiverem a consciência dele). Conheçam a verdade e então deem os passos humanos que são orientados a dar, seja trabalho ou assistência de algum tipo. Deixem suas ações ser o que ressoa com vocês e não o que os outros possam estar lhes dizendo para fazer, pois a orientação deles tão bem intencionada quanto possa ser, é a representação do estado de consciência deles e não do seu.

Mantenham-se abertos e orientados a respeito de todas as oportunidades de trabalho, não apenas o “emprego perfeito”. Assumir um emprego que vocês consideram benéfico para si e desempenhá-lo com sua melhor capacidade, envia uma mensagem de intenção ao Universo de que vocês levam a sério experimentar mais abundância e estão preparados para receber. Normalmente outra forma mais adequada de trabalho logo se apresentará. Todo trabalho é serviço e qualquer emprego que vocês tenham pode ser trabalho de Luz quando realizado numa energia de amor.

Comecem o fluxo de “Eu tenho” por dar em todos os níveis – físico, emocional, mental e espiritual. Pode ser tão simples como abrir tempo para encontrar roupas usadas e itens para doar. Deixem ir completamente a crença de que quando vocês dão, isso automaticamente significa menos para vocês. Vocês ultrapassaram esse estado de consciência e agora entendem que tudo flui para vocês vindo de uma fonte infinita de abundância e não de um esconderijo pessoal limitado.

Usem tudo dado como uma oportunidade para perceber o “Eu tenho” porque “Eu sou”. Deixem a energia de sua totalidade divina fluir para onde vocês são orientados para deixá-la fluir na percepção de que não se espera que vocês ergam o mundo inteiro, pois ainda há muitos que precisam do antigo. Sempre se lembrem de ouvir atentamente sua intuição, pois ocasionalmente acontece que um estudante entusiasmado sem saber se torna um facilitador.

A falta precisa ser entendida pelo que ela é – uma crença baseada na dualidade e separação sem lei para apoiá-la – ilusão. O medo e o pânico que surgem de não ter o suficiente é o que conduz ao crime e perpetua o senso de separação. Nós entendemos suas lutas. Nossa mensagem hoje é que agora vocês estão preparados para começar a ver e experimentar o dinheiro como energia e não material embora ele aparente dessa forma.

Peguem algum dinheiro material e sintam-no, segurem-no e percebam que ele é um conceito material representando a totalidade da Consciência Divina que vocês realmente são.

A Consciência Divina é o Eu sustentado e o Eu mantido que incorpora tudo que existe e é mantido eternamente pela Lei Divina. Nunca pode ser mais ou menos, nem pode mudar ou estar ausente, pois é tudo que existe e, portanto, precisa ser a substância da qual vocês foram formados.

“Eu sou a substância da qual o dinheiro é formado”.

Nós somos o Grupo Arcturiano

 


Fonte: ONENESS OF ALL | ARCHIVES | MARCH 20 2016
Tradução: Blog SINTESE

Via: SINTESE | GRUPO ARCTURIANO – ABUNDÂNCIA

AME INCONDICIONALMENTE! VOCÊ É APENAS AMOR…

Magic_Colorful_Wallpapers_laba.ws

AMOR

10941865_10202672661852249_2922601385172899124_n.jpg

Por: Prama Shanti

Sua estadia neste planeta não é para ser nem agradável, nem monótona. Os dias não serão iguais, você estará constantemente recebendo influências externas, naturais e inteligentes.

Mesmo que você se estabilize, estará sendo tentado por outras inteligências que são contrárias ao seu desenvolvimento.

Deixamos que isso aconteça porque isto o fortifica. Da mesma forma as dificuldades materiais tem um propósito. Você está aqui para aprender a superar estes obstáculos, precisa entender que eles são Maya, não são o que realmente interessa. São apenas pequenas distrações interpostas para os que não acreditam em seu poder.

Na medida em que você se apoderar de seu Eu verdadeiro, terá consciência do que realmente interessa. Quando isto ocorre, as dificuldades materiais se desfazem como a fumaça que são.

Os apegos precisam ser desfeitos e isto só pode ser feito pela dificuldade. Entendemos o quão difícil é para vocês desapegarem de certas coisas.

Não existe uma ordem correta de desapego, por isto as dificuldades ocorrem em todos os campos, materiais e emocionais.

Para que o desapego ocorra é necessário que ele esteja no centro de sua mente, precisa ser um problema para que seja trabalhado. Pegue o problema e entre nele como um bom Vipassana, penetre o seu núcleo, analise-o, separe cada pedaço, enfrente o pior pedaço e novamente refaça sua análise até não sobrar nada.

É como seus cientistas fazem com a análise da matéria, chegam até o átomo, às suas partículas elementares, ao núcleo de uma pequena partícula, aos seus pedaços e enfim chegam à energia pura. E se soubessem ir adiante, chegariam à consciência.

Da mesma forma é preciso que você chegue à consciência do problema, ao seu propósito. Entenda-o, decifre-o e ele deixará de existir.

Assim ocorre com tudo em seu mundo, porque nada existe, e quando você penetra no âmago, você desfaz. Você se entrega, se dissolve e assimila. E passa a ser um com Ele.

Então, silencie seu coração e ame incondicionalmente cada coisa, e pelo amor você se torna um com Ele e o compreende.

Ame incondicionalmente, pois você é apenas Amor.

Através de Prama Shanti, em 04/02/2016

(sobre a autoria …)

 


Via: Amor | Prama Shanti

QUANTO MAIS SE AVANÇA, MAIOR A DEPENDÊNCIA DA PRESENÇA DIVINA…

Nirvana_Vrindavan Das

GIGANTES GENTIS

Por: Maria Chambers

 

Os seres humanos estão tão ocupados em se melhorar. Tornando-se mais fortes, mais atraentes, mais ricos, mais saudáveis, mais inteligentes, mais educados, mais apreciados, mais bem-sucedidos, mais espiritualizados, mais dignos… e, no entanto, isso tudo é uma total perda de tempo.

Porque, se eles não estão reconhecendo a existência de sua alma, todas as tentativas, ações e correções os levam… a lugar nenhum.

As pessoas estão começando a reconhecer essa verdade. Estão se tornando mais perturbadas. Mesmo que cheguem mais perto de atingir seus objetivos, ainda parece que algo está faltando. E, então, se culpam. Pensam que não fizeram o suficiente, ou que fizeram a coisa errada. Ou põem a culpa no destino, na economia, no governo, ou nos genes.

Ou apenas na má sorte.

Não é interessante que tendamos a fazer a mesma coisa quando sentimos que essa iluminação encarnada não está funcionando do jeito que esperávamos. Assumimos a culpa ou a posição de vítimas.

Mas, na verdade, é muito mais difícil a transformação do que qualquer um de nós imaginou. Não fizemos nada de errado. Ninguém é culpado. Mas, podemos começar a achar que não estamos destinados a isso nesta existência. Pode parecer um sonho impossível.

Aqueles dentre nós que estão na vanguarda dessa transformação para o humano divino são um grupo consideravelmente resistente. Poderíamos ser chamados de gigantes gentis. Somos gentis por natureza, cheios de amor, mas também somos gigantes em nosso campo.

Passamos das conversas animadoras da nova era ou dos contos etéreos sobre a iluminação.

Não estamos interessados em amenizar esta experiência. Passamos pela mais densa escuridão. Nossas vidas desmoronaram-se. Fizemos o que parece ser um processo interminável e vimos permitindo que o espírito chegue cada vez mais perto. Todavia, parece, às vezes, que temos muito pouco para mostrar. Pelo menos no tangível.

Mas, realmente sabemos que algo está acontecendo e a prova é que estamos nos sentindo cada vez mais distanciados de nossos antigos eus e deste mundo em que vivemos. Estamos começando a reconhecer que temos um parceiro que vive conosco  que não sente dúvida ou medo.

Sabemos que algo está acontecendo porque confiamos em nossa sabedoria em detrimento dos outros, mesmo daqueles que certa vez reverenciamos. E definitivamente confiamos em nossa voz em detrimento daqueles que considerávamos amigos íntimos ou outros relacionamentos semelhantes.

E estamos cada vez menos preocupados com o que os outros pensam de nós, de maneira geral.

Não somos influenciados pela culpa. Ou por outras formas de manipulação. Nós percebemos isso a milhas de distância. Bem, nem sempre. Às vezes se esgueiram sobre nós. Gastamos algum tempo com alguém, e mais tarde dizemos para nós mesmos: “Que ** foi essa?”

Mas, não estamos tão interessados em dissecar nossos problemas. Porque sabemos agora que eles não são de fato nossos problemas. Que alívio! Imaginam todo o tempo, energia e dinheiro que estamos poupando nesse projeto?

Muitos de nós somos adeptos disso, ou não somos? Provavelmente podemos recitar todas as condições corporais e suas origens emocionais, à maneira de Louise Hay, em relação a nós e aos outros.

Todavia, notamos que nem mesmo conhecendo as causas ou as origens desses problemas emocionais ou físicos não faz muito para que desapareçam?

E isso é porque não se trata de uma transformação mental. Não estamos tentando nos psicologizar ou mudar nossas crenças ou nossos velhos padrões como humanos.

E é exatamente por isso que ficamos tão frustrados, às vezes. Continuamos pulando de volta para a ação, mesmo que seja uma ação mental. E, infelizmente, esse processo não funciona dessa forma.

A parte mais difícil desse processo é a mente querer manter o controle. Ela ama dançar com o medo, a dúvida e a desesperança, porque são emoções com que está familiarizada. E essas emoções têm persistido em nós e permanecido em nossas células por muito tempo.

Nenhum de nós, que esteja passando por esta iluminação encarnada, poderia dizer com convicção que funcionaria da maneira que esperávamos. De fato, não estamos cem por cento certos para onde deveríamos ir. Ao longo do caminho, mudamos nossas expectativas. Principalmente à medida que mergulhamos mais profundamente na experiência e começamos a rasgar o próprio tecido de nossas vidas.

SOMOS ÍNTEGROS E COMPLETOS

E quanto mais avançamos, com menos pessoas em nossas vidas diárias conseguimos nos relacionar. Podemos tentar explicar-lhes quem somos e pelo que estamos passando, mas vemos os seus olhos vidrados. Para cada desconforto físico e emocional por que estamos passando, eles têm uma explicação ‘lógica’ ou médica.

Assim, percebemos que não podemos obter a espécie de apoio que desejamos de alguém que não esteja passando pelo mesmo processo. Começa a parecer que estamos cercados por crianças do ensino fundamental, em termos de crescimento da alma ou grau de conscientização.

Deste modo, pode ser bastante solitário. Mas, para ser gigantes em nosso campo, utilizamos isso também, para aproveitar a nossa resolução interior. É a oportunidade perfeita para depender ainda mais da própria Presença Divina.

Porque, aquilo que nos distingue também de outros seres humanos, é que reconhecemos a nossa alma, e, nesse reconhecimento, nos sentimos íntegros e completos. Não estamos buscando amor e aprovação do lado de fora. Isso é profundo.

E isso nos torna até mais sensíveis àqueles que ainda estão querendo extrair esse amor e aceitação dos outros. E se eles não estão reconhecendo que também são almas, eles estarão definitivamente fazendo isso.

Percebemos que não precisamos ou queremos ser a fonte para que os outros se sintam melhor acerca de si mesmos. Não podemos nos dar ao luxo de ser salva-vidas para alguém. Sabemos, bem no íntimo, o que se exige para ser um humano em ascensão. Sabemos que os outros vão ter que passar pelas próprias transformações, no próprio tempo.

Estamos no processo de descobrir o modo mais profundo e mais autêntico em que um ser humano pode amar-se. É preciso um gigante em seu campo para passar por isso.

 


Direitos Autorais:

Copyright © 2017, Maria Chambers. Todos os direitos reservados. Por favor, sintam-se livres para compartilhar este conteúdo com os outros, publiquem em seus blogs, página do Facebook, etc., mas mantenham a integridade deste artigo por incluir o autor, o tradutor e o link do site: Maria Chambers – https://soulsoothinsounds.wordpress.com

Fonte: SOULSOOTHINSOUNDS | Gentle Giants
Tradução de Ivete Brito – adavai@me.comwww.adavai.wordpress.com

Via: ADAVAI | GIGANTES GENTIS – 24/06/17

SER CONSCIENTE É DEIXAR DE VIVER UMA FALSA NOÇÃO DE “EU”…

ser consciente

QUEM VOCÊ REALMENTE É | ECKHART TOLLE

Compilado do Livro “O Poder do Silêncio” de Eckhart Tolle
por: Misticismo Natural

 

Quem você realmente é

O Agora é inseparável da pessoa que você é no nível mais profundo.

Muitas coisas podem ser importantes na sua vida, mas apenas uma tem importância absoluta.

É importante vencer ou fracassar aos olhos dos outros.

É importante ter ou não ter saúde, estudar ou não estudar.

É importante ser rico ou pobre – certamente isso faz diferença na sua vida.

Sim, tudo isso tem uma importância relativa, mas não absoluta. […]
Existe algo mais importante do que todas essas coisas: é encontrar a essência do que você é para além dessa entidade de curta duração que é a noção personalizada do “eu”.

Você não encontra a paz reorganizando os fatos da sua vida, mas descobrindo quem você é no nível mais profundo.

A reencarnação não ajuda se na próxima encarnação você continuar sem saber quem é.

Toda a desgraça do mundo vem de uma noção personalizada do “eu” ou do “nós”.

Essa noção encobre a essência de quem você é.

Quando você não se dá conta dessa essência interior, acaba sempre causando algum tipo de desgraça.

É muito simples.

Quando não sabe quem é, você cria um “eu” na mente para substituir o seu lindo e divino ser e se agarra a esse “eu” amedrontado e carente.

A partir do momento em que faz isso, sua grande força motivadora passa a se proteger e valorizar essa falsa noção do “eu”.

Há muitas expressões usadas frequentemente que mostram que as pessoas não sabem quem são.

O mesmo acontece às vezes com a estrutura da língua.

Dizemos: “Ele perdeu a vida num acidente de carro” ou “A minha vida”, como se a vida fosse alguma coisa que se possa possuir ou perder.

A verdade é: você não possui uma vida, você é a vida.

Você é a vida única, a consciência única que permeia todo o universo e assume temporariamente a forma de pedra, folha, animal, pessoa, estrela ou galáxia.

Consegue perceber que, lá no fundo, você já sabe disso?

Consegue perceber que você já é isso?

Você precisa de tempo para a maioria das coisas na vida: é preciso tempo para aprender uma nova atividade, para construir uma casa, para se especializar em alguma profissão, para preparar um chá.

Mas o tempo é inútil para a coisa mais valiosa da vida, a única que realmente importa: a realização pessoal, o que significa saber quem você é essencialmente além da superfície do “eu” – além do nome, do tipo físico, da sua história.

