VOCÊS ESTÃO COCRIANDO TUDO QUE VEEM EM SEU PLANETA…

empath-challenges

VOCÊS SÃO AS ALMAS MAIS MAGNÍFICAS QUE JÁ PISARAM NO PLANETA TERRA

Arcanjo Miguel_Cláudio Gianfardoni

Arcanjo Miguel

Canalizado por: Leslie-Anne Menzies

Meus queridos,

Abençoados sejam.

Acolham-se mutuamente e a si mesmos à medida que transitam por essas mudanças energéticas. Os seus belos corpos, seus veículos físicos, estão se aclimatando às novas energias. Isso é exaustivo, tanto mental quanto fisicamente falando, porque muita coisa está mudando e vocês não possuem pontos de referência para tudo o que está se revelando.

CONFIEM, meus queridos, vocês são sempre orientados e monitorados para tudo o estão transmutando. Vocês e a sua Família Cósmica estão cocriando tudo o que está se transformando diante de vocês.

Um momento como este no Planeta Terra NUNCA foi experimentado antes, e vocês são os formadores de opinião para tudo o que está se desenvolvendo. Nós, nos Reinos Superiores de Iluminação, estamos em ÊXTASE devido ao que está evoluindo.

Cada um de vocês, como um Ser Soberano, está avançando e reivindicando sua Mestria em incrementos maiores a cada dia.

Seus corações (coração superior) estão abertos de modo mais amplo, portanto, permitam que mais partículas de AMOR/LUZ entrem em seu Planeta diariamente.

É uma alegria contemplar e testemunhar o Quociente de Luz aumentar todos os dias. Permitam que a energia do seu coração flua e incorpore TUDO que entrar em sua esfera de influência. Basta um sorriso, um abraço, um toque amoroso ou uma palavra de incentivo para fazer toda diferença na vida daqueles ao seu redor, e essa energia, então, flui exponencialmente, trazendo para mais perto da concretização o AMOR/LUZ e a paz ao seu próximo e à sua amada Terra.

Se VOCÊS pudessem ver a diferença que VOCÊS fazem, quando oferecem um gesto tão pequeno de gentileza ao outro… É multiplicado dez vezes mais pela vibração, ao sair e tocar tudo o que estiver no campo. Uma coisa tão simples de se fazer, meus queridos, e VOCÊS estão criando tudo o que está acontecendo, ao permitir que um maior desenvolvimento continue em seu Planeta.

Vocês estão cocriando TUDO que veem em seu Planeta. À medida que VOCÊS elevam a sua vibração, e, em seguida, oferecem-na sob a forma de um sentimento, uma intenção… a ampliação é incrível.

Meus queridos, continuem a segurar as mãos uns dos outros, a apoiar-se mutuamente, durante esta transição. VOCÊS são as Almas mais magníficas que JÁ pisaram no Planeta Terra. Vocês escolheram este momento. VOCÊS escolheram esta experiência. Vemos alguns estremecerem, quando ouvem essas palavras, MAS SIM, meus queridos, vocês escolheram TUDO isto! Para aqueles que sentem como se a vida os derrubasse, reiteradas vezes, podem olhar para trás, para quem vocês foram antes de tais experiências? Quanto cresceram como Alma? Quanto aprenderam acerca de si mesmos e dos outros, por meio de suas experiências? Vocês não são as mesmas pessoas que vocês foram – sua Alma cresceu, seu coração é mais amplo, sua capacidade de compreensão estendida pela compaixão é maior do que jamais foi.

Isto é ASCENSÃO, meus queridos. Vocês não chegaram a esta existência para um “passeio fácil”. Tudo pelo qual vocês passaram foi-lhes permitido para que acessassem a Mestria, e o Crescimento da Alma é enorme. Exatamente o que vocês concordaram para este momento/espaço.

Em breve, vocês irão RELEMBRAR tudo o que concordaram em fazer, e irão se regozijar pelo tanto que evoluíram e vocês vão perceber que todos os “vilões” em seu espaço de vida, todos representaram seus papéis perfeitamente para permitir que vocês concluíssem as suas atribuições.

Os acordos entre as Almas são apenas uma parte da sua RECORDAÇÃO. Onde vocês conseguirem ver o AMOR/LUZ nos “outros”, vocês vão reconhecer isso como um reflexo seu. Chegará um momento em que cada um de vocês vai cumprimentar o “outro” com o conhecimento e o reconhecimento de quem eles são, de por que vieram em sua vida, e o papel que desempenharam, ao permitir que vocês concluíssem a jornada de sua Alma nesta existência.

Sem mais carma, meus queridos, está sendo concluído agora no Espaço do Sonho. Vocês não estão vendo e reconhecendo as Almas com quem não tiveram contato durante anos, de repente, surgindo em seus sonhos, como se vocês estivessem completando as últimas peças dos seus contratos?

Meus queridos, muita coisa está acontecendo interna e externamente. Sejam gentis consigo mesmos e uns com os outros.

RIAM de si mesmos com frequência – isso permite uma grande alteração energética e o seu corpo vai agradecer-lhes, à medida que as células são acionadas pelo riso.

Como sempre, meus queridos, queiram lembrar-se de nosso Contrato com vocês. Temos caminhado cada passo com vocês, os apoiamos na escuridão e no desespero, mantendo a Luz elevada para que vocês reconhecessem o caminho do LAR – o caminho de volta para QUEM VOCÊS VERDADEIRAMENTE SÃO.

Seres de Luz e Amor divinos.

Nós comemoramos com vocês, meus queridos.

E assim é.

EU SOU ARCANJO MIGUEL.

 


Direitos Autorais:

Ao compartilhar esta mensagem, favor respeitar os créditos, sem acrescentar, modificar ou extrair nada do texto publicado.

Fonte: leslie-anne@angelstoinspire.com.auwww.angelstoinspire.com.au / ANGELS TO INSPIRE NEWSLETTER | Monday Message 1st May, 2017 | Archangel Michael

Tradução de Ivete Brito – adavai@me.comwww.adavaiwordpress.com

Via: ADAVAI | VOCÊS SÃO AS ALMAS MAIS MAGNÍFICAS QUE JÁ PISARAM NO PLANETA TERRA – ARCANJO MIGUEL (LAM) – 01/05/17

VIVENDO SEGUNDO O TAO…

Vivendo o Tao

Quatro regras espirituais para a vida – Lao Tzu

Por: Power of Positivity

 

Lao Tzu, um dos maiores mestres chineses que viveu muitos séculos atrás, criou as Quatro Virtudes Cardinais, ou regras de vida.

Quando praticadas, elas podem proporcionar uma vida de verdadeira paz e propósito. Lao Tzu acreditava que centrar a própria vida em torno dessas virtudes permitiria o acesso à verdadeira sabedoria do universo e o alinhamento com a energia da Fonte.

“Quando você conseguir conectar sua energia com o reino divino por meio da alta consciência e da prática da virtude sem discernimento, a transmissão das verdades sutis mais finitas acontecerá.” –Lao Tzu

Lao Tzu literalmente significa “Velho Mestre”, e muitos acreditavam que ele tinha atingido o mais alto estado de consciência disponível para o homem. Você pode encontrar as Quatro Virtudes Cardinais no Tao Te Ching, um texto religioso cheio de ensinamentos e princípios taoistas. O Tao (também conhecido como o Caminho ou o Dao) contém antiga sabedoria universal disposta em um formato muito críptico, mas profundo, que convida os buscadores de sabedoria a ir fundo e encontrar a espiritualidade através de suas próprias interpretações do livro.

Se você se encontra buscando respostas para as perguntas da vida e quer iniciar uma jornada espiritual, pode querer conhecer os antigos ensinamentos de Lao Tzu, para ajudar a guiá-lo através do caos do mundo em um lugar de paz verdadeira.

Aqui estão as regras espirituais de Lao Tzu para a vida:

“Perceber a constância e estabilidade em sua vida é perceber a natureza profunda do universo. Esta realização não depende de nenhuma condição transitória interna ou externa, é uma expressão da própria natureza espiritual imutável. A única maneira de alcançar o Caminho Universal é manter as virtudes integrais da constância, firmeza e simplicidade na vida diária.” –Lao Tzu

____

1. Reverência para toda forma de vida

A primeira regra cardinal afirma que devemos respeitar todas as formas de vida na criação, e não procurar dominá-las ou controlá-las. Primeiro devemos amar e honrar a nós mesmos, e então este amor fluirá para fora em direção a todos os seres. Neste mundo, dependemos de outras formas de vida para a sobrevivência pura, e isso significa que devemos tratá-las com respeito, bondade e gratidão. Lao Tzu acreditava que todos nós poderíamos viver em paz e harmonia, se nos lembrássemos dessa regra espiritual.

____

2. Sinceridade natural

Esta virtude manifesta-se como honestidade, simplicidade e autenticidade. É basicamente permanecer fiel a quem você realmente é, e não permitir que as forças externas te influenciem. Possua sua verdadeira natureza, e não deixe que os outros lhe digam quem ser. Uma vez que chegamos a um lugar de realidade e sinceridade, podemos começar a entender o que precisamos para permanecermos felizes e pacíficos, e podemos estender isso para incluir outros que podem estar com dificuldades, também. Viva em sua verdade, e todo o resto cairá no lugar. Além disso, você vai inspirar outros ao longo do caminho a também mostrarem o seu verdadeiro eu e viverem autenticamente. Permita que seus pensamentos e ações se alinhem, e você conhecerá o significado da sinceridade.

____

3. Gentileza

No mundo em que vivemos hoje, precisamos muito que essa virtude seja praticada com mais frequência. Gentileza significa simplesmente ser bondoso com toda forma de vida, e não agir com base em desejos egoístas. Quando praticamos a gentileza, desistimos da necessidade de estar certos, porque ser bondoso é mais importante do que estar certo. Quando somos sensíveis às necessidades de outras pessoas e jogamos fora o desejo de controlá-las ou dominá-las, podemos viver em harmonia uns com os outros. Muitas pessoas erram confundindo ser gentil com ser fraco, mas é só porque vivemos em um mundo cheio de egos inflados. Pratique a doçura, e você despertará a si mesmo e ao mundo para o que realmente importa.

“Gentileza geralmente implica que você não tem um desejo forte baseado no ego dominando ou controlando outro, o que permite que você se mova em um ritmo com o universo. Você coopera com ele. Gentileza significa aceitar a vida e as pessoas como elas são, ao invés de insistir que elas sejam como você. Conforme você pratica viver desta maneira, a culpa desaparece e você desfruta de um mundo pacífico.” –Wayne Dyer

“Minha religião é muito simples, minha religião é gentileza.” – Dalai Lama

____

4. Apoio

Essa virtude implica que precisamos apoiar todas as formas de vida, inclusive nós mesmos. Quando primeiro atendemos a apoiamos a nós mesmos, podemos mais facilmente ajudar os outros. Esta virtude significa amar e servir a todos, independentemente do que podemos obter em troca. Esta virtude vem naturalmente a nós, mas o mundo nos diz que nos centrarmos em nós mesmos é a única maneira de sermos felizes. Na realidade, muitas pessoas não se sentem satisfeitas seguindo este caminho.

Assim, ajudando os outros, podemos encontrar uma vida de verdadeiro propósito e alegria, esforçando-nos para tornar a vida de outras pessoas um pouco mais fáceis.

“A maior alegria vem de dar e servir, então substitua o seu hábito de se concentrar exclusivamente em si mesmo. Quando você faz uma mudança para apoiar os outros em suas vidas, sem esperar nada em troca, você pensa menos sobre o que quer e encontra conforto e alegria no ato de dar e servir.” – Wayne Dyer

Deixe estas quatro virtudes perfumarem sua vida, e observe a graça e a facilidade que virão em seu caminho.

“As quatro virtudes cardinais são um roteiro para a simples verdade do universo. Venerar toda a vida, viver com sinceridade natural, praticar a doçura e estar no serviço de outros é replicar o campo de energia de onde você se originou.” – Dr. Wayne Dyer

____

 

Fonte: Power of Positivity | Lao Tzu’s Four Spiritual Rules Of Living
Traduzido pela equipe de O Segredo
Publicado por: Luiza Fletcher • 8 de março de 2017


Via: O Segredo | Quatro regras espirituais para a vida – Lao Tzu

COMO O REIKI ATUA ATRAVÉS DOS CHAKRAS…

chakras-in-hand

Sabe qual é a relação entre os Chakras e o Reiki?

Reiki2a

Por: VidaLusa T.L.

 

Chakra é uma palavra sânscrita que significa “roda”. Baseados na filosofia de vida Yogi, os Chakras são centros de energia espiritual do corpo. De acordo com as praticas curativas da parte oriental da India, os Chakras existem na vertente esotérica do homem, que é a parte espiritual do ser humano. A nossa essência espiritual espelha nosso corpo físico.

O que são os Chakras?

Os Chakras são centros de energia girando como vórtices que irradiam energia a partir de um ponto correspondente no corpo físico. Eles são compostos por camadas que se espalham na forma de um coração. Os Chakras pode dar e receber energia. Embora não haja virtualmente Chakras em todo o corpo, há sete principais. Esses sete chakras principais emitem energia luminosa e acredita-se residem no nosso corpo subtil ou espiritual. Podemos ver imagens de Chakras representados por uma roda, que lembra um pouco uma flor. Cada um tem um número específico de pétalas relevantes para cada Chakra em particular.

reiki chakra hands

Os sete chakras principais estão localizados numa linha ao longo da coluna vertebral; cada uma composta por fios de alta frequência que consistem em energia vital. É através do Reiki que a energia vital universal é canalizada para dentro e para fora do corpo subtil e físico. A energia Reiki percorre através dos “Nadis” condutores de energia com a ajuda dos Chakras.

yogi

Os canais de energia para a Energia Universal também incluem os Nadis  “Ida”, “Sushuma” e “Pingala”, que desempenham papel de inteligação entre os chakras.

Qual é o objetivo do Reiki?

O objetivo do Reiki é para curar, purificar e proteger o corpo físico, emocional, mental e espiritual, equilibrando-o e energizando-o com a Energia Universal. Se um Chakra está danificado ou bloqueado, não pode canalizar a Energia Universal corretamente. Acredita-se que o bloqueio provoca desequilíbrios corporais e contribui para aparecimento de problemas, tais como doenças ao nível físico, emocional, mental e espiritual do ser humano. Poderão ocorrer doenças combinadas e interligadas nos vários “corpos” do ser humano, o subtil, o emocional, o psicológico, o espiritual e o físico.

Como funciona o fluxo de energia vital reiki para aplicação?

Os Chakras das palmas das mãos podem canalizar a Energia Universal para outros através do Reiki.  No Reiki, a força vital universal entra através dos chakras da coroa e do coração, e é dirigido para as palmas das mãos para tratar o destinatário do Reiki.

last page

No Reiki, Chakras são os pontos focais para enviar e receber energia. A ideia é equilibrar a energia em cada Chakra através do Reiki, de tal forma que o receptor de  Reiki  vai sentir melhorias a nível físico, emocional, mental e espiritual. Quando os Chakras estão equilibrados, eles emitem vibrações e energia para dar ao destinatário uma ótima saúde, a todos os níveis.

Obrigado por ler este artigo e espero que o ajude, a melhorar a sua prática, a manter sua fé e a sua crença no Reiki. Ajude a divulgar o Reiki, registrando-se no nosso site, fazendo um like na nossa pagina do Facebook e principalmente partilhando os nossos artigos com o seus amigos.

Namastê

VidaLusa T.L.


Via: VidaLusa | Sabe qual é a relação entre os Chakras e o Reiki?

ESTAMOS AQUI NA TERRA PARA TRANSCENDER A ILUSÃO DA SEPARAÇÃO…

friendsholdinghands

Distinguindo o propósito de alma

Ashtar Sheran

Canalizado por: Thiago Strapasson

 

Saudações nobres almas,

Sou seu irmão, Ashtar, e venho hoje a lhes dizer uma simples palavra de amor, para que continuem a jornada de luz a que se propuseram a trilhar.

São vocês, meus irmãos, que passam seus dias a se enfrentar, a trazer ao seu mundo tudo aquilo que lhes foi pedido e que aceitaram que o fariam. Eu sei que nesse trajeto enfrentam as dores humanas, a confusão que a mente os causa quando entram em conflito com o coração. Sei sim meus irmãos, pois já estive onde estão, já me utilizei de uma veste física em tempos longínquos. Foi necessário que assim o fizesse, pois como poderia lhes confiar uma missão se eu mesmo não tivesse passado pelas provas que a matéria nos impõe.

Assim como vocês suportei duros desafios da alma, a ponto de muitas vezes negar a existência de um Deus, ou até mesmo da unidade e da irmandade. Sei do que é feita a vida, de dúvidas que nos levam e arrastam o coração, que nos colocam diante de nós mesmos a duvidar do caminho a prosseguir. Na vida física confundimos o amor, que muitas vezes se torna apego por aqueles que necessitamos ao nosso lado, deixamos a coragem de lado para dar vazão a medos inimagináveis em ambientes mais sutis. Mas tudo isso é aquilo que nos enobrece a alma, pois se somos capazes de nos encontrar nesse ambiente onde permeiam as mais variadas energias, esquecidos de nosso propósito de alma, longe de nossos dons sagrados, diante da ilusão da separação e da luta para sobrevivência diária, o que se dirá da força de nossa luz, do resplandecer de nossa essência em ambientes onde a regra é o amor incondicional.

Passar pelas trilhas da alma pela vida física é a consolidação de tudo aquilo que somos, livres de todas as restrições e cristalinos no propósito. Pois, meus irmãos, viver em um ambiente tridimensional, em tempos de grandes mudanças de paradigmas é para os fortes e valentes, aqueles que sabem da paz de seus corações e confiaram que a encontrariam onde quer que fosse.

Por esse motivo é que não devem adentrar ao jogo ilusório da separação, onde focam naquilo que advém do ego, da mente, que os coloca como seres separados que brigam entre si para se manterem em um planeta. Não é isso meus irmãos, pois esse é o jogo ilusório da separação que vieram justamente a transcender em seus dias. Ao assim fazerem, adentrando aos medos coletivos, afastam-se da maior armadura de luz que possuem, a paz de seus corações, a maior proteção dada pelo Pai/Mãe a todos os seus filhos.

Devem separar tudo aquilo que sentem que são daquilo que disseram que são. Precisam ancorar o real propósito de elevação, da busca de si mesmos, do autoconhecimento, do abandonar os apegos materiais. Somente assim encontram a paz e o amor que são, independentemente de onde estiverem. Porque o propósito maior não é egóico, de se elevar para se livrar de todas as restrições e então seguir de maneira solitária. Não, meus irmãos, vocês vieram para algo mais, para deixar um legado por onde passarem, para deixarem um recado de amor. Esse é o propósito de cada um de vocês. E fazem assim ao encontrar essa paz do coração, pois dela é que parte tudo que são. Ao saírem da crítica, do julgamento, da imposição, do querer, sendo capazes de apenas se manterem em sua verdade sem discussões inúteis.

É por isso que não devem deixar se adentrar na ilusão, no revanchismo, em colocar sua consciência no julgamento, seja ele de que forma for: político, religioso, ideológico, pois vieram a aprender, mas como já trazem um conhecimento, vieram a mostrar que cada ser humano nesse planeta é livre para tomar suas decisões, sejam elas de que espécie forem, não importa. Cada ser possui o livre arbítrio de ancorar suas próprias lições. A vocês cabe seguir a vida, ancorando um propósito maior de elevação, mostrando o que é amar as diferenças, não aceitando as desigualdades impostas pelo mundo, porém mostrando a forma como deve ser feito através de atitudes e não de palavras lançadas que podem ferir outros corações os quais desconhecem a dor.

A cada palavra dita há um coração a escutar e não cabe a vocês distinguir de qualquer maneira esse irmão, julgando como sendo da luz ou não, da verdade ou não, cabe apenas buscarem a si próprios, sempre reconhecendo o conceito maior de irmandade e bem-aventurança que lhe entregamos nesses recados. Cada qual que lança uma palavra de crítica, de julgamento, de menosprezo está em verdade negando a si próprio por deixar ir mais uma oportunidade de buscar por sua verdade.

Quando se lançam no mundo a dizer a quem quer seja uma intenção de julgamento estão novamente a se espelharem, a se compararem, a se mostrarem mais sábios no caminho e no trajeto e isso quem faz é o ego, jamais o coração. Qualquer que seja a escolha deve ser honrada e permitida, ancorada num propósito maior de nós mesmos e jamais como imposição daquilo que pensamos ser o correto.

Então talvez se perguntem se devem aceitar tudo passivamente. E eu lhes digo que um coração puro e verdadeiro não aceita muito daquilo que abrigam em seus dias, pois ele sabe da sua verdade e ela é inabalável. Ele confia e a partir dessa certeza ancora o propósito maior de si mesmo e toma as providências para que a verdade de seu coração se manifeste no mundo, ele conduz com equilíbrio, com confiança, passando sobre o jogo da ilusão com a paz interior que os grandes de coração trazem dentro de si.

Sei bem que nem sempre é fácil tomarmos as decisões que necessitam ser tomadas estando em um ambiente de restrições, mas se ouvirem sua quietude interior, sua paz, ela sempre prevalecerá. Quando deixam de ouvir o medo e passam a pensar no planeta, em tudo que está a nossa volta, encontram essa paz que os digo agora e então podem ser verdadeiros com vocês mesmos.

O caminho do coração sempre será o da unidade plena e jamais da divisão, da disputa, seja ela qual for. Aqueles que adentram na disputa de palavras, do ego, por necessitarem se mostrar certos estão no fundo em grande conflito interior. Pois aquele que conhece sua verdade sabe, confia, não necessita de nada mais senão daquilo que traz dentro de si.

E foi para isso que vieram, para encontrarem esse sentimento da certeza do que são, daquilo que vieram a fazer. Não há outro motivo de estarem nesse ambiente, senão de mostrarem a si mesmos do que são feitos. Tudo o mais, meus irmãos, é a ilusão da vida, da falta de propósito e de confiança em si mesmo.

Estejam certos dessa verdade.

Sou seu irmão Ashtar Sheran.


 

Canal: Thiago Strapasson – 23 de março de 2017.

Fonte: www.pazetransformacao.com.br

Via: Congregação de Paz e Transformação: Distinguindo o propósito de alma – Ashtar Sheran

SENTIMENTOS E PENSAMENTOS SE MATERIALIZAM…

voce_e_o_que_pensa

SUA VIDA NÃO ESTÁ PERFEITA?

Mestre Saint Germain_Claudio Gianfardoni 171 x 240

SAINT GERMAIN EXPLICA O POR QUÊ

Trechos do livro: Mistérios Desvelados

 

1. Você foi criado a Imagem e Semelhança de Deus!

“É muito importante compreender plenamente que o desígnio de Deus para com cada um de Seus filhos é a abundância de todas as coisas boas e perfeitas. Ele criou a Perfeição e investiu cada um de Seus filhos exatamente com o mesmo poder. Também eles podem criar e manter Perfeição, expressar a Sabedoria de Deus sobre a Terra e tudo quanto nela existe.”

