ESTAMOS AQUI PARA INTEGRAR NOSSO EU HUMANO E NOSSO EU ETERNO…

meditatorheartblue_danielbholeman

ILUMINAÇÃO – ALGUNS LEMBRETES

Por: Maria Chambers

 

Lá se foram os tempos em que os mestres ascensos se retiravam para o topo das montanhas e ficavam afastados do convívio. Enquanto para alguns isso possa ser uma escolha viável, a maioria de nós aqui na vanguarda da iluminação, está aqui para usufruir a vida.

Embora achemos cada vez mais desafiador nos relacionar com a realidade que estamos deixando para trás, há ainda alegria em se participar da vida.

Pode parecer confuso porque alguns de nós abrimos mão de tanta coisa: família, amigos, companheiros, empregos, e estamos no processo de deixar de lado nossa linhagem, nossos antepassados, nossos velhos padrões, até mesmo nossas famílias espirituais de volta para casa. Tudo em nome de nos libertarmos e a todo mundo. A confusão vem porque, então, queremos saber por que nos sentimos tão sozinhos. Supõe-se que vamos viajar o resto de nossa vida sozinhos?

A resposta para isso é, claro, muito pessoal e cada um de nós possui o próprio e único caminho. Mas, ao mesmo tempo, sabemos que estamos aqui com o propósito de nos conectar ao nosso parceiro eterno, nossa Presença Divina e nossa alma.

EM NOSSOS PRÓPRIOS TERMOS

No entanto, como ser humano, e mesmo como uma alma, queremos experimentar a vida aqui no Planeta Terra de uma nova maneira. Uma em que não carreguemos mais a velha bagagem ancestral ou os fardos da consciência de massa.

Assim, não estamos virando as costas para a vida. Mas estamos querendo experimentá-la em nossos próprios termos agora. Estamos constatando que não sentimos mais a paixão das velhas maneiras, a partir de um lugar de drama ou de ocupação, de conquistas externas ou relacionamentos.

Podemos não estar nos sentindo apaixonados, em absoluto, ou apenas esporadicamente, conforme sentimos nossa alma em nosso corpo. Às vezes queremos saber se seremos capazes de nos conectar à vida aqui, ou nos relacionaremos cada vez menos com ela, à medida que ficarmos mais conscientes e despertos.

Quando nos sentimos assim, é importante nos lembrarmos de que, inicialmente, nós, como nossas almas, éramos cheios de fogo e paixão. Que este ser humano desapaixonado não é quem realmente somos.

De fato, se às vezes nos sentimos cansados, deprimidos e aborrecidos, é fácil demais nos identificar com isso e começar a acreditar que somos assim.

É muito fácil aceitar que somos essa pessoa, especialmente porque o processo de ascensão, de iluminação incorporada, parece estar se movendo no ritmo de um caracol, às vezes. E há momentos em que parece estar se movendo rápido demais, visto que parecemos estar nos transformando de dentro para fora, e a nossa vida externa parece que vai para o caos. E há momentos em que parece que nada está se mexendo, absolutamente.

E, para os que estão passando por algumas questões físicas difíceis, pode parecer uma eternidade.

Mas, apesar das dificuldades deste processo por que estamos passando, em algum lugar dentro de cada um de nós está a consciência de que não somos esses corpos, não somos essas personalidades, e não somos nossa história. Para aqueles dentre nós, na vanguarda da mudança da consciência, viajamos muito. Somos almas avançadas e não estamos aqui para mais lições.

POR QUE ESTAMOS AQUI?

Estamos aqui voluntariamente para inaugurar a mudança do humano para o Humano Divino. Até onde chegamos neste processo, é extremamente individual. Existem muitos fatores. Mas em última análise, realmente não importa. Como almas, não estamos realmente interessados em sermos os primeiros, embora com frequência somos os primeiros a passar pelas mudanças.

Na verdade, como almas, não estamos sequer interessados em ser apreciados por aquilo que estamos fazendo aqui. Apenas queremos experimentar. E outros humanos vão experimentar isso após termos pavimentado o caminho.

E o que vimos fazer é pavimentar o caminho.

Como humanos, tendemos a ser severos com nós mesmos. Fomos preparados para acreditar que somos fracassados, se não formos até o fim, seja lá o que isso signifique mesmo. (Basta olhar os esportes, o mundo empresarial ou como os líderes políticos se concentram na ‘vitória’ a qualquer custo).

Nós nos julgamos severamente se acreditamos que falhamos em algo. Ou se nossa perspectiva não é acolhida pelas massas.

Mas, como almas, valorizamos a experiência, onde quer que ela nos leve. E o que estamos fazendo nesta única existência nunca foi feito antes. Nem desta maneira. Morrer e ser renascidos na mesma vida. Uau! Integrar nosso eu humano e nosso eu eterno. Empalidece em comparação a escalar o Monte Everest, não é?

E até que ponto somos capazes de levar isso, não deveria importar.

Conforme olhamos para os grandes líderes da consciência na história, para outros inovadores das mudanças, muitos deles vão somente até certo ponto. Eles estavam também limitados pela consciência em que nasceram e em que tinham que viver. Eles estavam muitas vezes agindo sozinhos, em obscuridade virtual, sem o benefício do apoio de outras pessoas em sua vida, e mais definitivamente, não havia o apoio do restante da humanidade. Eles eram invisíveis às massas, ou eram vistos como um tanto loucos.

É um pouco diferente para nós, porque temos o apoio das almas de corações semelhantes, ao redor do globo, mesmo que esse grupo seja pequeno em número e seja na maior parte online. No entanto, ainda estamos sujeitos às leis deste mundo tridimensional, às vezes, o que tende a nos puxar para trás e nos desacelerar emocional e fisicamente.

GRANDES EXPECTATIVAS

Como almas, vimos nesta existência com entusiasmo e com fogo. Estávamos animados por estar aqui neste tempo importante na história da humanidade. Este famoso ditado: “É o melhor dos tempos e é o pior dos tempos”, não poderia ser mais adequado.

Mas, agora que estamos aqui, estamos nos sentindo, às vezes, como em uma sopa de ervilhas. E porque essa sopa de ervilha é espessa e lenta para se mexer, duvidamos de nós mesmos. Queremos saber por que não está indo tão suave ou rapidamente conforme esperávamos. Deixamos de sentir a sensualidade da vida com a nossa alma, para nos sentir completamente entediados. Mas isso não é incomum para um pioneiro da mudança. Eles muitas vezes duvidam de si mesmos ao longo do caminho. Eles normalmente subvalorizam o seu trabalho. E isso é porque, entre outras coisas, eles não estão recebendo um milhão de visualizações por semana em seu canal do YouTube. Seus livros não estão voando das prateleiras. Oprah ainda não os contatou. Em outras palavras, eles não são atraentes para as massas.

O trabalho que estamos fazendo é profundo. É revolucionário. E por esse motivo, as massas não estão prontas o suficiente para o que estamos oferecendo. Se estivessem, não seríamos os pioneiros.

E quando vocês olham para o estado do mundo, podem ver claramente que eles terão que fazer o que estamos fazendo, finalmente, ou eles não terão um futuro para aguardar com prazer.

E embora sejamos almas magníficas e capazes, é sempre mais difícil e desafiador com os que passam primeiro. Mas, é também o mais emocionante e o mais recompensador, tédio à parte.


Direitos Autorais:
Copyright © 2017, Maria Chambers. Todos os direitos reservados. Por favor, sintam-se livres para compartilhar este conteúdo com os outros, publiquem em seus blogs, página do Facebook, etc., mas mantenham a integridade deste artigo por incluir o autor, o tradutor e o link do site:

Maria Chambers – https://soulsoothinsounds.wordpress.com

Fonte: Soulsoothinsounds | Enlightenment-Some Reminders
Tradução de Ivete Brito – adavai@me.comwww.adavai.wordpress.com

Via: ADAVAI | ILUMINAÇÃO – ALGUNS LEMBRETES – 03/05/17

ESTA É A LUTA PELA LIBERDADE DE SER QUEM VOCÊ É…

womanstanding-facingsun

Os Desafios dos Transformadores da Nova Era

 

untitled (edited)

 

Por: Prama Shanti

Vocês estão em uma época de mudanças intensas, Gaia acelera e aumenta a frequência de suas mentes. Vocês tornam-se cada vez mais inquietos, seus corações angustiam-se por não conseguir acompanhar as mudanças que estão acontecendo. Esta angustia é o anseio de sua alma, que é barrada pelas resistências de seus Egos.

Vocês têm milênios de educação repressora, cuja finalidade era apenas de mantê-los infelizes para que pudessem ser escravizados. Vocês são escravos que agora estão vislumbrando uma pequena Luz que os levará à Liberdade.

Suas almas clamam por este caminho de liberdade e suas mentes racionais enchem-se de medo e procuram desesperadamente um caminho de volta que não existe mais. Uma mente que experimenta o gosto da liberdade nunca mais será igual.

A luta para desaprender todos estes conceitos errados que lhe impuseram nestes dois milênios de trevas.

Aqueles de vocês que conseguem libertar-se um pouco mais de toda esta repressão, enfrentam todas as resistências possíveis. De seus pares, familiares, amigos e da sociedade como um todo. É necessário um profundo desapego e uma profunda certeza de seu caminho para enfrentar estas dificuldades. Esta certeza é possível apenas para aqueles que conseguem escutar sua alma, vibrar no amor e desapegar-se das amarras tridimensionais.

Além de toda a resistência social, vocês enfrentarão também as forças trevosas que lutam para manter a humanidade na escravidão. E cada Luz que puder ser apagada representa uma grande vitória para estas forças. Vocês são os transformadores da nova Era, e como os antigos Mestres Solares, estão sendo caçados pelas forças trevosas. É preciso que vocês estejam constantemente atentos e em contato com seu Eu superior. Procurem manter-se o maior tempo possível no estado de atenção plena. Basta uma pequena queda, um pensamento ruim para que a porta se abra e vocês sejam assolados pelas forças trevosas.

Quando as coisas parecerem fugir de seu controle, sejam humildes. Reconheçam sua condição humana, suas possíveis falhas e não se culpem, procurem apenas aprender a lição que está sendo passada. Aprendam, transformem-se e saiam desta situação melhor do que antes.

É difícil quebrar sozinho o ciclo vicioso que os deprime e os leva cada vez mais para abaixo. Reconheçam sua fraqueza e solicitem ajuda. Procurem de preferência submeter-se à tratamentos apométricos, e na falta destes à passes, energizações, sessões de Reiki. Na falta de tudo isto, passem o maior tempo possível em locais sagrados. Igrejas antigas possuem uma grande proteção espiritual e são um ótimo local para que possam recuperar-se. Entrem em um local sagrado e meditem, respirem, fiquem em atenção plena e recarreguem suas energias.

A humildade é muito importante. Não existe liberdade sem humildade. Sejam humildes para procurar ajuda, para não se culparem e principalmente para entender que estão aqui errando e aprendendo. E cada falha superada os tornará mais fortes para que possam seguir sua missão.

Lembre-se que não existe pedra no caminho, você é sua própria pedra.
Transmute cada pedra dentro de você, agradeça por cada aprendizado e faça com que eles apenas reafirmem seus propósitos no caminho que se dispôs a seguir.

Sejam abençoados e tenham a certeza que estamos sempre lhes acompanhando.

Somos muitos e não deixaremos nenhum de vocês desamparados

Sigam em Paz !

através de Prama Shanti, em 27/04/2017

(sobre a autoria …)


Via: Os Desafios dos Transformadores da Nova Era | Prama Shanti

VOCÊ VEIO AO PLANETA COM UM PROPÓSITO MUITO ESPECÍFICO…

proposito definido

ASSUMA A RESPONSABILIDADE PELA FELICIDADE

Mensagem de O Grupo canalizada por: Steve Rother
em 30 de Julho de 2016

 

 

Os Lembretes do Lar dos Faróis de Luz são apresentados ao Vivo na Internet, transcritos e publicados aqui todos os meses.

 

Saudações, queridos

Abram as suas asas, mesmo quando estiverem cansados.
Somos o vento sob as suas asas.

Saiba que cada um de vocês tem estas belas oportunidades de ser um apoio e de ser apoiado. Nós o vemos como estes belos pássaros com as asas estendidas, voando e compartilhando as energias mais incríveis, apreciando o mundo desta maneira.

Chega um momento em que as suas asas se cansam e você deve descansar.
Assim, a maneira de fazer isto é parar de voar, fazer uma pausa e liberar.

Ou, você pode ter estes belos anjos surgindo sob as suas asas para ajudarem quando você estiver cansado. Cada um de vocês tem estes contratos que são ativados nos momentos perfeitos – pode ser um animal, uma pessoa, ou até mesmo a energia.

Entretanto, muitos de vocês não sentiram este apoio sob as suas asas e se perguntam se estão fazendo algo de errado e devem se ajustar de alguma maneira. Nós lhe pedimos, querido, contem conosco quando isto acontecer. Somos muito fortes e podemos segurá-lo até que se lembre de sua própria força e vibração, deste belo tom que é exclusivamente seu.

Você veio ao Planeta Terra com um propósito muito específico que ainda não está completo, ou você não estaria aqui agora. A realidade é que você tem feito um trabalho incrível por estar aqui e investido na Terra e na humanidade muitas vezes.

Você tem essa oportunidade agora de se atrever a abrir suas asas, mesmo que você possa estar cansado, abrindo espaço para essas energias para ajudá-lo a manter a sua luz, energia e amor.

Stress no Planeta Terra

Agora, vemos com espanto enquanto você atravessa as mudanças que você está enfrentando. Vemos uma tremenda quantidade de stress em seu planeta e não há realmente nenhuma medida disto que exista; não é um nível de pressão ou de energia que não possa ser medido ou quantificado de alguma forma, mas todos vocês sentem isso. Isto afeta o seu pensamento em primeiro lugar e as suas ações, em segundo lugar.

Cada ser humano sente esta energia, que você tem vivido há meses. Sinceramente, há um pequeno caminho a percorrer. Estamos cientes de que alguns de vocês estão esgotados, em parte porque você vê as coisas através de dois olhos.

Você sempre vê as coisas a partir de um campo de dualidade, mas se pudéssemos tirar esse véu e deixá-lo ver o jogo bonito que está ocorrendo no planeta Terra você entenderia o que está realmente acontecendo. Porque, querido, isto está, na verdade, levando a uma evolução incrível em vez de dificuldades. Você deve passar por esses desafios, a fim de chegar a esse espaço, encontrar essa singularidade, e ganhar o direito de viver nisto a cada dia e a cada momento.

Doença mental

Você está fazendo mais do que entende e agradecemos a todos por terem essa oportunidade de estarem aí e trabalharem com essas coisas.

Querido, você vê isso acontecendo quase todos os dias. Você pode olhar para os seus jornais, seus televisores e descobrir que havia alguém que agiu de novo ou talvez até mesmo levou vidas com eles por desespero. Muitas vezes, tem havido anjos que voaram debaixo de suas asas para segurá-los, mas eles não permitiram que isso acontecesse.

Em parte, isso pode ser atribuído ao que você chama de doença mental. É uma área de que você tem pouca compreensão, querido, mas cada um de vocês carrega uma forma de doença mental. Alguns de vocês podem racionalizar e trabalhar com ela, enquanto outros têm mais dificuldade, mas todos vocês lidam com estas questões.

Quando a energia se torna muito opressiva, restritiva e difícil, é difícil uma pessoa se perceber. Ela não entende onde está indo, se ela está no caminho certo, ou como fazer essas conexões. O desafio sobre a maior parte disto, meu querido, é o que você chama de doença mental. Trata-se da separação versus unidade; separação é o que você chama de doença mental.

Olhe para algumas das classificações das pessoas com estas doenças específicas, que se referem a não serem capazes de se encaixar na norma. Mas isso acontece com cada um de vocês, por causa da forma como vocês levaram esta energia espiritual incrível do Lar.

Quase todos vocês que se consideram trabalhadores da luz se sentem como se estivessem sozinhos, como se vocês fossem os únicos a sentirem e entenderem o que vocês fazem. Embora sua fé seja inabalável, o seu reflexo no mundo pode não ser visto e isto faz com que seja muito difícil.

Então, podemos lhe dizer, encontre esses belos anjos que podem surgir sob suas asas e lhes permita fazê-lo. Convide-os a fazê-lo, fale em voz alta e depois veja o que acontece.

ASSUMA A RESPONSABILIDADE PELA SUA FELICIDADE

Crie espaço para que isto aconteça em sua vida, em seguida, vire-se e faça-o com outros, porque essa é a conclusão do ciclo de energia. Se você quiser trazer essa energia, direção e o sentido de propósito para a sua vida, ajude outras pessoas a encontrar isto na deles. Estas são as conexões de que vocês todos estão se tornando conscientes.

Na verdade você está sendo empurrado para mais perto deles por causa dessa energia densa e destes tempos difíceis no planeta Terra e, assim, você está vendo as pessoas agirem de maneiras diferentes.

A maioria de vocês que tem desenvolvido incrivelmente o nervo vago, acha incrivelmente difícil sentir e manter essa energia, porque você também assume a responsabilidade por ela. Não assuma a responsabilidade pela humanidade; esta é uma decisão coletiva e uma vibração coletiva.

Assuma a responsabilidade pela sua felicidade neste planeta.
Sim, isso é o que nós dissemos – a sua própria felicidade.

O que acontece quando você encontrar a sua paixão, quando você entrar em algo que gosta de fazer?

Você começa a vibrar de tal forma que afeta a todos ao seu redor e define uma energia. Isto realmente define o seu próprio futuro e todos os eventos que podem ocorrer com você nesse ponto. Você é muito mais poderoso do que entende.

Um pouco de integridade vibracional neste momento se estenderá para o futuro e limpará grande parte da energia para a sua própria vida e o seu propósito, como um espírito que finge ser um humano.

AS ELEIÇÕES NOS ESTADOS UNIDOS

Você é mágico, querido. Alguns dos eventos na Terra, nós observamos com grande dor, e outros com grande humor. Estamos rindo histericamente com o que você chama de suas eleições nos Estados Unidos. Sim, querido, é uma das coisas mais divertidas que já vimos em seu planeta.

Todos vocês estão perguntando: “Aonde isto irá?”
Já fizemos as nossas previsões.

No entanto, a parte mais importante para entender sobre isso é, não importa quem seja eleito como o próximo presidente, nós duvidamos seriamente que eles irão durar dois semestres.

Embora não possamos lhe dar uma declaração sobre o futuro, podemos compartilhar que poderão haver eventos que provavelmente limitarão o próximo líder dos Estados Unidos em algum grau. Portanto, esteja atento para isso e saiba que ninguém é certo ou errado nisso; todos vocês estão tomando decisões.

A frustração atual no planeta Terra tem um enorme papel na sua tomada de decisão. Se você puder sair disto o tempo suficiente para ver as coisas como elas são, isto irá ajudá-lo a tomar decisões muito claras. Você tem esses níveis de confiança, que são muito difíceis para você ancorar e usar em alguns aspectos, no entanto, você os vê.

Saiba que tem a ver com confiar em si mesmo mais do que qualquer outra coisa. Isso é o que geralmente reflete quando uma pessoa não pode encontrar alguém em quem colocar a sua confiança. Quando as energias avançam da forma com que estão agora, saiba que é também uma oportunidade para o espírito colocar uma mão no que está ocorrendo.

O TERCEIRO ASPECTO DE CADA RELACIONAMENTO NO PLANETA TERRA

Não há certo ou errado no planeta Terra, é simplesmente uma ilusão da dualidade.

A humanidade agora saiu claramente da dualidade. Encontrar o seu novo caminho, o terceiro aspecto de suas vidas e de seus relacionamentos, irá ajudá-lo a entender mais sobre o que está ocorrendo na Terra. Cada um de vocês tem uma relação com o resto da humanidade, que é o que não está sendo entendido. É a terceira etapa, uma relação que é tão difícil.

É por isso que há a incrível tensão no planeta agora; a terceira perna da relação foi removida.