Você não pode encontrar a si mesmo no passado ou no futuro.

O único lugar onde você pode se encontrar é no Agora.

Os que buscam uma dimensão espiritual querem a auto-realização ou a iluminação no futuro.

Ser uma pessoa que está em busca significa que você precisa do futuro.

Se é nisso que você acredita, isso se torna verdade para você: precisará de tempo até perceber que não precisa de tempo para ser quem você é.

Quando olha para uma árvore, você toma consciência da existência da árvore.

Quando pensa ou sente alguma coisa, toma consciência do pensamento ou da sensação.

Quando passa por uma experiência boa ou ruim, toma consciência dessa experiência.

Essas afirmações parecem verdadeiras e óbvias, mas, se você examiná-las atentamente, perceberá que, de uma forma sutil, elas contêm uma ilusão básica que se torna inevitável quando se usa a linguagem.

O pensamento e a linguagem criam uma aparente dualidade, como se houvesse uma pessoa e uma consciência separadas.

Isso não existe.

A verdade é que você não é uma pessoa que toma consciência da árvore, do pensamento, do sentimento ou da experiência.

Você é a consciência na qual e através da qual essas coisas existem.

Você se percebe como a consciência na qual todo o conteúdo de sua vida se desdobra?

Quando você diz “Eu quero conhecer a mim mesmo”, você é o “eu”.

Você é o conhecimento.

Você é a consciência através da qual tudo é conhecido.

E que não pode conhecer a si mesmo.

Porque você é a própria consciência.

Não existe nada a ser conhecido além disso.

O “eu” não pode se transformar num objeto de conhecimento, de consciência.

O “eu” é a própria consciência.

Assim, você não pode se tornar um objeto para si mesmo.

Quando isso acontece, surge a ilusão do “eu” auto-centrado – porque mentalmente você fez de si mesmo um objeto.

“Este sou eu”, você diz.

A partir dessa afirmação, você passa a ter uma relação com você mesmo e a contar para os outros e para si mesmo a sua história.

Quando você sabe que é a consciência na qual a vida externa acontece, torna-se independente do que existe externamente e perde a necessidade de buscar sua identidade nos fatos, nos lugares e nas situações.

Em outras palavras: as coisas que acontecem ou deixam de acontecer perdem a importância, perdem o peso e a gravidade.

Sua vida passa a ter outra graça e leveza.

O mundo é então visto como uma dança cósmica, a dança da forma – só isso.

Quando você sabe quem realmente é, tem uma enorme e intensa sensação de paz.

Essa sensação poderia ser chamada de alegria, porque alegria é isto: uma paz vibrante e intensa.

E a alegria de saber que seu ser é a própria essência da vida, antes de a vida assumir uma forma.

É a alegria de Ser – de ser quem você realmente é.

Assim como a água pode assumir a forma sólida, líquida ou gasosa, a consciência pode ser considerada “sólida” como matéria física, “líquida” como mente e pensamento, ou sem qualquer forma como consciência pura.

A consciência pura é a Vida antes de se manifestar, e essa Vida olha para o mundo da forma através dos seus olhos, porque a consciência é quem você é.

Quando você se vê assim, então se reconhece em todas as coisas.

É um estado de total clareza de percepção.

Você deixa de ser alguém com um passado que pesa e através do qual todas as experiências são interpretadas.

Quando você percebe sem interpretar, pode sentir o que está percebendo.

O máximo que podemos dizer usando palavras é que há um campo de calma-alerta em que a percepção acontece.

Através de “você”, a consciência sem forma torna-se consciente de si mesma.

A vida da maioria das pessoas é conduzida pelo desejo e pelo medo.

O desejo é a necessidade de acrescentar algo a você para ser mais plenamente você mesmo.

Todos os medos são medo de perder alguma coisa e, portanto, tornar-se menor, ser menos.

Esses dois movimentos nos impedem de perceber que Ser não é algo que possa ser dado ou tirado.

O Ser em sua plenitude já está dentro de você.

Agora.

Eckhart Tolle
O Poder do Silêncio


Via: MISTICISMO NATURAL | Quem Você Realmente É | Eckhart Tolle

A IMPORTÂNCIA DO AMOR NAS TROCAS DE ENERGIAS SEXUAIS E ESPIRITUAIS…

Lovers

O Melhor da Energia Sexual

Por: Selma Flávio

 

A energia sexual desempenha um papel importantíssimo no nosso bem-estar mental, emocional e físico. E para as pessoas empenhadas em seguir um caminho espiritual, a compreensão do que significa energia sexual e o ato de fazer amor é mais preciosa ainda, pois eles são recursos de que dispomos para elevar nossa consciência e avançar para níveis mais altos de energia.

Se estamos com alguém que amamos, o ato de fazer amor e o orgasmo provocam uma expansão de energia nos nossos campos energéticos e a energia sexual se funde com a energia mais profunda do amor. Essas duas energias se tornam então uma só energia, poderosa, criativa, transformadora, que pode operar a cura, a renovação e, se for conduzida até um nível suficientemente elevado, o que alguns chamam de “milagres”.

Mas o que acontece quando usamos a força vital e a energia sexual num relacionamento íntimo em que não existe amor? Simplesmente os nossos centros de energia ficam bloqueados e a energia “não flui”. Isso acontece porque a intimidade sexual, quando não existe amor, cria o que poderia ser descrito como “impressões negativas” nos nossos centros de energia, bloqueando o movimento e o fluxo energético.

Essas impressões negativas e os bloqueios podem ser sentidos energeticamente e alterar as nossas atitudes e os nossos comportamentos. Elas podem nos fazer sentir “travados” sexualmente causando em nós uma perda de vitalidade sexual ou então podem disparar um anseio compulsivo por sexo, num esforço inconsciente para desbloquear as energias sexuais.

Se as nossas energias sexuais não estão ligadas ao amor, elas podem como células cancerígenas, adquirir “vida própria” e acabar nos afastando do amor. E em nossas tentativas de satisfazer nossos impulsos sexuais, acabamos ferindo a nós mesmos e a outras pessoas. Atos meramente sexuais nunca são inofensivos. As energias sexuais são forças poderosas!

Quando utilizadas com amor, elas promovem a nossa expansão como seres humanos. Quando usadas sem amor, elas causam o acúmulo de impressões e energias “escuras” e negativas na nossa aura, que nos mantêm em níveis baixos de percepção, ofuscam a nossa perspectiva mental e só criam obstáculos à nossa experiência da felicidade. Esse é um preço muito alto a pagar por um prazer momentâneo.

Outro efeito da troca de energias sexuais sem amor é o que poderia ser descrito como “buracos ou perfurações” no campo energético dos parceiros. Sem a energia vital do amor, a troca de energias cria lacunas que enfraquecem a aura. Quando, ao contrário, o amor está presente, a mistura ou fusão das energias fortalece o campo energético, porque, nesse caso, mais amor e mais energia são produzidos no ato de fazer amor.

Isso é igualmente verdadeiro para casais casados e não-casados. Não se trata aqui de uma questão moral. Pessoas casadas que não se amam e fazem sexo estão causando prejuízos uma a outra da mesma maneira que casais não casados, quando se entregam ao sexo sem amor.

Quando existe intimidade sexual entre duas pessoas, ocorrem as trocas de energia entre elas. Quando temos intimidade sexual, nós, por habito, nós abrimos energeticamente de uma maneira muito profunda, que permite a cada parceiro carregar a energia do outro. Desse modo, quando somos sexualmente íntimos a alguém, carregamos a “vibração energética” do campo e dos centros de energia da outra pessoa.

Essa vibração inclui, num grau maior ou menor, os pensamentos e emoções do parceiro, que podem ser positivos ou negativos. Por exemplo, se estamos zangados ou tristes, a vibração de nossa raiva ou de nossa tristeza pode ser transferida para o nosso parceiro sexual juntamente com a troca de outras energias, e o parceiro receptor irá adquirir essa energia de raiva ou tristeza.

O grau em que somos afetados pela energia do parceiro depende da força de nosso próprio campo energético e da intensidade vibracional dos pensamentos e emoções do parceiro. Às vezes, depois de fazer amor com alguém que não amamos, sentimos como se estivéssemos carregando alguma coisa “suja” ou que na realidade não é nossa. Podemos até sentir a necessidade de tomar banho – uma experiência de purificação ritual – para nos livrar dessa sensação.

Por outro lado, quando a experiência é de amor, cada parceiro se sente banhado na energia do amor e no brilho remanescente do ato de fazer amor, e quer conservar esses sentimentos durante o máximo de tempo possível. Os parceiros geralmente carregam as energias um do outro por seis meses ou mais. Na verdade, eles podem carregar essas energias indefinidamente, a menos que se limpem e se libertem delas.

Visualizações, orações, rituais podem ser utilizados, isolada ou conjuntamente, para este propósito. Pessoas sexualmente ativas, portanto, transferem suas próprias energias e a de todos parceiros anteriores e atuais a qualquer novo parceiro. Essa é uma das razões porque elas perdem o senso de identidade.

Quanto mais carregamos as energias de outras pessoas, menos sentimos as energias que são especificamente nossas. Nós também extraímos e carregamos aspectos da personalidade do parceiro, pois as energias que são trocadas carregam a vibração das emoções, dos pensamentos e das experiências das pessoas.

Em outras palavras, nós começamos a sentir a vibração da energia das pessoas como nossa própria energia. Quando isso acontece, também ficamos mais suscetíveis à força e personalidade dessa pessoa, particularmente se ela tiver um campo de energia mais forte do que o nosso. Portanto, cada vez que temos relações sexuais com alguém, estamos criando consequências douradoras que nós nunca tínhamos imaginado para nós mesmos e para as outras pessoas.

As pessoas nunca aprenderam, com os pais, a escola ou quem quer que seja, que a energia sexual é uma força poderosa que deveríamos usar apenas para manifestar mais plenamente a vida em nós e expandir os nossos campos de energia. Portanto “como” e “com quem” nós usamos essas energias estão entre as decisões mais importantes que podemos tomar na vida.

 

…………………………………………………………………………………………………………………

Compilado do livro: Sexo: Verdadeiro ou Falso?

De Michelle Rios Rice Hennelly e R. Keven Hennelly

Selma Flávio – Terapeuta – selmaflavio@gmail.com


Via: O Melhor da Energia Sexual | Seja Esteja Sorria!

O TAI CHI, O YOGA E A MEDITAÇÃO PODEM RESTAURAR O NOSSO DNA…

tai-chi_yoga_meditacao

NOVA E SURPREENDENTE INVESTIGAÇÃO REVELA QUE A MEDITAÇÃO E O YOGA LITERALMENTE REPARAM O DNA

Por: Colaborama
Equipe do Preparem-se para a Mudança

()  (Tradução para o português de Portugal)

As actividades que promovem o equilíbrio tais como o Tai Chi, o yoga e a meditação são reconhecidas pela sua capacidade de promoverem uma sensação de bem-estar e reduzirem o stresse, mas poderão ter mais benefícios do que aqueles que aparentam? Embora esses exercícios sejam conhecidos por serem óptimas formas de relaxar, as novas investigações mostraram que os seus benefícios se estendem muito além dos efémeros. As actividades mentais e corporais de descompressão podem oferecer mais do que apenas benefícios mentais. Na realidade, essas actividades podem efectivamente criar transformações físicas ao nível molecular.

Um estudo recente liderado por cientistas da Universidade de Coventry e da Universidade de Radboud, mostrou que as intervenções sobre o corpo mental podem reverter as reacções moleculares no interior do seu ADN, em particular as que causam doenças e depressão.

A investigadora principal do estudo, Ivana Buric, do Centro de Psicologia, Comportamento e Realização da Universidade de Coventry do Brain, Belief e Behavior Lab, comentou:

“Essas actividades deixam aquilo a que chamamos de assinatura molecular nas nossas células, o que reverte o efeito que o stresse ou a ansiedade teriam no corpo mudando a forma como os nossos genes se expressam. Simplificando, as IMC [intervenções mente-corpo] fazem com que o cérebro guie os nossos processos de ADN ao longo de um caminho que melhora o nosso bem-estar”.

Buric também destacou que milhões de pessoas já estão a colher os benefícios de exercícios mentais como o Yoga e o Tai Chi, sem sequer perceberem o quanto essas actividades são verdadeiramente benéficas para os seus corpos. Buric afirma que, embora ainda seja necessário fazer mais estudos para verificar o alcance da intervenção sobre o corpo-mente, ela acredita que a sua pesquisa é um elemento fundamental para futuros esforços de investigação.

Publicado na revista Frontiers in Immunology, o seu estudo analisa mais de uma década de pesquisas sobre como as estratégias de intervenção sobre a mente-corpo podem afectar o comportamento do ADN. A expressão genética foi um ponto focal da investigação da equipa, pois a forma como os genes são activados para produzirem proteínas pode ter um impacto sobre todo o sistema. A composição biológica do cérebro, corpo e sistema imunológico pode ser afectada pela forma como as proteínas genéticas são expressas.

No total, a equipa analisou 18 estudos com um total combinado de 846 participantes. Os especialistas determinaram que, quando analisados ​​como um todo, os 11 anos de dados “revelam um padrão nas mudanças moleculares que acontecem ao corpo como resultado das IMC, e como essas mudanças beneficiam os nossos problemas mentais e físicos saúde.”

Sabe-se que quando uma pessoa sofre um evento que stressante, o seu corpo entra no que é frequentemente conhecido como a resposta de “fuga ou combate”. Este processo também desencadeia a produção de uma molécula que regula a expressão génica, conhecida como factor nuclear kappa B ou NF-kB.

“O NF-kB traduz o stresse activando genes para produzirem proteínas chamadas citoquinas que causam inflamação ao nível celular”, como explica o Science Daily.

Embora esta reação seja útil temporariamente, quando é consistente ao longo do tempo, pode ser bastante prejudicial e aumentar o risco de doenças como cancro e distúrbios como a depressão. Pode até acelerar o processo de envelhecimento.

No entanto, a equipa de investigação descobriu que as pessoas que praticam IMC regularmente apresentam uma redução na produção de NF-kB e citocinas relacionadas. Por sua vez, isso leva a uma diminuição e reversão da expressão genética pró-inflamatória. Em última análise, isso reduz o risco de doenças relacionadas com a inflamação.

Pesquisas anteriores sobre meditação e outras actividades similares também indicaram que esses exercícios podem ter efeitos de longo alcance sobre o cérebro e o corpo. Por exemplo, investigações recentes mostraram que a meditação pode ajudar a manter o seu cérebro jovem e, em média, reduzir a “idade do cérebro” em mais de sete anos. No início deste ano, uma equipa de investigadores da Universidade de Harvard também descobriram que o yoga pode gerar mudanças positivas na função metabólica.