“O ser humano foi criado, originariamente, à Imagem e Semelhança de Deus. A única razão pela qual nem todos manifestam Seu Domínio e Majestade é pelo fato de não usarem sua Herança Divina – aquilo de que todo indivíduo é dotado e com que é destinado a governar seu próprio mundo. Então, não estão obedecendo à Lei do Amor, através da qual se derramam bênçãos e paz a toda Criação.”

2. A Grande Lei da Atração:

“Amor e glorificação ao Grande Eu Interior e a atenção mantida focalizada sobre a Verdade, a saúde, a liberdade, a paz, a fartura, ou qualquer outra coisa que desejardes para correto uso, trarão à manifestação para o vosso proveito e de vosso mundo – se com persistência os conservardes em vossa consciência (pensamento e sentimento). Isto é tão certo como existe uma Grande Lei de Atração Magnética no Universo”.

“A Eterna Lei da Vida é: o que pensais e sentis atraireis para o mundo da forma. Onde está vosso pensamento, aí estais, porque sois vossa própria Consciência e vos tomareis naquilo sobre que meditais”.

3. Sentimentos e Pensamentos se tornam coisas!

“Quanto mais intenso for o sentimento contido no desejo, tanto mais depressa este se realizará. Se, entretanto, alguém for tão insensato a ponto de desejar alguma coisa que possa prejudicar a outro filho de Deus, ou a qualquer outra parte de Sua Criação, então essa pessoa pagará a penalidade com discórdia e fracasso, em alguma experiência de sua vida.”

“Quando alguém permite que sua mente se demore em pensamento de ódio, condenação, concupiscência, inveja, ciúme, crítica, medo, dúvida ou desconfiança, e admite que esses sentimentos de irritação sejam gerados dentro dele, certamente terá discórdia, fracasso e infortúnios em sua mente, corpo e mundo.”

4. Para onde vai a sua atenção?

“Enquanto ele permanecer consentindo que sua atenção se prenda a tais pensamentos negativos – tenham eles por objeto nações, pessoas, lugares, condições ou coisas – está absorvendo aquelas atividades na substância de sua mente, de seu corpo e de seus negócios. De fato, ele está induzindo – forçando-as – a que entrem em sua experiência.”

“A atividade de Vida designada como sentimento, é o ponto menos resguardado da consciência humana. É a energia acumuladora, pela qual os pensamentos são impelidos para dentro da substância atômica, e assim, pensamentos se tornam coisas.”

5. Alertas!

“Advirto-vos: a necessidade de vigilância sobre o sentimento nunca será demasiadamente enfatizada, porque o controle das emoções desempenha o papel mais importante em tudo na Vida, mantendo o equilíbrio da mente, a saúde do corpo, sucesso e realização nos negócios e no círculo social do eu-pessoal de todo indivíduo. Pensamentos nunca poderão se converter em coisas, enquanto não se revestirem de sentimento.”

“O maior crime no Universo contra a Lei do Amor é a emissão quase incessante, pela humanidade, de toda espécie de sentimentos negativos e destrutivos.”

“Aquele que não quer controlar seus pensamentos e sentimentos está em mau caminho, porque todas as portas de sua consciência estão abertas de par em par às atividades desintegradoras projetadas pelas mentes e emoções de outras personalidades. Não é preciso nem força, nem sabedoria, nem treinamento, para dar passagem a impulsos malévolos e destrutivos, e os seres humanos adultos que fazem isto, não passam de crianças no desenvolvimento de seu autodomínio.”

6. Sentimentos negativos geram doenças e velhice?

“Assim como o barulho de uma súbita explosão causa um choque no sistema nervoso de quem ouve, imprimindo uma sensação de tremor na estrutura celular do corpo — exatamente do mesmo modo as labaredas do sentimento irritado chocam, perturbam e desordenam as substâncias mais finas da estrutura atômica da mente, do corpo e do ambiente da pessoa que as emite, consciente ou inconscientemente, intencionalmente ou não.”

“O Sentimento discordante é o causador das condições a que chamamos desintegração, velhice, falta de memória e qualquer outra falha no mundo da experiência humana.”[

“Manifestar pensamentos e sentimentos discordantes que brotam de si mesmo, é proceder dentro do menor esforço e constitui uma atividade habitual do indivíduo pouco desenvolvido, rebelde e obstinado, que recusa compreender a ”Lei do seu próprio Ser” e trazer sua personalidade – que é apenas instrumento de expressão – à obediência a ‘Essa Lei’.”

7. Você tem o hábito de criticar, condenar e julgar?

“O tempo que o comum das pessoas gasta criticando, condenando e censurando criaturas, condições e coisas, por não serem algo diferente do que são, se empregado nesse reconhecimento e uso da ‘Luz’, faria o Céu manifestar-se na Terra, para quem ousar experimentar e tiver determinação para perseverar.”

8. Sua mente no Comando!

Cada elétron e átomo no Universo obedece ao nosso desejo e comando, em consequência do Poder Divino pelo qual o controlamos – tendo adquirido o direito de ser seus Dirigentes.”

“Todo Desejo Construtivo é, realmente, o Próprio Deus Interior impulsionando a Perfeição a manifestar-se, para uso e proveito do eu externo.”

“A Grande Energia de Vida está fluindo através de nós, constantemente. Se a dirigirmos para realizações construtivas, Ela nos trará alegria e felicidade. Se a dirigirmos para a satisfação dos sentidos, não pode haver senão miséria como – uma Vida-Energia Impessoal.”

9. As instruções de Saint Germain:

“Conservai diante da atividade externa de vossa mente a lembrança constante de que sois ‘Vida’ — ‘Deus em Ação’ em vós mesmos e em vosso mundo. O eu-pessoal está constantemente clamando pela posse de bens materiais e poder, quando a própria Energia, mediante a qual existe, lhe é cedida pelo seu Deus Interno. A externa atividade humana pessoal não possui nem mesmo a própria pele. Até os átomos de seu corpo lhe são emprestados pela ‘Suprema Presença de Deus’ do Grande Oceano de Substância Universal.”

“Exercitai-vos em fazer voltar todo o poder e autoridade para a ‘Grande e Gloriosa Chama Divina’, que é vosso ‘Eu Real’, e a ‘Fonte’ da qual tendes recebido sempre tudo o que é bom”.

“Nada é impossível! A ‘Luz’ jamais falha.”

 

Trechos do livro: “Mistérios Desvelados”,
Ponte para a Liberdade

 


Por favor, respeite os créditos ao compartilhar
http://stelalecocq.blogspot.com/2015/10/saint-germain-sua-vida-nao-esta-perfeita.html
Fonte – Anima Mundhy

via ♥ De Coração a Coração ♥: SAINT GERMAIN – SUA VIDA NÃO ESTÁ PERFEITA?

O DESAFIO DE MANTER-SE EM EQUILÍBRIO ENQUANTO AINDA ESTÁ DESPERTANDO…

vida-em-equilibrio

Como se equilibrar em meio a grandes mudanças vibracionais

Por: Raoni Duarte

 

Pedimos uma sugestão de tema para os que acompanham o Despertando, e, pela maioria, hoje vamos falar sobre como se equilibrar em meio a grandes mudanças vibracionais.

Então antes de mais nada, vamos compreender o que é estar equilibrado.

Algo só está em equilíbrio, quando está em seu estado natural. Por mais que você não aceite isso, por mais que negue a realidade com todas as forças, és Deus, o Todo, e só estará realmente equilibrado, quando se sentir Ele.

E entenda: qualquer sentimento que alude a felicidade, a plenitude, se não oriundo da unificação com o Todo, não passa de um estado de falsa felicidade, fruto do cumprimento das exigências do ego, que por sua vez, não cansará de criar mais e mais exigências.

Nós somos uma nação planetária regida pelo ego. Em algum momento das nossas existências nos esquecemos da realidade, nos esquecemos do amor, e, assim, criamos todos os tipos de traumas, todo sofrimento, todo medo.

Então para se equilibrar, é preciso se autoconhecer. Somente olhando para si, somente se observando, é que se pode ter clareza das origens do seu não-amor, do momento no qual você se equivocou e deixou que o medo fizesse frente à realidade, dando ouvidos ao ego.

Agora vamos entrar na outra parte da questão, que diz respeito as grandes mudanças vibracionais.

Nosso querido planeta, a mãe Terra, foi criado para servir de escola primária para consciências que estão no início de sua jornada espiritual. E foi com esse propósito que ela serviu ao Todo durante esses bilhares de anos.

Acontece que tudo que existe está em evolução, e, com nossa casa, não é diferente. Isso quer dizer que a Terra está em ascensão, o que, tecnicamente falando, significa um salto dimensional. O período de escola primária, a permanência na terceira dimensão, dará lugar a um novo patamar evolutivo, uma nova escola, agora de ensino médio, de quarta e quinta dimensões.

Tudo que existe é feito de átomo, e, todo átomo, tem uma frequência de vibração. Nossa realidade está estruturada em dimensões, sendo que, cada dimensão, corresponde a uma faixa de frequência de vibração. A única maneira de aumentar a frequência, é o amor. Então quanto menor a dimensão, mais densa ela será, e, os seres que a compõe, menos evoluídos. Quanto maior, mais sútil, logo, mais evoluídos.

Para quem tem olhos de ver, é perceptível que estamos passando por um momento histórico. Estamos vivenciando o que Jesus, o Cristo cósmico, denominou de fim dos tempos. E o fim dos tempos nada mais é que o salto dimensional que tá rolando a todo vapor.

É de extrema necessidade que se entenda isto: há dois mil anos não dava para falar de átomo, dimensões, faixas de frequência, etc. Foi preciso usar metáforas, parábolas, formas de se comunicar que transmitisse a informação. Tudo que foi dito por Jesus é pura mecânica quântica, com uma roupagem, um linguajar, compatível com a época.

Temos sete corpos, todos formados por átomos, ou seja, estamos vibrando e temos uma frequência. O tão famoso separar o joio do trigo nada mais é que a separação eletromagnética que haverá entre os habitantes da Terra. São nossos pensamentos e sentimentos que determinam nossa frequência, e, quem manter seus pensamentos e sentimentos nas faixas da quarta e quinta dimensões, irá permanecer na Terra. Quem estiver vibrando na faixa da terceira dimensão, irá continuar sua jornada na terceira dimensão de outro planeta, já que a vida na Terra da terceira dimensão está com seus dias contados.

Esse é o cenário em que você se encontra: com alguns traumas, medos e culpas que te impedem de lembrar quem realmente é, e, de pano de fundo, a transição planetária potencializando todo esse momento.

Só que existe um detalhe, você está despertando.

Vivemos em uma sociedade onde para ser aceito, para ser considerado normal, você deve viver dentro de um “cercadinho” composto por uma série de crenças que dão origem ao paradigma vigente. Acontece que toda limitação, todo “cercadinho”, é um não-amor, pois, no amor, não existem limitações, não existem imposições, e, você, percebeu isso.

A partir do momento que se toma essa consciência, automaticamente, você estará rompendo as barreiras do “cercadinho”. Assim que isso acontecer, todas as luzes serão voltadas para você. A forma como a sociedade está estruturada, o “cercadinho”, é mantido pelas crenças das pessoas que o compõe, são elas as polícias do paradigma não-real que vivemos.

Isso quer dizer que: assim que você iniciar seu despertar, assim que você romper as barreiras, é praticamente inevitável que exista um julgamento por parte de alguém que esteja do lado de dentro da cerca, seja ele um amigo, parente, ou a própria sociedade como coletivo.

E é nesse momento que precisamos agir com calma, com muita paciência, e, acima de tudo, com compaixão.

É preciso compreender que, dentro da cabeça deles, ainda existe o paradigma velho rodando. Eles não estão te julgando por “maldade”, eles apenas ainda ignoram a realidade, ignoram o amor. E para mudarmos esse cenário, não existe outra solução a não ser amor incondicional.

A reação natural do recém desperto é querer mudar todas as pessoas ao seu redor. O que é compreensível, pois, ao termos a real noção do quanto estamos vivendo fora do amor incondicional, ao se enxergar minimamente isso, a vontade que impera é a de levar essa informação, e mais, esse sentimento, aos nossos entes queridos.

E é nesse excesso de vontade que acabamos forçando a barra, o que, muitas vezes, acaba gerando um afastamento do assunto que está sendo transmitido. Por isso é preciso ter paciência, é preciso compreender que cada um tem seu tempo, cada um assimilará a informação na sua hora. Mantenha a certeza do amor dentro de você e aguarde, o despertar é inevitável, apenas tenha paciência, apenas desfrute o caminhar.

É preciso que se entenda isso: existe entre nós e as pessoas que mais gostamos, as mais próximas mesmo que não fisicamente, um intenso duto energético onde trocamos informações. Sempre que você pensa em uma determinada pessoa, a partir desse momento, o que você estiver sentindo será enviado ao remetente.

Agora imaginem a situação: a pessoa está despertando, logo, seus assuntos de interesse estão mudando, o foco está sendo direcionado para outras frentes. De futebol, novela, relacionamentos e trabalho, passamos para transição planetária, meditação, autoconhecimento e extraterrestres.

Esses são seus assuntos do momento, então é normal que você queira abordá-los no seu dia-a-dia. Assim que surge a primeira oportunidade, você comenta com alguém da sua família sobre seus novos estudos, seus novos interesses. A chance dessa pessoa pensar que você está ficando louco é muito grande. E mesmo que não te ache louco, a probabilidade de emanar medo nesse momento é praticamente 100%.

Agora vamos a realidade: assim que o ente querido pensar em você e emanar medo, ele estará te oferecendo medo através do duto energético. É óbvio que ele não faz isso de propósito, isso nunca mais será repetido assim que ele tomar consciência.

Uma vez que isso ocorre, é com você. Se você aceitar o medo, se você pegá-lo para si, além de abaixar sua vibração, você estará respondendo ao seu familiar com medo, o que fará com que aumente ainda mais o medo dele, gerando assim um ciclo exponencial de medo.

Se você se manter consciente, observando, irá compreender que o medo dele é do desconhecido, pois, na maioria dos casos, as pessoas não possuem conhecimento nenhum sobre o assunto, elas são completas ignorantes sobre o tema. Pratique a compaixão, perdoe, sirva como fonte de informação para o próximo, esteja disponível para ajudá-lo, sem forçar, e mais importante, sem mudar sua opinião, sem trocar o medo do desconhecido pelo medo de não ser aceito.

É preciso viver o amor incondicional. É fácil enviarmos sentimentos positivos a quem nos envia sentimentos positivos, não exige esforço, não exige atenção. Contra você estará a mente, sempre que alguém lhe enviar algo de negativo ela falará: não deixa quieto não, deseje coisas ruins para ele também, você não pode deixar barato.

É nessa hora que temos que nos manter atento, nos mantermos no amor. Todo sentimento negativo que nos é enviado, é fruto de uma ignorância ao amor. Se respondermos esse sentimento com outro negativo, estaremos sendo tão ignorantes quanto. Se nos mantermos no amor, estaremos elevando nossa vibração, e, consequentemente, enviando bons sentimentos para todos ao nosso redor, isso é amar incondicionalmente.

E além da compaixão, é hora de desapegar, é hora de soltar.

Toda vez que você não estiver atento, toda vez que você não estiver observando, suas decisões serão tomadas pelo inconsciente. E no seu inconsciente, estarão “rodando” os padrões que compõem o local.

Nas grandes cidades como São Paulo, por exemplo, muitas pessoas trabalham muitas horas por dia, isso faz com que elas se sintam cansadas, estressadas, logo, todo esse estresse fica registrado no campo energético da cidade. Existe muito trânsito, assim, muitas pessoas acabam entrando nas energias da raiva, da impaciência, que também ficam registradas no campo. É um lugar com um histórico de violência, dessa forma, a energia do medo e da insegurança são emanadas o tempo todo, mais vibrações negativas pro inconsciente coletivo.

O que quero dizer é: se você não estiver consciente, estará vulnerável ao inconsciente coletivo, e, nesse caso, os sentimentos que serão oferecidos serão os de baixa frequência como: medo, raiva, insegurança, etc.

É preciso se manter vigilante, é preciso questionar o tempo inteiro as origens dos seus sentimentos. São frutos dos seus pensamentos, ou dos pensamentos sugeridos pelo inconsciente coletivo? Fique atento!

Agora se observe, você não está feliz em seu trabalho, muitas vezes não pelo que se está fazendo, e sim, como está fazendo. As energias da competição, do interesse pessoal, da injustiça, não fazem mais parte do hall de frequências que você quer cultivar.

Sua roda de amigos não tem mais aquele brilho, os assuntos lá debatidos, os objetivos que eles estão buscando, não condizem mais com o que seu coração está dizendo.

Você se sente um peixe fora da água. A forma de pensar das pessoas ao seu redor, a visão de mundo que elas possuem, não te representam mais. Você está despertando, compreendendo que, na verdade, você nunca foi peixe, e, a água, nunca foi sua casa. Chegou a hora da mudança, de dizer não para o velho e abraçar o novo, um novo mundo, uma Nova Era.

É hora de soltar o trabalho, soltar os amigos, soltar a família.

Não caia na tentação da mente de associar o soltar com algum tipo de abandono, com algo ruim. Você só conseguirá enviar amor ao próximo, quando deixar o amor se fazer em você. E para isso acontecer, é preciso que exista um ambiente favorável.

Se reconecte com a mãe Terra, busque novamente uma vida alinhada com a natureza. Procure a vida em comunidade, procure os movimentos que já estão ocorrendo. Existem muitas ecovilas e comunidades nascendo e se sustentando a todo tempo. Vá dividir seu momento com quem está na mesma busca que você, vá procurar sua turma.

A vida na cidade grande foi estruturada para te limitar, para te deixar cansado, vibrando baixo, doando sua energia vital para propósitos negativos. E entenda: eu não estou dizendo que é impossível evoluir na cidade, o que quero dizer é que você estará em um local que foi pensado, planejado, para abaixar sua vibração. Se você estiver consciente disso e ser capaz de observar cada pensamento que vem em sua mente, verificar sua origem, se veio da consciência ou do inconsciente coletivo, será possível se manter no amor, mas para isso, terá um custo energético extremamente elevado.

Para enviarmos amor para nossa família, nossos amigos, é preciso que estejamos vibrando o amor. E isso independe da proximidade física que nos encontremos. Se para estar bem, para estar vibrando alto, for necessária a separação física dos entes queridos, faça-a já.

Nessas horas a mente irá jogar sujo. Ela irá lhe propor sentimentos como a ingratidão, o abandono, fazendo com que você, ao acreditar, se mantenha onde está, em uma vida que não lhe traz felicidade, enviando a todos ao seu redor, sentimentos de baixa vibração. Esse é o objetivo dela.

Não caia na conversa da mente, mantenha-se na lógica do amor. Faça o necessário para estar bem, crescendo, evoluindo, pois, somente assim, será possível presentear quem amamos com nosso verdadeiro amor, o amor incondicional.

Queridos trabalhadores de Luz, vocês chegaram ao Despertando e isso quer dizer que vocês estão acordando. Serão vocês os habitantes da nova Era, da quarta e quinta dimensões.

Não tenham medo da mudança, vocês já sentiram o chamado. Sigam vossas intuições, sigam o coração.

Busque conhecimento, emita amor, seja Luz.

 


Via: Despertando | Como se equilibrar em meio a grandes mudanças vibracionais

ENCONTRANDO A LUZ DO AMOR ATRAVÉS DOS CONFLITOS FAMILIARES…

familia-tarsila-do-amaral-1925

Compreendendo as relações familiares

Mãe Maria-Chama Trina_Cláudio Gianfardoni

Mãe Maria

Canalizado por: Thiago Strapasson e Michelinha OM

 

Que as bênçãos do amor tragam paz aos seus corpos, mentes e corações.

Amados filhos, hoje trago a vocês a mensagem da humildade e da simplicidade como exemplo a ser observado nas manifestações de amor em volta de vocês diariamente.

Observem por breve instante em volta de vocês, todas as manifestações de entrega abnegada a serviço da sua paz e do seu equilíbrio.

Àqueles que são agraciados com a companhia de animais de estimação em seus lares, observem o amor que esses animais dedicam a vocês de forma a trazer o exemplo da simplicidade e da humildade, simplesmente estando presentes para os dedicarem o amor que vocês buscam dentro de vocês mesmos.

E aos filhos que possuem crianças em seus lares, que possuem outras pessoas em convívio, observem de forma atenta, meus filhos, o amor que esses também enviam a vocês diariamente, estando presentes em suas vidas, mostrando tantas lições para que vocês observem a si mesmos e sejam levados cada vez mais a se transformarem em pessoas melhores, mais compassivas e mais compreensivas.

Venho aqui lembrar a vocês de que estão rodeados de manifestações de amor e paz, de oportunidades de olhar para vocês mesmos através dessas relações, que trazem a vocês os exemplos de dedicação e inspiração para que possam ver em todas essas companhias, aquilo que falta em vocês, filhos.

A energia do amor está presente em todas as relações. Vocês não conseguem observar com os olhos físicos, amados, mas sentem os impulsos emocionais que são os avisos de que o coração está sendo tocado a despertar o chamado para o amor.

Nas relações que trazem aprendizados, lições e também lágrimas de superação de seus aspectos inferiores, todas estão presentes nas vidas de vocês para abrirem os seus corações à conexão com o amor.

É através das relações mais próximas que vocês são chamados a olhar para aquele Eu que vocês tentam esconder, dentro das aparências aceitas pela sociedade, filhos.

Eu, como mãe de Jesus, estive inserida nessa experiência, a observar a transformação de meu filho, que desde pequeno fora chamado pelas pessoas de nosso convívio de O Messias, daquele que veio para despertar a humanidade, para salvar a humanidade. Mas filhos, ele ainda estava fechado à essa realidade no coraçãozinho dele. Mas os chamados estavam presentes na vida dele, como repetições incessantes aos ouvidos dele já cansados de ouvir. Ele ainda não estava pronto para essa verdade, e assim saiu em busca de estabelecer outras relações, que acabaram por mostrá-lo o verdadeiro caminho a que veio a esse planeta.

Mas filhos, aquelas relações familiares mais próximas, dos irmãos, do pai e da mãe dentro do lar, estão sempre presentes para nos mostrar os aspectos que devemos superar, os quais muitas vezes ainda não estamos prontos a olhar. Mas que, depois da caminhada pela vida, retornamos para então podermos absorver aquele ensinamento, e então olharmos para dentro de nós a superar os últimos aspectos que nos prendem à vida de sofrimento.

Ao retornar ao lar, após a experiência no deserto, meu amado filho já era outro em personalidade, em atitudes e relacionamento com os irmãos no lar. A experiência que teve ao retornar de sua caminhada em busca do encontro com ele mesmo, foi transformadora na sua vida. Mas ainda era necessário algum período de convívio no lar, no berço da sua essência na vida material, e foi onde teve a oportunidade de ouvir essa mãe que tanto tentava falar-lhe ao coração. Foi quando ouviu os irmãos. Foi quando transmutou todas as relações familiares estabelecidas na matéria, para então seguir ao que foi destinado naquela encarnação. Foi onde encontrou forças e transmutou os aspectos que o mantinham preso ao velho Eu. E então saiu em sua jornada levando a palavra de Deus e a Verdade para todos em sua caminhada.