O efeito lança as pessoas no desespero, fazendo-as agir ou empreender qualquer ação, simplesmente porque é uma ação em vez de uma inação. Às vezes, você dá propositadamente um passo para trás em seu caminho; muitas vezes, isto acontece por medo e é uma reação natural do ser humano.

Não é para ser julgado, só avance na direção que o fizer feliz.
Essa é a única parte que lhe pedimos que observe nesses próximos meses.

Há uma nova onda de energia neste planeta que irá acalmar as coisas, mas você tem tantos dramas agora que é fácil se envolver neles – todos e cada um. Saiba que sua visão pode ver apenas uma pequena parte de tudo o que acontece até que você retorne ao Lar.

Então, iremos compartilhar tudo isso e você irá começar a ver o terceiro aspecto de cada relacionamento na Terra – mesmo aqueles que você chama de inimigos. Então, você irá começar a ver tudo a partir de uma perspectiva diferente e você irá começar a abrir as suas asas de novo, todos vocês.

E nestes momentos em que você ficar mais cansado, espere que alguém lhe preste assistência.
Pode ser uma pessoa, um parente, um animal, o espírito, ou até mesmo nós.

ESTAMOS LHE AGRADECENDO

Vocês são seres mágicos que criaram um jogo no planeta Terra. É agora possível passar para um nível inteiramente novo que nunca foi até mesmo antecipado no início do seu jogo. É por isso que todos os olhos estão no planeta Terra. A atenção está focada aqui, porque você está fazendo algo que não tinha sido feito antes.

Muitos de vocês sentem que vocês estão mantendo a energia, mas não podem ver os resultados ou nunca receberam o agradecimento. Saiba que estamos lhe agradecendo, pois vemos o que você tem feito. Vemos o seu caminho como um espírito e nós o amamos mais do que você poderia saber.

Somos este vento sob suas asas. Permita-nos levá-lo nesses momentos em que você precisar de uma pausa. Permita-nos estar aí para você e encontrar todos os outros que virão em seu auxílio. Você não está sozinho, e estes são os tempos da unidade versus separação.

Cada peça que você põe em movimento que ajuda a trazê-lo para a unidade elimina a doença mental, a frustração e a densidade em que todos estiveram vivendo. Saiba que há muito trabalho pela frente, para todos vocês. E o mais importante: você terá a oportunidade de fazer esse trabalho e de ser ouvido de uma maneira nova.

É com a maior honra que o saudamos desta maneira. Nós lhe pedimos que se tratem com o maior respeito como os mestres e os curadores que são. Cuidem-se a cada oportunidade. Saiba que você está participando deste belo jogo que você não consegue ainda descobrir as regras. Joguem bem juntos.

Espavo

A palavra Espavo é uma antiga saudação Lemuriana: “Grato por Assumir o seu Poder.”


Por favor, respeite os créditos ao compartilhar
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – http://www.decoracaoacoracao.blog.br
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – https://lecocq.wordpress.com

Fonte:  Espavo | The Beacons of Light | ~ Take Responsibility for your Happiness ~
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

Via ♥ De Coração a Coração ♥: ASSUMA A RESPONSABILIDADE PELA FELICIDADE

TRAZENDO UM POUCO DA SABEDORIA VÉDICA DA ANTIGA ÍNDIA…

Adi Shankara

O que é vedanta ou advaita vedanta?

Por: Jonas Masetti

Vedanta é o nome do estudo realizado a partir do final dos Vedas, que deu origem ao conceito popular de autoconhecimento. Na sua etimologia o termo vedanta possui dois significados: “aquilo que se encontra no final dos Vedas”, pois “anta” em sânscrito significa “fim” ;e também, “o conhecimento final”, já que a palavra “veda” também significa simplesmente “conhecimento”. Afinal o que é vedanta de fato?O tema do estudo recebe vários nomes pelos próprios Vedas, esses nomes indicam o que se esperar e também como realizá-lo. Ele é chamado de conhecimento final, pois trata do absoluto, aquilo que uma vez conhecido não deixa nada de fora. Em outras partes ele é chamado de atma jnanam o conhecimento do “eu”, da onde veio a expressão autoconhecimento.

O que é Vedanta Vyasa?

Veda-Vyasa autor marcante da tradição. Como em inglês o “eu” é chamado de “self” importamos a expressão conhecimento do “self” (atma jnanam) como autoconhecimento, embora não seja realmente a mais adequada. Isso porque dá uma idéia de que podemos adquiri-lo sozinhos ou automaticamente, mas muito pelo contrário, mesmo com professor, exige esforço e dedicação. Vedanta ainda vai apresentar como objetivo vários nomes: moksa, nirvana, brahma, atma labha, yoga, upanishads, nishreya, paramam padam e muitos outros. Todos esses nomes têm sentido figurado e dentro do estudo são vistos como sinônimos, fato que não é bem entendido para quem está de fora. O estudante inicia sua busca interessado em moksa, termo também consagrado como a “liberação”, e ao longo do processo de estudo descobre que de fato moksa é sua natureza fundamental e não algo para ser adquirido no tempo e espaço.

O estudo consiste em uma mudança cognitiva, a correção de uma visão sobre o mundo e si mesmo. Essa visão errônea é a causa do nosso sentimento de limitação, impotência e incompletude, que é básico em todo o ser humano. Os Vedas, nessa parte chamada de vedanta, se colocam como um meio de conhecimento para a natureza do “eu” que é livre e é aquilo que tanto buscamos. Esse conhecimento é obtido através de um método muito preciso acompanhado de um estilo de vida “de yoga” que visa preparar a mente do estudante. À essa exposição e à tradição de ensinamento onde ela está inserida, é dado o nome de vedanta.

Vedanta é uma religião?

Apesar de ser visto como religião por alguns, seja pela sua proximidade com o hinduísmo ou pelo desconhecimento geral sobre o tema, vedanta não é uma religião. É apenas um nome para um tema de estudo, como matemática ou geografia. Como esse tema não está disponível, tentamos enquadrá-lo em alguma categoria que já conhecemos, para poder lidar com ele. Vedanta não é uma religião, mas fortalece qualquer vínculo religioso que a pessoa já tenha. Quando o professor fala de Deus sempre usa termos que são comuns às religiões, sem entrar em questões de nomes ou sistemas de crenças. Contudo, esse estudo faz a pessoa incorporar valores e trazer a visão da ordem em que todo esse universo está inserido, deixando a pessoa com mais religiosidade. Não precisa ser hindu para estudar vedanta. Swami Vivekananda um dos primeiros a trazer a cultura védica para o ocidente possuía apenas 2 livros de bolso e um deles era a Bíblia. Deixando claro que seu compromisso não era religioso e sim com a verdade não oposta as religiões.

Vedanta é ciência ou filosofia?

Se não é proposto um sistema de crenças poderíamos concluir que é um estudo científico ou filosófico, porém esse também não é o caso. Eles têm como base a experiência dos objetos, mas não é possível elaborar teorias sobre algo que não seja tangível à percepção. A nossa realidade percebida é a base da ciência e do pensamento filosófico. Vedanta lida com a natureza do “eu”, que está por detrás das experiências e que nenhuma pode realmente tocar, por isso não se trata de uma filosofia. Seria como filosofar sobre um objeto que nunca foi visto e que não tem nenhuma conexão conosco. O que se poderia pensar sobre ele? O conhecimento proposto se dá pelo uso de um meio “externo” ao sujeito, que figurativamente funciona como um “espelho”.Assim como a olho não é capaz de ver a si mesmo, ninguém é capaz de “ver” o “eu”. Vedanta é como um espelho: funciona como um meio de conhecimento para aquilo que não podemos ver sozinhos.

Gloria Arieira O que é vedanta

“… Na parte final de cada um dos quatro Vedas encontram-se as Upaniṣads. A estas é dada a designação geral de Vedanta(…) não são um conhecimento teórico contido em livros, mas um ensinamento que deve ser ouvido…” (vidya mandir)

Glória Arieira

“… Na visão do Vedānta, você é a solução para o problema que você sofre. “Eu sou Brahman, a totalidade ”

Swami Dayananda

 

Quais são as diferentes linhagens de Vedanta?

Vedanta como vimos se refere apenas a uma porção dos Vedas para ser estudada. Se a pessoa estiver estudando com um professor tradicional o fim dos Vedas com o compromisso de encontrar a verdade por detrás das palavras, essa pessoa não pertence a nenhum grupo de fato, é apenas uma pessoa estudando um tema.

A classificação de diferentes linhas filosóficas vem das pessoas que ainda não ingressaram nos estudos ou dos acadêmicos contemporâneos. Vedanta em si é um tema, não possui realmente uma linhagem. Seria como dizer que matemática tem linhagens, se existe alguma linhagem ela não é do ponto de vista do tema, mas do professor de cada um.

Se pessoas tiverem pontos de vistas diferentes sobre o mesmo tema, assim como qualquer assunto, isso é algo para ser discutido e sanado. Como não estamos falando de uma filosofia, onde cada um pode ter uma interpretação, as técnicas para definição do que é dito pelos Vedas são muito precisas e estão contidas no próprio processo de estudo.

O que é Advatia Vedanta ou a não-dualidade de Shankara?

Um dos professores mais conhecidos hoje em dia é Shankara devido a sua obra de comentários sobre os textos tradicionais de Vedanta. Algumas pessoas atribuem a ele advaita vedanta, mas essa não é a visão que ele mesmo propõe nem aceita tradicionalmente. De fato esse termo advaita vedanta é desnecessário.

Vedanta não propõe advaita, o estudo revela advaita, o que é completamente diferente.

Advaita que pode ser traduzido como não dualidade está por detrás de todos, mesmo daqueles que se dizem dvaitins – dualistas. Se acreditamos que a realidade é o vazio, queremos então nos unir ao vazio; se Deus está em algum lugar queremos ir lá encontrar com Ele; se considerarmos que a resposta é alguma experiência na meditação; queremos ser “um” com essa experiência e para sempre… Existe alguém que não esteja de fato buscando advaita? Advaita, não é proposta, é apenas reconhecida.

Esse é o coração dos Vedas e da tradição védica pois trata do anseio básico do ser humano de se tornar completo, livre e em paz. Essa busca por ser um, inteiro, livre de mudanças é o que é chamado de advaita que é o tema de vedanta. Assim vedanta é um tema de estudo como qualquer outro que exige dedicação, tempo, interesse e um preparo. Esse preparo que envolve uma maturidade de vida é provido pela própria tradição védica através do que chamamos de uma vida de yoga.

OM TAT SAT


Conheça Vedanta com Jonas Masetti no Satsanga Online

Publicado em 9 de jul de 2014 por: Jonas Masetti

 


 

Fontes:
Vedanta.Life | O que é vedanta ou advaita vedanta?
YouTube | Conheça Vedanta com Jonas Masetti no Satsanga Online

VOCÊ EM UM ESTADO DE CONSCIÊNCIA DE 5ª DIMENSÃO…

consciente na 5D

O ESTADO DA 5ª DIMENSÃO ESTÁ FIRMEMENTE ANCORADO AQUI E AGORA

Por: Judith Kusel

O estado da 5ª dimensão está agora firmemente ancorado e, portanto, funcionando plenamente.

Não está no futuro nebuloso, mas está no aqui e agora e sempre presente.

A maioria das pessoas está procurando por esse estado mais elevado, ou a melhor banda de freqüência vibracional de vida e a vida fora de si mesmos, quando na realidade é UM ESTADO DE CONSCIÊNCIA QUE MANIFESTA E VIVE EM VOCÊ!

Você simplesmente reage à vida de forma diferente.

Você não é puxado mais em todas as direções e  permitindo que outras pessoas vivam as suas vidas por você.

Você está se capacitando em todas as 7 áreas da vida e você está vivendo  a partir do CORAÇÃO E DA ALMA.

Você está conscientemente escolhendo o modo de como você está vivendo sua vida, o que você está pensando e falando, e o que você está PROJETANDO para fora de si mesmo.

Vocês estão conscientemente buscando o que os inspira, o que os edifica, e vocês estão amando viver o propósito de sua alma e o chamado com TUDO o que vocês são.

Você está encontrando novas maneiras de amar e de se nutrir, e você está tão preenchido  POR DENTRO que você está inteiro e completo COM SEU PRÓPRIO EU –  não há vazio, pois você está totalmente preenchido de Amor e Luz divina por dentro e por  fora.

Você agora escolhe amar a si mesmo totalmente, e nas suas escolhas você está atraindo mais e mais almas para você que estão no mesmo comprimento de onda e banda de frequência que a sua, e, portanto, você está agora construindo e criando uma nova família de almas e, como consequência, está construindo um novo e modo de vida mais elevado.

Você está aprendendo a colocar escudos protetores de luz dourada em torno de você para que ele possa  filtrar todas as vibrações negativas e negatividades do mundo 3D e a projeção das massas ao redor de você. Você se recusa a ouvir os relatos dos canais de notícias que agem como um ópio para as massas e aborrecem seus sentidos, você se desliga dessas coisas que só criam mais medo e desilusão – isso é algo da 3D que vocês não estão comprando  mais!

Você somente busca a plenitude e o amor dentro dessa bolha e aquilo que serve ao seu ser mais elevado da alma e, portanto, está no mais alto alinhamento com a sua freqüência e vibração e APRIMORA a sua vida, pois você está aprendendo mais a VIVER sua vida, co-criando, e assim sendo, tomando  toda a responsabilidade por cada simples pensamento, ação, não-ação e tudo o que você está transmitindo ao seu redor.

Você procura os caminhos mais elevados de mestria em todos os níveis da vida, e não permitirá que ninguém o desvie do seu caminho nem o puxe para baixo.

Você está aprendendo a se elevar acima de tudo, mas ainda está vivendo uma vida plenamente real, consciente e ciente, em cada simples respiração de vida  você aproveita, em cada palavra e em cada tarefa que você está fazendo.

Na verdade, vocês estão triturando TUDO com a mais alta energia e freqüência de puro amor incondicional, vivendo a sua verdade com integridade e, portanto, com a intenção plena de criar a vida e uma vida mais abundantemente, sempre no mais alto serviço possível, pelo bem maior e benefício de todos os interessados.

Você está assumindo a plena responsabilidade de ancorar em forma física o céu na terra – de fato, agora a 5D está se manifestando na realidade física e, por conseguinte, levando a humanidade para casa na sua mais alta verdade e em suas formas mais elevadas de expressão da vida.

Quanto mais se VIVE isso, mais fácil isso se torna e um dia você percebe que a vida em 3D que você viveu foi dissolvida, desintegrada e que você está vivendo plenamente uma Vida  de Empoderamento-de-Alma totalmente, na forma dimensional mais elevada, bem aqui, no presente e no AGORA.


Sobre a Autora:

Judith é uma escritora inspirada e coach da vida. Ela oferece leituras de alma para pessoas de todo o mundo. Ela é uma mulher notável e inspiradora, que tem a capacidade de explorar o campo da Superconsciência (também chamada de campo de energia de Hicks) e traz os Antigos Ensinamentos Cósmicos e  Conhecimentos para as pessoas do planeta Terra. Ela tomou isso em sua própria alma para aprofundar  mais profundamente no sentido mais elevado da vida e da própria alma. Sua escrita inspiradora tocou os corações de pessoas de todo o mundo. Ela foi entrevistada no blog da TV “Reawaken your Brilliance Show” duas vezes por Julie Seibert, e foi convidada para os seguintes programas de rádio: “The I AM Radio Talk show”; “Raising Vibration Talk show” e “The Bob Charles Show” nos EUA.

Ela também pode ser encontráda no Facebook, seu site http://www.judith-kusel.com ; Http://www.judithkusel.wordpress.com ; Twitter: Judith Kusel e YouTube: Judith Kusel

Judith Küsel – Soul Reading Information: http://www.judithkusel.com


Fonte : Facebook: Judith Kusel | 21 de março de 2017 às 03:54

Tradução : Sônia L. Pereira
Publicação : Mostradores da Luz – Somos do Futuro

Via: MOSTRADORES DA LUZ – SOMOS DO FUTURO: O ESTADO DA 5ª DIMENSÃO ESTÁ FIRMEMENTE ANCORADO AQUI E AGORA

SENTIMENTOS E PENSAMENTOS SE MATERIALIZAM…

voce_e_o_que_pensa

SUA VIDA NÃO ESTÁ PERFEITA?

Mestre Saint Germain_Claudio Gianfardoni 171 x 240

SAINT GERMAIN EXPLICA O POR QUÊ

Trechos do livro: Mistérios Desvelados

 

1. Você foi criado a Imagem e Semelhança de Deus!

“É muito importante compreender plenamente que o desígnio de Deus para com cada um de Seus filhos é a abundância de todas as coisas boas e perfeitas. Ele criou a Perfeição e investiu cada um de Seus filhos exatamente com o mesmo poder. Também eles podem criar e manter Perfeição, expressar a Sabedoria de Deus sobre a Terra e tudo quanto nela existe.”

“O ser humano foi criado, originariamente, à Imagem e Semelhança de Deus. A única razão pela qual nem todos manifestam Seu Domínio e Majestade é pelo fato de não usarem sua Herança Divina – aquilo de que todo indivíduo é dotado e com que é destinado a governar seu próprio mundo. Então, não estão obedecendo à Lei do Amor, através da qual se derramam bênçãos e paz a toda Criação.”

2. A Grande Lei da Atração:

“Amor e glorificação ao Grande Eu Interior e a atenção mantida focalizada sobre a Verdade, a saúde, a liberdade, a paz, a fartura, ou qualquer outra coisa que desejardes para correto uso, trarão à manifestação para o vosso proveito e de vosso mundo – se com persistência os conservardes em vossa consciência (pensamento e sentimento). Isto é tão certo como existe uma Grande Lei de Atração Magnética no Universo”.

“A Eterna Lei da Vida é: o que pensais e sentis atraireis para o mundo da forma. Onde está vosso pensamento, aí estais, porque sois vossa própria Consciência e vos tomareis naquilo sobre que meditais”.

3. Sentimentos e Pensamentos se tornam coisas!

“Quanto mais intenso for o sentimento contido no desejo, tanto mais depressa este se realizará. Se, entretanto, alguém for tão insensato a ponto de desejar alguma coisa que possa prejudicar a outro filho de Deus, ou a qualquer outra parte de Sua Criação, então essa pessoa pagará a penalidade com discórdia e fracasso, em alguma experiência de sua vida.”

“Quando alguém permite que sua mente se demore em pensamento de ódio, condenação, concupiscência, inveja, ciúme, crítica, medo, dúvida ou desconfiança, e admite que esses sentimentos de irritação sejam gerados dentro dele, certamente terá discórdia, fracasso e infortúnios em sua mente, corpo e mundo.”

4. Para onde vai a sua atenção?

“Enquanto ele permanecer consentindo que sua atenção se prenda a tais pensamentos negativos – tenham eles por objeto nações, pessoas, lugares, condições ou coisas – está absorvendo aquelas atividades na substância de sua mente, de seu corpo e de seus negócios. De fato, ele está induzindo – forçando-as – a que entrem em sua experiência.”

“A atividade de Vida designada como sentimento, é o ponto menos resguardado da consciência humana. É a energia acumuladora, pela qual os pensamentos são impelidos para dentro da substância atômica, e assim, pensamentos se tornam coisas.”

5. Alertas!

“Advirto-vos: a necessidade de vigilância sobre o sentimento nunca será demasiadamente enfatizada, porque o controle das emoções desempenha o papel mais importante em tudo na Vida, mantendo o equilíbrio da mente, a saúde do corpo, sucesso e realização nos negócios e no círculo social do eu-pessoal de todo indivíduo. Pensamentos nunca poderão se converter em coisas, enquanto não se revestirem de sentimento.”

“O maior crime no Universo contra a Lei do Amor é a emissão quase incessante, pela humanidade, de toda espécie de sentimentos negativos e destrutivos.”