Estas actividades sobre da mente-corpo são claramente uma força que deve ser tida em conta.


Fonte e Tradução: Prepare for Change | Nova e surpreendente investigação revela que a Meditação e o Yoga literalmente reparam o ADN

Prepare for Change (Portugal) 
Prepare for Change (Brasil)
Prepare for Change (Inglês)
Junte-se a comunidade Prepare for Change

Via: Sementes das Estrelas: NOVA E SURPREENDENTE INVESTIGAÇÃO REVELA QUE A MEDITAÇÃO E O YOGA LITERALMENTE REPARAM O DNA

RECUPERANDO OS PODERES DA NOSSA DA GLÂNDULA PINEAL…

human-brain-pineal-eye-of-horus

CINCO MANEIRAS DE DESCALCIFICAR A GLÂNDULA PINEAL

Publicado por: Afinidades Espirituais
em 25 de julho de 2017

Neste vídeo, Ralph Smart compartilha sua experiência adquirida ao longo do seu desenvolvimento espiritual e nos fala a respeito do funcionamento da glândula pineal e de sua importância para a iluminação do ser humano.

Entre outras coisas, ele nos dá 5 dicas que ele descobriu ser de grande ajuda na ativação da sua glândula pineal.

1. Adotar uma dieta crua: muitos vegetais crus fornecem os aminoácidos necessários para a descalcificação da pineal, além disso por serem alcalinos, ajudam a elevar a sua vibração espiritual.

2. Evitar o consumo de flúor, através da água da torneira, bem como de cremes dentais e antissépticos bucais. Os metais contidos no fluoreto de sódio endurecem as paredes internas da pineal. Para ativar a glândula pineal temos que consumir água mineral alcalina ou filtrada e alcalinizada (com sumo de limão, por exemplo) e fazer uso apenas de cremes dentais sem flúor.

3. Aceitar a escuridão. A principal função da pineal é produzir melatonina, que controla os ciclos do sono. Dormir na total penumbra faz com que a pineal produza mais melatonina e, consequentemente se torne mais ativa.

4. Contemplar o sol. A luz do sol estimula a glândula pineal. Devemos minimizar ao máximo o uso de óculos escuros e aproveitar as primeiras horas da manhã, quando o sol ainda está nascendo, para contemplá-lo.

5. Consumir iodo através de complemento alimentar ou algas marinhas. O iodo é um mineral natural que ajuda a descalcificar a pineal.

Saiba mais através do vídeo. Vale a pena assisti-lo até o final…

Como Descalcificar a Glândula Pineal – Infinite Waters – Diving Deep – Ralph Smart

Publicado por: Bruno Castelão

Fonte: Como Descalcificar a Glândula Pineal – Infinite Waters – Diving Deep – Ralph Smart – YouTube

 


Via: Facebook | Afinidades Espirituais | CINCO MANEIRAS DE DESCALCIFICAR A GLÂNDULA PINEAL

ENTRE O MATERIAL E O ESPIRITUAL, PODEMOS FICAR COM OS DOIS…

fisica-quantica-e-espiritualidade

INTOLERÂNCIA – ORIGEM E CAMINHOS DE CURA PARA A POLARIZAÇÃO

 

Por: Amit Goswami

 

Há cerca de três mil anos, pessoas muito criativas de várias partes do mundo – Índia, Grécia, Oriente Médio e China – descobriram aquela que, segundo imaginaram, seria uma verdade fundamental sobre os seres humanos: por trás de nossa separação imanente, há uma unidade transcendental. Esta unidade transcendental foi chamada por vários nomes, como Espírito, e, mais recentemente, consciência. As tradições estabelecidas por essas pessoas são as grandes tradições espirituais do mundo.

Surgiram religiões dos ensinamentos desses grandes Mestres – versões popularizadas das grandes tradições. Acima de tudo, seu lema era: simplificar. As pessoas não entendem o que significa “transcendência” em oposição à realidade de tempo-espaço imanente. Não importa. A religião equiparava transcendência e espaço exterior. As pessoas não conseguem visualizar, e muito menos explorar, uma consciência unitária com poder causal chamada causação descendente. As religiões criaram a ideia de Deus à imagem de um ser humano, só que todo-poderoso. Com o tempo, o conceito corrompeu-se ainda mais.

Primeiro, as tradições espirituais deram-nos o conceito de virtudes divinas, ou arquétipos como Amor e Bondade, que disseram que deveriam ser cultivadas criativamente. Mas onde está o tempo para investigação criativa dos atarefados vendedores das religiões? Em lugar disso, os líderes religiosos criaram versões codificadas das realizações dos Grandes Mestres, chamados de Bons livros, que incluíram códigos espirituais e de comportamento moral.

Segundo, com o tempo, cada religião começou a se vender como a fé superior ou como o único caminho a seguir. Adeptos de cada religião declararam-se o povo “eleito”.

Deste modo, o conceito de consciência unitária deu lugar a um novo tipo de separação: nós contra eles. Obviamente, se nossa religião é superior à sua, por que não posso ter a prerrogativa de ser intolerante com relação a suas equivocadas visões religiosas? Logo, o que culmina é a intolerância religiosa.

Entretanto, antigamente o sistema continha uma graça redentora. Todas as religiões admitiam que a verdade nem sempre pode ser codificada como um punhado de conceitos ou de leis racionais: logos. Parte dessa verdade sutil tinha de ser transmitida por meio de histórias: mythos, mitologia. Assim, surgiu a ambiguidade, mantendo algum espaço para a tolerância e o multiculturalismo.

Bem, até recentemente. Como todos sabem, as religiões dominaram nossa visão de mundo até o século dezesseis, aproximadamente. Concentrando-se na espiritualidade, as religiões ignoraram o mundo material a tal ponto que muita gente viveu na miséria material. Então, a ciência moderna surgiu como uma revolta contra a ênfase espiritual. Em quatro séculos, a ciência e seu rebento – a tecnologia – criaram riquezas materiais sem precedentes.

Com o tempo, o sucesso da ciência passou a exercer uma influência importante sobre as religiões. Como foi idealizada originalmente para lidar com a matéria, a ciência pode ser apresentada de maneira mais ou menos completa em termos de logos – pelo menos, foi o que pensaram. O mythos foi menosprezado e acabou sendo eliminado da ciência. Este aspecto da ciência passou para as religiões, que também começaram a solapar o mythos; com isso, as religiões tornaram-se logocêntricas e nada ambíguas. A única salvaguarda contra a intolerância desapareceu.

Podemos chamar essas religiões – interpretações literais dos Bons Livros – de fundamentalistas. Porém, encaremos os fatos. Atualmente, os fundamentalistas dominam praticamente todas as religiões. Deste modo, a intolerância religiosa está em toda parte, sem controle.

Intolerância Política

A história da ciência contra a religião não está completa. Durante um bom tempo, houve um armistício entre ambas: a ciência dominava a exploração do domínio material ou exterior da realidade; a religião, o espiritual ou interior. Porém, em meados do século vinte, o sucesso da ciência tornou-se tão convincente para seus praticantes, e o fundamentalismo das religiões tão abominável, que os praticantes da ciência desistiram do armistício e criaram sua própria religião: ironicamente, seu próprio dogma – tudo é matéria e seu movimento; e não existe causa alguma exceto interações materiais. Deus se fora, a causação descendente se fora e o mythos se fora.

Hoje, damos à nova religião o nome de materialismo científico. Com sua criação, agora há duas visões de mundo: uma materialista, a outra religiosa. Ambas são logocêntricas e, naturalmente, há uma enorme intolerância entre elas.

A democracia, tal como existe hoje, vive num sistema de dois partidos. Naturalmente, um desses partidos políticos seria liberal. Apoia a liberdade de dogmas, apoia o progresso como a exploração contínua do significado. Naturalmente, o outro partido opor-se-ia a esse; seria conservador, atuando como um freio necessário sobre a agenda progressista dos liberais.

Quando a ciência estava tentando se livrar do dogma das religiões, os liberais apoiaram naturalmente a ciência. Quando a própria ciência tornou-se dogmática, o hábito continuou. Assim, os liberais, com poucas exceções e ao contrário do espírito da palavra liberal, agora têm um dogma, o materialismo científico. A maioria dos conservadores, naturalmente, apoia abertamente o dogma oposto – o religioso.

Antes da polarização entre os dogmas, líderes dos partidos liberais usava o poder político para ajudar a classe média a processar significados. Nem os conservadores se opunham ao processamento de significados quando o mythos era importante. Assim, ocasionalmente os dois partidos trabalhavam juntos pelo bem da sociedade. Mas quando o dogma tomou conta dos dois partidos, o mythos foi banido e, com ele, a diversidade de significados. Logo, o poder político é hoje usado cada vez mais para dominar as pessoas. Deste modo, a intolerância política tem uma nova característica – a dominação é tudo, o meio-termo é impensável.

O Remédio

A cura para a polarização, a intolerância e a busca da dominação pode ser encontrada numa visão de mundo integradora. E é disto que trata a visão quântica do mundo – a integração da ciência e da espiritualidade. Na física quântica, os objetos são potencialidades dentre as quais a consciência faz escolhas, e pertencem ao domínio transcendente da realidade. A escolha (a causação descendente) feita pela consciência cria o domínio espaço-tempo imanente. As potencialidades da consciência consistem tanto em matéria quanto em mente; com isso, significado, sentimento e valores voltam para a ciência. Reconhecemos que a tarefa do mundo material consiste em fazer representações da consciência e dos mundos sutis do significado, dos sentimentos e dos valores arquetípicos. A matéria segue o logos; mas o sutil precisa do mythos para expressar seus segredos. Com o mythos de volta ao jogo, a ambiguidade retorna e, com ela, a tolerância.

Naturalmente, vai ser uma luta até colocar a visão quântica de mundo na sela; as forças do status quo são muito fortes. Precisamos do ativismo quântico – pessoas dispostas a dedicar sua criatividade à consciência e à visão quântica de mundo que reconhecem a supremacia da consciência. Precisamos de novos líderes políticos. A boa notícia é que, com o reconhecimento da importância do significado e dos valores arquetípicos, com o ativismo quântico guiando suas vidas, as pessoas estão explorando novamente significados. Os novos líderes que vão dedicar seu poder ao serviço do movimento da consciência rumo ao significado e aos valores vão, sem dúvida, emergir do mesmo movimento do ativismo quântico.


Via: Intolerância – origem e caminhos de cura para a polarização – Amit Goswami

 

COMBATENDO O ENVELHECIMENTO E A CALCIFICAÇÃO DA GLÂNDULA PINEAL…

GlandulaPineal

Nutrição para o olho da mente: Alimentos para reativar sua glândula pineal

cerebro

Por: Amie Moses

O olho da mente, cientificamente conhecido como a glândula pineal, é considerado a porta de entrada para os níveis mais elevados de consciência, no caso de você não estar ciente a glândula pineal é uma glândula endócrina em forma de uma pequena pinha no cérebro que produz e secreta o hormônio melatonina, acredita-se também que a glândula pineal seja responsável pela liberação de Dimetiltriptamina (DMT), a glândula pineal é o “princípio da sede da alma”, segundo Descartes, como você pode ver esta glândula tem muitas funções tanto física como metafisicamente, assim mantê-la funcionando em todo o seu potencial deve ser uma prioridade de todos os que procuram uma mente saudável.

À medida que envelhecemos a glândula pineal começa a se calcificar e tornar-se lenta, esta taxa varia consideravelmente por pessoa e estilo de vida, mas o consumo de quantidades excessivas de flúor é considerado um fator de risco, isto é em parte porque o fluoreto se acumula em quantidades extremamente altas na glândula pineal causando sua calcificação mais rapidamente, o flúor também pode diminuir a produção de melatonina, duas coisas que certamente não queremos que aconteça, a pesquisa mostrou que esta calcificação da glândula pineal tem uma forte correlação no desenvolvimento da doença de Alzheimer (Mercola 2011), uma dieta pobre carregada de conservantes, açúcar branco, refrigerantes, GMO, produtos químicos e pesticidas é um importante fator de risco para a calcificação e seu envelhecimento precoce também.

O que podemos fazer para combater o processo de envelhecimento e calcificação da glândula pineal?

Devemos comer uma dieta livre de conservante/química, que seja rica em gorduras saudáveis​​, deve ser um acéfalo (trocadilho intencional), mas o que mais podemos fazer?

Cortar o uso do flúor

Enquanto você não cortá-los completamente você pode reduzir drasticamente os níveis que consome, para fazer isso deve filtrar adequadamente a água da torneira antes de beber uma vez que muitas comunidades têm abastecimento de água que é adicionado flúor, para conseguir isso você precisa usar um filtro que retire o flúor (cuidado com o filtro por osmose reversa ele também retira todos os minerais da água “matando-a”), ou comprando água engarrafada que indica a não adição de flúor de água de nascentes, você também pode mudar para um creme dental sem flúor, muitos tipos de pasta dentais naturais podem ajudar na prevenção da cárie dentária, além de não intoxicá-lo com flúor.

Tome vinagre de maçã

Vinagre de maçã é rico em ácido málico tornando-se um grande tônico para desintoxicar o corpo todo incluindo a glândula pineal, o vinagre de maçã tem uma longa lista de benefícios e pode ajudar a tornar o corpo mais alcalino (isso é uma coisa muito boa), tente tomar uma colher de sopa 3 vezes ao dia ou experimente adicioná-lo no suco de limão com mel, sente-se, saboreie e colha os benefícios.

Coma alimentos ricos em iodo

Coma alimentos ricos em iodo como algas marinhas, outros alimentos como cranberry, feijão verde, couve, brócolis, folhas verdes escuras, banana, camarão e lagosta também são ricos em iodo, esta é uma lista muito curta, incompleta, você pode ajustá-la para atender às suas necessidades e estilo de vida, não só a função de apoio do iodo para a tireoide, mas também é importante para a glândula pineal, o iodo ajuda a remover o flúor do corpo que como discutido acima é muito tóxico, o iodo pode ser prejudicial em níveis super altos por isso se você optar por usar em forma de suplemento considere o uso de uma forma solúvel em água como Iosol, para evitar o risco de excesso ao consumi-lo.

Coma cacau cru

Cacau cru orgânico é rico em antioxidantes que combatem os radicais livres e mantêm o nosso cérebro saudável, isso também pode ajudar a estimular o olho da mente (pineal) ajudando a desintoxicá-la, além disso quem não gosta de chocolate?