As relações dentro do lar, com os animais, com as pessoas, quando observadas com gratidão, com o sentimento de despertar do coração aberto a absorver todo esse amor, são simplesmente maravilhosas fontes de luz e aprendizado, que estão sempre presentes a nos dar o suporte necessário na nossa caminhada, mas que, para conseguirmos realmente absorver todo o amor contido nessas formas de energia presentes em nossas vidas, devemos abrir o chamado do coração, devemos estar despertos e com o sentimento de simplicidade, humildade e gratidão dentro de nós, a brotar para se tornar aquele novo ser que, com muita atenção, observará a absorverá a energia amorosa dessas relações.

É através das experiências que obtemos na caminhada pela vida, filhos, que estaremos preparados a observar, a sentir e a agradecer pelas nossas relações do lar, a sentir as energias benéficas que surgem desses aprendizados do lar e da transmutação dessas relações, do olhar às diferenças e do trabalho para que essas sejam aceitas com muito amor, transmutando aqueles aspectos que ainda restam dentro de nós após tantos aprendizados pela vida.

Eu os digo que de todas as relações que vivenciamos no berço familiar estão os indícios a nossa superação, aqueles aspectos que trouxemos com a missão de transmutar, de nos elevar em amor.

Pois o momento, filhos amados, é de transcender as relações familiares que por tanto tempo os mantiveram presos ao ciclo de encarnações. Relações essas que foram trazidas a vocês justamente para que pudessem aprender mutuamente como ter um olhar compassivo a partir de tudo aquilo que os restringia.

Eu sei meus filhos, que na família há muito amor, há muito carinho, mas há também muitos vínculos enérgicos que nos prendem a antigos hábitos, que nos colocam no círculo de restrição da matéria. Pois é no círculo familiar que estão os principais aspectos de nossa própria superação. Ali, apesar do amor que existe, estão os pontos que justamente nos prendem ao círculo de vidas.

O que necessitamos fazer é nos superar nesse círculo, transcender, para que possamos ao final nos encontrar livres de todo e qualquer aspecto que esteja vinculado a nossa memória cósmica e de vidas passadas. Superando as lições que nos impõe o círculo familiar estaremos a transcender os aspectos que nos vinculam à matéria e à antiga grade de sofrimento.

Cada encarnação, cada vida, é cuidadosamente planejada para que possa nos trazer um pouco mais de nossa própria restrição. Porque quando vieram a esse mundo vocês se estudaram, se analisaram, e concluíram justamente os pontos, os vínculos que necessitavam romper para se libertar da roda de vidas e vidas.

E na família, justamente, foi onde decidiram agregar um pouco mais dessa energia que necessitam superar em vocês mesmos, dos vícios interiores, para que justamente eles se sobressaiam, se ressaltem, e então todos possam conjuntamente se ajudar a superar aquilo que já era uma restrição interior, mas que agora necessita ser trabalhado para a liberação.

Atentem-se, filhos, aos costumes, as maiores restrições que afligem seu círculo familiar, pois ali terão um indício daquilo que precisam transcender dentro de vocês mesmos. Por isso, meus filhos, a compaixão, a paciência, o amor é tão exigido dentro da família de nascimento ou de criação, pois ali há espelhos a refletir seus próprios vícios interiores.

No âmbito familiar, amados, há, além do amor, tantas disputas entre os membros porque ali há justamente os irmãos que são capazes de tocar no nosso ponto mais profundo de dor, naquilo que nos recusamos a olhar dentro de nós mesmos. Há espelhos a nos apontar, são os mestres de nossa vida que, por isso, precisamos ancorar o entendimento, a compaixão, o olhar amoroso tão necessários, amados.

Foi, por isso, então, que meu filho Jesus voltou ao Lar após a peregrinação no deserto, pois ele veio se buscar, observar onde estava suas maiores dificuldades interiores. Mas teve humildade de o fazer com simplicidade, com compaixão, reconhecendo que as dores e dificuldade que vivenciava eram suas e não de seus irmãos. E nesse olhar ele se libertou para seguir seu caminho purificado, liberto de suas próprias restrições.

Ancorem esse exemplo, meus amados, e sempre que retornarem ao seu lar familiar, aproveitam a oportunidade de buscar suas aflições, seus medos, suas dores, mas, acima de tudo, busquem o amor, a compaixão, sempre conscientes que todo desafio, toda disputa, jamais é externa, mas sempre será interior no sentido de encontrarmos nossa própria libertação.

Estejam em paz, filhos, sou sua Mãe Maria e derramo sobre vós as minhas bênçãos de mãe amorosa estendendo o meu manto de proteção a iluminar os vossos caminhos.

Sou Maria sua Mãe

 


Canais: Thiago Strapasson e Michelinha OM – 18 de fevereiro de 2017
Fonte: http://coracaoavatar.blog.br/ e http://verdadetransmutadora.blogspot.com.br/

Via: Verdade Transmutadora: Compreendendo as relações familiares – Mãe Maria

QUANDO VOCÊ SE ACEITA, VOCÊ É CAPAZ DE ACEITAR OS OUTROS…

natureza56

NÃO JULGAMENTO

Por:  Osho

Amado Osho,

Eu estou constantemente me criticando e julgando as outras pessoas. Isso me faz sentir-me dividido e tenso, e eu não posso estabelecer um contacto verdadeiro com as pessoas, ou a natureza. Eu quero abrir o meu coração e não sei como fazer isso.

Por favor, Você pode dizer algo sobre isso?

Toda a nossa educação é tão feia, todo o nosso desenvolvimento é tão errado, que ele joga fora toda a possibilidade do seu crescimento interior e lhe dá idéias estúpidas que não têm nenhuma relevância no que tange à sua alegria, à sua compreensão e à sua maturidade.

A toda criança se diz, de mil modos, para criticar a si mesma, assim, isso não é apenas um problema seu. Se diz sempre a ela que ela está errada em tudo. Devagar, devagarinho, ela pega a doença de criticar a si mesma. E uma pessoa que se critica não pode perdoar os outros.

Como você pode perdoar? – pelas mesmas razões, ela critica os outros. Toda a sua vida simplesmente se torna uma condenação – condenar-se, condenar os outros.

Então, o amor se torna impossível, a amizade se torna impossível, e ela simplesmente sofre. E o que ela está criticando é tão absurdo!

Uma criança entrou correndo apressada em casa, foi diretamente para a cozinha e disse para a mãe: “Meu Deus! Deve ser pela graça de Deus que eu estou salva. Um leão estava me seguindo da escola até aqui. Ele está parado lá fora.”

A mãe disse: “Quantos milhões de vezes eu já lhe disse para não exagerar?” – ela está dizendo “Quantos milhões de vezes eu lhe disse para não exagerar?” – “Onde você pode encontrar um leão na cidade?”.

O garoto disse: “Talvez, por medo, parecesse grande. Mas é certamente um cão muito perigoso.”

A mãe disse: “Agora você está voltando ao senso. Se ele fosse perigoso, você não estaria aqui.”

Ele disse: “É verdade. De fato, é um cachorrinho.”

Mas a criança fez o comentário: “Eu estava exagerando, e isso é errado. E você? Você disse: ‘Quantos milhões de vezes você me disse…’.”

Eu estava em Calcutá, na casa de um amigo, de onde eu estava indo para uma conferência. Eu estava sentado com ele em seu carro e nós esperávamos sua esposa. Ele estava tocando a buzina. Ela veio muito brava até a janela e disse: “Já lhe disse mil vezes que estou indo em um minuto!”.

Eu disse ao meu amigo: “Isto é algo… – um milagre! Ela já lhe disse mil vezes que está vindo em um minuto. Na verdade, em um minuto, não se pode dizer isso mil vezes. E ela tornou a desaparecer no banheiro.”

O homem disse: “Você não sabe o quanto ela exagera. E essa doença me pegou também. De vez em quando eu, de repente, vejo que estou exagerando; e é exatamente a minha esposa…”

Os pais vivem fazendo tudo aquilo que eles criticam no filho. E ele fica observando – e a observação dele é muito mais clara. Sua inteligência ainda está aumentado: ele pode ver que a mesma coisa pela qual ele está errado, os pais estão certos. Eles estão vendo televisão até tarde da noite – eles estão certos -, e ele deve ir dormir antes das nove horas. Pouco a pouco ele fica acostumado a essas coisas e começa a sentir: “Eu sou um errado. Tudo que eu faço é errado.”

Certa vez, eu perguntei ao meu pai: “Você me dirá uma vez, algum dia, só uma vez: ‘O que você está fazendo está certo.’? Será que você não pode ver que é impossível se fazer tudo errado durante vinte e quatro horas por dia, trezentos e sessenta e cinco dias por ano… tudo errado? Se isso é verdade, eu realmente estou realizando algo miraculoso. Faça uma exceção – só uma vez, diga-me: ‘O que você está fazendo está certo.’”

Ele ficou chocado, porque ele compreendeu o significado do que eu estava dizendo, que é impossível que eu pudesse fazer tudo errado.

Mas os pais gostam da ideia, porque ela é muito preenchedora: é a sede de poder.

Sempre que você diz “Não.” para alguém, sempre que você diz “Você está errado.” para alguém, você se sente poderoso. Alimenta o seu ego e alimenta o ego de todo mundo – dos professores, dos vizinhos. Onde quer que a criança vá, todo mundo usufrui da sede de poder, e a criança é esmagada. E quando tanta gente está dizendo que ela é errada, naturalmente, ela tem de acreditar.

Mas lembrem-se de que, como uma reação, ela começa a julgar os outros. Quando todos a estão julgando, não há nenhuma razão para que ela não julgue os outros. Você a está ensinando a julgar, a julgar a todos – e, tanto quanto possível, a julgar negativamente. Então, ela começa a julgar que os outros estão errados.

E este é o nosso mundo… onde todos estão se julgando errados e julgando aos demais como errados. Como você pode ser amoroso, amigável, confiante? Como você pode abrir o seu coração? Você ficará isolado, ficará completamente fechado, viverá em um mundo que você condena e o mundo o condenará.

Não é esta uma bela situação, mas você tem que compreender; perguntar-me “Como abrir o meu coração?” não é a pergunta verdadeira. A verdadeira pergunta é saber como você conseguiu fechá-lo.

Pare de julgar.

Seja o que for que esteja fazendo, se você gosta do que faz, faça-o. Não existe a questão do julgamento: nenhuma outra pessoa tem o direito de dizer que o que você está fazendo está errado. Se você gosta de fazê-lo, não está ferindo ninguém, não está perturbando ninguém… Mas este é um mundo esquisito…

Desde a minha infância, eu sempre gostei de sentar-me num canto, silenciosamente. Todo mundo que passasse ali, dizia: “O que você está fazendo?”

Eu dizia: “Nada.”

E todo mundo dizia: “Isso não é bom.”

Eu disse: “Isto é estranho: eu não estou fazendo nada, não estou fazendo mal a ninguém – estou sentado neste canto – e você diz ‘Isto não está certo.’. Parece que se tornou um puro hábito seu, condenar, criticar. Mas eu estou desfrutando sentar aqui sem fazer nada, e vou continuar, a despeito do seu julgamento. Não lhe pedi conselho, e dar conselho sem que seja pedido é insensato.”

Pouco a pouco a pessoa tem de se afirmar, deixar claro sua posição.

A menos que eu passe por cima do direito de outra pessoa… – se eu estou fazendo algo de que estou gostando e que não veja ser prejudicial de modo algum, então, eu não permitirei a ninguém julgar-me, porque não se trata apenas da questão deste ato, trata-se de uma questão de toda a minha vida. “Você está me ensinando uma muito sutil doença de julgamento.” E, quando eu condeno a mim mesmo, como posso deixar alguém sem condenação?

Dizem que Mulla Nasruddin chegava em casa e todo dia tinha confusão. Sua esposa suspeitava – e todas as esposas suspeitam… – de que ele estivesse tendo um caso com outra mulher, porque, ao sair de casa, ele parecia tão feliz e saía tão depressa… Ao voltar, ele parecia triste. Certamente, havia algo fora de casa que o atraía. Então, quando ela pendurava seu casaco no cabide, ela olhava no casaco, na camisa, para ver se descobria algum fio de cabelo ou qualquer coisa para provar que ele tinha estado com outra mulher.

Certo dia – durante sete dias ela esteve procurando e não pôde descobrir um único fio -, no sétimo dia, ela desatou a chorar e a berrar: “Isto é demais! Agora você deu para andar com carecas!”

Ora, é muito difícil descobrir uma mulher careca – quase impossível. Eu só vi uma única mulher que era meio careca, não careca. Mas… durante sete dias, nenhum cabelo…!? A conclusão era clara, que ele tinha caído tão baixo que agora estava saindo com carecas. “Não pode encontrar uma mulher com cabelo?”

Se um marido está sentado silenciosamente, então, a esposa fica com raiva. Se ele está lendo os jornais, a esposa fica com raiva – ela toma o jornal e diz: “Eu estou aqui e você está lendo o jornal como se eu não existisse.”

Todo mundo é tão infeliz que quer descobrir alguma razão em algum lugar para explicar a ele mesmo por que ele é infeliz, por que ela é infeliz. E a sociedade lhe deu uma boa estratégia: julgue.

Primeiro, naturalmente, você julga a si mesmo de todo modo. Nenhum homem é perfeito, e nenhum homem jamais pode ser perfeito – a perfeição não existe -, assim, o julgamento é muito fácil. Você é imperfeito, assim, há coisas que mostram sua imperfeição. E, depois, você fica com raiva, com raiva de si mesmo, com raiva do mundo todo: “Por que eu não sou perfeito?”

Depois, você olha apenas com uma só ideia: descobrir imperfeições em todo mundo. E depois, você quer abrir o seu coração… – naturalmente… porque, a menos que você abra o seu coração, não há nenhuma celebração em sua vida; sua vida é quase morta. Mas você não pode fazê-lo diretamente: você terá de destruir toda essa educação, desde suas verdadeiras raízes.

Assim, a primeira coisa é esta: pare de se julgar. Ao invés de julgar, comece a aceitar-se com todas as suas imperfeições, todas as suas debilidades, todos os seus erros, todos os seus fracassos. Não peça a si mesmo para ser perfeito – isso é, simplesmente, pedir pelo impossível e, depois, você se sentirá frustrado. Você é um ser humano, afinal de contas.

Olhe para os animais, para os pássaros; nenhum deles está preocupado, nenhum deles está triste, nenhum deles está frustrado. Você não vê um búfalo dando fricote. Ele está perfeitamente contente, mascando a mesma grama todos os dias. Ele é quase iluminado. Não há nenhuma tensão: há um tremenda harmonia com a natureza, com ele mesmo, com tudo como é. Os búfalos não criam partidos para revolucionar o mundo, para tornar os búfalos em superbúfalos, para tornar os búfalos religiosos, virtuosos. Nenhum animal está interessado nas idéias humanas.

E eles todos devem estar rindo: “O que aconteceu a vocês? Por que você não pode ser apenas você mesmo, como você é? Qual é a necessidade de ser uma outra pessoa?”

Assim, a primeira coisa é uma profunda aceitação de você mesmo.

Eu era constantemente questionado pelos meus professores: “Você nunca sente que você é nocivo?”

Eu dizia: “Eu estou perfeitamente contente. É desse modo que eu sou e eu não quero ser nenhuma outra pessoa.”

Eles diziam: “Isso é esquisito, porque as coisas que você faz deveriam fazê-lo sentir-se culpado.”

Eu perguntava: “Para quê?”

Um dos meus professores estava constantemente falando de intrepidez – que ele era um homem de intrepidez, que ele podia ir na noite escura, dentro da mais densa floresta. Ouvindo-o sempre repetindo isso, eu disse: “Eu desconfio… – porque o senhor está falando muito do seu destemor. E que destemor é esse de ir na noite escura, dentro da mais densa floresta? Isso não é grande bravura. Meu sentimento é que o senhor é um perfeito covarde.”

Ele ficou com muita raiva; ele disse: “Você terá de prová-lo.”

Eu disse: “Provarei. Quando eu digo isso, significa que eu o provarei”. E eu pude ver que ele começou a transpirar imediatamente.

Naquela mesma noite eu tirei a prova. Ele morava numa casinha com telhas de barro – eu sabia onde ele dormia -, assim, eu apenas fui ao telhado da casa, removi uma telha e deixei cair uma falsa cobra amarrada numa corda, devagarinho, até que ela tocasse seu rosto.

Uma ou duas vezes ele empurrou-a para longe, e novamente a cobra tornava a voltar. Então, ele abriu os olhos, meio dormindo no meio da noite… e uma cobra comprida e perto do rosto… e ele gritou. Eu jamais tinha ouvido tal grito! Aquilo era realmente um grito primal. Tive que puxar a minha cobra e sair correndo.

No dia seguinte, ele chegou à classe, mas suas pernas ainda estavam tremendo; o medo da cobra tocando seu rosto… Ele começou a ensinar e eu disse: “Antes, as primeiras coisas.”

Ele perguntou: “Que primeiras coisas?

Eu disse: “Que diz da noite passada? O senhor queria que algo fosse provado.”

Ele disse: “Então, você estava por trás daquilo?”

Eu disse: “Eu não estava por trás daquilo, eu apenas olhava o que a cobra estava fazendo ao senhor.”

Ele disse: “Você estava lá!?”

Eu disse: “Eu sei de toda a história; o senhor não pode escondê-la. Sei até sobre o seu grito que acordou toda a vizinhança; todo mundo sabe.”

“Mas” – ele disse – “você está dizendo isso tão definitivamente – porque eles devem ter ouvido um grito; mas quando eles todos entraram, a cobra tinha sumido. Nós vimos que uma telha tinha sido afastada, assim, a cobra devia ter fugido.”

Eu disse: “O senhor está certo: aquele foi o local por onde ela veio e por onde ela saiu. E, se o senhor realmente quer a prova…” – eu puxei a cobra da minha mala e mostrei a ele que aquela era a cobra. “O senhor é um homem tão destemido… e esta é uma cobra de borracha. E ela apenas tocou o seu rosto – duas, três vezes, não mais – e um tamanho grito veio do senhor. Eu não esperava que isso criasse tanto medo no senhor.”

Ele ficou tão envergonhado que naquele mesmo dia ele se demitiu e saiu da cidade, porque todos estavam perguntando a ele: “O que aconteceu com a cobra? Ela era de verdade? – porque alguém disse que era uma cobra de borracha e que um certo garoto da sua turma aceitou seu desafio.” A cidade inteira estava falando, e ficou tão difícil para ele, que ele foi embora.

Ele me encontrou dez anos mais tarde, numa estação ferroviária. Ele tentou não me reconhecer. Eu disse: “Não tente não me reconhecer, porque eu ainda tenho a cobra na minha mala. Tenho estado a sua cata durante dez anos. Guardei-a comigo. Onde o senhor esteve durante dez anos?”

Ele disse: “Fale baixo. Não fale tão alto, porque neste lugarejo eu tornei-me um professor e eu não quero que a mesma história se espalhe aqui. E por que você veio aqui?”

Eu disse: “Eu não vim aqui, estou apenas passando por aqui de trem, e o trem está esperando que um outro trem passe. Vendo o senhor, eu saí. Mas, e sobre o seu destemor?”

Ele disse: “Eu abandonei aquela idéia. Uma coisa boa que você fez foi me fazer abandonar uma falsa idéia, de que eu sou destemido. Você deixou isso claro para mim, que é o meu medo que eu estou reprimindo com a idéia de destemor. Eu fiquei com raiva de você, mas agora eu me sinto agradecido. Você fez bem.”

Eu disse: “Eu me diverti bastante. Não preciso de nenhuma gratidão, de nenhum agradecimento do senhor.”

Ele também perguntou: “Você não sente às vezes que está fazendo coisas que não são corretas?”

Eu disse: “Eu jamais senti isso. Eu simplesmente faço as coisas que gosto. Nesta vida curta, quem vai se incomodar e perder tempo imaginando se é certo ou não? Eu apenas não faço mal a ninguém. Eu não lhe fiz mal. Aquele grito que saiu de você, foi bom – ele deve ter limpado todo o seu ser. Ele deve ter tirado muita sujeira de dentro de você com ele.”

Eu jamais julguei, assim, eu não sei a experiência exatamente. Quando você diz que você se julga, isso é tomado emprestado. As pessoas julgaram-no, e você deve ter aceito suas idéias sem nenhuma investigação. Você está sofrendo de todas as espécies de julgamento das pessoas, e você está jogando esses julgamentos nas outras pessoas. E todo esse jogo desenvolveu-se além da proporção – a humanidade inteira está sofrendo disso.

Se você quiser livra-se disso, a primeira coisa é esta: não se julgue. Aceite humildemente sua imperfeição, seus fracassos, seus erros, suas faltas. Não há nenhuma necessidade de fingir outra coisa. Seja você mesmo: “É assim mesmo que eu sou, cheio de medo. Eu não posso andar na noite escura, não posso ir lá na densa floresta”.

O que há de errado nisso? – é humano.

Uma vez que você se aceite, você será capaz de aceitar os outros, porque você terá um clara visão interior de que eles estão sofrendo da mesma doença. E a sua aceitação deles, os ajudará a aceitarem-se.

Nós podemos reverter todo o processo: aceite-se. Isso o torna capaz de aceitar os outros. E porque alguém os aceita, eles aprendem a beleza da aceitação pela primeira vez – quanta tranquilidade se sente! – e eles começam a aceitar os outros.

Se a humanidade inteira chegar ao ponto onde todo mundo é aceito como é, quase noventa por cento da infelicidade simplesmente desaparecerá – ela não tem fundamentos – e os seus corações se abrirão por conta própria e o seu amor estará fluindo.

Neste exato momento, como você pode amar? Quando você vê tantos erros, tantas fraquezas… – como você pode amar? Você quer alguém perfeito. Ninguém é perfeito, assim, você tem de aceitar um estado de não-amor, ou aceitar que não importa se alguém não é perfeito. O amor pode ser compartilhado, compartilhado com todas as espécies de pessoas. Não faça exigências.

O julgamento é feio – ele fere as pessoas. Por um lado, você vai machucando, ferindo-as; e por outro lado, você quer o amor delas, seu respeito. Isso é impossível.

Ame-as, aceite-as e, talvez, seu amor e respeito possa ajudá-las a mudar muitas de suas fraquezas, muitas de suas falhas – porque o amor lhes dará uma nova energia, um novo significado, uma nova força. O amor lhes dará novas raízes para se erguerem contra os ventos fortes, um sol quente, a chuva forte.

Se apenas uma única pessoa o ama, isso o faz tão forte, que você nem pode imaginar. Mas, se ninguém o ama neste vasto mundo, você fica simplesmente isolado; então, você pensa que é livre, mas você está vivendo numa cela isolada em uma cadeia. É que a cela isolada é invisível; você a carrega consigo.

O coração abrirá por si mesmo.

Não se preocupe com o coração.

Faça o trabalho preparatório.