“Aquele que não quer controlar seus pensamentos e sentimentos está em mau caminho, porque todas as portas de sua consciência estão abertas de par em par às atividades desintegradoras projetadas pelas mentes e emoções de outras personalidades. Não é preciso nem força, nem sabedoria, nem treinamento, para dar passagem a impulsos malévolos e destrutivos, e os seres humanos adultos que fazem isto, não passam de crianças no desenvolvimento de seu autodomínio.”

6. Sentimentos negativos geram doenças e velhice?

“Assim como o barulho de uma súbita explosão causa um choque no sistema nervoso de quem ouve, imprimindo uma sensação de tremor na estrutura celular do corpo — exatamente do mesmo modo as labaredas do sentimento irritado chocam, perturbam e desordenam as substâncias mais finas da estrutura atômica da mente, do corpo e do ambiente da pessoa que as emite, consciente ou inconscientemente, intencionalmente ou não.”

“O Sentimento discordante é o causador das condições a que chamamos desintegração, velhice, falta de memória e qualquer outra falha no mundo da experiência humana.”[

“Manifestar pensamentos e sentimentos discordantes que brotam de si mesmo, é proceder dentro do menor esforço e constitui uma atividade habitual do indivíduo pouco desenvolvido, rebelde e obstinado, que recusa compreender a ”Lei do seu próprio Ser” e trazer sua personalidade – que é apenas instrumento de expressão – à obediência a ‘Essa Lei’.”

7. Você tem o hábito de criticar, condenar e julgar?

“O tempo que o comum das pessoas gasta criticando, condenando e censurando criaturas, condições e coisas, por não serem algo diferente do que são, se empregado nesse reconhecimento e uso da ‘Luz’, faria o Céu manifestar-se na Terra, para quem ousar experimentar e tiver determinação para perseverar.”

8. Sua mente no Comando!

Cada elétron e átomo no Universo obedece ao nosso desejo e comando, em consequência do Poder Divino pelo qual o controlamos – tendo adquirido o direito de ser seus Dirigentes.”

“Todo Desejo Construtivo é, realmente, o Próprio Deus Interior impulsionando a Perfeição a manifestar-se, para uso e proveito do eu externo.”

“A Grande Energia de Vida está fluindo através de nós, constantemente. Se a dirigirmos para realizações construtivas, Ela nos trará alegria e felicidade. Se a dirigirmos para a satisfação dos sentidos, não pode haver senão miséria como – uma Vida-Energia Impessoal.”

9. As instruções de Saint Germain:

“Conservai diante da atividade externa de vossa mente a lembrança constante de que sois ‘Vida’ — ‘Deus em Ação’ em vós mesmos e em vosso mundo. O eu-pessoal está constantemente clamando pela posse de bens materiais e poder, quando a própria Energia, mediante a qual existe, lhe é cedida pelo seu Deus Interno. A externa atividade humana pessoal não possui nem mesmo a própria pele. Até os átomos de seu corpo lhe são emprestados pela ‘Suprema Presença de Deus’ do Grande Oceano de Substância Universal.”

“Exercitai-vos em fazer voltar todo o poder e autoridade para a ‘Grande e Gloriosa Chama Divina’, que é vosso ‘Eu Real’, e a ‘Fonte’ da qual tendes recebido sempre tudo o que é bom”.

“Nada é impossível! A ‘Luz’ jamais falha.”

 

Trechos do livro: “Mistérios Desvelados”,
Ponte para a Liberdade

 


Por favor, respeite os créditos ao compartilhar
http://stelalecocq.blogspot.com/2015/10/saint-germain-sua-vida-nao-esta-perfeita.html
Fonte – Anima Mundhy

via ♥ De Coração a Coração ♥: SAINT GERMAIN – SUA VIDA NÃO ESTÁ PERFEITA?

NO SEU DNA EXISTEM REGISTROS AKASHICOS DE SUA ALMA…

registrosdedna

Os registros akashicos e o DNA

Por: Selacia

 Mensagem de 23 de Março de 2017

Nosso mundo pode parecer virado de cabeça para baixo agora, mas a sua vida não precisa estar. De fato, alguns de seus maiores avanços e progressos podem ocorrer durante estes tempos incertos. Neste artigo, eu descreverei o recurso fundamental que existe em seu próprio DNA – conectado aos registros akashicos de sua alma – que poderá ajudá-lo a se libertar de coisas muito antigas e a viver mais o seu propósito de vida.

O QUE HÁ EM SEUS REGISTROS AKASHICOS NO DNA

Aqui estão alguns antecedentes sobre o vasto tesouro alojado em seus registros akashicos no DNA. Há um campo ao redor do DNA que pode ser lido como um mapa, revelando os registros akashicos da jornada de sua alma ao longo do tempo. Eventos fundamentais lá estão, assim como as suas respostas a estes eventos. Qualidades principais como dons para a escrita ou a cura estão também lá registradas. Impressões fundamentais das lições de sua alma ao longo do tempo se encontram lá. Principais tendências e experiências – as suas, de seus antepassados, ou até mesmo os da humanidade também se encontram lá. As codificações-chave que o ajudam em sua iluminação, incluindo a sua mestria dos ensinamentos espirituais, são encontradas lá.

Quando eu falo da jornada de sua alma ao longo do tempo, estou me referindo a esta vida, vidas passadas e até mesmo aos períodos entre as vidas quando você pode ter feito acordos ou votos de alma. A jornada de sua alma está interligada com a jornada de sua família ou antepassados, à humanidade em geral, e às pessoas principais de outras vidas que estão aparecendo novamente agora.

Aqui estão alguns exemplos específicos dos tipos de coisas que eu vejo intuitivamente quando faço as sessões de cura intuitiva do DNA.

PRIMEIRO – Relacionamentos – Uma questão fundamental para todos que estão vivos agora e que procuram criar um mundo mais amoroso. Este é, com frequência, o melhor lugar por onde começar e há muito aí. Exemplo: Uma mulher veio a mim para curar um relacionamento antigo que ela tinha dificuldade de liberar para seguir em frente. Quando eu trabalhei com ela, pude ver um padrão que começou muito antes desta vida e que precisava ser eliminado em suas raízes no passado, antes que ela tivesse um encerramento. Eliminar padrões em sua raiz no DNA é o que faz a diferença.

SEGUNDO – Dinheiro – outra questão-chave em torno de muitas formas ao longo dos séculos. Mesmo as pessoas ricas podem manter votos de pobreza, ou outras crenças limitantes sobre o dinheiro; os padrões do passado, muitas vezes, surgem quando a economia é afetada, ou quando outros catalisadores fundamentais ocorrem. A instabilidade do mundo hoje está catalisando temas de dinheiro para muitas pessoas.

O que acontece é que uma questão latente no DNA da pessoa vem à tona como resultado de algum tipo de crise – pessoal ou no mundo externo. Saber o que está no registro akashico, no DNA da pessoa, então, fornece o ponto de partida para a cura através do tempo. Assim como o primeiro exemplo, o objetivo é conhecer a causa raiz e eliminar as coisas de lá.

TERCEIRO – Confiança – É uma imensa questão na frente e no centro em 2017, quando temas de desconfiança e divisão têm escalado para proporções de crise. Os temas de confiança podem ser pessoais – como na própria dúvida e desconfiança de decisões pessoais, ou na direção de vida. Os temas são também entre as pessoas, em todos os tipos de relacionamentos – sejam eles 1 a 1, em grupos, ou o indivíduo em relação ao governo, e outras figuras de autoridade. A um nível de DNA muitas pessoas têm uma desconfiança condicionada de certas pessoas ou grupos de pessoas. Na verdade, as raízes do racismo são geralmente ao nível genético do DNA, transmitido ao longo das gerações.

QUARTO – Propósito de Vida. Muitas pessoas nestes dias sentem ou uma falta de clareza sobre o seu caminho ou com um bloqueio para expressarem plenamente os dons de sua alma. Quaisquer que sejam os sucessos ou desafios que você experiencie, saiba que eles são uma parte do caminho de sua alma para encontrar a totalidade. Exemplo: Quando uma pessoa adquire a perspectiva quântica de seu caminho de alma, incluindo os dons e talentos principais de vidas passadas, um interesse atual ou direção pode começar a entrar em foco relevante. Simultaneamente, quando a pessoa se torna consciente e elimina os bloqueios ao nível do DNA para a manifestação do propósito, novos caminhos são criados. Um exemplo de um bloqueio ao nível do DNA poderia ser uma experiência de rejeição ou perseguição em uma vida passada, envolvendo o uso dos talentos. As habilidades necessárias nesta vida para expressar o propósito de vida frequentemente foram aprimoradas durante uma série de vidas. Algumas experiências inspiraram confiança, outras poderiam ter deixado impressões problemáticas no DNA.

Tenha em mente a grande cena desta vida. Esta não é uma vida comum e certamente não tem uma estrutura comum de tempo. Quaisquer que sejam os sucessos ou desafios que você experiencie, saiba que eles são uma parte do caminho de sua alma para encontrar a totalidade. Não há realmente trabalhos, casos amorosos ou circunstâncias de vida ao acaso. Cada um deles surge de sementes plantadas antes, e você pode crescer espiritualmente a partir de qualquer um deles.

Você é um agente de mudanças divino, afinal, vivo agora para trazer o seu amor e luz a este mundo. Ao fazer isto, você atrairá naturalmente o que precisa e será uma força significativa para o bem. As repercussões desta bondade não têm fim.

 


Fonte: www.Selacia.com / Spirit Library | Selacia | What’s in Your DNA Akashic Records
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

Via: Trabalhadores da Luz | Os registros akashicos e o DNA

O DESAFIO DE MANTER-SE EM EQUILÍBRIO ENQUANTO AINDA ESTÁ DESPERTANDO…

vida-em-equilibrio

Como se equilibrar em meio a grandes mudanças vibracionais

Por: Raoni Duarte

 

Pedimos uma sugestão de tema para os que acompanham o Despertando, e, pela maioria, hoje vamos falar sobre como se equilibrar em meio a grandes mudanças vibracionais.

Então antes de mais nada, vamos compreender o que é estar equilibrado.

Algo só está em equilíbrio, quando está em seu estado natural. Por mais que você não aceite isso, por mais que negue a realidade com todas as forças, és Deus, o Todo, e só estará realmente equilibrado, quando se sentir Ele.

E entenda: qualquer sentimento que alude a felicidade, a plenitude, se não oriundo da unificação com o Todo, não passa de um estado de falsa felicidade, fruto do cumprimento das exigências do ego, que por sua vez, não cansará de criar mais e mais exigências.

Nós somos uma nação planetária regida pelo ego. Em algum momento das nossas existências nos esquecemos da realidade, nos esquecemos do amor, e, assim, criamos todos os tipos de traumas, todo sofrimento, todo medo.

Então para se equilibrar, é preciso se autoconhecer. Somente olhando para si, somente se observando, é que se pode ter clareza das origens do seu não-amor, do momento no qual você se equivocou e deixou que o medo fizesse frente à realidade, dando ouvidos ao ego.

Agora vamos entrar na outra parte da questão, que diz respeito as grandes mudanças vibracionais.

Nosso querido planeta, a mãe Terra, foi criado para servir de escola primária para consciências que estão no início de sua jornada espiritual. E foi com esse propósito que ela serviu ao Todo durante esses bilhares de anos.

Acontece que tudo que existe está em evolução, e, com nossa casa, não é diferente. Isso quer dizer que a Terra está em ascensão, o que, tecnicamente falando, significa um salto dimensional. O período de escola primária, a permanência na terceira dimensão, dará lugar a um novo patamar evolutivo, uma nova escola, agora de ensino médio, de quarta e quinta dimensões.

Tudo que existe é feito de átomo, e, todo átomo, tem uma frequência de vibração. Nossa realidade está estruturada em dimensões, sendo que, cada dimensão, corresponde a uma faixa de frequência de vibração. A única maneira de aumentar a frequência, é o amor. Então quanto menor a dimensão, mais densa ela será, e, os seres que a compõe, menos evoluídos. Quanto maior, mais sútil, logo, mais evoluídos.

Para quem tem olhos de ver, é perceptível que estamos passando por um momento histórico. Estamos vivenciando o que Jesus, o Cristo cósmico, denominou de fim dos tempos. E o fim dos tempos nada mais é que o salto dimensional que tá rolando a todo vapor.

É de extrema necessidade que se entenda isto: há dois mil anos não dava para falar de átomo, dimensões, faixas de frequência, etc. Foi preciso usar metáforas, parábolas, formas de se comunicar que transmitisse a informação. Tudo que foi dito por Jesus é pura mecânica quântica, com uma roupagem, um linguajar, compatível com a época.

Temos sete corpos, todos formados por átomos, ou seja, estamos vibrando e temos uma frequência. O tão famoso separar o joio do trigo nada mais é que a separação eletromagnética que haverá entre os habitantes da Terra. São nossos pensamentos e sentimentos que determinam nossa frequência, e, quem manter seus pensamentos e sentimentos nas faixas da quarta e quinta dimensões, irá permanecer na Terra. Quem estiver vibrando na faixa da terceira dimensão, irá continuar sua jornada na terceira dimensão de outro planeta, já que a vida na Terra da terceira dimensão está com seus dias contados.

Esse é o cenário em que você se encontra: com alguns traumas, medos e culpas que te impedem de lembrar quem realmente é, e, de pano de fundo, a transição planetária potencializando todo esse momento.

Só que existe um detalhe, você está despertando.

Vivemos em uma sociedade onde para ser aceito, para ser considerado normal, você deve viver dentro de um “cercadinho” composto por uma série de crenças que dão origem ao paradigma vigente. Acontece que toda limitação, todo “cercadinho”, é um não-amor, pois, no amor, não existem limitações, não existem imposições, e, você, percebeu isso.

A partir do momento que se toma essa consciência, automaticamente, você estará rompendo as barreiras do “cercadinho”. Assim que isso acontecer, todas as luzes serão voltadas para você. A forma como a sociedade está estruturada, o “cercadinho”, é mantido pelas crenças das pessoas que o compõe, são elas as polícias do paradigma não-real que vivemos.

Isso quer dizer que: assim que você iniciar seu despertar, assim que você romper as barreiras, é praticamente inevitável que exista um julgamento por parte de alguém que esteja do lado de dentro da cerca, seja ele um amigo, parente, ou a própria sociedade como coletivo.

E é nesse momento que precisamos agir com calma, com muita paciência, e, acima de tudo, com compaixão.

É preciso compreender que, dentro da cabeça deles, ainda existe o paradigma velho rodando. Eles não estão te julgando por “maldade”, eles apenas ainda ignoram a realidade, ignoram o amor. E para mudarmos esse cenário, não existe outra solução a não ser amor incondicional.

A reação natural do recém desperto é querer mudar todas as pessoas ao seu redor. O que é compreensível, pois, ao termos a real noção do quanto estamos vivendo fora do amor incondicional, ao se enxergar minimamente isso, a vontade que impera é a de levar essa informação, e mais, esse sentimento, aos nossos entes queridos.

E é nesse excesso de vontade que acabamos forçando a barra, o que, muitas vezes, acaba gerando um afastamento do assunto que está sendo transmitido. Por isso é preciso ter paciência, é preciso compreender que cada um tem seu tempo, cada um assimilará a informação na sua hora. Mantenha a certeza do amor dentro de você e aguarde, o despertar é inevitável, apenas tenha paciência, apenas desfrute o caminhar.

É preciso que se entenda isso: existe entre nós e as pessoas que mais gostamos, as mais próximas mesmo que não fisicamente, um intenso duto energético onde trocamos informações. Sempre que você pensa em uma determinada pessoa, a partir desse momento, o que você estiver sentindo será enviado ao remetente.

Agora imaginem a situação: a pessoa está despertando, logo, seus assuntos de interesse estão mudando, o foco está sendo direcionado para outras frentes. De futebol, novela, relacionamentos e trabalho, passamos para transição planetária, meditação, autoconhecimento e extraterrestres.

Esses são seus assuntos do momento, então é normal que você queira abordá-los no seu dia-a-dia. Assim que surge a primeira oportunidade, você comenta com alguém da sua família sobre seus novos estudos, seus novos interesses. A chance dessa pessoa pensar que você está ficando louco é muito grande. E mesmo que não te ache louco, a probabilidade de emanar medo nesse momento é praticamente 100%.

Agora vamos a realidade: assim que o ente querido pensar em você e emanar medo, ele estará te oferecendo medo através do duto energético. É óbvio que ele não faz isso de propósito, isso nunca mais será repetido assim que ele tomar consciência.

Uma vez que isso ocorre, é com você. Se você aceitar o medo, se você pegá-lo para si, além de abaixar sua vibração, você estará respondendo ao seu familiar com medo, o que fará com que aumente ainda mais o medo dele, gerando assim um ciclo exponencial de medo.

Se você se manter consciente, observando, irá compreender que o medo dele é do desconhecido, pois, na maioria dos casos, as pessoas não possuem conhecimento nenhum sobre o assunto, elas são completas ignorantes sobre o tema. Pratique a compaixão, perdoe, sirva como fonte de informação para o próximo, esteja disponível para ajudá-lo, sem forçar, e mais importante, sem mudar sua opinião, sem trocar o medo do desconhecido pelo medo de não ser aceito.

É preciso viver o amor incondicional. É fácil enviarmos sentimentos positivos a quem nos envia sentimentos positivos, não exige esforço, não exige atenção. Contra você estará a mente, sempre que alguém lhe enviar algo de negativo ela falará: não deixa quieto não, deseje coisas ruins para ele também, você não pode deixar barato.

É nessa hora que temos que nos manter atento, nos mantermos no amor. Todo sentimento negativo que nos é enviado, é fruto de uma ignorância ao amor. Se respondermos esse sentimento com outro negativo, estaremos sendo tão ignorantes quanto. Se nos mantermos no amor, estaremos elevando nossa vibração, e, consequentemente, enviando bons sentimentos para todos ao nosso redor, isso é amar incondicionalmente.

E além da compaixão, é hora de desapegar, é hora de soltar.

Toda vez que você não estiver atento, toda vez que você não estiver observando, suas decisões serão tomadas pelo inconsciente. E no seu inconsciente, estarão “rodando” os padrões que compõem o local.

Nas grandes cidades como São Paulo, por exemplo, muitas pessoas trabalham muitas horas por dia, isso faz com que elas se sintam cansadas, estressadas, logo, todo esse estresse fica registrado no campo energético da cidade. Existe muito trânsito, assim, muitas pessoas acabam entrando nas energias da raiva, da impaciência, que também ficam registradas no campo. É um lugar com um histórico de violência, dessa forma, a energia do medo e da insegurança são emanadas o tempo todo, mais vibrações negativas pro inconsciente coletivo.

O que quero dizer é: se você não estiver consciente, estará vulnerável ao inconsciente coletivo, e, nesse caso, os sentimentos que serão oferecidos serão os de baixa frequência como: medo, raiva, insegurança, etc.

É preciso se manter vigilante, é preciso questionar o tempo inteiro as origens dos seus sentimentos. São frutos dos seus pensamentos, ou dos pensamentos sugeridos pelo inconsciente coletivo? Fique atento!

Agora se observe, você não está feliz em seu trabalho, muitas vezes não pelo que se está fazendo, e sim, como está fazendo. As energias da competição, do interesse pessoal, da injustiça, não fazem mais parte do hall de frequências que você quer cultivar.

Sua roda de amigos não tem mais aquele brilho, os assuntos lá debatidos, os objetivos que eles estão buscando, não condizem mais com o que seu coração está dizendo.

Você se sente um peixe fora da água. A forma de pensar das pessoas ao seu redor, a visão de mundo que elas possuem, não te representam mais. Você está despertando, compreendendo que, na verdade, você nunca foi peixe, e, a água, nunca foi sua casa. Chegou a hora da mudança, de dizer não para o velho e abraçar o novo, um novo mundo, uma Nova Era.

É hora de soltar o trabalho, soltar os amigos, soltar a família.

Não caia na tentação da mente de associar o soltar com algum tipo de abandono, com algo ruim. Você só conseguirá enviar amor ao próximo, quando deixar o amor se fazer em você. E para isso acontecer, é preciso que exista um ambiente favorável.