Coma óleo de coco

O óleo de coco (extra virgem prensado a frio) nutre todo o corpo até mesmo a pele e o cabelo, mas a sua maior vantagem é que ele nutre o cérebro e desintoxica a glândula pineal, o óleo de coco é rico em triglicérides de cadeia média que são convertidos em cetonas no fígado, foi comprovado que as cetonas restauram os neurônios e a função dos nervos no cérebro (Mercola 2013), esta é uma grande notícia para reverter os danos no cérebro e pode até mesmo fornecer um avanço na pesquisa da doença de Alzheimer, os Triglicerídeos de cadeia média (TCM), o principal tipo de gordura encontrada no óleo de coco aumenta o desempenho cognitivo em adultos mais velhos que sofrem de distúrbios de memória tão graves como a doença de Alzheimer e não é depois de meses ou até mesmo dias de tratamento, mas após uma única dose de 40 ml (3 colheres de sopa)!

Experimente estas ervas

Gotu Kola nutre todo o cérebro e a glândula pineal, brotos de alfafa e de Salsa ajudam a energizar a glândula pineal, todas estas ervas (e muitas outras) ajudam a estimular e desintoxicar a glândula pineal, tente adicionar o broto de a salsa e de alfafa generosamente quando cozinhar para um impulso extra do cérebro!

Pare de usar óculos de sol

Será que isso chamou a sua atenção? Bem deixe-me explicar, a luz refletida pela retina estimula a glândula pineal, nossos olhos precisam ser expostos à luz solar indireta diariamente (a qualquer uma célula ganglionar fotossensível), se você for usar óculos de sol certifique-se de tirá-los pelo menos por um curto intervalo de tempo diariamente, isso também nos fornece vitamina D que é muito importante para a saúde e equilibra o cérebro ajudando a combater a depressão.

Claro que existem várias outras maneiras maravilhosas para promover a saúde dos olhos da mente, como foi dito, isso não é de forma alguma uma lista completa, é sempre bom verificar com um médico fitoterapeuta, especialmente se você tiver algum problema de saúde se for tomar suplementos, agora vá em frente nutrir o olho da sua mente!


Origem: WAKING TIMES |  NUTRITION FOR THE MIND’S EYE: FOODS TO REACTIVATE YOUR PINEAL GLAND
Tradução e Divulgação: A Luz é Invencível ☼

Via: Nutrição para o olho da mente: Alimentos para reativar sua glândula pineal | A Luz é Invencível

REATIVANDO A GLÂNDULA PINEAL…

pineal activating

11 Maneiras de Descalcificar a Glândula Pineal

post-05-29-10

Por: S. Ali Myers

Esta lista “como fazer” vai lhe dar um ponto de referência para os exercícios e maneiras que ajudem na descalcificação da glândula pineal, ela também é conhecida como o terceiro olho, é uma pequena glândula endócrina na parte central geométrica do seu cérebro, é a casa do chacra ajna (na testa) e sua energia é de fenômenos psíquicos e espirituais.

A glândula pineal produz uma série de produtos químicos e hormônios que causam felicidade, serenidade, euforia, sossego, comportamento civilizado, emoções equilibradas e fenômenos psíquicos, só para citar alguns, estes são estados naturais de ser, no entanto devido à falta de nutrição adequada, questões ambientais, pensamentos do lado esquerdo do cérebro e vários produtos químicos a maioria das pessoas têm sua glândula pineal calcificada.

O Criador deu aos seres humanos a chance de reverter ou diminuir TODAS as “enfermidades” e disfunções, existem vários suplementos, alimentos, bebidas, exercícios e outras práticas que se pode implementar em seu estilo de vida para reverter a calcificação da glândula pineal, conforme você começa a trabalhar conscientemente com a energia do chacra do terceiro olho você começará a ver a realidade como ela é ao contrário do que você foi programado para acreditar.

A lista a seguir não está em nenhuma ordem particular, veja o que ressoa ou sente ser bom para você e comece por aí, lembre-se, praticar a paciência e ser consistente é a chave para qualquer trabalho espiritual e metafísico.

1. Eliminar ou reduzir a ingestão de carnes especialmente as mais pesadas como carne bovina e suína que são muito ácidas, um pH ácido alto não é propício para uma alimentação saudável nem para a descalcificação da glândula pineal.

2. Beba água alcalina, a água alcalina é carregada eletricamente e a água destilada remove as toxinas e metais pesados do corpo humano.

3. Evite o flúor, ele é tóxico para o organismo humano, use creme dental sem flúor, não tome água da torneira porque ela é fluoretada por isso beba água alcalina ou água destilada.

4. Pratique o Sungazing, apreciando a energia do Sol quando ele está laranja ou no nascente é tremendamente benéfico para a glândula pineal e a descalcificação, você pode fazer isso diariamente por 3-5 minutos não leva muito tempo, sua pineal é um cristal e reage notavelmente ao nosso sol.

5. Coma mais verduras e legumes, os alimentos mais alcalinos que entram em seu sistema alimentam também a glândula pineal e outras partes cruciais do seu ser, os alimentos que receberam luz solar são carregados eletricamente e descalcificam a glândula pineal!

6. Evite o mercúrio ele é extremamente tóxico, a maioria das vacinas e obturações dentárias são à base de mercúrio, no entanto hoje em dia a maioria dos dentistas estão usando recheios sem base de mercúrio, se você tiver obturações de mercúrio em seus dentes, procure um dentista holístico para removê-las.

7. Mantenha pensamentos e ações positivas, isto pode parecer um pouco elementar ou não “profundo o suficiente”, mas há um grande poder no seu estado de espírito, pensamentos também podem ser tóxicos.

8. Consuma algas azul-esverdeada e outros “superalimentos” ricos em clorofila, isto é semelhante a comer mais legumes, mas acrescentando potência, outros superalimentos incluem clorela, spirulina, musgo do mar e suco de clorofila.

9. Use ervas como artemísia, madeira betony, alfafa, salsa e centella asiática que tem propriedades curativas maravilhosas, você pode fazer um chá ou moer e polvilhar sobre a salada, ou pode ser fumado como parte de um ritual.

10. Use as lâmpadas fluorescentes enroladas (econômicas), as lâmpadas incandescentes são baratas mas muito inconsistentes como espectro de luz, a glândula pineal é sensível à luz, também é importante dormir na escuridão completa, se possível.

11. Coloque um cristal no seu chacra frontal diariamente, meditar com um cristal é energeticamente benéfico para a descalcificação da glândula pineal, alguns dos favoritos são ametista, quartzo claro, sodalita e lápis-lazúli.

Adendo de Na 5ª Dimensão: Esta é uma lista incrível ! A única outra sugestão que eu faria é água ozonizada também, de acordo com a pesquisa do Dr. Masaru Emoto em água e consciência, você pode adicionar mantras e afirmações para qualquer água que você consome como uma forma de sobrecarrega-la!

Origem: In5D | 11 Ways to Decalcify the Pineal Gland


NOTA:

“Nós da “Luz é Invencível” assumimos a missão de informar e disponibilizar conhecimentos, para isso, buscamos várias fontes e analisamos os conteúdos. Aconselhamos a todos os nossos leitores e interessados, a sempre avaliar tudo o que é disponibilizado, usando o seu discernimento interior, antes de qualquer experiência e/ou prática em testar os conhecimentos e depoimentos aqui apresentados.

Lembrando sempre, que o autoconhecimento e o desenvolvimento de valores espirituais verdadeiros, bem como o despertar da consciência, é o nosso maior objetivo. Queremos sugerir com isto, que um verdadeiro Buscador sempre deve usar a sua Sabedoria Interior, dedicar-se a melhorar espiritualmente, buscar o Entendimento, a Compaixão e o Amor Incondicional com todos os seres humanos, antes de buscar por poderes e habilidades psíquicas, já que isto acontece naturalmente com o amadurecimento do Ser. Como este ditado alerta; “AOS HOMENS, TUDO SERÁ DADO, SEGUNDO SUAS OBRAS”


Via: 11 Maneiras de Descalcificar a Glândula Pineal | A Luz é Invencível

A UNICIDADE NOS RELACIONAMENTOS, COM A ALMA COMO GUIA, E NÃO O EGO…

best friends forever

OS RELACIONAMENTOS E A SUA UNIÃO SAGRADA

Arcanjo Miguel_Claudio Gianfardoni

Arcanjo Miguel

Canalizado por Ronna/Escriba Sagrada

 

Amados mestres, as frequências refinadas da Nova Era estão tendo um efeito profundo sobre como vocês se veem. À medida que aprendem a recuperar o seu poder, estabelecer limites e reivindicar um sentido de autoestima, isso também terá um efeito intenso em seus relacionamentos com os outros, principalmente nos relacionamentos românticos.

No passado, vocês tiveram muitas questões não resolvidas, que criaram aquilo que se poderia chamar de “manchas desequilibradas ou vulneráveis”, em seu corpo emocional e no sistema de chacra, principalmente nos primeiros quatro chacras. Vocês tiveram muitas questões não resolvidas internamente, sob a forma de culpa, medo, raiva, uma sensação de abandono, e de não serem amados. Todas essas formas-pensamento possuem uma frequência vibratória, e vocês irradiaram essas frequências de desmerecimento para o mundo. Vejam essas frequências se irradiando em sua frente e ao seu redor, em um Sinal do Infinito, em que elas são captadas por aqueles que estão ressoando com os mesmos níveis de frequência, e, assim, são atraídos para a sua vida de uma maneira ou de outra. Inconscientemente, vocês atraíram também aqueles que vieram sob uma perspectiva de “necessidade”. Vocês esperavam que eles pudessem consertar tudo para vocês e fazê-los felizes, mas, na realidade, toda essa espécie de relacionamento cria mais fricção, por meio dos sentimentos de carência e de uma sensação interna de desmerecimento. No passado, a maioria dos relacionamentos era baseada na atração física, o que normalmente se desvanece um tanto rapidamente se não houver maior profundidade na atração.

Havia outros componentes incapacitantes, tais como dependência, um desejo por segurança ou uma tentativa de encontrar validação da autoestima fora de si mesmos. Questões não resolvidas e problemas são ampliados, quando alguém que entra em sua vida reflete essas situações negativas de volta para vocês. Essas questões e esses problemas invariavelmente criam fricção, o que não é necessariamente algo ruim, se vocês os reconhecem, se estão dispostos a reconhecê-los e concordam em fazer um esforço combinado para mudá-los para melhor.

A ênfase agora está no retorno à totalidade interna, ao assumir responsabilidade pessoal por suas ações, e pela construção da autoestima e de um sentido de dignidade, por meio do centro do seu coração solar, em cooperação com o Eu da Alma e o Eu Superior. A verdade e a integridade serão as bases de qualquer relacionamento do futuro. Primeiramente, devem aceitar quem vocês são no momento presente, enquanto se esforçam para se tornar as melhores pessoas que possam ser, por examinar suas atitudes, crenças, hábitos e fraquezas. Vocês aprenderão que a base de um relacionamento duradouro com outras pessoas é, em primeiro lugar, ter um “caso de amor” consigo mesmos, em que vocês se esforçam para se tornar mais amorosos e amáveis. Finalmente, percebem que “vocês são o amor personificado”, e que não precisam de mais ninguém para validar essa verdade, porque vocês, bem lá no fundo, reivindicaram isso. Vocês conectam o seu Coração Sagrado e essa fonte de amor incondicional à própria Centelha Divina, e se lembram de que existe um suprimento infinito de Amor/Luz à disposição de vocês, através da sua conexão com a Fonte. Essa é a sua Herança Divina, queridos corações. Por que não a reivindicam?

Requer um compromisso forte e mútuo, sem culpa, julgamento ou acusações egoicas para se trabalhar diferenças pessoais, e chegar a conclusões que sejam mutuamente benéficas, que sejam justas para todas as partes envolvidas. Em um relacionamento que cresce, e evolui não haverá mais ênfase em quem está “certo” ou em quem está “errado”, mas no compromisso, e em um desejo de satisfazer as necessidades de todos os envolvidos de uma maneira mais equitativa.

Nenhuma área de sua vida pode ficar estagnada, principalmente para aqueles que estão dedicados ao caminho espiritual e à evolução da Alma. Nem sempre é possível, para os que estão em um relacionamento, crescer ou evoluir no mesmo ritmo. Todavia, é possível não se sentir ameaçado, permanecer em um papel coadjuvante e deixar que aqueles ao redor se desenvolvam no próprio ritmo, se vocês hão de estabelecer uma “união sagrada” internamente. Essa “união sagrada” está retornando ao equilíbrio e à harmonia os seus corpos físico, mental, emocional e espiritual, assim como recuperando os atributos e virtudes da sua natureza masculina e feminina. Os papéis estritamente definidos de machos e fêmeas estão, aos poucos, sendo alterados, por meio de que uma combinação de papéis sexualmente definidos está se tornando mais a norma. Mais uma vez, o poderoso brilho da Deusa está sendo emanado sobre a Terra e sobre a humanidade. O status das mulheres está mudando rapidamente, e a igualdade masculina/feminina se tornará a norma, quando, tanto os homens quanto as mulheres reivindicarem sua natureza intrínseca masculina/feminina. A batalha entre os sexos tem suas origens internamente, porque a humanidade lutou durante eons para reunir o deus e a deusa internos. As mulheres estão aprendendo a resgatar o seu poder; no entanto, elas sabem que precisam utilizar essa dádiva com amor e compaixão como envoltórios. Os que estão em um corpo masculino estão, paulatinamente, aprendendo a permitir que o amor incondicional da Deusa “Ilumine o fogo da compaixão e da gentileza internas”. Estão aprendendo que existe força na criatividade, na intuição e na disposição de se permitir ser gentil e franco.

Conforme vocês se empenham em obter a maturidade espiritual, muitos aspectos de sua vida mudarão. Haverá um forte desejo de apoiar-se mutuamente, juntamente a um intenso anseio de crescer e expandir-se, mesmo que às vezes os seus caminhos possam tomar direções diferentes. Vocês vão reivindicar a verdade de que estão ligados em um nível de Alma, e que nunca podem realmente estar separados.

A verdadeira união sexual é e pode ser uma experiência espiritual incrível, não apenas a junção de dois corpos. A sexualidade divina exige uma total abertura do coração, uma combinação dos aspectos mental, emocional e físico do seu Ser, o que resulta em uma experiência profunda e duradoura. Esse tipo de união pode redundar em um verdadeiro sentido de unidade, se vocês estiverem harmonizados em um profundo nível de Alma um com o outro.

Vocês devem remover as barreiras ou filtros etéricos que colocaram ao redor do seu coração e das suas emoções, se hão de conseguir receber e irradiar amor incondicional. Devem confrontar seus medos acerca de perder aqueles a quem amam, e das decepções e traições do passado, que muitas vezes se manifestam como um medo da intimidade ou de assumir um compromisso com o outro. À medida que aprendem a acreditar e a confiar em si mesmos, vocês desenvolverão uma confiança fundamental nos demais, e os outros colocarão sua fé e confiança em vocês, porque confiança gera confiança.