 
______________________________________
OSHO, The Transmission of the Lamp, # 1
FONTE: http://www.oshosukul.com/nao_julgamento.htm


VIDEO: JULGAMENTO…

LINK YOUTUBE


Via: ♥ De Coração a Coração ♥: OSHO – NÃO JULGAMENTO

A VERDADE, DESVINCULADA DA ILUSÃO, PARA O ENRIQUECIMENTO DA ALMA…

verdade-sem-ilusao

O DESPERTAR DA RIQUEZA INTERIOR

 

Lakshmi

Canalizado por: Thiago Strapasson e Michelinha OM

 

Recomendamos ouvir com o mantra abaixo: Om (Bem vindo por Deus), Shreem (Graciosidade), Maha (Grandioso) Lakshimi (Força Feminina da Riqueza), Namaha (Minha saudação).

 

Amados, estou trazendo a vocês nesse dia abençoado, a energia da riqueza interior.

Estamos vivenciando algo inédito na história da humanidade, pois é um momento onde vocês começarão a abrir o seu interior para o externo  trazendo toda a riqueza guardada por tantas encarnações.

Ao passarem por tantas experiências de limpeza e transformação, estavam fazendo a remoção das proteções que foram criando com o tempo. Essas proteções impediam que a riqueza brilhasse para o externo de todo o seu Ser.

Essa riqueza, amados, não é aquela material, mas sim aquela que traz a possibilidade de serem os seres mais realizados em todo o universo.

Pois têm a benção de viver nesse planeta, berço de experiências únicas, e a elevação proporcionada por essas experiências é uma riqueza que não poderiam obter nem em milhares de barras de ouro, meus queridos.

Eu sou Lakshmi, a energia feminina que traz a riqueza, mas não a riqueza em forma material, mas sim aquela em forma de brilho irradiado dos seus corações.

Eu trago a possibilidade de cura através de todos os escudos de proteção.

Eu trago o amor irradiado do interior do poder feminino, o amor incondicional, que irradiado no externo, derrama as moedas douradas da fartura em todos os sentidos imagináveis.

Lakshmi, eu sou, a energia que vocês ancoram no coração para trazer o amor incondicional por vocês mesmos, e por toda a experiência encarnacional na Terra. Pois estou com vocês aqui nesse planeta trazendo isso.

Carrego vocês todos em meus braços amorosos de mãe, mostrando a vocês como é sentir esse amor incondicional, essa riqueza que não pode ser tocada com as mãos, mas que pode ser sentida.

Envolvo todos em amor. E venho trazer a possibilidade de trabalhar com o nono aspecto do seu Ser ou 9º chacra. Da sua existência nesse planeta, mas já conectado à Fonte.

Os aspectos trabalhados na aglutinação trouxeram você para o nível da experiência. Que corresponde ao 9° aspecto da sua existência, que reflete no seu corpo físico e irradia para cima em conexão partindo do coronário, o 8º chacra. vocês elevam as experiências ao seu corpo de luz e ele os mostra a verdade fora da rede de ancoramento planetário. é como se nesse ponto estivessem com uma visão superior de si mesmos e essa visão irradia à sua vida, permitindo a expansão de seus dons ao mundo em que vivem.

Esse exercício de experiência, meus filhos, nada mais é que incorporar o sentimento amoroso de mãe, aquele amor incondicional que venho ancorar em vocês nesse momento. As experiências deixam de ser dolorosas e passam a ser olhadas sob um prisma elevado, mais alto e amoroso, e esse comportamento permite que a verdade, desvinculada da ilusão, preencha seus corpos a os trazer paz e aceitação. As experiências se tornam mais suaves e complacentes, pois o ponto de vista é alterado, é suavizado com a energia do amor da grade búdica. Nesse estado, os chacras básicos são preenchidos desse amor e as experiências simplesmente são liberadas a um ponto mais elevado de irradiação, de ancoramento, liberando as energias densas acumuladas em seus pontos de energia, tornando seus dias mais leves e suaves.

Trazendo todo o pacote de experiências ancoradas no seu 8° chacra, trabalhamos agora com a experiência para que leve todos esses conhecimentos, essa mestria, essa possibilidade de elevação também para todos ao seu redor. Pois é a partir de um olhar benevolente das experiências que ancorarão o amor a tudo que os circunda e os irradiarão a todos aqueles que cruzam seu caminho. As experiências são elevadas ao corpo de luz, pois deixam o presídio energético da velha matriz e há um olhar superior da experiência, que agora é visto como um enriquecimento da alma, e não mais como uma prova ou dificuldade da matéria.

Essa experiência desperta a sua riqueza interior, irradiando todo esse aprendizado. Ancorando cada possibilidade de levar o conhecimento adiante nesse 9º chacra. Pois aquilo que era a restrição agora é o zelo, o cuidado, o transcendente. Vocês se tornam aves que possuem uma visão panorâmica da vida. A vida é vista de cima, não mais do solo, e esse olhar os preenche de amor, tornando-os sabedores da caridade para com todos, da irmandade, da doação. A vida não é restrita à matéria, mas é alta e gloriosa e isso traz paz ao seu ser, traz complacência e compaixão.

Vocês trazem experiências para as suas vidas. Mostram a que vieram, meus filhos, e foi para elevarem-se em amor e reluzir dourados, na riqueza do aprendizado e da caridade. A elevação da experiência ao 9° chacra os proporcionará justamente isso, essa expansão de si mesmos, a compreensão e a permissão para que irradiem tudo aquilo que são e que desejam ser. Vocês se permitem, assim como compreendem aqueles que não alcançam o panorama mais elevado do amor, da compreensão e da expansão, que traz o contato com seu corpo de luz.

Para elevar todo o seu aprendizado ao 9° chacra, deve trazer para os seus dias, experiências vividas, no entanto, observadas sob uma nova ótica, trazendo a informação do seu registro como uma consulta a uma enciclopédia de estudo. Essas informações já estão armazenadas nos seus registros akáshicos, e depois de aglutinadas no seu 8° chacra, permanecem disponíveis para que vocês possam utilizar esse conhecimento nas suas experiências de vida. Mas essa é uma nova biblioteca de experiências, pois ela não se restringe à matéria, à grade planetária. Ela é superior, é amor, é expansão, é cósmica. É como o pássaro que lá do alto observa a grande cena, numa paz de um voo silente e calmo, num amor profundo, no silêncio da imensidão, sem o ruído do solo. Há só o voo e a observação daquilo que está ao seu redor, nessa paz de um planador compreensivo do amor.

E não há melhor oportunidade, filhos, do que trazer todo esse conhecimento através da caridade, do auxilio ao próximo. Àquele que está ao seu lado também está carente de amor e de aprendizado. E a elevação das experiências ao nono corpo de luz reluz a tudo que os circunda, expande os dons do coração, pois permite a verdade da vida eterna, da purificação que os tornará os maiores seres desse universo, seres de amor e de luz que demonstram todas suas emoções guardadas em seus corações.

Essa conexão somente será possível a partir do momento em que aglutinarem as experiências. A partir desse momento, elas podem ser acessadas para trabalhar o 9° chacra, uma a uma. E será isso que trará essa visão diferenciada, cada aspecto da sua vida trabalhado, individualmente, dentro do ambiente do corpo de luz, do nono corpo, num ambiente elevado de paz e amor que o trará uma visão superior de tudo que os rodeia.

Vocês continuam trabalhando a aglutinação de outros aspectos. Mas já iniciam o trabalho de experiência daquelas informações que já foram aglutinadas, para alimentar a sua conexão com o seu Eu Superior. O entendimento maior é ancorado, reluzente a tudo que está ao seu redor. E esse entendimento se expandirá, crescerá, irradiando aos corações curiosos por essa paz, carentes desse amor, chamando-os a esse trajeto de luz. Esse estado despertará a curiosidade de tantos corações carentes da vida superior, da vida mais elevada, que resplandecerá a partir do contato com seu corpo de luz.

Os registros de outras encarnações vão se abrindo aos poucos. Percebem-se conectados com mais serenidade àquelas informações que antes não tinham. Pois a partir do momento que iniciam o trabalho do 9° chacra, começam a trabalhar com a experiência aglutinada de outras encarnações. Podem perceber como já têm mais facilidade com línguas diferentes, começam a ter visões e experiências, que por um momento podem não entender, mas logo perceberão que é simplesmente o ajuste inicial do trabalho de trazer todas as informações aglutinadas para a experiência.

Durante o sono começam a perceber que chegam lembranças de experiências que já foram aglutinadas, para que sejam relembradas e trabalhadas na vivência do 9° chacra. E tudo isso  É trazido não sob a visão da velha matriz, mas de seus corpos superiores ligados à grade búdica planetária, à grade de limpeza, à transmutação e à purificação. Tudo é aglutinado sob uma visão expansiva de si mesmos, que passam a se observar como seres de luz e de amor em meio à ilusão da vida. É um estado onde as graças divinas surgem em nossa vida como mágicas, pois essa visão superior nos abre a tudo que existe e nos conecta aos reinos de luz, proporcionando as curas das experiências.

Comecem a perceber tudo o que ocorre com vocês, filhos, pois a partir desse momento trabalham como pequenos mestres, que já se tornaram mestres de si mesmos, mas que agora trazem AO o treino da mestria para as suas vidas, no presente, levando também o conhecimento para outras pessoas. Mas não o conhecimento seco e duro da ilusão, mas o conhecimento reluzente, do tesouro mais precioso de todos, o da vida eterna, do contato com a criação e todo o seu amor.

Sou Lakshmi, a energia ancorada do amor incondicional de mãe. A riqueza em forma de amor.


Canais: Thiago Strapasson (http://coracaoavatar.blog.br/) e Michelinha OM (http://verdadetransmutadora.blogspot.com.br/) – dezembro/2016
Colaboração: Rebeca Crivelaro Campos

Via:  CORAÇÃO AVATAR | O DESPERTAR DA RIQUEZA INTERIOR – LAKSHMI

PERCEBENDO A VIDA ATRAVÉS DE UMA VISÃO SUPERIOR…

uzenet

A elevação das experiências

 

Mestre Jesus

Canalizado por: Thiago Strapasson

 

Saudações minhas crianças,

Consideramos-vos os guardiões do novo tempo e da nova era, do amor de Deus a irradiar pelo planeta. Pois vocês foram aqueles que vieram para lembrar a todos desse sentimento e, assim, levantar a bandeira da humildade e da caridade aqueles corações que se fecharam aos meandros da matéria.

Mas hoje gostaria de lhes falar sobre uma experiência transcendental, que é a irradiação de sua cura a partir de si mesmo, para que possam se curar e a todos aqueles que se encontram ao seu redor. A partir desse contato interior profundo vocês irradiam a paz, a cura e o amor a todos os corações desejosos do acalentar maternal.

Eu sei que muitos de vocês simplesmente se questionam sobre os motivos de tantos percalços na vida, de tantas aventuras e desafios que se apresentam. Vocês olham ao lado e se perguntam onde se encontra esse amor que alguns vieram a falar? E eu vos digo que esse amor não se encontra nesse mundo, mas em seu coração. Embora repetitiva essa expressão vamos tentar compreendê-la.

Todo o amor parte de seu interior, por isso vocês não o veem externamente. É a partir de uma visão compassiva e superior que esse amor irradia ao mundo e transforma sua visão. Mas quando vocês imergem nesse mundo material, caindo nos vícios da matéria esse amor simplesmente se esvaia. Pois do mundo material não se vê uma visão amorosa da própria experiência. É um mundo limitado, circunscrito por aspectos que vocês não se identificam, não se encaixam.

Esse mundo de tantas restrições é o que possuem do solo, da imersão da consciência na matéria. Um mundo menor, onde o amor se reduz. Mas quando vocês elevam as mesmas experiências que os restringem, são as mesmas e elas não mudaram, mas sim a visão, o ponto do observador se altera. Vocês se elevam com a visão superior e então começam a ter vislumbres de quão bela é a vida na matéria, quão rica.

Nesse ponto vocês param e começam a observar a partir de um silêncio interior os conflitos existentes, o caos, as disputas e entendem o quão pequeno é esse mundo. Mas ao compreenderem isso vocês se elevam. É como se houvesse uma forte névoa no mundo que os bloqueia a visão e você imergem os olhos sobre essa cerração. Nesse momento são capazes de ter um vislumbre do atordoamento que grande parte das almas que vivem na terra se encontram. Elas estão atordoadas com a ilusão da vida, esqueceram-se de sua natureza divina. A névoa encobre seus olhares e então elas começam a se trombarem umas com as outras, a se empurrarem nesse jogo da ilusão.

Mas ao levantarem todas essas experiências por uma ótica mais elevada, vocês simplesmente não trombam mais porque estão acima dessa névoa. E acima dela você poderá observar quanto amor existe em meio dela. Pois quando olham ao meio desse nevoeiro a visão é curta, mas acima dele ela se estende e se amplifica, cresce, e o mundo fica mais belo. Pois meus amados há muito amor, há muito aprendizado, há purificação, há crescimento, há um entendimento superior que plaina a partir desse ponto mais elevado da vida.

Então vocês elevam essas experiências para acima de seu chakra coronário, elas são entregues ao seu eu superior e mais acima ele os apresenta uma visão superior da vida que se converterá na cura de suas experiências. E vocês descobrem algo mágico, que são a cura de sua própria vida. Vocês não precisam orar a Deus, aos santos, vocês são o próprio Deus, os santos dos milagres, aqueles que mudam a perspectiva da vida e então ela simplesmente se altera e resplandece na cura.

Vamos tentar os apresentar isso: quando entram nesse jogo da ilusão, imergem nessa névoa, a visão é curta e vocês só conseguem ver o caos e toda a dificuldade que aparece logo ali na sua frente. Mas quando elevam essas experiências ao seu corpo de luz ele os mostra a névoa e vocês passam a compreender porque tantos choques, tantos empurrões nessa vida. E eu os garanto que a vida se torna até um pouco engraçada, vocês têm aquele relâmpago mental de: como não vi isso antes?

Por qual motivo estamos trazendo tantos exercícios para que aprendam a elevar suas próprias experiências? Para receberem a visão superior da vida. E nesse ângulo ela se torna amorosa, compassiva de amor. Essa é a visão que traz a elevação das experiências ao seu nono chakra, após a aglutinação no oitavo.

Nós já lhes explicamos o significado da aglutinação, mas na projeção todas as suas experiências são vistas com alegria, aceitação e gratidão. Vocês elevam as experiências ao Ser de Luz e elas já não se apresentam sob a mesma ótica anterior. Já aglutinaram todos os comportamentos e experiências que já fazem parte da sua evolução e da sua história ascensional. Projetam, dessa forma, todas essas experiências para o seu corpo de luz divino que os mostrará de uma forma amorosa e compassiva a riqueza da experiência da vida.

É uma visão mágica da vida. E a partir dessa breve explicação vocês compreendem porque algumas pessoas são capazes de reconhecer a beleza da vida, enquanto outras se trombam em meio ao caos. Alguns privilegiados já se elevaram, já reconhecem esse amor a partir de seu corpo divino. E a vida se torna bela, amorosa, mas não porque ela se modificou, mas sim porque o olhar traz aceitação, compassividade, fluxo, confiança e fé em seu próprio Deus interior. Outras estão ali se trombando em meio a névoa, mas esses que elevam sua visão compreendem do que falamos nesse agora, da elevação das experiências em projeção ao corpo de luz.

E nesse aspecto cada restrição, cada aspecto da sua vida recebe esse processo de elevação individualmente e, assim, vocês o abrem à cura da vida. A cura da vida não está em nenhum tratamento, mas na abertura ao entendimento maior, à expansão, é que a vida se irradia de beleza e então tudo aquilo se cura, pois se modifica. Ela ainda está lá, da mesma forma, mas o fluxo, a permissão começa a os conduzir para algo mais suave simplesmente porque saíram da névoa e deixaram de resistir.

Em cada aspecto da sua vida já curado, já aglutinado e projetado em seu corpo de luz, vocês se tornam mais amorosos e compassivos e então o mundo ao seu redor também é visto assim porque seu foco se modifica. Quanto amor, quanta caridade, quanta ajuda existem em seu mundo. Mas o que vocês observam é o caos. Se discordarem peça uma simples informação a um desconhecido e veja como ele para a te ajudar. Chame um amigo a ir conhecer uma casa de caridade e veja a reação dele naquele local. Vocês percebem que é a visão que muda a vida?

Por isso meus filhos, a caridade é tão importante na vida, pois ela os conduz a essa visão para acima da névoa, onde passam a olhar o amor que existe. Mas não porque o mundo se tornou amoroso, mas sim porque descobriram o amor que guardam em seus corações.

Estejam em paz meus amados irmão, na paz profunda da elevação.

Sou seu irmão amoroso

Jesus

Canal: Thiago Strapasson – 07/01/2017
Fonte: http://coracaoavatar.blog.br/
Colaboração: Ilza Barreto


Via: A elevação das experiências – Mestre Jesus » CORAÇÃO AVATAR

UNIFICANDO O SEU CORAÇÃO À SUA CONSCIÊNCIA CÓSMICA…

meditatorheartblue_danielbholeman

 

O efeito da aglutinação: teoria e exercício

Mestras Kuan Yin e Rowena

Canalizado por: Thiago Strapasson e Michelinha OM

Queridos, vocês me perguntam o que seria esse nome completamente novo, e ficam tentando encontrar explicações a essa palavra, mas todas conectadas à sua mente.

A aglutinação, como trazemos aqui, é sim a primeira entre as 5 novas camadas as quais devem superar, mais um do que entendem como chacra, mas dessa vez, algo que está ligado não ao seu corpo físico, mas sim no seu campo áurico.

O seu campo áurico possui camadas de conexão com Eu Superior, e a primeira conexão é a da aglutinação.

Esse ponto, ou vórtice, é chamado dessa forma pois é aquele que une o sétimo chacra (da coroa), ao primeiro plano mais sutil de sua consciência.

E por isso, a primeira etapa a trabalhar para transcender a materialidade do corpo físico, é justamente estabelecer essa conexão, pois é a que abrirá as portas para o novo.

Vocês me perguntam então se a partir de agora poderiam considerar que já superaram todos os demais aspectos que os unem à malha energética, que estão ligados aos 7 pecados capitais e aos 7 chacras principais. Mas a resposta, filhos, é de que não estabeleceram ainda a desconexão completa desses aprendizados.

Conforme já trouxemos em outras canalizações, a sua experiência na matéria será sempre acompanhada de diversas oportunidades de trabalhar esses aspectos ligados ao corpo físico, até o momento do seu desencarne. Independente do estado ao qual já atingiu de ascensão.

Essa primeira etapa onde começamos a trabalhar um novo aspecto do seu Ser, é onde levará todos os demais já trabalhados, por isso, vimos novamente um breve resumo de todos os 7 já superados, mas que agora serão levados a um estado de compreensão diferente.

Eles todos serão elevados ao novo nível de experiência, onde trabalharemos a aglutinação.

Essa experiência trará a completa desconexão em sentidos físicos ao que estão até agora trabalhando dos 7 chacras. Já não sentirão mais os impulsos da matéria que vem sentindo. A limpeza torna-se completa.

Unimos todos eles à aglutinação para que sejam trabalhados em uma dimensão de compreensão diferente. Ainda faz parte de vocês, mas serão iluminados e elevados ao seu chacra que já está desconectado do corpo físico. Mas ainda assim ligado ao seu fio energético onde há todas as suas experiências, que é o seu DNA. Por isso, faz parte de você ainda, mas não do físico que é somente a sua experiência na matéria.

Com esse trabalho, desenvolveremos a aglutinação para que eleve todos os demais aspectos, para que passe a observar todas as reações ligadas aos 7 chacras como naturais do ser humano, mas já com a sensação de que não faz mais parte de vocês.

Esse é somente o início desse novo trabalho, mas é uma etapa muito importante, pois é a que desconecta você das sensações físicas, impulsividades, que permitirá que não seja mais levado com a onda energética que carrega tantas consciências todos os dias nesse planeta.

Passará a se perceber como um ser de luz, como parte do todo, mas não como uma marionete dessas energias que percorrem o planeta e que são criadas pelas formas pensamento de toda a humanidade.

Agregará em seu campo áurico uma nova energia, mas que deve ser praticada sempre com o coração aberto e muito amor. Elevando cada aspecto a esse nível de consciência.

Queridos, ao observar os comportamentos externos ligados aos 7 chacras de forma isolada e perceberem como eles funcionam, ao escolherem o não se envolver, e olhar amorosamente tudo isso como experiências, já estão desconectando-se dessas energias. Vocês já têm feito isso, colocado em pratica diariamente. Esses momentos são justamente quando já estão trabalhando a aglutinação.

A aglutinação nada mais é do que a união de todos os demais 7 aspectos em uma percepção só, aquela percepção de que tudo é somente uma experiência, e que desse ponto de vista, todos os demais aspectos são completamente iguais. Já não se identificam mais a nenhum deles, passam a observar somente como aspectos que fazem parte da vida na matéria, mas que juntos formam uma esfera energética que vibra mais ou menos em certos pontos dependendo da energia da pessoa que o carrega ou do ambiente.

Essa visão do todo, fará você perceber que já não se identifica mais com essas sensações, com esses comportamentos. Já está ligado e trabalhando a aglutinação.

Esse é somente o primeiro estágio e importante pois carrega toda essa bagagem, e portanto, nunca deve ser colocado em esquecimento. É um chacra que deve ser trabalhado sempre, praticando essa visualização de como tudo funciona. Treinando esse olhar de que todos os demais 7 aspectos estão unos em um só e representam algo já superado que é a experiência na matéria.

Em cada sinal que observarem nas suas mentes de conexão com algum dos 7 primeiros chacras, como já aprenderam no material publicado, que estão relacionados a comportamentos específicos, devem trazer a conexão da aglutinação e observar como um todo e não mais cada comportamento de forma isolada. Quando observarem e identificarem um pensamento relacionado aos 7 de forma isolada, simplesmente una-o à esfera de aglutinação, e lembre-se do que ele representa, que na verdade ele somente representa um dos comportamentos da matéria, que não é diferente dos demais e faz parte de toda essa experiência encarnacional já superada e unificada na aglutinação.

Traga esse pensamento a sua mente. Trabalhe sempre essa mentalização. Essa primeira etapa será de prática, onde poderá observar várias experiências acontecerem e onde será treinado a colocar tudo nessa ótica da esfera unificadora dos 7 aspectos que é a aglutinação.

Compreendem, meus amados filhos? Pois o ambiente que vivem é suplantado dia a dia, experiência a experiência. Mas a medida que se sutilizam, algo vai os deixando mais suaves ao próprio desenvolvimento. Vocês incorporam as bênçãos do amor as suas vidas e assim aglutinam as experiências.

Os pontos energéticos em seus corpos foram separados por corpos sutis, cada um ligado a um aspecto da experiência. Mas esses corpos energéticos foram vistos como se fosse cada qual único é distinto. É na verdade eram.

Pois vocês não os conectavam ao amor, a fala, a alimentação, o sexo, a própria alegria foram atividades desconectadas do amor, destruídas da ligação ao seu chacra cardíaco. Vocês não unificam seus corpos e pontos de energia a energia amorosa do coração, pois ele permanecia inerte, fechado, reprimido do propósito de alma.