Se reconecte com a mãe Terra, busque novamente uma vida alinhada com a natureza. Procure a vida em comunidade, procure os movimentos que já estão ocorrendo. Existem muitas ecovilas e comunidades nascendo e se sustentando a todo tempo. Vá dividir seu momento com quem está na mesma busca que você, vá procurar sua turma.

A vida na cidade grande foi estruturada para te limitar, para te deixar cansado, vibrando baixo, doando sua energia vital para propósitos negativos. E entenda: eu não estou dizendo que é impossível evoluir na cidade, o que quero dizer é que você estará em um local que foi pensado, planejado, para abaixar sua vibração. Se você estiver consciente disso e ser capaz de observar cada pensamento que vem em sua mente, verificar sua origem, se veio da consciência ou do inconsciente coletivo, será possível se manter no amor, mas para isso, terá um custo energético extremamente elevado.

Para enviarmos amor para nossa família, nossos amigos, é preciso que estejamos vibrando o amor. E isso independe da proximidade física que nos encontremos. Se para estar bem, para estar vibrando alto, for necessária a separação física dos entes queridos, faça-a já.

Nessas horas a mente irá jogar sujo. Ela irá lhe propor sentimentos como a ingratidão, o abandono, fazendo com que você, ao acreditar, se mantenha onde está, em uma vida que não lhe traz felicidade, enviando a todos ao seu redor, sentimentos de baixa vibração. Esse é o objetivo dela.

Não caia na conversa da mente, mantenha-se na lógica do amor. Faça o necessário para estar bem, crescendo, evoluindo, pois, somente assim, será possível presentear quem amamos com nosso verdadeiro amor, o amor incondicional.

Queridos trabalhadores de Luz, vocês chegaram ao Despertando e isso quer dizer que vocês estão acordando. Serão vocês os habitantes da nova Era, da quarta e quinta dimensões.

Não tenham medo da mudança, vocês já sentiram o chamado. Sigam vossas intuições, sigam o coração.

Busque conhecimento, emita amor, seja Luz.

 


Via: Despertando | Como se equilibrar em meio a grandes mudanças vibracionais

ALIMENTAR O MEDO É RESISTIR AO AMOR…

Medo_Jenni Viljaniemi

A força negativa do medo

Por: Vinícius Francis

Texto inspirado em nossa última palestra no Youtube, sobre o medo, que você pode ouvir clicando AQUI.

Neste mês tenho focado em temas que acredito serem indispensáveis para a vivência de um ano positivo, feliz. Independente do que acontece lá fora no mundo e das transformações necessárias, nem sempre agradáveis aos nossos olhos, você pode ter uma vida diferente, especial.

E pra falar de felicidade temos que bater na tecla do medo. O medo é a ação de fluir contra o fluxo natural do Universo, que é amor. Ódio não é o contrário de amor, porque ódio é força, mas empregada de maneira errada. É quando usamos a raiva (energia boa) como combustível de um ressentimento ou qualquer outro sentimento negativo. E podemos odiar as pessoas que amamos em alguns momentos. Portanto, se é possível amar e sentir ódio, um não pode ser o contrário do outro.

E em relação ao medo, não se pode sentir medo e ao mesmo tempo, amar. Porque o amor é confiança, medo é preocupação, tensão. Amor é liberdade, medo é prisão e condicionamento. Amor é permissão, medo é resistência. Então, se o fluxo do Universo é no puro amor, nutrir medo é resistir a ele. E quando resistimos ao Amor, seus atributos positivos e indispensáveis na construção de uma vida promissora não podem fluir em seu real potencial na nossa vida.

O medo paralisa, enquanto que o amor movimenta, gera fluxo, energia, alimenta a dinâmica dos acontecimentos em nossa vida. Os medos que você sente estão segurando sua energia e impedindo-a de produzir as soluções que almeja. Note que onde você sente medo, a vida não flui. Preste atenção em como os medos que você abraçou por causa de crenças que o justificam mexem com a sua prosperidade, por exemplo! Ou mesmo nos relacionamentos, saúde. Onde tem medo, tem resistência ao fluxo. A coisa não anda.

Porque o medo é a negação do Amor, rejeição ao mover dele, permissivo, livre e positivo.

Quando botamos medo freamos o processo. Quando tememos inconscientemente afirmamos a nós mesmos que não cremos, que não somos capazes de fazer fluir determinada solução ou provisão. E essa crença de impotência e incapacidade boicota terrivelmente nosso poder criativo. Pois por trás de todo medo existe uma ideia que o alimenta. Uma crença, um fundamento aprendido, absorvido, em algum momento da vida.

Porque o medo não é nosso. Você não tem medos, você os sente. E nem tudo o que sentimos é nosso. Nosso é só o bom. O negativo não nos pertence, é apenas uma reação do nosso Ser a algum pensamento ou ideia que veio e foi aceita. Se você aceita (abraça) a crença, o corpo reage com sensações. As sensações indicam se aquilo pertence ao seu Eu Superior ou não. Medo machuca, portanto não nos pertence. Você que escolhe abraçar isso. E muitas vezes, as pessoas o fazem por defesa, inconscientemente.

E temos aí outra crença, no perigo iminente, na falta, na adversidade. Só precisamos estar alertas quando acreditamos ou validamos a possibilidade de algo dar errado. Quando não há essa crença não existe tensão, apenas permissão e confiança.

Aprendemos a ter medo. Não temos medo. Medo é um impulso da força anímica responsável por manter nossa integridade, uma reação a algo que a nossa mente julga como ameaçador. Ele não existe em nós. Portanto, não aceite medos, não os tome como seus. Antes, entenda-os, avalie o que está alimentando-os, trabalhe isso e então se libertará do medo. Observação, compreensão, discernimento e ação. Após isso você estará livre para fluir permissivamente no fluxo natural, do Amor, do Bem, da Felicidade.

Crer é a chave!

Vinícius Francis 🙂

 


 

Via: OS FILHOS DA ALVA – UMA ALIANÇA ENTRE O HOMEM E O REINO DE DEUS: A força negativa do medo

HÁ MOMENTOS EM QUE PARECE IMPOSSÍVEL IR ADIANTE…

momentos-dificeis

11 coisas para lembrar quando passar  por tempos difíceis

11 Things To Remember When Going Through Tough Times

Por:  Katherine Hurst

Todas pessoas passam por períodos em que se sentem empacados, frustrados e para baixo. Entretanto, encontrar um modo de emergir a partir do outro lado dessas experiências é vital para você, finalmente, manifestar a vida que quer. Aqui seguem 11 coisas inspiradoras e estimulantes para você se lembrar, quando  estiver atravessando tempos difíceis.

  1. Tudo muda – sua história está evoluindo constantemente. Então, mesmo que você não tenha certeza do que fazer para melhorar as coisas de imediato, apenas saiba que você não irá se sentir empacado sempre.
  1. Você já superou desafios no passado.  Você tem o poder, a engenhosidade e as habilidades com a solução problemas para superar este também.
  1. Mesmo quando você se sente empacado, existe algo de valioso para aprender com a sua situação. O que você pode aprender com ela?
  1. Se você olhar para trás, poderá se lembrar de alguma vez em que não conseguir o que você queria o levou a um caminho para algo ainda melhor. Algumas vezes, não conseguir o que acredita que quer pode ser uma benção disfarçada.
  1. Dê-se a permissão e simplesmente divirta-se algumas vezes. Faça algo que o faça rir, seja brincalhão e infantil e passe o tempo com pessoas que sabem como colocar um sorriso em seu rosto.
  1. Cuidar de si mesmo é essencial para o seu bem estar geral. Ser gentil com si mesmo é a melhor maneira de estimular a cura física e psicológica. Algumas vezes, apenas um dia longe das suas obrigações é o que você precisa para reforçar a sua resiliência e ficar “descolado”.
  1. Tente se fechar para a negatividade das outras pessoas – seja ela direcionada a você ou ao mundo em geral, não vale a pena se preocupar. A negatividade é tóxica, então feche o seu coração para ela e foque-se em suas próprias reservas de positividade.
  1. Você possui dúzias de aptidões excepcionais como pessoa. Pergunte a um amigo próximo ou membro da família o que ele aprecia em você ou, simplesmente, faça uma breve lista dos pontos fortes que você sabe que tem. Esses são os atributos exatos, que o ajudarão a sair de qualquer impasse.
  1. Tudo é possível. O mundo encerra recursos ilimitados, com os quais você pode trabalhar e a única coisa a limitá-lo é a sua imaginação e autoconfiança. Acredite na vida que você quer criar, e saiba que você pode, realmente, manifestar o que deseja.
  1. As coisas verdadeiramente grandiosas, geralmente, levam tempo para chegar ou serem alcançadas. Se você está se sentindo empacado porque está ansioso por alcançar um objetivo, tente ser paciente. Haverá uma boa razão para você estar empacado agora e, com o tempo, tudo lhe será revelado.
  1. Finalmente, há sempre algo para agradecer. Até mesmo passar uns poucos minutos, agradecendo 3 a 5 coisas ocorridas no seu dia, pode lhe mostrar que você não está tão empacado quanto pensava estar. E mesmo que ainda esteja, praticar a gratidão o faz lembrar que aquele breve período de frustração, na realidade, não é a pior coisa do mundo. Seja positivo quanto ao que você tem, e você atrairá mais coisas positivas para a sua vida como resposta.

…………………………………………………………………………………………………………………………..

Katherine Hurst

Katherine Hurst é uma mulher normal, que costumava viver uma vida normal, até que algo aconteceu e mudou sua vida para sempre. Ela descobriu a Lei da Atração e começou um novo capítulo de mudança em sua vida. Ela agora administra a maior comunidade da Lei da Atração do mundo, com milhões de pessoas. Sua missão é compartilhar suas próprias experiências com o uso da Lei da Atração, para inspirar mudança e felicidade nas vidas de todos.


Fonte: THE LAW OF ATTRACTION | 11 Things To Remember When Going Through Tough Times

Tradução e Divulgação: Cida PereiraAFINIDADES ESPIRITUAIS

 

QUANDO VOCÊ SE ACEITA, VOCÊ É CAPAZ DE ACEITAR OS OUTROS…

natureza56

NÃO JULGAMENTO

Por:  Osho

Amado Osho,

Eu estou constantemente me criticando e julgando as outras pessoas. Isso me faz sentir-me dividido e tenso, e eu não posso estabelecer um contacto verdadeiro com as pessoas, ou a natureza. Eu quero abrir o meu coração e não sei como fazer isso.

Por favor, Você pode dizer algo sobre isso?

Toda a nossa educação é tão feia, todo o nosso desenvolvimento é tão errado, que ele joga fora toda a possibilidade do seu crescimento interior e lhe dá idéias estúpidas que não têm nenhuma relevância no que tange à sua alegria, à sua compreensão e à sua maturidade.

A toda criança se diz, de mil modos, para criticar a si mesma, assim, isso não é apenas um problema seu. Se diz sempre a ela que ela está errada em tudo. Devagar, devagarinho, ela pega a doença de criticar a si mesma. E uma pessoa que se critica não pode perdoar os outros.

Como você pode perdoar? – pelas mesmas razões, ela critica os outros. Toda a sua vida simplesmente se torna uma condenação – condenar-se, condenar os outros.

Então, o amor se torna impossível, a amizade se torna impossível, e ela simplesmente sofre. E o que ela está criticando é tão absurdo!

Uma criança entrou correndo apressada em casa, foi diretamente para a cozinha e disse para a mãe: “Meu Deus! Deve ser pela graça de Deus que eu estou salva. Um leão estava me seguindo da escola até aqui. Ele está parado lá fora.”

A mãe disse: “Quantos milhões de vezes eu já lhe disse para não exagerar?” – ela está dizendo “Quantos milhões de vezes eu lhe disse para não exagerar?” – “Onde você pode encontrar um leão na cidade?”.

O garoto disse: “Talvez, por medo, parecesse grande. Mas é certamente um cão muito perigoso.”

A mãe disse: “Agora você está voltando ao senso. Se ele fosse perigoso, você não estaria aqui.”

Ele disse: “É verdade. De fato, é um cachorrinho.”

Mas a criança fez o comentário: “Eu estava exagerando, e isso é errado. E você? Você disse: ‘Quantos milhões de vezes você me disse…’.”

Eu estava em Calcutá, na casa de um amigo, de onde eu estava indo para uma conferência. Eu estava sentado com ele em seu carro e nós esperávamos sua esposa. Ele estava tocando a buzina. Ela veio muito brava até a janela e disse: “Já lhe disse mil vezes que estou indo em um minuto!”.

Eu disse ao meu amigo: “Isto é algo… – um milagre! Ela já lhe disse mil vezes que está vindo em um minuto. Na verdade, em um minuto, não se pode dizer isso mil vezes. E ela tornou a desaparecer no banheiro.”

O homem disse: “Você não sabe o quanto ela exagera. E essa doença me pegou também. De vez em quando eu, de repente, vejo que estou exagerando; e é exatamente a minha esposa…”

Os pais vivem fazendo tudo aquilo que eles criticam no filho. E ele fica observando – e a observação dele é muito mais clara. Sua inteligência ainda está aumentado: ele pode ver que a mesma coisa pela qual ele está errado, os pais estão certos. Eles estão vendo televisão até tarde da noite – eles estão certos -, e ele deve ir dormir antes das nove horas. Pouco a pouco ele fica acostumado a essas coisas e começa a sentir: “Eu sou um errado. Tudo que eu faço é errado.”

Certa vez, eu perguntei ao meu pai: “Você me dirá uma vez, algum dia, só uma vez: ‘O que você está fazendo está certo.’? Será que você não pode ver que é impossível se fazer tudo errado durante vinte e quatro horas por dia, trezentos e sessenta e cinco dias por ano… tudo errado? Se isso é verdade, eu realmente estou realizando algo miraculoso. Faça uma exceção – só uma vez, diga-me: ‘O que você está fazendo está certo.’”

Ele ficou chocado, porque ele compreendeu o significado do que eu estava dizendo, que é impossível que eu pudesse fazer tudo errado.

Mas os pais gostam da ideia, porque ela é muito preenchedora: é a sede de poder.

Sempre que você diz “Não.” para alguém, sempre que você diz “Você está errado.” para alguém, você se sente poderoso. Alimenta o seu ego e alimenta o ego de todo mundo – dos professores, dos vizinhos. Onde quer que a criança vá, todo mundo usufrui da sede de poder, e a criança é esmagada. E quando tanta gente está dizendo que ela é errada, naturalmente, ela tem de acreditar.

Mas lembrem-se de que, como uma reação, ela começa a julgar os outros. Quando todos a estão julgando, não há nenhuma razão para que ela não julgue os outros. Você a está ensinando a julgar, a julgar a todos – e, tanto quanto possível, a julgar negativamente. Então, ela começa a julgar que os outros estão errados.

E este é o nosso mundo… onde todos estão se julgando errados e julgando aos demais como errados. Como você pode ser amoroso, amigável, confiante? Como você pode abrir o seu coração? Você ficará isolado, ficará completamente fechado, viverá em um mundo que você condena e o mundo o condenará.

Não é esta uma bela situação, mas você tem que compreender; perguntar-me “Como abrir o meu coração?” não é a pergunta verdadeira. A verdadeira pergunta é saber como você conseguiu fechá-lo.

Pare de julgar.

Seja o que for que esteja fazendo, se você gosta do que faz, faça-o. Não existe a questão do julgamento: nenhuma outra pessoa tem o direito de dizer que o que você está fazendo está errado. Se você gosta de fazê-lo, não está ferindo ninguém, não está perturbando ninguém… Mas este é um mundo esquisito…

Desde a minha infância, eu sempre gostei de sentar-me num canto, silenciosamente. Todo mundo que passasse ali, dizia: “O que você está fazendo?”

Eu dizia: “Nada.”

E todo mundo dizia: “Isso não é bom.”

Eu disse: “Isto é estranho: eu não estou fazendo nada, não estou fazendo mal a ninguém – estou sentado neste canto – e você diz ‘Isto não está certo.’. Parece que se tornou um puro hábito seu, condenar, criticar. Mas eu estou desfrutando sentar aqui sem fazer nada, e vou continuar, a despeito do seu julgamento. Não lhe pedi conselho, e dar conselho sem que seja pedido é insensato.”

Pouco a pouco a pessoa tem de se afirmar, deixar claro sua posição.

A menos que eu passe por cima do direito de outra pessoa… – se eu estou fazendo algo de que estou gostando e que não veja ser prejudicial de modo algum, então, eu não permitirei a ninguém julgar-me, porque não se trata apenas da questão deste ato, trata-se de uma questão de toda a minha vida. “Você está me ensinando uma muito sutil doença de julgamento.” E, quando eu condeno a mim mesmo, como posso deixar alguém sem condenação?

Dizem que Mulla Nasruddin chegava em casa e todo dia tinha confusão. Sua esposa suspeitava – e todas as esposas suspeitam… – de que ele estivesse tendo um caso com outra mulher, porque, ao sair de casa, ele parecia tão feliz e saía tão depressa… Ao voltar, ele parecia triste. Certamente, havia algo fora de casa que o atraía. Então, quando ela pendurava seu casaco no cabide, ela olhava no casaco, na camisa, para ver se descobria algum fio de cabelo ou qualquer coisa para provar que ele tinha estado com outra mulher.

Certo dia – durante sete dias ela esteve procurando e não pôde descobrir um único fio -, no sétimo dia, ela desatou a chorar e a berrar: “Isto é demais! Agora você deu para andar com carecas!”

Ora, é muito difícil descobrir uma mulher careca – quase impossível. Eu só vi uma única mulher que era meio careca, não careca. Mas… durante sete dias, nenhum cabelo…!? A conclusão era clara, que ele tinha caído tão baixo que agora estava saindo com carecas. “Não pode encontrar uma mulher com cabelo?”

Se um marido está sentado silenciosamente, então, a esposa fica com raiva. Se ele está lendo os jornais, a esposa fica com raiva – ela toma o jornal e diz: “Eu estou aqui e você está lendo o jornal como se eu não existisse.”

Todo mundo é tão infeliz que quer descobrir alguma razão em algum lugar para explicar a ele mesmo por que ele é infeliz, por que ela é infeliz. E a sociedade lhe deu uma boa estratégia: julgue.

Primeiro, naturalmente, você julga a si mesmo de todo modo. Nenhum homem é perfeito, e nenhum homem jamais pode ser perfeito – a perfeição não existe -, assim, o julgamento é muito fácil. Você é imperfeito, assim, há coisas que mostram sua imperfeição. E, depois, você fica com raiva, com raiva de si mesmo, com raiva do mundo todo: “Por que eu não sou perfeito?”

Depois, você olha apenas com uma só ideia: descobrir imperfeições em todo mundo. E depois, você quer abrir o seu coração… – naturalmente… porque, a menos que você abra o seu coração, não há nenhuma celebração em sua vida; sua vida é quase morta. Mas você não pode fazê-lo diretamente: você terá de destruir toda essa educação, desde suas verdadeiras raízes.

Assim, a primeira coisa é esta: pare de se julgar. Ao invés de julgar, comece a aceitar-se com todas as suas imperfeições, todas as suas debilidades, todos os seus erros, todos os seus fracassos. Não peça a si mesmo para ser perfeito – isso é, simplesmente, pedir pelo impossível e, depois, você se sentirá frustrado. Você é um ser humano, afinal de contas.

Olhe para os animais, para os pássaros; nenhum deles está preocupado, nenhum deles está triste, nenhum deles está frustrado. Você não vê um búfalo dando fricote. Ele está perfeitamente contente, mascando a mesma grama todos os dias. Ele é quase iluminado. Não há nenhuma tensão: há um tremenda harmonia com a natureza, com ele mesmo, com tudo como é. Os búfalos não criam partidos para revolucionar o mundo, para tornar os búfalos em superbúfalos, para tornar os búfalos religiosos, virtuosos. Nenhum animal está interessado nas idéias humanas.