Não é apropriado sacrificar os seus sonhos e desejos pelo outro – ou que as pessoas em sua vida façam sacrifícios por vocês. Deve haver um objetivo comum entre todos os envolvidos, ao participarem da maneira combinada – compartilhando a carga e colhendo as recompensas.

Cada um de vocês pertence a uma enorme e complexa família de Alma, e vocês certamente desempenharam muitos e diversos papéis uns com os outros, através das eras. As pessoas com quem vocês estão envolvidos nesta existência, ou que entraram em sua vida, de modo que vocês pudessem aprender as “lições da vida”, fazem parte de um drama cósmico maior em progresso. Quando julgarem o outro, vocês precisam se conscientizar de que, na verdade, estão apenas julgando a si mesmos. Vocês desempenharam todos os papéis durante a sua jornada através deste universo: amantes, amigos, mãe, pai, irmã, irmão, filho e filha. Vocês estão integrando todos os atributos dos múltiplos papéis que desempenharam: a força e a sabedoria de um pai; o acolhimento suave e o cuidado amoroso de uma mãe; a paixão, o compromisso e o companheirismo de um amante; a lealdade firme de um amigo; e as interações alegres e joviais entre uma irmã, um irmão, um filho ou uma filha.

É o momento de reunir-se, de se juntarem – o início do retorno à UNICIDADE. Vocês não podem mais se esconder atrás de um manto de medo ou isolamento, amados. Chegou a hora de assumir um compromisso consciente, em primeiro lugar, com consigo mesmos e com o seu Eu Divino, e, em seguida, com aqueles ao seu redor com quem vocês estão destinados a experimentar a “dança da nova vida”. Vocês devem fazer um acordo detalhado consigo mesmos acerca do que desejam e esperam dos que os cercam, e, então, devem abrir-se para examinar seus desejos e expectativas com todas as pessoas com quem interagem.  No futuro, à medida que os relacionamentos se revelarem, níveis cada vez mais profundos de compreensão e de compromisso florescerão, porque todos estarão dispostos a falar a partir do coração, com o Espírito como o seu guia, e não o ego.

Conforme muitos de vocês sabem, fui honrado em dar-lhes muitas “leituras galácticas” pessoais durante anos. Foi um grande prazer e devo afirmar que também foi uma benção e uma dádiva da minha amada mensageira, porque isso tomou muito do seu tempo e energia, para lhes trazer essas mensagens. Durante estes momentos de grande mudança e de grandes oportunidades, estou enviando uma leitura galáctica aberta para todos vocês, de modo que possam saber como são especiais, e as maravilhosas dádivas que os aguardam.

Bem-amado: É maravilhoso observar, à medida que você se lembra e traz à tona todos os dons e sabedoria que guardou em sua estrutura cerebral. Você possui uma experiência tão vasta para utilizar, querido, não apenas provinda das suas residências provisórias nos reinos superiores, mas das suas experiências terrenas, também. Chegou a hora de você se lembrar de que a Terra não é o seu lar. Você planou por todo este Universo, e você sempre se adiantou avidamente para se voluntariar para uma nova tarefa, independentemente de quão difícil fosse. Suas experiências terrenas têm sido uma maravilhosa variedade de empreendimentos cocriativos, e você fez progressos lentos, porém firmes, em direção à sua verdadeira identidade como um Ser de Luz. Chegou o momento de perceber que você é muito mais do que apenas a identidade que você escolheu nesta existência. Você e aqueles semelhantes a você estão recebendo a oportunidade de integrar as múltiplas Facetas de si mesmos, e, ao assim fazer, você começará a ver como você é verdadeiramente poderoso e sábio. Todas as provas, testes e aparentes fracassos fizeram-lhe o Ser humano/Espírito brilhante e belo que é hoje. Quando você ensina, o faz a partir da experiência, e você demonstrará, pelo seu exemplo, como quaisquer obstáculos podem ser superados – que outros, como você, podem triunfar sobre a adversidade.

Este é o momento em que a sua Alma alcançou o ponto mais distante da sua jornada de separação, e está agora pronta para começar a jornada da “Reunião e Integração”, mais uma vez. A sua Alma, aos poucos, foi infundida com um descontentamento divino, que lentamente se infiltra em sua mente consciente e em suas emoções, e você começa a voltar-se para dentro, a fim de domesticar o ego e reconectar-se à Alma, à  Superalma e às múltiplas Facetas do Eu Superior. Você agora tem o potencial de conectar-se às muitas Facetas da sua família de Alma, seu Eu Superior, suas muitas Superalmas, e finalmente, o seu Átomo-Semente Divino (Presença Eu Sou). Em um nível cósmico, o Criador Supremo está agora enviando o seu brilho via o Grande Sol Central. Essa energia está sendo infundida na Terra em grandes rajadas da Chama Viva da Vida, via o Sol de seu sistema.

O seu maior desejo para esta existência foi integrar as muitas Facetas da seu Ser; contudo, primeiramente, elas precisam ser curadas e harmonizadas, de modo que possam ser preenchidas com Luz. Dessa forma, você não terá que enfrentar o desconforto, os desafios ou as interações cármicas da experiência da terceira e quarta dimensões, porque essa é a forma antiga. À medida que você permite que o seu Eu Divino o ilumine intensamente e o oriente, cada vez mais pensamentos inspirados virão até você. Existem muitas maneiras de permitir que o Espírito se manifeste por seu intermédio; apenas deixe que isso aconteça naturalmente, meu querido.

O que lhe traz alegria e satisfação? Como você deseja servir? Existem muitas maneiras e você possui muitos talentos (mais do que poderá reconhecer), mas a escolha é sua. Apenas se lembre de que isso deve trazer-lhe alegria e fazer com que o seu coração cante, enquanto você oferece aos outros as dádivas que você recebeu. Sua recompensa será a Luz nos olhos deles, e a alegria que eles expressam, à medida que também permitem a integração do Espírito para criar os milagres em suas vidas.

Chegou a hora de abrir mão do passado doloroso. Chegou a hora de reivindicar a sua mestria, criar a própria versão do paraíso, e, então, ensinar aos outros a fazer o mesmo. Ajude aqueles que vêm a você para curar suas feridas emocionais e seus corpos físicos, e, em seguida, eles estarão prontos para escutar as advertências do Espírito. Nós todos estamos nos tempos da grande mudança, que foi predita por milhares de anos. Você carrega internamente as frequências vibratórias refinadas do futuro, e você PODE fazer a diferença. Atraia o Amor/Luz da Criação do seu Eu Divino, utilize o que você precisar para trazer para si harmonia e saúde vibrante, e, então, permita que o seu gentil coração irradie o belo brilho da energia amorosa aos demais.

Concentre-se no que está certo em seu mundo, olhe para o melhor naqueles ao seu redor, e isso é o que você reforçará e ajudará a criar. Você pode mudar o mundo que o rodeia, um pensamento de cada vez.

Você tem guias angélicos maravilhosos, apenas esperando-o para ajudá-lo. Invoque-os e, juntos, vocês podem criar milagres para compartilhar com as outras pessoas. Permita que o ajudemos a realizar sua missão e acolhê-lo com o nosso amor.

EU SOU ARCANJO MIGUEL.


Direitos Autorais:

Transmitida por Ronna /Escriba Sagrada * Como a pessoa que transmite este artigo, eu, Ronna, reivindico os direitos autorais universais em nome do Arcanjo Miguel. A publicação em sites é permitida, contanto que a informação não seja alterada, suprimida ou acrescentada, e o crédito da autoria, o meu e-mail e o endereço do site sejam incluídos. Pode ser publicado em jornais, revistas ou impressão pública com a permissão de: RonnaStar@earthlink.net.

N.T.: O mesmo procedimento deve ser seguido no caso de se publicar a presente tradução, isto é, dar os créditos à tradutora.

Texto em inglês: StarQuest Archangel Michael Through Ronna | RELATIONSHIPS AND YOUR SACRED UNION
Tradução: Ivete Adavaí Brito adavai@me.com  /  www.adavai.wordpress.com

Via: ADAVAI | ARCANJO MIGUEL – junho de 2017

SOBRE OS PRIMEIROS ENSINAMENTOS DE BUDHA…

Budha e os cinco monges

O PRIMEIRO SERMÃO DE BUDHA

Publicado por Nilza Garcia

INTRODUÇÃO AO BUDISMO

“Uma visão da doutrina budista através dos textos
Este é um trabalho de seleção e ordenação de textos
de vários autores e mestres budistas”

Karma Tenpa Darghye.

 

O primeiro sermão de Budha Shakyamuni foi dado aos cinco ascetas que estavam no Parque das Gazelas em Sarnath, Benares. Nesse sermão, Budha expôs os ensinamentos fundamentais do budismo: as quatro verdades nobres (sânsc. chatu-arya-satya).

Depois da Iluminação, Budha resolveu ensinar a Lei (Dharma).

Decidiu fazê-lo primeiramente a seus cinco antigos companheiros de ascetismo: Kyojinno, Makanama, Haba, Ashabajitto e Batara. Estes se encontravam então no Parque das Gazelas, em Benares. Para lá se dirigiu então o Perfeito, encontrando-os sempre entregues à prática do ascetismo. Quando Budha abandonara as mortificações, eles tinham tomado sua decisão por uma fraqueza e agora só se lembravam dele com desprezo.

Ao ver que Budha se aproximava, combinaram não se levantar para cumprimentá-lo e só falar com ele no caso de serem interpelados.

Budha aproximou-se deles calmamente. Embora fingindo indiferença, os cinco examinaram-lhe o semblante. Não viram nele quaisquer sinais de frustração ou arrependimento. O antigo companheiro mostrava-se calmo e solene.

Quando Budha chegou bem perto dos cinco, estes automaticamente se levantaram e o saudaram.

Budha então perguntou-lhes:

Porque vos levantais para me cumprimentar? Não tínheis combinado ficar indiferentes?

Os cinco começaram a se sentir pouco à vontade.

Estais cansado, Gautama? – perguntou um deles.

De agora em diante, não me chameis mais pelo nome. Eu agora sou Bhuda, o Desperto, o Pai de todos os seres.

Kyojinnyo, muito admirado disse:

Quando vos transformastes em Budha? Se abandosnaste o ascetismo por não consegui-lo, como tereis alcançado a Iluminação?

Kyojinnyo, não podeis julgar minha iluminação com espírito acanhado. O sofrimento físico traz perturbação à mente. O conforto físico traz apego às paixões. Nem ascetismo nem prazer permitem realizar o Caminho. É preciso abandonar esses dois extremos e seguir o Caminho do Meio. Este é o Óctuplo Caminho, composto de: Visão Correta, Pensamento Correto, Palavra Correta, Ação Correta, Esforço Correto, Intenção Correta e Meditação Correta. Aquele que praticar isso alcançará a paz espiritual e se livrará dos tormentos dos nascimento, da velhice e da morte. Eu pratiquei o Caminho do Meio e obtive a Iluminação.

As palavras de Budha encheram os cinco de grande alegria. Vendo que eles já estavam preparados para ouvir a Verdade, o Perfeito prosseguiu:

Como sabeis, a vida é plena de sofrimento: sofrimento de nascer, de envelhecer, de adoecer e sofrimento de morrer. Há ainda o sofrimento da separação dos entes queridos, o sofrimento de ser obrigado a permanecer ligado a algo que se detesta, o sofrimento de não se obter o que se deseja e o sofrimento de perder glórias e prazeres. Muitos outros há ainda. Os seres que têm forma e os que não têm forma, os de uma, duas, quatro ou mais pernas, todos os seres vivos, enfim, estão sujeitos ao sofrimento.

Esta é a Nobre Verdade da Origem do Sofrimento.

Os cinco concordaram com as palavras de Budha, que prosseguiu:

A fonte desse sofrimento é a idéia de existência de um “eu” substancial.

Todos os seres que se deixam prender à idéia de um “eu” tornam-se sujeitos a tais sofrimentos. O desejo, a cólera e a ignorância são também causados pelo “eu”. Estes três venenos são a origem de todos os sofrimentos. Todos os seres vivos que são presas desses três venenos estão entregues ao sofrimento. Tal é a Nobre verdade da Origem do Sofrimento. O sofrimento deve ser extraído. Se eliminares a idéia de “eu”, o desejo, a cólera e a ignorância e os sofrimentos cessarão. Esta é a Nobre verdade da Cessação do Sofrimento. Para se obter a cessação, é necessária a prática do Óctuplo Caminho. Esta é a Nobre Verdade do Caminho da Cessação do Sofrimento.

Os cinco não puderam deixar de concordar com o ensinamento do Perfeito, que continuou:

Amigos, prestai bastante atenção: primeiramente, é preciso conhecer a existência do sofrimento. Deve-se depois destruir a sua origem. Para isso, deve-se compreender que a cessação do sofrimento é possível. Para consegui-la, deve-se então praticar o Caminho. Eu conheci a existência do sofrimento, destruí a sua origem, compreendi sua cessação e pratiquei o Caminho. Assim obtive a Suprema Iluminação.

A Existência, a Origem, a Cessação e o caminho da Cessação do Sofrimento são as Quatro Nobres verdades. Sem conhecê-las, ninguém pode conseguir a Iluminação. Quem as compreender perfeitamente, pode-se libertar de todos os sofrimentos.

Após ouvir estas palavras, os cinco decidiram tornar-se discípulos de Budha. Para certificar-se de que eles realmente compreenderam as verdades que lhes haviam sido explicadas, o Perfeito perguntou-lhes:

Ó monges! Os fenômenos materiais, a percepção, as idéias, a vontade e a consciência são estáveis ou impermanentes? São ou não são sofrimentos? São ou não são vazios Têm ou não têm um “eu”?

Os cinco responderam:

Ó Venerável! Os fenômenos materiais, a percepção, as idéias, a vontade e a consciência são impermanentes, são sofrimento, são vazios e não têm um “eu”.

Budha então disse:

Já vos libertaste, já destruístes aquilo que dá origem ao sofrimento. Jamais voltareis a sofrer. Agora, em verdade, temos reunidos os Três Tesouros: O Budha, o Dharma, ou a lei ensinada pelo Budha, e o Sangha, ou a Comunidade dos discípulos que praticam a Lei (Dharma). Graças a esses Três Tesouros, meu ensinamento espalhar-se-á por todo o mundo e as pessoas lograrão obter a Libertação.

Os cinco discípulos, satisfeitos por ouvir tais palavras do Mestre, agradeceram e saudaram-no.

TEXTOS BUDISTAS E ZEN-BUDISTAS – Ricardo M. Gonçalves

 


Via: O PRIMEIRO SERMÃO DE BUDHA – Espirit book

CARACTERÍSTICAS QUE DISTINGUEM A CRIANÇA CRISTAL DAS DEMAIS…

crianca-cristal

COMO RECONHECER UMA CRIANÇA CRISTAL

vida

Por: Silmara Hornink

Como reconhecer uma Criança Cristal

As crianças Cristal chegaram mais intensamente a partir de 2000.