Esses pontos de energia destruídos da ligação ao centro amoroso levavam à agressividade, a sensualidade, aos excessos na alimentação, à desconexão espiritual, pois se tratava de corpos em desequilíbrio.

Mas a medida que vocês unificam esses pontos de luz e seus corpos a energia amorosa do coração e se abrem ao sentir do propósito de alma vocês aglutinam a experiência na matéria a um único sentimento, o amor. É através do amor do coração que aglutinação ocorre é então vocês suplantam os vícios da matéria. Nesse estado a soberba se transforma na sabedoria e humildade, o tecnicismo no questionamento através do conhecimento, a luta em paz, a ira em fluxo e leveza e assim por diante.

Através do contato com o coração, com as emoções e sentimentos vocês conectam as experiências ao cardíaco, à chama de Deus guardada em seus corações e então as experiências se unificam progressivamente em completo entendimento.

A fala e destituída do revanchismo e é preenchida pela aceitação, a alimentação se tornará mais equilibrada e assim os vícios da matéria vão sendo integrados e iluminados pelo amor do coração. A vida se torna mais leve nesse estado.

A aglutinação é o primeiro passo à consciência cósmica porque através do amor estarão a elevar as experiências. Serão as mesmas experiências, mas agora sobre o enfoque da brandura, da autenticidade, da verdade interior. A luta fica mais leve e o coração se torna mais receptivo aos acontecimentos exteriores.

A aglutinação é a unificação dos pontos energéticos ao amor, ao coração.

Para isso sente-se, respire calmamente. Se puder coloque uma música suave em um ambiente bem calmo. Vá respirando e se aquietando.

Agora centre toda sua atenção em seu coração. Ele está se expandindo a ponto de irradiar seu estômago e sua laringe. Respire novamente e permaneça nesse estado irradiando de amor o plexo solar e o laríngeo. Você está mais suave.

Essa expansão continua agora atingindo o chacra frontal na testa e o ponto sacro abaixo do estômago. Nessa expansão atingimos o chacra coronário no centro de sua cabeça e a base. Permaneça por alguns minutos nesse estado de irradiação. Todos seus corpos são irradiadores por essa chama de amor, de paz. É uma grande luz que adentra ao seu coração a envolver seus corpos sutis. Vocês estão agora todos envolvidos por essa energia que parte do coração e unifica sua vibração. Sinta o alívio que essa aglutinação o traz. Você unificou suas energias e poderá se manter assim pelo tempo que for necessário.

E a medida que as experiências vierem você fará essa irradiação, sempre que sentir um desajuste interior procure se aquietar e se irradiar com a própria luz de seu coração.

Ao final unifique seu coração a um ponto de luz situado a um palmo de seu coronário, de seu coro cabeludo. Você está unindo o seu coração a seu corpo de luz deixando com que seu Eu Superior irradie todos seus corpos com amor. Você permite a unificação de seu coração à sua consciência cósmica e as experiências na matéria se tornam mais suaves. Elas continuam a existir, estão ali ainda mais agora você as vê sob uma ótica transcendente, irradiados pelo amor. Elas já não te arrastam, você as preenche de amor.

Unifique o seu coração a esse ponto de luz sob sua cabeça e deixe que ele purifique seu coração de toda magoa, de toda culpa, do rancor. Todos esses sentimentos inferiores estão sendo entregues ao seu eu superior para que ele os purifique, para que haja a transmutação de tudo a os aliviar.

Entregue e se vierem as lágrimas deixem as vir e o sinal da purificação, do desapego, da limpeza. E diga, eu permito a transmutação de todos meus medos, dos meus receios e te entrego de coração aberto meus sentimentos mais duros, mais escuros para que sejam preenchidos de amor.

Somos Kuan Yin e Rowena e os abençoamos nesse instante.

Canais: Thiago Strapasson e Michelinha OM – 28.Dez.2016

Colaboração: Lara Rosa Branca

Fontes: http://coracaoavatar.blog.br/ e http://verdadetransmutadora.blogspot.com.br/.


 

Veja mais em: CORAÇÃO AVATAR | O efeito da aglutinação: teoria e exercício – Mestras Kuan Yin e Rowena »

QUANDO NOS PERMITIMOS SER CONDUZIDOS PELA NOSSA ALMA…

no-comando-da-alma

5  Sinais  de  que  sua  alma  está  no  comando  da  sua vida

Por: Luciana Lara

 

Aprender a ouvir nossa alma não é uma tarefa fácil em um mundo onde as aparências contam mais do que a real felicidade. Mas muitos já estão buscando a felicidade real, aquela que coloca um sorriso radiante no rosto e aquele calor gostoso no peito. Quem experimenta ser guiado pela própria alma, consegue se desprender de convenções sociais, sentimentos de carência e abandono e dedicam sua existência a fazer a diferença por onde passam, pois isso cria um vínculo forte com as energias positivas mais fortes que existem.

Alguns sinais são bem típicos em pessoas que encontraram o caminho até suas almas e as deixaram falar mais alto.

1 – É feliz na vida profissional

Já conseguiu sentir orgulho em terminar um projeto de sua autoria?

Quando a alma se propõe a fazer algo, não aceita nada que não seja o melhor. Geralmente é reconhecida e elogiada pela maioria das pessoas a sua volta. Críticas negativas não tem nenhum poder, nada desmotiva uma pessoa guiada pelo amor e pela alma na vida profissional.

2 – Luta para realizar seus sonhos

A alma não permite que você abandone os sonhos, por isso você traça metas, guarda dinheiro e faz o que for preciso para realizar o que quer na vida. O bom é que a alma sempre consegue realizar os sonhos, mesmo que demore ou seja difícil, ela sempre consegue.

3 – Sente gratidão por tudo que possui e pelos problemas que o ajudaram a se tornar quem é!

Você enxerga que as pessoas ruins e as rasteira que você tomou na vida foram aprendizados importantes e sente que a força e a fé em si mesmo que você adquiriu foram graças aos tropeços e golpes que tomou.

4 – Críticas de pessoas tóxicas não te abalam.

Algumas pessoas se sentem incomodadas com seu equilíbrio diante de situações difíceis. Sua força e determinação vez ou outra causam um certo incômodo, e algumas vezes tentam te atacar com fofocas. Mas isso não chega nem perto de te abalar, e você chega muitas vezes a rir do incômodo gratuito que causa em pessoas tóxicas e invejosas.

5 – Você é calmo e trata os outros com gentiliza.

Aquela necessidade de brigar e provar seu valor já não existe mais. Você já sabe o seu valor, do que é capaz e suas atitudes demonstram isso. Por isso não é necessário provar nada a ninguém, nem ficar na defensiva o tempo todo. Ansiedade você já aprendeu a controlar, medo não faz mais parte do seu mundo.

Sua energia positiva já é mais forte do que qualquer negatividade ao seu redor.

Todos nós somos capazes de atingir altos níveis de positividade, não existem limitações para a alma, o que existem são transtornos mentais causados por diversos fatores que nos impedem de encontrar nossa verdadeira essência, nosso equilíbrio e nossa felicidade.

Que Deus te abençoe sempre!

Luciana Lara


Via: 5 Sinais de que sua alma está no comando da sua vida – Terapias & Coaching

MAHATMA GANDHI, O USO DA SABEDORIA ATRAVÉS DA PAZ…

mahatma-gandhi

20  frases  ditas  por  Gandhi  que  vão  mover  seu  coração

Por Tara MacIsaac

 

Mahatma Gandhi, um homem que inspirou o mundo com sua coragem e convicção (Wikimmedia Commons)

Mahatma Gandhi, um homem que inspirou o mundo com sua coragem e convicção  (Wikimmedia Commons)

 

Mahatma Gandhi inspirou inúmeras gerações, deixando um impacto significativo na vida das pessoas mesmo décadas após sua existência. Abaixo estão algumas palavras sobre coragem, trabalho, não-violência, aprimoramento pessoal e convicção ditas por Gandhi, um homem capaz de tocar o coração de milhares de cidadãos.
1. “O melhor modo de encontrar a si próprio é perder-se à serviço de outros.”
2. “Você pode me acorrentar, pode me torturar, pode inclusive destruir este corpo, mas jamais aprisionará minha mente.”
3. “Seja a mudança que você gostaria de ver no mundo.”
4. “A diferença entre o que nós fazemos e do que somos capazes de fazer seria suficiente para resolver a maioria dos problemas deste mundo.”
5. “Uma pitada de prática vale mais do que toneladas de pregações.”
6. “Nós podemos jamais ter força suficiente para ser completamente não-violentos nos pensamentos, palavras e atos. Porém precisamos manter a não-violência como nosso objetivo e progredir fortemente em direção a este objetivo.”
7. “A força não provém da capacidade física. Vem de um desejo indomável.”
8. “Um ‘Não’ advindo da mais forte convicção é melhor do que um ‘Sim’  apenas dito para agradar, ou pior, para evitar confusão.”
9. “Felicidade é quando o que se fala, o que pensa e o que se faz estão em plena harmonia.”
10. “Primeiro eles lhe ignoram, depois lhe ridicularizam, depois lutam com você, e então você vence.”
11. “Olho por olho somente tornará o mundo inteiro cego.”
12. “Viva como se fosse morrer amanhã. Aprenda como se fosse viver eternamente.”
13. “Você pode nunca saber quais resultados virão de suas ações, mas se você não tomar uma atitude, nenhum resultado virá.”
14. “Se acredito que posso fazê-lo, provavelmente adquirirei a capacidade para isso, mesmo não a tendo no começo.”
15. “A liberdade não vale a pena se não inclui a liberdade de se cometer erros.”
16. “Há inúmeras causas as quais estou disposto a morrer, mas nenhuma a qual estou disposto a matar.”
17. “A prece não é um pedido, é um anseio da alma. É admitir diariamente as suas fraquezas. É melhor possuir um coração sem palavras em meio à prece, do que palavras sem coração.”
18. “A não-violência é a maior força disponível da humanidade. É mais poderosa do que a arma mais poderosa de destruição já criada pela ingenuidade do homem.”
19. “Não precisamos converter uns aos outros por meio de nossos discursos ou pelas nossas palavras. Só podemos fazê-lo com nossas próprias vidas. Que nossas vidas sejam um livro aberto para que os outros possam estudá-lo.”
20. “A não-violência é a arma dos fortes.”

 

Gandhi trabalhando com roca (Wikimedia Commons)

Gandhi trabalhando com a roca (Wikimedia Commons)

 


 

Fonte: Epoch Times

Via:20 frases ditas por Gandhi que vão mover seu coração • Epoch Times PT

O COMANDO ASHTAR FORMA COM SUAS NAVES UMA BARREIRA PROTETORA AO REDOR DA TERRA…

naves-ao-redor-do-planeta

Semearemos o Novo Mundo com a semente do Amor e da Misericórdia

Comando Ashtar através de Vinícius Francis

 

Recebam nossas intenções de amor em raios de luz azul prateada. Estamos sempre perto, ajudamos sempre que possível e interferimos quando necessário. Assistimos o desenvolvimento de sua espécie, acompanhamos cada passo do progresso da humanidade, auxiliando em tudo o que nos é permitido, dentro das leis que regem o nosso Comando, que são de profunda e incompreensível justiça, para vocês.

Pois nossa justiça não está baseada em vossos valores morais. Nossa justiça se baseia no funcional, de acordo com a necessidade de evolução e expansão do todo. Queremos dizer que estamos atentos a tudo o que ocorre no orbe azul. Ouvimos seus apelos, entretanto, não agiremos conforme eles, mas segundo o plano que nos foi estabelecido por forças superiores. Pois visamos o bem, não somente de vosso planeta, como de todo sistema do qual ele faz parte.

Um mínimo deslize na operação aí, pode gerar resultados desagradáveis em outros planetas, cujo ciclo cármico coincide com o vosso, por isso estão ligados. Agimos conforme orientações dos Senhores do Carma, como aí nomeiam, vossos Mestres espirituais e mentores de vossos processos evolutivos. Que vos amam incondicionalmente e trabalham de forma incansável para que despertem e compreendam a Verdade do Espírito.

Amamos a vida em seu planeta e trabalhamos pelo desenvolvimento dela, mas sem interferência direta, pois o Criador trabalha em cada Ser, individual e coletivamente, de forma perfeita. Não interferimos nas leis do Criador, não interferimos na forma como a natureza Dele move a própria vida, nós somos guardiões das leis da Vida e não seus inimigos e opositores.

Estes existem e infligem constantemente as leis da Espiritualidade Superior que visa manter o cosmos em perfeito equilíbrio e fluxo de expansão. Esses opositores tentaram desviar o objetivo primórdio. E desde então, estamos trabalhando para que o equilíbrio espiritual, moral e tecnológico andem de mãos dadas na Terra. Estamos sempre atentos.

Mas vale recordar-vos de que toda ação de vossos opositores do progresso sempre encontra funcionalidade no arranjo evolutivo do Todo, do contrário, não aconteceria. Aceitamos que muitas vezes o crescimento vem pela opressão e como resposta ao sofrimento. Através da injusta dominação à qual foram submetidos por ignorância, brota em cada Ser consciente o senso de transformação. E isso, no final, gera a evolução e mudança que são precisos.

E acompanhamos cada parte desse processo. Não existem forças do mal, existem irmãos ignorantes que agem conforme seu desvio das Leis de Amor do Criador em beneficio deles mesmos, visando somente o próprio bem. Essas forças intentam em interferir nos processos evolutivos de mundos que estão em fase semelhante à que a Terra estava, há centenas de milhares de anos. E alguns casos, permitimos sua ação, pois esta acaba por acelerar o processo de amadurecimento dos espíritos, conferindo-lhes habilidades que precisam ser externadas em situações de sobrevivência.

Porém, em cada passo desse caminho, nada sai dos planos maiores do Criador. E desde então, viemos semeando conforme as possibilidades, a perfeita justiça e verdade na humanidade. Não é uma tarefa fácil, pois os homens de seu mundo, embora clamem por mudança, rejeitam a Verdade, pelo fato de que ela se contrapõe aos seus interesses egocêntricos.

E isso tem sido assim por dezenas de milhares de anos. Não pudemos nos comunicar diretamente por muito tempo. Então, nossa estratégia foi renascer entre os humanos, de tempos em tempos, em pequenos grupos e com isso, provocar alguma alteração, não somente na estrutura energética do planeta, como na civilização de modo geral.

E precisávamos ir à determinadas regiões astrais inferiores, às quais só se tem acesso através do portão do desencarne e do reencarne. Resgatamos muitos, desfizemos planos hediondos de destruição e dominação em massa de maneira ainda mais cruel do que houve até hoje. Despertamos muitos ao amor. E nosso trabalho continua. Somos muitos, vocês nos classificariam por legiões ou podem chamar de frotas.

Nosso trabalho tem sido constante. Nossas mensagens são cuidadosamente enviadas à Terra, embora atualmente muitas sejam disseminadas em nosso nome, mas não procederam de nós. Todo conteúdo que não vos projeta ao progresso espiritual e que não se baseia nas leis do Universo e na perfeita Justiça que já é sobre tudo, de nós não procede.

Não temos como objetivo apenas nos comunicar para com isso, nos tornarmos conhecidos por vocês. Não buscamos reconhecimento, mas o progresso. O progresso de vossa civilização fundamentado no Amor e na Paz do Cristo Interno é o que nos apraz. Nada mais é de nosso interesse, não estamos envolvidos em causas egoicas, não atuamos em planos humanos, não concordamos com o vosso sistema, porém não pretendemos destruí-lo, pois nossas forças não são utilizadas para a destruição, somente para edificação.

Tem-se espalhado em vosso meio muita mentira sobre nós. E muitas falsas promessas de intervenção. Queremos que saibam que nada fazemos sem que vocês permitam e assim, se abram e desejem com todo Ser. Não somos invasores, não somos inimigos de vossos inimigos, somos irmãos de todos, dos que amam e dos que odeiam, portanto, não usaremos nunca de violência sobre qualquer Ser deste arranjo.

Foi dito a vocês que é necessária misericórdia, não sacrifício. Trilhamos pelo caminho da misericórdia e da compaixão. Temos compaixão dos que dominam o próximo e vivem baseados no egocentrismo, não ódio ou desejo de destruí-los. Não sentimos tais coisas, pois nossa escolha é por viver baseados no Amor, porque é ele que nos torna fortes. E é dele que procede toda boa solução.

Nossa política é baseada nesse Amor, da não resistência ao mal. Da Paz e nunca da guerra. Impedimos ações hostis de mal intencionados, contudo, nunca através da guerra. Nossas forças são de defesa e não de ataque. Neste momento, nossas frotas estão ancoradas junto à atmosfera de seu planeta e vos garantimos que nenhuma força que intente vos fazer mal atravessará nossa barreira. Nosso trabalho será cumprido, cuidadosamente cumprido no tempo determinado.

E esse tempo quem determina são vocês e as forças superiores. Nós apenas trabalhamos segundo as leis, não determinamos nada. Desejamos unicamente que vocês evoluam, progridam, cresçam. Que se interessem mais e mais pela Espiritualidade e pelas Leis de Amor e Paz de vosso Criador.
Sigam as pegadas do Cristo e façam da bondade a vossa melhor ação. Cessem de nos buscar entre as nuvens, não nos verão assim. Querem ser notados por nós? Façam o bem e o reconheceremos em vossas atitudes.

Não pensem que implantaremos um Novo Mundo pela força, não o faremos. Semearemos o Novo Mundo pela semente do Amor e da misericórdia. Não podemos interferir em vossas escolhas, podemos minimizar os efeitos dela, mas nunca retirar de vocês um direito que o Criador vos conferiu.

Tudo é sempre perfeito, nada está errado. Enxergam erros porque veem a vida com os olhos de vossas crenças humanas. Vejam além e entenderão a perfeita funcionalidade em cada circunstância e acontecimento. Ainda nos comunicaremos mais, temos muito a vos passar dentro de nosso propósito. Permaneçam firmes em vossas intenções de Bem e de Paz.

Vos protegeremos no caminho, mas nunca livraremos vocês de seus próprios desacertos, isso é tarefa unicamente vossa. Que o Amor vos impulsione na jornada. Que o perdão seja a vossa resposta ao mal. Que o Cristo resplandeça em vossos corações. Estamos aqui em vosso auxílio.

Somos Ashtar, a serviço do Cristo e imersos no Amor do Eu Sou

 


 

Via: OS FILHOS DA ALVA – UMA ALIANÇA ENTRE O HOMEM E O REINO DE DEUS: Comando Ashtar – Semearemos o Novo Mundo com a semente do Amor e da misericórdia

SAINDO DAS TREVAS DA ILUSÃO DE SEPARATIVIDADE…

consciencia-universo

A ilusão da separatividade

Por: Krishnamurti

Palestra realizada em Londres – 1931 – Do livro: Coletânea de Palestras

 

Vós, homens, como indivíduos, desenvolveis vossos sentidos pela luta social, pela auto-preservação e dais inicio, assim, à consciência de separação. Desde a infância que vos foi incutida a idéia de que sois uma entidade separada; e desta ilusão provem a divisão entre “vosso” e “meu”, no que pensais e no que sentis, no que possuis e em todas as cosias.

Daí surge também a idéia de que vos deveis tornar algo de grande no futuro e a de que fostes já algo no passado. Um contraste contínuo. E desta consciência separada surgem – cobiça, a inveja, o ódio, o sentimento de posse, a preocupação da vaidade, as alegrias passageiras, as tristezas transitórias e os transitórios prazeres. Esta é uma civilização grosseira baseada na competição, na qual cada um trata de si, sem benevolência, sem equanimidade. É um mundo de conflito, de corrupção, de contenda, que a seu tempo conduzirá à guerra.

Em virtude de tal entendimento de separatividade, o “Eu” torna-se todo poderoso; dessa consciência de separação nasce o medo. E onde quer que exista o medo, manifesta-se imediatamente o desejo de buscar o conforto, em lugar do entendimento que dissipa todo o temor. Pois o conforto adormece o vosso temor inato de perder vossa identidade separada.

O conforto produz tão somente um ajuste temporário, mas não uma harmonia e equilíbrio permanentes; produz um alivio imediato em vez de um entendimento compreensivo, contínuo; produz o adiamento do esforço, uma evasão contínua em lugar da luta para compreender no presente. Por causa desse temor, buscais o consolo no culto, na prece, no erguimento de imagens, por intermédio de ritos e cerimônias. Essa ilusão de separação vos leva à preocupação da morte, e do que vai acontecer no futuro, isto é, sobre se tereis de vos reencarnar e sobre o que haveis de ter sido no passado. Por outras palavras, são o passado e o futuro que empolgam o homem que se acha atemorizado; a compreensão do presente, nunca. Enquanto o presente não for compreendido, o futuro jamais vos proporcionará seu verdadeiro significado, pois que o futuro, na realidade, não existe.

Todos esses problemas – o de porque nasci, ou o que acontecerá após a morte, o da sobrevivência da alma, o da reencarnação, o de como posso tornar-me algo mais e de como posso adquirir mais qualidades afim de encontrar a verdade – todas essas coisas nascem da consciência da separação.

Quando é compreendida a idéia de que a verdade, essa realidade viva, existe em todas as coisas e em todos os instantes, em toda a sua integridade, então não mais existirá o pensamento de progresso, ou seja – tornar o que é ilusório, o “Ser”, em algo permanente. Em todas as fases da vida dá-se importância ao individuo – não a individualidade que, tornada plenamente consciente, dissipa sua própria consciência, para o engrandecimento do “Eu”.

Observe a maioria das pessoas, e verificareis que todas pensam que, por tornarem-se maiores, por ampliarem sua consciência, mediante uma série de experiências, pelo fato de retroceder, avançar e reencarnar, se estão aproximando cada vez mais da verdade.

Para mim, essa concepção é inteiramente ilusória, pois a realidade, em sua inteireza, em sua plenitude, em sua riqueza, existe em tudo e, portanto, é eterna. O que é permanente, eterno em tudo, não pode progredir. O que denominamos progresso somente pode ser aplicado a determinado fato, não à realidade.

Nossa principal preocupação deverá ser, então, a de por qual maneira cada um se poderá tornar apercebido desse eterno, dessa viva realidade que sustenta, nutre e eleva todas as coisas e que se acha em nós mesmos. Enquanto criardes um mundo exterior e um mundo interior e vos esforçardes por produzir um ajustamento entre ambos, jamais, encontrareis a realidade.

Quando o homem está consciente de si próprio como entidade separada, continuamente busca o exterior para encontrar auxilio, para sua subsistência, para seu bem-estar; e desse modo cria ele desordem em lugar de ordem, e por causa dessa desordem surgem as superstições, as ilusões, as cerimônias.

Trata-se, portanto, da maneira, do processo mediante o qual cada um pode realizar essa realidade interior que assegura a tranqüilidade da vida, não a estagnação, não a paz que obscurece, que destrói, porém essa tranqüilidade que é a fonte da compreensão viva e eterna.