E eles todos devem estar rindo: “O que aconteceu a vocês? Por que você não pode ser apenas você mesmo, como você é? Qual é a necessidade de ser uma outra pessoa?”

Assim, a primeira coisa é uma profunda aceitação de você mesmo.

Eu era constantemente questionado pelos meus professores: “Você nunca sente que você é nocivo?”

Eu dizia: “Eu estou perfeitamente contente. É desse modo que eu sou e eu não quero ser nenhuma outra pessoa.”

Eles diziam: “Isso é esquisito, porque as coisas que você faz deveriam fazê-lo sentir-se culpado.”

Eu perguntava: “Para quê?”

Um dos meus professores estava constantemente falando de intrepidez – que ele era um homem de intrepidez, que ele podia ir na noite escura, dentro da mais densa floresta. Ouvindo-o sempre repetindo isso, eu disse: “Eu desconfio… – porque o senhor está falando muito do seu destemor. E que destemor é esse de ir na noite escura, dentro da mais densa floresta? Isso não é grande bravura. Meu sentimento é que o senhor é um perfeito covarde.”

Ele ficou com muita raiva; ele disse: “Você terá de prová-lo.”

Eu disse: “Provarei. Quando eu digo isso, significa que eu o provarei”. E eu pude ver que ele começou a transpirar imediatamente.

Naquela mesma noite eu tirei a prova. Ele morava numa casinha com telhas de barro – eu sabia onde ele dormia -, assim, eu apenas fui ao telhado da casa, removi uma telha e deixei cair uma falsa cobra amarrada numa corda, devagarinho, até que ela tocasse seu rosto.

Uma ou duas vezes ele empurrou-a para longe, e novamente a cobra tornava a voltar. Então, ele abriu os olhos, meio dormindo no meio da noite… e uma cobra comprida e perto do rosto… e ele gritou. Eu jamais tinha ouvido tal grito! Aquilo era realmente um grito primal. Tive que puxar a minha cobra e sair correndo.

No dia seguinte, ele chegou à classe, mas suas pernas ainda estavam tremendo; o medo da cobra tocando seu rosto… Ele começou a ensinar e eu disse: “Antes, as primeiras coisas.”

Ele perguntou: “Que primeiras coisas?

Eu disse: “Que diz da noite passada? O senhor queria que algo fosse provado.”

Ele disse: “Então, você estava por trás daquilo?”

Eu disse: “Eu não estava por trás daquilo, eu apenas olhava o que a cobra estava fazendo ao senhor.”

Ele disse: “Você estava lá!?”

Eu disse: “Eu sei de toda a história; o senhor não pode escondê-la. Sei até sobre o seu grito que acordou toda a vizinhança; todo mundo sabe.”

“Mas” – ele disse – “você está dizendo isso tão definitivamente – porque eles devem ter ouvido um grito; mas quando eles todos entraram, a cobra tinha sumido. Nós vimos que uma telha tinha sido afastada, assim, a cobra devia ter fugido.”

Eu disse: “O senhor está certo: aquele foi o local por onde ela veio e por onde ela saiu. E, se o senhor realmente quer a prova…” – eu puxei a cobra da minha mala e mostrei a ele que aquela era a cobra. “O senhor é um homem tão destemido… e esta é uma cobra de borracha. E ela apenas tocou o seu rosto – duas, três vezes, não mais – e um tamanho grito veio do senhor. Eu não esperava que isso criasse tanto medo no senhor.”

Ele ficou tão envergonhado que naquele mesmo dia ele se demitiu e saiu da cidade, porque todos estavam perguntando a ele: “O que aconteceu com a cobra? Ela era de verdade? – porque alguém disse que era uma cobra de borracha e que um certo garoto da sua turma aceitou seu desafio.” A cidade inteira estava falando, e ficou tão difícil para ele, que ele foi embora.

Ele me encontrou dez anos mais tarde, numa estação ferroviária. Ele tentou não me reconhecer. Eu disse: “Não tente não me reconhecer, porque eu ainda tenho a cobra na minha mala. Tenho estado a sua cata durante dez anos. Guardei-a comigo. Onde o senhor esteve durante dez anos?”

Ele disse: “Fale baixo. Não fale tão alto, porque neste lugarejo eu tornei-me um professor e eu não quero que a mesma história se espalhe aqui. E por que você veio aqui?”

Eu disse: “Eu não vim aqui, estou apenas passando por aqui de trem, e o trem está esperando que um outro trem passe. Vendo o senhor, eu saí. Mas, e sobre o seu destemor?”

Ele disse: “Eu abandonei aquela idéia. Uma coisa boa que você fez foi me fazer abandonar uma falsa idéia, de que eu sou destemido. Você deixou isso claro para mim, que é o meu medo que eu estou reprimindo com a idéia de destemor. Eu fiquei com raiva de você, mas agora eu me sinto agradecido. Você fez bem.”

Eu disse: “Eu me diverti bastante. Não preciso de nenhuma gratidão, de nenhum agradecimento do senhor.”

Ele também perguntou: “Você não sente às vezes que está fazendo coisas que não são corretas?”

Eu disse: “Eu jamais senti isso. Eu simplesmente faço as coisas que gosto. Nesta vida curta, quem vai se incomodar e perder tempo imaginando se é certo ou não? Eu apenas não faço mal a ninguém. Eu não lhe fiz mal. Aquele grito que saiu de você, foi bom – ele deve ter limpado todo o seu ser. Ele deve ter tirado muita sujeira de dentro de você com ele.”

Eu jamais julguei, assim, eu não sei a experiência exatamente. Quando você diz que você se julga, isso é tomado emprestado. As pessoas julgaram-no, e você deve ter aceito suas idéias sem nenhuma investigação. Você está sofrendo de todas as espécies de julgamento das pessoas, e você está jogando esses julgamentos nas outras pessoas. E todo esse jogo desenvolveu-se além da proporção – a humanidade inteira está sofrendo disso.

Se você quiser livra-se disso, a primeira coisa é esta: não se julgue. Aceite humildemente sua imperfeição, seus fracassos, seus erros, suas faltas. Não há nenhuma necessidade de fingir outra coisa. Seja você mesmo: “É assim mesmo que eu sou, cheio de medo. Eu não posso andar na noite escura, não posso ir lá na densa floresta”.

O que há de errado nisso? – é humano.

Uma vez que você se aceite, você será capaz de aceitar os outros, porque você terá um clara visão interior de que eles estão sofrendo da mesma doença. E a sua aceitação deles, os ajudará a aceitarem-se.

Nós podemos reverter todo o processo: aceite-se. Isso o torna capaz de aceitar os outros. E porque alguém os aceita, eles aprendem a beleza da aceitação pela primeira vez – quanta tranquilidade se sente! – e eles começam a aceitar os outros.

Se a humanidade inteira chegar ao ponto onde todo mundo é aceito como é, quase noventa por cento da infelicidade simplesmente desaparecerá – ela não tem fundamentos – e os seus corações se abrirão por conta própria e o seu amor estará fluindo.

Neste exato momento, como você pode amar? Quando você vê tantos erros, tantas fraquezas… – como você pode amar? Você quer alguém perfeito. Ninguém é perfeito, assim, você tem de aceitar um estado de não-amor, ou aceitar que não importa se alguém não é perfeito. O amor pode ser compartilhado, compartilhado com todas as espécies de pessoas. Não faça exigências.

O julgamento é feio – ele fere as pessoas. Por um lado, você vai machucando, ferindo-as; e por outro lado, você quer o amor delas, seu respeito. Isso é impossível.

Ame-as, aceite-as e, talvez, seu amor e respeito possa ajudá-las a mudar muitas de suas fraquezas, muitas de suas falhas – porque o amor lhes dará uma nova energia, um novo significado, uma nova força. O amor lhes dará novas raízes para se erguerem contra os ventos fortes, um sol quente, a chuva forte.

Se apenas uma única pessoa o ama, isso o faz tão forte, que você nem pode imaginar. Mas, se ninguém o ama neste vasto mundo, você fica simplesmente isolado; então, você pensa que é livre, mas você está vivendo numa cela isolada em uma cadeia. É que a cela isolada é invisível; você a carrega consigo.

O coração abrirá por si mesmo.

Não se preocupe com o coração.

Faça o trabalho preparatório.

 
______________________________________
OSHO, The Transmission of the Lamp, # 1
FONTE: http://www.oshosukul.com/nao_julgamento.htm


VIDEO: JULGAMENTO…

LINK YOUTUBE


Via: ♥ De Coração a Coração ♥: OSHO – NÃO JULGAMENTO

9 DICAS PARA OS EMPATAS SE PROTEGEREM DAS ENERGIAS NEGATIVAS…

 

empathVocê é uma pessoa empática? Absorve a energia dos outros?

Por: Judith Orloff

“Doenças empáticas” são aquelas em que sentimos e manifestamos sintomas que não nos pertencem. Muitas pessoas vêm ter comigo, rotulados e medicados para ataques de pânico, depressão crónica, fadiga e dores generalizadas que respondem apenas parcialmente à medicação e/ou psicoterapia. Algumas destas pessoas isolam-se o mais possível e sentem-se doentes durante anos. Todas elas dizem: “Tenho pavor de estar no meio de multidões. A raiva, o stress, a dor e as emoções das outras pessoas deixam-me totalmente de rastos, doente, sem energia. Necessito de me afastar e permanecer só, de forma a “reabastecer-me” energeticamente.”

Quando estudei directamente o historial de todos estes pacientes, apercebi-me que todos eles eram o que eu chamo de “empáticos”: pessoas que são extremamente sensitivas e energeticamente sensíveis, captando e sentindo fisicamente os sintomas, dores e emoções dos outros. Eu, também, sou uma pessoa empática. Como psiquiatra, este conhecimento e a minha própria condição, alterou significativamente a forma como ajudei a melhorar e tratar estes pacientes. O meu trabalho passou a ser ensina-los a estarem o mais possível centrados na sua própria energia, a estabelecerem limites e a largar a energia que assumiam involuntariamente dos outros.

  • Alguma vez foi  rotulado de altamente sensitivo?
  • Alguma vez se sentou perto de alguém aparentemente simpático e começou a ficar exausto e sonolento?
  • Sente-se desconfortável, cansado e doente quando está rodeado de muita gente?
  • Sente a ansiedade ou dor física dos outros no seu corpo?
  • Sente-se exausto quando está com pessoas hostis, irritadas e/ou rudes?
  • Anda de médico em médico, fazendo constantes testes e a única coisa que lhe dizem é que está ótimo?
  • Anda constantemente cansado/exausto e tem inúmeros sintomas inexplicáveis?
  • Sente-se frequentemente sobrecarregado com a energia à sua volta?
  • Tem necessidade de se isolar frequentemente e estar em contacto com a natureza?

Se respondeu que SIM de 1 a 3 questões, é uma pessoa relativamente sensitiva. Se a sua resposta foi positiva em 4 ou 5 das questões, isto indica que tem um grau moderado de sensitividade/empatia. Se respondeu SIM, 6 ou 7 vezes, isto indica que tem um alto grau de sensibilidade empática. Se respondeu SIM a todas as respostas, você é altamente empático, sentindo tudo e todos à sua volta (consciente ou inconscientemente).

Fique tranquilo: Você não é hipocondríaco nem está louco, tão pouco está  a imaginar coisas (embora o seu médico convencional o possa querer fazer acreditar nisso e medica-lo de acordo). Você é uma pessoa altamente sensível/sensitiva, com um poderoso dom que necessita desenvolver e “gerir” com sucesso.

Estratégias para se proteger de energias tóxicas:

  1. Antes de mais, questione-se: “A energia ou sintoma que estou a sentir pertence-me, ou estou a capta-la de outra pessoa?” Se emoções como medo ou raiva forem suas, procure calmamente perceber o que está a causar essas emoções e, se necessário, procure ajuda de um profissional competente. Se não são suas, procure, antes de mais, identificar o “gerador” dessas emoções.
  2. Afaste-se. Sempre que possível distancie-se o quanto puder da “fonte geradora” e perceba se isso lhe trás algum alívio. Se estiver num local público, não hesite em mudar de lugar se começar a sentir desconforto físico, dor ou qualquer emoção desagradável.
  3. Conheça os seus pontos mais vulneráveis. Todos nós temos partes no nosso corpo que são mais vulneráveis à absorção do stress e energias alheias. A mim, afecta-me de imediato a garganta. Faça um “scan” no seu corpo de forma a reconhecer as suas partes ou orgãos mais vulneraveis que são, geralmente, os mais fragilizados. Será o seu pescoço? Cabeça? As costas? Algum orgão em particular? Assim que sentir algum sintoma nessas áreas, coloque a palma da mão sobre elas e envie, sentindo, ou através da sua intenção, energia límpida, de amor, de forma  a acalmar o desconforto e neutralizar a energia alheia que essa área recebeu.
  4. Concentre-se na sua respiração, esta é uma excelente forma de se centrar em si, na sua energia. Se suspeita que está a receber e a sentir os sintomas ou emoções de alguém, concentre-se na sua respiração por alguns minutos. Esta técnica ajuda-o a centrar-se e reconectar-se de novo à sua energia.
  5. Para “travar” sintomas emocionais ou físicos que está a captar, actue rapidamente. Afaste-se e medite por alguns minutos. Faça isto em casa se recebe alguém, no trabalho, em festas, conferências, etc., Encontre um local onde possa estar a sós alguns minutos, acalme-se, medite, foque a sua atenção na energia de amor e paz.
  6. Estabeleça limites, aprenda a dizer NÃO.  Tente controlar o tempo que despende a falar com pessoas stressadas, irritadas ou emocionalmente violentas.
  7. Sempre que estiver com pessoas que sente serem energeticamente “tóxicas”, tente visualizar todo o seu corpo envolvido numa Luz branca ou qualquer outra visualização ou mantra de proteção que sirva para si.
  8. Desenvolva a visão “raio x” . É importante aprender a eliminar conscientemente  do seu corpo , toda a energia que não lhe pertence, através da meditação, intenção e visualização. Diga adeus à toxicidade energética e intencionalmente dirija-a para a matriz divina de forma a ser transmutada e reutilizada.
  9. Tome um banho de imersão, esta é uma forma rápida de ajudar a “dissolver” o stress. A minha banheira é o meu santuário após um dia stressante e ajuda a eliminar os sintomas que adquiri dos outros.

Pratique diariamente. Protegendo-se a si e ao seu espaço, pode criar um local mágico onde se sente nutrido e onde, simultaneamente, possa ajudar a afastar a negatividade dos outros. Não entre em pânico quando, eventualmente ,”apanhar” com a dor ou com as emoções tóxicas de alguém. Vai acontecer. Pratique o mais possível as técnicas acima, isole-se quando necessário, despenda o tempo  que conseguir junto à natureza, medite. Compreenda o seu corpo e os sinais de sobrecarga que ele lhe envie. Isto o fará sentir mais protegido, mais saudável e com maior qualidade de vida.

Dra. Judith Orloff


 

Origem: Judith Orloff M.D. | Are You a Physical Empath?
Tradução e Divulgação: José Coelho –  BLOG DE JOSÉ COELHO em fevereiro de 2014

Via: ♥ ☾✪☽ ♥ BLOG DE JOSÉ COELHO ¨΅ଂ◦: Você é uma pessoa empática? Absorve a energia dos outros?

A ESCALA DA CONSCIÊNCIA HUMANA…

escala-da-consciencia-humana

A ESCALA HAWKINS DA CONSCIÊNCIA

Por: muito alem

 

01

A medição e a determinação matemática de níveis de consciência dos seres humanos é um dos trabalhos pioneiros e mais interessantes do médico psiquiatra americano David R. Hawkins (1927-2012), trazidos ao público em grande parte no livro “Poder contra Força: Uma Anatomia da Consciência – Os Determinantes ocultos do comportamento humano” (Power vs Force: The Hidden Determinantes of Human Behaviour), de 1995.

Hawkins realizou várias pesquisas usando a Cinesiologia e relacionou os níveis de consciência em estratificações que contém algumas semelhanças com, por exemplo, as estruturas dos chakras do Yoga e dos latiaf do Sufismo (ou de outras escolas espirituais e abordagens psico-espirituais).

“No livro “Poder vs Força: Os Determinantes Escondidos no Comportamento Humano”, David Hawkins revela algumas propriedades fascinantes da consciência humana. Neste trabalho, ele criou e calibrou um mapa enormemente útil da consciência humana, um mapa que deveria, muito apropriadamente ser chamado de “Escala Hawkins da Consciência”.

Hawkins começou a sua prática de psiquiatria em 1952, e então descobriu o poder da Cinesiologia, a ciência que obtém respostas diretamente da mente subconsciente de uma pessoa através de um teste muscular.

A MENTE SUBCONSCIENTE

A mente subconsciente (ou inconsciente) é um segmento da sua gama total de consciência. A mente subconsciente armazena recordações e questões emocionais. Ela controla o sistema nervoso involuntário que administra sistemas como respiração, digestão e metabolismo.

Também está em comunicação com o universo como um todo. Em particular, está conectada com a mente global, ou inconsciente coletivo da humanidade.

Com a Cinesiologia, as mentes conscientes das pessoas são isoladas para que se recebam respostas claras diretamente das suas mentes subconscientes. Os testes são mecanicamente muito simples. Os indivíduos testados deixam um braço estendido horizontalmente ao lado do corpo enquanto a pessoa designada como testadora lhes diz para resistirem aos esforços para baixar o braço com cada pergunta. Se o braço permanece forte e fica horizontal, então a resposta da mente subconsciente do indivíduo é afirmativa. Se o braço se move para baixo devido à fraqueza, então a resposta é negativa.

Por exemplo, se testar um indivíduo para que resista enquanto alguém lhe diz: “Você tem um corpo humano”, o seu braço permanecerá forte. Se mudar a declaração para: “Você é um corpo humano” o braço ficará fraco, pois esta é uma declaração incorreta.

MAIS DO QUE UM CORPO FÍSICO

A razão para isto é que nós, como espíritos, apenas habitamos os nossos corpos físicos. Nós não somos os nossos corpos, embora o nosso ego tenda a considerar-nos apenas como aquele que nós vemos no espelho. A mente subconsciente sabe que a verdadeira resposta é: “Você tem um corpo humano”.

OS DOIS HEMISFÉRIOS

John Diamond, M.D., outro antigo investigador em Cinesiologia, observou casos onde os hemisférios direito e esquerdo do cérebro de uma pessoa  trabalhavam. O hemisfério esquerdo do cérebro normalmente é usado para pensamento analítico e atividade verbal, enquanto o hemisfério direito é usado para atividades intuitivas e artísticas e para a orientação espacial.

OS CAMPOS DE ATRAÇÃO DO SUBCONSCIENTE

Nos casos raros onde ambos os hemisférios estavam trabalhando igualmente juntos, John Diamond descobriu que a pessoa exibia uma criatividade que ele denominou como a funcionalidade mais alta de um ser humano.

O trabalho do Hawkins centra os níveis de consciência ao redor de valores-chaves fundamentais da vida humana, principalmente a Integridade e a Verdade, sinônimos entre si e capazes de carregar o ser humano por todos os níveis, até o da iluminação e o da não-dualidade — como os de Buda, que, segundo ele, sustentava o nível 1000.