Os jovens e crianças são os que já nasceram um ser cristal.

Os Cristais são crianças que nasceram com uma frequência energética mais elevada, mais pura, sua frequência já é de 5º dimensão, possuem o chakra cardíaco mais ativado, vibram na energia do Amor Divino. Possuem uma aura opalescente e brilhante.

Eles vêm para construir uma nova sociedade, baseada no amor e na verdade.

Existem algumas características, que podem distinguir um ser cristal, mas nem todas são inclusivas.

  • Trazem o novo, e com isso muitas coisas que parecem ser impossíveis para muitos, eles querem fazer e fazem.
  • Despertam nos pais uma nova forma de ver o mundo e se conectar com Deus. Principalmente as mães se sentem diferentes em suas capacidades psíquicas e espirituais.
  • Elas vêm com uma alta conexão espiritual, estar em contato com outras dimensões e receber orientações é algo muito comum.
  • Trazem uma forte ligação amorosa, crianças em geral são apaixonantes, mas as Cristal têm essa amorosidade mais elevada, trazem o Amor Divino muito presente em seu ser.
  • Tem a noção de unicidade presente em seu ser, veem a todos como irmãos, não suportam injustiças, dor ou sofrimento.
  • Dons artísticos aguçados para música, pintura, desenho; se expressam muito facilmente através de seus dons.
  • Não suportam mentiras, são muito verdadeiros e pedem isso as pessoas que os rodeiam
  • Possuem o dom da cura, seja por imposição das mãos, outros manipulam pedras e cristais, ou por sua energia amorosa.
  • Tem uma conexão grande com pedras e cristais, sabem usar seus poderes, pois sabem que esses minerais guardam certas energias.
  • Se recordam de outras existências com clareza de detalhes.
  • Tem muito claramente o que vieram fazer aqui, qual sua missão na Terra.
  • São sensitivos, telepatas e clarividentes, sentem a energia de lugares e pessoas; se comunicam de forma não verbal e leem o pensamento das pessoas; conseguem pressentir acontecimentos futuros.
  • Forte conexão com a natureza, se alimentam e renovam sua energia quando em contato. Gostam muito do sol e estar em contato com essa energia.
  • Alguns não gostam de comer, não sentem necessidade, por isso parecem muito frágeis e sensíveis. Alergias e ou não gostam de certos tipos de alimentos, principalmente de origem animal.
  • Podem ter asma, rinite, sinusite e dermatite.
  • Cabeças maiores.
  • Olhos maiores e penetrantes.
  • Falam de coisas que os pais desconhecem.
  • Gostam de ficar sozinhos, sem fazer nada. Necessitam desse momento com eles mesmos
  • Às vezes parecem estar desconectadas do mundo.
  • Começam a falar mais tarde pois se comunicam telepaticamente.
  • Pacificadores natos.
  • Sabedoria nata.
  • Podem ser confundidos como autistas ou com Síndrome de Asperge (autismo leve) por serem mais introspectivos.
  • Não gostam de ambientes com muitas pessoas, onde há energias muito divergentes, som alto, excesso de luz.
  • Querem fazer algo para melhorar o mundo, vão atrás de carreiras que possam auxiliar ao todo.

O mais importante de tudo isso é não acharem que esses seres são especiais e trata-los de forma diferente, exaltando suas qualidades, pois estará desonrando eles, pois buscam a unidade e sabem que todos estamos em um caminhar e que eles só estão um pouco mais despertos para quem realmente são.

Independente se seu filho (a) é um ser Cristal, honrar essas crianças é conhecer para que não sejam tidas como doentes ou um super-humano, alimentando assim seu ego e bloqueando seus dons e talentos.

A sociedade em que vivemos está doente, muitos estão muito afastados de quem realmente são, seres espirituais e estão em um corpo, e com isso enaltecem muito a matéria e o poder.

Os Seres da Nova Era vêm para relembrar a todos quem são e assim, voltarem a se conectar a sua essência, buscando um mundo mais amoroso, igualitário e feliz.

Eles são as sementes do amanhã, vem com um potencial altíssimo, precisam estar em um solo fértil, para que possam desenvolver toda sua potencialidade.

Vamos nos reunir e começarmos a pensar como podemos honrar cada vez mais essas crianças.

Bem-vindo a nova Era e a Novas Realidades

Amor e Luz

Silmara Hornink

……………………………………………………..

Quer montar um grupo sobre as crianças da Nova Era e nos receber? Entre em contato conosco e te orientamos como fazer uma “Roda do Arco Íris” em seu bairro ou escola: rodadoarcoiris@hotmail.com.

Vem para a Roda do Arco Íris: promovendo um Novo Mundo!

Dúvidas? Fale conosco…

RODA DO ARCO ÍRIS – ÍNDIGO CRISTAL DIAMANTE

Quer comentar algo? Escreva aqui ou nos busque nas redes sociais!

Facebook: Roda do Arco Íris- Índigo Cristal Diamante
E-mail: rodadoarcoiris@hotmail.com

Kalu Scrivano e Silmara Hornink

……………………………………………………..

Via: COMO RECONHECER UMA CRIANÇA CRISTAL – Roda do Arco Íris – Índigo Cristal Diamante

 


Assista também a este vídeo, que mostra o grau de sensibilidade e consciência dessas crianças.

Henry, com apenas 6 anos, assistiu a um vídeo na escola sobre a poluição ambiental e a importância de não se jogar lixo no chão e não conseguiu conter a sua dor e indignação ao perceber, por si mesmo, o impacto que essa e outras ações causam ao meio ambiente…

Criança em desespero pelas condições precárias do Planeta

Publicado por: Luciana e João Paulo

Criança de consciência elevada, chora pela falta de entendimento dos adultos e chama a atenção do mundo para uma mudança planetária.

https://www.youtube.com/watch?v=H3iu3DgeEUE

 

Via: Mundo Geográfico Criança em desespero pelas condições prec – YouTube

 


APRENDENDO MAIS SOBRE O PLANO ESPIRITUAL…

nosso_lar

COMO É A VIDA NO MUNDO ESPIRITUAL?

Publicado por: Sabino Rodrigues

 

Através do livro Nosso Lar, tem-se uma pálida ideia de como vivem os espíritos desencarnados na outra dimensão, segundo as narrativas do Espírito André Luiz pelo médium Chico Xavier, descrevendo a vida deles em “Nosso Lar”, cidade localizada no mundo espiritual. André Luiz, em sua última existência na Terra, foi médico.

Em “Nosso Lar”, André Luiz conta que, após a sua desencarnação, permaneceu durante oito anos em estado de perturbação numa região do plano espiritual, que ele denominou de “Umbral” por reunir temporariamente os espíritos desencarnados desequilibrados pelos delitos cometidos na Terra. Ele, no caso, foi levado para essa região devido a erros praticados na sua juventude. Após ser socorrido por uma equipe de Benfeitores Espirituais, residentes em “Nosso Lar”, André Luiz foi levado para tratamento em um hospital dessa cidade, na condição de enfermo espiritual.

Já refeito do seu desequilíbrio, André Luiz descobriu um mundo palpitante, pleno de vida e atividades, constatando que os Espíritos desencarnados procedentes da Terra, assim como ele, passam por um estágio de recuperação e educação espiritual em diversos departamentos especializados dessa cidade. Constatou também que lá existem setores visando o planejamento de novas reencarnações na Terra para esses espíritos; tais setores tratam da escolha da família, da configuração do seu novo corpo, do mapa das provas pelas quais o espírito deverá passar, etc.

No plano espiritual, nas suas diferentes faixas vibratórias, existem muitas colônias espirituais, onde espíritos afins e no mesmo nível evolutivo se agrupam e formam verdadeiras sociedades extrafísicas organizadas.

Existe uma semelhança da Terra, muitas casas, templos, jardins, bosques, montanhas, rios cristalinos, vegetais e animais, etc. Logicamente não se trata da mesma matéria do plano físico. É uma matéria espiritual, mais sutil.

Podemos chamar de matéria astral ou matéria extrafísica

O plano espiritual, podemos dizer, é uma cópia, muito mais perfeita, do plano físico, ou melhor, o plano físico é como um esboço do plano espiritual, sendo este último uma espécie de “Terra aperfeiçoada”.

Por mais que se evolua, através dos tempos, o plano físico, o planeta, sua matéria e tudo mais, nunca chegará a ser igual à matéria do plano espiritual, pois esta é formada por substância ou matéria astral que é ideoplástica, que é manipulada e modelada pelo pensamento e pelo sentimento, pela razão e pelo amor. Essa similaridade, em alguns pontos, com o plano físico é necessária para o espírito se acostumar e se adaptar a essa nova vida que se inicia.

Os espíritos desencarnados, assim como os humanos, também têm suas ocupações, que são as mais variadas possíveis. Eles tem trabalho que aplicam em seu benefício e também de outros seres, físicos ou espirituais, que é útil para seu próprio crescimento espiritual, embora isso não seja regra absoluta, pois lá também há espíritos ociosos, assim como eram na Terra, mas sujeitos a melhorar. Tem atividades, lazer e muitos deles, de evolução mediana, também dormem em suas moradias.

Quanto mais evoluída a entidade, menos necessidade tem ela do sono.

O espírito tem direito apenas a uma casa astral onde vai viver e repousar, enquanto estiver no plano espiritual. Quando esses espíritos dormem, há um sono semelhante ao nosso, funcionando apenas como um repouso reparador, mas também em algumas ocasiões, durante o sono eles se desprendem com lucidez, conscientemente, usando o corpo mental e se dirigem para lugares os mais variados possíveis e diversas dimensões espirituais.

Nestas cidades espirituais há toda uma administração organizada, seres que cuidam de todos os setores da vida nessas comunidades espirituais, mantendo a vida em perfeita concordância com os princípios crísticos, para garantirem a evolução de todos.

O espírito mais evoluído destas colônias tem funções mais elevadas, e assim, tem condições de dirigir e orientar, sempre para o bem comum, a vida de todos. Em algumas colônias, existe geralmente um Governador Espiritual, chefe maior da colônia, vários Ministros, etc. Deixamos claro que tudo depende do nível evolutivo da colônia e de como se organizam. Há cidades espirituais que se organizam de forma completamente diferente.

Em uma cidade espiritual de transição, em uma colônia espiritual, chamada Nosso Lar, existem vários ministérios, por exemplo:

Ministério do Auxílio;
Ministério da Elevação;
Ministério da União Divina;
Ministério da Regeneração;
Ministério da Comunicação;
Ministério do Esclarecimento.

Porém, nem todas as colônias seguem esse padrão administrativo, há cidades espirituais planos mais elevados, muito superiores.

A cidade Nosso Lar está situada na terceira “esfera-espiritual” sobre o astral do Rio de Janeiro. Acima dessa há inúmeras, podemos citar por exemplo, uma mais elevada chamada Metrópole Astral do Grande Coração, e uma acima desta que é conhecida como Cidade Espiritual Brasil e acima desta outras responsáveis por toda administração do nosso Planeta.

Portanto, a partir dessas explicações, deixamos claro que são as Colônias Espirituais situadas nos diversos planos da Multidimensionalidade, a partir do Astral Mediano ao Astral Superior, que cuidam de todos os seres do plano físico e também dos mais diversos aspectos que compõem a vida humana, desde os mais simples aos mais complexos. Também supervisionam, dirigem e orientam, da melhor forma possível, todos os governos de todos os países do nosso mundo. No entanto, sua atuação é limitada pela Lei Cósmica, pela Lei Divina, que tudo sustenta e dirige para a felicidade suprema todos os seres.

——————-

Fontes: A COMPLEXA VIDA NO MUNDO ESPIRITUAL (Gerson Monteiro – Revista Cultura Espírita) e
Fórum Espírita | O mundo espiritual e suas colônias


 

30 ENSINAMENTOS SOBRE A VIDA ESPIRITUAL, APRENDENDO COM ANDRÉ LUIZ DO NOSSO LAR

Por: Ana Maria Teodoro Massuci

 

O extraordinário autor espiritual André Luiz fornece muitas informações valiosas que ilustram, reforçam e desdobram os conceitos imorredouros estabelecidos pela falange de “O Espírito da Verdade”, através da Codificação do grande mestre lionês, Allan Kardec. Dentre os diversos campos que recebem valiosas contribuições de André Luiz, a compreensão sobre a Vida Espiritual, em suas diversas manifestações, e suas implicações sobre os indivíduos encarnados constitui um dos tópicos marcantes. De fato, o Benfeitor Espiritual Emmanuel, ao prefaciar a obra “Nosso Lar” tem ocasião de afirmar “… de há muito desejamos trazer ao nosso círculo espiritual alguém que possa transmitir a outrem o valor da experiência própria, com todos os detalhes possíveis à legítima compreensão da ordem que preside o esforço dos desencarnados laboriosos e bem-intencionados nas esferas invisíveis ao olhar humano, embora intimamente ligadas ao planeta…”.

A seguir, é compilada uma breve e singela seleção de informações extraídas da Série “A Vida No Mundo Espiritual”, apresentando a citação de pelo menos uma obra que aborda o tópico com significativa ênfase. Tal síntese representa um estudo preliminar e, principalmente, uma ferramenta motivacional para que todos nós aprofundemos a leitura e o estudo do estupendo conteúdo legado por André Luiz através da mediunidade inolvidável de Francisco Cândido Xavier.

1) As habilidades e conquistas específicas dos Mentores Espirituais variam muito de Espírito para Espírito. Porém, há uma unanimidade. Não existe Mentor Espiritual que não trabalhe muito e não existe evolução sem trabalho. Tal inferência remete-nos à frase que André Luiz utiliza para representar toda a obra “Nosso Lar”, a qual se encontra exarada na folha de rosto do referido livro: “Quando o Servidor está pronto, o serviço aparece”, que é uma espécie de paráfrase do conhecido ensino oriental “Quando o discípulo está pronto, o Mestre aparece”. Vale lembrar-se de “O Livro dos Espíritos”: “Trabalho é toda ocupação útil”. (NOSSO LAR.)