É somente por meio do esforço individual que a verdade pode ser realizada, não por meio de associações de qualquer espécie que sejam. Não podereis, por via de uma instituição, encontrar a verdade, pois a verdade habita em vós mesmos e as instituições não podem ajudar o indivíduo a encontrar a verdade. Não importam quais sejam elas. Todas tendem a tornarem-se cada vez mais formalistas e a verdade cada vez mais delas se distancia. Precisais buscar a verdade por vós mesmos, como indivíduos; visto que ela mora em vós, não no exterior. Quando o individuo se houver compreendido a si mesmo, viverá num ambiente de perfeita harmonia e não contribuirá para a desordem do mundo.

A partir do momento em que vós, como indivíduos, tende resolvido vosso problema particular, tenhais realizado a verdade por vós mesmos, não mais contribuireis para a crueldade, para as guerras, para a espantosa tirania e desgraça que imperam no mundo.

É importante que cada individuo compreenda, não os adornos superficiais da vida, mas como, pelo continuamente deixar de parte a consciência que cria a separação, se pode ele tornar apercebido dessa realidade interior que reside em todas as coisas.

Se quiserdes verificar isto, vós, como indivíduos, tendes que inteiramente vos desapegar de todos os sistemas tradicionais, convencionados e socializados, de pensamento e de conduta. Verificareis, então, quão necessário é não confiar, quer em autoridades de tradição, quer na conduta sistematizada. Antes que possais compreender a verdade, é preciso que vos torneis plenamente conscientes de vossa própria separatividade e, assim, de todas as qualidades e seus respectivos opostos. Isto é, tendes que vos tornar tão consciente de vós mesmos que todos os vossos desejos, propósitos e conflitos ocultos sejam trazidos à evidência, examinados e compreendidos por vós. Por vos tornardes intensamente conscientes, consumireis toda a subconsciência, pois que, quando estiverdes plenamente cônscios de vossas ações, de vossos pensamentos e emoções, a hipocrisia cessará de existir, cessarão as ilusões, os desejos secretos e as fantasias não mais terão ascendência sobre vós. E então, quando estiverdes assim, limpos e cheios de propósito, podereis chegar à esse estado em que não existem pretensas qualidades e, portanto, não há conflitos.

Quando introduzis o elemento pessoal em vosso julgamento, inevitavelmente perverteis vossa compreensão. Necessitais distinguir entre o que é pessoal e o que é individual. O pessoal é acidental, e por acidental entendo eu, as circunstancias de nascimento, o ambiente em que fostes criados, vossa educação, vossas tradições, vossas superstições, vossas distinções de nacionalidade e classe, e todos os preconceitos que por este processo se desenvolvem. O que é pessoal somente se relaciona com o acidental, com o que é momentâneo, ainda que esse momento possa durar o período inteiro de uma existência. A educação moderna conduz à perversão do pensamento e o espírito de nacionalidade, de classe, de tradição aumentada pelo medo. Quando ajuizardes de um fato não o façais partindo do ponto de vista pessoal: julgai-o sob o ponto de vista do individuo, que é o do eu.

Pois as qualidades – as virtudes e os pecados, o bom e o mau, as alegrias e as tristezas – pertencem a consciência do “Eu”. Quando estou consciente de mim mesmo, invento virtudes e pecados, o bom e o mau, o céu e o inferno, para me proporcionarem equilíbrio em minha luta com os opostos.

Enquanto houver tal consciência da separação, do eu, da personalidade, não pode existir a realização da verdade; antes, porém, que possais transcender essa consciência, tendes que vos tornar plena e vitalmente auto-conscientes. Tal significa que necessitais vos tornar conscientes de vós próprios como indivíduos, não como uma máquina, não como um mero dente da engrenagem desta rude civilização onde impera a competição.

Antes que vos possais tornar plenamente conscientes, e, dessa forma, perder a auto-consciência, há três condições a passar, relativas à consciência. Na primeira delas, o individuo é escravo dos sentidos e de seus anseios. Para satisfazê-los, torna-se ele simplesmente egoísta, dependendo, inteiramente, para a sua felicidade, das coisas exteriores, das sensações e excitações e, desse modo, fica cada vez mais emaranhado na tristeza e na dor. Sua conduta é encaminhada pelo egoísmo. Toma cada vez maiores responsabilidades sobre si e torna-se, por essa forma, um simples escravo da ação. Tal homem não tem tempo nem inclinação para a quietação do pensamento, para a reflexão, para o exame. Pois a verdadeira reflexão cria a dúvida, as investigações que levam ao isolamento, ao afastamento, o que ele cuidadosamente evita.

Depois, vem o segundo estágio em que o homem se apercebe de suas faltas, de seus defeitos, de suas ilusões, de suas crueldades. Tornando-se, assim, consciente de sua própria natureza, tenta desembaraçar-se, livrar-se do domínio dos sentidos e começa a libertar a mente e o coração. Começa por diminuir, gradualmente as próprias responsabilidades, sem abandonar sua vida na torrente do mundo. A ação, nascida da consciência de si mesmo, e na qual existe a separatividade, é embaraçante, limitadora, pesada; porém a ação, que é o resultado da liberdade, da individualidade, é libertação.

O indivíduo que possui, agora, o forte desejo de libertar-se, começa a disciplinar-se. Essa disciplina não lhe é imposta pelo exterior, não é o resultado da repressão; antes, em virtude do seu desejo de ser livre, de realizar a verdade, impõe ele a si próprio uma disciplina oriunda do entendimento – não oriunda do medo, não coagido pelas circunstâncias sociais ou pelo ambiente. Deseja então libertar a mente, o coração e, desse modo, viver em harmonia. Impõe a si mesmo, por isso, uma disciplina maior do que qualquer das disciplinas provindas do exterior.

Em seguida vem o terceiro estágio de consciência, em que o homem está completamente senhor dos sentidos, completamente senhor do seu corpo. Isso não significa ser desenvolvido muscularmente, nem que o corpo não sinta dores, nem tão pouco que ele morra; será senhor do corpo, no sentido de não mais se emaranhar em seus anseios, suas sensações e excitações.

Começa ele, então, a libertar-se do medo e das ilusões que ele próprio cria.

Uma vez que estejais libertos das ilusões, do temor, de todas as outras qualidades, haverá para vós, um como retiro interior nascido da alegria, retiro nascido não do tédio, nem do retraimento, nem do intuito de fugir a este mundo de conflito, porém um retiro interno de alegria em meio da ação.

Quando tal acontecer, a reflexão e a analise virão dar lugar a uma concentração tremenda; não a concentração sobre um objeto, mas a concentração em que não há sujeito nem objeto, o pleno conhecimento em que não há mais contrastes.

Ulteriormente, proveniente deste retiro, manifesta-se uma harmonia interior, a equanimidade entre a razão e o amor – o pensamento liberto das fantasias e teorias pessoais, o amor liberto da especialização, amor que é como o perfume de uma flor.

Quando existe esta harmonia, não mais se inquire a respeito de futuro e de passado.

Não mais terá lugar a pergunta de – se continuarei “Eu” a viver como entidade separada.

O passado com suas faltas e tristezas, desaparece, e o futuro, com suas esperanças, anseios e antecipações, desaparece também: oriunda desses dois termos, nasce a harmonia do presente, a qual é a realização dessa inteireza que existe em todas as coisas.

Quando ela for realizada, haverá tranqüilidade, haverá a realidade viva da felicidade.


Via: A ilusão da separatividade – Jardim dos Mestres

SENTINDO O CORAÇÃO APERTADO? PODE SER O TIMO, REAGINDO A UMA EMOÇÃO…

timo

A GLÂNDULA TIMO E A ESPIRITUALIDADE

 

Na anatomia humana, o timo é um órgão linfático que está localizado na porção antero-superior da cavidade torácica. Limita-se superiormente pela traquéia, a veia jugular interna e a artéria carótida comum, lateralmente pelos pulmões e inferior e posteriormente pelo coração. É vital contra a autoimunidade. Ao longo da vida, o timo involui (diminui de tamanho) e é substituído por tecido adiposo nos idosos, o que acarreta na diminuição da produção de linfócitos T.

Histologia

Externamente, o timo é envolto por uma cápsula de tecido conjuntivo, de onde partem septos que dividem o órgão em numerosos lóbulos. Cada lóbulo apresenta uma capa, o córtex, que é mais escura, e uma polpa interior, a medula, que é mais clara. A zona cortical, mais periférica, é onde se encontram pró-timócitos, timócitos e linfócitos T em diferenciação e maturação; nesta área os capilares são mais fechados para impedir a saída de linfócitos T não maduros para o organismo. A zona medular, mais interna, é onde se encontram pro-linfócitos T e linfócitos T maduros, prontos para se dirigir a órgãos linfóides secundários onde completarão sua ativação, também encontra-se corpúsculo de Hassall.

Fisiologia

Em termos fisiológicos, o timo elabora várias substâncias: timosina alfa, timopoetina, timulina e o fator tímico circulante. A timosina mantém e promove a maturação de linfócitos e órgãos linfóides como o baço e linfonodos. Existe ainda uma outra substância, a timulina, que exerce função na placa motora (junção dos nervos com os músculos) e, portanto, nos estímulos neurais e periféricos, sendo considerada grande responsável por uma doença muscular chamada miastenia grave.

Extraído de: Wikipédia | Timo

 


Glândula TIMO – A chave da imunidade e da energia vital.

Por: Sonia Hirsch

No meio do peito, bem atrás do osso onde a gente toca quando diz “eu”, fica uma pequena glândula chamada timo.

Seu nome em grego, thýmos, significa energia vital. Precisa dizer mais?

Precisa, porque o timo continua sendo um ilustre desconhecido. Ele cresce quando estamos contentes, encolhe pela metade quando estressamos e mais ainda quando adoecemos.

Essa característica iludiu durante muito tempo a medicina, que só conhecia através de autópsias e sempre o encontrava encolhidinho.

Supunha-se que atrofiava e parava de trabalhar na adolescência, tanto que durante décadas os médicos americanos bombardeavam timos adultos perfeitamente saudáveis com megadoses de raios X achando que seu “tamanho anormal” poderiam causar problemas.

Mais tarde a ciência demonstrou que, mesmo encolhendo após a infância, continua totalmente ativo; é um dos pilares do sistema imunológico, junto com as glândulas adrenais e a espinha dorsal, e está diretamente ligado aos sentidos, à consciência e à linguagem. Como uma central telefônica por onde passam todas as ligações, faz conexões para fora e para dentro.

Se somos invadidos por micróbios ou toxinas, reage produzindo células de defesa na mesma hora.

Mas também é muito sensível a imagens, cores, luzes, cheiros, sabores, gestos, toques, sons, palavras, pensamentos.

Amor e ódio o afetam profundamente.

Idéias negativas têm mais poder sobre ele do que vírus ou bactérias.

Já que não existem em forma concreta, o timo fica tentando reagir e enfraquece, abrindo brechas para sintomas de baixa imunidade, como herpes.

Em compensação, idéias positivas conseguem dele uma ativação geral em todos os poderes, lembrando a fé que remove montanhas.

O teste do pensamento


Um teste simples pode demonstrar essa conexão.

Feche os dedos polegar e indicador na posição de o.k, aperte com força e peça para alguém tentar abri-los enquanto você pensa “estou feliz”.

Depois repita pensando “estou infeliz”.

A maioria das pessoas conserva a força nos dedos com a idéia feliz e enfraquece quando pensa infeliz. (Substitua os pensamentos por uma bela sopa de legumes ou um lindo sorvete de chocolate para ver o que acontece…)

Esse mesmo teste serve para lidar com situações bem mais complexas.

Por exemplo, quando o médico precisa de um diagnóstico diferencial, seu paciente tem sintomas no fígado que tanto podem significar câncer quanto abcessos causados por amebas. Usando lâminas com amostras, ou mesmo representações gráficas de uma e outra hipótese, testa a força muscular do paciente quando em contato com elas e chega ao resultado.

As reações são consideradas respostas do timo e o método, que tem sido demonstrado em congressos científicos ao redor do mundo, já é ensinado na Universidade de São Paulo (USP) a médicos acupunturistas.

O detalhe curioso é que o timo fica encostadinho no coração, que acaba ganhando todos os créditos em relação a sentimentos, emoções, decisões, jeito de falar, jeito de escutar, estado de espírito…

“Fiquei de coração apertadinho”, por exemplo, revela uma situação real do timo, que só por reflexo envolve o coração.

O próprio chacra cardíaco, fonte energética de união e compaixão, tem mais a ver com o timo do que com o coração- e é nesse chacra que, segundo os ensinamentos budistas, se dá a passagem do estágio animal para o estágio humano.

“Lindo!”, você pode estar pensando, “mas e daí?”.

Daí que, se você quiser, pode exercitar o timo para aumentar sua produção de bem estar e felicidade.

Como? Pela manhã, ao levantar, ou à noite, antes de dormir.

a).. Fique de pé, os joelhos levemente dobrados. A distância entre os pés deve ser a mesma dos ombros. Ponha o peso do corpo sobre os dedos e não sobre o calcanhar, e mantenha toda a musculatura bem relaxada.

b).. Feche qualquer uma das mãos e comece a dar pancadinhas contínuas com os nós dos dedos no centro do peito, marcando o ritmo assim: uma forte e duas fracas.
Continue entre três e cinco minutos, respirando calmamente, enquanto observa a vibração produzida em toda a região torácica.

O exercício estará atraindo sangue e energia para o timo, fazendo-o crescer em vitalidade e beneficiando também pulmões, coração, brônquios e garganta. Ou seja, enchendo o peito de algo que já era seu e só estava esperando um olhar de reconhecimento para se transformar em coragem, calma, nutrição emocional, abraço.

Ótimo, íntimo, Cheio de estímulo. Bendito Timo.

Da jornalista e pesquisadora naturista Sonia Hirsch

Postado por: Mìck Bèrnard
EXTRAÍDO DE: Observatório Cósmico | Glandula TIMO: A chave da imunidade e da energia vital.


A GLÂNDULA TIMO E AS TÉCNICAS DE CURA DA MEDICINA HOLÍSTICA TRADICIONAL (PARTE I)

Por: Bernardo Melgaço

Desde 1988 venho me questionando sobre a relação entre o Amor metafísico (que vivenciei uma única – e inesquecível! – vez) e o Amor físico (que experimentei centenas de vezes!). E já se passaram mais de 20 anos da minha experiência mística e holística com o Amor Cósmico e de lá para cá sempre me indaguei sobre aquele fenômeno maravilhoso e misterioso que se manifestou no centro do meu peito em 1988. Eu sabia desde o primeiro dia da experiência que tive, que havia pelo menos dois planos de experiência/vivência acontecendo simultaneamente: o físico e o metafísico. E que o plano metafísico (dos chacras) era a raiz da energia humana – o nosso lado transcendente. E o plano físico era o meio, o caminho de realização física e material – o nosso lado imanente. Mas, o que me intrigava era saber qual parte do plano físico estava de fato ligado ao plano metafísico do chacra cardíaco. Hoje, após todos esses longos anos de incertezas e questionamentos tenho que admitir que a resposta está nas glândulas, principalmente a glândula TIMO. Ela tem um papel vital no processo de regulação do humor; no processo imunológico e; no processo de refinamento das emoções entre tantas outras funções.

Gostaria de sugerir um desafio acadêmico aos médicos e pesquisadores em geral que possuem mentes abertas: pesquisem a relação entre a glândula timo, o chacra cardíaco e o sistema imunológico. Acredito que nessa relação estão as respostas para várias doenças tais como a AIDs, o Câncer, etc. Essa hipótese está baseada numa vivência mística que tive em 1988. Eu vivenciei em meu peito o fenômeno da interligação dos planos energéticos sutil (dos chacras) e concreto (glândulas timo, pineal e outras). Assim, parto de uma experiência íntima para a formulação de uma hipótese e não o caminho contrário (da hipótese para o teste ou experiência) que é muito comum nos processos de pesquisa científica. Sugiro aos médicos e todas as pessoas (pesquisadoras ou não) ligadas às áreas de saúde que estudem o conteúdo do livro MEDICINA VIBRACIONAL: A MEDICINA DO FUTURO do médico-pesquisador Dr. Richard Gerber. Nesse livro vocês encontrarão subsídios técnicos e científicos para buscarem uma conexão entre a TIMO, o CHACRA e o SISTEMA IMUNOLÓGICO.

A ciência precisa alargar seus horizontes como já vem fazendo muito bem nos campos de conhecimento da genética, física quântica e a astrofísica. Mas, mesmo assim precisamos urgentemente de hipóteses metafísicas para descortinarmos um mundo de fenômenos sutis responsáveis por boa parte das doenças crônicas. Sinto intuitivamente que quando os cientistas decidirem testar a hipótese da causalidade descendente (do plano metafísico para o plano físico, ou do plano qualitativo para o plano quantitativo) daremos um passo gigantesco fenomenal para explicarmos uma série de doenças de origem ainda desconhecida. A ciência moderna ainda não sabe penetrar no mundo essencial qualitativo das energias sutis das emoções humanas. Essa crítica foi realizada em minha monografia de dissertação de mestrado defendida em 1992 na COPPE/UFRJ. Em outras palavras, as energias descobertas pela ciência ainda são insuficientes para identificarem um conjunto de fenômenos causadores de anomalias no campo energético do sistema complexo e multidimensional da consciência e das transformações que ocorrem na relação entre psique e corpo físico.

Uma coisa eu descobri e constatei em minhas experiências íntimas (vivências): a forma como vemos um objeto (seja ele físico ou metafísico) afeta o objeto observado (essa tese é também uma afirmativa da física quântica moderna). Isso implica dizer que o universo guarda segredos no próprio modo e ato de se observar um fato ou fenômeno. Ou seja, não existe neutralidade no campo científico e nem no campo do senso comum. O tempo todo estamos afetando o mundo e somos afetados pelos outros a nossa volta. Existe uma fronteira invisível entre o que nos é desconhecido e o que já é conhecido. A transição de um lado para o outro acontece em planos da percepção em que estamos agindo ou construindo – de um modo geral estamos inconscientes na ocasião da transição. As doenças, enquanto fenômenos naturais são também criadas pela forma como nos conduzimos na relação que temos com as multidimensionalidades das energias que circulam entre o homem e a natureza. Somos seres extremamentes sensíveis, plurais e abertos para o cosmos. Nesse contexto, todos os fenômenos nos afetam (direta ou indiretamente) sem que tenhamos sensibilidade para vermos as suas origens no nascimento deles. Por exemplo, as explosões solares (muito comuns na superfície do sol) afetam os sistemas de radar dos pássaros, baleias, seres humanos, celulares, satélites etc.

Então a nossa realidade nos guarda o maior mistério que é a essência ou qualidade dos fenômenos. O essencial é invisível porque não se mede quantitativamente. As doenças são visíveis pelos seus efeitos, o princípio delas é desconhecido na sua origem. Nesse sentido, precisamos adotar uma nova abordagem científica que seja compatível com o objeto ou fenômeno observado. Pois, só vemos o que nos é compatível com o nosso nível de consciência. O comum é o centro da curva normal (na área da estatística), os extremos são incompreensíveis e invisíveis para o nosso olhar viciado.

Eu vou revelar aqui uma descoberta que fiz em 1988: o que chamamos de impressões digitais são na verdade centros de energia (chacras (ou chakras) menores), verdadeiros receptores ou antenas captadoras de energias sutis cósmicas. Pergunto, então: quantos dos meus leitores alcançarão essa verdade vivenciada por mim em 1988? O Amor tão falado por Jesus Cristo está situado no centro do peito e tem uma relação direta com a glândula TIMO. Por isso, que alguns autores e pesquisadores afirmam que a falta de amor no mundo é a maior desgraça que afeta a paz e a saúde humana em todos os tempos. Ou seja, quando esse chacra principal não está funcionando bem a glândula timo também não está em sua potencialidade nos resguardando na sua relação com o sistema imunológico. E ai ficamos vulneráveis – sem defesa!

Bernardo Melgaço da Silva
Prof. e Pesquisador do Núcleo de Estudos Sobre Ciência, Espiritualidade e Filosofia – NECEF/URCA (Universidade Regional do Cariri)

Extraído de: TUDO QUE NECESSITAMOS É AMOR: MINHAS EXPERIÊNCIAS ESPIRITUAIS INEXPLICÁVEIS E EXTRAORDINÁRIAS | A GLÂNDULA TIMO E AS TÉCNICAS DE CURA DA MEDICINA HOLÍSTICA TRADICIONAL (PARTE I)


 

EXERCÍCIOS ESPECÍFICOS PARA O TIMO

Por: Paulo e Lauro Raful

EXERCÍCIO 1 [Estimulação do Timo]

•  Fazer pequenas “batidinhas’ com a polpa dos dedos no esterno (localizado aproximadamente a 2 dedos abaixo da clavícula)

Faça estas “batidinhas” ao redor desta região, explorando e sentindo estas vibrações. Sinta o aquecimento produzido nesta região.

EXERCÍCIO 2 [Abraçar o ombro]

•  Em pé, tronco ereto, com o braço direito “abrace” o ombro esquerdo [ver fig.].

•  Coloque a mão um pouco abaixo do ombro esquerdo e vá “caminhando” com os dedos em direção à escápula esquerda o máximo que puder. Faça o mesmo com o braço esquerdo.
Sinta a presença do Timo.

EXERCÍCIO 3 [Contraindo e expandindo o Timo]

•  De pé, braços soltos ao longo do corpo, volte as palmas das mãos para fora e girando os braços, una o dorso das mãos em frente ao abdômen e expire todo o ar dos pulmões.

•  A seguir, desfaça a posição e abrindo os braços leve-os para trás, abrindo o peito e inspirando. Abra os braços até que as palmas das mãos se encontrem atrás [nas costas], e se unam na altura do osso sacro.

Faça algumas vezes este movimento.

EXERCÍCIO 4 [Mãos na nuca e cotovelos abertos]

•  Erga os braços e coloque as mãos entrelaçadas sobre a nuca, os cotovelos abertos. Abra o peito inspirando e levando os cotovelos para trás, sem tirar as mãos da nuca.

•  Sinta a expansão produzida por este movimento simples, permita-se saborear a sensação de espaço, liberdade, desobstrução.

•  Ao expirar, junte os cotovelos à frente suavemente. Coloque sua atenção no timo. Faça algumas vezes. Quando perceber que alguém próximo a você se encontra acabrunhado, comprimido por problemas, aconselhe este movimento.

FINALIZAÇÃO [Garras de urso e movimento da gangorra]

 

•  Enganche suas mãos [como garras de urso] em frente ao peito. Abra bem os braços deixando-os paralelos ao peito

•  Inicie um movimento com os cotovelos, levando um em direção ao “Céu” (pra cima) e outro em direção à “Terra” (pra baixo). Eleve primeiro o cotovelo direito (o esquerdo desce em direção à Terra), depois suba o esquerdo (lembra uma gangorra) e o direito desce em direção à Terra.

•  Faça com os músculos das costas relaxados, não aplique força. Não permita nenhuma tensão muscular.

Estimule o timo o máximo que puder, faça amizade com esta glândula. Ela produz alegria e dependemos dela para equilibrar o sistema imunológico.