Segue um trecho do livro, onde Hawkins faz relações entre supostos níveis de consciência e seus efeitos:

“Embora apenas 15% de toda a população do mundo esteja acima do nível crítico 200 de consciência, a força coletiva desses 15% tem o peso para contrabalancear a negatividade dos 85% restantes da população mundial. Devido ao fato da escala de força avançar logaritmicamente, um simples Avatar em um nível de consciência de 1.000 pode, na verdade, contrabalancear totalmente a negatividade coletiva de toda a humanidade. Um indivíduo que vive e vibra na energia do otimismo e da disposição de não julgar os outros (nível 300) irá contrabalancear a negatividade de 90 mil pessoas que estão calibradas nos níveis mais baixos de força. Um indivíduo que vive e vibra na energia do puro amor por toda a vida (nível 500) irá contrabalancear a negatividade de 750 mil pessoas que estão calibradas nos níveis mais baixos de força. Um indivíduo que vive e vibra na energia da iluminação, graça e paz infinita (nível 600) irá contrabalancear a negatividade de 10 milhões de pessoas que estão calibradas nos níveis mais baixos de força (aproximadamente 22 desses sábios estão vivos hoje). Um indivíduo que vive e vibra na energia da graça, do espí­rito puro além do corpo, num mundo de não-dualidade e unidade completa (nível 700), irá contrabalancear a negatividade de 70 milhões de pessoas que estão calibradas em níveis mais baixos de forca (aproximadamente 10 desses sábios estão vivos hoje).”  -Dr David R. Hawkins, em “Força e Poder”

David Hawkins descobriu que a Cinesiologia poderia ser uma avenida fascinante para o desconhecido, e ele começou a intuir o que ele chamou de “campos de atração no subconsciente”.

Campos de Atração são aquilo a que Carl Jung chamou arquétipos. Eles são criados pelos esforços de grupo de milhões de mentes no inconsciente coletivo e geram uma fascinação para as pessoas por causa do seu tamanho cumulativo.

O POTENCIAL DA CINESIOLOGIA

Justamente quando a sua atividade terapêutica se tornou excessiva, com cinquenta terapeutas e outros empregados trabalhando para ele, Hawkins abandonou tudo por uma vida de pesquisa. Em vez de tratar um paciente de cada vez, Hawkins quis descobrir como todos poderiam ser ajudados pela promessa e pelo potencial da Cinesiologia.

A sua pesquisa, durante vários anos, provou conclusivamente a mesma coisa que as novas físicas teóricas estão a começar a dizer: que tudo no universo está conectado. Com a Cinesiologia, ele confirmou que, para qualquer pergunta que for feita, se houver uma resposta em algum lugar do universo, ela chegará até si.

CALIBRAR OS NÍVEIS DE CONSCIÊNCIA

Ele também montou um sistema de calibração dos níveis de consciência humana. Atribuindo os números de 1 ao infinito como uma possível escala de valores de consciência, ele logo percebeu que teria que utilizar o logaritmo dos números, em vez dos números simplesmente. Isto é porque o poder da consciência a níveis mais altos é muito vasto se comparado com o poder da consciência a níveis mais baixos.

Quando se utiliza um sistema logarítmico de base-dez, o número 4 não é apenas duas vezes maior que o número 2. O logaritmo de 4 é 10.000 contra o valor do logaritmo de 2 que é só 100. Um nível de consciência de 300 não é apenas duas vezes maior que o nível de 150, o nível de 300 significa 10 elevado a 300; ou seja, o número 1 com 300 zeros depois dele!

O NÍVEL CRÍTICO DE CONSCIÊNCIA

Além disso, Hawkins descobriu que o nível de consciência de 200 é um nível crítico. Uma média global de 200 ou mais é necessário para sustentar a vida neste planeta sem que ele afunde em uma eventual autodestruição.

Desde meados dos anos 80, ele informa que a média global da humanidade na sua escala, subiu um pouco acima do nível 200 crítico. Isto, é claro, representa outra descoberta que confirma a existência de uma mudança em curso no nosso nível de consciência.

Ele começou então a cogitar sobre quantas pessoas de mais alto nível de consciência estariam compensando as pessoas que vivem abaixo do nível crítico de 200. Por exemplo, considere que 800 milhões de pessoas no mundo têm fome, com muitas delas vivendo num nível próximo da miséria total. A consciência num estado de desespero atinge apenas um nível de 50 na escala. Até mesmo a raiva e o ódio atingem um nível mais alto de frequência que a depressão profunda experimentada por aqueles que vivem sem perspectivas de esperança.

“Portanto, aqui estamos, no planeta Terra, uma humanidade coletiva, nadando duramente através da vida para tentar manter o nosso queixo coletivo acima do nível crítico de 200, trabalhando pelo dia em que a fome e o desespero serão erradicadas de uma vez por todas do nosso mundo.” (…)

SERVIR É ELEVAR O NOSSO NÍVEL DE CONSCIÊNCIA

“O que podemos fazer para ajudar? Conforme elevamos o nosso nível de consciência, contribuímos cada vez mais para a qualidade espiritual da mente global. Portanto, o nosso maior serviço à humanidade é, paradoxalmente, o desenvolvimento da nossa própria consciência.

Como exatamente é que isso pode ajudar o mundo? Voltando à ciência moderna e aos seus sistemas de numeração, juntamente com a preferência de hoje para resumos explicativos muito práticos, aqui está o resultados dos testes. 

Um indivíduo com um nível mais alto de consciência compensa o peso de muitos, muitos indivíduos que estão abaixo do nível crítico de 200. Abaixo do nível 200 estão os campos de atração da vergonha, culpa, apatia, aflição, medo, desejo, raiva e orgulho. Bem no nível 200 crítico vem a coragem e a sua habilidade para fortalecer o ego, para retirá-lo da condição de vítima inerente às mais baixas frequências.

A um nível de 300, uma pessoa elevou-se acima de muitas emoções de conflito para alcançar um certo estado de não-julgamento e sentir otimismo. Ao nível de 300, uma pessoa, dentro da mente global, compensa o peso de um total incrível de 90.000 pessoas que estão abaixo do nível 200. Tal é o poder de estados mais altos de consciência.

A um nível de 400, o indivíduo alcança uma atitude um pouco mais harmoniosa que traz aceitação e perdão. Além disso, ele ganha um raciocínio mais aperfeiçoado que traz compreensão e significado para a vida. Este não é um nível difícil de alcançar. Por exemplo, a perseguição do objetivo de um ensino superior e de uma profissão funciona ao nível 400, onde uma pessoa compensa o incrível peso de umas 400.000 pessoas que estão abaixo do nível 200.

Para alcançar o nível de 500, uma pessoa precisa de estar espiritualmente consciente. A este nível, o amor incondicional e o perdão incondicional ficam mais vivos e bem mais encaixados na nossa realidade. Aqui, uma pessoa contrabalança 750.000 pessoas que são abaixo do nível 200.

Quando uma pessoa praticou meditação longa e diligentemente o suficiente para atingir consciência de felicidade ao nível 600, ela está, naquele momento, contrabalançando 10 milhões de pessoas abaixo do nível 200.

Será preciso uma razão mais forte para desenvolvermos as nossas faculdades interiores? Veja apenas o nível maravilhoso de serviço que cada avanço no nível de consciência traz ao nosso mundo. E tudo isto apenas por ser o que se é, e por aquilo em que nos podemos tornar. Antes mesmo de começar a ajudar as pessoas fisicamente, ajudemos a fazer do mundo um lugar melhor através do nosso apoio e ação direta. Este nível maravilhoso de serviço é o efeito direto do nosso nível de consciência num mundo que tem sentido uma enorme fome, por tanto tempo, de pensamento espiritual e de energia espiritual.”

Um excerto do livro, “The Shift: The Revolution in Human Consciousness” de autoria de Owen Waters, Editora Infinite Being News.

“Todos nós caminhamos pela vida como um pacote constituído de corpo e mente. Enquanto todos nós estamos conscientes, o nível das nossas funções da consciência (que são subjetivas) variam de pessoa para pessoa. A realidade é imensamente complexada com sistemas solares, galáxias, luas e sóis, mas também com reações químicas, partículas, bactérias e ecologia. A vida esta toda em torno de nós, grandes e pequenos. Todos nós somos uma criação e nós estamos de alguma forma vivos em uma galáxia que é aparentemente sem vida. Sua consciência é um dom, ou um pouco de sorte como você pode achar. Consciência é sua capacidade de vigília para participar na vastidão da vida em vez de apenas ficar operando internamente, dentro de sua própria mente.”

-Mikey O’Connell

Nível de consciência é o estado em que o ser humano toma suas decisões diferente de emoções que são passageiras. Todos nós passamos por esses estados durante situações diferentes. Todos os dias. Em determinadas situações nós comportamos de maneiras diferentes.

Conforme o nível do ser humano, há níveis onde ele toma MAIS decisões na sua vida, tem um determinado comportamento, o que revela o seu verdadeiro nível de consciência NO MOMENTO.

Dr David Hawkins, médico psiquiatra, espiritualista, autor de inúmeros livros identifica três níveis de consciência: “consciência do medo, consciência moral-ética e consciência espiritual.

Por esses três níveis passam os sentimentos de vergonha, culpa, apatia, tristeza, medo, desejo, raiva, orgulho, coragem, confiança, neutralidade, vontade, aceitação, compaixão, prazer, razão, amor, alegria, paz, iluminação espiritual.” Especificamente no nível de consciência espiritual onde  atingimos intimidade com Deus, e o que Ele quer que façamos.

VERGONHA: É o estado mais baixo de consciência do ser humano, é o que tem menos energia. Uma pessoa com vergonha não toma decisões, não interage com outros seres humanos, e não tem experiências na vida, o que dificulta essa pessoa de aprender, por conta própria o que funciona ou o que não funciona.

Em seu nível mais sutil se manifesta como timidez, num nível extremo de vergonha a pessoa quer desaparecer, até suicidar-se. Pense nesse nível como o nível do extremo ódio pessoal.

CULPA: É um estado um pouco mais elevado que a vergonha, já que, para sentir culpa a pessoa tem que fazer alguma coisa. Uma pessoa com esse nível de consciência cria muito pouco, normalmente faz papel constantemente de vitima, culpa todos pelo seu fracasso,etc. Raramente tenta fazer alguma coisa nova, vive de recordações passadas de culpa e sente-se muito mal com isso. Pessoas extremamente religiosas vivem em culpa. Você pensa em si mesmo como um pecador, incapaz de se perdoar por transgressões do passado.

APATIA:   Vitimização e  ausência de esperança. O estado do desamparo aprendido. Muitos sem-teto estão presos aqui. Além de ser o estado que representa uma visão muito conveniente da sociedade, quando descrita como a sociedade da vitimização. As pessoas no estado de apatia, encontram-se paralisadas diante das circunstancia da vida.

DOR/SOFRIMENTO: É um estado de tristeza e perda perpétua. Normalmente você cai aqui quando enfrenta uma enorme perda na vida. Depressão.  Só está acima da apatia pois aqui você está começando a se livrar da paralisia pesada que existe na escalada. O sofrimento mexe e muda as pessoas, e muitas vezes lhe tira do estado de total apatia.

MEDO: Você vê o mundo como perigoso e inseguro. Você pode existir em um estado de paranoia, sob constante preocupação e estresse de sua realidade atual. Para subir acima deste nível geralmente requer algum tipo de ajuda. Superar o medo é algo que todos nós temos de lidar. Níveis de medo diferem de segurança geral ao medo da rejeição da sociedade. O medo é apenas uma crença interna. Cria-se medo de si mesmo quando você perceber as situações e eventos sendo uma ameaça para o seu bem-estar geral.

DESEJO: Uma pessoa nesse nível só tem ambições na vida. Vive de vícios, desejo, luxúria e consumismo. Nunca está satisfeita. Esses vícios e desejos pode ser por dinheiro, aprovação, poder ou mesmo a fama. Você pode ficar preso em um estado de materialismo e consumismo. Materialismo significa que você conecte-se a objetos físicos. Você é feliz quando tem o que quer, mas fica desesperado para adquirir o que quer quando não tem. Bens físicos têm um efeito sobre o bem-estar ou mal-estar emocional se você permitir.

RAIVA: A raiva é um nível de frustração, muitas vezes de não ter seus desejos cumpridos nos níveis mais baixos. Junto com a vergonha, e a culpa, formam uma tríplice aliança conhecida. Nesses níveis baixos as pessoas só criam alguma coisa na vida, se tiverem algum inimigo imaginário pra jogar sua raiva. Isso é uma motivação pra elas.
Este nível pode estimulá-lo à ação em níveis mais elevados, ou pode mantê-lo preso em ódio.
Haverá eventos em que nos sentiremos infelizes. Lidar com eles em um estado de raiva geralmente resulta em tornar-se ainda mais infeliz. Combater a resistência com mais resistência tende a condicionar a pessoa em uma espiral levando a níveis ainda mais baixos de consciência (retrocesso).

ARROGÂNCIA/ORGULHO: Esse é o estado de consciência predominante da humanidade atualmente. É totalmente dependente de circunstâncias externas (dinheiro, prestígio, etc), ou seja: é altamente vulnerável. Esse é o estado que leva ao nacionalismo, racismo e guerras religiosas.
Um estado totalmente irracional de negação e defesa.  Você se torna tão intimamente ligado as suas crenças que um ataque a elas se torna um ataque a você.

CORAGEM/OTIMISMO: Aqui o ego ainda existe mas há uma visão diferente sobre a vida, o individuo começa a olhar pra fora de si. Começa a se alinhar com a verdade, já não tem mais medo, está mais atento a situações da vida, mas está mais otimista, entende mais a verdade, o sofrimento dá um descanso. É o começo de um despertar espiritual. O primeiro nível de força real.
É aqui que você começa a ver a vida como desafiante e emocionante ao invés de opressora.  Você começa a ver seu futuro como uma melhoria sobre o passado ao invés de simplesmente a continuação do mesmo.

NEUTRALIDADE: Neutralidade é um nível de sistemas de crenças flexíveis, descontraídos, e desapegado. Aconteça o que acontecer, você vai estar firme em sua posição. Você não tem nada a provar. Você se sente seguro e convive muito bem com outras pessoas. Um monte de pessoas autônomas estão neste nível que é um lugar muito confortável. É também um nível de complacência e “preguiça”. Você está cuidando de suas necessidades, mas você não se esforça demais.

COMPLACÊNCIA: Neste nível, você começa a usar sua energia de forma mais eficaz.  Agora que você está seguro e confortável, você começa a usar sua energia de maneira mais eficiente. Só viver e deixar viver não é mais o suficiente. Pense nesse aqui como o nível do desenvolvimento da força de vontade e da autodisciplina. As pessoas daqui são os “soldados” da sociedade: eles fazem as coisas bem e não reclamam sobre quase nada.  É exatamente aqui que sua consciência se torna mais organizada e disciplinada.

ACEITAÇÃO/PERDÃO/COMPREENSÃO: Níveis elevados de espirito. Aqui já há um entendimento muito maior dos processos da vida, e da verdade, aqui há a verdadeira mudança, deixar de lado os velhos dogmas, viver com propósito.
Aqui acontece um movimento poderoso de energias e você acorda para as possibilidades de se viver proativamente. No nível da complacência você se torna competente e aqui você quer colocar suas habilidades para fazer algo bom. É aqui que você define e alcança metas.
Você começa a aceitar sua responsabilidade pelo seu papel no mundo. Você começa a ver a “grande figura” da sua vida mais claramente.

RAZÃO/CONTEMPLAÇÃO: Neste nível, você transcende os aspectos emocionais dos níveis mais baixos e começa a pensar mais claramente e racionalmente. Hawkins define este nível como a nível da medicina e da ciência. É o nível de consciência dos mestres. Os realmente desapegados. Os que estão em completa sintonia com a verdade, tem o corpo a mente e o espirito totalmente resguardado das desilusões da vida e do sofrimento dos níveis baixos. Olha-se o mundo como um todo para começar a fazer contribuições significativas.

Nesse nível  vive-se em estado de apreciação com tudo o que é. Não há guerra, não há sobrevivência, não há luta. Aceita-se o mundo e a sua realidade e a transformam através da experiência.

AMOR: A nível do amor incondicional há um entendimento permanente de sua conexão com tudo o que existe. No nível do amor você coloca sua cabeça e todos os seus outros talentos e habilidades a serviço de seu coração, e não suas emoções.
Esse é o estado em que você realiza seu verdadeiro propósito. Suas motivações nesse nível são puras e incorruptíveis pelos desejos do ego. É aqui o estado do serviço para a humanidade. Nesse nível você também começa a ser guiado por uma força maior do que você. É um sentimento de se deixar levar. Sua intuição se torna extremamente ‘forte’. Hawkins diz que esse nível é alcançado apenas por uma em 250 pessoas durante todo o seu tempo de vida.

Uma parcela mínima como 0,0001% vive nesse estado.

HUMOR/ALEGRIA: Este é um estado de felicidade penetrante e inabalável. Em outras palavras, o humor é o estado de consciência maior que o ego consegue atingir. É o inicio do desapego com a vida, de reconhecer como o mundo é e fazer piada com isso.
É o nível dos santos e dos mais ‘avançados professores de espiritualidade’. Só de estar perto de pessoas nesse nível faz com que você se sinta incrível. Nesse nível a vida é totalmente guiada pela intuição e sincronicidade (as coisas começam a acontecer por relação de significado). Não existe mais a necessidade de declarar metas ou de criar planos detalhados – a expansão da sua consciência permite que você opere sobre um nível muito mais elevado.

PAZ: Total transcendência. Hawkins diz que esse nível só é alcançado por uma pessoa em 10 milhões.

ILUMINAÇÃO: O nível mais alto da consciência humana, onde a humanidade se confunde com a divindade.
Iluminação como dizia os antigos mestres, é a união do ser com o todo. O fim do individualismo. O fim do eu. Fim do ego. O homem transcendental.
Extremamente raro. Só o fato de pensar sobre pessoas desse nível pode fazer com que você aumente seu nível de consciência. É aqui que acontece o estado da “Consciência Elevada” tão bem conhecido como “Super Consciência”. Você vê o mundo como ele realmente é. Indescritível.

Fonte:
http://saberdesi.blogspot.com.br/
http://worldgarbage.wordpress.com/2012/10/03/aprendendo-a-conhecer-sua-consciencia/

Postado por: muito alem em 17/05/2014


Via: MUITO ALÉM DAS PALAVRAS E SENTIDOS: A ESCALA HAWKINS DA CONSCIÊNCIA

APRENDENDO A VIVER O MOMENTO PRESENTE COM ECKHART TOLLE…

presente

20 Pensamentos que podem mudar uma vida – Eckhart Tolle

Por: Professor Felipe de Souza

“As pessoas não percebem que agora é tudo o que é, não existe passado ou futuro exceto como uma memória ou antecipação em nossas mentes” (Eckhart Tolle).

Eckhart Tolle é frequentemente classificado como um autor de auto-ajuda. Embora já tenhamos falado aqui no site sobre a diferença entre psicologia e auto-ajuda, eu gostaria de compartilhar alguns dos pensamentos deste autor que encontrei neste site em inglês.

A tradução é minha e eu justifico a publicação dos pensamentos de Tolle pelo fato de ele também poder ser um autor que nos auxilia a pensar a Mindfulness Psychology, ou a Psicologia da Atenção Plena, bem como a chamada Psicologia Transpessoal (a psicologia para além da mente e do ego). Ou seja, a Mindfulness Psychology – uma das vertentes da psicologia cognitiva – nos ensina na prática a voltar o foco da nossa atenção para o momento presente, enquanto que a psicologia transpessoal estimula-nos a pensar em nosso ser como muito além da razão e do ego, ou seja, o que pensamos que somos através de palavras limitantes.

Então, vamos dar uma olhada nos pensamentos do autor de O Poder do Agora e O Poder do Silêncio? (Comentários, desde que educados, serão bem vindos ao final).

1) O momento presente é a coisa mais preciosa que existe

As pessoas não percebem que agora é tudo o que é, não existe passado ou futuro exceto como uma memória ou antecipação em nossas mentes.

O passado te dá uma identidade e o futuro mantém a promessa de salvação ou de preenchimento na forma que for. Em ambos os casos o que temos é ilusório.

O tempo não é precioso de maneira alguma, porque é uma ilusão. O que você percebe como precioso não é o tempo mas o único ponto que está além do tempo: agora. Isto é de fato precioso. Quanto mais você estiver focado no tempo — passado ou futuro — mais você vai perder o agora, a coisa mais preciosa que existe.

Não deixe um mundo doente dizer pra você ter sucesso em outra coisa que esteja além do momento presente.