2) Não conseguimos fingir evolução espiritual quando estivermos na erraticidade, pois nossos pensamentos são detectados com facilidade pelos mentores espirituais. Várias vezes André Luiz pensa enunciar uma interrogação e os mentores respondem sem que ele pronuncie quaisquer palavras, evidenciando que eles liam os pensamentos de André com muita facilidade. Ademais, a vibração espiritual emitida pelo indivíduo em desequilíbrio espiritual é facilmente detectada por Espíritos que estiverem um pouco mais equilibrados. (NOSSO LAR; OS MENSAGEIROS; NOS DOMÍNIOS DA MEDIUNIDADE; E A VIDA CONTINUA…)

3) As barreiras fluídico-magnéticas são uma realidade em todos os ambientes, e é sempre mais fácil para o Espírito mais evoluído atingir a esfera de atuação do Espírito mais atrasado do que o contrário. Isto ocorre porque as barreiras atuam sobre determinada faixa de densidade perispiritual, sendo que o Espírito que se encontra em nível mais quintessenciado de manifestação de seu envoltório perispiritual passa ileso a essa possibilidade de sobre choques magnéticos. (NOSSO LAR; OS MENSAGEIROS; MISSIONÁRIOS DA LUZ; OBREIROS DA VIDA ETERNA; NO MUNDO MAIOR.)

4) Os títulos das personalidades terrestres não representam nossa condição real, pois nem sempre fazemos jus ao que, a priori, deveriam ser as habilidades e os conhecimentos pressupostamente requisitados de alguém que apresente algum título profissional, religioso ou científico. De fato, em algumas situações, muitas vezes nem mesmo o nome ou a forma espiritual utilizados pelo Espírito na última experiência terrestre pode ou deve ser empregado em tarefas no mundo espiritual e em seu intercâmbio com a Crosta terrestre. Fato semelhante aconteceu com o próprio autor de “Nosso Lar”, que não revelou seu verdadeiro nome, preferindo o pseudônimo “André Luiz”. (NOSSO LAR.)

5) Se não pudermos evitar totalmente as manifestações de viciações e os eventuais fracassos espirituais, tentemos diminuir suas ocorrências, pois a minimização das quedas morais já representa significativa evolução espiritual. Autocontrole, disciplina e conduta física e verbal são passos importantes para a verdadeira conquista da elevação mental e emocional. (SEXO E DESTINO.)

6) Todas as habilidades conquistadas e experiências úteis verdadeiramente apreendidas durante a vida material, inclusive as profissionais e familiares, são aproveitadas no Mundo Espiritual, constituindo alicerce para nossa matrícula em novos cursos de crescimento espiritual, os quais são abundantes em colônias espirituais como “Nosso Lar”. (NOSSO LAR; OS MENSAGEIROS.)

7) Aprender a identificar suas próprias mazelas, hábito pouco empreendido no mundo físico, é processo muito frequente nas Colônias Espirituais como “Nosso Lar”. Tal metodologia seria eficaz para evitarmos novas quedas associadas a essas deficiências. Vários Espíritos desencarnados em processo de regeneração narram e comentam suas experiências dolorosas reavaliando os caminhos percorridos e solidificando o amadurecimento espiritual obtido a fim de evitar quedas similares em futuras experiências. (OS MENSAGEIROS; AÇÃO E REAÇÃO.)

8) O bom aproveitamento das horas de sono físico é fator decisivo para o nosso bem-estar espiritual durante as horas de vigília, funcionando como oportunidade de contato com Mentores Espirituais, para os indivíduos que conseguem vencer as fixações negativas, tais como a sensualidade, o medo, a culpa, entre outras. Vale lembrar o comentário do Codificador em “A Gênese”, quando o mestre francês reitera o valor do ditado popular, “A noite é boa conselheira”, em função de muitas vezes recebermos intuições concretas de nossos guias espirituais sobre como proceder em nosso dia-a-dia. (MISSIONÁRIOS DA LUZ; AÇÃO E REAÇÃO.)

9) A intercessão espiritual de amigos e mentores é uma realidade constante no Mundo espiritual. Isto ocorre porque a Lei Universal é, antes de qualquer coisa, uma Lei de Amor. Desta forma, a conquista legítima de simpatia por meio da prática do bem é sempre fonte de colaboração e apoio em diversos contextos. (NOSSO LAR; MISSIONÁRIOS DA LUZ.)

10) O conhecimento e a vivência do Evangelho, da Psicologia e do Magnetismo físico-perispiritual são imprescindíveis para a prática da Medicina no Mundo Espiritual. (NOSSO LAR; OS MENSAGEIROS; LIBERTAÇÃO; EVOLUÇÃO EM DOIS MUNDOS.)

11) O planejamento reencarnatório para Espíritos minimamente conscientes é extremamente elaborado para que as chances de crescimento espiritual com segurança sejam as maiores possíveis em relação à condição espiritual prévia à futura experiência física. Para Espíritos mais grosseiros espiritualmente, no entanto, o planejamento é mais simplificado, em função das limitações espirituais do reencarnante. Quanto mais evoluído, mais complexas e amplas são as futuras tarefas e, por conseguinte, mais complexos e trabalhosos são os esforços dos mentores em relação ao planejamento da futura reencarnação. (NOSSO LAR; MISSIONÁRIOS DA LUZ; SEXO E DESTINO.)

12) Nossos pequenos gestos de benemerência são integral e rigorosamente considerados em avaliações a respeito de nosso aproveitamento, nossos méritos e, consequentemente, nossas novas oportunidades evolutivas. (NOSSO LAR; AÇÃO E REAÇÃO.)

13) O suicídio indireto ou inconsciente atinge grande número de criaturas atualmente, impedindo grandes oportunidades evolutivas. (NOSSO LAR.)

14) Raros Espíritos encarnados aproveitam bem as horas de sono físico. Para Espíritos encarnados de evolução mediana é comum dar vazão a experiências variadas, com destaque para aquelas de natureza sexual, durante as horas de sono físico através do desprendimento parcial do corpo físico através do veículo perispiritual. Durante a vigília, os escrúpulos morais seriam maiores e o autocontrole mais eficaz, mas, durante o sono físico, o despreparo espiritual prevaleceria para um grande número de indivíduos, e, apesar de muitos já possuírem informações substanciais sobre a realidade espiritual, a invigilância ainda prevaleceria, em significativa percentagem de criaturas. (MISSIONÁRIOS DA LUZ.)

15) A hierarquia espiritual nas colônias espirituais como “Nosso Lar” é bem rigorosa, inclusive com classificação de condições específicas e tarefas, como é o caso dos chamados “Assistentes”, “Instrutores” bem como “Ministros” e “Governadores”. Vale adir que até mesmo para assistir a determinadas conferências, os potenciais assistentes deveriam apresentar os pré-requisitos mínimos para que suas respectivas presenças fossem aceitas. No caso de perguntas para o debate fraterno de ideias, comum no fim de palestras, o rigor seria ainda maior, somente sendo permitido para Espíritos que já tivessem o mínimo de crédito e experiência espiritual na área de estudo abordada na respectiva preleção. (NOSSO LAR.)

16) Tanto nas artes como nas Ciências, grande número de trabalhos originais encontra-se, em realidade, no Mundo Espiritual, e não na Crosta terrestre, sendo que, frequentemente, os chamados autores originais da inovação no mundo físico estão apenas transmitindo as intuições que recebem da esfera espiritual. Isto ajuda a explicar o fato de muitas vezes uma descoberta e invenção ser proposta simultaneamente em várias partes do mundo físico, pois diferentes “intermediários” poderiam transmitir as informações quando nossos mentores consideram que determinado avanço está no momento propício para ser alcançado. Obviamente, esta realidade não retira o mérito do autor físico do trabalho, pois para decodificar a “inspiração” ele deverá apresentar os pré-requisitos intelectos solicitados pela área em questão. De qualquer maneira, a “inspiração artística” ou “científica” amiúde não se trata de figura de linguagem, tratando-se, de fato, de uma “inspiração espiritual”. Portanto, muitos trabalhos são elaborados por meio de uma espécie de “mediunidade intuitiva”, e, em alguns casos, de uma mediunidade realmente “ostensiva”, mesmo que o “médium” em questão desconheça o fenômeno, não se dando conta do processo espiritual do qual faz parte. Infelizmente, tal desconhecimento é muito comum em função das parcas noções espirituais, do medo ou dos preconceitos que vicejam, sobretudo em certos meios da chamada “intelectualidade”, em relação a questões relacionadas à Espiritualidade. (OS MENSAGEIROS.)

17) Toda prece, sem exceção, é atendida. O que varia é o tipo de resposta, que dependerá da maturidade da rogativa, condição espiritual do indivíduo que eleva seu pensamento através da oração, mérito espiritual estabelecido por suas obras no bem e repercussão da rogativa para outras pessoas. (MISSIONÁRIOS DA LUZ; ENTRE A TERRA E O CÉU.)

18) Quanto maior o crédito adquirido pelo médium em função de sua obra no bem, mais efetiva e “próxima” torna-se a proteção de seu mentor espiritual, em função do merecimento espiritual alcançado em concordância com a Lei de Causa e Efeito. (NOS DOMÍNIOS DA MEDIUNIDADE.)

19) No trabalho de assistência a Espíritos sofredores somente indivíduos realmente muito equilibrados conseguem excursionar por regiões do “baixo” umbral, sem se desequilibrarem espiritualmente. (NO MUNDO MAIOR.) De fato, mesmo Espíritos já previamente socorridos em uma determinada colônia espiritual de regeneração podem voltar para o umbral se forem indisciplinados mental e emocionalmente, pois o livre-arbítrio é base da Lei de Deus. (E A VIDA CONTINUA…)

20) A irradiação de cada um adquire características específicas relacionadas à evolução espiritual daquela entidade que esteja irradiando. Aquilo que é conhecido no plano físico como “aura” é uma realidade, sendo que o brilho, o esplendor, a cor e essa intensidade dependem da evolução espiritual de cada ser. (OS MENSAGEIROS; MECANISMOS DA MEDIUNIDADE.)

21) Existe mediunidade não só no mundo físico, mas também no Mundo Espiritual. De fato, mentores espirituais provenientes de esferas elevadíssimas possuem perispíritos extremamente “rarefeitos”, a ponto de necessitarem, muitas vezes, de médiuns em colônias de evolução intermediária para levarem suas mensagens a estes locais. (LIBERTAÇÃO.)

22) Muitas vezes os mentores espirituais atuam em regiões inferiores “disfarçados”, ou seja, sem revelarem sua verdadeira condição de Espíritos evoluídos, pelo menos, em um primeiro momento, pois, do contrário, não seriam aceitos pelos Espíritos a quem desejam ajudar. (AÇÃO E REAÇÃO; LIBERTAÇÃO.)

23) A forma perispiritual que utilizamos no Mundo Espiritual, pelo menos em colônias mais próximas à Terra, como é o caso de “Nosso Lar”, corresponde quase que exatamente ao envoltório perispiritual que quando encarnados empregamos, guardando, portanto, extraordinária semelhança com o corpo físico, exceto devido a pequenas alterações no aparelho gastrintestinal e no aparelho sexual. (EVOLUÇÃO EM DOIS MUNDOS.)

24) O Perispírito apresenta várias “camadas” ou várias estruturas de manifestação, sendo que, no momento do sono do corpo perispiritual, o Espírito pode se desdobrar em seu corpo mental para regiões diferenciadas, como aconteceu com o próprio André Luiz quando ele dormiu e sonhou com a sua mãe, estando habitando a colônia “Nosso Lar”. (NOSSO LAR.)

25) No Mundo Espiritual próximo à Terra, as colônias apresentam significativa semelhanças com relação à vida na Crosta terrestre. Apesar de todos que habitam a Cidade Espiritual de “Nosso Lar”, por exemplo, poderem desfrutar de condições mínimas de vida, independentemente do que realizarem em termos de trabalho no bem, somente aqueles que são mais efetivos ganham direito a adquirirem determinadas oportunidades. Para que a avaliação da produção no trabalho do bem não seja constrangedora e aparentemente subjetiva, sobretudo para os Espíritos mais imaturos, os mentores espirituais evitam critérios que poderiam parecer injustos (o que não seria verdade) aos olhos menos aptos, o que, por sua vez, poderia forçar os guias espirituais a expor drasticamente as causas morais de determinado indeferimento de solicitação ou de restrição no oferecimento de certas oportunidades evolutivas. Assim sendo, “Nosso Lar” faz uso do chamado “bônus-hora”, que, grosseiramente, poderia ser comparado ao dinheiro da vida física ou, pelo menos, a uma espécie de carta de crédito ou curriculum vitae, em função de serviços prestados. (NOSSO LAR; OS MENSAGEIROS.)

26) Mesmo no umbral, estamos sempre sendo amparados pela Providência Divina, dentro dos limites que nós mesmos permitimos no que se refere ao recebimento do amparo espiritual, o qual requer sintonia psíquica com os protetores. Mentores visitam os Espíritos umbralinos, auxiliando espiritualmente e tentando despertar as consciências para uma proposta superior de existência. Entretanto, para alguém cujas vibrações mentais estejam muito arraigadas nas viciações materiais, o despertamento espiritual pode não ser trivial, pois o indivíduo teria que romper com a vibração ambiente, realmente superando o padrão vibratório em que se encontra envolvido, desprendendo-se do comportamento e das peculiaridades dos seres que habitam a mesma região espiritual. (NOSSO LAR; OS MENSAGEIROS. OBREIROS DA VIDA ETERNA; NO MUNDO MAIOR.)

27) Existem regiões piores do que o Umbral, as quais André Luiz denomina “Trevas”. De fato, os degraus dos níveis evolutivos são incontáveis no mundo espiritual, em função da evidência concreta das barreiras magnéticas (também chamadas barreiras vibratórias) entre as várias faixas evolutivas. Logo, as regiões de sofrimento bem como as regiões mais elevadas variam extraordinariamente em suas manifestações e intensidades de atitudes morais positivas ou negativas. (NOSSO LAR.)

28) A evolução moral realmente prevalece em relação à evolução intelectual no que se refere à prioridade de resgate espiritual de regiões umbralinas. Isto ocorre porque é mais fácil e produtiva a convivência com alguém humilde, de boa vontade, mesmo que ignorante, do que com um indivíduo intelectualizado, porém orgulhoso, ressentido e agressivo, pois tal Espírito, enquanto não se elevar moralmente, tende a ser instrumento de rebeldia e perturbação para a colônia espiritual onde seria socorrido. Ou seja, ele não aproveitaria significativamente a inserção na colônia e ainda prejudicaria o ambiente de trabalho e a boa vontade dos habitantes da referida colônia espiritual. (NO MUNDO MAIOR.)

29) Além do corpo mental, André Luiz relata a relevância, principalmente para os seres encarnados, do chamado “duplo etérico” ou “corpo vital”, o qual atua como fonte de energia e elo entre o Perispírito propriamente dito e o corpo físico. O fluido vital que o compõe, quando exteriorizado, é conhecido como ectoplasma (NOS DOMÍNIOS DA MEDIUNIDADE.)