Trecho extraído de: A Glândula Timo – funções, saúde e exercícios – Escola Gurdjieff São Paulo


Ativação da Glândula Timo – O chacra Cardíaco

Por: Marinez Tito Salgado

O Timo é a Glândula das “maravilhas” situada ao nível do coração, atrás do esterno (osso achatado, situado na parte anterior da caixa torácica e que está ligado às costelas). No feto ela é grande, estende-se da região do pescoço até o diafragma (região de abdômen); durante a infância ela começa diminuir e após a puberdade ela diminui mais ainda. Possui a forma piramidal, mesmo ao atrofiar-se, e sua falta afeta a Glândula Pineal (o Pai cerebral).

É o Chakra da expressão do Amor e da compaixão, no entanto, seu giro energético divergente acarreta ao coração de carne e pulmões prejuízos, assim como às artérias coronárias. Quando esta glândula está ativa, o organismo não envelhece.

São exercícios importantes para estimular o Timo e também para que ele não petrifique em idade avançada, perdendo assim o estímulo da amorosidade. Ela é intimamente ligada à música, favorecendo assim a pessoa que canta e a que emite sons mântricos.

1º) Exercício: feche a mão totalmente e role as juntas (as falanges proximais e médias) por sobre o Timo, na região central do peito, entre os mamilos e em sua direção, com certa pressão para ativar este centro energético e sua Glândula. Esses movimentos ativam o Timo e liberam a estagnação do Coração.

2º) Exercício: a pronúncia da vogal “A” muito lentamente e aberta, com consciência, trabalha a amorosidade no ser e faz vibrar a Glândula e a região ao redor, como o Chakra laríngeo, transformando todas as estagnações que neles houver. É o Cardíaco sendo acionado e elevando-se ao seu Chakra superior, o Chakra do verbo.

Esses são exercícios terapêuticos que favorecem o coração de carne , o Timo, a Tireoide, as Paratireoides, assim como seus Chakras correspondentes: Chakra Cardíaco e Chakra laríngeo.

Extraído de: Somos Todos Um | Artigo de Marinez Tito Salgado: Ativação da Glândula Timo – O chacra Cardíaco – | Artigos do Clube


 

Chacra Cardíaco 4º Chacra

Por: Redação M de Mulher

 

Compaixão

Localiza-se bem no centro do peito, entre os mamilos

É associado ao timo e é nele que se concentra a energia do Amor Incondicional, a nossa fonte vital.

É responsável também pela saúde e vitalidade do corpo físico, o coração e os pulmões.

Desenvolvido, cria um canal de amor que pode ser utilizado para o trabalho assistencial.

Nome Sânscrito: ANAHATA (“Invicto”; “Inviolado”, intocado ou inaudível.)

Mantra: Yam.

Localização: Coração. Centro do peito.

Cor: Verde (cura e energia vital); Rosa (Amor).

Glândula: Timo.

Elemento: Ar.

Zodíaco: Leão e Balança.

Planetas: Vênus, Saturno e o astro Sol.

Massagem: Para as mulheres, no sentido horário e para os homens no sentido anti horário.

Funções: Energiza o sangue e o corpo físico. Estimular a imunidade e o bom funcionamento do coração e dos pulmões, desenvolver a capacidade de amar, perdoar e sentir compaixão.

Disfunções: Problemas respiratórios e cardíacos, medos ou ilusões a respeito do amor.

Cristais: Esmeralda, Jade verde, Quartzo e Turmalina verde ou rosa.

Qualidades Positivas: Amor incondicional, Compaixão, Equilíbrio, Harmonia e Paz.

Qualidades Negativas: Desequilíbrio, Instabilidade emocional, Problemas de coração e circulação.

Temas: Elo entre os três primeiro chacras (ligados a matéria, sexo e relacionamentos) e os três últimos (ligados à espiritualidade), o quarto centro deve integrá-los, elevando nosso grau de consciência e de auto-estima.

Para isso, precisamos reconhecer e tratar dores decorrentes de ciúmes, ressentimentos e abandonos.

Como Ativar: Terapias voltadas para as curas emocionais e meditações dirigidas.

Para Refletir: Liberte-se da idéia de que você ou os outros deveriam ser diferentes para merecer amor. Aceite o que cada um é.

Extraído de: Chacra Cardíaco 4º Chacra | CLAUDIA

 


ESPIRITUALIDADE E CONSCIÊNCIA

Por: Wagner Borges

 

Espiritualidade é um estado de consciência; não é doutrina, não!
É o que se leva dentro do coração.
É o discernimento em ação!
É o amor em profusão.
É a luz nas idéias e equilíbrio na senda.
É o valor consciencial da alegria na jornada.
É a valorização da vida e de todos os aprendizados.
É mais do que só viver; é sentir a vida que pulsa em todas as coisas.
É respeitar a si mesmo, para respeitar o próximo e a natureza.
É ter a plena noção de que nada acaba na morte do corpo, pois a consciência segue além, algures, na eternidade…
É saber disso – com certeza -, e não apenas crer nisso.
É viver isso – com clareza -, sem fraquejar na senda.
É ser um presente, para si mesmo, para os outros e para a própria vida.
Espiritualidade é brilho nos olhos e luz nas mãos.
E isso não depende dessa ou daquela doutrina; depende apenas do próprio despertar espiritual; depende do discernimento consciencial se unir aos sentimentos legais, no equilíbrio das próprias energias, nos atos da vida.
Ah, espiritualidade é qualidade perene; não se perde nem se ganha; apenas é!
É valor interno, que descerra o olhar para o infinito… para além dos sentidos convencionais. É janela espiritual que se abre, dentro de si mesmo, para ver a luz que está em tudo!
Espiritualidade é essa maravilha: o encontro consigo mesmo, em paz.
Espiritualidade é ser feliz, mesmo que ninguém entenda por quê.
É quando você se alegra, só pelo fato de estar vivo!
É quando o seu chacra* do coração se abre igual a uma rosa, e você se sente possuído por um amor que não é condicionado a coisa alguma, mas que ama tudo.
É quando você nem sabe explicar porque ama; só sabe que ama.
Espiritualidade não depende de estar na Terra ou no Espaço; de estar solteiro ou casado; de pertencer a esse ou aquele lugar; ou de crer nisso ou naquilo.
É valor de consciência, alcançado por esforço próprio e faz o viver se tornar sadio.
Espiritualidade é apenas isso: SER FELIZ!
Ou, como ensinavam os sábios celtas de outrora: SER UM PRESENTE

Paz e Luz.

* Chacras – do sânscrito – são os centros de força situados no corpo energético e que tem como função principal a absorção de energia (prana, chi) do meio ambiente para o interior do campo energético e do corpo físico. Além disso, servem de ponte energética entre o corpo espiritual e o corpo físico.

O Chacra Cardíaco – é o chacra responsável pela energização do sistema cardiorrespiratório. É considerado o canal de movimentação dos sentimentos. Por isso é o chacra mais afetado pelo desequilíbrio emocional. Bem desenvolvido, torna-se um canal de amor para o trabalho de assistência espiritual. Está ligado à glândula timo.

Extraído de: 760 – ESPIRITUALIDADE E CONSCIÊNCIA – Instituto de Pesquisas Projeciológicas e Bioenergéticas

 


 

Fontes consultadas:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Timo
http://mickbernard.blogspot.com/2007/09/glandula-timo-chave-da-imun
http://www.followscience.com/article/science/a-glandula-timo-e-as-t
http://www.ogrupo.org.br/glandula_timo.asp
http://somostodosum.ig.com.br/clube/artigos.asp?id=21513
https://www.ippb.org.br/textos/760-espiritualidade-e-consciencia
http://claudia.abril.com.br/materias/2091/?pagina2
http://portaldosanjos.ning.com/group/reikiaenergiaespiritual/forum/topic/show?id=3406316%3ATopic%3A401724&xgs=1&xg_source=msg_share_topic

Origem: CURA E ASCENSÃO – Solange Christtine Ventura

Via: A GLÂNDULA TIMO E A ESPIRITUALIDADE>>CURA E ASCENSÃO

AS CRIANÇAS QUE JÁ TRAZEM OS PRIMÓRDIOS DE UMA NOVA CIVILIZAÇÃO…

crianca-na-internet

Uma nova raça de humanos.
O que esperar das crianças encarnando agora

Mensagem dos Guias Angélicos
Canalizada por
Taryn Crimi

 

Hoje, gostaríamos de focar sua atenção nas crianças que agora estão encarnando em sua realidade. Com cada nova geração o progresso é feito; No entanto, essas crianças estão mais avançadas do que nunca. Elas não estão apenas mais avançadas em suas capacidades, também estão quimicamente e instintivamente diferentes em um nível celular também. É nossa intenção dar-lhe nossa perspectiva sobre as mudanças que você pode esperar ver nas crianças que entram em sua realidade e do que elas serão capazes.

Os novos pais neste momento são confrontados com o surgimento de crianças muito diferentes, como nunca. O que funcionou para gerações anteriores já não será suficiente ou aconselhável para esta “nova raça” de seres humanos. Vocês estão coletivamente em um caminho de rápido desenvolvimento e evolução e essas crianças estarão preparadas e prontas para esse avanço. Por muitas gerações, os marcos que se tornaram indicadores do desenvolvimento de uma criança permaneceram os mesmos; Entretanto nos últimos 5-7 anos houveram grandes mudanças, no desenvolvimento das crianças, que nem sempre podem ser medidas em um gráfico estatístico.

Os bebês nascem muito mais alertas do que nunca; Desde o instante em que essas “velhas almas” entram nesta realidade, elas estão prontas para deixar sua marca, estão ansiosas para levar tudo para dentro. As crianças sempre tiveram vibrações muito altas. Elas não têm nenhuma crença limitante no lugar que serviria para diminuir sua vibração. São fascinadas pelas alegrias simples da vida e capazes de viver no momento do agora. Um bebê não se preocupa com o amanhã, nem se delonga sobre os eventos passados; Ele simplesmente está presente no momento do agora e experimenta cada momento de forma completa.

Essas crianças que estão encarnando nesta realidade têm papéis muito grandes para preencher. Suas capacidades refletem o que é possível nas dimensões superiores através da evolução de sua espécie. Anteriormente, vocês tinham entrado neste mundo para experimentar a dualidade, para ganhar experiências valiosas da enorme variedade que está disponível para vocês.

Essas crianças não virão com tanto para recuperar ou lembrar como as gerações passadas. Elas estão aqui para mostrar-lhe como viver nas dimensões mais elevadas desde o início. Como você está evoluindo, como você está crescendo e se elevando em consciência, está dando grandes passos para recuperar o seu verdadeiro poder. Essas crianças estão aqui para lhe oferecer uma nova perspectiva, uma nova maneira de viver juntos. As crianças sempre foram conhecidas por oferecer conselhos muito sinceros, no entanto, raramente eram levadas a sério.

Os cientistas eventualmente começarão a ver as mudanças que podem ser detectadas nos cérebros dessas crianças. Seus cérebros não funcionam exatamente como os adultos ao seu redor. Elas terão mais de seus cérebros ativados e, portanto, você verá novos dons intelectuais e habilidades provenientes dessas crianças; O que uma vez parecia impossível vai passar a ser esperado. Você será capaz de ver evidências disso em exames de tomografia que mostrarão um grau muito maior de atividade a qualquer momento. Como uma criança aprende e desenvolve, caminhos são criados no cérebro, o que permitirá que essas habilidades ou informações sejam acessadas. Essas novas crianças terão muito mais caminhos que nunca foram gravados anteriormente. Isso permitirá o uso ideal de cada seção do cérebro para permitir que o maior potencial dele seja acessado.

É dito que a média humana usa apenas cerca de 10% de seu cérebro. Um equívoco comum sobre esta noção é a suposição de que essa porcentagem se refere à inteligência. No entanto, usando mais do seu cérebro como ele foi originalmente projetado para ser usado, permitirá um maior grau de conexão entre o seu Eu Superior e a sua mente física. O conhecimento pode ser facilmente adquirido pelo uso adequado do seu cérebro sempre que novas informações forem necessárias; Não porque você terá uma maior capacidade de compreender, mas porque você será novamente universalmente reconectado e toda a informação está prontamente disponível para você fazer um “download” a qualquer momento. O que as gerações anteriores levaram anos de treinamento intenso e memorização pode ser facilmente “baixado” em sua mente sempre que você desejar. Utilizando 100% de seu cérebro permitirá que você alcance habilidades que você só sonhou em adquirir; Um aumento na inteligência global é apenas um dos muitos usos de seu cérebro. Isso seria semelhante ao uso de um dos computadores mais poderosos do mundo como uma calculadora para cálculos numéricos básicos. Bem, sim, ele tem a capacidade de calcular números, no entanto, isto é apenas uma das muitas coisas que é capaz de fazer. E assim é com seus cérebros. E é isso que essas novas crianças vão começar a demonstrar.

Estas novas crianças estarão incrivelmente receptivas e em sintonia com não apenas os pensamentos e sentimentos daqueles que os rodeiam, mas também da energia do passado, presente e futuro também. As habilidades psíquicas dessas crianças excederão bastante qualquer coisa que você já viu antes. Muitas dessas crianças serão telepáticas. Serão capazes de enviar e receber os pensamentos dos outros, perto ou longe, a distância não importa. Será incrivelmente importante que estes dons sejam cultivados por seus pais e cuidadores. Embora essas crianças nasçam com esses dons e habilidades, se elas não forem nutridas e incentivadas a desenvolvê-las, essas habilidades irão enfraquecer ao longo do tempo.

A composição química e genética dessas crianças é fisicamente diferente do que qualquer humano anterior. Você vai notar que essas crianças são incrivelmente sensíveis tanto em seus próprios sentimentos, bem como para os outros. Elas não aprenderão da mesma maneira que as crianças fizeram antes delas. As antigas maneiras de aprender parecerão bastante chatas para elas e então perderão regularmente o interesse. Muitos pais novos estão testemunhando isso em seus próprios filhos, mas não sabem o que fazer. A memorização mundana de fatos aleatórios não lhes será útil. As crianças sabem que devem seguir suas paixões, seus interesses e memorizar fatos mundanos não é de interesse para elas. Sua tecnologia avançou tão rapidamente que você pode agora “olhar para cima” qualquer pergunta que você tem e receber respostas em segundos na sua internet. Então, que necessidade terão essas crianças realmente para memorizar tais fatos? Novas habilidades serão necessárias para essas crianças que estarão avançando em um mundo em constante evolução.

Essas crianças não responderão bem ao estresse colocado sobre elas por tradições ultrapassadas; O que queremos dizer com isso é que elas não vão prosperar em um ambiente que espera que elas sigam as ordens que lhes são dadas simplesmente porque “é assim que sempre foi”. Muitas tradições continuam sem a necessidade das coisas que uma vez foram criadas a partir da ideia de “tradição em primeiro lugar”. Muitos continuam a passar adiante simplesmente porque isso é o que eles foram ensinados e simplesmente não veem razão para mudar. Essas crianças vão ajudar a substituir a velha maneira de fazer as coisas, com novas formas que são benéficas para todos. Muitas indústrias, como sua profissão médica, sistemas escolares, indústria financeira e política estão precisando de mudanças drásticas. Essas crianças vão questionar tudo, pois elas estão aqui para quebrar o molde e introduzir uma nova maneira de pensar.

Você começou a ver os estágios iniciais das mudanças na forma como essas crianças aprendem com as crianças que foram rotuladas como ADD ou ADHD (Síndrome de Déficit de Atenção). A profissão médica diz que essas crianças têm um defeito que não lhes permite se concentrar, no entanto, temos uma perspectiva diferente. Essas crianças não têm um defeito, mas sim simplesmente são incapazes de expressar adequadamente os dons únicos e habilidades que se encontram dentro delas em um sistema que está relutante em evoluir. Não é que elas não podem se concentrar; Elas simplesmente optam por não concentrar sua atenção em velhos e ultrapassados métodos de aprendizagem. Recomendamos que você encontre o que essas crianças são apaixonadas e peça-lhes para expandir sobre este tópico e muitos ficarão espantados com a sua estranha capacidade de absorver uma enorme quantidade de informações sobre o tema.

Suas mentes são muito mais capazes do que se lhes dá crédito; No entanto elas não estão sendo estimuladas ou incentivadas a usar suas mentes de forma adequada. Suas mentes trabalham de uma maneira diferente do que é considerado “normal”. Muitos pais têm sido ensinados a temer qualquer desvio que seu filho exibe a partir da progressão “normal” de desenvolvimento de outras crianças, no entanto, nós desejamos assegurar-lhe que isso não é nada a temer, mas sim pedimos que abrace a singularidade de cada criança. O novo padrão será simples, não há nenhuma “norma”.

Estas novas crianças exigem uma educação mais individualizada daquela que é formada para que todos se encaixem em seu molde. Você vai ver mais e mais dessas novas crianças que não vão ressoar com os sistemas antigos e como o número dessas vai crescer, elas vão forçar os sistemas de educação a crescer e evoluir. Mais e mais o campo médico vai procurar um rótulo para dar a essas crianças que não se encaixam a “norma”, no entanto, não será muito antes de o sistema de ensino perceber que não há nada de “errado” com esses alunos muito brilhantes, eles simplesmente não aprendem como as crianças costumavam fazer. Todas as crianças têm fome de conhecimento, porém nem todas as crianças estão famintas pelo mesmo conhecimento. Muitos dos atuais sistemas educacionais estão focados na fusão de um grupo diversificado de crianças em moldes muito semelhantes, no entanto estas novas crianças irão prosperar em ambientes que são encorajados a desenvolver seus dons únicos e, ao fazê-lo, elas vão florescer entre a diversidade.

Nem todas as crianças irão compartilhar o mesmo conjunto de habilidades, nem todas elas experimentarão o mesmo desenvolvimento. Assim como todos vocês têm seus próprios dons e habilidades únicos, assim também são elas. Na verdade cada vez mais você vai notar que o “intervalo normal” de desenvolvimento para uma criança irá alargar consideravelmente, como cada criança vai florescer em sua própria maneira, em seu próprio ritmo. No entanto, queremos tocar em apenas algumas das habilidades que você vai começar a ver desenvolver dentro dessas crianças. Algumas crianças terão fortes habilidades psíquicas, lembrando vidas passadas e percebendo o invisível, enquanto algumas terão tremendas habilidades de cura; Outras usarão sua incrível criatividade para criar formas e moldar o mundo ao seu redor de maneiras que o surpreenderão. Alguns irão surpreendê-lo com seu talento natural para desenhar tais imagens vívidas em idades muito jovens. Algumas possuem uma habilidade “supernatural” para manipular números em suas mentes em apenas uma questão de segundos, enquanto outras serão capazes de “ver” a energia que existe em torno de você. Nós não estamos dizendo que qualquer criança irá possuir todos esses talentos… ainda. Entretanto, saiba que todas estas habilidades têm repousado dormente dentro de seus próprios corpos físicos; Embora, essas crianças vão nascer com essas habilidades já ativadas. Em muitos aspectos, elas mostrarão àqueles que os rodeiam o que é possível, ajudarão muitos a verem o que sempre esteve à sua frente. Chegará um momento em que todas essas habilidades não serão mais vistas como extraordinárias, mas sim tornar-se-ão comuns.

Filhos de gerações futuras ainda precisarão de paternidade, eles vão exigir a sua orientação, o seu encorajamento e seu amor, no entanto muito da informação mundana que requer tanto tempo será ultrapassada. Os pais serão capazes de concentrar sua atenção em outras experiências mais importantes; Tais como cultivar os interesses individuais da criança desde uma idade muito precoce.

Suas crianças pequenas guardam o molde para o que se encontra instintivamente em cada humano, porque não foram condicionados ainda por suas sociedades. Você vai notar que essas crianças serão todas únicas em seu próprio direito; No entanto seu desenvolvimento será semelhante e que eles não aprendem da mesma forma que outras crianças que antes deles aprenderam. Estas crianças, em uma idade muito nova procurarão introduzir os pontos de vista que abraçarão a diferença antes que se tema a ela; Perspectivas que considerem o que é melhor para a comunidade do que para qualquer indivíduo. À medida que essas crianças crescem em adultos maduros, herdarão este mundo no qual vivem e continuarão a fazer mudanças para assegurar que, com cada nova geração, os seres humanos continuem a evoluir para um estado mais elevado de consciência. Essas crianças são apenas o começo do amanhecer de uma nova civilização.

Esperamos que esta mensagem tenha de alguma forma servido para iluminá-lo, pois sempre o nosso desejo é simplesmente compartilhar nossa perspectiva sobre a realidade na qual você chama de “casa”.

Em Amor e Luz,

Nós somos seus Guias Angélicos.

 


 

Fonte: Angelic Guides | “A new “breed” of humans; what to expect from the children incarnating now”
Tradução: Sementes das Estrelas / Valéria Albuquerque

 

Via: Sementes das Estrelas: Guias Angélicos – “Uma nova raça de humanos / O que esperar das crianças encarnando agora” – 09.11.2016

VOCÊ SABE POR QUE ESTÁ AQUI?

proposito_de_vida

Seu propósito na vida

rp_jesus-150x300-1-150x300-150x300-1-150x300-1-150x300-1-150x300-1-150x300-1-150x300-1-150x300-1-150x300-1-150x300-150x300-1-150x300-150x300-150x300-150x300-1-150x300.jpg

Mensagem de Jeshua, canalizada por Judith Coates
em Outubro de 2016.

 

Amado, vamos falar sobre o seu propósito nesta vida. Não é por acaso que você escolheu esta encarnação. Não é por acaso que você encontra muitas coisas em tumulto. Não é por acaso que você veio para ajudar aqueles que querem despertar, mas que não sabem como.

Você esteve em treinamento nesta vida, e trouxe certas características de outras vidas que o ajudam a se relacionar com os irmãos e irmãs. Você trouxe um determinado conhecimento, talvez, até mesmo o que você chamaria de ao nível da mente inconsciente ou subconsciente, que influencia como você encara algo, pelo menos, no início. Então, você traz para apoiar o que leu, estudou, ouviu nesta vida, para ver onde está indo com a mensagem que veio compartilhar.

Seu propósito nesta vida é ajudar, aumentar o despertar, a consciência da divindade, em primeiro lugar, em si mesmo, mas quando você está fazendo isto, é contagioso. Isto se espalha para outros. Como foi há dois mil anos, eu tinha uma mensagem. Eu tinha um propósito. Vim com uma mensagem que você é o Cristo encarnado. Você é amor e você é Divino. E, na verdade, você nunca esteve separado de sua Fonte – com “F” maiúsculo.

Você veio aqui como uma extensão da Fonte, de sua divindade. Às vezes, você sabe disto. Às vezes, você age de acordo com isto. Muitas vezes, não. Muitas vezes, você está tão focado no que está a sua frente, que é difícil ver a grande cena. É por isto que, muitas vezes, eu lhe digo que é uma boa ideia passar algum tempo em silêncio, em meditação, e na natureza.

Você não tem que fazer um tipo formal de meditação. Isto é bom, se quiser fazer isto, mas você pode apenas se permitir se expandir na frequência da natureza, expandir-se na frequência das árvores, das plantas, da água que flui. Expanda-se nesta frequência e reconheça-a por si mesmo.

Poderia haver alguém ao seu lado e ele não veria o rio. Difícil de acreditar, porque você diz que é muito óbvio. Está bem ali. Mas é uma coisa muito individual que você vê e interpreta.