A maioria das pessoas nunca está presente completamente no agora, porque inconscientemente as pessoas acreditam que o próximo momento deve ser mais importante do que este. Mas assim você perde a vida inteira, que nunca é não-agora.

Assim que você começar a honrar o momento presente, toda a infelicidade e luta se dissolve, e a vida começa a fluir com contentamento e facilidade. Quando você age a partir da consciência do momento presente, o que quer que você faça fica imbuído com um sentimento de qualidade, cuidado e amor — mesmo a mais simples ação.

2) Aonde você estiver, esteja totalmente presente

Aonde você estiver, esteja totalmente presente. Se você acredita que o aqui e o agora são intoleráveis e te trazem infelicidade, você tem três opções: retirar-se da situação, mudar a situação ou aceitá-la totalmente. Se você quer ser responsável por sua vida, você deve escolher uma dessas três opções, você deve escolher agora. Então aceite as consequências.

3) Sempre diga sim para o momento presente

A aceitação pode parecer um estado passivo, mas na realidade ela traz algo inteiramente novo para este mundo. Esta paz, esta vivência, é consciência.

Aceite — depois aja. O que quer este momento presente contenha, aceite como se você tivesse escolhido. Sempre trabalhe com o momento e não contra o momento.

Sempre diga sim para o momento presente. O que pode ser mais fútil, mais insano do que criar uma resistência interna ao que já é? O que poderia ser mais insensato do que se opor à vida ela mesma, que é agora e sempre agora? Se renda. Diga sim para vida — e veja como a vida instantaneamente começa trabalhar para você ao invés de contra você.

4) Não leve a vida tão a sério

A vida não é tão séria como sua mente pode te fazer acreditar.

5) Quanto mais você se ligar às coisas de uma maneira negativa, mais obcecada com as coisas negativas sua mente vai se tornar

As pessoas tendem a focar mais nas coisas negativas do que nas coisas positivas. Então a sua mente se torna algo obcecado com as coisas negativas, com preconceitos. Culpa e ansiedade são  produzidas por pensamentos a respeito do futuro e por aí vai.

6) Quando você reclama, você se coloca no papel de vítima

Reclamar é sempre uma não-aceitação do que é. Inevitavelmente carrega uma carga inconsciente negativa. Quando você reclama, vocês se transforma em uma vítima. Quando você fala alto, você está no poder. Então mude a situação e tome alguma atitude, ou deixe a situação ou aceite-a. Tudo mais é provavelmente uma loucura.

7) Existe uma linha fina entre honrar o passado e se perder nele

Existe uma linha fina entre honrar o passado e se perder nele. Por exemplo, você pode se conscientizar e aprender a partir dos erros que você cometeu, então se mover e mudar o foco para agora. Isso é chamado de se perdoar.

Deixar ir requer força e muita coragem. Muitas vezes deixar as coisas ir é um tipo maior de grandeza do que se defender ou agarrar-se à situação.

8) Você é um ser humano não um ser-fazendo

Na pressa do nosso dia a dia, todos nós pensamos demais, desejamos demais, buscamos demais e esquecemos de apenas apreciar o ser.

9) Pare de se definir e definir os outros

Se definir através do pensamento é limitar você mesmo.

Pare de se definir — para você mesmo ou para os outros. Você não vai morrer. Você vai se abrir a vida. E não se preocupe com que os outros possam definir você. Quando eles se definem, eles estão limitando a si mesmos, então é problema deles. Sempre que você interagir com outras pessoas, não esteja lá primeiramente como uma função ou um papel, mas dentro da consciência da presença do momento presente. Você sempre pode perder alguma coisa que você tem, mas não pode perder alguma coisa que você é.

Uma vez que você esteja identificado com alguma forma de negatividade, você talvez não queira deixar de ir (as coisas negativas) em um nível inconsciente profundo, você não quer uma mudança positiva. Isto poderia ameaçar a sua identidade como uma pessoa deprimida, uma pessoa com raiva ou difícil de lidar. Você então vai ignorar, negar ou sabotar os aspectos positivos de sua vida. Este é um fenômeno comum. É também algo semelhante a uma loucura.

10) Aonde houver verdadeiro amor, não há ego

Um relacionamento genuíno é aquele que não é dominado pelo ego com a sua busca incessante de criar uma imagem e uma definição dos outros. Em um relacionamento genuíno, existe o estado de abertura, de atenção alerta para a outra pessoa na qual não existe nenhuma busca realmente.

11) O que você lutar contra, vai aumentar e o que você resistir, vai persistir

Oferecer não-resistência à vida é estar em um estado de graça, de facilidade e de brilho. Esse estado então é não-mais-dependente das coisas ficarem de um certo jeito, bem ou mal. Pode parecer paradoxal, mas no momento em que sua dependência da forma vai embora, a condição geral da sua vida, as formas externas, tendem a melhorar enormemente. As coisas, as pessoas, as condições que você pensava que precisava para sua felicidade agora chegam até você sem luta ou esforço da sua parte, e vocês esta livre para apreciar — enquanto durarem. Todas essas coisas, é claro, vão passar, ciclos vão começar e terminar, mas sua não-dependência tratará de não trazer mais medo ou perda. A vida fluir com facilidade.

12) O que quer que você lute contra nos outros, você vai fortalecer em você

Qual quer coisa que você recente luta fortemente contra em um outro encontra-se também em você.

13) Poder sobre os outros é fraqueza disfarçada como força

Poder sobre os outros fraqueza disfarçada como força. O verdadeiro poder está dentro, está disponível pra você agora.

14) Todo e qualquer vício começa com dor e termina com dor

Qualquer vício começa a partir de uma recusa inconsciente para enfrentar e lidar com sua própria dor. Todo e qualquer vício começa com dor e termina com dor. Qualquer que seja a substância que você é viciado em — álcool, comida, drogas legais e ilegais, ou uma pessoa – você está usando algo ou alguém para encobrir a sua dor.

15) Busque viver autenticamente

Interações humanas autênticas se tornam impossíveis quando você perde a si mesmo em um papel.

Viver para manter uma imagem que você tem de você mesmo ou uma imagem que os outros tem de você é viver uma vida inautêntica.

16) Desejar é a antítese da felicidade

Não deseje a felicidade. Se você deseja-la, você não vai encontrar, porque desejar é a antítese da felicidade.

Existe uma diferença entre a felicidade e a paz interior? Sim. A felicidade depende das condições que são percebidas como positivas; e a paz interior não depende dessas condições.

17) A mente é um instrumento incrível se usado corretamente

A mente é um instrumento incrível se usado corretamente. Se usada incorretamente, entretanto, se torna muito destrutiva. Para dizer de uma maneira mais clara, não é muito como se você usasse a sua mente erroneamente — você geralmente não a usa de maneira alguma. Ela que te usa. Esta é a doença. Você acredita que você é sua mente. Esta é a ilusão. O instrumento tomou conta de você.

18) A preocupação é uma perda de tempo.

A preocupação parece necessária mas não serve a propósito algum.

19) Você é mais do que a sua mente

Em nível profundo você já está completo. Quando você percebe isto, existe uma energia prazerosa por trás de tudo que você fizer.

Estar identificado com sua mente é estar preso no tempo: a compulsão de viver quase exclusivamente através da memória e da antecipação.

Conhecer a si mesmo como ser por baixo do pensador, a calma por baixo do barulho mental, o amor e o prazer por baixo da dor, é liberdade.

Tédio, raiva, tristeza, medo não são estados seus, não são pessoais. Eles são condições da mente humana. Eles vêm e vão. Nada do que vem e vai é seu.

20) A libertação do animal racional

O começo da liberdade é a percepção de que você não é “o pensador”. O momento em que você começa a observar o pensador, um nível mais elevado de consciência se torna ativo. Você então começa a perceber que existe um vasto campo de inteligência além do pensamento, que o pensamento é apenas um pequeno aspecto da sua inteligência. Você também começa a perceber que todas as coisas que realmente importam — beleza, amor, fertilidade, contentamento, paz interior — aparecem além da mente. Você começa a acordar.


 

Via: 20 Pensamentos que podem mudar uma vida – Eckhart Tolle – Psicologia MSN – Tudo sobre Psicologia

PERCEBENDO A VIDA ATRAVÉS DE UMA VISÃO SUPERIOR…

uzenet

A elevação das experiências

 

Mestre Jesus

Canalizado por: Thiago Strapasson

 

Saudações minhas crianças,

Consideramos-vos os guardiões do novo tempo e da nova era, do amor de Deus a irradiar pelo planeta. Pois vocês foram aqueles que vieram para lembrar a todos desse sentimento e, assim, levantar a bandeira da humildade e da caridade aqueles corações que se fecharam aos meandros da matéria.

Mas hoje gostaria de lhes falar sobre uma experiência transcendental, que é a irradiação de sua cura a partir de si mesmo, para que possam se curar e a todos aqueles que se encontram ao seu redor. A partir desse contato interior profundo vocês irradiam a paz, a cura e o amor a todos os corações desejosos do acalentar maternal.

Eu sei que muitos de vocês simplesmente se questionam sobre os motivos de tantos percalços na vida, de tantas aventuras e desafios que se apresentam. Vocês olham ao lado e se perguntam onde se encontra esse amor que alguns vieram a falar? E eu vos digo que esse amor não se encontra nesse mundo, mas em seu coração. Embora repetitiva essa expressão vamos tentar compreendê-la.

Todo o amor parte de seu interior, por isso vocês não o veem externamente. É a partir de uma visão compassiva e superior que esse amor irradia ao mundo e transforma sua visão. Mas quando vocês imergem nesse mundo material, caindo nos vícios da matéria esse amor simplesmente se esvaia. Pois do mundo material não se vê uma visão amorosa da própria experiência. É um mundo limitado, circunscrito por aspectos que vocês não se identificam, não se encaixam.

Esse mundo de tantas restrições é o que possuem do solo, da imersão da consciência na matéria. Um mundo menor, onde o amor se reduz. Mas quando vocês elevam as mesmas experiências que os restringem, são as mesmas e elas não mudaram, mas sim a visão, o ponto do observador se altera. Vocês se elevam com a visão superior e então começam a ter vislumbres de quão bela é a vida na matéria, quão rica.

Nesse ponto vocês param e começam a observar a partir de um silêncio interior os conflitos existentes, o caos, as disputas e entendem o quão pequeno é esse mundo. Mas ao compreenderem isso vocês se elevam. É como se houvesse uma forte névoa no mundo que os bloqueia a visão e você imergem os olhos sobre essa cerração. Nesse momento são capazes de ter um vislumbre do atordoamento que grande parte das almas que vivem na terra se encontram. Elas estão atordoadas com a ilusão da vida, esqueceram-se de sua natureza divina. A névoa encobre seus olhares e então elas começam a se trombarem umas com as outras, a se empurrarem nesse jogo da ilusão.

Mas ao levantarem todas essas experiências por uma ótica mais elevada, vocês simplesmente não trombam mais porque estão acima dessa névoa. E acima dela você poderá observar quanto amor existe em meio dela. Pois quando olham ao meio desse nevoeiro a visão é curta, mas acima dele ela se estende e se amplifica, cresce, e o mundo fica mais belo. Pois meus amados há muito amor, há muito aprendizado, há purificação, há crescimento, há um entendimento superior que plaina a partir desse ponto mais elevado da vida.

Então vocês elevam essas experiências para acima de seu chakra coronário, elas são entregues ao seu eu superior e mais acima ele os apresenta uma visão superior da vida que se converterá na cura de suas experiências. E vocês descobrem algo mágico, que são a cura de sua própria vida. Vocês não precisam orar a Deus, aos santos, vocês são o próprio Deus, os santos dos milagres, aqueles que mudam a perspectiva da vida e então ela simplesmente se altera e resplandece na cura.

Vamos tentar os apresentar isso: quando entram nesse jogo da ilusão, imergem nessa névoa, a visão é curta e vocês só conseguem ver o caos e toda a dificuldade que aparece logo ali na sua frente. Mas quando elevam essas experiências ao seu corpo de luz ele os mostra a névoa e vocês passam a compreender porque tantos choques, tantos empurrões nessa vida. E eu os garanto que a vida se torna até um pouco engraçada, vocês têm aquele relâmpago mental de: como não vi isso antes?

Por qual motivo estamos trazendo tantos exercícios para que aprendam a elevar suas próprias experiências? Para receberem a visão superior da vida. E nesse ângulo ela se torna amorosa, compassiva de amor. Essa é a visão que traz a elevação das experiências ao seu nono chakra, após a aglutinação no oitavo.

Nós já lhes explicamos o significado da aglutinação, mas na projeção todas as suas experiências são vistas com alegria, aceitação e gratidão. Vocês elevam as experiências ao Ser de Luz e elas já não se apresentam sob a mesma ótica anterior. Já aglutinaram todos os comportamentos e experiências que já fazem parte da sua evolução e da sua história ascensional. Projetam, dessa forma, todas essas experiências para o seu corpo de luz divino que os mostrará de uma forma amorosa e compassiva a riqueza da experiência da vida.

É uma visão mágica da vida. E a partir dessa breve explicação vocês compreendem porque algumas pessoas são capazes de reconhecer a beleza da vida, enquanto outras se trombam em meio ao caos. Alguns privilegiados já se elevaram, já reconhecem esse amor a partir de seu corpo divino. E a vida se torna bela, amorosa, mas não porque ela se modificou, mas sim porque o olhar traz aceitação, compassividade, fluxo, confiança e fé em seu próprio Deus interior. Outras estão ali se trombando em meio a névoa, mas esses que elevam sua visão compreendem do que falamos nesse agora, da elevação das experiências em projeção ao corpo de luz.

E nesse aspecto cada restrição, cada aspecto da sua vida recebe esse processo de elevação individualmente e, assim, vocês o abrem à cura da vida. A cura da vida não está em nenhum tratamento, mas na abertura ao entendimento maior, à expansão, é que a vida se irradia de beleza e então tudo aquilo se cura, pois se modifica. Ela ainda está lá, da mesma forma, mas o fluxo, a permissão começa a os conduzir para algo mais suave simplesmente porque saíram da névoa e deixaram de resistir.

Em cada aspecto da sua vida já curado, já aglutinado e projetado em seu corpo de luz, vocês se tornam mais amorosos e compassivos e então o mundo ao seu redor também é visto assim porque seu foco se modifica. Quanto amor, quanta caridade, quanta ajuda existem em seu mundo. Mas o que vocês observam é o caos. Se discordarem peça uma simples informação a um desconhecido e veja como ele para a te ajudar. Chame um amigo a ir conhecer uma casa de caridade e veja a reação dele naquele local. Vocês percebem que é a visão que muda a vida?

Por isso meus filhos, a caridade é tão importante na vida, pois ela os conduz a essa visão para acima da névoa, onde passam a olhar o amor que existe. Mas não porque o mundo se tornou amoroso, mas sim porque descobriram o amor que guardam em seus corações.

Estejam em paz meus amados irmão, na paz profunda da elevação.

Sou seu irmão amoroso

Jesus

Canal: Thiago Strapasson – 07/01/2017
Fonte: http://coracaoavatar.blog.br/
Colaboração: Ilza Barreto


Via: A elevação das experiências – Mestre Jesus » CORAÇÃO AVATAR

QUANDO NOS PERMITIMOS SER CONDUZIDOS PELA NOSSA ALMA…

no-comando-da-alma

5  Sinais  de  que  sua  alma  está  no  comando  da  sua vida

Por: Luciana Lara

 

Aprender a ouvir nossa alma não é uma tarefa fácil em um mundo onde as aparências contam mais do que a real felicidade. Mas muitos já estão buscando a felicidade real, aquela que coloca um sorriso radiante no rosto e aquele calor gostoso no peito. Quem experimenta ser guiado pela própria alma, consegue se desprender de convenções sociais, sentimentos de carência e abandono e dedicam sua existência a fazer a diferença por onde passam, pois isso cria um vínculo forte com as energias positivas mais fortes que existem.

Alguns sinais são bem típicos em pessoas que encontraram o caminho até suas almas e as deixaram falar mais alto.

1 – É feliz na vida profissional

Já conseguiu sentir orgulho em terminar um projeto de sua autoria?

Quando a alma se propõe a fazer algo, não aceita nada que não seja o melhor. Geralmente é reconhecida e elogiada pela maioria das pessoas a sua volta. Críticas negativas não tem nenhum poder, nada desmotiva uma pessoa guiada pelo amor e pela alma na vida profissional.

2 – Luta para realizar seus sonhos

A alma não permite que você abandone os sonhos, por isso você traça metas, guarda dinheiro e faz o que for preciso para realizar o que quer na vida. O bom é que a alma sempre consegue realizar os sonhos, mesmo que demore ou seja difícil, ela sempre consegue.

3 – Sente gratidão por tudo que possui e pelos problemas que o ajudaram a se tornar quem é!

Você enxerga que as pessoas ruins e as rasteira que você tomou na vida foram aprendizados importantes e sente que a força e a fé em si mesmo que você adquiriu foram graças aos tropeços e golpes que tomou.

4 – Críticas de pessoas tóxicas não te abalam.

Algumas pessoas se sentem incomodadas com seu equilíbrio diante de situações difíceis. Sua força e determinação vez ou outra causam um certo incômodo, e algumas vezes tentam te atacar com fofocas. Mas isso não chega nem perto de te abalar, e você chega muitas vezes a rir do incômodo gratuito que causa em pessoas tóxicas e invejosas.

5 – Você é calmo e trata os outros com gentiliza.

Aquela necessidade de brigar e provar seu valor já não existe mais. Você já sabe o seu valor, do que é capaz e suas atitudes demonstram isso. Por isso não é necessário provar nada a ninguém, nem ficar na defensiva o tempo todo. Ansiedade você já aprendeu a controlar, medo não faz mais parte do seu mundo.

Sua energia positiva já é mais forte do que qualquer negatividade ao seu redor.

Todos nós somos capazes de atingir altos níveis de positividade, não existem limitações para a alma, o que existem são transtornos mentais causados por diversos fatores que nos impedem de encontrar nossa verdadeira essência, nosso equilíbrio e nossa felicidade.

Que Deus te abençoe sempre!

Luciana Lara


Via: 5 Sinais de que sua alma está no comando da sua vida – Terapias & Coaching

A MEDITAÇÃO NOS LEVA EM UMA JORNADA INTERIOR À REALIDADE ESPIRITUAL…

meditator-brown_daniel-b-holeman

Viagem Interna / Realidade Espiritual

Postado por: muito alem

“Viagem Interna” é uma explanação visual clara sobre meditação e experiências meditacionais. O vídeo mostra a Energia Cósmica, que é a fonte de todas existências e ligação entre todas as coisas.

Esta é a primeira vez que as verdades espirituais foram colocadas numa forma vídeo-visual. O vídeo explica os meios de se obter a saúde perfeita, o poder da memória, bons relacionamentos, felicidade e sucesso.

Este filme é um “banco do saber”, pois com ele, é possível compreender as mais elevadas Experiências de Meditação, tais como: o Terceiro Olho, Viagens Astrais, Limpeza Etérea, Vida após Vida, Nirvana, Iluminismo e a Força da Pirâmide.

Fantástico vídeo sobre a meditação, sua importância para o autoconhecimento e para a absorção de energia que necessitamos diariamente, dentre tantas outras vantagens que são apresentadas neste vídeo.

Além disso, explica de forma simples e objetiva como fazer um boa meditação e seus resultados para nossos corpos físico, etérico, emocional, mental, espiritual.

Através da meditação diária nos livramos de todas as doenças físicas e podemos nos guiar a uma projeção da consciência ou projeção astral, que nos abre mais uma gama infinita de informações sobre nós mesmos e todo o cosmos.

De forma quase didática, vídeo faz uma perfeita conexão entre os estados meditativos e o processo de expansão da consciência. Esse entendimento abre milhares de portas, que fornece novas dimensões de percepção à nossas vidas.

“Viagem interna” compara a meditação a um estado de profunda sabedoria, como um lótus dourado de mil pétalas, onde cada e toda pétala é uma nova dimensão do entendimento. Essa percepção expandida, nos faz compreender que não existe morte e que somos seres eternos.