30) Centros vitais ou centros de força (também conhecidos como chacras pelos orientalistas) são fulcros energéticos que são inter-relacionados. Tais centros funcionam como pontos de interação e ligação entre os diferentes “corpos”, desde o corpo físico, para o indivíduo encarnado, até o corpo mental para os desencarnados. A compreensão da atuação destes centros é fundamental para o entendimento das conhecidas “curas espirituais”, que seriam mais propriamente denominadas “curas perispirituais”, uma vez que cura espiritual, a rigor, seria a transformação intelecto-moral para melhor de cada um de nós. (EVOLUÇÃO EM DOIS MUNDOS.)


 

Via: “VINHAS DE LUZ”: “COMO É A VIDA NO MUNDO ESPIRITUAL?”

Via: “VINHAS DE LUZ”: “30 ENSINAMENTOS SOBRE A VIDA ESPIRITUAL, APRENDENDO COM ANDRÉ LUIZ DO NOSSO LAR.”

A ILUSÃO DE TEMPO E ESPAÇO…

Reloj blando en el momento de su primera explosión_Salvador Dalí

NO INÍCIO…

Por: Owen K. Waters

 

Gosto de dizer: “No início…” Parece tão dramático, como um épico Bíblico prestes a se revelar.

Mas, espere. Que tal antes do início?

O Universo é estimado em 13 bilhões e 800 milhões de anos. Isto significa que antes disto – há 14 bilhões de anos pelo nosso senso de cálculo – o universo ainda não existia. Então, o que existia? E onde você estava há 14 bilhões de anos?

Neste ponto, na história da Criação, a mente omnipresente do Ser Infinito tinha criado um aspecto ativo de si mesmo que agora chamamos de Criador. O Criador foi encarregado de manifestar um teatro de ação de tamanho universal, onde o Ser Infinito pudesse se experienciar a partir de um número infinito de pontos de vista.

E, no entanto, o Criador não tinha ainda imaginado exatamente como criar tudo isto. Vamos encarar isto, não é fácil criar um universo aparentemente sólido usando nada além da consciência e, de alguma forma, isto é exatamente o que foi alcançado.

Sabemos que a matéria física consiste de energia, mas o que é energia? Não, não procure a resposta em um livro de física. Os cientistas institucionais de hoje suspeitam da resposta, mas eles não gostam dela. Pelo menos ainda não. A resposta é consciência.

A matéria é energia comprimida e a energia é consciência comprimida.

Na verdade, o termo correto é a consciência Divina, mas isso tem uma tendência ainda maior de enviar o físico médio a correr e gritar pelo corredor mais próximo!

O universo existe dentro da mente do Criador. Isso significa que tudo no universo – você, eu, toda a vida em todos os lugares, até os objetos inanimados como clipes de papel – todos consistem da consciência Divina e SÃO consciência Divina. Não existe mais nada além da consciência divina que foi usada para criar tudo.

Não estamos apenas cheios da mente onipresente de Deus. Nós somos essa mente. Por mais estranho que pareça ao observador casual, somos o Ser Infinito!

Agora, eu não sei sobre você, mas eu sempre acho difícil imaginar que eu faça parte desse enorme todo quando vivo em um mundo cheio de sete bilhões de outros indivíduos. Como pessoas, pensamos como entidades separadas. Estamos separados pelo espaço, pelo tempo e pela atitude. No entanto, por trás desta camada de separação, estamos todos conectados e somos parte desta realidade da qual toda a vida foi criada.

Isso significa que há 14 bilhões de anos, você e eu fizemos parte daquilo que enfrentava o desafio imponderável – COMO você cria um universo aparentemente sólido usando nada além de consciência?

Pessoalmente, acho difícil lembrar exatamente o que estava fazendo na semana passada, e muito menos há 14 bilhões de anos!

Felizmente, não é realmente há tanto tempo porque o tempo é uma ilusão. Cada momento no tempo é apenas outro ponto de vista no grande Aqui e Agora que é a consciência do Ser Infinito.

O espaço também é uma ilusão. Vamos ver como.

A NATUREZA DO ESPAÇO

Que tal você e eu tocando Deus por um momento? Apenas por diversão. Imagine que estamos nesse lugar maravilhoso onde precisamos de um universo, mas ainda não descobrimos como construir um.

Se você for construir algo de uma só vez, por assim dizer, ISTO também pode ser construído a partir de um estado fundamental de consciência. A consciência omnipresente do Ser Infinito é aquele estado fundamental da consciência que inclui tudo na existência.

Nada pode existir fora do Ser Infinito porque, pela definição da palavra infinito, nada mais pode existir. Não há o infinito mais algo. Isto seria impossível.

O espaço pode ser criado quando você imagina um envelope de consciência. Dentro deste envelope você pode colocar a sua consciência na posição A, e sendo Deus, também na posição B. A partir da posição A, você pode olhar para a sua versão da posição B e vice-versa. Então, você pode criar muitas posições e ver diferentes versões de si mesmo a partir de cada um destes pontos de vista.

Finalmente! Agora, você, o Criador, encontrou uma maneira de alcançar o primeiro requisito da missão – criar um teatro de ação, do tamanho de um universo, onde o Ser Infinito pudesse se experienciar a partir de um número infinito de pontos de vista.

Você pode fazer o envelope do espaço tão grande quanto queira. O próximo problema é – e é aí onde o tempo entra em cena – causa e efeito são instantâneos no Grande Aqui e Agora.

Cada mudança que você faz em qualquer lugar no envelope se manifesta instantaneamente. Agora é dificilmente um teatro de ação se você faz mudanças e tudo o que acontece acaba, literalmente, no não tempo.

O bom teatro requer tempo, bem como um enredo, atores, cenários que mudam e desafios emocionantes que sejam fascinantes e que levem tempo para resolver.

Sim, tempo… Se o Criador só tivesse o tempo.

A NATUREZA DO TEMPO

“Se eu somente tivesse o Tempo.” Isto é exatamente o que o Criador deve ter pensado enquanto meditava sobre o estágio do projeto da Criação.

O Tempo é necessário para que a experiência possa ser obtida a partir das escolhas tomadas e mudanças feitas a um ritmo apropriado para a aprendizagem.

No Grande Aqui e Agora que é a realidade subjacente do Ser Infinito, o tempo como o conhecemos, não existe. Qualquer mudança tem um efeito instantâneo. Portanto, a fim de desfrutar da aventura da imersão em um universo físico, o Ser Infinito e o seu aspecto Criador precisavam da propriedade dimensional que chamamos de Tempo.

O grande milagre da dimensão do tempo é que ele pode produzir a ilusão da mudança lenta, quando a única coisa que realmente existe é o Grande Aqui e Agora. Pense nisto. Em uma realidade onde todas as coisas estão Aqui e tudo é Agora, como o Criador criou a ilusão do Tempo, de modo que pudéssemos realizar as nossas vidas de experiências em um ritmo apropriado?

A melhor analogia é a do filme em movimento. O filme consiste de uma sequência de fotografias que são projetadas em uma tela, geralmente, 24 quadros por segundo. Ainda que cada quadro contenha apenas uma imagem estática, a ilusão do movimento é alcançada por quadros subsequentes que estão sendo projetados, com rapidez suficiente para que o cérebro humano perceba as mudanças como uma ação suave. As mudanças através do Tempo são criadas a partir de uma reunião de imagens estáticas, e esta é a mesma maneira com que o Criador criou o Tempo.

O Universo pisca e desliga milhões de vezes por segundo. Cada quadro é um ponto de vista diferente do Grande Aqui e Agora. Ele é recriado a cada um destes quadros de ação instantânea, de ação rápida. O cérebro físico é arrastado para o momento deste mecanismo universal de projetor de filmes. Tudo o que vemos é a mudança contínua, ainda que tal mudança consista de muitos quadros estáticos de ação imóvel.

Com o tempo na existência é, então, possível que as decisões humanas sejam tomadas e que as mudanças subsequentes se revelem a uma velocidade que permita o aprendizado e a reflexão. E isto foi alcançado, ainda que, na verdade, todas as mudanças sejam apenas uma reunião de diferentes pontos de vista do Grande Aqui e Agora.

Então, a Criação não aconteceu realmente há um tempo incrivelmente longo, ainda que pareça assim. Na realidade, isto realmente aconteceu e está acontecendo agora!

Para o mecanismo do tempo em nossos cérebros, no entanto, isto ainda parece há muito, muito, muito tempo.

 


Por favor, respeite os créditos ao compartilhar
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – http://www.decoracaoacoracao.blog.br
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – https://lecocq.wordpress.com

Fonte: Metaphysical Mysteries Revealed | In the Beginning…
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

Via: ♥ De Coração a Coração ♥: NO INÍCIO…

VOCÊ ESTÁ TOTALMENTE CONECTADO COM TUDO QUE PERCEBE EM SEU MUNDO…

Mind-1038x576

VOCÊS, COMO SERES MULTIDIMENSIONAIS GRANDIOSOS

 

Mensagem de P’taah através de Jani King

Em primeiro lugar, nós lhe diríamos que o que você percebe como realidade, de certa maneira, você percebe como algo sólido. É assim que você percebe o seu corpo físico – como uma entidade sólida. Você percebe aquilo que é material, aquilo que é o seu chão, na realidade, toda a estrutura de sua realidade material como sólida. Não é.

Aquilo que você é, de fato, é um ser espiritual multidimensional poderoso e grandioso. Aquilo que se chama de consciência humana é grandiosa além da medida. Você, cada um de vocês, tem mais poder em você do que todo o armamento atômico em seus planos. Esta é a sua verdade.

Aquilo que se chama de consciência humana não está separada uma da outra. Você está absoluta e totalmente conectado – não somente com aquilo que você denomina de humano, mas com tudo o que percebe em seu mundo, em seu universo.

Vocês não estão separados. Que você não está separado e que é muito poderoso, que você vem vida após vida em um foco chamado de vida humana agora, é realmente apenas uma parte da aventura. Nós lhe dizemos que fora deste continuo tempo/espaço, todas as suas vidas estão ocorrendo simultaneamente.

O que você considera como as suas vidas passadas e o que você considera como as suas vidas futuras, são simultâneas. Agora, como você é extraordinário! Você, como uma energia de alma, existe em todas estas vidas humanas, e também existe em todas as dimensões da realidade, realmente no próprio Vazio da Criação. Isto é, você também existe no que você denomina como as civilizações em outros planetas dos sistemas estelares. Você existe da maneira mais extraordinária!

Você pode dizer que há um fio dourado da energia da alma que percorre todas estas vidas e existências. Este fio é único. É sagrado. É este fio de sua existência, o sagrado fio da existência, que lhe traz ao conhecimento de que você é, em cada agora, uma Expressão Eterna e Perfeita da Fonte.

Você pode perguntar: “Será que isto tem algo a ver com extraterrestres?” Isto acontece porque você é extraterrestre. Você nunca esteve separado daqueles que são os seus irmãos e irmãs de outras dimensões.

Não é que o que você chama de civilizações extraterrestres sejam os mesmos tipos de seres, exceto que eles são tecnologicamente mais avançados e eles estejam simplesmente em outro planeta. Isto é uma grande simplificação. Aquilo que você denomina como estas outras civilizações são também de outra frequência dimensional. De certa forma, você pode dizer que alguns deles podem ser considerados como o seu futuro.

É importante que falemos neste momento sobre as frequências, as frequências dimensionais. Você é composto de energia eletromagnética. Esta seria a essência de sua alma. É uma essência dourada reconhecível da Divindade. Ela vibra em um determinado nível e aquilo que é a realidade física, isto é a matéria, é simplesmente energia aglutinada. Tudo, seja nas realidades visíveis ou invisíveis, vibra em uma determinada frequência. Esta diferença na frequência é como você se diferencia entre você e outra coisa ou pessoa.

Você pode dizer que ao nível de sua estrutura molecular, você está girando em um determinado ritmo e isto seria a consciência chamada de humanidade. Ela está girando coletivamente em um determinado ritmo e está flutuando. Aquilo que é a sua frequência energética, não é algo sólido.

Quando você está se sentindo feliz e apaixonado por você e pela vida, então, realmente, a frequência é mais rápida. Quando você está desequilibrado, triste e solitário, sentindo-se indigno e não amado, então, esta frequência está em um nível mais baixo.

Você pode falar sobre uma das diferenças, e lhe lembramos que quando lhe dizemos estas palavras, tudo é multidimensional. Não há uma resposta para nada e estamos simplesmente lhe dando ideias para que você possa ver a unidade dentro da diversidade da humanidade, e em seus irmãos e irmãs de outros lugares.

Assim, você pode dizer, de certa forma, que aquilo que você considera como civilizações mais avançadas não têm a ver apenas com a tecnologia, mas, na verdade, a tecnologia é uma das facetas menos importantes da sua comunicação. Elas giram a um ritmo mais rápido e a maioria existe em outra dimensão da realidade, além do que você percebe como a sua realidade neste planeta, neste tempo.

Agora, por que você acha que nos últimos 40 anos de seu tempo, que as comunicações entre você e os seus irmãos foram tão predominantes? Bem, nós lhe dizemos que você está perto do fim de um ciclo muito grande de sua história – um ciclo de cerca de 25.000 de seus anos. Todos vocês são sementes das estrelas. Quando você veio ao plano no que se denomina como os seus grandes eons antes do tempo – antes da sua história ou a sua história conhecida – você sabia quem era. Você conhecia a verdade maior, a verdade expandida sobre quem você é. A sua verdade mais expandida, em qualquer agora, é que você é, não importa como isto pareça, uma Expressão Eterna e Perfeita da Fonte. Você veio, vida após vida, simplesmente para ter uma experiência chamada de vida humana.

Agora, você pode dizer que a experiência se trata realmente de emoção. Você veio em cada vida para ter uma experiência emocional. Nós lhe dizemos E-moção – energia em movimento – é a sua fonte de poder. Você cria a sua realidade a partir do pensamento e da crença sobre quem você é e o que é a realidade. Grande parte disto é uma consciência coletiva onde todos concordam, de certa forma, para ver o mundo de certa forma.

Você pode dizer que as suas ideias e crenças sobre a realidade são a casa em que você vive, e você cria tudo isto, absolutamente, a partir destas ideias e crenças. Mas o que dá o poder a estes pensamentos, ideias e crenças, é a sua ligação emocional com eles. Você pode dizer que tudo o que ocorre em sua vida não tem qualquer significado – de fato, não tem qualquer realidade – além do valor que você lhe dá com as suas emoções.

Continuaremos com esta discussão no próximo mês. Assim, fique atento.

………………………………………………………………………………………………………………….

Quem é P’taah? Veja Aqui

Fonte: www.ptaah.comptaah@ptaah.com  / Violet Flame – Seeking truth to be Free! | You as Grand, Multidimensional Spiritual Beings
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br


Via: Sementes das Estrelas: P’TAAH – “VOCÊS, COMO SERES MULTIDIMENSIONAIS GRANDIOSOS” – 18.06.2017