As frequências estão ao seu redor. Frequências são cores diferentes. Às vezes, até com os olhos humanos você pode captar determinadas frequências e ver as cores diferentes, como no arco-íris. Lá você tem a frequência da energia surgindo, sendo óbvia como cores diferentes, e você vê estas cores diferentes com olhos diferentes.

Ao seu redor agora estão as frequências. Você poderia estar ligado a uma de suas máquinas tecnológicas que lhe mostrariam a sua frequência.

E se alguém viesse a você e dissesse que o seu amado animal de estimação tinha sido atingido por um automóvel, a sua frequência mudaria. Ou se viessem a você e dissessem: “Você tem o bilhete premiado na loteria, e você é um bilionário”, a sua frequência mudaria. Você poderia sentir a frequência mudar e isto seria registrado em uma de suas invenções tecnológicas.

A cada momento em que você está tranquilo, a cada momento em que é preso na energia e há algo realmente acontecendo, a sua frequência muda. Outros podem sentir isto. É por isto que você é atraído para aqueles de frequência semelhante, por que você é atraído para aqueles que estão felizes, porque a frequência deles é onde você quer estar. É uma sensação boa, de leveza. Aqueles que estão, às vezes, em uma frequência mais pesada, você os ama, mas nem sempre quer estar nesta frequência. Ainda que ela não seja medida, você pode senti-la.

Há dois mil anos eu vim com uma mensagem. Vim para lhe dizer que você é amor, que você é Luz, que você é a extensão da Fonte divina de energia, e que, realmente, até enquanto está ativando um corpo, você pode conhecer a sua Fonte. Você pode conhecer a onda de energia, quando chega ao espaço de conhecer o amor de Si mesmo, e eu não quero dizer amor egoísta, mas o amor de Si mesmo, onde você apreende a verdade do seu ser e avança com ela de uma maneira feliz.

Tome posse da alegria de ser. Quando você olha para o seu amado animal de estimação e o seu coração se abre, é sobre isto que eu estou falando. Quando você está olhando para a inocência do amado animal de estimação – e, com certeza, ele tem certos traços que eles usam para levá-lo a fazer coisas que eles querem que você faça, mas eles são realmente inocentes que andam sobre quatro patas, ou voam com as asas, ou nadando na água. Eles são o amor encarnado, como você.

Mas, muitas vezes, a humanidade está olhando para fora, para ver as várias frequências do que está acontecendo que precisa haver um chamado de volta de: Ok, venha e se concentre no Eu divino que você é”. Saiba que realmente você não dá um passo, a menos que use a frequência divina que você é. Você não pode viver e se mover sem ser a pessoa divina que é, o exemplo divino. Assim, cabe a você se elevar mais, para chegar a este lugar onde realmente conhece o seu valor.

Muitos em seu mundo, neste momento, não conhecem o seu próprio valor. Eles não conhecem a divindade de onde eles vieram. Eles não sabem que eles podem ser felizes. Eles aprenderam quando eram muito pequenos que eles deveriam se esforçar muito, e eles levam a mensagem de que eles não são os melhores, não são perfeitos, porque, obviamente, eles devem se esforçar muito para serem os melhores.

Mas eles já estão sendo os melhores que eles sabem. Até mesmo quando estão tendo um acesso de raiva, eles estão chegando a um espaço de dizer: “Eu não estou feliz comigo”. Mas eles querem ser felizes com ele, e querem ter alguém que possa ser a presença da calma, a presença do ser divino com eles para lhes mostrar o caminho.

Eu fui chamado de um mostrador do caminho e eu sou. Mas você também é um mostrador do caminho, e veio a esta vida encarregado de um trabalho a fazer, ser um mostrador do caminho, mostrar como você pode viver a vida humana e ser feliz nela, como você pode ficar entusiasmada com ela, como pode viver a vida humana e amar cada pessoa com quem entrar em contato, ainda que eles pareçam não muito amáveis, a princípio.

Mas você pode amá-los. E ao amá-los, você se ama, porque não há separação. Quando os olhos de um ser humano caem em outro ser humano, é uma oportunidade para viver no amor, estar no espaço de ser exaltado, fora da voz do mundo por um momento, o tempo suficiente para se elevar na frequência que você é. Isto é o que realmente você quer ser. Isto é o que você realmente quer fazer.

Você quer estar no espaço do amor sublime, o espaço que sabe: “Eu estou bem”, e você está. “Eu sou o emissário do amor. Estou ajudando outros a reconhecer que há o bem na vida humana. Eles veem apenas as faltas e os fracassos, e eles, com frequência, veem isto em si mesmos e, então, eles não são felizes e ninguém ao redor deles é feliz.

Mas você pode olhar para o centro do seu ser. Você pode ajudá-los com palavras, com um sorriso, com incentivo para saber que realmente há algo bom acerca de uma encarnação. E há. Há muito que é bom em relação a uma encarnação.

Você se inscreveu porque este é um momento muito importante. É um tempo de escolha para a humanidade. É um tempo de escolha onde muitos estarão fazendo a escolha quanto a se eles avançam ou recuam. As apostas são altas. Se eles não fizerem a escolha para avançar, irão escorregar para trás.

Você disse antes da encarnação: “Envie-me. Eu irei. Serei a voz que chama no deserto. Serei a voz que fala de amor. Vim através dos meus testes e provações para o espaço onde eu sei que há a escolha, e eu faço a escolha de viver na Luz.”

Você passou por vidas de escuridão. Você passou por momentos, até mesmo nesta vida, em que havia escuridão, como você a percebia. Mas você chegou a este tempo agora onde está reivindicando o seu propósito, onde está se conscientizando do seu propósito, e onde está vivendo a partir do espaço do amor, do espaço da Luz.

Você já escolheu fazer a escolha neste momento como exemplo para outros. Sempre que algo vier a sua consciência, faça uma pausa por um momento. Não se apresse, mas, respire profundamente e pergunte: “O que está realmente acontecendo aqui?” Alguém está sendo infeliz. Alguém está agindo a partir de um espaço onde há tristeza e julgamento.

Neste momento, mantenha-os na Luz. Neste momento, pare, respire, mantenha-os na Luz. Eles irão querer saber o que você está fazendo, e você sorrirá. E você dirá: “Eu sei como você é digno. Eu sei que você tem valor. Você tem valor para mim porque é meu amigo. Você tem valor para mim porque caminhamos juntos.” Você encontrará as palavras para lhes dizer, porque você conhecerá o valor deles.

Você teve todo o treinamento nesta vida para trazê-lo a este ponto que será e que é mais necessário para a Luz. Eu não consigo enfatizar isto o suficiente. Isto é, em seus próximos seis meses, será o mais maravilhoso ponto de escolha para você e para os irmãos e irmãs. Não é uma coisa pequena. E você disse: “Estou pronto.” Mesmo antes da encarnação, você disse: “Estou preparado. Envie-me. Eu irei.”

Veja, antes de uma encarnação você se encontra com o que veria como mestres. Você se encontra com um conselho dos que são da Luz, e formula no esboço, o que fará na encarnação, na próxima vida que irá ter; não todos os detalhes, porque você tem o livre arbítrio quanto aos detalhes, mas o global foi escolhido antes de você fazer a encarnação. O geral foi planejado, e você disse: “Sim” a ele.

Você disse: “Eu farei tudo o que for preciso”, na medida do treinamento. Este pode ser um treinamento formal ou informal, através de todas as escolhas e o aprendizado, em termos gerais, que você faz em uma vida. E o seu aprendizado, como você sabe, vem de várias possibilidades: dos livros que lê, das pessoas com quem se associa, dos cursos que faz, das experiências que passa. Este foi o treinamento.

Cada um é especialista em alguma coisa, e, muitas vezes, mais do que uma coisa. Você é um perito em ver onde outra pessoa possa estar sofrendo. Você é um perito em ver a Luz, até mesmo na centelha mais ínfima de Luz que alguém não vê, mas você a vê por ele. Está sempre lá. Você pode encontrá-la. E este é o maior presente de todos que você pode dar ao outro: ver a sua Luz, encontrar a centelha de Luz que ele é, e, então, refleti-la para ele. No entanto, ele irá entender.

É para isto que você se inscreveu, e não é pouca coisa. Você já sentiu isto, porque tem passado por algumas das perturbações e os golpes que recebeu do mundo, não são coisas insignificantes. Você disse: “Eu sou suficientemente forte. Irei até o inferno e voltarei – e você conheceu momentos de inferno – e céu. Eu saberei como é estar nos abismos do inferno e se perguntar: “Há alguma razão para continuar?” E, então, em um pequeno ponto dentro de você, chegava uma pequena Voz que dizia: “Há uma razão. Você é a Luz.” E você começou a se elevar neste ponto.

Você passou por um maravilhoso treinamento, e não somente o treinamento formal, mas o treinamento do mundo que diz que há uma linguagem que os irmãos e irmãs compreendem, e é a linguagem do apoio, da amizade. Às vezes, eles podem ser um osso muito duro de roer, mas não desista deles. Você vê a Luz deles. Você vê o que pode ser, e continua acreditando neles. Você continua sabendo que eles são desta centelha divina de Luz, e você incentiva a Luz tanto quanto pode. Você a incentiva ao ser a própria Luz, o que atrai a Luz de outros e lhes permite ver que, talvez, por mais um dia, mais uma hora, eles podem persistir. Porque muitos dos irmãos e irmãs, como você viu, especialmente neste momento, que é um tempo de ponto de escolha, estão se perguntando: “Existe algo pelo qual vale a pena viver?” Você veio e o olhou no olho e disse: “Eu acredito em você”.

Isto, meu querido, transforma tudo, quando você diz para a outra pessoa: “Eu acredito em você. Sei quem você é. Sei do que você é feito.” Ela pode querer ignorá-lo, porque ela nunca ouviu isto antes. Mas vocês continuam sendo amigos, e ela pode tentar afastá-lo. Porque, se ela reconhecer que ela é a Luz, então, ela tem que começar a agir como a Luz, e tem que, de vez em quando, colocar um sorriso no rosto. E, talvez, isto não tenha estado em seu treinamento. Talvez isto seja muito estranho para ela.

Mas você continua sorrindo para ela e continua acreditando nela, continua sendo seu amigo, e, então, ela diz: “Bem, se ele acredita em mim… bem, eu não acho realmente que ele esteja errado, mas…” Ela começa a se examinar para encontrar um pouco de Luz e você a incentiva. Você lhe pergunta: “O que a faz feliz? O que a faz sentir que você merece algo?”

“Bem, absolutamente nada. Foi-me dito quando eu era muito pequeno, que eu não valia nada. Ninguém sabia por que eu estava encarnado aqui.” E você diz: “Sim, isto foi naquele tempo, e isto é agora, e eu acredito em você. Conheço o trabalho que você veio fazer, e sei que é difícil, mas eu acredito em você, e sei que você pode fazê-lo.”

“Está bem”. Veja, você fala com outro diretamente e lhe diz: “Sei que você pode fazer isto. Sei que você está aqui por uma razão, por uma razão muito boa. Eu sei – seja como queira colocar isto em palavras – que o nosso Pai não faz lixo. Você ouviu este ditado, e sei que é verdade. Há algo sobre você que tem muito valor. Sei disto. Vejo isto. Acredito em você.”

Aqueles, neste ponto, podem correr, mas eles retornarão, ou poderão dizer: “Bem, por quê?” E, então, você começa a enumerar o que vê da Luz sobre eles. Há a verdade da Luz sobre cada pessoa. Há algo que você pode achar que pode elaborar, você pode lhes dizer. E isto pode significar a diferença entre a vida e a morte, a morte no nível da alma, onde eles voltam a dormir.

O trabalho com que você concordou antes da encarnação era passar pela vida humana, de modo que outros irmãos e irmãs pudessem vê-lo como humano, porque eles veem que você passou pelos testes e provações; que a vida não foi inteiramente fácil para você. E você chegou a um lugar onde pode acreditar em algo bom.

Quando eles veem que você passou pelos testes e provações, eles têm a oportunidade da escolha. Você não pode fazer esta escolha por eles. Você certamente gostaria, e eu. Há dois mil anos, eu gostaria de ser sido capaz de escolher por todos aqueles. Mas eu disse: “Sua vida vale mais do que você sabe. O que você está vivendo vale mais do que você sabe. Você está se expandindo para a vida eterna, e isto é bom. Não o inferno eterno, mas o céu eterno. Você pode tê-lo, ainda que não tenha as moedas de ouro, ainda que não tenha o corpo que funciona, as pernas ou os olhos, você ainda tem vida”, eu lhes disse.

E enquanto houver vida, você tem escolha, e você pode escolher a felicidade. Ainda que não tenha todos os bens mundanos – na verdade, os bens materiais interferem, às vezes – ainda que você não tenha tudo que supostamente o deixe rico, você tem vida e você é rico, porque você tem vida. E você pode avançar, momento a momento, acreditando no melhor de si mesmo.

Até quando você está deprimido e parece ser o ponto mais baixo, há sempre alguém que acredita em você, e você será esta pessoa para os outros.

É para isto que você se inscreveu: ser a Luz para outros. Você esteve na escuridão; você sabe como é opressivo estar na escuridão. Você sabe como é opressivo ter tudo tirado de você, e, no entanto, a única coisa que não pode ser tirado de você é a vida. Você continua vivendo. Ainda que deixe o corpo, você continua vivendo.

E eu lhe digo, que aqueles que aniquilam o corpo se encontram ainda vivos, e eles também se encontram em um ponto de escolha: “O que eu farei agora?” Porque há consciência, há consciência. Há conhecimento. Há escolha.

Ainda que você não tenha o corpo, você ainda tem vida. Você irá escolher inúmeras vezes, até que finalmente escolha a vida e diga: “Está bem, eu já tive o suficiente ao estar por baixo de tudo. Eu tive o suficiente disto”. E você começa a olhar para cima.

Todos vocês estiveram neste lugar, ou nesta vida, ou em outra, onde você esteve no nível de baixo, e, então, fez a escolha de subir, de olhar para cima. E, com frequência, tem havido alguém ao seu lado para ajudá-lo. Porque não há separação, e quando você pede ajuda, tem que haver uma resposta. E você, com frequência, pode ser a resposta para a prece do outro, para a prece desesperada do outro.

É para isto que você veio. Quero que você ouça isto profundamente. Quero que ouça, porque você se perguntou. Você quis saber: “Por que estou aqui? Estou fazendo todas as coisas certas, mas isto não parece o suficiente.” E isto é porque cada dia lhe traz a oportunidade de ser Quem você é, de compartilhar a Luz.

Cada dia de cada encarnação há oportunidade para escolha. Há oportunidade para a Luz. Há oportunidade para o coração expandido, o coração que vive no amor e conhece somente o amor. Quando você alcança este espaço, há êxtase. Quando você chega a este espaço – e você pode tocar este enquanto está encarnado, você pode tocar este espaço de êxtase onde você sabe: “Meu Deus, eu sou mais do que eu já me considerei ser. Meu Deus.” E eu uso estas palavras sabiamente, porque este é o seu Eu Divino lhe respondendo.

Você sente a energia? É disto que a mensagem se trata, sobre sentir a energia, a energia Divina que passa através de você, para saber que realmente: “Eu sou feito de coisas Divinas. Sou criado para dar o sorriso, a Luz para os outros. É para isto que eu me inscrevi. Eu me perguntei por que estava aqui. Continuo perguntando: Por que estou aqui? Por que estou ainda aqui?” Bem, porque o seu trabalho não terminou ainda. Porque há aqueles que precisam ver a Luz, aqueles que precisam ver o amor, aqueles que chegam até você e perguntam: “Do que se trata a vida? Por que estou ainda aqui? O que devo estar fazendo?”

Como dissemos muitas vezes, não há “deve”, exceto a escolha, o que você escolhe a cada momento sentir, viver e compartilhar. Escolha com sabedoria, porque se não o fizer, você terá outro momento de escolha. Porque nosso Pai está sempre dando, sempre oferecendo a oportunidade para o amor, para conhecer, experienciar e expressar Tudo O Que É.

E quando você chegar ao espaço de expressar Tudo O Que É, você terá feito o seu trabalho. Mas, uma vez que tenha feito o seu trabalho, eu compartilharei com você, você não para. Você volta a fazer isto inúmeras vezes, porque é muito bom, porque é o seu próprio despertar, é a sua própria escolha de escolher o amor, escolher a vida e a felicidade, a felicidade exaltada de saber que “eu sou Luz”. “Bem, isto é bom. Sim, eu gosto de irromper ao redor como a Luz. Isto é bom. Quero compartilhar isto.”

Mais e mais irmãos e irmãs estarão se unindo a você, porque esta vida, estes próximos seis meses é um tempo de escolha quando muitos estarão fazendo a escolha: se eles continuarão com o padrão da escuridão, ou eles escolherão a Luz. E porque você passou por experiências de escuridão, você pode falar com eles. Você pode ser um exemplo para eles de como é ser Luz e como você os conhece e acredita neles, porque você sabe do que eles são feitos.

Nos próximos seis meses de seu tempo você estará muito ligado, porque é mais necessário. Nos próximos seis meses, especialmente, você verá a oportunidade de viver, de amar, de ser Luz. E o que acontece após os seis meses? Ah, isto cabe a você. Isto não foi escrito.

Mas eu me unirei a você. Você nunca caminha sozinho. Eu caminho sempre com você. Eu sussurro sempre em seu ouvido. Eu lhe conto uma história engraçada, uma piada, uma maneira fácil de encarar algo. E antes que você o saiba, você está sorrindo, você está rindo, você está dizendo: “Está certo. Este é um tipo de pensamento divertido. Gosto disto.”

Nós caminhamos juntos.

Que assim seja

Jeshua ben Joseph (Jesus), expressando-se através de Judith.


Fonte: Oakbridge University | Your Purpose In Life

Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

Via: Seu propósito na vida – Jeshua » CORAÇÃO AVATAR

A Importância do Amor e da Compaixão…

8-versos-do-dalai-lama-para-controlar2

Amor e compaixão

Dalai Lama

Postado por: Universo Natural

Gostaria de explicar qual é a importância do amor e da compaixão. É importante saber o que é compaixão. Algumas vezes pensamos que é pena, mas isso não é compaixão. Compaixão é o senso de preocupação, mas mais do que isso, é a noção clara de que todos os seres têm exatamente o mesmo direito à felicidade. Essa compreensão é que nos traz a compaixão.

Também um outro aspecto que costuma ser confundido com compaixão é a sensação de proximidade, de ligação que temos com amigos e parentes. Mas isso não é compaixão verdadeira, porque esse sentimento está ligado ao apego.

Muitas vezes, nosso senso de preocupação com o outro depende da atitude que ele adota. Se a pessoa age de forma negativa, nosso senso de compaixão desaparece. Mas um senso de compaixão verdadeiro é o que nos leva a ver o outro como tendo exatamente o mesmo direito que eu à felicidade. A compaixão que se assenta no apego não se sustenta. A que se baseia na compreensão da igualdade de todos os seres é desprovida de apego, e é verdadeira.

Qual é o benefício da compaixão? Ela nos traz força interior. Geralmente, temos um senso de “eu, eu, eu”. E nossa mente centra tudo em nós mesmos. Então, todas as experiências negativas, mesmo pequenas, se tornam muito dolorosas, enormes. Mas quando pensamos nos outros, nossa mente se amplia, e os nossos pequenos problemas se tornam realmente pequenos, e as coisas negativas não prejudicam nossa mente.

Alguns, quando experimentam tragédias que são involuntárias, se sentem enterrados em uma montanha de sofrimento. Mas, por outro lado, quando se pensa voluntariamente nos problemas dos outros, se procura aliviá-los de seus sofrimentos, essa atitude voluntária traz uma abertura para o ser. Dessa maneira, mesmo em meio a problemas pessoais, isso traz uma base de clareza, e a pessoa será capaz de se sustentar.

Quando se pensa em compaixão por outras pessoas, alguns perguntam se isso não seria sinônimo de auto sacrifício. Não, não é. Porque não se deve ser negligente em relação a si mesmo. E, baseado na minha própria experiência, acredito que se deve ser compassivo em benefício próprio.

Um exemplo: uma vida feliz precisa de amigos, apoio. Há amigos do dinheiro, amigos do poder, mas para esses indivíduos, se o dinheiro acaba ou o poder se vai, a amizade também acaba. Mas os amigos verdadeiros ficam.

Então, como criar amigos verdadeiros? Se você tiver um sentimento de compaixão, terá mais amigos verdadeiros. Mostre sentimentos gentis e sorria, e terá bons amigos. Porque essa atmosfera pacífica será a sua base, que irá criar as condições para a amizade.

A prática de compaixão também é imensamente benéfica para a saúde. De acordo com a medicina, os que têm mais compaixão, são mais interessados pelos outros, geralmente são mais saudáveis quando comparados com pessoas egoístas. Os egoístas sofrem mais frequentemente de enfartes e outras doenças.

A mente mais egoísta, mais voltada para si mesma é muito ruim para a saúde. A mente mais compassiva, mais voltada para o próximo traz mais tranquilidade, resultando por isso em saúde muito melhor.

 

Via Amor e compaixão – Universo Natural

Um mundo de amor que florescerá quando não houver mais medos dentro de nós…

amor_universal

O poder do amor

Mensagem de Owen K. Waters
31 de Julho de 2016.

O Amor, em suas várias formas, é a energia poderosa que envia as pessoas aos extremos do esforço humano. Esta força potente que permeia o universo é parte e parcela da experiência humana, proporcionando aprendizado e evolução às pessoas. É a força motriz por trás de toda a vida em sua jornada de volta à Unidade de todas as coisas.

Há muitas formas de amor. Há o amor de uma mãe pelo seu bebê. Há o amor de um filho pelos seus pais. Há a camaradagem de pessoas de mentes afins. Há o amor mostrado pelo auto-sacrifício a fim de salvar outros durante uma crise.

Todas estas são manifestações do amor, a energia que permeia toda a existência, em todas as frequências da consciência. O mundo está mudando. Ele está se transformando em um mundo de postura e dignidade humana, onde uma pessoa é honrada por todas as outras pessoas, onde o sofrimento chegou ao fim porque as pessoas chegaram aos seus corações para servirem à humanidade de qualquer maneira que acharem conveniente.

É um mundo de amor que irá florescer quando o medo chegar ao fim. Quando o medo for transformado, as pessoas não lutarão por recursos. Elas criarão meios para garantir que haja o suficiente de tudo para todos. Quando o medo for transformado, as pessoas não precisarão ter poder sobre as outras, a fim de se sentirem mais seguras dentro de si.

O medo é uma energia mental. Ele circula pelo globo dentro do cinturão da mente da humanidade. Ele pode ser transformado em amor pelas preces e intenções de cada indivíduo espiritualizado na face do globo. Quando o medo for neutralizado pelo amor, a paz mundial irá surgir.

Enviar a energia do amor ao mundo é um ato de transformação, e um ato com o seu nome nele. Quando você se unir a milhões de outras pessoas neste ato dinâmico de transformação, teremos a paz na Terra.


Fonte:  Spiritual Dynamics Academy
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br
Via: O poder do amor » CORAÇÃO AVATAR