Abra sua mente, e tente aceitar um novo mundo de possibilidades, nunca antes reveladas!

Fonte: MUITO ALÉM DAS PALAVRAS E SENTIDOS: Viagem Interna / Realidade Espiritual

LIMPANDO RELACIONAMENTOS, SITUAÇÕES E MÁS LEMBRANÇAS COM ENERGIAS DE PAZ E SERENIDADE …

hooponopono

Ho’oponopono

Por Angela Mauro Peixoto

Ho’oponopono é uma expressão oriunda do Havaí, que significa: Ho’o – causa,  ponopono- perfeição, ou seja, trazer a perfeição para o que não está em ordem, tornar certo.

É uma prática curativa que consiste em repetir algumas palavras, que são como chaves de luz, cuja vibração tem o poder de limpar e curar situações desagradáveis pelas quais passamos e vivenciamos.

Esta prática foi criada pelos sábios Kahunas do Havaí, os Guardiões do Segredo, e transmitida à humanidade por sua representante e sacerdotisa (lapa’au) Morrnah Simeona, falecida em 1992.

Seu discípulo, o professor e psicólogo havaiano Ihaleakalá Hew Len é hoje o responsável pela divulgação desta prática de cura e paz.

A filosofia do Ho’oponopono consiste em repetir algumas palavras que acalmam o pensamento e limpam as emoções. Quando sofremos alguma injustiça, algum trauma ou algo que nos traga o sentimento da raiva ou indignação, é recomendado fazer o Ho’oponopono. Ele libera as energias negativas e põe em ordem o que antes estava desarmonizado.

É um sistema simples, mas muito profundo, que se baseia nos valores ensinados por Jesus e que são os pilares da paz no mundo: Humildade, Pureza, Gratidão, Amor.

Chaves de Luz Ho’oponopono:

Sinto muito
Me perdoa
Sou grato
Eu te amo

Ao repetir as palavras Sinto muito / Me perdoa / Sou grato / Eu te amo, estamos movimentando energias de paz e harmonia. Paz interior em primeiro lugar e, em consequência, paz exterior.

Mesmo que o aquilo que estamos vivendo seja algo impossível à primeira impressão de ser perdoado ou esquecido, o Ho’oponopono deve ser dito. Muitas vezes, sempre.

Ele age como uma vassourinha mágica que limpa sem cessar. Depois de alguns dias já estamos vendo e sentindo aquela situação de outra forma, mais branda ou positiva.  Já se torna possível perdoar, deixar para trás.

A insistência mental cessa, o turbilhão emocional se acalma.

A pessoa  ou situação em questão começa a ser transformada pela energia do amor, da gratidão, do perdão e da humildade, porque essas energia agiram em nós em primeiro lugar.

O Ho’oponopono transforma. Traz ordem mental, emocional, espiritual, física.

Dr. Ihaleakalá Len aconselha: “ Não pense muito sobre como esta prática vai agir. Simplesmente faça.”

Isto porque temos a tendência de procurar respostas, de racionalizar, quando o que precisamos fazer é simplesmente deixar Deus agir.

O Ho’oponopono faz isso: permite que Deus aja, que abra os caminhos para a perfeição em nossa vida.

Não espere, comece hoje a limpar os seus relacionamentos, situações e más lembranças da sua vida, através da energia da paz e da serenidade pela qual o Ho’oponopono trabalha.

Shanti!

Para saber mais: Ho’oponopono Brasil

Via:  Via Pax: Ho’oponopono


HO’OPONOPONO – ORAÇÃO ORIGINAL

Por: Regina Tavares

 

Ho’oponopono, Oração Original
Morrnah Namalaku Simeona

Divino Criador, Pai, Mãe, filho – todos em um.

Se eu, minha família, os meus parentes e antepassados ofendemos Sua família, parentes e antepassados em pensamentos, fatos ou ações, desde o início de nossa criação até o presente, nos pedimos o Seu perdão. Deixe que isto se limpe, purifique, libere e corte todas as memórias, bloqueios, energias e vibrações negativas. Transmute essas energias indesejáveis em pura LUZ. E assim é.

Para limpar o meu subconsciente de toda a carga emocional armazenada nele, digo uma e outra vez durante o meu dia as palavras-chave do Ho’oponopono.

EU SINTO MUITO, ME PERDOE, EU TE AMO, SOU GRATO.

Declaro-me em paz com todas as pessoas da Terra e com quem tenho dívidas pendentes. Por esse instante e em seu tempo, por tudo o que não me agrada de minha vida presente

EU SINTO MUITO, ME PERDOE, EU TE AMO, SOU GRATO.

Eu libero todos aqueles de quem eu acredito estar recebendo danos e maus tratos, porque simplesmente me devolvem o que eu fiz a eles antes, em alguma vida passada.

EU SINTO MUITO, ME PERDOE, EU TE AMO, SOU GRATO.

Ainda que me seja difícil perdoar alguém, sou eu quem pede perdão a esse alguém agora, por este instante, em todo o tempo, por tudo o que não me agrada em minha vida presente.

EU SINTO MUITO, ME PERDOE, EU TE AMO, SOU GRATO.

Por este espaço sagrado que habito dia-a-dia e com o qual não me sinto confortável.

EU SINTO MUITO, ME PERDOE, EU TE AMO, SOU GRATO.

Pelas difíceis relações das quais guardo somente lembranças ruins.

EU SINTO MUITO, ME PERDOE, EU TE AMO, SOU GRATO.

Por tudo o que não me agrada na minha vida presente, na minha vida passada, no meu trabalho e o que está ao meu redor, Divindade, limpa em mim o que está contribuindo com minha escassez.

EU SINTO MUITO, ME PERDOE, EU TE AMO, SOU GRATO.

Se meu corpo físico experimenta ansiedade, preocupação, culpa, medo, tristeza, dor, pronuncio e penso: Minhas memórias, eu te amo! Estou agradecido pela oportunidade de libertar vocês e a mim.

EU SINTO MUITO, ME PERDOE, EU TE AMO, SOU GRATO.

Neste momento, afirmo que TE AMO. Penso na minha saúde emocional e na de todos os meus seres amados… TE AMO.

Para minhas necessidades e para aprender a esperar sem ansiedade, sem medo, reconheço as minhas memórias aqui neste momento.

SINTO MUITO, TE AMO.

Minha contribuição para a cura da Terra:

Amada Mãe Terra, que é quem Eu Sou…

Se eu, a minha família, os meus parentes e antepassados te maltratamos com pensamentos, palavras, fatos e ações desde o inicio de nossa criação até o presente, eu peço o Teu perdão deixa que isso se limpe e purifique, libere e corte todas as memórias, bloqueios, energias e vibrações negativas, transmute estas energias indesejáveis em pura LUZ e assim é.

Para concluir, digo que esta oração é minha porta, minha contribuição, à tua saúde emocional, que é a mesma minha,  então, esteja bem. E na medida em que você vai se curando eu te digo que…

Eu sinto muito pelas memórias de dor que compartilho com você.

Te peço perdão por unir meu caminho ao seu para a cura.

Te agradeço por estar aqui para mim…

E TE AMO por ser quem você é.

Aloha!
Regina Tavares

Via: Ho’oponopono Mente Livre: HO’OPONOPONO – ORAÇÃO ORIGINAL

UM ANO POTENCIALMENTE INOVADOR…

new-year-2017

Dicas para o início do novo ano – Comece 2017 com esperança

Por: Selácia

 

Agora é um momento perfeito para definir o tom energético para a forma como deseja começar 2017. Isto é feito com consciência e intenção, com você decidindo deliberadamente que tipo de experiência deseja ter. Sim, há muitas coisas estranhas acontecendo lá fora no mundo, mas você pode escolher conscientemente as suas respostas.

Um exemplo é a esperança. No núcleo do seu ser, você é esperançoso e cheio de luz. Esta parte sua pode superar qualquer desafio e permanecer confiante de que tudo ficará bem. Esta resposta de esperança tem uma energia palpável. Ela o eleva e lhe dá coragem para prevalecer e persistir. Ela o ajuda a ter sucesso, e a ver o sucesso mesmo no chamado fracasso. Quando você se conecta com esperança, de uma forma espiritual fundamentada, é como um elixir do céu.

Neste artigo, eu esboço algumas maneiras para se conectar com o seu próprio reservatório de esperança e se tornar mais desembaraçado para o que virá em seguida. Quando você ler, convide a sua sabedoria interior para lhe mostrar o que é relevante para a sua vida. Peça compreensão e um conhecimento do tempo divino em todas as coisas.

Grande parte da loucura e da incerteza de 2016 está continuando, enquanto ficamos no vazio de não termos conhecimento do próximo capítulo. Na verdade, como você deve ter notado, este vazio tem energias bem incomuns agora. Nós realmente não testemunhamos nada parecido com isto em nossas vidas. Tivemos acontecimentos imprevisíveis antes, mas o grande número deles que ocorrem simultaneamente é sem precedentes.

JANEIRO, UM MÊS FUNDAMENTAL

Em decorrência disto, o mês de Janeiro será fundamental na determinação de inúmeras novas direções. Isto está acontecendo lá fora em nosso mundo, mas, também, em nós mesmos. É vital que estejamos despertos para o processo e no comando de nossas próprias vidas. Não importa o quão incertas ou sombrias as coisas pareçam, devemos permanecer esperançosos e tomar medidas para criarmos novos inícios em nossas vidas.

Novos inícios estarão se revelando ao nosso redor, no mundo externo. Haverá provavelmente uma sensação grande de expectativa, intensidade e preocupação na sociedade, enquanto as pessoas respondem aos eventos.

Muitas coisas que estarão ocorrendo, estarão fora de nosso controle individual. Sobre o que temos controle, no entanto, é a nossa resposta. Não importa como ocorram coisas estranhas, a chave é encontrarmos o nosso equilíbrio e escolhermos o caminho elevado do espírito. Quando fazemos isto, conectamo-nos com a energia da esperança em nossa essência.

DESPRENDENDO MUITAS PELES

É bem provável que você sinta como se tivesse desprendido muitas peles neste ano. Foi um tempo de mega transformação, de liberação, e de experimentar novas abordagens para viver a sua melhor vida. Algumas de suas experiências podem ter tido uma recepção ou resultado indiferente. Outras podem ainda estar se impregnando, não ainda maduras. Outras ainda, podem estar totalmente formadas, mas não podem ainda ser manifestadas porque o momento não é ainda adequado.

O QUE ESTÁ ARMAZENADO PARA JANEIRO

Aqui estão alguns destaques do que está armazenado para Janeiro.

Primeiro, é o início de um novo ano, com a energia de novos inícios no ar. Isto, provavelmente, será diferente neste Janeiro por causa dos eventos imprevisíveis e tensões de não saber como as coisas se revelarão. Dicas pessoais: Preste atenção ao que está acontecendo, mas preste mais atenção na administração de sua própria energia e reações emocionais. Você pode precisar de mais sono ou de um reabastecimento mais frequente para se estabilizar, quando tanto stress está no ar. Faça o melhor que puder para evitar levar as coisas pelo lado pessoal, sendo um observador neutro. Retorne ao seu centro com frequência, para ser lembrado do que realmente lhe importa, e para sentir a esperança em sua essência.

Segundo, estaremos ainda no Mercúrio Retrógrado até a primeira semana de Janeiro. Isto significa rever questões, fazer uma revisão de planos e, ás vezes, refazer coisas quando elas não correram bem na primeira vez. É normal querer estar a toda a velocidade, à frente, enquanto o ano se inicia, mas com Mercúrio Retrógrado, isto, às vezes, pode ser mais como viajar em primeira marcha ou marcha neutra. Dicas de Mercúrio: tranquilize-se e respire com frequência. Lembre-se de que você é um ser quântico e que quando você está operando no modo quântico, o que precisa acontecer pode ser feito em um flash de tempo.  Não permita que atrasos aparentes o irritem. Confie na orquestração divina.

Terceiro, anote em seu calendário, a Lua Cheia de 12 de Janeiro. Esta será uma poderosa Lua Cheia em Câncer, com o potencial para dinâmicas desafiadoras e intensas emoções. Questões nos bastidores poderiam surgir inesperadamente. A melhor maneira para trabalhar com estas energias é permanecer ancorado e em seu coração. Esforce-se por ser paciente e tolerante. Se algo chegar a um ponto de ebulição, energeticamente, considere uma pausa para que não diga ou faça algo com que possa se arrepender mais tarde. Outras datas fundamentais de energia: temos alguns alinhamentos planetários tensos e o Sol entrando em Aquário em 19 de Janeiro, um dia antes da Posse Presidencial dos Estados Unidos, em 20 de Janeiro. Na semana seguinte, teremos a Lua Nova em Aquário, em 27 de Janeiro, ocorrendo no dia anterior ao início do Ano Chinês do Galo, no dia 28 de Janeiro. Do ponto de vista energético, será um mês de intensidade, catalisadores para a mudança e desafios em relação aos outros. Faça o melhor para permanecer em seu centro e reagrupe a sua energia com frequência. Reserve um tempo diariamente para ouvir a sua orientação interior sobre ações e tempo.

Ao entrar neste ano potencialmente inovador, lembre-se da grande cena do por que você está aqui. Lembre-se de seu papel como um agente de mudanças divino. Lembre-se de que você não é um turista acidental que está aqui por acaso.

Em um nível da alma, você tem um destino aqui durante estes tempos. O mundo precisa do seu amor, de sua consciência e de sua luz. Você, como um ser humano, precisa ter as conclusões e autorrealizações disponíveis por causa da vida agora. Em nenhuma outra vida até agora você poderia fazer e completar o que é possível agora. Valorize isto pela oportunidade que é. Em uma base diária, convide uma conexão tangível com a energia da esperança que existe em sua essência. Peça para ser guiado a viver a sua melhor vida.

 


 

Fonte: www.Selacia.com
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

Via: Sementes das Estrelas: Selácia – “Dicas para o início do novo ano – Comece 2017 com esperança” – 30.12.2016

O MEDO LIMITA E APRISIONA…

como-libertar-do-medo

8 Dicas para se libertar do medo

Por: Gustavo Tanaka

 

O medo é o que nos impede de sermos que somos de verdade.

Temos muito medo.

Medo de morrer, de ficarmos sozinhos, da crítica, do julgamento, de “dar errado”, de perdermos dinheiro, de falhar, de decepcionar os nossos pais, de altura, de andar na rua, de dirigir…

São muitos medos.

E é natural que a gente que a gente sinta medo, afinal de contas, vivemos num ambiente hostil. Tudo que nos cerca nos coloca no medo.

Você liga a televisão e em poucos minutos sente medo.

Crise, crimes, violência, roubo, demissões, falências.

Você conversa com seus pais e eles têm medo que você arrisque.

Seus amigos têm medo que você mude.

O tempo inteiro estamos nos protegendo. Tentamos ter segurança. Queremos estabilidade.

Mas isso é impossível.

A vida é instável. O mundo é instável. Tudo muda o tempo inteiro.

Apenas achamos que estamos no controle.

Mas na verdade não temos controle de nada.

Temos apego e achamos que as coisas são nossas.

Mas nada é nosso. A posse é uma ilusão. Você não é dono de ninguém e de nada.

Tudo é impermanente.

Ao se libertar do medo, você ganha liberdade.

Liberdade para arriscar.

Liberdade para experimentar.

Liberdade para criar.

Liberdade para errar.

Liberdade para começar de novo.

Liberdade para ser.

E é sendo quem você é que você vive de verdade.

Precisamos nos libertar do medo.

Mas afinal de contas, o que é o medo e como saio dele?

Eu entendi que o medo é uma frequência.

Quando estamos vibrando na frequência do medo, vamos ficar travados e paralisados.

É como o frio. Quando estamos em uma temperatura baixa, tipo 0 graus, vamos ter frio e ficar paralisados. Não conseguimos pensar em outra coisa, senão o frio.

Precisamos elevar a temperatura para parar de sentir frio e precisamos elevar nossa vibração para sair do medo. Precisamos vibrar mais alto que o medo.

Algumas dicas minhas de como sair do medo:

1  –  Desligar a televisão

Parece simples e clichê.

Mas a televisão é uma fábrica de medo. Praticamente tudo o que acontece na televisão te faz pensar que você não é bom o suficiente, te faz se sentir menor e pior que os outros.

Eu vejo alguns minutos de jornal e começa a duvidar de mim mesmo, acho que o mundo está em crise, que está tudo errado, que nenhum lugar é seguro e que as pessoas são ruins.

Desligue a televisão e cuide da sua vibração.

2  –  Escutar músicas que elevem a vibração.

Música é vibração. E são a forma mais óbvia de elevar a vibração.

É só ouvir músicas com a vibração mais alta.

Hoje eu procuro ouvir músicas mais sutis, mais leves e mantras.

Músicas que me fazem vibrar mais alto.

Quando eu ameaço ficar com medo, quando eu ameaço pensar demais, eu mudo a trilha sonora. Coloco músicas que me levam pra outro lugar e parece que o mundo muda.

3  – Conectar-se à natureza

A natureza tem uma vibração mais alta que as cidades.

As plantas vibram mais alto que o concreto dos apartamentos.

Quanto mais próximo a natureza você estiver, mais alto você vai vibrar.

E a natureza é muito, mas muito poderosa. Na natureza sua percepção se expande, você tem insights, você vibra alto e fica muito mais fácil de sair da vibração do medo.

4  – Se expressar

Sabe aquela atividade que você faz e o tempo desaparece?

Aquela atividade que faz seu coração gritar de alegria!

Cantar, dançar, desenhar, pintar, pular, andar de bicicleta, correr, tocar, se expressar!

Toda expressão eleva a sua frequência.

Quanto mais você se expressa, mais você você está sendo.

5  – Estar próximo de pessoas com a frequência alta

Pessoas que te elevam. Pessoas que te inspiram. Pessoas que vibram alto.

São essas que eu quero perto de mim.

Essas pessoas me fazem me sentir melhor. Eu fico melhor na presença delas.

Elas acreditam nas mesmas coisas que eu. Elas têm uma visão otimista da vida. Elas me fazem acreditar num mundo melhor.

Esteja perto de pessoas que elevam a sua frequência.

Você não tem medo quando está perto de pessoas inspiradoras.

Você não tem medo perto de pessoas que não têm medo.

6  –  Entendimento das suas sombras

Todos temos sombras.

São aquelas emoções que temos dentro de nós e não queremos olhar.

Aquelas feridas não curadas.

Aquelas dores que não foram embora.

Apenas varremos para baixo do tapete.

E são essas sombras que nos mantém presos e paralisados.

Temos que olhar para elas. Temos que colocar luz nas nossas sombras.

Vai doer? Vai.

Você vai chorar? Vai.

Mas logo depois disso vai se sentir livre. É libertador.

E assim você dá um salto para se libertar do medo.

7  – Fechar ciclos

Nós abrimos um monte de portas e não fechamos.

Começamos um monte de coisa e não terminamos.

Acessamos um monte de emoções e não lidamos direito com elas.

Precisamos dos rituais para encerrar ciclos, para fechar portas e para deixar no passado o que já não nos serve mais.

Precisamos queimar coisas.

Precisamos jogar coisa fora.

Precisamos nos libertar do passado.

Fazer as pazes e agradecer o passado.

8  – Sentir gratidão

Gratidão é a chave de tudo.

Nossa vida muda quando conseguimos transformar tudo em gratidão.

Sentir gratidão por dores. Sentir gratidão por coisas que não gostamos que nos aconteceram.

Pode parecer desafiador.

Mas é a chave. Isso é alquimia.

Transformar emoções negativas em gratidão.

E aí a vida muda.

……………………………………………………………………………………………………………………………..

Essas foram algumas das minhas dicas.

Olhe para isso.

Tome consciência.

Coloque luz no que está escuro e encoberto.

Sua vida vai mudar.

Você vai sair do medo.


Veja mais em: GUSTAVO TANAKA | 8 Dicas para se libertar do medo